• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 318
  • 11
  • 11
  • 10
  • 10
  • 8
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 326
  • 139
  • 103
  • 48
  • 46
  • 44
  • 44
  • 43
  • 42
  • 41
  • 39
  • 37
  • 36
  • 34
  • 34
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Leilão dos aeroportos : uma análise da restrição de oferta unitária

Belém, Antônio Ronieel Bezerra 17 May 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-09-17T11:10:41Z No. of bitstreams: 1 2013_AntonioRonieelBezerraBelem.pdf: 393868 bytes, checksum: 54f74912d4044a6f38bb1de5476f8e47 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-09-18T14:42:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AntonioRonieelBezerraBelem.pdf: 393868 bytes, checksum: 54f74912d4044a6f38bb1de5476f8e47 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-18T14:42:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AntonioRonieelBezerraBelem.pdf: 393868 bytes, checksum: 54f74912d4044a6f38bb1de5476f8e47 (MD5) / Em 2012 o Governo Federal realizou a primeira concessão de aeroportos à iniciativa privada. Três aeroportos foram leiloados, os de Brasília, de Guarulhos e de Campinas. Tão interessante quanto a própria privatização dos aeroportos foi o mecanismo adotado para concedê-los, o leilão. O leilão de concessão dos aeroportos teve o objetivo de arrecadar o maior valor possível pelo direito de exploração da infraestrutura aeroportuária e foi modelado com regras complexas. Os três aeroportos foram leiloados simultaneamente e o leilão teve um formato híbrido, iniciando como um leilão selado de 1º preço seguido de um leilão oral ascendente. Dentre as regras do leilão destacou-se e analisou-se a regra que restringiu a alocação dos aeroportos a um por vencedor e que chamamos de Restrição de Oferta Unitária. Mostra-se, assumindo certas hipóteses, que essa regra tende a diminuir a receita esperada do leilão. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / By the year of 2012, the Brazilian federal government carried out the first ever concession of airports to the private sector. Three airports were auctioned, the ones from Brasília, Guarulhos and Campinas. It turns out that the auction mechanism adopted in the process was as interesting as the privatization. The airports concession auction aimed to generate the highest possible income out of the right to explore the airports infrastructure, and it was modeled with some complex rules. The auction for the three airports took place simultaneously and it had a hybrid format, starting with a sealed-bid first price auction followed by an Enghish auction. Among the auction rules, we highlight and analyze the rule that restricted the allocation of airports by one to each winner, which we refer to as the Unitary Offer Constraint. We show, assuming certain assumptions, that such rule tends to reduce the expected revenue of the auction.
12

Transição da linguagem estatal à privada, através da televisão : caso Bandepe

Duguay da Hora Pimenta, Rodrigo January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T16:32:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / O processo de privatização no país, gerou a multiplicação da produção publicitárias em diversos segmentos monopolizados pelo controle estatal. Outros setores, no entanto, tinham empresas de controle estatal e privado competindo antes deste processo. É fácil perceber, por tanto que diversas características da publicidade controlada pelas esferas (estatal e privada) extrapolam a simples a simples evolução da mensagem publicitária na última década do século XX. Neste contexto particularizamos o caso do Banco do Estado de Pernambuco Bandepe que foi o único a ser privatizado e manter a unidade de sua marca mesmo após a venda. Esta manutenção em si já nos sinaliza vitalidade na percepção da importância do ativo marca mesmo num processo de venda de uma instituição pública, o que já mereceria uma discussão. O objetivo deste trabalho é fundamente entender a interdiscursividade nas duas esferas que regem a propaganda do Bandepe nesta década controle estatal e controle privado e a que ponto elas influenciam o discurso final das peças publicitárias em televisão
13

Liberalismo, ensino e privatização : um estudo a partir dos classicos da economia politica

Santana, Luiz Carlos 27 February 1997 (has links)
Orientador: Jose Luiz Sigrist / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-21T23:46:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Santana_LuizCarlos_D.pdf: 17231658 bytes, checksum: 3f606b137c173c62b13a16307e09c7d7 (MD5) Previous issue date: 1996 / Doutorado / Filosofia e História da Educação / Doutor em Educação
14

Os bancos publicos frente ao processo de privatização e internacionalização bancaria no Brasil nos anos 90

Araujo, Elder Linton Alves de 24 April 2001 (has links)
Orientador : Jose Carlos de Souza Braga / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia / Made available in DSpace on 2018-07-28T18:19:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Araujo_ElderLintonAlvesde_M.pdf: 4686394 bytes, checksum: a244fcad8c523bbf1887f539d44633e7 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: Este estudo enfoca a reestruturação dos bancos públicos brasileiros enquanto movimento que se insere em um processo mais amplo, relacionado ao próprio redesenho do Sistema Financeiro Nacional (SFN), devido à abertura econômica, a reinserção do Brasil nos fluxos internacionais de capitais e à estabilização monetária após o Plano Real. Procura-se saber como as mudanças ocorridas no SFN, notadamente quanto à privatização e à internacionalização bancária, estão modificando o papel, espaço e forma de atuação dos bancos públicos. Além da Introdução - que elenca argumentos quanto a presença de bancos públicos na economia -, o texto é composto de três capítulos e as conclusões. No primeiro capítulo, faz-se um diagnóstico da crise dos bancos públicos brasileiros a partir dos anos 80. Busca-se as causas da crise e suas conseqüências sobre os bancos públicos, estaduais e federais. No segundo capítulo, analisa-se o processo de reestruturação dos bancos públicos, estaduais e federais, nos anos 90, frente ao processo de privatização e internacionalização bancária, com ênfase na fase após o Plano Real, tendo em vista também o ajuste dos bancos privados. No terceiro capítulo, esboçam-se perspectivas quanto ao futuro dos bancos públicos na economia brasileira. Parte-se de um breve levantamento de lições de experiências internacionais: conseqüências da privatização e internacionalização bancária em países da América Latina (Argentina, Chile e México); e a presença de bancos públicos em países desenvolvidos (Alemanha). As perspectivas quanto ao novo papel, espaço e forma de atuação dos bancos públicos levam em conta os raios de manobra diante da necessidade de retomada do desenvolvimento, a constituição de um novo padrão de financiamento para a economia brasileira e aspectos da concorrência com bancos privados nacionais e estrangeiros. Faz-se a proposta para atuação integrada dos bancos públicos sob a forma de uma holding, que atuaria como "mega-banco" público. Por fim, elencam-se as conclusões, com uma proposta de agenda para a constituição de novo padrão de financiamento para a economia brasileira e a atuação dos bancos públicos nesse contexto / Abstract: This dissertation analyzes the restructuring of the Brazilian govemment-owned banks (GOBs) within the context of the broad dynamic process related to the redesign of the National Financial System. This process is c1osed related to the economic opening, to the reinsertion of Brazil in the international capital markets and to the monetary stabilization after the Real Plano The study makes an investigation of how the recent changes in the National Financial System - specially in terms of banking privatization and internationalization - is affecting the role, space and organizational structure of the GOBs. The text is composed of an introduction chapter, where arguments are listed about the presence of GOBs in the economy, other three development chapters and the conclusion. In the first chapter, there is a diagnosis of the crisis of the Brazilian GOBs since 1980. There is also an analysis of the causes of the crisis and its consequences to those banks, both in the federal and state level. In the second chapter, there is an investigation of the process of restructuring of both federal and state GOBs, considering the movement towards banking internationalization and privatization, with special emphasis in the period after the Real Plan when private banks also made its adjustments. In the third chapter, there is a discussion over the perspectives for the future of the GOBs in the Brazilian economy. It starts with a brief discussion of the international experiences, such as the consequences of banking privatization and internationalization in selected countries of Latin America - Argentina, Chile and Mexico. The case of the presence of GOBs in developed countries, as in Germany, is also studied. The perspectives for the new role, space and organizational structure of the GOBs consider the possibilities of working taking into account the need of economic recovering, the constitution of a new financing standard to the Brazilian economy and the aspects of the competition with both national and foreign private banks. Still in this chapter, there is a proposal for the way of acting of the GOBs as a holding that will be controlling all those banks. In the conclusion there is a proposal of an agenda to build a new standard of financing to the Brazilian economy and the role of the GOBs in this environment / Mestrado / Mestre em Ciências Econômicas
15

Transição da linguagem estatal à privada através da televisão: caso BANDEPE

Dugay da Hora Pimenta, Rodrigo January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:38:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9558_1.pdf: 2407026 bytes, checksum: 0dea8015ee184546dfc68efbff6e8367 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / O processo de privatização no país, gerou a multiplicação da produção publicitárias em diversos segmentos monopolizados pelo controle estatal. Outros setores, no entanto, tinham empresas de controle estatal e privado competindo antes deste processo. É fácil perceber, por tanto que diversas características da publicidade controlada pelas esferas (estatal e privada) extrapolam a simples a simples evolução da mensagem publicitária na última década do século XX. Neste contexto particularizamos o caso do Banco do Estado de Pernambuco Bandepe que foi o único a ser privatizado e manter a unidade de sua marca mesmo após a venda. Esta manutenção em si já nos sinaliza vitalidade na percepção da importância do ativo marca mesmo num processo de venda de uma instituição pública, o que já mereceria uma discussão. O objetivo deste trabalho é fundamente entender a interdiscursividade nas duas esferas que regem a propaganda do Bandepe nesta década controle estatal e controle privado e a que ponto elas influenciam o discurso final das peças publicitárias em televisão
16

Politica neoliberal e sindicalismo no Brasil

Boito Junior, Armando, 1949- 24 July 2018 (has links)
Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-24T07:50:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 BoitoJunior_Armando_LD.pdf: 8234990 bytes, checksum: aae539de986f9ecb6322428805ed7352 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Tese (livre-docencia) - Univer / Livre-Docente em Ciencia Politica
17

Privatização: teoria e prática: um instrumento do ajuste fiscal e suas limitações para atingir o aumento do bem-estar social

Ferraz, José Cássio Barbosa 16 March 2000 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T20:17:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2000-03-16T00:00:00Z / o objetivo é analisar a privatização. Em primeiro lugar, discute-se teoria e prática da privatização. A seguir, procura-se verificar até que ponto a privatização representa uma alternativa de ajuste fiscal e como a privatízação pode ter seus impactos fiscais incrementados. A escolha do terna justifica-se por três razões. Em primeiro lugar, a privatização é peça chave da política macroeconômica de saneamento financeiro do Estado, desde a criação do Programa Nacional de Desestatização (pND) em 1990. Em segundo lugar, o debate tem se concentrado na tese de que a dificuldade frnanceira do setor público é o principal obstáculo à estabilização econômica do Brasil. Então, se a privatização facilitar a resolução das dificuldades orçamentárias públicas, ela contribuirá para a estabilização econômica. Em terceiro lugar, a privatização pode acarretar vários beneficios sociais e econômicos, tais corno redução de preços, aumento na eficiência, geração de receitas e melhora na tecnologia. A metodologia empregada foi a do levantamento bibliográfico. A dissertação divide-se em nove capítulos. O capítulo 1 trata das forças propulsoras da privatização e dos motivos do crescimento do governo. O capítulo 2 classifica os bens para determinar se a prestação coletiva é necessária ou não para o fornecimento. O capítulo 3 mostra os dez tipos de contratos para se fornecer um serviço. O capítulo 4 discute quando é melhor um serviço ser fornecido por funcionários públicos e quando é melhor ser fornecido por empresas. O capítulo 5 compara os contratos descritos no capítulo 3. O capítulo 6 examina os contratos na prática. O capítulo 7 discute como privatizar. O capítulo 8 trata do impacto fiscal e o capítulo 9 se ocupa da conclusão. A conclusão é que o impacto fiscal intertemporal será positivo se houver melhora no desempenho da empresa. Esta é a única justificativa para a privatização. O aumento na arrecadação tributária só ocorre se a competição for efetiva. Se não, não há evidência empírica em favor da propriedade privada.
18

O Banco Mundial e o documento "Aprendizagem para todos - estratégia 2020 para a educação" : uma análise da indução ao setor privado /

Sampaio, Letícia Biruel. January 2017 (has links)
Orientador: Raquel Fontes Borghi / Banca: Regiane Helena Bertagna / Banca: Teise de Oliveira Guaranha Garcia / Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar o documento do Banco Mundial intitulado "Aprendizagem para todos: estratégia 2020 para a Educação" e a indução à atuação do setor privado na educação. Interessa, para os objetivos do estudo, analisar as propostas de ação do BM para a privatização. O referido documento, divulgado em 2011, apresenta uma "nova estratégia" para a área educacional com propostas de ações para os próximos 10 anos. A nova estratégia prevê três campos de ação, envolvendo: um campo denominado de conhecimento (avaliação da aprendizagem, avaliação de impacto e implantação de sistema de avaliação com ferramentas para avaliação comparativa); outro de apoio técnico e financeiro (sistema de apoio técnico, abordagem multisetorial, financiamento por resultados) e; por fim, um campo denominado parcerias estratégicas (com agências da ONU, doadores da comunidade, setor privado e organizações da sociedade civil). A metodologia utilizada foi a análise documental, tendo como foco da análise a indução ao setor privado, considerando três aspectos centrais das orientações constantes do documento "Aprendizagem para todos: Estratégia 2020 para a educação" do Banco Mundial - educação e desenvolvimento, apoio ao setor privado e o foco nas diretrizes referentes aos sistemas de avaliação. Podemos identificar como resultados, perante a análise desses aspectos citados acima, que o fundamento do documento é que a educação possibilita crescimento econômico e progresso rápido, sendo assim como aponta Santos (2004), esse fundamento sobre a educação reduz o indivíduo apenas a sua capacidade laboral. Outro resultado presente é a forte presença da privatização na maioria das orientações contidas no documento, como a questão de um novo sistema educacional abrangendo todas as oportunidades ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: This research aims to analyze the World Bank Document entitled "Learning for All: Strategy 2020 to education" and the induction of the private sector in the education. Interests for the study objectives, analyze the actions proposals of World Bank to privatization. The said Document, released 2011, presents a "new strategy" to educational area with actions proposals for de next 10 years. The new strategy predict three fields of action, involved: a field denominated learning (assessment of learning, assessment of impact and implementation of assessment system with tools to comparative assessment); other of technical support and financial (system of technical support, multisector approach, financing by results); and finally a field denominated strategy partners (with UN agencies, donors of committee, private sector and civil society organizations). The methodology used was documentary analysis, where the analysis focus is the induction of the private sector, considering three aspects central of the constants guidelines in the Document "Learning for All: Strategy 2020 to education" by the World Bank- education and development, sector private support and the focus on the guidelines for assessment systems. We can identify as results, before analyzing theses aspects mentioned above, we can see that the Document foundation is that education enables economic grows and fast progress, therefore as it points Santos (2004), this foundation about education reduces the individual only to his work capacity. Another present result is the strong presence of privatization in the most of the orientations in the Document, like the question about a new educational system encompassing all the formal and informal of learning, which naturalizes privatization and contributes to strengthening induction to private sector / Mestre
19

O processo de retração das instituições estatais

Sampaio, Alexandre Argolo Messa January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-graduação em Serviço Social / Made available in DSpace on 2012-10-23T17:47:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 258079.pdf: 1497450 bytes, checksum: 348caaef9d6987cdb1f8c4d859e76507 (MD5) / Esta dissertação propõe-se a investigar a paradoxal expansão da instituição estatal Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, em meio a um concomitante processo de retração dos investimentos do Estado em suas instituições. O recorte privilegiado eleito para a investigação foi o período compreendido entre os anos de 1990 e o os dias atuais. Entende-se que foi neste período, posterior à implementação pelo governo federal do programa nacional de desestatização, que houve um aguçamento no processo de retração de investimentos por parte do Estado e simultaneamente um maior investimento da instituição em alternativas que permitissem sua considerável expansão no período. Resgataram-se os mecanismos mais expressivos que possibilitaram a expansão da instituição, como a institucionalização da força de trabalho voluntária e a implantação de fundos municipais de arrecadação, como elementos fundamentais que tanto reafirmam o processo de retração do Estado como também indicam que uma nova institucionalidade se molda na estrutura estatal. Através de pesquisas bibliográficas, documentais e entrevista, buscou-se interpretar e compreender as alternativas adotadas pela instituição para garantir não só sua manutenção e expansão, em função da demanda requerida como também como forma de enfrentamento do crescimento de entidades privadas que usurpam função pública. Constatou-se que está em andamento, processo de terceirização de alguns serviços anteriormente prestados exclusivamente pelo Estado, como a atividade de salva-vidas, bem como um particular processo de precarização da força de trabalho com a assunção do voluntário aos postos de trabalho anteriormente ocupados por trabalhadores amparados tanto previdenciária quanto salarialmente. Enfim, buscou-se desvelar os efeitos das alternativas encontradas de maneira focalizada por uma instituição estatal, ou seja, superar a aparência deste fato, e interpretá-la numa perspectiva da totalidade social.
20

Privatização na indústria de telecomunicações: algumas experiências recentes e lições para o caso brasileiro

Pastoriza, Florinda Antelo 21 December 1995 (has links)
Made available in DSpace on 2008-05-13T13:16:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1995-12-21

Page generated in 0.0532 seconds