• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 241
  • 10
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 6
  • 6
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 266
  • 266
  • 78
  • 51
  • 50
  • 39
  • 30
  • 28
  • 27
  • 24
  • 19
  • 19
  • 19
  • 19
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Corpo, fenômeno e manifestação : performance

Paludo, Luciana January 2006 (has links)
Corpo, Fenômeno e Manifestação: Performance é uma pesquisa em Poéticas Visuais onde convergem questões de um processo artístico de performance, respaldado por uma prática intensa na dança, experimentações, apresentações, leituras filosóficas e reflexões. Dessa confluência de fatores originou-se a produção textual que investiga e traz à tona as questões do corpo enquanto fenômeno e manifestação na arte da performance. As performances feitas, no decorrer do processo de pesquisa, bem como a observação de performances de outros artistas e estudos sobre teorias da arte, propiciaram o embasamento para a escrita. Puderam ser observados procedimentos operatórios similares, que me levaram a diferentes configurações, em distintas circunstâncias. Por exemplo, a toda performance apresentada foi fundamental o trabalho perceptivo corporal envolvendo todas as articulações de meu corpo, bem como sua musculatura; nesse sentido podia me assegurar que um ser sensível e responsivo surgisse para a atuação, que estivesse ali – o ser -, em pleno domínio de seu estado de presença. A tal procedimento deu-se o nome de corpo percepcionado. A preparação do ambiente, onde a ação performática seria realizada, isto é, o ambiente que receberia o meu corpo, também passou a fazer parte de um regramento para atuar. A esse procedimento chamei espaço preparado. Ao espaço preparado se trouxe a luz, elemento que passou a gerar influência sobre minha poética e sobre a estética que se fazia surgir. O corpo vivo, na performance, é elemento plástico; sua presença interfere no espaço. Percebi que a luz intensificava o lugar do espaço e o lugar do corpo que se pretendia em evidência; era um desencadeador perceptivo. Uma via dupla se estabelecia, entre a ação do corpo e o olho do receptor, através dos recortes de luz no espaço e no corpo, durante as ações realizadas. O corpo, no que lhe cabia, operava o procedimento de reunir as informações colhidas e os elementos trazidos, a cada performance realizada. Nessa questão se estabeleceu a proposta de uma dialética entre corpo e espaço; enquanto isso, no corpo, sínteses se pronunciavam e determinavam a configuração apresentada. Cheguei à conclusão que é justamente assim – em plena percepção de suas possibilidades de ação sensorial e motora, e na preparação e apropriação do ambiente imediato que o circunda - que meu corpo, em sua temporalidade, assume o espaço e, juntamente com suas memórias – e grande parcela de intencionalidade – configura uma aparência. Mais do que na aparência, centra-se o objeto do presente estudo na questão do fenômeno; do que permite o corpo fenomenal engendrar uma manifestação. Palavras-chave: percepção, corpo, espaço, ação, configuração, performance.
2

Expertise na clarineta : possibilidades de construção da performance musical de “alto nível”

Alves, Anderson César 28 August 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, 2013. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2013-11-22T20:08:35Z No. of bitstreams: 1 2013_AndersonCesarAlves.pdf: 650596 bytes, checksum: 4961d5ab968cd69d307a12e56ba8f18f (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-11-25T11:28:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AndersonCesarAlves.pdf: 650596 bytes, checksum: 4961d5ab968cd69d307a12e56ba8f18f (MD5) / Made available in DSpace on 2013-11-25T11:28:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AndersonCesarAlves.pdf: 650596 bytes, checksum: 4961d5ab968cd69d307a12e56ba8f18f (MD5) / Esta pesquisa de caráter qualitativo exploratório objetivou investigar a construção da expertise entre clarinetistas brasileiros. Teve como objetivos investigar os fatores determinantes para a construção da expertise na performance dos participantes, analisando as estratégias de gerenciamento, manutenção e regulação de suas performances. A revisão de literatura considerou quatro eixos de análise: 1) motivação, 2) autorregulação, 3) metacognição e 4) prática deliberada. Como estratégia metodológica utilizou-se a entrevista semiestruturada a partir das quais foram entrevistados quatro clarinetistas experts de orquestras sinfônicas brasileiras. Os resultados indicam que a performance expert pode ser construída por meio do refinamento dos processos cognitivos envolvidos na preparação da própria performance. As análises fora realizadas a partir do diálogo entre as falas dos participantes e a literatura que indicou estratégias específicas dos clarinetistas na construção da sua expertise musical. A performance de alto nível pode ser construída a partir de estratégias metacognitivas autorreguladas de preparação, sendo a motivação considerada um elemento fundamental para sustentar o estudo efetivo a longo prazo e auxiliar na construção da expertise na clarineta. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT / This qualitative exploratory research investigates the process of developing music expertise among Brazilian clarinet players. It look at the determinant factors for the construction of the expertise like strategies management and maintenance of quality music performances. The literature indicates four areas of analysis: 1) motivation , 2) self-regulation, 3) metacognition, and 4) deliberated practice. The data was collected through semi-structured interviews with four professional clarinet players that work in major symphony orchestras in Brazil. The results indicate that expert performance could be constructed by refinement of individual strategies during the process of performance readiness. The analysis was realized based on the dialogue between the subjects’ ideas and the music cognition literature. It is possible to observe that Brazilian clarinetists developed a series of strategies to achieve musical expertise.
3

A presença do texto literário na arte da performance

Quites, Aline Porto January 2003 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura. / Made available in DSpace on 2012-10-20T17:56:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 230253.pdf: 14686206 bytes, checksum: 137482285d1b8a540d5332603c38b834 (MD5) / Com o intuito de se entender melhor o que acontece com um texto poético ao ser recriado na performance artística, avaliou-se, em pesquisa de campo, a produção do grupo Corpo de Letra. Este executa experimentos performáticos a partir de textos literários. O grupo foi acompanhado durante os anos de 2004 e 2005, período em que foram observados seu processo de criação e sua recepção. Para isso foi desenvolvido um diário de campo, que, juntamente com algumas fotos e vídeos, registrou todos os encontros. Observou-se que não raras vezes uma performance gera outra performance, uma cena gera outra cena. Sempre fica aberta a possibilidade de continuidade. Sua recepção depende em parte da intencionalidade dos autores, parte da linguagem e parte da bagagem cultural de cada leitor. A audiência se torna co-autora da performance, criando significados que não se encontrariam fechados dentro do texto. A leitura não é mais diretamente do texto de origem e sim da performance. A performance é uma forma de leitura, formada por um conjunto de leituras.
4

Maria Bethânia, corpo e voz em cena

Gouveia, Sylvia Cristina Toledo January 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2012 / Made available in DSpace on 2013-06-25T18:46:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 313102.pdf: 1045303 bytes, checksum: 0e6281ca61a90e722749f7146459f93e (MD5) / Em fevereiro de 1965, sobre o palco do show Opinião, ganhava espaço no cenário artístico nacional Maria Bethânia Telles Vianna Veloso. O espetáculo, que tivera estreia em dezembro do ano anterior, tinha em seu elenco João do Vale, Zé Keti e Nara Leão, depois substituída por Bethânia. Até então desconhecida no eixo Rio-São Paulo, a artista consagrou o ato inaugural de sua carreira aos dezessete anos com a interpretação de Carcará naquela que viria a ser considerada a primeira manifestação de protesto após a instauração do regime militar. A canção, que já fazia parte do roteiro e que era antes interpretada por Nara, ganhou o status de música engajada com a força dramática da interpretação de Bethânia, fazendo-a, à época, um símbolo de resistência ao golpe. A assinatura conferida pela artista à música fez nascer, ao mesmo tempo, o Carcará de Maria Bethânia e a Maria Bethânia de Carcará, por intermédio de um elemento apto a trazer à tona uma instância semântica que o texto escrito oculta, gerando a resignificação da obra. Reside no âmbito da performance a capacidade de grafar pela voz e pelo corpo o registro de uma sintaxe expressiva que extrapola os limites da escritura. O presente trabalho objetiva analisar a cena poética de Maria Bethânia em Carcará à luz dos elementos que compõem o ato performático e da conjuntura na qual ele foi executado. A apreensão dos signos contidos nessa dimensão permite trazer para a esfera da Literatura aquilo que, embora não esteja contido no texto escrito, faz parte do caráter literário da obra e se inscreve na seara da performance.<br> / Abstract : In February 1965, on the stage of the Opinião spectacle, Maria Bethania Vianna Telles Veloso appeared in the national art scene. The show, which had debut in December of last year, had in its cast João do Vale, Zé Keti e Nara Leão, replaced by Bethania. Until then unknown in the Rio-Sao Paulo axis, the artist has made the inaugural act of his career at seventeen years with the interpretation of Carcará in what would be considered the first protest's manifestation after the military rule establishment. The song, which was part of the script and before that was interpreted by Nara, gained the status of music engaged with the dramatic power of Bethania's interpretation and do the artist at the time a symbol of resistance to the coup. The signature given by the artist to the music created at the same time the Maria Bethania's Carcará and the Carcará's Maria Bethânia, through an element able to bring up an instance semantics hidden in the writing text, creating a reinterpretation of the work. The ability to spell by the voice and the body the register about an expressive syntax that goes beyond the scripture limits is in the performance. This work aims to analyze the Maria Bethania performance in Carcará by the elements of this complex action and the situation in which it was executed. The seizure of the signs contained in this dimension allows to bring into the sphere of the Literature that which, although not contained in the written text, is part of the literary character of the work and register itself on the performance.
5

Produção artística : convergências, iterações sinergéticas e semiosessincrometabólicas

Piedade, Frederyck Sidou 25 November 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Artes, 2016. / Submitted by Camila Duarte (camiladias@bce.unb.br) on 2017-01-30T17:03:32Z No. of bitstreams: 1 2016_FrederyckSidouPiedade.pdf: 7383279 bytes, checksum: 623334b406d1225ef12e35990cd2db0d (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2017-02-15T17:50:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_FrederyckSidouPiedade.pdf: 7383279 bytes, checksum: 623334b406d1225ef12e35990cd2db0d (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-15T17:50:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_FrederyckSidouPiedade.pdf: 7383279 bytes, checksum: 623334b406d1225ef12e35990cd2db0d (MD5) / O desejo de jogar com os signos provenientes de diferentes registros e sob a forma de múltiplas inscrições leva ao transbordo dos ‘sea-changes’ - mudanças radicais - da linguagem quando os termos per-vertidos vertem seus sentidos na consistência fluídica do litoral da palavra desliteralizada. Assim litoralizado, o sentido do termo tornado fluido é ampliado pela fusão dos grãos que se agregam e gramatizamlitoraneamente a conformação de topografias textuais deslocantes em morfologias literais de dunas, naves, bicicletas, anéis e outros atravessadores que portam marcações biográficas e ficcionais na contextura narrativa sob(re)acontecimentos de ‘arte’. Ressignificados pela (re)composição dos seus traços e suplementados pelo olhar semioticodesconstrutivo-performativorelacional que conduz o enredo dos acontecimentos narrados, pretende-se alargar ao máximo seu(s) campo(s) de articulação em torno da produção artística e sob o ponto de vista das noções de continuidade e disseminação. Nesse exercício, elabora-se até os limites inteligíveis, a interação dos participantes humanos, inumanos e processuais, mas sobretudo semióticos e performativos que empreendem o alargamento dos campos conceituais e experienciais abordados ao produzir diferenças pelo(s) disparate(s) da analogização. Busca-se assim agenciar entes filosófico-literários, representados por alguns conceitos, ideias e noções recrutados de campos tais como a Fenomenologia Semiótica, a Desconstrução, a Estética Relacional e os estudos sobre a Performance, aos quais são interpostos ‘outros’ subsidiários, todos protagonizados pelos respectivos autores de maior relevância. No caso, esses termos comparecem nas narrativas sobre acontecimentos de ‘arte’ compreendidos desde 1995 na produção autoral do propositor da tese e cuja abordagem produz efeitos nas formas de escrituração do texto e nas circunstâncias extratextuais correlatas. Nessas continuidades, nas quais alargamentos de sentido acontecem pela produção da analogia formulada em objetos artísticos-narrações, o principal agenciador do jogo é o Termo per-formativo. Propõe-se então que a performance seja percebida enquanto força das conexões dinâmicas reativas que produzem transmutações nas quais entes ▼ e ▼▼ interagem e (per)formam coisas pertencentes a uma classe outra ou ▼▼▼, que difere tanto de ▼ como de ▼▼, efetivando a (re)atividade no contínuo da ação. Visto como reator de força, a performance produz a diferença pela analogização de termos localizados em domínios díspares e simultaneamente absorve o incidente, indo além das categorizações da arte e da linguagem ao desviar-se organicamente de quaisquer intenções normativas. A (re)atividade performativa abriga na mesma tessitura a paisagem, o metabolismo e as repercussões ético-políticas que envolvem humanos e inumanos em semiosessincrometabólicas, neologismo que propõe a sinergia entre termos, ações e atitudes que disseminam diferença e alteridade despreocupados com eventuais ‘infelicities’ ☺ / The wish of playing with signs coming from different recording systems and from under multiple ways of writing leads to the overflow of ‘sea-changes’, which are language radical changes caused by altered terms of which meanings consist of the use of non- literal words. Thus, when the meaning of the term is made clear, it is magnified by the fusion of parts which come together and openly make grammar rules with similar moving text layouts on literal morphology of sand banks, ships, bikes, rings and other crossing events which carry biography and fictional marks in narrative context either under or on “art” (re)happenings. Gaining new meanings through their traits (re)composition and supplemented by a relational performative deconstructive and semiotic point of view that guides the narrated facts’ plot, it intends to extend its work field the most as possible both over artistic work and under the idea of continuity and dissemination point of view. In this study, the interaction of the human, the non-human and the process is created by reaching an intelligible but, overall, semiotic and performative level that undertakes the extension of the approached concept and experience fields when making differences through nonsense talks of comparison. For so, philosophers of literature are sought – the ones represented by some concepts, ideas and notions; recruited from fields such as Semiotic Phenomenology, Deconstruction, Relative Esthetics and studies on performance , on which “other” subsidiaries are inserted - all played by the most relevant authors. In here, these terms have been appearing in the narratives about “art” since 1995 in the designer’s authorial production of the thesis whose approach affects the ways of text writing and of co-reported extra textual circumstances. On such continuities, on which meaning widening happens by the production of analogies formulated on artistic-narration objects, the most important player of the game is the per-formative Term. It is then proposed that performance is realized as power of reactive dynamic connections that produce changes on which individuals ▼ and ▼ ▼ interact and per-form things belonging to another category or ▼ ▼ ▼ which differs either as from ▼ or as from ▼ ▼ , making the (re)activity in the continuing of the action effective. Seen as a power reactor, performance produces difference by comparing terms in different fields and simultaneously absorbs the incident going beyond categorizations of art and language as it organically goes astray from any normative intentions. Performative (re)activity holds in the same range the landscape, the metabolism, and ethical and political repercussion that involve humans, non-humans in semiotic synchro-metabolic areas, a neologism that proposes synergy between terms, actions and attitudes that spread difference and modification unworried about any unintended “infelicities” ☺.
6

Corpo, fenômeno e manifestação : performance

Paludo, Luciana January 2006 (has links)
Corpo, Fenômeno e Manifestação: Performance é uma pesquisa em Poéticas Visuais onde convergem questões de um processo artístico de performance, respaldado por uma prática intensa na dança, experimentações, apresentações, leituras filosóficas e reflexões. Dessa confluência de fatores originou-se a produção textual que investiga e traz à tona as questões do corpo enquanto fenômeno e manifestação na arte da performance. As performances feitas, no decorrer do processo de pesquisa, bem como a observação de performances de outros artistas e estudos sobre teorias da arte, propiciaram o embasamento para a escrita. Puderam ser observados procedimentos operatórios similares, que me levaram a diferentes configurações, em distintas circunstâncias. Por exemplo, a toda performance apresentada foi fundamental o trabalho perceptivo corporal envolvendo todas as articulações de meu corpo, bem como sua musculatura; nesse sentido podia me assegurar que um ser sensível e responsivo surgisse para a atuação, que estivesse ali – o ser -, em pleno domínio de seu estado de presença. A tal procedimento deu-se o nome de corpo percepcionado. A preparação do ambiente, onde a ação performática seria realizada, isto é, o ambiente que receberia o meu corpo, também passou a fazer parte de um regramento para atuar. A esse procedimento chamei espaço preparado. Ao espaço preparado se trouxe a luz, elemento que passou a gerar influência sobre minha poética e sobre a estética que se fazia surgir. O corpo vivo, na performance, é elemento plástico; sua presença interfere no espaço. Percebi que a luz intensificava o lugar do espaço e o lugar do corpo que se pretendia em evidência; era um desencadeador perceptivo. Uma via dupla se estabelecia, entre a ação do corpo e o olho do receptor, através dos recortes de luz no espaço e no corpo, durante as ações realizadas. O corpo, no que lhe cabia, operava o procedimento de reunir as informações colhidas e os elementos trazidos, a cada performance realizada. Nessa questão se estabeleceu a proposta de uma dialética entre corpo e espaço; enquanto isso, no corpo, sínteses se pronunciavam e determinavam a configuração apresentada. Cheguei à conclusão que é justamente assim – em plena percepção de suas possibilidades de ação sensorial e motora, e na preparação e apropriação do ambiente imediato que o circunda - que meu corpo, em sua temporalidade, assume o espaço e, juntamente com suas memórias – e grande parcela de intencionalidade – configura uma aparência. Mais do que na aparência, centra-se o objeto do presente estudo na questão do fenômeno; do que permite o corpo fenomenal engendrar uma manifestação. Palavras-chave: percepção, corpo, espaço, ação, configuração, performance.
7

Abrigo da memoria

Moyses, Elizabeth de Melo Camargo 03 August 2018 (has links)
Orientador : Maria Lucia Bueno / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes / Made available in DSpace on 2018-08-03T23:23:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moyses_ElizabethdeMeloCamargo_M.pdf: 3576281 bytes, checksum: 58dcaa6121f08d031950908a79e5cb59 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: O ponto de partida desta dissertação foi uma pesquisa que realizei sobre a violência contra as mulheres, tendo como principal espaço a delegacia da mulher em São Paulo. O objetivo foi apontar a necessidade que tenho como artista em utilizar minha produção poética como uma forma de reflexão de temas e problemas da vida social, transformando o nosso cotidiano em obra de arte. Todo o material obtido advém de um levantamento histórico, de minha vivência como artista e principalmente do projeto que denominei ¿Mulheres Divididas¿, onde colhi depoimentos de várias mulheres que sofreram alguma espécie de violência doméstica, durante um período em que freqüentei uma das unidades da Delegacia da Mulher, localizada na Zona Leste, periferia da cidade de São Paulo, onde nasci e resido. A base histórica por mim pesquisada, tem como principal destaque a sociedade familiar fundamentada no poder patriarcal. Vários episódios, em diferentes épocas, exemplificam a condição da mulher sempre vitimada pelo abuso do poder masculino. Em menor ou maior graus, depoimentos e registros analisados demonstram que mulheres, de todas as camadas sociais e sob diferentes culturas ou religiões, estão igualmente sujeitas à condição de dominadas e oprimidas pelo homem. Isto mesmo até nestes dias em que vivemos. Toda a minha produção artística vem se configurando dentro dessa proposta. Procuro transformar esse cotidiano, que não deixa de ser o de todos nós, em obras de arte.¿ objetos, instalações, fotos, performances e desenhos ¿ E, como resultado, se tornou de maneira inevitável, uma forma de denúncia contra a violência, às vezes até velada , que acontece às mulheres no ambiente doméstico. Revela que as regras, nas diversas formas de casamento no mundo e através do tempo, só serviram para subjugar ainda mais as mulheres, submetidas ao poder que o patriarcado atribui ao homem, conduzindo em casos extremos à violência doméstica. O título desta dissertação ¿ ¿Abrigo da memória¿ ¿ provém da tentativa de reproduzir essa consciência da condição feminina na prática que nós mulheres desenvolvemos de armazenar lembranças no decorrer da vida, associando-as a determinados objetos, que passam a funcionar como elementos desencadeadores da memória afetiva. O objeto de principal destaque em todo o meu projeto artístico é o vestido de noiva. Ele assinala o marco da mudança na vida da mulher que é o casamento. Desde os anos 90 tenho utilizado vestidos de noiva como tema e matéria-prima de minha obra. São todos vestidos usados, que carregam a memória do afeto retido no traje do dia do casamento. Através de meu trabalho procuro evocar este sentimento, confrontando o amor que ficou impregnado na roupa com a realidade vivida pelas mulheres em nossa ainda sociedade patriarcal. A experiência na Delegacia da Mulher, testemunhando a violência vivida por um grande número de mulheres que sofrem abusos e agressões da parte de seus companheiros, foi um subsídio fundamental para a concretização de meu projeto como artista e foi durante essas minhas visitas que produzi a seqüência de desenhos que apresento no corpo desta dissertação. Como conclusão, mostro o conjunto de minha obra, traduzindo a necessidade de reformular conceitos através da arte, sempre comprometida com a sociedade na medida em que me aproximo e me vinculo às questões sobre a luta feminina contra a violência doméstica / Abstract: The starting point of the current dissertation was a survey that I conducted, mainly about registered crimes against women at one the São Paulo's women's police station arena. The ultimate objective is to draw attention to the habitual and genuine needs that we as contemporary artists deal with, in terms of utilizing our poetic production as a reflective construct of the social motif and predicaments; in other words, the transformation of our quotidian into a piece of art. All the obtained material originated from a myriad of authentic sources such as: an accurate and historical survey, my experience as an artist, and mainly from a project, named ¿Women in Conflict¿ (¿Mulheres Divididas¿), carried throughout a certain period of time at one of the women's police station units in my hometown Sâo Paulo's outskirts, and that reflects many collected testimonies given by women who fall prey to any sort of violence. The historical surveyed base has as its cornerstone the patriarchal family society anchored by the patriarchal power. Several episodes, at different times, have been illustrating the victimization of women always perpetrated by the abuse of the masculine power. In a less or high degree, analyzed testimonies and records have demonstrated that women from all social classes, under any culture or religion, are equally subjected to a dominating and opressing condition imposed by men. And this has been happening ever! All my artistic production fits into all that proposal. I have been always looking forward to transform our common daily lives into pieces of art such as: objects, facilities, photos, performances and drawings. And as a major consequence, it has become inevitably a denouncing form against violence, occasionally a veiled one, that victimized women on the issues of domestic violence. Furthermore, it discloses that the rules of all sorts of world marriages throughout time increasingly served to subjugate women and to perpetuate male inherited power given by the patriarchalism, both leading to the extreme cases of domestic violence. The dissertation's title ¿Memory's Shelter¿ is an attempt to reproduce the practical feminine condition consciousness of stocking memories during the life, associating them to certain objects, that start acting as initiating elements of the affective memory. The prominent object of my artistic project is the wedding dress. It is women's most desired ¿milestone¿ called marriage Ever since the 90's I have used wedding dresses as theme and raw material of my work. All the dresses are worn, and carry the memory of the affection retained in the costume on the wedding day. Throughout my work I have tried to evoke this feeling, confronting the love impregnated on clothing with these women's living reality at a patriarchal society. The women's police station experience, witnessing the violence suffered by countless women who have been abused and assaulted by their mates, was a fundamental aid for achieving my project as an artist; also it was during my visits to the institution that I produced the drawing sequel presented within the dissertation. As a conclusion, I show the wholeness of my work, which clearly demonstrates the need for reformulation of concept throughout art, and obviously always engaged with society as long as I take part in the matters tied to the feminine fight against domestic violence / Mestrado / Artes / Mestre em Artes
8

Corpo, fenômeno e manifestação : performance

Paludo, Luciana January 2006 (has links)
Corpo, Fenômeno e Manifestação: Performance é uma pesquisa em Poéticas Visuais onde convergem questões de um processo artístico de performance, respaldado por uma prática intensa na dança, experimentações, apresentações, leituras filosóficas e reflexões. Dessa confluência de fatores originou-se a produção textual que investiga e traz à tona as questões do corpo enquanto fenômeno e manifestação na arte da performance. As performances feitas, no decorrer do processo de pesquisa, bem como a observação de performances de outros artistas e estudos sobre teorias da arte, propiciaram o embasamento para a escrita. Puderam ser observados procedimentos operatórios similares, que me levaram a diferentes configurações, em distintas circunstâncias. Por exemplo, a toda performance apresentada foi fundamental o trabalho perceptivo corporal envolvendo todas as articulações de meu corpo, bem como sua musculatura; nesse sentido podia me assegurar que um ser sensível e responsivo surgisse para a atuação, que estivesse ali – o ser -, em pleno domínio de seu estado de presença. A tal procedimento deu-se o nome de corpo percepcionado. A preparação do ambiente, onde a ação performática seria realizada, isto é, o ambiente que receberia o meu corpo, também passou a fazer parte de um regramento para atuar. A esse procedimento chamei espaço preparado. Ao espaço preparado se trouxe a luz, elemento que passou a gerar influência sobre minha poética e sobre a estética que se fazia surgir. O corpo vivo, na performance, é elemento plástico; sua presença interfere no espaço. Percebi que a luz intensificava o lugar do espaço e o lugar do corpo que se pretendia em evidência; era um desencadeador perceptivo. Uma via dupla se estabelecia, entre a ação do corpo e o olho do receptor, através dos recortes de luz no espaço e no corpo, durante as ações realizadas. O corpo, no que lhe cabia, operava o procedimento de reunir as informações colhidas e os elementos trazidos, a cada performance realizada. Nessa questão se estabeleceu a proposta de uma dialética entre corpo e espaço; enquanto isso, no corpo, sínteses se pronunciavam e determinavam a configuração apresentada. Cheguei à conclusão que é justamente assim – em plena percepção de suas possibilidades de ação sensorial e motora, e na preparação e apropriação do ambiente imediato que o circunda - que meu corpo, em sua temporalidade, assume o espaço e, juntamente com suas memórias – e grande parcela de intencionalidade – configura uma aparência. Mais do que na aparência, centra-se o objeto do presente estudo na questão do fenômeno; do que permite o corpo fenomenal engendrar uma manifestação. Palavras-chave: percepção, corpo, espaço, ação, configuração, performance.
9

Escritura poética como escrita para a arte e suas possibilidades em registro : do caderno ao corpo

Brites, Mariana Ramos Soüb de Seixas 17 March 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-graduação em Arte, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-06-12T16:52:05Z No. of bitstreams: 1 2017_MarianaRamosSoübdeSeixasBrites.pdf: 136368203 bytes, checksum: e7dae7435acdb30079b39000e147d766 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-08-22T17:00:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_MarianaRamosSoübdeSeixasBrites.pdf: 136368203 bytes, checksum: e7dae7435acdb30079b39000e147d766 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-22T17:00:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_MarianaRamosSoübdeSeixasBrites.pdf: 136368203 bytes, checksum: e7dae7435acdb30079b39000e147d766 (MD5) Previous issue date: 2017-08-22 / A presente pesquisa denominada Escritura poética como escrita para a arte e suas possibilidades em performance: do caderno ao corpo, aborda processos criativos autorais e poéticos em performance e seus métodos de registro. Esses processos criativos e autorais são, em sua maioria, realizados em coletivo e na rua: Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos, Coletiva Tete-a-Teta e OBS:cênicos. A palavra escrita é abordada como método poético para o registro em performance, ampliando-o fato além do audiovisual. No desenrolar do texto é possível perceber uma transposição do caderno ao corpo: couro vivo inscrito, cicatrizado de mundo. A construção poética do texto visa possibilitar brechas para que cada leitor(a) tenha uma experiência particular aliada a seu próprio corpo e a construção do mesmo. Assim, poesia e a performance se mesclam a fim de permear o sensível em formas diferenciadas. Escrituras e cicatrizes marcam, produzem diferenças nas vivências e, por conseguinte, no mundo. O registro poético em/de performance é feito como uma nova produção artística, bem como as cicatrizes que compõem as variâncias de um mesmo corpo. A performance é capaz de gerar marcas, materiais ou não, na estrutura da cidade. Essa dissertação é composta por uma rede de apoio bibliográfico que inclui: Audre Lorde, Clarice Lispector, Manoel de Barros, Maria Beatriz de Medeiros, Michel Serres e Roland Barthes. / The present research is called Poetic writings to Art and its possibilities of perfomance: from the notebook to the body, these creative and authentic process is done, mostly as a collective and also on the streets with: Corpos Informáticos, Coletivo Teta a Teta e OBS: Cênicos. The written word approaches a poetical method to register in performance, expanding the fact beyond the audiovisual. By the text conduction its possible to realize the transposal from the notebook writings to the body itself, as a world´s register in the living flesh. The text construction searches to bring possibilities to each reader to have a particular experience together to their bodies and itself. Thus poetry and performance are mixed on the purpose of permeate sensitive in different ways, writings and scars mark and produce differences on wliving and therefore in the world. The poetic register in or of the performances are done with a new artistic production, the scars defines the changeable on the body, the performance can set marks or not in the city´s structure. This master´s dissertation consists of a supportive bibliographic net which includes: Andre Lorde, Clarice Lispector, Manoel de Barros, Maria Beatriz de Medeiros, Michel Serres and Roland Barthes.
10

Téspis cibernético: o ator/atriz na prática da performance capture e as transformações da natureza da atuação / Cyber Thespian: The actor/actress in the practice of performance capture and the transformations of the nature

Pinheiro, Patricia Leandra Barrufi 03 August 2017 (has links)
Submitted by Luiza Kleinubing (luiza.kleinubing@udesc.br) on 2018-03-02T17:09:27Z No. of bitstreams: 1 Patricia Leandra Barrufi Pinheiro.pdf: 7691573 bytes, checksum: 8276af03465d4f4f16478d789c46e27b (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-02T17:09:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Patricia Leandra Barrufi Pinheiro.pdf: 7691573 bytes, checksum: 8276af03465d4f4f16478d789c46e27b (MD5) Previous issue date: 2017-08-03 / Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - FAPESC / This text proposes a reflection on the work of the actor in contemporary times, considering the creative practices that uses the captures of image and performance capture. The study begins with the realization that the profession of actor is now practiced in different environments or media, such as theater, television, cinema, internet, and digital games. The study focuses on the use of Performance Capture, which can be allied to the work of the actor, but at the same time calls into question the nature of this work, as this is an instrument of manipulation by digital technology. Is there a new concept of acting? The actor's work, mediated by Motion Capture or Performance Capture, can be qualified as an interpretation? This thesis aims to reflect on the creative processes related to the technology called Performance Capture and the definition of the concept of specific actor for this medium using concepts of actuation, corporality, virtuality and capture of performance. For this, the notion of expanded field in relation to the performance is used to consider what seems exclusive of the cinematographic productions to the territory of the art, particularly of the performance. Consequently, the thesis explores technical and ethical issues arising from the practice that appropriates the images generated by the expressions, acting and the bodies of the actors. / Este texto propõe uma reflexão sobre o trabalho de ator na contemporaneidade considerando as práticas criativas que utilizam as capturas de imagem e captura de atuação. O estudo parte da constatação de que a profissão de ator é hoje exercida em diferentes ambientes ou mídias, tais como o teatro, a televisão, o cinema, a internet, e jogos digitais. O estudo tem seu foco na utilização da Performance Capture, que pode ser aliada ao trabalho de ator, mas, que ao mesmo tempo coloca em questão a natureza deste trabalho, pois este é um instrumento de manipulação pela tecnologia digital. Existiria então um novo conceito de atuação? O trabalho do ator, mediado pelo Captura de Movimento ou Atuação, pode ser considerado interpretação? Esta tese busca refletir sobre os processos criativos relacionados com a tecnologia denominada Performance Capture e a definição do conceito de ator específico para esse meio, utilizando-se de conceitos de atuação, corporalidade, virtualidade e captura de atuação. Para tanto, utiliza-se a noção de campo expandido em relação à atuação para considerar isso que parece exclusivo das produções cinematográficas ao território da arte, particularmente da atuação. Consequentemente, a tese explana sobre questões técnicas e éticas decorrentes da prática que se apropria das imagens geradas pelas expressões, atuação e dos corpos dos atores.

Page generated in 0.0623 seconds