• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 147
  • 9
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 157
  • 157
  • 53
  • 26
  • 26
  • 25
  • 23
  • 23
  • 23
  • 22
  • 21
  • 20
  • 19
  • 19
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Phoenissae de Sêneca : estudo introdutório, tradução e notas /

Sanches, Cíntia Martins. January 2012 (has links)
Orientador: Márcio Natalino Thamos / Banca: José Eduardo dos Santos Lohner / Banca: Brunno Vinicius Gonçalves Vieira / Resumo: O objeto de investigação deste trabalho é a tragédia Phoenissae, do autor romano Lucius Annaeus Seneca (4 a.C.? - 65 d.C.). Assim, é dividido fundamentalmente em duas partes: 1- estudo introdutório; 2- Tradução do referido drama, com notas de referência. No estudo introdutório, faz-se uma sucinta apresentação sobre o surgimento do teatro e sobre sua trajetória na Antiguidade. São feitas breves referências à vida e à obra de Sêneca. O mito de Édipo e sua expressão em diversos contextos históricos são abordados. Outros assuntos que compõem este trabalho são: a maneira como Sêneca e sua obra trágica foram mencionados pelos autores da Antiguidade e pelos estudiosos posteriores; a questão da datação e da cronologia de suas peças; as fontes do autor para a composição de seus textos (influências gregas e romanas); as influências que ele exerceu nas literaturas posteriores; os conceitos de imitação e de intertextualidade relacionados à sua obra; a métrica utilizada em seus textos trágicos. O estudo trata de características gerais da obra dramática senequiana, que vão desde a maneira como o autor aborda os mitos, até a polêmica sobre os textos terem sido escritos para leitura ou para encenação. Depois, foca-se na tragédia Phoenissae, e, a partir dela, discutem-se questões como: incertezas sobre o título, incompletude da obra, diferenças em relação às outras peças que abordaram o mesmo mito, caracterização da personagem Édipo. Para dar um foco mais preciso ao estudo dessa tragédia, é nela observada a presença do furor, elemento que transforma as personagens em monstro. O assunto é analisado com base em exemplos de que Édipo, na peça, está sendo consumido pelo furor. O furor, na tragédia, é comparado ao conceito de ira presente na obra filosófica de Sêneca, mais especificamente, no tratado De ira (Sobre a Ira) / Abstract: The Phoenissae tragedy, by the Roman author Lucius Annaeus Seneca (c. 4 BC - 65 AC) is the object of study herein. It basically consists of two parts: 1 - initial study; 2 - translation of this tragedy, including reference notes. A brief explanation at the beginning of this study as to how theatre arose and its course in ancient times is presented. Brief references to Seneca‟s life and composition are quoted. The myth of Oedipus and its expression in sundry historical contexts are also tacked. Other matters herein are: the way Seneca and his dramatic composition was approached by the authors from ancient times and by subsequent scholars; the dating and chronology of his plays; the sources he has used to make his writings up (Greek, Roman influences); how he affected the later literatures; the concepts of imitation and intertextuality concerning his composition; the prosody in his tragic texts. This study addresses the major features of Seneca‟s dramatic composition, involving how the author deals with myths, the controversy over the texts for literature or staging and suchlike. Afterwards, the Phoenissae tragedy is stressed, and from it are considered: doubts about the title; incomplete composition, differences between other plays involving the same myth; describing the character Oedipus. For a sharper focus on this tragedy study, the furor is observed, an element that turns the characters into monsters. The subject is based on examples of Oedipus (within the play) being consumed by the furor. The furor within the tragedy is compared to the concept of ira in the Seneca‟s philosophical composition, particularly including De Ira (On anger) / Mestre
2

As bases hegelianas da literatura dramática de Jean-Paul Sartre /

Magdaleno, Danieli Gervazio. January 2017 (has links)
Orientadora: Ana Maria Portich / Banca: Pedro Geraldo Novelli / Banca: Silene Torres Marques / Resumo: A presente dissertação se volta para as diferentes formas de linguagem nas obras literárias de Jean-Paul Sartre e o que determina sua escolha pelo teatro como meio privilegiado para expressar o engajamento do indivíduo junto à coletividade. Sartre se mostra importante no panorama do drama moderno, visto que, ao mesmo tempo em que os personagens de suas peças, partindo de uma situação de total isolamento e desamparo, manifestam sua incapacidade de agir, ainda assim conseguem resgatar a liberdade de atuação constitutiva do gênero dramático. Sartre se empenhou por preservar as características do drama, mesmo diante das investidas épicas e líricas que tomaram conta do gênero dramático a partir do século XIX. A retomada do drama empreendida pela filosofia existencialista tenta sanar o estado de impotência que teria assolado o homem moderno. Nossa hipótese é de que Sartre parece buscar uma forma de legitimar seus dramas na sistematização dos gêneros literários exposta por Hegel em seus Cursos de Estética. / Abstract: This dissertation's object are the different language forms in Jean-Paul Sartre's literary work and his choice for theatre as privileged means of expressing individual engagement in the collectivity. Sartre has been as an important name in the modern drama panorama, because his characters show an incapacity to act, coming from a situation of total isolation and abandonment, and at the same time are still able to rescue the liberty of acting. This liberty constitutes the drama, so Sartre strove diligently for preserving drama's features, even against the assaults from the epic and the lyric genders, which took over the dramatic gender from the nineteenth century onwards. Retaking the drama, a task undertaken by the existential philosophy, is one step towards solving the state of impotence that had devastated the modern man. We support the hypothesis that Sartre seems to seek for a way of legitimating the drama by means of the literary genders exposed by Hegel in his Lectures on Aesthetics. / Mestre
3

A tradução da comédia teatral em The Importance of Being Earnest

Kaross, Luciana January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução / Made available in DSpace on 2012-10-23T04:04:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 246086.pdf: 1337830 bytes, checksum: bb4697a436f354c2fc80c97779065584 (MD5) / Esta dissertação consiste em uma discussão sobre a tradução teatral de textos de humor seguida da tradução comentada e anotada de The Importance of Being Earnest, de Oscar Wilde. No primeiro capítulo, são discutidas questões a respeito da tradução teatral, partindo-se do conceito de concretizações textuais de Patrice Pavis, como as noções de speakability e performance. No segundo capítulo, é feito um estudo sobre duas outras traduções da peça para o português brasileiro, analisando-se as escolhas feitas pelos tradutores bem como a evolução da tradução dessa peça ao longo da segunda metade do século vinte. O trabalho culmina com a discussão de questões pertinentes a minha tradução da peça, onde são tecidos os comentários pertinentes às escolhas ou mudanças realizadas na tradução apresentada: as questões dos nomes próprios, dos pronomes de tratamento e do humor. A nova tradução, que apresenta uma cena inédita ao público de língua portuguesa, e suas notas, encontra-se no apêndice deste trabalho. This dissertation consists of a discussion on theatrical translation of humoristic texts followed by a noted and commented translation of Oscar Wilde#s The Importance of Being Earnest. In the first chapter, questions related to theatrical translation are discussed starting from Patrice Pavis#s concepts of textual concretizations, such as the notions of speakability and performance. In the second chapter, there are analyses of two other translations of the play into Brazilian Portuguese focusing upon the translator#s choices as well as the evolution of the play#s translation through the second half of the twentieth century. This dissertation ends with a discussion on questions related to my translation of the play. In this final chapter, we can find commentaries concerning the choices and changes made in the translation presented, such as the question of the names of the characters, the personal pronouns, addresses and humour. The retranslation, which presents a new scene to Brazilian audiences, and the notes are in the appendix of this dissertation.
4

O teatro de Natália Ginzburg

Pessini, Marina 24 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2009 / Made available in DSpace on 2012-10-24T07:36:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 272927.pdf: 802402 bytes, checksum: bb2e4d1b2f7897b42bd19314cd8153a5 (MD5) / Este trabalho consiste em uma tradução comentada da peça L'Inserzione, inédita no Brasil, escrita em 1965, pela escritora italiana Natalia Ginzburg (1916-1991). No âmbito da pesquisa em Estudos da Tradução, ele insere-se no que Chesterman (2002) denomina Translation with Commentary e também no que Holmes (1972) define como Text-Type Restricted Theories. Natalia Ginzburg é conhecida nas letras italianas sobretudo pela sua narrativa. O presente trabalho busca iluminar a sua produção teatral, a menos estudada. A tradução para o teatro é muito particular, pois aqui o texto passa por uma série de concretizações (Pavis, 2008) desde a publicação original, passando pela tradução textual, pela concretização cênica e pela recepção dos espectadores. Assim, um estudo prévio sobre o estilo de Ginzburg, a crítica da peça, características do gênero dramático e teorias da tradução de e para o teatro serviram de arcabouço para a prática tradutória e os seus comentários, que centraram na fala da personagem principal, Teresa. A conclusão da pesquisa revela que o papel do tradutor sobre o resultado final de um espetáculo teatral é limitado quando este se ocupa somente da tradução do texto, ou seja, além de considerar aspectos sobre a encenação enquanto traduz, o ideal é que exista um trabalho conjunto entre ele e o encenador. / This thesis presents a translated and commented anthology of Italian symbolist poetry, congregating eight poets of this trend. Based on Translation Studies, it makes use of theoretical concepts developed by Antoine Berman and Paulo Henriques Britto concerning the "translation project" and the "evaluation of poetry translation", respectively, applying these concepts to the analysis of the anthology texts.
5

Augusto Roa Bastos na inspiração de uma dramaturgia ñandutí

Scheibe, Carina January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-26T06:49:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 296398.pdf: 21061387 bytes, checksum: e4615b0587c8c62a6a1bc14bd5ebf607 (MD5) / Este trabalho tem como objetivo relatar e refletir sobre uma dramaturgia, como fruto de um processo que relaciona linguagens e passagens, a partir de uma experiência realizada com fragmentos da escrita de Augusto Roa Bastos, mais especificamente de suas personagens femininas, em direção a cena teatral. Enquanto um processo de "roubar" e armar, foi construído um exercício cênico: Maína, através da recriação que denominei de dramaturgia ñandutí, que significa na língua guarani, teia de aranha e que também nomeia um artesanato, uma técnica de renda tecida pelas mulheres paraguaias. Na introdução são delineadas as linhas deste percurso, o suporte teórico e prático em que se sustenta esta pesquisa. No primeiro capítulo teço uma breve contextualização, do autor Augusto Roa Bastos, sua relação com a cultura guarani, oralidade e mitos, procurando ainda viandar pelo conceito das poéticas das variações propostas por Roa Bastos. Em seguida, no segundo capítulo, apresento os primeiros fios de um nãndutí, que trata de uma leitura dos contos com os quais lidei diretamente nesta pesquisa, enquanto matéria textual e metaforicamente, fios, utilizados para tecer um ñandutí, que também é explorado neste capítulo como gesto escolhido para denominar este processo de recriação, assim como a própria dramaturgia. Ainda neste capítulo faço uma breve abordagem das personagens a partir dos estudos de gênero. O terceiro capítulo, intitulado "Rastro da dramaturgia ñandutí" apresenta o roteiro construído neste processo como uma possível leitura, vestígio da criação de uma dramaturgia, seguido de notas sobre os elementos que além da matéria texto, constituíram esta experiência dramatúrgica: como a presença do barro - argila, a música e o canto. O quarto e último capítulo, "Experiência de uma dramaturgia ñandutí", inicia com um relato deste processo aqui observado como um movimento entre linguagens, pertinente aos estudos recentes sobre intermidialidade. Ao tecer aproximações com o contexto das teatralidades contemporâneas visito sobre tudo propostas levantadas por Sílvia Fernandes e por fim, ao olhar para este percurso- discurso, como "um relato do tato". (CERTEAU, 2008, p.149) teço considerações sobre este processo de criação de um ñandutí enquanto uma experiência, que é ponto que se faz e desfaz. / Este trabajo tiene el objetivo de relatar, reflexionar sobre la dramaturgia como fruto de un proceso que relaciona lenguajes y pasajes a partir de una experiencia realizada con un eje de la escritura de Augusto Roa Bastos, en particular sus personajes femeninos, hacia la escena teatral. Como proceso de sustraer y armar, fue construido el ejercicio escénico Maína, a través de la recreación que nombré de dramaturgia ñandutí, que en la lengua guaraní quiere decir telaraña y que denomina también a una artesanía, una técnica de encaje tejida por las mujeres paraguayas. En la introducción son trazadas las líneas de este recorrido, el suporte teórico y práctico en que se está sostenida esta investigación. En el primer capítulo he hilado una breve contextualización del autor Augusto Roa Bastos, su relación con la cultura guaraní, la oralidad y los mitos, en búsqueda del concepto de la poética de las variaciones propuestas por Roa Bastos. Luego, en el segundo capítulo, presento a los primeros hilos de un ñandutí, que es una lectura de los cuentos utilizados directamente en esta investigación en cuanto materia textual y metafóricamente, hilos, útiles para tejer un ñandutí, que también es explorado en este capítulo como gesto escogido para denominar este proceso de recreación, tal como la propia dramaturgia. Todavía en este capítulo, hago un pequeño enfoque de los personajes femeninos desde los estudios de género. El tercer capítulo, titulado "Rastro da dramaturgia ñandutí", presenta el guión construido en este proceso como una posible lectura, huella de la creación de una dramaturgia, seguido de notas acerca de los elementos que además de la materia del texto, constituyeron esta experiencia dramatúrgica: la presencia del barro - argila, la música y el canto. El cuarto y último capítulo "Experiência de uma dramaturgia ñandutí" empieza con un relato de este proceso, observado aquí como un movimiento entre lenguajes, pertinente a los estudios recientes sobre intermedialidad. Al tejer aproximaciones con el contexto de las teatralidades contemporáneas visito sobre todo propuestas hechas por Silvia Fernandes y por fin, al mirar a este recorrido-discurso, como "um relato do tato" (CERTEAU, 2008, p.149), planteo reflexiones sobre este proceso de creación de un ñandutí como una experiencia, que es punto que se hace y deshace.
6

Elementos do teatro atual na obra dramatica de christian Dietrich Grabbe

Almeida, Doloris Ruth Simões de January 1972 (has links)
Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2016-01-08T12:58:31Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1972
7

We are mock'd with art

Sanfelici, Aline de Mello 26 October 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Letras/Inglês e Literatura Correspondente, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-26T08:51:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 289277.pdf: 2113437 bytes, checksum: 532fd1b6221228666a000dd1340b9616 (MD5) / This dissertation discusses the use of theatricalizing devices in four stage productions of William Shakespeare's The Winter's Tale. The selected performances were staged by the Royal Shakespeare Company (England, 1992), Théâtre de la Complicité (England, 1992), Folger Theatre (United States, 2009), and Companhia Atores de Laura (Brazil, 2004-2005). The discussion is structured following the notion of "performance text", proposed by Marco de Marinis (1993), which testifies to the importance of analyzing a performance in terms of its stage elements and also its contextual circumstances. Hence, the notion of "theatricalizing devices" is proposed in the present study as a tool to look at those devices employed on stage that can, simultaneously, comment on the theatrical medium and its conventions and help a production address themes and concerns related to the world outside the theater building. Additionally, the referred devices have to do with further fictionalizing the already fictional stage reality, without losing sight of the fact that those making and attending any given performance are inserted in an outside context. / A presente tese discute o uso de recursos teatricalizantes em quatro produções teatrais de O Conto do Inverno, de William Shakespeare. As performances selecionadas foram produzidas pela Royal Shakespeare Company (Inglaterra, 1992), Théâtre de la Complicité (Inglaterra, 1992), Folger Theatre (Estados Unidos, 2009), e Companhia Atores de Laura (Brasil, 2004-2005). A discussão está estruturada seguindo a noção de "texto espetacular" proposta por Marco de Marinis (1993), a qual testemunha a favor da importância de se analisar uma performance em termos de seus elementos de palco e também de suas circunstâncias contextuais. Dessa forma, a noção de "recursos teatricalizantes" é proposta na presente tese como ferramenta para olhar aqueles recursos empregados no palco que podem, simultaneamente, comentar o meio teatral e suas convenções e ajudar uma produção a tratar temas e preocupações relacionados ao mundo existente para além do auditório do teatro. Além disso, os referidos recursos associam-se com ficcionalizar mais profundamente a realidade já fictícia do palco teatral, sem perder de vista o fato que os indivíduos que realizam e assistem a qualquer performance estão inseridos em um contexto exterior.
8

Eles não usam black-tie : da profecia cênica ao documentário fílmico

Gorman Junior, James Lewis 29 September 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2010. / Submitted by Patrícia Nunes da Silva (patricia@bce.unb.br) on 2011-06-14T13:30:00Z No. of bitstreams: 1 2010_JamesLewisGormanJunior.pdf: 1472628 bytes, checksum: 0337f73cb2d93dcdcf20302be683e102 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2011-06-14T13:32:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_JamesLewisGormanJunior.pdf: 1472628 bytes, checksum: 0337f73cb2d93dcdcf20302be683e102 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-14T13:32:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_JamesLewisGormanJunior.pdf: 1472628 bytes, checksum: 0337f73cb2d93dcdcf20302be683e102 (MD5) / A partir de um panorama histórico-teatral, este trabalho analisa comparativamente a peça Eles não usam black-tie, de Gianfrancesco Guarnieri (1958) e o filme homônimo (1981) com direção de Leon Hirszman. Demonstramos que o texto de Guarnieri, que inaugura tardiamente o protagonismo da classe operária brasileira em nossa dramaturgia, na transposição da linguagem teatral para a linguagem cinematográfica, sofre significativas mudanças, ditadas pelos momentos diversos de nossa história política. Desta forma, percebemos como, a partir de nossa matéria estética, podemos compreender o nosso devir histórico. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / From a historical and theatrical panorama, this works analyses comparatively the play Eles não usam Black-tie, by Gianfrancesco Guarnieri (1958) and the homonym movie (1981) with the direction of Leon Hirszman. Demonstrated that Guarnieri text, opening late in the leadership of the Brazilian working class in our drama, in transposing theatrical language to cinematic language, undergoes significant changes, dictated by the different moments of our political history. Thus, we see how, from our aesthetic matters, we understand our historical development.
9

Abordagem dramaturgica do cafundo

Silva, Waterloo Jose Gregorio da, 1949- 12 December 1996 (has links)
Orientador: Neyde de Castro Veneziano Monteiro / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes / Made available in DSpace on 2018-07-21T21:52:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_WaterlooJoseGregorioda_M.pdf: 3726268 bytes, checksum: b7dd1d0ebc79dd238ca7ae2a65d516c9 (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Artes
10

Um palimpsesto em andamento : formas e reformas de uma personagem azevediana /

Boero, Simone Aparecida Alves Lima. January 2013 (has links)
Orientador: Sylvia Helena Telarolli de Almeida Leite / Banca: Emerson Calil Rossetti / Banca: Juliana Santini / Banca: Maria Celeste Consolin Dezotti / Banca: Teresa Maria Grubisich / Resumo: Este trabalho tem o objetivo de investigar a figura do malandro, num corpus selecionado dentre as obras de Arthur Azevedo, ―maior autor do teatro brasileiro cômico‖, segundo Guinsburg et al (2006). Nossa hipótese é a de que o dramaturgo, na criação dessa personagem central e significativa nas peças referidas, parte da convenção da comédia que estabelece o uso de personagens da camada média ou baixa da população, do substrato do criado astuto da Comédia Nova e de seus congêneres posteriores até chegar ao que denominamos malandro azevediano. Essa figura teria ali duas importantes funções: a de satirizar o governo e as elites por criarem condições para a disseminação tanto dos malandros quanto da malandragem e a de conferir recriação estética aos homens e mulheres, que, por serem do povo, rapidamente seriam esquecidos. A fim de comprovar essa ideia, dividimos o estudo em quatro partes, a saber: a primeira, cujo escopo é conhecer, brevemente, a vida, a obra e a crítica sobre A. Azevedo; em seguida, explanar acerca das relações entre trabalho e ociosidade estabelecidas pelos brasileiros de então, e averiguar, partindo do conceito de ―navegação social‖, os esquemas de sobrevivência empreendidos pelas personagens em algumas cenas do corpus. Na terceira seção, procuramos rastrear a utilização do criado ardiloso, na Comédia Nova, passamos pelos Zanni e por Arlequim, cotejamos ainda as figuras do trickster, do pícaro e a do próprio malandro. Por fim, munidos das noções de cômico e de satírico, buscamos interpretar o malandro presente na dramaturgia azevediana. O referencial teórico usado vincula-se a pesquisas de diversas áreas: antropologia social, dramaturgia, sociologia, historiografia teatral, história da vida privada, literatura cômica e/ou satírica, linguística e outras / Abstract: Our aim is to investigate the figure of the crook within a corpus made up of some of Arthur Azevedo's works. Azevedo is ―the greatest Brazilian comic theatrical author‖, according to Guinsburg et al (2006). It is our hypothesis that this playwright bases this historical leading character on a comedy convention that determines the use of characters from lower social classes, from the streetwise orderly of New Comedy up to his later congénere and what we call today the ―azevedian crook‖. This character supposedly has two important purposes: to poke fun at the government and the upper classes for providing the conditions that allowed the dissemination of crooks and also the purpose of esthetically recreating men and women who would soon be forgotten because they belonged to the lower classes. To prove our theory, we divided our study in four parts: the first one is a brief look into the life, the work and the reviews about A. Azevedo; next, we intend to talk about the relation between work and idleness of the Brazilians who lived in that period. We also intend to look into the concept of "social navigation" and the survival strategies used by some characters from corpus. In the third section we focus on the sleazy servant of New Comedy, on Zanni and Harlequin and conclude the section with a look on trickster, picaro and the crook himself. Finally, we use the concept of comical and satirical to interpret the crook of Azevedo's drama. Our theoretical references comes from researches from several areas: social antropology, dramatics, sociology, theatrical historiography, history of private life, comical/satirical literature, linguistics among others / Doutor

Page generated in 0.1115 seconds