• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 110
  • 6
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 111
  • 111
  • 32
  • 20
  • 17
  • 12
  • 11
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Epidemiologia clássica e molecular da tuberculose pulmonar em pacientes da região norte de Minas Gerais

Prince, Karina Andrade de [UNESP] 18 November 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-08-13T14:50:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-11-18Bitstream added on 2014-08-13T18:01:11Z : No. of bitstreams: 1 000736114_20141218.pdf: 167852 bytes, checksum: 195f78eda97184540a4c8fa710ee18f9 (MD5) Bitstreams deleted on 2014-12-19T18:32:47Z: 000736114_20141218.pdf,Bitstream added on 2014-12-19T18:33:34Z : No. of bitstreams: 1 000736114.pdf: 2142445 bytes, checksum: 4c37b6a0b38133d350c91b6a9b7b59cc (MD5) / A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa crônica causada principalmente pelo bacilo aeróbico Mycobacterium tuberculosis. Ela provoca problemas de saúde entre milhões de pessoas a cada ano, sendo classificada como a segunda causa de morte por uma doença infecciosa em todo o mundo. Assim, o objetivo desse estudo foi analisar a epidemiologia clássica e molecular da tuberculose pulmonar, em pacientes do Norte de Minas Gerais. Foi realizado um levantamento epidemiológico, de caráter observacional, longitudinal, retrospectivo e de delineamento quantitativo. A população foi composta por pacientes com suspeita de TB pulmonar, residentes na Região Norte de Minas Gerais, atendidos no Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF) da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), no período de janeiro de 2011 a dezembro 2012. As amostras clínicas (escarro ou lavado broncoalveolar) destes pacientes foram analisadas, através da técnica de Ziehl- Neelsen e da cultura pela método de Ogawa-Kudoh. Os isolados clínicos obtidos foram submetidos a identificação molecular, a genotipagem pelas técnicas de Spoligotyping, RDRio, ERIC-PCR e MIRU-VNTR e ao teste de susceptibilidade a fármacos. A correlação epidemiológica clássica e molecular foi realizada através dos dados da genotipagem e dos dados epidemiológicos clássicos. Dos 345 pacientes avaliados, 33 (9,6%) apresentavam a doença, sendo 69,7% residentes em Montes Claros e 30,3% em outras cidades do Norte de Minas Gerais. Houve predomínio da TB em indivíduos do sexo masculino (75,8%), da etnia parda (60,6%), de baixa escolaridade (42,4%) e em idade economicamente ativa (78,9%). A maior parte dos casos eram novos (69,7%) e a baciloscopia foi positiva em 75,8% dos pacientes. A taxa de cura foi baixa (30,3%) e a de transferência elevada (30,3%). Os agravos mais evidentes continuam sendo, a co-infecção TB/HIV (6,1%) e o alcoolismo (24,25%). A análise dos 33 isolados clínicos ... / Tuberculosis is a chronic infectious disease caused by the bacillus aerobic Mycobacterium tuberculosis. It causes health problems among millions of people each year, being ranked as the second leading cause of death from infectious disease worldwide. Thus, the aim of this study was to analyze the epidemiology of classical and molecular pulmonary tuberculosis in patients in North of Minas Gerais. We conducted an epidemiological study, an observational, longitudinal, retrospective and quantitative design. The population consisted of patients with suspected pulmonary TB, residents in the north of Minas Gerais patients at the University Hospital Clemente de Faria (HUCF), State University of Montes Claros (UNIMONTES), from January 2011 to December 2012. The clinical samples (sputum or bronchoalveolar lavage) of these patients were analyzed by Ziehl-Neelsen staining and culture by the method of Ogawa-Kudoh. Clinical isolates were subjected to molecular identification, genotyping by Spoligotyping techniques, RDRio, ERIC-PCR and MIRU-VNTR and drug susceptibility testing. The classical and molecular epidemiological correlation was performed using data from genotyping and classical epidemiological data. Of the 345 patients evaluated, 33 (9.6%) had the disease, with 69.7 % living in Montes Claros and 30.3 % in other cities in northern Minas Gerais. There was a prevalence of TB in males (75.8%), of mulattoes (60.6%), low education (42.4 %) and working age (78.9%) . The majority of new cases were (69.7%) and the smear was positive in 75.8 % of patients. The cure rate was low (30.3%) and high transfer (30.3 %). The most obvious grievances remain, the co -infection TB / HIV (6.1%) and alcoholism (24.25%) . Analysis of 33 clinical isolates by Spoligotyping allowed the identification of 22 different genetic profiles (66.7% genetic diversity). Among the genetic profiles found 15 (45.5%) LAM, 04 (18.2 %) belong to T family, 01 families (3.0%) to Haarlen ...
32

Análise proteômica diferencial do biofilme de histoplasma capsulatum e implicações na interação fungo-hospedeiro /

Pitangui, Nayla de Souza. January 2012 (has links)
Orientador: Ana Marisa Fusco Almeida / Coorientador: Maria José Soares Mendes Giannini / Banca: Alexandra Ivo de Medeiros / Banca: Maria Lúcia Taylor da Cunha e Mello / Resumo: Histoplasma capsulatum var. capsulatum é um fungo dimórfico que causa a histoplasmose, uma micose respiratória e sistêmica. H. capsulatum é primariamente adquirido após a exposição ao aerosol, pela inalação de microconídeos ou fragmentos de hifas. A evolução da doença respiratória depende da capacidade da levedura de Histoplasma em sobreviver e se replicar dentro dos macrófagos alveolares. Neste contexto, é conhecido que a adesão às células do hospedeiro constitui o primeiro passo para a colonização e é essencial para o estabelecimento da infecção. Em vista disso, alguns microrganismos aderem às superfícies biológicas e não biológicas formando biofilmes. Biofilmes são comunidades dinâmicas de microrganismos, que aderidos às superfícies, produzem uma matriz exopolimérica e essa formação representa um estado que permite que as células microbianas sobrevivam em ambientes hostis e dispersem para colonizar novos nichos. Com base na importância potencial de biofilmes para sua sobrevivência no hospedeiro humano e na natureza, este trabalho foi desenvolvido para investigar pela primeira vez a formação de biofilme por H. capsulatum correlacionando com sua capacidade em aderir às células epiteliais, bem como definir particularidades da interação entre macrófagos e H. capsulatum, incluindo análise de fragmentação nuclear pelo ensaio do cometa e TUNEL. Os ensaios foram realizados in vitro com duas cepas clínicas de H. capsulatum, uma isolada no México e a outra no Brasil. Além disso, foi realizada análise proteômica diferencial do fungo em biofilme e sob a condição planctônica. Os resultados mostraram que H. capsulatum é capaz de formar biofilmes e ambos os isolados selecionados tem uma alta capacidade em aderir aos pneumócitos (A549). Através de análise proteômica, o isolado EH-315 exibiu diferentes perfis protéicos, com aproximadamente... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Histoplasma capsulatum var. capsulatum is a dimorphic fungus that causes histoplasmosis, a respiratory and systemic mycosis. H. capsulatum is primarily acquired after exposure to the aerosol, by microconideas or hyphal fragments inhalation. The development of a respiratory disease depends on the ability of Histoplasma yeast to survive and replicate within alveolar macrophages. In this context, it is known that the adhesion to host cells is the first step in the colonization and is essential for the establishment of the infection. As a result, some microorganisms adhere to biological and non-biological surfaces producing biofilms. Biofilms are dynamic communities of microorganisms that adhere to surfaces producing an exopolimeric matrix, and this formation is a state that allows microbial cells to survive in hostile environments and to disperse to colonize new niches. Based on the potential importance of biofilms to survive in the human host and in nature, this study was performed to investigate, for the first time, the biofilm formation by H. capsulatum correlating with their ability to adhere to epithelial cells, as well as defining features of the interaction between macrophages and H. capsulatum, including analysis of nuclear fragmentation by comet assay. In addition, we performed differential proteomic analysis of the fungus in biofilm and under planktonic conditions. The results demonstrated that H. capsulatum is able to form biofilms and both selected isolates have a high ability to adhere to pneumocytes (A549). Through proteomic analysis, the EH-315 isolate exhibited different protein profiles, with approximately 250 proteins exclusively expressed in the biofilm format and others with different levels of expression when compared to the fungus in planktonic growth. The sequencing by MALDI-TOF/TOF revealed that most proteins are nuclear or are involved in the metabolism... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
33

O controle da tuberculose nos presídios : atuaçao das equipes de saúde na região (DRS VI) de Bauru-SP /

Vitti Junior, Walter. January 2013 (has links)
Orientador: Luana Carandina / Banca: Helenice Bosco de Oliveira / Banca: Marli Teresinha Cassamassimo Duarte / Banca: Péricles Alves Nogueira / Banca: Valdemar Pereira de Pinho / Resumo: A morbimortalidade da tuberculose entre as pessoas privadas de liberdade é mais elevada do que na população livre, sendo esta situação mais grave nos países em desenvolvimento. Precárias condições de vida no cárcere, associadas ao perfil desta população, contribuem para manter as condições de transmissão entre os presos e destes para a população livre e facilitam o surgimento de formas resistentes à medicação. Para controlar esta situação vem-se investindo em programas de controle, em níveis internacional, nacional e estadual, buscando diagnosticar precocemente, aumentar as taxas de cura e oferecer melhores condições de vida na prisão. O objetivo deste estudo foi analisar a implementação das ações de controle da tuberculose nas Unidades Prisionais da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo localizadas na área de abrangência do Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS VI) e verificar se as diretrizes e recomendações oficiais estão sendo seguidas. Foi realizado estudo descritivo, de avaliação de programa, sendo as informações obtidas através de entrevista não-diretiva com profissionais de saúde coordenadores das ações de controle nas unidades prisionais. Obteve-se taxa de ocupação média de 1,7 presos por vaga e prevalência média pontual de tuberculose de 528,7 casos por 100 mil presos, sendo maior nas unidades de regime fechado. O rastreamento de casos entre os presos ingressantes e a busca periódica duas vezes ao ano são baseiam-se na queixa de tosse. Há dificuldade de acesso ao exame radiográfico de tórax e algumas unidades têm restrição para solicitação de exame baciloscópico e não dispõem de local adequado para coleta de escarro. Atendimento às intercorrências ou às consultas programadas nem sempre é garantido, pois muitas equipes de saúde não contam com médico e/ou enfermeiro, há resistência...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Tuberculosis morbimortality among inmates is higher than among free people, and this situation is more serious in developing countries. Precarious living conditions in detention facilities associated to these persons profile contribute to maintaining the transmission conditions among prisoners and those for the free population, and facilitate the emergence of resistant forms of medication. Keeping a hold of this situation, it has been investing in control programs, at an international, national and state scope, seeking to diagnose it in advance, increasing cure rates and offering better living conditions in prison. Analyze the implementation of control of tuberculosis in correctional facilities of the state board of prison administration in São Paulo located in the area covered by the Regional Health Department in Bauru (DRS VI) and verify that official recommendations and guidelines are being followed. It has been accomplished a descriptive study of program evaluation and information has been obtained through non-directive interviews with health professionals coordinators of control actions in each prison unit. It has been obtained the average occupancy rate of 1.7 prisoners per vacancy and an average point prevalence of tuberculosis of 528,7 cases per 100 thousand prisoners, being greater in the units closed regime. Searching cases among entering prisoners and periodic search twice a year are made based on complaints of cough. There is limited access to radiographic examination of the chest and some units have restriction to request bacteriological examination and have no place for sputum collection. Attendance to occurrences or appointments is not always guaranteed as many teams do not have a physician and/or a nurse. There is resistance on the part of the health units of reference and insufficient vehicles and/or escorts... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
34

Contribuição da terapia celular com células tronco em fibrose em ratos /

Felix, Renato Gonçalves. January 2013 (has links)
Orientador: Elenice Deffune / Banca: Lisete Ribeiro Teixeira / Banca: Hugo Hyung Bok Yoo / Resumo: A FPI é definida como um tipo de doença intersticial fibrosante crônica, de etiologia desconhecida, limitada aos pulmões e que apresenta padrão histológico de pneumonia intersticial usual. A prevalência da FPI é estimada em aproximadamente 20/100000 nos homens e 13/100000 nas mulheres, sendo que a média da idade quando do diagnóstico é de 67 anos e a sobrevida média é de 2 a 5 anos. Estima‐se cerca de 5 milhões de pessoas afetadas em todo o mundo. O tratamento clínico atual está associado à melhora parcial e transitória com resultados duvidosos ou insatisfatórios. A abordagem cirúrgica da FPI compreende o transplante de pulmão e é raro em decorrência da escassez de doadores e pela limitação de equipes capacitadas para realizar os procedimentos. A terapia celular apresenta‐se como uma alternativa terapêutica com grande potencial de aplicabilidade em fibrose pulmonar. Este estudo tem como objetivo a validação do modelo de fibrose pulmonar induzido pela instilação de bleomicina e a análise da contribuição da terapia celular utilizando a injeção de células‐tronco mesenquimais, alogênicas, obtidas de tecido adiposo para o tratamento de fibrose pulmonar. Foram utilizados 60 ratos machos, albinos, da raça Wistar, com peso médio de 250g com idade de 8 semanas. Foram constituídos 4 grupos experimentais compostos por 15 animais sendo monitorados: peso e o índice de saturação em 3 momentos: D0, D14 e D28. Em D0 foi realizada a instilação da bleomicina na dose de 1,5U/Kg. Em D14 a infusão das células tronco mesenquimais quantificadas e fenotipadas por citometria de fluxo. Em D28 foi realizado o sacrifício dos animais para análise macro e microscópica. A média de tecido adiposo retirado foi de 3,35g sendo que após a dissociação com o uso de colagenase tipo I a contagem celular foi de 5,3 x 104 células... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The IPF is defined as a type of chronic fibrosing interstitial lung disease of unknown etiology, limited to the lungs and that presents histological pattern of usual interstitial pneumonia. The prevalence of IPF is estimated at approximately 20/100000 in men and 13/100000 in women, and the mean age at diagnosis is 67 years and the median survival is 2 to 5 years. It is estimated about 5 million affected people worldwide. The current clinical treatment is associated with transient and partial improvement with equivocal or unsatisfactory. The surgical approach consists of IPF and lung transplantation is rare due to the scarcity of donors and by limiting teams trained to perform the procedures. Cell therapy is presented as an alternative therapy with a potential application in pulmonary fibrosis. This study aims to validate the model of pulmonary fibrosis induced by bleomycin instillation and analysis of the contribution of cell therapy using injection of mesenchymal stem cells, allogeneic, obtained from adipose tissue for the treatment of pulmonary fibrosis. A total of 60 male rats, albino Wistar rats, weighing 250g aged 8 weeks. 4 experimental groups were formed consisting of 15 animals being monitored: weight and saturation index in 3 stages: D0, D14 and D28. In D0 was performed instillation of bleomycin at a dose of 1.5 U / Kg. In D14 infusion of mesenchymal stem cells quantified and phenotyped by flow cytometry. In D28 was the sacrifice of animals for macro and microscopic analyzes. The mean adipose tissue removed was 3.35 g and that after dissociation using collagenase type I cell count was 5.3 x 104 lymphomononuclear cells/g of adipose tissue. These cells were expanded in culture for 21 days Knockout DMEM‐F12 medium added with 10% fetal bovine serum. Three criteria were considered proof of MSC: adhesion to plastic... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
35

Impacto da eferocitose na fagocitose e atividade microbicida via recptores "Scavenger" em macrófagos alveolares papel de prostaglandina E2 /

Souza, Taís Picolo de. January 2013 (has links)
Orientador: Alexandra Ivo de Medeiros / Banca: Cleslei Fernando Zanelli / Banca: Vânia Luiza Deperon Bonato / Resumo: Os receptores scavenger (SR) são os principais receptores de reconhecimento padrão (PRR) envolvidos na fagocitose de Streptococcus pneumoniae por macrófagos alveolares (AMs), células estas consideradas a primeira linha de defesa no pulmão. Sabe-se que indivíduos acometidos por doenças pulmonares obstrutivas crônicas (DPOC) são susceptíveis a infecções bacterianas recorrentes e apresentam um intenso acúmulo de células apoptóticas (ACs) no parênquima pulmonar. A hipótese deste estudo fundamenta-se em que o acúmulo de ACs e a fagocitose destas por AMs poderia suprimir as funções efetores destas células, através da liberação de mediadores anti-inflamatórios, tais como TGF- e PGE2. No entanto, nada se sabe quanto aos mecanismos pelos quais PGE2 poderia suprimir esses mecanismos efetores de macrófagos alveolares contra S. pneumoniae, via SR. Nossos resultados demonstram que a presença de ACs promove a inibição da fagocitose e a atividade microbicida de AMs contra S. pneumoniae. A inibição da fagocitose de S. pneumoniae mediada pela eferocitose foi revertida pela inibição da síntese de PGE2 endógena, assim como pelo tratamento com antagonistas deEP2 e pela inibição da enzimaadenililciclase. No entanto, estes efeitos supressores de PGE2 decorrentes da eferocitose por AMs foram independentes da ação de PKA. Desta forma, podemos sugerir que a presença de ACs no pulmão de indivíduos com DPOC poderia desencadear a síntese exacerbada de PGE2 e contribuir na supressão das funções efetoras de AMs contra infecções bacterianas, como S. pneumoniae. Portanto, o tratamento com inibidores da COX, concomitante à terapia antimicrobiana, poderia levar a uma melhora no quadro de imunossupressão desencadeado pela ação de PGE2 no microambiente pulmonar e, portanto, restauração das funções efetoras de AMs / Abstract: The scavenger receptors (SR) are the major receptors involved in the Streptococcus pneumonia phagocytosis by alveolar macrophages (AMs) that act as the first line of defense in the lung. The increase of susceptibility to bacterial infections has been demonstrated in chronic inflammatory pulmonary disease in which there is an intense accumulation of apoptotic cells (ACs). Our hypothesis is that the uptake of ACs by macrophages could suppress immune responses by releasing anti-inflammatory mediators, such as TGF- and PGE2. However, the way in which PGE2 suppress the effector mechanisms against Streptococcus pneumonia by SR in alveolar macrophages is unclear. We found that the preincubation with AC inhibited the ingestion and killing of S. pneumonia by AMs. The inhibition of S. pneumonia phagocytosis by efferocytosis was partially reverted when endogenous PGE2 production was repressed with a COX inhibitor, EP2 antagonist and likewise with an adenylate cyclase inhibitor. However, this suppressive effect was PKA independent. Moreover, we demonstrated that the inhibition of S. pneumonia phagocytosis by efferocytosis was more pronounced in scavenger receptors class B (SR-B). Thus, we suggest that the presence of ACs in the lungs of patients with COPD could trigger the synthesis of PGE2 and promote the suppression of effector functions of AMs against bacterial infections, such as S. pneumoniae. Therefore, treatment with COX inhibitors, concomitant-microbial therapy, could lead to an improvement in the immunosuppression triggered by the action of PGE2 in the lung microenvironment and thus restoration of effector functions of AMs / Mestre
36

Associação entre ingestão dietética com asma e atopia em escolares de Uruguaiana, RS

Schneider, Aline Petter January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:04:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000390129-Texto+Completo-0.pdf: 605994 bytes, checksum: bee11e8b7bbdf26936a71491767b2f53 (MD5) Previous issue date: 2007 / Background. The prevalence of asthma and allergic diseases has been growing in the last several years. A variety of potential risk factors have been described, including genetic and environmental factors. The potential role of dietary factors is of current interest. This study aimed to investigate the relationship between food intake with asthma and atopy in a Southern Brazil poor children urban population. Methods. A cross-sectional study of a sample of 1,054 school children aged between 9 and 13 years old from Uruguaiana (State of Rio Grande do Sul, Brazil). Asthma related symtoms were assessed using the questionnaire of the International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC). Anthropometric measurements used for assessing obesity were body mass index (BMI) and body fat percentage. Main outcome variables were defined as current asthma, current wheeze, atopy and severe asthma. Atopy was defined by skin prick test (SPT) positive. The semi-quantitative food frequency questionnaire (FFQ) adaptaded and tested previously in this population was administered to assess usual diet over the past year. Associations between otcomes and nutritional factors were evaluated using logistic regression, controlling for potential confounders and for atopic and non-atopic asthma. Results. A total of 949 subjects had complete FFQ and ISAAC-phase II questionnaires while SPTs were completed in 97%. Overweight was not associated with asthma or asthma-related symptoms, or with atopy. Consumption of fruits was protective for both active asthma (OR=0. 68, 95% CI: 0. 46-1. 00) and severe asthma (OR=0,53, 95% CI: 0. 34-0. 82). Regular intake of black beans was protective for severe asthma (OR=0. 33, 95% CI: 0. 16-0. 64).After controlling for important confounding factors, fruit consumption remained protective for severe asthma (OR=0. 50; 95% CI: 0. 30-0. 83), and was marginally associated with active asthma (OR=0. 66, 95% CI: 0. 24-1. 21). The protective role of citric fruits were more significant among subjects with atopic asthma (OR=0. 14, 95% CI: 0. 03-0. 60). Consumption of black beans was protective, especially for non-atopic asthmatics (OR=0. 35; 95% CI: 0. 16- 0. 78). Dairy products were associated with increased risk for atopic wheezers (OR=2. 69; CI: 1. 04-1. 96) as was the consumption of soft drinks (OR=1. 58, 95% CI: 1. 10-1. 28) were of risk to non-atopic current wheezing. Conclusions. In a low-income population, regular intake of fruits decreases the risk of atopic asthma while the consumption of black beans reduces the risk of non-atopic asthma. / Introdução. A prevalência da asma e das doenças alérgicas vem crescendo nas últimas décadas. Vários fatores de risco tem sido descritos, incluindo fatores genéticos e ambientais. O papel dos fatores dietéticos é de atual interesse. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre ingestão dietética com asma e atopia em uma população de baixa renda do Sul do Brasil. Métodos. Estudo transversal com uma amostra de 1054 escolares com idade entre 9 e 13 anos de Uruguaiana, RS. Asma e sintomas relacionados foram definidos através do questionário ISAAC-phase II (International Study of Asthma and Allergies in Childhood). Medidas antrométricas foram obtidas para identificar a prevalência de obesidade através do Índice de Massa Corporal (IMC) e do percentual de gordura corporal. As variáveis de desfecho foram definidas como asma ativa, sibilância atual, asma grave e atopia. Atopia foi definida através do teste cutâneo positivo. Ingestão dietética foi avaliada através do questionário de freqüência do consumo alimentar (QFCA). As associações entre aspectos nutricionais, asma e atopia foram avaliados através do modelo de regressão logística. Resultados. Um total de 949 escolares completaram os questionários ISAAC-phase II e QFCA enquanto os testes cutâneos foram realizados em 97% da amostra. A prevalência de sobrepeso foi 5 % através do IMC e de obesidade foi de 2% através do percentual de gordura corporal. Teste cutâneo positivo foi encontrado em 14% da amostra. Sobrepeso e obesidade não estiveram associados com asma e sintomas relacionados ou com atopia, mesmo após ajuste por gênero. Consumo de frutas teve papel protetor para asma ativa (OR=0,68, 95% IC: 0,46-1,00) e asma grave (OR=0,53, 95% IC: 0,34-0,82).Consumo habitual de feijão preto protegeu contra asma grave (OR=0,33, 95% IC: 0,16-0,64). Após ajuste para importantes fatores de confusão, o consumo de frutas manteve papel protetor para asma grave (OR= 0,50; 95% IC: 0,30-0,83), e esteve marginalmente associado com asma ativa (OR=0,66, 95% IC: 0,24-1,21). O papel protetor das frutas cítricas foi mais significante entre indivíduos com asma atópica (OR=0,14, 95% IC: 0,03-0,60). O consumo de feijão preto foi protetor, especialmente para asmáticos não-atópicos (OR=0,35; 95% IC, 0,16-0,78). A ingestão diária de laticínios este associada com risco aumentado para sibilantes atópicos (OR=2,69; CI: 1,04-1,96) bem como o consumo de refrigerantes (OR=1,58, 95% IC: 1,10-1,28) indicaram risco para sibilantes não atópicos. Conclusões. Em uma população de baixa renda, ingestão habitual de frutas diminui o risco de asma atópica enquanto a ingestão de feijão preto reduz o risco de asma não-atópica.
37

Ventilação heterogênea em prematuros e fatores perinatais associados

Silva, Silvia Anadir Medeiros da January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:06:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000439172-Texto+Completo-0.pdf: 4325979 bytes, checksum: fb686c7a6cc068a1adc08b2feaab0ecb (MD5) Previous issue date: 2011 / Background: Alterations to lung development in preterm infants is characterized by decreased alveolarization and dysmorphic vasculature. Has been considered the possibility that changes associated with perinatal factors decrease lung volume and quality of ventilation distribution. Objective: To measure the functional residual capacity and heterogeneity of ventilation in preterm infants and to study their association with perinatal factors. Methods: This is a cross-sectional study involving preterm infants corrected age of 8 to 13 months. Were measured at functional residual capacity (FRC) and ventilation inhomogeneity using the lung clearance index (LCI) by the technique multiple breath inert gas washout (MBW) with sulfur hexafluoride (SF6) to 4%, with sedation, using a ultrasonic flowmeter. The statistical analysis used the Student t test and linear regression. Results: We studied 28 preterm infants with gestational age (GA) (mean ±SD) of 31± 2. 9 weeks, with of 7. 88 ±0. 6 and equal to 19. 7 ±4. 3 ml. kg-1. Positive correlation were found between LCI and males and intrauterine growth restriction (p <0. 05). Premature rupture of membranes were negative correlation with LCI (p <0. 05).Conclusion: The results suggest that this sample, male sex, the IUGR and premature rupture of membranes affect LCI in preterm infants. The FRC was not associated with prematurity or other pre-natal and post-natal factors. / Introdução: A alteração no desenvolvimento pulmonar em prematuros é caracterizada por redução na alveolarização e vascularização dismórfica. Tem sido considerada a possibilidade de que alterações associadas a fatores perinatais diminuam volumes pulmonares e a qualidade da distribuição da ventilação. Objetivo: Medir a heterogeneidade da ventilação e a capacidade residual funcional em prematuros e estudar suas associações com fatores perinatais.Métodos: Este é um estudo transversal envolvendo prematuros com idade corrigida de 8 a 13 meses. Foram medidas a capacidade residual funcional (CRF) e a ventilação heterogênea utilizando o lung clearence índex (LCI) através da técnica multiple breath inert gas washout (MBW) com hexafluoreto de enxofre (SF6) a 4%, com sedação, usando um medidor de fluxo ultrassônico. Na análise estatística foi usado o teste t de Student e a regressão linear. Resultados: Foram estudados 28 prematuros com idade gestacional (IG) (média±dp) de 31±2,9 semanas, com LCI de 7,88±0,6 e CRF igual a 19,7±4,3 ml. kg-1. Houve correlação positiva entre LCI e sexo masculino e restrição do crescimento intrauterino (RCIU) (p<0,05). Houve correlação negativa entre LCI e ruptura prematura das membranas (ruprema) (p<0,05).Conclusão: Os resultados encontrados sugerem, que nesta amostra, o sexo masculino, o RCIU e a ruprema influenciaram o LCI em prematuros. A CRF não foi associada à prematuridade ou outros fatores perinatais.
38

Medida da resistência das vias aéreas pela técnica do interruptor em crianças nascidas prematuramente

Salomão, Sandra Cristina January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:06:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000435769-Texto+Completo-0.pdf: 3369362 bytes, checksum: 533eb2bdac19bd2c8b782c0290e66026 (MD5) Previous issue date: 2011 / OBJECTIVE : To evaluate the airway resistance by interrupter technique (Rint) in preschool children born prematurely. STUDY DESIGN : Cross-sectional study of cohort premature infants born between (2004-2005). Data collection was conducted from November 2008 and May 2010. Anthropometric measurements were performed on the test day. The Rint was measured with the device Microrint® using filter. Calibration was performed every 50 trials. Were carried out 10 interruptions to the flow air in the peak expiratory flow sequentially. At the end of the test were stored ten consecutive respiratory cycles and to check the acceptability of the examination format of the curves and the VC for reproducibility £ 20%. We used the median value of Rint. RESULTS : The Rint was measured in 33 (89%) preterm infants and compared with a control group of 32 children. The premature group had higher Rint (0. 91 kPa/L/s) versus the control group (0. 80 kPa/L/s) but not statistically significant (p= 0,832).CONCLUSION : The Rint is easily reproducible in preschool children, but a tool is not sensitive enough to identify obstruction in patients with a history of prematurity in relation to the group of healthy children. / OBJETIVO : Avaliar a resistência das vias aéreas pela técnica do interruptor (Rint) em crianças pré-escolares nascidas prematuramente. METODOLOGIA : Estudo transversal de uma coorte de prematuros nascidos entre 2004-2005 no Hospital São Lucas da PUCRS. A coleta foi realizada entre novembro de 2008 até maio de 2010. Foram realizadas medidas antropométricas no dia do teste. A Rint foi mensurada com o aparelho MicroRint®, com uso do filtro. A calibração foi executada a cada 50 medidas. Foram realizadas dez interrupções ao fluxo de ar no pico de fluxo da expiração de forma seqüencial. No final do teste eram armazenados dez ciclos respiratórios consecutivos. Para a aceitabilidade do exame verificamos o formato das curvas e para a reprodutibilidade o CV £ 20%. Foi utilizado o valor da mediana da Rint. RESULTADOS : A Rint foi mensurada em 33 (89%) crianças prematuras e comparada com um grupo controle de 32 crianças. O grupo de prematuros apresentou Rint elevada (0,91 kPa/L/s) contra o grupo controle (0,80 kPa/L/s), porém sem diferença estatisticamente significativa (p= 0,832).CONCLUSÃO : A Rint é facilmente reprodutível em crianças com idade préescolar, porém não é uma ferramenta sensível o suficiente para identificar obstrução em pacientes com história de prematuridade em relação ao grupo de crianças saudáveis.
39

Correlação entre tomografia computadorizada de alta resolução e provas de função pulmonar em lactentes com bronquiolite obliterante pós-infecciosa

Marques, Maurício Barreira January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:06:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000385370-Texto+Completo-0.pdf: 1287077 bytes, checksum: 12a26000be729af4f08639e9d74e11ac (MD5) Previous issue date: 2006 / Purposes: To evaluate the correlation between high-resolution computed tomography (HRCT) findings of brochiolitis obliterans (BO) and pulmonary function testing in infants; predict the function test results from HRCT scores of air-trapping and bronchiectasis; characterize the HRCT alterations of BO. Methods: Twenty HRCT examinations and pulmonary function testing were performed in 18 BO patients. HRCT scores of air-trapping (graded 0-3) and bronchiectasis (graded 0-3) were correlated with FVC, FEF 50%, FEF 75%, FEF 85%, FEF 25-75% and FEV 0,5. Results: There was a good to moderate correlation between air-trapping score and FEF 50% (ρ = -0,50; p = 0,023), FEF 75% (ρ = -0,54; p = 0,014), FEF 85% (ρ = -0,55; p = 0,011), FEF 25-75% (ρ = -0,50; p = 0,026) e VEF 0,5s (ρ = -0,48; p = 0,025). The bronchiectasis score was only correlated with FEF 50% (ρ = -0,50; p = 0,025). Using simple linear regression analysis we could predict the pulmonary function parameters of FEF 50%, FEF 75%, FEF 85% e FEF 25-75%, from air-trapping score. HRCT findings were air-trapping, bronchiectasis, subsegmentar atelectasis, centrilobular nodules, bronchial wall thickening, “tree-in-bud” opacities and segmentar atelectasis. Conclusions: There is a good to moderate correlation between the severity of air trapping at HRCT and pulmonary function in BO infants. The air-trapping score system may be used to predict FEF 50%, FEF 75%, FEF 85% e FEF 25-75%, when pulmonary function testing is not available or cannot be performed. A characteristic pattern of small airways disease was found in our study. / Objetivos: Avaliar a correlação das alterações de bronquiolite obliterante (BO) à tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR) e manobras expiratórias forçadas a partir de volumes elevados (MEFVE) em lactentes; predizer os parâmetros de função pulmonar através de escores tomográficos para alçaponamento aéreo expiratório e para bronquiectasias; caracterizar os achados tomográficos presentes nesta população. Métodos: Dezoito pacientes com BO, vinculados à nossa instituição, realizaram um total de 20 exames de TCAR e MEFVE. Estabeleceram-se escores tomográficos para quantificação de alçaponamento aéreo expiratório (0-3) e para bronquiectasias (0-3), correlacionados com os parâmetros de função pulmonar CVF, FEF 50%, FEF 75%, FEF 85%, FEF 25-75% e VEF 0,5s. Resultados: O escore de alçaponamento apresentou correlação inversa, moderada a forte, com os parâmetros FEF 50% (ρ = -0,50; p = 0,023), FEF 75% (ρ = -0,54; p = 0,014), FEF 85% (ρ = -0,55; p = 0,011), FEF 25-75% (ρ = -0,50; p = 0,026) e VEF 0,5s (ρ = -0,48; p = 0,025). O escore de bronquiectasia correlacionou-se apenas com FEF 50% (ρ = -0,50; p = 0,025). Através da regressão linear simples foi possível estabelecer modelos matemáticos para predizer os parâmetros de FEF 50%, FEF 75%, FEF 85% e FEF 25-75%, partindo do escore de alçaponamento aéreo. Os achados tomográficos mais freqüentes foram alçaponamento aéreo, bronquiectasias, atelectasias subsegmentares, nódulos centrolobulares, espessamento de paredes brônquicas, opacidades em “árvore em brotamento” e atelectasias segmentares. Conclusões: Há correlação inversa, forte a moderada, entre o escore de alçaponamento aéreo e os parâmetros de fluxos e volume das MEFVE em lactentes com BO. O escore de alçaponamento pode ser utilizado para estimar os valores dos parâmetros FEF 50%, FEF 75%, FEF 85% e FEF 25-75% da função pulmonar, quando esta não for disponível para avaliação de lactentes. Os achados tomográficos encontrados em nosso estudo revelam padrão típico de doença de pequenas vias aéreas.
40

Relação entre hiper-reatividade brônquica e sibilância em escolares de Uruguaiana, Rio Grande do Sul

Silva, Emerson Rodrigues da January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:07:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000345712-Texto+Completo-0.pdf: 381673 bytes, checksum: f46720431db9aea2549d541ee2d0091d (MD5) Previous issue date: 2006 / Background: epidemiological studies have been helpful in understanding the different clinical wheezing phenotypes. Although vastly known that asthma is highly prevalent in many regions of Brazil, there are few studies searching the understanding of the mechanisms associated with its clinical expression. Bronchial hypereactivity (BHR) and atopy are important markers associated with asthma in developed countries. In low-income populations there are few reports on how the relation of BHR, atopy and wheezing occurs and also how common infections such as parasitosis are associated with BHR. Objective: to evaluate the association between BHR and wheezing in the 12 past months in a population of school-age children in the city of Uruguaiana, in the south of Brazil. Methods: broncoprovocation was conducted using hypertonic saline (4,5%) and pulmonary function tests were performed with each subject to check the 15% decline (defined as BHR positive) in basal pulmonary function in two groups of subjects, divided by the presence or absence of wheezing in the previous 12 months. Other factors have been evaluated with the use of standardized questionnaires, with skin prick tests to evaluate atopy, and parasitologic exams in stools samples. Results: 97 subjects were included in the study, of whom 17 showed a decline of more than 15% in their basal forced expiratory volume in the first second (FEV1). There was no significant difference related to BHR between groups of wheezing and non-wheezing subjects (p=0. 3) as well as for atopy (p=0. 2) and parasitosis at all (p=0. 6). Subjects highly infected by helminths showed a 5-fold chance to show BHR when compared to non-infected or “low-load” helminthinfected subjects (OR 5. 0; CI 95% 1. 1 - 21. 3). Infection caused by Giardia lamblia showed to be marginally protective to BHR (OR 0. 8, CI95% 0. 7-0. 9).Conclusions: this study did not detect a significant relation between BHR and current wheeze in the population tested. This finding could mean that the definition of wheezing by questionnaire in this kind of population perhaps presents low specificity. Another possibility is that wheezing in this population could represent an attenuated disease phenotype, not linked to BHR. The positive relation between high helminth load and BHR could explain wheeze among these children, which is not mediated by allergy. There may be a protective role for giardiasis in relation to BHR. / Introdução: estudos epidemiológicos têm auxiliado no entendimento dos diferentes fenótipos clínicos de sibilância. Apesar de ser de amplo conhecimento que a asma é altamente prevalente em várias regiões brasileiras, existem poucos estudos buscando o entendimento dos mecanismos associados com a sua expressão clínica. Hiper-reatividade brônquica e atopia são marcadores importantes associados à asma em populações de países desenvolvidos. Em populações de baixa renda há poucos relatos descrevendo como ocorre a relação entre HRB, atopia e sibilância e também de que modo infecções comuns, como as parasitoses, estão associadas à HRB. Objetivos: verificar a associação entre hiper-reatividade brônquica e sibilância nos últimos doze meses em uma população de escolares na cidade de Uruguaiana/RS. Métodos: foi realizado teste de broncoprovocação com solução salina hipertônica (4,5%) e realizados testes de função pulmonar em cada um dos sujeitos, medindo a ocorrência de queda de 15% (definido como HRB positiva) na função pulmonar basal em dois grupos de escolares, divididos de acordo com a presença ou ausência de sibilância nos últimos doze meses. Outros fatores foram avaliados com o uso de questionários padronizados, com testes cutâneos para avaliação de atopia e testes parasitológicos em amostras de fezesResultados: 97 pacientes foram incluídos no estudo, sendo que 17 destes apresentaram queda maior que 15% nos valores do volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1). Não houve diferença estatística significativa em relação à HRB entre os grupos de pacientes sibilantes e não-sibilantes (p=0,3) assim como atopia (p=0,2) e parasitose em geral (p=0,6). Escolares com alta carga de helmintos apresentaram risco cinco vezes maior de hiper-reatividade brônquica quando comparados às crianças não infectadas ou com níveis baixos de infecção (OR 5,0; IC95% 1,1-21,3). Infecção por Giardia lamblia mostrou ser marginalmente protetora de HRB (OR 0,8; IC95% 0,7-0,9)Conclusões: o estudo não detectou uma relação significativa ente HRB e sibilância atual na população testada. Este achado pode significar que a definição de sibilância através de questionário neste tipo de população talvez apresente baixa especificidade. Outra possibilidade é que sibilância nesta população poderia representar um fenótipo atenuado de doença, não ligado à HRB. A relação positiva entre alta carga de helmintos e HRB poderia explicar a sibilância entre estas crianças, por mecanismo não mediado por alergia. Parece haver um papel protetor da giardíase em relação à HRB.

Page generated in 0.0979 seconds