• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 183
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 188
  • 124
  • 48
  • 27
  • 23
  • 22
  • 21
  • 21
  • 19
  • 19
  • 18
  • 17
  • 16
  • 14
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Maturação sexual em bezerras nelore com suplementação alimentar: Maria Carolina Villani Miguel. -

Miguel, Maria Carolina Villani [UNESP] 06 September 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:32:52Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-09-06Bitstream added on 2014-06-13T19:22:39Z : No. of bitstreams: 1 000742990.pdf: 1133783 bytes, checksum: 03f6e050832c55ed22457b81cc3c727e (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / The aim of this study was to evaluate the gonadotropins concentration from birth to weaning, follicular characteristics ( diameter and total number of follicles and follicular waves ) and plasma leptin from birth to first ovulation of Nelore heifers supplemented with ground corn (1.5- 2% body weight/animal/day). Twelve Nelore heifers, born with an average of 33 ± 3.08 kg, were divided into two groups: Treated (TG, n=6; receiving supplementation) and Control (CG, n = 6; without supplementation). After weaning, at five months, heifers in both groups received the same basal and the calves of the TG were added 1.5 to 2 % body weight / animal / day of ground corn. From the 18th day of life were performed ovarian evaluations in each every four days until the first ovulation to analyze the follicular characteristics. Additionally, were held every two months, daily evaluations for consecutive 17 days in order to monitoring the follicular waves. Concomitantly to ovarian evaluations were collected venous blood samples for plasma LH, FSH, leptin and progesterone quantification. The plasma concentration of leptin increased in TG th th th th at 13 , 14 , 16 and 17 month of life Five TG heifers ovulated at 17.8 ± 1.1 months and one CG heifer ovulated to 20.1 months. Based on these results it could be concluded that supplementation with ground corn anticipated age at first ovulation and increased plasma leptin from five months before the first ovulation
32

Estimativa do surto de crescimento puberal pela avaliação das vértebras cervicais em radiografias cefalométricas laterais /

Armond, Mônica Costa. January 2000 (has links)
Orientador: Julio Cezar de Melo Castilho / Banca: Orivaldo Tavano / Banca: Luiz Cesar de Moraes / RESUMO: O objetivo nesta pesquisa foi estimar o crescimento e desenvolvimento esqueletal observando radiograficamente as alterações morfológicas da primeira, segunda e terceira vértebras cervicais , de acordo com o método proposto por Hassel & Farman32 (1995) em pacientes que se encontravam no surto de crescimento puberal. A inspeção radiográfica das vértebras cervicais foi realizada por meio de telerradiografias laterais e o surto de crescimento puberal foi identificado através dos eventos de ossificação da mão e punho. Para tanto, foram selecionadas as telerradiografias laterais e radiografias carpais de 110 brasileiros leucodermas de ambos os sexos, com idade cronológica variando dos 8 a 14,6 anos para as meninas e dos 9,5 aos 15,4 anos para os meninos. Os resultados revelaram que houve correlação estatisticamente significante entre os indicadores de maturação das vértebras cervicais (IMVC) e aqueles pacientes que se encontravam no surto de crescimento puberal. Concluiu-se que a avaliação radiográfica das alterações morfológicas das vértebras cervicais, nas telerradiografias laterais, constitui um parâmetro alternativo, confiável e prático na avaliação esquelética, vindo a complementar a gama de informações que se deve obter do paciente em tratamento ortodôntico e, circunstancialmente, substituir outros métodos de avaliação / ABSTRACT: The aim of this research was to estimate the skeletal growth and development by observingradiographically the morphological changes of the first, second and third cervical vertebrae, according to the method proposed by Hassel &Farman32 (1995) in patients who were going through the outbreak of pubertal growth. The radiographic inspection of the cervical vertebrae was performed by means of cephalometric radiographs and the outbreak of pubertal growth was identified through the events of ossification of the hand and wrist. For that purpose, we selected thecephalometric radiographs and hand•wrist radiographs of 110 Brazilianleukoderms, male and female,with chronological age ranging from 8 to 14,6 years old for the girls and from 9,5 to 15,4 years old for the boys.The results showed that there was a statistically significant correlation between the maturation indicators of the cervical vertebrae and the patients who were going through the outbreak of pubertal growth. The conclusion was that the radiographic evalution of the changes of the cervical vertebrae, in the cephalometric radiographs, is an alternative parameter, which is reliable and practical in the skeletal evalution, and the it completes the range of information that must be obtained from the patient under orthodontic treatment and that it can, circumstantially, replace other methods of evalution / Mestre
33

Surto de crescimento puberal: relação entre mineralização dentária, idade cronológica, idade dentária e idade óssea : método radiográfico /

Moraes, Mari Eli Leonelli de. January 1997 (has links)
Orientador: Edmundo Médici Filho / Banca: Jorge Abrão / Banca: Frab Norberto Boscolo / Banca: Flávio Vellini Ferreira / Banca: Weber José da Silva Ursi / Resumo: Com uma amostra de 244 pacientes, sendo 112 meninos e 132 meninas, com idades de 7 a 15 anos, estudamos pelo método radiográfico, a relação entre as fases da curva padrão do surto de crescimento puberal (SCP) com as fases da mineralização dentária dos caninos, pré-molares, segundo e terceiro molares inferiores. Estudamos também a correlação entre as idades cronológica, dentária e óssea quando agrupadas de acordo com as fases do SCP. Para calcular a idade dentária, utilizamos radiografias panorâmicas, aplicando a Tabela de Nicodemo et al.114, 1992, e para calcular a idade óssea, utilizamos radiografias carpais, aplicando o método de Eklöf & Ringertz28 , 1967, pelo software Radiocef. Verificamos que existe correlação positiva alta entre as médias das idades estudadas, quando agrupadas de acordo com as fases do SCP. Quanto à mineralização dentária, verificamos que as fases mais marcantes da relação entre SCP e mineralização dentária, considerando os dois sexos agrupados, apontam no início do SCP, que o segundo molar está iniciando a formação radicular; no pico, que o canino está completando o fechamento apical; e que no fim do SCP, o canino e os pré-molares estão com os ápices fechados, mas o segundo molar está terminando a formação radicular, ainda com o ápice aberto. O fechamento apical do canino, pré-molares e segundo molar é um forte indicador de que o SCP já terminou. As curvas de crescimento elaboradas mostram que a mineralização dentária acompanha as fases do SCP, indicando que a relação entre elas é válida, e desse modo, a radiografia dentária pode ser utilizada clinicamente para verificar a época do SCP / Abstract: In this research, the relation of stages of pubertal growth spurt and stages of tooth mineralization of lower canine, first and second bicuspid, second and third molar, was investigated in 112 subjects boys and 132 girls, by radiographic method. We also studied the correlations of chronological age, dental age and skeletal age, arrange in accord of the individuals by the stages of pubertal growth spurt. The dental age was performed using the method of Nicodemo et al.114, 1992, in panoramic films, and, the skeletal age was assessed by a established computer software Radiocef, using the method Eklöf & Ringertz28, 1967, in carpals films. We found a high correlation among ages studied. The more significant stages of tooth mineralization, when the sex are considered together, shows that in the beginning of spurt, the second lower molar is beginning the root formation. At the peak the canine is accomplish the apex. At the end of spurt the apex of the canine, first and second bicuspid are closed, but the second molar is finishing the root formation, but still with the apex open. The apical closure of canine, bicuspids and second molar is a strong indicator that the pubertal growth spurt is already finished. The developmental curvs show that the chronology of tooth mineralization proceed together with the spurt's stages and can be used clinically to verify the stages of growth pubertal spurt / Doutor
34

Efeitos da progesterona exógena na produção in vitro de embriões em novilhas Nelore pré-púberes /

Corrêa, Rafael Rodrigues. January 2015 (has links)
Orientador: Joaquim Mansano Garcia / Coorientador: Naiara Saraiva Zoccal / Banca: Fábio Morato Monteiro / Banca: José Octavio Jacomini / Banca: Maria Emilia Franco Oliveira / Banca: Gilson Hélio Toniollo / Resumo: A progesterona e seus análogos têm sido utilizados para diversas finalidades na reprodução animal. O objetivo deste estudo foi avaliar a influencia da progesterona injetável no número de oócitos recuperados, na qualidade oocitária e produção embrionária de novilhas Nelore pré-púberes. Foram utilizadas 31 fêmeas com idade entre 18 a 20 meses, não gestantes e não cíclicas. As doadoras de oócitos foram divididas em 3 grupos experimentais em delineamento crossover da seguinte maneira: Grupo P0 (n=11), os animais deste grupo receberam duas aplicações de solução placebo (1 mL), com intervalo de 7 dias iniciando 14 dias (D-14) antes da primeira aspiração (D-0); Grupo P7 (n=10): os animais receberam uma aplicação de solução placebo (1 mL) 14 dias (D-14) e uma de progesterona (P4) injetável (150mg) 7 dias (D-7) antes da aspiração; Grupo P14 (n=10), neste grupo os animais receberam duas aplicações de P4 injetável (150mg) com intervalo de 7 dias, a primeira 14 dias (D-14) e a segunda 7 (D-7) dias antes da aspiração. Realizaram-se um total de três aspirações foliculares em intervalos de 28 dias. Os animais que apresentaram CL durante o experimento foram alocados em um grupo separado para serem analisados e comparados com o grupo sem CL. Os oócitos recuperados foram selecionados e submetidos aos procedimentos da PIVE. Após a confirmação da homocedasticidade (BoxCox) e normalidade (teste de Cramér-von Mises) dos dados, realizou-se a análise de variância (ANOVA). O teste de Tukey foi utilizado para as comparações das médias das variáveis, para as correlações dos dados foi utilizado o teste de correlação de Pearson, e significantes quando p≤ 0,05. Não foram verificadas diferenças significativas (p>0,05) quanto ao número de oócitos recuperados (oócitos totais), oócitos viáveis (G I, II, III), entre os animais tratados (grupos P7 e P14) em relação aos animais que não receberam P4 (grupo P0). As... / Abstract: Progesterone has been used for various purposes in the animal reproduction. The objective of this study was to evaluate the influence of exogenous progesterone injection in the number of recovered oocyte, oocyte quality and embryo production of prepubertal Nelore heifers. We used 31 females (18 to 20 months) non pregnant and without corpus luteum (CL). Cows were divided in 3 groups in a cross-over design: Group I P0 (n=11), animals received two placebo solution applications (1 mL), 7-day interval and starting 14 days (D-14) before the first aspiration (D-0); Group II P7 (n=10) treated group, the animals received a placebo solution application (1 mL) 14 days (D-14) and injecting progesterone (P4; 150 mg) 7 days (D-7) before aspiration; Group III P14 (n = 10), animals received two injections of P4 (150mμg) with an interval of 7 days, the first 14 days (D-14) and the second 7 days (D-7) before aspiration. We conducted 3 aspiration with 28-day intervals. The animals with CL during the experiment were placed in a separate group to be analyzed and compared with the group without CL. The recovered oocytes were selected and submitted to the procedures of the in vitro embryo production (IVEP). After confirming the homocedasticity (BoxCox) and normality (Cramér-von Mises test) of the data, carried out the analysis of variance (ANOVA). Tukey's test was used to compare the means of the variables and the pearson correlation test was used for correlations of the data, considered significant when p ≤ 0.05. There were no significant differences (p> 0.05) in the number of oocytes retrieved (total oocytes), viable oocytes (GI, II, III), between the animals treated (P7 and P14 groups) and animals that did not receive P4 (P0 group). The animals showed an average of 14.98 ± 10.82 oocytes collected by aspiration session. The mean and standard deviation of rates (%) of viable oocytes and embryos produced did not differ (p> 0.05) between groups. The ... / Doutor
35

Prevalência de insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em adolescentes

Martins, Cilene Rebolho 25 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2010 / Made available in DSpace on 2012-10-25T01:14:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 282666.pdf: 4570041 bytes, checksum: cc7d407299afd7f64fbe6862dd6e7ace (MD5) / Este estudo teve como objetivo analisar a prevalência de insatisfação com a imagem corporal e os fatores associados em adolescentes. A amostra foi composta por 531 adolescentes do sexo feminino, de 11 a 14 anos, estudantes de escolas estaduais do município de Florianópolis/SC, Brasil. Utilizou-se a amostragem por conglomerado, em dois estágios. Foram aplicados questionários para a avaliação da imagem corporal (BSQ) e de comportamentos de risco para anorexia e bulimia (EAT-26). Foram coletadas informações sociodemográficas, antropométricas (massa corporal, estatura e dobras cutâneas) e relacionadas à maturação sexual. Utilizou-se a estatística descritiva e a análise de regressão Poisson, com ajuste para o efeito do desenho amostral, sendo a insatisfação com a imagem corporal o desfecho do estudo. A prevalência de insatisfação com a imagem corporal foi de 24,1% (IC95%= 17,5-30,7), e a de adolescentes que apresentaram comportamentos de risco para anorexia e bulimia foi de 26,0% (IC95%: 23,6-28,3). Os resultados mostraram que, em relação ao IMC, as adolescentes com excesso de peso (RP=1,49; IC95%=1,19-1,87; p=0,03) e com peso normal (RP=1,15; IC95%=1,04-1,27; p=0,03) estavam mais insatisfeitas com a imagem corporal. Em relação ao %G, a insatisfação corporal foi maior naquelas com %G muito alto (RP=1,52; IC95%=1,21-1,90; p=0,004) e alto (RP=1,25; IC95%=1,18-1,32; p=0,004). Adolescentes na faixa etária de 13-14 anos (RP=1,07; IC95%=1,03-1,11; p=0,02) e que apresentaram comportamento de risco para anorexia e bulimia (RP=1,36; IC95%=1,13-1,64; p=0,02, no modelo que incluiu o IMC, RP=1,37; IC95%=1,19-1,59; p=0,01, no modelo que incluiu o %G) apresentaram maior prevalência de insatisfação com a imagem corporal. Os dados levantados no presente estudo permitem concluir que as prevalências de insatisfação com a imagem corporal e de comportamentos de risco para anorexia e bulimia foram elevadas, sendo a insatisfação corporal associada à faixa etária, ao estado nutricional, ao nível de adiposidade corporal e aos comportamentos de risco para anorexia e bulimia. Diante disso, destaca-se a importância da promoção de mudanças na imagem corporal de adolescentes do sexo feminino, a fim de prevenir o desenvolvimento de transtornos alimentares.
36

Ultrassonografia pélvico-abdominal na avaliação dos marcos puberais em meninas com artrite idiopática juvenil

Machado, Sandra Helena January 2016 (has links)
Introdução: A Artrite Idiopática Juvenil (AIJ) inicia-se principalmente no intervalo etário de oito a catorze anos, podendo estar associada a déficit de crescimento e atraso puberal. O estadiamento de Tanner e a avaliação ultrassonográfica da pelve podem detectar atrasos no desenvolvimento puberal. Objetivos: Comparar a maturação sexual das meninas com AIJ a controles saudáveis, por meio da avaliação clínica dos estágios de Tanner e dos parâmetros da ultrassonografia (US) pélvica e relacionar esses achados aos níveis de hormônios sexuais e fatores relacionados à doença. Comparar, também, os dados antropométricos e a idade da menarca entre os dois grupos e relacioná-los a fatores de risco ligados à AIJ. Delineamento: Estudo transversal com grupo controle Metodologia: O estudo foi realizado com 44 meninas com AIJ e 59 controles com idades entre seis e dezoito anos incompletos, sem uso de glicocorticoides há no mínimo seis meses e sem outras doenças crônicas concomitantes. O diagnóstico de AIJ foi realizado de acordo com critérios da Liga Internacional das Associações de Reumatologia (ILAR). Foi realizada avaliação antropométrica, e a maturação sexual foi avaliada por meio dos estádios de Tanner. A US pélvica abdominal foi utilizada para avaliar as medidas do útero dos ovários e o índice de pulsatilidade das artérias uterinas (IP). Foram medidos níveis hormonais de FSH, LH, estrógeno, progesterona e IGF-1 nas meninas com AIJ. Resultados: Os parâmetros da US pélvica foram correlacionados aos estágios de Tanner no grupo controle (p <0,001). Todas as medidas de útero e ovários foram menores nas meninas com AIJ quando comparadas ao grupo controle. A média do IP das artérias uterinas foi maior nas meninas com AIJ. Estratificando-se por idade, o volume do útero foi menor nas meninas com AIJ na faixa etária de 10-11 anos (p < 0,004) e 14-15 anos (p=0,042), e a relação corpo/cérvice AP foi menor no intervalo de 10-11 anos (p=0,007). Os níveis de LH e estradiol foram fortemente relacionados ao aumento dos órgãos pélvicos (p<0,001) e inversamente com IP médio das artérias uterinas (p<0.01). O escore z do IMC e da estatura foi menor nas meninas com AIJ em relação ao grupo controle (p=0,032 e p=0,041 respectivamente). As meninas com AIJ poliarticular e com maior dose cumulativa de glicocorticoide apresentaram a maior chance de ter baixa estatura. Não houve diferença entre os grupos AIJ e controles com relação à idade da menarca. A altura final e a diferença entre essa altura e a altura-alvo familiar não foi diferente entre as meninas com AIJ e as do grupo controle. Conclusão: Nosso estudo mostrou que, mesmo sem uso de glicocorticoide há mais de seis meses, as crianças com formas mais graves de AIJ e que necessitaram de doses maiores de glicocorticoide estão mais suscetíveis ao retardo no crescimento e atraso no início da puberdade. A US pélvica demonstrou ser um exame sensível para avaliação da maturação sexual de meninas, identificando atrasos nas meninas com AIJ não percebidas por meio da avaliação clínica pelos estágios de Tanner. / Introduction: Juvenile Idiopathic Arthritis (JIA) manifests at the 8 to 14-year age span and is often associated with growth deficit and puberty delay. Tanner staging and pelvic ultrasonography (US) can be used to detect pubertal delays. Objectives: To compare sexual maturation in JIA girls and healthy controls (HC) by clinical evaluation with Tanner stages and pelvic US parameters and to correlate these findings with sexual hormone levels and disease related factors. Additionally, to compare anthropometric data and menarche age between groups and to correlate such findings with disease related risk factors in JIA patients. Study design: Cross-sectional study. Methods: 44 JIA and 59 healthy girls, aged six to 18 years, free of steroid use in the last six months and with no concomitant chronic diseases were included the study. JIA was diagnosed after the International League of the Rheumatology Associations (ILAR) criteria. Anthropometric and sexual development evaluations by Tanner staging were performed Pelvic US was performed to measure uterus, endometrial thickness, ovaries and uterine artery pulsatility index. Sexual hormone levels were measured in JIA girls. Results: Pelvic US parameters correlated with Tanner stages in HC (p <0.001). All uterine and ovarian measurements were smaller in JIA girls than in HC. Mean uterine artery PI was greater in JIA girls. Uterine volume was smaller in JIA girls at the 10 to 11 (P=0.004) and 14 to 15 year (p=0.042) age strata and the anteroposterior body cervix ratio was smaller in JIA girls the 10 to 11 year stratum (p=0.007). LH and estradiol levels were strongly correlated with pelvic organ size. (P<0.001) and inversely correlated with mean uterine artery PI (p<0.01) BMI and height for age z scores were smaller in JIA girls than in HC. Polyarticular JIA girls and those that had received greater steroid doses had the largest chance to have short stature. There was no difference between JIA girls and HC regarding menarche age. Final height and the final height/target height difference was not different between JIA girls and HC. Conclusion: The current study showed that JIA girls from the most severe subtypes and those that had received the largest steroid cumulative doses were more susceptible to growth and puberty delays, even six months after drug withdrawal. Pelvic US was a sensitive tool in detecting sexual development in girls, being able to identify puberty delays, unsuspected by Tanner stage evaluation.
37

Variação do volume da tireóide durante a puberdade

Lisboa, Hugo Roberto Kurtz January 1999 (has links)
Avaliou-se o desenvolvimento da tireóicle no período da puberdade em 96 escolares da cidade de Passo fundo, Rio Grande do Sul, nos anos 1991 e 1992 e, posteriormente, em 1995 e 1996. Estes ind ivícluos eram provenientes de um subgrupo de 164 alunos selecionados aleatoriamente entre l 096 escolares que participaram da primeira fase do . estudo sobre a prevalência de bócio. Daquele grupo, 96 estudantes foram encontrados e concordaram em participar do novo estudo. Estes tiveram suas tireóides observadas pelo exame clínico e pela ultra-sonografia, avaliados o peso, altura, grau de desenvolvimento puberal em ambos períodos. Na segunda etapa do estudo, além dessas avaliações, foram feitas dosagens laboratoriais: tiroxina total, hormônio estimulante da tireóide, somatomedina C, anticorpos antitireoperoxidase e o iodo urinário. Constatou-se que o volume tireoideano aumenta proporcionalmente mais do que a superf1cie corporal durante a puberdade. Este aumento foi maior em meninos que em meninas e não estava relacionado aos níveis de T4 total, TSH, IOF I e iodo urinário. Através da regressão linear múltipla, observou-se que o aumento do volume tireoideano permanecia associado, de forma independente e significativa, ao tamanho da tireóide no início do estudo, ao aumento ela superfície corporal e ao sexo masculino. A tireóide dos meninos é maior que a das meninas mesmo quando este volume foi ponderado pela superfície corporal. O volume da tireóide apresentou uma correlação positiva com os estágios ela puberdade nos meninos e não nas meninas. Houve um aumento das medidas antropométricas no período do estudo, porém o aumento da prega cutânea tricipital não apresentou significância estatística. A prega cutânea das meninas foi maior que a dos meninos. Os níveis de T4 total diminuíram durante o período da puberdade estudado em meninos. Os níveis de TSH, IGF-1 e a excreção uónária de iodo não apresentaram variação significativa As meninas apresentaram níveis de IGF I maior que os dos meninos. Cerca de 8% dos indivíduos apresentavam Tireoidite de Hashimoto e, nestes, a tireóide era significativamente maior do que os sem esta patologia. Os níveis de TSH médios levemente superiores, embora sem significância estatística, e todos os estudantes com Tireoidíte de Hashimoto eram eutireoideanos no momento do estudo. Houve uma proporção de seis meninas para um menino com Tireoidite de Hashimoto. O suprimento de iodo, através do sal íodado, estava sul:iciente para a população de estudantes no período do estudo. A tireóide, portanto, aumenta de forma significativa no período puberal, porém este crescimento não está associado a fatores conhecidos. Este aumento parece ser uma característica do período puberal e ocorre de forma mais acentuada nos indivíduos do sexo masculino. / Ninety and six schoolchildren in the puberal period were studied to evaluate the thyroid development in 1991-1992 and again in 1995-1996. These individuais came from a sub sample of 164 schoolchildren randomly selected among 1 096 schoolchildren studied in a goiter survey in 1991-1992. The ninety and six actually studied were those found and that agreed on participation in the second part of the study. All students had theirs thyroids examined clinically and through ultra-sonography. The weight, height and triciptal skinfold was obtained. In the second phase o f the study, in addiction to these measurements, the serum total .thyroxin, thyroid stimulating hormone, insulin like growth factor I and urinary iodine were assayed. Proportionally, the thyroid increased more than the body surface area during the period o f puberty studied. This growth was more pronounced in boys than in girls and was not related to total T4, TSH, IGF or urinary iodine excretion. According to a model of multiple regression analysis, the thyroicl growth remained associated independently and significantly to thyroid size at the beginning o f the study, to the body surface area growth and to the male gender. All the anthropometric measures increased significantly during the period of the study with exception o f thc trici ptal skinfold that di c! not reach statistical significance.
38

Ultrassonografia pélvico-abdominal na avaliação dos marcos puberais em meninas com artrite idiopática juvenil

Machado, Sandra Helena January 2016 (has links)
Introdução: A Artrite Idiopática Juvenil (AIJ) inicia-se principalmente no intervalo etário de oito a catorze anos, podendo estar associada a déficit de crescimento e atraso puberal. O estadiamento de Tanner e a avaliação ultrassonográfica da pelve podem detectar atrasos no desenvolvimento puberal. Objetivos: Comparar a maturação sexual das meninas com AIJ a controles saudáveis, por meio da avaliação clínica dos estágios de Tanner e dos parâmetros da ultrassonografia (US) pélvica e relacionar esses achados aos níveis de hormônios sexuais e fatores relacionados à doença. Comparar, também, os dados antropométricos e a idade da menarca entre os dois grupos e relacioná-los a fatores de risco ligados à AIJ. Delineamento: Estudo transversal com grupo controle Metodologia: O estudo foi realizado com 44 meninas com AIJ e 59 controles com idades entre seis e dezoito anos incompletos, sem uso de glicocorticoides há no mínimo seis meses e sem outras doenças crônicas concomitantes. O diagnóstico de AIJ foi realizado de acordo com critérios da Liga Internacional das Associações de Reumatologia (ILAR). Foi realizada avaliação antropométrica, e a maturação sexual foi avaliada por meio dos estádios de Tanner. A US pélvica abdominal foi utilizada para avaliar as medidas do útero dos ovários e o índice de pulsatilidade das artérias uterinas (IP). Foram medidos níveis hormonais de FSH, LH, estrógeno, progesterona e IGF-1 nas meninas com AIJ. Resultados: Os parâmetros da US pélvica foram correlacionados aos estágios de Tanner no grupo controle (p <0,001). Todas as medidas de útero e ovários foram menores nas meninas com AIJ quando comparadas ao grupo controle. A média do IP das artérias uterinas foi maior nas meninas com AIJ. Estratificando-se por idade, o volume do útero foi menor nas meninas com AIJ na faixa etária de 10-11 anos (p < 0,004) e 14-15 anos (p=0,042), e a relação corpo/cérvice AP foi menor no intervalo de 10-11 anos (p=0,007). Os níveis de LH e estradiol foram fortemente relacionados ao aumento dos órgãos pélvicos (p<0,001) e inversamente com IP médio das artérias uterinas (p<0.01). O escore z do IMC e da estatura foi menor nas meninas com AIJ em relação ao grupo controle (p=0,032 e p=0,041 respectivamente). As meninas com AIJ poliarticular e com maior dose cumulativa de glicocorticoide apresentaram a maior chance de ter baixa estatura. Não houve diferença entre os grupos AIJ e controles com relação à idade da menarca. A altura final e a diferença entre essa altura e a altura-alvo familiar não foi diferente entre as meninas com AIJ e as do grupo controle. Conclusão: Nosso estudo mostrou que, mesmo sem uso de glicocorticoide há mais de seis meses, as crianças com formas mais graves de AIJ e que necessitaram de doses maiores de glicocorticoide estão mais suscetíveis ao retardo no crescimento e atraso no início da puberdade. A US pélvica demonstrou ser um exame sensível para avaliação da maturação sexual de meninas, identificando atrasos nas meninas com AIJ não percebidas por meio da avaliação clínica pelos estágios de Tanner. / Introduction: Juvenile Idiopathic Arthritis (JIA) manifests at the 8 to 14-year age span and is often associated with growth deficit and puberty delay. Tanner staging and pelvic ultrasonography (US) can be used to detect pubertal delays. Objectives: To compare sexual maturation in JIA girls and healthy controls (HC) by clinical evaluation with Tanner stages and pelvic US parameters and to correlate these findings with sexual hormone levels and disease related factors. Additionally, to compare anthropometric data and menarche age between groups and to correlate such findings with disease related risk factors in JIA patients. Study design: Cross-sectional study. Methods: 44 JIA and 59 healthy girls, aged six to 18 years, free of steroid use in the last six months and with no concomitant chronic diseases were included the study. JIA was diagnosed after the International League of the Rheumatology Associations (ILAR) criteria. Anthropometric and sexual development evaluations by Tanner staging were performed Pelvic US was performed to measure uterus, endometrial thickness, ovaries and uterine artery pulsatility index. Sexual hormone levels were measured in JIA girls. Results: Pelvic US parameters correlated with Tanner stages in HC (p <0.001). All uterine and ovarian measurements were smaller in JIA girls than in HC. Mean uterine artery PI was greater in JIA girls. Uterine volume was smaller in JIA girls at the 10 to 11 (P=0.004) and 14 to 15 year (p=0.042) age strata and the anteroposterior body cervix ratio was smaller in JIA girls the 10 to 11 year stratum (p=0.007). LH and estradiol levels were strongly correlated with pelvic organ size. (P<0.001) and inversely correlated with mean uterine artery PI (p<0.01) BMI and height for age z scores were smaller in JIA girls than in HC. Polyarticular JIA girls and those that had received greater steroid doses had the largest chance to have short stature. There was no difference between JIA girls and HC regarding menarche age. Final height and the final height/target height difference was not different between JIA girls and HC. Conclusion: The current study showed that JIA girls from the most severe subtypes and those that had received the largest steroid cumulative doses were more susceptible to growth and puberty delays, even six months after drug withdrawal. Pelvic US was a sensitive tool in detecting sexual development in girls, being able to identify puberty delays, unsuspected by Tanner stage evaluation.
39

Variação do volume da tireóide durante a puberdade

Lisboa, Hugo Roberto Kurtz January 1999 (has links)
Avaliou-se o desenvolvimento da tireóicle no período da puberdade em 96 escolares da cidade de Passo fundo, Rio Grande do Sul, nos anos 1991 e 1992 e, posteriormente, em 1995 e 1996. Estes ind ivícluos eram provenientes de um subgrupo de 164 alunos selecionados aleatoriamente entre l 096 escolares que participaram da primeira fase do . estudo sobre a prevalência de bócio. Daquele grupo, 96 estudantes foram encontrados e concordaram em participar do novo estudo. Estes tiveram suas tireóides observadas pelo exame clínico e pela ultra-sonografia, avaliados o peso, altura, grau de desenvolvimento puberal em ambos períodos. Na segunda etapa do estudo, além dessas avaliações, foram feitas dosagens laboratoriais: tiroxina total, hormônio estimulante da tireóide, somatomedina C, anticorpos antitireoperoxidase e o iodo urinário. Constatou-se que o volume tireoideano aumenta proporcionalmente mais do que a superf1cie corporal durante a puberdade. Este aumento foi maior em meninos que em meninas e não estava relacionado aos níveis de T4 total, TSH, IOF I e iodo urinário. Através da regressão linear múltipla, observou-se que o aumento do volume tireoideano permanecia associado, de forma independente e significativa, ao tamanho da tireóide no início do estudo, ao aumento ela superfície corporal e ao sexo masculino. A tireóide dos meninos é maior que a das meninas mesmo quando este volume foi ponderado pela superfície corporal. O volume da tireóide apresentou uma correlação positiva com os estágios ela puberdade nos meninos e não nas meninas. Houve um aumento das medidas antropométricas no período do estudo, porém o aumento da prega cutânea tricipital não apresentou significância estatística. A prega cutânea das meninas foi maior que a dos meninos. Os níveis de T4 total diminuíram durante o período da puberdade estudado em meninos. Os níveis de TSH, IGF-1 e a excreção uónária de iodo não apresentaram variação significativa As meninas apresentaram níveis de IGF I maior que os dos meninos. Cerca de 8% dos indivíduos apresentavam Tireoidite de Hashimoto e, nestes, a tireóide era significativamente maior do que os sem esta patologia. Os níveis de TSH médios levemente superiores, embora sem significância estatística, e todos os estudantes com Tireoidíte de Hashimoto eram eutireoideanos no momento do estudo. Houve uma proporção de seis meninas para um menino com Tireoidite de Hashimoto. O suprimento de iodo, através do sal íodado, estava sul:iciente para a população de estudantes no período do estudo. A tireóide, portanto, aumenta de forma significativa no período puberal, porém este crescimento não está associado a fatores conhecidos. Este aumento parece ser uma característica do período puberal e ocorre de forma mais acentuada nos indivíduos do sexo masculino. / Ninety and six schoolchildren in the puberal period were studied to evaluate the thyroid development in 1991-1992 and again in 1995-1996. These individuais came from a sub sample of 164 schoolchildren randomly selected among 1 096 schoolchildren studied in a goiter survey in 1991-1992. The ninety and six actually studied were those found and that agreed on participation in the second part of the study. All students had theirs thyroids examined clinically and through ultra-sonography. The weight, height and triciptal skinfold was obtained. In the second phase o f the study, in addiction to these measurements, the serum total .thyroxin, thyroid stimulating hormone, insulin like growth factor I and urinary iodine were assayed. Proportionally, the thyroid increased more than the body surface area during the period o f puberty studied. This growth was more pronounced in boys than in girls and was not related to total T4, TSH, IGF or urinary iodine excretion. According to a model of multiple regression analysis, the thyroicl growth remained associated independently and significantly to thyroid size at the beginning o f the study, to the body surface area growth and to the male gender. All the anthropometric measures increased significantly during the period of the study with exception o f thc trici ptal skinfold that di c! not reach statistical significance.
40

A reclusão pubertaria no Kamayura de Ipawu : um enfoque biocultural

Tavares, Sergio Correa 13 April 1994 (has links)
Orientador: Maria Beatriz Rocha Ferreira / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica / Made available in DSpace on 2018-07-19T14:08:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tavares_SergioCorrea_M.pdf: 5286791 bytes, checksum: dfd8492756d8f7b91c2d38bd4e0632d8 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: A presente pesquisa teve como meta o estudo da Reclusão Pubertária em jovens Kamayurá no Alto Xingu ¿ MT, sob o enfoque biocultural. Diferentes dimensões dos reclusos foram observadas para construir o objeto deste trabalho, a saber: crescimento físico, aspectos maturacionais, performance motora, atividade diária, alimentação, informações dos pais e representantes da Aldeia sobre Reclusão. Em suma a Reclusão Pubertária foi estudada sob a dinâmica biológica segundo o enfoque biomédico, e a dinâmica cultural da percepção dos Kamayurá sobre o assunto. È importante realçar que o grupo indígena ainda conserva em sua cultura um conjunto e símbolos e significados específicos desta fase etária. Foram utilizados procedimentos etnográficos e cinematográficos para o levantamento das informações e coleta de dados com a participação do pesquidador no cotidiano da Aldeia. Especificamente foram usadas como fontes primárias os depoimentos de informantes, observações, medidas antropométricas e testes de performance motora. È importante mencionar que todas as técnics utilizadas foram permitidas pelos pais e lideres Kamayurá. O crescimento e aspectos maturacionais foram estudados através de medidas antropométricas (peso, altura, circunferência, dobras cutâneas). Os aspectos sexuais secundários foram observados através do desenvolvimento os seios, idade da menarca para mulheres. Para os homens, a análise do desenvolvimento maturacional foi feita através de fotografias, no sentido de classificar o desenvolvimento maturacional, utilizando-se Tabela de desenvolvimento de genitais. A performance motora dói estudada através de testes motores para verificação da agilidade, potência anaeróbica, abdominal e força manual. ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: : The goal of the presented research is to study the ¿pertuberty seclusion¿ of youngsters of the Kamayurá tribe in the Alto Xingu ¿ MT from a biocultural point of view. Several different aspects of seclusion were observed such as physical growth, maturation, motor performance, daily activity, food habits and information from the parents and representatives of the tribe about the seclusion. In summary, the puberty seclusion was studied from a biomedical and cultural point of view the late one as perceived by the people of the Kamayurá tribe. It should be emphasized the Kamayurá still conserves a number of symbols and specific and meaning related to this age group. The research used ethnographic procedures and kinanthropometric measures to obtain the information. To this effect be lived among the KaKamayurá tribe during ten days, period of time allowed by the leaders. The primary sources to compile the obtained data were: interviews, observations, anthropometric measurements and motor performance tests. It is important to note that all techniques used were authorized by the parents of the children studied and leaders od Kamayurá. The growth and maturation was studied by the following anthropometric measurement weight, height, circunference and skinfold thickness. The secondary sexual aspects of woman were studied by observing the breast development and the age of menarche. ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Mestre em Educação Física

Page generated in 0.0278 seconds