• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 114
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 8
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 118
  • 118
  • 59
  • 42
  • 42
  • 34
  • 33
  • 31
  • 28
  • 26
  • 25
  • 23
  • 22
  • 22
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Corpo, gênero sexulidade na produção discursiva da deficiência física : um estudo om homens vivendo em contextos (desportivos) nordestinos / BODY, GENDER AND SEXUALITY IN THE DISCOURSE PRODUCTION OF PHYSICAL HANDICAP: A STUDY WITH MEN LIVING IN THE CONTEXT OF SPORT IN THE NORTHEAST OF BRAZIL. (Inglês)

Alcântara, Katia Couto Rodrigues 10 June 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:54:26Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-06-10 / Alcântara, K. C. R. (2014). Body, gender and sexuality in the discourse production of physical handicap: a study with men living in the context of sport in the northeast of Brazil. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade de Fortaleza, Fortaleza. The issues related to gender and sexuality indicate relevant aspects in the construction of masculinity in articulation with physical handicap. Such evidences makes us question the production of discourses of physical handicap permeated by prejudice and exclusion because it relates bodily difference to an abject body and also because bodies are used in an arbitrary way to explain a division of population. Therefore, this research aims at analyzing the discourses and the representations of gender, body and sexuality based on interlocutions with physically handicapped people. When taking into consideration cultural, historical and social processes by which handicap has been produced and represented in contemporaneity in the perspective of cultural and gender studies, we still operate in an intersection with the dimensions of race, ethnicity and social class. The theoretical and methodological base of this study is related to post-structuralist perspectives present in cultural, feminist and Queer studies. In order to conduct this study we opted for an ethnographic approach using information recorded in different records: field diary and interview. The perspectives of problematization that were produced from these two sources of record/production in/of the field work will be analyzed based on Foucault s analysis of discourse. This decision concerning methodology will enable us to investigate the social and cultural processes by which bodies are produced by choosing as interlocutors young men aged from 18 to 45 who practice physical activity and are physically handicapped. We concluded that physical handicap is a bodily experience that is socially and culturally signified and, in this process, we emphasize the views of body, gender and sexuality. Keywords: Body; Gender; Sexuality; physical handicap. / Alcântara, K. C. R. (2014). Corpo, gênero e sexualidade na produção discursiva da deficiência física: um estudo com homens vivendo em contextos (desportivos) nordestinos. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade de Fortaleza, Fortaleza. As questões relacionadas ao gênero e à sexualidade refletem aspectos relevantes na constituição da masculinidade em articulação com a deficiência física. Tais indicações levam a questionar a produção de discursos acerca da deficiência, marcados pelo preconceito e pela exclusão, por atribuir à diferença uma representação corporal abjeta e serem usados, de maneira arbitrária, para explicar uma divisão da população. Portanto, esta pesquisa tem o objetivo de analisar os discursos e representações de gênero, corpo e sexualidade com base em interlocuções com pessoas com deficiência física. Ao se levar em consideração os processos culturais, históricos e sociais, por meio dos quais a deficiência é produzida e representada na contemporaneidade, na perspectiva dos estudos culturais e de gênero, operase, ainda, em uma intersecção com as dimensões de raça, etnia e classe social. Este estudo está alojado teórico-metodologicamente em perspectivas pós-estruturalistas presentes nos Estudos Culturais, Estudos Feministas e Estudos Queer. Para a realização deste ensaio, optouse por uma abordagem etnográfica, utilizando-se de informações acomodadas em registros do diário de campo e de entrevista. As entradas de problematização que se produziram com suporte nesses dois movimentos de registro/produção no/do trabalho de campo são analisadas com base na análise do discurso foucaultiana. Esta escolha metodológica permitiu pesquisar os processos sociais e culturais pelos quais os corpos são produzidos, elegendo como interlocutores homens jovens de 18 a 45 anos praticantes de atividade física, com deficiência física. Concluiu-se que a deficiência é uma experiência corporal significada social e culturalmente, destacando-se nesse processo o recorte de corpo, gênero e sexualidade. Palavras-chave: Corpo; Gênero; Sexualidade; Deficiência Física.
2

O estigma da marca corporal invisível : estudo sobre o mundo do trabalho das pessoas com estomia intestinal definitiva

Oliveira, Danielle de January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2007. / Submitted by Luanna Maia (luanna@bce.unb.br) on 2009-03-04T12:05:32Z No. of bitstreams: 1 Dissert_Danielli de Oliveira.pdf: 1787978 bytes, checksum: 17b546c06be5a848b63910c5a3bcbaac (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-03-04T13:56:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissert_Danielli de Oliveira.pdf: 1787978 bytes, checksum: 17b546c06be5a848b63910c5a3bcbaac (MD5) / Made available in DSpace on 2009-03-04T13:56:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissert_Danielli de Oliveira.pdf: 1787978 bytes, checksum: 17b546c06be5a848b63910c5a3bcbaac (MD5) / Esta dissertação analisa o mundo do trabalho das mulheres e dos homens com estomia intestinal definitiva, que residem no Distrito Federal (DF), sob o enfoque da deficiência, tendo em vista o reconhecimento da estomia, devido à perda do controle esfincteriano, como uma deficiência física por meio do Decreto n. 5.296, de 02 de dezembro de 2004. Vivendo em uma sociedade que oprime e segrega as pessoas com algum tipo de deficiência, as mulheres e os homens que utilizam a bolsa coletora, para as eliminações fecais, são discriminados e acabam vivenciando as incapacidades impostas socialmente ao serem afastados dos atributos de independência, de eficiência e de produtividade, em uma sociedade capitalista produtora de mercadorias. Buscou-se analisar o motivo do não retorno ao mundo do trabalho de mulheres e de homens com estomia intestinal definitiva, determinando se existe um comportamento diferenciado por gênero. Esta pesquisa apóia-se na utilização do método qualitativo na qual foram utilizadas as técnicas de aplicação de questionário fechado, para estabelecer o perfil das pessoas com estomia intestinal definitiva e de entrevista em profundidade, visando explorar o mundo do trabalho do grupo considerado. Para a entrevista em profundidade, foi definida uma amostra acidental em que foram escolhidos mulheres e homens que possuem estomia intestinal ou estomia intestinal e urinária definitivas há um ou mais anos; que não estivessem aposentados na ocasião de realização da estomia e que estivessem em idade ativa para o trabalho, respeitando as legislações que regulamentam o trabalho no Brasil. Para as análises foi adotada a técnica de análise de conteúdo. Estudar o universo populacional das pessoas com estomia intestinal definitiva significa conhecer e reconhecer as situações de desigualdades sociais e econômicas influenciadas pelo processo de estigmatização; no que se referem à renda, à escolaridade e ao mundo do trabalho. Verificou-se nesta pesquisa que as pessoas com estomia intestinal definitiva não retornam ao mundo do trabalho formal e que há uma valorização positiva diferente do trabalho no espaço doméstico, a partir da realização da estomia. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation analyses the world of work for men and women residing in Distrito Federal (DF) with permanent ostomy, with a main focus on disability, given that ostomy has been recognized as a physical disability, due to the bowel incontinence, by the Decree 5.296, of 2 December, 2004. Living in a society that subjugates and segregates disabled people, users of ostomy pouches to feces elimination are discriminated and eventually face socially imposed disabilities when dissociated from the attributes of a productive, capitalist society; such as independence, efficiency, and productivity. This study aimed to analyze the reasons why men and women with permanent ostomy do not return to the world of work and to determine if the observed behavior is gender specific. This qualitative based research made use of close-ended questionnaires to establish the profile of people with permanent ostomy in addition to the use of in-depth interviews that aimed to explore their world of work. For the in-depth interview, an accidental sample was defined by choosing men and women with permanent ostomy or ostomy and urostomy for one year or more, excluding the ones retired in the occasion of the ostomy and according to the legal working age in Brazil. The gathered data has been examined by using content analysis techniques. Studying the universe of people with permanent ostomy means becoming familiar and recognizing situations of social and economical inequalities that are influenced by the stigmatization process related to income, educational level as well as to world of work. A positive appreciation of the individuals in their domestic environment has been observed after the permanent ostomy was performed. It was also observed that the ostomized people did not return to the formal world of work.
3

Deficiência física e violências cotidianas : experiências de mulheres

Gelain, Denise Gasperin 30 June 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-08-15T15:51:04Z No. of bitstreams: 1 2016_DeniseGasperinGelain.pdf: 1127691 bytes, checksum: d90df59a35ed3c4dbdc9625b1d5430f5 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-09-09T15:44:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_DeniseGasperinGelain.pdf: 1127691 bytes, checksum: d90df59a35ed3c4dbdc9625b1d5430f5 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-09T15:44:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_DeniseGasperinGelain.pdf: 1127691 bytes, checksum: d90df59a35ed3c4dbdc9625b1d5430f5 (MD5) / As mulheres com deficiência física são um grupo vulnerável a sofrer violências. O objetivo geral dessa pesquisa foi investigar como mulheres com deficiência física vivenciam violências cotidianas nos âmbitos pessoais, familiares e sociais, a partir de uma perspectiva de gênero e feminista. Para tanto, são apresentadas as dimensões corporal, relacional e identitária das experiências dessas mulheres e as formas como violências cotidianas e preconceitos são vividos nessas áreas. As participantes da pesquisa foram quatro mulheres com deficiência física, com idades entre 20 a 50 anos, recrutadas através da rede de contatos da mestranda, envio de e-mails de divulgação da pesquisa e indicações das próprias entrevistadas. As informações foram coletadas por meio de entrevistas individuais semiestruturadas e analisadas com base na metodologia de análise de conteúdo. As categorias temáticas discutidas foram: Percepções de si e de sua vida; Vivências da corporeidade e da sexualidade; Experiências relacionais; Interações com o contexto social; Preconceitos e violências cotidianas. Utilizou-se uma perspectiva de gênero e feminista em diálogo com o modelo social da deficiência. Constatou-se que diversos aspectos têm impacto sobre as experiências das mulheres entrevistadas: a força de valores como magreza e beleza, mediados por discursos médicos e midiáticos; as opressões, os mitos e as negações ligadas à sexualidade; as dificuldades que os próprios familiares têm de aceitar, acolher e lidar com as diferenças; a desproteção e invisibilidade a que estão sujeitas as mulheres com deficiência no contexto social; a falta de acessibilidade que limita suas vivências e desenvolvimento de potencialidades; a participação em grupos de pessoas com deficiência; presença de preconceitos e violências cotidianas. Dependendo do contexto, diferentes formas de violência se delinearam nas vivências das mulheres com deficiência física entrevistadas. Os depoimentos das participantes nos levou a concluir que podemos considerar como alguns possíveis impactos das violências cotidianas, nomeadas dessa forma ou não, os seguintes comportamentos e sentimentos: dificuldade de aceitação, humilhação, sentimento de exclusão, vergonha do corpo, revolta, tristeza, decepção, desânimo, falta de motivação, impotência e sensação de rejeição na relação com outras pessoas. De maneira geral, os preconceitos e as violências cotidianas deixaram uma marca emocional nas mulheres entrevistadas. Constataram-se também algumas pré-concepções e preconceitos acerca do que é socialmente esperado no que concerne à participação de mulheres com deficiência física em contextos sociais. Mesmo não intencionalmente, as mulheres com deficiência física entrevistadas desafiaram algumas dessas expectativas e barreiras. A produção de mais conhecimento acerca dessas e outras dimensões das experiências de vida dessas mulheres pode contribuir para melhorar as condições de vida desse grupo minoritário. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Women with disability are a vulnerable group to suffer violence. The goal of this research was to investigate how women with disability experience everyday violence in personal, familiar and social spheres, from a perspective of gender and feminism. Therefore, it is presented the body, relational and identity dimensions of the experiences of these women and the ways in which everyday violence and prejudice are experienced in these areas. The participants were four women with disabilities aged from 20 to 50 years old, recruited in the graduate student networking, by sending emails to disseminate the research and other participants were proposed by some of the interviewees themselves. Data were collected through semi-structured individual interviews and analyzed based on the content analysis methodology. The thematic categories discussed were: perceptions of themselves and their lives; experiences related to the body and the sexuality; relationship experiences; interactions with the social context; prejudices and everyday violence. We used a perspective of gender and feminism with the social model of disability. It was found that several aspects have an impact on the experiences of the women interviewed: the strength of values such as thinness and beauty, mediated by medical and media speeches; oppression, myths and denials related to sexuality; the difficulties that the families themselves have to deal with and accept regarding the differences; the defenselessness and invisibility that women with disabilities face in the social context; lack of accessibility that limits their experiences and development; participation in groups of people with disabilities; everyday prejudice and violence. Depending on the context, different forms of prejudice and violence outlined and affected the experiences of the women with disabilities that were interviewed. The testimonies of the participants lead us to conclude that we can consider as some possible impacts of everyday violence, named that way or not, the following behaviors and feelings: difficult of acceptance, humiliation, feelings of exclusion, body shame, anger, sadness, disappointment , lack of motivation, impotence and sense of rejection related to others. In general, prejudice and everyday violence have left an emotional scar on the women interviewed. It has also been found some preconceptions and prejudices about what is socially expected regarding the participation of women with disabilities in social contexts. Even unintentionally, women with disabilities interviewed challenged some of these expectations and barriers. The production of knowledge about these and other aspects of the life experiences of these women can help to improve the living conditions of this minority group.
4

Capacidade de agir em decisões existenciais : análise sobre a possibilidade jurídica das diretivas antecipadas de vontade por adolescentes e pessoas com diversidade funcional / Ability to act in existential situations: analysis of the legal possibility of advance directives of will by adolescents and people with functional diversity (Inglês)

Lima, Luciana Vasconcelos 29 August 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:09:21Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2016-08-29 / The evolution of medicine enabled the development of new techniques and new drugs, increasing the time between the discovery of disease and death, extending the existence of people. In addition treatments for the cure of many diseases, the use of artificial maintenance of life devices is also possible, allowing delay the death of the patient stricken with serious and incurable illness in advanced stages. This reality however lead to the reflection on the possibility of the person determine how he would like to be treated if he loses the ability to understand his health condition and opt for treatment and care which would either not be submitted. As a tool of declaration of intent emerge the advanced directive, which in Brazil, although has no law in the strict sense, were regulated by the Federal Medical Council in Resolution No. 1,995 of August 31, 2012. Formulated to regulate medical practice, have an immediate impact on the physician-patient relationship and how to treat a person's autonomy. Due to the absence of a specific law, issues as to the subject able to make the directives and the form of the document are open, revealing bioethical issues with reflection in the law. Raises questions about the ability of people with mental disabilities and minors to make advance directives in face of protective law, but also the need for promotion and emancipation of these people. Any solution should consider the consolidated principles in the Constitution, notably the foundation of human dignity which is at the center of fundamental rights. Although terminally ill patients have no chances of a cure for his illness, they are rights holders and should have their dignity preserved in the last moments of life. In respect for these rights, especially autonomy, they can not be subjected to any treatment able to configure torture, either, those futile treatments that only increase suffering and do not generate well-being and healing perspective. Focusing on the practice of palliative care and orthothanasia in Brazil, related to the principle of human dignity and bioethical principles of respect for autonomy, beneficence and non-maleficence, this dissertation aims to analyze the right of bioethics self-determination from the perspective of a fundamental right and a personality right, and the legal nature of advanced directives and compatibility with the Brazilian legal system, checking which capacity criterion is necessary for making medical decisions regarding the self-determination of the patient, and finally if civil capacity to existential decisions involves replacement will when the agent is adolescent or psychic disabled. In the methodological aspect, there was literature and documents, especially legal doctrine, laws and resolutions governing the medical management. Keywords: Existential decisions. Terminality life. Advanced directives. Disabled person. Adolescent. / A evolução da Medicina permitiu o uso de novas técnicas e de novos medicamentos que aumentam o tempo entre a descoberta de doenças e a morte, prolongando a existência das pessoas. Além de tratamentos para a cura de muitas doenças, também é possível o uso de aparelhos de manutenção artificial da vida, permitindo adiar a morte do paciente acometido de doença grave e incurável em estágio avançado. Essa realidade remete à reflexão sobre a possibilidade de a pessoa determinar como gostaria de ser tratada se vier a perder a capacidade de entender seu quadro de saúde e de optar por tratamento e cuidados aos quais gostaria ou não de ser submetida. Como instrumento de manifestação de vontade, despontam as diretivas antecipadas de vontade, que, no Brasil, embora não sejam objeto de lei em sentido estrito, foram reguladas pelo Conselho Federal de Medicina na Resolução nº 1.995 de 31 de agosto de 2012. Formuladas para regular a conduta médica, têm repercussão imediata na relação médico-paciente e na forma de tratar a autonomia da pessoa. Devido à ausência de lei específica, questões quanto ao sujeito apto a fazer as diretivas e à forma do documento estão em aberto, descortinando problemas bioéticos com reflexo no Direito. Questiona-se sobre a capacidade de pessoas com deficiência psíquica e de menores de idade fazerem diretivas antecipadas de vontade, em face das normas protetivas, mas também da necessidade de desenvolvimento e emancipação dessas pessoas. Qualquer solução deverá considerar os princípios consolidados na Constituição Federal, notadamente, o fundamento da dignidade da pessoa humana que constitui o centro dos direitos fundamentais. Embora os pacientes terminais não tenham chances de cura para sua doença, são titulares de direito e devem ter sua dignidade preservada nos últimos momentos de vida. Em respeito a esses direitos, sobretudo a autonomia, não podem ser submetidos a qualquer tipo de tratamento capaz de configurar tortura, tampouco, àqueles tratamentos fúteis que apenas aumentam o sofrimento e não geram bem-estar ou perspectiva de cura. Enfocando a prática dos cuidados paliativos e da ortotanásia no Brasil, correlacionados ao princípio da dignidade humana e aos princípios bioéticos do respeito à autonomia, não-maleficência e beneficência, a presente dissertação buscou analisar o direito à autodeterminação bioética sob a perspectiva de um direito fundamental e um direito de personalidade, bem como a natureza jurídica das diretivas antecipadas de vontade e a compatibilidade com o ordenamento jurídico brasileiro, verificando qual o critério de capacidade necessário para a tomada de decisões médicas, no tocante à autodeterminação do paciente e, por fim se capacidade civil necessária para as decisões existenciais comporta substituição de vontade quando o agente é adolescente ou deficiente psíquico. No aspecto metodológico, realizou-se pesquisa bibliográfica e documental, notadamente doutrina jurídica e bioética, leis e resoluções que disciplinam a conduta médica. Palavras-chave: Decisões existenciais. Terminalidade da vida. Diretivas antecipadas de vontade. Pessoa com deficiência. Adolescente.
5

Compreensão e produção oral de sentenças em crianças com deficiência auditiva pré-lingual usuárias de implante coclear / Compreension and oral production of sentences in children with prelingual hearing disabilities who use pre-lingual cochlear implants

Neves, Anderson Jonas das [UNESP] 27 August 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-01-13T13:26:49Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-08-27. Added 1 bitstream(s) on 2016-01-13T13:32:07Z : No. of bitstreams: 1 000852851.pdf: 8658987 bytes, checksum: 6c3acc4cc35478825daea8a5534a5fe7 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / O implante coclear destaca-se como uma das potenciais tecnologias aplicadas na reabilitação de pessoas com deficiência auditiva neurossonsorial pré-lingual bilateral, possibilitando uma sensação auditiva ao indivíduo e condições para que aprenda repertórios de ouvinte e falante. Este trabalho é uma continuidade das pesquisas na interface da Audiologia e Análise do Comportamento, que têm investigado as condições sobre as quais implantados cocleares pré-linguais aprendem habilidades receptivas e expressivas. O Capítulo 1 deste trabalho apresenta uma revisão da literatura que trata das relações entre o uso do implante coclear e a aquisição da linguagem. Para isso, foi realizada uma revisão dos estudos contidos nas bases Web of Science®, Scielo e LILACS, nos últimos 10 anos (2003 a 2013) com os seguintes unitermos, cochlear implant, auditory recognition, speech, speech production e language. Após um tratamento inicial dos resultados, foram selecionados para análise 86 artigos que foram classificados de acordo com os seguintes critérios ano de publicação, periódico, área de pesquisa, tipo de estudo, repertório investigado e temática geral dos estudos. O capítulo 2 realizou uma revisão sistemática da análise experimental da audição e da produção oral de implantados cocleares em função dos objetivos dos trabalhos, características dos participantes, procedimentos, estruturas de ensino e sensbilidade dos participantes aos procedimentos considerando a ampliação de vocabulário receptivo, leitura com compreensão e inteligibilidade da fala. O Capítulo 3 realizou um experiento que verificou se o fortalecimento da rede de relações de equivalência envolvendo sentenças (por um procedimento distinto do usualmente adotado), ofereceria condições para aprimorar a inteligibilidade da fala em tarefas de nomeação de figuras de ações. Participaram oito crianças com deficiência auditiva pré-lingual... / The cochlear implant stands out as one of the potentical technologies applied in the rehabilitation of people with sensorineural hearing loss pre-lingual bilateral, enabling an auditory sensation to the individual and conditions to learn repertories of speaker and listener. This work is a continuation of reseach at the interface of Audiology and Behavior Analysis, which have investigated the conditions under which pre-lingual cochlear implanted learn receptive and expressive skills. Chapter 1 of this paper presents the literature review which handles the relationship between the use of cochlear implants and language acquisition. For this, we conducted a studies review contained on the databases Web of Science® and LILACS®, the last 10 years (2003-2013) with the following key words, cochlear implant, auditory recognition, recognition, speech, speech production and language. After an initial treatment of the results, were selected for analysis 86 papers, were classified according to the following criteria: publication year, journal, research area, type of study, investigated repertorie and thematic general studies. Chapter 2 conducted a systematic review of the experimental analysis of hearing and speech production in cochlear implants's users, considering work objectives, characteristics of participants, procedures, teaching structure, the participants's sensitivity to the procedures considering the expansion of receptive vocabulary, reading with understanding and speech intelligibility. Chapter 3 conducted and experiment that examined whether the strenghering of the network of equivalence relations involving sentences (using other procedure usually adopted), offer conditions to improve speech intelligibility in tasks of picture naming actions. Participated in eight children with pre-lingual hearing loss, cochear implant's users, school age, who had good production speech in reading tasks of sentences. The materials used were... / FAPESP: 12/05696-0
6

Percepção de competência na execução de atividades realizadas por escolares com e sem deficiência / Perception of competence of activities carrioed out by disabled and nondisabled school chilfren

Andrade, Mirela Moreno Almeida de [UNESP] 17 February 2016 (has links)
Submitted by MIRELA MORENO ALMEIDA DE ANDRADE null (mirelamoreno@hotmail.com) on 2016-03-15T19:17:33Z No. of bitstreams: 1 dissertação final impressa.pdf: 1836443 bytes, checksum: 4b0f08e8ca805e51e1977e3ee214a0f7 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Paula Grisoto (grisotoana@reitoria.unesp.br) on 2016-03-15T20:17:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 andrade_mma_me_mar.pdf: 1836443 bytes, checksum: 4b0f08e8ca805e51e1977e3ee214a0f7 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-15T20:17:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 andrade_mma_me_mar.pdf: 1836443 bytes, checksum: 4b0f08e8ca805e51e1977e3ee214a0f7 (MD5) Previous issue date: 2016-02-17 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Na educação inclusiva, muito se debate sobre a necessidade de um ambiente adequado, que disponibilize recursos adaptados às necessidades da pessoa com deficiência, no entanto, atenção também deve ser dada à demanda ambiental no que tange à relação indivíduo-tarefa-ambiente, uma vez que a expressão de competências individuais emerge da sua interação com o contexto. Esta pesquisa teve como objetivo geral identificar características da percepção de competência, em situação de atividades escolares na perspectiva dos professores e alunos com e sem deficiência física. Destacamos os seguintes objetivos específicos: a) Identificar se a percepção dos professores com relação à competência dos alunos com e sem deficiência se diferencia, b) Identificar se a autopercepção de competência dos alunos com e sem deficiência se diferencia, c) Identificar se a percepção do professor com relação à competência do aluno com e sem deficiência se diferencia, dependendo da atividade pesquisada, d) Identificar se a autopercepção do aluno com e sem deficiência se diferencia, dependendo da atividade pesquisada, e) Identificar se existe diferença entre a percepção do professor com relação à competência do aluno com e sem deficiência e a autopercepção de competência dos respectivos alunos f) Identificar se existe diferença entre a percepção do professor com relação à competência do aluno com e sem deficiência e a autopercepção de competência dos respectivos alunos dependendo da atividade pesquisada, g) Identificar tendências perceptivas do professor na categorização do aluno com deficiência e a relação desse parâmetro com a atribuição de competência ao aluno. Participaram deste estudo dezoito alunos do ensino fundamental e seus professores, sendo nove alunos com deficiência física, nove sem deficiência e nove professores, na seguinte distribuição: aluno com deficiência, seu colega da sala de aula sem deficiência e o professor da sala. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, que versou sobre caracterização do aluno pelo professor sob aspectos gerais e sob aspectos da funcionalidade, e por meio do Perceived Eficacy and Goal Setting System (PEGS), que contempla a percepção de eficácia em vinte e sete atividades. Na análise do conteúdo das entrevistas, os resultados demonstraram que houve predomínio da caracterização do aluno com deficiência sob o enfoque da participação e realização das atividades escolares, sugerindo uma tendência de percepção do professor apoiada no olhar biopsicossocial da funcionalidade. Na análise estatística dos dados obtidos pelo PEGS, os resultados demonstraram que a percepção dos professores para a competência dos alunos sem deficiência foi mais favorável do que a percepção de competência dos alunos com deficiência tanto na avaliação geral do conjunto das atividades quanto em relação a cada uma das atividades pesquisadas. A autopercepção de competência dos alunos com deficiência não apresentou diferença estatisticamente significante, quando comparada à dos alunos sem deficiência tanto na avaliação geral do conjunto das atividades quanto em relação a cada uma das atividades pesquisadas. No entanto, os valores de dispersão demonstraram que, em todas as análises, os alunos sem deficiência apresentaram uma autopercepção mais favorável do que os alunos com deficiência. Ao compararmos a percepção dos professores a respeito da competência dos alunos com e sem deficiência e a autopercepção dos respectivos alunos não foi evidenciada diferença estatisticamente significante, porém os valores de dispersão demonstraram que, tanto na avaliação geral quanto nas atividades analisadas separadamente, todos os resultados apontaram que a autopercepção de competência dos alunos com deficiência é mais favorável do que a avaliação dos seus professores a respeito das suas competências, enquanto que na análise comparativa da percepção do professor com relação à competência dos alunos sem deficiência não foi identificada diferença significativa, conforme a análise dos valores de dispersão. Podemos concluir que a deficiência física influiu desfavoravelmente na percepção de competência tanto na perspectiva dos professores quanto dos próprios alunos com essa condição. Por outro lado, este estudo, ao evidenciar a tendência de caracterização do aluno com deficiência mais sob aspectos da funcionalidade e menos sob aspectos dos atributos físicos da deficiência, aponta para um resultado favorável à inclusão, embora as condições do ambiente ainda não ocupem lugar de destaque na percepção desses profissionais. / In inclusive education, discussions on the need for a different environment to make adequate resources available to the needs of the person with disabilities are evidenced. However, attention should also be given to environment demands regarding the individual-task-environment, as the expression of individual competences emerges from his/her interaction with the environment. This research generally aimed to identify the characteristics of competence perception in situations of school activities from the perspective of teachers and students with and without disabilities. We highlight the following specific objectives: a) to identify whether the perceptions of teachers regarding the competence of students with and without disabilities differ, b) to identify whether the self-perceptions of competence of students with and without disabilities differ, c) to identify whether the perceptions of the teachers regarding the competence of students with and without disabilities differ depending on the researched activity, d) to identify whether the self-perceptions of students with and without disabilities differ depending on the researched activity, e) to identify whether there are differences between the perceptions of teachers regarding the competence of students with and without disabilities and their students' self-perceptions of competence, f) to identify whether there are differences between the perceptions of the teachers regarding the competence of students with and without disabilities and the students' self-perception of competence depending on researched activity, g) to identify the teachers' perceptive trends in categorizing the disabled students and the relationship of this parameter with the attribution of competence to the student. The study included eighteen elementary school students and their teachers: nine physically disabled, nine non-disabled students and nine teachers, distributed as follows: disabled student, his/her non-disabled colleague and the teacher. Data were collected through semi-structured interviews regarding the characterization of the student by the teacher under general aspects and functionality aspects; as well as through Perceived Eficacy and Goal Setting System (PEGS), which comprise the efficacy perception in twenty seven activities. In the content analysis of the interviews, results showed there was a predominant characterization of the disabled student focusing participation and achievement in school activities, suggesting a trend of the teacher's perception supporting the functionality biopsychosocial view. In the statistical analysis of data obtained by PEGS, results showed that the perceptions of teachers for competence of students without disabilities was more favorable than the perceived competence of students with disabilities both in the overall assessment of all the activities and in relation to each one of the researched activities. The self-perceptions of competence of students with disabilities had no statistically significant difference compared to students without disabilities, both in the overall assessment of all the activities and in relation to each of the researched activities. However, dispersion values, showed that in all analyzes, students without disabilities had a more favorable self-perception in comparison with students with disabilities. When comparing the perceptions of teachers regarding the competence of students with and without disabilities and self-perception of their students, no statistically significant differences was found, however, the dispersion of values demonstrated that both in the general assessment and the activities analyzed separately, all results pointed out that the self-perception of students with disabilities is more favorable than the assessment of teachers regarding their competence, while in the comparative analysis of the teacher's perception regarding the competence of students without disabilities, no statistically significant difference was identified, confirmed by the analysis of dispersion values. We can conclude that the physical disability influenced negatively in the perception of competence both from the teacher's perspective and from the students' perceptions. On the other hand, evidencing a trend on characterizing the student with disability over their functionality aspects rather than on the physical attributes of their disabilities, this study points to a favorable result to inclusion, although the environmental conditions still do not concern the perception of these professionals.
7

Análise da acessibilidade de pessoas com deficiência física aos espaços de circulação de pedestre: o caso de Campinas-SP

Reis, Débora Feliciana dos 26 June 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T20:00:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 6102.pdf: 2096614 bytes, checksum: 7cd4a667611e200ea578f35b8843ffe0 (MD5) Previous issue date: 2014-06-26 / Financiadora de Estudos e Projetos / In this study the conditions of accessibility of pedestrian circulation spaces offered to people with physical disabilities users wheelchair were analyzed. The importance and influence of the characteristics of sidewalks and crossings in the choice of paths of public respondent were investigated. A virtual technical audit , through Google StreetView, paths frequently used, which had been previously evaluated and reported by respondents were analyzed . The virtual audit was based on the requirements of NBR9050/04, rules addressing accessibility for people with physical disabilities to buildings , spaces , urban furniture and equipment . First, related research were consulted and delimited the important and influential spaces for pedestrian movement characteristics, with respect, a person with physical disabilities. The results showed that the important characteristics in the sidewalks and crossings, and the quality of these reviews on the paths. The virtual audit showed the actual conditions of the pedestrian circulation spaces, which are outside the standards required by the standard, however the researched public was more tolerant conditions offered in these spaces. / Neste estudo foram analisadas as condições de acessibilidade dos espaços de circulação de pedestre ofertada às pessoas com deficiência física usuárias de cadeira de rodas. Foram investigadas a importância e influência das características de calçadas e travessias na escolha dos trajetos do respondente. Numa auditoria técnica virtual, por meio do Google StreetView, foram analisados os trajetos utilizados com frequência, os quais haviam sido indicados e avaliados anteriormente pelos entrevistados. A auditoria virtual teve como base as exigências da NBR9050/04, norma que trata da acessibilidade de pessoas com deficiência física a edificações, espaços, mobiliário e equipamentos urbanos. Primeiramente, pesquisas relacionadas ao tema foram consultadas e delineouse as características importantes e influentes dos espaços de circulação de pedestre, no que tange, a pessoa com deficiência física. O resultado demonstrou quais as características importantes em calçadas e travessias, e a qualidade destas nos trajetos avaliados. A auditoria virtual mostrou as condições reais dos espaços de circulação de pedestre, os quais se encontram fora dos padrões exigidos pela norma, entretanto o público pesquisado mostrou-se mais tolerante as condições oferecidas nestes espaços.
8

A tarefa de casa e o envolvimento familiar na inclusão escolar de alunos com deficiência física /

Gregorutti, Carolina Cangemi. January 2017 (has links)
Orientador: Sadao Omote / Banca: Olga Maria Piazentin Rolim Rodrigues / Banca: Rita de Cássia Tibério Araújo / Banca: Miguel Cláudio Moriel Chacon / Banca: Camila Mugnai Vieira / Resumo: A tarefa de casa tem uma função particularmente interessante além do processo de ensino e aprendizagem, pois pode funcionar como uma atividade mediadora da integração entre a escola e a família, tão necessária na Educação Inclusiva. Este estudo teve como objetivo investigar o envolvimento de pais ou outros familiares responsáveis por alunos com deficiência física na realização da tarefa de casa, considerando o processo de escolarização no contexto da Educação Inclusiva. Toda a análise visou a identificar as concepções dos participantes sobre a tarefa de casa e a parceria escola-família, as condições oferecidas à criança com deficiência física para a realização da tarefa de casa e as atitudes sociais em relação à inclusão. Participaram 15 cuidadores familiares de crianças com deficiência física inseridas na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Os participantes foram entrevistados em suas próprias residências em uma cidade no interior de São Paulo. Foram utilizados os seguintes materiais para a coleta dos dados: Ficha de Caracterização do Familiar Participante, que tinha como finalidade coletar informações referentes aos participantes, como o nome, a idade, a formação educacional, as caracterizações da criança com deficiência física, a organização da rotina familiar em relação à execução da tarefa de casa por esse aluno, a rotina da família, entre outros dados; Sistema de Classificação da Função Motora Grossa (GMFCS - versão brasileira) que determina qua... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: A homework assignment has a particularly interesting role beyond the teaching and learning process, since it may work as a mediating activity of integration between a school and a family, much needed in Inclusive Education. This study aimed to investigate the involvement of parents or other relatives responsible for students with physical disabilities in the accomplishment of the homework, considering the process of schooling in the context of Inclusive Education. The whole analysis aimed at identifying the conception of the participants about homework and school-family partnership, the conditions available for physical disability for a homework assignment and social attitudes towards inclusion. Fifteen families of children's caregivers with physical disabilities insertions in Early Childhood Education and in the initial years of Elementary School took part in this study. The participants have been interviewed in their own homes in a city of São Paulo state. The following tools have been used for data collection: Characterization Sheet of the Family's Participant, whose purpose is to collect information regarding to the participants, such as name, age, educational background, characterization of the child with physical disability, organization of the family routine in relation to execution of the homework of the child with physical disability, family routine, among other data; Gross Motor Function Classification System (GMFCS - Brazilian version) that determines the best repr... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
9

Um estudo de produções científicas : ingresso e permanência de universitários com deficiência /

Urban, Ana Lidia Penteado. January 2016 (has links)
Orientador(a): Luci Pastor Manzoli / Banca: Silvia Regina Ricco Lucato Sigolo / Banca: Neusa Aparecida Mendes / Resumo: A inclusão de pessoas com deficiência no ensino superior tem aumentado significativamente e essa realidade é recente. Os documentos legais têm apontado para o acesso e as adaptações durante o processo de ingresso nas Instituições de Ensino Superior (IES) e ações que visem à acessibilidade e permanência desses alunos. Visando conhecer como os alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação encontram suporte nessas instituições, a presente pesquisa busca analisar o acesso e a permanência no ensino superior de pessoas com deficiência, a partir de teses e dissertações defendidas nas universidades brasileiras, sob a perspectiva dos próprios alunos. Esta é uma pesquisa bibliográfica de cunho quantitativo e qualitativo, tendo como objeto de estudo 20 produções científicas, entre elas 15 dissertações e 5 teses. Buscando conhecer um panorama geral da educação superior no Brasil, os microdados do censo de 2014 foram abordados e mostraram que 0,4% dos alunos da educação superior são alunos público-alvo da educação especial, estando 63% em IES privadas, 36% em IES públicas e 1% em especiais. As teses e dissertações estudadas apresentaram o perfil dos alunos presentes nesses estudos: alunos com deficiência visual, auditiva/surdez, física e intelectual; os cursos de graduação em diversas áreas do conhecimento, destacando-se o curso de pedagogia em grande parte dos estudos, e as instituições frequentadas, que são públicas e privadas. As adapta... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The inclusion of people with disabilities in higher education institution has increased significantly and this reality is recent. Official data was pointed to access and adaptations during the process of joining the Higher Education Institution (HEI) and actions to ensure at the accessibility and permanence of these students. Aiming to know how students with disabilities, global development disorders and highly talented children find support in these institutions, this research wanna analyze the access and permanence in graduate education of people with disabilities -based on theses and dissertations defended in Brazilian universities- from the perspective of the students themselves. This is a quantitative and qualitative bibliographical research, having as object of study 20 scientific productions, among them 15 dissertations and 5 theses. In order to get a general overview of higher education in Brazil, the microdata of the 2014 census were approached and showed that 0.4% of students in higher education are main-target students of special education, 63% in private HEIs, 36% in Public HEIs and 1% in special. The theses and dissertations studied presented the profile of the students approached in these studies: students with visual, hearing/deaf, physical and intellectual disabilities; the undergraduate courses in several areas of knowledge -mainly the pedagogy course in most of the studies- and the institutions attended, which are public and private. The access adaptations carried out during the University Entrance Test indicated that a large part of HEIs adapted this instrument to the students' needs. The actions of permanence and accessibility were carried out by Higher Education Institutions, Accessibility Centers, undergraduate course coordination and teachers who provided actions that met the needs of students, aiming to promote conditions of permanence, as mentioned by official... (Complete abstract click eletronic access below) / Mestre
10

Compreensão e produção oral de sentenças em crianças com deficiência auditiva pré-lingual usuárias de implante coclear /

Neves, Anderson Jonas das. January 2014 (has links)
Orientador: Ana Cláudia Moreira Almeida-Verdu / Co-orientador: Adriane de Lima Mortari Moret / Co-orientador: Leandra Tabanez Nascimento Silva / Banca: Camila Domeniconi / Banca: Raquel Melo Golfeto / Resumo: O implante coclear destaca-se como uma das potenciais tecnologias aplicadas na reabilitação de pessoas com deficiência auditiva neurossonsorial pré-lingual bilateral, possibilitando uma sensação auditiva ao indivíduo e condições para que aprenda repertórios de ouvinte e falante. Este trabalho é uma continuidade das pesquisas na interface da Audiologia e Análise do Comportamento, que têm investigado as condições sobre as quais implantados cocleares pré-linguais aprendem habilidades receptivas e expressivas. O Capítulo 1 deste trabalho apresenta uma revisão da literatura que trata das relações entre o uso do implante coclear e a aquisição da linguagem. Para isso, foi realizada uma revisão dos estudos contidos nas bases Web of Science®, Scielo e LILACS, nos últimos 10 anos (2003 a 2013) com os seguintes unitermos, "cochlear implant", "auditory recognition", "speech", "speech production" e "language". Após um tratamento inicial dos resultados, foram selecionados para análise 86 artigos que foram classificados de acordo com os seguintes critérios ano de publicação, periódico, área de pesquisa, tipo de estudo, repertório investigado e temática geral dos estudos. O capítulo 2 realizou uma revisão sistemática da análise experimental da audição e da produção oral de implantados cocleares em função dos objetivos dos trabalhos, características dos participantes, procedimentos, estruturas de ensino e sensbilidade dos participantes aos procedimentos considerando a ampliação de vocabulário receptivo, leitura com compreensão e inteligibilidade da fala. O Capítulo 3 realizou um experiento que verificou se o fortalecimento da rede de relações de equivalência envolvendo sentenças (por um procedimento distinto do usualmente adotado), ofereceria condições para aprimorar a inteligibilidade da fala em tarefas de nomeação de figuras de ações. Participaram oito crianças com deficiência auditiva pré-lingual... / Abstract: The cochlear implant stands out as one of the potentical technologies applied in the rehabilitation of people with sensorineural hearing loss pre-lingual bilateral, enabling an auditory sensation to the individual and conditions to learn repertories of speaker and listener. This work is a continuation of reseach at the interface of Audiology and Behavior Analysis, which have investigated the conditions under which pre-lingual cochlear implanted learn receptive and expressive skills. Chapter 1 of this paper presents the literature review which handles the relationship between the use of cochlear implants and language acquisition. For this, we conducted a studies review contained on the databases Web of Science® and LILACS®, the last 10 years (2003-2013) with the following key words, "cochlear implant", "auditory recognition", "recognition", "speech", "speech production" and "language". After an initial treatment of the results, were selected for analysis 86 papers, were classified according to the following criteria: publication year, journal, research area, type of study, investigated repertorie and thematic general studies. Chapter 2 conducted a systematic review of the experimental analysis of hearing and speech production in cochlear implants's users, considering work objectives, characteristics of participants, procedures, teaching structure, the participants's sensitivity to the procedures considering the expansion of receptive vocabulary, reading with understanding and speech intelligibility. Chapter 3 conducted and experiment that examined whether the strenghering of the network of equivalence relations involving sentences (using other procedure usually adopted), offer conditions to improve speech intelligibility in tasks of picture naming actions. Participated in eight children with pre-lingual hearing loss, cochear implant's users, school age, who had good production speech in reading tasks of sentences. The materials used were... / Mestre

Page generated in 0.0478 seconds