• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 686
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 4
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 704
  • 704
  • 296
  • 227
  • 215
  • 214
  • 182
  • 168
  • 117
  • 110
  • 91
  • 80
  • 73
  • 71
  • 65
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

A importância dos espaços colaborativos universitários para a formação do designer /

Goya, Julia Yuri de Landim y. January 2019 (has links)
Orientador: Galdenoro Botura Junior / Banca: Andrea Castello Branco Judice / Banca: José Carlos Plácido da Silva / Resumo: Os cursos de Design no Brasil têm a sua estruturação curricular oriunda da década de 60, tendo ocorrido poucas modificações desde então. Porém, nos cursos de Design, espera-se de seus alunos atividades que envolvam constante criatividade e inovação. Uma reformulação em seu método de ensino, principalmente com um maior número de atividades práticas em grupo, poderá aumentar a motivação de seus alunos, bem como propiciar uma formação que melhor atenda às necessidades do mercado. Para viabilizar estas novas realidades, surge a necessidade de se analisar metodologias diferenciadas e condizentes com a atualidade, tais como a cultura do open design e da maker. Esses pensamentos permitem levar tanto educadores como aprendizes a observar o ato de projetar sob uma nova perspectiva. A viabilidade existente de uma grade curricular que adote novos paradigmas, inclua o uso de espaços colaborativos, vir a incentivar a experimentação, elevar a expectativa de seus estudantes para poderem vir a se tornar empreendedores e criarem soluções com mais criatividade e inovação, além de ter maior interação com a comunidade ao atendê-la, é o principal motivo de se iniciar a pesquisa que aqui se encontra apresentada. Dentro deste contexto, a pesquisa teve como objetivo estudar e propor, usando os conceitos de ergonomia organizacional, um ambiente que gere, por meio da participação efetiva dos alunos do curso de Design, inovação, criatividade e empreendedorismo. Para isso foram entrevistados alunos, coo... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The Brazilian Design courses has its structure based on the 60's decade and had few modifications since. However, in Design courses, it is expected from students to develop activities with constant creativity and innovation. A new formulation on the teaching method, especially with a larger number of group activities, could raise the student's motivation; as well provide a better graduation that attends the market needs. To make this new reality work, it is necessary to analyze different methodologies consistent with the reality of Design, such as maker culture and open design. These thoughts allow leading educators and students to observe the projecting act under a new perspective. The viability of a existing curricular grade that adopts new paradigms, includes the use of collaborative spaces, encouraging experimentation, rise the students expectations so that they become entrepreneurs and create innovative solutions with creativity, and even more, have a greater community interaction by attending it, that is the main goal of this research. In this context, this research had as its objective study and propose, using ergonomics concepts, a space that generates, by means of effective Design student participation, innovation, creativity and entrepreneurship. To achieve that were interviewed students, Design courses coordinators, fabrication laboratory employees and co working spaces owners with the intention to analyze the perception about entrepreneurship and innovation in the... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
42

Aprendizagem de segurança na construção civil / The Safety Learning Process in Civil Construction (Inglês)

Studart, Luciana Barroso de Arruda 18 April 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2017-04-18 / There are more and more high-risk organizations for employee health and safety due to the insertion of new technologies and greater emphasis given to the cognitive dimension of work, that is the need for greater knowledge about the performed activity. Civil construction is one of the sectors of economic activity in which occupational accidents occur more often and in wich the risk of accidents is greater. By linking the field of practices with work safety within civil construction, the question arises is: if civil construction is such a relevant sector for the Brazilian economy and if there is a range of accidents in this environment even though there are specific regulatory norms for the sector, how to obtain safety practices in this activity? One of the ways to work preventively on safety issues would be to understand how employees learn safety in their work environment. One of the researches that made a great contribution in this respect was developed by Gherardi and Nicolini (2002), a work that provided an opportunity to describe some of the mechanisms and processes involved in learning in general practice and safety practices in particular. Considering that the investigations of Gheradi, Nicolini and Odessa (1998), Gherardi and Nicolini (2000) and especially Gherardi and Nicolini (2002) allow further reflections, as previously explained, the research question of the present study is to understand how the learning process of safety occurs in civic construction. In order to achieve the aim of this work, a basic qualitative research, of the type study case through a descriptive and interpretive approach. Data were collected using direct observation techniques, using field notes and field diaries, semi-structured interviews and documentary research with a group of employees from a construction company located in Fortaleza. With this research enabled to identify the influence of the social and cultural character in the learning process, being the learning by practice the most relevant factor identified in it. Keywords: Learning. Practices. Safety culture. Security maturity. / Existem cada vez mais organizações de alto risco para a segurança e saúde do colaborador devido à inserção de novas tecnologias e maior ênfase dada à dimensão cognitiva que o trabalho vem adquirindo, ou seja, a necessidade de um maior conhecimento sobre a atividade a ser executada. A construção civil é um dos setores de atividade econômica em que mais ocorrem acidentes e onde o risco de acidentes é maior. Fazendo uma relação entre o campo das práticas com a segurança do trabalho dentro da construção civil, vem o questionamento: se a construção civil é um setor tão relevante para a economia brasileira e se existe uma gama de acidentes nesse ambiente mesmo existindo normas regulamentadoras específicas para o setor, como obter práticas de segurança nessa atividade? Uma das formas de se trabalhar preventivamente questões de segurança seria entendendo como os colaboradores aprendem segurança em seu ambiente laboral. Uma das pesquisas que trouxe grande contribuição nesse aspecto foi desenvolvida por Gherardi e Nicolini (2002), sendo um trabalho que forneceu uma oportunidade para descrever alguns dos mecanismos e processos envolvidos na aprendizagem na prática em geral e práticas de segurança em particular. Considerando que as investigações de Gheradi, Nicolini e Odessa (1998), Gherardi e Nicolini (2000) e, principalmente, Gherardi e Nicolini (2002) permitem novas reflexões, conforme anteriormente exposto, a questão de pesquisa do presente estudo é entender como se dá o processo de aprendizagem de segurança na construção civil. No intuito de alcançar os objetivos deste trabalho, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso por meio de uma abordagem descritiva e interpretativa. Para a coleta de dados foram utilizadas as técnicas de observação sistemática, aberta e não participante, com o recurso a notas de campo e diários de campo, entrevistas semiestruturadas e pesquisa documental com um grupo de colaboradores de uma empresa do ramo da construção civil situada em Fortaleza. Com esta pesquisa foi possível identificar a influência do caráter social e cultural no processo de aprendizagem, sendo o aprender pela prática o fator mais relevante identificado na mesma. Palavras-chave: Aprendizagem. Práticas. Cultura de segurança. Maturidade de segurança.
43

A constitucionalização da razoável duração do processo e a institucionalização da aprendizagem organizacional: um modelo para a gestão eficiente do serviço judicial

Aguiar, Antonio Róger Pereira de 26 August 2014 (has links)
Submitted by Haia Cristina Rebouças de Almeida (haia.almeida@uniceub.br) on 2016-05-05T18:01:28Z No. of bitstreams: 1 61200025.pdf: 2244404 bytes, checksum: 74d3ce0574a45d3ab83ffa09cb1796f5 (MD5) / Approved for entry into archive by Rayanne Silva (rayanne.silva@uniceub.br) on 2016-05-09T20:32:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 61200025.pdf: 2244404 bytes, checksum: 74d3ce0574a45d3ab83ffa09cb1796f5 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-09T20:32:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 61200025.pdf: 2244404 bytes, checksum: 74d3ce0574a45d3ab83ffa09cb1796f5 (MD5) Previous issue date: 2016-05-05 / O objetivo da dissertação concentra-se na compreensão do princípio da razoável duração do processo não como problema centralizado na velocidade de tramitação do feito judicial; é um problema direcionado para a gestão do serviço público judicial. A celeridade processual (tempestividade) é consectário da adoção, pelas unidades jurisdicionais, de técnicas e métodos de administração do processo. Algumas escolas administrativas ensinam o melhor manejo de recursos; outras, a logística do conhecimento. Os modelos gerenciais voltados para pessoas e suas capacidades permanentes de ensino-aprendizagem, desde que coletivos, constituem-se práticas adequadas para o enfrentamento do problema das altas taxas de congestionamento de feitos nos tribunais. Nesse contexto, propõe-se a adoção das ideias contidas na chamada Organização que Aprende, como antídoto à síndrome da alienação gerencial do processo. Busca-se a sustentabilidade e eficiência na gestão do serviço público judiciário, pois cada agente é chamado à construção cognitiva de soluções para as vicissitudes do Poder Judiciário. Com o objetivo de fixar o aprendizado organizacional como prática institucionalizada para o gerenciamento eficiente do processo, é necessário que seus corolários sejam dispostos nas normas internas dos tribunais.
44

Programas de desenvolvimento gerencial : estudo de caso na Secretaria da Fazenda do estado do Ceará / MANAGEMENT DEVELOPMENT PROGRAMMES: CASE STUDY IN THE DEPARTMENT OF FINANCE STATE CEARÁ (Inglês)

Mapurunga, Roberta Mable Rabelo Sampaio 30 July 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:44:58Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-07-30 / It is well known that knowledge management and learning ability of organizations are considered the backbone of strategic change, defining the adoption of individual and collective resources that determine the organizational structure. Management competencies form an object of study that has attracted increasing interest and latent theoreticians, researchers and organizations. Credited to this a supposed influence that carries on the performance of work teams and consequently on the results of the organization. The aim of this study was to identify the results in terms of competencies and organizational learning, present in management development programs of the Department of Finance of the State of Ceará. Among the program's actions are mapping the organizational and managerial skills by consultancy X, individual learning through Coaching process by consultancy Y, and finally organizational learning through the development program leaders, conducted by consultancy Z. The methodological approach was qualitative case study. The data collection instruments were documentary analysis and questionnaire to the managers participating in the program. The results showed that investment in organizational learning and leadership development resulted in behavioral change and organizational managers have towards safer and active, and that through this performance won now have greater control in their decision making and negotiations a more systemic view of the entire institution and a more secure and transparent to lead their teams. / É sabido que o conhecimento gerencial e a capacidade de aprendizagem das organizações são considerados a espinha dorsal da mudança estratégica, definindo a adoção de recursos individuais e coletivos que determinarão a estrutura organizacional. As competências gerenciais formam um objeto de estudo que tem despertado um interesse crescente e latente por parte dos teóricos, organizações e pesquisadores. Credita-se a isso uma suposta influência que exerça sobre o desempenho das equipes de trabalho e consequentemente sobre os resultados da organização. O objetivo deste trabalho foi identificar os resultados, em termos de competências e aprendizagem organizacional, presentes nos programas de desenvolvimento gerencial da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará. Dentre as ações do programa encontram-se o mapeamento das competências organizacionais e gerenciais pela consultoria X, a aprendizagem individual por meio do processo de Coaching pela consultoria Y; e por fim, a aprendizagem organizacional através do programa de desenvolvimento de líderes, realizado pela consultoria Z. A abordagem metodológica foi o estudo de caso qualitativo. Os instrumentos de coleta foram análise documental e questionário aplicado aos gestores participantes do programa. Os resultados evidenciaram que o investimento em aprendizagem organizacional e no desenvolvimento de líderes acarretou numa mudança comportamental e organizacional, no sentido de ter gestores mais seguros e atuantes; e que por meio desse desempenho conquistado passaram a ter um maior controle em suas tomadas de decisões e negociações, uma visão mais sistêmica de toda instituição e uma forma mais segura e transparente de conduzir suas equipes.
45

O coaching no processo de desenvolvimento de competências e habilidades na aprendizagem gerencial / COACHING IN THE DEVELOPMENT PROCESS SKILLS AND ABILITIES IN LEARNING MANAGERIAL (Inglês)

Melo, Leonice Holanda Alves de 29 May 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:51:53Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-05-29 / The objective of this study is to evaluate the application of executive coaching in the development of emotional competencies and management ability of managers in a service company using as an instrument of intervention coaching. This paper is based on the principles of adult learning, specifically the model of experiential cycle of Kolb (1984), which consists of learning based on reflection-action-experience. The specific objectives contemplated the identification of learning and the potential benefits that the program generated in the managers. The methodological approach was qualitative action research. The data collection instruments were questionnaires, 360 evaluation, evaluation of learning and possible benefits of the procedure and written statements applied to managers participating in the program. The results showed that investment in organizational learning and leadership development involving the five leaders resulted in conduct and organizational change which led to safer and more active managers; and that through this performance they were able to have greater emotional control, and also improved their relationship with employees and their decision making. / O objetivo deste trabalho é avaliar a influência da aplicação do coaching para executivos no desenvolvimento das competências emocionais e habilidades gerenciais dos gestores em uma empresa de serviços, utilizando como instrumento de intervenção o coaching. Este se baliza nos princípios da aprendizagem de adulto, especificamente no modelo do ciclo vivencial de Kolb (1984), que consiste na aprendizagem baseada em reflexão-ação-experiência. Os objetivos específicos contemplaram a identificação dos aprendizados e dos possíveis benefícios que o programa provocou nos gerentes. A abordagem metodológica foi pesquisa-ação qualitativa. Os instrumentos de coleta foram questionários, avaliação 360, avaliações de aprendizado e de possíveis benefícios do processo e depoimentos escritos aplicados aos gestores participantes do programa. Os resultados evidenciaram que o investimento em aprendizagem organizacional e no desenvolvimento dos cinco líderes acarretou uma mudança comportamental e organizacional, no sentido de ter gestores mais seguros e atuantes e que, por meio desse desempenho conquistado, passaram a ter maior controle emocional, melhoria no relacionamento com os colaboradores e em suas tomadas de decisões.
46

Empreendedorismo corporativo e renovação estratégica : análise da contribuição das práticas de aprendizagem na média gerência / Strategic Corporate Entrepreneurship and Strategic Renewal: an analysis of the contribution of learning practices in middle management (Inglês)

Gomes, Josemeire Alves 26 June 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:58:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2017-06-26 / Corporate entrepreneurship is related to entrepreneurship that occurs within established organizations, characterized by the constant search for new business opportunities. One of the manifestations of corporate entrepreneurship is strategic renewal, which involves changes in different internal aspects, such as structure, strategies, processes and people, aiming at the repositioning or conquest of new markets. In the literature there are authors who point out the relevance of learning to corporate entrepreneurship, as well as the role of the middle management to the success of implementing the changes proposed by the strategic renewal. Thus, the overall objective of this research is to analyze how the learning practices of middle management can contribute to the relationship between Strategic Corporate Entrepreneurship (ECE) and strategic renewal. Initially, a bibliographic survey was conducted, which enabled the elaboration of the analytical framework of the research, with the definition of the constructs, categories and subcategories of analysis. The constructs comprise the (a) structuring elements of ECE, from which derive the categories organizational architecture pro-entrepreneurship and entrepreneurial behaviors and processes; (b) learning practices, which encompasses the middle management learning practices category and (c) strategic renewal, which encompasses the category sub-processes of renewal. The research is descriptive, with a qualitative approach. The data were gathered through a semi-structured interview, applied to twenty-one managers of Brazilian companies of IT sector software developers. The data were analyzed in two stages, the first was the descriptive analysis, based on the thematic content analysis. The second step, analytical coding, is based on the method of constant comparisons. In both stages of data analysis, the Atlas/TI software was used, which ended with the elaboration of propositions for the contribution of learning practices in the middle management to the relationship between ECE and strategic renewal. The results show that managers develop learning practices that contribute to the relationship between the structuring elements of ECE and the subprocesses related to strategic renewal related to the acquisition, exploitation and sharing of knowledge that can lead to transformations in organizations. In addition, it was identified that the learning practices can contribute directly with the elements of the ECE and the subprocesses of renewal, which reveals the existence of practices that can influence the corporate entrepreneurship in the search for new opportunities and the strategic renewal in the improvements And adjustments in the organizations aiming at the conquest of new markets or reinforcement in the current position that they occupy in the markets in which they work. Keywords: Corporate entrepreneurship. Strategic renewal. Learning. Middle management. / O empreendedorismo corporativo se relaciona ao empreendedorismo que ocorre no âmbito das organizações estabelecidas, caracterizado pela busca constante de novas oportunidades de negócio. Uma das maneiras de manifestação do empreendedorismo corporativo é a renovação estratégica, que envolve modificações em distintos aspectos internos, como estrutura, estratégias, processos e pessoas, visando ao reposicionamento ou a conquista de mercados. Na literatura, existem autores que apontam a importância da aprendizagem para o empreendedorismo corporativo, bem como do papel da média gerência para o sucesso da implementação das mudanças propostas pela renovação estratégica. Assim, o objetivo geral desta pesquisa é analisar como as práticas de aprendizagem da média gerência podem contribuir com a relação entre o Empreendedorismo Corporativo Estratégico (ECE) e a renovação estratégica. Inicialmente, procedeu-se a um levantamento bibliográfico, que possibilitou a elaboração do quadro analítico da pesquisa, com a definição dos construtos, categorias e subcategorias de análise. Os construtos compreendem os (a) elementos estruturantes do ECE, do qual derivam as categorias arquitetura organizacional pró-empreendedorismo e comportamentos e processos empreendedores; (b) práticas de aprendizagem, que engloba a categoria práticas de aprendizagem na média gerência; e (c) renovação estratégica, que compreende a categoria subprocessos de renovação. A pesquisa é do tipo descritiva, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, aplicadas com 21 gestores de empresas brasileiras do setor de TI desenvolvedoras de software. Os dados foram analisados em duas etapas. A primeira foi a análise descritiva, com base na Análise de Conteúdo temática. A segunda, codificação analítica, fundamenta-se no método das comparações constantes. Em ambas as etapas de análise dos dados, foi utilizado o software Atlas/TI, que findou com a elaboração de proposições da contribuição das práticas de aprendizagem na média gerência para a relação entre o ECE e a renovação estratégica. Os resultados apontam que os gestores desenvolvem práticas de aprendizagem que contribuem para a relação entre os elementos estruturantes do ECE e os subprocessos relacionados à renovação estratégica, referentes a aquisição, aproveitamento e compartilhamentos de conhecimentos que podem conduzir a transformações nas organizações. Além disso, identificou-se o fato de que as práticas de aprendizagem podem contribuir diretamente com os elementos do ECE e com os subprocessos de renovação, o que revela a existência de práticas que podem influenciar o empreendedorismo corporativo na busca de novas oportunidades e a renovação estratégica nas melhorias e ajustes nas organizações, visando à conquista de mais mercados ou reforço na posição atual que ocupam nos mercados em que atuam. Palavras-chave: Empreendedorismo corporativo. Renovação estratégica. Aprendizagem. Média gerência.
47

A relação entre orientação para mercado, aprendizagem organizacional e performance

Perin, Marcelo Gattermann January 2001 (has links)
Apesar do grande interesse e da consolidação teórica do tema orientação para mercado e sua influência no desempenho organizacional, uma corrente de autores da área de Marketing tem argumentado que a orientação para mercado é necessária, mas não suficiente para sustentar uma vantagem competitiva de longo prazo. Esta corrente de autores defende a habilidade complementar da organização de se engajar em um processo contínuo de aprendizagem para a sustentação de uma posição distintiva no ambiente competitivo. Visando um aprofundamento deste tema, esta tese teve como objetivo principal a avaliação da relação da orientação para mercado com a performance empresarial, sob a influência de uma postura de aprendizagem organizacional. Para tanto, um modelo teórico, contendo as relações hipotetizadas entre os referidos construtos, foi desenvolvido, testado e ajustado, através da aplicação da técnica de modelagem de equações estruturais. Os resultados do levantamento realizado na indústria Eletro-Eletrônica do Brasil demonstraram uma influência positiva e significativa da orientação para mercado sobre a performance empresarial, além do impacto indireto da orientação para aprendizagem na performance empresarial através da sua forte e positiva influência sobre a orientação para mercado. Resultados complementares, futuras pesquisas e implicações gerenciais foram, ainda, discutidos.
48

Critérios e indicadores de desempenho para sistemas de treinamento corporativo virtual : um modelo para medir resultados

Schröeder, Christine da Silva January 2005 (has links)
O presente estudo tem por objetivo principal a identificação de critérios e indicadores essenciais de avaliação para sistemas de treinamento corporativo virtual. A motivação para a realização deste estudo surgiu em decorrência das constantes dificuldades enfrentadas pelas organizações no tocante à avaliação de seus programas de treinamento – sobretudo treinamento virtual – bem como com relação à vinculação entre os resultados destes programas e os resultados globais obtidos pelas empresas. Neste contexto, a pesquisa parte de um referencial teórico sustentado pelas seguintes temáticas: perspectivas de treinamento e desenvolvimento; estrutura e avaliação de treinamento – especialmente treinamento virtual – com ênfase no modelo de avaliação de quatro níveis, proposto por Kirkpatrick (1998); e definição de indicadores sob as ópticas da qualidade (TAKASHINA; FLORES, 1995; CAMARGO, 2000; CAMPOS, 2001) e da metodologia do Balanced Scorecard (KAPLAN; NORTON, 1997). A partir de tais conceitos obtidos durante o estudo bibliográfico, foi sintetizado um modelo conceitual de avaliação, e elaborada a pesquisa exploratória, composta de uma etapa de coleta de dados e de uma etapa de estudo de caso em uma empresa do comércio varejista. Na etapa de coleta de dados, foram realizadas entrevistas com 9 especialistas em educação a distância e foi feita a análise de 32 práticas organizacionais de treinamento virtual (cujos resultados originaram o modelo conceitual-exploratório). Na etapa de estudo de caso em uma empresa do comércio varejista, foram identificados 20 indicadores de resultado relevantes e, posteriormente, foi elaborado um modelo customizado de avaliação de treinamento virtual, com utilização de entrevistas, documentação, observação direta e apoio no referencial teórico. Este modelo de avaliação visa o estabelecimento de relações entre os critérios e indicadores de treinamento virtual, e os principais indicadores de avaliação de resultados propostos para a empresa, como forma de explicitação de possíveis relações entre resultados de treinamento virtual e resultados organizacionais.
49

Alternativas ao desenvolvimento humano para o contexto da aprendizagem organizacional

Fallgatter, Micheline Gaia Hoffmann January 1997 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2012-10-17T01:15:57Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T21:49:17Z : No. of bitstreams: 1 108128.pdf: 2705391 bytes, checksum: 4c7846ddefbf945a3cc9deb0d76a5e41 (MD5) / A partir de uma análise das demandas relativas ao contexto vigente, o trabalho procura inicialmente identificar as habilidades e características humanas preponderantes à competitividade organizacional que são tolhidas pelo modelo burocrático de organização, apontando os fatores inerentes à burocracia responsáveis pelo distanciamento entre as condições desejáveis e as disponíveis. Tomando-se como base referencial alternativa à burocracia os principios da aprendizagem organizacional e os estudos do professor Alberto Guerreiro Ramos acerca da vida humana associada, são delineadas e propostas algumas ações a serem empreendidas no contexto organizacional com vistas a propiciar condições a um desenvolvimento humano condizente com as demandas de um contexto marcado por irremediável incerteza, instabilidade e complexidade. Para atender aos objetivos propostos, faz-se uso do método de estudo bibliográfico, ou seja, busca-se na bibliografia disponível informações que permitam identificar os atuais desafios das organizações em relação ao elemento humano, os entraves à otimização do potencial humano tradicionalmente existentes e as possibilidades de transpô-los. Com o intuito de ilustrar a proposta articulada, é delineada uma pesquisa empírica voltada a identificar na realidade prática de algumas organizações, dados para corroborar ou refutar as conclusões do estudo. Tal levantamento de dados, realizado junto a indústrias têxteis de grande porte da região de Blumenau-SC, não tem caráter experimental nem avaliativo, mas simplesmente descritivo.
50

Um arcabouço para o aprendizado de redes colaborativas de organizações

Loss, Leandro January 2007 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica. / Made available in DSpace on 2012-10-23T00:32:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 247323.pdf: 6657680 bytes, checksum: 6202e1ce95d7458bb8f40e5ee2c46ac3 (MD5) / Atualmente organizações de todos os tamanhos e setores têm buscado aumentar a eficiência produtiva e a qualidade dos seus serviços para poder sobreviver no mercado cada dia mais competitivo. Uma alternativa que vem ganhando destaque, principalmente para as pequenas e médias empresas, é de trabalhar colaborativamente, formando alianças estratégicas através de Redes Colaborativas de Organizações (RCOs). Todavia, estas redes ainda não estão suficientemente preparadas para absorver e utilizar todo o conhecimento gerado por elas. Acredita-se que as RCOs podem aprender e utilizar o seu conhecimento em todos os seus níveis operacional, tático e estratégico e terem condições de aumentar a sua capacidade competitiva. Esta tese propõe um arcabouço baseado em Aprendizagem OrgaIronnizacional (AO) e Gestão do Conhecimento (GC) que visa dar condições às RCOs aprenderem com os seus casos de sucesso e até mesmo com as suas falhas. O arcabouço é dividido em três elementos chamados: (a) elemento organizacional, (b) elemento tecnológico e (c) elemento humano. As questões tratadas sob o escopo do elemento organizacional têm por objetivo criar conhecimento tácito e explícito, bem como difundir o conhecimento entre os membros da RCO. O elemento tecnológico visa trazer ferramentas computacionais para dar suporte e agilizar o processo de aprendizagem da rede. Para tal, adota-se uma ferramenta para encontrar conhecimento explícito na forma de documentos não estruturados e outra para explorar o conhecimento potencial embebido nas bases de dados das RCOs. Finalmente, o elemento humano, que busca criar um ambiente propício para a troca de conhecimento e o estabelecimento da confiança entre os diversos parceiros das RCOs. Conseqüentemente, a combinação destes três elementos em conjunto com as práticas de AO e GC, formam o arcabouço para dar suporte ao aprendizado das RCOs dando a elas condições de utilizar o seu conhecimento. A verificação da consistência do arcabouço proposto foi feita através de um cenário de uso, testes com ferramentas implementadas e pela investigação com profissionais da área de RCOs.

Page generated in 0.128 seconds