• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 357
  • 20
  • 19
  • 19
  • 17
  • 12
  • 12
  • 12
  • 12
  • 7
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 371
  • 371
  • 130
  • 127
  • 47
  • 42
  • 40
  • 33
  • 31
  • 26
  • 24
  • 24
  • 22
  • 21
  • 21
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Influência da Técnica Mobilização com Movimento e Tape de Mulligan em indivíduos com instabilidade funcional de tornozelo : ensaio clínico randomizado e cego / Influência da Mobilização com Movimento (MWM) e Tape de Mulligan em indivíduos com instabilidade funcional de tornozelo : ensaio clínico randomizado e cego

Calaça, Frederico Igor Ribeiro 11 December 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-04-16T20:48:29Z No. of bitstreams: 1 2017_FredericoIgorRibeiroCalaça.pdf: 1370304 bytes, checksum: 71a2aecbdbf0396629f53e443d8b84e5 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-05-09T13:28:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_FredericoIgorRibeiroCalaça.pdf: 1370304 bytes, checksum: 71a2aecbdbf0396629f53e443d8b84e5 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-09T13:28:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_FredericoIgorRibeiroCalaça.pdf: 1370304 bytes, checksum: 71a2aecbdbf0396629f53e443d8b84e5 (MD5) Previous issue date: 2018-05-09 / Introdução: A entorse de tornozelo é responsável por 25% de todas as lesões musculoesqueléticas. O tipo em inversão é predominante em grau 1, com recidiva em 80% dos casos, o que torna a instabilidade funcional de tornozelo uma condição comum. Inúmeros são os tratamentos propostos, dentre eles a Mobilização com Movimento (MWM) e Tape do Conceito Mulligan. Mulligan sugere que a causa das recidivas de entorse é a falha posicional intra-articular, entre a fíbula e tíbia, na articulação tibiofibular distal. Objetivos: Investigar a influência do MWM e Tape em aspectos funcionais (estático e dinâmico) e dor em indivíduos com instabilidade funcional crônica de tornozelo, secundariamente averiguar se existe diferença entre se fazer o tape com material rígido ou material elástico. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico randomizado e cego. A amostra foi de 46 sujeitos (23 ± 5 anos; 65 ± 13,28 Kg; 1,65 ± 6 cm) divididos em três grupos, grupo MWM e Tape rígido (MWM-TR), grupo MWM e Tape elástico (MWM-TE) e grupo Controle. Os instrumentos utilizados no estudo foram a Escala Visual Analógica da Dor (EVA), estabilometria, Y Balance Test, Square Hop Test e Standing Heel Rise Test. As avaliações ocorreram em quatro momentos: dia 1, ao chegar e após a aplicação da terapia e dia 2 (48 horas depois) ao chegar e depois da retirada do tape. Os dados foram analisados no SPSS (Statistical Package for Social Sciences) versão 22.0, com nível de significância de p<0,05. Resultados: Foram encontradas diferenças estatisticamente significantes na dor e no alcance póstero-lateral no Y Balance Test somente no grupo MWMTR e no Square Hope Test nos três grupos do estudo (p<0,05). Conclusão: Conclui-se que o MWM com Tape influenciam imediatamente e após 48 horas em aspectos funcionais dinâmicos e dor em indivíduos com instabilidade funcional crônica de tornozelo. Em relação ao material utilizado como Tape foi observado que o material rígido proporcionou diminuição no quadro de dor em indivíduos com dor mais intensa. / Introduction: Ankle sprains account for 25% of all musculoskeletal injuries. The type in inversion is predominant, with recurrence in 80% of the cases, which makes functional ankle instability a common condition. There are many proposed treatments, among them Mobilization with Movement (MWM) with Mulligan Concept Tape. Mulligan suggests that the cause of sprain recurrences is the intra-articular positional failure between the fibula and tibia in the distal tibiofibular joint. Objectives: To investigate the influence of the MWM with Tape on functional aspects (static and dynamic) and pain in individuals with chronic ankle functional instability, secondly to determine if there is a difference between making the tape with rigid material or elastic material. Methods: This is a randomized controlled blinded clinical trial. The sample consisted of 46 subjects (23 ± 5 years, 65 ± 13,28 kg, 1.65 ± 6 cm) divided into three groups, MWM and Rigid Tape (MWM-TR), MWM and Elastic Tape (MWM-TE) and Control group. The instruments used in the study were the Visual Analogue Pain Scale (VAS), Stabilometry, Y Balance Test, Square Hop Test and Standing Heel Rise Test. The evaluations occurred at four times: day 1, upon arrival and after application of the therapy and day 2 (48 hours later) upon arrival and after removal of the tape. The data were analyzed in the SPSS (Statistical Package for Social Sciences) version 22.0, with significance level of p <0,05. Results: Were found statistically significant differences in pain and postero-lateral reach in the Y Balance Test only in the MWM-TR group and in the Square Hope Test in the three groups of the study (p<0,05). Conclusion: It is concluded that the MWM with Tape influences immediately and after 48 hours in dynamic functional aspects and pain in individuals with chronic ankle functional instability. Regarding the material used as tape, it was observed that the rigid material provided functional improvement and decrease in pain.
42

A exposição ao fumo de cigarros em lesões do colo uterino : um estudo de caso-controle

Santos, Viviane Kubiszewski dos January 2010 (has links)
A infecção do colo uterino por tipos oncogênicos do HPV é a causa principal para desenvolvimento de lesões cervicais de baixo (LSIL) e alto grau (HSIL), bem como do câncer invasivo. No entanto, considerando que um grande número de mulheres infectadas por HPVs oncogênicos não desenvolve o câncer cervical, torna-se necessário verificar o papel de outros potencias fatores de risco, como o tabagismo, no desenvolvimento desse tipo de câncer. Este estudo de caso-controle tem como objetivo verificar a associação da exposição ativa ao tabagismo com a infecção genital pelo Papilomavírus humano e com o grau de lesões em colo uterino. Para tal, utilizamos uma amostra de 306 mulheres. O grupo caso foi composto por 84 mulheres com infecção genital pelo HPV e com alteração no exame histopatológico do colo uterino. O grupo controle corresponde a 222 mulheres HPV-DNA negativas e sem alteração ao exame citopatológico da cérvice uterina. A detecção e a genotipagem do HPV foram feitas por PCR, utilizando os primers GP5+/GP6+ e primers específicos para os HPVs 16, 18 e 31. Foi utilizada Regressão Logística Múltipla para verificar a associação das variáveis estudadas com os desfechos (i) infecção genital pelo HPV e (ii) grau de lesões cervicais. As variáveis independentemente associadas à infecção pelo HPV foram grupo etário inferior a 35 anos (OR 4,83; IC95% 2,28-10,20) e fumo de cigarros (OR 2,80; IC95% 1,55-5,08). O fumo também mostrou-se associado ao grau de lesão cervical - HSIL (OR 14,5; IC95% 3,07-66,7; p=0,001). A baixa escolaridade (p=0,06) e histórico de DSIs (p=0,07) apresentaram associação limítrofe com este desfecho. Os resultados sugerem associação entre o fumo de cigarros com infecção genital pelo HPV e com lesões cervicais de alto grau. Esses achados relevam a importância do controle da exposição ao fumo em medidas de prevenção do câncer de colo uterino. / The infection of the cervix by oncogenic HPV is the main cause for developing low grade cervical lesions (LSIL), high grade cervical lesions (HSIL) and invasive cancer. However, considering that a large number of women infected with oncogenic HPVs do not develop cervical cancer, it is necessary to examine the role of other potencial risk factors, such as cigarette smoking, in the development of this type of cancer. This case-control study aims to investigate the association of exposure to active smoking and genital infection with human papillomavirus and the degree of lesions in the cervix. To this end, a sample of 306 women was used. The case group comprised 84 women with genital HPV infection and with abnormal histopathology of the cervix. The control group consists of 222 HPV-DNA negative women with no alterations in the cytological examination of the uterine cervix. The HPV detection and genotyping were performed by PCR, using primers GP5 + / GP6 + and specific primers for HPV 16, 18 and 31. Multiple logistic regression was used to verify the association of variables with the outcomes (i) genital HPV infection and (ii) degree of cervical lesions. Variables independently associated with HPV infection were age <35 years old (OR 4.83; 95% CI 2.28-10.2) and cigarette smoking (OR 2.8; 95%CI 1.55-5.08). Smoking also was associated with the degree of cervical lesions - HSIL (OR 14.5; 95% CI 3.07-66.7; p= 0.001). Low education level (p=0.06) and STIs history (p=0.07) showed borderline association with this outcome. The results suggest an association between cigarette smoking and genital HPV infection and high-grade cervical lesions. These findings emphasize the importance of controlling exposure to cigarette smoking on measures to prevent cervical cancer.
43

Epidemiologia das injúrias não intencionais na infância na cidade de Passo Fundo

Pereira, Sérgio do Canto January 2002 (has links)
Resumo não disponível
44

Caracterização e estudo de desgaste em próteses totais de joelho / Characterization and wear study in total knee replacement prostheses

Barcelos, Flávia dos Santos 29 July 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Gama, Programa de Pós-Graduação em Integridade de Materiais da Engenharia, 2016. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2016-10-19T13:16:40Z No. of bitstreams: 1 2016_FláviadosSantosBarcelos.pdf: 5670695 bytes, checksum: 1dc06a9990c89e2ea78568afa6d6c535 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-11-21T13:37:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_FláviadosSantosBarcelos.pdf: 5670695 bytes, checksum: 1dc06a9990c89e2ea78568afa6d6c535 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-11-21T13:37:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_FláviadosSantosBarcelos.pdf: 5670695 bytes, checksum: 1dc06a9990c89e2ea78568afa6d6c535 (MD5) / A utilização de próteses ortopédicas cresce a cada ano, seja pelo envelhecimento da população ou pelo aumento da prática de atividades físicas. Apesar de existirem normas que regulamentam os materiais e as características das próteses, a inexistência de um órgão fiscalizador permite a distribuição de produtos de baixa qualidade e que não atendem as expectativas dos pacientes. Neste trabalho são apresentadas informações sobre: a articulação do joelho; a história das próteses e da artroplastia; e os materiais utilizados na sua fabricação. Apresenta-se também, a caracterização de três conjuntos de próteses totais de joelho, que falharam precocemente, e se investiga as possíveis causas destas falhas. Os conjuntos foram caracterizados por meio de análises da rugosidade superficial, microscopia Confocal, medidas de densidade, análises térmicas, químicas e metalográficas. Dois conjuntos foram submetidos a ensaios de desgaste utilizando uma máquina que possibilita simular os movimentos da articulação durante a caminhada. Os ensaios tiveram uma duração de 500.000 ciclos e foi usada uma carga de 40 quilogramas. Os resultados de caracterização apontaram a presença de elementos tóxicos nos componentes metálicos (ex. o Tálio), e o uso de dosagens inadequadas de radiação, nos componentes poliméricos, durante sua fabricação. Os ensaios de desgaste confirmaram algumas evidências apontadas na caracterização, como por exemplo: o inadequado posicionamento dos componentes provoca sobrecargas localizadas, e com isso, um desgaste acelerado do componente polimérico; a rugosidade superficial do componente metálico influencia diretamente no dano superficial e no desgaste do componente polimérico; as partículas de desgaste removidas do conjunto, formadas por polímero e metais, ficam aderidas a uma das superfícies de contato, modificando as condições de deslizamento, ou ficam retidas nas adjacências do contato, provocando reações adversas do organismo como inflamação ou necrose localizada. Este trabalho chama a atenção para a necessidade de melhorias nos processos de fabricação de próteses de joelho e recomenda a realização outras pesquisas com biomateriais, para que mais qualidade de vida seja oferecida aos pacientes. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The use of orthopedic implants is increasing every year, because of the population ageing or the increase in sports practice. Despite the Standards that regulate materials and some prostheses characteristics, the absence of a supervisory organization allows distribution of low-quality products that do not meet patients expectations. This dissertation presents information about: the knee joint; the history of prostheses and arthroplasty; and the most used materials for manufacturing. It also presents the characterization of three sets of total knee prostheses witch failed early and it investigates the possible failure of these sets. The sets were characterized by surface roughness analysis, CONFOCAL microscopy, density measurements, thermal, chemical and metallographic analysis. Two sets underwent wear tests using a machine that allows to simulate the joint movements during walking. The tests lasted 500.000 cycles, 40 kilogram loaded. Characterization results showed (e.g. Thallium) presence of toxic material and the use of inadequate radiation dosage in polymeric components, during manufacture. Wear tests confirmed some evidence pointed in characterization, for exemple: inadequade components position causes localized overload, and then, na accelerate polymer wear; surface roughness of metalic components directly affects surface damage and wear of polymeric component; debris, removed from the sets, made of metal and polymer, join one of contact surfaces, changing the sliding condition; or join the contact adjacencies, leading to body adverse reaction, like inflammation and localized necrosis. This dissertation draws attention to the need of improvement in manufacturing knee prostheses processes and endorses the development of other reserches related to biomaterials, so more quality of life can be offered to patients.
45

Características da dor neuropática em pessoas com lesão medular traumática

Silva, Viviana Gonçalves 31 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2015. / Submitted by Guimaraes Jacqueline (jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2015-10-28T14:29:59Z No. of bitstreams: 1 2015_VivianaGoncalvesSilva.pdf: 2398775 bytes, checksum: 43e27a4bfb07b9573aea705df15845a6 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2015-12-04T15:31:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_VivianaGoncalvesSilva.pdf: 2398775 bytes, checksum: 43e27a4bfb07b9573aea705df15845a6 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-04T15:31:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_VivianaGoncalvesSilva.pdf: 2398775 bytes, checksum: 43e27a4bfb07b9573aea705df15845a6 (MD5) / Introdução: A lesão medular traumática é uma alteração nas estruturas do canal medular, podendo ocasionar modificações motoras, sensitivas, autonômicas e psicoafetivas. É geralmente decorrente de acidentes de trânsito, mergulhos, quedas e arma de fogo. A dor crônica é um dos maiores problemas nas pessoas com lesão medular, sendo a dor neuropática a mais frequente. Os mecanismos de desenvolvimento da dor neuropática são pouco compreendidos, sendo seu manejo considerado difícil. Objetivo: Conhecer as características da dor neuropática em pessoas com lesão medular traumática. Método: Foram realizados dois estudos: um preliminar tipo série de casos, em um hospital de referência em reabilitação com pessoas com lesão medular traumática e dor neuropática; e um segundo estudo, descritivo-comparativo, por aplicação de questionário on-line, com pessoas com lesão medular traumática, independente de terem ou não a dor neuropática. Foram selecionadas 13 pessoas para a série de casos e 124 pessoas para o estudo descritivo-comparativo. O instrumento de coleta de dados do estudo descritivo-comparativo teve como base o do estudo série de casos que utilizou o Questionário DN4 (Douleur Neuropatique en 4 questions) e o Inventário Breve da Dor, acrescidos de dados sociodemográficos. Para a análise dos dados foram utilizados o programa SPSS 18.0 associado a outros métodos estatísticos. Resultados: Na série de casos, todos os pacientes tinham dor neuropática; no inquérito on line, a dor neuropática foi encontrada em 62,1% dos participantes. Em ambos estudos, a maioria foi de homens, com idade entre 26 a 40 anos, solteiros, praticantes de alguma religião, aposentados, ensino médio completo, renda entre R$ 1.001,00 e R$ 3.000,00, índice de massa corporal ideal, com lesão medular incompleta por acidente de carro. Os dois estudos indicaram que o clima frio, permanecer muito tempo na mesma posição e as infecções urinárias influenciaram mais no aumento da dor. A atividade física ou fisioterapia e as atividades de lazer tiveram maior influência na diminuição da dor. O tratamento medicamentoso com o uso de anticonvulsivantes e antidepressivos foi predominante. A pouca efetividade foi o principal motivo para o abandono deste tratamento. A dor neuropática interferiu mais na atividade geral, no sono e no humor. Houve diferença com relevância estatística nas comparações: Os residentes da região Centro-Oeste apresentaram intensidade da dor maior em relação aos da região Nordeste. Houve relação positiva entre o sobrepeso e a intensidade da dor. A intensidade forte da dor foi maior nos grupos com dor mista que naqueles com dor no nível da lesão e acima da lesão medular. A descrição formigamento apresentou relação positiva para a dor mista e dor abaixo do nível da lesão. A dor foi considerada mais intensa pelas pessoas que apresentaram a de tipo intermitente, em queimação e cortante. Quem usa dipirona classificou a dor como menos intensa. Quem utiliza a Gabapentina e Baclofeno classificou a dor como mais intensa. A interferência da dor foi considerada menor na variável ‘relacionamento com outras pessoas’ em relação às outras variáveis. Conclusões: A dor neuropática associada à lesão medular traumática foi relatada pela maioria dos participantes. Foi identificada como de difícil controle com interferência em atividades diversas na vida destas pessoas. Os resultados indicam a complexidade da dor neuropática em pessoas com lesão medular traumática evidenciando a importância de se conhecer os aspectos dessa dor nessa clientela. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction: Traumatic spinal cord injury is a change in the spinal canal structures, which may cause motor, sensory, autonomic and psycho affective disorders. Traumatic injuries are generally resulting from traffic accidents, dives, falls and firearm wounds. Chronic pain is considered a major problem in people with spinal cord injury, being the neuropathic pain the most common. This type of pain may take disabling aspects and cause great impact on the rehabilitation and the lives of these people. The development of neuropathic pain mechanisms is poorly understood and it’s difficult to handle both by patients and health professionals. Objective: To know the characteristics of neuropathic pain in people with spinal cord injury. Methods: Two studies were conducted: a preliminary case report study, in hospital of reference for rehabilitation of people with spinal cord injury and neuropathic pain; and a second descriptive-comparative study, with people with spinal cord injury, through on-line questionnaire, regardless of whether neuropathic pain was present or not. Thirteen people were selected for the case report study and 124 people to the descriptive-comparative study. In the case report study, data was collected through the DN4 Questionnaire and the Brief Pain Inventory, added to sociodemographic data. In the descriptive and comparative study, the instrument of data collection was based on the first study. For the analysis of data SPSS 18.0 associated with other statistical methods were used. Results: in the case report study, all patients had neuropathic pain. Most of them were from the Southeast region, average age of 41 years old. In the on-line questionnaire, neuropathic pain was found in 62.1% of participants. In both studies, mostly were men, 26-40 years old, unmarried, practitioners of some religion, retired, with high school education, income between R $ 1,001.00 and R $ 3,000 00, ideal BMI, with spinal cord injury by car accident with cervical level, incomplete. Both studies have indicated that the increase of the pain was most influenced by the cold weather, staying too long in one position and urinary infections. Physical activity or physical therapy and recreational activities had the greatest influence in the decrease of pain. Drug treatment with the use of anticonvulsants and antidepressants was predominant. The poor efficiency of this type of treatment was the main reason for its abandonment. Neuropathic pain interfered more in general activity, sleep and mood. There were significant statistical differences in the comparisons: residents of the Midwest region showed greater intensity of pain compared to the Northeast. There was a positive relationship between overweight patients and the intensity of pain. The strong intensity of pain was higher in groups with mixed pain than in those with neuropathic pain, at the level of the lesion and above the spinal cord injury. The tingling description showed a positive relation to the joint pain and pain below the level of injury. Pain was considered intense by people who had the kind of pain described as intermittent, burning and biting. Patients who used dipirona rated the pain as less intense. The ones who used Gabapentin and Baclofen rated the pain as more intense. The interference of pain was considered a minor in the variable 'relationship with others', in relation to other variables. Conclusions: Neuropathic pain associated with spinal cord injury was reported, in this study, by the majority of participants. It was identified as a difficult pain to control, which interferes in various activities of these people lives. The results indicate the complexity of neuropathic pain in people affected by traumatic spinal cord injury, showing the importance of knowing its aspects in this group. ______________________________________________________________________________________________ RESUMEN / Introducción: La lesión traumática de la médula espinal es un cambio en las estructuras del canal espinal, que pueden causar trastornos motores, sensoriales, autonómicas y psicoafectivas. Son generalmente resultan de accidentes de tráfico, inmersiones, caídas y arma de fuego. El dolor crónico se considera un problema importante en las personas con lesión de la médula espinal, el dolor neuropático es el más común, y pueden causar un gran impacto en la vida de estas personas. El desarrollo de los mecanismos del dolor neuropático son poco conocidos y son de difícil de manejo tanto para los pacientes com para los profesionales de la salud. Objetivo: Conocer las características del dolor neuropático en pacientes con lesión de la médula espinal. Métodos: Se realizaron dos estudios: un estudio preliminar serie de caso, en un hospital de referencia para la rehabilitación de personas con lesión de la médula espinal y dolor neuropático; y un segundo estudio, descriptivo-comparativo, por cuestionario en internet, con personas con lesión de la médula espinal, independientemente de la manifestación del dolor neuropático o no. 13 personas fueron seleccionadas para la serie de casos y 124 personas al estudio descriptivo-comparativo. Para recoger los datos se utilizaron en la serie de estudios de casos, el Cuestionario DN4 y el Brief Pain Inventory, además de los datos sociodemográficos. El estudio descriptivo y comparativo del instrumento de recolección de datos se basa en el primer estudio. Para el se utilizó el análisis de los datos SPSS 18.0 asociado con otros métodos estadísticos. Resultados: En la serie de casos, todos los pacientes tenían dolor neuropático, la mayoría de la región sudeste, con edad media de 41 años. En el Cuestionario online, el dolor neuropático se encontró en el 62,1% de los participantes. En los dos estúdios, la mayoría fue de hombres, 26 a 40 años de edad, solteros, practicantes de alguna religión, jubilados, con educación secundaria, los ingresos entre R $ 1,001.00 y R $ 3,000 00, IMC ideal, con lesión de la médula espinal por accidente de coche, nivel cervical, incompleta. Los dos estudios indicaron que el clima frío, permanecer demasiado tiempo en la misma posición y las infecciones urinarias más influyeron en el aumento del dolor. La actividad física o la terapia física y actividades recreativas tuvieron la mayor influencia en la disminución del dolor. El tratamiento farmacológico con el uso de anticonvulsivos y antidepresivos fue predominante. La baja eficiencia fue la principal razón para el abandono de este tratamiento. El dolor neuropático interfería más en general la actividad, sueño y estado de ánimo. Hubo diferencias con significación estadística en las comparaciones: Los residentes de la región del Medio Oeste mostraron una mayor intensidad del dolor en comparación con los de la región Noreste. Hubo una relación positiva entre el sobrepeso y la intensidad del dolor. La fuerte intensidad del dolor fue mayor en los grupos con dolor mixto que en aquellos con dolor neuropático en el nivel de la lesión y por encima de la lesión de la médula espinal. La descripción hormigueo mostró una relación positiva con el dolor de las articulaciones y el dolor por debajo del nivel de la lesión. El dolor se considera intensa por las personas que tenían el tipo de intermitente, ardor y morder. Quién utiliza dipirona tiene el dolor menos intenso. Quién utiliza gabapentina y baclofeno ha clasificado el dolor como más intenso. La interferencia del dolor fue considerado menor en la variable 'relación con los demás' en relación con otras variables. Conclusiones: El dolor neuropático asociado con lesiones de la médula espinal se informó en este estúdio en la mayoría de los participantes. Fue identificado como un dolor de dificil control con injerencia en diversas actividades en la vida de estas personas. Los resultados indican que la complexidad del dolor neuropático en personas con lesión medular traumática, evidenciando la importancia de se conocer los aspectos de ese dolor en esta clientela.
46

Nanoemulsão de glucosamina e condroitina para o tratamento tópico das condropatias do joelho, avaliadas em ensaio clínico randomizado

Leite, Cláudia Batista Siqueira 28 March 2018 (has links)
Tese (Doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Nanociência e Nanobiotecnologia, 2018. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-10T18:41:17Z No. of bitstreams: 1 2018_CláudiaBatistaSiqueiraLeite.PDF: 5231365 bytes, checksum: f6671cf4fdf2ba9095257300d4182f37 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-14T17:09:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2018_CláudiaBatistaSiqueiraLeite.PDF: 5231365 bytes, checksum: f6671cf4fdf2ba9095257300d4182f37 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-14T17:09:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2018_CláudiaBatistaSiqueiraLeite.PDF: 5231365 bytes, checksum: f6671cf4fdf2ba9095257300d4182f37 (MD5) Previous issue date: 2018-07-10 / O tratamento das condropatias, ou lesões de cartilagens, ainda é um grande desafio na reabilitação, principalmente pelas próprias características da cartilagem, que promovem um baixo potencial de regeneração. A degeneração das cartilagens, acompanhada de alterações das estruturas ósseas vizinhas, é conhecida como osteoartrite. Essa afecção trata-se de uma causa frequente de dor, limitação funcional e pode levar à incapacidade, ocasionando considerável perda da qualidade de vida. A alternativa de tratamento com agentes modificadores de estrutura – como os sulfatos de Glucosamina (GS) e a Condroitina (CS) – é comumente prescrita para os pacientes e vem sendo muito pesquisada. Meta-análises apontam que esses fármacos, usados via oral, têm efeitos incertos como modificadores da estrutura articular. O objetivo do estudo foi propor uma nova abordagem terapêutica para a recuperação das lesões condrais e osteocondrais do joelho de humanos. Essa abordagem é formada por aplicação transdérmica (nanoemulsão associada ao ultrassom e oclusão) e exercícios terapêuticos. O delineamento metodológico iniciou-se, primeiramente, com o desenvolvimento e a caracterização da Nanoemulsão de GS e CS, seguidos das análises in vitro do potencial citotóxico, de irritabilidade e de permeação da nanoemulsão. O ensaio clínico, por meio de estudo piloto, foi a fase final do processo metodológico. Uma nanoemulsão transparente, do tipo óleo-em-água (O/A), mostrou estabilidade por 150 dias na temperatura ambiente e a 4ºC. Seus reagentes foram o Cremophor ELP (9%), o Óleo de Rícino (3%), Água Ultrapura (78%), GS (5%) e CS (5%). Seu diâmetro hidrodinâmico de 29,3 nm, potencial zeta de -2,44 mV, índice de polidispersão de 0,11 e pH de 4,23 evidenciaram características desejáveis para realização de análises seguintes. A Cryo-Tem mostrou morfologia esférica e diâmetros menores do que 100 nm. O sistema em estudo não apresentou citotoxicidade in vitro na linhagem NIH-3T3, por um período de 24 horas, utilizando o ensaio MTT. No teste de membrana corioalantóide, tanto a nanoemulsão como seu homólogo em branco apresentaram-se no limite inferior da faixa considerada “moderadamente irritante”. A Análise Elementar (CHN) foi utilizada para quantificação dos fármacos após teste de permeação em célula de difusão. Quando utilizado a Nanoemulsão, houve menor retenção de carbono no estrato córneo, maior retenção de carbono na pele viável e maior dose de carbono foi quantificada no líquido receptor. Esses índices foram significativamente maiores em comparação à formulação controle. O estudo piloto foi de fundamental importância para detectar algumas necessidades de ajustes na metodologia da pesquisa, como a alteração no número de sessões por semana, no tempo total de intervenção, na rotina de aplicação dos instrumentos de avaliação e na forma de avaliação dos dados numéricos. Além disso, o estudo piloto mostrou relevância clínica da proposta terapêutica, mesmo que ainda não tenha sido possível identificar significância estatística no resultado entre os grupos. O Grupo-Nano teve superioridade em 4 dos 5 domínios (grupos de sintomas) avaliados, quando comparado com o Grupo-Controle. Além do mais, o Grupo-Nano mostrou em Ressonância Nuclear Magnética uma recuperação total de lesão de cartilagem patelar. Mediante os fatos expostos, a Nanoemulsão O/A de GS e CS, não tóxica e estável, associada ao ultrassom, à cinesioterapia e à oclusão, foi capaz de melhorar a absorção transdérmica e mostrar uma relevância clínica no alívio dos sintomas e na recuperação da estrutura articular em humanos com lesões condrais do joelho. / The treatment of chondropathy, or lesions in cartilage, is still a major challenge in rehabilitation, principally due to the characteristics of cartilage itself, which promote low regeneration potential. The degeneration of cartilage, accompanied by alterations in the neighboring bone structures, is known as osteoarthritis. This condition is a frequent cause of pain and of functional limitations, and it can lead to incapacity, occasioning a considerable loss in the quality of life. The treatment option with structure-modifying agents, such as sulfates of Glucosamine (GS) and Chondroitin (CS), is commonly prescribed for patients and has been researched frequently. Meta-analyses indicate that these drugs, used via oral, have uncertain effects as articular structure modifiers. The objective of this study was to propose a new therapeutic approach to recovery from chondral and osteochondral lesions in the human knee. This approach consists of transdermal application (nanoemulsion associated with ultrasound and occlusion) and therapeutic exercises. The methodological design started with the development and characterization of the Nanoemulsion of GS and CS, followed by in vitro analyses of cytotoxic potential, irritability and nanoemulsion permeation. The clinical assay, by means of a pilot study, was the final phase of the methodological process. A transparent nanoemulsion, of the oil-in-water type (O/W), showed stability for 150 days at ambient temperature and at 4ºC. Its reagents were Cremophor ELP (9%), and Castor Oil (3%), Ultrapure Water (78%), GS (5%) and CS (5%). Its hydrodynamic diameter was 29.3 nm, polydispersion index 0.11, zeta potential -2.44 mV and pH 4.23, and these values demonstrated desirable characteristics for carrying out the next analyses. Cryo- Tem showed spherical morphology and diameters smaller than 100 nm. The system under study did not present cytotoxicity in vitro in the NIH-3T3 lineage, for a period of 24 hours, using the MTT assay. In the Hen's Egg Test – Chorioallantoic Membrane (HET-CAM) method, both the nanoemulsion and its blank homologue were at the lowest limit of the category considered “moderate irritability”. Elemental Analysis (CHN) was used to quantify the drugs after the permeation test in a diffusion cell. When the Nanoemulsion was used there was less retention of carbon in the stratum corneum, greater retention of carbon in the viable skin, and a greater dose of carbon was quantified in the receiver liquid. These indices were significantly higher than those for the control formulation. The pilot study was of fundamental importance in detecting some of the adjustments needed in the research methodology, such as the alteration in the number of sessions per week, in the total intervention time, in the routine for applying evaluation tools and in the way in which numerical data should be evaluated. In addition, the pilot study showed the clinical importance of the therapeutic proposal, although it has still not been possible to identify statistical significance in the result between groups. The Nano-Group was superior in 4 of the 5 domains (groups of symptoms) evaluated, when compared with the Control-Group. Moreover, the Nano-Group showed complete recovery of the patellar cartilage lesion, grade II, in nuclear magnetic resonance imaging. In this context, the O/W Nanoemulsion of GS and CS, which is non-toxic and stable, when associated with ultrasound, kinesiotherapy and occlusion, was capable of improving transdermal absorption and showed clinical significance in relieving symptoms and in improving articular structure in humans with chrondral lesions of the knee.
47

Desenvolvimento de uma ferramenta para avaliação de lesões de pele por profissionais de saúde não-médicos

Bottacin, Wallace Entringer January 2017 (has links)
Orientador : Profª. Drª. Michel Fleith Otuki / Coorientador : Prof. Dr. Cassyano Januário Correr / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Defesa: Curitiba, 21/02/2017 / Inclui referências : f. 98-108 / Área de concentração: Insumos, medicamentos e correlatos / Resumo: Instrumentos desenvolvidos para auxiliar no rastreamento, diagnóstico ou acompanhamento de pacientes são amplamente utilizados em várias especialidades médicas, incluindo a dermatologia. Algumas características das doenças de pele, como alta prevalência e impacto na qualidade de vida, impulsionaram pesquisas de instrumentos práticos para lidar com elas. Aliado a isso, a baixa quantidade e má distribuição geográfica de dermatologistas, associados a uma alta demanda dos pacientes por esta especialidade, tem causado um grande problema de acesso aos tratamentos. Pensando nisso, objetivou-se criar uma ferramenta para auxiliar na avaliação da gravidade de lesões dermatológicas por profissionais de saúde nãomédicos, com potencial para estratificar e priorizar pacientes mais graves. Na primeira etapa do trabalho, uma revisão sistemática utilizando as bases de dados MEDLINE, SciELO e Lilacs, incluindo todos os estudos até 4 de Julho de 2016, mapeou ferramentas utilizadas em dermatologia para análise qualitativa. Dos 2210 registros encontrados inicialmente nas bases de dados, um total de 287 registros descreviam o uso de instrumentos em dermatologia. No total, estes artigos apresentaram 124 instrumentos - 78 destes direcionados para atividades de rastreamento ou diagnóstico, 45 direcionados para o acompanhamento de doenças de pele e 1 desenvolvido para ser utilizado em ambos os casos. Posteriormente, na segunda etapa do trabalho, uma ferramenta inovadora foi proposta e refinada através do método Delphi. O painel de especialistas foi finalizado em três rodadas e participaram farmacêuticos e enfermeiros. A ferramenta foi finalizada com 21 itens e obteve um alto consenso entre os especialistas convidados, com uma média geral de 4,6 pontos - sendo que quanto mais próximo de 5, maior o consenso. Este resultado indica que, aos olhos dos profissionais convidados para o painel, ela contém os itens necessários para uma avaliação confiável das lesões de pele do paciente. Dessa forma, o instrumento desenvolvido neste trabalho tem potencial para auxiliar profissionais de saúde não-médicos detectarem lesões graves de pele e servir como guia de encaminhamento para a consulta com o médico dermatologista. Palavras-chave: Dermatologia. Rastreamento. Pele. Lesões. / Abstract: Instruments developed to aid in the screening, diagnosis or follow-up of patients are widely used in various medical specialties, including dermatology. Some characteristics of skin diseases, such as high prevalence and impact on quality of life, have boosted research on practical tools to deal with them. Allied to this, the low quantity and poor geographical distribution of dermatologists, associated with a high patient demand for this specialty, has caused a major problem of access to treatment. Keeping this in mind, we aimed to create a tool to help assessing the severity of skin lesions by non-medical health professionals, with the potential to stratify and prioritize the most critically ill patients. In the first stage of the study, a systematic review was conducted in the MEDLINE, SciELO and Lilacs databases, including every study published through July 4, 2016, mapping tools used in dermatology for qualitative analysis. Of the 2210 records initially found in the databases, a total of 287 records described the use of instruments in dermatology. In total, these articles presented 124 instruments - 78 of them directed to assist in screening or diagnosis, 45 directed to help the follow-up of skin diseases and 1 developed to be used in both cases. Subsequently, in the second stage of the study, an innovative tool was proposed and refined through the Delphi method. The expert panel was completed after three rounds, and pharmacists and nurses participated. The tool was completed with 21 items and obtained a high consensus among the experts invited, with an overall average of 4.6 points - the closer to 5, the higher is the consensus obtained. This result indicates that, in the eyes of panelists, the tool has the necessary items for a reliable assessment of the patient's skin lesions. Thus, the instrument developed in this study has the potential to assist non-medical health professionals to detect serious skin lesions and to serve as a referral guide for consultation with the dermatologist. Keywords: Dermatology. Screening. Skin. Lesions.
48

Percepção da qualidade de vida em atletas do basquetebol master : associação com nível de atividade fisíca, dependência de exercício físico e lesões esportivas

Moreira, Natália Boneti January 2014 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Wagner de Campos / Co-orientadora : Profª. Drª. Gislaine Cristina Vagetti / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 10/12/2013 / Inclui referências / Área de concentração: Exercício e esporte / Resumo: O presente estudo tem como objetivo verificar a associação entre o nível de atividade física (NAF), dependência do exercício físico (DEF) e lesões esportivas com as dimensões relacionadas à percepção da qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) em atletas do basquetebol master. Amostra: a amostra do presente estudo foi composta por 410 atletas masters do sexo masculino com idade entre 35 e 85 anos (52,26 ±11,83), participantes do Campeonato Brasileiro de Basquetebol Master, que praticam o basquetebol há pelo menos 8 meses. Instrumentos de medida: para avaliação da QVRS foi utilizado o instrumento Medical Outcomes Study, Short Form–36. O NAF foi avaliado por meio do International Physical Activity Questionnaire. Informações referentes à DEF e as lesões esportivas foram coletadas por meio da Negative Addiction Scale e do Inquérito de Morbidade Referida, respectivamente. Variáveis sociodemográficas e as características esportivas foram avaliadas por questionários padronizados, visando a caracterização da amostra e controle das análises estatísticas. Análise dos dados: a regressão de Poisson mediante estimativas de Razão de Prevalência (RP) foi utilizada como medida de associação do NAF, DEF e lesão esportiva com a QVRS. Resultados: os modelos de regressão ajustados evidenciaram uma associação positiva do NAF com os domínios Capacidade Funcional (RP = 1,46; 95%IC = 1,12-1,90) e Componente Físico (RP = 1,32; 95%IC = 1,03-1,70) da percepção da QVRS, bem como a associação negativa da baixa DEF e dos domínios Capacidade Funcional (RP = 1,47; 95%IC = 1,06-2,04), Aspectos Físicos (RP = 2,59; 95%IC = 1,84-3,64), Dor (RP = 1,62; 95%IC = 1,08-2,41), Estado Geral de Saúde (RP = 1,45; 95%IC = 1,04-2,02), Aspectos Sociais (RP = 2,04; 95%IC = 1,47-2,85), Aspectos Emocionais (RP = 2,88; 95%IC = 2,03-4,08), Componente Físico (RP = 2,19; 95%IC = 1,59-3,02) e Componente Mental (RP = 2,24; 95%IC = 1,66-3,02) da percepção da QVRS dos atletas masters, bem como a média DEF e os domínios: Capacidade Funcional (RP = 1,43; 95%IC = 1,08- 1,89), Aspectos Físicos (RP = 1,70; 95%IC = 1,21-2,38), Estado Geral de Saúde (RP = 1,35; 95%IC = 1,00-1,81), Aspectos Emocionais (RP = 1,80; 95%IC = 1,27-2,56), Componente Físico (RP = 1,31; 95%IC = 1,13-2,11) e Componente Mental (RP = 1,53; 95%IC = 1,14-2,06). A lesão esportiva também esteve negativamente associada aos domínios Capacidade Funcional (RP = 1,85; 95%IC = 1,51-2,27), Aspectos Físicos (RP = 3,99; 95%IC = 3,08- 5,18), Dor (RP = 1,65; 95%IC = 1,26-2,16), Aspectos Sociais (RP = 1,79; 95%IC = 1,41-2,27), Aspectos Emocionais (RP = 4,40; 95%IC = 3,35-5,78), Saúde Mental (RP = 1,37; 95%IC = 1,06-1,68), Componente Físico (RP = 2,35; 95%IC = 1,90-2,90) e Componente Mental (RP = 2,65; 95%IC = 2,14-3,29) da percepção da QVRS. Conclusões: De acordo com os achados desta pesquisa, foi possível concluir que o NAF pode contribuir positivamente para alguns domínios físicos da percepção da QVRS, já a DEF e a lesões esportivas podem diminuir os níveis de percepção da QVRS, tanto em aspectos físicos quanto mentais da QVRS. / Abstract: The present study aims to determine the association between physical activity level (PA), physical exercise dependence (PED) and sport’s injuries with the perception of health-related quality of life (HRQoL) dimensions in master basketball athletes. Sample: The study sample included 410 male master athletes aged between 35 and 85 years (52.26 ±11.83), of the Campeonato Brasileiro de Basquetebol Master, practicing basketball for at least 8 months. Measuring instruments: HRQoL was assessed using the instrument Medical Outcomes Study - Short Form-36. The PA was assessed using the International Physical Activity Questionnaire. Information regarding the PED and sports injuries were collected by Negative Addiction Scale and the Reported Morbidity Survey, respectively. Sociodemographic characteristics and sports were assessed by standardized questionnaires to characterize the sample and control the statistical analyzes. Data analysis: Poisson regression estimated by the prevalence ratio (PR) was used as a measure of association of PA, PED and sport’s injury with HRQoL. Results: The adjusted regression models showed a positive association of PA with Functional Capacity (PR = 1.46, 95%CI = 1.12-1.90) and Physical Component (PR = 1.32, 95%CI = 1.03-1.70 ) of the HRQoL perception, as well as the negative association of low PED and Functional Capacity (PR = 1.47, 95%CI = 1.06-2.04), Physical Aspects (PR = 2.59, 95%CI = 1.84-3.64), Pain (PR = 1.62, 95%CI = 1.08-2.41), General Health (PR = 1.45, 95%CI = 1.04-2.02), Social Functioning (PR = 2.04, 95%CI = 1.47- 2.85), Emotional Aspects domains (PR = 2.88 , 95%CI = 2.03-4.08), Physical Component (PR = 2.19, 95%CI = 1.59-3.02) and Mental Component (PR = 2.24, 95%CI = 1.66-3.02) of masters athletes perceived HRQoL, as well as the moderated PED and domains: Physical Functioning (PR = 1.43, 95%CI = 1.08- 1.89), Physical Aspects (PR = 1.70, 95%CI = 1.21-2.38), General Health (PR = 1.35, 95%CI = 1.00-1.81), Emotional Aspects (PR = 1.80, 95%CI = 1.27-2.56), Physical Component (PR = 1.31, 95%CI = 1.13-2.11) and Mental Component (PR = 1.53, 95%CI = 1.14-2.06). The sport’s injury was also negatively associated with perception of HRQoL in Functional Capacity (PR = 1.85, 95%CI = 1.51-2.27), Physical Aspects (PR = 3.99 , 95%CI = 3.08-5.18), Pain (PR = 1.65, 95%CI = 1.26-2.16), Social Functioning (PR = 1.79, 95%CI = 1.41-2.27), Emotional Aspects (PR = 4.40 , 95%CI = 3.35-5.78), Mental Health domains (PR = 1.37, 95%CI = 1.06-1.68), Physical Component (PR = 2.35, 95%CI = 1.90-2.90) and Mental Component (PR = 2.65, 95%CI = 2.14-3.29). Conclusions: According to the findings of this research, PA can positively contribute to some physical perception HRQoL domains, while PED and sport’s injuries may decrease the perceived HRQoL levels, both physical and mental aspects of HRQoL.
49

Dissociação devido a evento estressor traumático: precipitadores e tratamento

Guimarães, Eduardo Reuwsaat January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2014-10-25T01:01:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000462213-Texto+Parcial-0.pdf: 275298 bytes, checksum: 3aba2e599e28189262d0cd12a2909b66 (MD5) Previous issue date: 2014 / The present work aims to present data on the dissociative phenomena in victims of trauma. Dissociation is defined as changes in the integration of perception and consciousness, provoking states of derealization and depersonalization. It is discussed on literature the role of traumatic stressors, especially if in childhood in the expression of dissociation reactions. Theoretical models propose different levels of importance of the traumatic, and those who argue that the event is a triggering factor or at least a mediator are the ones most empirical support. This dissertation present empirical findings from a clinical assessment in a population of trauma victims. With this, it was aimed to determine the role of different factors as predictors of dissociative symptoms. The empirical study conducted a logistic regression with 47 patients from an outpatient trauma seeking to develop a model considering the main predictors. Results indicated significant predictors, post- traumatic, depressive and anxiety symptoms, as well as trauma and child maltreatment. The role of these findings in different theoretical models on the etiology of dissociative symptoms are discussed. Furthermore, a systematic review aimed to evaluate the effect of different interventions focused on dissociative symptoms in the treatment of Post Traumatic Stress Disorder ( PTSD ). A total of 17 empirical articles were analyzed. All studies point out to a concomitant decrease of dissociative and posttraumatic symptoms, but few studies have directly discuss psychological techniques for solving dissociative symptoms. Both studies point to the association between symptomatologies and suggests that future studies of assessment and treatment of PTSD based on a theoretical model must considers this association. / O presente trabalho visa contribuir com dados sobre o fenômeno dissociativo em população vítima de trauma. Reações de dissociação envolvem alteração na integração da percepção e da consciência, causando um estado de desrealização e despersonalização no indivíduo. É discutido na literatura sobre o papel de um evento estressor traumático, principalmente se ocorrido na infância na expressão de reações de dissociação. Modelos teóricos propõem diferentes níveis de importância do evento traumático, sendo que os que postulam que o evento é um fator desencadeante ou ao menos um mediador são os que têm maior embasamento empírico. A presente dissertação traz achados empíricos a partir de uma avaliação clínica em uma população vítima de traumas. Com isto, objetivou-se verificar o papel de diferentes fatores como preditores para os sintomas dissociativos. O estudo empírico realizou uma regressão logística com 47 pacientes de um ambulatório de trauma buscando desenvolver uma modelo considerando os principais preditores. Resultados apontaram para preditores significantes, a sintomatologia pós-traumática, depressiva e ansiosa, bem como o traumas e maus tratos na infância.O papel destes achados nos diferentes moddelos teóricos sobre a etiologia dos sintomas dissociativos são discutiddos. Além disso, uma revisão sistemática buscou avaliar o efeito de diferentes intervenções enfocadas nos sintomas dissociativos no tratamento de Transtorno de Estresse PósTraumático (TEPT). Um total de 17 artigos empíricos foram analisados. Todos os estudos encontrados apontam para uma diminuição concomitante de sintomatologia dissociativa e pós-taumática, porém poucos estudos discutem diretamente técnicas psicológicas para a resolução os sintomas dissociativos. Ambos os estudos apontam para a associação entre as sintomatologias, e propõe que futuros estudos de avaliação e tratamento do TEPT baseiem-se em um modelo teórico que considere esta associação.
50

Terapia celular no tratamento de feridas crônicas

Nascimento, Norma Gondim Cléto [UNESP] 18 February 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:51Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-02-18Bitstream added on 2014-06-13T18:39:53Z : No. of bitstreams: 1 nascimento_ngc_me_botfm.pdf: 2651674 bytes, checksum: 781b578e87643fbe1e16f82d19ca0913 (MD5) / Ministério da Saúde / O hemocomponente gerador da cola de fibrina home made é a fração do plasma fresco congelado. Neste os fatores I (fibrinogênio), VIII, XIII, von Wilebrand e fibronectina estão presentes em elevada concentração. O fibrinogênio, fator I da coagulação sangüínea, sofre ativação nos processos de injúria tecidual onde são desencadeados os fenômenos hemostáticos que culminam com a formação de uma rede resistente de fibrina na qual existem leucócitos, hemácias e plaquetas. O gel de plaquetas é um hemocomponente obtido a partir de concentrado de plaquetas ou de plaquetaféres com adição de gluconato de cálcio e trombina e tem sido alvo de muitos estudos na última década sua participação no processo de cicatrização, especialmente porque libera fatores de crescimento no leito de feridas promovendo a reparação fisiológica tecidual. Neste estudo avaliou a ação de curativos bioativos home made: células tronco mesenquimais incorporadas ao gel de plaquetas laminares com laserterapia, no processo de cicatrização de feridas crônicas. Foram avaliados feridas crônicas em membros inferiores, de 5 pacientes, sendo predominantemente feridas decorrentes de seqüelas de hanseníase. O gel laminar de plaquetas mostrou-se ser um promissor meio de microencapsulação de células tronco mesenquimais, fibroblastos e queratinócitos. Nas feridas tratadas com células tronco mesenquimais, incorporadas ao gel laminar de plaquetas, foi observada melhora clínica considerável, tanto na cicatrização, quanto na redução das manifestações inflamatórias e dolorosas, nos 5 pacientes / The blood components of fibrin glue generator home made is the fraction of fresh frozen plasma. In the factors I (fibrinogen), VIII, XIII, von Wilebrand and fibronectin are present in high concentration. Fibrinogen, blood coagulation factor I, undergoes activation in the processes of tissue injury where the phenomena are triggered hemostatic culminating in the formation of a strong fibrin network in which there are leukocytes, red blood cells and platelets. The platelet gel is a blood components obtained from platelet concentrate with the addition of calcium gluconate and thrombin and has been the subject of many studies over the last decade due to their involvement in the healing process, especially because it releases factors growth in the wound bed to promote the physiological tissue repair. This study evaluated the action of bioactive dressings home made: mesenchymal stem cells embedded in the laminar platelet gel with laser therapy in the healing of chronic woundsChronic wounds were evaluated in the lower limbs of five patients, predominantly due to wounds sequelae of leprosy. The laminar platelet gel showed to be a promising be means of microencapsulation of mesenchymal stem cells, fibroblasts and keratinocytes. In wounds treated with mesenchymal stem cells embedded in the laminar platelet gel, significant clinical improvement was observed both in healing and in reducing inflammatory and painful manifestations in 5 patients

Page generated in 0.1047 seconds