• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 37
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 37
  • 37
  • 11
  • 10
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Desenvolvimento de método para a determinação de nicotina e clozapina em plasma humano utilizando CLAE-UV

Camillo, Eveline 07 July 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, 2014. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2014-09-09T14:57:12Z No. of bitstreams: 1 2014_EvelineCamillo.pdf: 1627725 bytes, checksum: 38b95ca86e1cb97650175f72ec2eeaf7 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2014-09-09T15:01:35Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_EvelineCamillo.pdf: 1627725 bytes, checksum: 38b95ca86e1cb97650175f72ec2eeaf7 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-09-09T15:01:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_EvelineCamillo.pdf: 1627725 bytes, checksum: 38b95ca86e1cb97650175f72ec2eeaf7 (MD5) / A quantificação simultânea da NCT e CLZ em plasma humano utilizando CLAE-UV pode proporcionar benefícios quanto a monitorização terapêutica do fármaco em paciente tabagistas que sofrem de esquizofrênia, pois a variação na concentração plasmática da CLZ causada pela NCT pode resultar em resposta negativa ao tratamento e até uma possível intoxicação do fármaco. O objetivo deste trabalho foi desenvolver e validar uma metodologia para quantificação de nicotina e do fármaco clozapina juntamente com seu metabólito principal, a N-desmetilclozapina (N-CLZ), em plasma humano. A extração foi realizada por extração líquido-líquido em clorofórmio e a quantificação dos analitos deu-se por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) e detecção espectrofotométrica (arranjo de fotodiodos), em coluna monolítica de fase reversa. A eluição da fase móvel seguiu um gradiente metanol:acetonitrila:tampão acetato (0,025 mol L-1 pH 5) iniciando-se com maior proporção de fase aquosa (FA) 95% e subindo gradativamente a fase orgânica (FO), atingindo em 4 minutos maior proporção em fase orgânica 55% e, a seguir, voltou-se à proporção inicial, finalizando a corrida em 6 minutos e vazão de 4 mL.min-1. A validação da metodologia analítica seguiu legislação estabelecida pela ANVISA. O método descrito obteve r superior a 0,997 para ambos os analitos com faixa linear de 100 a 1000 μg.L-1 e 1500 a 5250 μg.L-1 para CLZ e NCT, respectivamente. O LD para CLZ e NCT foi de 70 e 1000 μg.L-1, enquanto o LIQ foi de 100 e 1500 μg.L-1, respectivamente. Precisão e exatidão intradia no LIQ ficaram abaixo de 16% para ambos os analitos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The simultaneous quantification of NCT and CLZ in human plasma using HPLC-UV can provide benefits as a therapeutic drug monitoring in smokers patient suffering from schizophrenia, because the variation in plasma concentration of CLZ caused by the NCT can result in a negative response to treatment, and to a possible toxicity of the drug. The aim of this work was to develop and validate a method for the quantification of nicotine, clozapine and its main metabolite, N-desmethylclozapine (N-CLZ), in human plasma. The extraction was carried by liquid-liquid extraction with chloroform and the quantification performed by High-Performance Liquid Chromatography (HPLC) and detection in photodiode array in reverse phase monolithic column. Mobile phase elution followed a gradient of methanol:acetonitrile:acetate buffer (0.025 M, pH 5), starting with a greater proportion of aqueous phase, 95%, and increasing the organic phase steadily, reaching the highest organic phase proportion, 55%, in 4 min and then returning to the initial proportion, completing a run in 6 min with a flow of 4 mL.min-1. Analytical method validation was performed within the norms established by ANVISA (Brazilian Health Surveillance Agency). The described method was above 0.997 r2 for both analytes in the linear range from 100 to 1000 μg.L-1 and 1500-5250 μg.L-1 to CLZ-1 and NCT, respectively. LD for CLZ and NCT and 1000 was 70 μg.L-1, while the LIQ of 100 and 1500 was μg.L-1, respectively. Intraday precision and accuracy were below the LIQ of 16 % for both analytes.
2

Influencia das proteinas derivadas da matriz do esmalte sobre a regeneração periodontal em ratos submetidos a inalação de fumaça de cigarro / The influence of enamel matrix derivate proteins spontaneous periodontal regeneration in rats exposed to cigarette smoke inhalation

Corrêa, Mônica Grazieli, 1981- 12 August 2018 (has links)
Orientador: Enilson Antonio Sallum / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-12T22:11:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Correa_MonicaGrazieli_M.pdf: 22646196 bytes, checksum: dea738035c7c3059302007121c3a2b19 (MD5) Previous issue date: 2009 / Resumo:Os objetivos do presente estudo foram avaliar, em defeitos do tipo fenestração, não contaminados previamente pelo biofilme dental bacteriano, em ratos, na presença ou na ausência de fumaça de cigarro (IFC): 1- o efeito das proteínas derivadas da matriz do esmalte (PDME) no padrão de cura, histometricamente; 2- o número de osteoclastos na egião dos defeitos, através da histoquímica, pela reação de fosfatase ácida resistente ao ácido tartárico (TRAP). Para isto, 22 ratos Wistar, machos e adultos foram aleatoriamente divididos em 2 grupos: 1- IFC (n=11) e 2- Controle (n=11). Após 30 dias do início da IFC, os animais dos 2 grupos foram submetidos à cirurgia de criação dos defeitos periodontais tipo fenestração. O estudo seguiu o padrão de boca dividida. Portanto, os grupos foram aleatoriamente divididos em dois subgrupos: Lado A- direito - sem tratamento; Lado B- esquerdo - tratamento com as proteínas derivadas da matriz do esmalte (PDME). Os animais foram sacrificados 21 dias após a criação dos defeitos e secções histológicas de rotina foram preparadas. Os seguintes parâmetros histométricos foram avaliados: 1-extensão do defeito remanescente, porcentagem de preenchimento do defeito, densidade do novo osso e extensão de novo cemento. Foi ainda avaliado o parâmetro histoquímico de número de osteoclastos na região do defeito, em ambos os grupos e subgrupos. A análise intergrupo demonstrou que o grupo 1 apresentou densidade óssea significativamente reduzida quando comparada ao grupo 2 (P=0.05). A análise intragrupo revelou que as PDME influenciaram significativamente o preenchimento do defeito e a extensão de novo cemento, em ambos os grupos (P=0.05). O número de osteoclastos foi numericamente maior no grupo 1 (p>0.05) e as PDME aumentaram significantemente o número dessas células no grupo 2 (P=0.05). Dentro dos limites do presente estudo, conclui-se que as proteínas derivadas da matriz do esmalte produziram melhora do reparo periodontal na presença dos compostos do tabaco. No entanto, as proteínas derivadas da matriz do esmalte não foram capazes de contornar os efeitos negativos da fumaça de cigarro. / Abstract: This study aimed at evaluating the impact of enamel matrix derivative proteins (EMP) on a periodontal healing model in the absence of plaque biofilm in rats exposed to cigarette smoke inhalation (CSI). Wistar rats (n= 22) were assigned to two groups: Group 1, CSI (n=11); Group 2, control (n=11). Thirty days after CSI fenestration defects were created buccally at the distal root of the first mandibular molar. The study followed a split-mouth design. After the surgery both groups were randomicaly assigned to two subgroups: A, self-healing and B, treatment with EMP. The animals were killed 21 days later and their mandibles processed for histological examination. The percentage of bone fill, density of newly formed bone, extension of the remanescent deffect and cementum formation were assessed histometrically. Osteoclast number was determined by tartrateresistant acid phosphatase (TRAP). Intergroup analysis demonstrated, compared to the control, that CSI was associated with a reduced rate of bone repair, and EMP was associated with an increased bone fill and cementum formation, in both groups. TRAP positive osteoclasts number was numerically higher in CSI group, when compared with control group, and EMP significantly enhanced the number of these cells in group 2. Within the limits of the present study, it can be concluded that although the regenerative treatment increased bone fill and cementum formation, EMP did not neutralized the detrimental effect of tobacco smoke in the healing capacity of periodontal tissues. / Mestrado / Periodontia / Mestre em Clínica Odontológica
3

Perfil de consumo alimentar de pacientes tabagistas em tratamento, na cidade de Goiânia, em 2006 / Profile of food consumption of smoker patients under treatment in Goiânia, Brazil, in 2006.

Martins, Karine Anusca January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006. / Submitted by wesley oliveira leite (leite.wesley@yahoo.com.br) on 2009-11-09T22:25:49Z No. of bitstreams: 1 KARINE ANUSCA MARTINS.pdf: 1387352 bytes, checksum: 399cbd381e38192880cd8200f2ed834e (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2010-02-24T22:52:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 KARINE ANUSCA MARTINS.pdf: 1387352 bytes, checksum: 399cbd381e38192880cd8200f2ed834e (MD5) / Made available in DSpace on 2010-02-24T22:52:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 KARINE ANUSCA MARTINS.pdf: 1387352 bytes, checksum: 399cbd381e38192880cd8200f2ed834e (MD5) Previous issue date: 2006 / As alterações que o consumo de cigarros pode provocar na ingestão de alimentos têm sido alvo de inúmeros questionamentos, visto que alguns estudos experimentais mostram que a nicotina e a exposição à fumaça do cigarro podem levar a diminuição do consumo alimentar e à perda de peso. O objetivo do presente estudo foi identificar o consumo alimentar dos participantes da Abordagem Intensiva aos Fumantes do Programa Municipal de Controle do Tabagismo (PMCT) da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, em 2006. Estudo transversal, de caráter descritivo, realizado com 140 pacientes adultos tabagistas (fumantes, fumantes abstêmios e exfumantes). Realizou-se um levantamento com informações referentes às características socioeconômica e demográfica (sexo, idade, estado civil ou situação conjugal, procedência, escolaridade, renda), do hábito tabagístico (tempo de uso do tabaco; o tipo de cigarro; o grau de dependência à nicotina; o número de cigarros/dia e de tentativas para deixar de fumar; os fatores causadores da vontade de fumar; o método utilizado para cessação do hábito; recaída ou lapso e utilização de medicamentos) e antecedentes pessoais e familiares. Utilizou-se o método de freqüência retrospectiva (dos últimos seis meses) de consumo de alimentos, mediante um questionário de freqüência de consumo alimentar validado, para a coleta de informações sobre o hábito alimentar. A tabulação e análise de dados foram realizadas em programa Excel 2003 e SPSS 8,0, respectivamente. Utilizou-se na análise dos dados o Teste Exato de Fisher, Teste t e o coeficiente de correlação de Pearson. A amostra utilizada foi representativa (68,3%) em relação ao número total de pacientes participantes do PMCT. Mais de 85% da população estudada fumava a mais de 20 anos, confirmando o início precoce do hábito tabagístico, entre 7 e 14 anos de idade; 42% apresentou grau de dependência a nicotina elevado e/ou muito elevado; 15% dos pacientes já haviam parado de fumar e a maioria, dentre aqueles que ainda não conseguiram, apresentou redução do número de cigarros fumados/dia. Os alimentos consumidos com maior freqüência em cada um dos grupos estudados foram: óleo vegetal, sal, arroz, café, feijão, açúcar, tomate, pão francês, leite integral líquido, limão, refresco de fruta com açúcar, bife bovino e cerveja (entre as bebidas alcoólicas), os quais definiram o padrão alimentar. Os participantes atenderam a recomendação de glicídios e proteínas/dia e excederam os valores para os lipídios, revelando ser a dieta consumida levemente hiperlipídica; 84,8% (homens) e 79,4% (mulheres) apresentaram um consumo adequado de gorduras saturadas em relação ao valor calórico total ingerido; 54,5% dos homens apresentaram consumo maior que a recomendação de colesterol/dia; 60,7% das mulheres apresentaram um consumo diário de colesterol adequado; 97,0% (homens) e 90,7% (mulheres) excederam a quantidade recomendada de sódio/dia. Verifica-se a necessidade de novos estudos que relacionem o consumo alimentar e o tabagismo para nos auxiliar no controle desse mal que tanto prejudica a sociedade, bem como para planejarmos estratégias e propostas de solução para os problemas detectados. As alterações que o consumo de cigarros pode provocar na ingestão de alimentos têm sido alvo de inúmeros questionamentos, visto que alguns estudos experimentais mostram que a nicotina e a exposição à fumaça do cigarro podem levar a diminuição do consumo alimentar e à perda de peso. O objetivo do presente estudo foi identificar o consumo alimentar dos participantes da Abordagem Intensiva aos Fumantes do Programa Municipal de Controle do Tabagismo (PMCT) da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, em 2006. Estudo transversal, de caráter descritivo, realizado com 140 pacientes adultos tabagistas (fumantes, fumantes abstêmios e exfumantes). Realizou-se um levantamento com informações referentes às características socioeconômica e demográfica (sexo, idade, estado civil ou situação conjugal, procedência, escolaridade, renda), do hábito tabagístico (tempo de uso do tabaco; o tipo de cigarro; o grau de dependência à nicotina; o número de cigarros/dia e de tentativas para deixar de fumar; os fatores causadores da vontade de fumar; o método utilizado para cessação do hábito; recaída ou lapso e utilização de medicamentos) e antecedentes pessoais e familiares. Utilizou-se o método de freqüência retrospectiva (dos últimos seis meses) de consumo de alimentos, mediante um questionário de freqüência de consumo alimentar validado, para a coleta de informações sobre o hábito alimentar. A tabulação e análise de dados foram realizadas em programa Excel 2003 e SPSS 8,0, respectivamente. Utilizou-se na análise dos dados o Teste Exato de Fisher, Teste t e o coeficiente de correlação de Pearson. A amostra utilizada foi representativa (68,3%) em relação ao número total de pacientes participantes do PMCT. Mais de 85% da população estudada fumava a mais de 20 anos, confirmando o início precoce do hábito tabagístico, entre 7 e 14 anos de idade; 42% apresentou grau de dependência a nicotina elevado e/ou muito elevado; 15% dos pacientes já haviam parado de fumar e a maioria, dentre aqueles que ainda não conseguiram, apresentou redução do número de cigarros fumados/dia. Os alimentos consumidos com maior freqüência em cada um dos grupos estudados foram: óleo vegetal, sal, arroz, café, feijão, açúcar, tomate, pão francês, leite integral líquido, limão, refresco de fruta com açúcar, bife bovino e cerveja (entre as bebidas alcoólicas), os quais definiram o padrão alimentar. Os participantes atenderam a recomendação de glicídios e proteínas/dia e excederam os valores para os lipídios, revelando ser a dieta consumida levemente hiperlipídica; 84,8% (homens) e 79,4% (mulheres) apresentaram um consumo adequado de gorduras saturadas em relação ao valor calórico total ingerido; 54,5% dos homens apresentaram consumo maior que a recomendação de colesterol/dia; 60,7% das mulheres apresentaram um consumo diário de colesterol adequado; 97,0% (homens) e 90,7% (mulheres) excederam a quantidade recomendada de sódio/dia. Verifica-se a necessidade de novos estudos que relacionem o consumo alimentar e o tabagismo para nos auxiliar no controle desse mal que tanto prejudica a sociedade, bem como para planejarmos estratégias e propostas de solução para os problemas detectados. As alterações que o consumo de cigarros pode provocar na ingestão de alimentos têm sido alvo de inúmeros questionamentos, visto que alguns estudos experimentais mostram que a nicotina e a exposição à fumaça do cigarro podem levar a diminuição do consumo alimentar e à perda de peso. O objetivo do presente estudo foi identificar o consumo alimentar dos participantes da Abordagem Intensiva aos Fumantes do Programa Municipal de Controle do Tabagismo (PMCT) da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, em 2006. Estudo transversal, de caráter descritivo, realizado com 140 pacientes adultos tabagistas (fumantes, fumantes abstêmios e exfumantes). Realizou-se um levantamento com informações referentes às características socioeconômica e demográfica (sexo, idade, estado civil ou situação conjugal, procedência, escolaridade, renda), do hábito tabagístico (tempo de uso do tabaco; o tipo de cigarro; o grau de dependência à nicotina; o número de cigarros/dia e de tentativas para deixar de fumar; os fatores causadores da vontade de fumar; o método utilizado para cessação do hábito; recaída ou lapso e utilização de medicamentos) e antecedentes pessoais e familiares. Utilizou-se o método de freqüência retrospectiva (dos últimos seis meses) de consumo de alimentos, mediante um questionário de freqüência de consumo alimentar validado, para a coleta de informações sobre o hábito alimentar. A tabulação e análise de dados foram realizadas em programa Excel 2003 e SPSS 8,0, respectivamente. Utilizou-se na análise dos dados o Teste Exato de Fisher, Teste t e o coeficiente de correlação de Pearson. A amostra utilizada foi representativa (68,3%) em relação ao número total de pacientes participantes do PMCT. Mais de 85% da população estudada fumava a mais de 20 anos, confirmando o início precoce do hábito tabagístico, entre 7 e 14 anos de idade; 42% apresentou grau de dependência a nicotina elevado e/ou muito elevado; 15% dos pacientes já haviam parado de fumar e a maioria, dentre aqueles que ainda não conseguiram, apresentou redução do número de cigarros fumados/dia. Os alimentos consumidos com maior freqüência em cada um dos grupos estudados foram: óleo vegetal, sal, arroz, café, feijão, açúcar, tomate, pão francês, leite integral líquido, limão, refresco de fruta com açúcar, bife bovino e cerveja (entre as bebidas alcoólicas), os quais definiram o padrão alimentar. Os participantes atenderam a recomendação de glicídios e proteínas/dia e excederam os valores para os lipídios, revelando ser a dieta consumida levemente hiperlipídica; 84,8% (homens) e 79,4% (mulheres) apresentaram um consumo adequado de gorduras saturadas em relação ao valor calórico total ingerido; 54,5% dos homens apresentaram consumo maior que a recomendação de colesterol/dia; 60,7% das mulheres apresentaram um consumo diário de colesterol adequado; 97,0% (homens) e 90,7% (mulheres) excederam a quantidade recomendada de sódio/dia. Verifica-se a necessidade de novos estudos que relacionem o consumo alimentar e o tabagismo para nos auxiliar no controle desse mal que tanto prejudica a sociedade, bem como para planejarmos estratégias e propostas de solução para os problemas detectados. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The changes that cigarettes smoking may cause in food intake have been the focus of great questionings, since some experimental studies show that nicotine and the exposure to the smoke of cigarettes may reduce the consumption of food and increase the loss of weight. The objective of this study was to identify the food consumption of the participants of the Intensive Approach of Smokers in the Municipal Program of Control of the Smoking Habit (PMCT) of the health department of Goiânia, in 2006. It was a cross-section descriptive study within 140 adult patients (smokers, abstain smokers and ex-smokers). Information was colleted concerning socioeconomic and demographic characteristics such (sex, age, as marital status, origin, educational level, income), smoking habit (length of use of tobacco; the type of cigarette; the degree of addiction to the nicotine; the number of cigarettes/ a day and attempts to quit smoking, factors that increase the desire of smoking; the method used to try quitting it; number of relapses fallen again and use of medications) and personal and familiar background. The frequency retrospective (of last the six months) of food consumption method was applied, by means of a valid questionnaire of frequency of food consumption, for the collection of information on practical intake. The analysis of data was carried out in Excel program 2003 and SPSS 8,0. The Accurate Test of Fisher was used in the analysis of the data; t test and the coefficient of correlation of Pearson. The used sample was representative (68.3%) in relation to the total number of participant patients on the PMCT. More than 85% of the studied population smoked for more than 20 years, confirming the early beginning of the smoking habit, between the age of 7 and 14; 42% of the had a high or really high degree of nicotine dependency; 15% of the patients had already stopped smoking and the greater number, among the ones who had not, obtained reduction of the smoked cigarette number/day. The food consumed in each one of the studied groups were: vegetal oil, salt, rice, coffee, beans, sugar, tomato, white bread, whole milk, lemon, refreshment of fruit with sugar, steak of beef and beer (among alcoholic beverages) more frequently, which defined the food pattern. The participants had taken care of to the recommendation of complex sugars and proteins/day and exceeded the values of fat, show a lightly high fat diet consumption; 84.8% of the men and of the 79.4% women had an adequate consumption of saturated fat in relation to total caloric intake; 54.5% of the men had higher intake of cholesterol when compared to the daily recommendation; 60.7% of the women had a daily adequate cholesterol consumption; 97.0% (men) and 90.7% (women) exceeded the recommended amount of sodium/day. We could verify the need of new studies that relate the food consumption to the smoking habit to help control this harmful habit in our society, and also to plan strategies and proposals of solution for the detected problems.
4

A formação do regime internacional de controle do tabaco : 1999 a 2005

Toscano, Marcela Parada January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2006. / Submitted by samara castro (sammy_roberta7@hotmail.com) on 2009-10-08T12:51:54Z No. of bitstreams: 1 2006_Marcela Parada Toscano.pdf: 755271 bytes, checksum: 842d1543a14b0b9ed22f05b6dd430021 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-10-09T12:10:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Marcela Parada Toscano.pdf: 755271 bytes, checksum: 842d1543a14b0b9ed22f05b6dd430021 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-10-09T12:10:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Marcela Parada Toscano.pdf: 755271 bytes, checksum: 842d1543a14b0b9ed22f05b6dd430021 (MD5) Previous issue date: 2006 / O tabaco é a maior causa de morte, doença e deficiência evitáveis no mundo. Já o fumo passivo, ou de segunda mão, é a terceira. Constatações como essas desencadearam o que hoje se constitui o chamado Regime Internacional de Controle do Tabaco. Nesse contexto, propõe-se uma descrição e análise histórica do processo de negociação da Convenção-Quadro de Controle do Tabaco, principal instrumento do Regime Internacional de Controle do Tabaco. A Convenção-Quadro é o primeiro tratado internacional de iniciativa da OMS e visa à redução de mortes e doenças ligadas ao tabaco em todo mundo. O primeiro capítulo deste estudo aborda algumas questões teóricas que têm relação com o teor central desta dissertação. O segundo capítulo analisa a economia do tabaco em âmbito mundial, bem como das implicações sociais, sanitárias e econômicas de seu controle, de forma a possibilitar um melhor entendimento da problemática em estudo. O terceiro capítulo realiza uma descrição histórica do processo negociador da CQTC. E, finalmente, no último capítulo, são analisados diferentes aspectos envolvidos no processo estudado, em especial, a dinâmica das negociações, o papel dos atores e a formação do Regime Internacional e Controle do Tabaco. No estudo, constatou-se: a adequação da Abordagem de Interdependência Complexa, de Keohane e Nye, às condições predominantes no cenário negociador, sendo utilizada como ferramenta explicativa ao processo estudado; a preponderância da OMS – iniciadora do processo –, e do Brasil – presidente dos trabalhos –; o papel de disseminadoras de informações desempenhado pelas ONGs; e a importância das coalizões regionais na facilitação e agilização das negociações, demonstrando, assim, que iniciativas de cooperação são possíveis dentro da temática do tabaco. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Tobacco is the highest cause of death, disease and evitable deficiencies in the world. Passive smoking, or second handed, is the third. Such verifications unchained to what today constitutes the International Regime on Tobacco Control. In this context, a description and a historical analysis of the negotiation process of the Framework Convention on Tobacco Control, main instrument of the International Regime on Tobacco Control, was proposed. FCTC is the first international convention entreprised by the World Health Organization and aims to lower the deaths and diseases related to tobacco worldwide. The first chapter of this work deals with some theoretical issues related to the central question of this dissertation. The second chapter analyses the tobacco’s economy worldwide, as well as the social, sanitary and economic implications of its control, in a way to make possible a better understanding of the problematic in study. The third chapter historically describes the negotiating process of Framework Convention on Tobacco Control. And, finally, in the last chapter, different issues involved in the studied process are analyzed, specially the dynamic of negotiations, the role played by different actors and the formation of the International Regime of Tobacco Control. In this study, it was identified: the utility of the Complex Interdependence Approach, by Keohane and Nye, to explain the process; the prominent role played by WHO – initiator of the process – and by Brazil – president of the works –; the role played by the NGOs as disseminators of information; and the importance of the regional coalitions, which served as facilitators during the negations, demonstrating that initiatives of cooperation are possible when the theme is tobacco.
5

Polimorfismos de genes relacionados ao metabolismo de xenobioticos e a suscetibilidade a cirrose alcoolica

Cabral, Isabel Rosa 09 May 2000 (has links)
Orientadores: Christine Hackel, Nivea Dulce Tedeschi Conforti-Froes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-04T02:25:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cabral_IsabelRosa_D.pdf: 6705369 bytes, checksum: c365535815e5843500f0fc921afa7575 (MD5) Previous issue date: 2000 / Doutorado / Genetica Humana e Medica / Doutor em Genetica e Biologia Molecular
6

Estudo comparativo do uso da terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) com uso sistêmico de amoxicilina e metronidazol, no tratamento da periodontite crônica em pacientes fumantes

Assem, Naida Zanini [UNESP] 18 June 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-02-05T18:30:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-06-18. Added 1 bitstream(s) on 2016-02-05T18:34:24Z : No. of bitstreams: 1 000857781_20171202.pdf: 730540 bytes, checksum: b26b0853d4f810a5291abdb1385029e8 (MD5) Bitstreams deleted on 2017-12-08T12:00:18Z: 000857781_20171202.pdf,. Added 1 bitstream(s) on 2017-12-08T12:01:08Z : No. of bitstreams: 1 000857781.pdf: 1610880 bytes, checksum: 6b3522604068b5fdece9b4a5fb420431 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Objetivo: Este estudo avaliou por meio de análise clínica e microbiológica os efeitos do Metronidazol associado à Amoxicilina (MTZ+AMX) e de múltiplas aplicações da terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) como coadjuvantes ao tratamento da periodontite crônica em fumantes. Métodos: Um estudo clínico controlado, randomizado foi conduzido em 51 pacientes fumantes que receberam: Grupo RAR (n=17) - raspagem e aplainamento radicular e placebo; Grupo MTZ+AMX (n=17) - RAR e uso sistêmico de Metronidazol (400 mg 3 X por dia, 7 dias) e Amoxicilina (500 mg 3 X por dia, 7 dias); Grupo aPDT (n=17) - RAR e 3 aplicações de aPDT em dois sítios (1 bolsa moderada e 1 profunda) por quadrante, imediatamente, 48 e 72 horas após a raspagem e placebo durante 7 dias. Os exames clínicos e microbiológicos foram realizados no início, aos 90 e 180 dias após o tratamento. Os parâmetros clínicos de índice de placa visível (IPV), sangramento à sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS) e nível de inserção clínico (NIC) foram avaliados. Foram coletadas amostras de biofilme subgengival de uma bolsa ≥ 4 ≤ 6 mm (bolsa moderada) e de outra ≥ 7 mm (profunda) em cada quadrante de cada paciente dos grupos RAR, MTZ+AMX e aPDT. A aPDT foi realizada, utilizando o Azul de metileno e o laser em baixa intensidade após 1 minuto (AsGaAl, 660 nm, 100 mW, 48 segundos, 160 J/cm2) imediatamente, 48 e 72 hs após o tratamento, nos mesmos sítios da coleta. Para análise microbiológica, três patógenos periodontais foram avaliados por Reação de Polimerase em Cadeia em tempo real (PCR-real time): Porphyromonas gingivalis (Pg), Prevotella nigrescens (Pn) e Prevotella intermedia (Pi). Os dados clínicos e microbiológicos foram estatisticamente analisados (α=5%). Resultados: Os tratamentos com MTZ +AMX e aPDT promoveram melhoras nos parâmetros de PS, NIC, SS... / Aim: The aim of this study was to evaluate the clinical and microbiological effects of Metronidazolecombined with Amoxicillin (MTZ+AMX) and multiple applications of antimicrobial photodynamic therapy (aPDT) as adjuvant treatment of smokers with chronic periodontitis. Methods:A double-blind controlled, randomized clinical trial was conducted in 51 smoking patients who received: SRP Group (n=17): scaling and root planning and placebo; MTZ+AMX Group (n=17) and SRP with systemic use of Metronidazole (400 mg 3 X per day 7 days) and Amoxicillin (500 mg 3 X per day 7 days); aPDT Group (n=17): SRP and three aPDT applications at two sites (one moderate and one deep pocket) per quadrant, immediately 48 and 72 hours after scaling and MTZ and AMX (placebo) during 7 days. Clinical and microbiologic examinations were performed at Baseline, 3 and 6 months post-therapy. Clinical parameters of visible plaque index (VPI), bleeding on probing (BOP), probing depth (PD), and clinical attachment level (CAL) were measured. Samples were collected from a subgingival pocket ≥ 4mm ≤ 6mm (pocket moderate) and another ≥ 7mm (pocket deep) in each quadrant of each patient, in the groups SRP, MTZ+AMX and aPDT. The APDT was carried out using methylene blue and the laser low level after 1 minute (GaAlAs 660 nm, 100 mW, 48 seconds, 160 J/cm²) 48 and 72 hours immediately after treatment, into the same sites of the collection. For microbiological analysis, three periodontal pathogens were assessed by polymerase chain reaction in real time (PCR-real time): Porphyromonas gingivalis (Pg), Prevotella nigrescens (Pn) e Prevotella intermedia (Pi).The statistical analysis was performed (α=5%). Results: Treatments with MTZ + AMX and aPDT promoted improvements in PD, CAL, BOP and VPI parameters after treatment. Patients who received the treatment with aPDT showed a higher reduction of CAL and PD in pockets collected, when... / FAPESP: 13/05424-3
7

Prevalência de tabagismo no Campus de Botucatu/UNESP /

Luppi, Claudia Helena Bronzato. January 2001 (has links)
Orientador: Irma de Godoy / Resumo: A Organização Mundial de Saúde (WHO) estima que haja cerca de 1100000 tabagistas, representando um terço da população mundial aproximadamente. As pesquisas mostram que o tabagismo é a principal causa prevenível de mortalidade nos países desenvolvidos. Os objetivos deste trabalho foram verificar a prevalência do hábito de fumar e identificar os sintomas respiratórios entre o corpo discente, docente e técnico-administrativo do Campus de Botucatu/Unesp. O estudo englobou as unidades do campus, discriminadas em Administração Geral e Unidades Universitárias (IB, FM, FMVZ e FCA), bem como os Cursos de Graduação relacionados (Biologia, Medicina, Enfermagem, Medicina Veterinária, Zootecnia, Engenharia Agronômica e Florestal). O instrumento utilizado para coleta dos dados foi o questionário da ATS-DLD, 78, adaptado à população local. Três mil e noventa indivíduos participaram da pesquisa, subdivididos em 1008 discentes, 302 docentes, 1673 servidores e 107 classificados como outros. A classificação da população de acordo com o hábito de fumar revelou 21,4% de fumantes, 15,9% de ex-fumantes e 62,7% de não fumantes. A variável sexo não apresentou diferença de proporção entre os fumantes. A maioria dos tabagistas consumia de meio a um maço diariamente, utilizava cigarro com filtro, tragava constantemente a fumaça e iniciou no hábito entre 11 e 21 anos. Os estados de estresse e as reuniões sociais foram as situações mais relacionadas ao tabagismo. Sintomas como tosse, catarro e chiado foram mais freqüentes entre os fumantes, ao passo que a falta de ar, entre os não fumantes. A maior proporção de tabagistas ocorreu entre indivíduos com graus de escolaridade primário e secundário incompleto, mais especificamente entre os servidores... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The World Health Organization (WHO) estimates that there are about 1100 million smokers, representing approximately one third of the world population. Smoking remains the leading cause of preventable mortality in developed countries. This study was designed to verify the smoking habit prevalence and identify smoking-related respiratory symptoms among the students, teachers and technical-administrative employees of the Campus from Botucatu/UNESP. The study involved all Units of the Campus, including the Courses of Biology, Medicine, Nursing, Veterinary, Zootechny, Agronomy and Forestry Engineering. Modified ATS-DLD questionnaire, 78 was the instrument used to collect the data. Three thousand ninety individuals answered the questionnaire: 1008 students, 302 teachers, 1673 employees and 107 classified as others. According to the smoking habit 21,4% were smokers, 15,9% ex-smokers and 62,7% no-smokers. The proportion of smoking between males and females was not statiscally different. The majority of the smokers was between 11 and 21 years old when started the habit, consumed a half to one pack daily, used filter cigarette and inhaled the smoke. Stress and social meetings were the most probable situations to trigger the smoking. Symptoms as coughing, expectoration and wheezes were more frequent among the smokers and dyspnea, among no-smokers. The higher proportion of smokers occurred among individuals with lower degree of formal education, more specifically among the technical-administrative employees. Among undergraduates there was a tendency for a higher proportion of smokers... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
8

Estado nutricional e nível de atividade física de pacientes tabagistas em tratamento na cidade de Goiânia, em 2006

Pontes, Angelita Evaristo Barbosa 15 December 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006. / Submitted by Kathryn Cardim Araujo (kathryn.cardim@gmail.com) on 2009-11-05T10:19:52Z No. of bitstreams: 1 2006_Angelita Evaristo Barbosa Pontes.pdf: 6621918 bytes, checksum: e51532a3ac771244c096040ca9d347d1 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2010-01-18T20:16:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Angelita Evaristo Barbosa Pontes.pdf: 6621918 bytes, checksum: e51532a3ac771244c096040ca9d347d1 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-18T20:16:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Angelita Evaristo Barbosa Pontes.pdf: 6621918 bytes, checksum: e51532a3ac771244c096040ca9d347d1 (MD5) Previous issue date: 2006-12-15 / Tanto o tabagismo, quanto a inatividade física e a obesidade são considerados como fatores de risco para as doenças e agravos não transmissíveis, não acarretando apenas doenças, mas representando também, um custo econômico significativo tanto para os indivíduos como para a sociedade, em vistas das seqüelas que causam. Sendo assim, a caracterização de grupos específicos através da fundamentação sobre o conhecimento da prevalência, são de suma importância para o direcionamento de ações de atuação, para prevenção e controle destes fatores. Buscou-se avaliar através de um estudo transversal descritivo o estado nutricional e o nível de atividade física dos indivíduos fumantes participantes da "Abordagem Intensiva ao Fumante" do “Programa Municipal de Controle do Tabagismo” (PMCT) da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, no ano de 2006. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Goiás. Foram avaliados 140 indivíduos das 13 Unidades de Atenção Básica à Saúde que haviam grupos em funcionamento. A amostra representou todos os fumantes (n=119) que participavam regularmente das reuniões e os fumantes abstêmios (n=21) que haviam participado dos grupos e que ainda mantinham contato com as unidades. A população estudada possuía idade média de 49 anos, variando entre 24-71 anos, foi constituída em sua maioria por fumantes do sexo feminino, por indivíduos casados, com ensino fundamental de 1ª ou 2ª fase e por trabalhadores de baixo nível sócio-econômico. A idade média de início do hábito tabagístico do grupo foi de 15,5 anos. Entre os indivíduos fumantes, 62,1% fumam há mais de 30 anos, sendo que 42% apresentaram grau de dependência elevado e a quantidade média de cigarros fumados por dia foi de 16,2 ± 9,18 cigarros. Os fumantes abstêmios apresentaram uma média de 34,5 ± 9,76 anos de uso do tabaco, destes, 71,4% utilizaram medicamentos para deixar de fumar e 66,7% possuíam até 3 meses de abstinência do cigarro e 42,9% relataram ter recaídas ou lapsos causados pela fissura. Dos indivíduos avaliados 41,4% apresentaram sobrepeso e obesidade e 6,4% magreza. Houve relato de ganho de peso em ambos os sexos, com destaque nas mulheres abstêmias. A circunferência braquial e a dobra cutânea tricipital apresentaram médias dentro dos percentis de normalidade e a circunferência muscular do braço para o sexo feminino também, e só a média do sexo masculino situou-se abaixo do percentil 10º. Houve uma forte correlação positiva (coeficiente de Pearson r = 0,851, p < 0,01) entre o índice de massa corporal e a circunferência de cintura e as mulheres (42,06%) apresentaram circunferência de cintura mais aumentada do que os homens. Dos indivíduos entrevistados, 3,6% eram muito ativos, 56,4% eram ativos e 40% insuficientemente ativos (sedentários e irregularmente ativos A e B), com proporções maiores nos homens e abstêmios. Dos indivíduos sedentários, 91,7% possuíam excesso de peso. Conclui-se que apoiar uma pessoa a deixar de fumar, incentivando-o na introdução de hábitos saudáveis como alimentação balanceada, prática de exercícios moderados e manutenção do peso saudável são tão importantes quanto o tratamento das doenças tabacorelacionadas. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Smoking, physical inactivity as far as obesity are considered as risk factors to Non- Communicable Diseases, causing not only diseases and personal suffering, but also increasing a significant economical cost to themselves and to the society itself, as well, due to the sequels they cause. So, identifying specific groups through a research about prevalence knowledge is extremely relevant to focus the actions to prevent and control these factors. Regarding the data gotten through a descriptive transversal study, we tried to evaluate the nutritional state and the level of physical activity of the participants of the “Intensive Approach to Smokers” from the “Municipal Program of Smoking Control (PMCT-Programa Municipal de Controle do Tabagismo) from the health department of Goiânia, in 2006. The project was approved by the Ethic and Research Committee from Federal University of Goiás. A hundred forty patients from 13 Basic Health Centers where there were groups under treatment. The sample was made up of all smokers (119) who had been attending the meetings regularly and the ex-smokers (21) who had attended the meetings before and were still in contact with the health center, anyhow. The population under study was average aged of 49, varying between 24 to 71 years old. Most of them were female smokers, married, who had only elementary educational level and also workers that had low social-economical level. The average age for then to start smoking was 15,5 years old. 62,1% of the smokers have been smoking for over 30 years, and 42% of them had a high level of nicotine dependence and the average amount of smoked cigarettes was 16,2 ± 9,18 cigarettes a day. The ex-smokers had smoked for 34,5 ±9,76 years, 71,4% of them had taken medication to quit smoking, 66,7% of them had stopped smoking for 3 months, the longest. 42,9% of the ex-smokers reported relapses due to great desire for smoking, 41,4% were overweight or obese and 6,4% were underweight. Patients from both sex reported gain of weight, especially the female ex-smokers. The mid-upper-arm circumference and the triceps skinfold averages were the normal percentil, and so was the female muscle upper arm circumference. Only the male muscle upper arm circumference was under the percentile 10. There was a strong positive correlation (Coefficient r of Pearson = 0,851, p < 0,01) between the Body Mass Index and the waist circumference (42,06%) than the men. 3,6% of the patients were very active, 56,4% of them were active and 40% were insufficiently active (sedentaries or irregularly active) with a higher rate among men and ex-smokers. Among the sedentaries, 91,7% were overweight. After all, we could come up with the conclusion that giving support to someone to quit smoking, encouraging him to acquire healthy habits such as well balanced diets, moderated exercises and healthy weight maintenance are as important as the treatment of tobacco related diseases.
9

Fatores de risco para peso insuficiente ao nascer

Moraes, Ivanice Bernardes de 31 January 2001 (has links)
Orientador: Antonio de Azevedo Barros Filho / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-27T12:00:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moraes_IvaniceBernardesde_M.pdf: 13457752 bytes, checksum: 73a6f0805991f4c773a9c421993c8a5e (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: A participação do peso insuficiente ao nascer (de 2.500-2.999g) na mortalidade infantil é 2,5 vezes maior que a do peso favorável (maior ou igual a 3.000g), a sua incidência é alta e seus fatores causais são pouco estudados. Este estudo procurou avaliar a associação de alguns fatores maternos, citados na literatura como de risco para o baixo peso ao nascer (menor que 2.500g), e seus possíveis efeitos levando ao peso insuficiente. Foi realizado estudo do tipo caso-controle na Maternidade de Campinas, Campinas-SP, no período de 15 de junho a 18 de dezembro de 1998, com 1.002 recém-nascidos vivos a termo, únicos, de peso insuficiente (casos) e 1.002 de peso favorável (controles), sendo entrevistadas mães de recém-nascidos a termo (maior ou igual a 37 semanas de idade gestacional) de peso insuficiente e mães de recém-nascidos a termo, subsequente, de peso favorável. Os dados foram analisados por Regressão Logística Multivariada, e apresentados os "Odds Ratio" ajustados. Das variáveis estudadas foram fatores de risco para o peso insuficiente: infecção do trato urinário (OR=1,327; 95% IC 1,027- 1,714), hábito de fumar (OR=1,483; 95% IC 1,148- 1,914), ganho de peso gestacional total menor que 8Kg (OR=3,001; 95% IC 1,990- 4,527), ganho de peso gestacional total de 8 - 12Kg (OR=1,849; 95% IC 1,451- 2,357), peso habitual menor que 50Kg (OR=1,790; 95% IC 1,408- 2,275), filho anterior de peso insuficiente (OR=1,382; 95% IC 1,011- 1,889) e antecedente de filho de baixo peso e de pes o insuficiente (OR=3,882; 95% IC 1,393- 10,817). Conclue-se que na população estudada alguns fatores de risco para baixo peso ao nascer, como hábito de fumar e ganho de peso gestacional < 12Kg, também foram risco para peso insuficiente / Abstract: The infant mortality rate in the insufficient birth weight (of2500-2999g) is 2.5 times the rate of that in the favorable weight group (3000g or more), its incidence is high and its causal factors are little studied. The objective of the study was to determine the relationship between maternal risk factors recognized as causing low birth weight (less than 2500g), and its effects on the insufficient birth weight (IBW). In 1998 a case-control study was carried out in the Maternity of Campinas, Campinas-SP, ITom 15th of june to 18th of december, with 1002 singleton live births at term with IBW (cases) and 1002 with favorable weight (controls). Mother's newborn at term (between 37 - 42 week's gestation) of IBW and subsequent mother's newborn at term of the favorable weight were interviewed. Multiple Logistic Regression Analisys was applied in order to estimate the adjusted Odds Ratio. The maternal risk factors closel yrelated to insufficient birth weight were: urinary tract infection during pregnancy (OR=1.327; 95% IC 1.027- 1.714), smoking during pregnancy (OR=1.483; 95% IC 1.148- 1.914), total gestational weight gain < 8Kg (OR=3.001; 95% IC 1.990- 4.527), total gestational weight gain 8 - 12Kg (OR=1.849; 95% IC 1.451- 2.357), maternal prepregnancy weight < 50Kg (OR=1.790; 95% IC 1.408- 2.275), insufficient birth weight in prior pregnancies (OR=1.382; 95% IC 1.011- 1.889), and IBW in prior pregnancies and low birth weight in prior pregnancies (OR=3.882; 95% IC 1.393- 10.817). The study shows that there was a relationshipbetween risk factors for low birth weight and insufficient birth weight such as smoking during pregnancy and total gestational weight gain < 12 Kg, in this population / Mestrado / Pediatria / Mestre em Saude da Criança e do Adolescente
10

Efeitos da administração aguda de vitamina C na reatividade vascular arterial e venosa em tabagistas

Sousa, Marcio Gonçalves de 02 December 2003 (has links)
Orientador: Heitor Moreno Junior / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T19:55:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sousa_MarcioGoncalvesde_M.pdf: 1096117 bytes, checksum: bb6fc76b8c771aaf100c7ca6a5e14a91 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Fumar é o mais importante fator de risco modificável para aterosclerose. O tabagismo está fortemente ligado a disfunção endotelial. Tem sido sugerido que a disfunção endotelial possa ser conseqüência do aumento da degradação do óxido nítrico secundária a formação de radicais livres derivados do oxigênio. O cigarro contém uma grande quantidade destes radicais livres e hipóteses têm sido levantadas sobre seus efeitos adversos resultantes do dano oxidativo a substâncias biológicas, dentre estas, o óxido nítrico. A vitamina C é o mais potente antioxidante solúvel em água no plasma humano, sendo capaz de retirar uma grande variedade de espécies reativas de nitrogênio e oxigênio, incluindo radicais superóxido. Alguns estudos têm demonstrado melhora da resposta dependente do endotélio no leito arterial de tabagistas com infusão aguda de vitamina C. Há uma significante heterogeneidade da função endotelial dentro da circulação. Desde que veias não são susceptíveis à aterosclerose, no presente estudo, investigamos o efeito da infusão aguda de vitamina C no leito venoso através da técnica da veia dorsal da mão (TVDM) e no leito arterial através da dilatação mediada pelo fluxo (FMD), permitindo, assim, a comparação de ambos os territórios endoteliais. Estudamos 6 não fumantes sadios e 7 fumantes moderados sadios através da técnica da complacência da veia dorsal da mão e vasodilatação mediada pelo fluxo. Curvas doses-resposta à bradicinina (BK) e nitroprussiato de sódio (NPS) foram construídas para testar o relaxamento dependente e não-dependente do endotélio venoso antes e após a infusão aguda de vitamina C. Pressão arterial, freqüência cardíaca, resistência vascular sistêmica e débito cardíaco foram medidos batimento a batimento durante todo o estudo através do portapres, um método contínuo de aferição de pressão arterial digital não-invasivo. Os tabagistas moderados apresentaram uma resposta vascular dependente do endotélio reduzida em ambos os leitos vasculares quando comparados a indivíduos não tabagistas (venoso Emax = 71,2 ? 17,3% vs 95,7 ? 21,2% e arterial 8,5 ± 3,7% vs 16,2 ± 2,7%; p<0,05). A administração aguda de vitamina C restaurou similarmente a responsividade vascular dependente do endotélio no leito venoso (Emax = 71,2 ? 17,3% e 88,3 ? 7,0%; respectivamente antes e após sua administração; p<0,05) e arterial (8,5 ? 3,7% e 17,7 ? 7,7%; respectivamente antes e após sua administração; p<0,05) em tabagistas moderados. A responsividade não-dependente do endotélio foi inalterada entre os grupos estudados / Abstract: Background: Chronic smoking is associated with endothelial dysfunction. Vitamin c, an antioxidant, improves the endothelium-mediated vasodilatation in arteries in smokers. There is significant heterogeneity of endothelial function within the circulation. Since veins are generally not susceptible to atherosclerosis, this model allows comparable assessment of changes in endothelial function between both territories. Methods and Results: We studied 06 healthy non-smokers and 07 healthy moderate smokers with the dorsal hand vein compliance technique and the flow mediated dilation. Dose response curves to bradykinin (BK) and sodium nitroprusside (SNP) were constructed to test the endothelium-dependent and non-dependent relaxation before and after acute infusion of vitamin C (25mg/min). Smokers had an impaired vasodilatation to bradykinin compared to non-smokers (Emax = 95,7 ? 21,2% vs 71,2 ? 17,3%; respectively, p<0,05). Vitamin C administration in dorsal hand vein significantly increased the vasodilatation to bradykinin in smokers (Emax = 71,2 ? 17,3% vs 88,3 ? 7,0%; p<0,05) but not in non-smokers (Emax = 95,7 ? 21,2% vs 82,7 ? 4,1%; non significant). Similarly, the arterial response in smokers had an impaired endothelium-dependent dilatation compared to non-smokers (16,2 ± 2,7% vs 8,5 ± 3,7%; respectively, p<0,05) and vitamin C restored this response in smokers (8,5 ± 3,7% vs 17,7 ± 7,7%; p<0,05) but not in non-smokers (16,2 ± 2,7% vs 14,4 ± 4,1%; non significant). The endothelium non-dependent dilatation did not differ in the studied groups. Conclusions: Smokers had similar impaired endothelium-dependent vasodilatation responsiveness in both vascular beds. Vitamin c restores the impaired endothelium-dependent responsiveness in smokers / Mestrado / Mestre em Clinica Medica

Page generated in 0.0319 seconds