• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1208
  • 25
  • 19
  • 19
  • 19
  • 15
  • 14
  • 8
  • 6
  • 6
  • 5
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 1263
  • 1263
  • 488
  • 359
  • 235
  • 235
  • 228
  • 225
  • 215
  • 200
  • 199
  • 177
  • 165
  • 157
  • 144
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

A experiência de transição entre a universidade e o mercado de trabalho na adultez jovem

Teixeira, Marco Antonio Pereira January 2002 (has links)
Esta tese, composta por três estudos, buscou descrever e analisar o processo de transição da universidade para o mercado de trabalho de jovens formandos e egressos universitários. O Estudo 1 abordou, em uma perspectiva quantitativa, as expectativas acerca da transição e os efeitos de um conjunto de variáveis pessoais e contextuais sobre o nível de decisão de carreira de concluintes de diversos cursos de uma universidade. Participaram deste estudo 252 formandos, que responderam a um questionário desenvolvido especialmente para a pesquisa. De um modo geral, os resultados mostraram que os formandos estavam otimistas quanto a suas chances de ingressar no mercado de trabalho. Uma análise de regressão revelou que a percepção pessoal de oportunidades profissionais, um senso de competência profissional e clareza de autoconceito foram os melhores preditores de decisão de carreira ao final do curso universitário. Por sua vez, comportamentos vocacionais exploratórios, assim como participação em pesquisa, mostraram-se bons preditores do senso de competência profissional. O Estudo 2, de caráter qualitativo e fenomenológico, descreveu as experiências de formação e as expectativas de ingresso no mercado de trabalho de 12 formandos universitários. O Estudo 3, também qualitativo, focalizou as experiências de transição de 14 egressos com diferentes níveis de inserção no mercado de trabalho de suas profissões. Os resultados dos Estudos 2 e 3 confirmaram os achados do Estudo 1 e revelaram ainda outros aspectos importantes relacionados à experiência de transição. Por exemplo, os depoimentos mostraram que as dificuldades enfrentadas pelos egressos foram maiores do que as esperadas. Além disso, verificou-se que os estudantes não se sentiam preparados para a transição ao final de seus cursos e não haviam planejado a transição de uma maneira consistente. As experiências na universidade em geral não favoreceram um maior comprometimento com a própria formação profissional, à exceção de atividades práticas como estágios, pesquisas e monitorias, que foram citadas como sendo muito importantes para o desenvolvimento de um senso de preparação profissional. Por sua vez, os projetos profissionais e não-profissionais dos entrevistados sugerem que a transição é um fenômeno que pode se estender para muito além do momento da conclusão do curso, constituindo-se ainda em um período exploratório e de construção da identidade para muitos jovens.
32

Para onde vai o mercado de trabalho? : a tendência à precarização das relações de trabalho : um estudo da região metropolitana de Porto Alegre

Toni, Míriam de January 2004 (has links)
A precarização do trabalho vem sendo destacada como um dos principais problemas associados aos processos de reestruturação das formas de produzir e dos modos de organizar e gerir o trabalho que, no Brasil, vêm ocorrendo de modo mais efetivo a partir da década de 90, no bojo das transformações do sistema capitalista desencadeadas a partir do último quartel do século XX. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivo geral investigar as repercussões desses processos na sociedade brasileira, analisando o modo como as mudanças vêm reconfigurando as relações de trabalho – desorganizando o padrão vigente que remetia a um crescente assalariamento da mão-de-obra e a uma maior proteção social – e criando e aprofundando situações de precarização no trabalho. Sendo um evento de proporções planetárias, o estudo das transformações aludidas requereu investigar suas principais características nas sociedades avançadas, com ênfase nos impactos sobre o trabalho e as interpretações forjadas com vistas a sua apreensão, em que sobressai o debate a respeito da centralidade do trabalho, contemporaneamente. No Brasil, onde tais mudanças se encontram condicionadas pelo legado histórico tanto quanto pela experiência nacional recente, de uma maior inserção na economia globalizada, foram destacados os desdobramentos das mutações sobre as formas de inserção dos trabalhadores no mercado de trabalho. Na revisão da literatura, procurou-se avançar no debate relativo à construção conceitual da noção de precarização, retomando e retrabalhando o enfoque sobre o setor informal, à luz dos achados empíricos e das questões debatidas na tese. No desenvolvimento do estudo, elaborou-se uma metodologia com vistas à apreensão de situações de precariedade no trabalho, utilizando informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA). A análise abrangeu diferentes estratégias: 1) uma classificação dos trabalhadores em categorias ocupacionais; 2) a seleção de variáveis e indicadores para caracterizar formas de inserção ocupacional, permitindo explicitar situações e graus de precarização na inserção laboral; e 3) a construção de um Índice de Precarização. Tais estratégias foram aplicadas também para investigar a precarização no trabalho sob o recorte de gênero. A análise dos dados indicou que as transformações recentes têm conduzido à precarização das formas de inserção da população economicamente ativa no mercado de trabalho – o que se manifesta através do aumento do desemprego e da ampliação de formas de inserções mais frágeis e instáveis nesse mercado, via de regra com menor proteção social –, paralelamente à retração de inserções ocupacionais cobertas pelas normas legais vigentes. Tal situação requer seja construída uma nova regulação social, que inclua o polimorfismo do trabalho, contra-arrestando situações de insegurança e vulnerabilidade sociais.
33

Formação profissional e mercado de trabalho : estudo exploratório das suas relações para arquitetos e urbanistas na região de Santa Maria/RS

Falcão, Adriano da Silva January 2005 (has links)
O mercado de trabalho do profissional arquiteto tem sofrido influências significativas em conseqüência da efemeridade do conhecimento frente às intensas transformações do mundo contemporâneo. Na busca incessante por acesso imediato a este mercado, os egressos das escolas de ensino superior têm enfrentado dificuldades para se adequar às novas exigências e anseios da sociedade, pois estas estão, a princípio, calcadas nas demandas sociais e não na realidade proveniente da academia. Explorar esta relação para buscar referenciais entre as reais carências encontradas nesta formação e o papel primeiro de uma universidade, no concernente a educação profissional, embasa a defensabilidade do estudo. Um recorte imaginário na população foi pensado com o intuito de se conhecer a realidade particular dos acadêmicos do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Maria e o seu acesso ao mercado regional. Neste sentido, a necessidade de uma pesquisa exploratória com o grupo envolvido parecia evidente, onde se intentou formar um panorama da profissão do arquiteto e urbanista, aos olhos da sociedade, representada aqui pelos ingressantes no ensino superior, e na visão dos próprios arquitetos, egressos ou não do curso objeto do trabalho. Nas análises dos instrumentos de pesquisa são demonstradas as carências e dificuldades percebidas pelo público-alvo ao se depararem com as múltiplas realidades a que a atividade profissional está exposta Em estudos comparativos entre os projetos e currículos existentes e as avaliações periódicas realizadas no CAU/UFSM percebe-se uma preocupação constante em tentar vincular o discurso e a prática, relacionando realidade das demandas e possibilidades educativas, objetivando um diálogo possível. Compreender estes novos paradigmas que se apresentam e repensar a formação dos projetos pedagógicos dos cursos pode ser uma forma de melhor reduzir o impacto entre as exigências de um mercado em constante mutação e as respostas coerentes das instituições de ensino do país. Entretanto, a dificuldade no acompanhamento imediato dos planos efetivados pelas IES em concordância com as mudanças da sociedade, entrava, muitas vezes, na morosidade dos processos burocráticos, levando a considerar a elaboração de um PPP mais flexível.
34

Competências essenciais exigidas do bibliotecário frente aos desafios da sociedade da informação : um estudo dos profissionais de Goiânia-GO

Silva, Luciana Candida da January 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, 2009. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2010-04-05T15:36:52Z No. of bitstreams: 1 2009_LucianaCandidadaSilva.pdf: 2701926 bytes, checksum: 341d3bd5d2138eb0a91d6779a46828ae (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-04-16T17:34:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_LucianaCandidadaSilva.pdf: 2701926 bytes, checksum: 341d3bd5d2138eb0a91d6779a46828ae (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-16T17:34:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_LucianaCandidadaSilva.pdf: 2701926 bytes, checksum: 341d3bd5d2138eb0a91d6779a46828ae (MD5) Previous issue date: 2009 / O propósito da pesquisa foi de identificar as competências essenciais exigidas do profissional bibliotecário para sua efetiva atuação em Goiânia-GO frente aos desafios da sociedade da informação e do mercado de trabalho. Para tanto, buscou-se apoio teórico sobre sociedade da informação, competências essenciais e profissional da informação, os quais viabilizaram a pesquisa. Além dessas vertentes, analisou-se o panorama geral da economia de Goiânia para então identificar a existência de mercado para esse profissional. A pesquisa foi norteada pelo método quantitativo, pela mensuração das questões fechadas utilizadas para determinar o perfil dos bibliotecários e das empresas; e pelo método qualitativo, para a análise das questões abertas, que permitiu um aprofundamento dos resultados a respeito das competências. Foi realizado o levantamento bibliográfico e estudo de campo, para a caracterização dos perfis dos bibliotecários e das empresas. Como técnicas de coleta de dados foram utilizadas as entrevistas estruturadas e a observação sistêmica. Os resultados encontrados foram que as competências essenciais requeridas pelo mercado de trabalho em Goiânia são formadas pela integração de um conjunto de habilidades, tecnologias e aprendizado coletivo. Ficou constatado, pela análise dos dados, que esse conjunto é formado pelas habilidades pessoais, profissionais e informacionais do bibliotecário e pelo conhecimento da organização onde atua. A pesquisa destacou as seguintes competências solicitadas pelas empresas: rapidez e agilidade na recuperação da informação; domínio técnico da biblioteconomia; racionalidade no aproveitamento bibliográfico entre as diferentes áreas; elevado senso de organização espacial (lay-out); facilidade de relacionamento interpessoal; e uso intensivo de recursos tecnológicos. Observou-se ainda que, apesar das organizações requererem domínio das novas tecnologias, a pesquisa revela que as unidades de informação ainda não adotam muitas das inovações tecnológicas que poderiam implementar os serviços e produtos de informação. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The intention of the research was identify the core competence required for the professional librarian for his effective action in Goiania-GO facing the challenges of the information society and the labor market. To make this research possible it was necessary to get support on the theory of the information society, essential skills and professional information. Furthermore, to be able to identify an existence of a market for this professional, a general economic analysis of Goiania was performed on the topic of the information society, in addition to the labor market. The research was guided by the quantitative method for the measurement of closed questions used to determine the profile of librarians and enterprises, and the qualitative method for the analysis of open questions that allowed a deepening of the results in respect of powers. The basis was the literature review and field study to determine the profiles of librarians and businesses. As a technique for data collection was performed structured interview and systemic observation. The results were that the core competences required by the job market in Goiania an integrated of skills, technologies and collective learning. It is formed by personal skills, librarian skills and knowledge of the organization where it operates. The survey highlighted the following skills, as required by business: speed and agility an information retrieval, technical skills on librarianship; rationality in the bibliographic exploitation between different areas, high sense of organization and space (lay-out), ease of interpersonal relationships and intensive use of technological resources. It was also observed that although the organizations require mastery of new technologies, the information units have not yet adopted many technological innovations that could implement the services and information products.
35

Caracterização da força de trabalho da enfermagem no município de Florianópolis, SC

Lorenzetti, Jorge January 1982 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. / Made available in DSpace on 2012-10-15T21:33:50Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T14:17:01Z : No. of bitstreams: 1 190426.pdf: 1738205 bytes, checksum: 7477f635e782e0f2b035cbf3f40b4bcc (MD5)
36

Comportamento heterogêneo da educação na desigualdade setorial da renda: uma análise para o Brasil, nordeste e sudeste nos anos 2004 e 2013

Feijó, Janaína Rodrigues January 2015 (has links)
FEIJÓ, Janaína Rodrigues. Comportamento heterogêneo da educação na desigualdade setorial da renda: uma análise para o Brasil, nordeste e sudeste nos anos 2004 e 2013. 2015. 54f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza - Ce, 2015. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-02-26T18:52:31Z No. of bitstreams: 1 2015_dissert_jrfeijo.pdf: 213415 bytes, checksum: c3239cc1d303b5f26d69534c045d610a (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-02-26T18:52:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_dissert_jrfeijo.pdf: 213415 bytes, checksum: c3239cc1d303b5f26d69534c045d610a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-02-26T18:52:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_dissert_jrfeijo.pdf: 213415 bytes, checksum: c3239cc1d303b5f26d69534c045d610a (MD5) Previous issue date: 2015 / This paper aims to analyze, to Brazil, Northeast and Southeast, the determinants of wage inequality of employed people in three sectors of the economy: Agriculture, Industry and Services. The current study considered the main sources of generation and reproduction of inequality in the labor market heterogeneity of workers, segmentation and discrimination. The database used was the data from the National Survey for Domicile Sample (PNAD) in 2004 and 2013. For this purpose, it was used the method of Cowell and Fiorio (2011) which joins the decomposition by factors, already discussed by Shorrocks (1982 ) and Fields (2003), with the decomposition by subgroups. The results showed that the contribution of education to inequality does not occur heterogeneously between sectors and regions. In the Northeastern and Brazilian agricultural activity, the labor market tends to generate inequalities with more intensity than reproduce, as the variable formality was the one that best explained the inequality within the agricultural sector, while in the Services and Industry, the education was more important than the variables linked to segmentation and discrimination in the labor market. In the Southeast, education plays a more homogeneous role, being the primary contributor to the inequality of the three economic activities. / Este trabalho tem como objetivo analisar, para o Brasil, Nordeste e Sudeste, os determinantes da desigualdade salarial das pessoas ocupadas em três setores da economia: Agrícola, Indústria e Serviços. No presente estudo foram consideradas as principais fontes de geração e reprodução de desigualdade no mercado de trabalho: heterogeneidade dos trabalhadores, segmentação e discriminação. Os dados utilizados foram os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) nos anos 2004 e 2013. Para tanto, foi utilizado o método de Cowell e Fiorio (2011) que une a decomposição por fatores, já abordada por Shorrocks (1982) e Fields (2003), com uma decomposição por subgrupos. Os resultados mostraram que a contribuição da educação para a desigualdade não ocorre de maneira uniforme entre os setores e entre as regiões. Na atividade agrícola nordestina e brasileira, o mercado de trabalho tende a gerar desigualdades com mais intensidade do que reproduzir, já que a variável formalidade foi a que mais explicou a desigualdade dentro deste setor, enquanto que nos Serviços e na Indústria, a educação se mostrou mais importante do que as variáveis ligadas à segmentação e discriminação do mercado de trabalho. No Sudeste, a educação desempenhou um papel mais homogêneo, sendo o fator que mais contribuiu para a desigualdade nas três atividades econômicas.
37

Um modelo de mecânica estatística para o estudo de migração com três setores

Oliveira, Tharnier Puel de January 2014 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Física, Florianópolis, 2014 / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:42:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 329982.pdf: 18861325 bytes, checksum: 14f1c253f481829135220af35b9289b3 (MD5) Previous issue date: 2014 / Neste trabalho estudamos a dinâmica de migração entre diferentes setores econômicos nos países em processo de urbanização. Para além do modelo convencional de dois setores, rural e urbano, sub- dividimos o setor urbano em dois outros setores, formal e informal. O processo de migração é incentivado por diferenças econômicas entre os setores e por influências sociais. Além desses, foram incluídos também incentivos pessoais, não observáveis, que tornam o processo migratório aleatório. Esse modelo foi pouco estudado devido a sua complexidade analítica. Em nosso estudo, o modelo é baseado em agentes e o processo de migração acaba descrito como um modelo de spin com campos variáveis, o qual é estudado através de simulação numérica. Veremos que o predomínio da população urbana aparece em todos os casos analisados e também que o surgimento de uma população no setor informal é uma propriedade emergente de nosso modelo. Isolantes e supercondutores topológicos apresentam várias fases topológicas caraterizadas por diferentes números de Chern ou por estados de borda sem gap. Neste trabalho mostramos que vários métodos da informação quântica, tais como a entropia de von Neumann, o espectro do emaranhamento, a fidelidade e o espectro da fidelidade, podem ser usados para detectar e distinguir as fases topológicas e suas transições. Como exemplo, consideramos um supercondutor de onda-p bidimensional, com acoplamento spin-órbita e um termo de Zeeman. A natureza das fases e suas mudanças são compreendidas pelos autovetores da matriz densidade reduzida no espaço dos k. Mostramos que nas fases topologicamente não-triviais o autovetor de maior autovalor está completamente alinhado com o estado de emparelha- mento tripleto. Uma assinatura das várias transições de fase entre dois pontos quaisquer no espaço dos parâmetros aparece no operador fidelidade no espaço dos k. Também mostramos que a entropia do emaranhamento e suas derivadas sinalizam as transições de fase topológicas. Também encontramos evidências numéricas de que, para este modelo, a derivada da entropia em relação à magnetização fornece in- formações acerca da fase topológica. Conforme a lei das áreas para a entropia do emaranhamento, analisamos sistematicamente as contribuições que são proporcionais ao, ou independente do, perímetro do sistema, como função das constantes de acoplamento do hamiltoniano e da geometria do subsistema finito. Para este modelo, mostramos que embora a entropia do emaranhamento topológica seja nula, ela sinaliza as transições de fase topológicas em um sistema finito. Também observamos uma relação entre a contribuição topológica à entropia, em uma geometria cilíndrica, e o número de estados de borda. Também observamos que o espectro do emaranhamento apresenta modos robustos, associados com cada estado de borda, como em outros sistemas topológicos.<br>
38

Inclusão do deficiente no campo de trabalho

Machado, Carla Vinícia Campedelli January 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. / Made available in DSpace on 2012-10-19T05:08:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-26T00:19:26Z : No. of bitstreams: 1 185256.pdf: 2371670 bytes, checksum: 7c6a101cc8049ea6a21c82ee1c5ed08f (MD5) / Nos últimos anos, os direitos dos portadores de deficiência a iguais oportunidades de trabalho vêm sendo reconhecidos. O reconhecimento se deve principalmente à adoção pela Conferência Geral da Organização Internacional do Trabalho, que diz:
39

Licenciados en derecho en Brasil: escuela y mercado de trabajo (el caso de São Paulo USP y FMU)

Lima de Arruda, Edmundo January 1991 (has links)
Tese (doutorado) - Universite Catholique de Louvain, Institut des sciences politiques, economiques et sociales / Made available in DSpace on 2016-01-08T17:10:41Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1991
40

Peguei o diploma, e agora? : desafios, dilemas e estratégias de inserção ocupacional de jovens recém-graduados em Ciências Sociais

Yung, Tauvana da Silva 19 July 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-10-01T13:23:32Z No. of bitstreams: 1 2013_TauvanaSilvaYung.pdf: 1132464 bytes, checksum: 62f8e6762b3445b400e3ac000acb407e (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-10-16T15:00:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_TauvanaSilvaYung.pdf: 1132464 bytes, checksum: 62f8e6762b3445b400e3ac000acb407e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-16T15:00:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_TauvanaSilvaYung.pdf: 1132464 bytes, checksum: 62f8e6762b3445b400e3ac000acb407e (MD5) / Este trabalho se propõe a analisar os efeitos da prorrogação da entrada no mercado de trabalho sobre os jovens recém-graduados em Ciências Sociais e residentes em Brasília, a partir da análise qualitativa de trajetórias de vida e profissional, utilizando o método da Sociologia Clínica. Para tanto, é feita uma contextualização de Brasília e seu mercado de trabalho e da profissionalização das Ciências Sociais, por conterem especificidades relevantes para a determinação da realidade desses jovens. Discussões sobre trabalho, geração e juventude amparam a percepção dos sentidos que esses jovens alvos de um mercado de trabalho excludente têm sobre o mundo laboral, sobre o próprio trabalho, e do reflexo deste mundo sobre a sua ubjetividade, considerando que seu contato com ele não ocorreu ou ocorre de maneira alternativa àquela pretendida enquanto projeto profissional, em um contexto socioeconômico e geracional específico. Esses processos de dificuldade de acesso ao trabalho, principalmente neste momento de transição da inatividade, marcada pela família e escola, para a atividade, entendido como acesso ao emprego e desemprego, mostram-se significativos para esses jovens se sentirem profissionais inseguros, apesar da constante e ininterrupta capacitação que surge como alternativa à falta de trabalho. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research aims to analyze the prorogation effects of the entrance in the labor market about the young people who are recent graduated in Social Sciences and who live in Brasília, from the qualitative analysis of their life and professional trajectories, using the Clinical Sociology method. Therefore, it was made a contextualization of Brasília and its labor market and of the Social Sciences professionalization, for its relevant specificities which determines the reality of these young people. Discussions about work, generation and youth support the senses perceptions that these young people, as targets of an exclusionary labor market, have about the labor world, about their own job, and about the reflects of this world on their subjectivity, considering that this contact did not happen or happens in an alternative way of that which was desired as a professional project, in a socioeconomic and specific generational context. These processes of work access difficulty, especially at this moment of transition from inactivity, characterized by family and school, to activity, understood as job access and unemployment, appear to be significant for these young people to feel as insecure professionals themselves, despite the constant and uninterrupted capacitation that appears as an alternative to this lack of jobs.

Page generated in 0.0729 seconds