• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 435
  • 44
  • 10
  • 10
  • 10
  • 8
  • 8
  • 7
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 504
  • 128
  • 116
  • 106
  • 100
  • 87
  • 84
  • 84
  • 79
  • 78
  • 61
  • 60
  • 59
  • 53
  • 50
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

A relação partido/sindicato : um estudo de caso

Lima, Cristiane Leyendecker de 01 November 2004 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação, 2004. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-04-27T21:13:40Z No. of bitstreams: 1 2004_CristianeLeyendeckerdeLima.pdf: 703016 bytes, checksum: b00ac80805898b395867b23836837095 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-04-27T21:14:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2004_CristianeLeyendeckerdeLima.pdf: 703016 bytes, checksum: b00ac80805898b395867b23836837095 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-04-27T21:14:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2004_CristianeLeyendeckerdeLima.pdf: 703016 bytes, checksum: b00ac80805898b395867b23836837095 (MD5) / Este trabalho tem como eixo de análise a relação entre partido e sindicato, dois importantes instrumentos de organização da classe trabalhadora. Debate-se o contexto de sufrágio universal como mais um elemento na luta política, entendendo-se que essa transformação de concepção, na luta pelo poder, transfere a lógica, que se adapta para o âmbito institucional. O objeto de análise nesta pesquisa será a relação do Partido dos Trabalhadores com a Central Única dos Trabalhadores durante a campanha eleitoral de 2002 e, posteriormente, no primeiro ano do governo federal de Luiz Inácio Lula da Silva. Para realizar este estudo procedeu-se à observação de dois momentos históricos distintos dessas duas organizações. Durante a década de 1980 havia confronto explícito com a estrutura de poder, confronto esse marcado pelo ascenso das lutas sindicais e pelo entendimento da necessidade de um partido político que pudesse servir de instrumento de luta e de organização da classe. Logo consolidou-se a necessidade de uma central sindical que organizasse o conjunto da classe trabalhadora nacionalmente, mas que fosse independente do Estado e de qualquer partido político. Em um segundo momento, marcado pela perda do caráter de confronto e do referencial de classe, adaptou-se o discurso ao modelo da democracia política e da luta pela cidadania. Procedeu-se, também, à reconstrução histórica da social-democracia na perspectiva analítica que percebe nas reformas graduais um referencial no processo de transformação política, e à reflexão sobre o sufrágio eleitoral como objetivo estratégico, sendo este entendido como elemento subjacente, mas fundamental porque demonstra as mudanças analisadas e caracterizadas pelos atores em questão. A pesquisa nos leva a concluir que a utilização dos sindicatos e das centrais sindicais pelos partidos políticos no pleito eleitoral tem influência sobre a crise sindical e interfere na sua relação com a estrutura partidária. O partido reduz o seu campo de atuação para o pleito eleitoral, ao convergir as suas forças para a conquista do poder, e assim deixa de lado as clivagens de classe que lhe deram origem. Conclui-se, também, que a relação pós-eleitoral partido/classe tem efeitos desmobilizadores sobre a base sindical e partidária. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present work analyzes the relationship between party and labor union as important instruments of organization for the working class. The context of Universal Suffrage will be debated as another element of political struggle. The significance of value’s changes from tactics to strategies lays down a principle in the pursue of political power. It is understood that this change of concept, in the struggle for power, transfers the logic that is adapted to the institutional scope. The object of analysis is the relationship between the Partido dos Trabalhadores and the Central Única dos Trabalhadores during the electoral campaign of 2002 and, later, during the first year of government of Luiz Inácio Lula da Silva. To accomplish this work, (i) two distinct historical moments of those organizations were observed; the initial moment during the 80s, a phase where there were explicit confrontation with the power structure, characterized by the rising of union struggles and the understanding of the need of a political party that could be used as an instrument of struggle and class organization. And, later, a labor union that could organize the working class nationaly, and that would be independent from the State and any other political party. And a second moment characterized by the loss of that confrontational aspect, adapting the speech to the ideal of political democracy; (ii) the reconstruction of the history of social-democracy in a analytical perspective that perceives in the gradual reform a reference to the process of political transformation; (iii) the suffrage as a strategical purpose, understoond as a fundamental element because it demonstrates the changes analyzed and characterized by those individuals. The research had as a result the confirmation that (i) the use of the unions by the political parties in the electoral period has influence over the union crisis and interferes in its relationship with the party structure. The party, reducing its performance, by concentrating its forces to obtain power, sets aside the elements that where its own origin, (ii) the post-electoral relationship between party and labor union demobilizes the union and party base.
22

Democracia sindical no Brasil

Crivelli, Ericson 26 July 2018 (has links)
Orientador: Leoncio Martins Rodrigues / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-26T06:49:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Crivelli_Ericson_M.pdf: 17393701 bytes, checksum: bfa89d6cfade2edee7ad5a9b2a349576 (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Ciência Política
23

A compreensão da ciencia e da tecnologia pelo movimento sindical brasileiro

Higa, Willian Toshio Minatogawa, Dagnino, Renato Peixoto, 1948- 12 August 2018 (has links)
Orientador: Renato Peixoto Dagnino / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias / Made available in DSpace on 2018-08-12T01:26:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Higa_WillianToshioMinatogawa_M.pdf: 5832503 bytes, checksum: c3b5c21714f51dc57fc69eef50a8077f (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: Este trabalho analisa a compreensão da Ciência e da Tecnologia (C&T) pelo Movimento Sindical (MS) brasileiro. Ele possui três capítulos, intitulados "A construção social da C&T segundo uma visão de classe", "Um referencial para a análise da compreensão da C&T pelo Movimento Sindical" e ¿A análise da compreensão da C&T pelo Movimento Sindical brasileiro". O capítulo 1 explora o campo teórico conhecido como "Construção Social da C& T' através de uma visão de classe, baseada pelo Marxismo. Ela fornece a orientação para a para a construção do referencial de análise apresentado no capítulo 2. Este referencial pode ser representado por uma matriz que possui, nas colunas, as três Posturas Sindicais (discurso, proposição e ação) e, nas linhas, os seis Temas Sindicais (precarização e exclusão social, subordinação, coerção, consentimento, resistência e organização sindical). A análise conjunta das células da matriz (que são ¿cruzamentos" entre estas duas categorias analíticas que possuem relevâncias específicas), permitem a avaliação da compreensão da C&T da organização sindical. O capítulo 3 apresenta o resultado da aplicação do referencial analítico construído. Ele sistematiza a informação coletada na pesquisa de campo sobre três organizações sindicais e, finalmente, uma visão global da compreensão da C&T pelo MS brasileiro, que é a resposta à questão contida no título do trabalho / Abstract: , liA framework to analyze the comprehension of S& T by TU" and ''The comprehension of S&T by the Brazilian TU". Chapter 1 explores the theoretical field known as Social Construction of S& T through a class approach based on Marxism. It gives the methodological foundations for the construction of an analytical framework presented in chapter 2. This framework can be represented by a matrix in which the columns are the three Trade Union Postures (discourse, proposition and action) and, the lines are the six Trade Union Themes (social exclusion, subordination, coercion, consentment, trade union resistance and organization). The joint analysis of the matrix cells (which are "crossings" among these two analytical categories that possess specific relevance) allows the evaluation of the comprehension of S&T of a trade union organization. Chapter 3 is the outcome of putting into practice the framevvork designed. It systematizes the collected information in the field research on four organizations and, finally, offers a global perspective of Brazilian TU, which is an answer to the question contained in the title of the work / Mestrado / Politica Cientifica e Tecnologica / Mestre em Política Científica e Tecnológica
24

Reestruturação produtiva na industria do Piaui : o caso da Industria de Confecções de Roupas Guadalajara

Macambira, Dalton Melo 30 July 2002 (has links)
Orientador : Decio Azevedo Marques de Saes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-08-01T22:52:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Macambira_DaltonMelo_M.pdf: 26148775 bytes, checksum: dec21594500f0bc97c979490cfdbb417 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Este trabalho tem por objetivo investigar o processo atual de reestruturação produtiva na indústria do Piauí, isto é, a implementação de novas tecnologias e equipamentos, bem como a utilização de novas formas de gestão e organização do trabalho. Constatamos que os avanços tecnológicos e que os novos métodos produtivos, alternativos ao padrão de acumulação de capital referenciados no taylorismo e no fordismo, chamados de acumulação flexível, produção enxuta, toyotismo ou simplesmente de pós-fordismo, que são processos que ocorrem no Brasil e no mundo de hoje, estão também ocorrendo no Piauí. Para tanto, tomamos como referência um estudo realizado em várias indústrias do estado, particularmente a pesquisa que realizamos na Indústria de Confecções de Roupas Guadalajara, tomada como estudo de caso. Entendemos que os novos métodos produtivos para atenderem aos interesses do capital necessitaram da implementação paralela do modelo econômico de modernização conservadora, chamado de neoliberalismo, e de um trabalho de convencimento dos trabalhadores visando sua colaboração. Esse processo tem produzido profundas transformações no mundo do trabalho e contribuído para uma crise no movimento sindical, bem como para a elevação do desemprego. Neste sentido, concluímos que a indústria do Piauí passa por um processo de transição do taylorismo/fordismo para métodos alternativos de acumulação de capital através de um processo de reestruturação produtiva / Abstract: The objective of this work is to investigate the current process of productive restructuring in the industry of Piaui, that is, the implementationof new technology and equipment as well as the utilization of new types of administrative and work organization. We verified technological advances and the new productive methods which are altematives to the pattem of accumulation of capital referred to in tayorism and fordism, called flexible accumulation, slim lined production, toyotism or simply post-fordism. These processes which take place in Brazil and the world nowadays are also taking place in Piauí. We used as reference a study done in several industries in the state, especially one which was carried out at Guadalajara Clothing Industry and was used as a case study. We understand that for the new productive methods to attend the capital interest it is necessary to implement parallel to the economic model of conservative modemization, called neoliberalism, the task of convincing the employees to cooperate. This process has produced profound transformation in the world of labor and has contributed to a crisis in the labor unions as well as to the increase in unemployment. In this sense, we conc1udethat the industry in Piaui has gone through a process of transition from aylorism/fordism to the alternative methods of accumulation of capital through the process of productive restructuring / Mestrado / Mestre em Ciência Política
25

Sindicalismo em tempos de crise : a experiencia na Volkswagen do Brasil

Barbosa, Mario dos Santos 02 August 2018 (has links)
Orientador : Jose Jorge Eduardo Levi Mattoso / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia / Made available in DSpace on 2018-08-02T23:02:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Barbosa_MariodosSantos_M.pdf: 3363886 bytes, checksum: f30846c50ee519e14ca263c0bdafb0d9 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: O objetivo geral desta pesquisa é aprofundar a análise sobre a trajetória recente do sindicalismo na região do ABC. O estudo aproxima-se de uma "pesquisa-ação", em razão do grande envolvimento pessoal do pesquisador - como dirigente sindical na planta fabril da Volkswagen em São Bernardo do Campo - com o objeto de investigação Partindo de uma visão mais ampla sobre os efeitos da política econômica sobre o mercado de trabalho e a produção nacional, o trabalho analisa o percurso da ação sindical nesta região, no período 1980-2002. O objetivo específico é analisar o papel do sindicalismo na determinação das mudanças nas relações de trabalho que se refletiram numa ação sindical de cunho mais propositivo no contexto de crise econômica e reestruturação produtiva nos anos 90. Como parte deste objetivo o estudo destaca o desenvolvimento da organização nos locais de trabalho, como elemento central da estratégia organizativa dos Metalúrgicos do ABC, tomando como referência a experiência na Volkswagen. / Abstract: The main goal of this research is to deepen the analysis about the recent the trade unionist trajectory at the ABC Region. The study is closed to a "participant research" due to the large involvement of the researcher with the object of the investigation as unionist at São Bernardo Volkswagen's industrial plant. Based on the analysis of the effects of the Brasilian economic policy over the labor market and national production, the work studies the course of the union action at this Region from 1980 to 2002. The specific aim is to identifye the influence of the trade unionism on the changes of the industrial relations. At the ABC experience concerned changes reflected a more proposhive union action during the economic crisis and industrial restructuring that characterized the nineties. As part of this aim the study points out the development of the union organization at the work places, as a central fature of the organizative strategy of the ABC Metalworkers Union, taking as reference the experience at Volkswagen. / Mestrado
26

O sindicalismo no tempo : as estratégias do Sindicato dos Metalúrgicos do Maranhão no trato dos trabalhadores vinculados ao chão de fábrica

FARIAS, Naíres Raimunda Gomes 31 January 2012 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-05T14:09:01Z No. of bitstreams: 2 TESE - NAÍRES RAIMUNDA GOMES FARIAS.pdf: 3119219 bytes, checksum: 5cb7c6a0dcbd5b87209d7d6d729a2148 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T14:09:01Z (GMT). No. of bitstreams: 2 TESE - NAÍRES RAIMUNDA GOMES FARIAS.pdf: 3119219 bytes, checksum: 5cb7c6a0dcbd5b87209d7d6d729a2148 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012 / Este trabalho analisa o encaminhamento das estratégias do SINDMETAL, Sindicato dos Metalúrgicos do Maranhão, no trato dos trabalhadores vinculados ao chão de fábrica da ALUMAR (Alumínio/Maranhão), gestões 1997-2000 e 2000-2003. Tem como condução investigativa inicial a realização de uma pesquisa bibliográfica, documental e de campo constituída de entrevistas com 25 trabalhadores do processo imediato da produção do alumínio, a Redução. A organização do objeto de estudo encontra-se subsidiada por uma categorização dos dados coletados, seguida por uma preliminar problematização da temática. Os resultados da pesquisa asseveraram requisições de estratégias do âmbito fabril ao extramuros. Destaque para melhorias salariais, condições de trabalho, relações sindicatosociedade, parada na entrada da fábrica e negociação entre representação patronal e sindical. O arranque da questão remete para o aspecto mudança na história do SINDMETAL. Propõese substituição da estratégia confronto com o capital pelo trinômio proposição/negociação/participação; no contraponto, a compreensão de uma proposta regida pelo capital e distante dos movimentos autônomos da classe. A tendência é evitar manifestações prolongadas. Os movimentos de curta duração são avaliados como viáveis frente ao mercado maranhense, onde a ALUMAR oferece melhores condições de trabalho e salário, além do investimento tecnológico. Os dados sinalizam um sindicalismo possível às requisições do capital. Em vez de greve, prioriza-se parada de horas na entrada da empresa. Detalhe: desde que esgotadas todas as possibilidades de negociação. O diferencial: a produção não pára, dada a dinâmica ininterrupta do processo produtivo. As conclusões do estudo assinalam mudanças no trato das divergências entre partes e enfatizam a negociação e o confronto como importantes estratégias sindicais, registrando a relevância de atuações parciais, desde que articuladas a um horizonte além das demandas empresariais com capacidade de generalizar-se para um movimento de confronto à lógica do capital na produção. Mudanças nas formas, mas considerando o componente oposicionista como vital na dinâmica sindical.
27

Politica neoliberal e sindicalismo no Brasil

Boito Junior, Armando, 1949- 24 July 2018 (has links)
Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-24T07:50:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 BoitoJunior_Armando_LD.pdf: 8234990 bytes, checksum: aae539de986f9ecb6322428805ed7352 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Tese (livre-docencia) - Univer / Livre-Docente em Ciencia Politica
28

Nuevas prácticas y formas de organización sindical

Ponce Pineda, Leonardo Javier January 2004 (has links)
Memoria (licenciado en ciencias jurídicas y sociales) / El presente trabajo pretende aportar al debate en torno a las causas de la crisis del movimiento sindical, a partir del análisis del proceso histórico de su constitución y de las transformaciones estructurales que están a la base de dicha crisis; a la vez que, desde el análisis de algunas experiencias alternativas de carácter local, busca extraer algunas enseñanzas útiles al conjunto del movimiento sindical en su proceso de refundación. Mediante la revisión bibliográfica se abordan los primeros tópicos, mientras que las experiencias alternativas son reseñadas a partir de entrevistas con sus principales dirigentes, participación en algunas de sus actividades, apoyándose en su publicaciones y documentos así como de artículos de prensa atingentes. De las experiencias reseñadas se recogen modelos organizacionales territoriales, de oficio y por grupo económico, como así mismo se resalta la importancia de la proyección política del sindicalismo, expresada más que en las relaciones con gobierno y partidos, en la capacidad de articularse con otras franjas sociales tras un proyecto transformador.
29

De vocação para profissão : organização sindical docente e identidade social do professor

Rêses, Erlando da Silva 04 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2008. / Submitted by Jaqueline Oliveira (jaqueoliveiram@gmail.com) on 2008-11-20T17:52:38Z No. of bitstreams: 1 TESE_2008_ErlandoDaSilvaReses.pdf: 5938487 bytes, checksum: a5e509c4c1b28ad536f198257fd0c456 (MD5) / Approved for entry into archive by Georgia Fernandes(georgia@bce.unb.br) on 2009-02-04T17:31:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESE_2008_ErlandoDaSilvaReses.pdf: 5938487 bytes, checksum: a5e509c4c1b28ad536f198257fd0c456 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-02-04T17:31:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE_2008_ErlandoDaSilvaReses.pdf: 5938487 bytes, checksum: a5e509c4c1b28ad536f198257fd0c456 (MD5) / O sindicalismo operário surge no século XIX e se desenvolve com grandes mobilizações sociais durante as primeiras décadas do século XX no Rio de Janeiro. Registra-se, neste período, a existência de greves que envolveram diversas categorias profissionais. E o setor educacional como se encontrava? As condições da escola pública eram precárias, o analfabetismo alarmente e a profissão de professor desvalorizada, devido à existência de poucas escolas oficiais. O estímulo ao ingresso no ensino superior pelas camadas mais abastadas da sociedade à época, motivava a proliferação do ensino particular. Diante de tais fatos, o estudo averiguou se a formação da organização sindical docente da educação básica no Rio de Janeiro foi tardia comparativamente à estruturação das organizações sindicais operárias, tarefa que exige reconstruir a origem do sindicalismo docente e as condições de sua emergência. Para a consecução do objetivo da análise da formação tardia ou não do sindicalismo docente foram realizados pesquisa documental e levantamento de dados primários e secundários. Foram feitas entrevistas em profundidade com 18 sujeitos com vinculação direta ou indireta ao sindicalismo docente da educação básica no Rio de Janeiro, dirigentes sindicais, ex-dirigentes e professores com atuação tanto no Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (SINPRO-Rio), quanto no Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (SEPE/RJ). Desenvolveu-se um repertório teórico-empírico que abrangeu discussão sobre a identidade social do professor, a proletarização do trabalho docente e trabalho por vocação, o panorama histórico e sociológico do sindicalismo operário brasileiro, o percurso do associativismo e da formação da perspectiva sindical no Brasil, a tessitura social, política, econômica e educacional do Rio de Janeiro nos últimos momentos do período monárquico até as primeiras décadas do período republicano. A discussão sobre a identidade social do professor serviu para embasar a posição desta categoria quanto à classificação como “trabalhador”. Porém, o que se verificou foi à existência de ambigüidades. A tese da proletarização dos professores ganha força na atualidade com a intensificação do trabalho docente e o alargamento da condição de assalariado. Na análise dos dados das entrevistas utilizou-se o programa ALCESTE e a abordagem tridimensional do sociólogo francês Doise, que apresenta três fases ou hipóteses de análise: existência de um campo comum nos discursos dos sujeitos, diferenças individuais ou grupais e ancoragem dessa diferenças. No campo comum, os sujeitos revelaram a imprescindibilidade do sindicato para o reconhecimento e valorização da categoria. Já nas diferenças grupais averiguou-se que o grupo de professores com história de filiação ao sindicalismo docente do ensino público destacou que a identidade social do professor passa pela classificação da categoria como classe trabalhadora e apresentou um sindicalismo mais ativo e mobilizador. Para este grupo o trabalho por vocação contribuiu significativamente para a demora na organização sindical da categoria. O grupo de professores com história de filiação ao sindicalismo docente do ensino privado apresentou uma visão mais imobilista da categoria, destacando aspectos da sua própria história de militância, em que prevaleceu o personalismo e o centralismo de decisões. A ancoragem vinculou-se com a história de formação do dirigente sindical, da sua percepção sobre sindicalismo e educação e de sua vinculação ao tipo de sindicato, se atrelado à estrutura sindical oficial ou não. Os resultados da pesquisa apontaram para a existência de multifatores impeditivos para a organização sindical do professores da rede pública no Rio de Janeiro: ambigüidade da identidade social da profissão de professor; baixa densidade de professores; elitismo dos professores na primeira República; enquadramento sindical e ausência de sindicalismo autônomo; concepção de vocação, missão ou dom para o exercício do magistério; desorganização estrutural do ensino público, sua desvalorização pelo Estado e limitação legal do Estado para a organização sindical no serviço público. Percebeu-se uma similitude no percurso da organização sindical entre o Rio de Janeiro e Portugal. Nas duas localidades o mutualismo favoreceu a formação da forma-sindicato entre os docentes, com a diferença que em Portugal ele inicia-se na segunda metade do século XIX e no Rio de Janeiro no começo do século XX. No Rio de Janeiro a primeira organização sindical docente surge em 1931 com os professores do ensino secundário da rede privada. Já em Portugal ela surge em 1911 com o Sindicato dos Professores Primários do ensino oficial no Porto. Nas duas localidades o movimento sindical docente ganha amplitude após os anos de 1970. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Labor unionism in Rio de Janeiro, Brazil, appeared in the 19th Century and increased during the first decades of the 20th Century with great social mobilizations. In that period, the occurrence of strikes which involved various professional categories was recorded. What was the situation of the educational sector? Public school conditions were precarious, illiteracy was alarming, and the profession of teacher devaluated, due to scarcity of official schools. Stimulus to admission into higher education by the most prosperous strata of society of that time motivated the proliferation of private education. Before these facts, the study investigated whether the development of union organization of elementary education teaching in Rio de Janeiro was behindhand in comparison to the structuring of labor union organizations, a task that demands reconstructing the origins of teaching unionism and conditions of its emergency. For attainment of the objective of analysis on whether or not that development had been behindhand, a documental research and a survey of elementary and secondary data were accomplished. Thorough interviews with 18 subjects linked directly or indirectly with unionism of elementary education teaching in Rio de Janeiro were made, among which were union directors, ex-directors, and teachers, acting both in the Union of Teachers of the City of Rio de Janeiro and Region (Sinpro-Rio) and the State Union of Professionals of Education of Rio de Janeiro (SEPE/RJ). A theoreticalempirical repertory was developed, which comprehended: debate on social identity of the teacher; proletarianization of teaching and vocational labor; historical and sociological panorama of Brazilian labor unionism; socio-historical course of associative unionism and development of union perspective in Brazil; social, political, economical, and educational compass of Rio de Janeiro from the last moments of the monarchic period to the first decades of the republican period. The debate on social identity of the teacher served to base the position of this category regarding one’s classification as “laborer”. However, occurrence of ambiguities was verified. The thesis on the proletarianization of teachers is strengthened nowadays with intensification of the teaching work and enlargement of the condition of salaried employee. In the analysis of data from the interviews, the ALCESTE program and the tridimensional approach by French sociologist Doise were used; the latter presents three phases or hypotheses of analyses: occurrence of a common field in the speeches of subjects; individual or group differences; anchorage of these differences. In the common field subjects expressed the indispensability of the union for acknowledgement and appreciation of the category. Now in group differences it was attested that the group of teachers with a history of connection with teaching unionism from the public network accentuated that the social identity of the teacher undergoes classification of the category as working class and presented a more active and mobilizing unionism. For this group, vocational labor significantly contributed to slowness in the union organization of the category. The group of teachers with a history of connection with teaching unionism from the private network presented a more conservative view of the category, accentuating aspects of their own history of militancy, in which personalism and centralism of decisions prevailed. The anchorage was linked to the history of development of the union director, his/her perception of unionism and education, and his/her connection with the type of union, whether or not tied to the official union structure. Results of the research also pointed out the occurrence of multiple impeditive factors for union organization of teachers from the public network in Rio de Janeiro: ambiguity of social identity of the profession of teacher; low density of teachers; elitism of teachers in the first Republic; union conformity and lack of autonomous unionism; concept of vocation, mission or gift for the practice of teaching; structural disorganization of public teaching and its devaluation by the State; and legal limitation of the State for union organization in public service. A similarity between Rio de Janeiro and Portugal in the course of union organization was observed. In both places mutualism favored the development of the union pattern among teachers, the difference being that in Portugal it was initiated in the second half of the 19th Century, and in Brazil in the beginning of the 20th Century. In Rio de Janeiro, the first teaching union organization appeared in 1931, with teachers from secondary schools of the private network. Now in Portugal, it appeared in 1911 with the Union of Elementary Teachers from the public network in Porto. In both places the union movement attained broadness after the 70s.
30

Movimiento populares, siglos XIX y XX. La diversidad anarquista: Santiago, 1990-2005.

Quiroga Venegas, Pamela January 2005 (has links)
Informe de Seminario para optar al grado de Licenciado en Historia.

Page generated in 0.1579 seconds