• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 317
  • 26
  • 14
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 4
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 363
  • 168
  • 72
  • 60
  • 57
  • 54
  • 52
  • 46
  • 40
  • 35
  • 35
  • 34
  • 34
  • 34
  • 33
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Diversidad, Hábitat y Dieta de los Micromamíferos no Voladores en la Quebrada Tacahuay, Distrito de Ite - Tacna

Córdova Maquera, Joel Rolando 14 October 2013 (has links)
Se realizó evaluaciones de los micromamíferos no voladores en la Quebrada Tacahuay, distrito de Ite, Región Tacna, con la finalidad de determinar su diversidad, hábitat y dieta. Para lo cual se hicieron 9 muestreos durante el período enero a setiembre del 2010 con un esfuerzo de 900 trampas/noche. Se determinaron tres especies de micromamíferos, un múrido introducido (Mus musculus), un múrido nativo (Phyllotis limatus) y un marsupial (Thylamys pallidior). El índice de diversidad Shanon fue mayor en febrero con 0,5004 nats/ind y junio con 0,4851 nats/ind en el año 2010, y el índice de Simpson con mayores valores fueron en febrero con 0,32 y junio con 0,24, la riqueza de especies se incrementó en los meses de mayo y junio y se observó la presencia de Mus musculus durante esos meses. La especie M. musculus mostró tener una relación con la actividad humana. En cambio, Phyllotis limatus, que fue abundante en las áreas silvestres, mostró preferencias en microhábitat de arbustos, T. pallidior tendría preferencias de microhábitat arbóreo. Las variables ambientales en algunos casos han demostrado una correlación con la abundancia lo cual no infiere en la diversidad de micromamíferos no voladores en la Quebrada Tacahuay, asimismo la dieta fue determinada en Frugívoros y herbívoros para roedores y frugívoros e insectívoros para el marsupial Thylamys pallidior, para el caso del múrido no se pudo afirmar su dieta por falta de mas colectas de individuos.
32

Ecología y conservación de los armadillos (Mammalia: dasypodidae) en el noreste de la provincia de Buenos Aires, Argentina

Abba, Agustín Manuel January 2008 (has links)
El objetivo general de esta tesis fue profundizar en el conocimiento de la ecología de tres especies poco estudiadas de armadillos, Chaetophractus villosus, C. vellerosus y Dasypus hybridus, en el noreste de la provincia de Buenos Aires y desde un punto de vista aplicado, se identificaron los requerimientos de hábitat y los efectos de factores antrópicos, información de relevancia para el diseño de planes de acción para la conservación de estas especies y otras especies de la zona de estudio.
33

Padrões de variabilidade do gene ASIP (agouti signaling protein) em mamíferos

Santos, Daniela Copetti January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:41:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000395749-Texto+Completo-0.pdf: 1423043 bytes, checksum: ca56d3788b6dc3481d9aed7040fc6130 (MD5) Previous issue date: 2007 / O melanismo em mamíferos decorre principalmente da atividade de dois genes: MC1R (Melanocortin-1 Receptor), cujo produto induz a produção de eumelanina (pretomarrom); e ASIP (Agouti Signaling Protein), que codifica um peptídeo antagonista que promove a produção de feomelanina (pigmento claro). A combinação do efeito destes dois locos faz com que o pêlo cresça escuro com bandas subapicais amarelas. No presente estudo investigamos a diversidade nucleotídica e os padrões de variabilidade presentes no gene ASIP, principalmente nas regiões codificadoras dos éxons 2 e 3 e em regiões não codificadoras dos íntrons 2 e 3 em alguns mamíferos, com ênfase em felídeos (Mammalia, Carnivora, Felidae). Através do alinhamento entre as espécies analisadas nesse estudo foi possível construir três bases de dados que foram divididas em diferentes blocos conforme as regiões de alinhamento. A análise comparativa de seqüências permitiu a caracterização de diferentes blocos de seqüência conservada, assim como a identificação de uma inserção SINE presente apenas no gato doméstico, de uma região repetitiva hipervariável em todos os felídeos analisados, e também de variantes moleculares (SNPs) em Felis catus e Leopardus geoffroyi. Nenhum dos polimorfismos identificados nesta espécie estava localizado em regiões exônicas ou apresentou associação a fenótipos de coloração, indicando que as regiões analisadas não estão envolvidas na indução do melanismo nesta espécie.
34

Energética alimentar de Gracilinanus microtarsus (Didelphimorphia: Didelphidae) /

Briani, Denis Cristiano. January 2007 (has links)
Orientador: Ariovaldo Pereira da Cruz Neto / Banca: José Eduardo de Carvalho / Banca: Sérgio Furtado dos Reis / Banca: Denis Otávio Vieira de Andrade / Banca: Luciano Martins Verdade / Resumo: O presente estudo versa sobre energética alimentar de um animal. O estudo procurou analisar, dentre outras coisas, os fatores intrínsecos e extrínsecos que respondem pela variabilidade na taxa metabólica em repouso (TMR) e a relação entre esta variação e padrões de história de vida de um marsupial (Gracilinanus microtarsus). Especificamente, a variabilidade da TMR seria determinada através de um aspecto especifico da história de vida, a dieta. Aspectos como possíveis efeitos da dinâmica de variação das reservas energéticas sobre esta relação também foram analisados. Utilizando metodologia apropriada também analisamos a variação da disponibilidade e qualidade da dieta. Variações desses fatores induzem modificações na condição corpórea e, desta forma, os efeitos desta variável sobre a TMR mediariam um dos objetivos do estudo, servindo como elemento de ligação para averiguar quais componentes da condição corpórea seriam responsáveis pela variabilidade na TMR. / Abstract: The present study turns about energetics to feed of an animal. The study analyzed, among other things, the intrinsic and extrinsic factors that answer for the variability in the resting metabolic rate (RMR) and the relationship between this variation and patterns of life history of a marsupial (Gracilinanus microtarsus). Specifically, the variability of RMR would be determined through an aspect specify of the life history, the diet. Aspects as possible effects of the dynamics of variation of the energy budge about this relationship were also analyzed. Using appropriate methodology also analyzed the variation of the availability and quality of the diet. Variations of those factors induce modifications in the body condition and, this way, the effects of this variable on RMR would mediate one of the objectives of the study, serving as connection element to discover which components of the body condition would be responsible for the variability in RMR. / Doutor
35

Investigação do potencial genotóxico do extrato de Garcinia achachairu in vivo /

Marques, Eduardo de Souza. January 2012 (has links)
Orientador: Edson Luis Maistro / Banca: Wellerson Rodrigo Scarano / Banca: Daisy Maria Fávero Salvadori / Resumo: Garcinia achachairu Rubsy (Clusiaceae) é popularmente conhecida como "achachairú", e é usada na medicina popular boliviana como cicatrizante, digestiva, propriedades laxativa e no tratamento de gastrite, reumatismo e inflamações. Apesar de sua ampla utilização terapêutica, há uma carência de dados acerca de seus efeitos genotóxicos in vivo. Contudo, neste trabalho, foi utilizado o ensaio cometa e teste do micronúcleo, respectivamente, para avaliar os possíveis efeitos genotóxicos e clastogênicos do extrato de semente de Garcinia achachairu (GAE) em diferentes células de camundongos. O extrato foi administrado via gavage em doses de 500, 1000 e 2000 mg / kg. Para as análises, foram realizados o ensaio cometa em leucócitos (coletados 4 e 24 horas após o tratamento), fígado, medula óssea e células testiculares (coletadas 24 horas após o tratamento), e o teste de micronúcleo (MN) em células da medula óssea. A citotoxicidade foi avaliada pela contagem consecutiva de 200 eritrócitos policromáticos (PCE) e normocromáticos (NCE) (PCE / NCE relação). Os resultados mostraram que o GAE não induziu danos ao DNA significativos em leucócitos (amostras de 4h e 24h), fígado, medula óssea e células testiculares (amostras de 24h amostras). Não foi evidenciado aumento significativo de eritrócitos policromáticos micronucleados (MNPCE) nas três doses testadas. A relação PCE / NCE não indicou citotoxicidade. Nas nossas condições experimentais, os dados obtidos sugerem que uma única administração oral do extrato de G. achachairu não causa genotoxicidade e clastogenicidade em diferentes células de camundongos / Abstract: Garcinia achachairu Rubsy (Clusiaceae) is popularly known as "achachairu", and is used in folk Bolivian medicine for its healing, digestive, and laxative properties, and in the treatment of gastritis, rheumatism and inflammation. Despite its widespread therapeutic use, there is a lack of data regarding its in vivo genotoxic effects. Therefore, in this study, we used the comet assay and the micronucleus test, respectively, to evaluate the possible genotoxic and clastogenic effects of Garcinia achachairu seed extract (GAE) on different cells of mice. The GAE was administered by oral gavage at doses of 500, 1000 and 2000 mg/kg. For the analysis, the comet assay was performed on the leukocytes (collected 4 and 24 hours after treatment), liver, bone marrow and testicular cells (collected 24 hours after treatment), and the micronucleus test (MN) on bone marrow cells. Cytotoxicity was assessed by scoring 200 consecutive polychromatic (PCE) and normochromatic (NCE) erythrocytes (PCE/NCE ratio). The results showed that GAE did not induce significant DNA damage in leukocytes (4h and 24 h samples), liver, bone marrow and testicular cells (24 h samples). Neither did they show any significant increase in micronucleated polychromatic erythrocytes (MNPCE) at the three tested doses. The PCE/NCE ratio indicated no cytotoxicity. Under our experimental conditions, the data obtained suggest that a single oral administration of G. achachairu extract does not cause genotoxicity and clastogenicity in different cells of mice / Mestre
36

Análise filogenética comportamental : o caso dos mustelídeos /

Bueno, Flávia Regina. January 2014 (has links)
Orientador: Carlos Camargo Alberts / Banca: Sérgio Nascimento Stampar / Banca: Gelson Genaro / Resumo: As relações evolutivas da Ordem Carnivora são extensivamente estudadas e contraditórias, principalmente entre os caniformes. Embora as filogenias baseadas em dados moleculares tenham feito uma contribuição importante, elas também podem ser comparadas a reconstruções usando outros tipos de caracteres, como comportamentais. O comportamento vem conquistando espaço no cenário da biologia evolutiva, e entre os comportamentos exibidos pelos animais, a autolimpeza se apresenta como uma boa fonte de caracteres filogenéticos. Este estudo teve como objetivo reconstruir uma filogenia das principais Famílias de carnívoros caniformes usando o comportamento de autolimpeza como caractere. Foi criada uma reconstrução filogenética por meio de caracteres moleculares como forma de comparação e evidência adicional. Nas análises comportamentais, excetuando-se os representantes dos grupos externos, uma grande politomia é o resultado para os demais terminais analisados. Os terminais dentro dessa politomia, no entanto, apresentam algumas relações interessantes e com grande sustentação em verificações de bootstrap e jackknife. Os resultados com dados moleculares, nos quais foram empregados setores específicos do gene citocromo b mostraram uma filogenia clássica da Subordem, exceto no que diz respeito à posição do representante da Família Canidae, mas com baixo suporte em verificação bootstrap em alguns ramos, exceto no que diz respeito à posição do representante da Família Canidae. A rápida radiação adaptativa, bem como especiação recente e grande diversidade ecológica dos grupos do estudo representam dificuldades ao se tentar estabelecer o exato relacionamento entre as espécies, independente dos dados biológicos utilizados para reconstrução filogenética. / Abstract: The evolutionary relationships inside the Order Carnivora are extensively studied and sometimes contradictory, especially among caniforms. Although phylogenies based on molecular data have made a significant contribution, they can also be compared to reconstructions using other types of characters, such as the behavioral ones. Behavior has aided space on the current state of evolutionary biology, and among the various possible behaviors exhibited by animals, grooming is a very good source of phylogenetic characters. Grooming has stereotyped patterns and it has been shown that differences in patterns of grooming are observable between closely related species, which makes it a good source of phylogenetic characters. Thus this study aimed to reconstruct a phylogeny of the major families of caniforms carnivores using the grooming behavior as character. A molecular phylogenetic reconstruction was created for comparison and also as further evidence. In the behavioral reconstruction, except for the representatives of the external groups, it resulted a large polytomy. Terminals within this polytomy, however, present some interesting and highly bootstrap and jackknife supported associations. The results with molecular data, in which specific sectors of the cytochrome b gene were employed, showed a classical phylogeny of the suborder, except for the position of the Canidae‟s representative, but with low bootstrap support in most branches. Rapid adaptive radiation, recent speciation and great ecological diversity of the studied group turn difficult to establish the exact relationship between the terminals, independent of the biological data used. / Mestre
37

Diversidade genética e filogeografia de Puma Yagouaroundi (Mammalia, Carnivora, Felidae)

Pires, Carla Bettin January 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:11:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000438169-Texto+Completo-0.pdf: 1180129 bytes, checksum: c9e8b906135a8be6e942f0b79033b2bc (MD5) Previous issue date: 2012 / Even though the Neotropical region has a vast biodiversity, it is also one of the least studied regions in the world, and harbors many species that still remain poorly known. An example is the wild cat jaguarundi (Puma yagouaroundi), which is up to now one the least known Neotropical felids. Of the few studies including this species, most address ecological aspects, and therefore little is known regarding its genetic diversity, evolutionary history and population structure. We have investigated these evolutionary aspects and inferred phylogeographic patterns of the jaguarundi by analyzing 1191 bp of the mitochondrial DNA and eight microsatellite loci. The results from both markers supported the recognition of at least two major phylogeographic groups (Northern and Southern), which do not corroborate the eight subspecies classically recognized for the jaguarundi. Physical barriers such as the Amazon river appear to have influenced the genetic differentiation between these two groups by restricting the gene flow between these broad geographic areas, in a pattern reminiscent of that observed in other felids. The results presented here contribute to increase the knowledge about the evolutionary history of this felid, and may be useful in the development of management strategies fostering its conservation in the wild. / Apesar da alta biodiversidade existente na região Neotropical, esta é também uma das regiões menos estudadas no mundo e onde muitas espécies ainda continuam sendo pouco conhecidas. Um exemplo é o gato selvagem jaguarundi (Puma yagouaroundi), que é um dos felinos Neotropicais menos conhecidos. Dos poucos estudos realizados com esta espécie, a maioria aborda aspectos ecológicos e desse modo, pouco ou quase nada se conhece em termos de sua diversidade genética, história evolutiva e estrutura populacional. Nós investigamos estes aspectos evolutivos e inferimos padrões filogeográficos do jaguarundi através da análise de 1191 pb do DNA mitocondrial e oito locos de microssatélites. Os resultados de ambos os marcadores suportaram o reconhecimento de pelo menos dois grandes grupos filogeográficos (Norte e Sul), e não corroboraram a validade das oito subespécies classicamente reconhecidas. Barreiras físicas como o rio Amazonas parecem ter influenciado a diferenciação genética destes dois grandes grupos, restringindo o fluxo gênico histórico entre essas duas regiões geográficas, em um padrão semelhante ao observado em outras espécies de felinos. Os resultados apresentados aqui contribuem para aumentar o conhecimento da história desta espécie e podem ser úteis no desenvolvimento de propostas de manejo visando a sua conservação em longo prazo.
38

Filogeografia do Bugio Ruivo, Alouatta guariba (Primates, Atelidae)

Machado, Stela January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000431415-Texto+Completo-0.pdf: 691621 bytes, checksum: 3caf932319c0f5de98667c470961c43e (MD5) Previous issue date: 2011 / Here we examined the mitochondrial (control region and cytb gene) and microsatellites genetic diversity of the New World primate, endemic of Atlantic Forest, Alouatta guariba, in order to uncover its genetic structure and evolutionary history as well as it bearing on its taxonomic status. The mtDNA phylogeny shown a deep divergence between clade A (southern of the Santa Catarina state) and the northern part of the distribution, and the latter diverged in a more central clade B (Rio de Janeiro state) and a northernmost clade C (Espírito Santo state), although a population from São Paulo state present haplotypes from the three clades with 16 of 102 individuals in the clade A, 11 of 16 in the clade B and 14 of 32 in the clade C. The divergence time estimated between A and B/C clades was approximately 750 thousand years ago (kya) and between B and C clades was ~600 kya. Microsatellite data showed a clear isolation between the southern and the central+northern areas, in agreement with the mtDNA results. Therefore, our data consistently refute the hypothesis of a northern subspecies or species separated from a largely distributed central+southern one (A. g. clamitans). However, although the two isolated groups identified here certainly deserve appropriate conservation strategies, the absence of: complete concordance between the mtDNA and microsatellite data, reciprocal monophyly in the mtDNA, and clear cut non-genetic diagnostic characters advice against presently erecting then at subspecies or species status. The Bayesian Skyride plot showed that A. guariba underwent a sudden population expansion started ~50 kya followed by a recent reduction ~7 kya. This expansion was only observed in clade A. This fluctuation in population size may have occurred due to climate changes or to competition with A. caraya due to the high niche overlap of these species. / Nós examinamos a diversidade genética do DNA mitocondrial (região controle e gene citocromo b) e locos de microssatélites do primata do Novo Mundo, endêmico da Mata Atlântica, Alouatta guariba, para descobrir a sua estruturação genética e história evolutiva bem como seu status taxonômico. A filogenia mitocondrial mostra uma profunda divergência entre o clado A (sul de Santa Catarina) e a parte norte da distribuição e um segundo grupo divergente entre o clado B (Rio de Janeiro), mais central, e o clado C(Espírito Santo) mais ao norte, embora a população de São Paulo apresente haplótipos nos três clados com 16 de 102 indivíduos presentes no clado A, 11 de 16 no clado B e 14 de 32 no clado C. O tempo de divergência estimado entre os clados A e B/C foi de aproximadamente 750 mil anos atrás e entre os clados B e C foi de aproximadamente 600 mil anos atrás. Em concordância com os resultados do DNA mitocondrial, os dados de microssatélites mostram um claro isolamento das áreas sul e central+norte. Portanto, nossos dados consistentemente refutam a hipótese de uma subespécie ou espécie ao norte separada da central+sul (A. g. clamitans). Entretanto embora os dois grupos isolados identificados aqui certamente mereçam apropriadas estratégias de conservação, a ausência de: completa concordância entre dos dados de DNA mitocondrial e microssatélites, recíproca monofilia no DNA mitocondrial e claro caracteres não genéticos aconselham contra elevar ao status de espécie ou subespécie. A análise de "Bayesian Skyride plot" mostrou que A. guariba sofreu uma expansão populacional há aproximadamente 50. 000 anos atrás seguida por uma recente redução do tamanho populacional a 7. 500 anos. Esta expansão foi somente observada no clado A. Esta flutuação no tamanho populacional pode ter ocorrido devido a mudanças climáticas ou competição com A. caraya devido a alta sobreposição de nicho destas espécies.
39

Filogeografia, história demográfica e diversidade molecular de duas espécies neotropicais da família procyonidae (mammalia, carnivora): Nasua nasua e Procyon cancrivorus

Jerep, Mirian Tieko Nunes Tsuchiya January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000422673-Texto+Completo-0.pdf: 2300017 bytes, checksum: 2442a220c237880099c56943e10dbc17 (MD5) Previous issue date: 2009 / Comparative phylogeographic analyses are useful to shed light on common historical processes affecting regional faunas, as well as to identify species-specific life history features that may influence their genetic legacy. Here we performed phylogeographic analysis of two medium-sized Neotropical carnivores, the brown-nosed coati (Nasua nasua) and the crab-eating raccoon (Procyon cancrivorus), using mitochondrial DNA and microsatellite markers, in order to characterize and compare their patterns of genetic diversity and underlying evolutionary history. We also describe the isolation and characterization of eight polymorphic microsatellite loci for brown-nosed coatis (N. nasua). Both species are farily common in the wild and present in a wide variety of habitats, being sympatric throughout most of their ranges. However, different phylogeographic and diversity patterns were found for both markers: mitochondrial DNA analyses showed levels of diversity that were up to ten-fold higher for N. nasua relative to P. cancrivorus. Six reciprocally monophyletic mtDNA phylogroups were recognized for N. nasua, which were also supported as distinct populations by the microsatellite analyses. In contrast, the mtDNA data set for P. cancrivorus indicated the existence of three recognizable population units, but the magnitude of their differentiation was much less pronounced than that observed in N. nasua. Moreover, the microsatellite data did not support any genetic subdivision in this species, suggesting that full connectivity is maintain throughout all sampled areas. These results demonstrate that these species have very distinct evolutionary histories, which may at least in part be a consequence of differences in social structure and dispersal patterns. These results highlight the evolutionary complexity of the Neotropical biota, and underscore the need for multi-species analyses employing comparable data sets so that common and contrasting patterns can be adequately investigated. / Estudos filogeográficos comparados são úteis na compreensão de processos históricos compartilhados que afetam faunas regionais, bem como na identificação de padrões espécie-específicos que podem influenciar suas atuais características genéticas. Neste estudo, foram realizadas análises filogeográficas de dois carnívoros Neotropicais de médio porte, o quati de focinho marrom (Nasua nasua) e o mão pelada (Procyon cancrivorus), usando marcadores mitocondriais e microssatélites, afim de caracterizar e comparar seus padrões de diversidade genética e compreender sua história evolutiva. Adicionalmente, descreve-se o isolamento e a caracterização de oito loci polimórficos de microssatélites para Nasua nasua. Ambas as espécies são bastante comuns na natureza e estão presentes em uma ampla variedade de habitats, sendo simpátricas ao longo da maior parte de sua distribuição. No entanto, diferentes padrões filogeográficos e de diversidade genética foram encontrados para N. nasua e P. cancrivorus: análises de DNA mitocondrial mostraram níveis de diversidade até dez vezes superiores para N. nasua com relação a P. cancrivorus. Adicionalmente, os mesmos marcadores revelaram a existência de 6 filogrupos reciprocamente monofiléticos para N. nasua, os quais também são suportados como populações distintas pelas análises de microssatélites. De maneira distinta, as análises de DNA mitocondrial para P. cancrivorus indicam a existência de três unidades populacionais; no entanto, a magnitude desta diferenciação foi muito menos evidente do que a observada em N. nasua. Além disso, os dados de microssatélites não suportaram a existência de qualquer subdivisão genética para P. cancrivorus, sugerindo que persiste uma completa conectividade entre todas as áreas amostradas. Estes resultados demonstram que estas espécies apresentam uma historia evolutiva bastante distinta, a qual pelo menos em parte pode ser atribuída a diferenças na estrutura social e no padrão de dispersão das mesmas. Tais resultados destacam a complexidade evolutiva da biota Neotropical e ressaltam a necessidade de análises multi-espécies empregando conjuntos de dados comparáveis, de forma que padrões comuns e contrastantes possam ser adequadamente investigados.
40

Identificação de espécies de carnívoros brasileiros (mammalia: carnivora) a partir de amostras de fezes utilizando seqüências de DNA e microscopia óptica de pêlos

Graeff, Vanessa Godoy January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:13:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000401047-Texto+Completo-0.pdf: 2592282 bytes, checksum: e66bbe58a6b50d908b9402f9668879bc (MD5) Previous issue date: 2008 / A habilidade para detectar e analisar indícios de animais na natureza, parte integral da pesquisa e manejo da vida silvestre, se torna fundamental quando a espécie em estudo é um carnívoro. Para as espécies desse grupo, geralmente raras e/ou difíceis de capturar, a análise das fezes é um dos melhores métodos não-invasivos para a identificação, caracterização e monitoramento das populações. Contudo, identificações de espécies a partir de amostras fecais podem ser subjetivas quando baseadas em critérios tradicionais. Neste estudo, comparamos a eficiência de dois métodos de identificação de espécies de carnívoros: análise do DNA fecal e microscopia óptica de pêlos-guarda encontrados em fezes. Ambos foram aplicados a 102 amostras de fezes coletadas em uma área de Mata Atlântica no Rio Grande do Sul. Através da análise das seqüências de mtDNA obtidas a partir de 70 fezes foi possível identificar 75,7% destas amostras como pertencentes a 3 espécies de felinos, 21,3% a uma espécie de canídeo silvestre e 3% ao cão doméstico. Pêlos-guarda foram encontrados em 56% das fezes coletadas. Através da análise microscópica desses pêlos identificou-se 55,6% das amostras em nível de espécie (três espécies de felídeos) e 44% em nível de família (Canidae ou Felidae). Foram analisadas comparativamente 44 amostras sobrepostas pelos dois métodos. Desacordos na identificação entre os métodos ocorreram em apenas três amostras. No total, 77 amostras de fezes foram identificadas em nível de espécie por pelo menos um dos métodos, permitindo uma caracterização da dieta destes carnívoros.A identificação baseada em microscopia de pêlos requer poucos gastos ou tecnologia, sendo simples e rápida para análises em campo. Contudo, algumas características morfológicas dos pêlos-guarda podem influenciar o poder de identificação por microscopia, em alguns casos podendo levar a uma interpretação errônea ou incompleta dos padrões observados. A identificação baseada na análise do DNA fecal pode ter alto custo e ser tecnicamente difícil, mas as informações que podem ser obtidas através deste método superam em quantidade e qualidade outros métodos. Assim, considerando as vantagens e desvantagens dos métodos analisados, as diferenças entre eles permitem que sejam usados de forma a se complementarem mutuamente em diversos estudos, propiciando maior acurácia na identificação de espécies a partir de fezes.

Page generated in 0.0298 seconds