• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 151
  • 23
  • 23
  • 23
  • 21
  • 18
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 153
  • 153
  • 49
  • 48
  • 39
  • 35
  • 30
  • 28
  • 27
  • 20
  • 19
  • 19
  • 17
  • 16
  • 16
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Máquinas literárias, máquinas carcerárias

Campos, Daniel Correa Felix de January 2006 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura / Made available in DSpace on 2012-10-22T14:55:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 232071.pdf: 1106718 bytes, checksum: d425027a5befa2a4a8a07daa5b4e887e (MD5) / Esta tese, cujo eixo central gira em torno do estudo de narrativas prisionais de Graciliano Ramos, Reinaldo Arenas e Jean Genet, constroem-se em dois blocos principais. O primeiro trata das narrativas como escritos-testemunhos com base na filosofia de Giorgio Agamben. Somam-se ao debate desse conceito outras noções como literatura menor, máquina literária-máquina de guerra, máquina carcerária, fluxos desejantes e a dobra memória-esquecimento, desenvolvida pelo pensamento filosófico de Gilles Deleuze e Felix Guattari, cujo aporte teórico tece trama e sustém a tese. Incorpora-se também à discussão a dobra literatura-confinamento, direcionando o ângulo da análise ao imperativo de escrever no cárcere e a angústia ante a impossibilidade de não poder satisfazê-lo, tema em que se faz uma aproximação com a psicanálise. O segundo bloco detém-se no aparato-aparelho carcerário, com atenção às engrenagens que movem a máquina carcerária no exercício do controle e da vigilância e cujo poder é confrontado e enfrentado pelo poder paralelo e pelas engrenagens desejantes da máquina literária. No entrecruzamento desses dois poderes procura-se apreender as estratégias #beligerantes# de cada lado, os estratagemas que se traduzem em linhas de fuga, camuflagens, processos de territorialização, desterritorialização e reterritorialização comandados pelo desejo/trabalho de construção clandestina de passagens desejantes-desejadas por parte dos corpos aprisionados. No que se refere ao poder carcerário destaca-se o Panóptico, solução arquitetônica para qual tudo converge. A proposta para o entendimento desses agenciamentos diversos concretizou-se, na tese, com a elaboração de uma cartografia das passagens, nesse mapeamento, pela apreensão/compreensão dos territórios das bordas, das margens e dos fluxos centrífugos e centrípetos, foi possível perceber que o que atravessa essas narrativas, isto é, o tema que as percorre, o problema central é o teorema do desejo; o desejo como força motriz produtora e provocadora de fendas, fissuras, derivas e devires que conduzem à liberdade, ainda que enjaulados os corpos em celas escuras e subterrâneas. Por fim, e como conseqüência, observa-se o incessante movimento-fluxo-fruição-gozo de escrever e a impossibilidade de não escrever. The thesis has as heading: Literary machines, jail machines: the writings of Graciliano Ramos, Reinaldo Arenas and Jean Genet. It is constructed in two main blocks: the first one on the prisoner narratives while writetestimonies searching the understanding of this concept on the basis of the philosophy of Giorgio Agamben. Other notions are added to this debate of the writing-testimonies such as; machine literary-war machine, desiring-flows and the fold memory/forgetening. For the insertion of such notion, it is concentrated on the theoretical philosophy of Deleuze and Guattari, philosophical thought that weaves, tram and support the thesis. Another subject is also incorporated to the discussion, the writing act in the confinement or the impossibility not-to write and the anguish, subject that comes close to the trails of the psychoanalysis. The second block withholds it in the jail apparatus-device, in order to deal with the existing desiring gears of this complex. It looks for apprehending the territo ries and the meetings and, more particularly, the passages desiring-desired provoked and carried through by agencies, desiring devices and becomings of the imprisoned bodies. The crossing proposed for the understanding of the passages goes trough the comprehension of the Panoptic, architectural solution of control, monitoring, discipline and torture to the desire/work of the clandestine construction of the desiring passages. This crossing described is shown by a cartography of passages. Besides that, it is important to mention that, in the composition of the blocks of the thesis occurred the insertion of other prisoner narratives, those written in the two last decades here in Brazil. This more recent constellation of narratives is weaved by the writings of: Anderson, Francisco Horácio, Luiz Alberto, Hosmany, Andres du Rap and Jocenir. Finally, there is the conclusion, which presents itself in deterritorializing flow. It is composed of three eminently rizomatic edges: the edge of conclusion-flow one, the edge of conclusion-flow two and to the edge, this one points to a third (and not last) edge. Maps, passages, desire-deserts and constellations are observed and transits in the domains of the cartography and astronomy.
2

Tradução comentada de Peregrinaciones de una alma triste de Juana Manuela Gorriti

Andrade, Andreza Aparecida Gomes de [UNESP] 28 June 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-01-26T13:21:14Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-06-28Bitstream added on 2015-01-26T13:30:58Z : No. of bitstreams: 1 000796912.pdf: 1223124 bytes, checksum: 8a5959b3f86b1e10c8c1cf160a86e725 (MD5) / Esta dissertação consiste de uma tradução comentada de Peregrinaciones de una Alma Triste, obra terminada em Buenos Aires, no ano de 1875, e publicada na coleção de dois volumes intitulada Panoramas de la vida em 1876. Trata-se de um retrato de várias regiões americanas, em que a autora, Juana Manuela Gorriti (1818-1892), descreve as localidades por onde passa a “alma triste”, ao mesmo tempo em que mostra os costumes locais, desenhando com habilidade uma espécie de relato de viagem pela América Latina. É um dos vários romances da escritora argentina estruturado como narrativa de viagem, com uma narradora viajante que confere unidade a uma série de incidentes e histórias diferentes. A narrativa conta a história de Laura, filha de uma família de classe alta de Lima, que foge de sua casa e viaja sozinha pelo Peru, Argentina, Paraguai, Chile e Brasil. A fuga começa como uma forma de rebelar-se frente às restrições daquela sociedade, contudo Laura distribui os problemas que encontra em cada país, fazendo o papel de uma espécie de consciência nacional, ou consciência sul-americana. Viajando entre os marginais, falando com campesinos, bandidos, escravos e, principalmente, com mulheres, pode-se perceber que qualidades morais como justiça, generosidade e compaixão ainda permanecem nas pessoas comuns apesar do caos social, representado pela tirania militar e política, pelas guerras civis, pelas disputas entre índios, além dos roubos e homicídios frequentes, na época, nas regiões por onde passa.Compõe também este trabalho um estudo introdutório sobre a vida e a obra da escritora, seguido de comentários sobre a tradução, bem como do texto integral de Peregrinaciones de una Alma Triste, na versão original e na traduzida para a língua portuguesa, acompanhado de notas sempre que necessárias para uma melhor compreensão do texto. Para o presente trabalho, utilizamos a reedição / Esta disertación consta de una traducción, que incluye anotaciones, de Peregrinaciones de una Alma Triste, obra terminada en Buenos Aires, en 1875, y publicada en la colección de dos volúmenes titulada Panoramas de la vida en 1876. Esta obra muestra un retrato de varias regiones de Sudamérica, en que la autora, Juana Manuela Gorriti (1818-1892), describe los lugares visitados por el alma triste, al mismo tiempo que muestra las costumbres locales, de esa forma, dibuja hábilmente una especie de relato de viaje por Latinoamérica. Es una de las novelas de la escritora argentina estructurada como relato de viaje, que cuenta con un viajero narrador que da unidad a una serie de incidentes y anécdotas distintas.El relato cuenta la historia de Laura, la hija de una familia de clase alta de Lima, que se escapa de casa y viaja sola por Perú, Argentina, Paraguay, Chile y Brasil. El escape comienza como una forma de rebelarse ante las limitaciones que la sociedad le impone, sin embargo, Laura distribuye los problemas encontrados en cada país, haciendo el papel de una especie de conciencia nacional o conciencia de América del Sur. Cuando la protagonista viaja entre los marginales, cuando conversa con los campesinos, con los bandidos, con los esclavos, y principalmente con las mujeres, el lector puede darse cuenta que las cualidades morales como justicia, generosidad y compasión siguen siendo comunes en las personas a pesar del caos social representado por la tiranía militar y política, por las guerras civiles, por los conflictos entre los indios, más allá de los robos y asesinatos frecuentes de la época, todo esto presente, en las regiones por las que ella pasa. Este trabajo también incluye un estudio introductorio sobre la vida y obra de la autora, seguido de observaciones sobre la traducción, así como el texto completo de Peregrinaciones de una Alma Triste, en la versión original y traducida
3

Tradução comentada de Peregrinaciones de una alma triste de Juana Manuela Gorriti /

Andrade, Andreza Aparecida Gomes de. January 2013 (has links)
Orientador: Ester Myriam Rojas Osório / Banca: Maria Dolores Aybar Ramirez / Banca: Maira Angelica Pandolfi / Resumo: Esta dissertação consiste de uma tradução comentada de Peregrinaciones de una Alma Triste, obra terminada em Buenos Aires, no ano de 1875, e publicada na coleção de dois volumes intitulada Panoramas de la vida em 1876. Trata-se de um retrato de várias regiões americanas, em que a autora, Juana Manuela Gorriti (1818-1892), descreve as localidades por onde passa a "alma triste", ao mesmo tempo em que mostra os costumes locais, desenhando com habilidade uma espécie de relato de viagem pela América Latina. É um dos vários romances da escritora argentina estruturado como narrativa de viagem, com uma narradora viajante que confere unidade a uma série de incidentes e histórias diferentes. A narrativa conta a história de Laura, filha de uma família de classe alta de Lima, que foge de sua casa e viaja sozinha pelo Peru, Argentina, Paraguai, Chile e Brasil. A fuga começa como uma forma de rebelar-se frente às restrições daquela sociedade, contudo Laura distribui os problemas que encontra em cada país, fazendo o papel de uma espécie de consciência nacional, ou consciência sul-americana. Viajando entre os marginais, falando com campesinos, bandidos, escravos e, principalmente, com mulheres, pode-se perceber que qualidades morais como justiça, generosidade e compaixão ainda permanecem nas pessoas comuns apesar do caos social, representado pela tirania militar e política, pelas guerras civis, pelas disputas entre índios, além dos roubos e homicídios frequentes, na época, nas regiões por onde passa.Compõe também este trabalho um estudo introdutório sobre a vida e a obra da escritora, seguido de comentários sobre a tradução, bem como do texto integral de Peregrinaciones de una Alma Triste, na versão original e na traduzida para a língua portuguesa, acompanhado de notas sempre que necessárias para uma melhor compreensão do texto. Para o presente trabalho, utilizamos a reedição / Resumen: Esta disertación consta de una traducción, que incluye anotaciones, de Peregrinaciones de una Alma Triste, obra terminada en Buenos Aires, en 1875, y publicada en la colección de dos volúmenes titulada Panoramas de la vida en 1876. Esta obra muestra un retrato de varias regiones de Sudamérica, en que la autora, Juana Manuela Gorriti (1818-1892), describe los lugares visitados por el "alma triste", al mismo tiempo que muestra las costumbres locales, de esa forma, dibuja hábilmente una especie de relato de viaje por Latinoamérica. Es una de las novelas de la escritora argentina estructurada como relato de viaje, que cuenta con un viajero narrador que da unidad a una serie de incidentes y anécdotas distintas.El relato cuenta la historia de Laura, la hija de una familia de clase alta de Lima, que se escapa de casa y viaja sola por Perú, Argentina, Paraguay, Chile y Brasil. El escape comienza como una forma de rebelarse ante las limitaciones que la sociedad le impone, sin embargo, Laura distribuye los problemas encontrados en cada país, haciendo el papel de una especie de conciencia nacional o conciencia de América del Sur. Cuando la protagonista viaja entre los marginales, cuando conversa con los campesinos, con los bandidos, con los esclavos, y principalmente con las mujeres, el lector puede darse cuenta que las cualidades morales como justicia, generosidad y compasión siguen siendo comunes en las personas a pesar del caos social representado por la tiranía militar y política, por las guerras civiles, por los conflictos entre los indios, más allá de los robos y asesinatos frecuentes de la época, todo esto presente, en las regiones por las que ella pasa. Este trabajo también incluye un estudio introductorio sobre la vida y obra de la autora, seguido de observaciones sobre la traducción, así como el texto completo de Peregrinaciones de una Alma Triste, en la versión original y traducida / Mestre
4

Experiências de crise: narrativas autobiográficas de sujeitos em sofrimento psíquico / Crisis experiences: autobiographical narratives of subjects in psychic suffering

Soares, Camila Alves 31 March 2016 (has links)
SOARES, C. A. Experiências de crise: narrativas autobiográficas de sujeitos em sofrimento psíquico. 2016. 181 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-02-24T13:34:14Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_casoares.pdf: 1877433 bytes, checksum: 82aeb50c0043803fdf9471177b5e4cb7 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-02-24T13:34:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_casoares.pdf: 1877433 bytes, checksum: 82aeb50c0043803fdf9471177b5e4cb7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-24T13:34:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_casoares.pdf: 1877433 bytes, checksum: 82aeb50c0043803fdf9471177b5e4cb7 (MD5) Previous issue date: 2016-03-31 / The objective of this study was to understand the crisis experiences from subjects in psychological distress through their autobiographical narratives, concepts identification, knowledge of the explanations attributed to emergence of the crises, and analysis of the care strategies sought for these situations. Historically, crises have been considered to be mainly negative experiences that had to be eliminated from the subjects and the "concrete element" of mental illness. With contribution from Psychiatric Reform movement, and the premise of putting "mental illness in parentheses”, it has been sought to understand crisis in a contextual perspective, inserted in people’s life history. Several studies point to problems of healthcare teams in crises management in services, strengthening the need for psychiatric hospital, especially for those situations. In the literature, crisis situations are identified as moments of solitude, fear, depersonalization, misunderstanding and altered perception of time and space; on the other hand, crises can be moments of passage that lead to learning and transformation. In terms of methodology, this was a qualitative research, designed as a biographical study, linked to a narrativist perspective, focused on experience, through a socially contextualized way. We used narrative interview as tool, and for empirical material processing, the contemporary hermeneutic perspective of Hans-George Gadamer was used, in order to understand the text and the subjects involved in this act of interpretation, aimed at the understanding of our object. As for the results, we found three main dimensions of analysis: crisis conceptions; origin of the crises; and care and treatment. We realized that the crisis experiences were difficult to nominate, given their complexity; however, we were able to identify important features of depersonalization, urgency, inevitability and identity fragmentation in these situations. The subjects attribute their rise to biological conditions and experiences related to poverty and vulnerability, especially those involving violence against women. In search for help, they turn to family, religion and spirituality, medicines, and to mental health services, CAPS and psychiatric hospitals, assigning them different roles and values. We concluded, with this study, that there is need to valorize the experiences and experience knowledge of the crises by the subjects themselves, when in psychological distress, and reaffirm substitutive mental health services as strategic places of care in order to promote reframing spaces for these experiences. / Objetivamos, neste estudo, compreender as experiências de crise de sujeitos em sofrimento psíquico por meio de suas narrativas autobiográficas, identificando as concepções, conhecendo as explicações atribuídas ao surgimento das crises; e analisando as estratégias de cuidado buscadas para essas situações. Historicamente, as crises foram consideradas experiências predominantemente negativas que precisavam ser eliminadas dos sujeitos e o “elemento concreto” da doença mental. Com a contribuição do movimento da Reforma Psiquiátrica, e a premissa de por a “doença mental entre parênteses”, as crises buscaram ser compreendidas numa perspectiva contextualizada, inseridas na história de vida das pessoas. Diversos estudos apontam dificuldades das equipes de saúde no manejo das crises nos serviços, reforçando a “necessidade de hospital Psiquiátrico”, principalmente para essas situações. Na literatura, identificamos as situações de crise como momentos de solidão, medo, despersonalização, incompreensão, alteração da percepção do tempo e espaço, por outro lado, as crises podem ser momentos de passagem, que levam ao aprendizado e transformação. Em termos metodológicos, trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa, delineada como um estudo biográfico, vinculado a uma perspectiva narrativista, centrada na experiência e orientada sócioculturalmente. Para os procedimentos de coleta de dados empregamos como instrumento a Entrevista Narrativa e, para o processamento do material empírico, utilizamos como lente a perspectiva hermenêutica contemporânea de Hans-George Gadamer, de modo a compreender o texto e os sujeitos envolvidos nesse ato de interpretação, voltado à compreensão do nosso objeto. Quanto aos resultados, encontramos três dimensões principais de análise: concepções de crise; origem das crises; e cuidado e tratamento. Percebemos que as experiências de crise são de difícil nomeação, dada sua complexidade, porém identificamos características importantes de despersonalização, urgência, inevitabilidade e fragmentação da identidade nessas situações. Os sujeitos atribuem seu surgimento a condições biológicas e experiências relacionadas à pobreza e vulnerabilidade, principalmente as que envolvem a violência contra a mulher. Em busca de ajuda, os sujeitos recorrem à família, ao poder da religião e da espiritualidade, ao remédio, e aos serviços de saúde mental, CAPS e hospitais psiquiátricos, atribuindo-lhes lugares e importâncias distintas. Concluímos, com este estudo, a necessidade da valorização da experiência e do saber de experiência sobre as crises pelos próprios sujeitos em sofrimento psíquico e reafirmamos os serviços substitutivos em saúde mental como lugares estratégicos de cuidado, na promoção de espaços de ressignificação dessas experiências.
5

O processo de tornar-se : um estudo de caso na perspectiva cutltural

Costa, Telma Regina Lago 22 April 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013. / Submitted by Luiza Silva Almeida (luizaalmeida@bce.unb.br) on 2013-07-18T18:17:31Z No. of bitstreams: 1 2013_TelmaReginaLagoCosta.pdf: 2943353 bytes, checksum: 536b09d0d7db8e368594c2648427443e (MD5) / Approved for entry into archive by Leandro Silva Borges(leandroborges@bce.unb.br) on 2013-07-18T20:21:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_TelmaReginaLagoCosta.pdf: 2943353 bytes, checksum: 536b09d0d7db8e368594c2648427443e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-18T20:21:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_TelmaReginaLagoCosta.pdf: 2943353 bytes, checksum: 536b09d0d7db8e368594c2648427443e (MD5) / O presente trabalho, na perspectiva cultural, busca contribuir com as pesquisas na área de Psicologia do Desenvolvimento, utilizando metodologia qualitativa, especialmente a narrativa da história de vida, buscando rupturas e marcadores que possam ser consideradas indicadores de desenvolvimento humano durante toda a vida, com possibilidades até o último suspiro. Compreende-se o desenvolvimento humano como um fenômeno sistêmico, aberto, bilateral, entre a relação da pessoa com o ambiente, mediado dialogicamente pela cultura. Além das entrevistas semiestruturadas realizadas para esta pesquisa, foram analisados DVDs com entrevistas feitas por terceiros e documentos escolhidos pela participante. O objetivo geral da investigação foi analisar a trajetória de vida, buscando compreender como a narrativa da história de vida ou autobiográfica pode se tornar uma referência importante na compreensão da identidade do sujeito e sua relação com a cultura, construindo uma estrutura e uma dinâmica psicológica, cuja autoria pode ser assumida pela participante. Foi realizada uma análise da narrativa, organizando-se os relatos em crônicas, tendo como perspectiva o reconhecimento dos significados e sentidos que a participante deu a fatos, lugares e pessoas, buscando pontos que provavelmente geraram mutação na sua trajetória de vida. O resultado das análises mostrou que todos os elementos considerados tiveram importância na compreensão da trajetória de vida da participante, e que a narrativa na primeira pessoa, autobiográfica, ainda que sendo complementada pelo relato dos outros e por todo o material utilizado, apresentou-se como recurso importante e legítimo no sentido de demarcar os momentos cruciais de seu desenvolvimento. A pesquisa, especialmente por trabalhar com uma história de vida tão longeva, que testemunhou momentos significativos da história ocidental, traz importantes contribuições para os estudos sobre Psicologia do Desenvolvimento, na perspectiva cultural e para outros campos do conhecimento. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation in the cultural perspective seeks to contribute to the research in developmental psychology by using qualitative methodology, especially the narrative of a life history, seeking breaks and markers that may be considered indicators of human development throughout life, with its possibilities until the last breath. Human development is understood as an opened, bilateral systemic phenomenon which takes place between the person's relationship and the environment, dialogically mediated by culture. Besides the semi-structured interviews conducted for this research, interviews on DVDs produced by third parties and documents chosen by the participant have contributed to the analyses. The overall goal of the inquiry was to analyze the trajectory of life, trying to understand how Life history or the autobiographical narrative can become an important reference in the understanding of the subject's identity and its relation to culture, building a structure and a psychological dynamics whose authorship can be assumed by the participant. An analysis of the narrative was made possible by transforming the reports in chronicles in an attempt to recognize the senses and the meanings that the participant attributed to facts, places and people, seeking points that probably generated mutation on her life course. The result of the analysis showed that all elements considered were important in understanding the life trajectory of the participant, and that the first-person narrative, autobiographical, although being complemented by the narrative of others together with all the used material , has presented itself as an important and legitimate instrument to demarcate the crucial moments of her development. The research, especially by working with a long-lived life story, which has witnessed significant moments of the Western history, brings important contributions to the study of developmental psychology, in cultural perspective and in other fields of knowledge.
6

Autobiografia e Ficção : análise do narrador em Extinção - Uma Derrocada, de Thomas Bernhard /

Santos, José Lucas Zaffani dos. January 2015 (has links)
Orientador: Claudia Fernanda de Campos Mauro / Co-orientador: Wilma Patrícia Marzari Dinardo Maas / Banca: Claudia Fernanda de Campos Mauro / Banca: Aparecido Donizete Rossi / Banca: Márcio Scheel / Resumo: Esta dissertação tem como objetivo empreender uma análise da obra Extinção - Uma derrocada (Auslöschung - Ein Zerfall), publicado em 1986, pelo escritor austríaco Thomas Bernhard. O romance, narrado por Franz-Josef Murau, apresenta como situação narrativa o desejo desse personagem de escrever a sua autobiografia, tão logo retorne de Wolfsegg, onde fora participar do enterro de familiares, para Roma, onde vive desde que deixou a família. Entretanto, ao final do romance, após ser anunciada a morte do narrador, esse mesmo texto pode ser lido como a concretização de seu projeto autobiográfico. Desse modo, a presente análise parte da constituição do narrador-protagonista para refletir acerca de sua intenção ao escrever seu relato, o qual tem como tema abordar sua terra natal, Wolfsegg, na Áustria. Este trabalho visa mostrar também o papel da escrita como forma de elaboração do passado traumático vivido pelo narrador ao lado de sua família em Wolfsegg. Uma vez que esse espaço reina absoluto no discurso do narrador, sendo, portanto, o núcleo temático de sua escrita, ele também será analisado para que assim se possa melhor delinear o sujeito que conta a sua história. Devido ao fato de o romance ser dominado pelo campo de visão de um narrador em primeira pessoa, torna-se necessário abordar o modo como esse indivíduo seleciona e ordena os eventos que se põe a narrar, os quais visam a potencializar a imagem que o protagonista quer criar de si mesmo. Nesse romance, as instâncias do narrador e do espaço parecem ser um só e a escrita concebida por Murau deve apresentar a extinção de ambos / Abstract: The present dissertation aims to analyze the book Extinction - a collapse, of the Austrian writer Thomas Bernhard, published in 1986. The novel, related by Franz-Josef Murau, presents as a narrative situation the wish of this character to write his autobiography, as soon as he returns from Wolfsegg - where he attended his relatives' funeral - to Rome, where he lives since he left his family. However, in the end, after being announced the narrator's death, the same text can be read as the embodiment of his autobiographical project. Thus, this analysis starts from the constitution of the narrator-protagonist to reflect about his intention in writing his account, which has as the theme to deal with his homeland, Wolfsegg, in Austria. This research also aims to show the role of writing as a way of elaborating the traumatic past lived by the narrator beside his family, in Wolfsegg. This place reigns in the narrator's speech as absolute and, being the thematic core of his writing, it will also be analyzed to delineate the person who tells his story. It's necessary to discuss how this narrator selects and sorts the events which he describes because the novel is dominated by his view - in first person. These events intend to enhance the image that the protagonist wants to create of himself. In this novel, narrator and space categories seem to be only one and the writing designed by Murau must present the extinction of both / Mestre
7

Nem tudo que reluz é ouro : histórias de jogadores de futebol

Cavalcanti, Everton de Albuquerque January 2017 (has links)
Orientador : Prof. Dr. André Mendes Capraro / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 28/07/2017 / Inclui referências : f. 264-268 / Resumo: Partindo das contribuições de trabalhos de referência nas ciências humanas, compreendemos uma tentativa pouco usual de abordagem do futebol e da carreira futebolística através das fontes orais. Pensando que os trabalhos já existentes promovem uma leitura a partir das fontes oficiais1, entendemos que a oralidade se constitui em uma nova perspectiva de tentar entender as relações estabelecidas a partir da subjetividade dos atletas profissionais, bem como da influência social que sofrem pela estrutura, promovendo um espaço dinâmico onde se notabilizam uma série de questões que abordamos tanto pela perspectiva micro-histórica - a partir das singularidades de cada narrativa - quanto macro-histórica - na concepção de uma memória compartilhada pela coletividade, enfatizando possíveis reincidências que denotem a relevância de determinados temas para essa comunidade. Dessa forma, nosso objetivo geral é analisar e discutir sobre o futebol e a carreira futebolística a partir das fontes orais. Como objetivos específicos pretendemos: refletir acerca da inserção, dificuldades e perspectivas desses indivíduos na carreira; analisar as relações estabelecidas com empresários, técnicos, dirigentes, colegas de profissão, familiares, amigos e mídias; compreender as questões obscuras, tais como o assédio sexual e o preconceito racial sofrido pelos atletas, os problemas na vida pessoal oriundos de uma carreira representativa, os atrasos de salários e outras questões trabalhistas; pensar as ações dos sujeitos que compõem esse meio, partindo das narrativas de atletas e ex-atletas que viveram essa realidade; analisar os discursos, rupturas e silêncios nas narrativas e; refletir sobre o futebol moderno. Embasamo-nos metodologicamente os preceitos da história oral, obedecendo os princípios para a elaboração de uma pesquisa que prevê o diálogo constante entre entrevistador e entrevistado, bem como a elaboração de um roteiro semiestruturado, em que a transcrição foi feita de forma a eliminar os principais vícios de linguagem, havendo retornado aos colaboradores para sua apreciação e posterior utilização nas análises propostas pela temática. As análises se basearam na compreensão das fontes orais a partir da memória individual e coletiva, reiterando que a reflexão das oralidades compreenderam a subjetividade no âmbito dos conteúdos, do contexto e das condições de produção do discurso, ampliando as discussões para o entendimento da representatividade que cada sujeito atribuiu à própria história, perspectivando sentimentos que denotaram memórias positivas e negativas, compreendidas a partir da reinterpretação do passado no presente. Nossa hipótese se confirmou, evidenciando que a carreira do atleta de futebol se notabiliza pela dupla verdade entre subjetividade e estrutura, em que a primeira denota as particularidades inerentes à compreensão de cada sujeito a respeito de sua história e a estrutura influencia socialmente nas decisões subjetivas do indivíduo, além de propor uma discussão acerca do compartilhamento social das memórias, visto que mesmo acontecendo em tempos e espaços distintos, refletem essencialmente a mesma discussão, através de fatos singulares. Palavras-chave: Memória; Oralidade; Subjetividade; Atleta; Narrativa. / Abstract: Starting from the contributions of reference works in the human sciences, we understand an unusual attempt to approach football and soccer career through oral sources. Thinking that the existing works promote a reading from the official sources, we understand that orality is a new perspective of trying to understand the relations established from the subjectivity of the professional athletes, as well as from the social influence that they suffer by the structure, promoting A dynamic space in which a series of issues that we approach both the microhistorical perspective - from the singularities of each narrative - and macro-historical - in the conception of a memory shared by the collective, are emphasized, emphasizing possible recurrences that denote the relevance of certain Themes for this community. In this way, our general objective is to analyze and discuss soccer and soccer career from oral sources. As specific objectives we intend to: reflect on the insertion, difficulties and perspectives of these individuals in the career; Analyze the relations established with businessmen, technicians, managers, colleagues in the profession, family, friends and media; Understand the obscure issues such as sexual harassment and racial prejudice suffered by athletes, problems in personal life from a representative career, wage arrears and other labor issues; To think about the actions of the subjects that compose this medium, starting from the narratives of athletes and ex-athletes who lived this reality; Analyze the discourses, ruptures and silences in the narratives and; Reflect on modern football. We are methodologically based on the precepts of oral history, obeying the principles for the elaboration of a research that foresees the constant dialogue between interviewer and interviewee, as well as the elaboration of a semistructured script, in which the transcription was done in order to eliminate the main Vices of language, having returned to the employees for their appreciation and later use in the analyzes proposed by the thematic. The analyzes were based on the understanding of the oral sources from the individual and collective memory, reiterating that the reflection of the orities understood the subjectivity within the scope of the contents, the context and the conditions of the discourse production, broadening the discussions for the understanding of the representativity that Each subject attributed to the history itself, perspectivating feelings that denoted positive and negative memories, understood from the reinterpretation of the past in the present. Our hypothesis was confirmed, evidencing that the soccer athlete's career is notable for the twofold truth between subjectivity and structure, in which the first one denotes the particularities inherent in each subject's understanding of their history and the structure influences socially in the subjective decisions of the As well as to propose a discussion about the social sharing of memories, since even in different times and spaces, they reflect essentially the same discussion, through singular facts. Keywords: Memory; Orality; Subjectivity; Athlete; Narrative.
8

Verissima et ivcvndissima descriptio..., de Ulrico Schmidl: literatura de viagem ou relato de viagem?

Fioreto, Thissiane [UNESP] 07 December 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-06-07T17:12:30Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-12-07. Added 1 bitstream(s) on 2016-06-07T17:17:15Z : No. of bitstreams: 1 000864898.pdf: 2394405 bytes, checksum: 5e385959b2e1f618d5a2a5a0cba90342 (MD5) / Fruto de pesquisa realizada com metodologia filológica, cuja função é proceder ao estudo da língua com base no texto escrito, este trabalho debate a versão em latim do relato de viagem de Schmidl. Trata-se do registro da experiência que supostamente viveu o soldado bávaro Ulrico Schmidl em viagem à região do Rio da Prata, numa embarcação espanhola comandada pelo adelantado Pedro de Mendoza, para explorar o sul do continente americano, na primeira metade do século XVI. O soldado bávaro passou alguns anos na região e, ao regressar à Europa, registrou o que viveu neste período. Esta narrativa teve sua primeira publicação, em alemão, em 1567. Depois disso, traduzida e publicada em várias outras línguas, a narrativa difundiu-se e tornou-se uma das primeiras e principais fontes de estudos sobre a conquista e povoação europeia da região, suscitando até hoje o interesse de pesquisadores. Após uma investigação da história de transmissão do documento, optou-se pela transcrição, tradução e análise de sua edição de 1599, publicada em latim pela casa impressora da família De Bry, e traduzida do alemão por Gottard Arthus. Assim, o objetivo desta pesquisa é, além de apresentar e divulgar o documento, sobretudo, discutir e comprovar que se trata de um gênero literário, com características peculiares, denominado Relato de Viagem, segundo a proposta teórico-metodológica de Carrizo Rueda, autora que se baseia no formalismo russo e na proposta de definição de gênero literário defendida por Todorov. Acredita-se e demonstra-se, portanto, que o texto de Schmidl possui uma estética literária definida, e não é apenas um documento histórico ou uma literatura de viagem genericamente nomeada / This research was conducted on philological methodology, which proceeds the study of language based on the written text. This work aims to investigate the Latin version of Schidl's travel report. It is a narrative/register about the experience a Bavarian soldier called Ulrico Schimidl had supposedly lived in a Spanish ship, commanded by the adelantado Pedro de Mendonza, to Rio da Prata area in order to explore the Southern American continent, in the XVI Century. The Bavarian soldier would have lived some years in the region and, after returning to Europe, he would have registered what he had lived during that time. This narrative would have had its first publication, in German, in 1567. After that, the narrative had been translated and published in several languages, and it would have spread and had become one of the first and most important sources for the study of the European conquer and colonization of the region, and it has been calling the attention of researchers up to the present day. After investigating the transmission history of the document, this research selected a transcription, translation and analysis of the 1599 edition of the document, published in Latin by the De Bry's family printing house and translated from the German by Gottard Arthus. Therefore, the objective of this research is to discuss and to prove that the text can be defined as a literary genre, with its own peculiar characteristics, called Travel Narrative, according to the definition of literary genre defended by Todorov and the Russian Formalism, and also by Carrizo Rueda's theoretic and methodological view, the lattest used as a reference to this paper. It is assumed that Schimidl's text has a defined literary aesthetics, what proves that it is neither a historic document nor a kind of generically denominated travel literature
9

Mulheres em situação de violência sexual: redes de atenção e relatos da experiência sofrida / Women in situation of sexual violence: care networks and reports of experience suffered

Cara, Anderson Tiago de [UNESP] 08 April 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-08-20T17:10:08Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-04-08. Added 1 bitstream(s) on 2015-08-20T17:27:00Z : No. of bitstreams: 1 000841558.pdf: 1613021 bytes, checksum: 2657f7db84089237e0337ff1c40ba7c0 (MD5) / Trata-se de estudo que, em sua primeira etapa, utiliza o método documental-quantitativo e visa verificar, a partir da consulta de dados da Vigilância Epidemológica obtidosdo banco de dados do Sistema de Informação e Agravos de Notificação (SINAN) no período de 2009-2012, os índices de casos de mulheres em situação de violência notificados em Bauru/SP. Foram coletadas informações gerais referentes aos registros notificados no SINAN, identificando a tipologia da violência, os dados sociodemográficos, as consequências para a vítima e os encaminhamentos ralizados para órgãos de atendimento, apenas das mulheres com idade igual ou superior a 18 anos. Os dados foram organizados, codificados e submetidos ao teste Estatístico Binomial. Na segunda etapa, realizam-se entrevistas com mulheres em situação de violência sexual visando investigar as vivências de quatro participantes referentes á violência sexual sofrida. Esta amostra foi obtida por meio de consulta aos prontuários do Centro de Referência e Atendimento da Mulher em Situação de Violência (CRAMSV), tendo sido identificados vinte e oito casos, os quais, submetidos aos critérios e elegibilidade do estudo, resultaram em sete casos e destes, quatro casos que puderam participar. As entrevistas foram realizadas individualmente, após convite e procedimentos éticos, utilizando-se o método de Bardin (1977) para a análise de conteúdo das entrevistas. Os resultados indicaram predominância de violência física, (60,89%), seguida de violência sexual (21,14%), sendo que a maioria das mulheres tinha idade superior a 18 anos, baixo nível de escolaridade, e apenas a minoria dos casos recebeu encaminhamentos adequados para a rede de atendimento municipal. Também se observou a inexistência de mecanismos de seguimento dos casos notificados. Evidenciaram-se importantes deificiências no registro dos dados dos casos notificados, obscurecendo a realidade da situação de... / This is study, in first stage, uses documentary-quantitative method and aims to verify from the Epidemiological Monitoring of data query obtained from the Information System database and Notifiable Deseases (SINAN) from 2009-2012, rates of cases of women in situations of violence reported in Bauru/SP. General information regarding the records were collected notified in SINAN, identifying the type of violence, sociodemographic data, the consequences for the victims and referrals made to service agencies, only women aged over 18 years. Data were organized, coded and submitted to Estatistic Binomial test. In the second stage, carried out case studies in order to investigate the experiences of four participants regarding suffered sexual violence and consequences, as well as their perception of the aspects that contributed to the overrun or not this life event. This sample was obtained through hospital records Reference Service and Woman's Center on Violence Situation (CRAMSV) with thirty-two cases have been identified, which, subject to the eligibility criteria and the study resulted in ten cases and these four cases that could participate. The interviews were conducted individually after a call and ethinical procedures, using the Bardin's method (1977) for the analysis of the interviews. Results indicated predominance of physical violence (60.89%) followed by sexual violence (21.14%) and most women had the age of 18, low level of education and that only a minority of cases received appropriate referrals to the network of municipal service. We also observed the lack of follow-up mechanisms of the reported cases. Showed up significant deficiencies in the data record of the reported cases, obscuring the reality of the situation of violence against women, despite the notification by the SINAN. The conclusion is thus that the episode of sexual violence suffered by participants in this study showed physical and psychosocial consequences
10

Amar é ter uma ética afetiva, é ter esse cuidado com o outro: narrativas sobre amores e lesbianidades / To love is to have na affective ethic, to be careful with the other: narratives about loves and lesbianities

Mezzari, Danielly Christina de [UNESP] 06 March 2017 (has links)
Submitted by DANIELLY CHRISTINA DE SOUZA MEZZARI null (danielly_mezzari@hotmail.com) on 2017-04-19T00:05:16Z No. of bitstreams: 1 Arquivo Final Mestrado.pdf: 1277921 bytes, checksum: b76f1360b08bfa515ea044e01051ae00 (MD5) / Approved for entry into archive by Luiz Galeffi (luizgaleffi@gmail.com) on 2017-04-19T12:37:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 mezzari_dc_me_assis.pdf: 1277921 bytes, checksum: b76f1360b08bfa515ea044e01051ae00 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-19T12:37:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 mezzari_dc_me_assis.pdf: 1277921 bytes, checksum: b76f1360b08bfa515ea044e01051ae00 (MD5) Previous issue date: 2017-03-06 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Este trabalho se propôs a pensar acerca das lesbianidades e dos relacionamentos amorosos entre mulheres. Para lidar com os desafios desta proposta optamos por trabalhar tendo por base os pressupostos tanto da cartografia quanto das produções narrativas. Estas se fundamentam na proposta dos conhecimentos situados, de Haraway, a qual reconceitua o conceito de objetividade ao assegurar a dimensão encarnada e localizada da produção de conhecimento. Conversamos com cinco mulheres lésbicas sobre relacionamentos amorosos e construímos narrativas sobre suas histórias em parceria com cada uma delas de maneira que o texto final foi produto de um encontro de afetos e estilos. Acreditamos que cada narrativa conjunta evoca uma rede de relações e não a história ou a experiência de uma pessoa somente. Procuramos problematizar a invisibilidade das produções teóricas lésbicas mesmo dentro dos feminismos e também o conceito de amor romântico e suas intersecções com os marcadores sociais. / This paper sets out to think about lesbianities and love relationships between women. In order to deal with the challenges of this proposal, we have chosen to work on the presuppositions of both cartography and narrative productions. Narrative productions are based on Haraway’s proposed knowledge, which reconcepts the concept of objectivity by ensuring the embodied and localized dimension of the production of knowledge. We talked to five lesbian women about love relationships and built narratives about her stories in partnership with each other so that the final text was the product of a meeting of affections and styles. We believe that each narrative evokes a network of relationships and not a person’s history or experience. We try to problematize the invisibility of theoretical lesbian productions even within feminisms and also the concept of romantic love and its intersections with social markers. / FAPESP: 2014/26841-4

Page generated in 0.0722 seconds