• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3011
  • 38
  • 38
  • 35
  • 34
  • 26
  • 20
  • 12
  • 12
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 6
  • Tagged with
  • 3116
  • 1762
  • 585
  • 580
  • 400
  • 378
  • 359
  • 291
  • 287
  • 252
  • 241
  • 227
  • 192
  • 180
  • 175
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
81

Ser criança camponesa no Cerrado

Leite, Jaciara Oliveira 01 March 2018 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2018. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-12T21:36:29Z No. of bitstreams: 1 2018_JaciaraOliveiraLeite.pdf: 6431260 bytes, checksum: b98e30d95cfcfaa5da8380eee1844e9c (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-14T20:15:23Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2018_JaciaraOliveiraLeite.pdf: 6431260 bytes, checksum: b98e30d95cfcfaa5da8380eee1844e9c (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-14T20:15:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2018_JaciaraOliveiraLeite.pdf: 6431260 bytes, checksum: b98e30d95cfcfaa5da8380eee1844e9c (MD5) Previous issue date: 2018-07-06 / Como é ser sujeito-criança no campo e o que expressam as crianças sobre suas vidas, seu lugar? Essa foi a questão central que inspirou esta pesquisa de doutorado realizada, principalmente, com e sobre as crianças que residem na Comunidade do Sertão - Chapada dos Veadeiros - GO, um território camponês localizado no bioma Cerrado. O objetivo geral da investigação foi: compreender e analisar a infância no/do campo, na comunidade participante da pesquisa, em diálogo com os estudos sobre Corpo, Educação do Campo e Sociologia da Infância. Desse objetivo, desdobraram-se três específicos: a) analisar o contexto atual camponês, em especial as relações com a educação e vida das crianças; b) identificar e analisar os espaços-tempo, as práticas e aspectos que caracterizam a vida das crianças; c) identificar e analisar os sentidos e significados atribuídos pelas crianças à escola e ao território. O trabalho orientou-se pela concepção de criança como sujeito social e, por isso mesmo, pela busca da construção compartilhada dos dados de pesquisa junto com elas. Privilegiou-se o diálogo e a observação das diferentes linguagens das crianças por meio, sobretudo, de estratégias lúdicas de pesquisa (SILVA, 2003). Os instrumentos principais foram: observação participante com registros em "Diários Camponês"; entrevistas/conversas estruturadas em torno de jogos e brincadeiras; desenho; registro iconográfico com fotos e vídeos; e os eventos-campo. Foram ao todo quatro anos de viagens de imersão no campo e de estudos teóricos que constituíram uma práxis de pesquisa com os sujeitos e o território. Esse processo indicou a constituição de infâncias camponesas "cerratenses" (BERTRAN, 2011) tecidas na interação dialética entre as crianças, o corpo, a natureza (o bioma Cerrado), o trabalho e os modos de viver camponês, que são atravessados pelas questões históricas e atuais de contradição entre campesinato (resistência) e poder público (ausência/intervenção) naquele território. É nesse contexto que as crianças experienciam às suas maneiras os diferentes espaços-tempo do território, com destaque especial para a escola, possibilidade concreta de acesso à Educação Básica no campo, central para a comunidade e para a constituição das crianças como sujeitos sociais. / What is it like to be child-subject in the field and what do children express about their lives, their place? This was the central question that inspired this doctoral research carried out mainly with and on children living in the Comunidade do Sertão - Chapada dos Veadeiros - GO, a peasant territory located in the Cerrado biome. The general objective of the research was: to understand and analyze childhood in the field, in the community participating in the research, in dialogue with the studies on Body, Field Education and Sociology of Childhood. Three specific objectives were developed: a) to analyze the present peasant context, especially the relations with the education and life of the children; b) identify and analyze the spaces-time, practices and aspects that characterize children's lives; c) identify and analyze the meanings attributed by children to school and territory. The work was oriented by the conception of child as a social subject and, therefore, by the search of the shared construction of the research data along with them. The dialogue and observation of the different languages of the children were privileged through, mainly, ludic strategies of research (SILVA, 2003). The main instruments were: participant observation with records in "Peasant Diaries"; interviews / structured conversations around games; drawing; iconographic registration with photos and videos; and field-events. They were in all four years of trips of immersion in the field and of theoretical studies that constituted a praxis of research with the subjects and the territory. This process indicated the constitution of "cerratenses" (BERTRAN, 2011) peasant infants woven into the dialectical interaction between children, the body, nature (the Cerrado biome), work and peasant ways of living, which are crossed by historical and current issues of contradiction between peasantry (resistance) and public power (absence / intervention) in that territory. It is in this context that children experience the different space-time of the territory, with particular emphasis on the school, concrete possibility of access to Basic Education in the field, central to the community and the constitution of children as social subjects. / ¿Cómo es ser sujeto-niño en el campo y qué expresan a los niños sobre sus vidas, su lugar? Esta fue la cuestión central que inspiró esta investigación de doctorado realizada, principalmente, con y sobre los niños que residen en la Comunidade do Sertão - Chapada dos Veadeiros - GO, un territorio campesino ubicado en el bioma Cerrado. El objetivo general de la investigación fue: comprender y analizar la infancia en el campo, en la comunidad participante de la investigación, en diálogo con los estudios sobre el Cuerpo, la Educación del Campo y la Sociología de la Infancia. De ese objetivo, se desplegar tres específicos: a) analizar el contexto actual campesino, en especial las relaciones con la educación y vida de los niños; b) identificar y analizar los espacios-tiempo, las prácticas y aspectos que caracterizan la vida de los niños; c) identificar y analizar los sentidos y significados atribuidos por los niños a la escuela y al territorio. El trabajo se orientó por la concepción de niño como sujeto social y, por eso mismo, por la búsqueda de la construcción compartida de los datos de investigación junto con ellas. Se privilegió el diálogo y la observación de los diferentes lenguajes de los niños por medio, sobre todo, de estrategias lúdicas de investigación (SILVA, 2003). Los instrumentos principales fueron: observación participante con registros en "Diarios Campesinos"; entrevistas/ conversaciones estructuradas en torno a juegos; diseño; registro iconográfico con fotos y vídeos; y los eventos-campo. Fueron en total cuatro años de viajes de inmersión en el campo y de estudios teóricos que constituyeron una praxis de investigación con los sujetos y el territorio. Este proceso indicó la constitución de infancias campesinas "cerratenses" (BERTRAN, 2011) tejidas en la interacción dialéctica entre los niños, el cuerpo, la naturaleza (el bioma Cerrado), el trabajo y los modos de vivir campesinos, que son atravesados por las cuestiones históricas y actuales de contradicción entre campesinato (resistencia) y poder público (ausencia/ intervención) en aquel territorio. Es en este contexto que los niños experimentan a sus maneras los diferentes espacios-tiempo del territorio, con destaque especial para la escuela, posibilidad concreta de acceso a la Educación Básica en el campo, central para la comunidad y para la constitución de los niños como sujetos sociales. Palabras clave: Infancia Campesina; Educación del Campo; Cerrado; Cuerpo.
82

Confissões da carne : uma experiência clínica de atendimento psicoterapêutico a transexuais

Oliveira, Marcos de Jesus 14 February 2013 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, 2013. / Submitted by Luiza Silva Almeida (luizaalmeida@bce.unb.br) on 2013-07-09T18:26:44Z No. of bitstreams: 1 2013_MarcosdeJesusOliveira.pdf: 1591728 bytes, checksum: 4d83ab41762a0188fccf7d1ceaaeda05 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-07-10T13:24:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_MarcosdeJesusOliveira.pdf: 1591728 bytes, checksum: 4d83ab41762a0188fccf7d1ceaaeda05 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-10T13:24:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_MarcosdeJesusOliveira.pdf: 1591728 bytes, checksum: 4d83ab41762a0188fccf7d1ceaaeda05 (MD5) / Este estudo analisa as formas de poder/saber que regulam a prática psicoterápica destinada a pessoas transexuais requerentes da cirurgia de transgenitalização em um hospital universitário brasileiro localizado em um grande centro urbano. Trata-se, para colocar em termos simples, de entender como o diagnóstico de disforia de gênero é construído nas e pelas interações terapêuticas destinas ao público investigado. Por meio de observação participante em sessões terapêuticas, foi reconstituída a "microfísica do poder" da clínica, seus regimes de subjetivação. Esses regimes funcionam como um dispositivo cujas forças atuam no sentido de conformar as subjetividades ali produzidas a certos ideais regulatórios, disciplinares e biopolíticos, característicos da modernidade ocidental. Entrevistas semiestruturadas àquelas que se submeteram a atendimento psicoterápico como parte do programa de acesso à cirurgia de transgenitalização complementam a estratégia teórico-metodológica descrita, de modo a viabilizar o objetivo anteriormente mencionado, bem como dar a ver as negociações e subversões da norma como possibilidades de resistência no interior dos regimes hegemônicos de subjetivação do contexto institucional investigado. O aprofundamento do segundo objetivo segue informado pela sociologia da diferença infinitesimal, colocando em destaque o processo complexo e multifacetado de formação das identidades de gênero a partir dos elementos múltiplos e fluídos dentro das posições identitárias. O debate sobre a formação das identidades ocorre ainda no âmbito da proposta teórica da sociologia simétrica, a partir da qual será sugerido que as identidades são indissociáveis da relação entre o mundo humano e não-humano. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study analyzes the forms of power/knowledge which govern the practice of psychotherapy for applicants of sex reassignment surgery in Brazilian university hospital located in a large urban centre. It aims, to put it in a simple way, at understanding how the diagnosis of gender dysphoria is progressively constructed in and by the therapeutic interactions among psychologists and transsexuals. Through participant observation in therapy sessions, the hegemonic regimes of subjectivation of the clinic were reconstituted. These regimes of subjectivation work as a dispositive, in a Foucauldian sense, by conforming the participants of the therapy to certain regulatory, disciplinary and biopolitical ideals. Semistructured interviews with those who underwent psychotherapy complement the theoretical and methodological strategies already described, in order to enable the objective aforementioned, as well as to make possible to visualize the negotiations and subversions of the norms as possibilities of resistance within the hegemonic regimes of subjetivation in the institutional context investigated. This second objective is informed by the sociology of infinitesimal difference, highlighting the complex and multifaceted process of gender identity formation from multiple and fluid elements within identity positions. The discussion on the formation of gender identities will be also made from the symmetric sociology, by suggesting that the identities are inseparable from the relationship between the human and non-human worlds. _______________________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / Cette etude analuse les forms de pouvoir/savoir qui régissent la pratique de la psychothérapie destine aux candidats pour la chirurgie de réassignation sexuelle dans um hôpital universitaire brésilienne située dans um grand centre urbain. Il objective, pour le dire simplement, comprendre comment le diagnostic de dysphorie de genre est construit dans et par lês interactions thérapeutiques destinées au publique investigue de la clinique ont été reconstitués, as “microphysique du pouvoir”. Ces regimes fonctionnent comme um dispositif, em objetivant conformer les subjectivités produits à certains idéaux réglementaire, disciplinaire et biopolitique. Entretiens semi-structurés avec ceux qui ont subi à la psychothérapie dans le cadre du programme d’accès à La chirurgi de réassignation sexuelle susmentionné, ainsi que de faire voir les négotiations et subversions de la norme comme possibilites de résistance au sein des regimes hégémoniques du subjectivation du contexte institutionnel étudié. Pour approfondir le deuxième but, on utilize la sociologie de la formatin des identités de genre à partir d’éléments multiples et fluides à l’intérieur des positions identitaires. Le débat sur la formation des identités de genre será égalemnet pris dans le cadre de La sociologie sumétrique, à partir de laquelle il será prposé que les identités sont indissociables de la revelation entre le monde humain et non-humain.
83

Alteridades da pele, fronteiras do corpo

Peretta, Éden Silva January 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. / Made available in DSpace on 2013-07-16T00:18:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 214383.pdf: 1350344 bytes, checksum: 4ecd4251d5efd854647e20d2c63e45b3 (MD5) / Partindo de uma crítica à atual concepção de corpo hegemônica no interior da Educação Física, a qual o entende limitado a um fisiológico mosaico composto por músculos, veias e ossos; tentamos aqui buscar alguns elementos que potencialmente nos ajudariam a construir uma outra concepção pautada sobre paradigmas distintos daqueles indicados até então pelas lógicas internas de desafio, extração e domínio, inerentes à racionalidade instrumental e a técnica moderna próprias do nosso atual sistema técnico-científico. Ao compormos um diálogo mais próximo com o filósofo Ernst Bloch, tentamos mergulhar um pouco mais nas raízes desta concepção de corpo, em uma sincera aposta de que nas brechas e lacunas de sua história poderíamos encontrar alguns germes de outras possibilidades. E ainda muito longe do fim de nossa caminhada, já pudemos nos deparar com a concepção de corpo desenhada pelo pintor-arquiteto Friedensreich Hundertwasser, a qual acabou assim nos sugerindo algumas importantes reflexões sobre as possibilidades de contribuição da arte e da dimensão estética em uma possível epistemologia do corpo. Reflexões estas que, ao pretenderem repensar nossos limites e fronteiras, acabam nos perguntando humildemente algo sobre ética e consistência.
84

Academia dos corpos

Manfio, João Nicodemos Martins January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política / Made available in DSpace on 2012-10-23T05:55:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 245608.pdf: 1171461 bytes, checksum: b62c56fe7a40e402ef530a3763a774a5 (MD5) / Este trabalho discorre sobre o corpo como fenômeno social em contexto de individualização e é referenciado nos conceitos de corpo (LE BRETON, 2006), sociabilidade e sociação (SIMMEL, 2006) e individualização (BAUMAN, 2001). O corpo constitui-se como uma condição para se participar de relações sociais e como forma de integração de indivíduos em grupos sociais. Passa a ser o limite entre o aceitável e o desaconselhável, algumas vezes determina ou institui papéis sociais e sugere formas de atração entre indivíduos e intensidade e conteúdos de interação. O corpo é a forma muitas vezes inevitável de se conquistar reconhecimento por sua apresentação estética. Por meio de avaliação do corpo se potencializam ou se geram obstáculos para ir a determinados lugares ou como participar de certos grupos sociais. A pesquisa foi realizada em academia da cidade de Balneário Camboriú/SC e seu argumento central destaca-se pela construção social do corpo para fins de relações sociais como um construto social. Constatou-se que papéis sociais, reconhecimento, formação do mundo social como campo de lutas e de atração são orientadores de como o corpo deve ser apresentado. This work discourses on the body as social phenomenon in individualization context and is referred in the concepts of body (LE BRETON, 2006), sociability and sociation (SIMMEL, 2006) and individualization (BAUMAN, 2001). The body politic constitutes itself as a condition to participate in social relations and as form of integration of people in social groups. It starts to be the limit between the acceptable and the inadvisable, some times determines or institutes social positions and suggests forms of attraction between people and intensity and contents of interaction. The body is the form many times inevitable of conquering recognition for its aesthetic presentation. By means of evaluation of the body they get power or generate obstacles to go certain places or how to participate of certain social groups. The research was carried out in an academy of the city of Balneário Camboriú/SC and its main argument is distinguished for the social construction of the body for aim to do social relations as one social construct. Was evidenced that social positions, recognition, formation of the social world as field of fights and attraction are orienting of how the body must be presented.
85

Caracteristicas do comportamento de peso, altura, dobras cutaneas e maturação sexual de escolares no municipio de Florianopolis em dois niveis socio-economico distintos

Silva, Osni Jaco da January 1990 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Educação Fisica e Desportos / Made available in DSpace on 2012-10-16T02:56:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0
86

Uma análise dos discursos sobre corpo e gênero contidos nas enciclopédias sexuais publicadas no Brasil nas décadas de 80 e 90

Sena, Tito January 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia / Made available in DSpace on 2012-10-18T04:41:42Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-26T00:33:14Z : No. of bitstreams: 1 182284.pdf: 7892375 bytes, checksum: 90e7bad2aad73dc6852b9e20c4c06dad (MD5) / O trabalho é o resultado de uma pesquisa documental que utiliza a matriz teórica e metodológica de Michel Foucault. Elabora uma análise de discurso das enciclopédias e guias sexuais editados no Brasil nas décadas de 80 e 90. Privilegia as categorias analíticas de Corpo e Gênero para a realização do mapeamento correlacional dos enunciados, detectando-se as rupturas e continuidades nos discursos dos documentos.Confirma as teses foucauldianas de que o corpo continua sendo objeto de investigações e intervenções através de macro e microfísicas de poderes e alvo de controles disciplinadores e reguladores que o submetem a normalizações e normatizações. Aponta, no tocante aos discursos de gênero, que os corpos masculinos e femininos continuam a serem tratados de maneira biológica diferencial, desencadeando naturalizações de experiências construídas em campos históricos e culturais. Constata que o discurso médico praticamente ignora os avanços dos discursos sobre gênero e sua perspectiva de superação de desigualdades políticas ancoradas na diferença sexual. Ressalta a emergência da Aids como promotora de rupturas discursivas, indutora de novos intercâmbios corporais (menos físicos e mais virtuais), e fortalecedora do discurso médico higienista.
87

Traçando corpos: uma poética desenhada.

Ramos, Geisiel 17 October 2017 (has links)
Submitted by GEISIESL RAMOS (zeuramos@hotmail.com) on 2017-12-04T01:40:13Z No. of bitstreams: 1 Geisiel Ramos Dissertação EBA UFBA Mestrado em Artes Visuais.pdf: 8016910 bytes, checksum: e7328cccf64fbf502d0e886eded02698 (MD5) / Approved for entry into archive by Lêda Costa (lmrcosta@ufba.br) on 2018-04-23T16:34:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Geisiel Ramos Dissertação EBA UFBA Mestrado em Artes Visuais.pdf: 8016910 bytes, checksum: e7328cccf64fbf502d0e886eded02698 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-23T16:34:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Geisiel Ramos Dissertação EBA UFBA Mestrado em Artes Visuais.pdf: 8016910 bytes, checksum: e7328cccf64fbf502d0e886eded02698 (MD5) / CAPES / A presente dissertação aborda o ato de desenhar numa proposição poética tendo o corpo do autor como referência, considerando sua ambivalência na instauração da obra traçada pela construção plástica das imagens, a partir do desenho como simulacro do processo. Para o desenvolvimento das séries trabalhadas tomei partido do método autobiográfico com as sensações experimentadas pelo próprio corpo tocado com os olhos vendados, gerando daí o desenho gestual, imagens desenhadas pelo ato de sua intimidade e acontecimentos. Analiso no diálogo com o dilaceramento da imagem do corpo os recursos estilísticos adotados entre o visível, o tocado e imaginado. A investigação foi traçada no diálogo com os conceitos sustentados principalmente pelos autores Merleau-Ponty, Edith Derdyk, Gilles Deleuze e Pierre Jeudy. Mergulhou-se nas configurações da figura em direção à abstração entre o grafite e o papel com as seguintes ações: tocar e traçar sobre as imanências gráficas e sensoriais do corpo. Enfatiza-se na experiência a reinvenção pelo corpo: social, presente/ausente, fragmentado, masculino, expresso pelas camadas incertas na experiência singular da vida.
88

José Saramago e Evgen Bavcar: os paradoxos do olhar

COELHO, Ana Carolina Sampaio January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:35:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7524_1.pdf: 4584849 bytes, checksum: 691230ad112910c3d8ed5854c6da8798 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / Em Evgen Bavcar e José Saramago: os paradoxos do olhar, discutimos o excesso de luminosidade como característica da sociedade contemporânea. Empreendemos um estudo crítico da visão a partir de uma análise comparativa entre o romance O Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago, e cinco fotografias de Evgen Bavcar, presentes no livro Memórias do Brasil. Um dos objetivos do trabalho é procurarmos responder às questões: O que é ver? Quais as dimensões do visível? Neste estudo pensamos a cegueira como uma outra possibilidade de percepção em um tempo onde há o predomínio das imagens e também a imaginação como o berço para imagens novas e originais. Empreendemos uma discussão sobre o corpo como um veículo de compreensão do mundo tanto para Bavcar, que tem em seu corpo um dos maiores instrumentos do seu ato fotográfico, como para os personagens cegos de Saramago, que reinventam uma nova maneira de estar no mundo a partir da necessidade do contato físico para se orientarem na cidade
89

Do corpo-máquina ao corpo-informação: o pós-humano como horizonte biotecnológico

Luis Alves de Lima, Homero January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:16:25Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9387_1.pdf: 4384295 bytes, checksum: a0e08aa5087b3d17f2bacac74f328656 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / A pesquisa analisa as formas de problematização das relações entre corpo e novas tecnologias efetivadas pelas produções discursivas da mídia e do campo acadêmico. Trata-se de pensar como a relação entre corpo e tecnologia vem se tornando uma problemática, que práticas discursivas, associadas a uma dispersão de práticas coexistentes e laterais, têm feito esta questão emergir como objeto para o pensamento. As práticas discursivas analisadas indicam a configuração de uma nova formação discursiva que nomeamos de pós-humana marcada por uma mutação arqueológica: a passagem do corpo-máquina ao corpo-informação. A análise demonstra que, se, por um lado, os discursos agenciados ao dispositivo das novas tecnologias operam importantes desconstruções das oposições metafísicas homem/máquina, humanos/não-humanos, natural/artificial, natureza/cultura que têm sustentado o pensamento ocidental, particularmente seu veio antropocêntricohumanista, ao revelar, por exemplo, momentos de indecidibilidade quanto à agência humana; por outro, foi possível apreender no corpo dos discursos uma série de ambigüidades que revelam dificuldades na ultrapassagem dessas oposições, momento em que identificamos elementos de permanência, de continuidade e de repetição da própria metafísica, como a oposição mente/corpo. Daí que a configuração de nova formação discursiva não significar necessariamente uma superação da metafísica . Identificamos que a multiplicidade de práticas imagético-discursivas que investem o corpo hoje é delineada pelo a priori histórico da informação, definido pela junção da cibernética, tecnologias da informação e biologia molecular, que estão na base das práticas de digitalização e virtualização dos corpos. É nesse solo arqueológico que acreditamos encontrar a condição de possibilidade das novas configurações em que se inscrevem os discursos sobre corpo ciborgue, corpo informação, corpo pós-humano, que hoje vemos plasmar tanto a mídia como o campo acadêmico. De uma perspectiva arqueo-genealógica, entendemos que essas práticas discursivas estão elas mesmas ancoradas em novas modalidades de poder-saber que acabam por dar ensejo a uma indefinida possibilidade plástica de operar com o corpo devendo por isso mesmo ser tematizadas no âmbito do diagrama das forças que as cartografam
90

A Construção Narrativa da Relação Eu-corpo em Pacientes Acometidos de Queimaduras de 2° e 3° Graus

Gonçalves, Fabiane Mônica da Silva 31 January 2013 (has links)
Submitted by Paula Quirino (paula.quirino@ufpe.br) on 2015-03-03T19:21:41Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Fabiane Gonçalves.pdf: 1086400 bytes, checksum: b48f0bcdf794066bd9c7e324c25bd1e8 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-03T19:21:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação Fabiane Gonçalves.pdf: 1086400 bytes, checksum: b48f0bcdf794066bd9c7e324c25bd1e8 (MD5) Previous issue date: 2013 / CNPQ; REUNI / Vários estudos apontam que vítimas de situações traumáticas são propensas a narrar a sua história na tentativa de dar sentido a essas experiências. A pesquisa em questão ressalta a construção dos sentidos configurados narrativamente pelo sujeito vítima de queimadura, pois entendemos que as marcas, sequelas e cicatrizes produzidas pelo incidente convocam o sujeito a se reposicionar subjetivamente frente a sua nova condição. Assim, o objetivo principal deste estudo foi investigar como o paciente organiza narrativamente a sua relação eu-corpo, tendo como referência o incidente da queimadura. Os objetivos específicos consistiram em: (i) analisar se o evento da queimadura conduz o paciente à re-historiação; (ii) circunscrever os sentidos configurados narrativamente pelo sujeito acerca do incidente da queimadura; e (iii) identificar se há mudança no posicionamento do paciente no que se refere à relação eu-corpo. O delineamento da pesquisa se constituiu em três estudos de casos. Desse modo, participaram da pesquisa três mulheres adultas, vítimas de queimadura, que estavam em atendimento no Hospital da Restauração, em fase de reabilitação de longa duração. Foram utilizadas três estratégias para a construção dos dados: a técnica da observação espontânea, o questionário misto e uma entrevista com depoimento pessoal. O procedimento de produção dos dados aconteceu em dois momentos: (i) observação do funcionamento do Centro de Tratamento de Queimados e, ao mesmo tempo, a escolha dos possíveis participantes; (ii) aplicação do questionário e, por conseguinte, a entrevista com o paciente. Para analisar os dados, utilizamos a análise do discurso de Orlandi. Essa análise nos possibilitou constatar que o sujeito, ao sofrer um acidente traumático proveniente de queimaduras, é propenso a revisitar a sua história de vida, enfatizando o antes e o depois do incidente. Também visualizamos que os sentidos produzidos por eles são configurados em tramas discursivas carregadas de muita dor e sofrimento, marcadas pelo real do seu corpo. Em síntese, compreendemos que a representação da relação eu-corpo é construída narrativamente a partir da interface que o sujeito estabelece com o seu corpo e com a cultura, pois as experiências sentidas e vividas nessas relações, sejam elas conscientes e/ou inconscientes, possibilitam ao sujeito narrar essas experiências como histórias. Portanto, o eu e o corpo formam uma relação íntima na qual o sujeito constrói a representação de si através do discurso narrativo.

Page generated in 0.0723 seconds