• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 124
  • 2
  • Tagged with
  • 130
  • 130
  • 130
  • 110
  • 90
  • 80
  • 39
  • 35
  • 32
  • 30
  • 29
  • 25
  • 25
  • 21
  • 21
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Integralidade na gestão em saúde? : a voz dos gestores / Integrality in health management? The voice of the managers

Silva, Bela Feiman Sapiertein 30 May 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-23T13:47:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bela Feiman Sapiertein Silva.pdf: 2182656 bytes, checksum: 3835b8e275faa1add2c8c48da0f9b110 (MD5) Previous issue date: 2012-05-30 / A integralidade constitui-se em um princípio e uma diretriz para a organização do SUS, sua efetivação perpassa por uma série de tensões e conflitos que envolvem a compreensão da saúde enquanto direito e a lógica do mercado vigente que afeta o campo da gestão em saúde. A gestão municipal de saúde por um lado é desafiada a mediar interesses e por outro, confere a potência de produzir iniciativas singulares que contribuam para efetivação da integralidade. O estudo pretende conhecer as representações sociais dos gestores que atuam na microrregião São Mateus sobre a integralidade, a partir de suas práticas de gestão. Entrevistou-se 16 gestores municipais a partir de um questionário semiestruturado, com apresentação de temas sobre seu cotidiano de trabalho. Utiliza a abordagem metodológica da pesquisa qualiquantitativa. A análise dos dados foi por meio da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), baseado na teoria das representações sociais e teve como recurso de apoio, o programa Qualiquantisoft. Os discursos-sínteses descrevem as ideias centrais e as ancoragens identificadas nas entrevistas; estes apresentaram-se em três com sentidos interligados e indissociáveis: a) integralidade relacionada às práticas e à organização dos serviços; b) integralidade relacionada à forma de perceber os indivíduos e, c) integralidade relacionada ao envolvimento do trabalhador e usuário. Verifica-se que há um entendimento da necessidade de integração entre setores, profissionais, diversas secretarias e entes federados. Existe o reconhecimento de que os problemas da saúde extrapolam o conceito biomédico e, as práticas de escuta, acolhimento e vínculo e, o envolvimento dos usuários e trabalhadores contribui para efetivação da integralidade. Porém, mesmo diante de iniciativas pontuais, se observam contradições que indicam a manutenção do modelo médico assistencial. Aponta as dificuldades e limitações, relacionadas com fatores macro-organizacionais e questões no âmbito municipal. Estes gestores por meio de certo conformismo e sentimento de impotência reproduzem em suas práticas as tensões e contradições do contexto atual mostrando fragilidade na implementação da integralidade nas práticas de gestão. / The Integrality is a principle and a guideline for the organizaton of the Brazil s Unified Health System (SUS). Its effectiveness goes through a lot of tensions and conflicts involving the understanding of health as a right and the economic logic that affects the health management issue. The municipal health management is challenged to mediate these interests and to produce singular initiatives which contribute to the effective Integrality. This study aims to analyze the Integrality s social representations of Health Managers who work in São Mateus s microregion, focusing in the management practices. We interviewed 16 city health managers using a semistructured questionnaire, presenting topics on their daily work. The methodological approach is the qualitative and quantitative research. The data analysis was realized by Collective Subject Discourse technique, which is based on the social representations theory, and we used Qualiquantisoft software as support. The results are presented from the synthesis-speeches which describe the central ideas and anchors identified in the interviews; these speeches were presented in three interrelated and inseparable directions: a) integrality related to the practices and the work organization; b) integrality related to how the individual is perceived, and c) integrality related to the involvement between worker and user. There is an understanding of the need of integration between health sectors, professionals, State departments and federal instances. There is recognition that health problems go beyond the biomedical concept and that the listening and acceptance practices, and also the involvement between workers and users contribute to Integrality s success. However, even with specific initiatives, we have observed many contradictions which indicate the persistence of assistantial medical model. We point out the difficulties and limitations related to macro-organizational factors and municipal issues. The health managers work with a certain resignation and powerlessness, so their practices reproduce the current context tensions and contradictions, showing weakness in the implementation of integrality on management practices
22

A Interdisciplinaridade e a integralidade na formação em Odontologia no contexto do SUS: um estudo sobre as contribuições teórico-conceituais acerca dos cenários de práticas de ensino em Odontologia / The interdisciplinary and integral care training in dentistry in the context of the SUS: a study on the theoretical and conceptual scenarios about the teaching practices in dentistry

Alexandre Alves Modesto 30 March 2010 (has links)
Foi objetivo deste trabalho analisar as mudanças na produção teórica sobre as práticas de ensino-aprendizagem na formação em odontologia. A partir dos conceitos de interdisciplinaridade e integralidade, buscou-se analisar de que forma os processos formativos em odontologia tem apresentado transformações nos cenários de prática de ensino nesta graduação no contexto do SUS. A metodologia utilizada foi a de pesquisa qualitativa teórica de caráter exploratório. Os procedimentos de abordagem que foram seguidos na realização desta pesquisa visaram produzir informações e conhecimentos sobre as transformações nas práticas de ensino acadêmico do cirurgião-dentista em tempos de SUS e de Diretrizes Curriculares para os Cursos de Odontologia (MEC). Foram utilizados como fontes de pesquisa, o Portal de Teses da CAPES, para artigos e periódicos, as redes mundiais de pesquisas científicas: scielo e bvs e como fontes alternativas, os sites especializados em buscas pela Internet: google e yahoo, porém somente foram levados em consideração as produções devidamente indexadas e/ou publicadas em revistas de reconhecimento científico comprovado. Há também a complementação da pesquisa bibliográfica em livros da área. Quanto a formação interdisciplinar, o que se constata é uma frágil consolidação de experiências isoladas, não havendo ainda uma uniformização de ações neste sentido, seja por parte das instituições de ensino, seja por parte do governo. Mesmo com as DCN trazendo em seu bojo, a necessidade de uma formação interdisciplinar, não há ainda em prática uma política didático-pedagógica e nem metodologias garantidoras de uma formação pautada por conhecimentos que ultrapassem seus próprios limites, abrindo-se para outras áreas e formas de conhecimento, que procurem integração, diálogo, complementação para melhor compreenderem o que está acontecendo no mundo e com a humanidade e seus fenômenos com múltipla causalidade. / The aim of this study was to analyse the changes in theoretical work practices of teaching and learning of dentistry. The concepts of interdisciplinarity and integrality/comprehensive health care, we sought to analyze how the formative processes in dentistry has made changes to practical education in graduate within the SUS. The methodology used was a qualitative exploratory theoretical. The approach procedures were followed in this research aimed to produce information and knowledge about the changes in teaching practices of academic dentists in times of SUS and Curriculum Guidelines for the Courses of Dentistry (MEC). Were used as source material, the Portal CAPES thesis, articles and journals from the global networks of scientific research: scielo and bvs, and alternative sources, sites specialized in Internet search: google and yahoo, but were only taken account the production properly indexed and / or published in journals of scientific recognition proved. There is also the completion of research on books in the area. The interdisciplinary learning process, which turns out is a consolidation of fragile individual experiments, there was still no uniformity of actions in this direction, either by education institutions, either by the government. Even with the DCN bringing in its content, the need for interdisciplinary learning process, there is still a common practice in teaching and pedagogical methods and not guarantors of training based on knowledge beyond their own boundaries, opening up to other areas and ways knowledge, seeking integration, dialogue and complementary to better understand what is happening in the world and with humanity and its phenomena with multiple causality.
23

A integralidade no ensino da atenção à saúde da criança em cursos de Graduação em Enfermagem / Comprehensive in teaching child health care in undergraduate nursing

Emília Gallindo Cursino 02 March 2012 (has links)
Introdução: A formação do profissional constitui um desafio para a transformação das práticas e melhoria da saúde da população. A integralidade da atenção é um princípio norteador da política de saúde. Cabe, pois, perguntar se o ensino da saúde da criança, no âmbito da graduação, contempla a integralidade na formação dos enfermeiros. Objetivo: Analisar se o ensino da saúde da criança incorpora o princípio da integralidade na formação de enfermeiros. Método: estudo qualitativo com 16 docentes envolvidos com o ensino da saúde da criança, na atenção básica e hospitalar, em oito instituições públicas de graduação em enfermagem, localizadas em quatro estados das regiões sudeste e nordeste do Brasil. A captação dos dados deu-se por meio de consulta aos planos pedagógicos e análise dos planos de ensino e entrevistas semi-estruturadas. As entrevistas gravadas e transcritas foram submetidas à análise de conteúdo do tipo temática. As categorias analíticas tiveram suporte no referencial teórico da integralidade. Resultados: A análise das entrevistas levou à construção de seis categorias. Quatro evidenciaram aproximações do ensino com o princípio da integralidade: a gente trabalha a questão das políticas públicas; atuação na atenção básica, na área hospitalar e em outros contextos de cuidado; referência e contra-referência ainda é uma meta, mas o aluno tem que saber que existe; criança inserida na família e no contexto histórico, social e epidemiológico. E duas referiram-se a distanciamento do ensino com o princípio da integralidade na atenção à saúde da criança: primeiro vem o conteúdo teórico e depois vem a prática; a gente tem que integrar. O ensino da saúde da criança contempla os determinantes da saúde e dos riscos de adoecimento, as ações de promoção e prevenção da saúde e a atenção à criança doente, de forma que nos aspectos concernentes aos conteúdos teóricos, contempla-se princípio da integralidade. Apreendeu-se dos depoimentos que o ensino se insere em campos de prática diversificados que incluem atenção básica, hospitalar, creches e visita domiciliar que permite ao aluno cuidar da criança sadia e doente nos diferentes níveis de complexidade e em diferentes contextos, o que além de aproximá-lo da realidade da criança e sua família, favorece a incorporação do princípio da integralidade. Entretanto, constatou-se que o ensino teórico e o ensino prático são fragmentados e pontuais, praticamente sem integração entre as diversas disciplinas, o que compromete a apreensão da abordagem total no atendimento às necessidades da criança, tão pertinente à integralidade. As docentes se referiram à inserção nas práticas após o ensino teórico, para que o aluno tenha vivências, experiências e assim adquiram habilidades. A idéia de que primeiro o aluno deve dominar a teoria para depois ir para a prática revela que o campo prático é utilizado para comprovação da teoria e não como sua fonte desafiadora. Também a inserção pontual do aluno no campo dificulta sua articulação com o cotidiano dos serviços e com o contexto social, comprometendo-se a incorporação da integralidade na formação dos enfermeiros. Conclusões: Nos cursos estudados, evidenciou-se que o ensino da saúde da criança incorpora o princípio da integralidade na formação dos enfermeiros, nos aspectos concernentes aos conteúdos teóricos. Os planos de ensino têm como base as políticas e programas de atenção à saúde da criança e incluem ações de promoção, prevenção e recuperação em todos os níveis de atenção. Contudo, a análise das entrevistas mostrou um ensino fragmentado, organizado em disciplinas que não se integram e com teoria dissociada da prática que compromete a incorporação do princípio da integralidade na formação dos enfermeiros. Os achados indicam a necessidade de revisão do processo pedagógico utilizado na formação profissional, uma vez que o ensino teórico-prático ainda ocorre de forma fragmentada, pontual e desarticulada da realidade dos serviços. Aponta-se, pois, para a importância da integração entre as disciplinas, inversão da seqüência clássica teoria-prática e articulação entre as instituições de ensino e os serviços de saúde para que o aluno apreenda o cotidiano dos serviços e a realidade local, com vistas à formação de profissionais comprometidos, que em sua prática nos serviços sejam capazes de prestar assistência integral e reconhecer a criança em sua totalidade, integrante de uma família e de uma comunidade, que deve ser atendida no conjunto de suas necessidades. / Introduction: The training of professionals is a challenge for the transformation of practices and improving the health of the population. Comprehensive health care is a guiding principle of the health policy. It is therefore; necessary to question whether the teachings of child health care in the context of graduation, contemplates the full training of nurses. Objective: To consider whether the teaching of child health care incorporates the principle of comprehensive in the training of nurses. Method: A qualitative study with 16 teachers involved in the teaching of child health care, primary and hospital care, in 8 public institutions of undergraduate nursing, located in 4 states in southeastern and northeastern Brazil. Data recording was performed through consultation of educational plans and analysis of teaching plans as well as through semi-structured interviews. Recorded and transcribed interviews were subjected to content analysis of the thematic type. The analytical categories were supported in the framework of theoretical comprehensive. Results: Analysis of the interviews led to the construction of 6 categories. Four teaching approaches demonstrated the principle of comprehensive, working with the issue of public safety; performance in primary care, in hospitals and other care settings; reference and counter-reference is still a goal, however the student must know that there is; a child in the family and in historical, social and epidemiological context. Two referred to distance learning with the principle of comprehensive in health care of the child: first was the theoretical content followed by the practice content; we have to integrate. The teaching of child health care includes determinants and risks of illness, promotion and preventive health care and attention for a sick child, so that the aspects related to the theoretical content, contemplate the principle of comprehensive. It can be understood from the testimony that teaching is inserted in diverse fields of practice including primary care, hospital care, day care and home visits, thus allowing the students to take care of sick and healthy children at different levels of complexity and in different contexts, which also brings in more in line to the reality of the child and the family, and favors the incorporation of the principle of comprehensive. However, it was discovered that theoretical and practical training are fragmented, ad hoc, with virtually no integration between the various disciplines, thus jeopardizing the understanding of the overall approach in addressing the needs of the child, as relevant to comprehensive. The educators refer to the inclusion of practical exercises after the theoretical teaching, so that the students have experience and acquire skills as well. The idea that students must first master the theory before going on to the practical, revels that the practical field is being used to prove the theory and not as a challenge to its sources. Also the insertion point of the student into the field interferes with their articulation with the routine of services and the social context, compromising the incorporation of the integral training of nurses. Conclusion: The courses studied showed that the health education of the child incorporates the principle of comprehensive in the training of nurses in the theoretical aspects related to the content. The lesson plans are based on policies and programs focused on child health care and include health promotion, prevention and recovery at all levels of care. However, analysis of the interviews showed a fragmented education, organized in disciplines that do not integrate theory and practice, therefore compromising the incorporation of the principle of comprehensive in the training of nurses. Findings of this study indicate a need for a revision of the educational process used in training, since the theoretical and the practical line of thinking still occurs piecemeal, ad hoc and is disjointed from the reality of services. This study also pointed out that because of the importance of integration between disciplines, inversion of classical sequence theory and practice and articulation between educational institutions and health services for the student to learn the everyday services and local reality, with a view to graduate as committed professionals, who in their practices of providing health services are more able to provide comprehensive care and recognize the child as a whole, a member of the family and community that must have all of their health care needs met.
24

Rede de atenção à saúde, sífilis e educação em saúde, a intersecção necessária : um estudo de caso sobre sífilis em gestante e congênita no município de Esteio

Sortica, Aline Coletto January 2017 (has links)
A sífilis permanece como um sério problema de saúde pública, o grande número de casos em gestantes e seus parceiros têm levado ao aumento da sífilis congênita, demonstrando a necessidade de estratégias de prevenção efetivas. O município de Esteio - Rio Grande do Sul foi o local de escolha para a realização deste estudo, por apresentar um número crescente de casos de sífilis congênita e conta em sua rede com a estrutura necessária para o cuidado no prénatal, parto, nascimento, puerpério e atenção à saúde da criança, além de ser um município prioritário para ações de vigilância, prevenção e controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Teve como objetivo geral, identificar as potencialidade e fragilidades na Rede de Atenção à Saúde (RAS) do município, no que se refere a educação em saúde e ao cuidado às gestantes e parceiros com sífilis e às crianças com suspeita ou diagnóstico de sífilis congênita. E como objetivos específicos: a) elaborar o mapeamento dos serviços da rede de saúde do município que tenham relação com o atendimento a sífilis em gestante e congênita; b) contribuir com elementos para subsidiar estratégias de educação no que se refere ao enfrentamento da sífilis congênita; c) propor uma metodologia de diagnóstico da rede de saúde que possa ser realizada em outros municípios. O estudo foi desenvolvido através de método qualitativo, tipo estudo de caso. Na primeira etapa, realizou-se pesquisa sobre o município, através de bibliografia, sites institucionais, bancos de dados do Ministério da Saúde, com o objetivo de conhecer e mapear a RAS e também os casos de sífilis congênita por bairros. Na segunda etapa, realizou-se 13 entrevistas individuais com gestores, médicos e enfermeiros da Atenção Básica e maternidade, profissional da Vigilância em Saúde e Agentes Comunitários de Saúde, através de questionário com perguntas semiestruturadas, baseados no caso fictício de uma gestante com sífilis. As entrevistas foram transcritas e organizadas em categorias. Através da análise de discurso, pretendeu-se compreender à percepção dos entrevistados sobre o cuidado da sífilis congênita, frente à realidade municipal. Nos resultados foi possível identificar potencialidade da RAS, onde verificou-se que os trabalhadores têm papel fundamental na participação das políticas de saúde e ensino na saúde, também foi verificada fragilidades, referentes ao financiamento em saúde e a própria estrutura da RAS. Na perspectiva dos entrevistados, emerge a complexidade do cuidado em saúde relacionado a uma IST, vinculada as dimensões técnica, de gestão, política, pedagógica, mas principalmente relacionadas a questões individuais e sociais da população. Por fim, são trazidas as possibilidades para a educação e propostas para o município. / Syphilis remains a serious public health problem, the large incidence in pregnant woman and their partners have driven the increase of the congenital syphilis, thus the need of more effective prevention strategies. The City of Esteio – Rio Grande do Sul was the chosen location to conduct this study, as it only demonstrates an increasing number of cases of congenital syphilis but also has the necessary structure for the prenatal, childbirth, birth, puerperium, and health care, besides it is considered a priority city for surveillance, prevention and control of Sexually Transmittable Diseases (STD). The overall objective of this work is to identify the strengths and weaknesses in the Health Care Networks of Esteio City, in relation to health education and care for pregnant and partners with syphilis end for kids diagnosed or suspected of congenital syphilis. The specific objectives are: a) to map the services of the city’s health network service related with the management of syphilis on pregnant and congenital syphilis; b) to contribute with elements to leverage education strategies concerning coping the congenital syphilis; c) to propose a diagnostic methodology on the health network that can be extended to other cities, with the goal of reducing congenital syphilis. The study used qualitative methodology, like case study. In the first phase, a research was conducted on the city using bibliographic references, institutional sites, Government Health databases, with the objective of understanding and mapping the Health Care Networks as well as the congenital syphilis cases on the neighborhoods. During second phase, were conducted 13 individual interviews with managers, doctors and nurses from the Primary Health and maternity, Health Surveillance Professionals and Community Health Agents, using semi-structured questionnaires, based on a fictional case of a pregnant with syphilis. The interviews were transcribed and organized in categories. The research applied speech analysis to understand the perception of the interviewed around the care of congenital syphilis, in front of the city’s reality. In the results, it was identified the potential of the Health care networks, where the professionals have a fundamental role in the health care policies and health education. The results also demonstrated weaknesses related to health financing and the health care network itself. In the perspective of the interviewed, raises the complexity of the health care related to a STD, in relation to the technical aspects, management, policies, pedagogical, and mainly related to individual and social aspects of the population. Lastly, possibilities for education and proposals for health teaching were raised for the city.
25

Práticas profissionais em saúde da família: uma análise do atendimento à demanda espontânea

Faria, Rosane Costa 15 April 2011 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2016-07-15T13:47:04Z No. of bitstreams: 1 rosanecostafaria.pdf: 5677335 bytes, checksum: b1eef2fe5ebb11e39a4318d313ebe1ed (MD5) / Approved for entry into archive by Diamantino Mayra (mayra.diamantino@ufjf.edu.br) on 2016-07-19T15:55:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 rosanecostafaria.pdf: 5677335 bytes, checksum: b1eef2fe5ebb11e39a4318d313ebe1ed (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-19T15:55:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 rosanecostafaria.pdf: 5677335 bytes, checksum: b1eef2fe5ebb11e39a4318d313ebe1ed (MD5) Previous issue date: 2011-04-15 / Na Estratégia Saúde da Família, as equipes devem organizar o atendimento aos usuários ofertando serviços, tanto aos grupos prioritários quanto à demanda espontânea, garantindo aos usuários uma assistência integral por meio de práticas humanizadas. Estes pressupostos serviram de base à presente pesquisa que teve como objetivo avaliar o atendimento à demanda espontânea e os fatores que influenciam esse atendimento nos serviços de Saúde da Família. Para isso, realizouse uma pesquisa qualitativa com os profissionais das equipes em duas Unidades de Atendimento Primário em Saúde (UAPS) de Juiz de Fora. A coleta de dados foi feita através de grupos focais. A análise das falas por meio de análise temática do conteúdo resultou em duas categorias de análise: Organização da Demanda Espontânea e Fatores que Influenciam a Demanda Espontânea. De forma complementar, foram analisados também documentos da Secretaria Municipal de Saúde. Os resultados mostram que a organização do atendimento aos usuários, ao definir critérios para marcação de consultas, cria obstáculos ao acesso. O acolhimento é uma prática que tem sido incorporada pelos profissionais, mas visando, principalmente, orientar o fluxo de usuários e organizar a demanda para o médico. O excesso de demanda leva a uma sobrecarga de trabalho para o médico dificultando o atendimento às queixas agudas. O atendimento à demanda expressa uma dicotomia percebida, também, na visão dos profissionais: enquanto a demanda espontânea é considerada como assistencial, curativa, orientada para a dimensão biológica das necessidades de saúde e pelo atendimento do médico, a demanda programática, ao contrário, é entendida como um conjunto de ações de promoção e prevenção. Conclui-se que tanto a forma de organizar o atendimento quanto as visões dos profissionais criam obstáculos à integralidade na assistência na ESF e que é necessário oferecer às equipes de SF tanto infraestrutura quanto novos instrumentos de abordagem da demanda. / In Family Health Strategy, teams have to organize customer care, offering services both to priority groups and to the spontaneous demand, ensuring users comprehensive care through humane practices. These assumptions were taken as the basis for this research aimed at assessing the attendance to spontaneous demand and the factors that influence this care in the Family Health services. To this end, we carried out a qualitative study with the professionals in the teams of two Primary Health Care Units (UAPS) in Juiz de Fora. Data collection was carried out through focus groups. Speech was analysed using the method of thematic content analysis, which allowed us to create categories of analysis. In addition, we also analysed documents from the Municipal Health Department. The results show that the organization of attendance to users, by defining criteria for making appointments, creates barriers to its access. User embracement is a practice that has been incorporated by professionals, but aiming mainly at guiding the flow of users and organizing the demand for the physician. Excess demand leads to an overload of work for the doctor, making it difficult to deal with acute complaints. Attending the demand represents a dichotomy, seen also from the point of view of professionals; whereas spontaneous demand is considered to be assistential, curative, and oriented to the biological dimension of health needs and by the doctor’s attendance, programmatic demand, by contrast, is understood as a set of actions of fostering and prevention. We conclude that both the way that the attendance is organized and the views of the professionals create obstacles to full attendance to the growing demand in the Family Health Strategy and that it is necessary to offer the Family Health team both infrastructure and new instruments to deal with the demand.
26

ProgramaÃÃo pactuada e integrada das aÃÃes e serviÃos no sistema Ãnico de saÃde/SUS-CearÃ, perÃodo de 2007 a 2009: alocaÃÃo de recursos, capacidade de oferta e integralidade da atenÃÃo / Programming and agreed actions and integrated services in the national health care system / sus-cearÃ, between 2007 and 2009: allocation of resources, and ability to offer comprehensive care

Aldrovando Nery de Aguiar 20 June 2011 (has links)
A ProgramaÃÃo Pactuada Integrada/PPI foi introduzida no Sistema Ãnico de SaÃde, em 1996, como instrumento de planejamento da alocaÃÃo de recursos mediante relaÃÃes intergovernamentais, no sentido da operacionalizaÃÃo do princÃpio da integralidade da atenÃÃo. Para analisar a implantaÃÃo e implementaÃÃo da PPI no CearÃ, entre 2007 e 2009, partindo-se de considerar as necessidades do cidadÃo, realizou-se um estudo quanti-qualitativo, com anÃlise de coerÃncia desta na garantia do acesso e da integralidade das aÃÃes de saÃde. No eixo qualitativo, foi assumido o referencial teÃrico do discurso do sujeito coletivo, de LefÃvre & LefÃvre, para abordar as percepÃÃes dos profissionais das equipes da gestÃo regional na conduÃÃo dos processos de pactuaÃÃo dos recursos financeiros destinados Ãs aÃÃes e serviÃos de saÃde. No eixo quantitativo, foi abordada a relaÃÃo entre a capacidade instalada das unidades de saÃde, as programaÃÃes fÃsico-orÃamentÃrias e as produÃÃes de serviÃos. A coleta de dados foi realizada com entrevistas, mediante aplicaÃÃo de questionÃrio semiestruturado e auto aplicado, alÃm da anÃlise de dados secundÃrios e de documentos. Os resultados evidenciaram a produÃÃo de uma programaÃÃo virtual e incoerente com a capacidade instalada e produÃÃo de serviÃos; assim comprometendo, desde a alocaÃÃo dos recursos, o acesso aos serviÃos e da integralidade das aÃÃes assistenciais. A anÃlise do discurso do sujeito coletivo reforÃou os achados. Ante os limites identificados e as possibilidades de pactuaÃÃo intergestores contribuir no processo de programaÃÃo, discutiu-se a perspectiva de ajustes desta ferramenta da gestÃo, com vistas ao atendimento das necessidades de saÃde da populaÃÃo. / The pactuation integrated programming was introduced in Cearaâs health care system since 1996, as a tool of planning resource allocation/PPI supported by intergovernmental relations, towards the operationalization of the principle of comprehensive care. To analyze the establishment and implementation of the PPI in Cearà between 2007 and 2009, starting to consider the needs of citizens, it was conducted a quantitative and qualitative study, with coherence analysis in ensuring access to comprehensive care. In the qualitative axis it was assumed the theoretical discourse of the collective subject of LefÃvre & LefÃvre, to address the perceptions of the management teams at the regional level in conducting agreements negotiation of financial resources, intended actions and health services. The shaft was quantitatively addressed the relationship between the capacity of health facilities, physical and budgetary schedules and production services. Data collection was carried out with interviews, applying semi-structured self applied questionnaire, as well as analysis of secondary data and documents. The results showed the production of a virtual and inconsistent programming with the installed capacity and services production just committed, since the allocation of resources, access to services and integrated care assistance. The analysis of the collective subject discourse reinforced the findings. Faced with the limitations identified and the possibilities for the managers negotiation contributed to the process of programming it was discussed the prospect of setting this management tool, with a view to meeting the population health needs.
27

Elaboração de uma linha de cuidado do indivíduo com úlcera crônica de perna, em um município da região metropolitana do Vale do Paraíba Paulista / Elaboration of a Line of Care of the individual with Chronic Leg Ulcer, in a city of the Metropolitan Region of Paulista Paraíba Valley

Aline Lino Balista 20 December 2016 (has links)
Introdução: As úlceras crônicas de perna (UCP) são um sério problema de saúde que atinge diversas faixas etárias, etnias, sexos, com reflexos nos gastos públicos e interferência na qualidade de vida das pessoas acometidas e de seus familiares. O presente estudo parte da concepção de que há necessidade de uma atenção integral que possa ser estabelecida por meio da utilização e construção de uma Linha de Cuidado. Objetivo: Elaborar coletivamente uma Linha de Cuidado (LC) do indivíduo com UCP em um município do Vale do Paraíba Paulista. Objetivos específicos: discutir os elementos constitutivos do fluxograma da LC e analisar suas dificuldades e potencialidades a partir deste. Metodologia: Pesquisa qualitativa, utilizando-se de 4 oficinas de trabalho realizadas nos meses de novembro de 2015 à março de 2016. Contou com a participação da Coordenação da Atenção Básica, enfermeiros e médicos de Unidades de Saúde da Família, enfermeira responsável pela assistência de indivíduos com úlceras crônicas de perna do ambulatório do município, e enfermeira responsável pela Atenção Domiciliar da Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar (EMAD). Adotou-se a Integralidade como base conceitual da produção da LC e para a análise dos resultados, o fluxograma analisador. Resultado e Análise: Como resultado principal teve-se a produção coletiva de uma LC do indivíduo com UCP. Foram elementos essenciais na LC: recepção pró-ativa, acolhimento, ações de enfermagem desde a avaliação até os cuidados do indivíduo com UCP, presença de recursos materiais - em especial, na Atenção Primária à Saúde (APS), trabalho multidisciplinar no desenvolvimento do plano terapêutico e contrarreferência. Foram dificuldades e potencialidades: necessidade de programas de educação permanente, fortalecimento da APS para o cuidado, necessidade de articulação entre os serviços para garantir complementariedade e integralidade por meio de instrumentos pactuados, recursos materiais e efetivação do trabalho interdisciplinar. Conclusão: Evidenciou-se que há necessidade de se fortalecer a APS como centro de uma rede, ampliar as atribuições do enfermeiro acerca dos cuidados do indivíduo com UCP, fomentar espaços de diálogo entre os pontos da rede, ou seja, entre aqueles que estariam envolvidos na LC e, ainda, apoio e investimento dos gestores na produção do cuidado presente na LC. É necessário valorizar o potencial de mudança que a LC pode possuir quando existe comprometimento do profissional envolvido no processo do cuidar e a necessária garantia do itinerário terapêutico na rede de atenção em saúde à lógica dos serviços locais. / Introduction: Chronic leg ulcers (CLU) is a serious health problem that affects different age groups, ethnicities, genders, reflected in public spending and interference in quality of life of the affected people and their relatives. This study comes from the conception that there is need of an integral attention, which can be established through the use and building of a Line of Care. Objective: To elaborate collectively a Line of Care (LC) of the individual with CLU in a city of the Metropolitan Region of Paulista Paraíba Valley. Specific objectives: To discuss the components of the LC flow chart and analyze the difficulties and potentialities from this. Method: Qualitative research, using 4 workshops held from November of 2015 to March of 2016. They had the participation of the Coordination of Primary Care, nurses and doctors from Family Health Units, the nurse responsible for the care of individuals with chronic leg ulcers of the municipal clinic, and the nurse responsible for the Attention Homecare of the Multiprofessional Team of Attention Homecare (MTAH). This study adopted the Integrality as a conceptual basis for the production of the LC and for the analysis of the results, the analyzer flow chart. Results and Discussion: As a main result it was the collective production of a LC of the individual with CLU. The essential elements in the LC were: proactive reception, user embracement, nursing actions from evaluation to the care of the individual with CLU, presence of material resources - especially in Primary Health Attention (PHA), multidisciplinary work in developing the therapeutic plan and counter reference. The difficulties and potentiality were: the need for continuing education programs, strengthening PHA for care, the need of articulation between the services for ensuring complementarity and integrality through agreed instruments, material resources and realization of the interdisciplinary work. Conclusion: It was evident that there is need to strengthen PHA as the center of a network, expand nurse assignments about the care of the individual with CLU, foster dialogue among network points, that is, among those who would be involved in the LC and also support and investment by managers in the production of the care in the LC. It is necessary to valorize the potential of change that the LC can have when there is impairment of the professional involved in the care process and the necessary guarantee of the therapeutic route in the network of health attention to the logic of the local services.
28

Itinerários terapêuticos de pacientes com câncer de boca e orofaringe : acesso e integralidade do cuidado na Rede de Atenção à Saúde da região de Campinas, SP / Therapeutics itineraries of patients with oral and oropharyngeal cancer : access and comprehensive care in the healthcare network at the region of Campinas, SP, Brazil

Ayres, Elisa Campos, 1986- 26 August 2018 (has links)
Orientadores: Maria da Graça Garcia Andrade, Lúcia Figueiredo Mourão / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-26T01:14:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ayres_ElisaCampos_M.pdf: 3671718 bytes, checksum: 712164e338c45a43cd4c8601177e83e0 (MD5) Previous issue date: 2014 / Resumo: Embora sejam inegáveis os avanços alcançados pelo SUS nos últimos anos, torna-se cada vez mais evidente a necessidade de superar a intensa fragmentação das ações e serviços de saúde, qualificando a gestão do cuidado no contexto atual. A integralidade da atenção está entre os desafios para o sistema de saúde o que é especialmente relevante na atenção a pacientes com câncer, pela magnitude e gravidade da doença, seu impacto na vida das pessoas e a complexidade das ações exigidas. O presente estudo teve por objetivo analisar a integralidade do cuidado a pacientes com diagnóstico de câncer de boca e orofaringe sob a perspectiva do acesso e da gestão do cuidado na rede de saúde. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, que utilizou como principal ferramenta metodológica a reconstituição dos itinerários terapêuticos de usuários do SUS. Foram entrevistados 22 pacientes de municípios da região de Campinas-SP em tratamento no serviço oncológico de referência regional. As categorias de análise foram o acesso, envolvendo as formas de regulação e os tempos para diagnóstico e tratamento, e a gestão do cuidado na rede de saúde, com ênfase no papel da atenção básica. Em todos os itinerários observou-se acentuada dificuldade de acesso, tanto para diagnóstico como para tratamento, refletindo em demora para execução dos protocolos terapêuticos e exigindo outras formas de regulação do acesso para além da regulação governamental. Ainda, identificou-se deficiente coordenação do cuidado, com pouco protagonismo da atenção básica e insuficiente articulação da rede de serviços para prover o cuidado integral. O trabalho aponta não só para a necessidade de ampliação do acesso à atenção oncológica na região estudada, como para o aprofundamento de estratégias de gestão e articulação entre profissionais e serviços que garantam um efetivo trabalho em rede na saúde / Abstract: Although undeniable the progress made by SUS (Brazilian public health system) in the past years, it has become increasingly evident the need to overcome the severe fragmentation of actions and health services, qualifying care management in the current context. The comprehensiveness of care is among the challenges to the health system, this is particularly relevant in the care of cancer patients, by the magnitude of and severity of the disease, its impact on people's lives and complexity of the required actions. This study aimed to analyze the comprehensiveness of care to patients with oral and oropharyngeal diagnosis with focus in the access and coordination of care in a health network. This is a qualitative study, which utilized as the main methodological tool, the therapeutic itinerary of users of SUS. Twenty two patients from cities in Campinas¿s region that were being treated in the oncologic regional referral service were interviewed. The analytical categories were access, involving the forms of regulation and timing for diagnosis and treatment, and management of care in the health system, with emphasis on the role of primary care. In all itineraries we observed marked difficulty of access, both for diagnosis and for treatment, reflecting delay in implementing the therapeutic protocols and requiring other forms of access regulation beyond government regulation. Still, we identified poor coordination of care, with little role of primary care, and insufficient coordination of network services to provide comprehensive care. The work not only points out the need for expanding access to cancer care in the region studied, as for deepening of management strategies and coordination between professionals and services to ensure an effective networking in healthcare / Mestrado / Interdisciplinaridade e Reabilitação / Mestra em Saúde, Interdisciplinaridade e Reabilitação
29

Atenção à saúde da pessoa com deficiência: necessidades sob a perspectiva dos sujeitos / Health care of people with disabilities: needs in the perspective of the subjetc

Marilia Bense Othero 16 December 2010 (has links)
O panorama de desassistência no âmbito da saúde da pessoa com deficiência se mantém, mesmo com alguns avanços trazidos pelo SUS. O conceito de necessidade de saúde como norteador das práticas pode possibilitar a abertura de novos espaços de reflexão e ação para esta população, sendo fundamental a inclusão das próprias pessoas nesta discussão. O objetivo do trabalho aqui descrito é identificar quais são as demandas e necessidades de saúde das pessoas com deficiência, a partir da ótica destes sujeitos. Foi realizado um estudo de metodologia qualitativa, sendo a história de vida a técnica de produção dos dados adotada; foram incluídos na pesquisa pessoas com deficiência física, auditiva e visual, com deficiência congênita e adquirida, e com histórico de atendimento no SUS. Foram realizadas entrevistas em profundidade, baseadas em um roteiro prévio, sendo gravadas e posteriormente transcritas; também foi feito um diário de campo. A análise do material foi feita em três níveis: palavras-chave, temas emergentes e tendências gerais. Produziu-se um texto analítico com os temas emergentes das narrativas, bem como um quadro sintético, elencando os núcleos temáticos sobre necessidades de pessoas com deficiência. Das narrativas, cinco temas principais estiveram presentes: a vivência da deficiência; independência, autonomia e apoio; acesso e direitos; sentidos das intervenções; ações e estratégias. Em relação às necessidades e a atenção em saúde, onze eixos temáticos foram elencados: Acesso; Apoio psicossocial; Aspectos gerais de saúde (para além da deficiência); Autonomia e independência; Dispensação de equipamentos e dispositivos de tecnologia assistiva; Informação / orientação; Prevenção / diagnóstico precoces; Reconhecimento e garantia de direitos; (Re)Encontro com atividades significativas; Validação e ajuda na construção de estratégias próprias de enfrentamento; Vínculo com profissional de saúde. Pôde-se concluir que as necessidades identificadas pelas pessoas com deficiência incluem aspectos específicos da assistência em saúde, mas englobam outras dimensões como o acesso, os direitos, o trabalho, o lazer, indicando a importância de ações integrais e intersetoriais. Ressalta-se também as singularidades que a vivência da deficiência impõe a cada sujeito, bem como os sentidos que cada um encontra em sua história de vida / The lack of assistance panorama in the health of the disabled person still exists, despite some advances brought by SUS. The concept of health needs as a guide for the practices may allow new spaces for reflection and action for this population, and the inclusion of disabled people in this discussion is of extreme importance. The aim of the work described here is to identify demands and health needs of people with disabilities, by the subjects´ perspective. The study was conducted by the use of a qualitative methodology, through the life history method; and people with physical, hearing and visual disabilities, congenital or acquired, with history of assistance by SUS were included. Interviews were conducted based on a previous script, being recorded and later transcribed; and also a field diary was made. The data analysis was done on three levels as follows: keywords, emerging issues and trends. An analytical text with the emerging themes of the narratives, and a summary table have been produced listing the central themes on the people with disabilities needs. Using narratives, five major themes emerged: the experience of disability; independence, autonomy and support; access and rights; meaning of the interventions; actions and strategies. Eleven themes were listed when considering needs and health care: access; psychosocial support; general health issues; autonomy and independence; dispensing of equipment and assistive technology devices; information/guidance; prevention/early diagnosis; recognition and guarantee of rights; recovery of meaningful activities; validation and help in building their own strategies for coping; bonding with health professional. It was concluded that the needs identified by people with disabilities include specific aspects of health care, but also include other dimensions such as access, rights, work, leisure indicating the importance of integrated and intersectoral actions. Singularities that the experience of disability brings to each person are also emphasized, as well as the meanings that each one finds in its life history
30

O significado do cuidado para a criança hospitalizada / The meaning of the care for the hospitalized child

Rocío Elizabeth Chávez Alvarez 27 February 2002 (has links)
O presente trabalho qualitativo desenvolveu-se em um hospital-escola da cidade de São Paulo, com crianças escolares de 7 a 12 anos de idade, utilizando o Interacionismo Simbólico como referencial teórico e a História Oral como referencial metodológico. O estudo teve como objetivo compreender o significado que a criança atribui ao cuidado, enquanto vivencia os momentos da doença e hospitalização. As estratégias de coleta de dados utilizadas foram a entrevista semi-estruturada com a criança e mãe acompanhante, a observação participante e o desenho temático. Da interpretação das histórias contadas pelas crianças, emergiram 4 temas significativos dessas experiências: preocupando-se com o evento da doença que chega sem avisar e modifica o cuidado rotineiro; percebendo mudanças no meu cuidado com o advento da doença e hospitalização; descrevendo o significado do cuidado, durante a doença e hospitalização e revelando meus sentimentos para me preparar e retomar minha vida normal de cuidado. Estes temas deram uma visão da experiência do cuidado para a criança escolar hospitalizada, onde palavras como carinho, ajuda e ações realizadas, indicam aspectos de suas vidas, e do mundo com que interagem através do cuidado, seja por carências ou experiências passadas. Estas experiências refletem-se ao estarem doentes e hospitalizadas, transmitindo-nos seus pensamentos, sentimentos e desejos em relação ao cuidado / This qualitative study was conducted having hospitalized children from 7 to 12 years old as participants. The research using the Symbolic Interactionism as theoretical framework and Oral History as methodological approach, aimed to understand the meaning of caring to the child living the hospitalization. Data were obtained from participant observation, drawing and interviews with the children and also with the mothers, as informants of the child experience. Four themes emerged from the interpretation process: Worrying when the illness arises and changes the regular caring; Noticing changes in my caring during the ilness and hospitalization; Describing the meaning of caring in illness and hospitalization; Revealing my feelings in preparation for returning to my regular caring in life. This research allowed a reflection about the caring experienced by hospitalized children and the impact of words as kindly, help and actions have in their lives and in their interactions mediated by caring

Page generated in 0.1116 seconds