• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 12
  • Tagged with
  • 13
  • 13
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Implantação do acolhimento com classificação de risco em um hospital maternidade.

Santos, Nelma do Socorro Chaves dos 07 July 2016 (has links)
Submitted by Maria Creuza Silva (mariakreuza@yahoo.com.br) on 2017-03-14T03:29:32Z No. of bitstreams: 1 DISS NELMA SANTOS. 2016 (1).pdf: 704064 bytes, checksum: 2686fa3c27986d04723a7b15d56d0fb1 (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Creuza Silva (mariakreuza@yahoo.com.br) on 2017-03-14T03:30:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISS NELMA SANTOS. 2016 (1).pdf: 704064 bytes, checksum: 2686fa3c27986d04723a7b15d56d0fb1 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-14T03:30:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISS NELMA SANTOS. 2016 (1).pdf: 704064 bytes, checksum: 2686fa3c27986d04723a7b15d56d0fb1 (MD5) / O Programa Rede Cegonha propõe o Acolhimento e Classificação de Risco (A&CR) em obstetrícia como uma de suas diretrizes, lançada pelo Governo Federal através da portaria nº 1.459 em 2011, para apoiar as maternidades e serviços de obstetrícia no Brasil. Este estudo avaliou o grau de implantação do A&CR em uma maternidade pública. Trata-se de um estudo avaliativo do tipo avaliação do grau de implantação que utilizou uma abordagem qualitativa visando analisar as facilidades e desafios da implementação do dispositivo. Foi elaborado o modelo lógico do A&CR e para subsidiar aferição do grau de implantação das ações foram identificados dimensões, critérios e parâmetros de julgamento, identificando facilidades, dificuldades e desafios para a implantação dessa diretriz. Os dados foram obtidos através de analise documental, 18 entrevistas semiestruturados e observação de campo. As informantes chaves foram os profissionais que atuam no A&CR (coordenador, enfermeiro, técnico em enfermagem), e usuárias do serviço. A análise dos dados foi feita com base na matriz, apresentando 43 itens para padrão de julgamento. O acolhimento com classificação de risco foi considerado satisfatório com 71% de implantação das ações. O julgamento do grau de implantação do Acolhimento com Classificação de Risco no Hospital Maternidade Dona Regina Siqueira Campos foi considerado satisfatório, expressando também uma diminuição na avaliação para parcialmente satisfatório, nos critérios presença de grupo condutor do A&CR; resolutividade no atendimento; atendimento em tempo oportuno, escuta qualificada, e ainda no critério instrumentos de avaliação do nível de satisfação da usuária no atendimento do serviço, por não ter sido identificado o uso de tal instrumento. Considera-se relevante a experiência do A&CR para viabilizar o acesso em tempo oportuno, e para a própria responsabilização dos profissionais de saúde em relação à usuária e efetivação do vínculo de confiança.
2

Diagnósticos de enfermagem em uma Unidade de Pronto Atendimento : utilizando os sistemas de King / Nursing diagnosis in an unit of ready attendance : using the systems of King / Diagnósticos de enfermeria en una unidad de cuidados de emergencia : utilización de los sistemas de King

Nascimento, Simone Souza 16 August 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2017. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2017-09-28T16:35:43Z No. of bitstreams: 1 2017_SimoneSouzaNascimento.pdf: 3875863 bytes, checksum: a504c8969b6cadd611b14f833737610d (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-10-09T21:28:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_SimoneSouzaNascimento.pdf: 3875863 bytes, checksum: a504c8969b6cadd611b14f833737610d (MD5) / Made available in DSpace on 2017-10-09T21:28:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_SimoneSouzaNascimento.pdf: 3875863 bytes, checksum: a504c8969b6cadd611b14f833737610d (MD5) Previous issue date: 2017-10-09 / Introdução: Os serviços de emergência tem funcionado como porta de entrada para o sistema de saúde, mesmo em casos sem gravidade, o que causa filas de espera, superlotação, demora para atendimento, insatisfação do usuário e sobrecarga de serviço aos profissionais. É neste contexto que a qualidade da assistência e a implantação do processo de enfermagem como ferramenta de trabalho, apesar de importante, tem sido deixado em segundo plano. O objetivo deste estudo foi avaliar os diagnósticos de enfermagem dos clientes atendidos em uma Unidade de Pronto Atendimento, admitidos nas Salas Amarela e Vermelha, fundamentado no referencial teórico de Imogene King e na Taxonomia da NANDA-I. Método: Tratou-se de pesquisa de abordagem quantitativa do tipo descritiva, com delineamento transversal. Foi realizado em Unidade de Pronto Atendimento do Distrito Federal, com os pacientes classificados como laranja e/ou vermelho admitidos nas Salas Amarela e Vermelha. Os dados foram coletados no período de novembro de 2016 a fevereiro de 2017, a partir da aplicação do Processo de Enfermagem e estruturados no modelo de Imogene King. A coleta foi realizada pela própria autora, com 50 clientes, que assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: Quanto ao perfil observou-se discreta predominância de indivíduos do sexo feminino (54%). A idade dos clientes entrevistados variou entre 18 e 91 anos, com média de 50,48 anos. Em relação à escolaridade, a amostra caracterizou-se com baixa escolaridade. Quanto a raça/cor houve predominância de indivíduos que se autodeclararam pardos (44%). Em relação ao estado conjugal, 60% eram casados. Sobre os dados referentes à moradia, 76% estavam na zona urbana e 62% moravam em imóvel próprio. Saneamento básico completo foi identificado em 64% da amostra. Sobre a fonte de renda, 44% exerciam alguma atividade laboral e 36% estavam desempregados. Sobre as condições patológicas pré-existentes as mais prevalentes foram a hipertensão arterial (40,0%) e o diabete melito (30,0%). A amostra também caracterizou-se pela polimedicação. Dos indivíduos 20% eram tabagistas, 22,0% eram etilistas e apenas 18,0% praticavam algum exercício físico regularmente. Apenas 34,0% dos clientes já haviam passado por pelo menos um atendimento, em outro momento, na unidade de estudo. Sobre a classificação de risco, 94,0% foram classificados como Laranja e 68% foram entrevistados na Sala Amarela. As queixas predominantes foram dor no peito e falta de ar com 28,0% cada. Foram identificados 13 fluxogramas diferentes nos clientes pertencentes ao estudo, e os de maior prevalência foram Dor torácica (18,0%), Mal-estar em adulto (14,0%), Dispneia em adulto e Dor abdominal em adulto (12,0% cada). Utilizando a taxonomia da NANDA-I foram arrolados ao todo 722 diagnósticos de enfermagem com média de 14,44 diagnósticos por cliente. Foram identificados 94 diagnósticos, sendo 54 diagnósticos com foco no problema (reais), dois diagnósticos de promoção da saúde e 38 de risco (ou vulnerabilidade). Analisando sob a perspectiva dos três sistemas mencionados por King observou-se que os diagnósticos encontrados contemplaram todos os sistemas propostos, e estão divididos de forma percentual em sistema pessoal com 88,3%, sistema interpessoal com 9,6% e sistema social com 2,1%. Apenas nove diagnósticos apresentaram frequências superiores a 40%, sendo eles: risco de infecção (90,0%), conhecimento deficiente (80,0%), risco de quedas (64,0%), estilo de vida sedentário (62,0%), dentição prejudicada (60,0%), risco de perfusão renal ineficaz (48,0%), risco de sangramento (46,0%), fadiga (46,0%) e dor aguda (42,0%). Entre alguns fatores causais presentes nos diagnósticos prioritários destacaram-se: conhecimento deficiente por insuficiência de informações sobre o tratamento ou o problema de saúde; sedentarismo por interesse insuficientes pela atividade física; dentição prejudicada por dificuldades de acesso a cuidados dentários profissionais; fadiga decorrente de condições fisiológicas limitantes; e dor devido a agente lesivo biológico. Conclusão: Os resultados obtidos neste estudo, servirão de apoio aos profissionais atuantes em unidades de pronto atendimento, tanto no que se refere a realização de uma classificação de risco detalhada e na aplicação do processo de enfermagem. O estudo permitiu elaborar reflexões sobre a importância de se conhecer o perfil da população que procura o serviço, bem como conhecer a essência do raciocínio clínico e as diferentes habilidades, que envolvem a aplicação do processo de enfermagem. / Introduction: The emergency services have been working as entrance door for the system of health, even in cases without gravity, what causes wait lines, over crowed, is long for attendance, the user's dissatisfaction and service overload to the professionals. It is in this context that the quality of the attendance and the implantation of the nursing process as work tool, in spite of important, it has been left in second plan. The objective of this study was to evaluate the nursing diagnosis of the clients assisted in an Unit of Ready Attendance, admitted in the Yellow and Red Rooms, based in Imogene King theory and in Taxonomy of the NANDA-I. Method: It was treated of research of quantitative approach of the descriptive type, with traverse design. It was accomplished in Unit of Ready Attendance of Distrito Federal, with the patients classified as orange red and/or admitted in the Yellow and Red Rooms. The data were collected in the period of November from 2016 to February of 2017, starting from the application of the Nursing Process and structured in Imogene King model. The collection was accomplished by the own author, with 50 clients, that signed the Term of Consent Free and Explained. Results: With relationship to the profile individuals' of the feminine sex discreet predominance was observed (54%). the interviewed customers' age varied between 18 and 91 years, with 50,48 year-old average. In relation to the education, the sample was characterized with low education. As the breed/color had individuals self-declared predominance that brown (44%). In relation to the matrimonial state, 60% were married. On the referring data to the home, 76% were in the urban zone and 62% lived in immobile own. Complete basic sanitation was identified in 64% of the sample. On the source of income, 44% worked and 36% were unemployed. About the pré-existent pathological conditions the more prevalents were the hypertension (40,0%) and the diabetes (30,0%). The sample was also characterized by the polypharmacy. Of the individuals 20% were smoker, 22,0% were drinker and 18,0% only practiced regularly some physical exercise. Only 34,0% of the customers had already passed for at least an attendance, in another moment, in the unit of study. About the risk classification, 94,0% were classified as Orange and 68% were interviewed in the Yellow Room. The predominant complaints were pain in the chest and lack of air with 28,0% each. It were identified 13 differents flow chart in the customers belonging to the study, and the one of larger prevalence were Thoracic pain (18,0%), Indisposition in adult (14,0%), Dyspnea in adult and Abdominal pain in adult (12,0% each). Using the Taxonomy of the NANDA-I was inventoried to the whole 722 nursing diagnosis with average of 14,44 diagnosis for client. It were identified 94 diagnosis, being 54 diagnosis with focus in the problem (real), two diagnosis of promotion of the health and 38 of risk (or vulnerability). Analyzing under the perspective of the three systems mentioned by King it was observed that the found diagnosis contemplated all the proposed systems, and it are divided in a percentile way in personal system with 88,3%, interpersonal system with 9,6% and social system with 2,1%. only nine diagnosis presented superior frequencies to 40%, being them: infection risk (90,0%), deficient knowledge (80,0%), risk of falls (64,0%), sedentary lifestyle (62,0%), prejudiced teething (60,0%), risk of ineffective renal perfusion (48,0%), bleeding risk (46,0%), it fatigues (46,0%) and acute pain (42,0%). Among some factors causal presents in the priority diagnosis stood out: deficient knowledge for inadequacy of information on the treatment or the problem of health; sedentarism for insufficient interest for the physical activity; prejudiced teething for access difficulties the professional dental cares; fatigues due to physiologic limiting conditions; and pain due to biological harmful agent. Conclusion: The results obtained in this study, it will serve as support to the active professionals in units of ready attendance, so much in what it refers the accomplishment of a risk classification detailed and in the application of the nursing process. The study allowed to elaborate reflections on the importance of knowing the profile of the population that seeks the service, as well as to know the essence of the clinical reasoning and the different abilities, that involve the application of the nursing process. / Introducción: Los servicios de la emergencia han estado trabajando como la puerta de la entrada para el sistema de salud, incluso en los casos sin la gravedad, que qué causas esperan las líneas, encima de braveado, es largo para la asistencia, el descontento del usuario y carga excesiva de servicio a los profesionales. Está en este contexto que la calidad de la asistencia y la implantación del proceso de enfermería como la herramienta de trabajo, a pesar de importante, se ha salido en segundo plan. El objetivo de este estudio era evaluar los diagnósticos de enfermería de los clientes ayudados en una Unidad de Asistencia Lista, admitida en los Cuartos Amarillo y Rojo, basado en la de teoría Imogene King y en Taxonomía del NANDA-I. El método: Se trató de investigación de acercamiento cuantitativo del tipo descriptivo, con el plan atravesado. Era cumplido en la Unidad de Asistencia Lista de Distrito Federal, con los pacientes clasificados como la naranja rojo y/o admitió en los Cuartos Amarillo y Rojo. Los datos eran reunido en el periodo de noviembre de 2016 a febrero de 2017, empezando de la aplicación del Proceso de Enfermería y estructuró en modelo de Imogene King. La colección era cumplida por el propio autor, con 50 clientes que firmaron el Término de Consentimiento Libre y Explicó. Los resultados: Con la relación a los individuos del perfil del sexo femenino el predominio discreto se observó (54%). la edad de los clientes entrevistados varió entre 18 y 91 años, con 50,48 promedio año-viejo. Respecto a la educación, la muestra se caracterizó con la educación baja. Cuando los raza/color tenían el ego de los individuos declarar el predominio que el atezado (44%). Respecto al estado matrimonial, 60% estaban casados. En los datos refiriéndose a la casa, 76% estaban en la zona urbana y 62% vivieron en inmóvil propio. Se identificó la higienización básica completa en 64% de la muestra. En la fuente de ingreso, 44% trabajaron y 36% eran desempleado. Sobre las condiciones patológicas pré-existentes el más los prevalentes eran la hipertensión (40,0%) y la diabetes (30,0%). La muestra también se caracterizó por el polifarmacia. De los individuos 20% eran fumadores, 22,0% eran bebedores y sólo 18,0% practicaron algún ejercicio físico regularmente. Sólo 34,0% de los clientes ya habían pasado para por lo menos una asistencia, en otro momento, en la unidad de estudio. Sobre la clasificación de riesgo, 94,0% eran clasificados como la Naranja y 68% se entrevistó en el Cuarto Amarillo. Las quejas predominantes eran el dolor en el pecho y falta de aire con 28,0% cada uno. Se identificaron 13 mapa de flujo diferente en los clientes que pertenecen al estudio, y el uno de predominio más grande era el Dolor torácico (18,0%), Indisposición en el adulto (14,0%), Disnea en el adulto y el Dolor abdominal en el adulto (12,0% cada uno). Usando el Taxonomy del NANDA-I me inventarié a los 722 diagnósticos de la lactancia enteros con el promedio de 14,44 diagnósticos para cliente. Se identificaron 94 diagnósticos, mientras siendo 54 diagnósticos con el enfoque en el problema (real), dos diagnósticos de promoción de la salud y 38 de riesgo (o vulnerabilidad). Analizando bajo la perspectiva de los tres sistemas mencionaron por King que fue observado que los diagnósticos encontrados contemplaron todos los sistemas propuestos, y son dividido de una manera del percentil en el sistema personal con 88,3%, sistema interpersonal con 9,6% y el sistema social con 2,1%. sólo nueve diagnósticos presentaron las frecuencias superiores a 40%, mientras siendo: el riesgo de infección (90,0%), el conocimiento deficiente (80,0%), riesgo de caídas (64,0%), el estilo de vida sedentario (62,0%), el echando los dientes prejuiciado (60,0%), riesgo de perfusión renal ineficaz (48,0%), el riesgo sangrante (46,0%), fatiga (46,0%) y el dolor agudo (42,0%). Entre algunos factores los regalos causales en los diagnósticos de prioridad destacados: el conocimiento deficiente para la insuficiencia de información en el tratamiento o el problema de salud; el sedentarios para el interés insuficiente para la actividad física; perjudicado echando los dientes para las dificultades de acceso los cuidados dentales profesionales; las fatigas debido a condiciones fisiologicas que las limita; y dolor debido al agente dañoso biológico. Conclusión: Los resultados obtuvieron en este estudio, servirán como el apoyo a los profesionales activos en las unidades de asistencia lista, tanto en lo que se refiere al logro de una clasificación de riesgo detallado y en la aplicación del proceso de enfermería. El estudio permitió elaborar las reflexiones en la importancia de saber el perfil de la población que busca el servicio, así como para saber el ser del razonamiento clínico y las habilidades diferentes que involucran la aplicación del proceso de enfermería.
3

A percepção do enfermeiro acerca de suas vivências no acolhimento com classificação de risco / The nurse\'s perception about their experiences without reception with risk classification

Silva, Débora Luiza da 31 October 2018 (has links)
O estudo teve como objetivo analisar as percepções de enfermeiros no trabalho ao aplicar a classificação de risco em serviços de Urgência e Emergência, verificar o contexto de trabalho desses enfermeiros e avaliar indicadores de desgaste, valorização e reconhecimento. Método: Estudo quantitativo descritivo do tipo estudo de caso realizado em 4 serviços de Pronto Atendimento, participaram uma amostra de 33 enfermeiros. Coleta de dados, através observação participante (consulta a documentos, conversas informais com enfermeiros e a observação propriamente dita). Além de aplicação do instrumento EIPST (Escala de Indicadores de Prazer e Sofrimento no Trabalho) construída no Brasil por Mendes (2001) com objetivo de avaliar os fatores de Desgaste, valorização e reconhecimento. Resultados. Todos os casos conheciam o Protocolo de Classificação de Risco (PCR), porém não se verificou a padronização preconizada. O registro dos atendimentos realizados na PCR foi falho devido carência ou mau funcionamento de insumos (computadores); as instalações mostraram ser inadequadas em termos de ambiência (acolhimento dos pacientes e à realização do trabalho); os tempos de espera por atendimento médico após a PCR foram demorados (média de três horas para qualquer tipo de ficha). Dos enfermeiros destacam-se que poucos possuíam especialização em urgência e emergência, embora atuassem nos locais há um tempo considerável (média de 7,9 anos). E quanto ao trabalho executado (72,73% dos enfermeiros) relataram que rotineiramente estendem sua carga horária de trabalho. O fator valorização foi o que indicou diferenças significativas em relação ao desgaste e reconhecimento. Porém, os fatores valorização e Reconhecimento se mostraram próximos da média estipulada pela escala. O fator desgaste apresentou menor escore, embora enfermeiros possam estar em situações de desgaste em pequeno grau, pois na correlação entre o fator desgaste e esforços físico (81,25%) e mental (69,88%), houve resultados estatisticamente significantes. Além disso a maioria (87,88%) consideraram sua atividade repetitiva. Também mais da metade (60,61%) percebeu a supervisão do seu trabalho inadequada. Destaca-se o desgaste ocasionado pelo trabalho noturno, pela dupla jornada de trabalho através da correlação desgaste e carga horária estendida e ter outro vínculo empregatício. Mostraram escore de indicadores de valorização significativamente superior os enfermeiros submetidos a novas tarefas, assim como os que receberam treinamento para executar as suas tarefas e o consideraram adequado. Quanto ao reconhecimento, os que trabalhavam à tarde apresentaram escores significativamente superiores de reconhecimento em relação aos que trabalhavam à noite. Também os que perceberam a supervisão como adequada, apresentaram escores de reconhecimento significativamente superiores. Conclusão. O material coletado e analisado permitiu conhecer e compreender a realidade de uma amostra de enfermeiros de serviços de Urgência e Emergência, suas peculiaridades, deficiências ou limitações e os componentes do seu trabalho geradores de desgaste, favorecedores da valorização e reconhecimento. Melhoras devem ocorrer para a aplicação da PCR pois não há padronização na aplicação, além dos espaços e insumos para a sua realização não se mostrarem adequados para os profissionais e pacientes / The study aimed to analyze the perceptions of nurses at work when applying the classification of risk in and Emergency services, verify the work context of these nurses and evaluate indicators of wear, recovery and recognition. Methods: A quantitative descriptive study of the type of case study carried out in 4 emergency services, participated a sample of 33 nurses. Data collection through participant observation (query documents, informal conversations with nurses, and the observation itself) In addition to applying the instrument the Scale of Pleasure and Suffering at Work, built in Brazil by Mendes (2001) with the objective of evaluating the factors of Wear, valorization and recognition. Results: All cases were familiar with the Risk Classification Protocol (RCP) but the recommended standardization was not verified. The registry of the consultations realized in the PCR was flawed due to lack or poor functioning of inputs (Computers). Facilities proved to be inadequate in terms of ambience (patient care and the performance of work); the waiting times for medical care after the RCP were delayed (average of three hours for any type of card); Of the nurses, it should be noted that few had specialization in emergency and emergency, although they have acted locally for a considerable time (average of 7.9 years) Regarding the work performed (72.73% of the nurses). reported that they routinely extend their workload. The valorization factor indicated significant differences in wear and recognition. However, the valuation and recognition factors were close to the mean stipulated by the scale. Wear factor presented lower score, although nurses may be in low-grade wear situations, because in the correlation between the wear factor and physical (81.25%) and mental (69.88%) efforts, there were statistically significant results. In addition, the majority (87.88%) considered their activity repetitive. Also, more than half (60.61%) perceived the supervision of their work inadequate. Emphasis is given to wear and tear caused by night work, by double working hours through the correlation of wear and extended working hours and having another employment relationship. They showed a significantly higher score for nurses who underwent new tasks, as well as those trained to perform their tasks and considered it appropriate. As for recognition, those who worked in the afternoon presented significantly higher scores of recognition than those who worked at night. Also those who perceived supervision as adequate presented significantly higher recognition scores, Conclusion: The material collected and analyzed allowed to know and understand the reality of a sample of emergency and emergency services nurses, their peculiarities, deficiencies or limitations and the components of their work that generate wear, favoring the recovery and recognition. Improvements must occur for the application of RCP since there is no standardization in the application beyond the spaces and inputs for its realization not to be adequate for professionals and patients.
4

O uso de derivativos para hedge melhora os ratings de crédito das empresas brasileiras? / Does the use of hedge derivatives improve the credit ratings of brazilian companies?

Antônio, Rafael Moreira 01 October 2018 (has links)
O risco é um aspecto importante a ser considerado nas avaliações empresariais e, diante das crises financeiras globais, os ratings divulgados pelas agências de classificação de riscos são fundamentais para o gerenciamento de riscos nas empresas, bem como para a tomada de decisão dos investidores ao escolher em qual empresa investir. Diante do exposto, o presente trabalho se propôs a identificar os fatores que podem explicar as atribuições dos ratings com especial atenção ao impacto do uso de derivativos. A partir disso, a principal novidade apresentada nesta pesquisa foi a de averiguar o reflexo do uso de derivativos juntamente com as posições de proteções assumidas pelas empresas nas classificações de créditos - ajudando a suprir, assim, essa lacuna na literatura da área. Para isso, foram utilizados 2.090 ratings e analisadas as empresas não financeiras da B3 entre os anos de 2010 e 2016 por meio de análise dos dados em painel, conferindo maior robustez às análises e aos achados. Os resultados indicaram que as empresas que utilizam instrumentos financeiros derivativos não recebem os melhores ratings. Esses resultados contestam a teoria de que o uso de derivativos é visto positivamente pelos investidores. No entanto, apesar de nenhum impacto significativamente estatístico ter sido encontrado nos ratings das empresas que utilizam derivativos, observou-se que as empresas que usam derivativos e possuem os maiores valores nocionais foram as que receberam as melhores notas da agência Moody\'s. / Risk assessment is an important aspect concerning business valuation and, considering the global economic crisis, the information disclosed by rating agencies is essential to developing a risk management plan and making investment decisions. The purpose of the present study is therefore to identify the factors that may explain the attribution of risk ratings, focusing on the impact of derivatives. Thereafter, ascertaining the effects of derivatives combined with protective business behaviors regarding credit ratings is innovative and assists in filling knowledge gaps in research and literature. In this study, 2.090 ratings were considered and B3\'s non-financial companies were examined between 2010 and 2016 by using panel data analysis, which lends robustness to the analysis and the findings. Results indicate that companies that use derivative instruments are not attributed the best ratings, thus opposing the theory that the use of derivatives attracts investors. Although ratings showed no significant statistical impact on companies that use derivatives, companies with the highest notional values, which also use derivatives, were attributed the best ratings by Moody\'s.
5

Modelo multicritério de apoio à decisão para classificação de risco em barragens

Silva, Julierme Siriano da 19 June 2017 (has links)
O objetivo deste estudo foi comparar modelos importantes de classificações de risco em barragens (Índice Global de Risco Modificado, USACE, COGERH e Resolução CNRH n° 143), empregados por instituições no Brasil e no Mundo, na forma padrão e utilizando adaptações para o método multicritério ELECTRE TRI. Propôs-se também um método que atendesse às especificidades do ELECTRE TRI com apoio de um decisor com conhecimento técnico em segurança de barragens. Essas classificações foram aplicadas nas barragens dos projetos de irrigação Rio Formoso e Manuel Alves sob gestão da SEPLAN - TO. Levantaram-se informações técnicas por meio de projetos executivos e visitas técnicas nas construções para a realização do enquadramento das barragens nas classificações, tanto para os métodos já existentes, como para o método proposto pelo estudo que utilizou especificamente o ELECTRE TRI. Para a barragem do projeto Rio Manuel Alves a classificação foi de Baixo Risco. As barragens do Projeto Rio Formoso apresentaram classificações de Alto Risco e Risco Extremo. / The objective of this study was to compare important models of risk classifications in dams (Global Modified Risk Index, USACE, COGERH and Resolution CNRH n ° 143), employed by institutions in Brazil and in the world, in the standard form and using adaptations to the method Multicriteria ELECTRE TRI. It was also proposed a method that would meet the specificities of ELECTRE TRI with the support of a decision maker with technical knowledge on dam safety. These classifications were applied to the dams of the Rio Formoso and Manuel Alves irrigation projects under the management of SEPLAN - TO. Technical information was obtained through executive projects and technical visits to the constructions for the implementation of the classification of dams in the classifications, both for the existing methods and for the method proposed by the study that specifically used ELECTRE TRI. For the Rio Manuel Alves dam, the classification was Low Risk. The Rio Formoso Project dams presented High Risk and Extreme Risk ratings.
6

Compatibilidade das variáveis do modelo de risco de crédito do BNDES em relação ao das agências de rating das empresas estatais

Lay, Luís Antonio, 1989-, Hein, Nelson, 1967-, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. January 2016 (has links) (PDF)
Orientador: Nelson Hein. / Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Regional de Blumenau, Blumenau.
7

ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO NAS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS NA PERSPECTIVA DO USUÁRIO. / Reception with risk classification within urgency and emergency units through a patient s perspective.

Zenha, Ana Paula Ribeiro 29 June 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-10T10:57:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ANA PAULA RIBEIRO ZENHA.pdf: 448471 bytes, checksum: 5713d407b2b1f94618a94c7902b60d1a (MD5) Previous issue date: 2015-06-29 / It is a descriptive and exploratory study with a qualitative approach, conducted from November of 2014 to February of 2015 in urgency and emergency units in the city of Goiania, aiming to analyze the reception process with risk classification within these public units through a client s perspective. 68 clients took part of this study. They were in the urgency and emergency units selected and they had been taken care of through the risk classification and had received the specifications: yellow, green and blue. The data was collected through interviews and direct observation and registered in a field diary. In order to collect the data, it was used the technique of semi structured individual interview taped in audio. It was observed that clients were not well guided on the concept and applicability of the reception with risk classification within these units nor on the benefits this method allows to the public health system. There were unhappy clients, but the majority found itself happy with the risk classification. It was observed that some of them, due to the recurrence to these units, have discovered how the system worked and found ways to anticipate their medical care. However, they declared that there was never a clarification from the institutions. There is a certain degree of approval of the reception with risk classification from part of the clients, for many of them demonstrated to understand the difference in the seriousness of those who seek care in these units saying that they felt safer waiting for the care after being trialed in the reception unit. The study has concluded that the client awareness of how the system works and the goals of the risk classification have provided them with a better understanding of the units flow in identifying which cases are urgent, allowing the reorganization of the internal unit flow and indicating a subtle level of awareness of which unit the client should go to in order to have his or her needs attended and also offering safety to clients and professionals involved in the risk classification process as soon as the patients arrive in urgency and emergency units. / Trata-se de um estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa, realizado nos meses de novembro de 2014 a fevereiro do ano de 2015, nas unidades de urgência e emergência de Goiânia, com o objetivo de analisar o processo de acolhimento com classificação de risco nessas unidades públicas, na visão do usuário. Participaram do estudo 68 usuários que estavam nas unidades de urgência e emergências selecionadas e que já haviam sido atendidos pela classificação de risco e receberam as especificações: amarela, verde e azul. Os dados foram coletados por meio de entrevista e observações diretas, registradas em diário de campo. Para a coleta de dados, foi utilizada a técnica de entrevista individual semiestruturada, gravada em áudio. Observamos que os usuários não foram devidamente orientados acerca do conceito e da aplicabilidade do acolhimento com classificação de risco nessas unidades e nem sobre os benefícios que esse método proporciona ao sistema público de saúde. Encontramos usuários insatisfeitos, porém a maioria se declarou bem atendida pela classificação de risco. Notamos que alguns, pela recorrência nessas unidades, haviam conseguido decifrar o funcionamento do dispositivo e encontrar formas para antecipação de seu atendimento médico, porém alegam que nunca houve esclarecimento por parte das instituições. Há certa aprovação do acolhimento com classificação de risco por parte dos usuários, pois muitos demonstraram compreender a diferença de gravidade dos que buscam atendimento nessas unidades e alegaram ficar mais seguros na espera pelo atendimento médico após serem consultados no setor de acolhimento. Concluímos que a conscientização dos usuários quanto ao funcionamento e objetivos do acolhimento com classificação de risco proporcionou maior compreensão do fluxo das unidades, ao identificar quais atendimentos são de urgência, favorecendo a reorganização do fluxo interno da unidade, apontando uma sutil conscientização acerca da unidade que o usuário deve recorrer em suas necessidades de saúde, além de proporcionar segurança aos usuários e profissionais envolvidos no processo de classificação de risco, assim que esses usuários chegam às unidades de urgência e emergência.
8

A colonialidade do poder do mercado : a soberania brasileira diante das agências de classificação de risco de crédito /

Lugato, Alfredo Minuci. January 2019 (has links)
Orientador: Murilo Gaspardo / Resumo: Este trabalho objetiva investigar como a “colonialidade do poder” do mercado de classificação de risco de crédito limita a soberania brasileira, e a existência ou não de alternativas institucionais que possam contribuir para o enfrentamento desta questão. Para tanto, estuda de que modo as Três Grandes contaram com o domínio econômico e político dos Estados Unidos para se consolidarem no domínio do mercado, e como seus saberes impactam o preço dos ativos no mercado financeiro, configurando suas “autoridades epistêmicas”. Posteriormente, examina de que maneira seus saberes apresentam semelhanças prejudiciais ao Brasil e a outros países subdesenvolvidos em, pelo menos, dois campos: teto e rating soberanos. Dessa forma, analisa como há um enredamento entre domínio econômico-político e epistêmico, característicos da “matriz colonial de poder”, que limita ainda mais a soberania do Brasil e de outros países subdesenvolvidos, além de prejudicar seus “fins” de Estado. Diante desse quadro, pesquisa alternativas institucionais disponíveis ao país para lidar com esse assunto e com outros problemas da ordem econômica atual. / Abstract: This paper aims to investigate how the credit rating market’s “coloniality of power” limits the brazilian sovereignty, and the existence or not of institutional alternatives that might contribute to face this issue. In order to achieve this, it studies how the Big Three counted on the United States’ economic and political domination to consolidate their market’s domination, and how their knowledges impact assets prices on financial market, settling their “epistemic authorities”. Afterwards, it examines how their knowledges present harmful similiarities to Brazil and other developing countries on, at least, two fieds: sovereign ceiling and rating. Thus, it analyzes how there is an entanglement between economic-political and epistemic domination, typical from “colonial matrix of power”, that limits even more the sovereignty of Brazil and other underdeveloped countries, aside from prejudicing its State’s “ends”. Before this framework, it searches for available institutional alternatives for Brazil to cope with this issue and other problems of the current economic order. / Mestre
9

Avaliação do Qualisus na Bahia

Souza, Sandra Ely Barbosa de January 2009 (has links)
175f. / Submitted by Suelen Reis (suziy.ellen@gmail.com) on 2013-04-05T10:59:43Z No. of bitstreams: 1 Sandra%20Souza.pdf: 803478 bytes, checksum: a602e893a030356d015be3ef15096219 (MD5) / Approved for entry into archive by Rodrigo Meirelles(rodrigomei@ufba.br) on 2013-04-09T16:11:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Sandra%20Souza.pdf: 803478 bytes, checksum: a602e893a030356d015be3ef15096219 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-04-09T16:11:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sandra%20Souza.pdf: 803478 bytes, checksum: a602e893a030356d015be3ef15096219 (MD5) Previous issue date: 2009 / A presente dissertação tem como objeto de estudo a avaliação do Programa QualiSUS no Estado da Bahia, conforme seus pilares referenciados na Portaria 3.125 de 07 de dezembro de 2006, que institui o Programa. Está fundamentada na trilogia de Donabedian: Estrutura, Processo e Resultado. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, de caráter normativo e analítico, no qual partimos do pressuposto que a implantação do programa QualiSUS nas unidades de urgência / emergência dos hospitais pactuados e não pactuados entre o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia não está conforme preconizado na Portaria Ministerial que instituiu o programa. Descreve sobre o Sistema Único de Saúde, o Programa QualiSUS, o sistema de avaliação do QualiSUS e sobre o papel da enfermeira no Acolhimento com Classificação de Risco. A pesquisa foi realizada em duas unidades de urgências e emergências dos hospitais pactuados e não pactuados entre o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Seu objetivo geral foi avaliar a prática do QualiSUS, conforme a portaria que institui o programa e como objetivos específicos descrever o contexto no qual vem se dando sua implantação nas unidades urgências / emergências nos hospitais pactuados ou não entre o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia; identificar as bases de sustentação do Programa QualiSUS, para a sua Implantação nos hospitais pactuados ou não; caracterizar o papel da enfermeira no acolhimento com classificação de risco e identificar os fatores que influenciaram na implantação do programa QualiSUS nesses hospitais. A conclusão da pesquisa mostrou que, dos hospitais pactuados, apenas um deles tem o programa implantado, porém não conforme a portaria que institui o programa, revelando baixa adesão, desses hospitais, ao Programa e por outro lado outro hospital não pactuado tem implantado as ferramentas de acolhimento e de acolhimento com classificação de risco, mesmo sem pactuação, demonstrando que a pactuação não é condição para implantação do programa. Também foi concluído que a enfermeira tem papel singular no Acolhimento com classificação de risco, entretanto para que essa ferramenta seja implantada com qualidade torna-se imperativo a elaboração de protocolos de Acolhimento com Classificação de Risco e assistenciais. Uma das maiores dificuldades para a implantação do programa nas unidades pactuadas foi o quantitativo insuficiente de pessoal. Também se torna evidente na pesquisa que, mesmo sendo um programa verticalizado, que não dá conta de resolver os problemas de saúde da população brasileira, tem impacto importante nas unidades de urgência / emergência promovendo a organização e a sistematização dos processos de trabalho e, por conseguinte, humanização do atendimento. / Salvador
10

Ensaios sobre estrutura a termo da curva de juros e spreads de títulos corporativos

Palaia, Daniel Rodolfo Antonelli 01 December 2014 (has links)
Submitted by daniel palaia (daniel.r.palaia@itau-unibanco.com.br) on 2014-12-08T17:13:17Z No. of bitstreams: 1 Tese.pdf: 1714771 bytes, checksum: d7dffa1b861621b14266ec6baa643b10 (MD5) / Approved for entry into archive by Suzinei Teles Garcia Garcia (suzinei.garcia@fgv.br) on 2014-12-08T17:46:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese.pdf: 1714771 bytes, checksum: d7dffa1b861621b14266ec6baa643b10 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-12-08T18:39:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese.pdf: 1714771 bytes, checksum: d7dffa1b861621b14266ec6baa643b10 (MD5) Previous issue date: 2014-12-01 / Este trabalho é composto por três capítulos que se dedicam a discutir aspectos distintos a respeito do importante mercado de títulos corporativos norte-americano. No primeiro capítulo, 'Mercado de Títulos Corporativos Norte-Americano: Evolução e Fatos Estilizados', mostramos como se deu a evolução do mercado de crédito norte-americano nas últimas décadas no que diz respeito à sua relevância para a economia. Nesse estudo mostramos também as principais mudanças regulatórias que afetaram de forma relevante esse mercado nos últimos anos. Trabalhos recentes encontraram evidências de que mudanças regulatórias no mercado de títulos corporativos provocam redução dos spreads e diminuem a liquidez dos ativos de crédito. Finalmente, ilustramos nesse capítulo as principais correntes teóricas e alguns fatos estilizados a respeito de curvas de juros e de spreads de títulos corporativos. No segundo capítulo, 'Fatores Latentes Globais e Idiossincráticos na Estrutura a Termo da Curva de Juros de Títulos Corporativos', analisamos a maneira como fatores globais e idiossincráticos influenciam a estrutura a termo das curvas de juros de emissores corporativos norte-americanos para diferentes níveis de classificação de risco, setor de atividade e período de análise. Os resultados são inéditos, pois a metodologia utilizada nunca foi aplicada anteriormente para essa classe de ativos, e indicam que a influência dos componentes latentes globais nos fatores de nível é menor quanto pior a classificação de risco. Um segundo resultado importante é que as curvas de setores de atividade distintos como o financeiro e industrial são influenciadas de maneira distinta pelos fatores globais e idiossincráticos no que diz respeito aos componentes de nível e inclinação. No terceiro capítulo, 'Estrutura a Termo da Curva de Spreads de Títulos Corporativos', estudamos as variáveis que influenciaram os fatores de nível e inclinação das curvas de spreads corporativos nos Estados Unidos. O modelo estimado nesse estudo incorpora, ao contrário de estudos anteriores, fatores latentes das curvas de juros do tesouro e de spreads, variáveis macroeconômicas e setoriais. Concluímos que o componente de nível da curva de juros norte-americana afeta positivamente o nível dos spreads. Os resultados diferem da literatura tradicional, mas estão em linha com estudos recentes que controlam períodos de elevada volatilidade de ativos com quebras estruturais. Palavras-chave: Spreads; Classificação de risco; Curva de juros; Títulos corporativos / This work consists of three chapter dedicated to discussing different aspects of the important North American market for corporate bonds. In the first chapter, we show the evolution of the American credit market in recent decades, concerning its relevance to the economy. In this study we also show major regulatory changes that significantly affected the market in recent decades, as well as some references that indicate how these changes impacted the price and liquidity of credit assets. Finally, this chapter illustrates the main theoretical works and their contributions in the area of spreads and term structure of the corporate yield curve. In the second chapter, "Global and Idiosyncratic Latent Factor in the Term Structure of Corporate Yield Curve Bonds", we analyze, in an unprecedented way, how global and idiosyncratic factors influence the term structure of the yield curves for corporate issuers from different ratings, activity sector and period of analysis. The results are unprecedented for this asset class because they had never been applied before to sovereign curves. The results indicate that the influence of global components decrease as the rating worsens. A second important result is that curves, for different sectors such as financial and industrial, are influenced differently by global and idiosyncratic factors regarding the level components and slope. In the third chapter, "Term Structure of Corporate Bond Spreads Curve" we study the determinants of level and slope factors in corporate spreads in the United States from February 2002 to September 2012. The estimated model incorporates, unlike previous studies, latent factors of yield curves and treasuries spreads, macroeconomic and sectoral variables. We conclude that the level component of the treasury yield curve positively affects the level of spreads. The results differ from traditional literature, but are in line with recent studies that control periods of high assets volatility with structural breaks.

Page generated in 7.169 seconds