• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 482
  • 8
  • 4
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 499
  • 145
  • 104
  • 103
  • 94
  • 80
  • 63
  • 57
  • 45
  • 41
  • 37
  • 33
  • 31
  • 29
  • 28
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
51

Atividade antifúngica de extratos depositados no banco de extratos de plantas do Bioma Cerrado e de substâncis isoladas de Matayba Guianensis

Assis, Polyana Araújo de 30 September 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2014-03-13T14:30:42Z No. of bitstreams: 1 2013_PolyanaAraujoAssis.pdf: 6275537 bytes, checksum: b3eb36d0078ca843176751945075ea1c (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-03-17T13:30:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_PolyanaAraujoAssis.pdf: 6275537 bytes, checksum: b3eb36d0078ca843176751945075ea1c (MD5) / Made available in DSpace on 2014-03-17T13:30:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_PolyanaAraujoAssis.pdf: 6275537 bytes, checksum: b3eb36d0078ca843176751945075ea1c (MD5) / As infecções fúngicas são responsáveis por grandes agravos à saúde humana e acometem principalmente pessoas imunocomprometidas. Mundialmente, tem-se observado o aumento na incidência das infecções fúngicas e de cepas resistentes aos agentes antifúngicos utilizados na terapia. Diante desse panorama, faz-se necessária a busca por novos recursos terapêuticos. Uma importante fonte de novas susbtâncias são os metabólitos secundários vegetais. Desse modo, este trabalho avaliou a atividade antifúngica de 183 extratos vegetais pertencentes ao Banco de Extratos do Bioma Cerrado do Laboratório de Farmacognosia da Universidade de Brasília. A concentração inibitória mínima (CIM) em leveduras e fungos filamentosos foi determinada utilizando as técnicas de microdiluição descritas nos protocolos do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Todas as espécies estudadas apresentaram em pelo menos um dos seus extratos forte atividade antifúngica (CIM ≤ 125 µg/mL). O extrato etanólico da casca da raiz de Matayba guianensis foi selecionado para o estudo fitoquímico considerando a atividade antifúngica, a quantidade disponível no Banco e os resultados das revisões bibliográficas. Foram isoladas as substâncias inéditas, denominadas matayosídeo E (1) e matayosídeo F (2), e as substâncias conhecidas cupaniosídeo (3) e estigmasterol (4). A atividade das substâncias 1, 2 e 3 foi avaliada em Candida parapsilosis ATCC 22019 e em células mononucleadas de sangue periférico humano. Os matayosídeos E e F apresentaram atividade antifúngica e ausência de citotoxicidade. Os resultados encontrados reforçam a importância dos estudos com plantas do bioma Cerrado. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The fungal infections are responsible for major human health problems and affect mainly immunocompromised persons. Worldwide, it has been observed an increased incidence of infections and fungal strains resistant to antifungal agents used in therapy. Against this background, it is necessary to research new therapeutic resources. An important source of new compounds are plant secondary metabolites. Thus, this study evaluated the antifungal activity of 183 plant extracts belonging to the Bank of extracts from the Cerrado biome of the Laboratory of Pharmacognosy, University of Brasília. The minimum inhibitory concentration (MIC) in yeast and filamentous fungi was determined using the microdilution techniques described in the protocols of Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). All species showed at least one of its extracts strong antifungal activity (MIC ≤ 125 mg/mL). The ethanol extract of the root bark of Matayba guianensis was selected for phytochemical study considering the antifungal activity, the amount available in the Bank and the results of literature reviews. The new compounds have been isolated and named matayoside (1) and matayoside F (2), and the compounds already known, cupanioside (3) and stigmasterol (4). The activity of compounds 1, 2 and 3 was evaluated in Candida parapsilosis ATCC 22019 and mononuclear cells of human peripheral blood. The matayoside E and F showed antifungal activity and no cytotoxicity. The results reinforce the importance of studies with plants of the Cerrado biome.
52

Triagem, produção e avaliação da atividade da enzima lipase a partir de leveduras silvestres / Screening, production and activity evaluation of lipase enzyme from wild yeasts

Goldbeck, Rosana, 1982- 04 April 2008 (has links)
Orientador: Francisco Maugeri Filho / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-08-10T13:20:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Goldbeck_Rosana_M.pdf: 985115 bytes, checksum: 293c51120ad7c4857c9bff41ab4e2724 (MD5) Previous issue date: 2008 / Resumo: Lipases (E.C.3.1.1.3) constituem um importante grupo de enzimas definidas como carboximetilesterases que catalisam a hidrólise de cadeias longas de acilgliceróis na interface água-óleo. Estão amplamente distribuídas na natureza estando presentes em animais e vegetais, podendo ser produzidas por microrganismos como fungos e bactérias. As lipases apresentam promissoras aplicações comerciais devido a sua estabilidade, seletividade, larga especificidade por substratos e capacidade de síntese orgânica. Embora os estudos científicos tenham se concentrado mais na aplicação das lipases, alguns grupos de pesquisa se dedicam também ao isolamento de microrganismos produtores de lipase, em busca de novas enzimas com diferentes propriedades e especificidades. Este trabalho teve como objetivo explorar uma classe de microrganismos pouco utilizada para a produção de lipases, que são as leveduras. Assim, a partir de leveduras silvestres isoladas de diversas regiões do país, selecionaram-se cepas produtoras de lipase, que foram em seguida estudas e caracterizadas. Primeiramente, realizou-se uma triagem inicial a partir de 372 leveduras isoladas e selecionaram-se aquelas que apresentam capacidade de produção de lipase. Esta seleção foi feita através da formação de um halo transparente ao redor das colônias quando cultivadas em placas contendo 0,5% de peptona, 0,3% de extrato de levedura, 2% de agar e 0,1% de tributirina, pH 6,0 a 30ºC por 48 horas. Após pré-selecionadas, as leveduras foram cultivadas em meio líquido contendo: 0,5% de peptona, 0,3% de extrato de levedura e 1% de óleo de oliva, pH 6,0, temperatura de 30ºC durante 48 horas sob agitação de 150 rpm para posterior determinação da atividade lipolítica. Em uma segunda etapa, após a seleção dessas leveduras, a lipase foi caracterizada quanto à especificidade de substrato, perfil de pH e temperatura, estabilidade térmica e de pH e capacidade biocatalítica de síntese orgânica. A especificidade de substrato da enzima foi realizada através da determinação da atividade lipolítica utilizando diferentes triglicerídeos (C4, C8, C10, C14, C18:1) como substratos. Para verificar a atividade catalítica, foi realizada síntese de ésteres em meio orgânico. Os ésteres formados durante a reação foram quantificados por cromatografia gasosa. Na etapa de seleção, das 372 leveduras silvestres estudadas, 3 cepas foram selecionadas com potencial para produção de lipase. Estas foram caracterizadas e apresentaram comportamentos distintos. Para a cepa AC02, temos como condições ótimas para a reação enzimática pH 7,0 e temperatura 44ºC, para o microrganismo AAV1, também temos como ótimo o pH 7,0, porém, uma temperatura um pouco mais elevada, 47ºC, já para a levedura AY3, as condições ótimas de temperatura e pH foram 37ºC e 6,6 respectivamente. Quanto à especificidade de substrato, a enzima proveniente do microrganismo AY3 apresentou atividade lipolítica superior em tributirina (C4) e tricaprilina (C8) quando comparada com óleo de oliva, demonstrando maior especificidade por triglicerídeos de cadeia curta e média. As três cepas estudadas apresentaram capacidade biocatalítica, no entanto foram registradas maiores porcentagens de esterificação quando utilizado etanol ao invés de heptanol como componente reacional. Portanto, a procura denovas lipases através de programas de seleção de microrganismos produtores é de fundamental importância para ampliar ainda mais o campo de aplicação dessas enzimas / Abstract: Lipases (E.C.3.1.1.3) consists of an important group of enzymes defined as carboxymethylesterases that catalyze the hydrolysis of long chains of acylglycerols in the water-oil interface. They are thoroughly distributed in the nature being present in animals and vegetables and can be produced by microorganisms such as fungal and bacteria. Lipase presents a promising commercial application because of their stability, selectivity, large specificity for substrates and capacity of organic synthesis. Although the scientific studies have been more concentrated in the application of lipases, some research groups are dedicated to the isolation of lipase producer microorganisms, with the goal of finding new enzymes with different substrate specificities. In face of that, this work had as main objective to select wild lipase producer yeasts isolated from different areas of the country, as well as study the specificity of the enzyme. At first, a selection of wild yeasts that presented lipase production capacity was accomplished. The strains that produce lipase were selected considering the formation of a transparent halo around of the colonies when cultivated in plates containing 0.5% of peptone, 0.3% of yeast extract, 2% of agar and 0.1% of tributyrin, at pH 6.0 and 30ºC for 48 hours. After being previously selected, the yeasts were then cultivated in shacked flasks in medium containing 0.5% of peptone, 0.3% of yeast extract and 1% of olive oil also at pH 6.0 and 30ºC for 48 hours, under agitation of 150 rpm for subsequent determination of the lipolytic activity. At a second stage, after the selection of the yeasts, the lipases were characterized concerning substrate specificity, pH and temperature profile, thermal and pH stability and the biocatalyst capacity for synthesis in organic media. The enzyme specificities for substrates were accomplished throughout the determination of the activity using different triglycerides (C4, C8, C10, C14, C18:1) as substrate. To verify the catalytic lipolytic activity, the synthesis of esters were accomplished in organic medium. The esters formed during the reaction were quantified by gas chromatography. In the selection stage, of the 372 studied wild yeasts, 3 strains were selected with potential for lipase production. These enzymes were characterized and they presented different behavior. For the strain AC02, the optimum conditions for the enzymatic reaction were pH 7.0 and 44ºC, for the microorganism AAV1, the pH 7.0 was also better however the optimum temperature was a little higher, 47ºC, and for the yeast AY3, the optimum conditions for temperature and pH were 37ºC and 6.6 respectively. For substrate specificity, the enzyme originated from the microorganism AY3 presented superior lipolytic activity in tributyrin (C4) and tricaprylin (C8) when compared with olive oil, demonstrating larger specificity for triglycerides of short and medium chain. The three strains studied presented biocatalyst capacity, however larger esterification percentages were registered when ethanol was used as component of the reaction instead of heptanol. Hence, the search of new lipases through programs of selection of microorganisms is of fundamental importance to enlarge the field of application of those enzymes / Mestrado / Mestre em Engenharia de Alimentos
53

Potencial biotecnológico de leveduras associadas à macrófitas aquáticas / Biotechnological potential of yeasts associated to aquatic macrophytes

Souza, Andrea Formoso de January 2014 (has links)
Marismas são ecossistemas entremarés altamente produtivos que suportam grandes variações de salinidade e são cobertos por vegetação herbácea adaptada que abriga diversos microrganismos. Os objetivos do presente trabalho foram isolar e avaliar a diversidade e o potencial biotecnológico de leveduras associadas ao filoplano de macrófitas aquáticas de uma marisma da Ilha da Pólvora – RS. Foram realizadas cinco coletas de hastes e folhas de três espécies de macrófitas Scirpus maritimus, Spartina alterniflora e Spatirna densiflora entre junho de 2012 e janeiro de 2013. As amostras foram colocadas em solução de Tween 20 a 0,5% e incubadas a 200 rpm por 30 minutos. Em seguida foram realizadas diluições decimais seriadas (10-1, 10-2 e 10-3) e um volume de 0,1mL foi inoculado em ágar malte levedura acidificado ao pH 4.0 e suplementado com 0.04% de cloranfenicol e 0.01% de bifenila. As placas foram incubadas por 7 dias a 20 – 25 oC e as colônias isoladas e purificadas em meio Glucose Yeast Peptone. Isolados de leveduras e fungos leveduriformes foram agrupados de acordo com a morfologia de colônia e testados quanto a afinidade ascomicética ou basidiomicética em meio uréia/DBB. O potencial biotecnológico dos isolados foi avaliado por meio de testes enzimáticos para a produção das enzimas de interesse industrial amilase, esterase, caseinase, celulase, gelatinase e lipase. As leveduras que obtiveram maior produção também foram testadas quanto à capacidade de degradar o corante azóico Acid Red 357. Foram obtidos 102 isolados, 37 leveduras de afinidade basidiomicética, 27 leveduras de afinidade ascomicética e 38 fungos leveduriformes. Cinco linhagens tiveram as regiões D1/D2 e/ou região ITS do DNA sequenciadas, sendo duas delas pertencentes à espécie Hortaea werneckii, de importância clínica. Dos 102 isolados, todos produziram lipase, 63,7% esterase, 50% gelatinase, 47% amilase, 45% caseinase e 45% celulase. As linhagens testadas no meio com o corante azóico obtiveram crescimento muito rápido e foram capazes de clarear a cor do meio, porém devem ser futuramente testadas em outras concentrações de corante para uma melhor visualização do resultado. Os resultados do trabalho demonstram o grande potencial biotecnológico de leveduras e fungos leveduriformes associados ao filoplano de plantas de marismas e, portanto, sua capacidade de contribuir para o avanço da biotecnologia. / Salt marshes are highly productive intertidal ecosystems that support large variations in salinity and are covered by herbaceous vegetation that home many microorganisms. The objectives of this study were to isolate and evaluate the diversity and the biotechnological potential of yeasts associated with phylloplane of aquatic weeds in a salt marsh on the island of Pólvora - RS. Five surveys were carried, between June 2012 and January 2013, and stems and leaves of three species of macrophytes, Scirpus maritimus, Spartina alterniflora and Spartina densiflora, were collected. The samples were placed in 0.5% Tween 20 solution and incubated at 200 rpm for 30 minutes. Decimal serial dilutions (10-1, 10-2 and 10-3) were performed, and a volume of 0.1 mL was inoculated onto YM acidified to pH 4.0 and supplemented with 0.04% chloramphenicol and 0.01% biphenyl. Plates were incubated for 7 days at 20 - 25 ° C, and colonies were isolated and purified in GYP medium. Isolates of yeasts and yeast-like fungi were grouped according to colony morphology, and tested for ascomycetous or basidiomycetous affinity in urease / DBB medium. The biotechnological potential of the isolates was assessed by enzymatic assays for the production of enzymes of industrial interest amylase, esterase, caseinase, cellulase, lipase and gelatinase. Yeasts with the greatest production were also tested for their ability to degrade azo dye Acid Red 357. 102 yeast isolates were obtained, 37 with basidiomycetous affinity, 27 with ascomycetic affinity and 38 yeast-like fungi. Five strains had the D1 / D2 regions and / or the ITS region of rDNA sequenced, two of which is Hortaea werneckii, a species of clinical importance. Of the 102 isolates, all produced lipase, 63.7% esterase, 50% gelatinase, 47% amylase, 45% caseinase and 45% cellulase. The strains tested in the medium with the azo dye grew very rapidly, and were able to lighten the color of the medium, but they must be further tested in other dye concentrations for a better evaluation of the result. Our results demonstrate the great biotechnological potential of yeasts and yeast-like fungi associated with the phylloplane of macrophytes, and therefore their ability to contribute to the advancement of biotechnology.
54

Ecologia de leveduras da cavidade bucal de pessoas saudáveis : diversidade de espécies e distribuição espacial / Yeast ecology of the oral cavity from healthy people : species diversity and spatial distribution

Zanelatto, Carla January 2015 (has links)
Para melhor compreender o papel dos micro-organismos nas doenças da cavidade bucal, é necessário inicialmente avaliar a diversidade microbiana naturalmente existente em indivíduos saudáveis, além de sua distribuição espacial na cavidade bucal. Muitos estudos são conduzidos elucidando o papel do biofilme e das bactérias na saúde bucal, porém poucas pesquisas focaram na atuação das leveduras. Neste sentido, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a diversidade e distribuição de leveduras do gênero Candida na microbiota bucal de indivíduos saudáveis. Foram coletadas amostras da boca pacientes adultos saudáveis. Foram obtidas amostras de 9 diferentes habitats da boca: bochechas direita e esquerda, assoalho da boca, palato, língua dorsal, língua ventral, dente molar, vestíbulo labial e saliva. Foram avaliados 100 pacientes com uma média de 28 dentes. Quarenta e nove indivíduos apresentaram leveduras na sua microbiota bucal. Candida albicans foi o micro-organismo mais prevalente (49%), seguido de Candida krusei, Candida parapsilosis, Meyerozyma guilliermondii (C. guilliermondii), Candida glabrata, Candida tropicalis e Candida dubliniensis. A associação das leveduras encontradas e os habitats bucais sugeriu que comunidades leveduriformes podem distinguir-se entre os diferentes tecidos da cavidade bucal. A língua (dorsal e ventral) apresentou colonização específica, caracterizada pelas espécies C. tropicalis e C. dubliniensis. De forma semelhante, a microbiota dos habitats revestidos por mucosa foi análoga. A microbiota da língua e dos tecidos duros assemelhou-se entre si em menor intensidade. Estes resultados introduzem a dimensão espacial desta diversidade microbiana que vem sendo estudada, complementando as informações obtidas nos estudos do microbioma humano. / To better understand the role of microorganisms in the diseases of the oral cavity, first it is necessary to evaluate the natural microbial diversity in healthy individuals, as well as their spatial distribution in the oral cavity. Many studies are conducted elucidating the role of biofilms and bacteria in oral health, but few research has focused on the yeast’s performance. In this sense, the objective of this study was to evaluate the diversity and distribution of Candida species in the oral microbiota of healthy individuals. Samples were colleted from the mouth of healthy adults. Samples of 9 different mouth habitats were obtained: right and left cheeks, floor of the mouth, palate, dorsal tongue, ventral tongue, molar tooth, labial vestibule and saliva. We evaluated 100 patients with an average of 28 teeth. Forty-nine subjects had yeasts in their oral microbiota. Candida albicans was the most prevalent microorganism (49%), followed by Candida krusei, Candida parapsilosis, Meyerozyma guilliermondii (C. guilliermondii), Candida glabrata, Candida tropicalis and Candida dubliniensis. The association found between the yeasts and oral habitats suggested that communities can be distinguished by the different tissues of the oral cavity. The tongue (dorsal and ventral) presented specific colonization, characterized by the species C. tropicalis, and C. dubliniensis. Similarly, the microbiota of the mucous habitats was similar. The microbiota of the tongue and hard tissue resembled each other in a lesser degree. These results introduce the spatial dimension of the microbial diversity that has been studied, complementing the information obtained in the human microbiome research.
55

Condições para detecção e expressão do fator killer produzido por linhagens de Saccharomyces cerevisiae / Conditions for detection and expression of killer factor produced by Saccharomyces cerevisiae strains

Poli, Jandora Severo January 2009 (has links)
Saccharomyces cerevisiae é uma levedura que possui papel fundamental na transformação do mosto em vinho. Durante a fermentação, a levedura selecionada transfere para o meio, componentes resultantes de seu metabolismo como etanol, aldeídos, enzimas, proteínas, entre outros. Existem algumas que possuem ação definida, como a proteína killer. Este trabalho teve como objetivo determinar as condições necessárias para a detecção e expressão do fator killer produzido por linhagens de levedura Sacch. cerevisiae isoladas de mosto de uva. Como linhagens killer, foram utilizadas as linhagens Sacch. cerevisiae Embrapa 91B, Sacch. cerevisiae Embrapa 1B, e uma linhagem comercial Sacch. cerevisiae K1 (Lallemand). Como linhagem sensível, foi empregada Sacch. cerevisiae Embrapa 26B. Para detecção do fator killer foram avaliados meios de cultura sólidos, preparados com diferentes concentrações de mosto de uva e extrato de levedura não comercial (ELNC). Para a produção do fator killer foram avaliados meios líquidos com diferentes concentrações de mosto de uva, ELNC e sacarose. Foi avaliada a produção do fator em condições aeróbicas e anaeróbicas de crescimento. O meio de cultura definido para detecção do fator killer foi o meio contendo 80 % de mosto de uva e 20 % de ELNC em sua composição. O meio líquido que proporcionou melhores condições de síntese do fator killer foi o meio preparado com 5% de mosto e 95 % de ELNC contendo 100 g/L de sacarose. A expressão do fator killer foi inibida em condições aeróbicas, exceto quando as linhagens foram cultivadas em meio líquido com elevada concentração de sacarose. / The yeast Saccharomyces cerevisiae has a key role in the process of converting must into wine. During fermentation the selected yeast transfers to the medium compounds resulting from metabolism such as ethanol, aldehyde, enzymes and proteins. Some compounds have an antibiotic effect like killer proteins. The aim of this work was to verify the conditions for detection and expression of killer factor produced by Sacch. cerevisiae isolated from grape must. The killer yeast strains used for the experiments were Sacch. cerevisiae Embrapa 91B, Sacch. cerevisiae Embrapa 1B and a commercial yeast Sacch. cerevisiae K1 (Lallemand). The yeast Sacch. cerevisiae Embrapa 26B was used as sensitive strain. Solid media prepared with different concentrations of grape must and non-commercial yeast extract (ELNC), were used to detect the killer factor. Culture media prepared with different concentrations of grape must, ELNC and sucrose, were employed for killer factor expression. Synthesis of killer protein was evaluated under anaerobic and aerobic growth conditions. Detection of killer protein presented better results when using a culture medium prepared with 80 % of grape must and 20 % of ELNC. The liquid medium that provided the best conditions for killer factor expression was prepared with 5 % of grape must and 95 % of ELNC supplemented with 100 g/L of sucrose. Killer factor expression was inhibited under aerobic conditions, except when strains were growth in liquid media prepared with high concentrations of sucrose.
56

Otimização da produção e caracterização do óleo microbiano produzido pela levedura Yarrowia lipolytica QU21 / Production optimization and characterization of microbial oil produced by the yeast Yarrowia lipolytica QU21

Poli, Jandora Severo January 2014 (has links)
O tradicional biodiesel de 1ª geração (produzido a partir de óleo de origem vegetal, como soja ou canola) possui muitas desvantagens e limitações como sazonalidade, uso de grandes áreas de cultivo, competição com alimentos, dentre outras. Uma alternativa são os óleos produzidos por microrganismos. Com o objetivo de otimizar a produção do óleo microbiano, o presente trabalho avaliou a produção de biomassa, lipídios e composição de ácidos graxos da levedura Yarrowia lipolytica QU21 quando cultivada em diferentes fontes de carbono (glicose e glicerol), nitrogênio (sulfato de amônio, triptona, ureia, nitrato de amônio e extrato de levedura), assim como diferentes condições de cultivo (agitação, aeração e razão carbono/nitrogênio). Dois resíduos industriais, glicerina bruta e resíduo de indústria cervejeira (FYE) também foram testados como substitutos da fonte de carbono e nitrogênio, respectivamente. Este trabalho também apresenta uma técnica de triagem de leveduras oleaginosas, de forma a quantificar os lipídios utilizando solventes menos agressivos, tanto para o manipulador quanto para o meio ambiente. A composição de ácidos graxos do óleo produzido pela Y. lipolytica QU21 quando cultivada em glicerina bruta e sulfato de amônio apresentou potencial utilização como matéria prima para o biodiesel. O uso combinado dos dois resíduos industriais pela Y. lipolytica QU21 resultou na produção de óleo com elevado teor de ácidos graxos poliinsaturados. Além de tornar o óleo microbiano da levedura Y. lipolytica QU21 uma matéria prima competitiva para a produção de biodiesel, a utilização da glicerina bruta poderia atenuar problemas ambientais, como a disposição inadequada no meio ambiente. / The traditional 1st generation biodiesel (produced from plant oils, such as soybeans and canola) has many drawbacks and limitations as season and climate-dependent cultivation, agricultural land competition for food, among others. Possible alternative oil sources is microbial oil produced by oleaginous microorganisms. With the purpose of optimizing the production of microbial oil, this study evaluated the production of biomass, lipid and fatty acid composition of the yeast Yarrowia lipolytica QU21 when grown on different carbon source (glucose and glycerol), nitrogen source (ammonium sulfate, tryptone, urea, ammonium nitrate and yeast extract) as well as different culture conditions (agitation, aeration and carbon/nitrogen ratio). Two industrial waste were also evaluated, crude glycerol and brewery waste (FYE) as surrogate carbon and nitrogen sources, respectively. This work also presents a technique for sorting oleaginous yeast in order to quantify the lipids using less aggressive solvent for both the handler and to the environment. The fatty acid composition of the oil produced by the Y. lipolytica QU21 growing on crude glycerol and ammonium sulfate showed potential use as a feedstock for biodiesel. The combined wastes resulted on microbial oil produced by Y. lipolytica QU21 with high polyunsaturated fatty acid content. Besides making the microbial oil a competitive feedstock for biodiesel production, the use of crude glycerol could mitigate environmental issues such as improper waste disposal.
57

Diversidade de leveduras do solo do SEMI-ÁRIDO da BAHIA, BRASIL.

Costa, Misael Silva Ferreira January 2006 (has links)
Submitted by Leonardo Freitas (leonardo.hfreitas@ufpe.br) on 2015-04-09T19:22:41Z No. of bitstreams: 2 TESE MISAEL Costa.pdf: 1160200 bytes, checksum: e1ef241bd676a3f819a5690fdba2f8fe (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-09T19:22:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 TESE MISAEL Costa.pdf: 1160200 bytes, checksum: e1ef241bd676a3f819a5690fdba2f8fe (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2006 / O presente trabalho objetivou conhecer de forma pioneira, a diversidade de leveduras presentes no solo de três municípios do semi-árido da Bahia, Mucugê, Ipirá e Paulo Afonso, caracterizando as mesmas nos níveis de fenotipagem e genotipagem através da análise filogenética. As amostras de solo foram coletadas nos períodos de seca e de chuvas, e analisadas quanto a temperatura e pH. A temperatura média das amostras de solo foi 27°C; o pH das mesmas amostras foi ácido, em torno de 5.31. Foram obtidas 130 amostras de leveduras; 100 foram identificadas através das características morfológicas e fisiológicas do sistema clássico; no entanto, 30 amostras foram identificadas através da taxonomia molecular, utilizando-se a região D1/D2 do 26S rDNA pela qual leveduras conhecidas encontram-se seqüenciadas. Esta região foi capaz de diferenciar quase todas as espécies testadas, o que indica o desenvolvimento de novos estudos de taxonomia molecular. Maior número de táxons foi obtido de amostras de solo do município de Mucugê, seguido de Ipirá e Paulo Afonso. Entre os táxons, 24 têem afinidade ascomicética, 26 basidiomicética e 04 com os leveduróides (black yeast). Foram identificadas as espécies Brettanomyces bruxellensis, Bullera alba, Candida catenulata, C.glabrata, C. parapsilosis, C. sake, C. zeylanoides, Cryptococcus humicola, C. laurentii, C. luteolus, Rhodotorula minuta, R. mucilaginosa, R. glutinis, Sporobolomyces roseus, Trichosporon pullulans. Entre 30 isolados submetidos à caracterização molecular, foram obtidas 22 seqüências; 12 grupos foram reconhecidos depois de submetidos à comparação das seqüências pelo GenBank usando o BLAST (NCBI). Com todos os isolados foi possível chegar a espécie com um alto grau de similaridade, a maioria acima de 90%. Os grupos foram: Hortaea Werneckii (I), Pichia guilliermondii (II), Candida parapsilosis (III), Rhodotorula glutinis (IV), Rhodotorula laryngis (V), Rhodotorula phylloplana (VI), Rhodotorula bacarum (VII), Rhodotorula slooffiae (VIII), Rhodotorula minuta (IX), Pseudozyma aphidis (X), Cryptococcus podzolicus (XI) e Rhodosporidium diobovatum (XII). Na árvore de consenso estrito pela análise filogenética foram evidenciados 20 grupos, na maioria com valor de bootstrap superior a 90% o que indica que as amostras pertencem realmente ao táxon dos grupos formados. Os resultados indicam que existe uma grande diversidade de leveduras no solo do Semi-árido da Bahia.
58

Fungos associados a tumores de cabeça e pescoço

Lemos de Andrade, Suanni 31 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo534_1.pdf: 1768233 bytes, checksum: c3bc7c38070e35ddf182d668d24306ce (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Fungos podem infectar secundariamente carcinoma de cabeça e pescoço, diante da imunossupressão local e de tratamentos imunossupressores, tornando-se importante o diagnóstico micológico precoce. Este estudo objetivou detectar fungos em tumor de cabeça e pescoço. Foram submetidos à biópsia 83 pacientes, obtendo-se 88 amostras teciduais, as quais foram segmentadas para exame histopatológico e micológico. Para o exame direto fragmentos de tecido foram clarificados com solução aquosa de hidróxido de potássio a 20%, e para cultura fragmentos inoculados nos meios ágar infusão de cérebro e coração e ágar Sabouraud, adicionados de cloranfenicol e mantidos em duplicata a 30°C e 37°C respectivamente. Foram detectadas estruturas fúngicas ao exame direto em 14% (12) das amostras e isolados Candida albicans (quatro), C. tropicalis (uma), C. parapsilosis (quatro), C. guillermondii (duas) acometendo áreas de laringe, cavidade bucal, lábio e pele na região da cabeça e pescoço. Em paciente com tumor de lábio foi diagnosticado feohifomicose sendo observado ao exame direto micélio e esporos demáceos. No diagnóstico histológico foi confirmado que 67% dos pacientes apresentavam carcinoma de células escamosas. Na classificação dos tumores malignos 50% ocorreram no estádio I seguido de estádio II e IV. Em apenas um caso foi verificado tumor de língua benígno. Fungos ocorrem em tumores de cabeça e pescoço e devido à gravidade de seus danos torna-se indispensável o diagnóstico preciso e precoce
59

Leveduras produtoras de β glicosidase e pectinase

Maria Marques do Couto, Fabíola 31 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:58Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo902_1.pdf: 650323 bytes, checksum: be5ceb89d7f1e3c6db7dfc8287955f93 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco / Por possuir a capacidade de crescer e se reproduzir mais rapidamente, determinadas leveduras apresentam importância biotecnológica, como capacidade de fermentação alcoólica e floculação através de características física, química, biológica e produção de enzimas. ß-glicosidases e pectinases possuem ampla aplicação em diversos processos industriais, destacando-se na produção de etanol e clarificação de sucos. Com o objetivo de selecionar e caracterizar quanto à produção de ß-glicosidase e pectinase leveduras estocadas na Coleção de Culturas-Micoteca URM, foram realizados testes de viabilidade e perfil taxonômico em 16 isolados pertencentes às espécies Candida lipolytica, C. peltata, Kluyveromyces marxianus, K. polysporus, Pichia barkeri, P. minuta, P. ohmeri, Rhodotorula glutinis e Saccharomyces cerevisiae. Para verificação da capacidade de produzir ß-glicosidase e pectinase foram utilizados, p-nitrofenil-ß-Dglicopiranosideo e pectina cítrica, respectivamente, como substratos. Todas as culturas testadas mantiveram-se viáveis e preservaram seus aspectos taxonômicos. Produziram ß-glicosidase, os isolados de C. lypolytica URM1120, C. peltata URM4681, K. marxianus URM4404, K. polysporus URM1283, P. ohmeri URM4417, R. glutinis URM5092 e S. cerevisiae URM1460, URM5107 e pectinase, os isolados de K. marxianus URM4405, P. ohmeri URM4417 e S. cerevisiae URM1460. C. peltata URM4681, S. cerevisiae URM5107 e K. marxianus URM4405 se destacam como bons produtores de ß-glicosidase, pectina liase e poligalacturonase respectivamente. O estudo e caracterização dessas enzimas de origem fúngica tornam-se relevantes para aplicações na indústria de alimentos
60

Avaliação de carotenóides de leveduras pigmentadas quanto ao potencial antifúngico in vitro e em modelo experimental de candidíase vaginal

SILVA, Michellangelo Nunes da 23 February 2015 (has links)
Submitted by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-04-13T19:46:18Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO Michellangelo Nunes da Silva.pdf: 2117434 bytes, checksum: d85805b4fffcc0cf9857c274d15e1ca5 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-13T19:46:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO Michellangelo Nunes da Silva.pdf: 2117434 bytes, checksum: d85805b4fffcc0cf9857c274d15e1ca5 (MD5) Previous issue date: 2015-02-23 / FACEPE / Leveduras pigmentadas destacam-se nos processos biotecnológicos devido aos metabólitos produzidos com funções fisiológicas importantes, contribuindo com a resposta imune e tratamento de doenças. Assim, com o objetivo de detectar bioprodutos dessas leveduras e avaliar o potencial antifúngico foi desenvolvido além de técnicas in vitro, um modelo experimental de candidíase vaginal. Leveduras pigmentadas da Micoteca URM foram revisadas por critérios taxonômicos clássicos, moleculares e por espectrometria de massa. Testes de sensibilidade envolvendo o bioproduto de leveduras e antifúngicos comerciais foram realizados frente a isolados clínicos de Candida albicans. O isolado com menor concentração inibitória mínima foi selecionado para o modelo experimental. Fêmeas Wistar albinas, com peso médio de 230g, foram mantidas em temperatura controlada, umidade e fotoperíodo. A pre-disposição à infecção ocorreu por antibioticoterapia. A candidiase vaginal foi reproduzida atraves da inoculado de suspensão (106 UFC/mL) e C. albicans e após cinco dias foram tratadas com subproduto por via intravaginal. As leveduras pigmentadas foram autenticadas como Rhodotorula mucilaginosa. Entre outras substâncias, o acido oleico foi produzido com destaque pelas leveduras, sobretudo no isolado URM 6683. Apos os testes foi verificado a sensibilidade dos isolados de C. albicans tanto in vitro quanto no tratamento de candidíase vaginal. A aplicação de especies de Rhodotorula na biotecnologia representa uma importante opção na promoção à saúde. / Pigment include yeasts in biotechnology processes is due to metabolites produced with important physiological functions contributing to the immune response and treatment of diseases. Thus, in order to detect and evaluate byproducts of the yeast antifungal potential was developed in vitro techniques well as an experimental model of vaginal candidiasis. URM Culture Collection of pigmented yeasts were reviewed by classical taxonomic criteria, and molecular mass spectrometry. Sensitivity tests involving byproduct of yeast and commercial antifungal were performed against clinical isolates of Candida albicans. Isolated with lower minimum inhibitory concentration was selected for the experimental model. Albino Wistar rats, weighing 230g, were maintained under controlled temperature, humidity and photoperiod. The pre-disposition to the infection resulted from antibiotic therapy. Vaginal candidiasis is reproduced through the suspension for inoculation (106 CFU/mL) C. albicans and five days later were treated intravaginally byproduct. Pigmented yeasts were certified as Rhodotorula mucilaginosa. Among other substances, oleic acid was produced especially by yeasts, especially in isolated URM 6683. After testing it was found the sensitivity of the isolates of C. albicans both in vitro and in treatment vaginal candidiasis. The application of species of Rhodotorula biotechnology is an important option in health promotion.

Page generated in 0.0375 seconds