• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 357
  • 20
  • 19
  • 19
  • 17
  • 12
  • 12
  • 12
  • 12
  • 7
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 371
  • 371
  • 130
  • 127
  • 47
  • 42
  • 40
  • 33
  • 31
  • 26
  • 24
  • 24
  • 22
  • 21
  • 21
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Avaliação da associação entre uso da cabergolina e a presença de valvopatia em pacientes portadores de acromegalia / Evaluation of the association between the use of cabergoline and the presence of valvopathy in patients with acromegaly

Farias, Ludmilla Aline Guimaraes Moreira 20 July 2016 (has links)
FARIAS, L. A. G. M. Avaliação da associação entre uso da cabergolina e a presença de valvopatia em pacientes portadores de acromegalia. 2016. 79 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-06-08T13:56:14Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_lagmfarias.pdf: 1326174 bytes, checksum: e14856065c5a4a12aceb224e7eb94c96 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-06-08T13:56:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_lagmfarias.pdf: 1326174 bytes, checksum: e14856065c5a4a12aceb224e7eb94c96 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-08T13:56:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_lagmfarias.pdf: 1326174 bytes, checksum: e14856065c5a4a12aceb224e7eb94c96 (MD5) Previous issue date: 2016-07-20 / BACKGROUND:Acromegaly is a disorderassociated with increased mortality, mainly due to cardiovascular disease, caused by chronic excessive GH secretion. Regular echocardiographic assessment is recommended to evaluate cardiac morphological disorders, including valvopathy. One of the therapeutic options is the use of cabergoline (CAB). This medication has been associated with lesions to the cardiac valve apparatus when used in patients with Parkinson´s disease or Prolactinoma, but data on acromegalic patients are scant.OBJECTIVE:Compare the prevalence of valvopathy among patients with acromegaly who have used cabergoline and those who have not.METHODS:The present study is cross-sectional and observational analytical.Echocardiography was performed for two cardiologists blinded to treatment, and laboratory tests weremade and patients’ medical records were reviewed for clinical data collection. Patients were divided into two groups according to usage (CAB group) or not (control group)of cabergoline. SPSS v17 was used for statistical analysis. RESULTS:Fifty two patientswere evaluated, 35 in the CAB group and 17 in the control group. The distribution of sex and age, and the prevalence of hypertension, diabetes and obesity were similar in both groups. In the CAB group, the period of drug administration was 36 ± 27 months, and cumulative dose was 262 ± 178mg. The prevalence of regurgitation in any valve was, for CAB group and Control group respectively 42,9 vs 23,5% (P=0,175, both observers). The prevalence of remodeling in any valve was37,1 vs 23,5% (P=0,326, observer 1) and 42,9 vs 23,5% (P=0,175, observer 2). CONCLUSION:In our study, the use of cabergoline was not associatedwith valvulopathy in patients with acromegaly. Our data do not support modification of current guidelines of echocardiographic evaluation in these patients according to the use of cabergoline. / INTRODUÇÃO:A acromegalia é uma doença com elevada mortalidade, principalmente cardiovascular, causada pela secreçãocrônica excessiva de GH. Avaliação periódica com ecocardiograma é recomendada de rotina devido ao aumento de alterações morfológicasnesses pacientes, incluindo valvopatia. Uma das opções terapêuticas para essa patologia é a cabergolina (CAB). Esta medicação vem sendo associadaà lesão valvar quando utilizada em pacientes com Doença de Parkinson ou Prolactinoma, porém há poucos dados em pacientes portadores de Acromegalia.OBJETIVOS:Comparar a prevalência de alterações valvares em portadores de acromegalia que usaram ou não a cabergolina.MÉTODOS:Este estudo foi do tipo transversal, analítico observacional. Foi realizadoecocardiograma por dois observadores que desconheciam tratamento da doença, exames laboratoriais e revisão de prontuários. Os pacientes foram divididos em dois grupos, de acordo com o uso (grupo CAB) ou não da cabergolina (grupo controle). Para análise dos dados foi utilizado o programa SPSS v23. RESULTADOS:Foram avaliados52 pacientes, sendo 35 do grupo CAB e 17 do grupo controle. A distribuição de sexo e idade, e a prevalência de HAS, DM e Obesidade foram semelhantes nos dois grupos. No grupo CAB,o tempo de uso da droga foi 36 ± 27 meses e a dose cumulativa de 262 ± 178mg.Foi observado uma prevalência de refluxo em qualquer valva no grupo CAB e controle respectivamente 42,9 vs 23,5% (P=0,175) por ambos os observadores.A prevalência de alterações morfológicas nos grupos CAB e controle foi de 37,1 vs 23,5% (P=0,326, observador 1) e 42,9 vs 23,5% (P=0,175, observador 2). CONCLUSÃO:No nosso estudo o uso de cabergolina não se associou a valvopatia em pacientes portadores de acromegalia. Nossos dados não apoiam a modificação do protocolo de acompanhamento ecocardiográfico nos pacientes portadores de acromegalia de acordo com o uso ou não de cabergolina.
32

Avaliação pré-clínica da pele da tilápia (Oreochromis niloticus), como curativo biológico oclusivo, no tratamento de queimaduras / Pre-clinical evaluation of tilapia skin (Oreochromis niloticus), as an oclusive biological dressing in the treatment of burn wounds

Lima Júnior, Edmar Maciel 11 October 2017 (has links)
LIMA JÚNIOR, E. M. Avaliação pré-clínica da pele da tilápia (Oreochromis niloticus), como curativo biológico oclusivo, no tratamento de queimaduras. 2017. 78 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia Clínica) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. / Submitted by ppgfarmaprofissional Mestrado Profissional (ppgfarmaprofissional@gmail.com) on 2017-11-13T19:16:21Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_emlimajunior.pdf: 3802173 bytes, checksum: 635a2f113d8b815430234f376251afde (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-11-14T12:59:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_emlimajunior.pdf: 3802173 bytes, checksum: 635a2f113d8b815430234f376251afde (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-14T12:59:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_emlimajunior.pdf: 3802173 bytes, checksum: 635a2f113d8b815430234f376251afde (MD5) Previous issue date: 2017-10-11 / In Brazil, about 1 million cases of burns occur per year, of which 100 thousand patients will seek hospital care and 2.500 will die from their injuries. Our country has never had a legally registered animal skin for use in burned patients, although in first world countries, treatment with human or animal skin provided by skin banks is considered a gold standard. The objective of this study was to evaluate the effect of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) skin, used as a biological occlusive dressing, in the treatment of burn wounds, through three preclinical studies, developed and published in scientific journals by researchers of the Center of Drug Research and Development (NPDM) of the Federal University of Ceará. The first manuscript was about the characterization of the microflora of the fishes’ oral cavity, skin and subcutaneous tissue. When considering the absence of infectious signs and a load below 100,000 CFU, it is concluded that the CFU values found in this study consisted of normal, non-infectious microflora. In the second manuscript, the NPDM researchers team presented results of a study to characterize the skin of Nile tilapia, based on their physical characteristics (tensile strength), histomorphological and typification of collagen composition. The microscopic characteristics of the tilapia skin were similar to the morphological structure of the human skin, with high resistance and extension to breaking traction, which supports its possible application as biomaterial. The third scientific publication evaluated the use of tilapia skin as an occlusive dressing for superficial and deep second-degree burns in rats to evaluate its in vivo use for the first time. The results showed that the tilapia skin showed good adherence in the wounds induced by burns in the rats, interfering positively in the cicatricial process. In addition, the absence of significantly altered values in laboratory tests signals the safety of skin use as a dressing. The results presented by the researchers enable the continuation of the research for human studies to confirm its safety and efficacy as a biological dressing. The published preclinical studies have demonstrated that tilapia skin has the necessary characteristics and properties to be used safely and effectively, confirming its potential as a biological occlusive dressing for the treatment of burn wounds in humans. / No Brasil, cerca de 1 milhão de casos de queimaduras ocorrem ao ano, dos quais 100 mil pacientes procurarão atendimento hospitalar e 2.500 irão a óbito em decorrência de suas lesões. Nosso país jamais teve uma pele animal legalmente registrada para uso nos pacientes queimados, embora em países de primeiro mundo, o tratamento com pele humana ou animal, fornecida por bancos de pele, é realizado de forma padronizada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da pele de tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus), usada como curativo biológico oclusivo, no tratamento de queimaduras. Este trabalho foi realizado em três capítulos, cujo primeiro manuscrito tratou sobre a caracterização da microflora da cavidade oral, pele e tecido subcutâneo dos peixes. Ao considerar a ausência de sinais infecciosos e uma carga inferior a 100.000 UFC, conclui-se que os valores de CFU encontrados neste estudo consistiam de microbiota normal, não infecciosa. No segundo manuscrito, a equipe de pesquisadores do NPDM apresentou resultados de um estudo para caracterizar a pele de tilápia do Nilo, a partir de suas características físicas (resistência a tração), histomorfológicas e da tipificação da composição do colágeno. As características microscópicas da pele da tilápia mostraram-se semelhantes à estrutura morfológica da pele humana, com elevada resistência e extensão à tração em quebra, o que suporta sua possível aplicação como biomaterial. A terceira publicação científica avaliou a utilização da pele de tilápia como curativo oclusivo nas queimaduras de segundo grau superficial e profunda em ratos, para avaliar pela primeira vez sua utilização in vivo. Os resultados demonstraram que a pele da tilápia apresentou boa aderência no leito das feridas induzidas por queimaduras nos ratos, interferindo positivamente no processo cicatricial. Além disso, a ausência valores significativamente alterados nos exames laboratoriais sinalizam a segurança da utilização da pele como curativo. Os resultados apresentados pela equipe de pesquisadores do NPDM possibilitam o prosseguimento das investigações para pesquisas em seres humanos, para confirmação de sua segurança e eficácia como curativo biológico. Os estudos pré-clínicos publicados demonstraram que a pele de tilápia possui as características e propriedades necessárias para ser utilizada com segurança e eficácia, confirmando seu potencial como curativo biológico oclusivo para o tratamento de queimaduras em seres humanos.
33

A exposição ao fumo de cigarros em lesões do colo uterino : um estudo de caso-controle

Santos, Viviane Kubiszewski dos January 2010 (has links)
A infecção do colo uterino por tipos oncogênicos do HPV é a causa principal para desenvolvimento de lesões cervicais de baixo (LSIL) e alto grau (HSIL), bem como do câncer invasivo. No entanto, considerando que um grande número de mulheres infectadas por HPVs oncogênicos não desenvolve o câncer cervical, torna-se necessário verificar o papel de outros potencias fatores de risco, como o tabagismo, no desenvolvimento desse tipo de câncer. Este estudo de caso-controle tem como objetivo verificar a associação da exposição ativa ao tabagismo com a infecção genital pelo Papilomavírus humano e com o grau de lesões em colo uterino. Para tal, utilizamos uma amostra de 306 mulheres. O grupo caso foi composto por 84 mulheres com infecção genital pelo HPV e com alteração no exame histopatológico do colo uterino. O grupo controle corresponde a 222 mulheres HPV-DNA negativas e sem alteração ao exame citopatológico da cérvice uterina. A detecção e a genotipagem do HPV foram feitas por PCR, utilizando os primers GP5+/GP6+ e primers específicos para os HPVs 16, 18 e 31. Foi utilizada Regressão Logística Múltipla para verificar a associação das variáveis estudadas com os desfechos (i) infecção genital pelo HPV e (ii) grau de lesões cervicais. As variáveis independentemente associadas à infecção pelo HPV foram grupo etário inferior a 35 anos (OR 4,83; IC95% 2,28-10,20) e fumo de cigarros (OR 2,80; IC95% 1,55-5,08). O fumo também mostrou-se associado ao grau de lesão cervical - HSIL (OR 14,5; IC95% 3,07-66,7; p=0,001). A baixa escolaridade (p=0,06) e histórico de DSIs (p=0,07) apresentaram associação limítrofe com este desfecho. Os resultados sugerem associação entre o fumo de cigarros com infecção genital pelo HPV e com lesões cervicais de alto grau. Esses achados relevam a importância do controle da exposição ao fumo em medidas de prevenção do câncer de colo uterino. / The infection of the cervix by oncogenic HPV is the main cause for developing low grade cervical lesions (LSIL), high grade cervical lesions (HSIL) and invasive cancer. However, considering that a large number of women infected with oncogenic HPVs do not develop cervical cancer, it is necessary to examine the role of other potencial risk factors, such as cigarette smoking, in the development of this type of cancer. This case-control study aims to investigate the association of exposure to active smoking and genital infection with human papillomavirus and the degree of lesions in the cervix. To this end, a sample of 306 women was used. The case group comprised 84 women with genital HPV infection and with abnormal histopathology of the cervix. The control group consists of 222 HPV-DNA negative women with no alterations in the cytological examination of the uterine cervix. The HPV detection and genotyping were performed by PCR, using primers GP5 + / GP6 + and specific primers for HPV 16, 18 and 31. Multiple logistic regression was used to verify the association of variables with the outcomes (i) genital HPV infection and (ii) degree of cervical lesions. Variables independently associated with HPV infection were age <35 years old (OR 4.83; 95% CI 2.28-10.2) and cigarette smoking (OR 2.8; 95%CI 1.55-5.08). Smoking also was associated with the degree of cervical lesions - HSIL (OR 14.5; 95% CI 3.07-66.7; p= 0.001). Low education level (p=0.06) and STIs history (p=0.07) showed borderline association with this outcome. The results suggest an association between cigarette smoking and genital HPV infection and high-grade cervical lesions. These findings emphasize the importance of controlling exposure to cigarette smoking on measures to prevent cervical cancer.
34

Evidências de validade e precisão de um instrumento de avaliação de afeto em atletas lesionados

Crispim, Ana Carla January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia. / Made available in DSpace on 2015-02-05T21:21:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 329989.pdf: 1284356 bytes, checksum: e0ef69875c3ef473d24386454fb3a0d5 (MD5) Previous issue date: 2014 / Este estudo teve por objetivo buscar evidências de validade e precisão de um instrumento de avaliação de afeto em atletas lesionados. Para isso, buscou: caracterizar a dimensionalidade do construto afeto no âmbito das pesquisas da área do esporte e do exercício; construir um instrumento de medida de afeto para atletas lesionados; identificar evidências de precisão do instrumento de medida de afeto; obter evidências de validade convergente do instrumento de medida de afeto com a escala de afetos positivos e negativos (PANAS); relacionar variáveis sobre o perfil do atleta - sexo, idade, tempo de prática na modalidade e afeto, referidas no instrumento de medida de afeto e; verificar evidências de validade preditiva do afeto com variáveis relacionadas a lesão. A pesquisa foi descritiva-exploratória, com método correlacional. Primeiramente, foi realizada uma revisão extensa nacional e internacional acerca do construto afeto, com objetivo de identificar seus conceitos, sua dimensionalidade e formas de mensuração. Foi escolhido estudar o afeto por meio da teoria do circumplexo, em que são propostas 2 dimensões e 3 categorias que refletem as combinações dessas dimensões. O instrumento foi construído com base na estrutura do diferencial semântico com uma escala de 7 pontos. Foi realizado um estudo-piloto com 12 atletas, sendo levantados 15 comentários sobre do instrumento. A versão final do instrumento contou com 26 pares de adjetivos. Após o estudo-piloto foram buscadas as evidências de validade de estrutura interna do construto por meio de procedimentos de análise fatorial com 330 atletas. A estrutura do construto foi confirmada parcialmente mas mantendo as categorias propostas pelo modelo teórico. As evidências de precisão do instrumento foram satisfatórias. As evidências de validade por convergência foram insatisfatórias, uma vez que foram encontradas correlações fracas a moderadas entre os escores dos fatores do instrumento de medida com a PANAS. Sobre as evidências de validade baseadas nas variáveis externas, foram encontradas diferenças significativas entre as médias de pontuações nos escores da categoria 2 e 3 do instrumento de afeto e na dimensão de afeto negativo da PANAS entre atletas lesionados e não-lesionados. Essa relação foi encontrada também, de forma fraca, entre o número de lesões nos últimos 6 meses e a pontuação na categoria 3.<br> / Abstract: This study aimed to find validity and reliability evidences of an assessment tool about affect in injured athletes. For this, it sought: to characterize the dimensionality of the affect construct within the research in sport and exercise area; to build a measurement tool of affect for injured athletes; to identify reliability evidence of the assessment tool of affect; to obtain convergent validity evidence of convergent of the affect assessment tool and the Positive and Negative Affect Scale (PANAS); to relate variables of the athlete's profile - sex, age, sport and practice time with affect variables, referred affect assessment tool; to verify predictive validity evidence of the affect variables related to injury. The research was descriptive and exploratory, with correlational procedures. The total sample consisted of 333 athletes. Firstly, a national and international extensive review about the affect construct was performed in order to identify their concepts, their dimensionality and their measurement methods. After that, the circumplex theory was chosen to the study of affect, in which two dimensions and three categories are proposed. The three categories are a reflection of the combinations of these dimensions. The assessment tool was constructed based on the structure of the semantic differential with a 7-point scale. The pilot study was conducted with 12 athletes, being raised 15 comments in total. The final version of the tool included 26 pairs of adjectives. After the pilot study, the assessment tool was applied with 330 athletes to search validity evidence based on on internal structure through factor analysis procedures. The structure of the construct was partially confirmed, with variation in the structure of some items, but keeping the categories proposed by the theoretical model. Reliability evidence of the tool were considered satisfactory. Convergent validity evidence were not satisfactory, since it was found weak to moderate correlations between the scores of the factors of the assessment tool with the PANAS. On the validity evidence based on external variables, significant differences were found between mean scores on scores of category 2 and 3 of affect assessment tool and the negative affect dimension of PANAS between injured and non-injured athletes, which is evidence that injured athletes may feel more unpleasant affect before competition. This relationship was also found, weakly, between the number of injuries in the last six months and the score in the category 3.
35

Rerruptura do ligamento cruzado anterior por não-contato e sua relação com o quadril constrito

Palma, Humberto Moreira January 2012 (has links)
Objetivo: Este estudo investigou a prevalência de constrição do quadril (diminuição da amplitude de movimento) em um grupo de jogadores de futebol com ligamento sem contato anterior (LCA) rerupturas em uma tentativa de fornecer os cirurgiões ortopédicos com informações sobre o maior risco deste tipo de acidente. Métodos: Nesta série de casos, 28 jogadores de futebol regulares com reruptura sem contato ACL foram examinados clinicamente para a amplitude de movimentodo quadril de movimento que podem ser associadas a reruptura do ligamento cruazado anterior. Os resultados foram comparados com um grupo similar de 27 atletas profissionais saudáveis do mesmo esporte. Erros cirúrgicos grosseiros, tais como túnel mal posicionado, foram critérios de exclusão no grupo reruptura, enquanto outros acidentes graves nos membros inferiores, como pernas ou fraturas de tornozelo, foram critérios de exclusão para ambos os grupos. Rotação interna-externa foi medida na posição supina com joelho e quadril em 90 ° de flexão. Insuficiência do ligamento cruzado foi detectada utilizando o teste de “pivot-shift” e o teste de Lachman, com o auxílio de um artrômetro Rolimeter®, e confirmada por ressonância magnética. Resultados: O achado mais prevalente foi a média de rotação interna-externa do quadril no grupo de rerupturas significativamente menor (45,3 °) do que os médias encontrados para saudáveis jogadores de futebol profissional (56,2 º). Conclusão: redução na amplitude de movimento do quadril no grupo reruptura foi significativamente menor do que a encontrada nos controles, chamando a atenção para este achado potencial fator de risco no planejamento da reconstrução do ligamento cruzado anterior.
36

Perfil epidemiológico de lesões no esporte

Torres, Sandroval Francisco January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. / Made available in DSpace on 2012-10-21T14:54:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 224591.pdf: 345990 bytes, checksum: a6efd8aebb4fbc973ae1f6819812b05d (MD5) / O esporte vem cada vez mais mostrando seu valor, muitos atletas elevam clubes e países através de seus desempenhos em competições nacionais e internacionais. Este fato leva a refletir sobre o quanto estes atletas exigem de seus corpos para poder atender a todas as expectativas. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo verificar a epidemiologia das lesões nos atletas atendidos pelo Projeto de Extensão Atendimento Fisioterápico à Comunidade (Fisioterapia Desportiva) da Clínica de Prevenção, Avaliação e Reabilitação Física CEFID/UDESC, no período de janeiro de 2002 a julho de 2003. Foram utilizados os dados dos prontuários de todos os atletas atendidos pelo projeto durante o estudo, em um total de 188 atletas. Para analisar as características da amostra, foi utilizada a estatística descritiva, além de ter sido calculado o p de significância em relação ao tipo de lesão e às modalidades atendidas. Foram atendidas 220 lesões em dezenove meses de funcionamento do projeto. O estudo levou em consideração dados referentes às modalidades esportivas atendidas, ao sexo dos atletas, à faixa etária, aos tipos de lesão e às regiões do corpo mais acometidas em cada esporte estudado. Dezenove modalidades foram atendidas pelo projeto. Encontrou-se 58,18% de atletas homens e 27,27%, mulheres. A faixa etária ficou entre 20-29 anos para homens com 27,65% e 10-19 anos para mulheres com 17,02%, quando analisados em conjunto, a faixa etária do estudo ficou em 10-19 anos com 39,36% de todas as lesões. O tipo de lesão de maior acometimento foi a muscular, com 54,09% de todas as lesões, seguida das articulares com 23,63% e ligamentares com 22,27%. Finalmente, quanto às regiões do corpo com maior ocorrência de lesões em todas as modalidades estudadas, o joelho foi a região mais acometida, com 53 ocorrências, ou seja, 24,09%, seguido do tornozelo com 51 ocorrências ou 23,18% e o ombro, com 27 ou 12,27% de todas as lesões. Fica claro desta forma que os esportes analisados revelaram a necessidade de medidas preventivas e curativas, além de uma análise ergonômica detalhada de todos os procedimentos realizados, para possibilitar maior segurança e vida útil ao atleta.
37

Participação das endotelinas endógenas na mediação da lesão pulmonar induzida por ácido olêico em camundongos

Guimarães, Claudio Laurentino January 2002 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Farmacologia. / Made available in DSpace on 2012-10-20T02:15:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 189603.pdf: 2046296 bytes, checksum: 46d672597e1163ac5609b5d696b0cf3b (MD5) / A Síndrome da Angústia Respiratória Aguda (SARA) é uma insuficiência pulmonar, não-cardiogênica, caracterizada por hipóxia refratária, complacência pulmonar diminuída e ocorrência de infiltrados alveolares difusos. Patologicamente, a SARA apresenta inflamação e elevação da permeabilidade vascular pulmonar, resultado da lesão do epitélio e endotélio pulmonares. A endotelina-1 (ET-1) foi encontrada em níveis elevados no lavado broncoalveolar (BAL) e plasma de ratos, submetidos à lesão pulmonar com ácido olêico (AO), um modelo experimental de SARA ou, no plasma de humanos acometidos de sepse ou SARA. O objetivo do presente estudo foi avaliar, através do emprego de antagonistas de receptores ETA e ETB para ETs, a participação destes peptídeos na mediação da lesão pulmonar induzida por AO em camundongos, avaliando-se os níveis de permeabilidade vascular, celularidade leucocitária e parâmetros histopatológicos. Camundongos receberam 50 mg/kg de azul de Evans (AE, i.v.) e 1 h após, AO (25 - 200 mg/kg em BSA 0,1 %, i.v.) e sacrificados em diversos tempos. Os pulmões foram removidos e processados para detecção do teor de AE tecidual por espectrofotometria, como índice da permeabilidade do leito vascular pulmonar. Outros grupos de animais, que não receberam AE, foram tratados com AO (100 ou 200 mg/kg, i.v.), e o BAL coletado 4 h após, para contagem total e específica de leucócitos. Amostras de pulmão de camundongos tratados com AO (200 mg/kg) foram analisados para a atividade da mieloperoxidade (MPO), através do método de ELISA. Em outra série, os pulmões de camundongos lesionados com AO (100 ou 200 mg/kg) foram removidos, fixados em formalina e corados com hematoxilina-eosina, para avaliação histopatológica. O AO, nas doses de 50, 100 e 200 mg/kg (i.v.), elevou os níveis intrapulmonares de AE em 150, 610 e 680%, e a massa tecidual seca em 21, 34 e 30 %, respectivamente, relativos ao valor controle correspondente. O pré-tratamento com meloxicam (5 mg/kg, i.p.) ou dexametasona (1 mg/kg, s.c.) reduziu o acúmulo pulmonar de AE em 63 e 76%, respectivamente, em animais que receberam AO (100 mg/kg, i.v.). O pré-tratamento i.v. em animais submetidos à injeção de AO (100 mg/kg, i.v) com bosentan (15 e 30 mg/kg), antagonista misto de receptores ETA/ETB, ou Ro-468443 (3 ou 10 mg/kg) ou A-192621 (10, 15 ou 30 mg/kg), antagonistas seletivos de receptores ETB, reduziu o acúmulo pulmonar de AE em 28 e 72%, ou 30 e 47, ou 34, 43 e 80%, respectivamente. O pré-tratamento com A-127722.5 ou ABT-627 (ambos nas doses 3 ou 5 mg/kg), antagonistas seletivos de receptores ETA, não alteraram significativamente os níveis intrapulmonares de AE. A administração i.v. de ET-1 ou de agonistas seletivos ETB (SX6c, IRL-1620 ou BQ-3020), nas doses de 0,3, 1 ou 3 nmol/kg, não alteraram os níveis intrapulmonares de AE, em animais não submetidos à administração de AO. A administração i.v de AO na dose de 100 mg/kg causou elevação significativa de leucócitos mononucleares no BAL, enquanto que, na dose de 200 mg/kg, elevou tanto os mononucleares quanto os polimorfonucleares. O pré-tratamento com bosentan (30 mg/kg) ou Ro-468443 (10 mg/kg) reduziu significativamente o acúmulo aumentado de polimorfonucleares, mas não de mononucleares induzido por AO (200 mg/kg, i.v) no BAL. Porém, o pré-tratamento com ABT-627 (5 mg/kg) reduziu os níveis de ambos os tipos celulares no BAL. A atividade da MPO em pulmão de camundongos tratados com AO (200 mg/kg) não diferiu do grupo controle. A análise histopatológica (infiltrado leucocitário, hemorragia, congestão vascular e edema intersticial) de pulmões de camundongos, tratados com AO (100 ou 200 mg/kg, i.v.), demonstrou haver lesão tecidual dependente da dose administrada. O infiltrado leucocitário foi inibido após pré-tratamento com bosentan ou antagonistas seletivos de receptores ETA (ABT-627 ou A-127722.5) ou ETB (Ro-468443 ou A-192621). A hemorragia pulmonar foi reduzida pelo pré-tratamento com bosentan, A-192621 e A-127722.5; enquanto que a congestão vascular inibida com A-192621 e, o edema intersticial com Ro-468443. Concluímos que o AO causa aumento da permeabilidade vascular e infiltração leucocitária pulmonar em camundongos, por mecanismos que envolvem mediação endotelinérgica. O aumento da permeabilidade vascular depende da formação de produtos da via da cicloxigenase, e ativação de receptores do tipo ETB (mas não dos ETA). O acúmulo de polimorfonucleares requer mecanismos celulares que podem ser deflagrados tanto por receptores ETA quanto de ETB e, o acúmulo de mononucleares envolve a ativação dos receptores ETA, mas não dos ETB.
38

Relação entre idade e lesão completa do manguito rotador em indivíduos com ombros assintomáticos

Reis, Marcelo Lemos dos January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina , Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas. / Made available in DSpace on 2012-10-20T13:07:43Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Introdução: A lesão do manguito rotador é uma das mais freqüentes doenças ortopédicas, sendo o seu tratamento cirúrgico um procedimento realizado regularmente. A lesão deste complexo músculo tendinoso é considerada uma importante causa de dor e disfunção do ombro. Estudos demonstraram que esta lesão pode estar presente em indivíduos assintomáticos e o aumento da sua prevalência tem relação com o avanço da idade.
39

Importância da avaliação isocinética na mensuração do equilíbrio da força muscular entre os flexores e os extensores do joelho

Requião, Luís Fernando January 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. / Made available in DSpace on 2012-10-18T08:38:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T20:01:00Z : No. of bitstreams: 1 191049.pdf: 4544641 bytes, checksum: f4c20e2740ff46106d085b81f2abd533 (MD5) / Pesquisa que aborda a prevenção das lesões musculares dos isquiostibiais com a utilização da avaliação isocinética ressaltando um novo parâmetro de mensuração, o equilíbrio de grupos musculares antagonistas (quadríceps/ isquiostibias). Através da avaliação isocinética realizada com vinte dois jogadores profissionais de futebol de campo foram monitoradas todas as lesões musculares dos flexores e dos extensores
40

Liquen plano oral y enfermedad hepática crónica

Oleiniski, Denise Maria Belliard January 1999 (has links)
Tese (Doutorado) - Universidad Complutense de Madrid, Facultad de Odontología. / Made available in DSpace on 2012-10-19T00:25:01Z (GMT). No. of bitstreams: 0

Page generated in 0.0586 seconds