• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 105
  • 10
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 118
  • 64
  • 24
  • 15
  • 12
  • 12
  • 12
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análisis isobolográfico de la interacción entre diclofenaco y dexibuprofeno en dolor agido térmico

Frías Escalona, María Francisca January 2007 (has links)
Trabajo de Investigación Requisito para optar al Título de Cirujano Dentista / El dolor constituye un síntoma importante que se presenta con diferentes características, siendo los AINEs, los fármacos de primera elección para lograr la antinocicepción. Se ha demostrado, a través de análisis isobolográficos, que estas drogas pueden interactuar al ser combinadas y, cuando el efecto es sinérgico, constituye un avance para la búsqueda de combinaciones que, además de tener un efecto analgésico óptimo presenten una disminución significativa de los efectos secundarios. Se analizó la combinación de dexibuprofeno, droga relativamente nueva, con diclofenaco, una droga ampliamente estudiada y probada en la clínica. En un ensayo experimental, a través del movimiento de la cola, por medio del análisis isobolográfico, se estudiaron proporciones isoequivalentes de dexibuprofeno con diclofenaco. Las asociaciones resultaron ser sinérgicas, con la excepción de la asociación dexibuprofeno 1/diclofenaco 3). El hallazgo de la sinergia entre los AINEs puede ser de relevancia clínica, porque la asociación permite alcanzar niveles de analgesia mayor con menores efectos adversos.
2

Analise quantitativa de diclofenaco em preparações farmaceuticas

Souza, Rafael Leandro de 03 August 2018 (has links)
Orientador : Matthieu Tubino / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-08-03T22:30:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Souza_RafaelLeandrode_M.pdf: 3200756 bytes, checksum: e53971513f0aa2aac2e19a1dd811d902 (MD5) Previous issue date: 2004 / Mestrado
3

Avaliação da associação do diclofenaco de sódio com sildenafil no edema de pata induzido por carragenina

Salvador, Camila Garcia January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-25T14:51:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 294656.pdf: 408131 bytes, checksum: b7582aaca838bf07e5a98c15f943c34d (MD5) / O sildenafil é um inibidor seletivo e potente da fosfodiesterase seletiva de guanosina monofosfato cíclico (GMPc), que catalisa a hidrólise do GMPc. Recentemente, o sildenafil demonstrou efeito antinociceptivo em modelos animais após administração local, periférica e sistêmica, além de potenciar a antinocicepção do diclofenaco. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito anti-edematogênico do diclofenaco com sildenafil no edema de pata induzido por carragenina em ratos. Foram administradas doses crescentes de sildenafil (0,01; 0,1 e 1,0 mg/Kg) e diclofenaco (0,25; 0,5; 2,5 e 5,0 mg/Kg) separadamente a grupos de seis animais. Posteriormente, foi administrado sildenafil e diclofenaco associados nas doses de 0,01 mg/Kg e 0,25 mg/Kg respectivamente. Cada grupo com seis animais recebeu uma hora antes do estímulo inflamatório (carragenina) a dose referente a cada dose testada. No presente estudo, o diclofenaco teve ação anti-edematogênica sozinho em todas as doses testadas, porém, a resposta observada não foi sempre diretamente proporcional à dose aplicada. Já o sildenafil mostrou-se pró-edematogênico quando utilizado sozinho e, quando utilizado em dose subefetiva associado ao diclofenaco, inibiu a ação anti-edematogênica do diclofenaco. Os resultados sugerem que o sildenafil pode interferir negativamente com terapias anti-inflamatórias.
4

Avaliação da relação entre composição corporal e biodisponibilidade de uma formulação de diclofenaco sódico / Evaluation of the relationship between body composition and biodisponibility of a formulation of sodium diclofenaco

Capistrano Júnior, Valden Luis Matos 13 February 2017 (has links)
CAPISTRANO JÚNIOR, V. L. M. Avaliação da relação entre composição corporal e biodisponibilidade de uma formulação de diclofenaco sódico. 2017. 141 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia Clínica) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. / Submitted by ppgfarmaprofissional Mestrado Profissional (ppgfarmaprofissional@gmail.com) on 2017-08-09T02:37:57Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_vlmcapistranojr.pdf: 4206554 bytes, checksum: 4bb7cc7d3179cc6ba965fa153531f284 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-08-09T12:17:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_vlmcapistranojr.pdf: 4206554 bytes, checksum: 4bb7cc7d3179cc6ba965fa153531f284 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-09T12:17:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_vlmcapistranojr.pdf: 4206554 bytes, checksum: 4bb7cc7d3179cc6ba965fa153531f284 (MD5) Previous issue date: 2017-02-13 / Introduction: The increase of chronic-degenerative diseases has a great relation with the body composition, both in the obesity process and in clinical cases of sarcopenia in which both, according to the literature, can cause changes in the pharmacokinetics of the drugs. Objective: To evaluate the relationship between body composition and bioavailability of diclofenac sodium formulation in healthy volunteers. Methods: This was a cross-sectional study, consisting of twenty-four healthy subjects (age range: 18-50 years) who received 50 mg of oral sodium diclofenaco. Hematological, biochemical and physical methods (bioelectric impedance method) were obtained before study admission. Pharmacokinetics parameters were evaluated by high performance liquid chromatography coupled to mass spectrometry. The relationships between pharmacokinetics and body composition were evaluated with Pearson correlations. Student's t-test was used for continuous variables and was established at p <0.05. Results: There was a significant inverse correlation between an area under a concentration time curve of 0 to 24h (water), intracellular water (r = -0.4917, p = 0.0147) = -0.4406, p = 0. 0312), extracellular water (r = -0.4964, p = 0.0136) and basal metabolic rate (r = -0.5033, p = 0.0122); (R = -0.4908, p = 0.0149), intracellular water (r = -0.4401, p = 0.0314), between the area under the concentration time curve from zero to infinity (ASC0-), Extracellular water (r = -0.4946, p = 0.0140) and basal metabolic rate (r = -0.5023, p = 0.0124); (R = -0.7290, p <0.0001), intracellular water (r = -0.6750, p = 0.0003), extracellular water (r = -0.7519, p <0.0001) (R = -0.7505, p <0.0001). Conclusion: The low values of ASC0-t (h) and ASC0- are associated with higher values of lean body mass, intracellular water, extracellular water and basal metabolic rate. Adequacy of the dose of diclofenac sodium based on these can avoid prescription errors, improve prognosis and reduce side effects. / Introdução: O aumento das doenças crônico-degenerativas possui uma grande relação com a composição corporal, tanto no processo de obesidade, como em quadros clínicos de sarcopenia no qual ambos, de acordo com a literatura, podem provocar alterações na farmacocinética dos medicamentos. Objetivo: Avaliar a relação entre composição corporal e biodisponibilidade da formulação de diclofenaco sódico em voluntários saudáveis. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, composto por vinte e quatro indivíduos saudáveis (faixa etária: 18-50 anos) que receberam 50 mg de dicoflenaco de sódio em única dose via oral. Análises hematológicas, bioquímicas e composição corporal (método de impedância bioelétrica) foram obtidas antes da admissão do estudo. A farmacocinética foi avaliada por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à espectrometria de massa. As relações entre farmacocinética e composição corporal foram avaliadas com correlações de Pearson. O teste t de Student foi utilizado para variáveis contínuas e o erro foi estabelecido em p <0,05. Resultados: Houve correlação inversa significativa entre a área sob a curva de tempo de concentração de 0 a 24h (ASC0-t (h)) e massa magra (r = -0,4917, p = 0,0147), água intracelular (r = -0, 4406, p = 0,0312), água extracelular (r = -0,4964, p = 0,0136) e taxa metabólica basal (r = -0,5033, p = 0,0122); (r = -0,4908, p = 0,0149), água intracelular (r = -0,4401, p = 0,0314), entre a área sob a curva de tempo de concentração do zero ao infinito (ASC0-), água extracelular (r = -0,4946, p = 0,0140) e taxa metabólica basal (r = -0,5023, p = 0,0124); E entre concentração máxima (Cmax) observada e massa magra (r = -0,7290, p <0,0001), água intracelular (r = -0,6750, p = 0,0003), água extracelular (r = -0 , 7519, p <0,0001) e taxa metabólica basal (r = -0,7505, p <0,0001). Conclusão: Os valores baixos de ASC0-t (h) e ASC0- se associam a maiores valores de massa magra corporal, água intracelular, água extracelular e taxa metabólica basal. A adequação da dose de diclofenaco de sódio com base nestes parâmetros pode evitar erros de prescrição, melhorar o prognóstico e reduzir os efeitos secundários.
5

Estudo comparativo do potencial antiinflamatório do diclofenaco de potássio e da hidrocortisona no Eritema Solar / Comparative study of the potential anti-inflammatory diclofenac potassium and hydrocortisone in Solar Erythema

Sallum, Josineire Melo Costa January 2007 (has links)
SALLUM, Josineire Melo Costa. Estudo comparativo do potencial antiinflamatório do diclofenaco de potássio e da hidrocortisona no eritema solar. 2007. 130 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2007. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2013-07-16T15:57:55Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_jmcsallum.pdf: 1797259 bytes, checksum: 86a40347c9968e27ad1750ed87f07e7c (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes(erikaleitefernandes@gmail.com) on 2013-07-16T16:37:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_jmcsallum.pdf: 1797259 bytes, checksum: 86a40347c9968e27ad1750ed87f07e7c (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-16T16:37:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_jmcsallum.pdf: 1797259 bytes, checksum: 86a40347c9968e27ad1750ed87f07e7c (MD5) Previous issue date: 2007 / There is evidence that UV radiation causes the release of mediators of inflammation molecules, these molecules responsible for triggering some of the biochemical reactions that cause erythema (L.Pons Gimier; JLParra Juez, 2005). Erythema is a physiological response very complex, composed of many variables that influence. Presents with a reddish skin, disappearing digital pressure. Erythema by flushing is due to arterial vasodilation active with increasing temperature, due to an inflammatory process, if the solar radiation. (Sampaio, 2000). The SPF is defined as the ratio between the amount of energy required to produce minimal erythema on the degree of protected skin with the sunscreen, and the amount of energy it takes the same level of erythema on unprotected skin. In this clinical study, double-blind, randomized, comparative, controlled aimed to evaluate the anti-inflammatory drug diclofenac and hydrocortisone treatment in preventive and remedial treatment of sunburn in healthy volunteers and fotipos skin I, II and III Pathak, 1983. Two groups of each 10 volunteers participated in this study: one group to determine the curative and preventive anti-inflammatory effects of Diclofenac diethylammonium, and the other, for determining the curative and preventive anti-inflammatory effect of Hydrocortisone on erythema. Four areas were demarcated in the infrascapular regions of each volunteer curative treatment and two control and two for the preventive treatment and control. As a source of ultraviolet light irradiation was used Arc Solar Simulator-Multisport. To read the erythema was used Mexameter equipment that quantifies the melanin and hemoglobin. / Há evidências de que a radiação UV provoca liberação de moléculas mediadoras da inflamação, moléculas estas responsáveis pelo desencadeamento de algumas reações bioquímicas que originam o eritema (L.Pons Gimier; J.L.Parra Juez,2005). O eritema é uma resposta fisiológica muito complexa, composta por inúmeras variáveis que o influencia. Se apresenta com uma coloração avermelhada da pele, desaparecendo à digitopressão. O eritema por rubor, é devido à vasodilatação arterial ativa, com aumento de temperatura, decorrente de um processo inflamatório, no caso a radiação solar. (Sampaio, 2000). O FPS é definido como a razão entre a quantidade de energia necessária para produzir um grau de eritema mínimo na pele protegida com o filtro solar, e a quantidade de energia que leva ao mesmo grau de eritema na pele não protegida. Neste estudo clínico, duplo-cego, aleatorizado, comparativo e controlado teve como objetivo avaliar o efeito antiinflamatório dos medicamentos Diclofenaco e da Hidrocortisona no tratamento preventivo e no tratamento curativo de eritema solar em voluntárias sadias e com fotipos de pele I,II e III segundo PATHAK,1983. Dois grupos de 10 voluntárias cada participaram deste estudo: um grupo para a determinação do efeito antiinflamatório curativo e preventivo do Diclofenaco dietilamônio, e outro grupo, para a determinação do efeito antiinflamatório curativo e preventivo da Hidrocortisona em eritema solar. Foram demarcadas quatro áreas nas regiões infraescapular de cada voluntária duas para tratamento curativo e controle e duas para o tratamento preventivo e o controle. Como fonte de irradiação de luz ultravioleta foi utilizado um Simulador de Arco Solar- Multisport. Para a leitura dos eritemas foi utilizado o Mexameter, equipamento que quantifica a melanina e a hemoglobina.
6

O aumento da seletividade cox-2 influencia na modulação do edema de pata de rato induzido por carragenina? / The increase of selectivity COX-2 influences in the modulation of paw edema induced rat for carrageenan?

Cavalcante, Daniel de Sá January 2007 (has links)
CAVALCANTE, Daniel de Sá. O aumento da seletividade cox-2 influência na modulação do edema de pata de rato induzido por carragenina?. 2007. 46 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem,Fortaleza, 2007. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2011-12-06T12:48:20Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_dscavalcante.pdf: 290306 bytes, checksum: f4bb7242db09bb899b154ce8ab443f0a (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-01T13:33:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_dscavalcante.pdf: 290306 bytes, checksum: f4bb7242db09bb899b154ce8ab443f0a (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-01T13:33:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_dscavalcante.pdf: 290306 bytes, checksum: f4bb7242db09bb899b154ce8ab443f0a (MD5) Previous issue date: 2007 / The anti-inflammatories might present several efects about de therapeutical efficacy being some powerful antiinflammatories, but others act as excellent analgesics. In this study were observed and compared the anti-edematogenic efects of selective COX-2 non-steroidal antiinflammatories, lumiracoxib 5mg/Kg, 30mg/Kg, 100mg/Kg, relatively selected, nimesulide 25mg/Kg, meloxicam 30mg/Kg, non selective COX, diclofenac 20mg/Kg, yet of the glucocorticoids dexamethasone (3mg/Kg) and hydrocortisone (4mg/Kg), on the classic model of the edema on rat paw induced by carrageenan. Each group of four animals got one hour before the subcutaneous injection (sc) of the inflamatory estimulation the dosage of each drug to be tested, being that the control group received saline solution 0.9%. After one hour of the management of those dosages, 0.1% to 1% of carrageenan was injected in the right paw of each animal. The volume of the edema paw was checked four times in between one hour breaks, in a digital pletismograph (Ugo Basile ®).The antiedematogenic effect of each tested drug was determined by the comparission of the results with the control group through the ANOVA test. Dexamethasone (3mg/Kg) and Diclofenac (20mg/Kg) were the drugs with best performance with significative reduction rate of the edema, on the third hour, in 94.20% and 84.43% respectively. But the lumiracoxib on the three concentrations used, 5mg/Kg, 30mg/Kg, 100mg/Kg got significative effect on the reduction of the edema with 47,49%, 61,21%, 47,76% respectively on the third hour. Meloxicam, nimesulide and hydrocortisone also demonstrated eficiency with rates of 42,48%, 62,27% and 58,84% respectively. The current study demonstrated that dexamethasone (3mg/Kg) and diclofenac (20mg/Kg) presented potencial antiedematogenic action and that more COX-2 selective drugs didn’t show eficacy comparable to diclofenac / Os antiinflamatórios podem apresentar efeitos diferenciados quanto a eficácia terapêutica, podendo, alguns serem bons analgésicos e outros potentes antiinflamatórios. Neste estudo, foram avaliados e comparados os efeitos anti-edematogênicos de antiinflamatórios não esteroidais seletivos COX-2, lumiracoxibe 5mg/Kg, 30mg/Kg, 100mg/Kg, relativamente seletivos, nimesulida 25mg/Kg, meloxicam 30mg/Kg, não seletivos COX, diclofenaco de sódio 20mg/Kg, além dos glicocorticóides dexametasona (3mg/Kg) e hidrocortisona (4mg/Kg), no clássico modelo de edema em pata de rato induzido por carragenina (EPICg). Cada grupo com 4 animais, recebia uma hora antes da injeção subcutânea (s.c) intraplantar do estímulo inflamatório a dose referente de cada droga a ser testada, sendo que o grupo-controle recebia solução salina 0,9%. Após uma hora da administração destas doses, 0,1mL de carragenina a 1% era injetada na pata direita de cada animal. O volume da pata edemasiada foi aferido quatro vezes em intervalos de uma hora, em um pletismógrafo digital (Ugo Basile ®).O efeito antiedematogênico de cada droga testada foi determinado pela comparação dos resultados com o grupo-controle através do teste ANOVA. Dexametasona (3mg/Kg) e diclofenaco (20mg/Kg) foram as drogas com melhor desempenho, com taxa de redução significativa do edema, na 3ª hora, em 94,20% e 84,43%, respectivamente. Já o lumiracoxibe, nas três concentrações utilizadas, 5mg/Kg, 30mg/Kg, 100mg/Kg, obteve efeito significativo na redução do edema, com 47,49%, 61,21%, 47,76% respectivamente na 3ª hora. Meloxicam, nimesulida e hidrocortisona também demonstraram eficiência, com taxas de 42,48%, 62,27% e 58,84%, respectivamente. O presente estudo demonstrou que dexametasona (3mg/Kg) e diclofenaco (20mg/Kg) apresentaram potente ação antiedematogênica e que drogas mais seletivas COX-2 não mostraram eficácia comparável ao diclofenaco
7

Eficácia do rofecoxibe e do diclofenaco sódico no controle da dor, edema e trismo em exodontias dos terceiros molares inferiores / Efficacy of rofecoxib and diclofenac sodium in the control of pain and, swelling and trismus after surgical removal lower third molar

Ramos, Tercio Carneiro January 2004 (has links)
RAMOS, Tercio Carneiro. Eficácia do rofecobixe e do diclofenaco sódico no controle da dor, edema e trismo em exodontias dos terceiros molares inferiores. 2004. 94 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2004. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-05-16T18:44:38Z No. of bitstreams: 1 2004_dis_tcramos.pdf: 921824 bytes, checksum: e685472db708ae4a742fcff1e92ea2aa (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-05-18T13:01:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2004_dis_tcramos.pdf: 921824 bytes, checksum: e685472db708ae4a742fcff1e92ea2aa (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-18T13:01:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2004_dis_tcramos.pdf: 921824 bytes, checksum: e685472db708ae4a742fcff1e92ea2aa (MD5) Previous issue date: 2004 / New selective COX-2 inhibitors non-steroidal antiinflammatory agents have been used with great approval by clinicians and patients. This work evaluated the therapeutic efficacy and the costs of the rofecoxib 50 mg/day, p.o. treatment compared to diclofenac sodium 50 mg, p.o 8/8h in the control of pain, swelling and trismus during the postoperative of the third lower molar exodontia in 59 patients, 30 in the rofecoxib group and 29 in the diclofenac sodium group. The assessment were made during the preoperative, 30 minutes after the surgical procedure, which corresponded with the administration of the drugs, and 0.5; 1.0; 2.0; 24; 48; 72 and 192h after the drugs administration. The rofecoxib provided a higher analgesia than diclofenac when the symptom pain was evaluated by a distinguished scale. In proportion, after the intervals of 1 and 2 hours, 50 and 60.71% of the patients in the rofecoxib group and 14.28 and 25.92% in the diclofenac group, respectively, referred complete analgesia. This difference was statistically significant (p<0.05). When the assessment was made by the EVA analogical visual scale, the diclofenac group pain scores were higher than rofecoxib after 1 and 2 hours. This difference was also statistically significant (p<0.05). The use of the rescue medication in the rofecoxib was significative lower compared with diclofenaco group (p<0.05). When Rofecoxib was compared to diclofenac, presented higher averages of swelling. This difference was statistically (p<0.05) 48h after the surgical procedure. There was no statistically significant difference in the trismus control with the use of the medications. Rofecoxib presents a higher cost of 257.49% if compared to the treatment of generic diclofenac and 73.06% if compared to Voltaren. When indicated a gastric protector associated to diclofenac, the rofecoxib is the most economic option isolated. / Novos fármacos antiinflamatórios não esteroidais, inibidores específicos de COX-2, têm chegado ao mercado com grande aceitação por parte de clínicos e pacientes. Este trabalho testou a eficácia terapêutica e o custo do tratamento do rofecoxibe 50 mg/dia,V.O. comparativamente com o diclofenaco sódico 50 mg, V.O., de 8 em 8 horas, no controle da dor, edema e do trismo pós-operatório da exodontia de terceiros molares inferiores em 59 pacientes, 30 no grupo rofecoxibe e 29 no grupo diclofenaco sódico. As avaliações foram feitas nos momentos do pré-operatório, 30 minutos do pós-operatório que coincidia com a administração dos fármacos e 0,5; 1,0; 2,0; 24; 48; 72 e 192 h pós-administração. O rofecoxibe ofereceu um analgesia superior ao diclofenaco quando avaliado o sintoma dor por uma escala categorizada. Proporcionalmente, os pacientes que relataram analgesia completa nos intervalos de 1 e 2 h chegaram a 50 e 60,71% no grupo rofecoxibe, e 14,28 e 25,92% no grupo diclofenaco respectivamente. Essa diferença foi estatisticamente significante (p<0,05). Quando a avaliação feita foi pela escala visual analógica EVA, os escores de dor para o grupo diclofenaco foram superiores ao rofecoxibe nos momentos de 1 e 2 horas, sendo essa diferença estatisticamente significante (p<0,05). O consumo de medicação de resgate no grupo rofecoxibe foi significantemente menor nas primeiras 24 h do pós-operatório em relação ao diclofenaco (p<0,05.) Rofecoxibe, quando comparado ao diclofenaco, apresentou maiores médias do edema, essa diferença foi estatisticamente significante (p<0,05) no pico de 48 h do pós-operatório. Não existiu diferença estatisticamente significante no controle do trismo entre os medicamentos. Rofecoxibe apresentou um custo maior de 257,49% sobre o tratamento com o diclofenaco sódico genérico e de 73,06% sobre o Voltaren®. Quando indicado um protetor gástrico, associado ao diclofenaco o rofecoxibe pode ser a opção mais econômica isoladamente.
8

Efeitos bioquímicos, genéticos, hematológicos, morfológicos e reprodutivos dos micropoluentes diclofenaco e paracetamol em Rhamdia quelen (Pisces, Teleostei)

Guiloski, Izonete Cristina January 2014 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Helena Cristina da Silva de Assis / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia. Defesa: Curitiba, 22/07/2014 / Inclui referências / Resumo: A presença de fármacos de uso humano e veterinário no ambiente aquático e seu impacto para os humanos e o ecossistema são temas emergentes em saúde ambiental. Os anti-inflamatórios não-esteroidais (AINES) fazem parte dos medicamentos mais utilizados no mundo e entre eles está o diclofenaco e o paracetamol, que representam uma porção significativa dos fármacos encontrados no ambiente aquático. Este trabalho avaliou em peixes Rhamdia quelen (jundiá) os efeitos bioquímicos, genéticos, hematológicos, morfológicos e reprodutivos desses fármacos por via hídrica, em um bioensaio semi-estático durante 21 dias. Peixes machos foram expostos a concentrações encontradas no ambiente, de diclofenaco (0; 0,2; 2 e 20 ?g/L) e paracetamol (0; 0,25 e 2,5 ?g/L). Os resultados mostraram que no fígado o diclofenaco reduziu a atividade da catalase (CAT) e da etoxiresorufina-O-deetilase (EROD) na exposição a 2 ?g/L e da superóxido dismutase (SOD) em todos os grupos expostos. Os níveis de glutationa reduzida (GSH) e a atividade da glutationa S-transferase (GST) aumentaram em todas as concentrações testadas. A lipoperoxidação (LPO) foi reduzida nos grupos expostos a 0,2 e 20 ?g/L de diclofenaco. Na gônada, a concentração de 0,2 ?g/L foi a que causou maiores alterações como redução das atividades da SOD, glutationa peroxidase (GPx) e da GST e na LPO. O diclofenaco não causou danos genéticos. No sangue, o diclofenaco elevou os valores de eritrócitos, trombócitos e leucócitos circulantes. As alterações morfológicas observadas no tecido hepático foram degeneração hidrópica e congestão de sanguínea nas concentrações de 2 e 20 ?g/L e redução do índice hepatossomático (IHS) em 0,2 ?g/L. No tecido renal ocorreu congestão sanguínea e glomerular em todas as concentrações e degeneração hidrópica discreta na concentração de 20 ?g/L de diclofenaco. Ocorreu redução de dopamina (DA) na concentração de 2 ?g/L e de DOPAC na exposição à todas as concentrações de diclofenaco. A exposição ao paracetamol causou ao fígado, carbonilação de proteínas e elevação da atividade da SOD no grupo exposto a 2,5 ?g/L e redução da atividade da EROD e GST nas duas concentrações. Além de danos ao DNA na concentração de 0,25 ?g/L. Também houve redução da hemoglobina e do hematócrito na exposição a 0,25 ?g/L de paracetamol e aumento de leucócitos e trombócitos circulantes nas duas concentrações. As alterações morfológicas encontradas no tecido hepático dos animais expostos ao paracetamol foram congestão sanguínea e infiltração leucocitária. Houve elevação de IHS no grupo exposto a 0,25 ?g/L. No rim, as alterações observadas foram degeneração hidrópica e congestão glomerular, além de peri-nefrite na exposição à concentração de 2,5 ?g/L. O paracetamol reduziu os níveis de testosterona nos grupos expostos. Além de elevar os níveis de estradiol e inibir a espermatogênese na exposição à concentração de 2,5 ?g/L. Os níveis de serotonina e DA aumentaram na exposição a 0,25 ?g/L e de 5-HIAA na concentração de 2,5 ?g/L. Os resultados demonstraram que o diclofenaco e o paracetamol, em concentrações ambientalmente relevantes, causaram estresse oxidativo, danos hepáticos, renais, alterações hematológicas e principalmente, o paracetamol desregulou o eixo hipotálamo-pituitária-gônada de Rhamdia quelen. Palavras-chave: Diclofenaco. Paracetamol. Fármacos. Peixes. Biomarcadores. / Abstract: The presence of pharmaceuticals of human and veterinary use in the aquatic environment and its impact on humans and the ecosystem are emerging issues in environmental health. The nonsteroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) are the most pharmaceuticals used in the world and among them is diclofenac and paracetamol, which represent a significant portion of the drugs found in the aquatic environment. This study evaluated the potential biochemical, genetic, hematological, morphological and reproductive effects of these drugs by hydric exposure, in a semi-static bioassay for 21 days. Males fish of Rhamdia quelen (jundia) were exposed to environmental concentrations of diclofenac (0, 0.2, 2 and 20 ?g/L) and paracetamol (0, 0.25 and 2.5 ?g/L). The results showed that in the liver diclofenac reduced the catalase (CAT) and ethoxyresorufin- O- deethylase (EROD) activities in exposure to 2 ?g/L and superoxide dismutase (SOD) in all exposed groups. The levels of reduced glutathione (GSH) and glutathione S-transferase (GST) activity increased at all concentrations tested. Lipid peroxidation (LPO) was reduced in the groups exposed to 0.2 and 20 ?g/L of diclofenac. In the gonad, the concentration of 0.2 ?g/L caused major changes as inhibition of SOD, glutathione peroxidase (GPx) and GST activities and LPO. Diclofenac did not cause genetic damage. In blood, diclofenac increased values of erythrocytes, thrombocytes and leukocytes circulating. The morphological changes observed in liver tissue were hydropic degeneration and blood congestion at concentrations of 2 and 20 ?g/L and reduced hepatosomatic index (HSI) in 0.2 ?g/L. In kidney tissue occurred blood and glomerular congestion at all concentrations and mild hydropic degeneration in the concentration of 20 ?g/L of diclofenac. There was a reduction of dopamine (DA) in the concentration of 2 ?g/L and DOPAC in exposure to all concentrations of diclofenac. Exposure to paracetamol caused to the liver, protein carbonyls and increased SOD activity at the exposed to 2.5 ?g/L and inhibition of EROD and GST activities in both concentrations. In addition, DNA damage at the concentration of 0.25 ?g/L. There were also reduction in hemoglobin and hematocrit at the exposure to 0.25 ?g/L of paracetamol and increased leukocytes and thrombocytes circulating in both concentrations. Morphological changes in the liver tissue of animals exposed to paracetamol were blood congestion and leucocytes infiltration. There was an increase in the IHS exposed to 0.25 ?g/L. In the kidney, the changes observed were hydropic degeneration and glomerular congestion, as well as perinephritis in the exposure concentration of 2.5 ?g/L. Paracetamol reduced testosterone levels in exposed groups. Besides increasing estradiol levels and inhibit spermatogenesis in the exposure concentration of 2.5 ?g/L. The levels of serotonin and DA increased at the exposure to 0.25 ?g/L and 5-HIAA concentration at the 2.5 ?g/L concentration. The results showed that diclofenac and paracetamol in environmentally relevant concentrations, caused oxidative stress, liver and renal damage, hematologic changes and mainly paracetamol deregulated the hypothalamic-pituitary-gonadal axis in Rhamdia quelen. Keywords: Diclofenac. Paracetamol. Pharmaceuticals. Fish. Biomarkers.
9

Estudo de bioequivalencia de duas formulações de diclofenaco de potassio usando a cromatografia liquida de alta pressão acoplada ao espectrometro de massa (LC-MS-MS)

Vanunci, Moises Luis Pirasol 19 March 2003 (has links)
Orientador: Ronilson Agnaldo Moreno / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T17:07:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Vanunci_MoisesLuisPirasol_M.pdf: 2801673 bytes, checksum: f020d28f1de1f25d888dbb5f6ab8f6ed (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: o objetivo desse estudo foi avaliar, em voluntários humanos sadios, a farmacocinética de uma formulação do diclofenaco de potássio revestido (Clofenak 50 mg, Medley S/A Indústria Farmacêutica) em comparação com a formulação referência, Diclofenaco de Potássio comprimido (Cataflam 50 mg, Novartis Biociências S/A., Brasil). O estudo foi aberto, cruzado, randomizado com duas fases, onde vinte e quarto voluntários sadios de ambos os sexos receberam uma dose única de cada medicamento. Foram coletadas amostras de plasma em tempos regulares para a quantificação do fármaco. As amostras do Diclofenaco foram obtidas na pré-dose, em intervalos determinados e 12 h após a medicação. As concentrações plasmáticas totais foram quantificadas, pelo método validado usando, a cromatrografia líquida de alta precisão acoplada ao espectrômetro de massa (LC-MS-MS). Através da análise estatística e os parâmetros da EMEA concluiu-se que a formulação do Clofenak 50 mg, produzido pela Medley S/A Indústria Farmacêutica é bioequivalente em relação ao Diclofenaco de Potássio comprimido Cataflam 50 mg, medicamento referência, produzido pela Novartis Biociências S/A / Abstract: The aim of this study was to evaluate, on human volunteers, the performance of Potassium Diclofenac tablet formulation (Clofenak coated tablets 50 mg, by Medley S/A Indústria Farmacêutica) as opposed to standard Potassium Diclofenac dragee formulation (Cataflam dragees 50 mg, by Novartis Biociências S/A., Brazil). Twenty-four healthy volunteers, as assessed by clinical and laboratory test evaluations, were enrolled in the study. The study was a single dose, two-way randomized crossover design comparing Potassium Diclofenac tablet formulation (Clofenak coated tablets 50 mg, by Medley S/A Indústria Farmacêutica) to standard Potassium Diclofenac dragee formulation (Cataflam dragees 50 mg, by Novartis Biociências S/A., Brazil). Plasma samples for determination of Diclofenac were obtained during pre-dose in frequent intervals up to 12h afier dosing. Total Diclofenac plasma concentrations were quantified by a validated method mploying high-performance liquid chromatography coupled to mass spectrometry (LC-MS-MS) / Mestrado / Mestre em Farmacologia
10

Efeito do diclofenaco de sódio na severidade das crises convulsivas e marcadores inflamatórios no modelo animal de kindling induzido por pentilenotetrazol

Vieira, Vinicius January 2015 (has links)
A epilepsia é um distúrbio que afeta 1-2% da população e uma percentagem significativa destes pacientes não respondem aos medicamentos anticonvulsivantes disponíveis no mercado, sugerindo a necessidade de investigar novos tratamentos farmacológicos. Vários estudos demonstram que a inflamação ocorre durante a epileptogênese e pode contribuir para o desenvolvimento e progressão da epilepsia, demonstrando níveis aumentados de interleucinas pró-inflamatórias em modelos animais e em humanos. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do anti-inflamatório não-esteroidal diclofenaco de sódio na severidade das crises convulsivas e os níveis de interleucinas pró-inflamatórias em animais no modelo de kindling induzido por pentilenotetrazol (PTZ). O modelo de kindling foi induzido por injeções de doses subconvulsantes de PTZ (20 mg/kg) em dias alternados durante 15 dias de tratamento. Os animais foram divididos em quatro grupos: grupo controle recebeu solução salina, grupo tratado com diazepam (2 mg/kg) e os grupos tratados com o diclofenaco de sódio (5 e 10 mg/kg). Após o primeiro dia de tratamento, os testes de labirinto em cruz elevada e de campo aberto foram realizados. A gravidade das crises foi avaliada pela escala de Racine. Foram avaliados os níveis de IL- 1 beta, IL-6 e TNF-alfa no sangue, hipocampo e no córtex de animais. O tratamento com diclofenaco de sódio, no modelo de kindling induzido pelo PTZ, diminuiu a severidade das convulsões e os níveis de interleucina-6 e de TNF-alfa no hipocampo de animais tratados com doses de 5 e 10 mg/kg. Novos estudos são necessários para investigar uma nova abordagem terapêutica para o tratamento da epilepsia, com este anti-inflamatório nãoesteroidal. / Epilepsy is a disorder that affects 1-2% of the population and a significant percentage of these patients do not respond to anticonvulsant drugs available in the market suggesting the need to investigate new pharmacological treatments. Several studies have shown that inflammation occurs during epileptogenesis and may contribute to the development and progression of epilepsy, demonstrating increased levels of pro-inflammatory interleukins in animal models and human patients. The objective of this study was to evaluate the effect of non-steroidal anti-inflammatory diclofenac sodium on the severity of seizures and levels of pro-inflammatory interleukins in animals with kindling model induced by PTZ. The kindling model was induced by injections of subconvulsant doses of PTZ (20mg/kg) in alternated days for 15 days of treatment. The animals were divided into four groups: control group given saline, group treated with diazepam (2mg/kg) and groups treated with diclofenac sodium (5 and 10 mg/kg). After treatment the plus-maze and open field tests were conducted. The severity of seizures was evaluated by the Racine scale. We evaluated the levels of IL-1beta, IL-6 and TNF-alpha in the blood, hippocampus and cortex of animals. The treatment with diclofenac sodium, in the PTZ induced kindling model, decreased severity of seizures and interleukin-6 and TNF-alpha levels in the hippocampus of animals treated with doses of 5 and 10 mg/kg. New studies are needed to investigate a new therapeutic approach in the treatment of epilepsy with this anti-inflammatory nonsteroidal.

Page generated in 0.085 seconds