• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3044
  • 48
  • 33
  • 28
  • 28
  • 20
  • 19
  • 14
  • 13
  • 13
  • 12
  • 10
  • 8
  • 6
  • 1
  • Tagged with
  • 3160
  • 1799
  • 544
  • 518
  • 453
  • 343
  • 285
  • 269
  • 268
  • 252
  • 212
  • 182
  • 178
  • 177
  • 164
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
61

Avaliação da relação entre a superexpressão do oncogene HER-2/neu e as caracteristicas das pacientes e dos tumores, e a sobrevida de doença em mulheres portadoras de carcinoma de mama localmente avançado tratadas com quimioterapia neo-adjuvante contend

Fernandez y Sagarra, Alberto Jorge 04 August 2018 (has links)
Orientadores: Luiz Carlos Teixeira, Marcelo Alvarenga / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-04T03:35:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 FernandezySagarra_AlbertoJorge_D.pdf: 454576 bytes, checksum: 4eea1dc2908b3c2bba6c66911f1acd61 (MD5) Previous issue date: 2005 / Resumo: Objetivos: avaliar a relação entre a superexpressão do oncogene HER-2/neu e as características das pacientes e dos tumores, e a sobrevida livre de doença em mulheres portadoras de carcinoma de mama localmente avançado tratadas com quimioterapia neo-adjuvante contendo antraciclina. Sujeitos e Métodos: estudo de coorte reconstituído, em que foram avaliadas 118 mulheres com carcinoma de mama estádios IIIA e IIIB, excluindo as portadoras de carcinoma inflamatório, tratadas no Ambulatório de Oncologia Clínica do CAISM-UNICAMP, com poliquimioterapia neo-adjuvante contendo antraciclina. Foram avaliados quanto a possivel associação entre a superexpressão do HER2/neu e o estado menstrual, graus histológico e nuclear, receptores hormonais e respostas clínica e patológica à quimioterapia primária. A expressão deste foi determinada por imunoistoquímica. Também se avaliou uma possível relação entre este fatores, a resposta à quimioterapia neo-adjuvante e a sobrevida livre de doença. Empregou-se o teste exato de Fisher ou qui-quadrado para avaliar as possíveis associações. O tempo para recidiva foi estimado pelo método de KAPLAN & MEIER. Para a comparação entre valores de medianas foi realizado o teste de Kruskall-Wallis, estimando-se a razão de riscos pelo método de COX. O teste de Wilcoxon foi utilizado para a comparação das curvas. Resultados: 74 pacientes (62,7%) obtiveram resposta objetiva, sendo 7 remissões completas clínicas e 67 parciais. Houve apenas 1 progressão à quimioterapia primária. Apenas 3 pacientes (2,5%) não foram submetidas à cirurgia. Quatro pacientes (3,5%) alcançaram remissão patológica completa (R0), 6 (5,2%) com doença residual microscópica (R1) e 105 com doença residual macroscópica (R2). Não houve associação entre a superexpressão do HER2/neu e as características das pacientes ou dos tumores primários nem com a resposta à quimioterapia. Receptores de progesterona negativos, grau nuclear alto, estádio clínico IIIA e resposta clínica completa apresentaram-se associados à resposta patológica. A mediana do intervalo livre de doença para todo o grupo de pacientes foi de 18 meses. Na regressão múltipla, apenas o número de linfonodos positivos após quimioterapia mostrou forte correlação prognostica com a sobrevida livre de doença. Conclusões: não se observou nesta população associação entre a superexpressão de HER2/neu e as características das mesmas ou dos tumores primários, nem tampouco com a resposta ao tratamento neo-adjuvante ou sobrevida livre de doença. Receptores de progesterona negativos, grau nuclear alto, estádio clínico IIIA e resposta clinica completa mostraram-se correlacionados com a resposta patológica. O número de linfonodos positivos mostrou-se preditivo para o tempo livre de doença / Abstract: Objectives: to evaluate the relationship between HER2/neu overexpression, patients¿ characteristics, prognostic factors and clinical outcome in locally advanced breast cancer patients treated with neoadjuvant anthracycline-based chemotherapy Methods: for this retrospective study, 118 women with stage IIIA-B breast cancer, excluding inflammatory cancer, were evaluated at the Medical Oncology Unit of CAISM-UNICAMP. HER2/neu overexpression was evaluated by immunohistochemistry. Possible associations between HER2/neu expression and disease-free survival, patients characteristics, prognostic factors and response to neoadjuvant chemotherapy were investigated. The disease-free survival was calculated according to Kaplan-Meier method. For statitsical analysis Fisher test, hazard ratios with 95% interval confidence, and Cox or Wilcoxon models were used. Kruskall-Wallis was used for comparison between medians. Results: 74 patients (62.7%) achieved objective responses, with 7 complete remissions. There was 1 progressive disease and only 3 patients (2.5%) didn¿t undertake mastectomy. After surgery, four patients (3,5%) were evaluated as pathological complete remission (R0), 6 (5.2%) with microscopic residual disease (R1) and 105 with macroscopic residual tumor (R2). The median free-survival was 19 months for the hole group. There was no association between HER2/neu overexpression and patients characteristics, tumor prognostic factors nor with clinical or pathological reponses. Negative progesterone receptors, high tumor nuclear grade, clinical stage IIIA and complete clinical response were predictive factors for pathological response. In multivariate analisys, only pathological lymph node status was prognostic factor for disease-free suvival. Conclusions: there was no significant association between HER2/neu overexpression, tumor prognostic factors and clinical or pathological response to neoadjuvant chemotherapy. Negative progesterone receptors, high nuclear tumor grade, clinical stage IIIA and clinical complete response were associated to complete pathological response. Lymph node status was a strong prognostic factor for disease-free survival / Doutorado / Tocoginecologia / Doutor em Tocoginecologia
62

Carcinoma de nasofaringe : análise da importância prognóstica da imunoexpressão da galectina-3 e proteínas de matriz /

Nakajima, Victor. January 2011 (has links)
Resumo: Objetivo: Estudar a expressão da Galectina-3 e a distribuição das proteínas de matriz, laminina, fibronectina e colágeno IV, em 30 amostras teciduais de carcinoma de nasofaringe (CNF) e correlacionar com as características clínicopatológicas, agressividade tumoral e sobrevida dos indivíduos. Forma de estudo: clínico retrospectivo. Casuística e Material: Foram estudadas por método imunohistoquímico 30 amostras teciduais de 26 pacientes com diagnóstico de Carcinoma de Nasofaringe (CNF), cujos blocos parafinados estavam arquivados no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP. As lâminas foram revisadas e reclassificadas de acordo com a classificação de 2005 da WHO. As proteínas de matriz e a galectina-3 foram analisadas por método imunohistoquímico. Resultado: A análise mostrou que a media etária foi de 48anos, com o pico de prevalência entre 60 a 69 anos, e predominância do sexo masculino de 2:1. O Carcinoma Escamoso Não Ceratinizante Indiferenciado (CENCI) foi mais comuns em 23 amostras (76,7%), o Carcinoma Escamoso Não Ceratinizante Diferenciado (CENCD) em 4 amostras (13.3%) e Carcinoma Escamoso Ceratinizante (CEC) em 3 amostras (10,0%). A expressão da laminina que normalmente é restrita à parede dos vasos e na lâmina própria, estava muito aumentada na matriz das células neoplásicas em 23 amostras (76,7%); a fibronectina foi positiva em 13 amostras (43%) e a galectina-3 foi positiva em 21 amostras (70%). Tivemos correlação positiva da laminina, fibronectina e galectina-3 em 7 amostras (23,3%) e entre laminina e galectina-3 em 11amostras (36,6%). Tivemos um caso de CEC na recidiva de um CENCD. Conclusão: A expressão positiva da Galectina-3 e da laminina não apresentaram significância estatística quanto a agressividade tumoral e a sobrevida dos pacientes. A presença da fibronectina parece reduzir a chance de recidiva do tumor e também sobrevida maior ao contrário da laminina / Abstract: Objectives: Analyze the expression of galectin-3 and distribution of matrix proteins, laminin, fibronectin and collagen IV, in 30 paraffinated samples of nasopharynx carcinoma(NFC); and correlate the to clinicopathological characteristics, as tumor aggressiveness and survival of individuals. Study design: retrospective clinical study. Methods: The analyses were performed by immunohistochemistry in 30 tissue samples of 26 patients diagnosed with NPC were archived in the Pathology Department of Botucatu of Medical School, São Paulo State University, UNESP, Brazil. The slides were reviewed and reclassified according to the WHO classification of 2005. The matrix proteins and galectin-3 analyses were performed by immunohistochemistry. Results: The analysis showed that the patients mean age was 48 years-old, with the age peak prevalence was from 60 to 69 years-old, with male predominance of 2:1. The undifferentiated non-keratinized squamous cell carcinoma (UNKSCC) was predominant in 23 samples (79%), differentiated non-keratinized squamous cell carcinoma (DNKCC) was found in 4 samples (13.3%) and keratinized squamous cell carcinoma (KCC) was found in 3 samples (10%). The laminin expression, which is normally restricted to the vessel walls and lamina propria, was increased in the neoplasic cell matrix in 23 samples (76.7%). Fibronectin was positive in 23 samples (43%). Galectin-3 was observed in 21 samples (70%). Seven cases showed positive correlation between all three proteins. Eleven cases presented positive correlation of laminin and galectin-3 immunoexpression. There was one case of KCC in recurrence of DNKCC. Conclusions: The statistical analysis was not conclusive, maybe because of the sample size. Nevertheless, fibronectin presence seems to reduce the chance of tumor recurrence and also, increase the survival rate, differently from laminin and galectin-3 / Orientador: Jair Cortez Montovani / Coorientador: José Vicente Tagliarini / Coorientador: Maria A. Custódio Domingues / Banca: José Victor Maniglia / Banca: Onivaldo Cervantes / Banca: Emanuel Celice Castilho / Banca: Odair Carlito Michelin / Doutor
63

Carcinoma de nasofaringe: análise da importância prognóstica da imunoexpressão da galectina-3 e proteínas de matriz

Nakajima, Victor [UNESP] 01 July 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:06Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-07-01Bitstream added on 2014-06-13T21:02:10Z : No. of bitstreams: 1 nakajima_v_dr_botfm.pdf: 679137 bytes, checksum: a82e171acc95c833c38592445769661d (MD5) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / Objetivo: Estudar a expressão da Galectina-3 e a distribuição das proteínas de matriz, laminina, fibronectina e colágeno IV, em 30 amostras teciduais de carcinoma de nasofaringe (CNF) e correlacionar com as características clínicopatológicas, agressividade tumoral e sobrevida dos indivíduos. Forma de estudo: clínico retrospectivo. Casuística e Material: Foram estudadas por método imunohistoquímico 30 amostras teciduais de 26 pacientes com diagnóstico de Carcinoma de Nasofaringe (CNF), cujos blocos parafinados estavam arquivados no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP. As lâminas foram revisadas e reclassificadas de acordo com a classificação de 2005 da WHO. As proteínas de matriz e a galectina-3 foram analisadas por método imunohistoquímico. Resultado: A análise mostrou que a media etária foi de 48anos, com o pico de prevalência entre 60 a 69 anos, e predominância do sexo masculino de 2:1. O Carcinoma Escamoso Não Ceratinizante Indiferenciado (CENCI) foi mais comuns em 23 amostras (76,7%), o Carcinoma Escamoso Não Ceratinizante Diferenciado (CENCD) em 4 amostras (13.3%) e Carcinoma Escamoso Ceratinizante (CEC) em 3 amostras (10,0%). A expressão da laminina que normalmente é restrita à parede dos vasos e na lâmina própria, estava muito aumentada na matriz das células neoplásicas em 23 amostras (76,7%); a fibronectina foi positiva em 13 amostras (43%) e a galectina-3 foi positiva em 21 amostras (70%). Tivemos correlação positiva da laminina, fibronectina e galectina-3 em 7 amostras (23,3%) e entre laminina e galectina-3 em 11amostras (36,6%). Tivemos um caso de CEC na recidiva de um CENCD. Conclusão: A expressão positiva da Galectina-3 e da laminina não apresentaram significância estatística quanto a agressividade tumoral e a sobrevida dos pacientes. A presença da fibronectina parece reduzir a chance de recidiva do tumor e também sobrevida maior ao contrário da laminina / Objectives: Analyze the expression of galectin-3 and distribution of matrix proteins, laminin, fibronectin and collagen IV, in 30 paraffinated samples of nasopharynx carcinoma(NFC); and correlate the to clinicopathological characteristics, as tumor aggressiveness and survival of individuals. Study design: retrospective clinical study. Methods: The analyses were performed by immunohistochemistry in 30 tissue samples of 26 patients diagnosed with NPC were archived in the Pathology Department of Botucatu of Medical School, São Paulo State University, UNESP, Brazil. The slides were reviewed and reclassified according to the WHO classification of 2005. The matrix proteins and galectin-3 analyses were performed by immunohistochemistry. Results: The analysis showed that the patients mean age was 48 years-old, with the age peak prevalence was from 60 to 69 years-old, with male predominance of 2:1. The undifferentiated non-keratinized squamous cell carcinoma (UNKSCC) was predominant in 23 samples (79%), differentiated non-keratinized squamous cell carcinoma (DNKCC) was found in 4 samples (13.3%) and keratinized squamous cell carcinoma (KCC) was found in 3 samples (10%). The laminin expression, which is normally restricted to the vessel walls and lamina propria, was increased in the neoplasic cell matrix in 23 samples (76.7%). Fibronectin was positive in 23 samples (43%). Galectin-3 was observed in 21 samples (70%). Seven cases showed positive correlation between all three proteins. Eleven cases presented positive correlation of laminin and galectin-3 immunoexpression. There was one case of KCC in recurrence of DNKCC. Conclusions: The statistical analysis was not conclusive, maybe because of the sample size. Nevertheless, fibronectin presence seems to reduce the chance of tumor recurrence and also, increase the survival rate, differently from laminin and galectin-3
64

A correlação da expressão do gene p53 no carcinoma invasor de colo uterino com fatores clínicos e prognóstico

Schaffer, Lucia Teresa Hinojosa [UNESP] 26 February 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:26:18Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-02-26Bitstream added on 2014-06-13T20:15:07Z : No. of bitstreams: 1 schaffer_lth_me_botfm.pdf: 988938 bytes, checksum: 1f8c62791bc4df17d18ee5f2ec478bb5 (MD5) / Durante décadas o estudo dos genes supressores de tumor têm alcançado relevância quanto a sua participação nos tumores de modo geral. A etiopatogenia do câncer cervical destaca o papel do p53, gene supressor de tumor, no desenvolvimento da doença. Considerados sítios vulneráveis de lesões críticas do DNA por funcionarem como barreiras fisiológicas contra a expansão clonal ou mutabilidade genômica, são capazes de suspender o crescimento desordenado. Considerado “guardião do genoma”, o p53, previne o acúmulo de erros em células lesadas nos seus DNAS, levando essas células a apoptose. Este gene pode apresentar-se inativado ou mutado fazendo com que, a proteína p53 tenha sua meia vida aumentada acumulando-se nas células tumorais. No presente estudo foram avaliadas retrospectivamente, 120 pacientes com carcinoma epidermóide invasivo de colo uterino, diagnosticadas, tratadas e acompanhadas no serviço de Oncologia ginecológica do HC da Faculdade de Medicina de Botucatu. Através do levantamento dos prontuários, foram estudados fatores clínicos relacionados como: idade, raça, paridade, coitarca, tabagismo, uso de anticoncepcionais orais, classificação de Papanicolau, estadio e expressão da proteína p53. A expressão da p53 foi realizada através da técnica de imunohistoquimica em lâminas arquivadas das pacientes com câncer invasor de colo uterino, a qual mostrou-se positiva. Foram também avaliados os fatores clínicos correlacionados e prognóstico, analisadas as freqüências de algumas variáveis e realizados teste de Fisher para verificar associações entre p53 e as variáveis. Foram considerados estatisticamente significativos os resultados cujos valores de p foram inferiores a 0,05. A análise dos dados encontrados quanto à expressão positiva do p53 nas pacientes com câncer epidermóide em relação a idade... / For decades the study of tumor suppressor genes has gained relevance because of its participation in tumors in general. The cervix cancer etiopathogeny highlights the role of the tumor suppressor gene p53 in the disease development. It is the vulnerable site of a DNA damage once it works as a physiological barrier inhibiting clonal expansion or genomic mutation, thus being capable of stopping irregular growth. The p53 gene is also considered the “guardian of the genome” for it prevents the accumulation of mistakes in the cells with DNA damage, putting them into apoptosis. The half-life of the p53 protein increases in the tumor cells given its inactive or mutated appearance. This study retrospectively analyzed 120 patients with invasive colon epidermoid carcinoma who were diagnosed, treated, and observed at the Gynecologic Oncolgy Service, HC, Medical School of Botucatu, Brazil. Reading the patients’ data, it was analyzed related clinical factors such as age, race, parity, first sex intercourse, smoking habit, use of oral contraceptive, papanicolau status, staging, and expression of p53. The p53 expression was found through the immunohistochemistry in invasive colon cancer patients’ slides, which happened to be positive. Prognostic and correlated clinical factors were also studied, as well as the frequency of some variants. The Fisher’s test was used to test associations between p53 and variants. The results were considered statistically significant, with p values under 0.05. Regarding the positive expression of p53, the data analysis has shown that 89% of the patients with epidermoid cancer and who were 69 or less had positive p53 expression. This percentage fell to 5% on patients over 70 years old. The p53 expression was positive in 71.7% of caucasians. Regarding smoking habit, 36.7% of smoker and 52.5% of non-smokers presented positive p53 expression... (Complete abstract click electronic access below)
65

Modelo de predição de malignidade em nódulos sólidos da mama, baseado na ultra-sonografia

Paulinelli, Régis Resende January 2007 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007. / Submitted by Natália Cristina Ramos dos Santos (nataliaguilera3@hotmail.com) on 2009-10-15T20:36:20Z No. of bitstreams: 1 TESE DOUTORADO USG 2007.pdf: 3967575 bytes, checksum: 125107376dd508c7de37714e3bc11098 (MD5) / Approved for entry into archive by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br) on 2009-10-16T12:27:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESE DOUTORADO USG 2007.pdf: 3967575 bytes, checksum: 125107376dd508c7de37714e3bc11098 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-10-16T12:27:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE DOUTORADO USG 2007.pdf: 3967575 bytes, checksum: 125107376dd508c7de37714e3bc11098 (MD5) Previous issue date: 2007 / OBJETIVO: Criar um modelo preditivo para o risco de malignidade em nódulos sólidos da mama, com expressão ecográfica. METODOLOGIA: Este estudo multicêntrico, desenvolvido por médicos da Universidade Federal de Goiás e da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, incluiu prospectivamente 1.403 nódulos sólidos da mama. As características da paciente e do exame ultrasonográfico foram incluídas em um formulário próprio. Cada característica ultrasonográfica foi analisada e comparada com o resultado do diagnóstico definitivo, ou seja, com o resultado anatomopatológico ou o resultado do seguimento de 2 anos, sem alteração do tamanho da lesão. A idade das mulheres e o histórico familiar de câncer de mama foram também analisados. RESULTADOS: Das 1.403 lesões incluídas no estudo, 1.390 (99,1%) tiveram um diagnóstico conclusivo. Dentre elas, haviam 343 (24,7%) tumores malignos e 1.047 (75,3%) nódulos benignos. As odds ratios (e intervalos de confiança) de malignidade de cada característica incluída do modelo preditivo, na análise multivariada, foram: forma irregular / margens não circunscritas, 16,02 (7,75-33,09); ecotextura heterogênea, 4,50 (2,42-8,23); orientação vertical (não paralela à pele), 2,23 (1,04-4,75); halo ecogênico anterior, 2,62 (1,09-6,31); sombra posterior, 2,38 (1,23-4,62); idade maior que 40 anos, 2,19 (1.26-3.81); histórico familiar de 1° grau positivo (mãe, irmã, filha), 7,50 (2,65-21,18). Não houve vantagem em incluir a presença de vasos internos e a presença de ligamentos de Cooper espessados no modelo. O modelo foi chamado de SONOBREAST e apresenta-se disponível para uso médico, gratuitamente, no site: http://www.sonobreast.com. CONCLUSÃO: A probabilidade de malignidade para tumores mamários pode ser estimada com base em suas características ultra-sonográficas, na idade das mulheres e no histórico familiar para o câncer de mama. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / OBJECTIVE: To create a predictive model for the risk of malignancy in solid breast nodules, with echografic expression. METHODS: This multicentric study, performed by physicians from the Federal University of Goiás and from the Santa Casa de Misericórdia of Belo Horizonte, included prospectively 1,403 patients who presented with solid breast nodules. The ultrasound images of the breast and the features were recorded in a formulary. Each ultrasound feature was analyzed and compared with the definitive diagnosis, i.e. the anatomopathological findings, after the lesion was excised, or a minimum follow-up of 2 years. The age of the women and the familial history of breast cancer were also included in the model. RESULTS: From the 1,403 lesions included in the study, 1,390 (99.1%) had a conclusive diagnosis. Among them, there were 343 (24.7%) malign tumors, and 1,047 (75.3%) benign nodules. The odds ratio (and confidence interval) of breast malignancy for each variable included in the model, as calculated by multivariate analysis, were as follows: irregular shape / not circumscribed margins, 16.02 (7.75- 33.09); heterogeneous echo texture, 4.50 (2.42-8.23); vertical orientation (non parallel to the skin), 2.23 (1.04-4.75); anterior echogenic rim, 2.62 (1.09-6,31); posterior shadowing, 2.38 (1.23-4.62); age more than 40 years, 2,19 (1,26-3,81); first-degree positive family history (mother, sister, daughter), 7,50 (2,65-21,18). There were no advantage to include the presence of internal vascularity and the presence of thickened Cooper’s ligaments in the model. The predictive model was named SONOBREAST and it is freely available for medical purposes in the internet site: http://www.sonobreast.com. CONCLUSION: The probability of malignancy in breast tumors can be stipulated based on their ultrasound features, the age of the woman and the family history of breast cancer.
66

Elaboração de um modelo experimental de carcinogênese pulmonar em ratos wistar

Silva, Baldomero Antonio Kato da January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006. / Submitted by Diogo Trindade Fóis (diogo_fois@hotmail.com) on 2009-10-23T13:11:53Z No. of bitstreams: 1 2006_Baldomero Antonio Kato da Silva.pdf: 920008 bytes, checksum: c034b65e76f09dcd009ef75070f6de70 (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2010-07-07T19:06:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Baldomero Antonio Kato da Silva.pdf: 920008 bytes, checksum: c034b65e76f09dcd009ef75070f6de70 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-07-07T19:06:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Baldomero Antonio Kato da Silva.pdf: 920008 bytes, checksum: c034b65e76f09dcd009ef75070f6de70 (MD5) Previous issue date: 2006 / O objetivo deste estudo foi elaborar um modelo experimental de carcinogênese pulmonar em ratos wistar. Para tanto, foi realizada injeção intra-pulmonar da diluição em álcool 70% de Benzo[a]pireno (B[a]P), um hidrocarboneto aromático policíclico amplamente conhecido por seu poder de indução tumoral. Após realização de estudo para verificação do grau de proliferação celular induzido pelo B[a]P, cuja confirmação pôde ser obtida através da análise histológica dos pontos de regiões organizadoras nucleolares argirofílicas (AgNOR) 03 semanas após a injeção (10mg/kg = 1,84±0,13; 20mg/kg = 2,48±0,28), foram formados três grupos experimentais com 08 animais cada: Grupo Controle (álcool 70%); Grupo B[a]P 10 mg/kg; e Grupo B[a]P 20mg/kg, submetidos a eutanásia 08, 10, 12 e 14 semanas após o procedimento experimental. As secções pulmonares foram coradas por hematoxilina e eosina (HE) e submetidas a análise morfométrica para descrição das alterações teciduais. Em todos os grupos observou-se a presença de alterações inflamatórias difusas, porém na análise do tecido pulmonar dos grupos experimentais, observou-se alterações hiperplásicas (hiperplasia de BALT), e em um dos animais do grupo experimental 20mg/kg (12 semanas) notou-se a presença de pleomorfismo celular epitelial traqueal, sugerindo a formação de adenocarcinoma in situ. Concluiu-se neste estudo que a injeção intra-pulmonar de B[a]P é um método de fácil realização e pode constituir um modelo adequado quando utilizadas doses e períodos maiores de observação. As principais alterações secundárias à injeção intra-pulmonar de B[a]P em ratos Wistar foram: proliferação celular, alterações inflamatórias de diversos graus e hiperplasias nodulares linfóides. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of this study was to elaborate an experimental model of pulmonary carcinogenesis in Wistar rats. So it was carried through an intra-pulmonary injection of the Benzo[a]pyrene (B[a]P) dilution in alcohol 70%, a polycyclic aromatic hydrocarbon widely known by its power of tumoral induction. After daily study accomplishment to verify the induced degree of cellular proliferation by the B[a]P, which confirmation was gotten through the histological analysis of the Argyrophilic Nucleolar Organizer Regions (AgNOR) points 03 weeks later the injection (10mg/kg = 1,84±0,13; 20mg/kg = 2,48±0,28), three experimental groups had been formed with 08 animals each: Control Group (Alcohol 70%); B[a]P Group 10 mg/kg; e B[a]P Group 20mg/kg, submitted to euthanasia 08, 10, 12 and 14 weeks after the experimental procedure. The pulmonary sections had been colored by hematoxilin-eosin (HE) and submitted to the morphometrical analysis to describe the tissue alterations. The presence of diffuse inflammatory alterations was observed in all groups, however, at the analysis of the pulmonary tissue of the experimental groups, it had been observed hyperplasic alterations (BALT hyperplasia), and in one of the animals of the experimental group 20mg/kg (12 weeks), it was noticed the presence of cellular epithelial tracheal pleomorphism, suggesting the adenocarcinoma formation in situ. It had been concluded in this study that the intra-pulmonary injection of B[a]P is an easy realization method, and can be an adequate model when major doses and observation periods will used. The main secondary alterations to the intra-pulmonary injection of B[a]P in Wistar rats were: cellular proliferation, inflammatory alterations of several degrees and nodular lymphoid hyperplasias.
67

Detecção precoce do câncer de mama : conhecimento e prática de mulheres e profissionais da estratégia de saúde da família em Dourados/MS / Early detection of breast cancer : knowledge and practice of women and professionals of the Family Health Strategy in Dourados/ MS

Batiston, Adriane Pires 30 March 2009 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2010-02-26T19:07:20Z No. of bitstreams: 1 2009_AdrianePiresBatiston.pdf: 2008476 bytes, checksum: 9b5798074bd741c60348d0884a441ca5 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-03-01T21:44:23Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_AdrianePiresBatiston.pdf: 2008476 bytes, checksum: 9b5798074bd741c60348d0884a441ca5 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-03-01T21:44:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_AdrianePiresBatiston.pdf: 2008476 bytes, checksum: 9b5798074bd741c60348d0884a441ca5 (MD5) Previous issue date: 2009-03-30 / O câncer de mama é um grande problema de saúde pública. Diante da impossibilidade medidas de prevenção primária, que impeçam o desenvolvimento do câncer de mama, esforços vêm sendo direcionados para implementar medidas de prevenção secundária, por meio da detecção precoce. Em Dourados/MS, o programa de detecção precoce do câncer de mama é alicerçado em ações educativas, no exame clínico das mamas anual e seguimento adequado dos casos alterados. Este estudo teve como objetivo analisar o conhecimento e a prática da detecção precoce do câncer de mama das mulheres e dos profissionais médicos e enfermeiros na Estratégia de Saúde da Família no município de Dourados- MS. Foram estudadas 393 mulheres de 40 a 69 anos, cadastradas na estratégia de saúde da família e 8 profissionais da saúde. Os dados referentes às mulheres foram coletados por meio de um questionário estruturado e os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e dos testes do qui-quadrado e exato de Fisher, com nível de significância de 5%. Os profissionais foram investigados por meio de uma entrevista semi-estruturada e os dados analisados por meio de abordagem qualitativa. Os resultados obtidos neste estudo mostraram que 86,5% das mulheres receberam informações sobre o câncer de mama. O auto-exame é conhecido por 94,4% e 54,2% das mulheres conhecem pelo menos um fator de rico para o CM. A prática dos métodos de detecção como o auto-exame, o exame clínico e a mamografia mostraram-se associadas a algumas variáveis como idade, escolaridade, situação conjugal e realização do Papanicolaou. O exame clínico foi realizado em 60,6% das mulheres e 53,2% das mulheres já realizaram ao menos uma mamografia. Os profissionais demonstraram alta valorização dos sinais e sintomas, vinculação do exame clínico ao Papanicolaou e relataram dificuldades para a operacionalização de ações para detecção do câncer de mama. Notou-se uma fragilidade na relação entre os profissionais e as mulheres e também entre os profissionais de uma mesma equipe de saúde da família, apontando-se para a necessidade de que além de procedimentos técnicos, os profissionais sejam capacitados para atuar de forma mais integralizada, a fim de informar e sensibilizar as mulheres quanto a importância da adoção práticas de detecção precoce do câncer de mama. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The breast cancer is a great public health problem. On account of the impossibility of primary prevention measures, which prevent the development of breast cancer, efforts have been directed to implement measures for secondary prevention through early detection. In Dourados, the breast cancer early detection program is based on education activities, annual breast clinical examination and appropriate attendance for the abnormal findings. This study aimed to examine the knowledge and practice of early detection of breast cancer among women and medical professionals and nurses in the Family Health Strategy in the city of Dourados, MS. Were analyzed 393 women from 40 to 69 years, registered in the family health strategy and 8 health professionals. The women data were collected through a structured questionnaire and statistics tests were used for data analysis, with significance level of 5%. The professionals were investigated using a semi-structured and the data were analyzed using a qualitative approach. The results of this study showed that 86.5% of women received information about breast cancer. Self-examination is known to 94.4% and 54.2% of women know at least a factor of risk for the CM. The practice of detection methods such as self-examination, clinical examination and mammography were associated with some variables such as age, education, marital status and Papanicolaou test. Clinical examination was performed in 60.6% of women and 53.2% of women have had at least one mammogram. The professionals showed high recovery of the signs and symptoms, the relation of the clinical examination and Papanicolaou reported difficulties in the operationalization of actions for detection of breast cancer. There is a fragility in the relationship between professionals and women and also among the professionals of the same team of family health, pointing up the need for that in addition to technical procedures, professionals are trained to act in a more fully to inform and raise awareness among women about the importance of adoption practices of early detection of breast cancer.
68

Efeitos in vitro das estatinas em câncer de cabeça e pescoço

Pavan, Ludmila Madeira Cardoso 17 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-01-20T15:25:07Z No. of bitstreams: 1 2015_LudmilaMadeiraCardosoPavan.pdf: 4534084 bytes, checksum: 2a6efe1f244305356f0eb2252a4b9d6a (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2016-01-24T14:06:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_LudmilaMadeiraCardosoPavan.pdf: 4534084 bytes, checksum: 2a6efe1f244305356f0eb2252a4b9d6a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-24T14:06:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_LudmilaMadeiraCardosoPavan.pdf: 4534084 bytes, checksum: 2a6efe1f244305356f0eb2252a4b9d6a (MD5) / As estatinas são comumente utilizadas para tratar doenças cardiovasculares, porém estudos mais recentes destacaram seus potenciais efeitos antiproliferativos e pró-apoptóticos nas células neoplásicas. Assim, o objetivo desta revisão sistemática foi verificar os efeitos antitumorais in vitro das estatinas nos carcinomas de cabeça e pescoço. Uma busca criteriosa foi realizada nas bases de dados Cochrane, MEDLINE, EMBASE, LILACS, e PUBMED, em 30 de junho de 2014 e atualizada em 09 de maio de 2015. Nenhuma restrição de idioma ou período foi utilizada. Para elaboração e planejamento desta revisão sistemática foi utilizada uma lista de verificação, o PRISMA checklist. Somente artigos que utilizaram as estatinas para tratamento de carcinoma de cabeça e pescoço (HNSCC) foram incluídos. Os critérios de exclusão consideraram: (1) Artigos que não verificaram associação entre as estatinas e este tipo de câncer; (2) revisões de literatura, cartas, relatos de casos clínicos, resumos, opiniões pessoais, resumos em conferências, cartas ao editor, teses e capítulos de livro; (3) estudos clínicos. Assim, foram selecionados somente estudos in vitro que discutiram os efeitos da estatinas no carcinoma de cabeça e pescoço, já que foi encontrado somente um estudo clínico após levantamento bibliográfico. Dos 153 artigos selecionados, 14 deles se enquadraram nos critérios de inclusão e exclusão. Para análise da qualidade de evidências dos estudos incluídos o método GRADE foi utilizado. Seis estudos foram classificados com qualidade de evidência moderada e os outros oito considerados de alta qualidade. Os estudos incluídos demonstraram que as estatinas têm um significante efeito em carcinomas de cabeça e pescoço e pode influenciar a viabilidade celular, ciclo celular, morte celular, além de regular os níveis de expressão das proteínas que participam das vias da carcinogênese. Estes achados indicam que as estatinas são medicamentos promissores se utilizadas sozinha ou associadas a outros quimioterápicos tradicionais. Mesmo com poucos estudos disponíveis, as evidências encontradas sugerem que as estatinas demonstram ser potenciais agentes coadjuvantes aos tratamentos tradicionais utilizados para o carcinoma de cabeça e pescoço. Porém pesquisas clínicas são necessárias para confirmar estes resultados in vitro. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Statins are commonly used against arteriosclerotic disease, but recent retrospective analyses have suggested that statins also prevent cancer. The aim of this systematic review is to verify the vitro anti-tumor effects of statins on head and neck squamous cell carcinoma. Studies were gathered by searching Cochrane, MEDLINE, EMBASE, LILACS, and PubMed, up until June, 30, 2014 an uploaded until May 9, 2015, with no time or language restrictions. The Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analysis (PRISMA) Checklist was followed in this systematic review We have excluded studies: 1) Articles with different target condition, such as studies that did not verify the association between statin and HNSCC; 2) Reviews of the literature, letters, personal opinions and conference abstracts; 3) Clinical Trial. Therefore, only in vitro studies that discuss the effect of statins on head and neck carcinoma were selected, because only one clinical Trial study was found. Of 153 identified papers, 14 studies met the inclusion criteria. The GRADE method was used to analyze the quality of evidence of the studies included. Six studies were classified as moderate and eight as high quality of evidence. These studies demonstrated that statins had a significant effect on head and neck squamous cell carcinoma cell lines and influenced cell viability, cell cycle, cell death, and protein expression levels involved in pathways of carcinogenesis, which corroborates with the potential in vitro anti-tumor effects. It provides highlights about the biological mechanisms of statins used alone or associated with traditional therapy for cancer. Though there are few studies on the topic, currently available evidence suggests that statins shows that preclinical experiments supports the potentiality of statin as an adjuvant agent in chemotherapy and/or radiotherapy approaches routinely used in the management of HNSCC and should undergo further clinical assessment.
69

Aspectos psicológicos do câncer : um estudo em pacientes laringectomizados

Helsinger, Frida Marcia Horovitz 25 November 1987 (has links)
Submitted by Estagiário SPT BMHS (spt@fgv.br) on 2012-05-18T13:35:13Z No. of bitstreams: 1 000054721 certo.pdf: 4172931 bytes, checksum: a6b90a18b6f780e4a5b88e89d90a0cab (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-18T13:35:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000054721 certo.pdf: 4172931 bytes, checksum: a6b90a18b6f780e4a5b88e89d90a0cab (MD5) Previous issue date: 1987 / We intend to examine the main questions raised by the relation between the cancer and its psychological expression, using the study which was done during e treatment and rehabilitation phase of patients suffering from cancer of the larynx and who underwent total laringectomy in the Instituto Nacional de Câncer (I.N.Ca.) -Rio de Janeiro. Our main instigator was the fact that several specific publications either emphasize a search for a psychological etiology of cancer or concentrate their effors on a search for improvement of methods which may help terminal patients. Even with the recent medical advances and the increase of survival time of cancer patients, we still notice a dearth of investigations which intend to study the possibilities of therapeutical planning-elated to the psychological treatment and readaptation of patients. We do not pretend to present a new theory about psychological help given to cancer patients, and specifically, to laringectomized ones. Our objective is to present empirically derived formulations which may help to instigate new studies and investigations from this point of view. / A proposta do presente trabalho é abordar as principais questões referentes às relações entre o câncer e sua expressão psicológica, através do trabalho realizado durante a fase de tratamento e reabilitação de pacientes do Instituto Nacional de Câncer -R.J. portadores de câncer de laringe, submetidos à laringectomia total. Tal objetivo deve-se a verificação de que diversas publicações específicas apontam para avaliações das relações citadas ou pela vertente da busca de etiologia psicológica do câncer, ou pela tentativa da formulação de métodos para assistência de pacientes terminais e que mesmo com o avanço da medicina, com o aumento do tempo de vida de seus portadores, ainda constata-se a escassez de investigações no campo da psicologia que -incidam sobre as possibilidades de planejamento terapêutico que visem o problema do tratamento e da readaptação dos pacientes às suas novas condições. Cabe, contudo, o esclarecimento de que esta dissertação não pretende atender à formulação de uma nova teoria sobre a assistência psicológica a pacientes com câncer, ou até a laringectomizados, mas tentará propor formulações, que colhidas através da verificação empírica, possam contribuir para a elaboração de novos estudos e pesquisas no interior desta perspectiva.
70

Conhecimento dos cirurgiões-dentistas sobre câncer bucal

Garbin, Daniela January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Odontologia / Made available in DSpace on 2012-10-23T14:14:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 248034.pdf: 1166438 bytes, checksum: 6ce3c8b7bd31938611b155de9ac6b5a6 (MD5) / O câncer vem ocupando papel cada vez mais importante no perfil de mortalidade do Brasil. Dentre os tipos mais prevalentes, o câncer bucal aparece em oitavo lugar, com incidência e mortalidade crescentes. Somando-se à mortalidade, a morbidade associada ao câncer bucal tem impacto importante na qualidade de vida dos pacientes, pois seu diagnóstico tem sido realizado tardiamente, reduzindo as possibilidades de cura e aumentando as mutilações decorrentes do tratamento. A participação do cirurgião-dentista nas ações de prevenção e diagnóstico precoce do câncer bucal é indispensável, mas para isso é necessário que os profissionais estejam devidamente capacitados. O presente estudo procurou realizar uma avaliação de conhecimento dos cirurgiões-dentistas da rede pública de saúde do município de Florianópolis - SC sobre câncer bucal, com o objetivo de traçar um perfil destes profissionais quanto ao seu conhecimento acerca das características clínicas da doença e dos fatores de risco associados, investigar suas atitudes, seu interesse e percepção de conhecimento sobre o tema. Foram enviados questionários a todos os profissionais atuantes nos Centros de Saúde do município, sendo que a taxa de resposta foi de 66,3%. Após avaliação dos resultados, percebe-se que há deficiências no conhecimento sobre câncer bucal por parte destes cirurgiões-dentistas, principalmente no que se refere ao local da boca onde a neoplasia ocorre com mais freqüência e aos fatores de risco para o aparecimento da doença. A grande maioria dos participantes afirma que realiza exame para identificar lesões pré-malignas, encaminhando casos suspeitos aos serviços de referência do município. Embora muitos tenham considerado regular seu conhecimento, reconhecendo suas limitações, o interesse por cursos de capacitação foi praticamente unânime entre os participantes. Como conclusão, o estudo demonstrou as deficiências no conhecimento dos profissionais, alertando para a necessidade de construção de um programa de prevenção ao câncer bucal no município que atente para a capacitação dos cirurgiões-dentistas, possibilitando uma melhor atuação destes profissionais na reversão do quadro epidemiológico da doença.

Page generated in 0.0771 seconds