• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 124
  • 2
  • Tagged with
  • 130
  • 130
  • 130
  • 110
  • 90
  • 80
  • 39
  • 35
  • 32
  • 30
  • 29
  • 25
  • 25
  • 21
  • 21
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A integralidade no ensino de enfermagem na saúde da mulher: concepções e práticas de docentes / The comprehensiveness of nursing learning process in womens health: professors concepts and practices

Samar Duarte dos Santos 28 February 2011 (has links)
Este estudo teve como objetivos analisar as concepções teóricas e práticas docentes de enfermagem no cuidado à saúde da mulher a partir da ideia de integralidade e discutir as estratégias utilizadas pelos docentes para inserir o conteúdo da integralidade no ensino de enfermagem na saúde da mulher. A política atual de atenção integral à saúde da mulher propõe a incorporação do princípio da integralidade como eixo norteador que articule o mundo do ensino ao mundo do trabalho e da realidade social. Neste contexto, muitos sentidos se combinam e se conflitam na formação da ideia de integralidade no cuidado à saúde da mulher. A metodologia envolveu a abordagem qualitativa realizada nas Instituições Públicas de Ensino Superior do Estado do Rio de Janeiro que oferecem o Curso de Graduação em Enfermagem. Utilizou-se como técnica de coleta de dados a entrevista com dezessete docentes de enfermagem da área de saúde da mulher de acordo com os critérios de inclusão selecionados pela pesquisa. Da análise do material produzido surgiram quatro categorias, a saber: Concepções de integralidade no cuidado à saúde da mulher; Integralidade do cuidado no ensino da saúde da mulher; Estratégias utilizadas para inserir a integralidade no ensino de enfermagem na saúde da mulher; Dificuldades para implantar a integralidade no cuidado à saúde da mulher. Identificou-se que foram muitos os avanços do Sistema Único de Saúde na última década. Contudo, no que diz respeito à sua consolidação como sistema público de saúde, ainda estamos diante de grandes desafios, entre os quais se destaca o relativo à incorporação efetiva dos princípios e valores do SUS nos processos de trabalho, bem como nos processos formativos para a enfermagem na área da saúde da mulher. Desta maneira, faz-se necessário construir novas formas de trabalhar melhor com a assistência, perceber como efetivas as políticas publicas na área da saúde da mulher, considerando as necessidades e demandas locorregionais no país. É evidente a dificuldade em seguir os princípios aqui defendidos, porém a integralidade no cuidado à saúde da mulher, só será possível quando houver compromisso ético com as ações e relações necessárias para sua efetivação. / This study aimed at analyzing the nursing teachers theoretical and practical concepts from the idea of comprehensiveness, as well as discussing the strategies used by teachers to insert comprehensiveness content in the nursing teaching process, both of which regarding womens health. The current policy of integral attention to womens health proposes the incorporation of comprehensiveness as a guiding principle to articulate the teaching world to the working and social reality levels. In this context, many meanings combine to, and conflict against each other in the formation of the comprehensiveness idea in the womens health care. The methodology involved the qualitative approach carried out in Public Higher Education Institutions in the State of Rio de Janeiro that offer Undergraduate Nursing Courses. The data collection technique comprised an interview with seventeen nursing teachers from the womens health area, according to the inclusion criteria selected by the research. Four categories arose out of the analysis of the material produced, namely: Comprehensiveness concepts in the womens health care; Comprehensiveness of the care in womens health teaching process; Strategies used to include comprehensiveness in womens health nursing teaching process; Difficulties to implement comprehensiveness in womens health care. Many breakthroughs were identified in the Brazilian Unified Health System (SUS) in the last decade. However, as regards its consolidation as public health system, great challenges are yet to be responded to, with emphasis to the effective incorporation of SUS principles and values in the work processes, as well as in the nursing training process in the womens health area. Therefore, it is necessary to build new ways to better work the assistance and perceive the public policies in the womens health area as effective, considering the local-regional needs and demands in the country. The difficulty in following the principles defended here is quite clear, but comprehensiveness in womens health care will only become possible where there is ethical commitment with the actions and relationships necessary for its execution.
2

Itinerário da paternidade: a construção social da integralidade do cuidado ao recém-nascido e família na UTI- Neonatal / Itinerary of fatherhood: the social construction of the integrality care of the newborn and family to Neonatal ICU

Tatiana Coelho Lopes 25 September 2009 (has links)
Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro / Esta pesquisa teve como objetivo analisar o itinerário da paternidade como uma construção social, a partir das relações estabelecidas entre os pais com os membros da instituição de saúde e as redes sociais em que se inserem. Tal construção se configurou na busca, pelo pai, de reconhecimento do exercício da paternidade, bem como suas repercussões na integralidade do cuidado ao recém-nascido de risco e sua família. Utilizamos como pressupostos conceituais para definição do itinerário da paternidade as teorias da integralidade (desenvolvidas pelo grupo LAPPIS), a teoria do reconhecimento (de Axel Honneth) e de redes sociais (de Paulo Henrique Martins). O cenário da pesquisa foi o Hospital Sofia Feldman, instituição filantrópica de direito privado localizada na periferia de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais. Participaram do estudo três pais que tiveram filhos internados na UTIN e seus familiares, além de profissionais, voluntários e gestores que atuam na instituição. A partir da abordagem da fenomenologia sociológica, realizaram-se entrevistas, observação dos espaços institucionais e dois grupos focais com familiares, adotando-se a Metodologia de Análise de Redes no Cotidiano (MARES) como técnica de coleta de dados. A análise dos itinerários da paternidade nos permitiu discutir as repercussões da trajetória desses pais nas dimensões da integralidade (políticas e organização dos serviços e saberes e práticas dos profissionais). Verificamos que a alta da companheira e internação do filho na neonatologia constituem uma inflexão no percurso dos pais no que concerne à questão do reconhecimento como usuário no serviço e a integralidade do cuidado à família. Além disso, identificamos que as relações estabelecidas no acolhimento desses pais pelos profissionais envolveram a negociação de saberes entre os profissionais, e destes com os usuários, que repercutiram na construção e reconstrução das práticas de cuidado na UTIN. Tais repercussões significaram, na prática, formas de inclusão do pai, que passa de uma situação de observador privilegiado do cuidado com o filho para um mediador colaborador na efetivação da integralidade da assistência do filho na UTIN. Vislumbramos o itinerário da paternidade como uma ferramenta de prática avaliativa na perspectiva do usuário amistosa à integralidade, que possibilita a revalorização da experiência e das relações entre os sujeitos, e que tem no agir em saúde o catalisador para as transformações do cuidado como exercício de cidadania.
3

A integralidade no ensino de enfermagem na saúde da mulher: concepções e práticas de docentes / The comprehensiveness of nursing learning process in womens health: professors concepts and practices

Samar Duarte dos Santos 28 February 2011 (has links)
Este estudo teve como objetivos analisar as concepções teóricas e práticas docentes de enfermagem no cuidado à saúde da mulher a partir da ideia de integralidade e discutir as estratégias utilizadas pelos docentes para inserir o conteúdo da integralidade no ensino de enfermagem na saúde da mulher. A política atual de atenção integral à saúde da mulher propõe a incorporação do princípio da integralidade como eixo norteador que articule o mundo do ensino ao mundo do trabalho e da realidade social. Neste contexto, muitos sentidos se combinam e se conflitam na formação da ideia de integralidade no cuidado à saúde da mulher. A metodologia envolveu a abordagem qualitativa realizada nas Instituições Públicas de Ensino Superior do Estado do Rio de Janeiro que oferecem o Curso de Graduação em Enfermagem. Utilizou-se como técnica de coleta de dados a entrevista com dezessete docentes de enfermagem da área de saúde da mulher de acordo com os critérios de inclusão selecionados pela pesquisa. Da análise do material produzido surgiram quatro categorias, a saber: Concepções de integralidade no cuidado à saúde da mulher; Integralidade do cuidado no ensino da saúde da mulher; Estratégias utilizadas para inserir a integralidade no ensino de enfermagem na saúde da mulher; Dificuldades para implantar a integralidade no cuidado à saúde da mulher. Identificou-se que foram muitos os avanços do Sistema Único de Saúde na última década. Contudo, no que diz respeito à sua consolidação como sistema público de saúde, ainda estamos diante de grandes desafios, entre os quais se destaca o relativo à incorporação efetiva dos princípios e valores do SUS nos processos de trabalho, bem como nos processos formativos para a enfermagem na área da saúde da mulher. Desta maneira, faz-se necessário construir novas formas de trabalhar melhor com a assistência, perceber como efetivas as políticas publicas na área da saúde da mulher, considerando as necessidades e demandas locorregionais no país. É evidente a dificuldade em seguir os princípios aqui defendidos, porém a integralidade no cuidado à saúde da mulher, só será possível quando houver compromisso ético com as ações e relações necessárias para sua efetivação. / This study aimed at analyzing the nursing teachers theoretical and practical concepts from the idea of comprehensiveness, as well as discussing the strategies used by teachers to insert comprehensiveness content in the nursing teaching process, both of which regarding womens health. The current policy of integral attention to womens health proposes the incorporation of comprehensiveness as a guiding principle to articulate the teaching world to the working and social reality levels. In this context, many meanings combine to, and conflict against each other in the formation of the comprehensiveness idea in the womens health care. The methodology involved the qualitative approach carried out in Public Higher Education Institutions in the State of Rio de Janeiro that offer Undergraduate Nursing Courses. The data collection technique comprised an interview with seventeen nursing teachers from the womens health area, according to the inclusion criteria selected by the research. Four categories arose out of the analysis of the material produced, namely: Comprehensiveness concepts in the womens health care; Comprehensiveness of the care in womens health teaching process; Strategies used to include comprehensiveness in womens health nursing teaching process; Difficulties to implement comprehensiveness in womens health care. Many breakthroughs were identified in the Brazilian Unified Health System (SUS) in the last decade. However, as regards its consolidation as public health system, great challenges are yet to be responded to, with emphasis to the effective incorporation of SUS principles and values in the work processes, as well as in the nursing training process in the womens health area. Therefore, it is necessary to build new ways to better work the assistance and perceive the public policies in the womens health area as effective, considering the local-regional needs and demands in the country. The difficulty in following the principles defended here is quite clear, but comprehensiveness in womens health care will only become possible where there is ethical commitment with the actions and relationships necessary for its execution.
4

Itinerário da paternidade: a construção social da integralidade do cuidado ao recém-nascido e família na UTI- Neonatal / Itinerary of fatherhood: the social construction of the integrality care of the newborn and family to Neonatal ICU

Tatiana Coelho Lopes 25 September 2009 (has links)
Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro / Esta pesquisa teve como objetivo analisar o itinerário da paternidade como uma construção social, a partir das relações estabelecidas entre os pais com os membros da instituição de saúde e as redes sociais em que se inserem. Tal construção se configurou na busca, pelo pai, de reconhecimento do exercício da paternidade, bem como suas repercussões na integralidade do cuidado ao recém-nascido de risco e sua família. Utilizamos como pressupostos conceituais para definição do itinerário da paternidade as teorias da integralidade (desenvolvidas pelo grupo LAPPIS), a teoria do reconhecimento (de Axel Honneth) e de redes sociais (de Paulo Henrique Martins). O cenário da pesquisa foi o Hospital Sofia Feldman, instituição filantrópica de direito privado localizada na periferia de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais. Participaram do estudo três pais que tiveram filhos internados na UTIN e seus familiares, além de profissionais, voluntários e gestores que atuam na instituição. A partir da abordagem da fenomenologia sociológica, realizaram-se entrevistas, observação dos espaços institucionais e dois grupos focais com familiares, adotando-se a Metodologia de Análise de Redes no Cotidiano (MARES) como técnica de coleta de dados. A análise dos itinerários da paternidade nos permitiu discutir as repercussões da trajetória desses pais nas dimensões da integralidade (políticas e organização dos serviços e saberes e práticas dos profissionais). Verificamos que a alta da companheira e internação do filho na neonatologia constituem uma inflexão no percurso dos pais no que concerne à questão do reconhecimento como usuário no serviço e a integralidade do cuidado à família. Além disso, identificamos que as relações estabelecidas no acolhimento desses pais pelos profissionais envolveram a negociação de saberes entre os profissionais, e destes com os usuários, que repercutiram na construção e reconstrução das práticas de cuidado na UTIN. Tais repercussões significaram, na prática, formas de inclusão do pai, que passa de uma situação de observador privilegiado do cuidado com o filho para um mediador colaborador na efetivação da integralidade da assistência do filho na UTIN. Vislumbramos o itinerário da paternidade como uma ferramenta de prática avaliativa na perspectiva do usuário amistosa à integralidade, que possibilita a revalorização da experiência e das relações entre os sujeitos, e que tem no agir em saúde o catalisador para as transformações do cuidado como exercício de cidadania.
5

Integralidade e humanizaÃÃo em saÃde mental: experiÃncias de usuÃrios em dois centros de atenÃÃo psicossocial / Completeness and humane mental health: user experiences of two psychosocial care centers

AndrÃa Batista de Andrade 20 June 2012 (has links)
A implementaÃÃo de polÃticas pÃblicas de saÃde mental na conjuntura do Sistema Ãnico de SaÃde, baseada nos preceitos da Reforma PsiquiÃtrica, enseja novos desafios para a Ãrea, tais como a produÃÃo de redes substitutivas e territoriais que visem à superaÃÃo do modelo hospitalocÃntrico, à conquista de cidadania e à criaÃÃo de um novo lugar social para a experiÃncia do sofrimento psÃquico. Para garantir a materialidade dessas mudanÃas, faz-se necessÃria a participaÃÃo efetiva dos usuÃrios na avaliaÃÃo de serviÃos e programas de saÃde mental. Destarte, esta investigaÃÃo objetiva compreender as experiÃncias de usuÃrios em dois Centros de AtenÃÃo Psicossocial (CAPS) de Fortaleza-CearÃ, no que concerne à assistÃncia conferida pelos profissionais, exprimindo destaque Ãs dimensÃes integralidade e humanizaÃÃo do cuidado em saÃde. A escolha da abordagem qualitativa como metodologia desta pesquisa està relacionada à natureza ontolÃgica do objeto em foco, visto que esta à permeada de significados que os usuÃrios atribuem Ãs suas experiÃncias nos serviÃos de saÃde mental e à maneira como compreendem e interpretam as prÃticas assistenciais. As tÃcnicas utilizadas para a obtenÃÃo do material empÃrico foram a entrevista em profundidade e a observaÃÃo nÃo estruturada, nos meses de julho a dezembro de 2011. Os dados foram analisados e interpretados sob a Ãptica da HermenÃutica-crÃtica gadameriana, cujo mÃtodo assume a intersubjetividade na interconexÃo com a materialidade a que se vincula de maneira dialÃtica. Os resultados evidenciaram trÃs temas centrais que constituÃram a Rede de Significados: A) ExperiÃncias dos itinerÃrios terapÃuticos; B) PercepÃÃo dos usuÃrios sobre o serviÃo; e C) Qualidade do cuidado. Destaca-se o impacto dos diferentes modelos asilar e psicossocial na experiÃncia vivida dos usuÃrios dos distintos CAPS. Observou-se, tambÃm, que os usuÃrios percebem o acolhimento, a resolubilidade, a ambiÃncia, a boa interaÃÃo dos profissionais-usuÃrios, o agenciamento de medicamentos e a humanizaÃÃo como os principais aspectos concernentes ao atendimento de qualidade em saÃde mental - embora tais questÃes, em alguns momentos, tenham se revelado de maneira singular nos dois dispositivos desta pesquisa. Conclui-se que, apesar de alguns entraves, os aspectos da assistÃncia apontados pelos usuÃrios dos distintos CAPS corroboram os ideais da Reforma PsiquiÃtrica e sinalizam que a reorientaÃÃo do modelo de atenÃÃo em saÃde mental jà se capilariza no cotidiano das prÃticas de cuidado. / The implementation of public mental health policies in the context of the Unified Health System (SUS), based on the precepts of the Psychiatric Reform, has generated new challenges for the mental health area such as the deployment of territorial and substitutive networks aiming the overcoming of the hospital-centered model, the development of the citizenship and the creation of a new social site for experiencing the psychic distress. To guarantee the materiality of changes, it is necessary the effective participation of users in the evaluation of mental health programs and services. Thus, the current research aims to understand the user experiences of two CAPS (Center for Psychosocial Care) in the Fortaleza city, concerning to the care provided by professionals, highlighting the dimensions comprehensiveness and the humanization on the health care. Regarding the methodology of this research, the choice for the qualitative approach is related to the ontological nature of the research object because this nature is pervaded by meanings which the users pose on their experiences on health care services and the way how they understand and interpret such care practices. The techniques used to obtain the empirical material were the detailed interview and the unstructured observation, in a time period of two months, from July to December 20011. The data were analyzed and interpreted under the perspective of the GadamerÂs critique hermeneutics whose method assumes the inter-subjectivity in the interconnection with the materiality to which it binds in a dialectic manner. The results revealed three central themes which constitute the Network of Meanings: A) The experiences on therapeutics itinerary; B) the user perception on the services, C) The quality of the care. We highlight the impact of the distinct models, hospital-centered and psychosocial, in the experience lived by distinct CAPS users. We also observed that the user perceive the embracement, the resolvability, the ambience, the good interaction between professionals and users, the monitoring of medicines and the humanization as the main aspects concerning to the quality of mental health care, although such issues had presented themselves in a singular way in the two CAPS investigated. We conclude that, despite some obstacle, the aspects of care pointed by users of the distinct CAPS corroborate the ideals of the Psychiatric Reform and signalize that the reorientation of the health care model already makes capillary in the daily care practices.
6

Reflexões sobre bem-estar espiritual de mulheres portadoras de dor crônica / Reflections on spiritual well-being in women with chronic pain

Fabiana Rodrigues Garcia 02 April 2014 (has links)
A Dor Crônica por Afecções Musculoesqueléticas (DCAME) é uma doença que, além de atingir o sistema osteomuscular, principalmente de mulheres da faixa etária entre 45 a 64 anos, frequentemente acarreta desordens psicológicas, sociais e espirituais e é influenciada por elas, podendo ainda desenvolver grande carga de desgosto para os doentes quando não diagnosticada e tratada adequadamente. Assim, dentre os aspectos citados, destaca-se o Bem-Estar Espiritual (BEE) como uma expressão da espiritualidade prática que, embora recentemente abordada em estudos científicos foi, desde o início da humanidade, apontada como uma dimensão importante no processo saúde-doença, por possibilitar, além de outros benefícios, o restabelecimento mais rápido da saúde. Foi neste contexto que se tornou necessário compreender e refletir sobre os significados do BEE que permearam a vivência de mulheres portadoras de DCAME e as formas pelas quais o BEE foi manifestado por esta população, para facilitar o esclarecimento tanto das causas da dor atribuídas por elas quanto das formas de manejo e dos impactos ocasionados pela dor. Desta forma, este estudo, que foi realizado na Clínica de Dor do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (CDHCRP) e conduzido de acordo com as normatizações da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), utilizou-se de abordagem qualitativa. Neste trabalho, após seleção por amostragem por conveniência, 11 sujeitos foram selecionados e entrevistados individualmente numa sala reservada a este fim, sendo um guia à entrevista um roteiro norteador de entrevista semiestruturada com questões fechadas para identificação e delineamento sociodemográfico e questões abertas para a apreensão dos significados de BEE bem como dos conhecimentos acerca das causas, dos impactos e das formas de alívio da dor. Os dados coletados foram gravados em um aparelho de MP3 e transcritos na íntegra para o início da análise dos dados que foi feita por meio da Análise Temática (AT), uma das técnicas da Análise de Conteúdo (AC) e possibilitaram o surgimento de quatro temas: Significados e Manifestações do BEE; Modelos explicativos para a dor; Formas de manejo da doença e Impactos da dor crônica. A partir destes temas, algumas interpretações acerca do BEE puderam ser destacadas. Relatado como um aspecto humano de difícil definição, o BEE pôde ser manifestado de diferentes maneiras. As formas apresentadas foram o bom relacionamento consigo mesmo, com o outro e com Deus, o desenvolvimento de esperança, da confiança, da fé em si e no tratamento que realizaram, o conforto físico, a ocupação, o lazer, o aprendizado e a empatia no contato com o outro. Neste trabalho, algumas causas manifestadas foram as de origem psicossocial, as sobrecargas físicas e comportamentos que perpetuam o problema, além da dor como resposta a um pecado. Destacadas algumas causas, o trabalho apontou para a utilização das preces como coadjuvante do tratamento médico convencional por todas as entrevistadas e da técnica Reiki. Tendo em vista o exposto, a DCAME mesmo impactando de forma negativa na vida das entrevistadas, desenvolvendo inclusive o medo da perda da autonomia e independência, possibilitou a modificação de suas visões de mundo, sendo fonte de descoberta de valores humanos tais como a coragem, a resiliência, a valorização da vida bem como da empatia pelo sofrimento alheio. Em suma, este estudo destacou a importância da DCAME enquanto doença multidimensional que leva o indivíduo a experimentar necessidades espirituais importantes, sendo o incentivo a busca da integralidade no contexto hospitalar para o correto manejo do problema mais do que uma emergência para a saúde pública. / Chronic Musculoskeletal Pain (CMP) is a disease that, in addition to achieving the musculoskeletal system, especially the women aged 45 to 64 years, often entails psychological, social and spiritual disorders and is influenced by them and may develop big load of grief for patients when not diagnosed and treated properly. Thus, among the aspects mentioned, Spiritual Well-Being (SWB) as an expression of practical spirituality which, although recently has been addressed in scientific studies, since the beginning of mankind, considered as an important dimension in the health-disease process, by allowing, among other benefits, the most rapid restoration of health. In this context, it has become necessary to understand and reflect on the meanings of SWB that permeated the experience of women with CMP and the ways in which the SWB was expressed by this population, both to facilitate the clarification of the causes of pain attributed by them as forms of management and the impacts caused by pain. Thus, this study, which was conducted at the Pain Clinic of the University Hospital of Ribeirão Preto (PCUHRP) and conducted according to the regulations of the National Committee of Ethics in Research (NCER), used a qualitative approach. In this work, after being selected by convenience sampling, 11 subjects were selected and individually interviewed in a room reserved for this purpose, with a guide to interview a guiding semi- structured interview with closed questions and to identify sociodemographic and open design issues for the seizure of SWB meanings and knowledge about the causes, impacts and forms of pain relief. Data were recorded on an MP3 player and transcribed to the top of the data analysis that was done by means of the Thematic Analysis (TA), one of the techniques of Content Analysis (CA) and made possible the emergence of four themes: Meanings and Manifestations of SWB; Explanatory models for pain; Forms of disease management and Impacts of chronic pain. From these themes, some interpretations of the SWB could be highlighted. Reported as a human aspect difficult to define, SWB could be manifested in different ways. The forms submitted were good relationship with oneself, with others and with God, the development of hope, trust, and faith in themselves and who performed the treatment, physical comfort, occupation, leisure, learning and empathy contact with each other. In this work, some causes were expressed psychosocial origin, physical burdens and behaviors that perpetuate the problem, in addition to pain in response to a sin. Highlighted some causes, the paper points out the use of prayer as an adjunct to conventional medical treatment for all interviewees and Reiki technique. In view of the above, the same CMP negatively impacting on the lives of the interviewees, including developing the fear of loss of autonomy and independence, enabled the modification of their worldviews, a source of discovery of human values such as courage, resilience, valuing life and empathy for others\' suffering. In summary, this study highlighted the importance of CMP as multidimensional disease that causes the individual to experience significant spiritual needs, and encouraging the pursuit of comprehensive health care in the hospital setting to the correct handling of the problem more than a public health emergency.
7

"O processo de trabalho das enfermeiras na assistência pré-natal da rede básica de saúde do município de Ribeirão Preto" / The nurses work process in antenatal care in the basic health network of Ribeirão Preto, Brazil. 2005.

Adriana Mafra Brienza 15 July 2005 (has links)
A perspectiva da assistência pré-natal vem se consolidando nas investigações da área de saúde com vistas a promover o reconhecimento social e visibilidade dos trabalhos executados por profissionais da saúde. A proposta deste estudo é compreender o processo de trabalho das enfermeiras na assistência pré-natal da rede básica de saúde do município de Ribeirão Preto, buscando identificar as ações desenvolvidas no atendimento às mulheres. Pressupomos que a atuação da enfermeira proporciona uma apreensão mais ampliada das necessidades da gestante, sendo um dispositivo que favorece a perspectiva de transformação do processo de trabalho. O referencial teórico baseou-se no processo do trabalho em saúde e na assistência pré-natal. Utilizamos a metodologia qualitativa e a técnica do grupo focal como procedimentos para a coleta de dados. Os sujeitos do estudo foram cinco enfermeiras que atuam no referido serviço. A análise de conteúdo foi utilizada para sistematizar os dados qualitativos. Identificamos que a apropriação da assistência pré-natal pela enfermeira foi estimulada pela política da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da criação de um protocolo assistencial, sinalizando uma nova construção e concepção na assistência às mulheres. As enfermeiras evidenciaram potencial para um “novo” trabalho na assistência pré-natal, pontuando aspectos que não eram rotineiros na oferta do serviço de saúde, como trabalho em grupo e a assistência à mulher vítima de violência. Foram valorizados aspectos socioculturais e o trabalho em equipe, identificando possibilidades para uma aproximação da integralidade da assistência, pela vinculação e centralidade do usuário. / The perspective of antenatal care has become increasingly consolidated in health research, with a view to promoting the social recognition and visibility of health professionals’ work. This study aims to understand nurses’ work process in low-risk antenatal care in the basic health network of Ribeirão Preto, Brazil, as well as to identify what actions are realized in care delivery to these women. We start from the premise that nurses’ actions provide for a broader understanding of pregnant women’s needs, as a tool that favors the perspective of work process transformation. The theoretical framework was based on antenatal care and on the health work process. Data were collected through qualitative methodology and the focus group technique. Study participants were five nurses who work at the above mentioned service. Content analysis was used to systemize qualitative data. Nurses’ appropriation of antenatal care was stimulated by the Municipal Health Secretary’s policy, which created a care protocol that pointed towards a new construct and conception in care for pregnant women. The nurses demonstrated their potential to accomplish a “new” job in antenatal care, indicating non-routine aspects in health service delivery, such as group work and care for women who were victims of violence. They attached value to socio-cultural aspects and teamwork, identifying possibilities to get closer to integral care, bonding and user centrality.
8

Ações e serviços disponibilizados às pessoas que vivem com aids pela rede de atenção à saúde de Ribeirão Preto - SP: uma análise na perspectiva dos usuários / Health actions and services available to people living with AIDS in the health care network of Ribeirão Preto - SP: an analysis from the perspective of users

Luana Alves de Figueiredo 09 December 2014 (has links)
A mudança no perfil epidemiológico do HIV/aids favorece a desconstrução da ideia de morte iminente, sendo este agravo, hoje, considerado como uma doença crônica, na qual a qualidade da assistência configura-se como um importante determinante do sucesso dos programas no controle da epidemia, gerando impactos positivos nas condições de vida e de saúde dos indivíduos. Este estudo objetivou analisar a oferta das ações e serviços de saúde na assistência prestada às pessoas que vivem com Aids (PVHA) no município de Ribeirão Preto-SP. Trata-se de um estudo exploratório, do tipo inquérito, com abordagem quantitativa. Participaram 301 PVHA em acompanhamento nos cinco Serviços de Assistência Especializada (SAE) em HIV/aids sob gestão municipal, considerando-se os seguintes critérios de inclusão: indivíduos maiores de 18 anos, com terapia antirretroviral instituída há mais de 6 meses, residentes no próprio município e não pertencentes ao sistema prisional. A coleta de dados foi realizada no período de julho/2011 a fevereiro/2012, por meio de entrevistas com apoio de um instrumento específico. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva. Quanto ao perfil dos sujeitos, identificou-se paridade entre os sexos, cor branca, envelhecimento populacional, indivíduos casados/união estável, heterossexuais, baixa escolaridade, predomínio da classe econômica C. Dentre os motivos que levaram ao diagnóstico doença, destacam-se o aparecimento de sinais e sintomas e o diagnóstico do parceiro, sendo a via sexual a principal forma de transmissão. A oferta de ações e serviços de saúde às PVHA pelos SAE do município, de modo geral, foi avaliada como regular, porém houve heterogeneidade entre os serviços. O SAE \"D\" foi o melhor avaliado pelas PVHA, e o SAE \"C\" obteve média significativamente menor do que os outros serviços. Houve predomínio de atividades clínico-biológicas, sendo os indicadores referentes ao manejo clínico da doença classificados como satisfatórios. Já a oferta de ações e serviços envolvendo outras necessidades e demandas de saúde dos usuários foram classificadas como regular e insatisfatória. O estudo apontou que a equipe especializada atende às recomendações e diretrizes clínicas para o tratamento das PVHA, contudo a dimensão do cuidar possui potencial de ampliação quando se considera os demais profissionais e recursos da rede de atenção à saúde. Apesar dos avanços científicos e tecnológicos, desafios são lançados à rede de atenção à saúde para a ampliação e sustentabilidade de um elenco de ações que se articulem na promoção do cuidado às PVHA, desde a prevenção, a assistência, inclusive a farmacêutica, a formação profissional, avançando, assim, na construção de um cuidado integral, integrado e resolutivo, compatível com as necessidades dos indivíduos, dada a complexidade da doença e sua configuração enquanto condição crônica / The changing epidemiology of HIV/AIDS allows the deconstruction of the idea of imminent death. This disease, today considered as a chronic disease, lies on the the quality of care that appears as an important determinant of the success of programs in both controll ing the epidemic and generating positive impacts on health and living conditions of individuals. This study aimed to analyze the offering of actions and availability of health services in assisting people living with AIDS (PLWHA) in Ribeirão Preto - SP. This is an exploratory study of the survey type, with a quantitative approach, with 301 PLWHA monitoring the five HIV/AIDS Specialized Assistance Services (SAS) under municipal management. We considered the following inclusion criteria: patients over 18 years on antiretroviral therapy for more than six months, residing in the county and outside the prison system. Data collection was performed in February 2011 to July 2012 through interviews by applying a specific instrument. Data were analyzed using descriptive statistics. Regarding the profile of the subjects, we identified parity between sexes, white color, aging population, individuals who were married/ in common-law marriage, heterosexuals, with low education, predominance of economic class C. Among the reasons leading to disease diagnosis, we highlight the onset of signs and symptoms and the diagnosis of the partner, being the main transmission form the sexual one. The offering of actions and availability of health services to PLWHA by the SAS was evaluated as a regular, but there was heterogeneity among the services. SAS \"D\" was rated best by PVHA and SAS \"C\" achieved significantly lower rates than the other services. There was a predominance of clinical and biological activities, and the indicators for the clinical management of the disease were classified as satisfactory. In turn, range of services involving other health needs and demands of the users were classified as regular and unsatisfactory. The study found that the expert team meets clinical recommendations and guidelines for the treatment of PLWHA, however, the dimension of care has the potential for expansion when considering other professionals and resources of the health care network. Despite scientific and technological advances, challenges are thrown at health care for the expansion and sustainability of an articulated set of actions capable of promoting care for PLWHA, from prevention to care, -including pharmaceutical care - and perpassing professional training, thereby improving the development of a comprehensive, resolutive and integrated care, consistent with the needs of individuals, given the complexity of the disease and its configuration as a chronic condition
9

Prática do enfermeiro na promoção do aleitamento materno para adolescentes / Practice nurses in the promotion of breastfeeding for adolescents

Caroline Cândido Garcia Leal 16 April 2010 (has links)
A prática do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade da criança e a oferta do leite materno até os dois anos de idade ou mais são consideradas fundamentais para a qualidade da saúde e de vida da criança, com benefícios também para a mãe e família. Porém, os índices de desmame ainda são elevados, sendo agravados quando a mãe é adolescente. Os profissionais da saúde, por meio de suas ações, podem influenciar o início e a manutenção da amamentação. Portanto, este estudo apresenta como objetivo conhecer as práticas dos enfermeiros que atuam na rede municipal da saúde de Ribeirão Preto (SP) em relação à promoção do aleitamento materno para gestantes e/ou mães adolescentes. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, desenvolvida com 12 enfermeiras que atuavam nas Unidades de Saúde do Distrito Sul do município de Ribeirão Preto. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e de observação da prática das enfermeiras, após consentimento livre e esclarecido. As observações foram registradas em diário de campo, e o conteúdo das entrevistas foi transcrito e analisado de acordo com a técnica de análise de conteúdo, modalidade temática, sob o referencial teórico da integralidade. Os resultados revelaram três temas: 1) Trabalho centrado na técnica, no recomendado e no biológico; 2) Cotidiano do serviço de saúde na atenção à gestante e/ou mãe adolescente; 3) Relação profissional de saúde e gestante e/ou mãe adolescente. O primeiro tema revelou que o trabalho do profissional é orientado pelo modelo biomédico, em que as ações de saúde concentram-se, essencialmente, na atenção às mamas, na técnica da amamentação, em protocolos do serviço de saúde, distanciando-se das necessidades mais amplas das adolescentes. A educação em aleitamento materno segue o modelo tradicional, com abordagem de temas preestabelecidos e utilização de materiais educativos. O segundo tema mostrou que as enfermeiras contam com parcerias intra e extrainstitucionais, se mobilizam na busca de outros saberes para complementarem suas ações, porém a comunicação entre os trabalhadores ocorre por meio de agendamentos e encaminhamentos para outros profissionais. O atendimento de enfermagem se dá por meio de consultas e visitas domiciliares e parece seguir uma padronização. A preocupação da enfermeira, durante a puericultura, é com a avaliação e vacinação do recém-nascido. As orientações em aleitamento materno ocorrem durante o pré-natal e no momento do teste do pezinho. A atenção pré-natal revelou o acolhimento de forma sutil, com aproximações e distanciamentos da perspectiva da integralidade. O terceiro tema apontou que a enfermeira respeita a decisão da mulher sobre a amamentação, que ela está disposta a ouvir a adolescente, explicar e orientar mais as adolescentes acerca do aleitamento materno, porém sua prática está permeada por juízo de valores. Consideramos que são necessárias capacitação e educação permanentes em aleitamento materno, visando a um novo perfil de enfermeiros para a atenção integral das necessidades das adolescentes, no ciclo gravídico-puerperal. / The practice of exclusive breastfeeding until six months old child and the supply of milk up to two years of age or older is considered essential for the health and quality of life of children, with benefits also for the mother and family. However, weaning rates are still high and is exacerbated when the mother is a adolescent. Health professionals, through their actions, can influence the initiation and maintenance of breastfeeding. Therefore, this paper is intended to acknowledge the practice of nurses working in the network of the Municipal Health Department of Ribeirão Preto (SP) for the promotion of breastfeeding for mothers and / or pregnant women adolescents. This is a descriptive qualitative approach, developed with 12 nurses who worked in the Health Units for the Southern District of Ribeirão Preto. Data were collected through semi-structured interviews and observation of practice nurses, after informed consent. The observations were recorded in the field diary and the interviews were transcribed and analyzed according to the analysis technique of thematic content, under the theoretical integrality. The results revealed three themes: 1) Work focused on technique, in the recommended and biological, 2) Daily of the health service in the care of pregnant women and / or adolescent mother, 3) Relationship of health professionals and pregnant and / or adolescent mother. The first theme revealed that the professional work is guided by the biomedical model, in which health actions are concentrated primarily in the care of breasts, the breastfeeding techniques, protocols of the health service, away with the more ample of adolescents. A breastfeeding education follows the traditional model, the approach of preestablished themes and use of educational materials. The second theme revealed that nurses rely on partnerships within and outside institutions, are mobilized in pursuit of other knowledge to complement their actions, however, the communication between workers is through appointments and referrals to other professionals. The nursing care is done through consultations and home visits and seems to follow a pattern. The concern of the nurse during the child is with the assessment and vaccination of the newborn. The guidelines on breastfeeding occur during the prenatal and the time of newborn screening. The prenatal care revealed in a subtle way of reception, with approaches in and distancing of view of integrality. The third theme showed that the nurse respects a woman\'s decision about breastfeeding, she is willing to listen to the adolescent, explain and guide more adolescents regarding breastfeeding, but its practice is permeated by value judgments. We believe it is necessary training and continuing education in breastfeeding, seeking a new profile of nurses in the comprehensive care needs of adolescents during pregnancy and postpartum period.
10

A utilização do coping religioso/espiritual por mulheres submetidas ao tratamento do câncer de mama / The use of spiritual/religious coping for women undergoing treatment for breast cancer

Mariana Lopes Borges 26 June 2015 (has links)
O Coping Religioso/Espiritual (CRE) vem sendo apontado como importante estratégia utilizada no enfrentamento de estímulos estressores, especialmente no contexto da saúde. Este estudo teve como objetivo avaliar o nível de CRE utilizado por mulheres submetidas ao tratamento do câncer de mama. Trata-se de uma pesquisa com delineamento quantitativo, descritivo e corte transversal. Participaram 94 mulheres submetidas aos tratamentos do câncer de mama, que frequentavam regularmente um núcleo de reabilitação. A coleta de dados ocorreu de outubro de 2013 a junho de 2014 e foram utilizados dois instrumentos: questionário com dados sociodemográficos, clínicos, religiosos/espirituais e estímulo estressor associado ao câncer de mama, e a Escala de Coping Religioso/Espiritual Breve (CRE-Breve). Os dados do questionário foram analisados descritivamente e utilizou-se o programa SPSS versão 16.0. Os itens da escala foram analisados segundo sugestão da autora que validou o construto no Brasil, utilizando os testes estatísticos apropriados. Foram respeitados os preceitos éticos da resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Os resultados mostraram que: todas as participantes utilizaram o CRE, sendo 76,6% em nível alto/altíssimo e 23,4% em nível médio; o CRE Positivo (mediana 3,44; média 3,41; desvio padrão 0,59) foi mais utilizado em relação ao CRE Negativo (mediana 1,13; média 1,27; desvio padrão 0,40) e Razão CREN/CREP (mediana 0,35; média 0,38; desvio padrão 0,14). Foram significantes: as comparações dos escores do CRE Total com as variáveis \"Quimioterapia\" (p=0,012), \"Participa de atividade religiosa/espiritual\" (p=0,001), \"Frequência com que participa de atividade religiosa/espiritual\" (p=0,002) e \"Grau de importância da religiosidade/espiritualidade no momento de vida\" (p=0,032); as comparações dos escores do CRE Positivo com as variáveis \"Quimioterapia\" (p=0,011), \"Participa de atividade religiosa/espiritual\" (p=0,004) e \"Frequência com que participa de atividade religiosa/espiritual\" (p=0,011); as comparações dos escores do CRE Negativo com as variáveis \"Participa de atividade religiosa/espiritual\" (p=0,019) e \"Frequência com que participa de atividade religiosa/espiritual\" (p=0,002). Apesar de não ter havido diferença significante do CRE com as demais variáveis investigadas, elas devem ser consideradas ao se avaliar a utilização de CRE frente a estímulos estressores, especialmente o câncer de mama; o CRE se mostrou como uma importante estratégia de enfrentamento em situações de estresse vividas por mulheres com câncer de mama e as auxiliou enfrentar a doença e as consequências dos tratamentos realizados. O fato de as mulheres participarem de um núcleo de reabilitação integral pode ter contribuído na utilização do CRE como estratégia de enfrentamento do câncer de mama. Evidencia-se a importância de os profissionais da saúde se apropriarem de conhecimentos, habilidades e atitudes que os auxiliem a inserir o cuidado espiritual no planejamento e implementação das ações de assistência à saúde, principalmente de mulheres com câncer de mama. Sugere-se ainda a criação de serviços em saúde que ofereçam o suporte religioso/espiritual aos seus pacientes e a adequação daqueles que já se encontram em funcionamento, uma vez que esta se mostra como uma estratégia importante diante de eventos estressores, inclusive àqueles relacionados aos problemas de saúde / The Spiritual/Religious Coping (ERC) has been identified as an important strategy used in coping with stress, especially in the context of health. This study aimed to evaluate the level of ERC used by women undergoing treatment for breast cancer. It´s a survey of quantitative, descriptive and cross-sectional design. Participated 94 women submitted to breast cancer treatments for regularly attendance on a rehabilitation center. Data collection took place from October 2013 to June 2014 and two survey instruments were used: questionnaire with sociodemographic and clinical, religious/spiritual data; and stressor stimulus associated with breast cancer, and the Spiritual/Religious Coping Scale (ERC-Short). Questionnaire data were analyzed descriptively using SPSS version 16.0. Scale items were analyzed according to construct validation in Brazil. The ethical precepts of the Resolution 466/2012 of the National Health Council were respected. Results showed that all participants used the ERC, and 76.6% in high/very high level and 23.4% in average level; Positive ERC (median 3.44, average 3.41, standard deviation 0.59) was used relative more than negative ERC (median 1.13, average 1.27, standard deviation 0.40) and the Ratio of ERCN/ERCP (median 0.35, mean 0.38, standard deviation0.14). Were significant for the comparisons scores of total ERC with the \"Chemotherapy\" variables (p=0.012); \"takes part in religious/spiritual activity\" (p=0.001); \"frequency of participating in religious spiritual activity\" (p=0.002), and \"degree of importance of religiousness/spirituality at the time of life\" (p=0.032).Comparisons scores of the ERC Positive with the variables \"Chemotherapy\" (p=0.011); \"takes part in religious/spiritual activity\" (p=0.004) and \"frequency of participating in religious/spiritual activity\" (p=0.011). Comparisons scores of the ERC negative with \"participates in religious/spiritual activity\" (p=0.019) and \"frequency of participating in religious/spiritual activity\" (p=0.002). Although there has been no significant difference in the ERC with other variables investigated, they should be considered when evaluating the use of ERC facing stressful factors, especially breast cancer. The ERC proved to be an important strategy in situations of stress experienced by women with breast cancer and confront the disease and the consequences of treatments. The fact that women participated in a comprehensive rehabilitation core may have contributed to the use of the ERC as a coping strategy of breast cancer. Highlights the importance of health professionals to appropriate knowledge, skills and attitudes that help them to introduce the spiritual care in planning and implementation of health care interventions, mainly of women with breast cancer. It is also suggested the creation and adequacy of health services that offer religious/spiritual support to their patients, since this appears as an important strategy in facing stressor stimulus, including those related to health problems

Page generated in 0.1043 seconds