• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 431
  • 45
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 484
  • 234
  • 55
  • 45
  • 38
  • 37
  • 36
  • 32
  • 32
  • 32
  • 31
  • 31
  • 30
  • 29
  • 28
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Desenvolvimento e validação de método bioanalítico por LC-MS/MS para quantificação das polimixinas B E colistina (polimixina E) no medicamento injetável polomixina B adicionado ao meio de cultura e estudo preliminar da farmacocinética e farmacodinâmica da polimixina B através de modelo estático de time kill curves

Silva, Thayse Maria da 28 August 2013 (has links)
Submitted by Matheus Alves Bulhoes (matheus.bulhoes@ufpe.br) on 2015-05-14T13:43:56Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação CD.pdf: 1469019 bytes, checksum: ed75a7a0bd6dedddbbdd684434519ddf (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-14T13:43:56Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação CD.pdf: 1469019 bytes, checksum: ed75a7a0bd6dedddbbdd684434519ddf (MD5) Previous issue date: 2013-08-28 / FACEPE / A descoberta dos antibióticos propiciou um grande avanço no combate às infecções. Entretanto, o uso indiscriminado e contínuo de antimicrobianos levam ao desenvolvimento de resistência bacteriana a vários desses compostos. As bactérias Gram-negativas Pseudomonas aeruginosa, Acinetobacter baumannii e Klebsiella pneumoniae apresentam mecanismos de resistência a diversas classes de antibióticos e são importantes patógenos causadores de infecções nosocomiais, particularmente em pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As polimixinas são antimicrobianos polipeptídicos, derivados do Bacillus sp descoberto na década de 1940. Somente as polimixinas B e E (Colistina) têm sido usadas na prática clínica. Como no momento não há perspectivas de novas drogas surgirem no mercado, tem sido retomado o interesse na polimixina B, antibiótico cujo uso foi suspenso devido relatos de nefrotoxicidade e neurotoxicidade reportados na década de 1960. O conhecimento da farmacocinética (PK) e farmacodinâmica (PD) da polimixina B é extremamente limitado, o qual foi obtido antes de 1970, e apresenta várias limitações metodológicas, portanto os resultados devem ser analisados com parcimônia. O conhecimento da correlação PK-PD da polimixina B é extremamente importante, e estudos que contribuam para esse conhecimento são urgentes a fim de definir o modo de administração associado à maior eficácia e à menor toxicidade, e potencial de resistência. Uma das ferramentas que podem ser utilizadas para o conhecimento dos padrões PK-PD da polimixina B são as Kill curves ou curvas de morte. Essa ferramenta consiste na quantificação, em diferentes intervalos de tempo, do número de micro-organismo viáveis em meio de cultura após exposição a diferentes concentrações do antibiótico, obtidas a partir da determinação da concentração inibitória mínima. As informações obtidas a partir das curvas de morte auxiliam na racionalização da terapia hospitalar de modo a aumentar as chances de sucesso terapêutico, bem como, minimizar o risco de surgimento de resistência dos microorganismos aos antibióticos. Entretanto, para se estabelecer uma correlação PK-PD se faz necessário um método analítico que quantifique com precisão e exatidão o fármaco durante os estudos in vitro. Desse modo, o objetivo geral do trabalho foi desenvolver e validar um método de quantificação por LC/MS-MS das polimixinas B e colistina (polimixina E) simples, rápido e seguro, capaz de auxiliar os estudos in vitro de Kill curves visando a complementação de informações para um melhor conhecimento acerca da farmacocinética e farmacodinâmica destes fármacos.
22

Fatores que afetam a bioequivalência e metanálise aplicada a intercambialidade de medicamentos

SOUZA FILHO, José Homero de 12 August 2016 (has links)
Submitted by Fernanda Rodrigues de Lima (fernanda.rlima@ufpe.br) on 2018-08-03T21:06:44Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE José Homero de Souza Filho.pdf: 3360206 bytes, checksum: b14d659f58290fe7c32d09e315c11c19 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-09T20:51:16Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE José Homero de Souza Filho.pdf: 3360206 bytes, checksum: b14d659f58290fe7c32d09e315c11c19 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-09T20:51:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE José Homero de Souza Filho.pdf: 3360206 bytes, checksum: b14d659f58290fe7c32d09e315c11c19 (MD5) Previous issue date: 2016-08-12 / CNPq / Estudos não garantem a bioequivalência entre genéricos ou entre similares do mesmo medicamento de referência. A grande alternância de fabricante de medicamento ao longo do tratamento, está gerando preocupação dos médicos e farmacêuticos, principalmente nos países desenvolvidos, pois os estudos, atualmente, realizados e exigidos pelas agências reguladoras não garantem que essas trocas sejam seguras e que não comprometam o tratamento do paciente. Este trabalho teve o objetivo de analisar as variáveis referentes ao impacto do cronograma de coleta, do gênero da população do estudo e dos critérios de escolha dos voluntários, parâmetros farmacocinéticos, coeficientes de variação no resultado dos estudos. Adicionalmente, foi avaliado e utilizado o método estatístico de metanálise para verificação da bioequivalência entre medicamentos genéricos e/ou similares em estudos independentes. A análise do impacto do cronograma de coleta foi realizada através da análise estatística da bioequivalência do estudo com diferentes cronogramas de coleta. O estudo do gênero foi conduzido com a realização de estudo com homens e mulheres em um único grupo e depois os grupos foram separados e comparados de forma isolada. A influência da massa corporal foi estudada separando os voluntários em subgrupos, de acordo com os critérios de massa corporal e índice de massa corporal. Já a metanálise foi realizada de acordo com um protocolo previamente elaborado, onde se avaliou a bioequivalência entre diversos fabricantes dos seguintes fármacos: metildopa, lamivudina, fluconazol, da associação de sulfametoxazol e trimetoprima. As analises mostraram que um cronograma com maior quantidade de pontos gera resultados mais fidedignos, além de propiciar uma redução do coeficiente de variação e um intervalo de confiança mais estreito. As mulheres apresentaram um tempo para concentração plasmática máxima - Tmáx maior e uma meia vida plasmática e um coeficiente de variação intersujeito menor que os homens. A seleção dos voluntários com a utilização de massa corporal como critério de seleção promoveu uma redução dos coeficientes de variação. A metanálise se mostrou uma técnica eficaz e que alguns medicamentos não foram considerados bioequivalentes. Concluímos que todos os fatores analisados podem afetar os valores dos parâmetros farmacocinéticos e alterar, inclusive, o resultado do estudo, todavia, o grau do impacto varia para cada medicamento e não podemos generalizar os resultados obtidos. A metanálise pode ser utilizada para avaliar medicamentos genéricos e similares em estudos independentes, aumentando a segurança para população e reduzindo os riscos nas trocas de medicamentos, produzidos por diferentes fabricantes. / Studies do not guarantee the equivalence between generic or between similar of the same reference drug. The big alternating manufacturer of medicine throughout the treatment, is generating concern of doctors and pharmacists, especially in developed countries, because the studies currently undertaken and required by regulatory agencies do not guarantee that these exchanges are safe and that do not compromise the patient's treatment. This work had the objective of analyzing the variables concerning the impact of the collection schedule, the genre of the population of the study and the criteria of choice of the volunteers, pharmacokinetic parameters, coefficients of variation in the outcome of the studies. Additionally, was evaluated and used the method of statistical meta-analysis for verification of equivalence between generic drugs and/or similar in independent studies. The analysis of the impact of the collection schedule was held through the statistical analysis of the bioequivalence study with different collection schedules. The genre study was conducted with the study with women and men in one group and then the groups were separated and compared in isolation. The influence of body weight was studied by separating the volunteers into subgroups according to the criteria of body weight and body mass index. Already the meta-analysis was performed according to a previously developed Protocol, where he assessed the equivalence between various manufacturers of the following drugs: methyldopa, lamivudine, fluconazole, the Association of sulfamethoxazole and trimethoprim. The analysis showed that a timeline with the most amount of points generates more reliable results, in addition to providing for a reduction in the coefficient of variation and a narrower confidence interval. Women showed a time to maximum plasma concentration-greater Tmáx and a plasma half-life and a coefficient of variation intersujeito less than men. The selection of the volunteers with the use of body mass as selection criteria promoted a reduction of the coefficient of variation (CV). The meta-analysis proved an effective technique and some medicines were not considered Bioequivalent. We conclude that all the factors analyzed can affect the values of the pharmacokinetic parameters and change, including the result of the study, however, the degree of impact varies for each medicine and we cannot generalize the results. The meta-analysis can be used to assess generic medicines and the like in independent studies, increasing security for population and reducing risk in the trade in medicines, produced by different manufacturers.
23

Determinação de bioequivalencia de duas formulações de maleato de enalapril

Ribeiro, Wellington 14 June 1996 (has links)
Orientador: Gilberto de Nucci / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-21T10:01:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ribeiro_Wellington_M.pdf: 2788416 bytes, checksum: 0061eee6c39da83ff1737332dddc2b3b (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Neste trabalho avaliamos a bioequivalência entre duas formulações de comprimidos de maleato de enalapril (Eupressin comprimidos, 10 mg, obtido do laboratório Biosintética versus Renitec comprimidos, 10 mg, obtido do laboratório Merck Sharp & Dhome, utilizado como formulação referência). Dezoito voluntários adultos sadios do sexo masculino receberam 20 mg de maleato de enalapril (2 comprimidos de 10 mg cada) e a bioequivalência entre ambas as formulações foi mensurada comparando a concentração no soro de enalaprilato e enalapril total (enalaprilato mais enalapril) em função do tempo. A atividade da enzima conversora de angiotensina (ECA) foi determinada no soro utilizando ensaio espectrofotométrico. Os seguintes parâmetr:os farmacocinéticos foram obtidos para cada formulação: Área sob a curva da concentração plasmática em funçã9 do tempo de O a 24 h (AUC[O-24]) , máxima concentração alcançada (Cmax) e o tempo no qual a mesma ocorreu (T max). Quando a concentração no soro de enalaprilato em função do tempo foi empregada para mensurar a bioequivalência, atnbas as formulações foram bioequivalentes quanto a extensão de absorção (AUC[O-24]), porém o mesmo não ocorreu para a velocidade de absorção (Cmax). Contudo, nenhuma diferença quanto a extensão ou taxa de absorção foi observada quando a concentração plasmática de enalapril total em função do tempo foi empregada para mensurar a bioequivalência. A curva da atividade da enzima conversora de angiotensina em função de tempo foi similar para ambas as formulações. Após 3 a 5 horas de administração do maleato de enalapril, observou-se uma inibição de 90% da atividade enzimática e esta inibição permaneceu em torno de 50% após 24h da administração. Neste mesmo tempo os níveis plasmáticos de enalaprilato e enalapril total foram cerca de 10 vezes menores do que o Cmax. Estes resultados mostram que o modelo farmacodinâmico trata-se de modelo inadequado para avaliar a bioequivalência de duas preparações comerciais de ma/eato de enalapril. Assim, o modelo farmacocinético, baseado na curva da concentração plasmática do enalapril total versus tempo é mais adequado. Outras pró-drogas devem ser analisadas individualmente / Abstract: Two different normal-release enalapril maleate tablet formulations were evaluated with respect to heir relative bioavailability (Eupressin tablets, 10 mg, from Biosintética as the test formulation vs. Renitec tablets, 10 mg, frem Merck Sharp & Dhome, as the reference formulation). A single 20 mg oral dose was administered to eighteen healthy male adult volunteers and bioequivalence between both formlation was assessed by comparing both serum enalaprilat and total enalapril (enalaprilat plus enalapril maleate) concentration vs. time curves. Angiotensin converting enzyme (AGE) activity was also quantified in each serum sample. The following pharmacokinetic parameters were obtained for each formulation: area under the time-concentration curves from O to 24 h (AUG[O-24]) , maximum achieved concentration Cmax and the time at which they occurred (T max). When serum enalaprilat concentration vs. time curves were employel to assess bioequivalence, both formulations were bioequivalent for the extent but not for the rate of absorption. However, no differences for either the extent or the rate absorption were observed when total serum enalapril vs. time curves were analyzed. AGE activity vs. time curves were similar for both formulations and showed that AGE was inhibited by 90% at 3 - 5 h after enalapril administration and remained still inhibited by appreximately 50% 24 h after. At this time, circulating enalaprilat or total enalapril levels were more than ten-fold reduced with respec to Gmax. These results show that complete bioequivalence between both formulations can be concluded from total serum enalapril concentration data, and that serum AGE activity is not a suitable pharmacodynamic approach to assess bioequivalence / Mestrado / Farmacologia / Mestre em Ciências
24

Alterações induzidas pela desnutrição pos-natal nos efeitos comportamentais deantagonistas dopaminergicos em ratos jovens

Santos, José Eduardo Tanus dos 25 September 1997 (has links)
Orientador: João Batista Teixeira da Rocha / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-22T22:14:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Santos_JoseEduardoTanusdos_M.pdf: 2181100 bytes, checksum: 60d6f347f19f5d5d548a9fe5b4f7dda5 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: A desnutrição durante períodos críticos do desenvolvimento pode induzir alterações nas respostas comportamentais às drogas de ação central. Neste estudo, avaliaram-se os efeitos da desnutrição pós-natal sobre as respostas comportamentais de ratos com 21 dias de idade a antagonistas dopaminérgicos. Utilizou-se clorpromazina (O, 2,5, 5, 10 and 20 mg/kg), haloperidol (O, 0,125, 0,25, 0,5, 1 or 2 mg/kg) e SCH23390 (O, 0,3, 0,6 and 1,2mg/kg). Avaliou-se a atividade locomotora 1 h 3~min, 4h 30min, 7h 30min e 10h 30min após a injeção de clorpromazina ou haloperidol. A catalepsia induzida por estas drogas foi avaliada 3h, 6h e 9h após a injeção. Os efeitos SCH23390 foram avaliados 25 min, 1 h 10 min, 1 h .55min e 2h 40min após a injeção. Todas as droga~ foram injetadas em dois dias consecutivos. No primeiro dia, os ratos desnutridos tratados com salina apresentaram atividade locomotora mais intensa do que os normais. A inibição da atividade locomotora foi menos intensa nos ratos desnutridos do que nos animais normais 4h 30min após a injeção de clorpromazina e 7h 30min após a injeção de haloperidol. O SCH23390 produziu efeitos similares sobre a atividade locomotora do~ animais normais e desnutridos. No segundo dia. houve uma tendência a respostas menos intensas dos animais desnutridos em comparação com os normais, apenas para os animais que receberam 5 mg/kg de clorpromazina ou 0,5 , 1 e 2 mg/kg de haloperidol. No primeiro dia, os animais desnutridos tiveram respostas cataleptogênicas menos intensas à clorpromazina e ao haloperidol 6h após a injeção. Os efeitos cataleptogêni,ÇO'S do SCH23390 foram menos intensos nos animais desnutridos 1 h 55miQ após a injeção. No segundo dia, os efeitos das três drogas sobre a catalepsia foram menos intensos nos animais desnutridos, porém as diferenças não foram tão evidentes quanto aquelas notadas no primeiro dia. Estes resutados sugerem que os efeitos comportamentais da clorpromazina, haloperidol e SCH23390 sejam menos persistentes nos ratos desnutridos quando comparados com os efeitos em animais normais. Estas diferenças podem ser devidas a alterações farmacocinéticas induzidas pela desnutrição / Abstract: Undernutrition during critical periods of development may cause changes in the behavioral responses of rats to centrally acting drugs. In the present study, the effects of undernutrition during suckling on the behavioral responses of 21-days-old rats to chlorpromazine (O, 2.5, 5, 10 and 20 mg/kg) or haloperidol (O, 0.125, 0.25, 0.5, 1 or 2 mg/kg) were ex~mined. Locomotion was assessed at 1 h30min, 4h30min, 7h30min and 10h30min, and catalepsy was scored at 3h, 6h and 9h after drug administration. Drug was injected on two consecutive days. On day 1, saline-treated undernourished rats showed significant greater locomotion activity than did normal rats. The neurolepticinduced inhibition of locomotor activity in undernourished rats was significantly less than that observed in normal rats from 4h30min to 10h30min (chlorpromazine) or from. 7h30min to 10h30min (haloperidol). On day 2, a similar trend was observed but only in rats injected with 5 mg/kg chlorpromazine or 0.5, 1, and 2 mg/kg haloperidol. On day 1, the catalepsy scores at 3 h revealed no significant difference between nutritional groups, but at 6h. undernourished rats responded significantly less to chlorpromazine or haloperidol. On day 2, undernourished rats were less responsive to neuroleptics than normal rats, but the effect was not so evident as observed on day 1. The present results suggest. that the behavioral effects of chlorpromazine and haloperidol are less persistent in undernourished rats, possib/y due to differences in drug distribution and elimination, when compared to well-nourished rats / Mestrado / Farmacologia / Mestre em Ciências
25

Influencia do ritonavir (Norvir) na biodisponibilidade da carbamazepina (Tegretol) em voluntarios masculinos sadios

Koizumi, Flavio 26 July 2001 (has links)
Orientador : Gilberto de Nucci / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-28T09:49:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Koizumi_Flavio_M.pdf: 12875463 bytes, checksum: b5f4c242bde84731c347162176d87203 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: o objetivo deste estudo foi avaliar se o ritonavir influi na biodisponibilidadeda carbamazepina. Neste estudo foram utilizadas as seguintes formulações: ritonavir (Norvir@), 100 mg, cápsulas, da Abbott Laboratories, Estados Unidos da América e a carbamazepina (Tegretol@),200 mg, comprimidos, da Novartis Biociências S.A., Brasil....Observação: O resumo, na integra, podera ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The aim of the study was to assess the influence of the protease inhibitor ritonavir on the bioavailability of both carbamazepine and 10,ll-epoxy carbamazepine in hea1thy male volunteers....Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Mestre em Farmacologia
26

Estudo de bioequivalencia de duas formulações de omeprazol 20mg em voluntarios sadios de ambos os sexos

Padilha, Priscilla Scaff 27 July 2001 (has links)
Orientador : Gilberto De Nucci / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-28T23:24:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Padilha_PriscillaScaff_M.pdf: 21239103 bytes, checksum: 179143c9cbfe2a479c003a01ed625229 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: o presente trabalho tem por objetivo comparar a biodisponibilidade de duas preparações comerciais de comprimidos de omeprazol: Omeprazol da Medley S/A Indústria Farmacêutica, Brasil, como formulação teste, e Peprazol@ da Libbs Farmacêutica Ltda., Brasil, como formulação de referência, em vinte e quatro voluntários sadios de ambos os sexos, com idade entre 18 e 45 anos. Realizou-se um estudo aberto, randomizado e cruzado, com intervalo de uma semana entre as duas internações. Os voluntários receberam dose única de 20mg da formulação de omeprazol de cada laboratório durante cada internação. Foram colhidas amostras plasmáticas dos voluntários antes da administração de cada formulação e em intervalos padronizados, durante vinte e quatro horas. As amostras foram processadas e as concentrações plasmáticas de omeprazol foram determinadas pelo método de cromatografia líquida de alta eficiência acoplada ao espectrômetro de massas. A partir das curvas de concentração plasmática de omeprazol versus tempo, determinaram-se os seguintes parâmetros farmacocinéticos: área sob a curva (AUC), concentração plasmática máxima obtida (Cmax)e tempo para atingir a Cmax(Tmax).Foi calculada a média geométrica destes parâmetros e seus respectivos intervalos de confiança...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Objective: To compare the bioavailability of two omeprazole capsule (20mg) formulations (Omeprazol capsules from Medley S/A Indústria Farmacêutica, Brazil as test formulation and Peprazol@from Libbs Farmacêutica Ltda., Brazil as reference formulation) in 24 volunteers of both sexes. Material and methods: The study was conducted open with randomized two-period crossover design and one week washout period. Plasma samples were obtained over a 24-hour interval. Omeprazole concentrations were analyzed by combined reversed phase high performance liquid chromatography and tandem mass spectrometry (HPLC-MSMS) with positive ion electrospray ionization using selected daughter ion monitoring method (MRM). From the omeprazole plasma concentration versus time curves the following pharmacokinetic parameters were obtained: AUC1ast, AUCo-ao,AUCall and Cmax.Results: Geometric mean of Omeprazol/Peprazol@ 20mg individual percent ratio was 104.69% for AU...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations.C1ast,104.57% for AUCo-oo,104.76% for AUCalland 111.06% for Cmax.The 90% confidence intervals were 88.53 - 123.79%, 88.99 - 122.89%, 89.11 - 123.16% and 90.63 - 136.08%, respectively ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Mestre em Farmacologia
27

Estudo de bioequivalencia entre duas formas farmaceuticas (comprimidos) contendo 40mg de Pantoprazol em voluntarios sadios de ambos os sexos

Sommer, Carolina 12 August 2018 (has links)
Orientador: Jose Pedrazzoli Jr. / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-12T22:23:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sommer_Carolina_M.pdf: 813291 bytes, checksum: c8eac3b128eb986d4f32b5070fbf2afe (MD5) Previous issue date: 2005 / Resumo: Este estudo teve por objetivo avaliar a bioequivalência entre duas formulações farmacêuticas contendo a substância ativa pantoprazol, em termos de velocidade (Cmax) e extensão de absorção (ASC0-t) do ativo no organismo. O medicamento teste foi o Pantoprazol comprimido de 40 mg da Medley S.A. Indústria Farmacêutica e o medicamento de referência foi o Pantozol® comprimido de 40 mg, produzido pela BYK Química e Farmacêutica Ltda. O estudo de bioequivalência foi do tipo aberto, aleatório, cruzado, dois períodos e duas seqüências, em 26 voluntários sadios de ambos os sexos (balanceado), dose única (40 mg) e em jejum. O intervalo entre as internações foi de 2 dias. As amostras de sangue foram coletadas nos tempos 0; 0,5; 1; 1,25; 1,5; 1,75; 2; 2,5; 3; 4; 4,5; 5; 6; 8 e 12h. As amostras coletadas, foram imediatamente centrifugadas, e os plasmas foram separados e armazenados a - 70 ºC, para posterior quantificação. Não houve desistência ou retirada de voluntários. As concentrações plasmáticas totais de pantoprazol foram determinadas por um método devidamente validado, utilizando cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a um detector U. V. (CLAE/U.V.) O limite de quantificação do método foi de 25 ng/ml, com variação média de 7,64% (n=15) e exatidão de 104,1% (n=15). O tempo total da corrida cromatográfica foi de 9 min. e os tempos de retenção dos analitos foram próximos de 6,5 a 8,5 min. A faixa de linearidade validada foi de 25,00 - 8000 ng/ml. A recuperação média do método de extração para o pantoprazol (n=5) foi de 48,98 ± 8,98%, 56,22 ± 1,37% e 58,93 ± 6,44 % (75; 3000 e 6000 ng/ml, respectivamente), e para o padrão interno carbamazepina (n=5) foi de 67,90 ± 3,46% (10 µg/ml). Após transformação logarítmica das concentrações plasmáticas encontradas experimentalmente, foram obtidos os parâmetros farmacocinéticos utilizados no cálculo de bioequivalência: Cmax (concentração plasmática máxima) e ASC0-t (área sob a curva de zero ao último tempo de coleta). Foi feita a análise de variância (ANOVA) para avaliar os efeitos de período, seqüência, tratamento e voluntário dentro da seqüência para os valores de Cmax e ASC0-t. A ANOVA não demonstrou efeitos significativos (p> 0,05) entre as duas formulações para os parâmetros Cmax, ASC0-t e tmax. O intervalo de confiança com os limites extremos de aceitação da bioequivalência baseou-se em dois testes t unicaudais, com nível de significância de 5 %, utilizando o quadrado médio residual da ANOVA. Todos os voluntários foram considerados no cálculo. A média geométrica e o intervalo de confiança de 90 % para as razões das médias geométricas entre o medicamento teste e medicamento referência, para os parâmetros ASC 0-t e Cmax, foram de 100,97% (90,58 - 112,56) e 94,31% (84,17 - 105,68%), respectivamente. Uma vez que os resultados obtidos no estudo estão compreendidos no intervalo de confiança aceito pela ANVISA (80 a 125%), conclui-se que as duas formulações em estudo são bioequivalentes, em termos de velocidade e extensão de absorção do ativo no organismo / Abstract: The aim of this study was to evaluate the bioequivalence between two formulations of pantoprazole 40 mg. The test formulation was Pantoprazole tablet 40 mg, manufactured by Medley S/A Indústria Farmacêutica and the reference formulation was Pantozol® tablet 40 mg, manufactured by BYK Química e Farmacêutica Ltda. The bioequivalence study design was an open, randomized, two-period crossover (2-sequence), with a 2-day washout interval, in 26 healthy volunteers, both sexes (balanced), single dose (40 mg), in fasting conditions. The blood samples collecting were 0; 0,5; 1; 1,25; 1,5; 1,75; 2; 2,5; 3; 4; 4,5; 5; 6; 8 and 12h. The total plasma concentrations were quantified by a validated method, using high-performance liquid chromatography coupled to U.V. detector (HPLC/UV). The limit of quantification (LOQ) was 25 ng/ml. The mean variation and accuracy, calculed from LOQ samples (n=15) were 7.64% and 104.1% respectivetely. The method had a chromatographic total run time of 9.0 min. and was linear within the range 25 - 8000 ng/ml. The mean recoveries observed (n=5) for pantoprazole were 48.98 ± 8.98%, 56.22 ± 1.37% e 58.93 ± 6.44 % (75; 3000 and 6000 ng/ml, respectively). The mean recoveries observed (n=5) for carbamazepin were 67.90 ± 3.46%. From the logtransformation of the plasma concentrations values were obtained the pharmacokinetics parameteres for the bioequivalence calculation: Cmax (absorption rate) and AUC0-t (absorption extension). It was evaluated by ANOVA the effects of period, sequence, product and subject in the sequence for Cmax and AUC0-t. ANOVA didin't reveal any significative differences (p>0.05) between the two formulations to Cmax, ASC0-t and tmax. The 90 % confidence interval was based on the residual variance of ANOVA. The geometric mean and the 90 % Cl test/reference ratios were 100.97% (90.58 - 112.56%) for AUC last and 94.31% (84.17 - 105.68%) for Cmax. Since the 90 % Cl for for AUClast and Cmax ratios are within the 80-125 % interval proposed by the ANVISA, it concludes that Pantoprazole 40 mg tablet (test formulation) is bioequivalent to Pantozoll® 40 mg tablet, in terms of both rate and extent of absorption / Mestrado / Mestre em Farmacologia
28

Bioequivalencia de duas formulações da fentolamina em voluntarios sadios

Veiga, Rogerio da Silva 15 August 2002 (has links)
Orientador : Gilberto de Nucci / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-02T21:56:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Veiga_RogeriodaSilva_M.pdf: 17070415 bytes, checksum: c94ae889cb30a429f11595cc876843ab (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Este estudo teve como objetivo a avaliação da bioequivalência de duas formulações de comprimidos de fentolamina (teste x referência), considerando-se a Regitina (Novartis Biociência, Brasil) como formulação teste e o Vasomax ® (Schering Plough, Brasil) como formulação referência. O estudo foi aberto, aleatório, cruzado, de três períodos com um intervalo de sete dias entre eles, para o " wash out " necessário. Trinta e quatro voluntários masculinos com idades entre 18 e 45 anos foram avaliados através de exames clínicos e laboratoriais. Todos os voluntários foram hospitalizados e ingeriram em jejum, 40 mg de fentolamina (teste ou referência). A coleta de sangue iniciou-se às 7:00 hs, logo após a administração, e terminou às 19:00 hs. A droga foi extraída do plasma e analisada por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) acoplada ao espectrômetro de massa. A partir dos dados obtidos calculou-se: a concentração máxima atingida no sangue (Cmax) , o tempo em que esta ocorre (Tmax),o tempode meia-vida(T1/2),área sob a curva da concentração da droga no sangue de zero a infinito( ASCo-?), de zero a 720 minutos (ASCo-720),a razão da área soba curva de zero a 720 minutos por zero a infinito (ASC0-720/ ASCo-?). Alguns efeitos adversos ocorreram durante o estudo, tais como: episódios hipotensivos e hipertensivos agudos e crônicos, congestão nasal e diarréia leve. Os dados referentes as razões percentuais (teste/referência 1, teste/ referência 2, referência 1/referência 2, respectivamente) das médias geométricas foram: 98.6, 104.5 e 106% para Cmax; 91.9%, 101.4%e 114.2% para Tmax; 105.3%,103.9 e 98.6% para ASCo-a,a variabiliade do parâmetro Cmax expresso como coeficiente de variação foi maior que 25%. O intervalo de confiança (IC) 90% da média aritmética das diferenças individuais de Tmax inclui o valor zero e os IC das médias geométricas foram: 92.6, 82.5 e 93.9% para Cmax; 97.2, 89.1 e 94.3 para ASC o-?. A partir dos dados acima mencionados conclui-se que as drogas estudadas são bioequivalentes segundo normas e regras estabelecidas pela Comunidade Européia para estudos de bioequivalência em humanos, tanto com relação à velocidade quanto à extensão de absorção / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Farmacologia
29

Avaliação de modelos farmacocineticos in vivo e in vitro para a analise de farmacos

Ruenis,Ana Paula Del Bortolo 03 August 2018 (has links)
Orientadores: Pedro L. Rosalen, Francisco Carlos Groppo, Silvia Storpirtis / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-03T20:19:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ruenis_AnaPaulaDelBortolo_D.pdf: 1381414 bytes, checksum: e3776b9035f370c07d450faba3768b2a (MD5) Previous issue date: 2004 / Doutorado
30

Estudo de bioequivalencia entre duas formulações farmaceuticas (comprimidos) contendo 20mg de Lisinopril, em voluntarios sadios de ambos os sexos

Padua, Ana Amelia Faleiros de 03 August 2018 (has links)
Orientador: Gilberto de Nucci / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T23:22:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Padua_AnaAmeliaFaleirosde_M.pdf: 4560563 bytes, checksum: 1ab3a2c6d52f131fb5516a16ec2b9172 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Este estudo teve por objetivo avaliar a bioequivalência entre duas formulações farmacêuticas contendo a substância ativa lisinopril, em termos de velocidade (Cmax) e extensão de absorção (ASCo..) do ativo no organismo. O medicamento teste foi o Lisinopril comprimido de 20 mg da Medley S.A. Indústria Farmacêutica (lote LlC 06/01-1; validade: junho/03) e o medicamento de referência foi o Zestril comprimido de 20 mg, produzido pela Astra Zeneca (lote A03S34; validade: outubro/04). O estudo de bioequivalência foi do tipo aberto, aleatório, cruzado, dois períodos e duas seqüências, em 26 voluntários sadios de ambos os sexos (balanceado), dose única (20 mg) e em jejum. O intervalo entre as internações foi de 2 semanas. As amostras de sangue foram coletadas nos tempos O, 1 h, 2h, 3h, 3h30min, 4h, 4h30min, Sh, Sh30min, 6h, 6h30min, 7h, 7h30min, 8h, 8h30min, 9h, 10h, 12h, 24h e 48h. As amostras coletadas, foram imediatamente centrifugadas, e os plasmas foram separados e armazenados a - 20°C, para posterior quantificação. No geral, as formulações foram bem toleradas e apenas cinco voluntários se queixaram de cefaléia. Não houve desistência ou retirada de voluntários. As concentrações plasmáticas totais de lisinopril foram determinadas por um método devidamente validado, utilizando cromatografia líquida de alta eficiência acoplada ao espectrometro de massas (HPLC/MSIMS). A fonte de ionização foi e/ectrosprayoperando no modo positivo (ES+) com monitorização de reações múltiplas (MRM). O limite de quantificação do método foi de 2 nglml, com precisão de 8,9 % (n=8) e exatidão de 98,9 %(n=8). O tempo total da corrida cromatográfica foi de 6,S mino e os tempos de retenção dos analitos foram próximos de 4,0 mino A faixa de linearidade validada foi de 2,00 - 200 ng/m!. A recuperação média do método de extração para o lisinopril foi de 79,2 :t S,9 %, 80,3 :t 3,4 % e 82,S :t 3,9 % (3,00; 30,0 e 1S0 ng/ml, respectivamente), e para o padrão interno enalaprilato foi de 77,7 :t 7,2 % (2S0 ng/ml). Após transformação logarítmica das concentrações plasmáticas encontradas experimentalmente, foram obtidos os parâmetros farmacocinéticos utilizados no cálculo de bioequivalência: Cmax (concentração plasmática máxima) e AS(4.t (área sob a curva de zero ao último tempo de coleta). Foi feita a análise de variância (ANOV A) para avaliar os efeitos de período, seqüência, confiança com os limites extremos de aceitação da bioequivalência baseou-se em dois testes t unicaudais, com nível de significância de 5 %, utilizando o quadrado médio residual da ANOVA. Todos os voluntários foram considerados no cálculo. A média geométrica e o intervalo de confiança de 90 % para as razões das médias geométricas entre o medicamento teste e medicamento referência, para os parâmetros ASC ()..t e Crnax, foram de 95,5% (85,0 - 107,4 %) e 92,6 % (81,7 - 105,1 %), respectivamente. Uma vez que os resultados obtidos no estudo estão compreendidos no intervalo de confiança aceito pela ANVISA (80 a 125 %), conclui-se que as duas formulações em estudo são bioequivalentes, em termos de velocidade e extensão de absorção do ativo no organismo / Abstract: The aim of this study was to evaluate the bioequivalence between two formulations of lisinopril 20 mg. The test formulation was Lisinopril tablet 20 mg, manufactured by Medley S/A Indústria Farmacêutica (Iot # LlC 06/01-1; expiry date: june/03) and the reference formulation was Zestril@ tablet 20 mg, manufactured by Astra Zeneca (Iot # A03534; expiry date: october/04). The bioequivalence study design was an open, randomized, two-period crossover (2-sequence), with a 2-week washout interval, in 26 healthy volunteers, both sexes (balanced), single dose (20 mg), in fasting conditions. The blood samples collecting were O, 1 h, 2h, 3h, 3h30min, 4h, 4h30min, 5h, 5h30min,6h, 6h30min, 7h, 7h30min, 8h, 8h30min, 9h, 10h, 12h, 24h e 48h. The total plasma concentrations were quantified by a validated method, using high-performance liquid chromatography coupled to mass spectrometry (LC-M5-MS), with electrospray ionization running in positive mode (ES+) and Multiple Reaction Monitoring (MRM). The limit of quantification (LOQ) was 2 ng/ml.The precision and accuracy, calculed from LOQ samples (n=8) were 8.9 % and 98.9 % respectivetely. The method had a chromatographic total run time of 6.5 mino and was linear within the range 2.00 - 200 nglml. The mean recoveries observed (n=5) for lisinopril were 79.2:t 5.9 %,80.3:t 3.4 % and 82.5:t 3.9 % (3.00, 30.0 and 150 ng/ml, respectively). The mean recoveries observed (n=5) for enalaprilat were 77.7 :t 7.2 %. From the log-transformation of the plasma concentrations values were obtained the pharmacokinetics parameteres for the bioequivalence calculation: Cmax (absorption rate) and AUCo-t (absorption extension). It was evaluated by ANOVA the effects of period, sequence, product and subject in the sequence for Cmax and AUCo-t. Only the subject in the sequence was considered statistically significant, showing the presence of significative interindividual variability. The 90 % confidence interval was based on the residual variance of ANOVA. The geometric mean and the 90 % CI testlreference ratios were 95.5 % (85.0 - 107.4 %) for AUC Iast and 92.6 % (81.7 - 105.1 %) for Cmax. Since the 90 % CI for for AUCIast and Cmax ratios are within the 80-125 % interval proposed by the ANVISA, it concludes that Lisinopril 20 mg tablet (test formulation) is bioequivalent to Zestril@ 20 mg tablet, in terms of both rate and extent of absorption / Mestrado / Mestre em Farmacologia

Page generated in 0.0571 seconds