• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4208
  • 108
  • 108
  • 100
  • 96
  • 90
  • 38
  • 33
  • 28
  • 28
  • 18
  • 12
  • 10
  • 8
  • 7
  • Tagged with
  • 4357
  • 1676
  • 860
  • 761
  • 735
  • 643
  • 574
  • 540
  • 459
  • 426
  • 379
  • 376
  • 352
  • 348
  • 345
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

"Uma beleza que vem da tristeza de se saber mulher" : representações sociais do corpo feminino

Almeida, Talita Leão de 11 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-05-18T18:47:18Z No. of bitstreams: 1 2009_TalitaLeaodeAlmeida.pdf: 2555146 bytes, checksum: a3c681e54529c9970ed5e37c6cc9a3ea (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-05-18T19:41:31Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_TalitaLeaodeAlmeida.pdf: 2555146 bytes, checksum: a3c681e54529c9970ed5e37c6cc9a3ea (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-18T19:41:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_TalitaLeaodeAlmeida.pdf: 2555146 bytes, checksum: a3c681e54529c9970ed5e37c6cc9a3ea (MD5) Previous issue date: 2009-11 / Os padrões estéticos e de idealizações do corpo se alternam e se transformam, em consonância com valores, normas e crenças vigentes em cada momento histórico. Atualmente, percebe-se a construção de elementos de coerção e controle sociais que agem na direção da conformação do corpo a um modelo. Acreditando que o pensamento social que as mulheres partilham sobre o corpo feminino se relaciona com a procura pelas estratégias de conformação aos padrões de corpo na atualidade, objetivou-se com esta pesquisa: investigar quais as representações sociais do corpo feminino têm sido partilhadas e sustentadas pelas mulheres, e examinar em que medida essas representações se articulam com as práticas de cuidado com o corpo que essas mulheres adotam na vida cotidiana. Aplicou-se um questionário virtual, com questões de associação livre, abertas, fechadas e escalas Likert. Participaram 243 mulheres residentes no Distrito Federal. Os aspectos abordados abrangeram significados, preocupações, conversas, assuntos de interesses e fontes de informações sobre o corpo feminino, além de opinião dos outros, vivências e práticas de cuidados com o corpo. Para a análise dos dados, foram utilizados: o SPSS- 15.0 para análises estatísticas das respostas objetivas; o EVOC para acessar o conteúdo e a organização interna das representações em função do duplo critério de freqüência e ordem de palavras evocadas; e o ALCESTE para uma análise quantitativa dos dados textuais. O método permitiu diferentes formas de acessar possíveis representações de corpo feminino, enquanto um objeto de construção sócio-histórica. Identificou-se no pensamento partilhado pelas mulheres a presença de um modelo de corpo vigente na sociedade atual, cuja beleza se encontra nas formas sinuosas dos seios, cintura, quadris e pernas. Existe entre essas mulheres a preocupação em relação aos padrões estéticos que circulam no cotidiano, uma vez que elas se sentem expostas e cobradas em relação à conformação de seus corpos. Para o alcance desse modelo existem hoje, diversas estratégias de construções do corpo feminino. Tais possibilidades de transformação do corpo implicam em uma responsabilização da mulher de se atingir os ideais; frustrantes, pela impossibilidade de serem alcançados. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aesthetic standards and idealizations of the body alternate and are transformed according to values, norms and beliefs prevailing in each historical moment. Currently, it’s observed the construction of elements of coercion and social control that act in the direction of the body conformation to a model. Believing that the social thinking which women share about the female body is related to the actual strategies used for shaping the standards body, the aim of this research was: to investigate the social representations of the female body that have been shared and sustained by women, and examine the extent to which social representations are related to the practices of body care that these women adopt in everyday life. An online questionnaire, with open and closed questions, free association questions, and Likert scales was applied in this research, in which 243 women residing in the Federal District participated. The aspects touched were meanings, concerns, conversations, interests and sources of information about the female body, as well as others' opinions, experiences and practices of body care. Data analysis was conducted through: SPSS- 15.0 for statistical analysis of objective responses; EVOC for accessing the content and internal organization of representations through the double standard of frequency and order of words evocation, and the ALCESTE for a qualitative analysis of textual data. The method allowed different forms of accessing possible representations of the female body as an object of socio-historical construction. It was identified at women's thoughts, the presence of a prevailing standard of body in today's society, in which beauty is seen through the sinuous shapes of the breasts, waist, hips and legs. These women share a concern about aesthetic values that circulate in everyday life because they feel exposed and challenged in relation to the shape of their own bodies. In order to achieve this model, there are, nowadays, several strategies for building the female body. Such possibilities of transformation of the body result in women’s responsibilization for achieving such standards; frustrating, for the impossibility of being reached.
42

Desafios da menopausa : vivências de mulheres participantes de oficinas

Fernandes, Ana Paula Soares 10 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, 2010. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-02-23T13:24:15Z No. of bitstreams: 1 2010_AnaPaulaSoaresFernandes.pdf: 567464 bytes, checksum: daed79c8bbac77a81cb430d2b94df3c6 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-02-23T15:32:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_AnaPaulaSoaresFernandes.pdf: 567464 bytes, checksum: daed79c8bbac77a81cb430d2b94df3c6 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-02-23T15:32:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_AnaPaulaSoaresFernandes.pdf: 567464 bytes, checksum: daed79c8bbac77a81cb430d2b94df3c6 (MD5) / O estudo teve como objetivo investigar os desafios da menopausa, na perspectiva de mulheres na meia-idade, por meio de uma metodologia de atendimento breve e focal, denominada Oficina. Com base em revisão teórica acerca da meia-idade, menopausa, gênero, trabalhos grupais e epistemologia qualitativa, elaborou-se a metodologia das Oficinas. Ao todo, participaram sete mulheres em idade entre 45 e 59 anos. A análise de conteúdo temático dos encontros permitiu identificar os seguintes desafios que as mulheres enfrentam na menopausa: sexualidade, transformações físicas, diminuição do ritmo de vida, aposentadoria, envelhecimento e sentimento de solidão. O sentido subjetivo das mudanças que ocorrem na mulher na menopausa pode estar relacionado às expectativas do envelhecimento, à auto-percepção e à cultura. Os desafios apontados estão ligados à auto-imagem, à auto-estima, ao valor social da mulher idosa, e à relação com o corpo. As mudanças vividas atingem a identidade, o ser mulher, e a condição feminina, pois também são reflexo do conflito entre o corpo vivido e o corpo físico. Perceberam-se os efeitos positivos das Oficinas pela expressão dos sujeitos do estudo e na mobilização para mudanças. Concluiu-se que o envelhecimento é um dos aspectos que mais influenciam a vivência da menopausa. Sugere-se futuros estudos que desenvolvam instrumentos de avaliação de Oficinas como intervenção bem como pesquisas com companheiros de mulheres na menopausa. Neste sentido, resgatar o olhar dos campos de saber da psicologia do desenvolvimento, da antropologia e dos estudos feministas se faz essencial na ampliação do entendimento do fenômeno da menopausa. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of the study was to investigate the menopause’s challenges in women’s perspective. Based on the literature about middle-age, menopause, gender, groups and qualitative epistemology, the Oficinas were elaborated. Brief and thematic group interventions were implemented with seven middle-aged women. The thematic analyze of the meetings permitted identify the follow challenges that women face: sexuality, physical changes, life’s rhythm reduction, retirement, ageing, and felling alone. The subjectivemeaning about the changes in menopause are related with the expectations of ageing process, self-perception and culture. The challenges are related to self-image, self-worth, the social value of old woman, and the perception about the body. These changes affect identity, the condition of being a woman, and the conflict related to what was experienced in the body. There were positive effects on the participants of this search. We concluded that the ageing process is the most influence point in the menopause. We suggest that instruments need to be designed in order to evaluate the group interventions. In addition, the perspective of women’s partners should be addressed in future studies. It is necessary to include others fields of knowledge as Developmental Psychology, Anthropology and Feminism studies for the comprehension of the phenomenon.
43

"Qual é o teu trabalho mulher?" : mulheres empreendedoras no contexto da economia popular solidária

Cruz, Tânia Cristina da Silva 26 July 2006 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, 2006. / Submitted by Raquel Viana (tempestade_b@hotmail.com) on 2011-06-09T12:50:49Z No. of bitstreams: 1 2006_Tânia Cristina da Silva Cruz.pdf: 7614339 bytes, checksum: 026e55ffad0768fe9cdb81afd8d41e09 (MD5) / Approved for entry into archive by Elna Araújo(elna@bce.unb.br) on 2011-06-17T19:18:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Tânia Cristina da Silva Cruz.pdf: 7614339 bytes, checksum: 026e55ffad0768fe9cdb81afd8d41e09 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-17T19:18:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Tânia Cristina da Silva Cruz.pdf: 7614339 bytes, checksum: 026e55ffad0768fe9cdb81afd8d41e09 (MD5) / Motivada pelas metamorfoses do mundo do trabalho e de sua crise e pela participação das mulheres nesse contexto, a presente tese teve por objetivo refletir sobre o papel social das mulheres empreendedoras solidárias. Nosso foco principal foi o estudo da condição contemporânea das mulheres-trabalhadoras, de modo a compreender a seguinte questão central: Qual o papel das mulheres no processo de geração de alternativas à crise atual do trabalho e como, ao mesmo tempo, tais iniciativas se constituem campos para a geração de vínculos sociais e econômicos? A partir do estudo do trabalho produtivo e reprodutivo, organizado e mantido por mulheres que vinham de uma trajetória de pobreza e/ou exclusão social, analisamos, empiricamente, a produção de laços sociais contemporâneos, em um contexto de economia popular solidária. O grupo de artesãs Apoena (Vila Estrutural - DF) e a Cooperativa 100 Dimensão (Riacho Fundo II - DF) foram os sujeitos da pesquisa. O estudo do papel social da mulher no mundo do trabalho passa pelo reconhecimento de que a sua entrada e permanência nele implica uma articulação entre trabalho extradoméstico e trabalho doméstico (cuidado com a casa, a família, os filhos, etc.). Assim, as mulheres-trabalhadoras colocadas no centro desta tese são aquelas cuja rotina está estruturada em variadas ações: sobrevivência familiar X reconhecimento e auto-estima; socialização dos filhos X inserção ocupacional; dupla jornada de trabalho X cuidados pessoais, etc. De um modo geral, demonstramos que, entre a casa e a rua, é cada vez maior o número de mulheres que estão buscando reescrever suas trajetórias de socialização de forma a não sucumbir à exclusão e à invisibilidade social. Em consonância com o pressuposto de que o trabalho não é apenas gerador de mercadorias, mas, sobretudo, de sociabilidades e identidades positivamente reconhecidas pelos agrupamentos sociais, explicitamos a existência de um tipo contemporâneo de trabalhadoras: as mulheres-empreendedoras solidárias. Por fim, destacamos a existência de uma economia popular solidária, que favorece o reconhecimento do trabalho das mulheres, especialmente daquelas que vivem em situação de vulnerabilidade, mas empreendem sua força de trabalho na produção e na reprodução social. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Motivated by the metamorphoses of the world of work and its crisis and by the participation of women in this context, this thesis aims to reflect on the social role of unified enterprising women. Our main focus was the study of the contemporary condition of working women, in such a way as to understand the following central question: What is the role of women in the process of generating alternatives to the actual labor crisis and how, at the same time, such initiatives constitute fields for the generation of economic and social bonds? Starting from the study of the productive and reproductive work, organized and maintained by women who have come from a trajectory of poverty and/or social exclusion, we empirically analyze the production of contemporary social bonds, in a context of a unified popular economy. The Apoena group of artisans (Vila Estrutural – DF) and the Cooperativa 100 Dimensão (Riacho Fundo II – DF) were the subjects of the research. The study of the social role of women in the world of labor passes through the recognition that their entry and permanence in the market implies an articulation between extra-domestic work and domestic work (taking care of the house, the family, the children, etc.). Thus, the working women put in the center of this thesis are those whose routine is structured in varied actions: family survival x recognition x personal care, etc. In a general way, we demonstrate that between the house and the street, there is a constantly increasing number of women seeking to rewrite their trajectory of socialization in a way not to succumb to social exclusion and invisibility. In agreement to the presupposition that work is not only a generator of merchandises, but above all, of sociabilities and identities positively recognized by the social groupings, we show the existence of a contemporary type of workers: the unified enterprising women. Finally, we highlight the existence of a unified popular economy that favors the recognition of the work of women, especially those that live in a situation of vulnerability, but undertake their work force in the social production and reproduction. _______________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / Motivée par les métamorphoses qui ont lieu dans le monde du travail, par sa crise et par la participation des femmes dans ce contexte, cette thèse a comme objectif la réflexion sur le rôle des femmes entrepreneuses solidaires. Notre objet principal est l'étude de la condition contemporaine des femmes-travailleuses, de manière à comprendre la question suivante: Quel est le rôle des femmes dans le processus de production d'alternatives à la crise actuelle du travail et comment, en même temps, telles initiatives se constituent de champs pour la production de liens sociaux et économiques? À partir de l'étude du travail productif et réproductif, organisé et maintenu par des femmes qui venaient d'une trajectoire de pauvreté et/ou d'exclusion sociale, nous analysons, empiriquement, la production de liens sociaux contemporains dans un contexte d'économie populaire solidaire. Le groupe d'artisanes Apoena (Vila Estrutural – DF) et la Coopérative 100 Dimensão (Riacho Fundo II – DF) ont été les sujets de la recherche. L'étude du rôle social de la femme dans le monde du travail passe par la reconnaissance de l'articulation entre travail extradoméstique et travail domestique (tâches ménagères, attention aux enfants, à la famille etc.) impliquée dans son entrée et permanence dans le monde du travail. Dans ce sens, les femmes-travailleuses qui, mises au centre de cette thèse, sont celles dont le quotidien est structuré en plusieurs actions: survie familiale X reconnaissance et estime de soi; socialisation des enfants X insertion occupationelle; double journée de travail X attention à soi etc. De façon générale, nous démontrons que, entre le privé et le public, il y a de plus en plus de femmes qui cherchent reécrire leurs trajectoires de socialisation de manière à ne pas succomber à l'exclusion et à l'invisibilité sociale. En suivant la perspective selon laquelle le travail n'est pas seulement producteur de biens, mais, surtout, de sociabilités et d'identités positivement reconnues par les groupes sociaux, nous explicitons l'existence d'un type contemporain de travailleuses: les femmesentrepreneuses- solidaires. Finalement, nous soulignons l'existence d'une économie populaire solidaire, qui privilégie la reconnaissance du travail des femmes, notamment de celles qui vivent en situation de vulnérabilité, mais qui entreprennent leur force de travail dans la production et la reproduction sociale.
44

Mulheres e carreiras políticas no poder executivo : representação e gênero nas eleições estaduais e municipais brasileiras

Pinho, Andrea Azevedo 08 June 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2011. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-10-17T09:18:08Z No. of bitstreams: 1 2011_AndreaAzevedoPinho.pdf: 1271001 bytes, checksum: b102d3f82545d0f7ad92d482110a7ee8 (MD5) / Approved for entry into archive by Leila Fernandes (leilabiblio@yahoo.com.br) on 2011-10-18T15:10:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_AndreaAzevedoPinho.pdf: 1271001 bytes, checksum: b102d3f82545d0f7ad92d482110a7ee8 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-10-18T15:10:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_AndreaAzevedoPinho.pdf: 1271001 bytes, checksum: b102d3f82545d0f7ad92d482110a7ee8 (MD5) / O trabalho apresenta uma discussão sobre a construção das trajetórias políticas de homens e mulheres que concorrem para cargos eletivos no poder executivo subnacional nas eleições de 2006 e 2008 a partir de uma perspectiva constitutiva do conceito de representação política. O trabalho analisa os elementos constitutivos das carreiras políticas como indicativos das possibilidades e das limitações à mobilização das identidades políticas das mulheres enquanto grupo no campo político considerando a importância dos processos eleitorais na mobilização e articulação de identidades políticas. A análise das trajetórias políticas permitiu questionar as especificidades da representação política no âmbito do poder executivo e os elementos que conformam a disputa pelos cargos nesse nível. A pesquisa destaca o perfil das candidatas e os principais elementos de diferenciação das carreiras políticas das mulheres na disputa por tais cargos no país, e a partir disso os principais constrangimentos à representação política das mulheres no campo político. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research presents an analysis of the political carriers from men and women running for elective posts for executive offices in the subnational level on the elections of 2006 and 2008. This analysis is made considering a constitutive perspective on the concept of political representation. The research takes the constitutive elements of the political carriers analysed as indications of the possibilities and constrains of political mobilization of women's identities in the political field. It considers the importance of the electoral processes in the mobilization and articulation of political identities. Based on the analysis of the political carriers the research also highlights the specificities of political representation on the executive level and the elements that define the political dispute for those posts in different levels of the subnational political powers. The research emphases the identification of constrains to women's political representation based on their trajectories on the dispute for those positions.
45

Gênero e transgeracionalidade : um olhar sobre a condição feminina e as relações familiares de mulheres de baixa renda de Manaus / Gender and transgeracionality : a look at the women condition an at family relations of the low income women in the Manaus

Praciano, Maria do Socorro Gadelha 08 December 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, Curso de Mestrado Acadêmico, 2011. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2012-07-16T20:41:38Z No. of bitstreams: 1 2011_MariadoSocorroGadelhaPraciano.pdf: 720240 bytes, checksum: 46b32ab130f6ed010668df6646cdd530 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2012-07-18T12:01:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_MariadoSocorroGadelhaPraciano.pdf: 720240 bytes, checksum: 46b32ab130f6ed010668df6646cdd530 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-07-18T12:01:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_MariadoSocorroGadelhaPraciano.pdf: 720240 bytes, checksum: 46b32ab130f6ed010668df6646cdd530 (MD5) / Resumo: O objetivo geral desta pesquisa qualitativa foi conhecer dimensões da condição feminina de mulheres de baixa renda de Manaus. Os objetivos específicos foram conhecer características das relações familiares, conjugalidade, sexualidade, maternidade e expectativas de vida. O foco de atenção recaiu nas repercussões transgeracionais, nas questões de gênero e nas influências de dimensões históricas, sociais, étnicas, culturais e econômicas sob a experiência dessas mulheres. Participaram da pesquisa doze mulheres (avó, mãe e neta) de quatro famílias. Os dados foram coletados através de questionário demográfico e entrevistas semi-estruturadas. A análise de discurso revelou aspectos da transgeracionalidade intrafamiliar, tendencias de gênero e marcas da história e da cultura regional: as famílias são matrilineares; o cuidar e a maternidade são vistos como privilégios; as filhas vêem suas mães como guerreiras no exercício dos papéis de mãe e de pai; o papel do homem é secundário, como parceiro, provedor e pai; o exercício precoce da conjugalidade e da sexualidade está presente nas três gerações; autonomia sexual da mulher. Mulheres pobres da Região Norte do Brasil necessitam de políticas públicas que privilegiem a interação gênero, geração, raça, classe e cultura. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Abstract: The main objective of this qualitative research was to identify dimensions of the feminine condition of low income women of Manaus. The specific objectives were to understand the characteristics of family and marital relationships, sexuality, maternity and life expectations. The focuses of attention were the transgenerational repercussions, the gender issues, and the influences of historical, social, ethnic, cultural and economic dimensions on the experiences of these women. Twelve women - grandmothers, mothers and granddaughters of four families participated in the research. Data were collected with a demographic questionnaire and a semi-structured interview. A discourse analysis revealed aspects of the transgenerational transmission, gender trends and of the impact of the history and culture of the region: the families are matrifocal; maternity and caring for children and others are conceived as a privilege; the daughters see their mothers as “warriors” since they exercise the roles of mother and father; men have a secondary role as a partners, providers and fathers; women of all three generations begin their sexual and conjugal experiences at an early age; women have sexual autonomy. Impoverished women of the North Region of Brazil need to be the target of public policies centered on the interaction between gender, generation, race, social class and culture.
46

Integração de políticas de gênero no Estado : Brasil e Canadá em perspectiva comparada

Miranda, Cynthia Mara 10 May 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2012. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2012-09-11T20:56:50Z No. of bitstreams: 1 2012_CynthiaMaraMiranda.pdf: 1188101 bytes, checksum: 116d37c0dc9b2482bcdbd2bd90d8ba05 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2012-09-13T11:12:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_CynthiaMaraMiranda.pdf: 1188101 bytes, checksum: 116d37c0dc9b2482bcdbd2bd90d8ba05 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-09-13T11:12:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_CynthiaMaraMiranda.pdf: 1188101 bytes, checksum: 116d37c0dc9b2482bcdbd2bd90d8ba05 (MD5) / Esta tese é um estudo comparativo das relações que a sociedade civil, o parlamento e os governos estabelecem para integrar as questões de gênero no Estado brasileiro e canadense, desde a criação da “Plataforma de Pequim” em 1995, momento paradigmático para a incorporação das questões de gênero nas políticas e programas dos governos até o ano de 2011. O foco predominante foi dado no Brasil a partir de 2003 com a chegada do Partido dos Trabalhadores na gestão do país, e no Canadá a partir de 2006, com a gestão federal do Partido Conservador. Ao estudar as relações em prol da igualdade de gênero estabelecidas pela sociedade civil, pelo parlamento e governos, buscamos dar ênfase às enunciações de três segmentos: feministas, parlamentares e gestores públicos das políticas de igualdade. Ao longo desta pesquisa, constatamos a presença de diferentes constrangimentos e oportunidades políticas que atrizes e atores, de distintos espaços de fala, vivenciam para institucionalizar as questões de gênero no Estado brasileiro e canadense. A disputa das temáticas de gênero pelas feministas brasileiras e canadenses implicou, em muitos momentos, em um enfrentamento constante aos valores culturais arcaicos ainda presentes nas sociedades, as forças políticas conservadoras, e as orientações neoliberais que influenciam a ação dos estados. As conclusões apontam que o sucesso na disputa pela incorporação das questões de gênero no Estado depende da construção de alianças entre feministas, parlamentares e governo. O estudo mostrou, dessa maneira, que a igualdade entre os gêneros para as feministas, parlamentares e gestores públicos está distante da realidade dos dois países, já que nenhum deles tem oferecido oportunidades de inserção igualitárias para as mulheres na sociedade, na política e na economia. O estudo mostrou, dessa maneira, que se as alianças são forças impulsoras para a integração das políticas de gênero nos Estados, os seus avanços e os seus recuos; a igualdade entre os gêneros para as feministas, parlamentares e gestores públicos continua distante da realidade dos dois países, ainda que os índices de desigualdade se distanciem entre os dois países, já que nenhum deles tem oferecido plenas oportunidades de inserção igualitárias para as mulheres na sociedade, na política e na economia. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis is a comparative study that investigates the integration and establishment of gender issues in civil society, parliament and government of both countries, since the creation of the Beijing Platform in 1995, which was a paradigmatic moment for the incorporation of political gender issues and governmental programs up to 2011. In Brazil, the significant fact occurred in 2003, when the Labours Party started to run the country. In Canada, the main fact happened in 2006, when the Federal Conservative Party came to power. By studying the relation established by civil society, parliament and government, in favor of gender equality, we emphasises the utterances of three segments: feminists, legislators and public administrators of equality policies. Throughout this research, we found the presence of different constraints and political opportunities that actors and actresses, from different places of speech, experienced in order to institutionalises gender issues in Brazil and Canada. The discussion concerning gender thematic, raised by Brazilian and Canadian feminists, triggered a constant confrontation related of cultural values remaining from archaic societies, conservative political forces, as well as, the neoliberal guidelines that influence the actions of states. The findings suggest that the success of the dispute to the incorporation of gender issues in the State depends on building alliances among feminists, parliament and government. The study showed that the gender equality for feminists, legislators and public administrators are distant from the reality of both countries, as none of them has offered opportunities for the inclusion of women in the society, politics and economy. In addition, the study showed that the alliances are the driving forces to the integration of gender policies in the States, their progress and their setbacks, the gender equality for feminists, legislators and public administrators are still far from the reality of both countries, even although the levels of inequality are different between them, as none of them has offered full integration and equal opportunities for women in society, politics and the economy.
47

A tragédia de Maria* : o assassinato enquanto experiência constitutiva

Carneiro, Ludmila Gaudad Sardinha 25 November 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2008. / Submitted by Ângela Christina (angelchris@bce.unb.br) on 2009-05-12T18:17:31Z No. of bitstreams: 1 2008_LudmilaGaudadSardinhaCarneiro.pdf: 1170777 bytes, checksum: 4f230f2a6fd4ac8a1afed0c184252681 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2009-05-14T13:47:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_LudmilaGaudadSardinhaCarneiro.pdf: 1170777 bytes, checksum: 4f230f2a6fd4ac8a1afed0c184252681 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-05-14T13:47:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_LudmilaGaudadSardinhaCarneiro.pdf: 1170777 bytes, checksum: 4f230f2a6fd4ac8a1afed0c184252681 (MD5) Previous issue date: 2008-11-25 / As experiências que compõem a trajetória de vida de um indivíduo são alicerçadas em relações generizadas que o constituem, sobretudo, enquanto mulher ou homem em nossa sociedade. A cada uma destas duas categorias culturalmente construídas, porém muito bem sedimentadas como naturais no imaginário social, são remetidas uma série de características que estruturam o que é normal ou desviante para o comportamento de cada uma delas. Por meio da história oral de Maria* é possível reconstruir uma trajetória de vida calcada em relações generizadas que a instituíram prioritariamente como mulher e, conseqüentemente, como mãe. Tida antes como mulher que como pessoa, Maria* passou por uma série de experiências que só foram possíveis unicamente pelo ser generizado que ela se tornou. Sendo mulher, prioritariamente experiências de vitimização. O meio encontrado para sair do esperado papel social de vítima foi subverter as características tidas como normais para as mulheres, assumindo um suposto desvio ao aproximar-se do comportamento tido como normal para os homens: agente da violência. Julgada pelo Sistema Penal não só pelo ato ilícito que cometeu, Maria* respondeu à Justiça e à sociedade não só por tentar cometer assassinato, mas principalmente por não se comportar, conforme a expectativa social, como mulher e mãe. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The experiences that make up the life path of an individual are based in gendered relations – relations that, above all, establish the individual as a woman or a man in our society. For each of these two culturally constituted categories – however cemented as natural in social imagery – a series of characteristics that determine what is normal or deviant for their behavior are assigned. Through Maria‟s oral history it is possible to rebuild a life trajectory rooted in gendered relations that have structured her primarily as a woman, and, consequently, as a mother. Regarded first as a woman rather than as a person, Maria* has been through a number of experiences that were only possible due to the gendered being that she has become. As a woman, these experiences were fundamentally victimizing ones. In order to escape the expected social role of victim, she subverted the characteristics held as normal for women, evoking a supposed deviation by reclaiming the behavior seen as normal to men: she became an agent of violence. Judged by the penal system not only for her illegal behavior, Maria* has answered to justice and society alike not only for trying to commit murder, but also for not behaving as a woman and as mother, like society expected her to do.
48

Estudo da mortalidade materna no município de Dourados Mato Grosso do Sul de 2002 a 2005

Chedid, Grace Reiter 02 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2009-10-19T16:52:54Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Grace.pdf: 629652 bytes, checksum: 1794a1b76821474f6caa24dcd535e102 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-11-09T13:26:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação Grace.pdf: 629652 bytes, checksum: 1794a1b76821474f6caa24dcd535e102 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-11-09T13:26:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação Grace.pdf: 629652 bytes, checksum: 1794a1b76821474f6caa24dcd535e102 (MD5) Previous issue date: 2007-02 / Introdução - A morte materna é um indicador de saúde da mulher e, de certa forma, da saúde da população da qual a vítima pertence. Uma análise abordando as possíveis situações do cotidiano das vítimas, propícias a implantação de doenças, esclarece a amplitude da situação de saúde em que as falecidas se encontravam, dessa forma, o presente estudo aborda aspectos relacionados com a mortalidade materna no Município de Dourados - MS. Objetivos - Conhecer o perfil clínico epidemiológico e social das mulheres que evoluíram para óbito materno no período entre 2002 e 2005. Materiais e Métodos – Estudo Epidemiológico descritivo do tipo série de casos. Analisaram-se os 30 registros de óbitos maternos ocorridos em Dourados, independente do Município de residência das vítimas. O estudo envolveu mortes maternas obstétricas, tardias e não obstétricas; os dados foram coletados com a utilização de instrumento com questões abertas e fechadas, a partir de investigações realizadas em fichas pertencentes ao Comitê de Mortalidade Materno-Infantil e Fetal de Dourados e entrevistas com familiares das vítimas. Resultados - Verificou-se que a maioria dos óbitos esteve associada com o sangramento severo, 60% a cesarianas, 66,6% em gestações não planejadas, 43,3% realizando 06 consultas de pré-natal, recomendadas como mínimas pelo Ministério da Saúde, 50% falecidas entre uma hora e 42 dias após o parto e aborto, das gestações que resultaram em nascimentos 65% com menos de 37 semanas, 73,3% de analfabetas ou com o ensino fundamental incompleto, 50% negras ou pardas, 20% vivendo com menos de um dólar americano/dia, 46,6% com atividades trabalhistas para ajudar na renda familiar, 3,3% tendo acesso ao serviço de escoamento de esgoto e 50% de água por rede geral, 26,6% vítimas de violência durante a gestação. O livre acesso de acompanhante intrahospitalar foi permitido a 30% dos casos e somente 60% dos familiares obtiveram informações da evolução clínica de suas entes. Conclusão – A mortalidade materna verificada no Município de Dourados apresenta elevados valores, principalmente por causas que poderiam ser evitadas, o que justifica o emprego de estratégias diferenciadas de assistência, de forma a contribuir com a redução da razão de mortalidade observada nesse município. _____________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction – Maternal death is an indicator of women’s health and also of the population health as whole. This study is on some aspects related to maternal death in the municipality of Dourados, MS. Objectives –To know the epidemiological and social profile of those women who died between 2002 and 2005. Material and Methods – It is an epidemiological study of a series of maternal death cases reported. The study held obstetrical maternal deaths, late motherly deaths and even non-obstetrical deaths. The data were obtained by an instrument with direct and non-direct questions, from investigation sheets that belong to the Commitee Materno-Infantil e Fetal of Dourados and by interviewing the victim’s relatives. Results – It was verified that the most deaths were associated to severe bleeding, 60% to cesarean operations, 66,6% to non-planned pregnancy, 43,3% to 6 – prenatal visits to the doctor as it is recommended by the Ministry of Health, 73,3% to illiterated women or to those who did not attend all years of elementary school, 50% to black or brown skinned women, 20% to women who have an American dollar/day income and 26,6% to women victim of violence during pregnancy. Free access to patient during her hospital staying was allowed in 30% of the cases and only 60% of the family members got informed about the clinical evolution of the patient. Conclusion – Maternal mortality rate is very high in the country of Dourados because of reasons that could be avoided. If different strategies of assistance were taken, maternal mortality rate would be reduced in Dourados, MS.
49

O trabalho e a construção da mulher na sociedade

Aquini, Ana Maria do Nascimento January 1993 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciencias da Educação / Made available in DSpace on 2012-10-16T05:31:56Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T18:09:49Z : No. of bitstreams: 1 91759.pdf: 2659705 bytes, checksum: 027d9d391a0993f227d5224566016017 (MD5) / Durante séculos a mulher muito trabalhou, mas limitada ao espaço privado da casa, tendo e criando filhos. Ela era uma mulher natureza. Quando estimulada pela base econômica, vai para a fábrica. mesmo em condições adversas, aparece desenvolvendo uma atividade produtiva no espaço público. é o primeiro passo. Agora a mulher está construíndo sua individualidade. Primeiramente ela se põe no mundo através de reivindicações trabalhistas específicas e posteriormente através das mais diversas estruturas da organização social. O objeto deste estudo é apreender e analisar essa caminhada através da transcendência, conceito que expressa a absoluta necessidade dos homens saírem de si, colocarem-se e construírem-se no mundo e, ao mesmo tempo, construírem o próprio mundo.
50

Mulheres de periferia : tecendo redes na construção da cidadania /

Marques, Siomara Aparecida January 1996 (has links)
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. / Made available in DSpace on 2012-10-16T10:10:51Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T20:37:58Z : No. of bitstreams: 1 138788.pdf: 20910239 bytes, checksum: 26f132b3f3c45cb06168e74a6513b980 (MD5)

Page generated in 0.0395 seconds