• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 654
  • 12
  • 12
  • 12
  • 11
  • 8
  • 7
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • Tagged with
  • 672
  • 331
  • 171
  • 171
  • 120
  • 118
  • 115
  • 101
  • 101
  • 91
  • 84
  • 84
  • 75
  • 67
  • 67
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Preconceito racial e igualdade jurídica no Brasil / Preconcetto razziale e egalitá in Brasile

Eunice Aparecida de Jesus Prudente 09 October 1980 (has links)
Le teorie razziste costituirono la causa mediata della riduzione in schiavitù dei popoli no bianchi da parte degli europei. Teorie queste che, prive di fondamenti razionali, tentavano di giustificare il razzismo con miti assurdi ed antichissimi. L\'istituzione delle gerarchie razziali basate su queste teorie razziste ebbe como conseguenza la schiavitù e lo esterminio, principalmente di negri africani e di indiani d\'America. L\'espansione commerciale era vitale por il rafforzamento degli stati nazionali europei (XV, XVI Sec.), che a tale scopo invasero i Nuovi Mondi (Africa, Asia, America)a accumulando richezze sfruttando il lavoro forzato. E, questa politica mercantile fu la causa immediata della riduzione in schiavitù degli africani nelle Americhe. Tuttavia, data la forma in cui fu attuato, il sistema scjiavista, sfruttando ogni forza vitale del negro, oltrepassò gli interessi economici perchè guidato da una profonda convinzione da parte dell\'elemento bianco dell\'inferioritá\" delle altre razze. Soltanto così si può spiegare il sistema di torture messo in atto: il violentare la donna schiava, l\'impiego delle schiave nel meretricio, le mutilazioni e le violenti rappresaglie alle fughe e alle ribellioni dei prigionieri. Da non dimenticare inoltre la violenza morale che offendeva e addirittura distruggeva civilitá superiori in molti aspetti a quelle europee. Nel caso brasiliano, solo l\'irrazionalità, l\'immoralità delrazzimo poteva celare, come difatti accadeva, azioni individuali e collettive intraprese dagli schiavi alla ricerca della libertà, in modo da presentare il negro como \"schiavo felice\"e rassegnato e il bianco come um \"padrone comprensivo\". Mentre in realtà lê grandi proprietà schavistiche mantenevano veri e propri eserciti privati, a esempio delle fortezze feudali, destinati allá vigilanza degli schiavi. L\'illogicità del razismo si fa ancora piu palese in quanto ricorre a spiegazioni stravaganti per giustificare la dominazione e lo esterminio, chiacchè, malgrado contestato dalla realtà e dalla scienza, insiste nel distinguere gli uomini com base in fattori biologici (razza), constituendo quindi uma vera finte d\'inguistizia in qualsiasi società in cui s\'insedia. Le teorie razziste sono andate per secoli e com losviluppo della dottrina liberale, che vuol proteggere l\'uomo dallo Stato e dalla società stessa, gli schiavisti si servirono di legislazioni d\'impronta liberale al fine di proteggere il próprio diritto di ridurre altri in schiavitù. Tale situazione ebbe luogo tra noi a causa dell\'interpretazione data all\'articolo 179 della nostra Constituzione Imperiale, che propugnava la difesa dei diritti e delle garanzie individuali: gli schiavisti fecero uso di questo meccanismo legale per far valere il loro diritto di proprietà sullo schiavo. In Brasile, il liberalismo venne studiato da um numero ristretto di letterati e interpretato secondo gli interessi della società schiavista. Altri aspetti del liberalismo furono discussi e divulgati soltanto dopo la campagna inglese contro il traffico ideali schiavi e contro la disarticolazione del lavoro forzato, promosa daí negri che avevano lottato nella Guerra del Paraguai. Solo di deonte od uma situazione insostenibile per i proprietari incomincirano a sorgere voci abolizionistiche, in favore della liberta e dell\'uguaglianza.Gli abolizionisti lasciarono pagine memorevoli, però uma volta proclamata la Repubblica il negro fu dimenticato. Giuridicamente, lo schiavo era considerato semovente (animale) ed era mercê di compravendita, cio nonostante, el diritto penale lo responsabilizzava tanto quanto l\'uomo libero, peró puniva severamente lo schiavo ed estendeva anche al suo signore il diritto di punirlo. Il negro libero aveva i suoi diritti di cittadino limitati dalla Costituzione stessa ed era sfavorito come lavoratore: dopo l\'Abolizione del regime schiavista il datore di lavoro preferiva l\'immigrante europeo e il negro, bechè giuridicamente uguale al bianco, venne quase decimato dalla miseria. Trattandosi di um paese di razze incrociate, in Brasile era impossiblile praticarei l razzismo di origine, per cui il preconcetto razziale si fondamenta sulle caracteristiche negroidi. Trattasi de preconcetto del colore: quante più caratteristiche di razza negre presenti um individuo, maggiori difficoltà troverà per migliorare lê sue condizione di vita. Questa questione razziale viene negata e la discriminazione razziale, in Brasile, non constituisce um reato la Legge n 1.390 (1951), Legge Afonso Arinos, la include fra lê contravvenzioni penali e la punisce blandamente. La discriminazione dovrebbe essere definita legalmente come REATO CONTRO LA PERSONA, e come tale essere punito. Uma misura del genere essere complementata inoltre da une amplia riforma in tutti i settori dell\'insegnamento, poichè l\'educazione formale conserva gli stereotipo negativi nei confronti del negro. Sperra allo Stato, como fautore del bene comune, ricorrere al Diritto, che in altri tempi garantiva la proprietà schiava, per impiantare uma miglior convinvenza razziale. / sem resumo em português
12

Efeito do tipo de treino discriminativo sobre a observação de estímulos compostos e de seus elementos

Medeiros, Nathalie Nunes Freire Alves de 02 February 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2016. / O presente trabalho investigou, em dois estudos, o efeito do tipo de treino e do tempo de exposição a estímulos compostos sobre a extensão do controle de estímulos e sobre o padrão das respostas de observação com estudantes universitários. No Estudo 1, nove estudantes universitários foram submetidos a três condições experimentais com treinos e testes de discriminações simples simultâneas entre quatro estímulos apresentados por 1,5 s. Nos treinos das duas condições DM, foram programadas discriminações baseadas em diferenças múltiplas entre estímulos compostos por três elementos. Nos treinos da Condição DOR, as tentativas eram formadas por duas etapas. A primeira etapa apresentava estímulos compostos por três elementos com discriminações baseadas em diferenças críticas e, a segunda, elementos separados. Os testes apresentavam estímulos com recombinações entre os elementos dos compostos e com os elementos separados. No Estudo 2, as respostas de observação foram medidas por meio de um equipamento de registro ocular e três novos participantes realizaram as condições na ordem DM1-DOR-DM2, sendo ampliada para 3,0 s a duração de apresentação dos estímulos. Os resultados mostraram que o DOR foi eficaz, quando em vigor e após a sua retirada, em reduzir o controle restrito. Também foi observado um aumento na extensão do controle de estímulos ao longo das condições experimentais. O tempo de exposição aos estímulos demonstrou ser uma variável relevante, tanto para determinar a amplitude do controle de estímulos, quanto no controle do padrão de observação. O DOR e o tempo maior de exposição aos estímulos aumentaram a ocorrência de observação aos estímulos incorretos (S-s) e correto (S+). Padrões de observação mais amplos não foram sistematicamente relacionados a desempenhos mais precisos. / Two different experiments investigated the effect of different discriminative training procedures with compound stimuli and exposure time on the extent of established control over behavior and the pattern of observing response with college students. In Study 1, nine participants were submitted to three experimental conditions involving simple simultaneous discrimination training and testing of four compound stimuli presented for 1.5 s. Training in both DM conditions were programmed with discriminations based on multiple differences between stimuli composed of three elements. During training in the DOR condition the trials were comprised in two stages. The first stage presented compound stimuli of three elements with discrimination based on critical differences; in the second stage, elements were presented separately. Tests to verify extension of stimulus control were programmed with recombined compound stimuli and isolated elements. In Study 2, observation responses were measured by an eye-tracker equipment. Three new participants performed the conditions in the DM1-DOR-DM2 order, with the duration of stimulus presentation extended to 3.0 s. The results suggest that DOR was effective in reducing restricted stimulus control. Accuracy scores improved and remained high when DOR requirements were withdrawn. Improvement in the extension of stimulus control was also observed throughout the experimental conditions. Duration of stimulus presentation seems to be an important variable in determining both the amplitude of stimulus control and the observation pattern. DOR and longer exposure to stimuli increased occurrence of observing responses to correct (S+) and incorrect (S-) stimuli. Extensive observation patterns were not systematically related to accurate performance.
13

Educação das relações raciais no Distrito Federal : desafios da gestão

Rodrigues, Ruth Meyre Mota 14 December 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2010. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-02-23T12:02:47Z No. of bitstreams: 1 2010_RuthMeyreMotaRodrigues.pdf: 1315285 bytes, checksum: 5dafd44b42f289dbeff0d26b0d674b69 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-02-25T13:41:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_RuthMeyreMotaRodrigues.pdf: 1315285 bytes, checksum: 5dafd44b42f289dbeff0d26b0d674b69 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-02-25T13:41:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_RuthMeyreMotaRodrigues.pdf: 1315285 bytes, checksum: 5dafd44b42f289dbeff0d26b0d674b69 (MD5) / O racismo, em suas diversas formas de manifestação, está presente em diversos ambientes sociais dos quais se destaca a escola. Pensar em uma educação para a igualdade racial a partir da garantia de equidade de condições de acesso e permanência significa reconhecer e compreender todos os processos causadores ou perpetuadores do racismo educacional. Ganha destaque nessa pesquisa a importância da atuação dos/as diretores/as das escolas públicas do Distrito Federal no tocante as relações raciais considerando que os/as gestores/as educacionais não foram preparados/as e/ou formados/as para a gestão das relações raciais e por essa razão negam ou minimizam a existência de manifestações racistas nas escolas bem como desconhecem suas consequências nefastas no desempenho escolar de alunos/as negros/as. O/a gestor/a escolar é o/a condutor/a dos processos que direcionam o modelo de educação a ser adotado e desenham os saberes e ideologias transmitidos por meio da utilização de inúmeros instrumentos de gestão dos quais ressaltamos o Projeto Político Pedagógico e o Conselho Escolar como meios facilitadores da implementação de ações de combate à exclusão e promotoras da igualdade racial. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Racism, in its various manifestations, is present in different social environments of which highlight the school. Thinking about an education for racial equality from the guarantee of equal conditions of access and retention means to recognize and understand all the processes that cause or perpetuate racism education. This research is highlighted the importance of acting of the principals of public schools in the Federal District regarding race relations considering that school administrators were not prepared and / or trained for the management of racial diversity and therefore deny or downplay the existence of events racism in schools and ignore its disastrous consequences on school performance of black students. The school manager is the conductor of the processes that drive the educational model to be adopted and design knowledge and ideologies transmitted through the use of many instruments which emphasize management of the Educational Policy Project and the School Board as a means of facilitating implementation of actions combat exclusion and promote racial equality.
14

A exclusão da cultura afro-brasileira dos currículos escolares : uma questão só de conhecimento histórico? / The exclusion of the brazilian-afro contents on the school curriculum in the view of professors

Fontoura, Maria Conceicao Lopes January 1987 (has links)
O presente trabalho, além de ser uma tarefa acadêmica para a obtenção do titulo de mestre em educação, representa mais um brado negro contra a opressão, o racismo e a continua desconsideração sofridos pelo negro brasileiro. Várias são as falácias que pairam sobre o afro-brasileiro. Entre outros objetivos, esta tese pretende auxiliar no conhecimento da verdadeira história do negro brasileiro que, ate o presente momento, não faz parte dos currículos das escolas. Urge propiciar aos alunos negro e não-negros este importante ensinamento. Como desafio buscou-se verificar, através de entrevistas semi-estruturadas, como os professores do ensino de primeiro grau encaram a exclusão da cultura'afro-brasileira dos currículos escolares. A pesquisa parte da afirmação de que esta cultura não e incluída no currículo das escolas. A cultura tida como "oficial" e veiculada pela escola, mas cara uma discriminação através da ideia de uma "pseudo" igualdade. Sobre os negros enfatiza-se a Lei Áurea como a "maior conquista" obtida. São poucos os negros importantes na História do Brasil e, quando destacados, estes se identificam com a classe dominante. Zumbi, Ganga Zumba, Luiza Mahim, quilombos, insurreições negras contra a escravidão não aparecem nas aulas de Histõria do Brasil. Assim, das entrevistas realizadas foram detectados seis fatores determinantes da exclusão da cultura afro-brasileira dos currículos escolares, segundo a ótica dos professores. São fatores que tratam.do desconhecimento da história e da contribuição cultural feita pelo negro, da influencia socio-econômica, da influência política, das pré-determinações curriculares, da cultura oficial e a cultura subsumida e da diferença racial. São fatores que emergiram do concreto das entrevistas e que vão ao encontro da formulação teórica acerca do tema. Os movimentos sociais, tendo o negro como protagonista, buscam alterar a atual paisagem. É preciso dar um basta a falsa história sobre o negro brasileiro. Faz-se necessário ressaltar o papel desempenhado na construção do pais. É preciso lutar para modificar a situação em que o negro se encontra - marginalizado, desempregado e discriminado dentro de uma sociedade que se julga de face branca e busca esquecer o seu lado negro. A luta pela "abolição" está em andamento. Liberdade sem benesse da princesa, mas livre como se foi em Palmares. / The present work represents mostthe commitment to accomplish an academic work to obtain a masters degree, a fight against the oppression with the brazilian negro. This study search to bring on the surface the ideological idea that cover or dissimulate the brazilian negro hi story. In this defiance, we try to verify, by intei-views with the first grade professors, how was the perspective that bring.about the exclusion of brazilian-afro contents on the school curriculum. The searchs showed that the oficial history dissimu late a. discrimination, by a pseudo-equity.They not distinguish the relevant negros that fighted by the freedom. We detected six determinant factor on the exclusion of brazilian-afro culture of the curriculum. The factors pick up are the unknow of negro history and cultural contri buition made by negro, the socio-economic influence, the curricula pre-fixeds, the oficial culture and subsumid cul ture and the six factor, the racial discrimination. The study also became visible that the negro moviment, as the enlargement of the professor conscientization, attempt change ths reality, because it's false.
15

A exclusão da cultura afro-brasileira dos currículos escolares : uma questão só de conhecimento histórico? / The exclusion of the brazilian-afro contents on the school curriculum in the view of professors

Fontoura, Maria Conceicao Lopes January 1987 (has links)
O presente trabalho, além de ser uma tarefa acadêmica para a obtenção do titulo de mestre em educação, representa mais um brado negro contra a opressão, o racismo e a continua desconsideração sofridos pelo negro brasileiro. Várias são as falácias que pairam sobre o afro-brasileiro. Entre outros objetivos, esta tese pretende auxiliar no conhecimento da verdadeira história do negro brasileiro que, ate o presente momento, não faz parte dos currículos das escolas. Urge propiciar aos alunos negro e não-negros este importante ensinamento. Como desafio buscou-se verificar, através de entrevistas semi-estruturadas, como os professores do ensino de primeiro grau encaram a exclusão da cultura'afro-brasileira dos currículos escolares. A pesquisa parte da afirmação de que esta cultura não e incluída no currículo das escolas. A cultura tida como "oficial" e veiculada pela escola, mas cara uma discriminação através da ideia de uma "pseudo" igualdade. Sobre os negros enfatiza-se a Lei Áurea como a "maior conquista" obtida. São poucos os negros importantes na História do Brasil e, quando destacados, estes se identificam com a classe dominante. Zumbi, Ganga Zumba, Luiza Mahim, quilombos, insurreições negras contra a escravidão não aparecem nas aulas de Histõria do Brasil. Assim, das entrevistas realizadas foram detectados seis fatores determinantes da exclusão da cultura afro-brasileira dos currículos escolares, segundo a ótica dos professores. São fatores que tratam.do desconhecimento da história e da contribuição cultural feita pelo negro, da influencia socio-econômica, da influência política, das pré-determinações curriculares, da cultura oficial e a cultura subsumida e da diferença racial. São fatores que emergiram do concreto das entrevistas e que vão ao encontro da formulação teórica acerca do tema. Os movimentos sociais, tendo o negro como protagonista, buscam alterar a atual paisagem. É preciso dar um basta a falsa história sobre o negro brasileiro. Faz-se necessário ressaltar o papel desempenhado na construção do pais. É preciso lutar para modificar a situação em que o negro se encontra - marginalizado, desempregado e discriminado dentro de uma sociedade que se julga de face branca e busca esquecer o seu lado negro. A luta pela "abolição" está em andamento. Liberdade sem benesse da princesa, mas livre como se foi em Palmares. / The present work represents mostthe commitment to accomplish an academic work to obtain a masters degree, a fight against the oppression with the brazilian negro. This study search to bring on the surface the ideological idea that cover or dissimulate the brazilian negro hi story. In this defiance, we try to verify, by intei-views with the first grade professors, how was the perspective that bring.about the exclusion of brazilian-afro contents on the school curriculum. The searchs showed that the oficial history dissimu late a. discrimination, by a pseudo-equity.They not distinguish the relevant negros that fighted by the freedom. We detected six determinant factor on the exclusion of brazilian-afro culture of the curriculum. The factors pick up are the unknow of negro history and cultural contri buition made by negro, the socio-economic influence, the curricula pre-fixeds, the oficial culture and subsumid cul ture and the six factor, the racial discrimination. The study also became visible that the negro moviment, as the enlargement of the professor conscientization, attempt change ths reality, because it's false.
16

Quem estabelece prioridades? Um estudo sobre a natureza do trabalho de investigação na polícia federal

Cavaleiro, Juliana Carleial Mendes 02 July 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-03-09T18:46:51Z No. of bitstreams: 1 2015_JulianaCarleialMendesCavaleiro.pdf: 1265261 bytes, checksum: 11278f1fb89a9de2e2ab7003ad88605d (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-05-26T18:58:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_JulianaCarleialMendesCavaleiro.pdf: 1265261 bytes, checksum: 11278f1fb89a9de2e2ab7003ad88605d (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-26T18:58:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_JulianaCarleialMendesCavaleiro.pdf: 1265261 bytes, checksum: 11278f1fb89a9de2e2ab7003ad88605d (MD5) / A investigação é um processo (sucessão de ações humanas) por meio do qual se busca indicar a autoria e a materialidade, reunindo provas de um crime para a persecução criminal em Juízo. Nesse estudo, a investigação policial é analisada como modalidade de trabalho. As ações no mundo do trabalho, no tempo em que a expressão política é rara, são importante objeto de pesquisa social. O local de trabalho se tornou o palco principal das relações de amizade, solidariedade, por isso lugar da ação desveladora do indivíduo, onde se expressa o sujeito e onde ele interage e recebe a validação do outro. Descrever o prescrito e procurar o velado nas falas de policiais federais no Distrito Federal, ou seja, a expressão do real, para apreender a natureza do trabalho investigação criminal na Polícia Federal, foi o objetivo dessa pesquisa. Partiu-se da indagação sobre a amplitude da discricionariedade policial para chegar às relações de reconhecimento entre os indivíduos. A escolha metodológica foi a análise qualitativa da fala dos atores da investigação na Polícia Federal obtidas em entrevistas estruturadas semiabertas. Quando se investiga os saberes individuais como fator relevante na tomada de decisões no curso da investigação, intersecciona-se a questão da satisfação no mundo trabalho, já que o recuso à subjetividade nesse espaço é fonte de contentamento e realização do sujeito. A análise do conteúdo das entrevistas revelou a natureza dupla do trabalho de investigação policial na Polícia Federal: existe o trabalho maçante, rotineiro e burocrático de cumprimento de diligências para resolver os inquéritos do cotidiano – executado em ambiente pouco reflexivo, com controle das subjetividades, onde nem delegados nem agentes parecem gostar do papel que desempenham. Existe, por outro lado, a operação policial, expressão daquilo que aqueles assimilaram como a investigação ideal – para a qual convergem tempo, recursos e interesse administrativo, permitindo interação e reflexividade. Nas investigações policiais desse tipo, a discricionariedade é exercida por delegados e agentes. O resultado desse estudo contribui para a reflexão sobre a atividade de investigação, entre o rotineiro e o excepcional, e sobre em que medida o desencontro entre os anseios dos policiais e a realidade prejudica esse trabalho. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT / An investigation is a process (succession of human actions) through which the Police seeks authorship and materiality, gathering evidence of a crime for criminal prosecution. In this study, police investigation is analyzed as a modality of work. Human actions in the workplace, at a time when political expression is rare, are an important subject of social research. The workplace has become a main stage for relationships of friendship and solidarity, in which the individual expresses themselves and where they interact and receive validation by others. To describe the formal and look for the hidden, the real work, in order to grasp the nature of the investigative work at the Federal Police, was the final objective of this research. The study goes from questioning the extent of police discretion in the organization to inquiring about recognition in relationships between individuals. The methodological choice was the qualitative analysis of the speech of police officers obtained in semi-structured open interviews. When investigating individual choices as a relevant factor in the decision-making process during investigations, the research intersects the topic of satisfaction in work, as subjectivity is studied as a source of contentment and achievement in workplaces. The interviews revealed the dual nature of the investigative work at the Federal Police: there is a dull, routine and bureaucratic work engaged to solve everyday inquiries – which runs in a less reflective environment, with controlled subjectivities, where neither delegates nor agents seem to enjoy their roles. There is, moreover, the work in police operations, expression of what those assimilated as an ideal investigation - for which converges time, resources and administrative interest, allowing interaction and increased reflectivity. In police investigations of such a kind, both delegates and agents exercise the discretion. The result of this study contributes to the debate concerning investigative work, between the routine and the exceptional, and to inquire on what extent the mismatch between the aspirations of police officers and their reality may hinder this work.
17

Identificação de variáveis relevantes para a emergência de relações condicionais a partir de discriminações entre estímulos compostos

Moreira, Márcio Borges January 2010 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010. / Submitted by Suelen Silva dos Santos (suelenunb@yahoo.com.br) on 2010-12-01T15:46:26Z No. of bitstreams: 1 2010_MarcioBorgesMoreira.pdf: 647910 bytes, checksum: 28c0af6e2ea63446ce80a479fbd48d54 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-12-01T22:21:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_MarcioBorgesMoreira.pdf: 647910 bytes, checksum: 28c0af6e2ea63446ce80a479fbd48d54 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-12-01T22:21:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_MarcioBorgesMoreira.pdf: 647910 bytes, checksum: 28c0af6e2ea63446ce80a479fbd48d54 (MD5) / O presente trabalho teve como objetivo descrever algumas das condições para o desenvolvimento de relações de controle de estímulos irrelevantes. Quatro estudos foram conduzidos (1) para investigar o efeito de diferentes parâmetros de um procedimento de treino com discriminações simples simultâneas com estímulos compostos e arranjo de treino linear na emergência de relações; e (2) comparar as relações que emergem no teste com discriminações simples com os estímulos compostos recombinados e as relações que emergem em um teste com escolha de acordo com o modelo entre os elementos dos compostos, separados e apresentados como modelos e comparações. No Estudo 1 ensinou-se a nove estudantes de graduação duas discriminações AB e duas discriminações BC utilizando-se um estímulo composto correto (S+) e dois incorretos (S-) em cada tentativa. Os S- foram os mesmos em todas as tentativas. Todos os participantes mostraram emergência das relações simétricas, mas houve variabilidade entre participantes nos testes de transitividade e equivalência. No Estudo 2, cinco estudantes de graduação aprenderam três discriminações AB e três discriminações BC e os estímulos S- variaram entre tentativas. No Estudo 2 todos os participantes mostraram emergência de todas as relações testadas. No Estudo 3 ensinou-se a cinco alunos de graduação duas discriminações AB e duas discriminações BC utilizando apenas um S- com configurações de tentativas que preveniram correlações de aspectos irrelevantes dos estímulos com o reforço ao longo das tentativas. No Estudo 3 o número de tentativas de treino foi idêntico ao Estudo 1. Todos os participantes mostraram a emergência de todas as relações testadas. No Estudo 4 adicionou-se ao procedimento do Estudo 2 um evento redundante incorporado aos estímulos compostos de apenas umas das classes treinadas. O evento redundante esteve presente durante o treino, mas não nos testes. Seis de sete participantes mostraram emergência das relações simétricas. Os escores nos teste de emergência das relações de transitividade e equivalência foram baixos e variáveis para a maioria dos participantes. Nos quatro estudos a emergência das relações testadas foi similar em ambos os procedimentos de teste. Tomados em conjunto, os resultados dos quatro estudos mostram que (1) um arranjo de treino linear, com discriminações simples simultâneas e estímulos compostos, é efetivo para a formação de duas e três classes de equivalência; (2) a composição dos estímulos negativos em cada tentativa é uma variável importante para a emergência de relações condicionais; e (3) a adição de uma característica redundante ao estímulo de treino para apenas um conjunto de estímulos em um procedimento de discriminações simples simultâneas com estímulo compostos compromete não só a emergência das relações de transitividade e equivalência daquele conjunto, mas também a emergência das mesmas relações dos demais conjuntos de estímulos. Os resultados foram discutidos à luz da teoria da coerência na topografia de controle de estímulos _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present work aimed to describe some of the conditions for developing irrelevant control of stimuli relations. Four studies were conducted (1) to investigate the effect of different parameters of a simple simultaneous discrimination training procedure with compound stimuli and linear training structure on emergent relations; and (2) to compare relations that emerge from simple discriminative testing of recombined compound stimuli and matching-to-sample testing of relations between compound elements separated and presented as samples and comparisons. Study 1 taught nine undergraduate students two AB and two BC discriminations, using one correct (S+) and two incorrect (S-) compounds in each trial. S-`s were the same in all trials. All participants showed the emergence of symmetrical relations, but there was variability between subjects in transitivity and equivalence tests. In Study 2, five college students learn three AB and three BC discriminations and S- stimuli varied between trials. In Study 2 all participants showed the emergence of all tested relations. Study 3 taught five undergraduate students two AB and two BC discriminations, using only one S- with trial configurations that prevented correlation of irrelevant aspects of stimuli with reinforcement along trials. Study 3 programmed the same number of training trials as Study 1. All participants showed the emergence of all tested relations. Study 4 added to Study 2 procedure a redundant event incorporated in compound stimuli of one of the trained classes during training but not testing. Six out of seven participants showed the emergence of symmetrical relations. Scores in tests of transitivity and equivalence relations were low and variable for most participants. In all four studies, the emergence of tested relations was similar in both testing procedures. Taken together, the results of four studies show that (1) a linear training structure, with simple simultaneous discriminations with compound stimulus is effective for the formation of two and three classes of equivalence; (2) the composition of negative stimuli on each trial is an important variable for the emergence conditional relations and (3) the addition of a redundant feature to the training stimuli of only one set of stimuli in a simple simultaneous discrimination procedure with compound stimuli disrupts, not only the emergence of transitivity and equivalence relations of that set, but also the emergence of such relations of other sets of stimuli. The results were discussed on the light of the stimulus control topography coherence theory.
18

Cuba : estratégias de sobrevivência de mulheres negras (século XX)

Baró, Dionisio Lázaro Poey 18 May 2009 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de História, 2009. / Submitted by Washington da Silva Chagas (washington@bce.unb.br) on 2011-03-18T15:43:48Z No. of bitstreams: 1 2009_DionisioLazaroPoeyBaro.pdf: 1034263 bytes, checksum: 63983836cfa9cae635ee3e6a6c25a08f (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2011-03-18T23:34:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_DionisioLazaroPoeyBaro.pdf: 1034263 bytes, checksum: 63983836cfa9cae635ee3e6a6c25a08f (MD5) / Made available in DSpace on 2011-03-18T23:34:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_DionisioLazaroPoeyBaro.pdf: 1034263 bytes, checksum: 63983836cfa9cae635ee3e6a6c25a08f (MD5) / Em 1886 o governo espanhol aboliu a escravidão em Cuba. Entre 1895 e 1898 teve lugar uma cruenta guerra pela independência na qual a população negra participou ativamente esperando conseguir, na futura República, o fim da discriminação e o reconhecimento dos seus direitos cidadãos. Em 1902 foi inaugurada a República, mas o negro continuou sendo discriminado. Nesse mesmo ano nasce Maria de los Reyes Castillo, “Reyita” (1902 –1997), quem relatará para sua filha fatos importantes da sua vida, que serão publicados, em 1997, no livro Reyita simplemente. Neste trabalho são analisadas as estratégias de sobrevivência que a protagonista do livro e, por extensão, as mulheres e as famílias negras pobres cubanas adotaram para fazer frente às dificuldades que a discriminação racial e a pobreza lhes impunham. Analisa-se também a relação entre essas estratégias e a realidade social e política do país ao longo do século XX, assim como as lutas da população negra contra a discriminação racial. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / In 1886, the Spanish government abolished slavery in Cuba. Between 1895 and 1898 a bloody independence war issued in the country, in which Black population participated actively, hoping to reach, in the future republic, the end of discrimination and the acknowledgement of their citizen rights. In 1902 the Cuban Republic was declared, but the Black population continued to be discriminated.In that very same year was born Maria de los Reyes Castillo, „Reyita‟ (1902-1997), who related to her daughter crucial facts about her life, wich would be published in 1997, n the book Reyita Simplemente. This thesis analyses strategies of survival adopted by the protagonist of the book – and, by extension, women from poor Black Cuban families – to face the difficulties created by racial discrimination and poverty. It also analyses the relation between these strategies and the social and political reality of the country during the 20th century, as well as the efforts of black population against racial discrimination.
19

Efeito de reforço específico na formação de classes de estímulos a partir de discriminações simples entre estímulos compostos e procedimento com mancha redundante

Oliveira, Adriana de 03 February 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2012. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-05-11T15:09:04Z No. of bitstreams: 1 2012_AdrianadeOliveira.pdf: 711456 bytes, checksum: 8d3be8239126716b656c0e6c44f82b69 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2012-05-14T12:02:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_AdrianadeOliveira.pdf: 711456 bytes, checksum: 8d3be8239126716b656c0e6c44f82b69 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-14T12:02:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_AdrianadeOliveira.pdf: 711456 bytes, checksum: 8d3be8239126716b656c0e6c44f82b69 (MD5) / Este estudo teve por objetivos (a) replicar o Estudo 4 de Moreira (2010) e os efeitos do procedimento com mancha redundante; (b) investigar o tipo de controle de estímulo estabelecido pelos treinos (seleção do S+, rejeição do S-, controle pela mancha ou ausência de controle); e (c) verificar se a utilização de reforço específico restringe os efeitos da mancha, ou seja, se classes que incluem reforço específico tem os efeitos de outras variáveis restritas a elas. Dez estudantes universitários da Universidade de Brasília realizaram duas Fases Experimentais, com balanceamento da ordem de exposição entre os participantes. Na Fase Reforço Específico (RE), os treinos programavam consequência diferente para duas das quatro discriminações e na Fase Reforço Comum (RC), a mesma consequência era utilizada para todas as discriminações. Em cada fase, ensinavam-se quatro discriminações AB e quatro BC com estímulos compostos e testavam-se as relações emergentes com estímulos compostos recombinados e com estímulos apresentados individualmente no procedimento de pareamento ao modelo. Seis participantes formaram as quatro classes de estímulos nas duas fases. Quatro universitários apresentaram escores variáveis nos testes das relações de transitividade e equivalência, e erros nas classes de estímulos com e sem mancha. Estímulos utilizados como reforços integraram as respectivas classes apenas quando a Fase RE foi precedida pela Fase RC. O presente estudo confirmou os resultados de Moreira (2010) indicando que o procedimento com mancha redundante é eficaz para gerar controle por características irrelevantes do estímulo e o reforço específico parece reduzir esse efeito em participantes com história experimental com reforço comum. O efeito interativo do reforço específico e da história experimental não pode ser compreendido a partir do presente estudo apenas. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The goals of the present study were(a) to replicate the Study 4 of Moreira (2010) and the effects of the procedure with redundant stain (b) to investigate the type of stimulus control that was developed by training (selection of S+, rejection of S-, control by the stain or lack of control), and (c) to assess whether the use of specific reinforcer stimulus restricts the effects of the stain, that is, if classes that include specific reinforcer has the effect of other variables restricted to them. Ten students from the University of Brasilia held two experimental phases, order-balanced exposure between participants. In the Specific Reinforcer Phase (SR), training sessions programmed different consequence for two out of four discriminations, and in the Equal Reinforcer Phase (ER), the same reinforcer was used for all discriminations. In each phase, four AB and four BC discriminations were taught with compound, and emergent relations were tested with recombined compound stimuli and individual stimuli displayed in matching to sample procedure. Six participants formed the four stimulus classes in both phases. Four students showed variable scores on transitivity and equivalence tests, and errors in stimulus classes with and without stain. Stimuli used as reinforcers joined their classes only when the SR Phase was preceded by the ER Phase. The present study confirmed the results of Moreira (2010) indicating that the procedure with redundant stain is effective to generate control by irrelevant stimulus features and the use of specific reinforcer seems to reduce this effect in participants with experimental history of equal reinforcer. The interactive effect of the specific reinforcer and experimental history may not be understood from the present study only.
20

O enfrentamento ao fenômeno discriminatório sob a ótica dos servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Badalotti, Tatiana Stürmer January 2017 (has links)
A discriminação é entendida como fator causador de prejuízos e iniquidades em saúde. Ela pode ocasionar sofrimento psicológico, adoção de comportamentos negativos, como o consumo de álcool e tabaco, estresse, ansiedade, além das alterações nos sistemas fisiológicos do organismo. O objetivo desta pesquisa foi explorar o fenômeno discriminatório e formas de enfrentamentos aos fenômenos por servidores, vinculados à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tratase de um estudo qualitativo analítico, que buscou gerar informações por meio da realização de entrevistas individuais semiestruturadas, as quais foram interpretadas pela perspectiva teórica da fenomenologia. O material textual produzido foi interpretado seguindo o método de análise de conteúdo de Bardin. Os principais resultados revelam um modelo de enfrentamento à discriminação, onde as categorias inter-relacionam-se. Neste modelo a categoria cultura ocupa um papel central, interligando-se com as cotas, educação formal, legislação e políticas públicas, mídias e educação informal, como principais estratégias de enfrentamento à discriminação.

Page generated in 0.0707 seconds