• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 38
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 42
  • 19
  • 13
  • 8
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Padronização e processo de invasão/inibição de esporozoitos de Eimeria acervulina e E. tenella em celulas primarias de galinha, na presença de lectinas de plantas

Freitas, Fabio Franco Teixeira de 03 April 2002 (has links)
Orientadores : Urara Kawazoe, Adilson Leite / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-31T21:44:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Freitas_FabioFrancoTeixeirade_M.pdf: 3562717 bytes, checksum: b01c25a159d7757d258daa5d5f75409c (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Os efeitos de seis lectinas da subtribo Dioc1einae - DViol, DVir, DGr, ConBr, CF - e da subfamília Mimosoideae - PP - sobre as formas infectantes - esporozoítos de Eimeria acervulina e E. tenella, foram examinadas para determinar o índice de invasão em células primárias de rim e de embrião de galinha O pré-tratamento de esporozoítos com 100 µg/ml das seis lectinas e com 50 µg/ml de DViol, DVir, ConBr e PP inibiram significativamente a invasão por E. acervulina e E. tenella, respectivamente. O pré-tratamento das células primárias de embrião de galinha com seis lectinas (100 µg/ml) não apresentou efeito estatisticamente significante sobre a invasão dos esporozoítos de E. acervulina. Não houve correlação entre a afinidade da lectina DViol por D-manose (açúcar de especificidade das lectinas) e o efeito de inibição da invasão, uma vez que o tratamento de esporozoítos de E. acervulina e E. tenella com essa lectina e D-manose apresentou resultado semelhante ao tratamento somente com lectina. A análise dos esporozoítos de E. acervulina tratados com as seis lectinas (l00 µg/ml), por meio de citometria de fluxo, não demonstrou ruptura na membrana nem perda da viabilidade desses esporozoítos. Os dados obtidos no presente trabalho sugerem que interações específicas entre as lectinas Dioc1einae e esporozoítos de E. acervulina e E. tenella podem alterar o processo de invasão às células cultivadas in vitro sem, no entanto, apresentar atividade parasiticida / Abstract: The effect of six plant lectins in the invasion of Eimeria acervulina and E. tenella sporozoites using primary chick kidney and embryo cells cultivated in vitro, was examined. Pretreatment of sporozoites with l00 µg/ml of DViol, DVir, DGr, ConBr, CF, PP and 50 µg/ml of DViol, DVir, ConBr and PP inhibited significantly the invasion of E. acervulina and E. tenella sporozoites, respectively. Pretreatment of cell cultures with l00 µg/ml l of lectins had no significant effect on E. acervulina sporozoites invasion. There was no correlation between sugar affinity of lectins for D-manose and the inhibitory effect of the parasites demonstrated by treatment of E. acervulina and E. tenella sporozoites with DViol and incubated with or without D-manose which showed similar inhibitory effects. Flow citometric analysis of E. acervu/ina sporozoites treated with l00 µg/ml of six lectins showed no membrane disruption and loss of viability. The data observed in the present study suggest that specific interactions between Diocleinae lectins and E. acervu/ina and E. tenella sporozoites can change the process of invasion in cells cultivated in vitro without showing parasiticide activity. The experiments carried out showed higher effect of lectins on E. acervulina sporozoites than for E. tenella sporozoites / Mestrado / Mestre em Parasitologia
2

Caracterização de um peptideo anticoccidiano obtido a partir de bibliotecas de phage display

Silva Junior, Arnaldo da 02 August 2018 (has links)
Orientador : Adilson Leite / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-02T09:23:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SilvaJunior_Arnaldoda_D.pdf: 6277270 bytes, checksum: 2d414067434cd31aec9b917ad0ab2e1a (MD5) Previous issue date: 2002 / Doutorado
3

Eimerídeos parasitas de búfalos

Noronha Júnior, Antonio Carlos Faconti de [UNESP] 05 July 2002 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:39Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2002-07-05Bitstream added on 2014-06-13T18:59:17Z : No. of bitstreams: 1 noronhajunior_acf_me_ilha.pdf: 205421 bytes, checksum: b36703e3e8e240c359ffbc072b93ede9 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / A coccidiose é uma doença parasitária que tem como agentes etiológicos várias espécies de protozoários, incluindo as do gênero Eimeria Schneider, 1875 (Apicomplexa: Eimeriidae). O estudo teve como objetivo identificar as espécies de protozoários do gênero Eimeria que parasitam búfalos, assim como verificar a presença de espécies patogênicas e suas frequências através de exames coproparasitários, além de acompanhar a evolução do parasitismo nos bezerros e nas búfalas adultas durante o ano. Foram analisadas fezes de dois lotes (um lote por ano de experimento) de 18 bezerros búfalos do nascimento aos 365 dias de idade, de ambos os sexos e suas respectivas mães, criados na Fazenda de Ensino e Pesquisa (FEP) da Unesp- Campus das espécies de Eimeria spp. foi feita através das características morfomicrométricas de Ilha Solteira no município de Selvíria- MS. A identificação dos oocistos esporulados. Os bezerros búfalos iniciaram o parasitismo patente entre os 6 a 29 dias de idade com a maior concentração de eliminação de oocistos nas fezes de 188 a 292 dias de vida. As búfalas adultas não eliminaram oocistos nas fezes em nenhuma época do ano, e mesmo entre os bezerros infectados não houve manifestação de sintomatologia clínica característica de coccidiose. Observou-se em ambos os anos analisados, que o maior índice parasitário ocorreu durante o período chuvoso, ou seja de setembro a janeiro nos dois anos (2000 e 2001). As espécies identificadas foram as seguintes: E. ellipsoidalis, E. zuernii, E. auburnensis, E. brasiliensis, E. alabamensis e E.cylindrica. As espécies prevalecentes foram E. ellipsoidalis e E. cylindrica que predominavam nos animais mais jovens (6 a 133 dias). A E. zuernii, por outro lado, apresentou-se em baixo índice parasitário e somente nos animais mais velhos (208 - 283 dias). / Coccidiosis is a parasitic disease that has as etiologic agents some protozoan species, including the genus Eimeria Schneider 1875 (Apicomplexa: Eimeriidae). The objective of this study was to identify the species of Eimeria that most commonly affect the water buffalo. Feces of two groups (a groups per year of experiment) of 18 buffalo calves were analyzed for12 months after the birth and feces of 18 buffalo cows were analyzed four times a year (January, April, July and October). The identification of the species was made through the morphological examination of esporulated oocists. The buffalo calves started shedding oocists through their feces between 6 and 29 days of age with the highest concentration of the oocysts between 188 and 292 days of age. The buffalo cows were negative to Eimeria spp. The animals were found more infected during the rainy season, (September to January) in both years. The species identified were: E. ellipsoidalis, E. zuernii, E. auburnensis, E. brasiliensis, E. cylindrica and E. alabamensis. The prevalent species were E. ellipsoidalis and E. cylindrica that predominated in the youngest animals (6 to 133 days). E. zuernii, on the other hand, was found only in low numbers in the feces of older calves (208-283 days).
4

Eimerídeos parasitas de búfalos /

Noronha Júnior, Antonio Carlos Faconti de. January 2002 (has links)
Orientador: Wilma Aparecida Starke Buzetti / Banca: Neusa Saltiel Stobbe / Banca: Maria Conceição Zocoller Seno / Resumo: A coccidiose é uma doença parasitária que tem como agentes etiológicos várias espécies de protozoários, incluindo as do gênero Eimeria Schneider, 1875 (Apicomplexa: Eimeriidae). O estudo teve como objetivo identificar as espécies de protozoários do gênero Eimeria que parasitam búfalos, assim como verificar a presença de espécies patogênicas e suas frequências através de exames coproparasitários, além de acompanhar a evolução do parasitismo nos bezerros e nas búfalas adultas durante o ano. Foram analisadas fezes de dois lotes (um lote por ano de experimento) de 18 bezerros búfalos do nascimento aos 365 dias de idade, de ambos os sexos e suas respectivas mães, criados na Fazenda de Ensino e Pesquisa (FEP) da Unesp- Campus das espécies de Eimeria spp. foi feita através das características morfomicrométricas de Ilha Solteira no município de Selvíria- MS. A identificação dos oocistos esporulados. Os bezerros búfalos iniciaram o parasitismo patente entre os 6 a 29 dias de idade com a maior concentração de eliminação de oocistos nas fezes de 188 a 292 dias de vida. As búfalas adultas não eliminaram oocistos nas fezes em nenhuma época do ano, e mesmo entre os bezerros infectados não houve manifestação de sintomatologia clínica característica de coccidiose. Observou-se em ambos os anos analisados, que o maior índice parasitário ocorreu durante o período chuvoso, ou seja de setembro a janeiro nos dois anos (2000 e 2001). As espécies identificadas foram as seguintes: E. ellipsoidalis, E. zuernii, E. auburnensis, E. brasiliensis, E. alabamensis e E.cylindrica. As espécies prevalecentes foram E. ellipsoidalis e E. cylindrica que predominavam nos animais mais jovens (6 a 133 dias). A E. zuernii, por outro lado, apresentou-se em baixo índice parasitário e somente nos animais mais velhos (208 - 283 dias). / Abstract: Coccidiosis is a parasitic disease that has as etiologic agents some protozoan species, including the genus Eimeria Schneider 1875 (Apicomplexa: Eimeriidae). The objective of this study was to identify the species of Eimeria that most commonly affect the water buffalo. Feces of two groups (a groups per year of experiment) of 18 buffalo calves were analyzed for12 months after the birth and feces of 18 buffalo cows were analyzed four times a year (January, April, July and October). The identification of the species was made through the morphological examination of esporulated oocists. The buffalo calves started shedding oocists through their feces between 6 and 29 days of age with the highest concentration of the oocysts between 188 and 292 days of age. The buffalo cows were negative to Eimeria spp. The animals were found more infected during the rainy season, (September to January) in both years. The species identified were: E. ellipsoidalis, E. zuernii, E. auburnensis, E. brasiliensis, E. cylindrica and E. alabamensis. The prevalent species were E. ellipsoidalis and E. cylindrica that predominated in the youngest animals (6 to 133 days). E. zuernii, on the other hand, was found only in low numbers in the feces of older calves (208-283 days). / Mestre
5

Avaliação da imunidade protetora de uma cepa atenuada de Eimeria acervulina, em galinhas (Gallus gallus), apos desafios com as cepas parentais homologa e duas heterologas

Dias, Lucio Andre Viana 22 September 2003 (has links)
Orientador: Urara Kawazoe / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-03T17:41:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dias_LucioAndreViana_M.pdf: 1392675 bytes, checksum: c05fdebc43b7af591b5d2567d76f7272 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: O presente trabalho teve como objetivo a avaliação da imunidade protetora produzida pela imunização de galinhas (Gallus gallus) com a cepa atenuada Cu de Eimeria acervulina, desafiadas com sua cepa homóloga e duas heterólogas parentais. Foram utilizadas aves SPF (Specific Pathogen Free) da linhagem White Leghorn, com idade de sete dias. Cada ave recebeu uma dose de lxl03 oocistos da cepa atenuada "Cu" de Eimeria acervulina, no 7º dia e outra dose reforço no 14º dia de vida. As aves foram desafiadas com 2xl05 oocistos das cepas parentais "Cu", "PeFa" e "I" de E. acervulina, com 21 dias de idade. Os parâmetros adotados para a avaliação foram ganho de peso médio por ave, escore de lesão da mucosa intestinal e produção de oocistos por ave. A imunização proporcionou uma elevada proteção (acima de 85%) às aves desafiadas com as cepas parentais "Cu" e "PeFa", com relação ao ganho de peso médio por ave e produção de oocistos. Contudo, a imunidade mostrou-se menos elevada (75%) após o desafio com a cepa parental "I". Foi obtida total proteção contra o desenvolvimento de lesões intestinais em todos os experimentos de imunização. Os resultados apresentados sugerem a presença de variação antigênica em E. acervulina "I", em relação às duas outras cepas utilizadas. A cepa atenuada "Cu" de Eimeria acer:vulina apresenta um elevado potencial para utilização como vacina, no Brasil / Abstract: Evaluation of protective immunity produced by immunization of chickens (Gallus gallus) with the attenuated tine "Cu" of Eimeria acervulina after challenge with its homologous and two heterologous strains "PePa" e "I" was performed. Seven day old White Leghorn SPP (Specific Pathogen Pree) chickens were used for experiments. Each bird received a dose of lxl03 attenuated "Cu" tine oocysts of Eimeria acervulina on the 7th day and another dose in the 14th day of age. The birds were chalIenged with 2xl05 oocysts of "Cu", "PePa " and " I " parent strains of E. acervulina on the 21st day - old. The criteria used to evaluate protective immunity were: weight gain, lesion score of duodenum and upper small intestine and oocysts production per bird. The immunization with precocious tine of E. acervulina showed a high protection of chickens after challenge with parent strains "Cu" (96%) and "PePa" (over 86%) for weight gain and oocysts production. The immunity was lower (75%) when birds were challenged with the "I" parent strain. Total protection against intestinal lesions was obtained in all the immunization experiments. The present results suggest the presence of antigenic variation in E. acervulina between the strains used in the experiments. The attenuated "Cu" tine of Eimeria acervulina seems suitable for its use as tive vaccine in Brazil / Mestrado / Mestre em Parasitologia
6

Obtenção e caracterização de um isolado precoce de Eimeria maxima (Apicomplexa: Eimeriidae) / Development and characterization of a single early

Pinola, Taline Bueno 02 November 2009 (has links)
Orientador: Urara Kawazoe / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-15T09:56:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pinola_TalineBueno_M.pdf: 812699 bytes, checksum: 060ac3635a386505de2cf212ec4c9a59 (MD5) Previous issue date: 2009 / Resumo: Este estudo teve como objetivos obter o isolado precoce de Eimeria maxima "Ca" e posterior estudo comparativo da patogenicidade entre as aves (Gallus gallus) inoculadas com isolados: parental e precoce, com os seguintes critérios de avaliação: ganho de peso corporal, escore de lesão da mucosa intestinal e contagem de oocistos produzidos pelas aves infectadas. Para a obtenção do isolado precoce foram inoculados sucessivamente em aves sadias, os primeiros oocistos eliminados, a partir da geração parental. Os oocistos contidos nas fezes foram isolados e cultivados em solução de dicromato de potássio 2% para a esporulação. Através deste processo foram realizadas 25 passagens dos primeiros oocistos nas aves até a estabilização do período prépatente. Foi obtida uma redução de 36 horas na eliminação dos primeiros oocistos, de 124h30min para 88h30min. Os isolados parental e precoce foram comparados quanto a patogenicidade, através da inoculação de doses específicas em aves sadias. Nesse estudo foram utilizadas 75 aves distribuídas em cinco grupos: I e II para a produção de oocistos, III e IV para ganho de peso e escore de lesão e grupo V como controle negativo (aves sadias). Houve uma diminuição significativa da patogenicidade em aves infectadas com o isolado precoce quando comparadas a aves inoculadas com a geração parental. As aves infectadas com o isolado precoce obtiveram uma média de escore de lesão da mucosa do intestino estatisticamente inferior à parental. O valor médio do escore de lesão obtido pelo isolado precoce foi de 0,77 enquanto que a geração parental 1,67. As aves infectadas com o isolado precoce apresentaram uma redução significativa na produção de oocistos, quando comparadas à respectiva geração parental. Apresentaram, também, ganho de peso estatisticamente superior em relação à geração parental. Este isolado precoce é um excelente candidato à produção e comercialização de uma vacina viva atenuada. No entanto, testes em bateria e no campo sobre imunidade protetora desse isolado precoce devem ser realizados no futuro que poderá caracterizá-lo confiável para o uso comercial como vacina viva atenuada no controle da coccidiose aviária. / Abstract: The aim of this study was to obtain a precocious line of Eimeria maxima, "Ca" strain and the comparative pathogenicity study between precocious line and parental strain. The criteria used for this evaluation was: body weight gain, lesion score of intestinal mucosa and oocyst counting dropped by infected chickens. The precocious line was obtained by successive oral inoculation of parental E. maxima oocysts in chickens. First oocysts eliminated after inoculation were collected, isolated and cultivated in 2% dichromate potassium solution for their sporulation. The pre-patent period of first oocysts elimination diminished and stabilized after 25 passages in chickens. It was obtained a time reduction of 36 hours between precocious line and parental strain: 124h30' for parental strain and 88h30' for precocious line. The comparative evaluation of pathogenicity between precocious line and parental strain were performed using body weight gain, lesion score and oocyst production compared to non - infected chickens in groups of five chickens per cage with three replications. Parental strain infected in chickens showed loss of body weight while in chickens inoculated with precocious line showed weight gain of 75% when compared to non-infected control birds. The lesion score of intestine mucosa was 0.8 for chickens with precocious line and 1.7 for parental strain showing statistically significant difference. The precocious line showed also significant less oocyst production than parental strain in infected chickens. The precocious line of E. maxima obtained in the present study seems a good candidate for live attenuated vaccine against avian coccidiosis although there is a need for complementary study about protective immunity in battery and field tests. / Mestrado / Mestre em Parasitologia
7

Reconstrução in silico da rede metabólica do fungo Paracoccidioides lutzii

Alvarez, Paulo Antonio 22 February 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação, 2012. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-07-29T15:56:28Z No. of bitstreams: 1 2012_PauloAntonioAlvarez.pdf: 2479176 bytes, checksum: 131c372971163154ba6bf20da667bbce (MD5) / Approved for entry into archive by Leandro Silva Borges(leandroborges@bce.unb.br) on 2013-08-06T20:48:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_PauloAntonioAlvarez.pdf: 2479176 bytes, checksum: 131c372971163154ba6bf20da667bbce (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-06T20:48:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_PauloAntonioAlvarez.pdf: 2479176 bytes, checksum: 131c372971163154ba6bf20da667bbce (MD5) / O Paracoccidioides lutzii é o agente causador da Paracoccidioidomicose (PCM), uma doença endêmica em áreas rurais da América Latina que afeta cerca de 10 milhões de indivíduos. Neste trabalho realizamos a primeira reconstrução in silico em larga escala da rede metabólica desse fungo, com o objetivo de integrar e disponibilizar mais informações sobre a biologia molecular de P. lutzii.
8

Obtenção de duas populações precoces de Eimeria maxima Tyzzer, 1929 e sua caracterização

Moretti, Maria Eliane Boock 01 December 1997 (has links)
Orientador: Urara Kawazoe / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-23T03:19:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moretti_MariaElianeBoock_M.pdf: 6658300 bytes, checksum: 84bc1e43c52f14e0aaf0a4748b6b938e (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: Este trabalho teve como objetivos a obtenção de duas populações precoces de Eimeria maxima, sua caracterização quanto a patogenicidade e patologia e o estudo da sensibilidade desses isolados a oito medicamentos anticoccidianos de uso comercial freqüente na indústria avícola. Para a obtenção de isolados precoces, oocistos obtidos no campo (isolados "Cu" e "L") foram inoculados sucessivamente em aves sadias, para a coleta dos primeiros oocistos eliminados. Através desse processo foram feitas 14 passagens para o isolado E. maxima "Cu", obtendo-se a diminuição do período pré-patente para a eliminação dos primeiros oocistos, de 129h 45' para 114h 30'. Para o segundo isolado, foram realizadas 18 passagens, obtendo-se a redução do período pré-patente de 127h para 103h 30'. As gerações parenta I e precoce desses dois isolados foram comparadas quanto a patogenicidade, através da inoculação de oocistos em aves sadias, observando-se o ganho de peso, escore de lesão e produção de oocistos. No isolado "Cu" não foi observada diferença significativa entre as gerações parental e F10 porém, no isolado "L" houve diminuição da patogenicidade entre as gerações parental e F14. O estudo histopatológico não mostrou diferença nas lesões intestinais entre as duas gerações do isolado "Cu", mas houve diminuição das lesões na geração F14 do isolado "L" em relação à geração parenta!. O teste de sensibilidade mostrou que o isolado "Cu" foi sensível a quatro medicamentos e parcialmente resistente a outros quatro, avaliados através do índice anticoccidiano cujos parâmetros usados foram: percentagem de sobrevivência das aves inoculadas, escore de lesão intestinal, ganho de peso e produção de oocistos nas aves. O isolado "L" mostrou-se sensível apenas a um dos medicamentos testados, parcialmente resistente a quatro e resistente a três outros medicamentos. Os oocistos precoces obtidos no presente trabalho, parecem ter atingido uma estabilidade quanto ao período pré-patente no isolado "Cu", ao passo que o isolado "L" parece ainda não ter atingido uma estabilidade. No entanto, ambos os isolados apresentaram uma redução na produção de oocistos, quando comparados às respectivas gerações parentais. A confirmação da atenuação dessas gerações precoces, num estudo futuro, caracterizará os isolados como aceitáveis para o uso como vacinas vivas atenuadas, no controle da coccidiose aviária / Abstract: The objective of the present study was to obtain precocious lines from two field isolates of Eimeria maxima "Cu" and "L" as well as to compare the pathogenicity and pathology between parent and precocious lines of each isolate. Sensitivity tests of these isolates against eight most common anticoccidial drugs were performed to characterise the isolates. The precocious lines were obtained by repeated selection for the first oocysts to appear in the infected chickens. After 14 passages of E. maxima "Cu" oocysts in chickens, the pre-patent period for the first oocysts was reduced from 129h 45' to 114 hours and after 18 passages of E. maxima "L" oocysts in chickens this period was reduced from 127 to 103h 30'. The precocious line F10 was as pathogenic as the parent strain of E. maxima "Cu" while the precocious line F14 was less pathogenic than the parent strain of E. maxima "L" usíng as criteria weight gain, lesion score and oocyst production. The histopathologic observations for both isolates confirmed the degree of patogenicity of the isolates. The evaluation of the sensitivity tests of isolates "Cu" and "L" against eight drugs using the anticoccidial index as a criteria showed that E. maxima "Cu" was sensitive to four drugs and partially resistant to four others while E. maxima "L" was sensitive to one drug, partially resistant to four and resistant to three other drugs. Stability of precocious lines for pre-patent period of first oocysts in chickens seems to be reached for both strains studied by the observation in reduction of oocyst production when compared to the parent strains. The aUenuation of these precocious lines will be studied in future and once this character is confirmed the lines will be used as a vaccine for coccidiosis contraI / Mestrado / Parasitologia / Mestre em Ciências Biológicas
9

Avaliação fisiopatológica de coelhos (Oryctolagus cuniculus) infectados experimentalmente com oocistos esporulados de Eimeria stiedae (APICOMPLEXA: EIMERIIDAE) /

Freitas, Fagner Luiz da Costa. January 2009 (has links)
Orientador: Celio Raimundo Machado / Banca: Urara Kawazoe / Banca: Carlos Wilson Gomes Lopes / Banca: Luis Francisco Prata / Banca: Antonio Carlos Paulillo / Resumo: A infecção experimental por Eimeria stiedae em coelhos foi realizada com o objetivo de avaliar os sinais clínicos, alterações hematológicas, metabólicas e anatomopatológicas. Foram utilizados 50 coelhos, raça Nova Zelândia, brancos, com idade entre 40 - 60 dias e de pesos semelhantes. Os animais foram randomizados com relação ao peso e distribuídos em 2 grupos experimentais: grupo infectado, inoculado com 1ml de solução contendo 1x104 oocistos esporulados de E. stiedae; grupo controle, inoculado 1 ml de água destilada. Os animais foram avaliados semanalmente, durante 28 dias, a partir da data de inoculação. Os dados foram avaliados utilizando-se método estatístico não paramétrico pelo teste de Wilcoxon ao nível de 5% de significância. Coelhos infectados com oocistos esporulados de Eimeria stiedae tiveram cirrose hepática que afetou o funcionamento normal do referido órgão repercutindo em produção de proteínas de fase aguda e ocasionando consideráveis alterações metabólicas. / Abstract: The experimental infection by Eimeria stiedae in rabbits was performed to evaluate the clinical signs, hematological, metabolic and pathological changes. Fifty rabbits were used, New Zealand race, white, aged 40 to 60 days and of similar weight. The animals were randomized to the weight and distributed into 2 experimental groups: infected group, inoculated with 1 ml of solution containing 1x104 sporulated oocysts of Eimeria stiedae; control group, inoculated 1 ml of distilled water. The animals were evaluated weekly, for 28 days from the date of inoculation. A statistical was used non-parametric Wilcoxon test method at 5% level of significance. Rabbits infected with sporulated oocysts of Eimeria stiedae had liver cirrhosis that affected the normal functioning of the body resulting in production of acute phase proteins and cause considerable metabolic changes. / Doutor
10

Avaliação fisiopatológica de coelhos (Oryctolagus cuniculus) infectados experimentalmente com oocistos esporulados de Eimeria stiedae (APICOMPLEXA: EIMERIIDAE)

Freitas, Fagner Luiz da Costa [UNESP] 02 February 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:33:26Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-02-02Bitstream added on 2014-06-13T21:06:05Z : No. of bitstreams: 1 freitas_flc_dr_jabo.pdf: 1139081 bytes, checksum: 856bf3c96a6f7eed40da1a35b470f7ae (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A infecção experimental por Eimeria stiedae em coelhos foi realizada com o objetivo de avaliar os sinais clínicos, alterações hematológicas, metabólicas e anatomopatológicas. Foram utilizados 50 coelhos, raça Nova Zelândia, brancos, com idade entre 40 - 60 dias e de pesos semelhantes. Os animais foram randomizados com relação ao peso e distribuídos em 2 grupos experimentais: grupo infectado, inoculado com 1ml de solução contendo 1x104 oocistos esporulados de E. stiedae; grupo controle, inoculado 1 ml de água destilada. Os animais foram avaliados semanalmente, durante 28 dias, a partir da data de inoculação. Os dados foram avaliados utilizando-se método estatístico não paramétrico pelo teste de Wilcoxon ao nível de 5% de significância. Coelhos infectados com oocistos esporulados de Eimeria stiedae tiveram cirrose hepática que afetou o funcionamento normal do referido órgão repercutindo em produção de proteínas de fase aguda e ocasionando consideráveis alterações metabólicas. / The experimental infection by Eimeria stiedae in rabbits was performed to evaluate the clinical signs, hematological, metabolic and pathological changes. Fifty rabbits were used, New Zealand race, white, aged 40 to 60 days and of similar weight. The animals were randomized to the weight and distributed into 2 experimental groups: infected group, inoculated with 1 ml of solution containing 1x104 sporulated oocysts of Eimeria stiedae; control group, inoculated 1 ml of distilled water. The animals were evaluated weekly, for 28 days from the date of inoculation. A statistical was used non-parametric Wilcoxon test method at 5% level of significance. Rabbits infected with sporulated oocysts of Eimeria stiedae had liver cirrhosis that affected the normal functioning of the body resulting in production of acute phase proteins and cause considerable metabolic changes.

Page generated in 0.0359 seconds