• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 22
  • 1
  • Tagged with
  • 23
  • 10
  • 7
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Produção e composição fisico-química do leite de cabras puras e mestiças da raça Saanen no estado do Ceará / Production and composition physicist-chemistry of the milk of pure and crossbred goats of the Saanen race in the state of the Ceará

Albuquerque, Ítalo Araújo January 2009 (has links)
ALBUQUERQUE, Ítalo Araújo. Produção e composição fisico-química do leite de cabras puras e mestiças da raça Saanen no estado do Ceará. 2009. 82 f. Dissertação (Mestrado em zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2009. / Submitted by Elineudson Ribeiro (elineudsonr@gmail.com) on 2016-05-17T18:30:29Z No. of bitstreams: 1 2009_dis_iaalbuquerque.pdf: 621523 bytes, checksum: bf2e267dead1aea4f9ca456ccad97d63 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2016-05-27T20:01:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dis_iaalbuquerque.pdf: 621523 bytes, checksum: bf2e267dead1aea4f9ca456ccad97d63 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-27T20:01:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dis_iaalbuquerque.pdf: 621523 bytes, checksum: bf2e267dead1aea4f9ca456ccad97d63 (MD5) Previous issue date: 2009 / This work aimed to evaluate the milk production rate and the chemical and physical composition of milk of pure and crossbred Saanen goats in a confinement system raised in tropical climate and to determine the influence on milk production and composition of the genetic group, type of kidding and parturition order. To evaluate the milk production were studied a total of 46 pure and crossbred Saanen with without a defined racial pattern animals - SPRD, being 25 pure Saanen goats, 17 crossed 7/8 Saanen x SPRD and nine 15/16 Saanen x SPRD during the period of november of 2007 to october of 2008. Milk was collected twice a day for the manual method, with a total of 4,362 controls. Data of daily milk production (PDL) was analyzed by the minimum squares method and the total milk production (PTL) and lactation length (DL) was estimated by regression analysis. The PDL was 1.79 ± kg/day, with significant effect (P<0.05) of the genetic group, type of kidding and parturition order. For PTL there was not significant effect of none of the variable study. Crossbred Saanen goats were more production with increase of the degree of blood however, to achieve the degree of blood 15/16, the values of production are similar to pure Saanen goats. The goat milk production increases with the parturition order decreased after the fifth lactation. To evaluate the chemical and physical composition of milk were studied a total of 35 Saanen goats and crossbred Saanen with goats without a defined racial pattern - SPRD, being 16 pure Saanen goats, 12 crossed 7/8 Saanen x SPRD and seven 15/16 Saanen x SPRD. Milk samples were collected twice a day for the manual method, with a total of 1,208 samples. The data of milk composition was estimated by minimum squares method. The means of chemical and physical milk composition was 3.03% for protein, 2.97% for fat, 8.05% for solids non fat, 11.01% for total solids, 1.028g/cm3 for density and 15.25°D for acidity with significant effect (P<0.05) of all variables study. It´s concluded that the Saanen daily milk production observed in this study was between the average found for this breed and their crossed in Brazil. The milk composition is in accordance with what it determines by the current legislation for chemical and physical composition of goat milk in Brazil being highly variable, influenced by genetic group, type of kidding and parturition order in which the fat content and acidity show the greater variation among the goat milk components in the different genetics groups studied. / Este trabalho foi realizado para avaliar a produção e composição físico-química do leite de cabras puras e mestiças da raça Saanen em confinamento, criadas em região de clima tropical, e os possíveis efeitos do grupo genético, tipo de parto e ordem de parto nas características avaliadas. Na avaliação da produção de leite foram utilizadas 46 cabras da raça Saanen e seus mestiços com animais Sem Padrão Racial Definido (SPRD), sendo 25 animais puros por cruza, 17 cabras 7/8 Saanen x SPRD e nove cabras 15/16 Saanen x SPRD no período de novembro de 2007 a outubro de 2008. O leite foi coletado em duas ordenhas diárias, pelo método manual, perfazendo um total de 4.362 controles. A produção média diária de leite (PDL) foi estimada pelo método dos quadrados mínimos e a produção total de leite (PTL) e duração da lactação (DL) foram estimadas mediante análise de regressão. A PDL geral das cabras foi de 1,79 ± 0,67 kg/dia, havendo efeito significativo (P<0,05) do grupo genético, tipo de parto e ordem de parto. Para PTL não houve efeito significativo de nenhuma das variáveis estudadas. Cabras mestiças Saanen produzem mais à medida que aumenta o grau de sangue sendo que, ao atingirem o grau de sangue 15/16, os valores de produção são similares aos animais puros por cruza. As cabras aumentam a produção de leite à medida que se aumenta a ordem de parto decaindo após a quinta lactação. Para a avaliação da composição físico-química do leite foram utilizadas 35 cabras da raça Saanen e seus mestiços com animais Sem Padrão Racial Definido - SPRD, sendo 16 animais puros por cruza, 12 cabras 7/8 Saanen x SPRD e sete cabras 15/16 Saanen x SPRD no período de dezembro de 2007 a outubro de 2008. As amostras de leite foram coletadas em duas ordenhas diárias pelo método manual, perfazendo um total de 1.208 amostras. Os dados da composição físico-química foram analisados pelo método dos quadrados mínimos. A composição média do leite das cabras foi de 3,03% para proteína, 2,97% para gordura, 8,05% para sólidos não gordurosos, 11,01% para sólidos totais, 1,028g/cm3 para densidade e 15,25°D para acidez havendo efeito significativo (P<0,05) de todas as variáveis estudadas. Conclui-se que a produção média de leite diária observada neste estudo se apresenta dentro dos padrões encontrados para esta raça e seus mestiços no Brasil. A composição físico-química do leite está de acordo com o que preconiza a legislação vigente para o leite de cabra no Brasil, sendo bastante variável e influenciada pelo grupo genético, tipo de parto e ordem de parto, com os teores de gordura e de acidez apresentando a maior variação dentre os componentes do leite nos diferentes grupos genéticos estudados.
2

Viabilidade do parasitismo por Haemonchus placei em caprinos (Capra hircus) experimentalmente infectados / Viability of Haemonchus placei parasitism in experimentally infected goats (Capra hircus)

Santos, Isabella Barbosa dos 22 February 2018 (has links)
Submitted by ISABELLA BARBOSA DOS SANTOS null (isabellabs853@hotmail.com) on 2018-04-04T23:51:02Z No. of bitstreams: 1 dissertação_Isabella_Barbosa_dos_Santos.pdf: 1903091 bytes, checksum: 01a14a6ac4969df8c86c454e56e542c4 (MD5) / Approved for entry into archive by Alexandra Maria Donadon Lusser Segali null (alexmar@fcav.unesp.br) on 2018-04-05T13:49:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 santos_ib_me_jabo.pdf: 1903091 bytes, checksum: 01a14a6ac4969df8c86c454e56e542c4 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-05T13:49:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 santos_ib_me_jabo.pdf: 1903091 bytes, checksum: 01a14a6ac4969df8c86c454e56e542c4 (MD5) Previous issue date: 2018-02-22 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A caprinocultura é considerada um segmento de grande importância em agronegócios no país, gerando importante fonte de carne e leite, principalmente na região Nordeste. Entretanto, este criatório sofre grandes perdas econômicas devido às parasitoses que acometem o trato digestório. Dentre estas, destaca-se, o gênero Haemonchus, cujas espécies H. contortus e H. placei parasitam abomaso de caprinos e bovinos, respectivamente, havendo possibilidade de infecção cruzada dessas duas espécies helmínticas. O objetivo do presente estudo foi avaliar a viabilidade do parasitismo por H. placei em caprinos e compará-la à patogenicidade por H. contortus. Foram utilizados 14 caprinos, recém-nascidos, mantidos em gaiolas metálicas de piso suspenso, assim distribuídos: GI - quatro cabritos inoculados com 5000 larvas infectantes (L3) de H. placei, GII – quatro infectados com 5000 larvas infectantes (L3) de H. contortus, GIII – quatro animais inoculados com 2500 larvas L3 de H. contortus + 2500 H. placei e GIV – dois cabritos que receberam apenas água (controle). Exames de contagem de ovos de estrongilídeos por grama de fezes (OPG) foram realizados diariamente, após o 7º dia da inoculação. Os períodos pré-patentes foram de 24 dias para H contortus e de 31 dias para H. placei. O grupo inoculado apenas com H. placei apresentou médias de OPG inferiores quando comparado aos demais grupos. Decorridos 42 dias pós-infecção, os 14 caprinos foram eutanasiados e necropsiados, sendo coletados “in totum” os exemplares de Haemonchus. O grupo I apresentou média de 25,5 espécimes H. placei, o grupo II média de 619,5 de exemplares de H. contortus, o grupo III média de 120 exemplares de H. placei e 604,75 de H. contortus e no grupo IV nenhum helminto foi diagnosticado. Não foram constatadas quaisquer outras espécies e nem formas imaturas de Haemonchus no trato gastrintestinais dos caprinos. Fragmentos do abomaso foram coletados e armazenados em formol tamponado para análise histopatológica. Foram observados no grupo I lesões microscópicas leves apenas com poucos focos inflamatórios. Nos grupos II e III foram diagnosticadas lesões extensas, como edemas, focos inflamatórios difusos, infiltrado de eosinófilos, diminuição das células parietais. No grupo IV nenhuma alteração histopatológica foi diagnosticada. Nas condições desse estudo, a espécie caprina foi razoavelmente susceptível ao parasitismo por Haemonchus placei, sendo esse parasitismo mais proeminente nos animais que receberam infecção mista (H. placei + H. contortus). / Goat breeding is considered a very important segment in Brazilian agribusiness, generating a significant source of meat and milk. However, this industry suffers great economic losses due to parasitic diseases that affect the digestive tract, compromising their development. Among these, the Haemonchus genus stands out, with H. contortus and H. placei parasitizing goats and cattle, respectively, with the possiblity of cross infection between these helminth species in abomasu of hosts. The objective of the present study was to estimate the viability of H. placei parasitism in goats, and compare it with H. contortus pathogenicity. Fourteen newborn goats were used, distributed in the following way: GI - four goats inoculated with infective larvae (L3) of H. placei; GII – four animals infected with infective larvae (L3) of H. contortus; GIII - four caprines inoculated with larvae L3 of H. contortus + H. placei; and GIV - two goats that received only water (control). Each animal received 5000 L3 of Haemonchus species, in a single dose, orally. Egg per Gram of Feces (EPG) exams were performed daily after the 7th day of inoculation, establishing that the pre-patent period of H. contortus was 24 days and H. placei was 31 days. The group inoculated only with H. placei presented lower EPG means when compared to the other groups. After 42 days post-infection, all 14 goats were euthanized and necropsied, and Haemonchus specimens were collected “in totum". Group I presented an average of 25.5 specimens, while the mean of group II was 619.5, group III obtained an average of 120 specimens of H. placei and 604.75 of H. contortus and group IV did not present any specimens. No other species and no immature forms of Haemonchus were found in gastrintestinal tracts of experimental animals. Fragments of abomasum were collected and stored in buffered formalin for histopathological analysis, in which GI group showed mild microscopic lesions with only a few inflammatory foci, while groups II and III had extensive lesions, such as edema, diffuse inflammatory foci, eosinophilic infiltrate and hyperplasia of parietal cells. Group IV showed no changes. Under conditions of this study, the caprine species did not present itself as susceptible to parasitism by Haemonchus placei, with such parasitism being more prominent when in consortium with Haemonchus contortus.
3

Avalia??o dos impactos ambientais e sociais gerados pela utiliza??o do kit Embrapa de ordenha manual na produ??o de leite de cabra

Melo, Aline Moreira Portella de 26 April 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-17T15:34:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 AlineMPM_DISSERT.pdf: 1434788 bytes, checksum: 20769a2d292a0dbe1f72f9b093d72403 (MD5) Previous issue date: 2011-04-26 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior / Em conseq??ncia do grande desenvolvimento da caprinocultura leiteira de base familiar nos ?ltimos anos e da necessidade de tecnologias que promovam melhorias na qualidade e na quantidade do que ? produzido, a Embrapa desenvolveu um Kit de ordenha manual para caprinos , que visa ? melhoria das condi??es de vida dos pequenos produtores de leite, possibilitando a manuten??o deste na sua respectiva cadeia produtiva com um produto de qualidade. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o desempenho s?cio-ambiental de propriedades da agricultura familiar selecionadas nos munic?pio de Monteiro/PB, Quixad?/CE e Afonso Bezerra/RN. Para tanto, foi utilizado o Sistema de Avalia??o de Impacto Ambiental de Inova??o Tecnol?gica, denominado Sistema-Ambitec, que ? formado por um conjunto de indicadores organizados em matrizes de pondera??o automatizadas. Neste estudo, foram aplicados dois m?dulos do sistema: Ambitec-Produ??o Animal e Ambitec-Social. Em Monteiro/PB foram realizadas avalia??es ex-ante e ex-post, onde assim foi poss?vel se obter uma an?lise comparativa descritiva entre as duas avalia??es atrav?s das m?dias dos componentes avaliados e do ?ndice geral de impacto. Em Quixad? e Afonso Bezerra foi realizada apenas a avalia??o ex-ante e em seguida, os dados foram submetidos ? an?lise de vari?ncia e as m?dias comparadas (dos tr?s munic?pios para a avalia??o ex-ante) utilizando-se o teste de Tukey com 5% de probabilidade. Al?m disso, foi feita tamb?m a an?lise de correla??o de Pearson, com n?vel de signific?ncia de 5%, levando em considera??o as dimens?es: ambiental e social. Na avalia??o de Monteiro o uso kit resultou em ?ndices de impacto s?cio-ambiental positivo em todas as propriedades estudadas, apresentando aptid?o para ser transferido e adotado por outros estabelecimentos rurais, desde que respeitada ?s condi??es individuais de cada sistema de produ??o. Na avalia??o ex-ante dos tr?s munic?pios, observou-se que a expectativa dos produtores pela ado??o do kit tamb?m teve ?ndices gerais de impactos s?cio-ambientais positivos, sendo o munic?pio de Quixad?, o ?nico a apresentar diferen?a estat?stica entre os ?ndices de impactos encontrados. Houve correla??o significativa entre as dimens?es sociais e ambientais
4

Variabilidade genética, estrutura populacional e relações evolutivas de cabras crespas com base em marcadores moleculares microssatélites e DNA mitocondrial

Lopes, Darlise Dias January 2012 (has links)
As cabras Crespas constituem-se em um ecótipo caprino encontrado no extremo Sul do Brasil, fenotipicamente similar à raça Angorá. Cruzamentos com outras raças, pressões seletivas de manejo e do ambiente, conferem a estes indivíduos características fenotípicas diferenciadas. O principal objetivo deste trabalho foi estimar a variabilidade genética nas populações de cabras Crespas do Rio Grande do Sul, e a relação destas com outras raças caprinas criadas na região e com a raça Angorá (proveniente da Argentina), através de marcadores moleculares de DNA nuclear e mitocondrial. A amostra (n=162) foi composta por indivíduos provenientes das raças Alpina (n=10), Anglo Nubiana (n=21), Boer (n=19), Saanen (n=20), e Angorá (n=28), além de 64 indivíduos de Crespas (cinco rebanhos). Foram analisados fragmentos de 696 pb da região controladora de mtDNA, além de 11 loci de microssatélites. Para o locus mitocondrial, as análises indicaram a existência de 61 sítios variáveis, a partir dos quais foram definidos 37 haplótipos (Hd=0,930 e Pi=0,0124). Com relação aos loci de microssatélites, encontrou-se um número médio de alelos de 9,6 e heterozigosidade média observada de 0,52. Ao que se refere a fluxo gênico entre as raças, o menor valor de RST foi verificado entre a raça Crespa e a Saanen (0,13) enquanto que o maior valor de FST (0,42) foi verificado entre Crespa e Angorá. Uma AMOVA foi realizada nas populações do ecótipo Crespa onde a maior parte da variação total corresponde a diferenças entre indivíduos (89,04%) e somente 10,96% é resultante de diferenças entre as populações. Análises de estrutura populacional (STRUCTURE) mostraram uma diferenciação genética significativa entre as raças, bem como em relação ao ecótipo Crespa. O padrão de diferenciação genética foi representado por uma análise de componentes principais (PCA) baseada na frequência dos alelos das seis raças caprinas, o PC1 resultou em 29,47% da diversidade genética total e o PC2 em 23,94% (p>0,05). O eixo PC1 demonstrou a grande proximidade entre as raças Angorá e Boer e a maior distância destas com relação à Crespa. Assim, os resultados sugerem que além de características morfológicas (fenotípicas) diferenciadas, a cabra Crespa apresenta também diferenciação genética das outras raças criadas hoje no Sul do Brasil, não tendo sua origem confirmada na raça Angorá. Essas informações, aliadas a continuidade deste estudo, serão de grande importância na tomada de decisão quanto à conservação deste ecótipo em isolamento reprodutivo, assim como na determinação de sua posição filogenética dentre os caprinos, com vistas à proposição de uma nova raça nativa para o sul do Brasil. / Crespas goats are an ecotype found in Southern Brazil, phenotypically similar to the Angora breed. Crosses with other breeds, selective pressures and environmental management, make these individuals phenotypically differentiated. The main objectives of this research were to estimate the genetic variability in populations of Crespas goats, and their relationship to other goat breeds created in this region, even as the Angora (from Argentina), using molecular markers of nuclear and mitochondrial DNA. The total sample (n = 162) comprised individuals from the Alpine race (n = 10), Anglo-Nubian (n = 21), Boer (n = 19), Saanen (n = 20) and Angora (n = 28), and 64 individuals of Crespas goats (five livestock). We analyzed 696 bp fragments of control region mtDNA, as well as 11 microsatellite loci. Analyses showed the existence of the 61 variable site, from which were defined 37 haplotypes (Hd = 0.930 and π= 0.0124). Concernig to microsatellite loci, we found a mean number of alleles of 9.6 and average observed heterozygosity of 0.52. For the gene flow estimates between races, the lowest value of RST was found between Crespa and Saanen (0.133) while the highest value of FST (0.422) was found between Crespa and Angora. An AMOVA was performed on populations of the ecotype Crespa where most of the total variation corresponds to differences between individuals (89.04%) and only 10.96% from differences between populations. Analysis of population structure (STRUCTURE) showed a significant genetic divergence between races, as well as in relation to the ecotype Crespa. The pattern of genetic differentiation was represented by a principal component analysis (PCA) based on the frequency of alleles of six goat breeds. The PC1 resulted in 29.47% of the total genetic diversity in 23.94% and PC2 (p>0.05). The PC1 axis showed a great similarity between the Angora and Boer breeds and greater distance from the Crespa. Thus, the complete results suggest that, in addition the morphological (phenotypic) differentiation, the goat Crespa also presents genetic differentiation from other races raised today in southern Brazil, and has not confirmed its origin from the Angora breed. This information, combined with the continuity of this study will be of great importance in decision making regarding the conservation of this ecotype in reproductive isolation, as well as in determining its phylogenetic position among the goats, with a view to the proposition of a new breed native to southern Brazil.
5

Variabilidade genética, estrutura populacional e relações evolutivas de cabras crespas com base em marcadores moleculares microssatélites e DNA mitocondrial

Lopes, Darlise Dias January 2012 (has links)
As cabras Crespas constituem-se em um ecótipo caprino encontrado no extremo Sul do Brasil, fenotipicamente similar à raça Angorá. Cruzamentos com outras raças, pressões seletivas de manejo e do ambiente, conferem a estes indivíduos características fenotípicas diferenciadas. O principal objetivo deste trabalho foi estimar a variabilidade genética nas populações de cabras Crespas do Rio Grande do Sul, e a relação destas com outras raças caprinas criadas na região e com a raça Angorá (proveniente da Argentina), através de marcadores moleculares de DNA nuclear e mitocondrial. A amostra (n=162) foi composta por indivíduos provenientes das raças Alpina (n=10), Anglo Nubiana (n=21), Boer (n=19), Saanen (n=20), e Angorá (n=28), além de 64 indivíduos de Crespas (cinco rebanhos). Foram analisados fragmentos de 696 pb da região controladora de mtDNA, além de 11 loci de microssatélites. Para o locus mitocondrial, as análises indicaram a existência de 61 sítios variáveis, a partir dos quais foram definidos 37 haplótipos (Hd=0,930 e Pi=0,0124). Com relação aos loci de microssatélites, encontrou-se um número médio de alelos de 9,6 e heterozigosidade média observada de 0,52. Ao que se refere a fluxo gênico entre as raças, o menor valor de RST foi verificado entre a raça Crespa e a Saanen (0,13) enquanto que o maior valor de FST (0,42) foi verificado entre Crespa e Angorá. Uma AMOVA foi realizada nas populações do ecótipo Crespa onde a maior parte da variação total corresponde a diferenças entre indivíduos (89,04%) e somente 10,96% é resultante de diferenças entre as populações. Análises de estrutura populacional (STRUCTURE) mostraram uma diferenciação genética significativa entre as raças, bem como em relação ao ecótipo Crespa. O padrão de diferenciação genética foi representado por uma análise de componentes principais (PCA) baseada na frequência dos alelos das seis raças caprinas, o PC1 resultou em 29,47% da diversidade genética total e o PC2 em 23,94% (p>0,05). O eixo PC1 demonstrou a grande proximidade entre as raças Angorá e Boer e a maior distância destas com relação à Crespa. Assim, os resultados sugerem que além de características morfológicas (fenotípicas) diferenciadas, a cabra Crespa apresenta também diferenciação genética das outras raças criadas hoje no Sul do Brasil, não tendo sua origem confirmada na raça Angorá. Essas informações, aliadas a continuidade deste estudo, serão de grande importância na tomada de decisão quanto à conservação deste ecótipo em isolamento reprodutivo, assim como na determinação de sua posição filogenética dentre os caprinos, com vistas à proposição de uma nova raça nativa para o sul do Brasil. / Crespas goats are an ecotype found in Southern Brazil, phenotypically similar to the Angora breed. Crosses with other breeds, selective pressures and environmental management, make these individuals phenotypically differentiated. The main objectives of this research were to estimate the genetic variability in populations of Crespas goats, and their relationship to other goat breeds created in this region, even as the Angora (from Argentina), using molecular markers of nuclear and mitochondrial DNA. The total sample (n = 162) comprised individuals from the Alpine race (n = 10), Anglo-Nubian (n = 21), Boer (n = 19), Saanen (n = 20) and Angora (n = 28), and 64 individuals of Crespas goats (five livestock). We analyzed 696 bp fragments of control region mtDNA, as well as 11 microsatellite loci. Analyses showed the existence of the 61 variable site, from which were defined 37 haplotypes (Hd = 0.930 and π= 0.0124). Concernig to microsatellite loci, we found a mean number of alleles of 9.6 and average observed heterozygosity of 0.52. For the gene flow estimates between races, the lowest value of RST was found between Crespa and Saanen (0.133) while the highest value of FST (0.422) was found between Crespa and Angora. An AMOVA was performed on populations of the ecotype Crespa where most of the total variation corresponds to differences between individuals (89.04%) and only 10.96% from differences between populations. Analysis of population structure (STRUCTURE) showed a significant genetic divergence between races, as well as in relation to the ecotype Crespa. The pattern of genetic differentiation was represented by a principal component analysis (PCA) based on the frequency of alleles of six goat breeds. The PC1 resulted in 29.47% of the total genetic diversity in 23.94% and PC2 (p>0.05). The PC1 axis showed a great similarity between the Angora and Boer breeds and greater distance from the Crespa. Thus, the complete results suggest that, in addition the morphological (phenotypic) differentiation, the goat Crespa also presents genetic differentiation from other races raised today in southern Brazil, and has not confirmed its origin from the Angora breed. This information, combined with the continuity of this study will be of great importance in decision making regarding the conservation of this ecotype in reproductive isolation, as well as in determining its phylogenetic position among the goats, with a view to the proposition of a new breed native to southern Brazil.
6

Proteína bruta em dietas de cabras em lactação / Crude protein in diets of lactating goats

Fonseca, Carlos Elysio Moreira da 05 August 2004 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-07-12T18:05:42Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 338152 bytes, checksum: 098a9757a4e60aaf5a0bf9a4c39d2b20 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-12T18:05:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 338152 bytes, checksum: 098a9757a4e60aaf5a0bf9a4c39d2b20 (MD5) Previous issue date: 2004-08-05 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a influência de quatro níveis de proteína bruta (PB) na dieta sobre a produção e composição do leite, sobre os consumos de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), PB, extrato etéreo (EE), carboidratos totais (CT), fibra em detergente neutro (FDN), carboidratos não fibrosos (CNF) e nutrientes digestíveis totais (NDT) e sobre as digestibilidades aparentes totais e parciais de MS, MO, PB, EE, CT, FDN e CNF. Avaliaram-se também o pH, o conteúdo de amônia na digesta ruminal e a produção e eficiência microbiana pela técnica das bases purinas e pela técnica da excreção urinária de derivados de purinas. Utilizaram-se 16 cabras da raça Alpina em lactação, distribuídas em quatro quadrados latinos 4x4, sendo um deles composto por cabras fistuladas. A dieta foi constituída de silagem de milho (47%) e concentrado (53%) composto por fubá de milho, farelo de soja, uréia e mistura mineral. Foram utilizados níveis crescentes de farelo de soja no concentrado, afim de se obter dietas com 11,5, 13,5, 15,5 e 17,5 de proteína bruta (PB) na matéria seca (MS). Os consumos de MS, MO, PB, FDN e NDT aumentaram linearmente com o aumento do nível de PB na dieta. Os consumos de CT e CNF não foram influenciados (P>0,05) pelo nível de PB da dieta. As digestibilidades aparentes da MS, MO, PB, CT e CNF aumentaram linearmente (P<0,05) com o nível de PB da dieta. O nível crescente de PB na dieta promoveu efeito linear crescente na produção de leite (P<0,1). Obteve-se a seguinte equação para a produção de leite em função do nível de PB da dieta: Ŷ (kg/dia)= 2,001 + 0,0565PB, r 2 = 0,70 P P e P<0,1. O pH da digesta ruminal diminuiu com os tempos de coleta, e manteve-se em faixa adequada, entre 6,2 e 7,0, para a atividade dos microrganismos ruminais. Ocorreu efeito linear crescente do conteúdo de PB da dieta sobre a concentração ruminal de amônia. À medida que houve aumento no consumo de PB, ocorreram aumentos lineares da concentração de N-uréia no soro, da quantidade de N secretado no leite, da uréia no leite, do volume urinário, da excreção de N-total e uréia na urina e do balanço de N. O fluxo de nitrogênio microbiano no omaso das cabras fistuladas não foi influenciado pelo teor de PB dietética (P>0,05). Não foi constatada diferença (P>0,05) entre os resultados obtidos pela técnica das bases purinas no omaso e pela técnica da excreção total de derivados de purinas. O nível de PB na dieta não influenciou (P>0,01) a excreção de creatinina, que foi em média 26,05 mg de creatinina por Kg de peso vivo. A partir da excreção média de creatinina, estimou-se o volume de urina excretado, que não diferiu (P>0,01) do volume de urina total observado. A excreção de derivados de purinas (DP) aumentou com o aumento da PB dietética. Comparando-se as quantidades observadas e estimadas de derivados de purinas excretados, não foi constatada diferença entre a quantidade de derivados de purina observada (coleta total) e estimada (coleta spot). A porcentagem média de alantoína excretada variou de 64,5 a 75,9 % nas amostras de coleta 24 horas e de 73,9 a 85,2 % nas amostras de coleta spot. A proporção média de ácido úrico variou entre 9,6 e 19,9 % e a de xantina e hipoxantina entre 5,2 e 15,6%. A quantidade de purinas absorvidas e fluxo intestinal de MS microbiana e N microbiano apresentaram resposta linear crescente ao conteúdo de PB da dieta. Para o fluxo intestinal de nitrogênio microbiano ajustou-se a equação: Ŷ (g)= 6,223 +0,809 PB, P<0,05, r 2 =0,99, onde P P PB corresponde ao nível de PB da dieta. A eficiência de síntese microbiana, expressa em gramas de proteína bruta microbiana por Kg de nutrientes digestíveis totais (PBM/NDT), quando avaliada a partir de amostras provenientes da coleta total de urina, apresentou resposta linear crescente (P<0,01) ao conteúdo de PB na dieta segundo a equação:Ŷ = 33,721 + 2,997PB, P<0,01, r 2 =0,88. Quando P P utilizou-se amostras spot para a avaliação da eficiência de síntese microbiana (PBM/NDT), não foi detectada diferença estatística entre tratamentos (P>0,05). Donde conclui-se que o nível de 13,5% de proteína bruta pode ser usado em dietas para cabras com produção diária próxima a 2,7 kg de leite e que a técnica dos derivados de purinas pode ser usada para a estimativa da produção microbiana em cabras leiteiras. / This work was conducted with the objective of evaluating the influence of four levels of crude protein (CP) on the milk production and composition, on the intakes of dry matter (DM), organic matter (OM), CP, ether extract (EE), total carbohydrates (TC), neutral detergent fiber (NDF), non structural carbohydrates (NSC) and total digestible nutrients (TDN) and on total and partial apparent digestibility of DM, OM, CP, EE, TC, NDF and NSC. The pH and ammonia concentration in the rumen liquor and the microbial production and efficiency by the techniques of purine bases and urinary excretion of purine derivative were evaluated, too. 16 lactating Alpine goats were used, distributed in four latin squares, one of them was composed by cannulated goats. The diet was constituted of maize silage (47%) and concentrate (53%), which was composed by ground corn, soybean meal, urea and minerals. Crescent levels of soybean meal in the concentrate were used in order to obtain diets with 11,5, 13,5, 15,5 and 17,5% of crude protein (CP) in the dry matter (DM) basis. The intakes of DM, OM, CP, NDF and TDN increased linearly with the increase of the level of dietary CP. The intakes of TC and NSC were not influenced (P>0,05) by the level of CP in the diet. The apparent digestibilities of DM, OM, CP, TC and NFC increased linearly xiv(P<0,05) with the level of CP in the diet. The crescent level of CP in the diet promoted linear crescent effect on the milk production (P<0,1). The following equation for the milk production in accordance with the level of CP in the diet was obtained: Ŷ (kg/d) = 2,001 + 0,0565CP, r 2 = 0,70 and P<0,1. The pH of rumen fluid P P reduced with the sampling time, and was kept in adequate level for the rumen microbes activity, between 6,2 and 7,0. Linear crescent effect of the CP content of the diet on ruminal ammonia concentration occurred. As there was an increase in the intake of CP, there were linear increases of N-urea concentration in serum, of the amount of N secreted in milk, of the urinary excretion of total N and urea, and of the N balance. The flux of microbial nitrogen in the omasum of the cannulated goats was not influenced by the CP content of the diet (P>0,05). No difference was verified between the results obtained by purine bases in the omasum technique and by purine derivative excretion technique. The level of CP in the diet did not influence (P>0,01) the creatinine excretion, which was 26,05 mg of creatinine per kg of life weight in average. From the average creatinine excretion, the volume of urine was estimated, the volume estimated did not differ (P>0,01) from the total urine observed. The purine derivative (PD) excretion increased with the increase of dietary protein. Comparing the observed and the estimated amounts of purine derivatives excreted, no difference was noticed between the amount of purine derivative observed (total collection) and estimated (spot collection). The average percentage of allantoin excreted ranged from 64,5 to 75,9% in the samples of total collection and from 73,9 to 85,2% in the samples of spot collection. The average proportion of uric acid ranged between 9,6 and 19,9% and xanthine and hypoxanthine between 5,2 and 15,6%. The amount of absorbed purines and the xvintestinal flux of microbial DM and microbial N presented linear crescent response to dietary CP content. For the intestinal flux of microbial N, the following equation was adjusted: Ŷ(g)= 6,223 + 0,809 CP, P<0,05, r 2 = 0,99, where CP corresponds P P to the level of dietary CP. The efficiency of microbial synthesis, expressed in grams of microbial CP per kg of total digestible nutrients, when evaluated from samples originated from total collection of urine, presented linear crescent response (P<0,01) to dietary CP content, following the equation: Ŷ = 33,721 + 2,997 CP, P<0,01, r 2 = 0,88. When spot samples were utilized for the evaluation of the P P efficiency of microbial synthesis, no differences (P>0,05) between diets were observed. It was concluded that the level of 13,5% of CP can be used in diets for goats with daily milk production close to 2,7 kg and that the purine derivative technique can be used for estimation of microbial production in dairy goats.
7

Production and composition physicist-chemistry of the milk of pure and crossbred goats of the Saanen race in the state of the Cearà / ProduÃÃo e composiÃÃo fisico-quÃmica do leite de cabras puras e mestiÃas da raÃa Saanen no estado do CearÃ

Ãtalo AraÃjo Albuquerque 20 February 2009 (has links)
FundaÃÃo Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Cientifico e TecnolÃgico / This work aimed to evaluate the milk production rate and the chemical and physical composition of milk of pure and crossbred Saanen goats in a confinement system raised in tropical climate and to determine the influence on milk production and composition of the genetic group, type of kidding and parturition order. To evaluate the milk production were studied a total of 46 pure and crossbred Saanen with without a defined racial pattern animals - SPRD, being 25 pure Saanen goats, 17 crossed 7/8 Saanen x SPRD and nine 15/16 Saanen x SPRD during the period of november of 2007 to october of 2008. Milk was collected twice a day for the manual method, with a total of 4,362 controls. Data of daily milk production (PDL) was analyzed by the minimum squares method and the total milk production (PTL) and lactation length (DL) was estimated by regression analysis. The PDL was 1.79  kg/day, with significant effect (P<0.05) of the genetic group, type of kidding and parturition order. For PTL there was not significant effect of none of the variable study. Crossbred Saanen goats were more production with increase of the degree of blood however, to achieve the degree of blood 15/16, the values of production are similar to pure Saanen goats. The goat milk production increases with the parturition order decreased after the fifth lactation. To evaluate the chemical and physical composition of milk were studied a total of 35 Saanen goats and crossbred Saanen with goats without a defined racial pattern - SPRD, being 16 pure Saanen goats, 12 crossed 7/8 Saanen x SPRD and seven 15/16 Saanen x SPRD. Milk samples were collected twice a day for the manual method, with a total of 1,208 samples. The data of milk composition was estimated by minimum squares method. The means of chemical and physical milk composition was 3.03% for protein, 2.97% for fat, 8.05% for solids non fat, 11.01% for total solids, 1.028g/cm3 for density and 15.25ÂD for acidity with significant effect (P<0.05) of all variables study. ItÂs concluded that the Saanen daily milk production observed in this study was between the average found for this breed and their crossed in Brazil. The milk composition is in accordance with what it determines by the current legislation for chemical and physical composition of goat milk in Brazil being highly variable, influenced by genetic group, type of kidding and parturition order in which the fat content and acidity show the greater variation among the goat milk components in the different genetics groups studied / Este trabalho foi realizado para avaliar a produÃÃo e composiÃÃo fÃsico-quÃmica do leite de cabras puras e mestiÃas da raÃa Saanen em confinamento, criadas em regiÃo de clima tropical, e os possÃveis efeitos do grupo genÃtico, tipo de parto e ordem de parto nas caracterÃsticas avaliadas. Na avaliaÃÃo da produÃÃo de leite foram utilizadas 46 cabras da raÃa Saanen e seus mestiÃos com animais Sem PadrÃo Racial Definido (SPRD), sendo 25 animais puros por cruza, 17 cabras 7/8 Saanen x SPRD e nove cabras 15/16 Saanen x SPRD no perÃodo de novembro de 2007 a outubro de 2008. O leite foi coletado em duas ordenhas diÃrias, pelo mÃtodo manual, perfazendo um total de 4.362 controles. A produÃÃo mÃdia diÃria de leite (PDL) foi estimada pelo mÃtodo dos quadrados mÃnimos e a produÃÃo total de leite (PTL) e duraÃÃo da lactaÃÃo (DL) foram estimadas mediante anÃlise de regressÃo. A PDL geral das cabras foi de 1,79  0,67 kg/dia, havendo efeito significativo (P<0,05) do grupo genÃtico, tipo de parto e ordem de parto. Para PTL nÃo houve efeito significativo de nenhuma das variÃveis estudadas. Cabras mestiÃas Saanen produzem mais à medida que aumenta o grau de sangue sendo que, ao atingirem o grau de sangue 15/16, os valores de produÃÃo sÃo similares aos animais puros por cruza. As cabras aumentam a produÃÃo de leite à medida que se aumenta a ordem de parto decaindo apÃs a quinta lactaÃÃo. Para a avaliaÃÃo da composiÃÃo fÃsico-quÃmica do leite foram utilizadas 35 cabras da raÃa Saanen e seus mestiÃos com animais Sem PadrÃo Racial Definido - SPRD, sendo 16 animais puros por cruza, 12 cabras 7/8 Saanen x SPRD e sete cabras 15/16 Saanen x SPRD no perÃodo de dezembro de 2007 a outubro de 2008. As amostras de leite foram coletadas em duas ordenhas diÃrias pelo mÃtodo manual, perfazendo um total de 1.208 amostras. Os dados da composiÃÃo fÃsico-quÃmica foram analisados pelo mÃtodo dos quadrados mÃnimos. A composiÃÃo mÃdia do leite das cabras foi de 3,03% para proteÃna, 2,97% para gordura, 8,05% para sÃlidos nÃo gordurosos, 11,01% para sÃlidos totais, 1,028g/cm3 para densidade e 15,25ÂD para acidez havendo efeito significativo (P<0,05) de todas as variÃveis estudadas. Conclui-se que a produÃÃo mÃdia de leite diÃria observada neste estudo se apresenta dentro dos padrÃes encontrados para esta raÃa e seus mestiÃos no Brasil. A composiÃÃo fÃsico-quÃmica do leite està de acordo com o que preconiza a legislaÃÃo vigente para o leite de cabra no Brasil, sendo bastante variÃvel e influenciada pelo grupo genÃtico, tipo de parto e ordem de parto, com os teores de gordura e de acidez apresentando a maior variaÃÃo dentre os componentes do leite nos diferentes grupos genÃticos estudados
8

Variabilidade genética, estrutura populacional e relações evolutivas de cabras crespas com base em marcadores moleculares microssatélites e DNA mitocondrial

Lopes, Darlise Dias January 2012 (has links)
As cabras Crespas constituem-se em um ecótipo caprino encontrado no extremo Sul do Brasil, fenotipicamente similar à raça Angorá. Cruzamentos com outras raças, pressões seletivas de manejo e do ambiente, conferem a estes indivíduos características fenotípicas diferenciadas. O principal objetivo deste trabalho foi estimar a variabilidade genética nas populações de cabras Crespas do Rio Grande do Sul, e a relação destas com outras raças caprinas criadas na região e com a raça Angorá (proveniente da Argentina), através de marcadores moleculares de DNA nuclear e mitocondrial. A amostra (n=162) foi composta por indivíduos provenientes das raças Alpina (n=10), Anglo Nubiana (n=21), Boer (n=19), Saanen (n=20), e Angorá (n=28), além de 64 indivíduos de Crespas (cinco rebanhos). Foram analisados fragmentos de 696 pb da região controladora de mtDNA, além de 11 loci de microssatélites. Para o locus mitocondrial, as análises indicaram a existência de 61 sítios variáveis, a partir dos quais foram definidos 37 haplótipos (Hd=0,930 e Pi=0,0124). Com relação aos loci de microssatélites, encontrou-se um número médio de alelos de 9,6 e heterozigosidade média observada de 0,52. Ao que se refere a fluxo gênico entre as raças, o menor valor de RST foi verificado entre a raça Crespa e a Saanen (0,13) enquanto que o maior valor de FST (0,42) foi verificado entre Crespa e Angorá. Uma AMOVA foi realizada nas populações do ecótipo Crespa onde a maior parte da variação total corresponde a diferenças entre indivíduos (89,04%) e somente 10,96% é resultante de diferenças entre as populações. Análises de estrutura populacional (STRUCTURE) mostraram uma diferenciação genética significativa entre as raças, bem como em relação ao ecótipo Crespa. O padrão de diferenciação genética foi representado por uma análise de componentes principais (PCA) baseada na frequência dos alelos das seis raças caprinas, o PC1 resultou em 29,47% da diversidade genética total e o PC2 em 23,94% (p>0,05). O eixo PC1 demonstrou a grande proximidade entre as raças Angorá e Boer e a maior distância destas com relação à Crespa. Assim, os resultados sugerem que além de características morfológicas (fenotípicas) diferenciadas, a cabra Crespa apresenta também diferenciação genética das outras raças criadas hoje no Sul do Brasil, não tendo sua origem confirmada na raça Angorá. Essas informações, aliadas a continuidade deste estudo, serão de grande importância na tomada de decisão quanto à conservação deste ecótipo em isolamento reprodutivo, assim como na determinação de sua posição filogenética dentre os caprinos, com vistas à proposição de uma nova raça nativa para o sul do Brasil. / Crespas goats are an ecotype found in Southern Brazil, phenotypically similar to the Angora breed. Crosses with other breeds, selective pressures and environmental management, make these individuals phenotypically differentiated. The main objectives of this research were to estimate the genetic variability in populations of Crespas goats, and their relationship to other goat breeds created in this region, even as the Angora (from Argentina), using molecular markers of nuclear and mitochondrial DNA. The total sample (n = 162) comprised individuals from the Alpine race (n = 10), Anglo-Nubian (n = 21), Boer (n = 19), Saanen (n = 20) and Angora (n = 28), and 64 individuals of Crespas goats (five livestock). We analyzed 696 bp fragments of control region mtDNA, as well as 11 microsatellite loci. Analyses showed the existence of the 61 variable site, from which were defined 37 haplotypes (Hd = 0.930 and π= 0.0124). Concernig to microsatellite loci, we found a mean number of alleles of 9.6 and average observed heterozygosity of 0.52. For the gene flow estimates between races, the lowest value of RST was found between Crespa and Saanen (0.133) while the highest value of FST (0.422) was found between Crespa and Angora. An AMOVA was performed on populations of the ecotype Crespa where most of the total variation corresponds to differences between individuals (89.04%) and only 10.96% from differences between populations. Analysis of population structure (STRUCTURE) showed a significant genetic divergence between races, as well as in relation to the ecotype Crespa. The pattern of genetic differentiation was represented by a principal component analysis (PCA) based on the frequency of alleles of six goat breeds. The PC1 resulted in 29.47% of the total genetic diversity in 23.94% and PC2 (p>0.05). The PC1 axis showed a great similarity between the Angora and Boer breeds and greater distance from the Crespa. Thus, the complete results suggest that, in addition the morphological (phenotypic) differentiation, the goat Crespa also presents genetic differentiation from other races raised today in southern Brazil, and has not confirmed its origin from the Angora breed. This information, combined with the continuity of this study will be of great importance in decision making regarding the conservation of this ecotype in reproductive isolation, as well as in determining its phylogenetic position among the goats, with a view to the proposition of a new breed native to southern Brazil.
9

Procapri: Programa de gerenciamento de rebanhos caprinos - versão 2.0

Salin, Maurício Marchesi [UNESP] 19 May 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:17Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006-05-19Bitstream added on 2014-06-13T19:00:03Z : No. of bitstreams: 1 salin_mm_me_jabo.pdf: 1142592 bytes, checksum: 38ee58cfd1814a21172c792720d9f474 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Este trabalho teve como objetivo apresentar a nova versão do PROCAPRI (Programa de controle produtivo e reprodutivo de caprinos). A primeira versão do software foi desenvolvida em 1994, pelo Departamento de Zootecnia da Unesp de Jaboticabal em parceria com o Pólo Computacional da mesma unidade universitária, com objetivo de auxiliar caprinocultores no controle zootécnico de seus rebanhos e coletar dados para pesquisas. Após 12 anos de existência, vários fatores contribuíram para que surgisse a necessidade de reformular o programa, dentre eles, a popularização de microcomputadores em propriedades rurais e os avanços tecnológicos ocorridos tanto na caprinocultura como na informática. Foi realizada uma detalhada avaliação da primeira versão do programa e uma pesquisa com usuários para estabelecimento das atualizações necessária ao sistema. A principal alteração ocorrida no PROCAPR I foi o desenvolvimento do sistema para operar em ambiente Windows~' utilizando a ferramenta de desenvolvimento Delphi 7.0~. Além disso a nova versão foi implementada com novas opções para gerenciamento dos rebanhos caprinos tais como controle de estoque de sêmen e para registrar resultados de diagnóstico de gestação, opção para alocação de animais dentro do rebanho, entre outros. Dessa maneira será possível manter o programa atualizado para que continue sendo útil para os caprinocultores gerenciarem seus criatórios, gerando dados para as pesquisas, ensino e extensão na universidade e fortalecendo a caprinocultura. / The goal of this research was presented the version of PROCAPRI (Software to Goat Productive and Reproductive Control). The First version of the software was developed in 1994 for the Animal Science department of Unesp Jaboticabal wíth a partner Computing Center of the same University. The objective was helped producers to management of goats and formed data set to research. Over 12 years of existence, many factors were contributed for the necessities to reformulation of the software include popularization of the computing in the farms and the goat production advances. It was realized an evaluation of PROCAPRI 1.0 and a research wíth users for establishment the updates. The principal modification was a system development to Windows ambient. The new version of PROCAPRI was completed with new options to management of goat production. These modifications wíll be important to maintain the software updated for the users, collecting dataset to research and consolidating the goat production.
10

Caracterização de instalações da caprinocultura no Cariri Paraibano. / Characterization of caprine farming installations in Paraiban Cariri.

LUCENA, Luiz Felipe de Almeida. 02 July 2018 (has links)
Submitted by Johnny Rodrigues (johnnyrodrigues@ufcg.edu.br) on 2018-07-02T17:15:22Z No. of bitstreams: 1 LUIZ FELIPE DE ALMEIDA LUCENA - DISSERTAÇÃO PPGEA 2004..pdf: 16065334 bytes, checksum: 2d498308094d7097723a50057d68c200 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-02T17:15:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 LUIZ FELIPE DE ALMEIDA LUCENA - DISSERTAÇÃO PPGEA 2004..pdf: 16065334 bytes, checksum: 2d498308094d7097723a50057d68c200 (MD5) Previous issue date: 2004-10 / Capes / O objetivo deste trabalho foi o de caracterizar e avaliar os aspectos arquitetônicos e qualitativos das instalações, de manejo, raças, sistemas de produção e equipamentos da caprinocultura no Cariri Paraibano. O trabalho de campo foi realizado no período de Setembro de 2003 a Janeiro de 2004, onde foi aplicado um questionário contendo as variáveis necessárias para a realização desse diagnóstico. Observou-se que as propriedades do Cariri Ocidental e Oriental, caracterizam-se por apresentar baixo nível tecnológico empregado nas instalações, sem aplicação das modernas práticas de manejo e sanidade do rebanho. Verificou-se também que a grande maioria das instalações não está dentro dos parâmetros ideais para a exploração do rebanho leiteiro, de corte ou misto, mesmo apresentando alguns dados positivos, como é o caso da orientação dos apriscos, que na grande maioria estão no sentido leste-oeste. Os sistemas de produção de caprinos adotados são o extensivo e semi-intensivo, existindo divisões demarcatórias de pastos e propriedades, sendo os animais SRD a grande maioria nos criatórios da região. A infra-estrutura das propriedades e das instalações é precária em relação a esgotos, energia elétrica, estradas de acesso, fontes e forma de abastecimento dc água, necessitando, no entanto de maiores investimento técnico- científico e financeiro. / The aim of this rescarch was to charactcrizc and assess the architcctonic and qualitativc aspeets of the installations related to handling, races, production systems, and caprine farming equipments in Paraiban Cariri. The data were collected from September 2003 to January 2004, when a questionnaire with the necessary variables was applied to accomplish this diagnostic. In this research, we noticed that the Oriental and Occidental Cariri properties are characterized for presenting a low technological levei used in the installations, without employing the modern practices of handling and sanity of the flock. We could also verify that the great majority of the installations does not suit the ideal parameters to the exploration of the milky flock (those to be slaughtered or mixed), even presenting some positive data, such as the sheepfold orientation, that are, in their majority, east/westward. The adopted production systems of caprine are the extensive and semi-extensive, with demarcation divisions of pasture and properties, and the animais WDR (without a definite race) are the great majority in the region goat farm. The infrastructure of the property and installation is precarious concerning the sewage, electricity, roads, and water resources and water supply, so it is necessary more technological, scientific and financial investments.

Page generated in 0.0766 seconds