• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 10
  • 1
  • Tagged with
  • 11
  • 11
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Mem?rias brincantes: o design de brinquedos artesanais das marisqueiras do bairro Paripe em Salvador-BA

Santos, Tamires Maria Lima Gon?alves 08 October 2015 (has links)
Submitted by Ricardo Cedraz Duque Moliterno (ricardo.moliterno@uefs.br) on 2016-03-11T23:12:48Z No. of bitstreams: 1 TamiresLima_Mem?riasBrincantes.pdf: 2157743 bytes, checksum: 9e8d91780e75c019fe18675bf9cf4c91 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-11T23:12:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TamiresLima_Mem?riasBrincantes.pdf: 2157743 bytes, checksum: 9e8d91780e75c019fe18675bf9cf4c91 (MD5) Previous issue date: 2015-10-08 / This research is an investigation about handmade toys by "marisqueiras" (female shellfish catcher) from Colony of fishermen and Aquaculture Z-67, located in Paripe, Salvador-BA. This knowledge is considered a material and immaterial patrimony. So, after made interviews with ?marisqueiras?, this research understands how such toys were built in childhood, your methods, materials and way of playing. The objective of this research is found traces of vernacular design in handmade toys; register and disseminate ancient ways of playing and consuming the toy, considering that they depend the available materials and knowledge, but mostly imaginary and cultural context. The investigation problem of this research is: What is the design of handmade toys to ?marisqueiras? of Paripe (Salvador-BA)? The methodology is based on ethnographic method was applied, using semi-structured interviews with ?marisqueiras? to learn your childhood stories and reconstruction of toys. Finally, was found that all individuals are creative and are able to create depending on your need. And just like the toys of the ?marisqueiras? of this study, handmade toys have own creative solutions vernacular design and lacks recognition and appreciation. / Esta pesquisa ? uma investiga??o sobre como eram feitos os brinquedos artesanais de marisqueiras da Col?nia de Pescadores e Aquicultores Z-67, localizada em Paripe, bairro de Salvador-BA. Esse saber artesanal ? considerado um patrim?nio material e imaterial, portanto, por meio de entrevistas com as marisqueiras, esta pesquisa compreendeu como tais brinquedos eram constru?dos na inf?ncia, seus m?todos, materiais e modos de brincar. O objetivo desta pesquisa ? afirmar que existem tra?os do design vernacular nos brinquedos artesanais; registrar e difundir antigas formas de brincar e de consumir o brinquedo, considerando que dependiam dos materiais e conhecimento dispon?veis, mas principalmente do imagin?rio e do contexto cultural pertencente a essas pessoas. O problema de investiga??o desta pesquisa ?: Qual ? o design dos brinquedos artesanais de marisqueiras do bairro de Paripe (Salvador-BA)? A metodologia ? baseada no m?todo etnogr?fico, utilizando-se de entrevistas semiestruturadas com marisqueiras, relatos da inf?ncia e reconstru??o dos brinquedos. Por fim, conclui-se que todos os indiv?duos s?o criativos e, por isso, s?o capazes de criar dependendo de sua necessidade. E, assim como os brinquedos das marisqueiras deste estudo, os brinquedos artesanais apresentam solu??es criativas pr?prias do design vernacular e necessita do reconhecimento e valoriza??o desses saberes.
2

Desenhos de couro: registro e mem?ria dos desenhos no encouramento do vaqueiro sertanejo

Neiva, Suria Seixas 17 February 2017 (has links)
Submitted by Jadson Francisco de Jesus SILVA (jadson@uefs.br) on 2018-02-21T22:38:38Z No. of bitstreams: 1 NEIVASuriaSeixas_ DESENHOS_DE_COURO.pdf: 272955981 bytes, checksum: b4858840e27db87b17f281c3e9fda9f2 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-21T22:38:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 NEIVASuriaSeixas_ DESENHOS_DE_COURO.pdf: 272955981 bytes, checksum: b4858840e27db87b17f281c3e9fda9f2 (MD5) Previous issue date: 2017-02-17 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior - CAPES / This dissertation presents the designs made from leather used by the brazilian northeast?s country cowboys: a type of surface design which can become a working gear but also a fashionable apparel. This tooled and carved leather has been made by generations in the sert?o and it is named here after ?desenho de couro?. The purpose of this work is to approach the manifestations of such ornamental leather technics considering their regional and historical presented aspects, or preexistences of its present form. The aesthetic and technical connections among the different expressions of the leather designs are understood through the survival dialetics of the images in the collective memory. This comes to be the art history methodology proposed by Warburg. Considering that is still possible to contact living masters of leather in activity, and to collect information regarding the technique transmission, this resource was used in order to understand the aesthetics and uses of that leather culture, which has its ancestral in the iberic-mudeyyan leatherwork. Both the documents of leather trade in the century XVIII, as well as of the history of the livestock in the Brazilian countryside corroborates with the hypotheses regarding the influence of the Iberian leather culture and its productive main points, today, in the Bahia countryside around Feira de Santana and Ipir?, as in Cariri from Pernambuco. The study of this leather design, more than a record of a Brazilian visual production, it is an living document of the national leather traditions and an outstanding element in the construction of the cowboy's identity as well as of an economic production and material culture of Brazil. / Esta disserta??o apresenta o desenho do encouramento dos vaqueiros sertanejos do nordeste: um desenho de superf?cie, de natureza indument?ria, ora laboral, ora social, que ? produzido h? gera??es nos sert?es, denominado aqui como desenho de couro. O objetivo deste trabalho ? abordar as manifesta??es desse desenho ornamental em superf?cie de couro por seus aspectos regionais, presentes, e hist?ricos, ou preexistentes. As conex?es est?ticas e t?cnicas, entre as diferentes express?es dos desenhos de couro, consideraram a dial?tica da sobreviv?ncia das imagens na mem?ria coletiva ? isto ?, a metodologia de hist?ria da arte proposta por Warburg. Foi lan?ado m?o do recurso, ainda poss?vel, de contatar mestres do couro em atividade e coletar informa??es a respeito da transmiss?o das t?cnicas, est?ticas e usos dessa cultura coureira, que tem seus ancestrais na corioplastia ?bero-mudej?r. O respaldo documental de tr?nsitos comerciais de couro no s?culo XVIII bem como da hist?ria da pecu?ria no sert?o brasileiro, corrobora com as hip?teses aventadas a respeito da influ?ncia da corioplastia ib?rica e da sua concentra??o produtiva, hoje, no sert?o baiano dos arredores de Feira de Santana e Ipir?, como no Cariri pernambucano. O estudo do desenho de couro, para al?m do registro de uma produ??o visual brasileira, ? um documento vivo da corioplastia nacional e um elemento marcante na constru??o n?o apenas da identidade do vaqueiro como da produ??o da economia e da cultura material do Brasil.
3

[en] THE DESIGN VERNACULAR IN CONTEMPORARY SPACES: THE CASE OF THE BAR IN RIO DE JANEIRO / [pt] O DESIGN VERNACULAR NOS ESPAÇOS CONTEMPORÂNEOS: O CASO DO BOTEQUIM NO RIO DE JANEIRO

CLAUDIA FRANCIA DO AMARAL 12 November 2013 (has links)
[pt] O foco que norteia esta dissertação de mestrado está direcionado à análise das representações do que pode ser considerado design vernacular ou design institucionalizado. Em seguida a pesquisa tem por principal objetivo a investigação sobre os valores simbólicos inseridos nos espaços aqui considerados como vernaculares. Neste contexto, o espaço contemplado é o botequim. Para melhor entendimento dos conceitos que cercam esse espaço foram também investigadas as ideias de simulacro e simulação, a partir da apropriação desses espaços vernaculares e sua representatividade nos diversos contextos sociais contemporâneos. Um dos pontos abordados diz respeito à tradição do carioca de frequentar botequins e como ocorreu o processo de construção desse espaço, bem como suas características de sustentação social, que conferem a seus frequentadores um sentimento de comunidade. A pesquisa sobre os artefatos que compõem os botequins e seus significados simbólicos, que caracterizam o estilo de vida carioca, tem por ponto principal verificar como estão sendo feitas as apropriações do design vernacular pelo design culto. A análise decorrente desta investigação permite visualizar a forma pela qual os agentes sociais se relacionam com esses diferentes espaços no cenário contemporâneo, pois entende-se ser de extrema relevância para o campo do design identificar esse modo projetual realizado através de apropriações de diferentes representações sociais, como também evidenciar sua efetiva participação no cenário contemporâneo. / [en] The focus that guides this dissertation is targeted on the analysis of the representations of what can be considered vernacular and institutionalized design. Then the research has, as the main objective, the investigation of the symbolic values that are inserted into spaces that are considered in this work as vernacular. It is in this context, that the botequim (tavern, bar) space is contemplated. For a better understanding of the concepts surrounding this space, it was investigated the ideas of simulacrum and simulation, from the vernacular appropriation of these spaces and their representation in various contemporary social contexts. One of the points raised is related to the tradition of frequenting taverns in Rio and how was the process of building this space and the characteristics that it has as social support and which makes their attendees to have a sense of community. The research on the artifacts that composes the botequins and it’s symbolic meanings that characterize the lifestyle in Rio, has as the main point, the verification of how the appropriation of the vernacular design is being made by the erudite design. The analysis result of the research described above allows to visualize how social actors relates to these different spaces in the contemporary scenery, therefore, it is understood to be extremely relevant for the field of the design to identify this projectual mode conducted through appropriations of different social representations, as also to demonstrate their effective participation in the contemporary scenery.
4

[en] THE SYMBOLIC FIELD OF THE VERNACULAR GRAPHIC DESIGN / [pt] O UNIVERSO SIMBÓLICO DO DESIGN GRÁFICO VERNACULAR

FERNANDA DE ABREU CARDOSO 27 July 2010 (has links)
[pt] Esta pesquisa tem como objetivo realizar um estudo sobre o universo simbólico do design gráfico vernacular, compreendido como o campo de produção de bens simbólicos relacionado à produção de material gráfico por indivíduos pertencentes a espaços sociais economicamente desfavorecidos. O trabalho tem como enfoque o modo como as estruturas sociais operam a criação da dimensão imaginária ou do universo simbólico, que vem a ser o chão das representações sociais. A pesquisa parte do princípio de que realidades sociais distintas refletem-se na produção, no consumo e na legitimação de bens, sejam eles materiais ou simbólicos, bem como no julgamento de valor desses bens e dessas práticas. Consideramos, portanto, que as hierarquias e classificações inscritas em objetos, produtos culturais, instituições, linguagens, assim como os julgamentos e veredictos impostos pelas instituições designadas para esses propósitos, expressam as diferentes condições sociais de existência. Assim, o valor estético de uma peça de design gráfico não seria determinado por qualidades objetivas ou formais do próprio objeto. Do mesmo modo, esse valor não seria determinado por critérios de natureza subjetiva, tal como definiu Kant. Consideramos, então, que o valor estético de uma peça gráfica pode ser encontrado com base na estrutura social que permeia sua criação, seu uso e sua avaliação, ou seja, a partir do uso social que se faz dela, e não pelo objeto em si. A análise da forma de produção de pensamento dos grupos sociais apresentada, ou seja, o modo como eles operam a construção de seus simbolismos, parte do princípio de que a norma culta concentra-se na forma, em uma dimensão mais abstrata, ao passo que as classes populares possuem a tendência a enfatizar uma configuração mais concreta. A partir da observação e análise de um conjunto de letreiros pintados à mão, filipetas e embalagens impressas populares, foi verificado como a opção pela objetividade reflete-se nas construções formais do design gráfico vernacular, constituindo uma das características mais marcantes de sua linguagem visual. Observou-se, então, a existência de um padrão na construção das representações visuais deste grupo, reflexo simbólico das similaridades das condições de existência de seus integrantes, e se analisou o que padroniza ou cria um estilo para esta linguagem. Considerando que existem relações de circularidade constantes entre os campos de produção do design gráfico vernacular e oficial, foram analisadas quais seriam as principais formas de interação entre eles e como estas ocorrem. A partir da existência de diferentes processos de hibridação entre esses grupos, examinamos em que medida esses campos podem se mesclar originando outros grupos e produções que combinam aspectos de ambos os grupos originais. Além disso, foi realizada uma análise do uso da linguagem popular fora de seu contexto original e do modo como seus elementos visuais podem ser reinterpretados e ressignificados pelo campo oficial. Analisamos, também, como o popular, apesar de não corresponder aos valores da cultura hegemônica, frequentemente assume o valor simbólico de representação de identidade nacional e verificamos as possibilidades de legitimação desta produção. / [en] This research aims to conduct a study on the symbolic field of vernacular graphic design, which can be comprehended as the field of production of symbolic goods related to the production of graphical material by individuals belonging to the economically disadvantaged social groups. The work emphasizes the way how social structures operate the creation of an imaginary dimension or symbolic space, which happens to be the ground of social representations. The research takes as principle the fact that the production, consumption and legitimization of goods, whether are they material or symbolic, as well as on the judgments of value of those goods and these practices, are a reflection of different social realities. We, therefore, believe that the hierarchies and classifications inscribed into objects, cultural products, institutions, languages, as well as evaluations and verdicts imposed by designated institutions for those purposes, express the different social conditions of existence. Thereby, the aesthetic value of a piece of graphic design would be determined not by objective or formal qualities of the object itself. Likewise, that value would not be determined by rules of subjective nature as Kant defined. We believe that the aesthetic value of a graphical piece can be found considering the social structure used in its creation, its use, and its evaluation, in other words, the evaluation would be made from the social usage of that object rather than the object itself. The analysis of the way of thought production of the social groups presented here, that is, how they do operate the construction of their symbolism, arises from the principle that the cultivated rules focuses on the form, and in a more abstract dimension, while the lower classes have the tendency to emphasize a more concrete configuration. From the observation and analysis of a set of hand painted signs, popular flyers and printed packages it was found out that the option for objectivity is reflected in the formal constructions of vernacular graphic design, establishing one of the most significant characteristics of its visual language. It was observed, then, the existence of a pattern in the construction of visual representations of that group, a symbolic reflection of similar conditions of existence of their components. It was also analyzed the factors that standardize or create a style for that language. Having in mind the frequent relations of circularity between the fields of vernacular and institutionalized graphic design production, there were considered what would be the main forms of interaction between them and the way they occur. From the existence of different hybrid processes among those groups, we looked over to what extension those fields can be mingled and originate new groups and productions blending characteristics of both original groups. In addition to that, it was made an analysis of the use of popular language outside its original context and how their visual elements can be reinterpreted and reviewed by official design field. We have studied how the popular often takes the symbolic value of representing the national identity, despite of not corresponding to the values of the hegemonic culture and it was also examined the possibilities of legitimization of that production.
5

Glossário visual popular paulista: artefatos memoráveis presentes em residências de famílias de origem rural no estado de São Paulo / Popular Paulista visual glossary : memorable artifacts present in rural origin family residences in São Paulo

Maria Beatriz Ardinghi 14 December 2015 (has links)
O propósito desta pesquisa é contribuir para os estudos da cultura material popular brasileira em relação à possibilidade da existência de identidades regionais do artefato brasileiro popular, sob a ótica do design. Para tanto, foram identificados e analisados, do ponto de vista da percepção, uso e significado, determinados artefatos domésticos considerados memoráveis e notáveis em residências de famílias de origem rural no estado de São Paulo. Tendo em vista o pressuposto de que esses artefatos correspondem à materialidade presente nas memórias afetivas de uma parte significativa da população paulista, foram analisados seus atributos formais, funcionais e simbólicos relevantes e recorrentes, a fim de se identificar uma possível linguagem regional do objeto popular - documentada na forma de um glossário visual, que possa servir de referência e inspiração ao design contemporâneo preocupado com as questões acerca das identidades culturais. O método utilizado partiu de entrevistas e coleta de depoimentos informais para a caracterização dos artefatos chamados memoráveis, isto é, que participaram de vivências afetivas da infância de parte da população adulta selecionada. A partir daí, efetuou-se uma pesquisa de campo a fim de se identificar estes artefatos presentes em residências de paulistas idosos de origem rural, distribuídas por sete regiões do estado de São Paulo, de modo a compor um acervo de artefatos notáveis, fazendo uso de registros fotográficos e entrevistas semiestruturadas para a coleta de dados. Em seguida, foram analisados seus atributos formais e funcionais bem como os significados a eles atribuídos por seus usuários dentro do contexto em que estão inseridos. Como fatores determinantes na escolha do tema destacam-se: a questão da identidade no discurso do design e sua relação com as memórias afetivas e a cultura material popular; a ausência de estudos semelhantes na área do design que abordem temas usualmente discutidos em estudos das ciências sociais e que contemplem as questões pertinentes ao design de artefatos; e, finalmente, um novo objeto de interesse nos estudos folclóricos: o artefato doméstico ordinário de uso cotidiano, comumente encontrado em residências de pessoas idosas de origem rural no interior do estado de São Paulo. Ao final da pesquisa pudemos concluir que é possível caracterizar a identidade do artefato popular paulista de acordo com suas características de uso, percepção e significado, e que esta identidade está intimamente ligada à sua origem sociocultural e histórica. / The purpose of this research is to contribute to the study of popular material Brazilian culture in relation to the possibility of regional identities of the popular artifact, from the perspective of design. In order to do so, it was identified and analyzed aspects of perception, use and meaning of a number of domestic artifacts considered memorable that can be found in rural origin family homes in the state of São Paulo Considering that these artifacts correspond to the materiality present in affective memories of a significant part of São Paulo\'s population, it was analyzed their formal, functional and symbolic attributes in order to identify their language - documented in the form of a visual glossary, which can be reference and inspiration to contemporary designers concerned with cultural identities issues. The method used in this study is based on interviews and the collection of informal testimonials to characterize what we call memorable artifacts, which are objects that participated in childhood affective experiences of the selected adult population. After that, a field survey was carried out to identify these artifacts present in São Paulo residences of elderly rural origin, spread across seven regions of the state of São Paulo, through photographic records and interviews. Then, it was analyzed their formal and plastic attributes in order to identify a possible regional language of popular household objects and the meanings given to them by their users. The theme of this research results from the discussion about cultural identity in the design field and its relation with memories and material culture. Another reason for that is due to the lack of similar studies in design to address issues usually discussed in researches from the social sciences. Finally, it represents a new object of interest in the study of folklore: the ordinary household artifacts of everyday use, commonly found in elderly homes of rural origin in the state of São Paulo. At the end of this study, it was concluded that it is possible to characterize the identity of popular São Paulo artifact according to their usage characteristics, perception and meaning. In addition, it is possible to state that this identity is related to their social, cultural and historical origin.
6

Glossário visual popular paulista: artefatos memoráveis presentes em residências de famílias de origem rural no estado de São Paulo / Popular Paulista visual glossary : memorable artifacts present in rural origin family residences in São Paulo

Ardinghi, Maria Beatriz 14 December 2015 (has links)
O propósito desta pesquisa é contribuir para os estudos da cultura material popular brasileira em relação à possibilidade da existência de identidades regionais do artefato brasileiro popular, sob a ótica do design. Para tanto, foram identificados e analisados, do ponto de vista da percepção, uso e significado, determinados artefatos domésticos considerados memoráveis e notáveis em residências de famílias de origem rural no estado de São Paulo. Tendo em vista o pressuposto de que esses artefatos correspondem à materialidade presente nas memórias afetivas de uma parte significativa da população paulista, foram analisados seus atributos formais, funcionais e simbólicos relevantes e recorrentes, a fim de se identificar uma possível linguagem regional do objeto popular - documentada na forma de um glossário visual, que possa servir de referência e inspiração ao design contemporâneo preocupado com as questões acerca das identidades culturais. O método utilizado partiu de entrevistas e coleta de depoimentos informais para a caracterização dos artefatos chamados memoráveis, isto é, que participaram de vivências afetivas da infância de parte da população adulta selecionada. A partir daí, efetuou-se uma pesquisa de campo a fim de se identificar estes artefatos presentes em residências de paulistas idosos de origem rural, distribuídas por sete regiões do estado de São Paulo, de modo a compor um acervo de artefatos notáveis, fazendo uso de registros fotográficos e entrevistas semiestruturadas para a coleta de dados. Em seguida, foram analisados seus atributos formais e funcionais bem como os significados a eles atribuídos por seus usuários dentro do contexto em que estão inseridos. Como fatores determinantes na escolha do tema destacam-se: a questão da identidade no discurso do design e sua relação com as memórias afetivas e a cultura material popular; a ausência de estudos semelhantes na área do design que abordem temas usualmente discutidos em estudos das ciências sociais e que contemplem as questões pertinentes ao design de artefatos; e, finalmente, um novo objeto de interesse nos estudos folclóricos: o artefato doméstico ordinário de uso cotidiano, comumente encontrado em residências de pessoas idosas de origem rural no interior do estado de São Paulo. Ao final da pesquisa pudemos concluir que é possível caracterizar a identidade do artefato popular paulista de acordo com suas características de uso, percepção e significado, e que esta identidade está intimamente ligada à sua origem sociocultural e histórica. / The purpose of this research is to contribute to the study of popular material Brazilian culture in relation to the possibility of regional identities of the popular artifact, from the perspective of design. In order to do so, it was identified and analyzed aspects of perception, use and meaning of a number of domestic artifacts considered memorable that can be found in rural origin family homes in the state of São Paulo Considering that these artifacts correspond to the materiality present in affective memories of a significant part of São Paulo\'s population, it was analyzed their formal, functional and symbolic attributes in order to identify their language - documented in the form of a visual glossary, which can be reference and inspiration to contemporary designers concerned with cultural identities issues. The method used in this study is based on interviews and the collection of informal testimonials to characterize what we call memorable artifacts, which are objects that participated in childhood affective experiences of the selected adult population. After that, a field survey was carried out to identify these artifacts present in São Paulo residences of elderly rural origin, spread across seven regions of the state of São Paulo, through photographic records and interviews. Then, it was analyzed their formal and plastic attributes in order to identify a possible regional language of popular household objects and the meanings given to them by their users. The theme of this research results from the discussion about cultural identity in the design field and its relation with memories and material culture. Another reason for that is due to the lack of similar studies in design to address issues usually discussed in researches from the social sciences. Finally, it represents a new object of interest in the study of folklore: the ordinary household artifacts of everyday use, commonly found in elderly homes of rural origin in the state of São Paulo. At the end of this study, it was concluded that it is possible to characterize the identity of popular São Paulo artifact according to their usage characteristics, perception and meaning. In addition, it is possible to state that this identity is related to their social, cultural and historical origin.
7

[en] VERNACULAR GRAPHIC DESIGN: ART OF THE LETTER PAINTERS / [pt] DESIGN GRÁFICO VERNACULAR: A ARTE DOS LETRISTAS

FERNANDA DE ABREU CARDOSO 26 November 2003 (has links)
[pt] Esta pesquisa pretende analisar a produção de material gráfico produzido pelas classes populares, o que é aqui denominado Design Gráfico Vernacular. O objetivo do trabalho é analisar este fenômeno através de pesquisa teórica, entrevistas, observações e análise gráfica do objeto em questão considerando o contexto social em que surge esse tipo de produção, o que a define, assim como o uso desses objetos. O objeto de estudo consiste em um conjunto de letreiros formado por três categorias de negócios de prestação de serviços, sendo eles: bares, restaurantes e lanchonetes; cabeleireiros e chaveiros, registrados na cidade do Rio de Janeiro. A partir da observação e análise do conjunto de letreiros confeccionados artesanalmente por profissionais especializados, os letristas, o trabalho busca também verificar a existência de uma linguagem própria desse tipo de produção. A pesquisa parte do princípio de que instâncias de legitimação provenientes de grupos sociais distintos, impõem valores e critérios de julgamento que afetam a produção de um campo de produção de bens simbólicos como o design. A importância desta pesquisa reside no fato de que a produção do design gráfico vernacular, mesmo caracterizando uma produção artesanal em uma sociedade pós-industrial, ainda é uma prática comum em todo o país. Esse tipo de produção convive com a produção do design gráfico culto dentro de uma mesma sociedade, porém ambos os campos de produção se formam para atender as necessidades de grupos sociais distintos. / [en] This dissertation intends to analyse the production of graphical material proceeding from popular social groups, which is herein named Graphic Vernacular Design. The focus of the work is to analyse this phenomenon through theoretical research, surveys, observation and graphical analyses of the object at issue, observing the social context in which that production arises, what defines it and the use of such objects. The object of study is based on a set of signs featured by three categories of business and services, such as: bars, restaurants and snack-bars; hairdressers and locksmiths registered in the city of Rio de Janeiro. From the observation and analysis of a handmade set of signs made by skilled professionals in that area of production, the so-called letter painters, this piece of work also investigates the existence of a particular language in that kind of production. The research takes as principle the fact that legitimation instances proceeding from different social groups impose values and rules of judgement which affect the production of a field of production of symbolic goods as occurs with the design. The importance of this study is based on the fact that the production of graphic vernacular design, even though characterizing a handmade production in a post- industrial society is still a regular practice in the country. That kind of production lives together with the production of cultured graphic design inside the same society: however, both fields of production are formed to attend the needs of distinct social groups.
8

Design vernacular urbano: a produção de artefatos populares em São Paulo como estratégia de comunicação e inserção social

Valese, Adriana 18 May 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-26T18:16:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 adriana.pdf: 20038813 bytes, checksum: 18558f48a139a7c8900a0d72fc2b81c7 (MD5) Previous issue date: 2007-05-18 / This research intends to investigate the Urban Vernacular Design, and the relations established taking it as a starting point, with socity and culture. We understand that: Urban Vernacular Design is a denomination given to popular artifacts created by an individual or a community in order to attend to its basic, concrete needs in the struggle for survival. The insertion of this research in the area of communication is justified by the fact that the artifacts of Urban Vernacular Design are analyzed as agents of communication between the producer/user, and the medium where they were generated, and, in a more all-encompassing form, in the relationship established between the artifacts and the consumer and observing public. The hypotheses for our research is that if urban vernacular design, born of the interchanges between cultures and individuals in the big urban centers, can be characterized as a communication and social insertion strategy. The general goal of this research is to investigate the place of the Vernacular Design in urban culture, from an exploratory methodology and bibliographical research, identifying the existing products, the needs that generated them, the modes of creation/production and contextualizing them as hybrid artifacts. . In order to conceptualize our study subject, we use several authors that researched this theme, as Fernanda de Abreu Cardoso, Rafael Cardoso Denis, and others. In our investigation on the Urban Vernacular Design, we seek to guide ourselves through the Semiotics of Culture, of the School of Tartu, from the work of Iuri Lotman, regarding the notion of text, also studied by Ivan Bistryna. To understand vernacular design as a process of cultural hybridization, we based ourselves in authors as Nestor Garcia Canclini, in Culturas Híbridas ; Massimo Canevacci, in Sincretismos: uma exploração das hibridações culturais , and Peter Burke, in Hibridismo Cultural . When we characterize the city of São Paulo as the place of urban vernacular design, proposing connections between the artifacts and its middle, from the viewpoint of perception, memory, and interpretation of the city, we use as reference the works Leitura sem Palavras , by Lucrécia D´Alessio Ferrara, Cidade & Alma , by James Hillman, and Pour une Anthropologie des Images , by Hans Belting / A presente pesquisa pretende investigar o Design Vernacular Urbano, e as relações estabelecidas a partir dele, com a sociedade e a cultura. Entendemos que: Design Vernacular Urbano é uma denominação atribuida aos artefatos populares criados por um indivíduo ou uma comunidade para atender às necessidades básicas e concretas na luta pela sobrevivência. A inserção desta pesquisa na área de comunicação, se justifica pelo fato de que os artefatos do Design Vernacular Urbano são analisados como agentes de comunicação entre o produtor/usuário, e o meio no qual foram gerados, e, de forma mais abrangente, na relação estabelecida entre os artefatos e o público consumidor e observador. Nossa pesquisa levanta como hipótese se o design vernacular urbano, fruto das trocas que ocorrem entre culturas e indivíduos nos grandes centros urbanos, pode ser caracterizado como uma estratégia de comunicação e inserção social. O objetivo geral desta pesquisa é o de investigar sobre o lugar do Design Vernacular na cultura urbana, a partir de uma metodologia exploratória e de pesquisa bibliográfica, identificando os produtos existentes, as necessidades que os geraram, os modos de criação/produção e contextualizando-os como artefatos híbridos. Para conceituarmos nosso objeto de estudo, utilizamos diversos autores que pesquisaram sobre o tema, como Fernanda de Abreu Cardoso, Rafael Cardoso Denis, entre outros. Em nossa investigação sobre o Design Vernacular Urbano, procuramos nos pautar na Semiótica da Cultura, da Escola de Tartu, a partir da obra de Iuri Lotman, no que se refere ao conceito de texto, também trabalhado por Ivan Bistryna. Para compreendermos o design vernacular como processo de hibridização cultural, fomos buscar subsídios em autores como Nestor Garcia Canclini, em Culturas Híbridas ; Massimo Canevacci, em Sincretismos: uma exploração das hibridações culturais , e Peter Burke, em Hibridismo Cultural . Ao caracterizarmos a cidade de São Paulo como lugar do design vernacular urbano, propondo relações entre os artefatos e seu meio, a partir da percepção, memória e interpretação da cidade, utilizamos como referência as obras Leitura sem Palavras , de Lucrécia D´Alessio Ferrara, Cidade & Alma , de James Hillman, e Pour une Anthropologie des Images , de Hans Belting
9

Pegar e fazer: a dinâmica da produção e dos usos de artefatos artesanais na região da Barra do Rio Mamanguape - PB e reflexões sobre design e produção do mundo artificial / Pegar e fazer: an investigation of traditional artifacts production and usage at Barra do Rio Mamanguape - PB and a discussion about design and the production of the artificial world

Marília Riul 03 July 2015 (has links)
Uma série de transformações ambientais, territoriais, sociais e econômicas têm influenciado os modos de vida das culturas tradicionais estabelecidas nas diversas regiões do Brasil e do mundo. Um dos aspectos que é tocado por essas mudanças é a prática da produção artesanal dos artefatos que auxiliam as atividades domésticas e produtivas dessas populações. Esta pesquisa analisou a atual produção de artefatos artesanais em povoados historicamente fixados na região da Barra do Rio Mamanguape, Paraíba, e também investigou as características presentes do uso de tais artefatos no cotidiano de uma das vilas locais. Essa prática tradicional é fundamentalmente associada às atividades de subsistência desenvolvidas pelas populações da região, como a agricultura, a pesca artesanal e o extrativismo, e tem sido delineada por diferentes fatores de dimensão local e global. Algumas implicações dessa dinâmica são o rareamento da presença da figura do artesão naqueles povoados, bem como o desaparecimento de algumas de suas expressões tradicionais. Foram verificadas variações nas características de alguns artefatos de origem indígena milenar, associados à cultura Potiguara. Também foi constatado o surgimento de outras expressões materiais que decorrem das interações das populações locais com o contexto urbano e industrial, em hibridismo com os elementos culturais tradicionais constituídos a partir da sua histórica relação com os ecossistemas circundantes e a biodiversidade nela existente. Práticas e sentidos embutidos na maneira de produzir o mundo artificial analisada neste contexto foram elencados como aspectos pertinentes ao processo de reconfiguração da atividade do design. Tal reconfiguração é discutida no âmbito de suas práticas e valores, como atividade urbana e industrial responsável pela concepção de grande parte da nossa cultura material, e diante da nossa conjuntura socioambiental. / Traditional cultures of many regions of Brazil have been influenced by many sociocultural, economical, environmental and territorial changes. One of the aspects of their culture that has been changed is the artisanal production of artifacts that are used in everyday domestic and professional activities. This research analyzed the current production of this kind of artifacts in traditional communities situated at Barra do Rio Mamanguape region, Paraíba, and also investigated usage characteristics of artisanal objects in one of the local villages. These traditional practices are associated to subsistence activities developed by the local population, like agriculture, artisanal fishery, gathering, and has been influenced by a number of local and global changes. We have observed that the declining number of artisans and the extinction of some expressions of the traditional material culture are outcomes of these changes. We also verified variations in the characteristics of some artifacts that are linked to the ancient culture of Potiguaras indigenous people. We have observed the emergence of new material expressions determined by interactions between local population and the urban and industrial contexts, involving the traditional elements and maintaining their relationships with local ecosystems and biodiversity. Practices and meanings embedded in the local production of artifacts, as part of the construction of artificial world, were listed as relevant aspects to be considered in the reconfiguration process of values and practices of design, as urban and industrial activity responsible for conceiving our material culture.
10

Pegar e fazer: a dinâmica da produção e dos usos de artefatos artesanais na região da Barra do Rio Mamanguape - PB e reflexões sobre design e produção do mundo artificial / Pegar e fazer: an investigation of traditional artifacts production and usage at Barra do Rio Mamanguape - PB and a discussion about design and the production of the artificial world

Riul, Marília 03 July 2015 (has links)
Uma série de transformações ambientais, territoriais, sociais e econômicas têm influenciado os modos de vida das culturas tradicionais estabelecidas nas diversas regiões do Brasil e do mundo. Um dos aspectos que é tocado por essas mudanças é a prática da produção artesanal dos artefatos que auxiliam as atividades domésticas e produtivas dessas populações. Esta pesquisa analisou a atual produção de artefatos artesanais em povoados historicamente fixados na região da Barra do Rio Mamanguape, Paraíba, e também investigou as características presentes do uso de tais artefatos no cotidiano de uma das vilas locais. Essa prática tradicional é fundamentalmente associada às atividades de subsistência desenvolvidas pelas populações da região, como a agricultura, a pesca artesanal e o extrativismo, e tem sido delineada por diferentes fatores de dimensão local e global. Algumas implicações dessa dinâmica são o rareamento da presença da figura do artesão naqueles povoados, bem como o desaparecimento de algumas de suas expressões tradicionais. Foram verificadas variações nas características de alguns artefatos de origem indígena milenar, associados à cultura Potiguara. Também foi constatado o surgimento de outras expressões materiais que decorrem das interações das populações locais com o contexto urbano e industrial, em hibridismo com os elementos culturais tradicionais constituídos a partir da sua histórica relação com os ecossistemas circundantes e a biodiversidade nela existente. Práticas e sentidos embutidos na maneira de produzir o mundo artificial analisada neste contexto foram elencados como aspectos pertinentes ao processo de reconfiguração da atividade do design. Tal reconfiguração é discutida no âmbito de suas práticas e valores, como atividade urbana e industrial responsável pela concepção de grande parte da nossa cultura material, e diante da nossa conjuntura socioambiental. / Traditional cultures of many regions of Brazil have been influenced by many sociocultural, economical, environmental and territorial changes. One of the aspects of their culture that has been changed is the artisanal production of artifacts that are used in everyday domestic and professional activities. This research analyzed the current production of this kind of artifacts in traditional communities situated at Barra do Rio Mamanguape region, Paraíba, and also investigated usage characteristics of artisanal objects in one of the local villages. These traditional practices are associated to subsistence activities developed by the local population, like agriculture, artisanal fishery, gathering, and has been influenced by a number of local and global changes. We have observed that the declining number of artisans and the extinction of some expressions of the traditional material culture are outcomes of these changes. We also verified variations in the characteristics of some artifacts that are linked to the ancient culture of Potiguaras indigenous people. We have observed the emergence of new material expressions determined by interactions between local population and the urban and industrial contexts, involving the traditional elements and maintaining their relationships with local ecosystems and biodiversity. Practices and meanings embedded in the local production of artifacts, as part of the construction of artificial world, were listed as relevant aspects to be considered in the reconfiguration process of values and practices of design, as urban and industrial activity responsible for conceiving our material culture.

Page generated in 0.1592 seconds