• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 11
  • Tagged with
  • 12
  • 12
  • 8
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Temas e teimas: o discurso feminino e feminista de Marina Colasanti

MONTEIRO, M. A. A. 15 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T14:11:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_2931_Maria Aparecida de Araújo Monteiro.pdf: 566436 bytes, checksum: a70c0b0f4f74716599dd2a26a9f19ade (MD5) Previous issue date: 2009-01-15 / Apresenta a leitura da construção da identidade feminina na escrita de Marina Colasanti. Desta autora analisa-se a articulação da escrita, em diferentes gêneros textuais, para a construção de uma voz feminina que busca seu lugar no texto e na história. Propõe um olhar sobre o feminismo e a influência desse movimento social na literatura de uma maneira geral, e na produção de Marina Colasanti, mais especificamente. Procura analisar como se deu, na escrita dessa autora, o enfraquecimento do feminismo e sua gradual substituição pelas questões de gênero. Palavras-chave: Feminismo; questões de gênero; conto; ensaio.
2

Educação sexual nas escolas: marcas e concepções culturais

Konrath, Véra Lucia 20 December 2012 (has links)
Submitted by Ana Paula Lisboa Monteiro (monteiro@univates.br) on 2013-03-04T19:32:45Z No. of bitstreams: 3 VeraKonrath.pdf: 1906216 bytes, checksum: a02c747b7d02f35bb24c0fcb49306861 (MD5) license_text: 20325 bytes, checksum: 7f65f081b58f597b3958851884aaa4b1 (MD5) license_rdf: 22392 bytes, checksum: da4b2e8e72d470a5e1afe4c26352b4ac (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Paula Lisboa Monteiro (monteiro@univates.br) on 2013-03-04T20:13:32Z (GMT) No. of bitstreams: 3 VeraKonrath.pdf: 1906216 bytes, checksum: a02c747b7d02f35bb24c0fcb49306861 (MD5) license_text: 20325 bytes, checksum: 7f65f081b58f597b3958851884aaa4b1 (MD5) license_rdf: 22392 bytes, checksum: da4b2e8e72d470a5e1afe4c26352b4ac (MD5) / Made available in DSpace on 2013-03-04T20:13:32Z (GMT). No. of bitstreams: 3 VeraKonrath.pdf: 1906216 bytes, checksum: a02c747b7d02f35bb24c0fcb49306861 (MD5) license_text: 20325 bytes, checksum: 7f65f081b58f597b3958851884aaa4b1 (MD5) license_rdf: 22392 bytes, checksum: da4b2e8e72d470a5e1afe4c26352b4ac (MD5) / As marcas culturais, presentes na vivência da sexualidade, registram condicionantes históricos, étnicos e religiosos que têm influenciado os processos educativos desenvolvidos em escolas. Esses processos de formação da criança, do adolescente e do jovem podem ser geradores de concepções impregnadas de preconceitos e tabus que interferem nas relações humanas. Com o objetivo de investigar e refletir sobre aspectos da Educação Sexual na formação do indivíduo, o estudo detalhado, nesta dissertação, buscou, por meio de uma proposta de Ensino, construir conhecimentos, partindo da investigação de concepções e de marcas culturais presentes nos discursos que subjetivam os sujeitos. Procurou-se compreender como alunos adolescentes, matriculados em uma turma de oitava série do Ensino Fundamental de uma escola Estadual do Vale do Taquari, expressam seus pensamentos e sentimentos em relação à sexualidade a partir de uma proposta de pesquisa e debate sobre o tema. A coleta de dados e informações apoiou- se numa linha participativa e construtivista com produção de relatórios, memoriais de aula, elaboração de textos, entrevistas e relatos orais. A análise das informações foi realizada à luz da Análise Textual Discursiva. Os resultados revelaram a necessidade que os alunos têm de falar sobre sexualidade, fato que levou à realização de estudos mais aprofundados sobre a sexualidade na formação de professores. As investigações evidenciaram a importância da presença do assunto nas discussões contemporâneas, uma vez que o desenvolvimento de uma proposta de ensino investigativa permite emergir concepções e preconceitos que podem ser submetidos à intervenção do professor no sentido de tornar mais autêntica a vivência de sua sexualidade.
3

(Des)identificações femininas no mosaico de Nélida Piñon / A mosaic of feminine identifications/representations in Nélida Piñon’s work

Oliveira, Dileane Fagundes de 21 February 2017 (has links)
In this work we propose to build a mosaic of feminine characters in some short stories by Nelida Piñon to understand their representation. In so doing, the following narratives were selected : ‘I Love My Husband’, published in O Cortejo do Divino e outros contos escolhidos ( 2007); ‘Colheita’, in Sala de Armas (1997); ‘Aventura de Saber’, ‘Breve flor’ and ‘Os Selvagens da Terra, published in O Tempo das Frutas (1997) and ‘A Camisa do Marido’, found in the book that receives the same title (2014). The analysis attempts to reveal certain aspects related to the patriarchal cultural system of values, specially those about gender relationship, historical and social practices that have interfered in those relations along the centuries. We tried to understand the way Piñon’s subversive writing contributes to deconstruct and denaturalize discourses and practices that, by indulging with Patriarchy, have legitimized both the hierarchical and dualist power relations between the masculine and the feminine genders and the regulations of social roles. As regards the historical, feminine trajectory, the theoretical foundation provided by Simone de Beauvoir, Céli Regina Jardim Pinto, Constância Lima Duarte, Heloísa Buarque de Hollanda, Nelly Novaes Coelho among others, was of high relevance to this research. To reflect upon questions of gender and feminist developments, we resorted to the concepts by Joan Scott, Judith Butler and Teresa de Lauretis that helped to sediment the analysis of the stories. In order to emphasize certain aesthetic aspects related to Piñon’s writing, we researched the studies by Lucia Osana Zolin and Nomi Hoki Moniz, as well as the writer’s own considerations about her work. Along this study, we observed the author’s compromise with a feminine literature: her texts preserve a recurrent dialogue with some of the discussions led by the feminist segments as they attempt to unfold the traditional and stereotyped mechanisms about women through a discourse that is ironic, inquisitive and defiant. Such an investigation allows us to verify the way the author constructs a remarkable variety of female protagonists whose profiles keep a distance - in a higher or lower degree - from the traditional woman portrayal. / Nesta dissertação, propusemo-nos a compor um mosaico de personagens femininas presentes em narrativas curtas de Nélida Piñon, para procurar entender como as relações de gênero, práticas sociais e históricas interferem nessas representações em: “I love my husband”, publicado no livro O cortejo do divino e outros contos escolhidos (2007), “Colheita”, presente no livro Sala de armas (1997), “Aventura de Saber”, “Breve flor” e “Os selvagens da terra”, publicados no livro O tempo das frutas (1997) e “A camisa do marido” presente no livro homônimo publicado em 2014. Assim, objetivamos compreender como a escrita de Nélida contribui para a desnaturalização e desconstrução de práticas e discursos que legitimam as relações hierárquicas e dualistas de gênero e a normatização de papéis sociais. Na fundamentação do resgate histórico da trajetória do feminino utilizamos reflexões de intelectuais como Simone de Beauvoir, Céli Regina Jardim Pinto, Constância Lima Duarte, Heloisa Buarque de Hollanda e Nelly Novaes Coelho. Para pensar as questões de gênero e os desdobramentos do feminismo, recorremos às reflexões de Joan Scott, Judith Butler e Teresa de Lauretis. Para construirmos um panorama sobre a obra de Piñon nos utilizamos dos estudos de Lucia Osana Zolin e Naomi Hoki Moniz, bem como as ponderações da própria escritora Nélida Piñon. Em suas narrativas, evidenciamos o claro compromisso da escritora em manter um diálogo constante com as discussões tencionadas pelos segmentos feministas, uma vez que realiza um desnudamento do mecanismo de construção do feminino, por meio de um discurso inquiridor, irônico e subversivo. A partir dessas considerações, elaboramos uma análise a fim de averiguar que maneira a escritora constrói a representação plural das protagonistas de cada conto, mantendo uma atenção para as marcas de aproximação e afastamento de perfis legitimados socialmente.
4

Feminilidades e masculinidades: ressignificação e criação de novas identidades em romances contemporâneos / Femininities and masculinities: ressignification and creation of new identities in contemporary novels

Chatagnier, Juliane Camila 16 February 2018 (has links)
Submitted by Juliane Camila Chatagnier null (ju.chatagnier@gmail.com) on 2018-03-09T15:18:53Z No. of bitstreams: 1 TESE JULIANE CAMILA CHATAGNIER.pdf: 1517550 bytes, checksum: 0f619d1b031428befe6918444044f2af (MD5) / Approved for entry into archive by Elza Mitiko Sato null (elzasato@ibilce.unesp.br) on 2018-03-09T18:13:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 chatagnier_jc_dr_sjrp.pdf: 1517550 bytes, checksum: 0f619d1b031428befe6918444044f2af (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-09T18:13:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 chatagnier_jc_dr_sjrp.pdf: 1517550 bytes, checksum: 0f619d1b031428befe6918444044f2af (MD5) Previous issue date: 2018-02-16 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A contemporaneidade tem colaborado com as mudanças na forma como as questões de gênero e sexualidade são vistas na sociedade. Padrões tradicionais vêm sendo quebrados e algumas formas de preconceito não se encaixam mais na comunidade. Hoje, muitos homens e mulheres não têm mais uma identidade única e fixa, e não configuram um par dual, e essa fragmentação das identidades de gênero possibilita a criação de ouras nomenclaturas. Com base nesse contexto de mudanças, as personagens de nosso corpus formam-se mulheres, homens, gays, lésbicas, e a construção do gênero é vista, então, como estratégia narrativa, na qual as escritoras procuram mostrar que há possibilidades para formação de gênero distinta dos padrões impostos pela matriz heteronormativa. Assim, realizamos uma análise de como essas configurações de gênero, masculinos ou femininos, são representadas na literatura, partindo da premissa de que as identidades de gênero sofrem rupturas com os modelos tradicionais e estão deslocadas, devido às diversas orientações sexuais presentes na contemporaneidade. Como corpus deste trabalho, escolhemos cinco obras, de escritoras norte-americanas, brasileiras e inglesas, a partir da década de 1970, a saber: Rubyfruit Jungle (1973), de Rita Mae Brown; The Front Runner (1974), de Patricia Nell Warren; Hotel Dulac (1984), de Anita Brookner; Duas iguais (1996), de Cíntia Moscovich e Sapato de salto (2006), de Lygia Bojunga. A configuração da identidade de gênero das personagens é analisada sob a luz da teoria da performatividade, de Judith Butler (1993; 2003; 2004; 2015), segundo a qual o gênero é constituído por meio da repetição de atos estilizados que se tornam inerentes ao indivíduo. Butler, juntamente à Rubin (1975), Wittig (1982; 1993) e Connell (2000), embasa, também, as questões relativas à construção da masculinidade e/ou feminilidade e Laclau (1990; 2004), Ortiz (1998; 2006) e Santos (1993; 2001), dentre outros, fundamentam o estudo a respeito das modificações ocorridas na sociedade, bem como essas interferem na construção da identidade de gênero. / Contemporaneity has contributed to changes in the way gender and sexuality issues are seen in society. Traditional patterns have been broken and some forms of prejudice do not fit into current society anymore. Today, some men and women have no longer a single, fixed identity, and no longer form a dual pair, and this fragmentation of gender identities makes it possible to create nomenclatures. Based on this context of change, the characters of our corpus are women, men, gays, lesbians, and the construction of gender is seen, therefore, as a narrative strategy, in which women writers try to show that there are possibilities for gender formation which differs from the patterns imposed by the heteronormative matrix. Thus, we perform an analysis of how these configurations of gender, male or female, are represented in literature, starting from a premise that gender identities suffer ruptures from traditional models and are displaced, due to diverse sexual orientations present in contemporary times. As a corpus of this work, we chose five works by American, Brazilian and English writers, beginning in the 1970s: Rubyfruit Jungle (1973) by Rita Mae Brown; The Front Runner (1974), by Patricia Nell Warren; Hotel Dulac (1984), by Anita Brookner; Duas iguais (1996), by Cíntia Moscovich and Sapato de salto (2006), by Lygia Bojunga. The configuration of the characters gender identity is analyzed in the light of Judith Butler's theory of performativity (1993, 2003, 2004, 2015), according to which gender is constituted through the repetition of stylized acts that become inherent to individual. Butler, along with Rubin (1975), Wittig (1982, 1993) and Connell (2000), also addresses issues related to the construction of masculinities and/or femininities, and Laclau (1990, 2004), Ortiz (1998, 2006) and Santos (1993), among others, ground the study on the changes that occurred in society, as well as these interfere in the construction of the gender identity.
5

O MOSAICO DE IDENTIDADE EM MULHERES DE CINZAS, DE MIA COUTO

Piedras, Ana Lúcia dos Santos 22 December 2017 (has links)
Submitted by admin tede (tede@pucgoias.edu.br) on 2018-02-07T16:13:34Z No. of bitstreams: 1 ANA LÚCIA DOS SANTOS PIEDRAS.pdf: 725750 bytes, checksum: b010ff0244e11962391b35d1d6bddf66 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-07T16:13:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ANA LÚCIA DOS SANTOS PIEDRAS.pdf: 725750 bytes, checksum: b010ff0244e11962391b35d1d6bddf66 (MD5) Previous issue date: 2017-12-22 / The study brings discussions about the multifaceted identities of characters in Mulheres de cinzas, by Mia Couto. The discourse can be analyzed with perspectives of the deterritorizalization, thus, aiming like main objective the identities of the Mozambican people in the process of the colonization in the form of mosaic of the language and specific objectives as the elucidation of the discourse in the imaginary universe and the revelation of the fantastic, with symbols of myths, beliefs, dreams and reveries in the universe of the female being, in the face of the macho and oppressive tradition. The deterritorialization of the colonizer and the colonized is revealed in the discourse. The methodology adopted for the research brings together authors such as Homi Bhabha and Gilbert Durand to show the narrative locus and understanding of reverie towards liberation. Feminism and gender equality are part of the deconstruction of cultural roots. Fiction is shown beyond the frontiers of African history, uniting worlds as if they were one. Thus, the points highlighted in the chapters present the desterritorialization of the being and the dialectic of the colonized and the colonizer. / O estudo traz discussões sobre as identidades multifacetadas de personagens na obra Mulheres de cinzas, de Mia Couto. O discurso pode ser analisado com perspectivas da desterritorizalização, apontando, desse modo, como objetivo principal as identidades do povo moçambicano no processo da colonização em forma de mosaico da linguagem e como objetivos específicos a elucidação do discurso no universo imaginário e a revelação do fantástico, com símbolos de mitos, crenças, sonhos e devaneios no universo do ser feminino, frente à tradição machista e opressora. A desterritorialização do colonizador e do colonizado é revelada no discurso. A metodologia adotada para a pesquisa reune autores como Homi Bhabha e Gilbert Durand para mostrar o lócus narrativo e a compreensão acerca do devaneio rumo à libertação. O feminino e a igualdade de gênero fazem parte do recurso da desconstrução do enraizamento cultural. Mostra-se a ficção além das fronteiras da história africana, unindo mundos como se fossem um só. Assim, os pontos destacados nos capítulos apresentam a destorritorialização do ser e a dialética do colonizado e do colonizador.
6

Gestão feminina nas escolas da sociedade educação e caridade

Oliveira, Sônia Machado de 03 December 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-04T20:06:52Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 3 / Nenhuma / Esta Dissertação trata da gestão feminina nas escolas da Sociedade Educação e Caridade, na perspectiva de gênero e da formação profissional. Com base nos estudos teóricos sobre administração, gestão escolar e gênero, o trabalho analisa a atuação de duas diretoras nas escolas pertencentes à Sociedade Educação e Caridade a partir das mudanças que aconteceram com a influência dos documentos do Concílio Vaticano II (1962-1965), de Medellín (1968) e Puebla (1979). Para realizar a pesquisa, foram utilizadas como fonte as entrevistas e experiências de uma ex-diretora e uma diretora, ainda no exercício da função, que atuaram na direção de escolas, desde 1960, no estado do Rio Grande do Sul. A pesquisa foi realizada a partir da consulta a documentos, arquivos, crônicas, livros e artigos, projetos educativos, documentos da Sociedade Educação e Caridade, relatórios, crônicas, regimentos, currículos, boletins e registros de encontros e cursos, fazendo um recorte no século XIX, com ênfase na expansão das escolas da refer / This paper presents female management at schools, social education and professional education. According to the theoretical studies about administration and school management, the investigation analyzes the management of schools and the changes that happened with the influence of the documents of Medellín (1968) and Puebla (1979). For making this survey it was used interviews and experiences of an ex-school principal and another one who still works. Both have worked at schools since 1960 in the state of Rio Grande do Sul. The search was made through interviews, magazines, documents, files, chronicles, books and articles, education projects, documents of social education and charity, reports, regiments, curriculums, report cards and notes of meetings and courses. Thus, it was showed a part of the 19th century emphasizing the expansion of schools at the institution mentioned as well as the 20th century, reporting the life experience of the school principal at their workplace in the state of Rio Grande do Sul.
7

Concepções de educadores da área de ciências da natureza associadas ao Programa Escola sem Partido e à Ideologia de Gênero / Conceptions of educators in the area of natural sciences associated to the Program Without School and to the Ideology of Gender

Orofino, Paula Santos 17 February 2018 (has links)
Submitted by PAULA SANTOS OROFINO (paula.orofino@gmail.com) on 2018-04-16T19:15:04Z No. of bitstreams: 1 dissertação Paula Orofino.pdf: 4953067 bytes, checksum: 9cebbebf0a38276579f08360741e2a35 (MD5) / Approved for entry into archive by Minervina Teixeira Lopes null (vina_lopes@bauru.unesp.br) on 2018-04-16T20:16:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 orofino_ps_me_bauru.pdf: 4817251 bytes, checksum: d2464e1b05010cfaab4465664c8ee1e6 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-16T20:16:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 orofino_ps_me_bauru.pdf: 4817251 bytes, checksum: d2464e1b05010cfaab4465664c8ee1e6 (MD5) Previous issue date: 2018-02-17 / As questões de gênero estão presentes de forma direta e indireta nas relações que a sociedade institui e que direcionam os papéis pré-estabelecidos da mulher e/ou do homem, podendo reproduzir desigualdades na vida pessoal e profissional entre os dois. As ciências sociais definem gênero como uma construção social do sexo anatômico e produto da realidade social, ou seja, baseia-se no raciocínio de que há machos e fêmeas na espécie humana, mas a maneira de ser homem ou mulher é realizada pela cultura independente da anatomia de seus corpos. O ambiente escolar pode ser um meio de reprodução de diferenças sociais e imposição de padrões culturais relacionados às questões de gênero, em que educadores e educadoras podem reforçar preconceitos e estereótipos de gênero. É possível observar que as questões de gênero incidem no interesse entre meninos e meninas por carreiras científicas e tecnológicas. Há uma discussão referente a esse tema e que condiz com o Movimento do Programa Escola sem Partido, o qual se faz presente em projetos de leis estaduais e municipais no Brasil e que dispõe sobre a sua inclusão no sistema educacional de ensino. Entre vários pressupostos, o movimento veta a aplicação dos postulados da Teoria ou Ideologia de Gênero. Nessa perspectiva, esta pesquisa tem por objetivo identificar as concepções de educadores da área de Ciências da Natureza (Biologia, Física e Química),de uma rede estadual de ensino,a respeito do Programa Escola sem Partido e das questões de gênero no que condiz com a presença de mulheres nas carreiras científicas e tecnológicas.Para fundamentar a análise, esta pesquisa utiliza como referencial teórico as ideias de Paulo Freire presentes em sua obra “Pedagogia do Oprimido”. A constituição dos dados é formada por questionários e entrevistas semi-estruturada se a análise dos dados utiliza como referência a Análise de Conteúdo Categorial proposta por Laurence Bardin.Os resultados mostram que as concepções dos educadores a respeito do Programa Escola sem Partido apresentam a força da falsa dicotomia expressa pelo programa: a existência de uma escola “com” partido. Essas concepções são baseadas em argumentações contraditórias e não corroboram com a própria Natureza da Ciência e com as pesquisas do ensino de ciências que objetivam formar cidadãos autônomos e críticos. Com relação às questões de gênero, muitos desses educadores não compreendem o gênero como uma construção social do sexo anatômico e produto da realidade social, porém reconhecem que, atualmente, há uma maior atuação das mulheres no meio científico, embora já tenham presenciado situações que representam as dificuldades que as mulheres têm com relação à discriminação e aos preconceitos que sofrem ao se referirem à maternidade e às questões familiares, ao assédio e às carreiras pré-estabelecidas para homens e mulheres. / Gender issues are present in a direct and indirect way in the relations established by society and that direct the pre-established roles of women and / or men and can reproduce inequalities in personal and professional life between the two. The social sciences define gender as a social construction of the anatomical sex and product of social reality, that is, it is based on the reasoning that there are males and females in the human species, but the way of being male or female is realized by the culture independent of anatomy of their bodies. The school environment can be a means of reproducing social differences and imposing cultural patterns related to gender issues, in which educators can reinforce gender biases and stereotypes. It is possible to observe that gender issues focus on the interest between boys and girls for scientific and technological careers. There is a discussion regarding this theme and that is in line with the Movement of the School without the Party Program, which is present in projects of state and municipal laws in Brazil and that provides for their inclusion in the educational system of education. Among several assumptions, the movement vetoes the application of the postulates of the Theory or Ideology of Gender. In this perspective, this research aims to identify the conceptions of educators in the area of Natural Sciences (Biology, Physics and Chemistry) of a state education network regarding the School without the Party Program and the gender issues in that it matches the presence of women in scientific and technological careers. In order to base the analysis, this research uses as theoretical reference the ideas of Paulo Freire present in his work "Pedagogy of the Oppressed". Data collection consists of questionnaires and semi-structured interviews and data analysis uses the Categorical Content Analysis proposed by Laurence Bardin. The results show that the educators' conceptions of the Non-Party School Program show the strength of the false dichotomy expressed by the program: the existence of a "with" school. These conceptions are based on contradictory arguments and do not corroborate with the very Nature of Science and with the researches of science teaching that aim to form autonomous and critical citizens. Regarding gender issues, many of these educators do not understand gender as a social construct of anatomical sex and a product of social reality, but recognize that there is now a greater role for women in science, although they have already witnessed situations that represent the difficulties women face in relation to discrimination and the prejudices they suffer when they refer to motherhood and family issues, harassment and the pre-established careers for men and women.
8

Gênero, ética e discurso: produção, circulação e consumo do discurso de ódio motivado por questões de gênero em sites de redes sociais / Gender, ethics and discourse: production, circulation and consumption of hate speech motivated by gender issues in social networking sites

Pereira, Gabriela Agostinho 27 March 2018 (has links)
Submitted by Adriana Alves Rodrigues (aalves@espm.br) on 2018-10-05T18:45:33Z No. of bitstreams: 1 ppgcom - gabriela agostinho pereira.pdf: 18869184 bytes, checksum: 82c6bfb0ce2e876f0893fc603365bbe2 (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Alves Rodrigues (aalves@espm.br) on 2018-10-05T18:46:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ppgcom - gabriela agostinho pereira.pdf: 18869184 bytes, checksum: 82c6bfb0ce2e876f0893fc603365bbe2 (MD5) / Approved for entry into archive by Debora Cristina Bonfim Aquarone (deborabonfim@espm.br) on 2018-10-08T11:53:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ppgcom - gabriela agostinho pereira.pdf: 18869184 bytes, checksum: 82c6bfb0ce2e876f0893fc603365bbe2 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-10-08T11:54:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ppgcom - gabriela agostinho pereira.pdf: 18869184 bytes, checksum: 82c6bfb0ce2e876f0893fc603365bbe2 (MD5) Previous issue date: 2018-03-27 / Discussions regarding gender have gained space in the media and in the public agenda in recent years, especially in social media sites. Besides being ubiquitous in society, multiple groups have starting using these sites as tools for mobilization and activism around gender issues, questioning hegemonic societal patterns. The individuals who frequent these spaces have the possibility of not only consuming, but also producing, reproducing, sharing, and divulging content related to virtually all themes in a way that is very quick and often has immeasurable reach. Therefore, depending of content produced and consumed, these sites can act both as a space for transformation, giving voice and visibility to topics and people who wouldn’t be heard or seen outside this environment, and as a space that reinforces hegemonic, conservative, and discriminatory ideas. In this light, some issues are fundamental to the construction of our work, such as: 1) to understand what is hate speech and what are its social consequences for ethics, communication, and consumption; 2) it is also necessary to understand how the production, circulation, and consumption of this type of discourse happens in social media sites; and, 3) to discuss the limits between freedom of expression and defense of democratic values such as ethics and human rights. To conduct the empirical research proposed in this article we opted to focus on four social media sites: Facebook, Instagram, Twitter and YouTube. From a methodological standpoint, we used the depth hermeneutics proposed by Thompson. / As discussões acerca das questões de gênero ganharam espaço na mídia e na agenda pública nos últimos anos, principalmente em sites de redes sociais. Ademais de uma ampla penetração na sociedade, diversos grupos e coletivos passaram a utilizar essas ferramentas como um meio de mobilização e ativismo acerca das questões de gênero, questionando os padrões hegemônicos presentes na sociedade. Os indivíduos que frequentam esses espaços têm a possibilidade não só de consumir, mas de produzir, reproduzir, compartilhar e divulgar conteúdos relacionados a praticamente todos os temas, de maneira muito rápida e com um alcance muitas vezes imensurável. Assim, de acordo com o tipo de conteúdo produzido e consumido, esses sites podem tanto ser um espaço de transformação, que dá voz e visibilidade para pautas e pessoas que não o teriam fora daquele ambiente, quanto um espaço que reforça ideias hegemônicas, conservadoras e discriminatórias. Dessa maneira, algumas discussões são basilares para a construção do nosso trabalho, tais como: 1) compreender o que é o discurso de ódio e quais suas consequências sociais do ponto de vista ético, comunicacional e do consumo; 2) também é necessário entender como se dá a produção, circulação e o consumo desse tipo de discurso nos sites de redes sociais; e 3) discutir os limites entre a liberdade de expressão e a defesa dos valores democráticos como a ética e os direitos humanos. Para a elaboração da pesquisa empírica proposta neste trabalho optamos por focar em quatro sites de redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Do ponto de vista metodológico, apoiamo-nos na hermenêutica de profundidade proposta por Thompson.
9

Questões de gênero do hebraico: análise  dos termos zarrar unekevá na língua hebraica / Gender Questions in Hebrew: \" \" zarrar unekevá bara otam, analysis of the terms zarrar unekevá in the Hebraic language

Candido Sousa da Silva 29 September 2009 (has links)
A proposta desta dissertação é analisar as questões de gênero da língua hebraica, atentando para o problema de representação e uso de termos conhecidos como zarrar unekevá diante das configurações da flexão de gênero. Lexicógrafos, gramáticos e estudiosos do hebraico, em geral, tendem a divergir entre si quando tratam do assunto tanto na conceituação quanto na classificação lexical, além do uso. A partir deste fato, que funciona como mola propulsora de nosso trabalho, organizamos uma pesquisa centrada na questão da possibilidade ou da impossibilidade de representação dos termos zarrar unekevá levantados desde os primeiros textos da Mikrá (texto bíblico) até os dias atuais. Pretendemos, a partir dos conceitos de gênero e da estratificação lingüística do hebraico, localizar esses questionamentos e apresentar alguns apontamentos para a discussão sobre a natureza de nosso tema e seu desenvolvimento através de fatores sociolingüísticos e das decisões levadas a cabo por via de autoridades gramaticais e lexicógrafas. Para isso, coletamos e analisamos dados desde o hebraico bíblico até os dias atuais. Por fim, desejamos, através dos dados atuais da língua hebraica, apresentar nossas reflexões e apontar possíveis tendências no uso dos termos zarrar unekevá, que se tornam mais fascinantes quanto mais são investigados. / The aim of this dissertation is to analyze gender questions in the Hebraic language considering the representation issue and the use of the terms known as zarrar unekevá in relation to the configurations of gender inflection. Lexicographers, grammarians and specialists in Hebrew, in general, tend to diverge when they deal with the matter, not only with regard to the conceptualization but also the lexical classification and use. Having this difficulty of categorization as a starting point for our study, we organized a research centered on the possibility or impossibility of the representation of the terms zarrar unekevá gathered from the first texts of the Mikrá (biblical text) to the current days. Considering gender concepts and the Hebrew linguistic stratification, we intended to locate these questionings and present some notes for the discussion on the nature of our theme and its development through sociolinguistic factors and decisions made by means of expert authority. For our purposes, we collected and analyzed data from the biblical to the present Hebrew. Finally, based on the current data of the Hebraic language, we presented our reflections and pointed out possible tendencies in the use of the terms zarrar unekevá, which become more fascinating the more they are investigated.
10

Questões de gênero do hebraico: análise  dos termos zarrar unekevá na língua hebraica / Gender Questions in Hebrew: \" \" zarrar unekevá bara otam, analysis of the terms zarrar unekevá in the Hebraic language

Silva, Candido Sousa da 29 September 2009 (has links)
A proposta desta dissertação é analisar as questões de gênero da língua hebraica, atentando para o problema de representação e uso de termos conhecidos como zarrar unekevá diante das configurações da flexão de gênero. Lexicógrafos, gramáticos e estudiosos do hebraico, em geral, tendem a divergir entre si quando tratam do assunto tanto na conceituação quanto na classificação lexical, além do uso. A partir deste fato, que funciona como mola propulsora de nosso trabalho, organizamos uma pesquisa centrada na questão da possibilidade ou da impossibilidade de representação dos termos zarrar unekevá levantados desde os primeiros textos da Mikrá (texto bíblico) até os dias atuais. Pretendemos, a partir dos conceitos de gênero e da estratificação lingüística do hebraico, localizar esses questionamentos e apresentar alguns apontamentos para a discussão sobre a natureza de nosso tema e seu desenvolvimento através de fatores sociolingüísticos e das decisões levadas a cabo por via de autoridades gramaticais e lexicógrafas. Para isso, coletamos e analisamos dados desde o hebraico bíblico até os dias atuais. Por fim, desejamos, através dos dados atuais da língua hebraica, apresentar nossas reflexões e apontar possíveis tendências no uso dos termos zarrar unekevá, que se tornam mais fascinantes quanto mais são investigados. / The aim of this dissertation is to analyze gender questions in the Hebraic language considering the representation issue and the use of the terms known as zarrar unekevá in relation to the configurations of gender inflection. Lexicographers, grammarians and specialists in Hebrew, in general, tend to diverge when they deal with the matter, not only with regard to the conceptualization but also the lexical classification and use. Having this difficulty of categorization as a starting point for our study, we organized a research centered on the possibility or impossibility of the representation of the terms zarrar unekevá gathered from the first texts of the Mikrá (biblical text) to the current days. Considering gender concepts and the Hebrew linguistic stratification, we intended to locate these questionings and present some notes for the discussion on the nature of our theme and its development through sociolinguistic factors and decisions made by means of expert authority. For our purposes, we collected and analyzed data from the biblical to the present Hebrew. Finally, based on the current data of the Hebraic language, we presented our reflections and pointed out possible tendencies in the use of the terms zarrar unekevá, which become more fascinating the more they are investigated.

Page generated in 0.1006 seconds