• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 6
  • Tagged with
  • 6
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Por uma perspectiva intercultural no ensino-aprendizagem de francês língua estrangeira / Dans une perspective interculturelle dans l\'enseignement-apprentissage du français langue étragère

Alcinéia Emmerick de Almeida 15 August 2008 (has links)
Cette thèse a pour objet létude de la perspective interculturelle dans lenseignement-apprentissage du Français Langue Étrangère et, par son moyen, nous avons cherché à sensibiliser et à mobiliser lapprenant à la découverte de lui-même et de lautre, dans un processus qui provoque une redéfinition aussi bien de son identité que des représentations quil a dautrui. Pour le faire, nous nous sommes appuyées sur les études interculturelles, sur lanthropologie culturelle appliquée aux études linguistiques et sur la psychologie sociale. Après avoir analysé les concepts et les dimensions de culture, ainsi que les modèles de gestion de la diversité culturelle, nous avons analysé ce quest linterculturalité et quel a été le parcours de la composante culturelle dans lenseignementapprentissage du FLE. Nous avons constaté quà lheure actuelle de nombreuses expériences et projets essaient de faire entrer linterculturel dans la classe de FLE aussi comme une possibilité de résolution de problèmes sociaux, mais toujours dans des contextes endolingues. De cette manière, à partir dune étude de cas avec des étudiants universitaires brésiliens de français, nous avons élaboré un dispositif didactique capable de mettre en pratique un modèle interculturel sous la forme dun cours de douze classes assuré pendant un semestre. Après la réalisation de cette expérience, chaque classe-thème a été analysée selon le cadre théorique utilisé dans ce travail, et nous avons pu observer, surtout, quil y a un espace important à être occupé dans la didactique du FLE par linterculturel, pas seulement auprès des apprenants mais aussi dans le contexte de la formation de professeurs, car la compétence interculturelle est ce qui permet lacquisition dun positionnement critique par rapport non seulement à la culture de lautre, mais par rapport à notre propre culture, une attitude indispensable dans lenseignementapprentissage dune langue étrangère avec moins de stéréotypes et préjugés. / Esta tese tem por objeto o estudo da perspectiva intercultural no ensinoaprendizagem do Francês Língua Estrangeira e, por meio desse enfoque, buscamos sensibilizar e mobilizar o aprendiz para o descobrimento de si mesmo e do outro, implicação esta que acarreta uma redefinição tanto de sua própria identidade quanto de suas representações sobre o outro. Para tanto, fundamentamo-nos nos estudos interculturais, na antropologia cultural voltada para os estudos lingüísticos e na psicologia social, e após analisar os conceitos e as dimensões de cultura, bem como os modelos de gestão da diversidade cultural, discutimos o que vem a ser a interculturalidade e qual foi o percurso do componente cultural no ensino-aprendizagem do FLE. Constatamos que, atualmente, inúmeras experiências e projetos buscam trazer para a sala de aula de FLE a interculturalidade também como possibilidade de resolução de problemas sociais, mas sempre em contextos endolíngües. Dessa forma, a partir de um estudo de caso com alunos brasileiros universitários de francês, elaboramos um dispositivo pedagógico que pudesse viabilizar a prática de um modelo intercultural na forma de um curso de doze aulas ministrado durante um semestre. Após a realização dessa experiência, cada aula-tema foi analisada segundo o quadro teórico utilizado neste trabalho, e pudemos observar, principalmente, que há um espaço importante a ser preenchido na didática do FLE com o intercultural, não só junto aos aprendizes, mas também no contexto da formação de professores, pois a competência intercultural é o que permite adquirir um posicionamento crítico em relação não apenas à cultura do outro, mas em relação a sua própria cultura, atitude imprescindível para o ensino-aprendizagem de um idioma estrangeiro baseado em menos estereótipos e preconceitos.
2

A inclus?o digital e sua contribu??o no cotidiano de idosos : possibilidade para uma concep??o multidimensional de envelhecimento

Nunes, Vivian Patr?cia Caberlon 30 May 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T13:53:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 386536.pdf: 338536 bytes, checksum: 672c8cc3fef17a38185e6fa52aa34a38 (MD5) Previous issue date: 2006-05-30 / A necessidade do uso dos recursos da Inform?tica vem crescendo diariamente de forma cont?nua e r?pida. A linguagem da inform?tica e o conhecimento sobre o computador passaram a ser s?mbolos da cultura contempor?nea, independentemente da ?rea de especializa??o e de faixa et?ria, influenciando na auto-valoriza??o e no desenvolvimento de uma nova cidadania - social e solid?ria -. A pesquisa realizada teve como objetivo analisar a percep??o de idosos sob a contribui??o da inclus?o digital em sua vida cotidiana e a mudan?a ocorrida em suas concep??es de envelhecimento, ap?s freq?entarem oficinas pedag?gicas de inclus?o digital, assumindo-se uma concep??o de cotidiano constru?da a partir da complementaridade das id?ias de Morin, (1998, 1999), Heller (1987), Stuart (2002) e Luckman e Berger (1987) em que fica evidente a import?ncia das rela??es de autonomia/depend?ncia na constru??o do sujeito/indiv?duo e de sua rela??o com o mundo e a tecnologia. Nos estudos de Kachar (2003), Azevedo e Souza et al (2002 e 2004), Garcia e Lentini (2002), Garcia, Lentini e Gennaro (2002) e Di?z (2001) encontrou-se argumentos que corroboram a presen?a de potencial de constante aprendizagem em idosos e conseq?ente inclus?o digital. O estudo foi desenvolvido numa abordagem qualitativa/dial?gica. Os dados foram coletados junto a 24 idosos que freq?entam h? 6 meses oficinas pedag?gicas de alfabetiza??o digital, realizadas duas vezes por semana, com dura??o de uma hora, sob a coordena??o do N?cleo de Estudos Interdisciplinares sobre Concep??o de Envelhecimento do Programa de P?s-Gradua??o em Gerontologia Biom?dica do Instituto de Geriatria e Gerontologia, da Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul. Durante o desenvolvimento das oficinas os idosos participavam nas segundasfeiras de atividades de l?ngua espanhola e nas quartas-feiras de atividades que inclu?am a aprendizagem do Word, Powerpoint e WWW/Internet, que foram aplicadas na elabora??o de apresenta??es sobre envelhecimento em PowerPoint e na constru??o de homepage pelos idosos. Os dados foram coletados por observa??o participante e por entrevista coletiva, utilizando-se os princ?pios da dial?gica de Morin (recursivo, hologram?tico e dial?gico) na an?lise da realidade.A an?lise dos dados compreendeu: leitura explorat?ria global dos registros das observa??es participantes e das transcri??es das entrevistas; leitura detalhada de cada material coletado; organiza??o do material por unidades contextuais; identifica??o das unidades de significados e classifica??o em dimens?es. Como principais contribui??es da inclus?o digital foi identificado que a experi?ncia vivida nas oficinas pedag?gicas ? uma possibilidade de reconstru??o da identidade do idoso como cidad?o do mundo, como possuidor de capacidade para aprendizagem cont?nua e para lidar com situa??es e desafios di?rios relacionados ao uso da tecnologia, dando suporte para a reconstru??o do conhecimento e a comunica??o. Verificou-se que a inclus?o digital contribuiu na capacita??o de idosos para utiliza??o de recursos informatizados (Word, PowerPoint, WWW/Internet), na produ??o intelectual (constru??o de materiais instrucionais sobre envelhecimento); auxiliou na sua integra??o com a fam?lia; na atualiza??o da linguagem e na comunica??o com o mundo, principalmente pelo reconhecimento do potencial do idoso para a aprendizagem da tecnologia e de uma nova linguagem, at? ent?o concebidas como prerrogativas dos mais jovens. O envelhecimento, constituindo tema transversal dos materiais instrucionais elaborados pelos idosos nas oficinas pedag?gicas, possibilitou aos idosos perceberem que este processo ? constitu?do de diferentes dimens?es, indo al?m da biol?gica, o que possibilitou tecer e compreender a arquitetura complexa do fen?meno envelhecimento ao reconhecerem a presen?a das dimens?es psicol?gica, social, cultural e educacional.
3

Estudo da reconstru??o do conhecimento dos alunos sobre o ciclo da ?gua por meio de unidade de aprendizagem

Freschi, M?rcio 28 March 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:12:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 400803.pdf: 947266 bytes, checksum: 5019355686e387f3f8adc71c7df5ab9c (MD5) Previous issue date: 2008-03-28 / O estudo relativo ? reconstru??o do conhecimento dos alunos sobre o fen?meno natural do ciclo da ?gua por meio de Unidade de Aprendizagem teve como ponto de partida a an?lise de documentos sobre o contexto da investiga??o referente ?s escolas da Regi?o de abrang?ncia do Munic?pio de Erechim, do Estado do Rio Grande do Sul e do Brasil com consulta aos dados dispon?veis no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais An?sio Teixeira (INEP/MEC). Essa etapa foi importante para compreender a situa??o atual da Educa??o nessa Regi?o, em especial na ?rea de Ci?ncias. Com base nessas informa??es e a partir da identifica??o dos conhecimentos pr?vios dos alunos de uma turma de 5? s?rie do Ensino Fundamental de uma escola da rede estadual de ensino, durante as aulas de Ci?ncias, a pesquisa buscou compreender de que modo ocorre o processo de reconstru??o do conhecimento desses alunos sobre o fen?meno natural do ciclo da ?gua. Foram coletadas informa??es por meio de um question?rio inicial. Ap?s, os alunos elaboraram perguntas que serviram de base para a organiza??o da Unidade de Aprendizagem. No decorrer do estudo, foram registradas no di?rio de aula as principais observa??es realizadas e, nesse per?odo, os alunos visitaram o Museu de Ci?ncias e Tecnologia da PUCRS, com a finalidade de conhecer os experimentos interativos relacionados ao ciclo da ?gua que integraram a Unidade de Aprendizagem. Na seq??ncia, foi aplicado o question?rio final para identificar o crescimento em rela??o aos conhecimentos pr?vios e para identificar as novas representa??es dos alunos sobre o tema estudado. Foi solicitado, ainda, nos question?rios inicial e final, que os alunos fizessem desenhos sobre o fen?meno estudado, cuja an?lise tamb?m integrou o trabalho. Por ?ltimo, os alunos foram entrevistados para conhecimento de suas percep??es em rela??o ?s experi?ncias vivenciadas ao longo da Unidade de Aprendizagem. Tanto os question?rios quanto as entrevistas e os registros no di?rio de aula foram analisados por meio de an?lise textual discursiva. A investiga??o permitiu concluir que ? preciso conhecer a comunidade escolar, partir dos conhecimentos pr?vios relacionandos ? teoria e ? pr?tica e oferecer atividades diversificadas que contribuam para que os alunos atribuam novos significados aos fen?menos, de modo que os conhecimentos se tornem mais complexos e cient?ficos.
4

Um estudo do processo de aprendizagem de conceitos de f?sica e qu?mica com uma turma de alfabetiza??o : uma unidade de aprendizagem focada no tema cores e vida

Kroth, Luciane Schwendler 14 March 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:12:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 433928.pdf: 2102461 bytes, checksum: 712bc3dc76eb20926c82f3f3d21dbedd (MD5) Previous issue date: 2011-03-14 / Este trabalho consistiu em uma investiga??o cujo objetivo foi o de compreender o processo de aprendizagem de conceitos de F?sica e Qu?mica em uma turma de alfabetiza??o, com o aux?lio de uma Unidade de Aprendizagem (UA) focada em cores e vida. Esta investiga??o tem como fundamenta??o te?rica a constru??o e reconstru??o de conceitos e os princ?pios do educar pela pesquisa. O trabalho se desenvolveu com base em uma abordagem qualitativa (natural?stica-construtiva) utilizando como m?todo o estudo de caso e a observa??o participante. Os dados foram coletados por meio de question?rios, para a identifica??o das ideias pr?vias e posteriores ao desenvolvimento da UA, que foram gr?ficos, desenhos e s?mbolos verbais. Al?m disso, no di?rio de campo foram registradas as observa??es da professora. Para a an?lise e interpreta??o dos dados resultantes dos question?rios e das observa??es da professora foi utilizada a metodologia An?lise Textual Discursiva. Este trabalho propiciou que as estrat?gias desenvolvidas na investiga??o resultassem em amplia??o do conhecimento na ?rea de educa??o cient?fica de crian?as em per?odo de alfabetiza??o, possibilitando uma melhor compreens?o sobre como ocorre a aprendizagem neste n?vel, com o uso de experimenta??o no contexto de uma Unidade de Aprendizagem
5

Por uma perspectiva intercultural no ensino-aprendizagem de francês língua estrangeira / Dans une perspective interculturelle dans l\'enseignement-apprentissage du français langue étragère

Almeida, Alcinéia Emmerick de 15 August 2008 (has links)
Esta tese tem por objeto o estudo da perspectiva intercultural no ensinoaprendizagem do Francês Língua Estrangeira e, por meio desse enfoque, buscamos sensibilizar e mobilizar o aprendiz para o descobrimento de si mesmo e do outro, implicação esta que acarreta uma redefinição tanto de sua própria identidade quanto de suas representações sobre o outro. Para tanto, fundamentamo-nos nos estudos interculturais, na antropologia cultural voltada para os estudos lingüísticos e na psicologia social, e após analisar os conceitos e as dimensões de cultura, bem como os modelos de gestão da diversidade cultural, discutimos o que vem a ser a interculturalidade e qual foi o percurso do componente cultural no ensino-aprendizagem do FLE. Constatamos que, atualmente, inúmeras experiências e projetos buscam trazer para a sala de aula de FLE a interculturalidade também como possibilidade de resolução de problemas sociais, mas sempre em contextos endolíngües. Dessa forma, a partir de um estudo de caso com alunos brasileiros universitários de francês, elaboramos um dispositivo pedagógico que pudesse viabilizar a prática de um modelo intercultural na forma de um curso de doze aulas ministrado durante um semestre. Após a realização dessa experiência, cada aula-tema foi analisada segundo o quadro teórico utilizado neste trabalho, e pudemos observar, principalmente, que há um espaço importante a ser preenchido na didática do FLE com o intercultural, não só junto aos aprendizes, mas também no contexto da formação de professores, pois a competência intercultural é o que permite adquirir um posicionamento crítico em relação não apenas à cultura do outro, mas em relação a sua própria cultura, atitude imprescindível para o ensino-aprendizagem de um idioma estrangeiro baseado em menos estereótipos e preconceitos. / Cette thèse a pour objet létude de la perspective interculturelle dans lenseignement-apprentissage du Français Langue Étrangère et, par son moyen, nous avons cherché à sensibiliser et à mobiliser lapprenant à la découverte de lui-même et de lautre, dans un processus qui provoque une redéfinition aussi bien de son identité que des représentations quil a dautrui. Pour le faire, nous nous sommes appuyées sur les études interculturelles, sur lanthropologie culturelle appliquée aux études linguistiques et sur la psychologie sociale. Après avoir analysé les concepts et les dimensions de culture, ainsi que les modèles de gestion de la diversité culturelle, nous avons analysé ce quest linterculturalité et quel a été le parcours de la composante culturelle dans lenseignementapprentissage du FLE. Nous avons constaté quà lheure actuelle de nombreuses expériences et projets essaient de faire entrer linterculturel dans la classe de FLE aussi comme une possibilité de résolution de problèmes sociaux, mais toujours dans des contextes endolingues. De cette manière, à partir dune étude de cas avec des étudiants universitaires brésiliens de français, nous avons élaboré un dispositif didactique capable de mettre en pratique un modèle interculturel sous la forme dun cours de douze classes assuré pendant un semestre. Après la réalisation de cette expérience, chaque classe-thème a été analysée selon le cadre théorique utilisé dans ce travail, et nous avons pu observer, surtout, quil y a un espace important à être occupé dans la didactique du FLE par linterculturel, pas seulement auprès des apprenants mais aussi dans le contexte de la formation de professeurs, car la compétence interculturelle est ce qui permet lacquisition dun positionnement critique par rapport non seulement à la culture de lautre, mais par rapport à notre propre culture, une attitude indispensable dans lenseignementapprentissage dune langue étrangère avec moins de stéréotypes et préjugés.
6

Planejamento: um instrumento de possibilidades na cultura da escola? / Planning: an instrument of possibilities in the culture of the school?

Casagrande, Suellen Beatriz Martins 29 August 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-27T14:31:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Suellen Beatriz Martins Casagrande.pdf: 452883 bytes, checksum: f97324363110dff58999598c75fad38f (MD5) Previous issue date: 2014-08-29 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / This study investigates how Planning is understood in the culture of the school, considering the perceptions of nine teachers and a manager of an elementary school (Fundamental I) from a private school in São Paulo, searching for the improving of the practice of these professionals and the teaching-learning process. The paper presents a theoretical exploration of Planning and school culture from a selection of authors whose proposals are linked to the educational environment. This enables the understanding of different levels, their roles, objectives and use for the contribution and the development of pedagogical work and teaching-learning process. Then, the concepts of culture of some authors on issues relating to school context, organization, identity and attachment to Planning are reviewd. Documentary analysis of different Plannings of the school researched make possible to establish relationships between theory, research context and practice, joined to the use of questionnaire and semi structured interviews. Results indicate the importance of planning as a tool that offers significant possibilities for the educator to work and to the educational institution, as well the contribution to the quality of teaching-learning process and success in school development / O presente estudo investiga como o Planejamento é compreendido na cultura da escola, considerando as percepções de nove professoras e uma gestora do Ensino Fundamental I de uma escola privada de São Paulo, tendo em vista o aprimoramento da prática desses profissionais e do processo de ensinoaprendizagem. O trabalho parte de uma exploração teórica referente aos temas Planejamento e cultura da escola a partir de uma seleção de autores cujas propostas estão vinculadas ao meio educacional. O que possibilita a compreensão sobre diferentes níveis, respectivas funções, objetivos e utilização para a contribuição e o desenvolvimento do trabalho pedagógico e do processo de ensinoaprendizagem. Em seguida, são revistas as concepções de alguns autores sobre cultura respaldam questões referentes ao contexto escolar, organização, identidade e vinculação ao Planejamento. Análises documentais de diferentes Planejamentos da escola pesquisada permitem estabelecer relações entre a teoria, o contexto pesquisado e a prática, além da aplicação de questionário e entrevista semiestruturada. Os resultados permitiram verificar a importância do Planejamento enquanto instrumento que oferece possibilidades significativas de trabalho ao educador e à instituição de ensino, bem como a contribuição para a qualificação do processo de ensino-aprendizagem e para o êxito no desenvolvimento escolar

Page generated in 0.0607 seconds