• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 13
  • Tagged with
  • 14
  • 12
  • 7
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Construindo meninas com capricho: anÃlise dos modelos de feminilidades da marca Capricho na seÃÃo Instagram da leitora

SHAMARA PAIVA MENDES 00 June 2018 (has links)
nÃo hà / Esta pesquisa intenta analisar, sob o viÃs teÃrico frankfutiano, as construÃÃes de modelos de feminilidades produzidas e divulgadas atravÃs dos conteÃdos de Ca pricho, no site da Editora Abril, a partir da seÃÃo Instagram da Leitora, afim de entender de que modo se delineiam as [des][re]construÃÃes de feminilidades forjadas nesses espaÃos. Capricho, como marca, produzirà novas significaÃÃes e delinearà a imagem d e cumplicidade entre consumidora e marca, criando um processo de identificaÃÃo das consumidoras aos modelos de feminilidades que por ela sÃo apregoados. Foram analisadas 187 fotografias da seÃÃo Instagram da Leitora entre os meses de maio de 2015 e maio de 2016, alÃm da anÃlise dos prints da seÃÃo no site da editora Abril. Problematizou - se os posicionamentos e recortes feitos por Capricho a partir do material disponibilizado pelas jovens e utilizados na seÃÃo. A partir da anÃlise foi possÃvel identificar mo delos de feminilidades e corpo com um padrÃo acerca do que se esperava das publicaÃÃes das jovens. Inicialmente, optamos por agrupar as publicaÃÃes a partir dos tipos de fotografias em uma ficha de catalogaÃÃo que permitisse conhecer a quantidade de fotogr afias selecionadas por tipo, tais como selfies , fotos acompanhadas, fotos de paisagens, comidas, animais, etc. A partir da ficha de catalogaÃÃo foi possÃvel apontar quais imagens e textos da seÃÃo se adequavam aos objetivos da pesquisa. ApÃs a sistematizaà Ão e anÃlise do material, identificamos que os perfis das jovens sÃo catalogados e expostos a partir da prerrogativa de adequaÃÃo aos ideias da marca e que os critÃrios de publicaÃÃo fazem referÃncia direta a um corpo magro e bonito. Hà ainda a imagem de q ue Capricho legitima o empoderamento feminino e que os discursos, de boa parte desses perfis, diz de uma busca por aceitaÃÃo do prÃprio corpo e autonomia, todavia esse discurso de empoderamento se perde em meio aos ditames de ter um corpo âsaudÃvelâ e magr o, aceito pela jovem como o âÃâ, mas lapidado por exercÃcios, dietas e filtros que ressaltem as partes do corpo que nÃo precisariam de ajustes, como olhos, cabelos, pernas. As fragmentaÃÃes do corpo estÃo presentes em muitas fotografias selecionadas e most ram o corpo e as feminilidades marcados pelo servilismo e dependÃncia aos modelos ali propagados em um esforÃo constante para adequaÃÃo. Por fim, observamos, que apesar de haver uma tentativa de resistÃncia pelas jovens, os discursos e fotografias sÃo coop tados e utilizados para novos assujeitamentos.
2

SUJEITOS DE PAPEL: UM ESTUDO BAKHTINIANO ACERCA DA CONSTRUÇÃO DE SUBJETIVIDADE PROMOVIDA PELA REVISTA CAPRICHO.

FERREIRA, O. S. M. 06 July 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:09:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_8961_DISSERTAÇÃO OLIVALDO20151015-82311.pdf: 6233677 bytes, checksum: 121d66c66b315380454ebda0a031c1c9 (MD5) Previous issue date: 2015-07-06 / RESUMO Esta dissertação utiliza textos publicados na revista Capricho para discutir, sob a perspectiva dialógica bakhtiniana, o papel da mídia impressa na constituição da subjetividade de seus leitores. Resgata, por meio de pesquisa bibliográfica, o surgimento, desenvolvimento e os principais aspectos da chamada imprensa feminina, com foco naquela produzida no Brasil. Neste contexto, a revista Capricho é situada e analisada desde a criação até as edições do ano de 2013. Como resultado percebe-se que o leitor presumido da publicação é o adolescente (13 a 17 anos) heterossexual do gênero feminino, familiarizado aos gêneros discursivos virtuais; interessado por tendências em moda, estética (corporal, maquiagens, unhas, cabelos), cultura pop (música, livros, filmes, séries e celebridades em geral) brasileira, norte-americana e inglesa, principalmente; iniciante (ou já iniciado) na vida amorosa e sexual; pertencente às classes A e B. A análise da seção Terapia de Grupo nos levou à identificação de um gênero discursivo originado de uma reelaboração feita pela Revista das atividades realizadas nos encontros terapêuticos popularmente conhecidos como terapia de grupo, e demonstrou que o espaço criado na (e pela) Revista promove a interação social entre as participantes com a veiculação de um discurso alinhado à ideologia oficial do capitalismo que se manifesta na produção de textos objetivando a autoajuda e também numa visão consumista, classista, individualista e liberal de mundo e de sujeito. Palavras-chave: Linguagem. Sujeito. Mídia. Revista Capricho. Terapia de Grupo.
3

A contracepção nas páginas da Capricho - os discursos concernentes à contracepção reverberados pela revista Capricho no ano de 1994

Anderson Nereu Galcowski 16 October 2011 (has links)
A presente pesquisa objetiva reconhecer os discursos concernentes às práticas contraceptivas veiculados pela Revista Capricho no ano de 1994. Para tal, foi organizado um conjunto de fontes compostas por seis volumes do periódico referentes aos meses de janeiro, março, maio, setembro, outubro e dezembro do mesmo ano. Compreende uma descrição do percurso histórico da contracepção no Brasil a partir da década de 1960 até meados dos anos de 1990, inclusive através da perspectiva que engloba as políticas públicas sobre a utilização dos anticoncepcionais hormonais e a camisinha. Busca-se analisar alguns conceitos correlatos à pedagogia cultural e suas áreas afins além de investigar as possíveis formas pelas quais os discursos propagados pela mídia interferem no processo de formação das subjetividades. / This research aims to recognize the discourse concerning contraceptive practices conveyed by Capricho magazine in 1994. To that end, was organized a set of sources consisting of six volumes of the magazine of the months: January, March, May, September, October, December in the same year. It includes a description of the historical path of contraception in Brazil since the sixties to the mid-nineties, including from the perspective that encompasses public policies about the use of hormonal contraceptives and condoms. It seeks to analyzes some concepts related to cultural pedagogy and its related areas and to investigate the possible ways in which discourses propagated by the media interfere in the formation of subjectivities.
4

Adolescências "caprichadas": modos de produção da sexualidade feminina adolescente na seção sexo

Silva, Benícia Oliveira da January 2011 (has links)
Dissertação(mestrado)-Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Instituto de Educação, 2011. / Submitted by EDUARDO PENA (edupenaa@hotmail.com) on 2012-10-25T02:52:30Z No. of bitstreams: 1 ADOLESCÊNCIAS ―CAPRICHADAS‖.pdf: 10033613 bytes, checksum: 2719fd2cfc0519928d9073062b85be10 (MD5) / Approved for entry into archive by Gabriela Silva da Rosa(gabrielasilvadarosa@gmail.com) on 2013-07-01T22:56:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ADOLESCÊNCIAS ―CAPRICHADAS‖.pdf: 10033613 bytes, checksum: 2719fd2cfc0519928d9073062b85be10 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-01T22:56:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ADOLESCÊNCIAS ―CAPRICHADAS‖.pdf: 10033613 bytes, checksum: 2719fd2cfc0519928d9073062b85be10 (MD5) Previous issue date: 2011 / Esta dissertação tem como objetivo investigar como os discursos presente na seção Sexo da revista CAPRICHO interpelam a adolescência feminina, em especial suas sexualidades. Este estudo está fundamentado no campo teórico dos Estudos Culturais em suas vertentes pós-estruturalistas. Além de algumas proposições de Michel Foucault também compuseram o referencial teórico desta pesquisa os/as autores/as Rosa Maria Bueno Fischer, Tomaz Tadeu da Silva, Stuart Hall, Raquel Pereira Quadrado, Paula Regina Costa Ribeiro, Guacira Lopes Louro, Alfredo Veiga-Neto. Por esse viés, entendemos as sexualidades e as adolescências não somente constituídas por determinismos biológicas e cientificistas, mas também como construções sócio-históricas e culturais engendradas em relações de poder-saber e por tudo que se diz ou se representa a respeito destas características. Em nossa contemporaneidade, a expansão de múltiplas formas de produção e divulgação de discursos acerca das questões de sexualidade e adolescência ocorrem devido ao fato de que as instituições tidas como tradicionais – escola, família, igreja – estão dividindo ou disputando espaço com outras instâncias que vêm a contribuir nos processos de subjetivação dos sujeitos. Nesse sentido, dentre essas instâncias que vêm atuando nesses processos de constituição, esta dissertação tem como corpus de análise a mídia impressa, em especial, a seção Sexo da revista CAPRICHO, analisada no período de agosto de 2008 a agosto de 2009. A análise da rede de discursos presentes nesta pedagogia cultural possibilitou perceber o quanto essa seção vem atuando como um espaço em que as meninas adolescentes confessam sobre as formas de viver suas sexualidades e o quanto os saberes e os conhecimentos acerca desta temática estão atribuídos às ciências e às vozes às quais foram conferidas a autoridade e a capacidade de falar a respeito de tal assunto. Os/as profissionais convocados/as a falar sobre sexualidade na seção Sexo ocupam as áreas da Psicologia, da Ginecologia, da Sexologia e da Terapia sexual. Suas contribuições nas seções Sexo são no sentido de ―"consultoria" e orientação, pois a partir dos posicionamentos, comportamentos, prazeres, medos e desejos das leitoras, os especialistas do sexo apontam, analisam, avaliam e normalizam a sexualidade das adolescentes. Dessa forma, em busca de ―"oficializar" seus discursos, a seção Sexo os produz e os divulga respaldados à ciência, promovendo veracidade e confiabilidade ao seu conteúdo. Assim, ao constituir-se como uma pedagogia cultural que produz e divulga significados acerca da sexualidade adolescente feminina a partir de discursos científicos, a revista CAPRICHO através da seção Sexo institui ―"verdades" sobre os modos que as adolescentes devem viver suas sexualidades. / This paper has the objective of investigating how the discourse presented at the section Sexo at CAPRICHO magazine examines the female adolescence, especially their sexuality. This study is theoretically grounded in the field of Cultural Studies and its post-structuralist derivation. Besides some Michel Foucault's proposals, the theoretical references that composed this research also included the authors Rosa Maria Bueno Fischer, Tomaz Tadeu da Silva, Stuart Hall, Raquel Pereira Quadrado, Paula Regina Costa Ribeiro, Guacira Lopes Louro, Alfredo Veiga-Neto. Following this line of thought, we understand the sexualities and adolescences not only constituted by biological or scientific determinism, but also as a sociohistorical and cultural construction produced in power-knowledge relations and for everything that is said and that is represented about these characteristics. In our contemporaneity, the expansion, production and spread of multiple discourses forms on sexuality and adolescence issues happen due to the fact that the institutions considered as the traditional ones - school, family, church - are sharing or disputing space with other instances that contribute with the processes of subjectification of the subjects. In this sense, among the instances that have been acting in these constitution processes, this paper has as its analysis corpus the printed media, especially the section Sexo from CAPRICHO magazine, analyzed from August 2008 to August 2009. The analysis on the discourse network presented at this cultural pedagogy made it possible to realize how much this section has been acting as a space where teenage girls confess their ways of living their sexualities and how much the knowledge on this theme is attributed to the sciences and to the voices to whom authority and capacity to talk about this issue were granted. The professionals summoned to talk about sexuality at the section Sexo belong to the areas of Psychology, Gynecology, Sexology and Sexual therapy. Their contributions to the section Sexo are a kind of ―"consulting" or guidance, once they are based on the readers' positions, behaviors, pleasures, fears and desires that the sex experts point out, analyze, evaluate and rule the adolescents' sexuality. This way, trying to have ―"official" discourses, the section Sexo produces and spreads them and it has the scientific support, promoting trustworthy and reliability to its content. Thus, CAPRICHO magazine constitutes itself in a cultural pedagogy that produces and spreads meanings on female adolescent sexuality based on scientific discourses, the magazine, through its section Sexo institutes ―"truths" on the ways that adolescents must live their sexualities.
5

Transgressão fashion: rebeldia improfanável em Capricho

Barros, Camila Bezerra Furtado 12 April 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-26T18:10:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Camila Bezerra Furtado Barros.pdf: 2914261 bytes, checksum: 18a707897b447c310d9d0774daa36923 (MD5) Previous issue date: 2011-04-12 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / This research attempts to understand the thematization of rebellion, taking as reference the discourses (verbal and visual) presented in Capricho magazine. The hypothesis adopted here is that this rebellion, paradoxically converted into a marketing argument, is apparent. The magazine writer produces a figure of rebellion, adding passionate elements to the narrative program with which the reader identifies. To carry out this analysis, we establish as the corpus the magazine Capricho published in 1984, 1992, 2002 and 2008. Our objective is to analyze the political events of a contestatory nature that marked these years, which were in some way thematized in the magazine, and how they were incorporated into its verbal and visual discourse in the form of arguments for consumption. We investigate this question in two methodological moments, or steps. The first step of the research consists of analyzing the visual and verbal narratives of the magazine, examining the elements that constitute the symbolic construction of rebellion proposed by the periodical, based on a discourse analysis aimed at understanding how such figurativization is built within the social marketing framework and interestedly inserted into the communication contract, as expounded by Charaudeau (2006). In the second step, in light of the discourse theory of Ernesto Laclau (1996, 2002), we will evaluate the construction of the meaning of rebellion within an ideological totalizing discourse that justifies marketing practices. Starting from the theoretical reflections of Bauman (1998, 2001, 2007, 2008), Baudrillard (1991, 2005), Debord (1998) and Fontenelle (2004, 2009), we will discuss the figure of rebellion thematized in this publication as appearance / A pesquisa visa compreender a tematização da rebeldia, tomando como referencial os discursos (verbal e visual) presentes na revista Capricho. Adotou-se como hipótese que essa rebeldia, paradoxalmente convertida em argumento mercadológico, é aparente. O enunciador da revista produz uma figura de rebeldia, agregando elementos passionais ao programa narrativo com o qual o enunciatário se identifica. Para efetivar a análise, estabelecemos como corpus a revista Capricho nos anos de 1984, 1992, 2002 e 2008. Nosso objetivo é analisar se os acontecimentos políticos, de caráter contestatório que marcaram esses anos, de algum modo foram tematizados na publicação e como foram incorporados ao texto verbal e visual da revista na forma de argumento ao consumo. Para investigar a questão, percorreremos dois momentos metodológicos: o primeiro passo da pesquisa consiste na análise das narrativas visuais e verbais da revista, buscando a investigação dos elementos que constituem a construção simbólica da rebeldia, proposta pelo periódico, a partir da análise discursiva, a fim de entender como tal figurativização é construída nos moldes sociodiscursivos mercadológicos e interessadamente inserida no contrato comunicacional, conforme coloca Charaudeau (2006). Num segundo momento, à luz da teoria do discurso de Ernesto Laclau (1996, 2002), avaliaremos a construção do sentido de rebeldia dentro de um discurso ideológico totalizante, que justifica práticas mercadológicas. A partir das reflexões teóricas de Bauman (1998, 2001, 2007, 2008), Baudrillard (1991, 2005), Debord (1998) e Fontenelle (2004, 2009) discutiremos a figura da rebeldia tematizada nessa publicação, como aparência
6

Interação entre leitora adolescente e a temática do corpo na revista Capricho: uma perspectiva discursiva crítica

Pratts, Susi Mari January 2009 (has links)
This research study aimed to investigate the interaction between female teenage readers and the teenage magazine Capricho, especifically in what concerns the imposition of a slim body model. The research corpus was composed of 12 interpretative texts written by female teenagers after reading an article from Capricho about the theme thinness and health. The theoretical background for this work comes from critical discourse analysis (CDA) and systemic functional linguistics (SFL). In late modernity, the body considered ‘beautiful’ and attractive is extremelly slim, almost anorexic, a body design that has become the goal of countless women, young and old alike. The magazine Capricho makes use of both visual resources (photos of very slim young girls) and short verbal texts to describe the slim body as the ideal of female beauty. The results of this research indicate that both the article from Capricho and the interpretative texts produced by the teenage participants reproduce and reinfoce the notion that women ‘need’ to discipline their bodies and to keep them slim and ‘fit’ / Submitted by Jovina Laurentino Raimundo (jovina.raimundo@unisul.br) on 2018-01-17T16:29:22Z No. of bitstreams: 1 102498_Susi.pdf: 3352874 bytes, checksum: 23438e635e6ae75d8f05cbe3ca9fb16b (MD5) / Approved for entry into archive by Gheovana Figueiredo (gheovana.figueiredo@unisul.br) on 2018-01-17T17:09:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 102498_Susi.pdf: 3352874 bytes, checksum: 23438e635e6ae75d8f05cbe3ca9fb16b (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-17T17:09:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 102498_Susi.pdf: 3352874 bytes, checksum: 23438e635e6ae75d8f05cbe3ca9fb16b (MD5) Previous issue date: 2009 / Esta pesquisa teve como objetivo analisar a interação entre as leitoras adolescentes e a revista Capricho, mais especificamente com relação ao imperativo de corpo magro presente no discurso deste veículo midiático. Para a análise, foram utilizados doze textos interpretativos produzidos pelas adolescentes após a leitura de um artigo da revista Capricho. O suporte teórico-metodológico utilizado nesta pesquisa tem como base a análise crítica do discurso (ACD) e a lingüística sistêmico-funcional (LSF). Na contemporaneidade, o corpo considerado ‘belo’ é de uma magreza extrema, próximo ao anoréxico, e esse modelo se tornou objeto de desejo para quase todas as mulheres, tanto jovens quanto adultas. A Capricho utiliza tanto recursos visuais (fotos de meninas magras) quanto textos verbais para descrever o corpo magro como modelo ideal de beleza feminina. A análise indica que tanto o texto midiático como os textos produzidos pelas adolescentes reproduzem e reforçam a ‘necessidade’ de disciplinar o corpo e torná-lo e/ou mantê-lo magro
7

Novas práticas de comunicação e consumo: os processos transmidiáticos da Capricho no plano da recepção e interatividade das adolescentes / New communication practices and consumption: the processes of transmidiáticos Capricho in terms of reception and interactivity of adolescents

Maia, Roberta Scorcio 30 March 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2016-10-13T14:10:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Roberta Scorcio Tafner.pdf: 5949451 bytes, checksum: 155e49aa415b35a37c59e24d2374e025 (MD5) Previous issue date: 2012-03-30 / Several phenomena involves interactivity and transmidiality processes in face of sociocultural context , articulated by media consumption, particularly in light of the teenagers culture´s generational transit, through those involving communication and consumption, both integral parts of the new contemporary communication's dynamics. In this study, we tried to deepen the discussion of those issues through reception angle, analyzing them from the point of view of the teenage girls universe, as active and prosumer receptors that, through the central role played by the cross-platform media and supported by new technologies, propose new forms of participations, conferred by borderline communication actions and by been interwoven to the new communication s practices within the production strategies of Capricho magazine, can be understood from the virtual the online platform, to presential, represented by NoCapricho event. Those phenomena consolidate the productive power of the intersection of reception and production s axes, which coupled with mediatic culture, come to define the new communication and consumption practices. / Diversos fenômenos envolvem os processos de interatividade e transmidialidade diante do contexto sociocultural articulado pelo consumo midiático, principalmente à luz do trânsito geracional da cultura adolescente, por meio daqueles envolvendo comunicação e consumo, partes integrantes das novas dinâmicas comunicacionais contemporâneas. Neste estudo, procuramos aprofundar a reflexão dessas questões sob o plano de recepção, analisando-as a partir do universo de meninas adolescentes, como receptoras ativas e prossumidoras que, através do papel central dos meios de comunicação multiplataformas, apoiados pelas novas tecnologias, propõem novas formas de participação conferidas pelas ações comunicacionais de fronteira e entrelaçadas às novas práticas de comunicação, no âmbito das estratégias de produção da revista Capricho, podem ser compreendidas do virtual - na plataforma on-line, ao presencial, representado pelo evento NoCapricho. Estes fenômenos consolidam o cruzamento da força produtiva dos eixos da recepção e da produção que, aliados à cultura midiática, definem as novas práticas de comunicação e consumo.
8

Sexo e adolescência no início do novo milênio: discursos sobre sexualidade na revista Capricho / Sex and adolescence in the beginning of the new millennium: discourses about sexuality in Capricho magazine

Sergio Antonio da Silva Ribeiro 27 March 2006 (has links)
Este trabalho tem por objetivo explorar e descrever as estratégias discursivas adotadas pela mídia quanto ao tema sexualidade na adolescência. Apresentamos nas considerações iniciais a nossa motivação para a presente pesquisa, que se deu a partir de um comercial estadunidense sobre o uso de camisinha como método anticoncepcional e preventivo contra doenças sexualmente transmissíveis, exibido em aulas de conversação em inglês para alunos do Ensino Médio de dois colégios particulares tradicionais do Rio de Janeiro. Diante do grande interesse dos alunos adolescentes sobre o tema sexualidade, verificamos, através de questionários enviados a eles, ser a seção Sexo da revista CAPRICHO a mais lida por esses jovens. Logo depois, tecemos breves considerações sobre a concepção de adolescente, por ser este a quem a mídia se dirige. Para isso, centramos nossa atenção nos seguintes pontos que tangem ao adolescente: a sexualidade na pós-modernidade, o campo da linguagem e a alteridade. Em seguida, no capítulo metodológico, descrevemos o percurso da pesquisa, que inclui os seguintes pontos: escolha da revista CAPRICHO, de periodicidade quinzenal, publicada pela Editora Abril, como fonte dos discursos sobre o debate em questão; caracterização geral dessa revista; processo de seleção dos artigos relevantes ao objetivo mencionado; definição da categoria de análise; delimitação do corpus propriamente dito. Nossa perspectiva teórica é a da Análise do Discurso de base enunciativa, com ênfase nos conceitos de dialogismo, de alteridade discursiva, de gêneros do discurso e de discurso relatado, segundo definição de Maingueneau e Authier-Revuz, marca lingüística relevante no discurso do veículo midiático em questão. Quanto à análise que conduzimos, verificamos que as estratégias discursivas adotadas pela revista CAPRICHO na seção Sexo ao longo do nosso corpus sofrem uma descontinuidade. A revista, que antes dava a voz a especialistas que legitimam saberes para o adolescente leitor, passa agora a trazer as vozes de fontes outras, que não a dos especialistas que antes respaldavam a seção. Como resultado, foi possível refletir sobre posições enunciativas identificadas nesse corpus específico, que a mídia tem insistido em educar os adolescentes, quanto ao que fazer com seus corpos, com sua sexualidade. Observamos, contudo, que o fato de ser informativo, não significa que seja adequado, científico, saudável. / This dissertation aims at exploring as well as describing the strategies adopted by the media concerning the theme sexuality in adolescence found in the section Sexo in the CAPRICHO magazine. Our main concern is to identify the key to the linguistic aspects found in its corpus. Furthermore, we shall observe the Reported Speech as a linguistic category mostly found in the section Sexo in CAPRICHO magazine. In analyzing the utterances in Reported Speech, we seek to identify the voices that lie behind the discourse from the specialists and other sources.
9

ADOLESCENTES EM EDITORIAIS DA REVISTA CAPRICHO: LINGUAGEM, CONTEXTO E REPRESENTAÇÃO / ADOLESCENTS IN EDITORIALS OF CAPRICHO MAGAZINE: LANGUAGE, CONTEXT AND REPRESENTATION

Olmos, Olívia Martins de Quadros 16 June 2011 (has links)
This paper aims to analyze how language is used to show representations on adolescence in editorials of Capricho magazine. To do so, we use pressupositions of Systemic-Functional Linguistics concerning interpersonal and ideational (experiential) metafunctions. The corpus is composed of 24 editorials published in Capricho from January to December, 2009. Having as basis aspects of the Mood and transitivity systems (HALLIDAY & MATTHIESSEN, 2004) and of Appraisal Theory (MARTIN & WHITE, 2005), the steps followed are: a) identification of the recurrent terms adolescent and adolescence as well as their referrers (pronouns, synonyms, ellipses); b) identification of speech functions and clause moods; c) quantification and analysis of the occurrence of appraisal in terms of attitude (affect, judgment and appreciation) and gradation (force and focus) in clauses with reference to adolescents; d) description and analysis of the components of transitivity in clauses that constitute the text in order to verify the lexico-grammatical roles developed by the adolescent girls. In relation to the interpersonal resources, the analysis showed the use of explicit commands and of interpersonal metaphors as interaction resources with the female readers. The most frequent appraisal categories in the corpus are judgment, denoting relationship evaluation (dating, family and friendship), leisure (vacations and parties) and study (school, courses and exchange study), characterizing contexts in which the adolescent girls are socially inserted. From the analysis of the resources of transitivity, we find that the adolescent is represented, in the texts analyzed, as a girl who dates who walks, who loves the holidays, going to shows and events that relate to family and friends. / O objetivo geral deste trabalho é analisar como a linguagem é usada para manifestar representações sobre a adolescência em editoriais da revista Capricho. Para isso, são utilizados pressupostos teóricos da Linguística Sistêmico-Funcional, com relação às metafunções interpessoal e ideacional (experiencial) da linguagem. O corpus se constitui de 24 editoriais publicados na Capricho no período de janeiro a dezembro de 2009. Tendo por base aspectos do sistema de MODO e de transitividade (Halliday & Matthiessen, 2004) e da teoria da Avaliatividade (Martin & White, 2005), os passos da análise consistiram em: a) identificação de recorrências dos termos adolescente e adolescência e de seus referenciadores (pronomes, sinônimos, elipse); b) identificação das funções de fala e modos oracionais; c) quantificação e análise de ocorrências de avaliatividade em termos de atitude (afeto, julgamento e apreciação) e gradação (força e foco) nas orações em que há referências a adolescente; d) descrição e análise dos componentes da transitividade das orações que constituem o texto para verificação dos papéis léxico-gramaticais desempenhados pelas adolescentes. Com relação aos recursos interpessoais, a análise mostrou o uso de comandos explícitos e de metáforas interpessoais como recursos de interação com as leitoras. As marcas de avaliatividade mais frequentes no corpus são de julgamento, denotando avaliações de comportamentos das adolescentes relacionados a aparência física (beleza), relacionamentos (namoro, família e amizade), lazer (férias e festas) e estudo (escola, cursinho e intercâmbio), configurando contextos em que as adolescentes aparecem inseridas socialmente. A partir da análise dos recursos de transitividade, verificamos que a adolescente é representada, nos textos analisados, como uma garota que namora, que passeia, que gosta muito de férias, que vai a shows e eventos, que se relaciona com familiares e amigos.
10

Sexo e adolescência no início do novo milênio: discursos sobre sexualidade na revista Capricho / Sex and adolescence in the beginning of the new millennium: discourses about sexuality in Capricho magazine

Sergio Antonio da Silva Ribeiro 27 March 2006 (has links)
Este trabalho tem por objetivo explorar e descrever as estratégias discursivas adotadas pela mídia quanto ao tema sexualidade na adolescência. Apresentamos nas considerações iniciais a nossa motivação para a presente pesquisa, que se deu a partir de um comercial estadunidense sobre o uso de camisinha como método anticoncepcional e preventivo contra doenças sexualmente transmissíveis, exibido em aulas de conversação em inglês para alunos do Ensino Médio de dois colégios particulares tradicionais do Rio de Janeiro. Diante do grande interesse dos alunos adolescentes sobre o tema sexualidade, verificamos, através de questionários enviados a eles, ser a seção Sexo da revista CAPRICHO a mais lida por esses jovens. Logo depois, tecemos breves considerações sobre a concepção de adolescente, por ser este a quem a mídia se dirige. Para isso, centramos nossa atenção nos seguintes pontos que tangem ao adolescente: a sexualidade na pós-modernidade, o campo da linguagem e a alteridade. Em seguida, no capítulo metodológico, descrevemos o percurso da pesquisa, que inclui os seguintes pontos: escolha da revista CAPRICHO, de periodicidade quinzenal, publicada pela Editora Abril, como fonte dos discursos sobre o debate em questão; caracterização geral dessa revista; processo de seleção dos artigos relevantes ao objetivo mencionado; definição da categoria de análise; delimitação do corpus propriamente dito. Nossa perspectiva teórica é a da Análise do Discurso de base enunciativa, com ênfase nos conceitos de dialogismo, de alteridade discursiva, de gêneros do discurso e de discurso relatado, segundo definição de Maingueneau e Authier-Revuz, marca lingüística relevante no discurso do veículo midiático em questão. Quanto à análise que conduzimos, verificamos que as estratégias discursivas adotadas pela revista CAPRICHO na seção Sexo ao longo do nosso corpus sofrem uma descontinuidade. A revista, que antes dava a voz a especialistas que legitimam saberes para o adolescente leitor, passa agora a trazer as vozes de fontes outras, que não a dos especialistas que antes respaldavam a seção. Como resultado, foi possível refletir sobre posições enunciativas identificadas nesse corpus específico, que a mídia tem insistido em educar os adolescentes, quanto ao que fazer com seus corpos, com sua sexualidade. Observamos, contudo, que o fato de ser informativo, não significa que seja adequado, científico, saudável. / This dissertation aims at exploring as well as describing the strategies adopted by the media concerning the theme sexuality in adolescence found in the section Sexo in the CAPRICHO magazine. Our main concern is to identify the key to the linguistic aspects found in its corpus. Furthermore, we shall observe the Reported Speech as a linguistic category mostly found in the section Sexo in CAPRICHO magazine. In analyzing the utterances in Reported Speech, we seek to identify the voices that lie behind the discourse from the specialists and other sources.

Page generated in 0.0428 seconds