• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 11
  • 1
  • Tagged with
  • 12
  • 9
  • 8
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Protocolo informatizado de dados clínicos e cirúrgicos em lipoaspiração / Clinical and surgical computerized database in liposuction

Ishizuka, Carlos Koji [UNIFESP] January 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-06T23:44:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Introdução: a criação de um banco de dados informatizado para coletar informações clínicas e cirúrgicas em lipoaspiração, com capacidade de resgate, cruzamento e compartilhamento automatizados dessas informações pode facilitar a atividade clínica, o ensino médico e a produção de estudos científicos de qualidade. Objetivo: criar um protocolo informatizado para coleta, armazenamento e resgate de dados clínicos e cirúrgicos em lipoaspiração. Método: foi realizada uma pesquisa sistemática na literatura sobre o tema lipoaspiração. As variáveis foram organizadas na forma de um questionário abrangente, de respostas objetivas que seguem a orientação propedêutica em lipoaspiração. A informatização desse protocolo foi realizada com o auxílio de um software denominado SINPE© (Sistema Integrado de Protocolos Eletrônicos). Resultados: Foram relacionadas 614 variáveis sobre o tema, dividas em 6 tópicos principais: história clínica, exame físico, exames complementares, documentação fotográfica padronizada, tratamento e evolução. Conclusão: foi criado um instrumento eletrônico de coleta, recuperação e compartilhamento de dados clínicos e cirúrgicos em lipoaspiração, que poderá auxiliar na assistência aos pacientes, no ensino médico e no desenvolvimento de pesquisas clínicas de qualidade. / Introduction: the creation of a clinical computerized data base to collect information in liposuction with capability of rescue, computerized crossing and the share of these bits of information, make the production of high quality scientific studies a lot easier. Objetive: the aim of this work was to build and computerize a protocol of clinical information collection in liposuction. Methods: in order to have it, firstly a systematic research in the literature of this procedure was made. The variables concerning this topic were found, which were organized in a wide questionnaire with straight answer that follow the propedeutical orientation in liposuction. The computerization of this protocol was done with the help of software called SINPE© (Sistema Integrado de Protocolos Eletrônicos). Results: 614 was founded and organized in 6 topics: clinical history, physical examination, complementary tests, padronized photographic documentation, treatment and evolution. Conclusion: an electronic instrument was created to collect, recover and share clinical and surgical in liposuction, which might help in the assistance to patients, in the medical process of teaching and in the development of clinical researches of high quality. / BV UNIFESP: Teses e dissertações
2

Influência da zona doadora na concentração de células-tronco derivadas do tecido adiposo em mulheres

Padoin, Alexandre Vontobel January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:05:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000404135-Texto+Completo-0.pdf: 1490615 bytes, checksum: b5509cc2d05c00816334141421e9d2b2 (MD5) Previous issue date: 2008 / Introduction: Recently, adipose tissue harvested by liposuction has been identified as a source of adult stem cells. This material is abundant and easy to obtain, which facilitates the isolation of adult stem cells for not only research purposes but moreover clinical use. Knowing the concentration of these cells in different parts of the body is essential for the use of this material, but this information is not yet available. Objective: The aim of this study was to determine the effect of liposuction donor site on the concentration of stem cells obtained from adipose tissue. Method: A prospective cross-sectional study was conducted in 25 women with indication for liposuction in 4 or more different areas in the same procedure. After selective liposuction, the material was sent to the laboratory where it was processed for extraction of adult stem cells which were separated from the adipose tissue and quantified. The following harvest regions were evaluated: upper abdomen, lower abdomen, trochanteric region, crural region, knee and flank region. The cell concentration obtained from each site was compared by analysis of variance for mixed models. Results: A significant difference in cell concentration was found for the different harvest sites. The cell concentration in the lower abdomen was greater than in other areas, but no significant difference was found in relation to the crural region. Conclusion: The lower abdomen and the inner thigh appear to have higher concentrations of adipose-derived stem cells. / Introdução: Recentemente, o tecido adiposo obtido através da lipoaspiração foi identificado como uma fonte alternativa de células-tronco adultas. A facilidade de obtenção e a abundância de material facilitam não só a pesquisa, mas principalmente a aplicação clínica destas células. Os estudos que tratam deste assunto não avaliam de forma precisa a existência ou não de diferença na concentração destas células nas diferentes possíveis zonas de coleta do corpo. Objetivo: Avaliar a influência da zona doadora na concentração de células-tronco derivadas do tecido adiposo em mulheres. Método: Estudo transversal prospectivo. Foram incluídos no estudo 25 pacientes com indicação de lipoaspiração em 4 ou mais zonas diferentes em um mesmo procedimento cirúrgico. Após a lipoaspiração seletiva, o material foi processado para a dissociação do tecido e extração das células-tronco adultas para posterior quantificação. Foram avaliadas as seguintes zonas de coleta: abdome superior, abdome inferior, zona trocantérica, zona crural, joelho e flanco. A concentração celular obtida em cada zona foi comparada através de análise de variância para modelos mistos. Resultados: Verificou-se diferença significativa na concentração celular obtida nas diferentes zonas doadoras. A concentração celular no abdome inferior foi superior às demais; porém, não apresentou diferença significativa em relação à zona crural. Conclusão: O abdome inferior e a zona crural parecem ter maiores concentrações de células-tronco derivadas do tecido adiposo.
3

Repercussões da cirurgia de lipoabdominoplastia na mobilidade diafragmática, na distribuição regional da ventilação do sistema toracoabdominal e na função pulmonar em mulheres saudáveis

BARROS, Sandra Fluhr Souto 11 August 2016 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2017-04-26T14:41:59Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO VERSÃO FINAL.pdf: 2970162 bytes, checksum: a9a22d25fd5a88eba80dc6ecb689a516 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-26T14:41:59Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO VERSÃO FINAL.pdf: 2970162 bytes, checksum: a9a22d25fd5a88eba80dc6ecb689a516 (MD5) Previous issue date: 2016-08-11 / CAPES / A lipoabdominoplastia pode acarretar em complicações respiratórias no período pósoperatório, tornando-se importante uma avaliação clínica e funcional precoce da musculatura respiratória, buscando direcionar uma intervenção terapêutica eficaz em pacientes submetidas a este procedimento. Diante desse contexto, a presente dissertação apresenta dois artigos originais realizados com o objetivo de comparar a mobilidade diafragmática (MD), a função pulmonar, a distribuição tricompartimental do volume toracoabdominal e a força pulmonar no pré e pós-operatório de mulheres saudáveis submetidas à lipoabdominoplastia. O artigo original 1 trata-se de um estudo de coorte prospectivo que consistiu na avaliação da MD e função pulmonar, através de ultrassom de alta resolução e espirometria, respectivamente, nos períodos pré-operatório, 10º e 30º DPO. Os resultados estão presentes no artigo intitulado “Repercussão da cirurgia de lipoabdominoplastia na mobilidade diafragmática e na função pulmonar em mulheres saudáveis”. A amostra foi composta por 20 mulheres, com idade média de 39,85 ± 7,52 anos e IMC médio de 26,21 ± 2 kg/m². Foram encontradas reduções da MD e função pulmonar quando comparados os resultados pré e pós-operatório. A MD foi mensurada durante manobra de volume corrente (VC) e capacidade vital (CV), diminuindo seu valor médio em 17% (P=0,009) e 15% (p<0,001), respectivamente, no 10º DPO. Houve redução nos valores de VEF1 (P=0,046), CVF (P=0,002) e PFE (P<0,001) no 10º DPO em comparação aos valores pré-cirúrgicos, com retorno destes no 30º DPO. Os achados revelam que a cirurgia de lipoabdominoplastia repercute negativamente na MD e na função pulmonar em mulheres saudáveis submetidas a este tipo de intervenção. O artigo original 2 trata-se de um estudo de coorte prospectivo que avaliou o comportamento da distribuição tricompartimental do volume toracoabdominal através da pletismografia optoeletrônica e da força muscular respiratória com uso do manovacuômetro nos períodos pré-operatório, 10º DPO e 30º DPO, bem como o efeito da cinta elástica abdominal sobre o sistema respiratório no 10º DPO em mulheres hígidas submetidas à lipoabdominoplastia. Os resultados estão descritos no artigo intitulado “Repercussões da cirurgia de lipoabdominoplastia na distribuição tricompartimental do volume da caixa torácica e na força muscular respiratória em mulheres saudáveis”. Foram encontradas reduções da PeMax e Vtab quando comparados os resultados pré e pós-operatório. A PeMax diminuiu seu valor médio em 32% (p<0,001), no 10º DPO, com incremento de 16% no 30º DPO, porém sem alcançar valores prévios. Houve uma mudança na distribuição dos volumes no compartimento toracoabdominal no 10º DPO, sendo predominante em caixa torácica pulmonar, bem como uma redução da força muscular expiratória. Ainda podemos observar que a cinta abdominal não repercute de forma negativa no sistema respiratório. / The lipoabdominoplasty can lead to respiratory complications in the postoperative period, making it crucial early clinical and functional evaluation of respiratory muscles, seeking to direct an effective therapeutic intervention in patients undergoing this procedure. In this context, this work presents two original articles made in order to compare diaphragmatic mobility (DM), pulmonary function, tricompartimental distribution thoracoabdominal volume and lung strength in the pre- and postoperative healthy women undergoing lipoabdominoplasty. The original article 1 it is a prospective cohort study was to assess the DM and lung function by spirometry and high-resolution ultrasound, respectively, in the preoperative period, 10 and 30 POD. The results are presented in the article entitled "Repercussions of lipoabdominoplasty on diaphragmatic mobility and pulmonary function in healthy women." The sample consisted of 20 women with a mean age of 39.85 ± 7.52 years and mean BMI of 26.21 ± 2 kg / m². reductions were found in MD and lung function when comparing the pre and postoperative period. The DM was measured for switching TV and VC, decreasing its average value by 17% (P = 0.009) and 15% (p <0.001) respectively in the 10 POD. There was a reduction in FEV1 (P = 0.046), FVC (P = 0.002) and PEF (P <0.001) in the 10 POD compared to preoperative values, with return of them on the 30th POD. The findings reveal that lipoabdominoplasty surgery has negative repercussions on the DM and lung function in healthy women undergoing this type of intervention. The original article 2 it is a prospective cohort study that evaluated the behavior of tricompartimental distribution thoracoabdominal volume by optoelectronic plethysmography and respiratory muscle strength with use of the manometer in preoperative, 10 POD and 30 POD and the effect of abdominal elastic binder on the respiratory system in the 10th DPO in healthy women undergoing lipoabdominoplasty. The results are described in the article entitled "Repercussions of lipoabdominoplasty surgery in tricompartimental distribution of the volume of the chest and respiratory muscle strength in healthy women." MEP and Vtab reductions were found when comparing the pre and postoperative period. MEP decreased its average value by 32% (p <0.001) at 10 POD, an increase of 16% on the 30th POD, but without reaching previous levels. There was a change in the distribution of volumes in thoracoabdominal compartment on the 10th POD, being predominant in lung ribcage as well as a reduction in expiratory muscle strength. we can see that the waistband hasn’t a negative impact on the respiratory system.
4

O papel da composição de ácidos graxos da dieta na lipectomia e nas doenças inflamatórias intestinais. / The role of different dietary fatty acids on lipectomy and inflammatory bowel diseases.

Desire Ferreira Coelho 09 December 2013 (has links)
A presente tese foi dividida em dois estudos. O primeiro teve objetivou avaliar os efeitos da lipectomia visceral, em ratos submetidos a diferentes dietas hiperlipídicas. Os animais foram divididos em três grupos: dieta saturada (SAT), poli-insaturada (PUFA) e controle (CON). Oito semanas depois, foram submetidos à cirurgia e subdivididos entre grupo lipectomia (L) ou falso operado (FO). Quando associada a SAT, L ocasionou crescimento compensatório do depósito retroperitoneal e de TNF-alfa, resultando em piora da sensibilidade à insulina, concentrações de colesterol e aumento do conteúdo hepático de gordura. Porém, L não ocasionou este efeitos quando associada a PUFA, devido ao aumentado depósito marrom e um melhor perfil inflamatório. O segundo estudo avaliou os efeitos dessas dietas em camundongos com retrocolite ulcerativa. PUFA piorou os escores inflamatórios e de lesão, tendo taxa de óbito de 43%. Já SAT apresentou perfil pró-inflamatório, mas com melhor resposta à doença, nos levando a concluir que a inflamação é necessária para a regeneração tecidual. Assim, os dois estudos demonstram que, mais importante que o conteúdo total de lipídios, é a qualidade e que é necessário se verificar a necessidade de cada um deles em função do perfil metabólico. / The present thesis is divided into two studies. The aim of the first study was to investigate the effects of lipectomy in rats submitted to different high-fat diets. The rats were allocated into three groups; a high-saturated fat diet (SAT), a high-polyunsaturated fat diet (PUFA) and a control diet (CON). Following eight weeks, rats were allocated to lipectomy (L) or a sham operation (S); and euthanized three weeks after. SAT-L occasioned a compensatory growth of the retroperitoneal depot and increased TNF-a levels resulting in decreased insulin sensitivity, increased cholesterol levels and increased fatty liver. PUFA-L did not shown these effects probably due to increased brown adipose depot. The second study aimed to evaluate the effects of the SAT and PUFA in mice with ulcerative colitis. PUFA increased inflammatory scores and tissue lesions, resulting in increased death rate. SAT increased MPO and cytokine mRNA expression. However, the histological analyses showed an improved tissue response suggesting that inflammation is necessary. Therefore, it can be concluded that the type of fat is more important than the total amount according to the disease state.
5

Influ?ncia da zona doadora na concentra??o de c?lulas-tronco derivadas do tecido adiposo em mulheres

Padoin, Alexandre Vontobel 27 June 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T13:34:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 404135.pdf: 1490615 bytes, checksum: b5509cc2d05c00816334141421e9d2b2 (MD5) Previous issue date: 2008-06-27 / Introdu??o: Recentemente, o tecido adiposo obtido atrav?s da lipoaspira??o foi identificado como uma fonte alternativa de c?lulas-tronco adultas. A facilidade de obten??o e a abund?ncia de material facilitam n?o s? a pesquisa, mas principalmente a aplica??o cl?nica destas c?lulas. Os estudos que tratam deste assunto n?o avaliam de forma precisa a exist?ncia ou n?o de diferen?a na concentra??o destas c?lulas nas diferentes poss?veis zonas de coleta do corpo. Objetivo: Avaliar a influ?ncia da zona doadora na concentra??o de c?lulas-tronco derivadas do tecido adiposo em mulheres. M?todo: Estudo transversal prospectivo. Foram inclu?dos no estudo 25 pacientes com indica??o de lipoaspira??o em 4 ou mais zonas diferentes em um mesmo procedimento cir?rgico. Ap?s a lipoaspira??o seletiva, o material foi processado para a dissocia??o do tecido e extra??o das c?lulas-tronco adultas para posterior quantifica??o. Foram avaliadas as seguintes zonas de coleta: abdome superior, abdome inferior, zona trocant?rica, zona crural, joelho e flanco. A concentra??o celular obtida em cada zona foi comparada atrav?s de an?lise de vari?ncia para modelos mistos. Resultados: Verificou-se diferen?a significativa na concentra??o celular obtida nas diferentes zonas doadoras. A concentra??o celular no abdome inferior foi superior ?s demais; por?m, n?o apresentou diferen?a significativa em rela??o ? zona crural. Conclus?o: O abdome inferior e a zona crural parecem ter maiores concentra??es de c?lulas-tronco derivadas do tecido adiposo.
6

Efeito da dermolipectomia na sensibilidade à insulina em mulheres obesas, em fase de estabilidade de peso, após cirurgia bariátrica / Effect of dermolipectomy on insulin sensitivity in obese women, with stable weight, after bariatric surgery

Vyvianne Azoubel Roizenblatt 31 July 2009 (has links)
A obesidade induz resistência à insulina que é um dos passos para o diabetes do tipo 2 e as doenças cardiovasculares. Neste panorama, o papel do tecido adiposo visceral é inquestionável, mas o mesmo não é verdade para o tecido adiposo subcutâneo, especialmente da região abdominal. Isto confirma a importância da análise da composição e distribuição do tecido adiposo no corpo para definir risco metabólico. Se o papel do tecido adiposo subcutâneo é objeto de controvérsias, mais ainda é o efeito da retirada do mesmo, através da dermolipectomia na sensibilidade à insulina, aferida pelo clamp. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da dermolipectomia abdominal na sensibilidade à insulina e nas adipocitocinas (adiponectina e leptina). Avaliamos 17 pacientes do sexo feminino, com idades entre 22 e 51 anos, obesas ou com sobrepeso. Todas eram ex-obesas mórbidas que haviam sido submetidas à gastrectomia parcial em Y de Roux, há no mínimo um ano antes da entrada no protocolo, com perda de pelo menos 30% do peso inicial, com peso estável (mas, ainda com grande quantidade de tecido subcutâneo abdominal). Destas, 12 concluíram o estudo, com realização do clamp euglicêmico hiperinsulinêmico, no início e três meses após a cirurgia plástica. O clamp teve duração total de três horas, com coletas seriadas de glicose e insulina a cada 10 minutos. A dose de infusão de insulina regular foi de 1 mU/kg/min, para elevar de forma aguda e mantida a insulinemia. No momento basal de cada teste foram coletadas amostras para dosagens bioquímicas, hormonais e para as adipocitocinas. A captação de glicose (valor M) foi calculada em mg de glicose por kg de peso corpóreo total por minuto, considerando os últimos trinta minutos do teste. O HOMA-IR também foi calculado. Antes de realizar o primeiro clamp, as pacientes realizaram o exame de DEXA (densitometria de corpo inteiro), todas no aparelho Hologic, o que permitiu a correlação da sensibilidade à insulina com a massa magra no antes da dermolipectomia. Considerando para análise estatística, as 12 pacientes, houve variação significativa de peso de 84 kg na fase pré para 81,8 kg na fase pós (p=0,015) e também de IMC (31,1 x 30,3 kg/m2, com p=0,017). Não houve variação de massa magra (46,4 x 44,7 kg, com p=0,119) nem de captação de glicose (p=0,742). Não houve tampouco variação do HOMA-IR (p=0,722) como era de se esperar, já que não houve variação de captação. Notamos que na fase pré a sensibilidade à insulina correlacionou-se diretamente com a massa magra (r=0,80; p=0,002) e inversamente com a idade (r=-0,71; p=0,10). Não houve diferença das adipocitocinas: leptina (p=0,739) e adiponectina (p=0,940) quando comparadas as fases antes e depois da dermolipectomia. Concluímos que a sensibilidade à insulina, aferida pelo clamp não se altera com a dermolipectomia abdominal, em mulheres ex-obesas mórbidas, embora ainda com sobrepeso ou obesidade e metabolicamente normais. A sensibilidade à insulina aumenta com a massa magra e diminui com a idade, após a dermolipectomia, nesta população estudada. / Obesity induces insulin resistance, which is one of the steps to type 2 diabetes and cardiovascular diseases. In this scenario, the role of visceral adipose tissue is undoubted, but the same is not true for subcutaneous adipose tissue, especially in abdominal region. This confirms the importance of analysis of composition and distribution of adipose tissue in the whole body to define metabolic risk. If the role of adipose subcutaneous tissue is debatable, even more is the abdominal dermolipectomy impact on insulin sensitivity, measured by clamp. The aim of the present study was to evaluate the effect of abdominal dermolipectomy on insulin sensitivity and adipocytokines (adiponectin and leptin). We evaluated 17 female patients, age range 22-51 years, obese or overweight. All patients were ex-morbid obese and had performed Roux en Y gastric bypass surgery, at least one year before the baseline, with lost of at least 30% of their initial body weight, with stable weight (but still with huge amount of abdominal subcutaneous adipose tissue). From these, 12 concluded the study, performing the clamp at the beginning of the protocol and three months after the plastic surgery. Clamp lasted three hours, with glucose and insulin samples drawn each ten minutes. Regular insulin infusion dose was 1 mU/kg/min to raise and sustain insulinaemia. At baseline from each test, samples were draw for biochemistry, hormones and adipocytokines. Glucose uptake (M-value) was calculated in mg of glucose, per kg of body weight per minute, considering the last thirty minutes. HOMA-IR was also calculated. Before underwent the first clamp, patients performed DEXA (dual energy X-ray absorptiometry), all in the same equipment (Hologic), what enabled correlation of insulin sensitivity and fat free mass (FFM) in the first phase. Considering for statistical purposes the 12 patients, there was significant weight variation; from 84 kg to 81,8 kg (p=0,015) and also BMI variation from 31,1 x 30,3 kg/m2 (p=0,017). There was no FFM variation: 46,4 x 44,7 kg (p=0,119) neither glucose uptake (p=0,742). Even not of HOMA-IR (p=0,722) as expected, since there was not glucose uptake variation. In the first phase, insulin sensitivity was directly correlated with FFM (r=0,80; p=0,002) and inversely with age (r= - 0,71; p=0,10). There were no differences on adipocytokines: leptin (p=0,739) and adiponectin (p=0,940) before and after dermolipectomy. We conclude insulin sensitivity measured by clamp, was not modified by abdominal dermolipectomy in ex-morbid obese women, but still overwight or obese and metabolically healthy. Insulin sensitivity raises with FFM and lowers with age, after dermolipectomy, in this population.
7

Efeito da dermolipectomia na sensibilidade à insulina em mulheres obesas, em fase de estabilidade de peso, após cirurgia bariátrica / Effect of dermolipectomy on insulin sensitivity in obese women, with stable weight, after bariatric surgery

Roizenblatt, Vyvianne Azoubel 31 July 2009 (has links)
A obesidade induz resistência à insulina que é um dos passos para o diabetes do tipo 2 e as doenças cardiovasculares. Neste panorama, o papel do tecido adiposo visceral é inquestionável, mas o mesmo não é verdade para o tecido adiposo subcutâneo, especialmente da região abdominal. Isto confirma a importância da análise da composição e distribuição do tecido adiposo no corpo para definir risco metabólico. Se o papel do tecido adiposo subcutâneo é objeto de controvérsias, mais ainda é o efeito da retirada do mesmo, através da dermolipectomia na sensibilidade à insulina, aferida pelo clamp. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da dermolipectomia abdominal na sensibilidade à insulina e nas adipocitocinas (adiponectina e leptina). Avaliamos 17 pacientes do sexo feminino, com idades entre 22 e 51 anos, obesas ou com sobrepeso. Todas eram ex-obesas mórbidas que haviam sido submetidas à gastrectomia parcial em Y de Roux, há no mínimo um ano antes da entrada no protocolo, com perda de pelo menos 30% do peso inicial, com peso estável (mas, ainda com grande quantidade de tecido subcutâneo abdominal). Destas, 12 concluíram o estudo, com realização do clamp euglicêmico hiperinsulinêmico, no início e três meses após a cirurgia plástica. O clamp teve duração total de três horas, com coletas seriadas de glicose e insulina a cada 10 minutos. A dose de infusão de insulina regular foi de 1 mU/kg/min, para elevar de forma aguda e mantida a insulinemia. No momento basal de cada teste foram coletadas amostras para dosagens bioquímicas, hormonais e para as adipocitocinas. A captação de glicose (valor M) foi calculada em mg de glicose por kg de peso corpóreo total por minuto, considerando os últimos trinta minutos do teste. O HOMA-IR também foi calculado. Antes de realizar o primeiro clamp, as pacientes realizaram o exame de DEXA (densitometria de corpo inteiro), todas no aparelho Hologic, o que permitiu a correlação da sensibilidade à insulina com a massa magra no antes da dermolipectomia. Considerando para análise estatística, as 12 pacientes, houve variação significativa de peso de 84 kg na fase pré para 81,8 kg na fase pós (p=0,015) e também de IMC (31,1 x 30,3 kg/m2, com p=0,017). Não houve variação de massa magra (46,4 x 44,7 kg, com p=0,119) nem de captação de glicose (p=0,742). Não houve tampouco variação do HOMA-IR (p=0,722) como era de se esperar, já que não houve variação de captação. Notamos que na fase pré a sensibilidade à insulina correlacionou-se diretamente com a massa magra (r=0,80; p=0,002) e inversamente com a idade (r=-0,71; p=0,10). Não houve diferença das adipocitocinas: leptina (p=0,739) e adiponectina (p=0,940) quando comparadas as fases antes e depois da dermolipectomia. Concluímos que a sensibilidade à insulina, aferida pelo clamp não se altera com a dermolipectomia abdominal, em mulheres ex-obesas mórbidas, embora ainda com sobrepeso ou obesidade e metabolicamente normais. A sensibilidade à insulina aumenta com a massa magra e diminui com a idade, após a dermolipectomia, nesta população estudada. / Obesity induces insulin resistance, which is one of the steps to type 2 diabetes and cardiovascular diseases. In this scenario, the role of visceral adipose tissue is undoubted, but the same is not true for subcutaneous adipose tissue, especially in abdominal region. This confirms the importance of analysis of composition and distribution of adipose tissue in the whole body to define metabolic risk. If the role of adipose subcutaneous tissue is debatable, even more is the abdominal dermolipectomy impact on insulin sensitivity, measured by clamp. The aim of the present study was to evaluate the effect of abdominal dermolipectomy on insulin sensitivity and adipocytokines (adiponectin and leptin). We evaluated 17 female patients, age range 22-51 years, obese or overweight. All patients were ex-morbid obese and had performed Roux en Y gastric bypass surgery, at least one year before the baseline, with lost of at least 30% of their initial body weight, with stable weight (but still with huge amount of abdominal subcutaneous adipose tissue). From these, 12 concluded the study, performing the clamp at the beginning of the protocol and three months after the plastic surgery. Clamp lasted three hours, with glucose and insulin samples drawn each ten minutes. Regular insulin infusion dose was 1 mU/kg/min to raise and sustain insulinaemia. At baseline from each test, samples were draw for biochemistry, hormones and adipocytokines. Glucose uptake (M-value) was calculated in mg of glucose, per kg of body weight per minute, considering the last thirty minutes. HOMA-IR was also calculated. Before underwent the first clamp, patients performed DEXA (dual energy X-ray absorptiometry), all in the same equipment (Hologic), what enabled correlation of insulin sensitivity and fat free mass (FFM) in the first phase. Considering for statistical purposes the 12 patients, there was significant weight variation; from 84 kg to 81,8 kg (p=0,015) and also BMI variation from 31,1 x 30,3 kg/m2 (p=0,017). There was no FFM variation: 46,4 x 44,7 kg (p=0,119) neither glucose uptake (p=0,742). Even not of HOMA-IR (p=0,722) as expected, since there was not glucose uptake variation. In the first phase, insulin sensitivity was directly correlated with FFM (r=0,80; p=0,002) and inversely with age (r= - 0,71; p=0,10). There were no differences on adipocytokines: leptin (p=0,739) and adiponectin (p=0,940) before and after dermolipectomy. We conclude insulin sensitivity measured by clamp, was not modified by abdominal dermolipectomy in ex-morbid obese women, but still overwight or obese and metabolically healthy. Insulin sensitivity raises with FFM and lowers with age, after dermolipectomy, in this population.
8

Seroma em lipoabdominoplastia e abdominoplastia convencional: estudo comparativo / Seroma in lipoabdominoplasty and conventional abdominoplasty: a comparative study

Di Martino, Marcello [UNIFESP] 30 September 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:50:48Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-09-30 / Introdução: A abdominoplastia é uma das cirurgias estéticas mais realizadas em todo mundo e sua associação com a lipoaspiração tem sido cada vez mais freqüente. O seroma é uma das complicações mais freqüentes nas abdominoplastias. Objetivo: Comparar a incidência de seroma em pacientes submetidos à dois procedimentos cirúrgicos: abdominoplastia convencional e lipoabdominoplastia. Métodos: Foram estudadas 41 pacientes, divididas em dois grupos: Grupo A (21 pacientes submetidas à abdominoplastia convencional e Grupo B (20 pacientes submetidas à lipoabdominoplastia). As pacientes foram submetidas a exame de ultra-sonografia (USG) de cinco regiões da parede abdominal (epigástrio (EPI), umbilical (UMB), hipogástrio (HIPO), fossa ilíaca direita (FID) e fossa ilíaca esquerda (FIE)) para investigação de seroma em dois momentos: entre o 11º e o 14º dia de pós-operatório (DPO) (P1) e entre o 18º e 21º DPO (P2). Resultados: No P1 a incidência de seroma no grupo A foi de 38,1% e no grupo B foi de 10,0%. No P2 a incidência de seroma foi de 33,3% no grupo A e 0,0% no grupo B. A presença de seroma no P1 e no P2 foi significantemente maior no grupo A. Observou-se no grupo A, em P1, que as regiões FIE e FID apresentaram presença maior de coleções fluidas. No grupo B houve maior acúmulo de coleções fluidas nas região HIPO em P1 e nas regiões UMB e HIPO em P2. Conclusão: Houve menor incidência de seroma nas pacientes submetidas à lipoabdominoplastia em relação à abdominoplastia convencional nos momentos estudados. / Introduction: Abdominoplasty is one of the most frequently performed cosmetic procedures and its combination with liposuction has become more common. Seroma is one of the most common complications in abdominoplasty.Objective: To compare the rate of seroma formation in patients who underwent either abdominoplasty without the use of quilting sutures, or lipoabdominoplasty. Methods: The sample consisted of 41 female patients, who were divided into two groups and underwent one of the following procedures: group A (n=21), abdominoplasty without quilting sutures and group B (n=20), lipoabdominoplasty. In order to investigate seroma formation, abdominal ultrasound was performed in 5 regions of the abdominal wall [epigastrium (EPI), umbilical (UMB), hypogastrium (HYPO), right iliac fossa (RIF) and left iliac fossa (LIF)], at two postoperative periods: (P1), between postoperative days 11 and 14, and (P2), between postoperative days 18 and 21. Results: The rate of seroma formation P1 was 38,1% in group A and 10,0% in group B. In P2 the rate of seroma formation was 33,3% in group A and 0,0% in group B. It was observed that, in group A at P1, the regions RIF and LIF developed larger fluid collections. In group B, there were significantly larger fluid collections in the HYPO region at P1, and in the UMB and HYPO regions at P2. Conclusion: Lipoabdominoplasty is a effective techniques for the prevention of seromas compared with conventional abdominoplasty. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
9

Estudo histomorfométrico comparativo do colágeno e elastina na pele abdominal humana após perda ponderal maciça / Histomorphometric comparative study of collagen and elastin in human abdominal skin of massive weight loss patient

Simone Cristina Orpheu 27 March 2009 (has links)
O aumento da prevalência da obesidade mórbida constitui um problema de saúde pública global. A obesidade mórbida pode ser definida por um índice de massa corpórea ( IMC ) superior a 35 Kg/ m²; vem acompanhada por diversas comorbidades e determina custos sócio-econômicos elevados. O único método efetivo a longo prazo no tratamento da obesidade mórbida, na atualidade, é a cirurgia bariátrica. Os procedimentos cirúrgicos para tratar a obesidade foram estimulados sobretudo pelo advento de técnicas videolaparoscópicas com menor morbidade pós-operatória e recuperação precoce. O sucesso operatório da cirurgia bariátrica representa perda de até 50% do excesso de peso dos pacientes em prazos variáveis de aproximadamente 24 meses. Após tal período, o processo de emagrecimento será refletido como excesso e flacidez cutânea generalizados e inicia-se a busca pela melhora da imagem corporal. A realização das cirurgias plásticas de contorno corporal exige ampla compreensão das peculiaridades clínicas desse paciente, e dos riscos de complicações, além de expectativas viáveis quanto aos resultados estéticos. Após as cirurgias de contorno corporal, passado o período pós-operatório recente, constata-se a manutenção de flacidez cutânea residual em graus variados. A obesidade interfere na qualidade dos componentes da pele humana. Entretanto, não há estudos específicos em relação à pele do paciente após perda ponderal maciça. Nesse estudo observacional histomorfométrico realizado entre 2006 e 2008, o autor avalia em biópsias de pele humana da região abdominal epigástrica e hipogástrica, o teor de colágeno e elastina em pacientes após perda ponderal maciça comparativamente a pacientes sem antecedentes de obesidade. Analisando a pele abdominal de mulheres não obesas ( controles epigástricos=15 e controles hipogástricos=25 ) e mulheres após tratamento dessa morbidade ( casos=40), verificou-se neste estudo com significância estatística aceita como p<0,05 que: a) na região epigástrica, o teor de colágeno foi superior no grupo controle em comparação ao grupo de casos; b) na região epigástrica, o teor de fibras elásticas foi superior nos casos; c) na região hipogástrica, não houve diferença estatisticamente significante no teor de colágeno entre os grupos estudados; d) na região hipogástrica, o teor de fibras elásticas foi superior no grupo controle / Morbid obesity is an increasing health problem and it is defined as a body mass index greater than 35 kg/m² with severe obesity related comorbidity or a body mass index greater than 40 kg/m² without comorbidity. The combined direct and indirect cost of obesity has been elevated. Bariatric surgery remains the only durable option for weight loss in the morbidly obese.Advanced laparoscopy procedures, as less invasive therapy, have contributed to fast recovery and acceptable perioperative morbidity. Results of bariatric surgery can reach about 50% of excess weight loss with a 2 year follow-up. As patients lose weight, they get laxity skin and their interest in body contouring surgery begins.Plastic surgery in massive weight loss patient demands attention to reduce risks and viable expectations concern to aesthetic results. However, after body contouring surgery, patients can keep up some laxity or folds of excess skin. Obesity changes the components of skin, but there arent definitive studies about skin in massive weight loss patients. In this histomorphometric comparative study, biopsies of human female abdominal skin were analysed in quantity of collagen and elastic fibers in controls (non obese patients, epigastric topography n=15 and hypogastric topography n=25 ) in comparison to massive weight loss patients (n=40). After statistical analyses with p<0,05 was demonstrated that: a)in epigastric topography, the quantity of collagen was higher in control group; b) in epigastric topography, the quantity of elastic fibers was higher in case group; c) in hypogastric topography, there werent diferences in the quantity of collagen between cases and controls; d) in hypogastric topography, the quantity of elastic fibers was higher in control group
10

Análise da qualidade de vida de pacientes submetidos a abdominoplastia circunferencial após tratamento cirúrgico da obesidade mórbida / Quality of life analysis in patients submitted to circumferential abdominoplasty after surgical treatment of the morbid obesity

Wilson Cintra Júnior 05 June 2006 (has links)
INTRODUÇÃO: Os pacientes portadores de obesidade mórbida submetidos a tratamento cirúrgico para obesidade através de cirurgias desabsortivas-restritivas, após considerável perda de peso, podem apresentar excessos dermogordurosos nas várias regiões do corpo, freqüentemente associados à dificuldade de higiene pessoal e deambulação, maior incidência de infecções cutâneas, insatisfação com a imagem corporal, piora na auto-estima e nos relacionamentos profissionais e afetivos, além da piora da qualidade de vida. Naqueles pacientes com excessos dermogordurosos em abdome e flancos, e ptose da região glútea, a abdominoplastia circunferencial tem demonstrado ser uma solução cirúrgica eficaz. OBJETIVO: Avaliar as alterações na qualidade de vida dos pacientes submetidos a abdominoplastia circunferencial, nos aspectos afetivo-relacional, profissional, social e orgânico. MÉTODOS: Dezesseis pacientes do sexo feminino, que realizaram abdominoplastia circunferencial entre agosto de 2000 e janeiro de 2005, e eram acompanhadas no ambulatório de Cirurgia Plástica da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, foram submetidas à entrevistas psicológicas semidirigidas, que consistiram de 31 questões, cujas respostas obtidas foram tabuladas e divididas em categorias. Utilizando-se a Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada (EDAO), e tendo como princípio norteador o critério adaptativo, as respostas foram classificadas como adequadas, pouco adequadas ou pouquíssimo adequadas. Através de notas atribuídas a cada resposta, foi possível a avaliação quantitativa nos quatro setores de funcionamento (afetivo-relacional, produtividade, sócio-cultural e orgânico) e a classificação diagnóstica das pacientes quanto à adequação. RESULTADOS: No setor afetivo-relacional, dez pacientes (62,5%) apresentaram respostas adequadas e cinco (31,25%), pouco adequadas. No setor produtividade, dez pacientes (62,5%) apresentaram respostas adequadas e quatro (25%), pouco adequadas. No setor sócio-cultural, treze pacientes (81,25%) apresentaram respostas adequadas. No setor orgânico, dez pacientes (62,5%) apresentaram valores máximos em todos os indicadores avaliados. Sete pacientes (43,75%) apresentaram adaptação eficaz e seis (37,5%), ineficaz leve. CONCLUSÕES: As análises, qualitativas e quantitativas, realizadas através da EDAO, concluiram que houve benefício efetivo aos pacientes submetidos a abdominoplastia circunferencial, nos aspectos físico, profissional, social e orgânico. / INTRODUCTION: Morbid obesity patients submitted to surgical treatment through disabsorptive/restrictive procedures, after considerable weight loss, may present skin and fat excess throughout different body regions, frequently associated with restrictions on personal hygiene and deambulation, greater incidence of skin infections, body image dissatisfaction, worsening of self-steem and of professional and affective relationships, besides down grading quality of life in general. On those patients that present skin and fat excess on the abdomen, flanks and gluteal ptosis, the circumferential abdominoplasty has demonstrated to be an effective surgical solution. OBJECTIVE: To evaluate the modifications on the quality of life of patients that underwent circumferential abdominoplasty on affective/relational, professional, social and organic aspects. METHODS: Sixteen female patients that underwent circumferential abdominoplasty between August 2000 and January 2005 were followed on the outpatient clinic of the Plastic Surgery Division of the Hospital das Clínicas of the University of São Paulo, and were submitted to semi-directed psychological interviews that consisted in 31 questions whose answers were tabulated and separated in categories. One used the Operational Adaptive Diagnostic Scale (OADS) and observing the adaptive patterns as the main criterion, the answers were classified as fairly, poorly and least poorly adequate. Through grades attributed to each answer, it was possible to evaluate quantitatively the four aspects of observation (affective/relational, professional, social and organic) and to establish a classification of the patients relative to their adaptive adequacy. RESULTS: On the aspect affective/relational, ten patients (62.5%) presented fairly adequate answers and five (31.25%) poorly adequate ones. On the productivity aspect, 10 patients (62.5%) presented fairly adequate answers and four (25%) poorly adequate ones. On the social/cultural aspect, 13 patients (81.25%) presented fairly adequate answers. On the organic aspect, 10 patients (62.5%) presented maximum grades in all evaluated criteria. Seven patients (43.75%) presented effective adaptation and six (37.5%) slightly ineffective. CONCLUSIONS: The qualitatively and quantitatively analysis made through OADS showed that there was effective benefit to the patients submitted to circumferential abdominoplasty on the physical, professional, social and organic aspects.

Page generated in 0.0458 seconds