• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 67
  • Tagged with
  • 68
  • 68
  • 39
  • 9
  • 9
  • 9
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Influência do processo de incorporação de argila sobre as propriedades de vulcanizados de borracha natural e borracha natural epoxidada

Silva, André Luis dos Santos da January 2012 (has links)
A maioria das aplicações tecnológicas das borrachas exige cargas de reforço. O reforço alcançado depende em muito do grau de dispersão da carga na matriz, o que por sua vez depende da interação carga-matriz, e, consequentemente, da natureza da química do elastômero e da carga. Além do negro de fumo e da sílica, materiais já consagrados como cargas de reforço de borrachas, outras nanopartículas funcionalizadas têm sido o centro das atenções. Na última década, o uso de argilas como reforço em borrachas vem sendo estudado intensamente. Dada a sua característica lamelar, uma boa dispersão e esfoliação das placas da argila na matriz, resulta em excelentes propriedades, mesmo em baixos teores. No entanto, para muitas aplicações tecnológicas de elastômeros, se exige teores mais elevados de cargas, e neste particular o desafio de incorporar e dispersar a argila, altamente polar em uma matriz apolar tem sido um desafio. Neste contexto, este trabalho avaliou a possibilidade e a potencialidade de incorporar-se diferentes teores da argila montmorilonita, MMT, e da mesma modificada organicamente, OMMT, em matriz de borracha natural epoxidada (ENR15, ENR20, ENR50 e mistura de NR/ENR50 na proporção de 60/40). Nas matrizes de ENR15 e ENR20 a argila foi incorporada em emulsão e nas demais composições e em uma câmara de misturas acoplada a um reômetro de torque do tipo Haake. As propriedades reométricas, morfológicas, térmicas, mecânicas e viscoelásticas foram avaliadas através de reometria de disco oscilatório (ODR), difração de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), calorimetria exploratória diferencial (DSC), análise termogravimétrica (TGA), ensaios de resistência à tração e análise dinâmico mecânica (DMA). A adição de MMT ou OMMT nas matrizes resultou em um aumento na distância interplanar da argila, indicando a formação de estruturas intercaladas. As imagens de MEV apresentam uma boa dispersão da carga na matriz. De uma maneira geral, houve melhora nas propriedades mecânicas com a adição de argila, para todas as amostras, com determinadas composições alcançando 250% de acréscimo. Observou-se, também, que a presença da argila afeta a eficiência da vulcanização, diminuindo a densidade de reticulação com o aumento no teor de argila. Os resultados deste trabalho apontam para a dificuldade se incorporar teores maiores (de 10 a 40 phr) de MMT em matriz de NR e/ou em matriz de ENR e ao contrário do que esperado, as diferentes metodologias aqui empregadas como a incorporação em emulsão e em câmara de mistura pouco influenciaram as propriedades finais dos vulcanizados. O uso da OMMT influenciou mais no grau de dispersão e da interação carga- matriz do que o grau de epoxidação da NR. / Most technological rubber applications require reinforcing fillers. The reinforcement achieved depends strongly on the interaction between the filler and matrix, the nature of filler and the type of rubber used. Besides carbon black and silica which have been proven reinforcing nanofillers for a large variety of rubber, other types of functional nanoparticles are coming in the center of this attention. In the last decade, the use of clay as reinforcement in rubbers has been widely studied. To achieve better mechanical properties, a good dispersion of the clay in rubber matrix is required. Also, it is desirable that elastomeric chains segments were intercalated between the layers of the clay. In this present work, rubber vulcanized nanocomposites were prepared from different elastomeric matrices (NR, ENR15, ENR20, ENR50 and a blend of NR/ENR50 in the ratio of 60/40), reinforced with different concentrations of MMT and OMMT. For the ENR15 and ENR20 matrices, the clay was incorporated in solution method, and for the other compositions, the clay was incorporated using a Haake rheomether connected to a mixing chamber. The rheometric, morphology, thermal, mechanical and viscoelastic properties were evaluated by oscillating disk rheometer (ODR), X-ray diffraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM), differential scanning calorimetry (DSC), thermogravimetric analysis (TGA), tensile strength tests and dynamic mechanical analysis (DMA). The addition of MMT and OMMT in the matrices, results in an increase in the interplanar distance of the nanocomposites, indicating the formation of intercalated structures. The SEM images exhibit a good dispersion of the load in the elastomeric matrices. The mechanical properties were improved by the addition of clay, showing an increase in the specific modulus, reaching 250% for some compositions and improvements in the tensile strength between 20% and 50% for all matrices. The presence of clay affects the crosslink density of nanocomposites. A better interaction among OMMT and elastomeric matrices can be observed in DMA analysis. The ENR50 phase present in the blends NR/ENR50/OMMT can act as compatibilizer between NR and OMMT. The method of incorporation of the clay does not influence the final properties of the nanocomposites in this work.
2

Influência do processo de incorporação de argila sobre as propriedades de vulcanizados de borracha natural e borracha natural epoxidada

Silva, André Luis dos Santos da January 2012 (has links)
A maioria das aplicações tecnológicas das borrachas exige cargas de reforço. O reforço alcançado depende em muito do grau de dispersão da carga na matriz, o que por sua vez depende da interação carga-matriz, e, consequentemente, da natureza da química do elastômero e da carga. Além do negro de fumo e da sílica, materiais já consagrados como cargas de reforço de borrachas, outras nanopartículas funcionalizadas têm sido o centro das atenções. Na última década, o uso de argilas como reforço em borrachas vem sendo estudado intensamente. Dada a sua característica lamelar, uma boa dispersão e esfoliação das placas da argila na matriz, resulta em excelentes propriedades, mesmo em baixos teores. No entanto, para muitas aplicações tecnológicas de elastômeros, se exige teores mais elevados de cargas, e neste particular o desafio de incorporar e dispersar a argila, altamente polar em uma matriz apolar tem sido um desafio. Neste contexto, este trabalho avaliou a possibilidade e a potencialidade de incorporar-se diferentes teores da argila montmorilonita, MMT, e da mesma modificada organicamente, OMMT, em matriz de borracha natural epoxidada (ENR15, ENR20, ENR50 e mistura de NR/ENR50 na proporção de 60/40). Nas matrizes de ENR15 e ENR20 a argila foi incorporada em emulsão e nas demais composições e em uma câmara de misturas acoplada a um reômetro de torque do tipo Haake. As propriedades reométricas, morfológicas, térmicas, mecânicas e viscoelásticas foram avaliadas através de reometria de disco oscilatório (ODR), difração de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), calorimetria exploratória diferencial (DSC), análise termogravimétrica (TGA), ensaios de resistência à tração e análise dinâmico mecânica (DMA). A adição de MMT ou OMMT nas matrizes resultou em um aumento na distância interplanar da argila, indicando a formação de estruturas intercaladas. As imagens de MEV apresentam uma boa dispersão da carga na matriz. De uma maneira geral, houve melhora nas propriedades mecânicas com a adição de argila, para todas as amostras, com determinadas composições alcançando 250% de acréscimo. Observou-se, também, que a presença da argila afeta a eficiência da vulcanização, diminuindo a densidade de reticulação com o aumento no teor de argila. Os resultados deste trabalho apontam para a dificuldade se incorporar teores maiores (de 10 a 40 phr) de MMT em matriz de NR e/ou em matriz de ENR e ao contrário do que esperado, as diferentes metodologias aqui empregadas como a incorporação em emulsão e em câmara de mistura pouco influenciaram as propriedades finais dos vulcanizados. O uso da OMMT influenciou mais no grau de dispersão e da interação carga- matriz do que o grau de epoxidação da NR. / Most technological rubber applications require reinforcing fillers. The reinforcement achieved depends strongly on the interaction between the filler and matrix, the nature of filler and the type of rubber used. Besides carbon black and silica which have been proven reinforcing nanofillers for a large variety of rubber, other types of functional nanoparticles are coming in the center of this attention. In the last decade, the use of clay as reinforcement in rubbers has been widely studied. To achieve better mechanical properties, a good dispersion of the clay in rubber matrix is required. Also, it is desirable that elastomeric chains segments were intercalated between the layers of the clay. In this present work, rubber vulcanized nanocomposites were prepared from different elastomeric matrices (NR, ENR15, ENR20, ENR50 and a blend of NR/ENR50 in the ratio of 60/40), reinforced with different concentrations of MMT and OMMT. For the ENR15 and ENR20 matrices, the clay was incorporated in solution method, and for the other compositions, the clay was incorporated using a Haake rheomether connected to a mixing chamber. The rheometric, morphology, thermal, mechanical and viscoelastic properties were evaluated by oscillating disk rheometer (ODR), X-ray diffraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM), differential scanning calorimetry (DSC), thermogravimetric analysis (TGA), tensile strength tests and dynamic mechanical analysis (DMA). The addition of MMT and OMMT in the matrices, results in an increase in the interplanar distance of the nanocomposites, indicating the formation of intercalated structures. The SEM images exhibit a good dispersion of the load in the elastomeric matrices. The mechanical properties were improved by the addition of clay, showing an increase in the specific modulus, reaching 250% for some compositions and improvements in the tensile strength between 20% and 50% for all matrices. The presence of clay affects the crosslink density of nanocomposites. A better interaction among OMMT and elastomeric matrices can be observed in DMA analysis. The ENR50 phase present in the blends NR/ENR50/OMMT can act as compatibilizer between NR and OMMT. The method of incorporation of the clay does not influence the final properties of the nanocomposites in this work.
3

Influência do processo de incorporação de argila sobre as propriedades de vulcanizados de borracha natural e borracha natural epoxidada

Silva, André Luis dos Santos da January 2012 (has links)
A maioria das aplicações tecnológicas das borrachas exige cargas de reforço. O reforço alcançado depende em muito do grau de dispersão da carga na matriz, o que por sua vez depende da interação carga-matriz, e, consequentemente, da natureza da química do elastômero e da carga. Além do negro de fumo e da sílica, materiais já consagrados como cargas de reforço de borrachas, outras nanopartículas funcionalizadas têm sido o centro das atenções. Na última década, o uso de argilas como reforço em borrachas vem sendo estudado intensamente. Dada a sua característica lamelar, uma boa dispersão e esfoliação das placas da argila na matriz, resulta em excelentes propriedades, mesmo em baixos teores. No entanto, para muitas aplicações tecnológicas de elastômeros, se exige teores mais elevados de cargas, e neste particular o desafio de incorporar e dispersar a argila, altamente polar em uma matriz apolar tem sido um desafio. Neste contexto, este trabalho avaliou a possibilidade e a potencialidade de incorporar-se diferentes teores da argila montmorilonita, MMT, e da mesma modificada organicamente, OMMT, em matriz de borracha natural epoxidada (ENR15, ENR20, ENR50 e mistura de NR/ENR50 na proporção de 60/40). Nas matrizes de ENR15 e ENR20 a argila foi incorporada em emulsão e nas demais composições e em uma câmara de misturas acoplada a um reômetro de torque do tipo Haake. As propriedades reométricas, morfológicas, térmicas, mecânicas e viscoelásticas foram avaliadas através de reometria de disco oscilatório (ODR), difração de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), calorimetria exploratória diferencial (DSC), análise termogravimétrica (TGA), ensaios de resistência à tração e análise dinâmico mecânica (DMA). A adição de MMT ou OMMT nas matrizes resultou em um aumento na distância interplanar da argila, indicando a formação de estruturas intercaladas. As imagens de MEV apresentam uma boa dispersão da carga na matriz. De uma maneira geral, houve melhora nas propriedades mecânicas com a adição de argila, para todas as amostras, com determinadas composições alcançando 250% de acréscimo. Observou-se, também, que a presença da argila afeta a eficiência da vulcanização, diminuindo a densidade de reticulação com o aumento no teor de argila. Os resultados deste trabalho apontam para a dificuldade se incorporar teores maiores (de 10 a 40 phr) de MMT em matriz de NR e/ou em matriz de ENR e ao contrário do que esperado, as diferentes metodologias aqui empregadas como a incorporação em emulsão e em câmara de mistura pouco influenciaram as propriedades finais dos vulcanizados. O uso da OMMT influenciou mais no grau de dispersão e da interação carga- matriz do que o grau de epoxidação da NR. / Most technological rubber applications require reinforcing fillers. The reinforcement achieved depends strongly on the interaction between the filler and matrix, the nature of filler and the type of rubber used. Besides carbon black and silica which have been proven reinforcing nanofillers for a large variety of rubber, other types of functional nanoparticles are coming in the center of this attention. In the last decade, the use of clay as reinforcement in rubbers has been widely studied. To achieve better mechanical properties, a good dispersion of the clay in rubber matrix is required. Also, it is desirable that elastomeric chains segments were intercalated between the layers of the clay. In this present work, rubber vulcanized nanocomposites were prepared from different elastomeric matrices (NR, ENR15, ENR20, ENR50 and a blend of NR/ENR50 in the ratio of 60/40), reinforced with different concentrations of MMT and OMMT. For the ENR15 and ENR20 matrices, the clay was incorporated in solution method, and for the other compositions, the clay was incorporated using a Haake rheomether connected to a mixing chamber. The rheometric, morphology, thermal, mechanical and viscoelastic properties were evaluated by oscillating disk rheometer (ODR), X-ray diffraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM), differential scanning calorimetry (DSC), thermogravimetric analysis (TGA), tensile strength tests and dynamic mechanical analysis (DMA). The addition of MMT and OMMT in the matrices, results in an increase in the interplanar distance of the nanocomposites, indicating the formation of intercalated structures. The SEM images exhibit a good dispersion of the load in the elastomeric matrices. The mechanical properties were improved by the addition of clay, showing an increase in the specific modulus, reaching 250% for some compositions and improvements in the tensile strength between 20% and 50% for all matrices. The presence of clay affects the crosslink density of nanocomposites. A better interaction among OMMT and elastomeric matrices can be observed in DMA analysis. The ENR50 phase present in the blends NR/ENR50/OMMT can act as compatibilizer between NR and OMMT. The method of incorporation of the clay does not influence the final properties of the nanocomposites in this work.
4

A dança das facas : trabalho e técnica em seringais paulistas

Deus, Eduardo di 20 December 2017 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-graduação em Antropologia Social, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-05-08T18:26:39Z No. of bitstreams: 1 2017_EduardoDiDeus.pdf: 64709930 bytes, checksum: 7bc934709f759c593a53a114ce3db791 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-05-21T15:31:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_EduardoDiDeus.pdf: 64709930 bytes, checksum: 7bc934709f759c593a53a114ce3db791 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-21T15:31:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_EduardoDiDeus.pdf: 64709930 bytes, checksum: 7bc934709f759c593a53a114ce3db791 (MD5) Previous issue date: 2018-05-21 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). / A sangria de seringueiras é a extração do látex destas árvores para a produção de borracha natural. Nas plantações de seringueiras do interior de São Paulo, e ao longo de toda a história da borracha, a extração é um momento crucial. Toda uma rede de relações é gerada a partir dos encontros habilidosos dos sangradores ou seringueiros com as árvores, com a mediação de facas e outros objetos técnicos. Fruto de décadas de fluxos e refluxos globais e tropicais, as pequenas e médias plantações do planalto ocidental de São Paulo respondem por mais da metade da produção de borracha natural no Brasil, país de origem da seringueira, que outrora vivenciou ciclos de grande prosperidade do extrativismo deste material na floresta amazônica. O ofício do sangrador é singular, unindo a expertise no trato de uma espécie vegetal cultivada, um ritmo de trabalho e uma rotina similares ao trabalho industrial, com uma habilidade artesanal no manejo de facas específicas para realizar incisões precisas nas cascas das árvores. Trabalho rural, rotina industrial, habilidade artesanal. Este ofício é exemplar das limitações destas categorias classificatórias das atividades humanas. A presente tese apresenta uma antropologia histórica das técnicas de sangria de seringueiras, tendo as plantações do planalto ocidental paulista como ambiente etnográfico. A partir de um entendimento antropológico da técnica e de uma abordagem do trabalho como engajamento nas atividades produtivas, pretende-se compreender os ritmos e fluxos envolvidos nas fundamentais relações entre sangradores e árvores. / Rubber tapping is the extraction of latex from seringueira rubber trees, for production of natural rubber. In rubber estates in the countryside of São Paulo state, Brazil, and throughout rubber history elsewhere, extraction has always been crucial. A whole network of relationships obtains from the skilful encounters of rubber tappers with rubber trees, mediated by knives and other technical objects. As a result of decades of global ebbs and flows in the tropics, small and medium rubber estates of São Paulo's western plateau account for more than half of natural rubber production in Brazil, the country of origin of the rubber tree, which once experienced cycles of great prosperity in the extraction of this material in the Amazon forest. Rubber tappers’ metier is unique, combining expertise in dealing with a cultivated plant species, a work rhythm and routine similar to industrial work, and an artisan ability to handle specific knives to make precise incisions in rubber trees. Rural work, industrial routine, craftsmanship. This office is exemplary of the limitations of such classificatory categories of human activity. This thesis intends to present a historicalanthropological account of rubber tapping techniques, with rubber estates of western plateau of São Paulo as an ethnographic setting. Departing from an anthropological understanding of the techniques involved and from an analysis of rubber tappers’ work as an engagement in a productive activity, the thesis aims to understand the rhythms and flows involved in the fundamental relationship between rubber tappers and trees.
5

Análise econômica da produção da borracha natural no Estado de São Paulo / Economic analysis of natural rubber production in São Paulo State

Arruda, Silvia Toledo 02 February 1987 (has links)
Em termos de borracha sintética, o Brasil tornou-se praticamente auto-suficiente, além de contar com algum excedente exportável. Quanto à borracha natural o País encontra-se, ainda hoje, com um deficit de produção, produzindo cerca de 60% de suas necessidades. Ressalta-se que o Governo Federal tem despendido vultuosos recursos em programas de incentivo ao aumento da produção da borracha natural. O Estado de São Paulo, embora sem tradição na cultura da hevea, dispõe de áreas consideradas aptas e de condições ecológicas que permitem expandir o plantio da seringueira e, desse modo, contribuir para o aumento da produção. Contudo, a expansão da heveicultura traz consigo a necessidade de se incrementar os trabalhos de pesquisa, tanto na área agronômica como na área econômica. O propósito deste estudo é analisar as estruturas de custo dos sistemas de produção em uso no Estado de São Paulo e proceder à determinação dos custos médios de produção de borracha natural, por hectare e por unidade produzida, considerando três níveis de produtividade por hectare/ano. Utiliza-se a teoria de investimento em bens de produção, apropriando os custos para todo o horizonte temporal da cultura, estimado' em vinte e sete anos. Os cálculos são efetuados às taxas de desconto de 6 %, 10%, 12 % e 20 % ao ano, dando-se ênfase à aná1ise dos resultados obtidos a taxa de 12% ao ano, como taxa mínima de atratividade ou custo alternativo do capital. Os preços dos fatores de produção são os que vigoraram no mis de maio de 1985; os resultados obtidos em cruzeiros são convertidos para dólares. Como informação básica utiliza-se dados dos seringais cultivados com capital próprio em duas regiões do Estado de São Paulo: Vale do Ribeira e São José do Rio Preto. Os sistemas de produção ana1isados são: sistema I - mudas adquiridas de viveiristas particulares; sistema II - mudas enxertadas em viveiro próprio; sistema III - formação de porta-enxerto em viveiro próprio com enxertia no campo. Para ambas as regiões considera-se tris níveis de produtividade: mínimo, médio e máximo. Os custos médios por unidade produzida são calculados por litro de látex"in natura"e por quilo de borracha seca. Para o Vale do Ribeira o custo médio mais baixo, de Cr$ 3.940 ou US$ 0,75, e obtido para o sistema de produção II, ao nível máximo de produtividade. O custo médio mais elevado, de Cr$ 7.180 ou US$ l,37, é obtido para o sistema I, ao nível mínimo de produtividade. Esse sistema mais comum entre os produtores do Vale do Ribeira. Em São José do Rio Preto o menor custo médio, de Cr$ 4.630 ou US$ 0,89 é obtido no sistema de produção III, ao nível máximo. Esse sistema é o mais comum nessa região, porem, a produtividade conseguida pela maioria dos produtores corresponde ao nível mínimo. Neste caso, o custo médio é de Cr$ 7.770 ou US$ l,49. Em são Josi do Rio Preto os custos médios são mais altos do que no Vale do Ribeira. A razão e que na primeira região os custos fixos são mais elevados devido ao uso de maquinarias enquanto que na última região a cultura e conduzida manualmente. Complementarmente, faz-se uma análise comparativa com outra pesquisa que determinou custos de produção para a seringueira no Estado de São Paulo. / Brazil is not only self-sufficient producer of synthetical rubber but also an exceeding export. However, with respect to natural rubber, Brazi1 produce on1y 60 % of its necessity. Worthwhile to point out that the Federal Government has spent massice resources through incentive programs to increase the natural rubber production. São Paulo State does not have tradition in cropping Hevea, on the other hand its are considered with the best ecological condition to a possible expantion of the Hevea production. Also, there is lack of research works both in the agronomic and economic areas in São Paulo State. This study intend to add some knowledge in the rubber production cost. The main objective of this study is to analyse the natura1 rubber production cost under different systems that has been in practice in two regions of São Paulo State: Vale do Ribeira and São José do Rio Preto. The investment theory in production goods is used with a length of p1anning horizon of 27 years, raining annual discount rates of 6%, 10%, 12% and 20%, with three productivity levels (minimum, medium and maximum), and with the monetary values basis of may, 1985, either in cruzeiros or dollars. The average production cost in computed in 1iter of latex"in natura" and in·ki1o of dry rubber. The production systems are: system I. young grafted tree from private nursery; system II: young tree grafting in farmer´s nursery; system III: rootstock in farmer´s nursery and from grafting in the yield. In the Vale do Ribeira, the lowest average cost of Cr$ 3.940 or US$ 0.75 is obtained in the case of the production system II. The highest average cost of Cr$ 7.180 or US$ 1.37 is obtained in the case of the production system I. The 1atter system is the most common among farmers in the Vale do Ribeira. In São José do Rio Preto, the lowest average cost of Cr$ 4.630 or US$ 0.89 is obtained in the case of production system III. This is the most common production system in the region, however farmers have not been able to reach the productivity that researchers had been performing under experimental condition. In this sense the average cost of Cr$ 7.770 or US$ 1.49 might be more appropriated to a great number of the farmers in this region. São José do Rio Preto has average cost higher than Vale do Ribeira. The reason is that in the former region the fixed cost is higher, due to the use of machinery, while the latter region has a traditional production system.
6

Análise econômica da produção da borracha natural no Estado de São Paulo / Economic analysis of natural rubber production in São Paulo State

Silvia Toledo Arruda 02 February 1987 (has links)
Em termos de borracha sintética, o Brasil tornou-se praticamente auto-suficiente, além de contar com algum excedente exportável. Quanto à borracha natural o País encontra-se, ainda hoje, com um deficit de produção, produzindo cerca de 60% de suas necessidades. Ressalta-se que o Governo Federal tem despendido vultuosos recursos em programas de incentivo ao aumento da produção da borracha natural. O Estado de São Paulo, embora sem tradição na cultura da hevea, dispõe de áreas consideradas aptas e de condições ecológicas que permitem expandir o plantio da seringueira e, desse modo, contribuir para o aumento da produção. Contudo, a expansão da heveicultura traz consigo a necessidade de se incrementar os trabalhos de pesquisa, tanto na área agronômica como na área econômica. O propósito deste estudo é analisar as estruturas de custo dos sistemas de produção em uso no Estado de São Paulo e proceder à determinação dos custos médios de produção de borracha natural, por hectare e por unidade produzida, considerando três níveis de produtividade por hectare/ano. Utiliza-se a teoria de investimento em bens de produção, apropriando os custos para todo o horizonte temporal da cultura, estimado' em vinte e sete anos. Os cálculos são efetuados às taxas de desconto de 6 %, 10%, 12 % e 20 % ao ano, dando-se ênfase à aná1ise dos resultados obtidos a taxa de 12% ao ano, como taxa mínima de atratividade ou custo alternativo do capital. Os preços dos fatores de produção são os que vigoraram no mis de maio de 1985; os resultados obtidos em cruzeiros são convertidos para dólares. Como informação básica utiliza-se dados dos seringais cultivados com capital próprio em duas regiões do Estado de São Paulo: Vale do Ribeira e São José do Rio Preto. Os sistemas de produção ana1isados são: sistema I - mudas adquiridas de viveiristas particulares; sistema II - mudas enxertadas em viveiro próprio; sistema III - formação de porta-enxerto em viveiro próprio com enxertia no campo. Para ambas as regiões considera-se tris níveis de produtividade: mínimo, médio e máximo. Os custos médios por unidade produzida são calculados por litro de látex"in natura"e por quilo de borracha seca. Para o Vale do Ribeira o custo médio mais baixo, de Cr$ 3.940 ou US$ 0,75, e obtido para o sistema de produção II, ao nível máximo de produtividade. O custo médio mais elevado, de Cr$ 7.180 ou US$ l,37, é obtido para o sistema I, ao nível mínimo de produtividade. Esse sistema mais comum entre os produtores do Vale do Ribeira. Em São José do Rio Preto o menor custo médio, de Cr$ 4.630 ou US$ 0,89 é obtido no sistema de produção III, ao nível máximo. Esse sistema é o mais comum nessa região, porem, a produtividade conseguida pela maioria dos produtores corresponde ao nível mínimo. Neste caso, o custo médio é de Cr$ 7.770 ou US$ l,49. Em são Josi do Rio Preto os custos médios são mais altos do que no Vale do Ribeira. A razão e que na primeira região os custos fixos são mais elevados devido ao uso de maquinarias enquanto que na última região a cultura e conduzida manualmente. Complementarmente, faz-se uma análise comparativa com outra pesquisa que determinou custos de produção para a seringueira no Estado de São Paulo. / Brazil is not only self-sufficient producer of synthetical rubber but also an exceeding export. However, with respect to natural rubber, Brazi1 produce on1y 60 % of its necessity. Worthwhile to point out that the Federal Government has spent massice resources through incentive programs to increase the natural rubber production. São Paulo State does not have tradition in cropping Hevea, on the other hand its are considered with the best ecological condition to a possible expantion of the Hevea production. Also, there is lack of research works both in the agronomic and economic areas in São Paulo State. This study intend to add some knowledge in the rubber production cost. The main objective of this study is to analyse the natura1 rubber production cost under different systems that has been in practice in two regions of São Paulo State: Vale do Ribeira and São José do Rio Preto. The investment theory in production goods is used with a length of p1anning horizon of 27 years, raining annual discount rates of 6%, 10%, 12% and 20%, with three productivity levels (minimum, medium and maximum), and with the monetary values basis of may, 1985, either in cruzeiros or dollars. The average production cost in computed in 1iter of latex"in natura” and in·ki1o of dry rubber. The production systems are: system I. young grafted tree from private nursery; system II: young tree grafting in farmer´s nursery; system III: rootstock in farmer´s nursery and from grafting in the yield. In the Vale do Ribeira, the lowest average cost of Cr$ 3.940 or US$ 0.75 is obtained in the case of the production system II. The highest average cost of Cr$ 7.180 or US$ 1.37 is obtained in the case of the production system I. The 1atter system is the most common among farmers in the Vale do Ribeira. In São José do Rio Preto, the lowest average cost of Cr$ 4.630 or US$ 0.89 is obtained in the case of production system III. This is the most common production system in the region, however farmers have not been able to reach the productivity that researchers had been performing under experimental condition. In this sense the average cost of Cr$ 7.770 or US$ 1.49 might be more appropriated to a great number of the farmers in this region. São José do Rio Preto has average cost higher than Vale do Ribeira. The reason is that in the former region the fixed cost is higher, due to the use of machinery, while the latter region has a traditional production system.
7

Efeito antioxidante de componentes do látex da seringueira e mangabeira sobre a degradação termo-oxidativa do POLI(1,4-CIS-ISOPRENO) sintético / Antioxidant effect of components of the latex from seringueira (Hevea brasiliensis)and mangabeira(Hancoria speciosa)on thermo-oxidative degradatiion of synthesic Poly (1,4-cis-isoprene

Honorato, Sara Braga January 2005 (has links)
HONORATO, S. B.; RICARDO, N. M. P. S. Efeito antioxidante de componentes do látex da seringueira e mangabeira sobre a degradação termo-oxidativa do POLI(1,4-CIS-ISOPRENO) sintético. 2005. 91 f. Dissertação (Mestrado em Química Orgânica) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2005. / Submitted by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2014-10-13T21:00:29Z No. of bitstreams: 1 2005_dis_ sbhonorato.pdf: 1621590 bytes, checksum: d13c3625ee18f431e76e2a83b3e67894 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2015-10-22T22:34:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2005_dis_ sbhonorato.pdf: 1621590 bytes, checksum: d13c3625ee18f431e76e2a83b3e67894 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-22T22:34:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2005_dis_ sbhonorato.pdf: 1621590 bytes, checksum: d13c3625ee18f431e76e2a83b3e67894 (MD5) Previous issue date: 2005 / This work is divided into two parts: The first is associated with the isolation of non-isoprenic components from the natural rubber (NR) latex from seringueira (Hevea brasiliensis) and mangabeira (Hancornia speciosa) by centrifugation. In the first centrifugation the phase serum was isolated (MAT 1). The rubber phase was treated with the surfactant sodium dodecyl sulphate (SDS) and isolated after the third centrifugation (MAT 2). The other materials tested in the synthetic rubber (PIS) were CENT 1, CENT 2 and the NR extract. These were kindly provided by Prof Jean Marinho from UNESP. The second part is associated with the possible antioxidant effect of the isolated latex components on the thermo-oxidative degradation of synthetic poly(1,4-cis-isoprene) carried out via infrared (FT-IR), thermogravimetric analysis (TG) and Nuclear Magnetic Resonance (RMN). It was observed that, from the substances obtained from the purification of the latex and tested on synthetic PIS, both MAT 1 and CENT 1 have pro-oxidant effects. The remain can be ordered in the following sequence in regards to their antioxidant capabilities: PIS + MAT 2 > PIS + NR EXTRACT > PIS + CENT 2 The calculation of the activation energy of the thermal degradation of PIS in synthetic air containing 2.0% of MAT 2 confirms that the stabilizer effect of PIS increases with the increase of this material, as all Ea of pure polymer are inferior to that of the doped sample. The NMR spectra for MAT 2 showed, in addition to the characteristic bands of cis-1,4-polyisoprene, also bands associated with fatty acids and/or SDS. The spectra of NR extract showed bands that are characteristic of oligosaccharides and minoritary cis-1,4-polyisoprene. / O presente trabalho é dividido em duas partes: A primeira está relacionada com o isolamento dos componentes não-isoprênicos do látex da borracha natural (BN) da seringueira (Hevea brasiliensis) e mangabeira (Hancornia speciosa) por centrifugação. Na primeira centrifugação foi isolada a fase serum (MAT 1). A fase borracha foi tratada com o surfactante dodecil sulfato de sódio (SDS) e isolada após a terceira centrifugação, (MAT 2). Os outros materiais testados à borracha sintética (PIS) foram o CENT 1, CENT 2 e o extrato de BN, os quais foram gentilmente cedidos pelo Prof. Jean Marinho da UNESP. A segunda parte refere-se ao possível efeito antioxidante dos componentes do látex isolados sobre a degradação termo-oxidativa do poli (1,4-cis-isopreno) sintético realizada através das técnicas de Infravermelho (FT-IR), Análise Termogravimétrica (TG) e Ressonância Magnética Nuclear (RMN). Foi observado que, das substâncias obtidas da purificação do látex e testadas no PIS sintético, tanto o MAT 1 quanto o CENT 1 têm efeitos pró-oxidantes. Os demais podem ser ordenados na seguinte seqüência quanto ao poder antioxidante: PIS + MAT 2 > PIS + EXTRATO DE BN > PIS + CENT 2 O cálculo da energia de ativação (Ea) da degradação térmica do PIS em ar sintético contendo 2,0% do MAT 2 confirma que o acréscimo desse material exerce um efeito estabilizante ao PIS, pois todas as Ea do polímero puro são inferiores à da amostra dopada. Os espectros de Ressonância Magnética Nuclear para o MAT 2 exibiram, além de sinais característicos do cis-1,4-poliisopreno, sinais relativos a ácidos graxos e/ou SDS, enquanto que os espectros do Extrato de BN exibiram sinais característicos de oligossacarídeos e poli (1,4-cis-isopreno) como componentes minoritários.
8

Obtenção e caracterização de filmes de PHB e de blendas de PHB com borracha natural

Fuzari Junior, Gilberto de Campos [UNESP] 25 February 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:25:33Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-02-25Bitstream added on 2014-06-13T19:53:25Z : No. of bitstreams: 1 fuzarijunior_gc_me_ilha.pdf: 1800316 bytes, checksum: 6ffbd14d47f4e72c963f316d2bd14074 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Filmes de PHB puro e de blendas de PHB com borracha natural foram obtidos por prensagem a quente e por “casting” e foram avaliados segundo as propriedades morfológicas, estruturais, térmicas e mecânicas, além de sua suscetibilidade à biodegradação. As blendas mostraram-se imiscíveis. Verificou-se que o processamento e a presença de borracha provocaram mudanças na configuração cristalina do PHB. A presença de borracha aumentou o grau de cristalização do PHB. Filmes tratados termicamente entre 60 e 70oC, apresentaram menor grau de cristalinidade, os quais permanecem estáveis quando resfriados à temperatura ambiente. O processamento por prensagem garantiu certa estabilidade ao filme de PHB puro em relação à degradação isotérmica, por ocasionar a compactação das cadeias poliméricas, compactação essa que é influenciada pela presença de borracha. Para a degradação não isotérmica, um maior conteúdo de borracha elevou a temperatura de degradação efetiva. O aumento de borracha na blenda também ocasionou maior deformação das blendas, com decréscimo de rigidez. O processamento por prensagem garantiu uma maior deformação para filmes de PHB puro em relação ao processamento por casting, entretanto para blendas com grande quantidade de borracha o efeito mostrou-se contrário. Análises de biodegradação em solo mostraram um material potencialmente biodegradável, sendo que a presença de borracha não atrapalhou o ataque microbiano / Pure PHB films and blends of PHB and natural rubber (in films form), were obtained by hot pressing and by casting and its morphological, structural, thermal and mechanical properties were studied using appropriated techniques. The susceptibility to the biodegradation was also analyzed. The blends did not show miscibility and crystallization degree of PHB in the blend showed to be dependent of rubber content and also film processing. Lower degree of crystallization was observed on films treated in the temperature range of 60oC to 70oC. This crystallization remains stable when the temperature drops to room temperature. Pure PHB films obtained by hot pressing showed stability regards to the isothermal degradation due to the polymer chain compaction, which is influenced by the rubber inclusion. The temperature degradation was increased as the rubber content was increased. The increasing content of rubber in the blend films also provide higher deformation with decreasing of stiff. Pure PHB films obtained by hot pressing showed higher deformation then those obtained by casting. However, for blend films with high rubber content, the effect was observed in the other way around. Furthermore, biodegradation analyzes in soil showed that the material is biodegradable and the rubber inclusion does not disturb the microbial attack
9

Nanocompósitos de borracha natural e nanocarbonos

Silva, Taynara Ferreira da 15 December 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-04-12T17:14:28Z No. of bitstreams: 1 2017_TaynaraFerreiradaSilva _PARCIAL.pdf: 2612603 bytes, checksum: 8e2927aa8d86061b8eba862fe837a00f (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-04-20T21:03:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_TaynaraFerreiradaSilva _PARCIAL.pdf: 2612603 bytes, checksum: 8e2927aa8d86061b8eba862fe837a00f (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-20T21:03:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_TaynaraFerreiradaSilva _PARCIAL.pdf: 2612603 bytes, checksum: 8e2927aa8d86061b8eba862fe837a00f (MD5) Previous issue date: 2018-04-20 / Pesquisas recentes demonstram o grande potencial do uso de reforços nanométricos em borracha natural (NR), devido à alta relação de aspecto, condutividade elétrica e resistência abrasiva, incrementando a sua versatilidade para potenciais aplicações. Este trabalho apresenta o estudo das mudanças nas propriedades mecânicas e elétricas da NR proveniente da Hevea brasiliensis, pela adição de 0,1%; 0,5% e 1% (m/m) de nanocarbonos na produção de nanocompósitos. Os nanomateriais com proporção NR/nanocarbono 0,1% foram produzidos em duas espessuras diferentes, 0,4 mm e 0,8 mm. Os nanocarbonos usados foram nanotubos de carbono (CNT), nanotubos de carbono funcionalizados (FCNT) e óxido de grafeno (GO). Os nanocarbonos foram dispersos na matriz com o auxílio de um compatibilizante natural, o líquido da castanha de caju (CNSL), material rico em grupos fenólicos com caráter anfifílico. A funcionalização do CNT foi confirmada por espectroscopia de espalhamento FT-Raman e Raman. Os ensaios de calorimetria exploratória diferencial (DSC) evidenciaram variações nos processos endotérmicos, de acordo com os nanocarbonos usados. As curvas termogravimétricas (TG) indicaram a estabilidade térmica e homogeneidade dos nanocompósitos. Nos espectros de absorção no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), verificou-se a presença de todos os grupos funcionais característicos da NR, CNSL, CNT, FCNT e GO nos nanocompósitos. Os espectros de espalhamento FT-Raman e Raman mostraram o deslocamento das bandas D e G nos nanocompósitos. A morfologia dos nanocompósitos foi observada por imagens ópticas, pois os nanocarbonos não foram visualizados por microscopia eletrônica de varredura (MEV). As curvas por análise dinâmico-mecânica (DMA) se mostraram mais sensíveis às variações da Tg, comparadas ao DSC. Também, pelas curvas DMA somadas às curvas reométricas, foi evidenciada uma variação no módulo de armazenamento (E’), tan δ e módulo de cisalhamento (G’) para as diferentes proporções usadas de nanocarbonos, conforme descrito na literatura. / Recent research has demonstrated the great potential of the use of nanometric reinforcements in natural rubber (NR), due to its high aspect ratio, electrical conductivity and abrasive resistance, increasing its versatility for potential applications. This work presents the study of the changes in the mechanical and electrical properties of NR from Hevea brasiliensis, by the addition of 0.1 wt% 0.5 wt% and 1.0 wt% of nanocarbons in the production of nanocomposites. Nanomaterials with NR/nanocarbon 0.1 wt% ratio were produced in two different thicknesses, 0.4 mm and 0.8 mm. The nanocarbons used were carbon nanotubes (CNT), functionalized carbon nanotubes (FCNT) and graphene oxide (GO). The nanocarbons were dispersed in the matrix with the aid of a natural compatibilizer, cashew nut liquid (CNSL), a material rich in amphiphilic phenolic groups. Functionalization of CNT was confirmed by FT-Raman and Raman scattering spectroscopy. The differential scanning calorimetry (DSC) tests evidenced variations in the endothermic processes, according to the nanocarbon used. The thermogravimetric (TG) curves indicated the thermal stability and homogeneity of the nanocomposites. In the Fourier Transform Infrared (FTIR) absorption spectra, all functional groups characteristic of NR, CNSL, CNT, FCNT and GO were observed in the nanocomposites. The FTRaman and Raman scattering spectra showed the displacement of the D and G bands in the nanocomposites. The nanocomposite morphology was observed by optical images, since nanocarbons were not visualized by scanning electron microscopy (SEM). Dynamic-mechanical analysis (DMA) curves were more sensitive to Tg variations, compared to DSC. Also, by the DMA curves added to the rheometric curves, a variation in the storage modulus (E'), tan δ and shear modulus (G') was shown for the different proportions used of nanocarbons, as described in the literature.
10

Tratamento do látex de borracha natural com tanino vegetal / Treatment of natural rubber latex with vegetable tannin

Pastore Júnior, Floriano 14 June 2017 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Química e Biológica, 2017. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2017-07-19T13:54:02Z No. of bitstreams: 1 2017_FlorianoPastoreJunior.pdf: 3023555 bytes, checksum: 1cdcb9be088df47c8dc045c46443815a (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-09-12T13:50:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_FlorianoPastoreJunior.pdf: 3023555 bytes, checksum: 1cdcb9be088df47c8dc045c46443815a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-12T13:50:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_FlorianoPastoreJunior.pdf: 3023555 bytes, checksum: 1cdcb9be088df47c8dc045c46443815a (MD5) Previous issue date: 2017-09-12 / Neste trabalho, investigou-se a neutralização de proteínas alergênicas do látex de borracha natural (LBN) com tratamento de tanino vegetal e três compostos coadjuvantes, um bactericida, um álcali e um surfactante. Como hipótese suplementar, admitida como ampliação de escopo desta tese logo no início, passou-se também a investigar a preservação do LBN contra degradação biológica e coagulação espontânea com o mesmo tratamento químico, em substituição à universal preservação com amônia. Os dois temas deste trabalho constituem objetos de intensa pesquisa científica e tecnológica: um com 30 anos e outro com 70 anos. Em ambos os casos, as soluções obtidas até aqui são de caráter parcial e são pouco empregadas. As duas hipóteses da tese têm por base as reações de complexação do tanino com as proteínas, que já foram muito estudadas e que sustentam processos industriais de longa data, sendo o curtimento do couro o mais importante. No entanto, o uso do tanino para os objetivos desta tese, nunca foi investigado. Ao longo de quatro anos de pesquisa, foram implementados sete Planos Experimentais (PE), uma experiência piloto industrial com 20 L de látex e três análises contratadas em laboratórios de terceiros, dentre outras atividades. Todo este trabalho resultou em conjunto coerente de resultados que permitem concluir que a preservação de LBN tratado com tanino e isento de amônia foi conseguida com sucesso e com forte probabilidade de uso na produção no campo e na indústria. Para explicar tais resultados positivos, foi proposto um modelo conceitual, denominado ‘escudo de proteção do coloide’, que teria mecanismo de ação espacial ao invés da proteção iônica do coloide. Este modelo é discutido ao longo da análise do penúltimo Plano Experimental. Os testes para avaliar a eficácia do tratamento com tanino para diminuir ou terminar com a alergenicidade do látex foram feitos em menor escala por dificuldades experimentais. No entanto, os dados obtidos apontam na direção de que este tratamento também resultará positivo, sendo questão de se realizar experimentos adicionais. Por uma questão de lógica química, é bastante plausível esperar que, se a ação do tanino sobre as proteínas está na base do resultado positivo contra a degradação biológica do látex, não há por que as suas proteínas alergênicas não terem sido também inativadas. O pedido de patente BR 10 2017 010076 6 foi depositado em 12/05/2017. / In this work, the neutralization of allergenic proteins of natural rubber latex (NRL) was tried by the addition of vegetable tannin and three coadjuvant compounds, a bactericide, an alkali and a surfactant. The preservation of NRL against biological degradation and coagulation with the same chemical treatment, replacing the universal use of ammonia, was admitted as an extension of this thesis’ scope at the beginning of the experimental work, for the very consistent practical results. The two work themes are objects of intense scientific and technological research: one with 30 years and other, 70 years. In both cases, the solutions obtained so far are partial or are little employed. The two working hypotheses of this thesis are based on the complexation reactions of the tannin with proteins, which have been extensively studied and which have sustained longstanding industrial processes, being the production of leather the most important. However, the use of tannin for the purposes intended in this thesis had never been investigated. Throughout four years of research, seven Experimental Plans (PE), an industrial pilot experiment with 20 L of latex and three analyzes contracted in laboratories of third parties, among other activities, were implemented. All this work resulted in a considerable coherent set of results that allow one to conclude that the preservation of latex treated with tannin and ammonia free was successfully achieved and with a strong probability of use in field and industrial production. To explain such positive results, a conceptual model, tentatively called the ‘colloid protection shield', was proposed. It would work based on a spatial instead the ionic mechanism of colloid protection. This model is discussed throughout the analysis of the last but one Experimental Plan. Tests to evaluate the efficacy of tannin treatment to decrease latex allergenicity were done to a lesser extent for experimental difficulties. However, the data obtained point in the direction that this treatment will also be positive, being only a matter of additional experiments. As a matter of chemical logic, it is quite plausible to expect that if the action of tannin on proteins is the bases of the success against latex degradation, there is no reason why its allergenic proteins have not been inactivated as well. The patent request BR 10 2017 010076 6 was filed on 12/05/2017.

Page generated in 0.0772 seconds