• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4208
  • 108
  • 108
  • 100
  • 96
  • 90
  • 38
  • 33
  • 28
  • 28
  • 18
  • 12
  • 10
  • 8
  • 7
  • Tagged with
  • 4357
  • 1676
  • 860
  • 761
  • 735
  • 643
  • 574
  • 540
  • 459
  • 426
  • 379
  • 376
  • 352
  • 348
  • 345
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Gênero e poder : Diva Nolf Nazário na luta pelo voto feminino /

Silva, Lenina Vernucci da. January 2014 (has links)
Orientador: Lucila Scavone / Banca: Discini Campos / Banca: Lídia Maria Viana Possas / Resumo: A intenção desta dissertação é trazer a história e a luta da sufragista batataense Diva Nolf Nazário, uma jovem acadêmica de Direito que, junto com outras mulheres organizadas na Federação Brasileira para o Progresso Feminino (FBPF) reivindicou o direito ao voto e, de maneira mais ampla, a inclusão da mulher no espaço público da política. Diva Nolf juntou documentos para tirar seu título de eleitora e participar das eleições presidenciáveis de 1922, mas este direito foi negado a ela. A situação que passou a inspirou a publicar um livro em 1923 em que narra seu caso e traz um amplo levantamento sobre a temática do voto feminino. Pretende-se entender o indivíduo Diva Nolf enquanto sujeito singular e coletivo, pensar ela como única e plural, em suas relações com as demais militantes da FBPF. Para compreender a sua luta, foi realizada uma pesquisa de campo que envolveu o levantamento de documentos da FBPF; a análise de seu livro; de seu histórico escolar e uma entrevista com sua prima em Batatais que possibilitou reconstruir sua infância e sua família. A pesquisa bibliográfica trouxe como pano de fundo a formação da República brasileira e os anos 1920, analisados por meio do uso dos Estudos de Gênero e Feminismo e História das Mulheres / Abstract: The main goal of the following paper is to bring to the lights the history of the suffragist fight of Diva Nolf Nazário. Diva was a young academic of law and- along with other women of the "Federação Brasileira para o Progresso Feminino" (FBPF) - she claimed to women the right to vote and, more widely, claimed the inclusion of women in the political space. Diva Nolf presented all the documents needed to have her permission to vote in the 1922's general elections for president, but it was denied under the Constitution. The then law student did not agree with the decision and published in a newspaper an article that contested each argument of the judge who denied her permission to vote. Also in this article, Diva argued about the situation of women in Brazil. She claims, based upon her studies at the Largo do São Francisco College, that women are not considered nonvoters by the Brazilian Constitution and, thus, the denial of her permission to vote was against the Constitution. This situation inspired Diva to publish a book, in 1923, in which she brings the feminine vote to discussion. In order to understand her struggle, a field research, which handled carefully documents of the FBPF, was executed, an analysis of her book and of documents of the period she was a law student was done and her cousin from Batatais (Diva's homeland) was interviewed. This made possible the understanding of her Family and childhood. The bibliographic research brought to this paper the formation of the Republic in Brazil and the 20'. Those elements were analyzed under the scope of Studies of Gender and Feminism and the History of Women. The analysis of Diva's biography and her book helped understanding the process of struggle for the civil rights for women in the Republic and the role played by young women in achieving the women's right to vote / Mestre
32

Seguindo as tramas da beleza em Maputo

Cruz, Denise Ferreira da Costa 14 May 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2012-10-18T14:46:51Z No. of bitstreams: 1 2012_DeniseFerreiraCostaCruz.pdf: 3068647 bytes, checksum: f0db9cdb0180fc8f2e0581b198b47107 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2012-10-23T13:04:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_DeniseFerreiraCostaCruz.pdf: 3068647 bytes, checksum: f0db9cdb0180fc8f2e0581b198b47107 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-23T13:04:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_DeniseFerreiraCostaCruz.pdf: 3068647 bytes, checksum: f0db9cdb0180fc8f2e0581b198b47107 (MD5) / Esta dissertação é uma etnografia das técnicas corporais no universo da beleza feminina em Maputo. Busco compreender os modos de simbolização sobre o corpo e a beleza, atentando para os gestos, discursos e práticas sob a perspectiva de algumas mulheres que conheci. O trabalho é, mais especificamente, uma descrição das práticas do corpo observadas a partir da relação deste com seus adornos. Os adornos serão tomados aqui como todas as marcas corporais, cabelos, roupas e objetos que compõem a estética feminina. Buscando seguir as diferentes ênfases dadas localmente a cada parte do corpo, percebi que a cabeça recebe destaque; os cabelos, por sua vez, são os principais e mais cobiçados objetos entre as mulheres que conheci. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present dissertation is an ethnography of body techniques among the female beauty universe of Maputo. I intend to comprehend the symbolization of body and beauty, while paying attention to gestures, discourses and practices from the perspective of some of the women I met. This work is, in a more specific way, a description of body practices observed in the body's relation with its ornaments. Ornaments are understood here as any body mark, hair, garments and objects that compounds the feminine aesthetics. While following the different local emphases over each part of the body, I realized that the head is highlighted; hair, in its turn, is the main and most coveted object among the women I met.
33

The sisters: a study of D. H. Lawrence's mode of female characterization

Silva, Irene Ribarolli Pereira da January 1977 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Letras. / Made available in DSpace on 2012-10-15T20:05:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T13:15:17Z : No. of bitstreams: 1 234667.pdf: 3333889 bytes, checksum: fccdf84f7222bf6c08ffa8501225257c (MD5)
34

Marias, Franciscas e Raimundas

Wolff, Cristina Scheibe January 1998 (has links)
Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. / Made available in DSpace on 2016-01-09T01:12:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 138270.pdf: 17533859 bytes, checksum: 59da43054afcd993c9b4d18e3c42e84c (MD5) Previous issue date: 1998
35

O sujeito poético do desejo erótico: a poesia de Gilka Machado sob a ótica de uma leitura estética e política feminista

Oliveira, Ana Paula Costa de January 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura. / Made available in DSpace on 2012-10-20T03:31:08Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2013-07-16T19:03:19Z : No. of bitstreams: 1 184500.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Nesta dissertação, é proposta uma discussão, sob a égide do feminismo, a respeito do cânone - visto como uma estrutura de exclusão - e a noção de valor literário e estético aplicada às obras de escritoras(es) não-canônicas (os) e mais especificamente, à obra poético-erótica de Gilka Machado. É trazida uma versão historiográfica das condições em que viviam as mulheres no Brasil durante os trinta primeiros anos do século XX - a chamada Belle Époque - e sobre os discursos formadores e práticas vigentes na época. Além disso, analisou-se a relação entre a proposta da Nova Mulher, defendida pelas feministas européias e norte-americanas, a qual seria independente em todos os campos, inclusive no exercício de sua sexualidade, e a representação do sujeito lírico da poesia de Gilka Machado. Elaborou-se ainda um texto relacionando a vida e a obra da poetisa. A seguir, há uma leitura da poesia da autora em questão, destacando valores estéticos feministas, a presença do erotismo desvelado, um tema até então nunca utilizado por mulheres na história da poesia lírica brasileira, sendo destacadas a apresentação do sujeito lírico no feminino como sujeito do desejo, a transgressão dos valores conservadores sob a conduta sexual das mulheres, que estavam sendo ideologicamente implantados, e a contradição, representada pela afirmação em alguns versos dos mesmos valores conservadores que estavam sendo combatidos em outros poemas. Entretanto, a pesquisa revela que a poesia de Gilka Machado apresenta um caráter inovador e até mesmo antecipador de pressupostos existencialistas que somente vieram a ser amplamente desenvolvidos por Simone de Beauvoir nos anos 40 e 50.
36

A estabilidade provisoria da mulher em razão da maternidade : elementos para uma analise critica

Baierle, Leonardo January 1986 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciencias Juridicas / Made available in DSpace on 2016-01-08T15:25:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 91701.pdf: 2067184 bytes, checksum: fb7c4d20330d4f2f7eff9302e60f6c76 (MD5) Previous issue date: 1986 / Esta dissertação não pretende ser mais do que um apanhado geral de dados descritivos referentes à situação legal da mulher em razão da maternidade no mundo do direito do trabalho. Não se discutirá salário maternidade, objeto de benefício da Previdência Social, compreendendo quatro semanas antes e oito semanas após o parto, mas a segurança no emprego durante o período de gravidez da mulher-empregada e até que a criança atinja determinada idade, chamada de estabilidade provisória e restrita ao campo das convenções coletivas e ao poder normativo da Justiça do Trabalho. O objeto do trabalho foi construido não sem dificuldades, decorrentes de vários fatores. Primeiramente, nessa área do direito social as pesquisas são escassas. Em segundo lugar, em virtude da necessidade de se optar por um posicionamento mais panorâmico, ao invés de um recorte do objeto que possibilitasse um aprofundamento específico, fosse no direito comparado, fosse nas convenções coletivas ou fosse no plano doutrinal, jurisprudencial ou da legislação nacional. Desta forma, estamos conscientes de que a dissertação fornece dados informativos preliminares, portanto provisórios, que futuramente poderão sofrer um tratamento mais apurado dentro da plêiade de tópicos levantados en passant e que, sem dúvida, estariam por merecer análises específicas. Destarte, nosso objetivo é demonstrar a importância de se reconhecer o direito do emprego da mulher em razão da maternidade. A lei civil fala que a personalidade do homem começa do nascimento com vida, mas a lei põe a salvo desde a concepção os direitos do nascituro. Não basta reconhecer o direito, mas positivá-lo de forma mais ampla possível. Ademais, ?a função social do direito é dar valores a interesses, a bens da vida, regular-lhes a distribuição entre os homens?, porque o seu objeto é o próprio homem. Essa garantia do emprego da mulher em razão da maternidade envolve valores sócio-políticos e econômicos e o plano social ressalta-se a saúde, definida pela Organização Mundial da Saúde, organismo especializado da ONU, como sendo ?um estado de completo bem-estar fisico que não consiste somente em uma ausência de doença ou enfermidade?. O Capítulo I subverte a lógica dentro da dogmática jurídica, pois constitui-se como uma análise breve dos fatos sociais no quotidiano, indicadores da situação como real concreto. Assim sendo, ver-se-ão alguns dados que serão marcados pelos critérios de uma amostragem estatística, não perdendo o seu valor qualitativo como sinais inegáveis de uma anomia jurídica, definida aqui como situação social carente de uma regulação jurídica eficaz socialmente, reveladora de uma inadequação entre lei do Estado e direito na sociedade. São, sem sombra de dúvidas, poucas linhas gerais, porem carregadas com o ?anedotário? da imprensa sobre o absurdo de tal situação, onde a trabalhadora objeto de nossa análise particular sofre inumeras injustiças decorrentes de sua situação em razão da maternidade e de suas condições de trabalho. A estabilidade ?stricto sensu? na CLT é possível desde que trabalhe para o mesmo empregador durante dez anos. Porém, com o advento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (Lei 5.107/66) esse direito dificilmente poderá ser obtido, pois na admissão da empregada lhe é exigida a chamada ?opção?, sem que lhe seja dado o direito de discutir qual o sistema que melhor convém. Evidenciamos assim, como chegamos a privilegiar esta problemática, mostrando que pelo menos a estabilidade provisória em razão da maternidade é um direito legítimo da mulher empregada. Ressalte-se que, a partir da constatação desse fenômeno, muitas abordagens poderiam ser feitas, como uma análise sociológica, psicológica, filosófica ou jurídica. Pensamos incursionar nesta última, porém sem olvidar outros aspectos, como se verá, mas de forma informática e não interpretativa. No Capitulo II tenta-se ab initio a defesa de uma proteção mais ampla, ocasião onde brevemente se tecem comentários sobre a participação/integração da mulher na sociedade moderna e os avanços e percalços desse ?ator? social na sua busca de inserção social.
37

Direitos, demandas e narrativas das mulheres : notas etnográficas dos discursos na arena jurídica e na militância online/offline

Almeida, Michele Faise de 15 August 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, 2014. / Submitted by Larissa Stefane Vieira Rodrigues (larissarodrigues@bce.unb.br) on 2014-12-02T17:02:13Z No. of bitstreams: 1 2014_MicheleFaiseDeAlmeida.pdf: 2218949 bytes, checksum: 64d924a75e46c22421192ffda735af9b (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2014-12-02T18:05:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_MicheleFaiseDeAlmeida.pdf: 2218949 bytes, checksum: 64d924a75e46c22421192ffda735af9b (MD5) / Made available in DSpace on 2014-12-02T18:05:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_MicheleFaiseDeAlmeida.pdf: 2218949 bytes, checksum: 64d924a75e46c22421192ffda735af9b (MD5) / A presente dissertação tem como escopo apresentar notas etnográficas da movimentação de mulheres, no espaço virtual e fora destas fronteiras, contemplando seus direitos, demandas e narrativas. Os rituais, simbologias e sentidos atribuídos por elas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This work has the objective to present ethnographic notes the movement of women into the virtual space and outside these boundaries, contemplating their rights, claims and narratives. The rituals, symbols and meanings attributed to them.
38

Gênero e mulheres indígenas : um olhar pela bioética de intervenção

Vitoy, Bernardino 06 October 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Bioética, 2015. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2015-12-01T20:24:03Z No. of bitstreams: 1 2015_BernardinoVitoy.pdf: 549913 bytes, checksum: d6bbb689a58b1080882865133a7a7302 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-01-25T13:50:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_BernardinoVitoy.pdf: 549913 bytes, checksum: d6bbb689a58b1080882865133a7a7302 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-25T13:50:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_BernardinoVitoy.pdf: 549913 bytes, checksum: d6bbb689a58b1080882865133a7a7302 (MD5) / Adotamos o marco teórico da perspectiva descolonial em busca de elementos que possibilitem a compreensão das posições de gênero e papeis das mulheres nas sociedades indígenas, com o propósito de inspirar politicas públicas que respondam às necessidades das mulheres indígenas do Brasil. Sem a pretensão de apresentar conclusões definitivas, sob o risco de recorrer no mesmo equivoco da universalização eurocêntrica que tanto combatemos, apresentamos algumas reflexões que fundamentam a ideia de que os conceitos propostos por Organismos Internacionais como “universalizáveis” e fortemente incorporados no vocábulo das politicas públicas de gênero não são suficientes para compreender as complexidades e diferenças próprias das comunidades indígenas. Para isto é necessário observar com maior detalhe as diferenças e peculiaridades das relações de gênero nas sociedades indígenas e criticar aproximações eurocêntricas e universalistas para evitar perpetuar uma abordagem que, embora com boas intenções, reproduza e exacerbe o patrão colonial. / We adopted the theoretical framework of the decolonial perspective searching for elements that enable the comprehension of gender roles and positions of women in indigenous societies, in order to inspire public policies addressing the needs of indigenous women in Brazil. Without claiming definitive conclusions, at the risk of making the same mistake of Eurocentric universality that we fight, here there are some reflections grounding the idea that the concepts proposed by International Organizations as "universalizable" and strongly embedded in the speech of gender public policies is not enough to understand the complexities and differences of indigenous communities. For this it is necessary to observe in more details the differences and peculiarities of gender relations in indigenous societies and criticize Eurocentric and universal approaches to avoid perpetuating an approach, which although with good intentions, may reproduce and exacerbate the colonial pattern.
39

Dançatar: Sobre Mulheres, Trajetórias e Narrativas em dança

Borges, Naranda Costa 11 June 2015 (has links)
Submitted by Naranda Borges (narandac@hotmail.com) on 2015-08-24T16:10:41Z No. of bitstreams: 1 TESENARANDACOMPLETA.pdf: 8621326 bytes, checksum: d849e7e55084f1226ca9dba871b80746 (MD5) / Approved for entry into archive by Rodrigo Meirelles (rodrigomei@ufba.br) on 2015-09-14T11:48:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESENARANDACOMPLETA.pdf: 8621326 bytes, checksum: d849e7e55084f1226ca9dba871b80746 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-09-14T11:48:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESENARANDACOMPLETA.pdf: 8621326 bytes, checksum: d849e7e55084f1226ca9dba871b80746 (MD5) / CNPq / Esta tese apresenta o Dançatar como uma proposta em dança para uma ação dialógica da mulher contemporânea, rumo à experimentação de diferentes faces do seu feminino, com o intuito de promover a singularidade da mulher e a valorização do imaginário feminino, por meio de uma tensão das oposições reveladas na narrativa corporal. O problema motivador partiu da necessidade de buscar estratégias em dança para a realização da mulher frente aos novos desafios e solicitações da contemporaneidade. Levanto como hipótese que as estratégias do Dançatar promovem o encontro da mulher com o seu Self através da revelação de sua narrativa corporal, que provoca o acontecimento de seu inaugurar-se, que entendo aqui como a ação de surpreender-se, a partir do deslocamento das zonas de conforto, conhecidas, experimentadas e arraigadas. A abordagem metodológica parte de uma pesquisa experimental desenvolvida com mulheres nos Experimentos, com a aplicação dos Princípios e Indicadores referenciais do projeto Dançatar, e a avaliação da propriedade de sua interação e intervenção. Seu enfoque se instaura no campo das sensibilidades, do imaginário e dos paradigmas da contemporaneidade e se apoiou na Psicologia, História Oral, Sociologia, Filosofia, Antropologia, através de autores como Gilbert Durand, Michel Maffesoli, Miriam Goldenberg, Siegmund Hurwitz, Valéria Fabrizi Pires, Carl Gustav Jung, Zygmunt Bauman, Mary Del Priore e Marly Riberio Meira. Foram considerados pesquisadores da Dança e dos Estudos da Performance como Eliana Rodrigues Silva, José Gil, María Fux, Klauss Vianna e Ivaldo Bertazzo, Richard Schechner, Zeca Ligiéro. Os argumentos partiram dos arquétipos das figuras mitológicas da Eva e da Lilith, apontadas como oposições assumidas que instauram uma dialógica crítica nesta pesquisa. A sua transposição é aventada a partir do mito de Leila Diniz e sua inserção na cultura brasileira, apresentada como arquétipo feminino brasileiro que inspira a possibilidade de uma interação criativa entre as oposições anteriores. Ao final da tese são apresentadas as Prospecções conclusivas da Dançatar. / This thesis presents the Dançatar as a proposed methodology to dance in a dialogical action of contemporary women, towards experimentation of different sides of her feminine, with the aim of promoting the uniqueness of the woman and the appreciation of feminine imagery, through a tension of opposites revealed in body narrative. The motivating problem stemmed from the need to seek strategies in dance for the realization of women face the new challenges and demands of contemporary times. Raise the hypothesis that the Dançatar strategies promote the woman lying with your Self through the revelation of his body narrative, which causes the event to be inaugurated his, I understand here as the action of surprise from the displacement of comfort zones, known, experienced and entrenched. The methodological approach is based on an experimental research conducted with women in experiments with the application of the Principles and Indicators reference Dançatar the design and evaluation of the property of their interaction and intervention. His approach is established in the field of sensitivities, the imaginary and the contemporary paradigms and leaned in Sociology, Psychology, Oral History, Sociology, Philosophy, Anthropology, by authors such as Gilbert Durand, Michel Maffesoli, Miriam Goldenberg, Siegmund Hurwitz, Valeria Fabrizi Pires, Carl Gustav Jung, Zygmunt Bauman, Mary Del Priore and Marly Riberio Meira. We considered researchers Dance and Performance Studies as Eliana Rodrigues Silva, José Gil, Maria Fux, Klauss Vianna and Ivaldo Bertazzo, Richard Schechner, Zeca Ligiéro. The arguments left of the archetypes of the mythological figures of Eve and Lilith, identified as assumed oppositions which establish a dialogical critical for this search. Its implementation is raised from the myth of Leila Diniz and their integration into Brazilian culture, presented as Brazilian female archetype that inspired the possibility of a creative interaction between the previous oppositions. At the end of the thesis are presented conclusive prospecting of Dançatar.
40

(Re) pensando a criminologia : reflexões sobre um novo paradigma desde a epistemologia feminista

Mendes, Soraia da Rosa 20 August 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, 2012. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2013-01-09T12:51:18Z No. of bitstreams: 1 2012_SoraiadaRosaMendes.pdf: 1467198 bytes, checksum: 72c5bf0c2891b3017cdacd94cc047868 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2013-01-10T13:38:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_SoraiadaRosaMendes.pdf: 1467198 bytes, checksum: 72c5bf0c2891b3017cdacd94cc047868 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-01-10T13:38:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_SoraiadaRosaMendes.pdf: 1467198 bytes, checksum: 72c5bf0c2891b3017cdacd94cc047868 (MD5) / A mola propulsora desta investigação científica é a constatação de que a maioria dos trabalhos encontrados no Brasil sobre a condição feminina, seja como autora de crimes, seja como vítima, encontra-se referenciada em paradigmas criminológicos conformadores de categorias totalizantes. Paradigmas estes que, muito pouco, ou nada, se aproximam do que já produziu a teoria feminista. Assim, o problema está em saber qual a condição de possibilidade de existência de um referencial criminológico feminista autônomo. A hipótese formulada é a de que se faz necessário um giro epistemológico e a adoção de um novo paradigma oferecido pela teoria crítica feminista. O objetivo principal desta tese é, em consequência, a construção deste referencial epistemológico que, sem abrir mão da crítica ao direito penal, compreenda os processos de criminalização e vitimização das mulheres sob a perspectiva de gênero. Para chegar a tal nível de construção teórica, busca-se na análise bibliográfica no campo da história, da sociologia, da filosofia, do direito e, claro, da teoria feminista, o material necessário para o trabalho artesanal de coser elementos para uma criminologia feminista. Trata-se neste trabalho, enfim, da apresentação de uma criminologia que não pretende ser a “única” criminologia feminista. Mas “uma”, dentre as várias possibilidades de construção do conhecimento, que a diversidade de feminismos, e suas correspondentes epistemologias, apresentam. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The driving force of this research is the finding that most of works found in Brazil on the status of women, either as perpetrators or victims, are cited in criminological paradigms of conformable totalized categories. These paradigms have little or nothing to do with what the Feminist Theory has already created. Thus, the problem is how to know the condition of possibility of existence of an autonomous feminist criminological reference. The hypothesis formulated herein is the need for an epistemological shift and the adoption of a new paradigm provided by the feminist critical theory. The main goal of this thesis is the creation of this epistemological reference which, without giving up on the criminal law criticism, understands the women criminalization and victimization processes from the gender perspective. In order to reach such level of theoretical creation, the material needed for a feminist criminology is found on the literature review in the fields of History, Sociology, Philosophy, Law, and of course, Feminist Theory. This work is, indeed, the presentation of a criminology that does not intend to be the “only” feminist criminology, but “another one”, among many possibilities of building knowledge that the diversity of feminisms and their corresponding epistemologies present.

Page generated in 0.0514 seconds