• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 31
  • 2
  • Tagged with
  • 34
  • 12
  • 9
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Variabilidade genética de isolados de Streptococcus pyogenes por meio de marcadores RAPD

Noschang, Juliana 26 March 2013 (has links)
Os estreptococos B-hemoliticos do grupo A (Streptococcus pyogenes) causam varias doencas humanas e estao associados com febre reumatica e glomerulonefrite pos-estreptococica. A sorotipagem dos antigenos M e T tem sido a maneira mais comum de tipagem destes patogenos, entretanto, para alguns isolados a tipagem por este metodo nao e satisfatoria, pois cerca de 15 a 40% dos isolados nao sao tipaveis. Alem disso, estes metodos de sorotipagem nao sao eficientes para diferenciacao clonal em estudos epidemiologicos. Marcadores moleculares sao ferramentas importantes capazes de diferenciar sorotipos de estreptococos do grupo A, provendo informacoes na elucidacao de surtos epidemiologicos e diagnostico. Marcadores RAPD foram utilizados para detectar polimorfismos em isolados de S. pyogenes de um surto de faringotonsilite estreptococica ocorrido em uma industria alimenticia, em marco de 2004 na cidade de Curitiba - PR. Foram utilizados 26 isolados do surto, 11 isolados desta especie, nao relacionados com o surto, duas linhagens referencias de sorotipo nefritogenico e uma de sorotipo reumatogenico. Foi observada variabilidade genetica entre os isolados de S. pyogenes do surto. A analise de gcluster h utilizando-se o coeficiente de Jaccard, mostrou dois grupos de isolados sem relacao clonal entre si, sugerindo a circulacao de dois sorotipos na industria alimenticia. Os resultados sugerem que o surto foi causado por sorotipo nefritogenico, com possibilidade de ter sido o sorotipo M4. A utilizacao de mais linhagens referencias nefritogenicas e reumatogenicas e a sorotipagem da proteina M possibilitariam a identificacao dos sorotipos causadores do surto de glomerulonefrite estreptococica na industria alimenticia, em Curitiba-PR, naquela ocasiao.
2

Caracterização molecular de isolados de Streptococcus Dysgalactiae Subsp. Equisimilis obtidos no Hospital de Dermatologia Sanitária do Paraná

Farias, Fernanda de Fátima 06 May 2010 (has links)
No description available.
3

Prevalecência da colonização pelo estreptococo do grupo B em gestantes atendiadas no ambulatório de pré-natal do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina

Pogere, Adriane January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2012-10-22T04:46:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Uma amostra de 273 gestantes no terceiro trimestre da gravidez, provenientes do ambulatório de pré-natal do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, foi investigada com o objetivo principal de determinar a prevalência de estreptococo do grupo B (EGB) nesta população e explorar os fatores potencialmente associados à colonização em nosso meio. Culturas de amostra vaginal e anorretal foram obtidas e inoculadas em meio seletivo de Todd-Hewitt suplementado com 10mg/ml de colistina e 15mg/ml de ácido nalidíxico e posteriormente subcultivadas em ágar sangue de carneiro desfibrinado. A prevalência de colonização pelo EGB foi de 21,6%, sendo que 9,9% das gestantes tiveram positividade em ambos os sítios; 6,95% foram positivas somente no sítio vaginal e 4,75% da amostra tiveram positividade apenas no sítio anal, confirmando a necessidade da coleta rotineira em ambos os sítios (vaginal e anal). Fatores detectados como potencialmente associados à colonização pelo EGB foram: primíparas com mais de 30 anos e mulheres com mais de um parceiro sexual e freqüência de atividade sexual aumentada (p<0,05). Não foi encontrada diferença na prevalência de acordo com história de doenças sexualmente transmissível, aborto espontâneo pregresso e tabagismo.
4

Caracteristicas fenotipicas e genotipicas de amostras de Streptococcus suis isoladas de suinos no Brasil

Pagnani, Keila Jordão Ribeiro 28 July 2018 (has links)
Orientadores : Antonio Fernando Pestana de Castro, Marcelo Gottschalk / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-28T21:07:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pagnani_KeilaJordaoRibeiro_M.pdf: 4071670 bytes, checksum: 07f2fcbaa41f41f75f3cefb286b8906c (MD5) Previous issue date: 2001 / Mestrado
5

Efecto antibacteriano de la miel de abeja en diferentes concentraciones sobre el Estreptococo Mutans

Bautista Manrique, Roselena January 2011 (has links)
Determinar el efecto antibacteriano de la miel de abeja en diferentes concentraciones sobre el Estreptococos mutans. Estudio experimental en 50 placas petri con Estreptococo mutans a las que se les aplicó miel de abeja en concentraciones de 5%, 10%, 20%, 30% y 100%. Se dejó incubar por 24 horas a 37ºC para luego observar el efecto antibacteriano midiendo el halo de inhibición (mm). El análisis estadístico se llevó acabo en el programa SPSS v15.0, incluyó la prueba estadística Anova / To determine the antibacterial effect of honey in different concentrations on Streptococo mutans. Experimental study in 50 petri dishes with Streptococo mutans to wich we applied honey al concentrations of 5%, 10%, 20%, 30% and 100%. Allowed to incubate for 24 hours al 37ºC then observe wether there was an antibacterial effect by measuring the inhibition halo (mm). Statical snalysis was carried out in SPSS v.15.0. Anova test was included.
6

Interação entre o Streptococcus pyogenes e a hemoglobina S

Calusni, Ana Lucia Roscani 20 April 1994 (has links)
Orientador: Antonio Sergio Ramalho / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-19T08:31:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Calusni_AnaLuciaRoscani_M.pdf: 1715301 bytes, checksum: acd3974eacbc813ea7e1416eeec145b7 (MD5) Previous issue date: 1994 / Mestrado / Genetica / Mestre em Ciências Biológicas
7

Hematologia e histopatologia de tilápias (Oreochromis niloticus) vacinadas e desafiadas com Aeromonas hydrophila e Streptoccocus agalactiae

Barbuio, Roberto [UNESP] 27 February 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-02-27Bitstream added on 2014-06-13T20:56:03Z : No. of bitstreams: 1 barbuio_r_me_jabo.pdf: 356013 bytes, checksum: 21a3483e6b33a8f8dbad2f27d9a65cbb (MD5) / A intensificação dos sistemas aquicolas tem contribuído para o aumento da ocorrência das doenças infecciosas. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar as alterações hematológicas e histopatológicas de tilápias (Oreochromis niloticus) vacinadas e desafiadas com Aeromonas hydrophila e Streptococcus agalactiae. Para tanto, peixes com pelo menos 15 gramas foram vacinados com 0,05 mL por peixe, na cavidade celomática entre as nadadeiras ventrais e foram mantidos por 21 dias para o desenvolvimento da imunidade. A indução da infecção foi realizada em períodos diferentes para cada bactéria, sendo após a vacinação, com 60 dias para Aeromonas hydrophila e 90 dias para Streptococcus agalactiae, com as respectivas concentrações de DL50. Após sete dias da inoculação foram coletados, de forma asséptica, fígado, rim, baço e cérebro dos peixes, a realização das provas bioquímicas e confirmação da presença das bactérias Aeromonas sp. e Streptococcus sp. e coleta do sangue para a contagem total dos leucócitos e trombócitos e diferencial dos leucócitos, da série vermelha foram analisados hematócrito, eritrócitos, VCM (Volume Corpuscular Médio), HCM (Hemoglobina Corpuscular Média) e CHCM (Concentração Hemoglobina Corpuscular Média), além dos testes bioquímicos de proteína total (PPT), colesterol, albumina, uréia, triglicérides, lactato e glicose e também foi realizado o reisolamento das bactérias. Ao término do período experimental ocorreram aumento nas variáveis hematológicas e bioquímicos do CHCM, globulinas e colesterol e a diminuição no hematócrito, VCM, leucócitos e lactato de tilápias infectadas por S. agalactiae e aumento nos parâmetros de leucócitos, globulinas e a diminuição dos trombócitos e colesterol de tilápias infectadas por A. hydrophila além de alterações histopatológicas em... / The intensification of aquaculture systems has contributed to the increased occurrence of infectious diseases. The objective of this study was to analyze the hematological and histopathological tilapia (Oreochromis niloticus) vaccinated and challenged with Aeromonas hydrophila and Streptococcus agalactiae To that end, with at least 15 fish were vaccinated with 0.05 grams mL per fish in between the coelomic cavity and ventral fins were maintained for 21 days for development of immunity. Induction of Infection was performed at different times for each bacteria, which after vaccination, 60 days and 90 days A. hydrophila to S. agalactiae, with respective concentrations of LD50. After seven days of inoculation were collected aseptically, liver, kidney, spleen and brain of fish carrying out the biochemical and confirmation of the presence of the bacteria Aeromonas sp. and Streptococcus sp. and blood collection for the total count of leukocytes and thrombocytes and differential leukocytes, red series were analyzed hematocrit, erythrocytes, MCV (Mean Corpuscular Volume) , MCH (Mean Corpuscular Hemoglobin) and MCHC (Mean Corpuscular Hemoglobin Concentration), in addition to biochemical assays of total protein (PPT), cholesterol, albumin, urea, triglycerides, and glucose and lactate was also performed reisolation of bacteria. At the end of the experimental period there was an increase in haematological and biochemical variables of MCHC, globulin and cholesterol and decrease in hematocrit, MCV and lactate tilapia infected with S. agalactiae and an increase in leukocyte parameters, globulin and the decrease of platelets and cholesterol tilapia infected with A. hydrophila as well as histopathological changes in skin, liver and kidney of... (Complete abstract click electronic access below)
8

Imunohistoquímica em órgãos de tilápias-do-Nilo imunizadas com antígeno insolúvel de Streptococcus agalactiae

Marcusso, Paulo Fernandes [UNESP] 26 October 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-04-01T17:54:57Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-10-26. Added 1 bitstream(s) on 2016-04-01T18:00:42Z : No. of bitstreams: 1 000860495.pdf: 1265496 bytes, checksum: 993272b8a5294e7b48b0b2fbf0766ae8 (MD5) / A infecção causada por Streptococcus agalactiae provoca grandes perdas em sistemas de criação intensiva de tilápias no Brasil e uma das soluções para minimizar estas perdas é a utilização de vacinas. Assim, este estudo avaliou a partir da marcação de células por meio da imunohistoquímica com anticorpo Ig M as respostas e participação do rim, baço e fígado na resposta imune humoral induzida pela vacina contra S. agalactiae. Para tanto foram utilizadas 166 tilápias-do-Nilo (Oreochromis niloticus) com peso médio de 200 ± 25 g. Foi determinada a concentração bacteriana letal para 50,0% dos peixes (DL50) forma utilizados 40 tilápias distribuídas em 4 caixas de fibra de vidro de 250 L, 10 animais/. Os animais foram inoculados com doses crescentes de S. agalactiae (1x102; 1x104; 1x106 e 1x108), obtendo a DL50 estimada em 1x107,71 e com o limite inferior e superior em 1x106,52 e 1x107,98, respectivamente. Posteriormente foi realizado o ensaio para coleta dos órgãos para posterior avaliação histológica e imunohistoquímica. Para tanto foram utilizados dois grupos (n= 63), sendo eles; grupo injetado com 200 μL salina 0,65% (controle) e grupo imunizado com a vacina contendo a porção insolúvel do produto da sonicação do S. agalactiae adicionado ao adjuvante incompleto de Freund (1:1), com volume final de 200 μL. A vacina e a salina foram aplicadas por via intracelomática (i.c) e em todos os grupos foram realizada a coleta dos órgãos pré imunização e coletas seriadas pós imunização nos tempos de 7, 14, 21, 28, 35, 42, 60 e 90 dias, para avaliação da dinâmica da resposta imune humoral por meio da imunohistoquímica com o anticorpo Ig M e avaliação histológica na coloração de hematoxilia e eosina. Os resultados foram comparados por meio de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de probabilidade e a diferença entre as médias foi comparada pelo teste de Tukey. A imunização de tilápias-do-Nilo... / The infection caused by Streptococcus agalactiae causes heavy losses in intensive farming of tilapia systems in Brazil and one of the solutions to minimize these losses is the use of vaccines. Thus, this study evaluated the tag from the cells by immunohistochemistry Ig M antibody responses and participate in the kidney, spleen and liver in the humoral immune response induced by the vaccine against S. agalactiae. Therefore, we analyzed 166 of the tilapia (Oreochromis niloticus) with an average weight of 200 ± 25 g. It determined the bacterial concentration lethal to 50.0% of the fish (LD50) 40 tilapias used medium 4 distributed in 250 L glass fiber boxes 10 animals. The animals were inoculated with increasing doses of S. agalactiae (1x102, 1x104, 1x106 and 1x108), getting the LD50 estimated at 1x107,71 and the lower and upper limit in 1x106,52 and 1x107,98 respectively. Later the test was carried out to collect the bodies for subsequent histological and immunohistochemical evaluation. Therefore, we used two groups (n = 63), namely; group injected with 200 uL saline 0.65% (control) and group immunized with the vaccine containing the insoluble portion of the product of sonication S. agalactiae added to Freund's incomplete adjuvant (1:1) with final volume of 200 uL. The vaccine and saline were applied via intracelomic (i.c) and in all the groups were made to collect the pre immunization organs and graded post immunization collected on days 7, 14, 21, 28, 35, 42, 60 and 90 days to evaluate the dynamics of humoral immune response by immunohistochemistry with the Ig M antibody and histological evaluation in the coloring hematoxilia and eosin. The results were compared using analysis of variance (ANOVA) at 5% probability and the difference between the means were compared by Tukey test. Immunization of the Nile tilapia with S. agalactiae insoluble antigen-induced proliferation of splenic lymphocytes, leading to significant increases in ...
9

Potencial cariogenico "in vitro" de estreptococos grupo mutans da cavidade bucal e seu significado em relação a carie dentaria

Pereira, Cassio Vicente 19 October 1998 (has links)
Orientador: Jose Francisco Hofling / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-24T08:09:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pereira_CassioVicente_M.pdf: 3357866 bytes, checksum: 2cc9514b9c3b18e641ac78192641dfbc (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: Com o objetivo de se analisar "in vitro", o potencial cariogênico de estreptococos grupo mutans, isolados e em associação, através da formação de placa bacteriana "in vitro", da produção de polissacarídeos extracelulares e da capacidade de produção de ácidos por essas espécies, foram utilizadas cepas desses microrganismos pertencentes ao acervo da Disciplina de Microbiologia e Imunologia da Faculdade de Odontologia de Piracicaba UNICAMP, isoladas e identificadas bioquimicamente a partir de amostras salivares de escolares entre 6 e 9 anos de diferentes categorias sócio econômicas. Foram analisadas 150 amostras de S. mutans, 27 de S. sobrinus, 15 de S. rattus, 09 de S. mutans V e apenas uma de S. cricetus, S. ferus e S. downei totalizando 204 amostras. A quantificação da produção de placa bacteriana "in vitro", pelos estreptococos isolados e em associação, foi feita através da inoculação de quantidades iguais de culturas recentes de cada amostra, previamente padronizadas pela escala de Mc Farland, em tubos contendo meio BHI à 5% de sacarose e incubados por 48 horas (37 'GRAUS' C /10% 'C0 IND. 2'). Cada tubo possuía um bastão-capilar que era pesado previamente e após a incubação, possibilitando, dessa forma, a determinação da produção de placa "in vitro". A capacidade de produção de ácidos pelas amostras de estreptococos do grupo mutans - isoladas e em associação - foi demonstrada através de medições contínuas em intervalos de tempo crescentes (6, 12, 24 e 48 horas), do pH do meio de cultura (BHI- 5% sacarose) onde essas espécies foram cultivadas. A produção de polissacarídeos extracelulares foi mensurada pelo método de dosagem de carboidratos totais solúveis em ácido e em álcali. Os resultados obtidos mostraram que entre as amostras analisadas, o S. rattus (19,70 mg) seguido pela associação S. mutans I S. sobrinus (10,32 mg) produziram maiores quantidades de placa bacteriana "in vitro", demonstrando segundo este parâmetro, maior potencial, cariogênico. As espécies S. mutans (6,89 'mu'g/mg) e S. sobrinus (5,12 'mu'g/mg), isoladamente, apresentaram a maior produção de carboidratos totais solúveis em ácido por mg de placa bacteriana "in vitro", não existindo porém, diferença estatisticamente significante em relação às demais amostras analisadas. Com relação a produção de carboidratos totais solúveis em álcali, o S. mutans (6,62 'mu'lg/mg) foi, estatisticamente superior a associação S. mutans / S. sobrinus / S. rattus. Esses dados confirmam o elevado potencial cariogênico dessa espécie, considerando-se o importante papel desses componentes na formação da placa bacteriana. A determinação da produção de ácidos pelas amostras de estreptococos, revelou quedas mais acentuadas de pH nos intervalos de tempo inicial e final, com valores de 4,67 (6 horas) e 3,86 (48 horas), respectivamente para a espécie S. mutans. Para o período de 12 horas, a espécie S. sobrinus produziu a maior queda de pH (4,34), e para 24 horas o menor valor encontrado pertenceu a espécie S. mutans V (3,58). Isso favorece a manutenção prolongada do pH abaixo de níveis críticos (pH 5,0), corroborando a sugestão de que indivíduos colonizados pela associação S. mutans / S. sobrinus, apresentam índices de cárie dental mais elevados. A análise estatística de correlação entre os diversos fatores de virulência estudados demonstrou correlações variáveis de acordo com o período de incubação e com a amostra de estreptococos grupo mutans, isoladas ou em associação, não indicando, de acordo com as condições de realização da pesquisa, uma correlação constante e uniforme entre esses fatores / Abstract: In order to analyze the cariogenic potential of some group mutans streptococci species, isolated and in association, by formation of "in vitro" bacterial plaque, production of extracellular polysaccharides and acid production capacity, strains of those microorganisms belonging to the microbial collection of Microbiology and Immunology Laboratory, Dental School of Piracicaba - UNICAMP, were isolated from saliva samples of students aged 6-9 years old from different socioeconomic categories and biochemically identified. One hundred fifty strains of S. mutans, 27 of S. sobrinus, 15 of S. rattus, 09 of S. mutans V and just one of S. cricetus, S. ferus and S. Downei totalizing 204 samples, were analyzed. The quantifications of "in vitro" production of bacterial plaque, for the isolated and in association streptococci,nwere done by inoculation of similar accounts of recent cultures from each, sample previously standardized by tube 2 of Mc Farland's scale, in tubes withnBHI medi um supplied with 5% of sucrose and incubated for 48 hours (37 'DEGREE' C / 10% 'CO IND. 2'). In each pre-weighed tube a stick-capillary was added facilitating, by this way, the determination of "in vitro" plaque production. The acid production capacity for the samples of group mutans streptococci - isolated and in association - was demonstrated by continuous mensurations of BHI - 5% sucrose culture medium pH, in increasing intervals of time (6, 12, 24 and 48 hours after inoculation). The production of extracellular polysaccharides was determinated by dosage method of total acid and alkali soluble carbohydrates. The results showed that among the analyzed samples, S. rattus (19.70 mg) followed by S. mutans / S. sobrinus association (10.32 mg) produced larger amounts of "in vitro" bacterial plaque, demonstrating by this parameter, great cariogenic potential. The S. mutans species (6.89 'mu'g/mg) and S. Sobrinus species (5.12 'mu'g/mg), separately, presented the largest production of acid soluble carbohydrates per mg of "in vitro" bacterial plaque. In relation to the production of alkali soluble carbohydrate, the S. mutans (6.62 'mu'g/mg) was statistically superior to the other species, isolated and in association. Those data confirm the high cariogenic potential of this species when considering the important role of those components in the bacterial plaque formation. The determination of acid production by streptococci strains, revealed accentuated pH falls in the intervals of initial and final time, with values of 4.67 (for 6 hours) and 3.86 (for 48 hours) respectively, for the S. Mutans species. For the period of 12 hours, the S. sobrinus species produced the greatest pH fall (4.34), and for 24 hours the smallest value found belonged to S. mutans V species (3.58).This condition favors the prolonged maintenance of pH below the criticaI levels (pH 5.0), corroborating the suggestion that multicolonized individuais present higher indexes of dental decay. The statistical analysis of correlation among the several studied virulence factors demonstrated variable correlations depending on the incubation period and on the group mutans streptococci strains (isolated or in association). Such fact does not indicate, according with the conditions of this research, a constant and uniform correlation among those factors / Mestrado / Biologia e Patologia Buco-Dental / Mestre em Odontologia
10

Avaliação in vitro da atividade antimicrobiana de cimentos endodonticos

Pedroso, Jose Assis 05 September 2001 (has links)
Orientador: Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-28T13:15:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pedroso_JoseAssis_D.pdf: 9362945 bytes, checksum: 9e466a8351fed8fb3d34f35c3ff7b843 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: A atividade antimicrobiana é uma importante propriedade de um cimento endodôntico quando da obturação de canais radiculares. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar as propriedades antimicrobianas desses cimentos. Para tanto foram utilizados quatro cimentos endodônticos: Endo-Fill, Endométhasone, Sealer 26 e AR Plus, nos seguintes tempos após manipulação: imediatamente, 24 horas, 48 horas e 7 dias, e cinco microrganismos: Candida albicans, Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis, Streptococcus sanguis e Actinomyces naeslundii. Foram empregados dois métodos: a) difusão em ágar e b) contato direto através de observação da curva de crescimento dos microrganismos em meio líquido. Quanto ao método de difusão em ágar, obteve-se os seguintes resultados: 1) Os cimentos endodônticos testados apresentaram variações de atividade antimicrobiana, sendo esta, de um modo geral, mais pronunciada nos estágios iniciais de manipulação; 2) Todos os cimentos tiveram ação antimicrobiana pelo menos por contato direto; 3) O cimento Endo-Fill apresentou maiores halos de inibição durante os períodos experimentais, principalmente em relação à C. albicans e A. naeslundii, sendo que para S. sanguis somente até 48 horas após manipulação do cimento. Houve ação antimicrobiana somente por contato direto frente a E. faecalis e S. aureus; 4) O cimento AR Plus para a C. albicans apresentou atividade antimicrobiana até 48 horas após manipulação do cimento; 5) Endométhasone mostrou atividade antimicrobiana apenas imediatamente após o seu preparo para todos os microrganismos e marcada diminuição de sua atividade à medida em que aumentou-se o tempo após manipulação; 6) Sealer 26 foi efetivo somente por contato direto em todos os tempos testados, com exceção do S. aureus que apresentou pequeno halo de inibição no período imediato; 7) E. faecalis foi o microrganismo mais resistente e C. albicans o mais sensível. Quanto ao contato direto: 1) No tempo de manipulação imediato, Endo-Fill e Endométhasone tiveram maior ação antimicrobiana e esses cimentos não diferiram entre si. O Sealer 26 foi o que teve menor ação antimicrobiana; 2) Nos demais tempos de manipulação não houve diferenças estatisticamente significantes entre os cimentos estudados; 3) Para A. naeslundii e S. aureus o cimento que apresentou maior inibição foi o Endo-Fill; 4) Para E. faecalis não houve diferença estatisticamente significante entre os cimentos; 5) Para S. sanguis os cimentos Endo-Fill e Endométhasone apresentaram as maiores inibições de crescimento; 6) Para C. albicans o Endométhasone apresentou maior inibição; 7) E. faecalis foi o microrganismo mais resistente e S. sanguis e S. aureus os mais sensíveis; 8) Não houve diferença estatisticamente significante quanto a dissolução dos cimentos. Concluímos que a atividade antimicrobiana de cada cimento diminui com o decorrer do tempo e depende da vulnerabilidade do microrganismo envolvido / Abstract: The antimicrobial activity is an important property of an endodontic sealer during the root canal filling. Thus, the objective of the present study was to analyze the antimicrobial properties of endodontic sea1ers. For these reasons four sealers were used: Endo-Fill Endométhasone, Sea1er 26 and AR-Plus, in different moments after manipulation: immediately, 24 hours, 48 hours and 7 days, against five microorganisms: Candida albicans, Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis, Streptococcus sanguis and Actinomyces naeslundii. Two methods were used: a) agar diffusion method and b) direct contact trough the observation of the microbial growth in liquid media. In relation to the agar diffusion method the results showed that: 1) All tested sea1ers showed variation in antimicrobial activity, generally, more pronounced immediately after manipulation; 2) All sealers had antimicrobial activity at least by direct contact; 3) Endo-Fill presented larger inhibition haloes during the experimental periods, mainly in relation to Candida albicans and Actinomyces naeslundii, for Streptococcus sanguis it happened only until 48 hours after the sealer manipulation. There was antimicrobial action only under direct contact with Enterococcus faecalis and Staphylococcus aureus; 4) AR Plus for the Candida albicans presented antimicrobial activity up to 48 hours after manipulation; 5) Endométhasone just showed antimicrobial activity against all bacteria after immediately prepared and showed marked decrease in its activity with the increase of storage time; 6) Sealer 26 was effective only", under direct contact in every time tested except for the Staphylococcus aureus that presented small inhibition haloe in the immediate period; 7) Enterococcus faeca1is was the most resistant microorganism and Candida albicans the most susceptible. In relation to the direct contact method the results were the following: 1) In the immediate manipulation time Endo-Fill and Endométhasone presented the largest antimicrobial activity and there was no statistically significant difference between them. However, Sea1er 26 had the smallest antimicrobial activity; 2) In the other manipulation times there were no statistically significant differences among the sealeres tested; 3) For Actinomyces naeslundii and Staphylococcus aureus the sea1er that presented the greatest antimicrobial activity was Endo-Fill; 4) For Enterococcus faecalis there was no statistically significant difference among the sealers in relation to the antimicrobial activity; 5) For Streptococcus sanguis, Endo-Fill and Endométhasone presented the greatest antimicrobial activity; 6) For Candich albicans Endométhasone presented the greatest antimicrobial activity; 7) Enterococcus faecalis was the most resistant microorganism and Streptococcus sanguis and Staphylococcus aureus the most susceptibles; 8) There was no statistically significant differences in relation to the sealers dissolution. It was concluded that the antimicrobial activity of each sealer decreases by the time and depends on the microbial susceptibility to them / Doutorado / Endodontia / Doutor em Clínica Odontológica

Page generated in 0.2206 seconds