• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 8715
  • 124
  • 119
  • 119
  • 108
  • 69
  • 46
  • 45
  • 45
  • 44
  • 42
  • 39
  • 10
  • 6
  • 6
  • Tagged with
  • 8888
  • 2114
  • 1098
  • 828
  • 783
  • 757
  • 664
  • 657
  • 654
  • 617
  • 556
  • 539
  • 509
  • 487
  • 480
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
61

Avaliação da qualidade óssea mandibular em crianças com osteogênese imperfeita em uso de pamidronato

Apolinário, Ana Carolina Esmeraldo 20 February 2015 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2015. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-07-07T17:27:33Z No. of bitstreams: 1 2015_AnaCarolinaEsmeraldoApolinario.pdf: 1201401 bytes, checksum: fbb1dca9023485a4578c2997d4e08198 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-08-18T13:49:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_AnaCarolinaEsmeraldoApolinario.pdf: 1201401 bytes, checksum: fbb1dca9023485a4578c2997d4e08198 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-08-18T13:49:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_AnaCarolinaEsmeraldoApolinario.pdf: 1201401 bytes, checksum: fbb1dca9023485a4578c2997d4e08198 (MD5) / Esse trabalho surgiu da hipótese de que crianças com osteogênese imperfeita (OI) teriam suas corticais mandibulares mais finas e porosas, e que seu padrão ósseo trabecular apresentaria uma microarquitetura alterada devido a sua extrema fragilidade óssea. Além disso, ao longo de seu tratamento, com pamidronato intravenoso, essas características relacionadas à baixa massa óssea melhorariam. Para isso foram avaliadas 206 radiografias panorâmicas da face de 67 crianças com OI tipos I, III e IV, entre 3 e 19 anos, que estavam em tratamento com pamidronato cíclico intravenoso, em diferentes etapas do tratamento. Foram testados três índices radiomorfométricos – mentual, mandibular cortical e visual - e dimensões fractais de três diferentes sítios, um em osso cortical e dois em osso trabecular – ângulo e ramo mandibulares. Foi verificada a associação entre os índices qualitativos e as medidas da espessura da cortical e de dimensão fractal. Também foram analisadas as correlações entre a espessura da cortical mandibular e as medidas de dimensão fractal. As diferenças nos valores de espessura da cortical e de dimensão fractal em relação às faixas etárias, início do tratamento, número de ciclos de pamidronato e tipos de OI foram comparadas por meio de teste ANOVA. Para todos os testes estatísticos foi considerado um nível de significância de 95%. Esse estudo mostrou que crianças com OI, de todos os tipos, apresentam corticais mais finas e porosas ao início de seu tratamento e que ao longo dos ciclos de pamidronato essa estrutura fica mais espessa. A dimensão fractal da cortical aumenta com o tempo de tratamento. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas nas análises das dimensões fractais de osso trabecular (p>0,05). Foi verificada ainda a associação entre densidade mineral óssea e a espessura da cortical inferior da mandíbula em um grupo de 92 crianças saudáveis. Após essa etapa, foi construído um modelo de regressão logística linear que relacionava a espessura da cortical com os ciclos de pamidronato. Os resultados do trabalho demonstraram que a análise da cortical inferior da mandíbula pode auxiliar na avaliação da baixa densidade mineral óssea em pacientes com OI, bem como na evolução do tratamento com pamidronato. / We hypothesized that mandibular cortical is smaller and more porous in OI than in healthy children, and that their trabecular microarchitecture is altered due to their extreme bone fragility. Also, we suppose that the treatment with pamidronate can improve these low bone mass characteristics. So, 206 dental panoramic radiographs (DPRs) from 67 OI children types I, III and IV, from 3 to 19 years old, in treatment with PAM, were evaluated. We analyzed three radiomorphometric indices – mandibular cortical width (MCW), mandibular cortical index (MCI) and the visual estimation of the cortical width (SVE) – and fractal dimension (FD) of three ROIs, one in cortical bone and two in trabecular bone – mandibular angle and ramus. There was an association between the qualitative indices and the measures of cortical width and fractal dimension. The correlations between MCW and FD were also analyzed. Differences in MCW and FD regarding age groups, age at the beginning of treatment, number of PAM cycles and OI types were compared by ANOVA test. For all statistic tests it was considered 95% of significance level. It was found that OI children, of all types, have thinner and more porous mandibular cortices at the beginning of treatment, and that through PAM cycles, the cortical becomes thicker. Cortical FD increases with treatment. It was not found statistical differences at trabecular bone FD analyses (p>0.05). It was verified the relation between bone mineral density (BMD) and MCW in a group of 92 healthy children. After this, it was constructed a linear logistic regression model to relate MCW and the number of pamidronate cycles. Our results show that mandibular inferior cortex analysis may provide a way to evaluate low BMD and identify cyclic PAM treatment outcomes in OI patients.
62

Estudo da ocorrência da doença renal policística e de suas alterações laboratoriais em diferentes populações de gatos / Occurrence of polycystic kidney disease and laboratory findings in different cat populations

Scalon, Marcela Corrêa 17 February 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2014. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-05-23T15:55:20Z No. of bitstreams: 1 2014_MarcelaCorreaScalon.pdf: 1292990 bytes, checksum: 02039d6ef8f52df7bb4708611d60b905 (MD5) / Rejected by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br), reason: on 2014-05-23T16:00:09Z (GMT) / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-05-23T16:12:22Z No. of bitstreams: 1 2014_MarcelaCorreaScalon.pdf: 1292990 bytes, checksum: 02039d6ef8f52df7bb4708611d60b905 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-05-26T11:30:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_MarcelaCorreaScalon.pdf: 1292990 bytes, checksum: 02039d6ef8f52df7bb4708611d60b905 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-05-26T11:30:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_MarcelaCorreaScalon.pdf: 1292990 bytes, checksum: 02039d6ef8f52df7bb4708611d60b905 (MD5) / A doença renal policística (DRP) de caráter autossômico dominante é a doença genética mais prevalente em gatos, principalmente das raças persas e derivadas. A mutação pontual (transversão C→A) no exon 29 do gene PKD1 é conhecida por contribuir para o desenvolvimento da DRP e pode ser usada como um alvo para o diagnóstico molecular específico desta doença. Neste trabalho foi desenvolvido o ensaio de PCR (reação em cadeia de polimerase) capaz de detectar essa única mutação associada ao desenvolvimento da DRP, além disso, os achados clínicos dos animais testados foram correlacionados aos resultados do teste genético. Foram avaliados 334 felinos (188 animais provenientes do Hospital Veterinário de Pequenos Animais da UnB e 146 de outras regiões do Distrito Federal) com prevalência da DRP de 9% em toda a amostragem, 33% em animais da raça persa e 7% em animais sem raça definida. Não houve correlação da prevalência com gênero e idade. O grupo de animais positivos apresentou hiperglobulinemia (p=0,020), média de contagem de linfócitos mais baixa (p=0,043) e média de contagem de plaquetas mais alta (p=0,027). O aparecimento de sinais clínicos relacionados a doenças do trato urinário foi associado à idade e ocorrem com mais frequência em animais com mais de seis anos (p=0,001). Nem sempre o animal portador do gene mutante apresentou sinais clínicos da DRP no momento da análise diagnóstica. A comparação feita entre PCR, achados clínicos e achados laboratoriais demonstrou que foi possível detectar a mutação em animais de qualquer idade, com apresentação ou não de sinais clínicos. Este estudo demonstrou que a mutação não se limita somente a animais da raça persa, além disso, proporcionou melhor conhecimento relacionado a testes moleculares que auxiliam de forma mais eficiente para o diagnóstico precoce de portadores. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Autosomal-dominant polycystic kidney disease (ADPKD) is the most prevalent inherited genetic disease of cats, affecting Persian and Persian related cats. The point mutation (C→A transversion) in exon 29 of the PKD1 gene contributes to ADPKD development and is a specific molecular target for its molecular genetic diagnosis in cats. This research developed a polymerase chain reaction (PCR) to detect this single mutation linked to ADPKD development; furthermore, clinical outcomes of tested animals were correlated to genetic test. The authors tested 334 cats (188 animals from Veterinary Hospital of Small Animal at University of Brasilia – UnB, and 146 from other areas of Distrito Federal) with 9% prevalence among samples, 33% between Persian and 7% between Brazilian long and short hair cats. There was no correlation between prevalence, age and gender. Positive animals showed hyperglobulinemia (p=0,020), lower lymphocytes mean count (p=0,043) and higher platelets mean count (p=0,027) than negative animals. Clinical signs associated to urinary tract disease are age related and occur more often in animals older than six years (p=0,001). Not always the animal carrying the mutant gene shows symptoms of ADPKD and comparison between PCR, clinical and laboratory finds shown that it is possible to detect the mutation in animals of any age, presenting symptoms or not. This research explained the mutation may occur not only in Persian and Persian-related cats, in addition provided a better knowledge to molecular analysis that allows more efficient early diagnosis of carriers.
63

Índice de dessaturação delta-9 em pacientes com eventos clínicos de doença aterosclerótica

Ribeiro, Átala Safira Silva 20 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição, Programa de Pós Graduação em Nutrição Humana, 2015. / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2016-03-15T15:03:30Z No. of bitstreams: 1 2015_AtalaSafiraSilvaRibeiro_Parcial.pdf: 146761 bytes, checksum: 857cbe66952fee44e3ecd334e0ea4635 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2016-03-17T14:47:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_AtalaSafiraSilvaRibeiro_Parcial.pdf: 146761 bytes, checksum: 857cbe66952fee44e3ecd334e0ea4635 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-17T14:47:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_AtalaSafiraSilvaRibeiro_Parcial.pdf: 146761 bytes, checksum: 857cbe66952fee44e3ecd334e0ea4635 (MD5) / Introdução: O Índice de Dessaturação delta-9 (ID9) é uma medida que estima a atividade da estearoil-CoAdessaturase, uma enzima que participa da biossíntese de ácidos graxos monoinsaturados. A sua relação com doenças cardiovasculares ainda não está bem estabelecida, apesar de sua elevação ter sido associada ao prognóstico negativo. No presente estudo foi verificada a relação entre ID9 e variáveis que expressam risco cardiovascular em pacientes com doença aterosclerótica. Métodos: estudo de coorte composto por 48 indivíduos com idade a partir de 45 anos com doença aterosclerótica. Os voluntários receberam orientação nutricional no momento basal e foram acompanhados por 6 meses. Coletou-se dados sobre consumo alimentar, antropometria, dados clínicos, medicação e exames bioquímicos cardiovasculares. Os participantes foram divididos em 2 grupos a partir da mediana do ID9 calculado pela razão entre os ácidos graxos oleico e esteárico (18:1n9/18:0) plasmáticos. Resultados: os valores de VLDL e triglicerídios basais tiveram médias significativamente maiores no grupo com ID9 maior (p=0,003) comparado aos com ID9 abaixo da mediana. Não houve diferença quanto a prevalência de fatores de risco, consumo de nutrientes e variáveis antropométricas entre os grupos. Após 6 meses, houve aumento de colesterol total, VLDL e triglicerídios no grupo com menor ID9 e aumento do índice de massa corporal (IMC) no grupo de maior ID9 (p=0,040). Observou-se interação entre os dois grupos após 6 meses, na qual o grupo com ID9 maior apresentou aumento significativo no IMC (p=0,043). Conclusão: Os resultados deste estudo permitem concluir que o ID9 está associado com variáveis que expressam risco cardiovascular, como VLDL e triglicerídios sanguíneos, e os valores aumentados de ID9 podem resultar em maior IMC após 6 meses neste grupo de pacientes. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction: The desaturation index delta-9 (ID9) is a measure that estimates the activity of Stearoyl-CoAdesaturase, anenzymethatacts in the monounsaturated fatty acid biosynthesis. Its increase has been associated with negative prognosis, although the relationship with cardiovascular disease is not well established yet. Thus, in the present study we investigated the relationship between variables expressing ID9 and cardiovascular risk in patients with atherosclerotic disease. Methods: A cohort study was conducted with 48 subjects with atherosclerotic disease aged 45 years or older.Volunteers received nutritional counseling at base line and followed-up for 6 months. Anthropometric, clinical, medication and biochemical data were collected. Participants were divided into 2 groups based on median ID9 calculated as theratiobetween plasma oleic and stearicfattyacids (18: 1n9 / 18: 0). Results: Mean basal VLDL and triglycerides were significantly higher in the higher ID9 group (p = 0.003) compared to those with ID9 below the median values. There was no difference in the prevalence of risk factors, nutrient in take and anthropometrics between groups. After 6 months, there was an increase in total cholesterol, VLDL, andtriglycerides in the group with lowest ID9 and increased body mass index (BMI) in the group with high ID9 (p = 0.040). Interaction was observed between the two groups after 6 months, in which the ID9 high group showed significantly greater BMI (p = 0.043). Conclusion: Results of this study support the conclusion that the ID9 is associated with variables expressing cardiovascular risk and increased levels of ID9 may result in higher BMI after six months in this group of patients.
64

Efeito da redução da pressão intraocular sobre a camada de fibras nervosas retinianas e nervo óptico medido pela tomografia de coerência óptica

Araújo, Candice Cristina Quirino de 05 April 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-05-21T15:56:58Z No. of bitstreams: 1 2013_CandiceCristinaQuirinoAraujo.pdf: 1613577 bytes, checksum: 034c8c8d4b10aa239213238a797195cb (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-05-21T16:03:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_CandiceCristinaQuirinoAraujo.pdf: 1613577 bytes, checksum: 034c8c8d4b10aa239213238a797195cb (MD5) / Made available in DSpace on 2013-05-21T16:03:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_CandiceCristinaQuirinoAraujo.pdf: 1613577 bytes, checksum: 034c8c8d4b10aa239213238a797195cb (MD5) / Introdução: Glaucoma é uma neuropatia óptica progressiva, multifatorial, associada à perda de campo visual e às alterações no nervo óptico (NO) e camada de fibras nervosas retinianas (CFNR). Objetivo: Identificar alterações na CFNR e no NO, por meio da tomografia de coerência óptica (OCT), em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA), submetidos a tratamento clínico e cirúrgico (trabeculectomia). Métodos: Foi realizada análise prospectiva de 37 olhos de 25 pacientes avaliados antes e após os tratamentos por meio da OCT, num período pré-tratamento (1 semana a 1 mês) e com 1, 3 e 6 meses após o tratamento. Os parâmetros medidos pela OCT foram analisados pelo teste de igualdade de médias e, para correlação entre as variáveis e a Po (pressão intraocular), foi utilizado o método de Pearson. Resultados: Os pacientes apresentaram redução da Po acima de 30%. O grupo clínico apresentou aumento da espessura média da CFNR total (p=0,009) e inferior (p = 0,007). Houve aumento da espessura média da CFNR superior, temporal e nasal, aumento da área de rima e diminuição do volume de escavação, entretanto sem significância estatística. O grupo cirúrgico apresentou aumento da espessura média da CFRN inferior e redução do volume de escavação quando correlacionados com a Po (p=0,004 / p= 0,02). Houve aumento da CFRN temporal, diminuição da área de escavação e aumento da área de rima, entretanto sem significância estatística. Conclusão: O grupo clínico apresentou aumento significante na espessura da CFNR. O grupo cirúrgico apresentou diminuição do volume de escavação e aumento da espessura da CFRN dependentes da redução da Po. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction: Glaucoma is a progressive optic neuropathy, multifactorial, associated with visual field loss and changes in the optic nerve (ON) and retinal nerve fiber layer (RNFL). Objective: To identify changes in the RNFL and ON by optical coherence tomography (OCT) in patients with primary open angle glaucoma (POAG)undergoing clinical and surgical treatment (trabeculectomy). Methods: We performed a prospective analysis of 37 eyes of 25 patients before and after treatment, by means of OCT, a pre-treatment period (1 week to 1 month) and with 1, 3 and 6 months after treatment. The parameters measured by OCT were analyzed by the test of equality of means and correlations between IOP and variables we used the method of Pearson. Results: The patients showed reduction of IOP above 30%. The clinical group had an increase in average total (p= 0,009) and inferior RNFL thickness (p = 0.007). There was an increase in average superior, temporal and nasal RNFL thickness, increase in rim area and decreased in cup volume, however not statistically significant. The surgical group had an increase in average inferior RNFL thickness and reducing in cup volume when correlated with IOP (p = 0.004 / p = 0.02). There was an increase in temporal RNFL thickness, decrease in cup area and increase in rim area, though not statistically significant. Conclusion: The clinical group showed significant increase in RNFL thickness. The surgical group showed decrease in the cup volume and increased RNFL thickness dependent reduction of IOP.
65

Análise morfoquantitativa de timo e baço de gatos FeLV-positivos naturalmente infectados

Melo, Flávia Azevedo Cavalcanti de 29 January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-06-11T14:21:24Z No. of bitstreams: 1 2013_FlaviaAzevedoCavalcantideMelo.pdf: 964407 bytes, checksum: 9986b138d5f3ea1d005ba1fadea4d05d (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-06-12T11:34:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_FlaviaAzevedoCavalcantideMelo.pdf: 964407 bytes, checksum: 9986b138d5f3ea1d005ba1fadea4d05d (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-12T11:34:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_FlaviaAzevedoCavalcantideMelo.pdf: 964407 bytes, checksum: 9986b138d5f3ea1d005ba1fadea4d05d (MD5) / Sendo a leucemia viral felina (FeLV) uma doença complexa que afeta, principalmente o sistema imunológico e hematológico do gato, o objetivo desse estudo foi quantificar as alterações morfológicas no timo e baço de animais naturalmente infectados e negativos. Para avaliação do timo, foram quantificados os timócitos, tecido adiposo, corpúsculos tímicos, tecido conjuntivo, colágeno tipo I e colágeno tipo III. Nesse caso, foram utilizados cinco animais no grupo de animais negativos (Gc) e dois animais positivos (Gd). Os timócitos nos animais FeLV negativos (Gc) e positivos (Gd) variou em média de 55,16%±6,15 e 44,81%±6,15 (p=0,39); os adipócitos variaram em média de 42,14%±5,97 (Gc) e 53,42%±11,3 (Gd) (p=0,34); os vasos sanguíneos variaram de 0,85%±0,24 (Gc) e 1,75%±0,52 (Gd) (p=0,15); os corpúsculos tímicos estiveram apenas presentes em 0,68%±0,19 dos animais negativos (Gc). O tecido conjuntivo variou de 12,05%±0,68 (Gc) e de 10,34%±0,62 (Gd) (p=0,009). A presença do colágeno tipo I (p=0,30) e do tipo III (p=0,59) foi de, respectivamente, 1,73%±0,3 e 0,44%±0,09 no Gc e, 1,44%±0,36 e 0,44%±0,13 no Gd. Para o estudo do baço, foram quantificados a polpa vermelha, a polpa branca e o tecido conjuntivo; foram utilizados cinco animais no grupo negativo (Gc) e quatro animais do grupo positivo (Gd). O peso e o volume dos baços dos animais variou em média, respectivamente, de 9,44g±1,96 e 10ml3±2,58 no Gc e de 17,83g±10,66 e 17,25ml3±10,92 no Gd, ambos os dados foram estatisticamente significativos. A polpa vermelha nos animais FeLV negativos (Gc) e positivos (Gd) variou em média de 73,08%±3,13 e 73,85%±4,53 (p=0,39); a polpa branca de variou em média de 6.02%±2,02 no Gc e 8,38%±2,92 no Gd (p=0,34); o tecido conjuntivo variou em média de 13, 28%±1,69 no Gc e de 12,11%±2,51 no Gd. Em ambos os casos, apenas a quantificação de corpúsculos tímicos e o peso dos baços tiveram diferença estatística entre os grupos; nos demais dados não houve diferença, demonstrando que a infecção pela FeLV não foi capaz de alterar a arquitetura normal dos órgãos estudados. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Being the viral feline leukemia virus (FeLV) a complex disease that affects mostly the immune and hematologic system of the cat, the aim of this study was to quantify morphological changes in the thymus and spleen of cats positives and negatives. For evaluation of the thymus were quantified thymocytes, adipose tissue, thymic corpuscles, connective tissue, collagen type I and type III. In this case, were used five animals at group control (Gc) and two animals at diseased group (Gd). The thymocytes at negative FeLV animals (Gc) and positives (Gd) differ on the average of 55,16% ±6.15 to 44.81% ±6.15 (p=0.39); the adipocytes differ from 42.14%±5.97 (Gc) to 53.42%±11.3 (Gd) (p=0.34); the blood vessels changed from 0.85%±0.24 (Gc) to 1.75%±0.52 (Gd) (p=0.15); the thymic corpuscles were detected only 0.68%±0.19 at negatives animals (Gc). The connective tissue changed from 12.05%±0.68 (Gc) to 10.34%±0.62 (Gd) (p=0.009). Collagen presence type I (p=0.30) and type III (p=0.59) were, respectively from 1.73%±0.3 to 0.44%±0.09 at Gc and from 1.44%±0.36 to 0.44%±0.13 at Gd. To spleen study, were quantified red pulp, white pulp and connective tissue; were used five animals in negative group (Gc) and four animals in positive group (Gd). The weight and volume of the spleens of the animals differ on the average of, respectively, 9.44g±1.96 and 10ml3±2.58 and the Gc and 17.83g±10.66 17.25 ml3±10.92 in Gd, both were statistically significant. The red pulp in FeLV negatives animals (Gc) and positives (Gd) differ on the average of 73.08%±3.13 and 73.85%±4.53 (p=0.39); the white pulp varied average of 6.02%±2.02 and in Gc 8.38%±2.92 in Gd (p=0.34), connective tissue changed from 13.28%±1.69 in Gc and 12.11%±2.51 in Gd. In both cases, only the quantification of thymic corpuscles and the weight of spleens had a statistical difference between groups; the other data were no difference, demonstrating that infection by FeLV was unable to modify the normal architecture of the organs studied.
66

Doenças com sinais neurológicos em ovinos e caprinos no Distrito Federal e Entorno

Novais, Ernane de Paiva Ferreira 22 July 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-10-14T16:18:54Z No. of bitstreams: 1 2013_ErnanePaivaFerreiraNovais.pdf: 2165049 bytes, checksum: f13db47d325279ebca6051113a804e73 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-10-14T17:17:41Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_ErnanePaivaFerreiraNovais.pdf: 2165049 bytes, checksum: f13db47d325279ebca6051113a804e73 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-14T17:17:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_ErnanePaivaFerreiraNovais.pdf: 2165049 bytes, checksum: f13db47d325279ebca6051113a804e73 (MD5) / As doenças neurológicas são importantes em ruminantes por suas significativas perdas econômicas e/ou pelo seu potencial zoonótico. Conhecer as enfermidades nas diferentes regiões do Brasil é importante na adoção de medidas de controle, profilaxia e no auxílio à vigilância epidemiológica. Este trabalho contempla 51 casos de doenças com sinais neurológicos em ovinos (37 casos) e caprinos (14 casos), no Distrito Federal e cidades do entorno, atendidos pelo Hospital Escola de Grandes Animais da Universidade de Brasília no período de 2001 a 2012. Fichas incompletas e diagnósticos inconclusivos foram descartados do estudo, onde as enfermidades encontradas foram tétano (37,25%), polioencefalomalácia (27,45%), botulismo (11,76%), meningite (5,88%), compressão medular por trauma (3,92%), Intoxicação por Palicourea marcgravii (3,92%), abscesso hipofisário (1,96%), raiva (1,96%), compressão medular por abscesso (1,96%) e leucoencefalomielite por CAEV (3,92%). ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Neurological diseases in ruminants are important for its significant economic losses or its zoonotic potential. Knowing the disease in different regions of Brazil is important in the adoption of control measures, prevention and helps in epidemiological surveillance. This work includes 51 cases of disease with neurological signs in sheep (37 cases) and goats (14 cases), in the Distrito Federal (state of Brazil) and the surrounding cities, attended by the Large Animal Veterinary Hospital at the University of Brasilia in the period 2001-2012. Incomplete medical records and inconclusive diagnoses were excluded from the study, where the diseases found were tetanus (37.25%), polioencephalomalacia (27.45%), botulism (11.76%), meningitis (5.88%), spinal cord compression by trauma (3.92%), poisoning by Palicourea marcgravii (3.92%), pituitary abscess (1.96%), rabies (1.96%), spinal cord compression by abscess (1.96%), and leukoencephalomyelitis by CAEV (3.92%).
67

Retinoblastoma: diagnóstico, tratamento e evolução em dois centros de referência de alta complexidade integrados

Costa, José Ricardo January 2006 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2010-05-06T14:17:25Z No. of bitstreams: 1 Tese Jose Ricardo costa.pdf: 34883363 bytes, checksum: 81420352cd825e3fc532f94cb955e44e (MD5) / Rejected by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com), reason: Arquivo nao abre. on 2010-05-17T23:52:04Z (GMT) / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2010-05-18T18:03:14Z No. of bitstreams: 1 2006_JOSE RICARDO COSTA.pdf: 812746 bytes, checksum: 62b645ce5fe63464041312d9bdb600b4 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-19T06:39:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_JOSE RICARDO COSTA.pdf: 812746 bytes, checksum: 62b645ce5fe63464041312d9bdb600b4 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-19T06:39:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_JOSE RICARDO COSTA.pdf: 812746 bytes, checksum: 62b645ce5fe63464041312d9bdb600b4 (MD5) Previous issue date: 2006 / Objetivos: Descrever a apresentação, o tratamento e a evolução dos casos de retinoblastoma atendidos de maneira integrada em dois hospitais de referência entre junho de 1998 e agosto de 2006, avaliar a sobrevida e acuidade visual nos pacientes submetidos ao protocolo de tratamento, oferecer subsídios a políticas públicas para crianças portadoras de retinoblastoma. Pacientes e Métodos: Foram avaliados todos os pacientes portadores de retinoblastoma atendidos em dois hospitais de referência de alta complexidade na região Centro-Oeste (Goiânia) do Brasil. Subdividiram-se os pacientes em grupos estratificados segundo o estadiamento do tumor (Reese-Elsworth) no momento do diagnóstico. O tratamento incluiu enucleação, quimioterapia sistêmica, radioterapia, crioterapia e laser, segundo as condições individuais e recomendações da literatura especializada. Os dados foram compilados em protocolo e computados em tabelas do programa Microsoft Excell para posterior análise estatística (SPSS, Windows). Resultados: Foram acompanhadas 46 crianças com diagnóstico de retinoblastoma (54,3% do sexo masculino) durante um período médio de 38,7 meses. Trinta e um casos (67,4%) apresentaram comprometimento unilateral sendo um deles unilateral multifocal, e 32,6% comprometimento bilateral. A leucocoria foi a queixa apresentada por 91 % dos pacientes avaliados. Registraram-se cinco casos de doença extra-ocular, quatro dos quais com comprometimento unilateral. Dentre os 41 casos de comprometimento intra-ocular foram estadiados 55 olhos, evidenciandose 51% no estádio Va, 38,2% em Vb, 3,6% em estádio III b, e 1,8% dos casos se distribuíram nos estádios IV b, III a, II b, I b. Foi possível preservar a visão em dez olhos com retinoblastoma. Três casos apresentaram visão de 20/20 (tumores fora da mácula). Os casos com tumores maculares apresentaram acuidade visual entre 20/40 e conta dedos. Constatou-se a ocorrência de nove óbitos durante o período do estudo. Conclusões: Os dados sugerem que o diagnóstico tem sido feito tardiamente em Goiás (idade e estádios avançados), o que responde pelo insucesso parcial do tratamento. Evidencia-se a necessidade de ações educativas para o diagnóstico e tratamento mais precoce.
68

Aspectos epidemiológicos das parasitoses gastrintestinais de suínos naturalizados de criações familiares do Distrito Federal / Epidemiological findings of gastrintestinal parasitosis in naturalized swine of subsistance herds on Distrito Federal

Aguiar, Patrícia Coutinho 12 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-06-18T17:52:30Z No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-06-21T19:10:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-06-21T19:10:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) Previous issue date: 2009-12 / O presente trabalho relata os dados de um levantamento parasitológico em suínos de criações familiares de Núcleos Rurais do Distrito Federal realizado entre fevereiro e julho de 2009. Foram obtidas 130 amostras divididas em três grupos etários (menor que seis meses; entre sete e 12 meses e acima de 12 meses). As fezes foram obtidas diretamente da ampola retal e examinadas, utilizando os exames direto, flutuação fecal (Willis e McMaster modificado), sedimentação (espontânea e centrifugação água-éter) e coprocultura. Observaram-se as seguintes prevalências: 27,69% para Ascaris suum; 36,92% para Strongyloides ransomi; 45,38% para ovos do tipo Strongyloidea; 14,39% para Trichuris suis; 3,79% para Metastrongylus spp.; 71,17% para coccídeos e 77,64 % para Balantidium coli. Ao exame quantitativo, obteve-se 0-10.110 opg para Ascaris suum; 0-27.350 opg para Strongyloides ransomi; 0-7.550 opg para ovos do tipo Strongyloidea; 0-3200 opg para Trichuris suis; 0-100 opg para Metastrongylus spp.; 0-41.300 oopg para coccídeos e 0-400 cpg para Balantidium coli. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present research reports the data of a parasitological survey in pigs from subsistence swineherds from ten Rural Centers of Distrito Federal, Brasília, Brazil, in the period of February to July of 2009. A total of 130 samples were obtained and separated in three age groups (less than six months; among seven and twelve months; and more than twelve months old). The fecal samples were taken from the rectum and examined using direct test, faecal flotation (Willis and modified McMaster), sedimentation (spontaneous and water-ether centrifugation) and faecal culture. The prevalence of each species were: 27,69% to Ascaris suum; 36,92% to Strongyloides ransomi; 45,38% to eggs of Strongyloidea; 14,39% to Trichuris suis; 3,79% to Metastrongylus spp.; 71,17% to coccidian, and 77,64 % to Balantidium coli. For the quantitative test, the results were 0-10.110 opg to Ascaris suum; 0-27.350 opg to Strongyloides ransomi; 0-7.550 opg to eggs of Strongyloidea; 0-3200 opg to Trichuris suis; 0-100 opg to Metastrongylus spp.; 0-41.300 oopg to coccidia e 0-400 cpg to Balantidium coli.
69

Experiência materna com o filho estomizado

Melo, Manuela Costa 16 April 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)–Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-03-01T18:58:42Z No. of bitstreams: 1 2010_ManuelaCostaMelo.pdf: 3330352 bytes, checksum: 91a218784201b65c86c277c87aa75c2c (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-03-10T13:14:02Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_ManuelaCostaMelo.pdf: 3330352 bytes, checksum: 91a218784201b65c86c277c87aa75c2c (MD5) / Made available in DSpace on 2011-03-10T13:14:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_ManuelaCostaMelo.pdf: 3330352 bytes, checksum: 91a218784201b65c86c277c87aa75c2c (MD5) / Esta dissertação foi desenvolvida a partir do objetivo principal em conhecer a experiência materna no cuidado com o filho com estomia intestinal. Trata-se de uma pesquisa na abordagem qualitativa, com base na Pesquisa-ação, ao qual foi utilizada a entrevista semi-estruturada, e para análise dos dados, a Análise do Discurso. Foi definida amostra com mães de crianças com estomia intestinal, moradoras do Distrito Federal, e seus filhos participassem do Serviço Ambulatorial de Enfermagem em Estomaterapia do Hospital Universitário de Brasília, ou do Ambulatório da Cirurgia Pediátrica do Hospital Universitário de Brasília ou do Hospital Regional da Asa Sul. As entrevistas aconteceram após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília, entre os meses de junho a agosto de 2009, sendo realizadas na residência das mesmas. Foram entrevistadas nove mães, sendo as falas gravadas e transcritas na íntegra para o melhor entendimento. Da análise das entrevistas, emergiram três temas: primeiro, a experiência materna e o filho com estoma, no qual foi abordado o período da gravidez, a sua relação com o filho e o estoma, e o apoio recebido; segundo, experiência materna do cuidado com o estoma do filho, no qual foi abordada a dificuldade no atendimento inicial, história da confecção do estoma, rotina dos cuidados diários, o desenvolvimento das habilidades conquistadas, e qualidade da assistência especializada; terceiro, a experiência materna no acompanhamento ambulatorial com as sugestões para a melhoria do atendimento. Verificou-se nesse estudo a necessidade de investir em pesquisas relacionadas à intervenção na estomaterapia, a fim de instrumentalizar o cuidado materno na tentativa de oferecer qualidade da assistência que a mãe prestará a seu filho com a realização do estoma e ampliar o corpo de conhecimento teórico no campo da enfermagem. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This essay was developed from the main goal of knowing the maternal experience in taking care of her intestinal-stomized child. It’s about a qualitative approach, based on an action research study, using the semi-structured interview technique, for data analysis the Discourse Analysis was used. An accidental sample consisting of mothers and their children with intestinal ostomy, all resident in Distrito Federal, was defined and their children would take part in the Stomatherapy Nursing Ambulatory Service of Universidade de Brasília Hospital, or in the Pediatric Surgery Ambulatory of Universidade de Brasília Hospital or Asa Sul Regional Hospital. The interviews were carried out after the approval from the Ethics in Research Committee of Universidade de Brasília Health Sciences College, from June to August in 2009, having their speech taped and fully transcribed for better understanding. From the analysis of the interviews, three themes came out: first, maternal experience and the stomized child, in which the pregnancy period, her relation with her stomized child, and the support received were concerned; second, maternal experience in taking care of her child’s stoma, in which the difficulty in the initial care, the stoma’s confection history, daily care routine, the development of acquired abilities, and the specialized assistance quality were concerned; third, maternal experience in ambulatory escorting with suggestions for treatment improvement. Through this research the necessity of investing in stomatherapy-intervention research was identified, in order to instrument maternal care in an attempt of offering quality in the assistance the mother shall provide to her child with a stoma realization as well as amplifying knowledge in the field of nursing.
70

Distribuição espacial da mortalidade infantil por doenças infecciosas e parasitárias em Jaboatão dos Guararapes - PE / Spatial distribution of the Infantile Mortality for Infectious and Parasitic illnesses in Jaboatão do Guararapes- PE

Rodrigues, Mirella Bezerra January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2012-05-07T14:43:52Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 000038.pdf: 1318654 bytes, checksum: 22eee2d03bcdb9a379f4d6b613d99787 (MD5) Previous issue date: 2007 / O objetivo deste trabalho foi estudar a distribuição espacial da MI por DIP em Jaboatão dos Guararapes e sua relação com o indicador de carência social (ICS), identificando áreas geográficas de maior risco. Para isto, este estudo foi constituído pelo universo dos nascidos vivos, residentes no município, que foram a óbito com menos de 1 ano de vida e que tiveram as DIP como causa básica e/ou causas associadas do óbito, ocorridos entre 2000 e 2004. Os dados foram extraídos do Sistema de Informação sobre Mortalidade, Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos e do Censo de 2000 (IBGE). Considerou-se o coeficiente de mortalidade infantil por DIP como variável dependente e as variáveis: sexo, bairro, duração da gestação, tipo de gravidez, tipo de parto, peso ao nascer, faixa etária e escolaridade da mãe, evitabilidade e o ICS como variáveis independentes. Nos resultados observou-se uma maior magnitude no período pós-neonatal, no sexo masculino, em mães com escolaridade de 4 a 7 anos e no grupamento das doenças infecciosas intestinais. Quanto ao ICS pode-se observar que Jaboatão é um município com precárias condições de vida. Na correlação do ICS com a MI por DIP não se conseguiu evidenciar esta associação nas unidades de análise (r =0,199). Entretanto, quando esta foi medida segundo extrato de risco, ficou clara a correlação entre carência social e ocorrência do óbito infantil por DIP (r=0,87; p = 0,008; F =12,88). Na aplicação do modelo simples de regressão linear pôde-se ver que o modelo utilizado é capaz de explicar a MI por DIP em 98 por cento (R2 = 0,981). Agrupando os quartis de médio risco encontrou-se um valor de R2 ainda maior (R2 = 0,995). Conclui-se que o ICS demonstrou sensibilidade na predição de áreas de risco, servindo como um útil instrumento para o planejamento de ações de controle desta mortalidade, e que o município merece estudos que retratem a situação da MI por causas evitáveis, de forma que possa intervir de modo precoce e eficaz

Page generated in 0.0266 seconds