• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 209
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 212
  • 212
  • 119
  • 73
  • 57
  • 54
  • 52
  • 48
  • 40
  • 33
  • 32
  • 31
  • 31
  • 31
  • 28
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

A questão fundiária na ordem social

Araujo, Luiz Ernani Bonesso de 05 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1984. / Made available in DSpace on 2013-12-05T19:46:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 321100.pdf: 2583854 bytes, checksum: 415f69c50d65a9fea45c5403a718016a (MD5)
22

Políticas Públicas : atores e fatores do polo de fertilizantes do Município de Paranaguá - 1970-2010

Silva, Jessé Beserra da January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Rodrigo Rossi Horochoviski / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Curitiba, 27/06/2016 / Inclui referências : f. 206-212 / Resumo: Esta dissertação apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa por meio da qual se buscou conhecer: quando, como e por que se deu o surgimento do Polo de Fertilizantes de Paranaguá? Na captura deste objeto se empregou, no que coube, os procedimentos metodológicos do diagnóstico interdisciplinar: a construção de um quadro de trabalho comum, para estudos desenvolvidos no litoral do Paraná, propostos por RAYNAUT e FERREIRA (2002); no levantamento de dados, primários e secundários, se empregou os critérios de coleta, mostra, redução, verificação e conclusão na forma descrita por MILES e HUBERMAN (1984); o trato metodológico na análise dos dados levantados foi efetivado de acordo com a metodologia qualitativa, conforme descreveu WOLCOTT (1994). Por meio da referida pesquisa se reuniu dados históricos e documentais do município, do porto e do referido polo, que possibilitaram analisar, com base nos referidos dados, os elementos constituintes do objeto, atores que possibilitaram a sua origem e dos fatores de sua evolução. O eixo temático deste estudo são as políticas públicas, cuja análise parte da trajetória dependente do objeto em relação ao tardio processo de industrialização brasileiro e das janelas de oportunidades que resultaram em políticas públicas atinentes a esse setor produtivo. E para a operacionalização da análise das políticas públicas atinentes ao objeto, ao porto e ao município de Paranaguá, se empregou os conceitos de trajetória dependente, de acordo com a formulação de BERNARDI (2012) e de janelas de oportunidades, de acordo com a formulação de KINGDON (1984). Os resultados obtidos indicaram que esse polo surgiu a partir de um aglomerado de indústrias de fertilizantes, as quais, em virtude das facilidades logísticas de armazenamento e transporte existentes, sobretudo valendo-se das políticas públicas atinentes ao segundo setor da economia, aos portos e às cidades portuárias, entre os anos de 1970 e 2010, se instalaram na área urbana do município de Paranaguá. Palavras-Chave: Políticas Públicas; Industrialização; Fertilizantes; Polo; Paranaguá. / Abstract: This present paper result of a qualitative research through which it sought to know: when, how and why it gave the appearance of the Polo Fertilizer Paranaguá? In catching this object was used, as it fell, the methodological procedures of interdisciplinary diagnosis: the construction of a common framework, for work undertaken in the coast of Paraná, proposed by RAYNAUT & FERREIRA (2002); the survey data, primary and secondary, he used the collection criteria, shows, reduction, verification and completion in the manner described by MILES and HUBERMAN (1984); the methodological treatment in the analysis of the data was accomplished according to the qualitative methodology, as described WOLCOTT (1994). Through that research gathered historical data and documents of the municipality, the port and the said pole, which made it possible to analyze, based on these data, the constituent elements of the object, actors who enabled its origin and the factors of its evolution. The main theme of this study is public policy, whose analysis of the trajectory depends on the object relative latecomer to the Brazilian industrialization process and the windows of opportunity that resulted in public policies related to this productive sector. And for the operationalization of the analysis of public policies related to the object, the port and the city of Paranaguá, we used the trajectory of concepts dependent, according to the formulation of BERNARDI (2012) and windows of opportunity, according to formulation KINGDON (1984). The results indicated that the pole came from a cluster of fertilizer industries, which, because of the logistics facilities of existing storage and transport, particularly taking advantage of public policies related to the second sector of the economy, ports and port cities, between 1970 and 2010, settled in the urban area of the municipality of Paranaguá. Keywords: Public Policy; Industrialization; Fertilizers; Polo; Paranaguá.
23

Compreender os mutirões agroflorestais : desenvolvimento dos indivíduos, dos coletivos e das organizações

Santos, Jhonatan Carlos dos January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Manoel Flores Lesama / Coorientador : Profª. Drª. Márcia Regina Ferreira / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Matinhos, 30/06/2016 / Inclui referências : f. 94-102 / Resumo: O presente trabalho de pesquisa foi realizado em parceria com agricultores familiares que habitam a gleba Pantanal, no Assentamento Nhundiaquara, município de Morretes, localizado no litoral do Estado do Paraná. Durante o projeto foram realizadas intervenções junto aos agricultores familiares que desenvolvem uma prática de agricultura denominada agroflorestal. O trabalho de implantação e manejo das áreas de agroflorestas são desenvolvidas pelos agricultores, por meio do trabalho colaborativo denominado de mutirão. A pesquisa foi desenvolvida com base nas analises do acompanhamento dos mutirões fomentados pelo projeto Agroflorestar: co-operando com a Natureza, projeto coordenado pela Associação de agricultores agroflorestais de Barra do Turvo e Adrianópolis - Cooperafloresta. Os pressupostos teóricos-metodológicos da pesquisa foram mobilizados para compreender a formação de coletivos de trabalho, a partir do trabalho coletivo, nos mutirões agroflorestais. Os procedimentos metodológicos seguiram a perspectiva da clínica da atividade (CLOT,2010), proveniente da relação entre a ergonomia francesa (FALZON, 2007) e a teoria histórico-cultural russa (Vigotski, 2009). Esse referencial moldou o objeto e a realização das etapas metodológicas empreendidas na pesquisa. Foram utilizados os métodos da autoconfrontação simples e cruzada a fim de mobilizar concepções e experiências do grupo de agricultores, para que os próprios sujeitos se apropriem de sua história e a utilizem como meio de criar possibilidades de ação. O projeto de pesquisa resultou na identificação de traços na atividade coletiva de agricultores familiares agroflorestais, que demonstraram a formação de um coletivo de trabalho onde os sistemas agroflorestais é ao mesmo tempo objeto e instrumento mediador entre agricultores, pesquisadores, professores e técnicos de assistência técnica e extensão rural. O trabalho conclui que o surgimento de coletivos de trabalho gera ativos territoriais que podem influenciar os espaços de planejamento e gestão de políticas públicas, contribuindo para o desenvolvimento territorial no litoral do Paraná. Palavras-chave: Clínica da Atividade; Sistemas Agroflorestais; Agricultura Familiar; Trabalho coletivo; Coletivo de trabalho; Litoral do Paraná; / Abstract: This research was conducted in partnership with family farmers who inhabit the Pantanal plot land in the Nhundiaquara settlement, in Morretes, located in the Coast region of Paraná State. During the project interventions were carried out with the family farmers who develop a practice of agriculture called agroforestry. The implementation work and management of agroforestry areas are developed by farmers, through collaborative work called collective effort. The research was developed effort promoted by Agroflorestar project: co-operating with Nature, project coordinated by the Association of Agroforestry Farmers of Barra do Turvo and Adrianople - Cooperafloresta. The theoretical and methodological assumptions of the research were mobilized in order to understand the formation of work collective from the collective work in agroforestry joint efforts. The methodological procedures followed the perspective of clinical activity (CLOT, 2010), derived from the relationship between the French ergonomics (FALZON, 2007) and the Russian cultural-historical theory (Vygotsky, 2009). This framework has shaped the object and the execution of the methodological steps taken in the research. The methods of simple and crossed self-confrontation were used to mobilize ideas and experiences of the group of farmers, so that the subjects themselves to appropriate their history and use it as a means of creating possibilities for action. The research project resulted in the identification of traits in the collective activity of agroforestry family farmers that demonstrated the formation of a work collective where agroforestry systems are both an object and a mediating instrument among farmers, researchers, scholars and technicians of assistance and rural extension. The study concludes that the emergence of work collectives generates territorial assets that can influence the planning and management of public policies, contributing to the territorial development in the coast of Paraná. Keywords: Clinical Activity; Agroforestry systems; Work colletive; Collective work; Paraná coast
24

A construção e análise da Política Pública de segurança alimentar e nutricional no Município de Pinhais/PR : um estudo de caso com avanços e desafios de uma agenda

Duarte, Solange Aparecida January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Rodrigo Rossi Horochoviski / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Curitiba, 31/05/2016 / Inclui referências : f. 101-106 / Resumo: O presente trabalho traz como proposta, analisar a política pública de Segurança Alimentar e Nutricional no município de Pinhais, que foi estabelecida com todos os entraves que lhe inerente, que se efetivou na região metropolitana de Curitiba no estado do Paraná. Esta pesquisa, por se tratar de um Estudo de Caso, utilizou conceitos teóricos contidos nos estudos de Robert Yin, o qual traz por definição de que a sua utilização deve ocorrer exatamente quando o pesquisador tem pouco controle sobre o evento que se estuda, procurando responder a questões de "como" ou "por que" do estudo. Tendo como objeto desta pesquisa analisar como se deu a construção da política de SAN no município de Pinhais, tratando de compreender como esta política entrou como prioridade para a agenda governamental, para realizar esta análise, utilizou o modelo de Múltiplos Fluxos proposta por John Kingdon, uma vez que dentro do ciclo das políticas públicas, este estudo terá como fase principal a construção da agenda governamental. Mais três instrumentos foram utilizados para a composição do trabalho: revisão bibliográfica, levantamento e análise documental e entrevistas semiestruturadas com informantes chaves da política. Para análise das entrevistas utilizou-se a técnica de Análise de Conteúdo proposta por Laurence Bardin, o que trouxe neste quadro um formato de pesquisa qualitativa com elementos quantitativos. Para trabalhar esta pesquisa quali/quanti proposta na Análise de Conteúdo, no modelo de Múltiplos Fluxos, construíram-se, categorias que foram denominadas gerais para a análise dos fluxos e específicas para análises advindas do conteúdo das entrevistas. Para a decodificação dos dados coletados na proposta quantificada, utilizou-se um programa de contagem de palavras, e, para a proposta qualificada foi usada análise do discurso de cada entrevistado, as relações construídas entre o conteúdo explicitado nas falas e as palavras que as frequências demonstravam. Com este arcabouço, foi possível detectar dentre outros resultados que, todos os aspectos aparentes para a construção de uma política pública, configurem como propício no que diz respeito à vontade política percebida pelos gestores, fatores como, a interação do Estado com a sociedade civil, também foram fundamentais para a objetivar a construção das demandas. Neste quesito a pesquisa comprovou a satisfação da problemática trazida do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional COMSEA de Pinhais e no dado que diz respeito a proposta da construção da Câmara Intersetorial de SAN CAISAN, bem como demandar para a CAISAN, a construção do Plano Municipal de SAN o PLAMSAN. Palavras Chaves: Segurança Alimentar e Nutricional. Políticas Públicas. Agenda Governamental. Gestores da Política. Intersetorialidade. / Abstract: The present study sought to analyze the public policy on food and nutrition security (SAN) in the city of Pinhais, that has been conducted with all the barriers inherent to it and was established in the metropolitan region of Curitiba, Paraná - BRAZIL. This research, which is based on a case study, used theoretical concepts in studies substantiated by Robert Yin (2001), whom defines that its use must take place exactly when the researcher has little control over the subject that is being reviewed, trying to answer questions such as how or why of the study. The present study sought to analyze the public policy on food and nutrition security (SAN) in the city of Pinhais. In order to carry out this analysis and comprehend how this policy became priority of the government agenda, it was used the model of Multiple Streams proposed by John Kingdon, once within the cycle of public policies, this study will primarily phase construction of the agenda government. Three more instruments were used to compose this study: bibliographical review, survey and document analysis, and semi-structured interviews with political key informants. For the interviews analysis it was used the content analysis technique proposed by Laurence Bardin, which brought in this chart a qualitative research with quantitative data format. In order to conduct this qualitative/quantitative research, proposed by the Content Analysis through the model of Multiple Streams, categories were nominated general for the flow analysis and specific for the analyzes resulting from the content of the interviews. To decode the data collected in the quantified proposal, it was used a word count tool and for the qualified proposal it was used the discourse analysis of each interviewed subject, the relationships built between the specified content in the speech and the words that were demonstrated by the frequencies. With this framework it was possible to reach, amongst other conclusions, the following: all of the apparent aspects for the construction of a public policy configures as suitable in which regards to the political will of the managers, factors such as the interaction of the State with civil society were also fundamental to objectify the constructions of the demands. In this aspect the research proved the fulfillment of the problematic brought from the Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional - COMSEA (Pinhais' Food and Nutrition Security City Council) in which regards the proposal of a construction of the Câmara Intersectorial de SAN - CAISAN (Intersectorial House of Food and Nutrition Security) and also demand the construction of the SAN's Municipal Plan, the CAISAN. Keywords: Food and Nutrition Security. Public Policies. Government's Agenda. Political Managers. Intersectionality.
25

A relação entre as políticas setoriais de habitação, saneamento e mobilidade com uma política de desenvolvimento urbano

Araujo, Andréa Naritza Silva Marquim de 14 July 2017 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-11-23T15:40:30Z No. of bitstreams: 1 2017_AndréaNaritzaSilvaMarquimdeAraujo.pdf: 6078745 bytes, checksum: 8f3ce76b11d9f0886af84ac87752d0c3 (MD5) / Rejected by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br), reason: Boa tarde, Adicione o campo orientador. Atenciosamente on 2018-01-16T17:52:01Z (GMT) / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-01-22T19:54:46Z No. of bitstreams: 1 2017_AndréaNaritzaSilvaMarquimdeAraujo.pdf: 6078745 bytes, checksum: 8f3ce76b11d9f0886af84ac87752d0c3 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-03-22T17:53:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_AndréaNaritzaSilvaMarquimdeAraujo.pdf: 6078745 bytes, checksum: 8f3ce76b11d9f0886af84ac87752d0c3 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-22T17:53:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_AndréaNaritzaSilvaMarquimdeAraujo.pdf: 6078745 bytes, checksum: 8f3ce76b11d9f0886af84ac87752d0c3 (MD5) Previous issue date: 2018-03-22 / No Brasil, mais de 85% das pessoas residem em áreas urbanas, indicando que os problemas que incidem nos grandes centros tendem a impactar parcela significativa da população. A segregação sócio-espacial, a pobreza e a desigualdade social podem ser consideradas herança de um modelo de desenvolvimento concentrador e excludente, que vem se impondo desde os primórdios do processo de urbanização brasileiro, devido à forma como o Estado percebe e atua sobre o processo de desenvolvimento urbano. A análise dos discursos institucionais propagados e da política urbana implementada na última década, aponta que os avanços obtidos na trajetória da política urbana brasileira, embora importantes, representam conquistas pouco significativas, não sendo capazes de superar a ótica setorialista de implementar as ações governamentais, tampouco de transformar o modo de produção das cidades. As evidências indicam que as estratégias adotadas para o enfrentamento da problemática urbana não tiveram o êxito esperado e continuam privilegiando a atuação fragmentada por setores (habitação, saneamento, mobilidade urbana), esquivando-se de confrontar os interesses do capital, em particular a propriedade privada da terra e seu uso de acordo com o interesse privado. / In Brazil, more than 85% of people live in urban areas, indicating that the problems that affect large centers tend to impact a significant portion of the population. Socio-spatial segregation, poverty and social inequality can be considered as inheritance of a concentrative and exclusionary development model, which has been imposed since the beginning of the brazilian urbanization process, due to the way the state perceives and acts on the urban process development. The analysis of the institutional discourses propagated, together with the practice implemented in the last decade, point out that the advances obtained in the trajectory of brazilian urban policy, although important, represent little significant achievements, not being able to overcome the sectorialist perspective of implementing governmental actions, nor to transform the mode of production of cities. The evidence indicates that the strategies adopted to confront urban problems have not been hoped for and continue to favor fragmented performance by sectors, avoiding to confront the interests of capital, in particular the private ownership of land and its use according to the private interest.
26

Turismo, ordenamento territorial e desenvolvimento na Região Metropolitana de Curitiba

Teles, Margarete Araújo 21 May 2012 (has links)
Resumo: Este estudo apresenta uma análise do Turismo, Ordenamento Territorial e Desenvolvimento na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), com o objetivo de identificar e avaliar o conjunto de ações públicas e privadas necessárias ao desenvolvimento do turismo na RMC. A metodologia de trabalho caracteriza-se por uma abordagem analítica, crítica e empírica, tendo como aporte teórico-metodológico a Geografia e ciências afins. Toma-se como categoria de análise a noção de espaço de Milton Santos (2006) e utilizam-se o território e a região como categorias operacionais, baseados em Santos (2006), Haesbaert (1999) e Lencioni (2003). Já o turismo é considerado como um vetor de produção de espaços que vem sendo apontado como perspectiva de desenvolvimento local. Para tanto, trata-se do planejamento do turismo, do ordenamento territorial e desenvolvimento, trazendo como fundamento as reflexões de Tarlombani da Silveira (2002), Rodrigues (2006), Beni (2006) e outros. Nos procedimentos operacionais foram aplicadas as técnicas de pesquisa documental, observacional participante e pesquisa de campo. Foram feitas entrevistas com gestores do setor público e privado. Os resultados da pesquisa documental e empírica apontaram a falta articulação e integração entres os atores sociais públicos e privados, além da falta de estrutura nos municípios, o que impede o desenvolvimento do turismo regional. Observa-se que os atores responsáveis pelo planejamento no âmbito metropolitano ficam sujeitos às decisões políticas para implementar suas ações e instrumentos de planejamento, como o Plano de Desenvolvimento Municipal do Turismo. Este estudo evidencia a necessária organização de políticas públicas no território, com vista a promover a igualdade entre os diversos atores sociais.
27

Dinâmicas de conflitos socioambientais : o caso da localidade do Salto Parati, entorno do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange, Paraná

Santos, Péricles Augusto dos January 2016 (has links)
Orientador : Profª. Drª. Juliana Quadros / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Curitiba, 23/03/2016 / Inclui referências : f. 47-50;77-82;96-99;104-105 / Resumo: A presente dissertação teve como objetivo principal a análise das dinâmicas dos conflitos socioambientais da localidade do Parati. Partimos da concepção de que os conflitos são inerentes à própria sociedade, assim, próprios das relações sociais. Nesse contexto nos debruçamos sobre os conflitos de ordem socioambiental, e mais especificamente ainda, aqueles que tenham relação com as Unidades de Conservação. Inúmeros esforços tem sido feitos no campo acadêmico, no sentido de definir categorias, e conceitos para o tema dos conflitos, entretanto estudos de casos específicos, podem servir de base para tomada de decisões por parte de atores envolvidos nos conflitos, uma vez que, estes tenham maiores detalhes sobre elementos centrais das dinâmicas estabelecidas nos territórios. Assim trabalhamos neste estudo com a Localidade do Parati, entrevistando suas famílias e representantes de órgãos públicos com alguma atuação na região. Para a pesquisa de dados foi realizada pesquisa documental, revisão de literatura, entrevistas semi-estruturadas e observações in loco para coletar informações em diários de campo. Isso nos permitiu apresentar algumas características básicas da região, que está localizada na área rural do município de Guaratuba, precisamente nas imediações do Parque Nacional de Saint-Hilaire / Lange e dentro dos limites da Área de Proteção Ambiental de Guaratuba. Vivendo um processo histórico de transformação cultural, envelhecimento populacional e esvaziamento da localidade, o Parati enfrenta um conjunto de conflitos como dificuldade de acesso, falta de serviços básicos (saúde, educação, segurança e saneamento), assim como a sobreposição de territórios e de diferentes atividades econômicas. A atribuição equivocada de responsabilidade, por vezes feita a atores sociais de unidades de conservação e agências ambientais, levou a um conjunto de problemas: o agravamento da dinâmica dos conflitos; a invisibilidade destes; e a adoção pelo governo municipal de uma atitude apática e até mesmo indiferente às questões socioambientais, sem ser responsabilizado por elas. Palavras-chave: Floresta Atlântica. Unidades de Conservação. Áreas Protegidas. Desenvolvimento Territorial Sustentável. Litoral do Paraná. / Abstract: This work aimed to analyze the dynamics of socio-environmental conflicts in the locality of Parati. We start from the idea that conflicts are inherent to society itself, thus proper to social relations. In this context, we worked out the conflicts of environmental order, and even more specifically, those related to protected areas. Numerous efforts have been made in the academic field, to define categories and concepts concerning conflicts, however specific case studies provide a basis for decision making by actors involved in the conflict, since they have details on key elements of the conflict dynamics established in the territories. Therefore, we studied the locality of Parati, interviewing families and representatives of public institutions with activities in the region. For the data survey was conducted documentary research, literature review, semi-structured interviews and in loco observations to gather information in field diaries.. This allowed us to present some basic characteristics of the region, that is located in the rural area of the municipality of Guaratuba, precisely in the immediate surroundings of the National Park Saint-Hilaire / Lange and within the limits of the Environmental Protection Area of Guaratuba. Living a historical process of cultural transformation, population aging and emptying of the locality, the Parati is facing a set of conflicts as access difficulty, lack of basic services (health, education, safety and sanitation), as well as the overlap of territories and of different economic activities. The mistaken attribution of responsibility, sometimes made to social actors from conservation units and environmental agencies, has led to a set of problems: the worsening of conflicts' dynamics; the invisibility of these; and the adoption by the municipal government of an apathetic and even indifferent attitude to the socialenvironmental issues without being held accountable for them. Key-words: Atlantic Rain Forest. Conservation Units. Protected Areas. Territorial Sustainable Development. Coast of Paraná.
28

Desenvolvimento territorial recente em espaços sub-regionais dinâmicos no Piauí

FAÇANHA, Antonio Cardoso 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:02:36Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6450_1.pdf: 6263892 bytes, checksum: 7003d320739c272cc3a581732f78c26c (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / A pesquisa tem como objetivo central analisar os espaços sub-regionais dinâmicos recentes no Piauí à luz da perspectiva do desenvolvimento territorial. A trajetória está traçada com a discussão do tema do desenvolvimento, quando são levantadas as visões recentes de liberdade, capacidade e sustentabilidade, além de refletir sobre as dimensões exógenas e endógenas, e os reflexos da globalização e da inovação, fornecendo assim os aportes teóricos para as perspectivas do desenvolvimento territorial. Seguida da articulação do referencial teórico, com as bases e os contextos recentes da dinâmica territorial piauiense, adentra pela discussão dos espaços sub-regionais dos serviços de saúde, da apicultura, do turismo litorâneo, arqueológico, e da soja, seguindo o percurso de análise pela formação dos espaços sub-regionais, das articulações ocorridas no território, a participação do público e do privado até a reflexão sobre as consequências na sociedade e no meio ambiente. A metodologia utilizada foi sustentada através do método de abordagem crítico-dialético, com uso de três níveis de apreensão da realidade: técnico, teórico e epistemológico. Se fez uso de diversas fontes para a construção da revisão bibliográfica, acrescidos de visitas aos órgãos públicos e privados, a entidades sindicais, aos poderes públicos municipais, além dos trabalhos de campo em que foram realizadas entrevistas e com registros fotográficos nos municípios. Dessa forma, a incursão da re nmlação entre Geografia e desenvolvimento territorial lança horizontes de reflexão do território, a partir dos espaços sub-regionais do Piauí, possuidores de expressivo dinamismo e diferenciação, permeados por novas redes sociais, e que articulam as potencialidades naturais, econômicas e espaciais
29

Cooperativa e desenvolvimento territorial : o caso da Cooperativa Pindorama Alagoas

Maria Dias de Lima, Conceição 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:15:22Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7647_1.pdf: 3960306 bytes, checksum: 23274fe2b3cbd9dabf3bd48ec902e8df (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas / Esta tese tem como objetivo compreender as relações que se estabelecem entre cooperativa e o desenvolvimento territorial. As dinâmicas instituídas pela Cooperativa Pindorama, do Estado de Alagoas, para enfrentar os desafios dos mercados, os seus desdobramentos na produção e gestão dos bens comuns, assim como, as implicações na construção do território, constituem o objeto de estudo. Buscamos, especificamente, caracterizar a Cooperativa, a partir do contexto histórico de sua formação; delinear o modelo de gestão; identificar os desafios e estratégias desenvolvidas para responder às exigências dos mercados; investigar os desdobramentos dessas ações na sua configuração territorial. Como referencial teórico, partimos dos estudos que associam a formação de redes de cooperação como possibilidade de inserção no modelo produtivo e para o revigoramento de territórios, segundo Pires e Cavalcanti (2009); Pires (1999, 2003, 2004); Martinez e Pires (2002); Duarte (1995, 1997, 2006). Acerca da globalização da agricultura, nos baseamos nos estudos de Cavalcanti e Neiman (2005); Bendini, Cavalcanti e Lara (2006); Bonanno (2009); Buttel (2005); Marsden (1999); Cavalcanti (1999, 2003, 2004) e Wilkinson (1999, 2002). Dialogamos com as contribuições de Wilkinson (2008) sobre o mercado de valores para os produtos, de Sabourin (2009, 2010), Carneiro (2002, 2003, 2006) e Abramovay (1997, 2003, 2005), a multifuncionalidade da agricultura e dos territórios rurais e de Wanderley (1996, 1999, 2000, 2004, 2009) acerca das novas dimensões e delimitações dos espaços rurais. É, portanto, no campo destas discussões que se situaram as análises. Na metodologia da pesquisa, optamos por uma abordagem qualitativa. Para tanto, utilizamos o estudo de caso. Foram coletados dados primários e secundários, utilizando-se dos seguintes instrumentos disponíveis: entrevista com roteiro semiestruturado, observação de campo, diário de campo e análise documental. Foram utilizados, também, alguns recursos técnicos e materiais de apoio, como a máquina fotográfica e o gravador. A amostra foi composta pelos agentes diversos da Cooperativa cooperados, técnicos e dirigentes. O estudo evidenciou que as dinâmicas instituídas pela Cooperativa privilegiam o atendimento às exigências de competitividade de mercado - capitalização, métodos organizacionais e gerenciais, novos mercados e parceiros, inovações tecnológicas e qualificação da mão de obra - e estimulam, numa linha contemporânea de ação, o desenvolvimento territorial
30

Desenvolvimento territorial e gestão de bacia hidrográfica: o caso da bacia do rio Jaboatão, Pernambuco

SILVA, Josenilson Severino da 31 January 2013 (has links)
Submitted by Felipe Lapenda (felipe.lapenda@ufpe.br) on 2015-03-05T12:03:47Z No. of bitstreams: 2 Dissertação JosenilsonSeverino.pdf: 4742850 bytes, checksum: b07ee44173696c40b2ca4deaabaa3a51 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T12:03:47Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação JosenilsonSeverino.pdf: 4742850 bytes, checksum: b07ee44173696c40b2ca4deaabaa3a51 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2013 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A dissertação procurou compreender os favorecimentos e desfavorecimentos dos comitês da bacia do rio Jaboatão na promoção do desenvolvimento territorial sustentável sob a perspectiva dos recursos hídricos. A bacia do rio Jaboatão banha uma das mais importantes áreas da Região Metropolitana do Recife, pois além de ser bastante urbanizada, também é palco do desenvolvimento de várias atividades econômicas que vêm crescendo rapidamente ao longo dos últimos anos. Os procedimentos utilizados nessa dissertação foram baseados no levantamento bibliográfico sobre a gestão de bacias hidrográficas, desenvolvimento territorial sócio-ambiental e a bacia do rio Jaboatão; levantamento de dados e informações cartografados e/ou georeferenciados, como mapas que facilitaram a análise e interpretação do objeto empírico; conversas informais com os atores sociais ligados à gestão da bacia hidrográfica do rio Jaboatão e da sociedade civil atingida por esta; análise, comparação dos estatutos sociais dos comitês de bacias hidrográficas do rio Jaboatão e do Comitê Metropolitano Sul; e por fim, organização, interpretação dos dados e redação do texto final. Durante algumas décadas, a bacia vem sofrendo com os efeitos nocivos da degradação em seus aspectos ambientais, tais como desmatamento, erosão, lançamento de efluentes domésticos e industriais, ocupação irregular etc. Mas, para cumprir o disposto na Lei das Águas, a Lei nº 9433/97, foi criado e implementado, no ano de 2001, o Comitê da Bacia do Rio Jaboatão denominado COBH-Jaboatão debaixo da hierarquia da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado de Pernambuco, entretanto, devido às questões políticas e pessoais, o comitê acabou esvaziado e dissolvido em 2010 e durante os dez anos de atuação, pouco trabalhou em prol do rio Jaboatão. No ano de 2011 foi criado um comitê mais abrangente, o COBH-Metropolitano Sul, ligado à recém-criada Agencia de Água e Clima de Pernambuco (APAC) que possui atribuições semelhantes as do antigo COBH- Jaboatão, porém incluindo como responsabilidade de sua gestão, a bacia do rio Pirapama. É necessário que o atual comitê gestor seja mais ativo e comprometido com a resolução dos problemas vivenciados pelos habitantes que vivem no entorno e margens da Bacia, principalmente, no trecho médio e baixo que envolvem alguns bairros densamente povoados de Moreno e Jaboatão dos Guararapes. Pois em caso contrário, serão ampliados os impactos ambientais no território da Bacia, desencadeando uma série de problemas, sobretudo nos recursos hídricos, como foi identificado com a avaliação de alguns parâmetros que indicam a qualidade das águas na bacia em diversos pontos, ao longo do seu rio principal. Além dos problemas identificados nas águas, a gestão da bacia do rio em análise sofreu com o esvaziamento do primeiro comitê do rio Jaboatão e, conseguintemente seu fechamento. Atualmente, embora instituído o segundo comitê criado para gestão das águas do rio Jaboatão, entretanto, assim como o anterior, não nos oferece nenhuma garantia de que haverá uma gestão participativa, descentralizada e articulada para fins de melhora na qualidade ambiental dessa importante bacia de rios urbanos, que integra o comitê dos pequenos rios metropolitanos sul.

Page generated in 0.1159 seconds