• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 119
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 127
  • 127
  • 91
  • 85
  • 35
  • 31
  • 24
  • 20
  • 17
  • 16
  • 12
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A dobra espacial: o neobarroco na ficção científica brasileira

Rezende Neto, Dorvalino January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2007. / Made available in DSpace on 2016-01-15T13:59:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 337001.pdf: 876176 bytes, checksum: 905a920bd6a83ad39c25ed66bf67ad48 (MD5) Previous issue date: 2007 / A intenção deste trabalho é pontualizar os usos que a literatura de ficção científica produzida no Brasil faz do neobarroco e identificar as maneiras como o estilo se reproduz nas obras de André Carneiro e Braulio Tavares. Cotejando os textos destes escritores com os de outros autores, nacionais e estrangeiros, esta dissertação tem por objetivo demonstrar como a ficção científica brasileira lida com o conceito da dobra e com os devires de um país (e de uma literatura) cujo futuro se monta através de um presente (e um passado, também) que não cessa de se repetir. Original entre as de sua espécie, a ficção científica dos autores brasileiros tem um modus (mais do que um jeito, uma melodia, um ritmo), diferenciado de abordar temas como sexo, religião, tempo, morte, vida, violência e liberdade. Invisível no Brasil, porém, o gênero ainda não alcançou a atenção do mercado editorial nem muito menos o interesse da academia, como já o fez nos países de língua inglesa, principalmente, ou mesmo nos de língua espanhola.<br> / Resúmen: El objectivo de este trabajo es puntualizar los usos que hace del neobarroco la literatura de ciencia ficción producida en Brasil y identificar como se reproduce esta categoria en las obras de André Carneiro y Braulio Tavares. Cotejando sus textos con los de otros autores, nacionales y extranjeros, esta disertación intenta demostrar cómo la ciencia ficción brasileña elabora el concepto de pliegue y los devires de un país y de una literatura cuyo porvenir se constituye a través de un presente y un pasado que no cesan de repetirse. Original entre las de su especie, la ciencia ficción de los autores brasileños tiene un modus (una melodía, un ritmo más que una forma) distinto de abordaje de temas como sexo, religión, tiempo, muerte, vida, violencia y libertad. Invisible en Brasil, el género no ha alcanzado todavía la atención del mercado editorial ni mucho menos el interés de la academia como lo ha hecho en países de lengua inglesa y también española.
2

Design e narrativa : a prática, pesquisa e didática em design a partir da relação entre ficção e realidade

Jesus, Allan Mendes de 14 December 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Design, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2017-03-31T15:31:55Z No. of bitstreams: 1 2016_AllanMendesdeJesus.pdf: 8975254 bytes, checksum: fff1bdfb4c5b3d867de6bdd350552ff7 (MD5) / Approved for entry into archive by Ruthléa Nascimento(ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2017-03-31T15:43:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_AllanMendesdeJesus.pdf: 8975254 bytes, checksum: fff1bdfb4c5b3d867de6bdd350552ff7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-31T15:43:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_AllanMendesdeJesus.pdf: 8975254 bytes, checksum: fff1bdfb4c5b3d867de6bdd350552ff7 (MD5) / O segundo milênio trouxe ao campo de design diversas possibilidades na concepção de produtos e na criação de experiências. Levando em consideração a velocidade da prototipagem e os avanços científicos de nossa época, nossa sociedade se ampliou tanto na sua velocidade de informação quanto nos meios de lidar com tecnologia, interação social e produção cultural. Essa dissertação pretende discutir sobre como esses conceitos de aceleração tecnológica e social permitiram que elementos de realidade e ficção pudessem se amalgamar, tornando-se participantes nos trabalhos de design. A partir disso, são explorados os conhecimentos de áreas de prática e pesquisa em design que empregam conceitos de ficção especulativa para a construção de seus artefatos, refletindo sobre como essas práticas constroem interações entre as nossas realidades com universos da ficção. Tendo do material da dissertação, foi lecionada uma matéria por quatro semestres entre 2015 e 2016 no curso de Design (DIn) do Instituto de Artes (IdA) da Universidade de Brasília (UnB), com o objetivo de experimentar didáticamente os materiais obtidos com essa pesquisa, trazendo a alunos de diversas graduações conceitos de ficções especulativas contextualizadas em nossa atualidade. Os resultados da pesquisa e da máteria inferem uma necessidade de um ensino focado em design e narrativa, que sirva de estudo e produção de cenários especulativos, aguçando os sentidos críticos a possibilidades de nossa atualidade. / The second millennium has brought to the design field diverse possibilities in the conception of products and in the creation of experiences. Taking into account the speed of prototyping and the scientific advances of our time, our society expanded in their speed of communication and in the meanings of dealing with technology, social interaction and cultural production. This dissertation pretends to discuss about how these concepts of technological and social acceleration permitted that elements from reality and fiction could amalgamate, becoming participants in the works of design. From this, are explored the knowledge of practice and research of design areas that employ concepts of speculative fiction for the construction of their artifacts, reflection on how these practices build interactions between our realities to fictional universes. Using the material of the dissertation, a class was taught for four semesters between 2015 and 2016 in the Design (Din) course of the Institute of Arts (IdA) at University of Brasília (UnB), with the objective of experimenting didactically the material obtained through this research, bringing to the students of diverse graduation courses concepts of speculative fictions contextualized in our actuality. The results of the research and the class infer a necessity of a teaching focused in design and narrative, which brings the study and production of speculative scenarios, sharpening the critical senses to possibilities of our actuality.
3

Universo de Solaris Revisitado: outras experiências de mundo são possíveis

RÊGO, Isabel Almeida Marinho do 11 December 2015 (has links)
Submitted by Isaac Francisco de Souza Dias (isaac.souzadias@ufpe.br) on 2016-06-07T18:25:07Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese Isabel Marinho versão final biblioteca2.pdf: 1760180 bytes, checksum: 92e84bf844cf4ba43084d59c76ed56fa (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-07T18:25:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese Isabel Marinho versão final biblioteca2.pdf: 1760180 bytes, checksum: 92e84bf844cf4ba43084d59c76ed56fa (MD5) Previous issue date: 2015-12-11 / CAPES / Esta pesquisa parte das definições acerca do gênero Ficção Científica, em busca de um aprofundamento acerca do corpus de pesquisa que consiste em obras desse gênero: os espaços cinematográficos criados pelos diretores Steven Soderbergh e Andrei Tarkovski inspirados no universo Solaris arquitetado por Stanislaw Lem em seu romance homônimo. Diversos questionamentos científicos são descritos, para então, serem identificados nos espaços cinematográficos. Esta pesquisa apresenta como principal objetivo descrever como os filmes selecionados configuram os questionamentos científicos em seus espaços, por meio dos recursos narrativos; através da análise fílmica dos espaços isso pôde ser realizado. As teorias estéticas ofereceram uma forma de pensar a articulação dos conceitos acerca da ciência com os recursos de narração utilizados pelos cineastas. Os espaços construídos nos filmes materializam os conceitos mobilizados na forma de experiências estéticas, os principais paradigmas questionados são: a associação de fenômenos estranhos em modelos conhecidos; a grande valorização dada à ciência em detrimento de outros campos de conhecimento e seu decorrente isolamento; o humano se colocando com toda sua subjetividade própria como cientista em busca de objetividade extrema; a pulsão por destruir o desconhecido, e dominar sobrepujando o conhecer; e a ilusão de que o contato com seres de outros planetas solucionem enigmas terrestres. / This study starts by looking at the definitions of the genre of Science Fiction with a view to deepening awareness of the corpus of research which consists of works of this genre: the cinematographic spaces created by the directors Steven Soderbergh and Andrei Tarkovsky inspired by the universe of Solaris crafted by Stanislaw Lem in his novel of the same name. Several scientific lines of enquiry are entered into which are then identified in these cinematographic spaces. The main objective of this research is to describe how the films selected shape the scientific enquiries in their spaces, by using narrative resources; this could be achieved by analyzing how spaces were filmed. Aesthetic theories offered a way of thinking about how the concepts to do with science were interweaved with the narrative resources used by filmmakers. The spaces built in the movies materialize the concepts mobilized in the form of aesthetic experiences. The main paradigms questioned are: the association of strange phenomena in well-known models; the huge extent to which special value is given to science to the detriment of other fields of knowledge and its resulting isolation; human beings placing themselves with all their own subjectivity as scientists in search of extreme objectivity; the ardent desire to destroy the unknown, to master and totally dominate knowledge; and the illusion that contact with beings from other planets may solve terrestrial enigmas.
4

Representações cinematográficas do futuro em 1968 : os casos 2001 e Planeta dos Macacos

Cunha, Andre Luiz Fernandes January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2008. / Submitted by Ruthléa Nascimento (ruthlea@bce.unb.br) on 2008-10-30T16:08:29Z No. of bitstreams: 1 2008_AndreLuizFCunha.pdf: 916428 bytes, checksum: 8ec64be587bafb0cb7c57aeba424efe5 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-02-26T15:34:23Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_AndreLuizFCunha.pdf: 916428 bytes, checksum: 8ec64be587bafb0cb7c57aeba424efe5 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-02-26T15:34:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_AndreLuizFCunha.pdf: 916428 bytes, checksum: 8ec64be587bafb0cb7c57aeba424efe5 (MD5) / O presente trabalho tem como objetivo analisar as representações de futuro contidas em dois filmes de ficção científica lançados no ano de 1968: 2001 – Uma Odisséia no Espaço e Planeta dos Macacos. Para isso, trabalho com alguns conceitos, tais como Horizonte de Expectativa, universo diegético, representação, entre outros. Além de analisar cada um dos filmes no contexto cultural e sócio-político, em fins da década de 60, do século XX, buscando compreender significados e sentidos nos elementos que constituem a narrativa fílmica, esta pesquisa também se deteve sobre as formas de apropriação, ou seja, as formas como foram lidas, interpretadas na imprensa tais narrativas, particularmente a crítica carioca. Se cada época representa o futuro de acordo com as suas próprias contradições, em 1968 essa projeção é, sobretudo, marcada pela ruptura: política, ideológica, existencial. Tanto em 2001 quanto em Planeta dos Macacos, o mundo está em transformação, refletindo o contexto da época. Por fim, pretende contribuir para os estudos culturais voltados para o cinema de ficção científica e dizer algo de relevante sobre as representações cinematográficas do futuro em 1968. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The following study pretends to analyze the representations of future within two science fiction movies released in the year of 1968: 2001 - A Space Odissey, and Planet of the Apes. To do so, presents some concepts, such as Expectation Horizon, diegetic universe, representation, and others. Beyond analyzing each of the films in the cultural and socio-politic context, in the late 60`s, seeking to comprehend meanings and directions within the cinematic narrative, this research also lingers on the ways of appropriation; witch means the ways that where seen, in the press, their release, particularly in Rio de Janeiro’s criticism. If each epoch represents the future in accordance with its own contradictions, in 1968 this projection is mainly marked by breakage: social, ideological, existential. In both 2001 and Planet of the Apes the world is changing, reflecting its own epoch context. Finally, I pretend to contribute to the cultural studies related to the science fiction cinema and say something weighty about the representations of future at the movies in 1968.
5

Arquivo X e o pensamento tecnológico: civilização maquinística e projeção utópica do homem e do mundo

Reis, Pedro Henrique Baptista January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:45:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000414773-Texto+Completo-0.pdf: 1068094 bytes, checksum: c2f8939a8006dcf48e9b5e9f1d2df4c8 (MD5) Previous issue date: 2009 / Based on the theoretical propositions of Francisco Rüdiger (2002, 2006, 2007, 2008) and Lucien Sfez (1994, 1996, 2002), and acknowledging authors such as Isaac Asimov (1984), Adam Roberts (2000), that analyze Science Fiction, Scott Bukatman (1998), André Lemos (2002), Sydney Eve Matrix (2006) and Erick Felinto (2005), that analyze the phenomena of cyberculture, we intend to guide an analyses of a specific cultural product: three selected episodes from the sucessful television show from the 1990’s and early 2000’s, X-Files (1993-2002). Those backgrounds speak of the transformations that contemporary society experiences in relation to the new technologies. From this point of view, the objective here is to identify the articulation of certain imaginaries related to the technological thinking and the utopic projection of the world as they reveal themselves in the narrative of this Science Fiction TV show. / Apoiados pelas proposições teóricas de Francisco Rüdiger (2002, 2006, 2007, 2008) e Lucien Sfez (1994, 1996, 2002), acrescidas de proposições de autores que versam sobre o gênero específico da Ficção Científica – como Isaac Asimov (1984) e Adam Roberts (2000) – e sobre o fenômeno da cibercultura – como André Lemos (2002), Sydney Eve Matrix (2006), Scott Bukatman (1998) e Erick Felinto (2005) – balizaremos a análise de um produto cultural em específico: três episódios da série de televisão norte-americana da rede Fox, Arquivo X (1993-2002). A partir destas recuperações teóricas, relacionadas com a mídia e as novas tecnologias, prosseguiremos a uma análise de um produto cultural específico – três episódios da série de televisão Arquivo X (1993-2002) – que nos levará à reflexão sobre como esse produto cultural de ficção articula ou não categorias e índices do pensamento tecnológico e das novas utopias tecnológicas. Trata-se de uma retomada, uma discussão dos problemas apresentados pela recuperação teórica através da perspectiva de um produto cultural, que se insere ao mesmo tempo em que se associa ao gênero da Ficção Científica.
6

A sacralização da ciência em Deuses Americanos, de Neil Gaiman /

Marin, Hebe Tocci. January 2016 (has links)
Orientador: Aparecido Donizete Rossi / Banca: Alexander Meireles da Silva / Banca: Karin Volobuef / Resumo: Abordar a ciência e as mudanças científico-tecnológicas na literatura é uma prática que acompanha a humanidade e sua evolução desde o princípio. Dessa prática surge a Ficção Científica (FC), um dos muitos ramos da rica literatura gótica. Na nossa sociedade, que faz uso constante e cada vez maior da tecnologia e seus gadgets, porém, muitas das mudanças imaginadas pelos autores de FC, sendo elas fantásticas ou verossímeis, já foram alcançadas e, desta maneira, o gênero foi compelido a buscar novos temas e abordagens. À beira de uma revolução na FC, o autor inglês Neil Gaiman cria em sua obra Deuses Americanos (2001) um novo tipo de ciência: uma ciência sacralizada, "deusificada". No romance, deuses de culturas e religiões antigas devem conviver com e sobreviver a novos deuses emergentes - os deuses da mídia, dos carros e dos computadores, entre outros. As duas gerações de deuses disputam a fé da humanidade, o que os alimenta, e nesse processo, muitos desses deuses evoluem, involuem ou até mesmo morrem. A FC criada por Neil Gaiman retorna ao mito para explicar o desconhecido e torna-se então uma espécie de FC "reversa". Este trabalho propõe um debate sobre essa nova face da FC, com base nas teorias de Fred Botting, Mircea Elíade, Robert Adams e Sigmund Freud, entre outros. / Abstract: Approaching science and technoscientific changes in literature has been done by humanity since the beginning and has evolved alongside with history. From this practice derives Science Fiction (SF), one of the many branches of gothic literature. In our society, which makes constant and increasing use of technology and gadgets, however, many changes imagined by SF authors, either fantastic or verisimilar, have already been reached and so the literary genre was compelled to search for new themes and approaches. On the brink of a revolution in SF, British author Neil Gaiman creates in his masterpiece, American Gods (2001), a new type of science: a sacralized and "godfied" science. In the novel, gods from different cultures and ancient religions must live with and survive to new emergent gods - gods of the media, of cars and computers, among others. Both generations of gods fight over what feeds them - the faith of mankind - and during this process, many of these gods evolve, devolve or even perish. The SF created by Neil Gaiman returns to the myth as an explanation to the unknown and becomes then a kind of "reverse" SF. This work proposes a debate on this new face of SF, based on the theories of Fred Botting, Mircea Elíade, Robert Adams and Sigmund Freud, among others. / Mestre
7

O romance em desconstrução : inovação e experimentação em Jacques le fataliste et son maître /

Silva, Evaneide Araújo da. January 2017 (has links)
Orientador: Guacira Marcondes Machado Leite / Banca: Wilma Patrícia Marzari Dinardo Maas / Banca: Adalberto Luiz Vicente / Banca: Luís Fernandes dos Santos Nascimento / Banca: Maria Suzana Moreira do Carmo / Resumo: O objetivo deste trabalho é mostrar como o romance de Denis Diderot (1713-1784), Jacques le fataliste et son maître (1778), discute no plano da obra propriamente dita as principais questões do gênero romanesco, colocando em prática uma série de procedimentos que propunham a renovação e evolução da forma do romance. Pretende-se mostrar como Diderot descreve em seus ensaios críticos essas técnicas e as utiliza em seu romance, desmascarando a ficcionalidade de qualquer relato romanesco através de um narrador realista e lúcido e de um protagonista de caracteres picarescos como Jacques. Trata-se, portanto, de demonstrar a importância de Jacques le fataliste para a evolução do próprio gênero ao colocar em evidência procedimentos e temas literários inovadores, transformando o falso - a ficção - em forma de declarar a verdade e de discutir os problemas históricos de seu tempo. Jacques le fataliste é um romance que, ao mesmo tempo em que reforça sua associação com a verossimilhança através do retrato dos costumes, indaga e procura dar uma resposta em sua própria estrutura sobre as perguntas-chave em relação ao romance enquanto gênero: o que é a ficção? O que vem a ser um romance? Nesse contexto, pode-se dizer que a obra de Diderot é o primeiro romance francês que alia radicalmente a discussão sobre a natureza do gênero com os problemas sócio-históricos da França. / Résumé: L'objectif principal de cette recherche est de demontrer comment le roman Jacques le fataliste et son maître met en discussion, dans la structure de l'oeuvre, les questions principales du genre romanesque. Le roman propose la rénovation et l'évolution du modèle romanesque. Nous voulons, ainsi, montrer comment Diderot décrit dans ses essais critiques les manières nouvelles qu'il utilize dans l'écriture d' un récit et comment il fait usage de celles-là, en démasquant la fictionnalité de tout récit romanesque à travers un narrateur réaliste et ludique et aussi un héros aux caractéristiques picaresques comme Jacques. Il s'agit, alors, de démontrer l'importance de Jacques le fataliste pour l'évolution du genre romanesque, surtout parce que ce roman met en évidence des procédures et des thèmes littéraires innovateurs, que transforment l'artificiel - la fiction - dans une forme de déclaration du vrai et de mise en question des problèmes historiques du dix-huitième siècle. Jacques le fataliste est un roman qui assure la vraisemblance au moyen du portrait de moeurs, et en même temps, cherche à donner une réponse aux quéstions-clé sur le genre romanesque: C'est quoi la fiction? C'est quoi le romanc? Dans ce contexte, nous pouvons dire que l'oeuvre de Diderot c'est le premier roman français qui allie de façon radicale le questionnement du genre avec les problèmes historiques de son époque. / Doutor
8

Projeto PROBESH: um estudo de ficção científica na dramaturgia da websérie Stufana

Albuquerque, Diego Luiz Silva Gomes de 27 March 2014 (has links)
Submitted by Glauber Assunção Moreira (glauber.a.moreira@gmail.com) on 2018-08-23T15:40:08Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO COMPLETA.pdf: 3658212 bytes, checksum: 5f111beb32259913b7a6263231e51844 (MD5) / Approved for entry into archive by Elane Valverde Madureira (elaneval@yahoo.com.br) on 2018-08-24T14:16:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO COMPLETA.pdf: 3658212 bytes, checksum: 5f111beb32259913b7a6263231e51844 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-24T14:16:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO COMPLETA.pdf: 3658212 bytes, checksum: 5f111beb32259913b7a6263231e51844 (MD5) / RESUMO Em um trabalho integrado, o Grupo de Estudos de Artes Cênicas (Dramaturgia e Trabalho do Ator) do Projeto TelaTeatro da Fundação Joaquim Nabuco Recife – PE desenvolveu uma narrativa de ficção científica relatando que, em 1959, uma cidade de cristal, coberta por um domo e aço e vidro, construída no Centro-Oeste brasileiro, tinha o intuito de isolar os habitantes daquela cidade por cinquenta anos a fim de que descobrissem saídas para os problemas que a humanidade enfrentaria no terceiro milênio. Deste modo, é criado por cientistas o projeto PROBESH – Protótipo Prospectivo Biodomo Estufa Humana, mais conhecido como Stufana (2009-2012). A série escrita para a internet contém cinco episódios, desdobrado em nove para web, que narram a saída de nove habitantes da cidade para o mundo exterior. De modo a expandir o universo narrativo, houve um sexto episódio – não gravado, convertido em leitura dramática e radionovela, que conta o retorno dos personagens para casa. Para contextualizar a referida série, haverá um panorama sobre o surgimento do gênero no mundo e sua difusão no Brasil, bem com suas raízes históricas, períodos mais importantes, características literárias, estilos e as formas de expansão nos meios de comunicação como o rádio, o cinema, a televisão e a internet. Também haverá uma abordagem sobre a dramaturgia de Luiz Felipe Botelho e as atividades realizadas no Projeto TelaTeatro com o objetivo de introduzir o processo de criação de Stufana. Deste modo, a presente pesquisa tem por objetivo fazer um estudo de ficção científica na dramaturgia de Stufana, a partir da análise dos roteiros da websérie, através do modelo actancial proposto pela pesquisadora francesa Anne Ubersfeld em Para Ler o Teatro que servirá como guia as análises a fim de compreender melhor a estrutura textual dos roteiros e outros autores relacionados à narrativa audiovisual. Por se tratar de um estudo de ficção científica, a pesquisa pretende também aprofundar na análise dos roteiros de Stufana, a partir de um guia de leitura criado por David Allen em No Mundo da Ficção Científica e outros autores ligados ao gênero que ajudarão a nortear as principais temáticas características de uma narrativa de ficção científica. / ABSTRACT In an integrated work , the Study Group for the Performing Arts ( Drama and Working Actor ) Project TelaTeatro of Nabuco Foundation Recife - PE developed a science fiction narrative reporting that , in 1959 , a city of crystal, covered by a dome and steel and glass , built in the Brazilian Midwest , was intended to isolate the inhabitants of that city for fifty years to discover that solutions to the problems that face humanity in the third millennium . Thus is created by scientists PROBESH design - Prototype Prospective Biodomo Human Greenhouse, better known as Stufana (2009-2012) . Writing for the internet series contains five episodes unfolded in nine webs, portraying the departure nine inhabitants of the city to the outside world. In order to expand the narrative universe, there was a sixth episode - not recorded, converted into dramatic and soap opera, which features the return of characters for home reading. To contextualize the Stufana said series, there will be an overview of the emergence of the genre in the world and its distribution in Brazil, as well as its historical roots , the most important periods , literary characteristics , styles and forms of expansion in the media like radio, cinema, television and the internet . There will also be a discussion of the dramaturgy of Luiz Felipe Botelho and activities undertaken in TelaTeatro Project with the objective of introducing the process of creating. Thus, this research aims to make a study of the science fiction drama of Stufana, from the analysis of the roadmaps of webseries through actantial model proposed by French researcher Anne Ubersfeld to read in the theater that will serve as a guide analyzes order to better understand the textual structure of scripts and other related audiovisual narrative authors. Because it is a study of science fiction, the research also aims to deepen the analysis of scripts Stufana, from a reading guide created by David Allen in The World of Science Fiction and other authors related to gender that help to guide the main thematic characteristics of a narrative of science fiction.
9

Cenários distópicos de mundos utópicos : cidades cyberpunk e os horizontes ficcionais do urbanismo na globalidade / Dystopian scenarios of utopian worlds : the cyberpunk cities and the fictional horizons of urbanism in the globality

Martins, Diôgo Lemes 22 August 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-11-06T12:04:43Z No. of bitstreams: 1 2014_DiogoLemesMartins (2).pdf: 1350224 bytes, checksum: ab81df9110f40b0f3e2467f810ab91d6 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2014-11-10T17:32:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_DiogoLemesMartins (2).pdf: 1350224 bytes, checksum: ab81df9110f40b0f3e2467f810ab91d6 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-10T17:32:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_DiogoLemesMartins (2).pdf: 1350224 bytes, checksum: ab81df9110f40b0f3e2467f810ab91d6 (MD5) / O subgênero literário de ficção científica chamado de cyberpunk, desenvolvido no início da década de 1980, sempre possuiu um forte interesse pelos ambientes urbanos. Uma leitura de importantes romances cyberpunk mostra a maneira pela quais ideias comuns sobre teoria urbana, tais como as cidades globais, as cidades em rede, o desenvolvimento dos sistemas de comunicação, o crescimento da pobreza, da marginalidade urbana e, consequentemente, o crescimento da segregação espacial, fizeram das cidades um cenário de risco e protótipo para catástrofes vindouras, que foram incorporados a esta literatura e da qual se percebe uma determinada “vanguarda” sobre o que pensavam seus autores sobre a vida e o desenvolvimento urbano. A partir da análise dos romances conhecidos como “a trilogia do Sprawl” de William Gibson, este trabalho tem como foco, a forma como o cybepunk criou a paisagem de uma cidade futurística, caótica e distópica, como um espelho para as nossas próprias experiências e ambientes sociais. Por fim, a análise percebe como esse estratagema poético e racional compreende os problemas atuais e futuros desafios do planejamento urbano, abordando o crescente medo de se viver na cidade, o uso da tecnologia como solução para problemas urbanos e a criação de novas cidades "privatizadas", como as “u-cities” e as “charter cities”. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The literature subgenre of science fiction known as cyberpunk, created in the early 80’s, has always had a strong interest in urban settings. A reading of major cyberpunk novels shows the way in which common ideas of urban theory, such as global cities, network cities, the development of communication systems, the increase of poverty, urban marginality and, consequently, the growth of spatial segregation, made the cities a scenario of risk and prototype for upcoming disasters, which have been incorporated into this literature and that which is perceived a certain "vanguard" of what the authors thought about life and urban development. From the analysis of William Gibson’s novels known as “the sprawl trilogy”, this work focuses on how cyberpunk created the landscape of a futuristic, dystopic and chaotic city as a mirror to our own experiences and social environments. Finally, the analysis realizes how this poetic and rational artifice understand the current problems and future challenges of urban planning, addressing the growing fear of living in the city, the use of technology as solution for urban problems and the creation of new "privatized" cities known as “u-cities” and “charter cities”.
10

Edgar Allan Poe: the non-scientific scientist

Ferreira, Sonia Maria Gomes 05 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1978. / Made available in DSpace on 2013-12-05T18:57:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 321901.pdf: 2706958 bytes, checksum: 4827114e5dcbb41c19bf37f34174bbc4 (MD5)

Page generated in 0.1084 seconds