• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1359
  • 23
  • 22
  • 22
  • 22
  • 20
  • 17
  • 11
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1412
  • 640
  • 135
  • 130
  • 111
  • 107
  • 106
  • 84
  • 84
  • 83
  • 82
  • 76
  • 72
  • 72
  • 71
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
61

Analise da atividade lipolitica de uma nova lipase de Xylella fastidiosa visando utilização industrial

Bogo, Eliane 03 August 2018 (has links)
Orientador: Gonçalo Amarante Guimarães Pereira / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-03T16:10:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bogo_Eliane_M.pdf: 6070806 bytes, checksum: af60bcf86017001374916b61216b223b (MD5) Previous issue date: 2003 / Mestrado
62

Variabilidade genetica, grupos filogeneticos e fatores de patogenicidade em Escherichia coli isoladas de aguas superficiais e destinadas ao consumo humano no Estado de São Paulo

Orsi, Renato Hohl, 1979- 03 August 2018 (has links)
Orientadora: Laura Maria Mariscal Ottoboni / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-03T16:10:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Orsi_RenatoHohl_M.pdf: 4854669 bytes, checksum: 67d18ea04dea6cb272654a5aefb0afc0 (MD5) Previous issue date: 2003 / Mestrado
63

Analise comparativa da expressão de genes de Xylella fastidiosa associados a patogenicidade e formação de biofilme

Souza, Alessandra Alves de 18 June 2004 (has links)
Orientador: Marcos Antonio Machado / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-04T00:23:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Souza_AlessandraAlvesde_D.pdf: 5402978 bytes, checksum: f22f24d20f18ac6d0de8983e10262d33 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: O presente trabalho tem como objetivo detectar e estudar a expressão de genes possivelmente envolvidos com patogenicidade da estirpe 9a5c de X. fastidiosa. Para desenvolvimento do trabalho foram utilizadas bactérias imediatamente após o isolamento da planta sintomática, denominado aqui isolamento primário (IP) e bactérias após 46 repicagens (SR) sucessivas em meio de cultura. Uma possível perda de virulência da X. fastidiosa submetida às condições de SR foi verificada inoculando-se plantas de laranja doce (Citrus sinensis) e vinca (Cataranthus roseus) com as bactérias obtidas nestas condições. Através do uso de PCR quantitativo em tempo real, foi verificado que a colonização das células originadas de SR foi menos eficiente em ambos hospedeiros. A tecnologia de DNA 'microarray' foi utilizada para investigar as mudanças da expressão gênica associadas com a condição IP. Verificou-se que muitos dos genes diferencialmente expressos codificam para proteínas hipotéticas. Genes potencialmente envolvidos com patogenicidade, virulência e adaptação foram induzidos apenas na condição IP. Três destes genes (fimA, hsf e uspA1) foram associados com adesão na superfície do hospedeiro e quatro (msrA, acrA, cvaC e xpsE) com a capacidade de adaptação do patógeno no ambiente do hospedeiro. A indução destes genes na condição IP foi confirmada por RT-PCR tanto na condição in vitro quanto na condição in planta 15 dias após inoculação, período este que corresponde ao início da colonização. Contudo, 90 dias após inoculação, período de colonização mais avançada com o surgimento dos primeiros sintomas, o nível de expressão dos genes de adesão foi similar em ambas condições de crescimento. Entretanto, uma maior expressão foi observada na condição IP para os genes envolvidos com adaptação no ambiente do hospedeiro. Estes resultados sugerem que a adesão é importante para o início da formação do biofilme. Por outro lado, os genes relacionados com adaptação são essenciais para manutenção do biofilme in planta. Também, a expressão destes genes durante a formação de biofilme in vitro em X. fastidiosa foi avaliada por RT-PCR semi-quantitativo após 3, 5, 10, 20 e 30 dias de crescimento em superfície de vidro na interface líquido-ar. A expressão dos genes na condição in vitro foi similar à condição in planta, onde os genes de adesão tiveram uma maior indução nas etapas inicias de formação de biofilme. Estes resultados indicam que estes genes podem estar envolvidos com a adesão em diferentes superfícies. Entretanto, apenas alguns genes relacionados à adaptação (xpsE, acrA) se comportaram de forma similar ao observado in planta, ou seja, com maior indução na etapa de biofilme maduro. Isto pode ser resultado dos diferentes ambientes experimentais utilizados, uma vez que, a expressão destes genes pode ser regulada de acordo com o ambiente pela qual a bactéria é exposta. Análises de microscopia ótica em diferentes fases do biofilme formado em lâminas de vidro revelaram que a formação de biofilme em X. fastidiosa apresenta pelo menos cinco fases distintas, sendo aos 20 dias a fase de maior densidade celular. Vários são os estudos que visam detectar os genes expressos em diferentes fases e ambientes da formação de biofilme, principalmente em bactérias que causam doenças em humanos, uma vez que, a formação do biofilme tem sido atribuída como a causa de sérias doenças. Contudo, há poucas informações em relação à expressão de genes envolvidos na formação de biofilme em patógenos de plantas. Por este motivo, e como a formação de biofilme indica ser o mecanismo primário de patogenicidade de X. fastidiosa, foi utilizada a tecnologia do DNA 'microarray' para avaliar os genes expressos na fase de biofilme maduro comparado ao crescimento planctônico. Um total de 202 genes (9,18%) foram significativamente induzidos, enquanto que 32 genes (1,45%) foram reprimidos na condição de biofilme. A maioria dos genes diferencialmente expressos codifica para proteínas ainda hipotéticas. Na condição de crescimento em biofilme foi verificado um aumento da expressão de genes 'housekeeping¿ que codificam funções metabólicas. Também foi detectado um grande número de genes do mega plasmídio pXF51 sendo diferencialmente expresso, o que poderia provavelmente estar associado com transferência horizontal de genes em X. fastidiosa em biofilme. Em relação a categoria de patogenicidade, a maioria dos genes expressos na condição de biofilme foram associados com produção e detoxificação de toxinas e adaptação para crescimento em condições atípicas. A expressão destes genes associados com adaptação pode conferir características competitivas à X. fastidiosa no habitat a ser colonizado, dando uma clara indicação da importância destes fatores no estabelecimento do biofilme. Tais afirmações demonstram que a propriedade fisiológica do biofilme de X. fastidiosa é similar ao observado em bactérias patogênicas em humanos, indicando que a formação de biofilme como mecanismo de patogenicidade de bactérias de diferentes hospedeiros apresentam características comuns / Abstract: The main goal of this study is to survey the expression of genes possibly involved in the pathogenicity of strain 9a5c of X. fastidiosa. Freshly-isolated bacteria from symptomatic plants (first passage condition or FP) as well as bacteria obtained after 46 transfers to axenic culture (several passage condition or SP) were utilized in this work. A possible lost of virulence of the X. fastidiosa in the SP condition was verified after inoculation into sweet orange and periwinkle plants. Using real-time quantitative PCR, we verified that the colonization of SP cells was less efficient in both hosts. The DNA microarray technology was used to investigate the global changes in gene expression associated with the pathogenic FP condition. Most of the differentially expressed genes encode hypothetical proteins. Genes potentially involved with pathogenicity, virulence and adaptation were induced in the FP condition. Three of these genes (fimA, hsf and uspA1) are associated with adhesion to the host surfaces and four (msrA, acrA, cvaC e xpsE) with adaptation in the host environment. The induction of these genes in the FP condition was confirmed by RT-PCR both in vitro and in planta 15 days after inoculation, period in which the initial colonization of the vessels was taking place. Ninety days after inoculation, when the colonization had reached to more advanced stages and the first symptoms were developed, the expression levels of the adhesion genes were similar although a higher expression was observed for genes related to adaptation in the pathogenic condition. These results suggest that the adhesion is important at the beginning of the biofilm formation, whereas the genes related to adaptation are essential for the maintenance of this biofilm in planta. We also evaluated the expression of these genes in vitro during biofilm formation by semiquantitative RT-PCR after 3, 5, 10, 20 and 30 days of growth at the medium-air interface in a glass flask. The gene expression observed under in vitro condition was similar to that observed in planta for the adhesion genes whose expression occurred mainly at the initial step of biofilm formation. These results indicate that these genes can be involved in adhesion to different attachment surfaces. In relation to the adaptation-related genes, xpsE and acrA showed and expression pattern similar to that observed in planta, with over-expression in the mature biofilm. On the other hand, the expression of cvaC and msrA did not show the same pattern as found in the in planta. These genes showed little differences in relation to the stages of biofilm development. This difference could have resulted from the different experimental designs utilized since the genetic reprogramming of gene expression of the bacterial biofilm depends on the changes in multiple environmental conditions to which the bacterium is exposed. Light transmission microscopy analysis of different phases of the biofilm formed in glass covers revealed that the X. fastidiosa biofilm development presented five distinct stages. At the 20th day, the biofilm showed high cell density. A considerable increase in the gene expression number studies involving biofilm formation has been observed, mainly for bacteria causing human diseases, since the biofilm formation has been associated with serious diseases. However, limited information is available concerning gene expression involved in biofilm formation in plant-pathogen interactions. For this reason and because biofilm formation seems to be the main pathogenicity mechanism in X. fastidiosa, we utilized the microarray technology to access changes in gene expression in mature biofilm cells when compared with planktonic cells. A total of 202 genes (9.18%) were significantly up-regulated, while 32 genes (1.45%) were downregulated in the mature biofilm. The majority of the differentially expressed genes encodes hypothetical proteins. Under the biofilm condition we observed an increase in the expression of some housekeeping genes responsible for metabolic functions. We also found a large number of genes from the pXF51 plasmid being differentially expressed. This could possibly be associated with lateral gene transfer in the X. fastidiosa biofilm. Moreover most of the pathogenicity-related genes over-expressed in the biofilm condition were associated with toxin production, detoxification and adaptation to atypical conditions. The expression of genes associated with adaptation and competitiveness in the habitat to be colonized gives a clear indication of the importance of such factors in the established biofilm of X. fastidiosa. This demonstrates that the physiological properties of this biofilm are similar to the ones observed in human pathogens, indicating that the pathogenicity mechanisms of bacteria of different host may show common characteristics / Doutorado / Genetica de Microorganismos / Doutor em Genetica e Biologia Molecular
64

Avaliação in vitro do gel de clorexidina usado como irrigante endodontico

Ferraz, Caio Cezar Randi, 1973- 26 July 1999 (has links)
Orientador: Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-25T12:47:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ferraz_CaioCezarRandi_D.pdf: 3832512 bytes, checksum: fa687754e7f646cafaec440e7271b5b4 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: O papel dos microrganismos no desenvolvimento de alterações inflamatórias periapicais tem sido claramente demonstrado. Mecanismos de defesa do hospedeiro dificilmente atingem as bactérias que se estabelecem no sistema de canais radiculares. Sendo assim, as infecções endodônticas devem ser tratadas por procedimentos mecânicos auxiliados por substâncias químicas. A clorexidina, em várias concentrações, tem sido usada na endodontia tanto como solução irrigadora como medicação intracanal. Muita atenção tem sido dada às propriedades químicas das soluções irrigadoras, porém pouco tem se estudado a fim de melhorar sua ação mecânica. Na endodontia, a clorexidina gel tem sido usada apenas como medicação intracanal, apresentando bons resultados, não havendo trabalhos utilizando-a como irrigante. Portanto, a proposta deste trabalho foi avaliar, in vitro, o gel de clorexidina como irrigante endodôntico, verificando se este possui algumas das propriedades necessárias a um irrigante endodôntico considerado ideal. O gel de clorexidina foi avaliado juntamente com outros irrigantes comumente utilizados em Endodontia (hipoclorito de sódio e clorexidina líquida), através do teste de difusão em ágar. Dos irrigantes testados, o gel de clorexidina foi o que criou maiores halos inibição de crescimento contra microrganismos freqüentemente encontrados na microbiota endodôntica; além de apresentar maior capacidade na remoção de smear layer e na eliminação de Enteracoccus faecalis dos canais radiculares durante a instrumentação in vitro. Concluiu-se que a clorexidina gel tem potencial para ser utilizada como irrigante endodôntico / Abstract: The role of microorganisms in the development of periapical pathology has been clearly demonstrated. Host defense mechanisms commonly do not reach bacteria lodged within the root canal system. Thus, endodontic infections need be treated by mechanical procedures with the aid of chemical cleansing agents. Chlorhexidine gluconate, at varying concentrations, has been used in endodontics as both an irrigant and intracanal medicamento. Much attention has been paid to the chemical properties of irrigative solutions, but little information is available with regard to their mechanical action. In endodontics, chlorhexidine gluconate in gel form has only been utilized as an intracanal medicament, displaying good results. Therefore, the aim of this study was to assess chlorhexidine gel as an endodontic irrigant, investigating, in vitro, if it possessed any of the ideal properties of an endodontic irrigant. Chlorhexidine gel was assessed along with other common endedontic irrigants (sodium hypocnlorite and chlorhexidine solution) using the agar diffusion test. Of the irrigants tested, chlorhexidine achieved the greatest inhibition haloes with microorganisms commonly found within the endodontic microflora. It also had the greatest ability in removing the smear layer and eradicating Enterococcus faecalis from the root canal system during instrumentation. It was concluded that chlorhexidine gel has great potential as a routine endodontic irrigant / Doutorado / Doutor em Clínica Odontológica
65

Biodegradação de azocorantes por bacterias isoladas de efluentes industrais

Franciscon, Elisangela 30 March 2005 (has links)
Orientador: Lucia Regina Durrant / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-08-04T02:37:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Franciscon_Elisangela_M.pdf: 7350333 bytes, checksum: 7c14c3ca44eb9ced6dc56c9a36959ec4 (MD5) Previous issue date: 2005 / Mestrado / Ciência de Alimentos / Mestre em Ciência de Alimentos
66

Isolamento, caracterização fisico-quimica e estudo das atividade inseticida, microbicida e inflamatoria da lectina isolada de sementes de Talisia esculenta (St.HIL) RADLK

Freire, Maria das Graças Machado 26 March 2003 (has links)
Orientador: Maria Ligia Rodrigues Macedo / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-03T15:28:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Freire_MariadasGracasMachado_D.pdf: 9297117 bytes, checksum: 049cc272bcd152bc866cfe89d28224f4 (MD5) Previous issue date: 2003 / Doutorado / Bioquimica / Doutor em Biologia Funcional e Molecular
67

Isolamento e seleção de microrganismos produtores de bioemulsificantes a partir de efluentes de industria de margarina e sabão

Ferrarezzo, Eliane Maria 25 August 1998 (has links)
Orientador: Lucia R. Durrant / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-23T23:24:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ferrarezzo_ElianeMaria_M.pdf: 3538163 bytes, checksum: ded6e59852d531d25de21dbfdc8d2e02 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: O interesse por microrganismos produtores de bioemulsificantes tem crescido nas ultimas décadas pelo seu potencial de aplicação na indústria de alimentos, agrícola, farmacêutica e petroquímica assim como em biorremediação, devido as suas características de biodegradábilidade, não toxicidade e pela possibilidade de produção a partir de substratos renováveis. Bactérias, fungos filamentosos e leveduras com capacidade de produzir bioemulsificantes tem sido isolados de várias fontes de carbono como hidrocarbonetos, açúcares, óleos vegetais e resíduos industriais. Foram isoladas 111 linhagens de microrganismos a partir de efluente de indústria de margarína e sabão, sendo estas linhagens testadas quanto a capacidade de produzir Qioemulsificante. Dentre estes microrganismos as linhagens B1 e B9, identificadas como Bacillus sp, apresentaram os melhores valores de emulsificação. Foi estudada a produção de bioemulsificante em função da fonte de carbono (óleo de soja e glicose) e pH do meio de cultivo (pH 5,0, 7,0 e 11,0) bem como sua capacidade de emuisionar compostos aromáticos (tolueno e xileno) e misturas de hicrocarbonetos alifáticos e cíclicos (querosene e óleo diesel) além de triglicerídeos (óleo de soja). Os melhores fndices de Emulsificação ocorreram quando as linhagens B 1 e B9 foram cultivadas em meio GYP (glicose, extrato de levedura, peptona,) em pH 7,0 após 10 horas de cultivo em relação a óleo de soja (43,39%), querosene (44,00%), tolueno (40,42%), óleo diesel (44,85%) e xileno (45,00%). Estas linhagens provocaram pequena diminuição da tensão superficial dos meios de cultivo. Os Bacillus sp B1 e Bacillus sp B2 produziram bioemulsificantes capazes de emulsionar óleo de soja, querosene, tolueno, óleo diesel e xileno apresentando potencial de aplicação em biorremediação. / Abstract: The interest for microorganisms able to produce bioemulsifiers is growing in last decade by their potencial application in food, pharmaceutical, agriculture, petrolium industries as so as biorremediation application because the bioemulsifiers are biodegradable, non toxic and they can be produced from renovable substracts. Many bacterias, yeasts and molds have béen isolated to produce bioemulsifiers from sugars, hidrocarbon, vegetable oils and industrial wastes. One hundred eleven strains of microorganisms isolated from wastewater of margarine and soap industry at Campinas region - São Paulo were studied in relation to their bioemulsier production.capacity. Two strains of that the strains 81 and 89 identified Bacillus sp showed best bioemulsifier activity. The influence of various factors were studied such as: pH (5.0 , 7.0 and ~ 1.0), carbon souce (soya bean oil and glucose) and the bioemulsifier activity against aromatic compounds (toluene and xilene) and mixtures of hidrocarbons (kerosen and diesel oil) and tryglicerides ( soya bean oil) were tested. In the study of bioemulsifier activity the Bacillus sp 81 and Bacillus sp 82 had the besf when were growing in GYP medium (glucose, yeast extract, pepetone) was used in pH adjusted to 7.0 at 10 hours related to soy bean oil (43,39%), kerosen (44,00%), toluen (40,42%), diesel oil (44,85%) and xilene (45,00%). There was not significative superficial tension decrease. The strains Bacillus sp 81 and Bacillus sp 89 were able to emulsify soya bean oil, kerosen, toluene, diesel oil and xilene. It is showing a potential application in biorremediation. / Mestrado / Mestre em Ciência de Alimentos
68

Avaliação periodontal clínica e microbiológica em mães de prematuros: estudo caso-controle

Von Söhsten Marinho, Erika 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:01:40Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8964_1.pdf: 1165337 bytes, checksum: ad2dcb87502c0faadfe896ced9adf99c (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Objetivo: Determinar os parâmetros clínicos periodontais e a frenquência bactérias periodontopatogênicas no biofilme subgengival de mães de prematuros comparativamente às mães de bebê a termo. Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo caso-controle envolvendo 40 mulheres . Foram incluidas 20 mães de prematuros no grupo caso, enquanto no grupo controle foram incluídas 20 mães de bebês a termo. Em até 48 horas após o parto, as participantes do estudo foram submetidas a uma entrevista contendo dados de identificação, sóciodemográfico, hábitos de vida, história gestacional atual e pregressa, e um exame periodontal, onde foram coletados dados de profundidade de sondagem, sangramento à sondagem, índice de plaxa e perda de inserção periondontal. Na análise microbiológica do biofilme subgengival foram analisadas a Tannerella forsythia, Treponema denticola, Porphyromonas gingivalis e Aggregatibacter actinomycetemcomitans, realizada através da técnica da PCR convencional. Resultados: As médias da perda de inserção clínica e sangramento à sondagem mostraram-se signficativamente superiores nas mães de bebês prematuros (p= 0,049; p=0,031, respectivamente). A Porphyromonas gingivalis mostrou-se significativamente mais frequente no grupo caso (p= 0,044). Conclusão: Sugere-s que a inflamação e perda de inserção periodontal bem como a presençã da Porphyromonas gingivalis no biofilme subgengival possam estar associados à prematuridade.
69

Avaliação de metabólito de Streptomyces sp., sua atividade antimicrobiana e citotoxicidade; identificação morfológica e molecular da actinobactéria

BORBA, Camila Beatriz Atanásio 28 July 2016 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-09-21T21:52:38Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Camila Beatriz Atanásio Borba.pdf: 1215389 bytes, checksum: 2c42564d7f3a485a35ffa8fdd0d3d3c6 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-09-24T17:19:28Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Camila Beatriz Atanásio Borba.pdf: 1215389 bytes, checksum: 2c42564d7f3a485a35ffa8fdd0d3d3c6 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-09-24T17:19:28Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Camila Beatriz Atanásio Borba.pdf: 1215389 bytes, checksum: 2c42564d7f3a485a35ffa8fdd0d3d3c6 (MD5) Previous issue date: 2016-07-28 / O crescente número de infecções causadas por bactérias resistentes a antibióticos leva à busca para estudos de diferentes compostos bioativo. Neste contexto visando a busca de novos antimicrobianos, as actinobacterias vem sendo estudadas por sua capacidade de produzir metabólitos bioativos, antioxidantes, compostos terpenóides, enzimas e antimicrobianos. Dentro do filo o gênero streptomyces ganha destaque pois produzem 80% dos antibióticos conhecidos. Tendo em vista o potencial destes microrganismos para produção de compostos bioativos este trabalho tem objetivo produzir metabólito secundário de Streptomyces hygroscopicus avaliar sua atividade antimicrobiana, antioxidante e citotoxicicidade, bem como detectar as classes de compostos presentes, além de identificar morfológica e molecularmente a actinobactéria produtora. Inicialmente a atividade antimicrobiana foi realizada através de teste em difusão de poço, onde o extrato acetato de etila (EA) mostrou atividade frente a B. Subtillis (23,61mm) e S. aureus (21,61mm), o extrato metanólico (EM) e extrato hexânico (EH) frente as mesmas bactérias teste C. Kruzi (EM:11,92mm, AH: 8,86mm), B.subtillis (EM: 18,07mm, EH: 18,07mm), S. aureus (EM: 15,24mm, EH: 29,66mm), P. aeruginosa (EM: 20,95mm, EH:17,91), com excessão da E.coli (EM:12,87mm) em seguida foi executado CMI com 4 bactérias testes que apresentaram maior halo de inibição e Micobacterium tuberculosis ATCC. Grande parte dos extratos estudados mostraram atividade inibitória frente aos microrganismos testes quando em concentração de 10mg/mL, Já o extrato Acetato de etila (EA) frente a B.subtillis, e Metanólico frente a B.subtillis e P. aeruginosa obtiveram MIC > 10mg/mL, o extrato hexânico (EH) apresentou MIC de 1,25 mg/mL frente a B.subtillis. Os extratos apresentaram as seguintes valores de MIC, 5mg (EA), 2,5mg (EM) e 1,25mg (EH), frente a Micobacterium tuberculosis. Ao realizar a atividade antioxidante dos extrato através do método de DPPH, obtivemos os seguintes valores de IC50: 3,4916 mg/mL (EA), 2,0880 mg/mL (EM). Quando utilizado o método ABTS o extrato Acetato de etila (1,485 mg/mL) observou-se o pico de porcentagem de inibição do radical ABTS de 19,3548, e para o extrato metanólico (0,285 mg/mL), 19,7947. A detecção das classes de compostos foi realizada por Cromatografia em Camada Delgada (CCD), onde foram encontradas as seguintes classes: Protoantocianididas condensadas, leucoantocianidinas, cumarinas e saponinas no extrato metanólico, já no extrato acetato de etila foram encontrados derivados cinâmicos, triterpenos e esteroides. A citotoxicidade dos extratos estudados foi avaliada pela técnica de MTT, onde foi observado CC50 de 9,06 mg/mL para o extrato acetato de etila, 4,55 mg/ml para extrato hexânico e 1,81mg/mL para o extrato metanólico. Concluiu-se que à atividade antioxidante o extrato metanólico se mostrou mais promissor quando comparar ao extrato acetato, porém ao analisar suas toxicidades vê-se o contrário. Quanto a atividade antimicrobiana o extrato hexânico obteve melhores resultados, sendo efetivo frente a Micobacterium tuberculosis e B.subtillis, mostranto que extratos oriundos de Straptomyces hygrscopicus possue efetiva atividade antimicrobiana e antioxidante. / The increasing number of infections caused by bacteria resistant to antibiotics leads to a search for studies of different bioactive compounds. In this context aimed at the search for new antimicrobials, the actinomycetes have been studied for their ability to produce bioactive metabolites, antioxidants, terpenoids compounds, enzymes and antimicrobial. Within the phylum the Streptomyces genus is highlighted as they produce 80% of the known antibiotics. Given the potential of these microorganisms for the production of bioactive compounds this study aimed to produce secondary metabolite of Streptomyces hygroscopicus evaluate its antimicrobial activity, antioxidant and citotoxicicidade and detect classes of compounds and identify morphological and molecularly producer actinobacteria. Initially, the antimicrobial activity was performed by test well spread, where the ethyl acetate extract (EA) showed activity against B. subtilis (23,61mm) and S. aureus (21,61mm), the methanol extract (EM ) and hexane extract (EH) against the same test bacteria C. Kruzi (MS: 11,92mm, AH: 8,86mm), B.subtillis (MS: 18,07mm, EH: 18,07mm), S. aureus ( iN: 15,24mm, EH: 29,66mm), P. aeruginosa (MS: 20,95mm, EH: 17.91), with the exception of E. coli (MS: 12,87mm) was then run CMI 4 bacteria tests showed greater inhibition zone and Mycobacterium tuberculosis ATCC. Much of the extracts tested showed inhibitory activity against the test microorganisms when in a concentration of 10mg / mL, already the ethyl acetate extract (EA) against B.subtillis, and methanol against B.subtillis and P. aeruginosa obtained MIC> 10mg / ml, hexane extract (SH) showed MIC of 1.25 mg / mL against B.subtillis. When performing the antioxidant activity of the extract by DPPH method, we obtained the following IC50 values: 3.4916 mg / ml (EA), 2.0880 mg / ml (EM). When using the ABTS assay the ethyl acetate extract (1.485 mg / ml) observed peak percentage inhibition of ABTS radical 19.3548, and the methanol extract (0.285 mg / mL) 19.7947. The detection of classes of compounds was done by Thin Layer Chromatography (TLC) where the following classes were found: Protoantocianididas condensed, leucoanthocyanidins, coumarins and saponins in methanolic extract, as the ethyl acetate extract were found cinnamic derivatives, triterpenes and steroids . The cytotoxicity of the extracts tested was evaluated by MTT technique, which was observed CC50 9.06 mg / ml for the ethyl acetate extract, 4.55 mg / mL for the hexane extract and 1,81mg / ml to the methanolic extract. It was concluded that the methanol extract antioxidant activity was more promising when compared to acetate extract, but to analyze their toxicities sees otherwise. The antimicrobial activity hexane extract yielded better results, being effective against Mycobacterium tuberculosis and B.subtillis, mostranto that come from Straptomyces hygrscopicus extracts possesses effective antimicrobial and antioxidant.
70

Microbiologia do processamento e caracterização das bacterias lacticas do suco de laranja

Siebel, Josefina Faria França 17 July 2018 (has links)
Orientador: Fumio Yokoya / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-17T06:37:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Siebel_JosefinaFariaFranca_M.pdf: 4984595 bytes, checksum: 3e6c342296f7352cc47048b7ab0642e8 (MD5) Previous issue date: 1978 / Resumo: Um total de 1.155 amostras de suco cítrico foram coletadas em onze pontos diferentes da linha de produção de uma industria de suco de laranja, tendo sido examinadas as condições higiênicas da fabricação através da contagem microbiana, fungos e leveduras nos seguintes pontos da linha de processamento: "finisher" (após o acabamento), centrífuga, seis estágios de evaporação (concentração), "flash cooler", tanque de mistura e trocador de calor. As contagens obtidas situaram-se em torno de 5x105 germes por grama do produto para as bactérias lácticas e 25x104 para leveduras. Os ensaios realizados nos pontos antes e depois do pasteurizador mostraram que, apesar do tratamento térmico ter sido eficiente, ocorria recontaminação apôs a pasteurização. Dentre as bactérias lácticas isoladas, houve predominância dos tipos heterofermentativos em forma de bastonetes. As bactérias encontradas e caracterizadas foram: Lactobacillus plantarum, Lactobacillus brevis, Lactobacillus acldophilus, Lacto baclllus delbrueckii, Leuconostoc mesenteroides, Leuconostoc dextranicum, Pediococcus acidilactici e Pediococcus halophllus. Não foram encontradas espécies do gênero Streptococcus / Abstract: A total of 1,155 samples were collected at eleven different points of concentrate orange juice plant. The hygienic condition was examined by counts of bacteria, molds and yeasts, from following points of the processing line: after the finisher, centrifuge, the six stages of evaporation, flash cooler, mixing tank and heat exchanger. The counts of final product were approximately 5x10"* lactic 4 acid bacteria per gram and 25x10 yeasts. The assays carried out before and after the pasteurization showed that, although the thermal treatment had been efficient, recontamination - after pasteurization was observed at great extent. Among the lactic acid bacteria isolated, there was a predominance of the hetercfermantative types in the form of rods.The types found and characterized were: Lactobacillus plantarum, Lactobacillus brevis, Lactobacillus acidophilus, Lactoba- cillus delbrueckli, Leuconostoc mesenteroides, Leuconostoc dextranicum, Pediococcus acidilactlci and Pediococcus halo- philus. No species of the Streptococcus were found / Mestrado / Mestre em Ciência de Alimentos

Page generated in 0.029 seconds