• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 54
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 59
  • 59
  • 24
  • 24
  • 19
  • 16
  • 14
  • 14
  • 14
  • 13
  • 13
  • 13
  • 12
  • 12
  • 11
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Política Nacional de Atenção ao Portador de Doença Renal: uma experiência no Hospital Universitário do Recife

Perusso, Ilka Aquino de Oliveira 30 August 2013 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-09T13:58:08Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_Ilka Aquino de Oliveira Peruzzo.pdf: 1562096 bytes, checksum: a3458fda110fbd404cb119fdaa0b6802 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-09T13:58:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_Ilka Aquino de Oliveira Peruzzo.pdf: 1562096 bytes, checksum: a3458fda110fbd404cb119fdaa0b6802 (MD5) Previous issue date: 2013-08-30 / Este trabalho tem como foco a Política Nacional de Atenção ao Portador de Doença Renal. Tal política foi instituída em 15 de junho de 2004, pela Portaria 1.168 do Ministério da Saúde, com o propósito de organizar o sistema de atendimento à pessoa portadora de doença renal, o qual ocorria de forma fragmentada e tinha seu atendimento centrado na alta complexidade do Sistema Único de Saúde. A proposta da política foi de criar um modelo de atenção e gestão em que os usuários fossem acompanhados de forma integral nos três níveis de atenção: básica, média e alta complexidade, em consonância com o que preconiza o SUS, no que se refere ao princípio da integralidade e a diretriz da hierarquização. No entanto, sua implantação ocorreu num contexto de privatização e retração do gasto público. Diante desse contexto, o trabalho em pauta teve como objetivo compreender as contradições presentes na implementação da Política Nacional de Atenção ao Portador de Doença Renal no Hospital das Clínicas de Pernambuco. A escolha pelo Hospital das Clínicas se deu pelo fato de ser um hospital de referência no tratamento renal e estar passando por um processo de tentativa de transição para gestão privada. Os procedimentos metodológicos utilizados foram análise documental, observação e levantamentos de dados estatísticos. A questão que nos norteou foi como essa Política, aparentemente de caráter progressista, efetiva-se em um contexto de retrocesso da Política Pública de Saúde? A partir da análise dos dados, realizada através da análise temática, tendo como eixos modalidade de atenção, gestão, Incorporação Tecnológica e Financiamento da Alta Complexidade, os resultados apontam que a atenção básica apresenta dificuldades em realizar a prevenção da Doença Renal, permanecendo a ênfase no atendimento na média e alta complexidade. Grande parte dos serviços de alta complexidade é realizada por instituições privadas, seja através de convênios ou por organizações sociais filantrópicas, que dificilmente se pautam por uma ação integral, principalmente no aspecto da realização da referência e contrarreferência do atendimento. A pesquisa indica que a Política se utiliza dos termos de referência do SUS, porém a sua implementação nesse contexto privatista não consegue efetivar os princípios e as diretrizes aos quais se propôs na sua reformulação.
2

Análise de uma organização à luz do modelo multidimensional-reflexivo de Alves (2003)

CORREIA, Milka Alves January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1192_1.pdf: 1194274 bytes, checksum: 33b9c9ed6d9755fb6a12644db43e53f1 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / O presente trabalho tem como propósito analisar a configuração organizacional-administrativa do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA), órgão de apoio acadêmico da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), que desempenha ações nas áreas de ensino, pesquisa e assistência. Para tanto, foi utilizado o modelo multidimensional-reflexivo de Alves (2003) como instrumento de análise. Inicialmente, procura-se ultrapassar a visão que se limita a descrever os hospitais como um sistema integrado por estruturas com mecanismos de autoridade, linhas de comando, regras escritas e formalizadas. Nesse sentido discute-se a necessidade de se ter outros modelos analíticos que se ocupem também das singularidades e dos desafios presentes nos hospitais enquanto um locus organizacional dotado de complexas relações internas e externas. Trata-se de um estudo qualitativo básico que adota uma perspectiva descritivo-analitica e coleta os dados através de entrevistas semi-estruturadas, observação participante e análise documental. Foram descritos e comentados as características estruturais e dispositivos de coordenação adotados pelo HUPAA, seus agentes organizacionais e relacionamentos internos, bem como o relacionamento desse hospital com o ambiente externo; a seguir, promoveu-se o encontro entre o modelo de Alves (2003) e a realidade estudada. A pesquisa identificou que a configuração organizacional-administrativa do HUPAA aproxima-se do tipo equiparativo-adaptador, entre as variantes II e III, com um agente tipo adaptador. O OMR mostrou-se satisfatório para a análise do HUPAA, embora a compreensão de algumas peculiaridades do hospital demandem ajustes no Modelo. Acreditase que esta pesquisa pode oferecer aos gestores do HUPAA subsídios que possibilitem melhor entendimento sobre sua organização, auxiliando-os no aperfeiçoamento dos processos organizacionais, bem como na melhoria do atendimento de saúde à comunidade
3

Estudo de Novas Fontes de Financiamento nos Hospitais Universitários O Caso do Hospital das Clínicas da UFPE

LAGIOIA, Umbelina Cravo Teixeira January 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:08:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1743_1.pdf: 672576 bytes, checksum: a05be34e7e714424f08417330fae1c38 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2002 / Universidade Federal de Pernambuco / Esta pesquisa busca analisar fontes alternativas de financiamento nos Hospitais Universitários, enfocando com mais detalhes o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC/UFPE). A administração do hospital tem a intenção de disponibilizar 50 leitos (10% do total) para o atendimento a pacientes através de convênios com a rede particular e/ou pública de saúde. O objetivo principal do estudo é verificar até que ponto a implantação de convênios com a rede particular e/ou pública de saúde, sem ser o SUS, poderá cobrir o déficit financeiro existente no HC/UFPE, bem como avaliar o impacto causado por essa mudança na comunidade universitária e a população circunvizinha ao hospital. A fim de se conseguir esse objetivo, buscou-se, primeiramente, efetuar um estudo exploratório junto a todos os Hospitais Universitários listados no web site do Ministério da Educação para se conhecer melhor a realidade desses hospitais e enquadrar o HC/UFPE dentro desse contexto. A seguir, foi feita uma pesquisa de levantamento junto a comunidade universitária, através de uma amostra formada por alunos, professores e técnicos administrativos (n= 302) bem como da população circunvizinha ao HC/UFPE (n = 306) com a finalidade de se verificar o grau de aceitação dessa mudança perante os principais interessados. Finalmente, construíram-se cenários financeiros, na forma de estudo de caso, para que se pudesse avaliar até que ponto o ingresso das receitas oriundas dos convênios com a iniciativa privada e/ou pública de saúde poderia cobrir o déficit financeiro, bem como gerar recursos para garantir novos investimentos. Como resultado final conclui-se que: 1) Tanto a comunidade universitária, como a população circunvizinha ao HC/UFPE foram favoráveis às mudanças propostas; 2) Dois cenários financeiros propostos através da implantação dos convênios com a rede particular e/ou pública de saúde poderão ajudar a cobrir o déficit financeiro e também financiar novos investimentos desde que haja também um controle efetivo dos custos gerados por essa nova entrada de recursos
4

Diretrizes projetuais para recepções setoriais de hospitais univeristários federais

FALCÃO, Carlos Henrique Lopes 19 December 2016 (has links)
Submitted by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-04-23T19:36:46Z No. of bitstreams: 1 DISSETAÇÃO Carlos Henrique Lopes Falcão.pdf: 10229005 bytes, checksum: 00aaf680cd770d0bd6c052396af17516 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-23T19:36:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSETAÇÃO Carlos Henrique Lopes Falcão.pdf: 10229005 bytes, checksum: 00aaf680cd770d0bd6c052396af17516 (MD5) Previous issue date: 2016-12-19 / Os Hospitais Universitários Federais são responsáveis por ofertar ensino, pesquisa e extensão à comunidade acadêmica, e vem passando por um processo de reformulação física e administrativa desde 2011 através do convênio com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. A pesquisa objetiva gerar diretrizes projetuais para recepções de Hospitais Universitários Federais do nordeste brasileiro, sob o foco da ergonomia, tomando como base as leis e normas específicas. A Metodologia Ergonômica para o Ambiente Construído – MEAC foi escolhida por integrar os elementos físicos do ambiente, da antropometria, da percepção ambiental e da ergonomia cognitiva, definindo assim o homem como o centro do estudo. Foram avaliados os aspectos físicos do ambiente construído (dimensionamento, instalações, acessibilidade, mobiliário, segurança, conforto térmico e acústico) e a percepção dos usuários em relação ao espaço. As técnicas utilizadas são: observação assistemática, walkthroug, levantamentos, entrevistas, questionários fechados, mapofluxogramas e observação sistemática. Após a coleta de dados foi fechado um diagnóstico embasado nos critérios pré-estabelecidos, identificando os aspectos positivos e negativos de cada recepção na realização das tarefas projetadas. Com base no diagnóstico ergonômico se propõe as recomendações projetuais para futuras recepções de hospitais universitários, visando corrigir equívocos e melhorar a qualidade espacial, proporcionando conforto e bem-estar aos indivíduos. Destaca-se na pesquisa a avaliação ergonômica do ambiente construído das recepções gerais de 03 hospitais de referência no nordeste brasileiro. O estudo de caso visa a comparação das recepções do Hospital das Clínicas da UFPE com 407 leitos (porte IV) e inaugurado na década de 70, com Hospital Universitário Onofre Lopes da UFRN em funcionamento desde o início do século passado e com um total de 191 leitos, e com o Hospital Universitário da UFPI implantado em 2012 com 214 leitos. O estudo detalha a avaliação das recepções hospitalares sob o foco da ergonomia do ambiente construído. Investiga o quanto as recepções dos hospitais universitários (HC-UFPE, HUOL-UFRN e HU-UFPI) estão adequadas a atender às necessidades dos usuários e em conformidade com a legislação vigente. / The Federal University Hospitals are responsible for offering teaching, research and extension to the academic community, and has undergone a process of physical and administrative reformulation since 2011 through an agreement with the Brazilian Company of Hospital Services. The research aims to generate design guidelines for receptions of Federal University Hospitals of the Brazilian Northeast, under the focus of ergonomics, based on specific laws and norms. The Ergonomic Methodology for the Built Environment - MEAC was chosen to integrate the physical elements of the environment, anthropometry, environmental perception and cognitive ergonomics, thus defining man as the center of the study. The physical aspects of the built environment (dimensioning, installations, accessibility, furniture, safety, thermal and acoustic comfort) and the perception of users in relation to space were evaluated. The techniques used are: asthmatic observation, walkthroug, surveys, interviews, closed questionnaires, mapofluxograms and systematic observation. After the data collection, a diagnosis based on the pre-established criteria was closed, identifying the positive and negative aspects of each reception in the execution of the projected tasks. Based on the ergonomic diagnosis, it is proposed the design recommendations for future receptions of university hospitals, aiming to correct misconceptions and improve the spatial quality, providing comfort and well-being to the individuals. The ergonomic evaluation of the built environment of the general receptions of 03 reference hospitals in the Brazilian northeast is highlighted in the research. The case study aims to compare the receptions of the Hospital das Clínicas of UFPE with 407 beds (size IV) and inaugurated in the 70's, with University Hospital Onofre Lopes of UFRN in operation since the beginning of the last century and with a total of 191 Beds, and with the UFPI University Hospital implanted in 2012 with 214 beds. The study details the evaluation of hospital receptions under the focus of the ergonomics of the built environment. It investigates how receptions of university hospitals (HC-UFPE, HUOL-UFRN and HU-UFPI) are adequate to meet users' needs and in compliance with current legislation.
5

Aspectos financeiros e econômicos da pesquisa médica : a experiência do HUB

Borba Junior, Wilson Alves 14 July 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Economia, 2015. / Submitted by Guimaraes Jacqueline (jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2015-10-22T11:19:34Z No. of bitstreams: 1 2015_WilsonAlvesBorbaJunior.pdf: 1070196 bytes, checksum: b54f5805691570fe156ee294cf8a6ea6 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2015-10-23T13:39:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_WilsonAlvesBorbaJunior.pdf: 1070196 bytes, checksum: b54f5805691570fe156ee294cf8a6ea6 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-23T13:39:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_WilsonAlvesBorbaJunior.pdf: 1070196 bytes, checksum: b54f5805691570fe156ee294cf8a6ea6 (MD5) / O presente estudo analisa o impacto que a pesquisa médica gera em um hospital universitário em termos finalísticos, primordialmente financeiros e econômicos que devem ser o alicerce de representatividade de um hospital de ensino. Mostramos como se deve tratar a pesquisa médica em hospitais universitários durante estes últimos anos, onde a instituição ganha grandes contornos e transformações nesta seara utilizando de análise de dados extraídos de artigos de referência nacional e internacional e da instituição Hospital Universitário de Brasília. Para tanto não formulamos uma análise estatística basilar. Avaliamos se os impactos financeiros e econômicos dentro da instituição importam em um mero sumidouro de recursos orçamentários ou se traduz em algo que aporta maior valor agregado dentro do contexto econômico para a instituição e sociedade. Preocupamo-nos em incorporar elementos de qualidade e quantidade ao avaliarmos os recursos para pesquisa médica do HUB. Nossos resultados apresentam evidências da necessidade de uma gestão diferenciada no trato da pesquisa acadêmica médica do HUB para que se maximize o fundamento de existência da instituição, para auto sustentabilidade e primordialmente para que desperdícios de recursos, que já são escassos, sejam evitados. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study analyzes the impact that medical research generates in a university hospital in finalistic terms, primarily financial and economic factors that should be the foundation of representation of a teaching hospital. We show how to treat medical research at university hospitals over the past few years in which the Bank earns large contours and changes in this endeavor using data extracted from analysis of national and international reference articles and the University Hospital of Brasilia institution. For that we not formulated a basic statistical analysis. We evaluate if the financial and economic impacts within the institution mind a mere sink of budgetary resources or translates into something that brings greater added value within the economic context for the institution and society. We focus on incorporating elements of quality and quantity to evaluate the resources for medical research hub. Our results provide evidence of the need for a differentiated management in dealing with medical academic research to the HUB that maximize the existence of foundation of the institution for self sustainability and primarily to waste of resources, which are scarce, are avoided.
6

Avaliação tecnológica e incorporação de equipamentos médicos nos hospitais de ensino : uma experiência no Hospital Universitário de Brasília – HUB

Vieira, Denise de Sousa 03 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-graduação em Economia, Mestrado Profissional em Economia, 2015. / Submitted by Fernanda Alves Mignot (fernandamignot@hotmail.com) on 2015-11-05T18:43:55Z No. of bitstreams: 1 2015_DenisedeSousaVieira.pdf: 1022145 bytes, checksum: 523b80ad2f8255c7056e28687487360b (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-11-05T19:44:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_DenisedeSousaVieira.pdf: 1022145 bytes, checksum: 523b80ad2f8255c7056e28687487360b (MD5) / Made available in DSpace on 2015-11-05T19:44:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_DenisedeSousaVieira.pdf: 1022145 bytes, checksum: 523b80ad2f8255c7056e28687487360b (MD5) / A inovação tecnológica progrediu de forma tão acelerada que vem fazendo parte de quase todos os aspectos de nossas vidas. A Tecnologia em saúde é entendida como sendo os medicamentos, equipamentos, dispositivos e procedimentos médicos cirúrgicos usados no cuidado médico bem como os sistemas organizacionais e de apoio mediante os quais este cuidado é dispensado. Nesse sentido, quando uma nova tecnologia é anunciada põe em movimento fortes motivações humanas e expectativas de pacientes, médicos, administradores de instituições e empresas de saúde. Contudo, as crescentes inovações e a utilização de tecnologias em saúde acarretam aumento dos custos dos serviços e dos gastos globais. Assim, quando se decide pela aquisição de novos equipamentos hospitalares, entende-se que a gestão de tal processo deve ser voltada para a satisfação dos requisitos de qualidade e segurança ao menor preço possível. Nesse sentido, o presente estudo pretende tratar dos processos de incorporação de equipamentos médicos nos Hospitais de Ensino: estudo de caso no Hospital Universitário de Brasília (HUB). O objetivo geral é discorrer sobre os processos formais de incorporação de equipamentos médicos em hospitais universitários e de ensino no Brasil por meio dos recursos do Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUFE no HUB. A metodologia aplicada ao presente estudo se traduz por uma pesquisa bibliográfica e documental, de caráter qualitativo, realizada para fins de se analisar o fenômeno dissertado, procurando entendê-lo através das considerações colecionadas por autores renomados quanto ao tema escolhido, pela legislação correlata, bem como por um estudo de caso representado por entrevistas estruturadas aplicadas a gestores do Hospital Universitário de Brasília - HUB. Pode-se concluir que uma gestão eficiente de equipamentos deve ser empregada desde a aquisição até o acompanhamento do ciclo de vida, baseada em critérios e protocolos que obtenham êxito em reduzir os custos e aumentar os benefícios. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Technological innovation has progressed in such a fast pace that has been part of almost every aspect of our lives. Health Technology is understood as medicines, equipment, medical devices and surgical procedures used in medical care as well as the organizational and support systems through which this care is dispensed. In this sense, when a new technology is announced sets in motion strong human motivations and expectations of patients, doctors, administrators institutions and healthcare companies. However, increasing innovation and use of health technologies entail rising costs of global services and expenses. Thus, when deciding on the purchase of new hospital equipment means that the management of such a process should be directed towards the satisfaction of the quality and safety requirements at the lowest possible price. In this sense, this study aims to address the incorporation processes of medical equipment in teaching hospitals: a case study at the University Hospital of Brasilia (HUB). The overall objective is to discuss the formal processes of incorporation of medical equipment in university and teaching hospitals in Brazil through the resources of the Program for Restructuring of Federal University Hospitals - REHUFE the HUB. The methodology applied to this study translates as a bibliographical and documentary research, qualitative, conducted for the purpose of analyzing the phenomenon lectured, trying to understand it through the collected considerations by renowned authors on the theme chosen by the related legislation, as well such as a case study represented by structured interviews applied to managers of the University Hospital of Brasília - HUB. It can be concluded that efficient management of equipment should be employed from acquisition to tracking the life cycle, based on criteria and protocols to obtain success in reducing costs and increasing benefits.
7

“A gente não se descobre, a gente se define” : as subjetividades trans* no HUB-DF

Oliveira, Bárbara de Paula 07 July 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2017. / Submitted by Raiane Silva (raianesilva@bce.unb.br) on 2017-08-02T19:11:57Z No. of bitstreams: 1 2017_BárbaradePaulaOliveira.pdf: 2078803 bytes, checksum: b93fdc2304c0a6f73cac3779c9b58b71 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-09-19T13:19:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_BárbaradePaulaOliveira.pdf: 2078803 bytes, checksum: b93fdc2304c0a6f73cac3779c9b58b71 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-19T13:19:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_BárbaradePaulaOliveira.pdf: 2078803 bytes, checksum: b93fdc2304c0a6f73cac3779c9b58b71 (MD5) Previous issue date: 2017-09-19 / Pensando as subjetividades trans* para além do olhar médico patológico, essa dissertação reflete, através de um olhar etnográfico, sobre a existência de pessoas trans* a partir do grupo de apoio a pessoas trans* do Hospital Universitário de Brasília (HUB) – DF. Partindo de suas estórias de vida, esse trabalho aborda a dimensão do reconhecimento de si enquanto trans* e a sua relação com o corpo, a sexualidade, o ativismo trans* e o processo de saúde-doença no cotidiano de oito pessoas trans*. As normas binárias de gênero atravessam a vida das pessoas trans* fazendo-nos repensar o que é “ser mulher/homem”. Por isso, aparece o desejo de se encaixar em ideias consideradas universais do que é considerado feminino/masculino, mas ao mesmo tempo em que transgressões desses modelos, através das subjetividades vividas de maneira singular por cada pessoa. Assim, as concepções de corpo, sexualidade, saúde, doença e o desejo por fazer parte ou não de movimento sociais trans* se constroem em um constante encaixe e quebra das normas binárias de gênero. As estórias aqui trabalhadas retratam esse pano de fundo. / Thinking of the trans* subjectivities beyond the pathological medical gaze, this dissertation reflects, through an ethnographic view, the existence of trans* people from the support group to trans* people of the Hospital Universitário de Brasília (HUB) - DF. Starting from his life stories, this work addresses the dimension of self-recognition as a trans * and its relation to the body, sexuality, trans-activism, and the health-disease process in the daily life of eight trans people. Binary gender norms cross the lives of trans* people making us rethink what it is to be "woman/man". Therefore, the desire to fit in ideas considered universal of what is considered feminine/masculine appears, but at the same time in which transgressions of these models, through the subjectivities lived of singular way by each person. Thus, conceptions of body, sexuality, health, disease and the desire to become part of trans* social movements are built in a constant fit and break of binary norms of gender. The stories here worked out portray this background.
8

Conflitos organizacionais : estudo de caso no Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes - HUCAM

Gaick, Valcerli Germano 21 March 2015 (has links)
Submitted by Elizabete Silva (elizabete.silva@ufes.br) on 2015-11-05T19:11:10Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) CONFLITOS ORGANIZACIONAIS - ESTUDO DE CASO NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - HUCAM.pdf: 3425450 bytes, checksum: 3b5f3d40680d3aea7b60dae86a32c2c7 (MD5) / Approved for entry into archive by Morgana Andrade (morgana.andrade@ufes.br) on 2015-11-09T20:19:16Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) CONFLITOS ORGANIZACIONAIS - ESTUDO DE CASO NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - HUCAM.pdf: 3425450 bytes, checksum: 3b5f3d40680d3aea7b60dae86a32c2c7 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-11-09T20:19:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) CONFLITOS ORGANIZACIONAIS - ESTUDO DE CASO NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - HUCAM.pdf: 3425450 bytes, checksum: 3b5f3d40680d3aea7b60dae86a32c2c7 (MD5) Previous issue date: 2015 / O clima organizacional se bem cultivado pode ser um excelente instrumento de gestão visando o conflito na empresa. Mas se relegado às forças relacionais e às pressões do ambiente, pode gerar consequências danosas às organizações. É neste cenário que esta pesquisa busca esclarecer o seguinte problema de investigação: Quais os principais conflitos existentes em Hospitais Universitários e que meios apresentam maior probabilidade para seu gerenciamento? Assim, definiu-se como objetivo geral levantar e descrever os principais conflitos no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes, no segmento administrativo. Por decorrência foram estabelecidos alguns objetivos específicos, quais sejam: levantar, na percepção dos técnicos administrativos, quais os principais focos de conflitos; fazer o mapeamento desses conflitos e suas relações setoriais; identificar técnicas de gestão de conflitos mais apropriadas às situações encontradas; apresentar proposta de intervenção nesse segmento do ambiente hospitalar. O estudo se limitou à área administrativa do hospital (almoxarifado, financeiro, compras e contratos) por se tratar de uma área na qual se inter-relacionam profissionais de diversos segmentos de atuação, o que pode gerar consequências em todo o Hucam. A pesquisa, inicialmente quantitativa, foi complementada com uma análise qualitativa dos dados. Os instrumentos de pesquisa utilizados foram o questionário, a entrevista livre e a observação. Os dados foram tratados por meio de estatísticas e, posteriormente, de forma qualitativa, auxiliada pelas respostas dos entrevistados e pelas anotações de campo. Ao todo participaram 38 servidores que representam a população alvo. Os resultados estatísticos não geraram resultados claros dos conflitos existentes, em função da variação de respostas de cada setor. A análise qualitativa revelou que apenas dois dos participantes se relacionam de forma harmoniosa com os pares. Os demais 36 servidores apresentaram potencial de conflitos internos ao grupo e intergrupais. Os maiores problemas identificados dizem respeito aos valores, falta de conhecimento do trabalho dos colegas, perfil de personalidade e relacionamentos interpessoais. / The organizational climate is well cultivated can be an excellent management tool aimed at the conflict in the company. But if relegated to relational forces and environmental pressures, can cause harmful consequences to organizations. Against this backdrop, this research seeks to clarify the following research problem: What are the main conflicts in University Hospitals and what means are most likely to your management? Thus, it was defined as a general purpose survey and describe the main conflicts at the University Hospital Cassiano Antonio Moraes, in the administrative segment. As a consequence were established some specific objectives, which are: raise in the perception of administrative staff, which are the main focus of conflict; to map these conflicts and their sectoral relations; identify more appropriate conflict management techniques to situations encountered; present intervention proposal in the hospital segment. The study was limited to the hospital administrative area (warehouse, financial, purchasing and contracts) because it is an area in which interrelate professionals from various segments, which may have consequences throughout the Hucam. The research, initially quantitative, was complemented with qualitative data analysis. The research instruments were the questionnaire, the free interview and observation. The data were analyzed by means of statistical and later qualitatively, aided by respondents' answers and the field notes. In all 38 participating servers representing the target population. Statistical results did not generate clear results of conflicts, depending on the variation of responses from each sector. Qualitative analysis revealed that only two of the participants relate harmoniously with peers. The remaining 36 servers showed potential internal to the group and intergroup conflict. The main problems identified relate to values, lack of knowledge of the work of colleagues, personality profile and interpersonal relationships.
9

A flexibilização das relações de trabalho da enfermagem no Hospital Universitário da Universidade Federal do Espírito Santo (1988-1998)

Alves, Sheila Maria Parreira 25 October 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:38:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6021_DISSERTAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL.pdf: 5811966 bytes, checksum: 9a12c8863cc900d7226e704780bae1e7 (MD5) Previous issue date: 2013-10-25 / Estudo sobre a flexibilização das relações de trabalho em saúde e seus desdobramentos sobre o trabalho da enfermagem em um hospital universitário na delimitação temporal de 1988 a 1998. As transformações que ocorreram no mundo de trabalho na sociedade capitalista incluindo o processo de globalização e reestruturação produtiva desencadearam a flexibilização das relações de trabalho. No Brasil a Emenda Constitucional 19/98 flexibiliza a forma de vinculo na Administração Pública e, associada a outras medidas de enxugamento de gastos e ajuste do quadro de pessoal, adotadas pela reforma do Estado de 90 afetaram de maneira estrutural o serviço público e a saúde impulsionando o processo de terceirização da mão de obra como solução para a reposição da força de trabalho, inclusive nos hospitais universitários que vivenciam nas duas ultima décadas um período de crise. Tendo como objetivo descrever sobre o trabalho na dinâmica do capitalismo, contextualizar a flexibilização das relações de trabalho e suas repercussões para o serviço público a partir da reforma do Estado de 90 focalizando os hospitais universitários, foi utilizada a metodologia da história oral temática para realização desse estudo histórico de cunho social que, através da análise dos depoimentos orais buscou compreender a percepção do corpo social da enfermagem de um hospital universitário sobre o significado da flexibilização das relações de trabalho, sendo identificado que esse processo consubstanciado principalmente pela terceirização, praticada para a reposição dos trabalhadores, acarretou desestruturação e descontinuidade dos serviços prestados, rotatividade de profissionais, dificuldades na gestão pela convivência em um mesmo ambiente organizacional de diferentes vínculos, salários e vantagens, com prejuízos para a instituição em suas funções de assistência e ensino e, principalmente para os trabalhadores que são afetados pela desproteção social e pela precarização do trabalho. Apontada como medida de solução pelo Governo Federal surge a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares que assume a administração dos hospitais universitários com uma nova proposta de gestão, mas que ainda se apresenta como uma incógnita para a força de trabalho da instituição traduzindo-se em uma motivação para novos estudos. Palavras-chave: Trabalho. História da Enfermagem. Reforma do estado. Hospital / A study on the flexibilisation of labour relationships in Health, and its consequences on the nursing work in a university hospital between the years of 1988 and 1998. Describing labour in the dynamics of capitalism, it contextualises the flexibilisation of labour relationships and its repercussions on the public service since the 1990 State Reform, concentrating on the university hospitals. The methodology of thematic oral history is adopted, resulting in a social historical study, with the analysis of oral testimonials being used to comprehend the perception by the social body of the nurse staff of a university hospital, of the meaning of the flexibilisation of labour relationships; the conclusion is that this process, embodied mainly by the outsourcing used for replacement of workers, has resulted in disruption and discontinuity of the services held by the hospital, in staff turnover, and in difficulties of administration due to the coexistence within the same organisational environment of different bonds, wages and advantages, causing losses to the institution’s functions of assistance, teaching, and mostly to the workers which are affected by social insecurity and the deterioration of the working conditions. The Brazilian Company for Healthcare Services, which assumes administration of the university hospitals with a new proposal of management, is identified as a still unknown alternative for the institution’s workforce, thus providing motivation for new studies.
10

Avaliação da notificação de eventos adversos em um hospital universitário do interior de Minas Gerais / Evaluation gives notification in evaluation adverse in a hospital university of inside of Minas Gerais

Ana Luiza Rilko Mattar 20 December 2017 (has links)
O presente estudo tem o objetivo de analisar as notificações dos incidentes relacionados à assistência à saúde em um hospital universitário brasileiro entre os anos de 2015 e 2016.Para tanto, foram coletados dados secundários dos Eventos Adversos (EA) ocorridos no hospital e registrados no sistema VIGIHOSP, e foram descritos eventos de 8 perfis distintos: Procedimentos cirúrgicos, Quedas, Identificação do Paciente, Flebite, Medicamentos utilizados, Perda do Cateter, Lesão na Pele, e Sangue e Hemocomponentes. Os resultados alcançados têm suporte na literatura, tanto em relação à porcentagem de ocorrência de cada notificação, como também no que diz respeito às notificações que se tornam EA. Uma lacuna foi identificada: a literatura científica reforça bastante o problema da subnotificação e as mazelas dela decorrentes; mas, além desse fato, o que este estudo chama atenção é para a efetividade das notificações incompletas. Sugere-se ao hospital pesquisado a promoção das notificações como parte de uma cultura de segurança, buscando mais os resultados do que os culpados. Propõe-se também a utilização dos EA como indicadores de resultado para a gestão hospitalar, atrelados aos objetivos de qualidade e de custo / This study aims to analyze the reports of incidents related to health care in a Brazilian university hospital during the years 2015 and 2016. To do so, secondary data from Adverse Events (AD) occurred at the hospital and were recorded in the VIGIHOSP system, and events of 8 different profiles were described: Surgical Procedures, Falls, Patient Identification, Phlebitis, Medications Used, Catheter Loss, Skin Injury, and Blood and Hemocomponents. The results obtained are supported in the literature, both in relation to the percentage of occurrence of each notification, as well as with regard to notifications that become AD. A gap has been identified: the scientific literature strongly reinforces the problem of underreporting and the ensuing problems; but beyond this fact, what this study calls attention to is the effectiveness of incomplete notifications. For the researched hospital is suggested to promote the notifications as part of a safety culture, seeking more results than the culprits. It is also proposed the use of AD as outcome indicators for the hospital management, linked to quality and cost objectives

Page generated in 0.1198 seconds