• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 32
  • Tagged with
  • 32
  • 32
  • 32
  • 19
  • 19
  • 17
  • 16
  • 16
  • 16
  • 15
  • 15
  • 11
  • 11
  • 9
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Prescrição de antimicrobianos na atenção primária à saúde: um estudo na zona da mata de Minas Gerais / Prescription of antimicrobials in primary health care: a study in the forest area of Minas Gerais

Lima, Marcelo de Paula 25 June 2018 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2018-10-18T18:56:22Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 2358314 bytes, checksum: 14b51d82cc2850cdd438d1d3175cf858 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-10-18T18:56:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 2358314 bytes, checksum: 14b51d82cc2850cdd438d1d3175cf858 (MD5) Previous issue date: 2018-06-25 / Os antimicrobianos são fármacos frequentemente prescritos em atendimentos ambulatoriais e podem ter origem natural ou sintética. A resistência bacteriana pode ser intrínseca ou adquirida, dentro desta última pode-se considerar que ela aconteça através de mutação, por resistência transferível (transformação, transdução e conjugação) ou resistência induzida, entre as quais tem-se a inativação enzimática, alteração da permeabilidade das drogas, alteração de sistemas de transporte na célula, retirada ativa da droga do meio intracelular, alteração do receptor da droga e modificação do sistema metabólico ativo para a droga e síntese de vias metabólicas alternativas. Considerando que os antimicrobianos são os medicamentos mais prescritos na Atenção Primária, a utilização destes tem merecido destaque nas políticas de racionalização do uso de medicamentos, por serem mais consumidos e por se tratar de fármacos que são mais empregados de forma errônea e abusiva, podendo iniciar um processo ou aumentar o risco de resistência bacteriana. A Organização Mundial de Saúde revela que 50% das prescrições de antimicrobianos são inapropriadas, provocando a resistência adquirida que é aquela induzida pelo medicamento e se caracteriza pelo surgimento de novas cepas de bactérias que não mais sofrem a ação de antimicrobianos até então efetivos contra a população dessa bactéria.O objetivo geral da investigação foi descrever a prescrição de antimicrobianos na Atenção Primária à Saúde em Ponte Nova/MG. Como fundamentação teórica, foi realizada uma busca em outros materiais sobre o uso de antimicrobianos na Atenção Primária à Saúde. O estudo foi realizado nas Unidades Básicas de Saúde de Ponte Nova/MG, onde atuam as Estratégias da Saúde da Família e na Farmácia de Minas. Trata-se de uma pesquisa de campo descritiva, observacional, baseada em um estudo transversal de base populacional. Foi realizada a aplicação de um questionário para coleta de informações sociodemográficas, clínicas e conduta clínica. Foi estruturado um banco de dados com todas as informações coletadas através do questionário no Epiinfo 7.2.1.0. Foram realizadas 314 entrevistas nas 13 Unidades Básicas de Saúde e na Farmácia de Minas. A amoxicilina foi o antimicrobiano que mais apareceu nas prescrições, seguida da cefalexina, ciprofloxacino e azitromicina. Entre as infecções mais identificadas estão as do trato urinário, trato respiratório superior e dermatológicas, entre outras. Concluindo, deve-se levar em consideração a atual conjuntura da crise econômica e financeira que vive o país, sendo os gastos com antimicrobianos representando um elevado custo para a saúde pública visto que com o aumento das taxas de resistência bacteriana, cada vez mais tem que se usar antimicrobianos de maior custo, pois são esses que conseguirão destruir as bactérias resistentes que surgem a cada dia por causa do mau uso desses. A partir deste cenário, propõe-se a criação de uma Ficha de Notificação para uso de Antimicrobianos na Atenção Primária, com o objetivo de qualificar e quantificar o uso desses no tratamento das diversas infecções bacterianas e criar uma rotina de forma que se consiga controlar o uso abusivo, a fim de se reduzir os fatores associados ao aumento da resistência bacteriana na comunidade. / Antimicrobials are drugs frequently prescribed in outpatient care and may be from natural or synthetic origin. The bacterial resistance may be intrinsic or acquired, which can occur through mutation, transferable resistance (transformation, transduction and conjugation) or induced resistance, among which are the enzymatic inactivation, change in permeability alteration of transport systems in the cell, active withdrawal of the drug from the intracellular environment, alteration of the drug receptor and modification of the active metabolic system for the drug and synthesis of alternative metabolic pathways. Considering that antimicrobials are the most prescribed drugs in Primary Care, their use has been highlighted in policies for drug use rationalization, not only because they are very consumed, but also due to the fact they are highly mismanaged and abusive able to initiate a process or increase the risk of bacterial resistance. The World Health Organization reveals that 50% of the antimicrobial prescriptions are inappropriate, provoking the acquired resistance induced by the drug. It is also characterized by the appearance of new strains of bacteria that no longer undergo the action of antimicrobial agents against the population of this bacterium. The general objective of this research was to describe the prescription of antimicrobials in Primary Health Care in Ponte Nova / MG. Theoretically, a search from other materials on the use of antimicrobials in Primary Health Care was carried out. The study was conducted at the Basic Health Units of Ponte Nova / MG, where the Family Health Strategies acts, as well at Minas Pharmacy. It is a descriptive, observational field research based on a cross-sectional population-based study. A questionnaire was used to collect sociodemographic and clinical information. A database was structured with all the information collected through the questionnaire in Epiinfo 7.2.1.0. A total of 314 interviews were performed in the 13 Basic Health Units and in the Minas Pharmacy. Amoxicillin was the most frequently prescribed antimicrobial, followed by cephalexin, ciprofloxacin and azithromycin. The most identified infections found were: urinary tract, upper respiratory tract and dermatological, among others. In conclusion, it is important to take into account the current economic and financial crisis in the country facing the high cost for public health represented by antimicrobials. Since with the increasing rates of bacterial resistance, higher cost antimicrobials are necessary because they would be able to destroy the resistant bacteria, consequence of their misuse. From this scenario, it is proposed the creation of a Notification Form for the use of Antimicrobials in Primary Care, with the objective of qualifying and quantifying their use in the treatment of various bacterial infections, as well as creating a routine in order to control the abusive use aiming at reducing the factors associated with increased bacterial resistance in the community.
2

HIV/AIDS em indivíduos com idade igual ou maior que 50 anos / HIV/AIDS IN INDIVIDUALS WITH 50 OR MORE YEARS OF AGE

Nunes, Djayna Serra 02 December 2013 (has links)
Submitted by Rosivalda Pereira (mrs.pereira@ufma.br) on 2017-06-13T19:31:53Z No. of bitstreams: 1 DjaynaNunes.pdf: 1924249 bytes, checksum: 4f6ce9666f11c7db163db65abb60f729 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-13T19:31:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DjaynaNunes.pdf: 1924249 bytes, checksum: 4f6ce9666f11c7db163db65abb60f729 (MD5) Previous issue date: 2013-12-02 / The increase in life expectancy, access to treating erectile dysfunction, behavioral changes in the social and sexual and non-adherence to condoms has coincided with the increasing prevalence of HIV / AIDS in the elderly. The objective of the research was to identify the socio-economic and socio-demographic and knowledge about HIV/AIDS individuals aged 50or older. Developed a descriptive transversal study through qualitative research and quantitative. The study included people aged above 50years with a confirmed diagnosis of HIV/AIDS, registered in the Service of Specialized Health, in São Luís, Maranhão, Brazil. This investigation was evaluatedin49patientsaged 50to 74 years, 77.6% were female, 91.8% in the exposure category was heterosexual,52.1% had elementary education, 89.2% had family income1-3minimum wages, 63.0% had no prior information about HIV/AIDSand91.8% were receiving antiretroviral terapy. The found data can be inferred that he study group had limited knowledge about HIV/AIDS. / O aumento da expectativa de vida, o acesso a tratamento de disfunção erétil, as alterações de comportamento na esfera social e sexual e a não adesão ao uso de preservativos têm coincidido com aumento da incidência de HIV/AIDS em idosos. O objetivo da pesquisa foiidentificar o perfil sócio-econômico esócio-demográfico e de conhecimento sobre HIV/AIDS de indivíduos com 50 anos ou mais de idade.Desenvolveu-se um estudo descritivo, transversal, através de pesquisa de cunho qualitativo-quantitativo. Foram incluídas no estudo pessoas com idade igual ou acima de 50 anos, com diagnóstico confirmado de HIV/AIDS, cadastrados em um Serviço de Atendimento Especializado (SAE) em São Luís, Maranhão, Brasil. Nesta investigação foram avaliados 49 pacientes na faixa etária de 50 a 74 anos; 77,6% era do sexo feminino; em 91,8% a categoria de exposição foi heterossexual; 52,1% tinha ensino fundamental incompleto; 89,2% tinha renda familiar de 1 a 3 salários mínimos; 63,0% não tinha informação prévia sobre HIV/AIDS e 91,8% estava recebendo tratamento anti-retroviral. Os dados encontrados permitem inferir que o grupo estudado possuía conhecimento reduzido sobre o HIV/AIDS.
3

Soroconversão tardia do HBeAg em portadores do subgenótipo D4 do vírus da hepatite B / Late seroconversion of HBeAg in carriers of the D4 subgenotype of hepatitis B virus

Souza, Marinilde Teles 20 May 2016 (has links)
Submitted by Rosivalda Pereira (mrs.pereira@ufma.br) on 2017-06-14T19:01:30Z No. of bitstreams: 1 MarinildeSouza.pdf: 1783855 bytes, checksum: bc20000b025261af153ffc4f6418fad7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-14T19:01:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MarinildeSouza.pdf: 1783855 bytes, checksum: bc20000b025261af153ffc4f6418fad7 (MD5) Previous issue date: 2016-05-20 / Introduction: The hepatitis B virus (HBV) present diversity of its genome, which is to be classified in different genotypes and subgenotypes (A-J). It has been demonstrated that different genotypes are related to the natural history of infection. The maintenance of viral replication could be one of the factors related to genotypes. Objectives: To identify the viral replication status of HBV carriers among the subgenótipos A1 and D4. Materials and methods: HBV carriers identified have been studied in two studies involving individuals from the state of Maranhão, northeast,Brazil, which had genotyping and subgenotypes, serology for HBeAg and anti-HBe and certain viral loads. Serological tests were performed by ELISA, HBV – DNA quantification real time PCR and genotyping performed by sequencing. Results: We identified 146 patients. Among these, 136 were subgenotype A1 or D4. It is 85 - A1 (62.5%) and 51 - D4 (37.5%). No difference was found between groups when age was evaluated (42 ± 12 vs 38 ± 17 p=0.11) or gender (male 48.5% vs 51.5% p=00.18). Among the D4 subgenotype carriers had more patients with HBeAg positive (23.5% vs 9.4%, p=0.02) and a higher proportion of patients with viral loads above 20.000 IU / ml (43.1% vs 12.9 % p <0.0001), even when only those with negative HBeAg (25.6% vs 6.5%, p=0.007) when compared with the A1 subgenotype. Conclusion: HBV carriers, subgenotype D4, compared to A1 subgenotype have delayed HBeAg seroconversion and higher levels of HBV – DNA, suggesting that this subgenotype is possibly related to / Introdução: O vírus da hepatite B (VHB) apresenta diversidade do seu genoma, o que o faz ser classificado em diferentes genótipos e subgenótipos (A-J). Tem sido demonstrado que os diversos genótipos estão relacionados com a história natural da infecção. A manutenção da replicação viral pode ser um dos fatores relacionado aos genótipos. Objetivos: Identificar o estado de replicação viral do VHB entre portadores dos subgenótipos A1 e D4. Materiais e métodos: Foram estudados portadores do VHB identificados em dois estudos que envolveram indivíduos provenientes do estado do Maranhão, nordeste do Brasil, que tinham determinação de genótipos e subgenótipos, sorologias para o HBeAg e anti-HBe e cargas virais determinadas. Sorologias foram realizadas por ELISA, VHB–DNA quantificado por PCR em tempo real e genotipagem realizada por sequenciamento. Resultados: Foram identificados 146 portadores. Dentre estes, 136 eram subgenótipo A1 ou D4. Sendo 85 - A1 (62,5%) e 51 - D4 (37,5%). Não houve diferença entre os grupos quando foi avaliado idade (42±12 vs 38±17 p=0,11) ou gênero (masculino 48,5% vs 51,5% p=0,18). Entre os portadores do subgenótipo D4 havia mais indivíduos com HBeAg positivo (23,5% vs 9,4%, p=0.02) e maior proporção de portadores de cargas virais acima de 20.000 UI/ml (43,1% vs 12,9% p<0,0001), mesmo quando avaliados apenas aqueles com HBeAg negativos (25,6% vs 6,5% p=0,007), quando comparados com os de subgenótipo A1. Conclusão: Portadores do VHB, subgenótipo D4, quando comparados com subgenótipo A1 apresentam soroconversão mais tardia do HBeAg e maiores níveis de VHB–DNA, sugerindo que esse subgenótipo possivelmente está relacionado com potencial para doença mais grave e maior facilidade de transmissão da infecção.
4

Comunidade de flebotomíneos (Dipetera, Psychodidae) em área rual endêmica de leishmaniose, na região do cerrado maranhense / COMMUNITY OF SANDFLIES (DIPTERA, PSYCHODIDAE) IN RURAL AREA OF ENDEMIC LEISHMANIASIS, IN THE REGION OF THE CERRADO MARANHENSE

Freire, Pedro Carvalho 26 July 2016 (has links)
Submitted by Rosivalda Pereira (mrs.pereira@ufma.br) on 2017-06-19T20:58:56Z No. of bitstreams: 1 PedroFreire.pdf: 1996369 bytes, checksum: e9b08db08ebd0e4e2dc6cae301d6941a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-19T20:58:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PedroFreire.pdf: 1996369 bytes, checksum: e9b08db08ebd0e4e2dc6cae301d6941a (MD5) Previous issue date: 2016-07-26 / Original investigative work on the structure of the phlebotomine community, Diptera of the Psichodidae family. The study was carried out in a rural area of cerrado in the state of Maranhão, where leishmaniasis occurs endemic. / Trabalho investigativo original sobre a estrutura da comunidade de flebotomíneos, dípteros da família dos psichodídeos. O estudo foi realizado em uma área rural de cerrado no estado do Maranhão, onde as leishmanioses ocorrem de forma endêmica.
5

Fatores associados à hanseníase no município de Buriticupu, Maranhão, Brasil, 2003 a 2015 / Factors associated with leprosy in the municipality of Buriticupu, Maranhão, Brazil, 2003 to 2015

Lima Neto , Pedro Martins 27 January 2017 (has links)
Submitted by Rosivalda Pereira (mrs.pereira@ufma.br) on 2017-07-05T21:00:44Z No. of bitstreams: 1 PedroLimaNeto.pdf: 1220345 bytes, checksum: d12eb2756ab001e68251f9f7614c3023 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-05T21:00:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PedroLimaNeto.pdf: 1220345 bytes, checksum: d12eb2756ab001e68251f9f7614c3023 (MD5) Previous issue date: 2017-01-27 / Introduction. Leprosy, originally known as leper, is a chronic infectious disease that has the etiological agent bacillus Mycobacterium leprae, considered to be declining, although it is prevalent in several parts of the world, including Brazil. Objective. To analyze the epidemiological and clinical characteristics and associated factors of leprosy in the city of Buriticupu, Maranhão, Brazil, from 2003 to 2015. Methodology. This is a cross-sectional, descriptive and analytical study, based on the active search and spontaneous demand of people with leprosy and evolutionary analysis of the indicators. The study considered individuals diagnosed with leprosy from January 2003 to December 2015. To verify the association between the categorical variables, the chi-square test of independence was used, considering a significance level of 5%. Prevalence ratios were calculated in case of significance, with a 95% confidence interval. Results. It was observed that most of the individuals were male (65.9%) and that the most frequent operational classification was multibacillary (55.5%), with a higher association with age equal to or greater than 60 years, the clinical form with. The greatest diagnosis was dimorphism (32.1%), being more common with advancing age. There was an important association of the male with the clinical form virchowian and multibacillary operational classification. During the historical series, there was a decrease in the detection of new cases, accompanied by high reduction rates in all age groups. Conclusion. Throughout the historical series the municipality of Buriticupu advanced a lot in the control of leprosy, presenting important reduction of the coefficient of detection and absolute number of cases in adults and children. New studies should be carried out with the objective of deepening knowledge about the endemic pattern, as well as strengthening actions based on a greater organization of the health services so that the disease ceases to be a public health problem. / Introdução. A hanseníase, originalmente conhecida como lepra, é uma doença infecciosa crônica que tem como agente etiológico o bacilo Mycobacterium leprae, considerada em declínio, embora seja prevalente em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Objetivo. Analisar as características epidemiológicas e clínicas e fatores associados da hanseníase no município de Buriticupu, Maranhão, Brasil no período de 2003 a 2015. Metodologia. Trata-se de um estudo transversal, descritivo e analítico, baseado em busca ativa e demanda espontânea de pessoas com hanseníase e análise evolutiva dos indicadores. O estudo considerou indivíduos com diagnóstico de hanseníase de janeiro de 2003 a dezembro de 2015. Para verificar a associação entre as variáveis categóricas, foi utilizado o teste Qui-quadrado de independência, considerando o nível de significância de 5%. Foram calculadas razões de prevalência em caso de significância, com intervalo de confiança de 95%. Resultados. Foi observado que a maioria dos indivíduos era do sexo masculino (65,9%) e que a classificação operacional mais frequente foi a multibacilar (55,5%), apresentando maior associação com idade igual ou superior a 60 anos, a forma clínica com maior diagnóstico foi a dimorfa (32,1%), sendo mais comum com o avançar da idade. Houve uma importante associação do sexo masculino com a forma clínica virchowiana e classificação operacional multibacilar. Ao longo da série histórica houve diminuição na detecção de casos novos, acompanhada de elevados índices de redução em todas as faixas etárias. Conclusão. Ao longo da série histórica o município de Buriticupu avançou muito no controle da hanseníase, apresentando importante redução do coeficiente de detecção e número absoluto de casos em adultos e crianças. Novos estudos devem ser realizados com o objetivo de aprofundar os conhecimentos sobre o padrão da endemia, além do fortalecimento das ações baseado em uma maior organização dos serviços de saúde para que a doença deixe de ser um problema de saúde pública.
6

Toxoplasmose na gravidez: percepção de enfermeiros e gestantes no pré-natal da atenção básica / TOXOPLASMOSIS IN PREGNANCY: perception of nurses and pregnant women in the prenatal of primary care

Sousa, Jayra Adriana da Silva 28 November 2014 (has links)
Submitted by Rosivalda Pereira (mrs.pereira@ufma.br) on 2017-05-16T19:17:11Z No. of bitstreams: 1 JayraSousa.pdf: 671009 bytes, checksum: f0e6bf5f327201cfaa12b11622daaee9 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-16T19:17:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 JayraSousa.pdf: 671009 bytes, checksum: f0e6bf5f327201cfaa12b11622daaee9 (MD5) Previous issue date: 2014-11-28 / Toxoplasmosis is an infection that affects nearly one third of the world population. In the adult, not always symptomatic, however important events in children, by transplacental transmission. The Pre-Christmas is an important moment with actions directed to the care of the woman in pregnancy to prevent diseases that compromise the life of the mother and child. This is a descriptive qualitative study aiming to understand the perception of nurses and pregnant women about toxoplasmosis of Prenatal Primary Care. Was performed in 05 units of primary health care in the municipality of São Luis - MA. The sample consisted of 15 nurses working in nursing consultation and 15 pregnant women attended prenatal. To collect data we used a semi-structured questionnaire and an interview guide covering issues related to knowledge and behaviors about toxoplasmosis. The analysis was performed using the technique of content analysis. The results showed the following categories: Knowledge of toxoplasmosis; Guidance during prenatal visits; Nurses' knowledge of the avidity test; Conduct and guidelines reagents cases. Pregnant women showed ignorance about Toxoplasmosis and its effects. However, nurses demonstrated a basic, but of little usefulness as regards the guidelines for mom. It is emphasized that the nurse plays an important role in educational actions for pregnant women, contributing to the quality of prenatal care. / A Toxoplasmose é uma infecção que acomete quase um terço da população mundial. No adulto, nem sempre sintomático, porém de manifestações importantes em crianças, pela transmissão transplacentária. O Pré-Natal representa um momento importante com ações voltadas aos cuidados da mulher no período gestacional a fim de evitar agravos que comprometam a vida da mãe e filho. Tratase de um estudo descritivo de abordagem qualitativa com o objetivo de Conhecer a percepção dos enfermeiros e gestantes sobre Toxoplasmose no Pré-Natal da Atenção Básica. Foi realizado em 05 Unidades de Atenção Básica de Saúde, no município de São Luis – MA. A amostra foi de 15 enfermeiros que atuam na consulta de enfermagem e 15 gestantes assistidas no pré-natal. Para a coleta de dados utilizou-se um questionário semi-estruturado e um roteiro de entrevista contemplando questões relacionadas ao conhecimento e condutas sobre toxoplasmose. A análise foi realizada utilizando-se a técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados mostraram as categorias: Conhecimento sobre Toxoplasmose; Orientações durante a consulta pré-natal; Conhecimento dos enfermeiros sobre o teste de avidez;Conduta e orientações em casos reagentes. As gestantes demonstraram desconhecimento sobre a Toxoplasmose e seus efeitos. No entanto, os enfermeiros demonstraram ter conhecimentos básicos, porém de pouca aplicabilidade no que diz respeito a orientações às gestantes. Destaca-se que o enfermeiro desempenha papel importante nas ações educativas às gestantes, contribuindo para a qualidade da assistência pré-natal.
7

Situação da leishimaniose visceral em um município endêmico do Estado do Maranhão / SITUATION OF THE VISCERAL LEISHMANIASIS IN A ENDEMIC MUNICIPALITY OF MARANHÃO STATE

Lago, Rafiza de Josiane Mendes do 28 November 2014 (has links)
Submitted by Rosivalda Pereira (mrs.pereira@ufma.br) on 2017-05-16T20:08:13Z No. of bitstreams: 1 RafizaLago.pdf: 1657462 bytes, checksum: e178a84f8fcd8aac7b3989a5ac8f7741 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-16T20:08:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 RafizaLago.pdf: 1657462 bytes, checksum: e178a84f8fcd8aac7b3989a5ac8f7741 (MD5) Previous issue date: 2014-11-28 / Among the clinical forms of leishmaniasis, the visceral leishmaniasis (VL) or kala-azar constitutes the most severe, with high levels of lethality. This study aimed to assess the situation of visceral leishmaniasis in an endemic municipality in the state of Maranhão, through a descriptive study conducted from November 2012 to November 2014. The study included 80 cases of VL reported in the city during the period 2008-2012, and 273 families in the area with the highest number of cases of VL. Control actions performed by the municipality were obtained from documentary records and interviews with officials. It was found that 97.50% cases were autochthonous and 66.30% coming from the urban area. Men (61.25%), age 5 to 9 years (43.75%), mixed race (82.50%) and people with little or no schooling (61.25%) were the most affected. The most widely used method for diagnosis was IFI (70%), and pentavalent antimony was the most used drug for treatment (93.75%). Among the reported cases, 67.50% were discharged as cured. In relation to socio-demographic and environmental characteristics of families, the majority of residences was made of bricks (82.40%) and covered with tile (96.70%). Houses had four to six people (53.80%) who living below minimum wage (53.50%) income. Services of water supply (99.30%), garbage collection (79.50%) and the presence of septic tank was reported by 68.13% of respondents. Animal husbandry (57.14%) and the presence of those animals near the home (84.25%) was mentioned. Favorable conditions for the maintenance of VL vector were cited by 25.73% of residents. VL cases were mentioned in the family (10.26%) and neighborhood (30.04%). Respondents were unaware of performing control actions to the reservoir and vector of VL in the city (93.64%). Among families with a history of VL, 56.25% reported that they were not followed during treatment. Representatives of the city describe management strategies for VL focused on early diagnosis and treatment of cases, reducing the population of sandflies, elimination of reservoirs and health education activities. Conclusion: Visceral leishmaniasis is an important public health problem in Itapecuru Mirim, with cases reported in all age groups, both sexes, in people with low education and living in the urban area of the city. Most cases resulted in cure. Observed housing conditions do not reflect the expected standard for VL, but the locals refer cases of the disease in the family and also in the neighborhood. Control strategies for VL were described in the municipality. However, such actions occur sporadically. / ntre as formas clínicas das leishmanioses, a Leishmaniose Visceral (LV) ou calazar constitui-se a mais grave, com elevados índices de letalidade. Objetivou-se avaliar a situação da Leishmaniose Visceral em um município endêmico do Estado do Maranhão, através de um estudo descritivo realizado no período de novembro de 2012 a novembro de 2014. Foram incluídos no estudo 80 casos de LV notificados no município nos anos de 2008 a 2012, e 273 famílias da área com o maior número de casos de LV. As ações de controle realizadas pelo município foram obtidas por meio de registros documentais e entrevistas com os responsáveis dos setores afins. Verificou-se que 97,50% casos eram autóctones e 66,30%, procedentes da zona urbana da cidade. O sexo masculino (61,25%), faixa etária de 5 a 9 anos (43,75%), raça parda (82,50%) e pessoas com baixa ou nenhuma escolaridade (61,25%) foram os mais afetados. O método mais utilizado no diagnóstico foi a IFI (70%) e o antimonial pentavalente foi a droga mais utilizada para tratamento (93,75%). Dos casos notificados, 67,50% receberam alta por cura. Em relação às características sóciodemográficas e ambientais das famílias, a maioria das residências era de alvenaria (82,40%) e cobertas com telha (96,70%). As casas possuíam de quatro a seis habitantes (53,80%) que viviam com renda inferior a um salário mínimo (53,50%). Serviços de água encanada (99,30%), coleta de lixo (79,50%) e a presença de fossa séptica (68,13%) foram relatados pelos entrevistados. Foi mencionada a criação de animais (57,14%) e a presença destes próximos às residências (84,25%). Foram citadas por 25,73% dos moradores condições favoráveis para a manutenção do vetor da LV. Casos de LV foram mencionados na família (10,26%) e na vizinhança (30,04%). Os entrevistados desconheciam a realização de ações de controle para o reservatório e vetor da LV no município (93,64%). Entre as famílias com história de LV, 56,25% relataram que não foram acompanhados durante o tratamento. O município descreve estratégias de controle para LV centradas no diagnóstico e tratamento precoce dos casos, redução da população de flebotomíneos, eliminação dos reservatórios e atividades de educação em saúde. Conclusão: A Leishmaniose Visceral se constitui um importante problema de saúde pública em Itapecuru Mirim, com casos registrados em todas as faixas etárias, ambos os sexos, em pessoas com baixa escolaridade e residentes na zona urbana da cidade. A maioria dos casos evoluiu para cura. As condições de moradia observadas não refletem o padrão esperado para LV, porém os moradores referem casos da doença na família e também na vizinhança. Foram descritas estratégias de controle para LV no município. No entanto, tais ações ocorrem de forma esporádica.
8

Patologia comparada de Brachyteles arachnoides e Brachyteles hypoxantus (E. Geoffroy, 1806, Atelidae - Primates) / Pathology compared to Brachyteles arachnoides e Brachyteles hypoxantus (E. Geoffroy, 1806, Atelidae - Primates)

Stéfanie Vanessa Santos 16 May 2011 (has links)
O gênero Brachyteles, endêmico do Brasil, é constituído por duas espécies, B. arachnoides e B. hypoxantus, e estudos recentes demonstraram que suas populações selvagens podem estar seriamente reduzidas. Na tentativa de reverter a situação atual, esforços têm sito realizados visando a conservação dos muriquis, no entanto, dados relativos à condição sanitária de Brachyteles são extremamente escassos. Sabe-se, que o estabelecimento de protocolos adequados de manejo é condição necessária para a manutenção das espécies em cativeiro, sobretudo as ameaçadas e/ou criticamente ameaçadas, como é o caso dos atelídeos em questão. Desse modo, o presente trabalho de pesquisa almejou investigar as principais alterações anátomo-patológicas e correspondentes causas de morte de 18 (10M:8F) espécimens de B. arachnoides, B .hypoxantus e híbridos mantidos em cativeiro junto ao Centro de Primatologia do Rio de Janeiro (CPRJ). Os animais foram necropsiados entre os anos de 1988 e 2010 sendo utilizados fragmentos de órgãos e tecidos colhidos e fixados em solução de formalina a 10%, sendo 9 exemplares de B. arachnoides, 3 B hypoxantus e 4 híbridos, totalizando 16 indivíduos pertencentes ao acervo do CPRJ/FEEMA, e 2 B. arachnoides pertencentes ao Parque Municipal Quinzinho de Barros (FZQB). Destes, 2 (11,1 %) eram neonatos, 2 (11,1%) jovens, 13 (72,2%) adultos e 1 (5,6%) idosos. O peso dos B. arachnoides, B. hypoxantus e B. híbridos adultos, jovens e neonatos variou de 0,5 Kg até 14 Kg. O peso médio dos adultos foi 5,6 Kg. O peso médio dos adultos foi de 2,8 Kg para os caquéticos, 5,9 Kg para os magros, 8,25 Kg para os bem nutridos. Dados de histórico clínico, reprodutivo, comportamentais e análises clínicas foram avaliados visando auxílio na obtenção da causa de morte (CM). A diarréia foi a alteração clínica mais consistente observada no grupo pesquisado sendo que cinco mortes (27,8%) foram causadas por quadros de sepses, quatro por infecção viral (22,2%), três (17%) por pneumonias, dois (11%) por parasitismo. Distúrbio metabólico, peritonite e eutanásia decorrente de retrovirose foram responsáveis por 1 óbito cada (5,5%). Não foi possível determinar a CM de um (5,5%) neonato em avançado estado de putrefação. Destes 18 casos de óbito, três (17%) foram decorrentes das conseqüências da infecção por um agente viral da família Retroviridae. A análise histomorfométrica mostrou que a taxa de hemossiderose hepática (THH) variou entre 0.2% e 41.7%, não havendo diferenças significantes entre as THHs quando comparados os parâmetros sexo, idade, tempo de cativeiro, espécies e peso. A análise estatística revelou correlação entre as áreas de hemossideorse e reticulina pelo teste de Sperman com (P=0,0326, r= -0,5048) No entanto, não observou-se correlação ao avaliar a morfometria da reticulina e as graduações histopatológicas de necrose (P=0,1009, Sperman, r= 0,3991). O mesmo padrão foi observado ao avaliar a correlação entre as áreas de reticulina e os casos sépticos e não sépticos com (P= 0,6126, Mann-Whitney test). Os agentes etiológicos diagnosticados através de imuno-histoquímica, análise ultra-estrutural e/ou molecular foram: Herpes simplex, Vírus respiratório sincicial (RSV), vírus compatíveis com a família Retroviridae, Toxoplasma gondii, Entamoeba spp., Strongyloides spp., Candida spp. e Helicobacter pylori. O potencial zoonótico dos agentes infecciosos identificados reflete a importância da implantação de medidas preventivas rigorosas com o objetivo de preservar a saúde da comunidade humana e dos muriquis. Uma monitoração sanitária através de exame clínico e colheita de material biológico também foram realizadas em 10 espécimes cativos de muriquis. Pretende-se, de forma pioneira representar a sistematização de processos patológicos envolvendo espécimes do gênero Brachyteles cativos, contribuindo para a manutenção destes espécimens em cativeiro, assim como indiretamente na conservação destes em vida livre, sugerindo protocolos sanitários preventivos e favorecendo a reprodução e manutenção das populações. / The Brachyteles genus is endemic in Brazil, comprises two species, B. arachnoides and B. hypoxantus, and recent studies have shown that their wild populations can be seriously reduced. In an attempt to reverse the current scenario, efforts have been made to promote the conservation of muriquis, however, data on the sanitary condition of Brachyteles are extremely scarce. It is known that the establishment of appropriate management protocols is a prerequisite for the maintenance of the captive species, especially threatened and / or critically endangered, as is the case in question, atelids. Thus, the present research aimed to investigate the main anatomic-pathological and related causes of death in 18 (10M:8F) specimens of B. arachnoides, B. hypoxantus and hybrids in captivity at the Centro de Primatologia do Rio de Janeiro (CPRJ). The animals were autopsied between 1988 and 2010, being used fragments of organs and tissues removed and stained in formalin solution 10%, and 9 individuals of B. arachnoides, 3 B. hypoxantus and 4 hybrids, a total of 16 individuals belonging to the collection of CPRJ / FEEMA, and 2 B. arachnoides belonging to the Parque Municipal Quinzinho de Barros (FZQB). Of these, 2 (11.1%) were neonates, 2 (11.1%) youth, 13 (72.2%) adults and 1 (5.6%) elderly. The weight of adults, newborns and young B. arachnoides, B. hypoxantus and B. hybrid ranged from 0.5 kg to 14 kg average weight of adults was 5.6 kg average weight of adults was 2.8 kg for cachectic 5.9 kg for lean, 8.25 kg for well-nourished. Data from clinical history, reproductive, behavioral and medical tests were assessed for assistance in obtaining the cause of death (CD). Diarrhoea was the most consistent disease observed in this group and five deaths (27.8%) were caused by sepsis boards, four viral infection (22.2%), three (17%) for pneumonia, two ( 11%) of parasitism. Metabolic disorder, euthanasia and peritonitis resulting from a retrovirus were responsible for one each death (5.5%). We were unable to determine the CD of one (5.5%) neonate in an advanced state of putrefaction. Of these 18 deaths, three (17%) resulted from the consequences of infection by a viral agent of the family Retroviridae. Histomorphometric analysis showed that the hepatic hemosiderosis rate (HHR) ranged between 0.2% and 41.7%, with no significant differences between the HHR compared the parameters sex, age, time in captivity, species and weight. Statistical analysis revealed a correlation between areas of reticulin hemossideorse and with the Spearman test (P = 0.0326, r = -0.5048). However, no correlation was seen when evaluating the morphometry of reticulin and histopathological grades of necrosis (P = 0.1009, Spearman r = 0.3991). The same pattern was observed to evaluate the correlation between areas of reticulin and cases with septic and non septic (P = 0.6126, Mann-Whitney test). The etiologic agents diagnosed by immunohistochemistry, ultrastructural analysis and molecular were: Herpes simplex, Respiratory Syncytial Virus (RSV), consistent with the virus family Retroviridae, Toxoplasma gondii, Entamoeba spp., Strongyloides spp., Candida spp. and Helicobacter pylori. The zoonotic potential of the infectious agents identified reflects the importance of strict implementation of preventive measures in order to preserve the health of human communities in contact with the muriquis. A health monitoring by clinical examination and collection of biological material were also performed in 10 specimens of captive muriquis. We aim, in a pioneering way, represent the systemization of processes involving pathological specimens of the genus Brachyteles captives, contributing to the maintenance of these specimens in captivity, as well as indirectly on the conservation of these in the wild, suggesting preventive health protocols and encouraging the breeding and maintenance of populations
9

Moléculas associadas com migração, memória imunológica e ativação celular em linfócitos T de lesões de leishmaniose cutânea

Aguiar, Carolina de Oliveira Mendes January 2010 (has links)
Submitted by Tatiana Silva (tsilva@icict.fiocruz.br) on 2012-11-19T16:43:27Z No. of bitstreams: 1 carolina_om_aguiar_ioc_bp_0029_2010.pdf: 1531544 bytes, checksum: df1c3ac611efc557a24493255fa19eff (MD5) / Made available in DSpace on 2012-11-19T16:43:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 carolina_om_aguiar_ioc_bp_0029_2010.pdf: 1531544 bytes, checksum: df1c3ac611efc557a24493255fa19eff (MD5) Previous issue date: 2010 / Fundação Oswaldo Cruz.Instituto Oswaldo Cruz. Rio de janeiro, RJ, Brasil / A leishmaniose tegumentar americana é uma doença infecciosa causada, no Brasil, principalmente pela Leishmania (Viannia) braziliensis, onde ocorre o acometimento de pele e mucosas. A resposta imune protetora na leishmaniose é mediada por células T antígenos específicos. A freqüência destas células é muito mais elevada nas lesões do que no sangue periférico, o que demonstra que os eventos imunopatogênicos mais importantes devem estar ocorrendo no sítio infeccioso. O infiltrado inflamatório é do tipo granulomatoso, composto predominantemente por linfócitos, macrófagos e plasmócitos, com padrão de distribuição heterogêneo, o que não tem possibilitado uma boa correlação com o prognóstico da doença. As análises in situ também vêm mostrando resultados controversos em relação à distribuição das subpopulações CD4+ e CD8+. Entretanto, pouco se sabe sobre os mecanismos que determinam a formação do infiltrado inflamatório das lesões e como a função efetora influencia a patogênese ou a cura da leishmaniose. Assim, o presente trabalho teve como objetivo estudar o perfil fenotípico dos linfócitos das lesões cutâneas de leishmaniose em termos de migração, memória e ativação celular. Os resultados apresentados neste trabalho mostram que há um menor percentual de linfócitos T CLA+ no sangue periférico de pacientes de leishmaniose do que indivíduos sadios. A estimulação com antígenos de Leishmania aumenta o percentual de células T CLA+ nos pacientes de leishmaniose, mas o mesmo não ocorre com o percentual de células T CD62L+, sugerindo que os antígenos parasitários podem modular positivamente a migração de células para o sitio cutâneo. Corroborando com a hipótese de migração dos linfócitos para o sitio da infecção, foi demonstrado que há um maior percentual de células T CLA+ nas lesões do que sangue periférico. Uma vez que os linfócitos imigraram para as lesões, as células presente nesse sítio infeccioso demonstram ter um fenótipo de células de memória efetora, de células ativadas e expressam molécula associada à citotoxicidade. Os diferentes perfis imunológicos encontrados foram correlacionados com os dados clínicos dos pacientes (tempo de evolução, área da lesão e tamanho da IDRM), a fim de avaliar a influência dessas células na patogênese da leishmaniose. Os percentuais de linfócitos T e de células T CD8+ associadas à função citotóxica, e a freqüência de células T de lesão específicas a Leishmania, assim como os percentuais de células TCD4+CD69+ e TCD3+CD244+ parecem influenciar na patogênese da doença, por se correlacionarem com a área e com tempo de evolução das lesões, respectivamente. Os dezenove pacientes estudados pertenciam a áreas endêmicas diferente, sendo assim divididos: Rio de Janeiro (RJ) e Bahia (BA). Os pacientes das áreas endêmicas da BA e RJdiferiam no tempo de evolução das lesões, onde: pacientes da BA foram classificados como lesões recentes por terem tempo mediano de evolução de 30 dias, e pacientes do RJ com lesões tardias por terem tempo mediano de evolução de 81 dias. Os pacientes BA e RJ exibem diferentes moléculas de ativação células TCD4 ativadas, onde os pacientes BA têm maiores percentuais de células TCD4+CD25+ e os pacientes RJ tem maiores percentuais de células TCD4+CD69+, mas o mesmo não ocorre com as células TCD8+ ativadas. Esses dados sugerem lesões de pacientes BA e RJ devem ser influenciadas diferentemente por células TCD4 ativadas. É possível que células TCD4+CD69+ e TCD4+CD25+ devam ter funcionalidades diferentes, mas essa hipótese deve ser futuramente avaliada nos pacientes citados acima. As quimiocinas CCL2/MCP-1, CCL3/MIP-1α e CCL5/RANTES estão presentes nas lesões de leishmaniose causadas pela L.braziliensis. Em conjunto, esses resultados demonstram que a infecção por Leishmania influencia a migração de linfócitos para a pele, com a modulação de moléculas de migração na superfície celular e com a produção de quimiocinas capazes de atrair essas células para o local da infecção. E que linfócitos presentes no infiltrado inflamatorio com fenótipo de ativação e citotoxicidade podem influenciar napatogênese da leishmaniose cutânea / American tegumentary leishmaniasis is an infectious disease, and in Brazil, is caused mainly by Leishmania (Viannia) braziliensis. The disease manifests as localized cutaneous leishmaniasis or mucosal leishmaniasis. Immune protector response is mediated by specific T cells. The frequency of these cells is high in lesions than in peripheral blood, and suggests that more important immunological events occur in the infectious site. The inflammatory infiltrate is granulomatous type, and compose mainly by macrophages, plasmocytes and lymphocytes, with heterogeneous distribution. The histopathological pattern has no correlation with disease prognostic. In situ analyses have shown controversial results about TCD4+ and TCD8+ cells. Although, little is known about the mechanism that lead the inflammatory infiltrate formation and how effector cells influence in leishmaniasis pathogenesis or cure. The objective of present work was analysed leishmaniasis lesions T cell composition in terms of homing, memory and activation molecules expression. Lower levels of CLA T cells were observed in blood of LC patients than in healthy subjects. Leishmanial antigens upregulated CLA in T cells from cutaneous leishmaniasis patients but not from healthy subjects. In contrast, CD62L is not affected. Corroborating with T cell migration to infection sites, an enrichment of CLA+ cells was observed lesion in comparison with blood. Once infiltrate to lesions, T cells express activation and citotoxic molecules, and effector memory phenotype. The frequency of Leishmania specific T cell lesions, percentual of TCD3+ cells and TCD8+CD244+ cells are associated with lesion area. The percentual of TCD4+CD69+ cells and TCD3+CD244+ cells are correlated with duration of illness. The patients analysed were grouped by endemic area of study, Bahia or Rio de Janeiro. Different endemic area patients have different duration of illness: recent lesion was observed in Bahia´s patients and late lesion was evaluated in Rio de Janeiro´s patients. Bahia and Rio de Janeiro patients´ had different TCD4 activation pattern, where Bahia patients had higher levels of TCD4CD25 T cells and Rio de Janeiro patients had higher levels of TCD4CD69 T cells. In this work, was proposed TCD4/TCD8 ration classification, where than patients with similar levels of TCD4 and TCD8 cells have a equilibrated response with less activated and citotoxic T cells. CCL2/MCP-1, CCL3/MIP-1α and CCL5/RANTES are present is cutaneous leishmaniasis lesions caused by L.braziliensis. All these results showed Leishmania infection can influence the migration pattern to skin, modulating the homing moleculesand chemokine production.Activated and citotoxic T lymphocytes can influence the leishmaniasis pathogenesis
10

Atividade antiplasmodial e modelagem molecular de novas chalconas e derivados

PEREIRA, Glaécia Aparecida do Nascimento January 2008 (has links)
Submitted by Cássio da Cruz Nogueira (cassionogueirakk@gmail.com) on 2017-10-18T12:20:57Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertacao_AtividadeAntiplasmodialModelagem.pdf: 2404946 bytes, checksum: f50c8e09794716ea2356ae20dc9b113b (MD5) / Approved for entry into archive by Irvana Coutinho (irvana@ufpa.br) on 2017-11-03T14:56:45Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertacao_AtividadeAntiplasmodialModelagem.pdf: 2404946 bytes, checksum: f50c8e09794716ea2356ae20dc9b113b (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-03T14:56:45Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertacao_AtividadeAntiplasmodialModelagem.pdf: 2404946 bytes, checksum: f50c8e09794716ea2356ae20dc9b113b (MD5) Previous issue date: 2008 / CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A malária é uma infecção causada pelo Plasmodium sp. e pode ser grave, se não tratada precocemente. Ela acomete importante fração da humanidade e tem profundo impacto sanitário mundial. Estima-se que 3,3 bilhões de pessoas estejam expostas ao risco de transmissão. Um dos problemas inerentes à infecção é o progressivo aumento da resistência do parasito aos antimaláricos. Nesse contexto, fazem-se necessários estudos para o desenvolvimento de novas alternativas quimioterápicas. Muitas substâncias têm atividade antiplasmodial comprovada, como as chalconas. Entretanto, as propriedades fisico-químicas dessas moléculas, que são importantes para suas ações biológicas, não estão bem estabelecidas. Neste trabalho, foi realizada a modelagem molecular e avaliada a atividade antiplasmodial de duas chalconas (HBR1 e LH2) e quatro derivados de chalconas (GH3, IV4, LCH1 e LCH3). Para isso, foram determinadas: as concentrações inibitórias em 50% do crescimento do P. falciparum in vitro e as propriedades físico-químicas das substâncias, como HOMO, LUMO, potencial eletrostático, C log P, energia de hidratação, polarizabilidade e volume molecular, através de cálculos virtuais. Os resultados dos valores calculados foram correlacionados com a atividade biológica, a fim de se identificar parâmetros químicos que possam influenciar a ação antiplasmodial. As concentrações inibitórias em 50% do crescimento do P. falciparum variaram de 0,2 a 1,7 μM, sendo que estes valores foram menores do que os descritos na literatura. O estudo da correlação entre as atividades biológicas e as propriedades fisico-químicas mostraram parâmetros determinantes de atividade biológica, como LUMO, potencial eletrostático, C log P e energia de hidratação, que podem auxiliar na seleção de moléculas mais ativas contra o P. falciparum. Assim, essas propriedades moleculares podem ser utilizadas no planejamento racional de novas chalconas e/ou derivados com atividade antiplasmodial. / Malaria is an infection caused by Plasmodium sp. and It can be serious, if not treated precociously. It affects significant fraction of humanity and has profound health impact worldwide. It is estimated that 3.3 billion people are exposed to the risk of transmission. One of the problems of the infection is the growing emergence of parasite resistance to antimalarial drugs. In this context, studies are needed to develop new alternative chemotherapy. Many substances, such as the chalcones, have had their antiplasmodial activity proven. However, the physicochemical properties of these molecules, which are important for biological actions, are not well established. In this work, molecular modeling was performed and the antiplasmodial activity was evaluated of two chalcones (HBR1, and LH2) and four derivatives of chalcones (GH3, IV4, LCH1, and LCH3). For that, we determined the drug concentration inhibitory of 50% of the growth of P. falciparum in vitro as well as the physicochemical properties of derivatives of chalcones as HOMO, LUMO, electrostatic potential, C log P, hydration energy, polarizability and molecular volume through virtual calculations. The results of the calculated values were correlated with the biological activity in order to identify chemical parameters that can influence the antiplasmodial action. The inhibitory concentrations in 50% of the growth of P. falciparum ranged from 0,2 to 1,7 M, and these values were smaller than described them in the literature. The study of the correlation between the biological activities and the physicochemical properties showed determinating parameters for the biological activity, as LUMO, electrostatic potential, C log P and hydration energy, which may help in the selection of molecules more active against P. falciparum. Thus, these molecular properties can be used in the rational planning of new chalcones and/or derivatives with antiplasmodial activity.

Page generated in 0.1238 seconds