• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 29
  • Tagged with
  • 29
  • 29
  • 28
  • 28
  • 27
  • 27
  • 27
  • 27
  • 27
  • 27
  • 26
  • 23
  • 19
  • 16
  • 15
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Euphorbiaceae Juss. da floresta nacional de Caxiuanã, com ênfase nas espécies ocorrentes na grade do PPBIO, Pará, Brasil.

TRINDADE, Maria José de Sousa January 2008 (has links)
The present study is a taxonomical treatment of the species of Euphorbiaceae Juss. from Three areas of the Caxiuanã National Forest (l03()' e 2o30' S; 51015' e 52" 15' W), situated in the northem region of Brazil, State of Pará, at the municipalities of Portei and Melgaço. The two first ones, localized in Portei, is the permanent parcel of the Research Program in Biodiversity - PPBio (01o58'58" S; 51038T6" W). It is a grid of 25 km2 divided into 30 parcels, in which there areb sub parcels of 250 x 40 m, where the collections were carried out narrow river Caquajó (0lo57'37"S; 5 l037'52"W). The third area is the Ferreira Penna Research Station - ECFP (Io 30' e Io 50' S; 51° 15' a 51° 45' W), localized at Melgaço. In grid the collection methodology followed the rules of the PPBio, which states that the collections should be done in 20 m of both sides of the sub parcel. In the other areas the collections followed the traditional techniques: according to the visualization of specimens. For the analysis and taxonomical Identification of the specimens there were used the usual techniques, the experience of the adviser, consults by other specialists and specialized literature. Seventeen species, distributed in 12 genera, nime tribes and five subfamilies were identified. The subfamily Euphorbioideae and the genus Mabea Aublet were the most representatives. Mabea angularis Hollander is newly recorded for the State of Pará. Identification keys, descriptions of genera and species, illustrations, taxonomical comments, as well as additional notes on the phenology, uses, traditional names, and comments on the distribution of the species are given. Geographical distribution maps of the species are presented as well. / O presente trabalho refere-se ao tratamento taxonômico das espécies de Euphorbiaceae Juss. coletadas em três áreas da Floresta Nacional de Caxiuanã (103(T e 203(F S; 51015' e 52015' W), a qual localiza-se na região Norte do Brasil, estado do Pará, nos municípios de Portei e Melgaço. As duas primeiras, localizadas no município de Portei, a parcela permanente do Programa de Pesquisa em Biodiversidade - PPBio (01o58'58" S; 51038T6" W), uma grade de 25 km2 dividida em 30 parcelas, dentro das quais localizam-se sub-parcelas de 250 x 40 m e o igarapé Caquajó (0lo57'37"S; 5 l037'52"W). A terceira área é a Estação Científica Ferreira Penna - ECFP (Io 30' e Io 50' S; 51° 15' a 51° 45' W), localizada no município de Melgaço. Na grade, a metodologia de coleta está de acordo com as normas do PPBio, ou seja, coletando-se na faixa de 20 m de cada lado da sub-parcela. Nas outras áreas, a coleta foi conforme as técnicas usuais em taxonomia, ou seja, de acordo com a visualização dos espécimes. Para a análise e identificação taxonômica dos exemplares coletados, foram utilizadas técnicas usuais, experiência do orientador, consulta a outros especialistas e literatura especializada. Identificou-se 17 espécies, distribuídas em 12 gêneros, nove tribos e cinco subfamílias. A subfamília Euphorbioideae e o gênero Mabea Aublet foram os mais representativos. Mabea angularis Hollander é citada pela primeira vez para o Estado do Pará. São apresentadas chaves de identificação, descrições dos gêneros e espécies, ilustrações, comentários taxonômicos, assim como notas adicionais sobre a fenologia, usos, nomes vulgares e comentários sobre a distribuição das espécies nos diferentes ambientes observados. São também apresentados mapas de distribuição geográfica para as espécies analisadas.
2

A Tribo Ingeae bentham (Leguminosae - Mimosoideae) na floresta nacional de Caxiuanã, Pará, Brasil

SILVA, Francismeire Bonadeu da January 2010 (has links)
A tribo Ingeae Benth. compreende 36 gêneros, destes 24 são endêmicos do Novo Mundo, de 935 a 966 espécies, que se difundem nas regiões tropicais, subtropicais e temperadas. Para o Brasil são estimados 16 gêneros, 302 espécies, 10 subespécies e 46 variedades. O presente estudo objetivou contribuir para o conhecimento da diversidade de espécie dessa tribo na Floresta Nacional de Caxiuanã. Foram reconhecidos sete gêneros, 27 espécies, uma subespécie e duas variedades. O gênero mais representativo foi Inga Mill. com 17 espécies distribuídas em sete seções: Inga seção Bourgonia (/. alba (Sw.) Willd., I. hrachyrhachis Harms, I. cylindrica (Vell.) Mart., /. laurina (Sw.) Willd. e 1. microcalyx Spruce ex Benth.); Inga seção Inga (/. edulis Mart.); Inga seção Leptinga (/. gracilifoliã Ducke, I. paraensis Ducke e I. ohidensis Ducke); Inga seção Longiflorae (/. grandiflora Ducke, I. longiflora Spruce ex Benth., I. micradenia Spruce ex Benth. e I. ruhiginosa (Rich.) DC.); Inga seção Multijugae (/. thihaudiana DC. subsp. thihaudiana); Inga seção Pseudinga (/. capitata Desv. e I. stipidares DC.) e Inga seção Tetragonae (/. macrophylla Humb. & Bonpl. ex Wilk). Em seguida vem Abarema Pittier, que está representado por três espécies (A. jupunba (Willd.) Britton & Killip, A. mataybifolia (Sand.) Bameby & J. W. Grimes e Abarema sp.); Calliandra Benth. com duas espécies (C. surinamensis Benth. e Calliandra sp.); Zygia P. Browne com duas espécies e uma variedade (Z racemosa (Ducke) Barneby & J. W. Grimes e Zygia latifolia (L.) Fawc. & Rendle var. lasiopus (Benth.) Barneby & J. W. Grimes); Enterolobium Mart. {E. schomburgkii (Benth.) Benth.); Hydrochorea Barneby & J. W. Grimes (H. corymbosa (Rich.) Barneby & J. W. Girmes) e Macrosamanea Britton & Rose ex Britton & Killip (M pubiramea (Steud.) Bameby & J. W. Grimes var. pubiramea). São apresentas chaves de identificação, descrições e ilustrações dos táxons, além de dados adicionais sobre distribuição geográfica, comentários e fenologia.
3

Estresse oxidativo de aves em clareiras naturais e sub-bosque na região Amazônica / Oxidative stress of birds in natural gaps and understory sites in the Amazon region

GOMES, Andreza de Lourdes Souza January 2013 (has links)
Submitted by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2017-01-26T12:13:59Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Tese_EstresseOxidativoAves.pdf: 673585 bytes, checksum: 28e62b7ab0699fd0f9141199ce3279ba (MD5) / Approved for entry into archive by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2017-01-26T12:14:36Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Tese_EstresseOxidativoAves.pdf: 673585 bytes, checksum: 28e62b7ab0699fd0f9141199ce3279ba (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-26T12:14:36Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Tese_EstresseOxidativoAves.pdf: 673585 bytes, checksum: 28e62b7ab0699fd0f9141199ce3279ba (MD5) Previous issue date: 2013 / Pesquisas que forneçam informações sobre a distribuição de aves nas diferentes fases do mosaico florestal são fundamentais para compreender os processos que mantém a diversidade de arvores e arbustos nas florestas tropicais, uma vez que as clareiras naturais contribuem para a heterogeneidade estrutural e elevada disponibilidade de recursos e, podem influenciar na distribuição e abundância dos organismos. Objetivos - São três objetivos: (a) determinar e comparar a abundância e riqueza de aves frugívoras e a disponibilidade de frutos em clareiras naturais e sub-bosque; (b) verificar a associação entre a abundância das aves frugívoras e disponibilidade de frutos nos ambientes; (c) investigar as interações ecofisiológicas entre o estresse oxidativo e a distribuição dos individuos de Dixiphia pipra e Willisornis poecilinotus a fim de determinar quais os fatores mais relevantes para o estresse oxidativo nestas duas espécies. Métodos - O estudo foi realizado no período de novembro de 2010 a outubro de 2011 em um trecho de floresta de terra firme na Floresta Nacional de Caxiuanã, Melgaço, Pará, Brasil. Foram selecionadas 06 unidades amostrais em clareiras naturais e 06 em áreas contínuas de floresta não alterada. Em cada unidade amostral foi instalado um grupo de 10 redes ao nível do solo, que permaneceram abertas das 6:00 h às 14:00 h por dois dias consecutivos, perfazendo seis dias a cada mês. Este procedimento foi realizado durante 12 meses. O esforço amostral total foi de 23.040 horas-redes. Todos os indivíduos capturados foram identificados, marcados com anilhas metálicas e mantidos em sacos de algodão. Também foram coletadas amostras de sangue, fezes ou de regurgito para determinar a composição da dieta e o estresse oxidativo. A relação entre substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico e a capacidade antioxidante total foi utilizado como índice de estresse oxidativo. As plantas frutificando foram identificadas e a capacidade antioxidante total dos frutos para cada espécie foi determinada. Resultados: foram capturados 347 indivíduos, pertencentes a 21 espécies. Clareiras naturais apresentaram assembleias de aves frugívoras distintas do sub-bosque e as espécies que mais contribuíram para a dissimilaridade foram Dixiphia pipra, Pipra rubrocapilla e Turdus albicollis. Não houve diferença na riqueza de aves frugívoras entre os ambientes, porém a disponibilidade de frutos e o número total de captura das aves foram superiores em clareiras naturais. Os frugívoros primários, aqueles em que as amostras de fezes ou regurgito sempre continham polpa do fruto e ou sementes, ocorreram preferencialmente em clareiras naturais e a espécie mais abundante neste ambiente foi Dixiphia pipra e no sub-bosque Pipra rubrocapilla. Foram registradas 36 espécies de plantas frutificando. As espécies de plantas mais comuns nas clareiras naturais foram Psychotria coloratae e Psychotria iodotricha, enquanto no sub-bosque sob dossel contínuo foram Faramea anisocalyx e Virola surinamensis. A abundância total de aves frugívoras foi correlacionada com o número de plantas frutificando somente nas clareiras naturais. A variação dos biomarcadores de estresse oxidativo nos indivíduos que apresentam organização em leques variou com o sexo e ambiente. Nas clareiras naturais, os machos adultos de Dixiphia pipra registraram níveis mais elevados de estresse oxidativo. A alta taxa metabólica, resultante do esforço de voo para evitar predadores, comportamento de exibição para as fêmeas e defesa de território podem aumentar a geração de compostos pró-oxidantes. Porém o consumo de frutos com alto teor antioxidante pelos machos neste ambiente podem minimizar os efeitos danosos do estresse oxidativo. Nas espécies que não apresentam organização em leque, como Willisornis poecilinotus, o estresse oxidativo foi explicado somente pelo ambiente. Os indivíduos capturados em clareiras naturais registraram níveis de estresse oxidativo mais elevado. Isto pode ser devido ao aumento da taxa metabólica associada as estratégias de voo para evitar a predação e comportamento de forrageio. / Background: (Oxidative stress of birds in natural gaps and understory sites in the Amazon region). Studies that provide information about the distribution of birds in different phases of forest mosaic are essential for understanding the maintenance of biodiversity, since natural gaps play a central role on the structure and dynamics of tropical forest. Objectives: (a) to determine and compare the abundance and richness of frugivorous birds between the natural gap and understory habitats; (b) verify and associate the abundance of frugivorous birds with the availability of fruits in both areas; (c) to investigate the echophysiological interactions between the oxidative stress and the distribution of specimens of Dixiphia pipra and Willisornis poecilinotus, to determine which factors account for the variance of biomarkers of oxidative stress in these species. Methods: This study was carried out from November 2010 to October 2011 in terra firme forest sites at the National Forest of Caxiuanã, Melgaço, Pará, Brazil. Two different understory forest habitats were selected for sampling on the basis of physiognomies: natural tree fall gap and undisturbed forest. Twelve (12) sites were selected (6 natural gaps and 6 undisturbed continuous forests). In each site, groups of 10 mist nets were set at ground level which remained open from 6:00am to 2:00pm for two consecutive days, totaling six days each month. This procedure lasted for 12 months and the sampling effort totaled 23,040 mist net hours. All specimens captured were identified, marked with metal rings and kept in cotton bags. We collected blood, feces and regurgitation samples to determine the biomarkers of oxidative stress and the composition of the diet. The relationship between thiobarbituric acid reactive substances and the total antioxidant capacity was used as an index of oxidative stress. The vegetation structure was determined based on transects along the mist nets; the plants bearing fruits were identified and the total antioxidant capacity was determined in each plant. Results: During the period of the study 347 specimens of 21 species were sampled. The assemblage of frugivorous birds in natural gap is distinct from that of undisturbed forest sites. The species responsible for dissimilarity were Dixiphia pipra, Pipra rubrocapilla and Turdus albicollis. The richness of birds was similar in both sites, but the availability of fruits and the total capture index were higher in natural gaps. The primary frugivores (those whose feces or regurgitation always showed fruit pulp or seeds) occurred mainly in natural gaps, where the most abundant species was Dixiphia pipra. In addition, Pipra rubrocapilla was the most abundant species in undisturbed sites. Thirty-six (36) species of plants bearing fruits were recorded, and the abundance of frugivorous birds was significantly correlated with the number of plants bearing fruits in natural gaps, where the most common species of plants were: Psychotria colorata and Psychotria iodotricha. On the other hand, Faramea anisocalyx and Virola surinamensis were the most common species in undisturbed sites. The variation of biomarkers of oxidative stress in specimens presenting lek behavior varied with gender and to the site of sampling. In natural gaps, the adult males of Dixiphia pipra showed higher levels of oxidative stress. The high metabolic rate resulting of flight effort to avoid predators, courtship behavior to the female and territory defense, can increase the production of pro-oxidant compounds. However, the ingestion of fruits with high content of antioxidant compounds by male can minimize the deleterious effects of oxidative stress. The variance of oxidative stress of species that do not have organization in leks was associated only with the site of sampling. The specimens sampling in natural gaps showed higher levels of oxidative stress. This can be due to the increase in metabolic rate to avoid predators as well as new flight strategies for foraging.
4

Aspectos observacionais e numéricos da interação floresta-atmosfera na Amazônia oriental: fenômenos turbulentos noturnos

NOGUEIRA, Daniele Santos January 2008 (has links)
Submitted by Irvana Coutinho (irvana@ufpa.br) on 2012-08-31T16:16:26Z No. of bitstreams: 2 Dissertacao_AspectosObservacionaisNumericos.pdf: 8633140 bytes, checksum: ae0eb67dfb1f399693e56e27a417b136 (MD5) license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) / Approved for entry into archive by Irvana Coutinho(irvana@ufpa.br) on 2012-08-31T16:16:43Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertacao_AspectosObservacionaisNumericos.pdf: 8633140 bytes, checksum: ae0eb67dfb1f399693e56e27a417b136 (MD5) license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-08-31T16:16:43Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertacao_AspectosObservacionaisNumericos.pdf: 8633140 bytes, checksum: ae0eb67dfb1f399693e56e27a417b136 (MD5) license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Previous issue date: 2008 / FDB - Fundação Djalma Batista / Este estudo identificou dois fenômenos turbulentos noturnos sobre a região de Caxiuanã, na Amazônia Oriental, durante a estação seca: jatos de baixos níveis (JBNs) e rajadas de ventos, utilizando dados das campanhas de coleta de dados CiMeLA (estação seca de 2003) e COBRA-PARÁ (estação seca de 2006). Ambos foram analisados observacionalmente, no que diz respeito aos seus horários de ocorrência, intensidade, altura e duração, bem como a evolução noturna destas ocorrências. Verificou-se que a maioria dos eventos de JBNs observados foi acompanhada de queda na temperatura potencial equivalente e que as rajadas de vento exerceram uma importante influência sobre as trocas floresta-atmosfera. A gênese dos dois fenômenos também foi investigada. Notou-se, através do modelo de mesoescala BRAMS, que a origem dos jatos está possivelmente associada à brisa marítima e à intensificação dos ventos alísios de nordeste, baseado em resultados de testes de sensibilidade, que incluíram a retirada dos rios, da interface oceano-atmosfera, dos efeitos de downdrafts e do desflorestamento da região. Observou-se também que o processo de formação das rajadas está associado à existência da baía de Caxiuanã, cuja forma se assemelha a um lago, e à atividade convectiva local. Verificou-se que os dois fenômenos não existiram simultaneamente, exceto em uma única noite, o que pode ser explicado por efeitos de blindagem por cisalhamento, que impedem a propagação de turbulência para baixo, em direção à superfície, gerados pela presença de JBNs muito fortes. Esta pesquisa reflete a importância e complexidade dos fenômenos atmosféricos próximos à costa paraense. / This study identified two nocturnal turbulent phenomena above Caxiuanã region, in the eastern Amazonia, during its dry season: low level jets (LLJ) and wind gusts, using data from the field campaigns CiMeLA (dry season of 2003) and COBRA-PARÁ (dry season of 2006). Both of them were analyzed observationally, considering aspects such as time of occurrence, intensity, height and duration, as well as their nocturnal evolution. It was verified that most of the LLJ events were accompanied by a drop in equivalent potential temperature. It was also found that the wind gusts had an important influence over the forest-atmosphere exchanges. The genesis of these phenomena was also investigated. It was noted, using the mesoscale model BRAMS, that the origin of the jets is possibly associated to the sea breeze and the intensification of the northeasterly winds. These results were based on sensibility tests, which included the removal of the rivers, the ocean-continent interface, the effects of downdrafts and the deforestation of the region. It was observed that the origin of the wind gusts is associated to the existence of Caxiuanã bay, which resembles a lake, and to the local convective activity. Furthermore, it was found that both phenomena did not exist simultaneously, except for one single night. This can be explained by a shear-sheltering effect that impedes that propagation of the turbulence downward, to the surface. This effect is generated by the presence of strong LLJs. This research reflects the importance and complexity of the atmospheric phenomena near the coast of Pará.
5

Efeito da alteração do hábitat sobre assembleias de peixes em igarapés afogados da Amazônia oriental

SOUSA, Híngara Leão 26 February 2014 (has links)
Submitted by Cleide Dantas (cleidedantas@ufpa.br) on 2014-11-10T16:52:52Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22974 bytes, checksum: 99c771d9f0b9c46790009b9874d49253 (MD5) Dissertacao_EfeitoAlteracaoHabitat.pdf: 1372010 bytes, checksum: 0ddb4893f5cf8f09b3f4b4483660607b (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva (arosa@ufpa.br) on 2014-11-11T13:47:54Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22974 bytes, checksum: 99c771d9f0b9c46790009b9874d49253 (MD5) Dissertacao_EfeitoAlteracaoHabitat.pdf: 1372010 bytes, checksum: 0ddb4893f5cf8f09b3f4b4483660607b (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-11T13:47:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22974 bytes, checksum: 99c771d9f0b9c46790009b9874d49253 (MD5) Dissertacao_EfeitoAlteracaoHabitat.pdf: 1372010 bytes, checksum: 0ddb4893f5cf8f09b3f4b4483660607b (MD5) Previous issue date: 2014 / CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Os ecossistemas aquáticos de água doce constituem sistemas complexos que estão sendo expostos a uma variedade de perturbações. Na região Amazônica, o uso dos recursos e ocupação da terra tem alterado a estrutura física do hábitat desses ambientes, especialmente os de pequeno porte (conhecidos como igarapés), influenciando a estrutura e composição de suas comunidades. Vários estudos e programas de avaliação têm sido desenvolvidos a fim de verificar como essas alterações afetam as comunidades bióticas, através de características do hábitat que se mostram mais sensíveis às perturbações. Nesse contexto, o objetivo desse estudo foi mensurar e descrever atributos do hábitat de igarapés afogados e verificar como as assembleias de peixes respondem aos diferentes níveis de integridade física apresentados por esses igarapés. Para isso, testamos a hipótese de que ambientes estruturalmente mais íntegros suportam uma ictiofauna mais diversa do que ambientes impactados, em virtude destes apresentarem uma diminuição na complexidade ambiental. O estudo foi realizado em 34 igarapés, sendo 17 situados dentro do território da Floresta Nacional de Caxiuanã, e 17 em seu entorno, localizados próximos aos centros urbanos dos municípios de Portel e Melgaço (PA). O processo de urbanização encontra-se em expansão na região, alcançando áreas de florestas e corpos hídricos que ainda permanecem preservados. Também há uma intensa atividade extrativista madeireira, pois a área está inserida no principal pólo madeireiro da zona do estuário no estado do Pará. O hábitat físico dos igarapés foi avaliado seguindo um protocolo padronizado de avaliação. Para a coleta dos peixes foram utilizadas redes de mão em um trecho de 150 metros por igarapé durante seis horas (divididas entre os segmentos e entre os coletores). Apesar de detectarmos um conjunto de métricas que responderam ao gradiente de alteração local, estas não se mostraram suficientes na redução ou aumento do número de espécies ao longo dos níveis de preservação, mantendo praticamente constante a riqueza e abundância para os três grupos (alterado, intermediário e íntegro). Porém, a diferença foi significativa para a composição, com onze espécies exclusivas de ambientes alterados e oito exclusivas de ambientes íntegros. A degradação do ambiente físico, mesmo que em escalas menores favorece a ocorrência e maior abundância de espécies tolerantes e com grande plasticidade fenotípica, além do aumento populacional de espécies oportunistas. Diferentes efeitos podem ser exercidos sobre os grupos de espécies que compõem uma comunidade, pois elas apresentam diferentes atributos biológicos e ecológicos que incluem também suas respostas para as mesmas variáveis ecológicas. Portanto, a possível desconstrução da comunidade em grupos de espécies (sejam taxonômicos, funcionais, etc) pode mostrar respostas diferenciadas frente às alterações do hábitat, sendo uma estratégia promissora para associar características ambientais aos padrões de riqueza apresentado por essas comunidades. A avaliação da integridade biótica também é uma alternativa para identificar efeitos da alteração do hábitat sobre as espécies, principalmente considerando a peculiaridade da região e a falta de informações acerca da ictiofauna local. / The natural aquatic ecosystems are complex systems that are exposed to a variety of disturbances. In the Amazon region, for instance, land use and occupation have altered the physical structure of aquatic environments, especially regarding the small streams, influencing their communit structure and composition. This has led to research development and evaluation programs to see how the changes that are occurring in these environments affect biotic communities, through habitat characteristics that are more sensitive to disturbance. Thus, this study aimed to describe and measure physical attributes of drowned out streams and evaluate how fish assemblages respond to different levels of streams physical integrity. Our hypothesis is that structurally intact environments endure a more diverse ichthyofauna than altered environments, since their decreased environmental complexity limits the potential ecosystem, because they presented a decrease in environmental complexity. The study was conducted in 34 streams, 17 located within the territory of Caxiuanã National Forest, and 17 in its surroundings, located close to Portel and Melgaço cities (PA). The process of urbanization is expanding in the region, reaching areas of forests and streams that are still preserved. There is also an intense logging, because the area is included in the main timber pole of the estuary in the state of Pará. The physical habitat was evaluated according to a standardized protocol of stream environmental assessment. The samplings were conducted with hand nets passed along 150 meter long reaches during six hours (divided among segments and collectors). Although a set of metrics which responded to the local impact gradient has been detected these were not sufficient to reduce or increase the number of species across different levels of preservation, maintaining substantially constant the wealth and abundance for all three groups (altered, intermediate and preserved). However, the difference was significant for the composition, with eleven exclusive exclusive species of altered habitats and eight preserved environments. The degradation of the physical environment, even at smaller scales favors the occurrence and abundance of most tolerant species and phenotypic plasticity, in addition to the population increase of opportunistic species. Different effects can be exerted on the groups of species that make up a community, since they have different biological and ecological attributes that include your answers to the same ecological variables. Therefore, the possible deconstruction of community groups of species (taxonomic, functional, etc.) may show different responses to the changes of habitat, being a promising strategy for linking environmental standards of richness characteristics displayed by these communities. Assessment of biotic integrity is also an alternative to identify effects of habitat alteration on species, especially considering the region’s peculiarity and the lack of information about the local ichthyofauna.
6

Influência da variação sazonal, sobre os atributos químicos e biológicos do solo nos sítios do LBA e PPBIO em Caxiuanã/PA, Amazônia Oriental

MOURA, Quêzia Leandro de January 2012 (has links)
Submitted by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2015-08-24T17:58:25Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22974 bytes, checksum: 99c771d9f0b9c46790009b9874d49253 (MD5) Dissertacao_InfluenciaVariacaoSazonal.pdf: 1003537 bytes, checksum: ed3925ed480a3d33733664ee6fbf52a8 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva (arosa@ufpa.br) on 2015-08-31T15:12:37Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22974 bytes, checksum: 99c771d9f0b9c46790009b9874d49253 (MD5) Dissertacao_InfluenciaVariacaoSazonal.pdf: 1003537 bytes, checksum: ed3925ed480a3d33733664ee6fbf52a8 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-08-31T15:12:37Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22974 bytes, checksum: 99c771d9f0b9c46790009b9874d49253 (MD5) Dissertacao_InfluenciaVariacaoSazonal.pdf: 1003537 bytes, checksum: ed3925ed480a3d33733664ee6fbf52a8 (MD5) Previous issue date: 2012 / CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Diversos fatores ambientais, como pH, temperatura e umidade do solo influenciam a densidade e a atividade dos microorganismos. É possível que o equilíbrio da biosfera esteja sendo modificado pelas mudanças globais de origem natural e/ou antrôpica e influenciando os fatores ambientais que determinam o comportamento da microbiota edáfica. Afim de verificar a influencia dessas alterações, foi desenvolvido o presente estudo na área do experimento ESECAFLOR, que simula a ocorrência de fenômenos extremos, como o evento El Niño e na área do Programa PPBio (área de Floresta Primária), que visa estudar a Biodiversidade da Amazônia, sendo está última usada para fins comparativos (Testemunha). As amostras de solo para as análises químicas, física e biológicas foram coletadas nas profundidades: 00 – 05, 05 -10, 10 – 20 e 20 – 30 cm, nos períodos sazonais Chuvoso, Transição e Menos Chuvoso. Também foi determinado a Temperatura do solo nas mesmas profundidades. Os métodos utilizados foram os descritos por Embrapa (1997), Clark (1965), Gerhardt (1994), Yang et al. (1998) e Keeney (1982). O tratamento dos dados e os testes estatísticos (ANOVA: dois critério, Teste de Tukey e Correlação Linear Simples) foram realizados por meio do programa estatísticos Bioestat 5.0. Os maiores teores de macro e micro nutrientes foram encontrados na área de floresta primária natural (PPBio). Os maiores valores de Unidades Formadoras de Colônias (196 x 10<sup>4</sup> UFC/g de solo e 124 x 10<sup>2</sup> UFC/g de solo) para a população de Bactérias e Fungos, respectivamente, foram identificados também na área do PPBio e nos períodos chuvoso e intermediário, respectivamente. Foi identificado diferença significativa entre os dados obtidos para ambas as áreas e também houve diferença significativa dos dados de cada área em relação aos períodos sazonais e as profundidades estudados. A área que sofreu alteração antrópica (ESECAFLOR) apresentou os menores teores para os macro e micronutrientes, evidenciando a influência do processo de exclusão das águas pluviais na disponibilidade desses elementos no solo. / Several environmental factors, such as pH, temperature and soil moisture influence the density and the activity of microorganisms. It is possible that the balance of the biosphere is being changed by global changes of natural origin and influencing of human activities environmental factors that determine the behavior of the soil phase microbiota. In order to verify the influence of these changes, the present study has been developed in the area of the ESECAFLOR experiment, which simulates the occurrence of extreme phenomena such as the El Niño and the area of the PPBio Programme (Primary Forest area), which aims to study the biodiversity of the Amazon, being last used for comparative purposes (witness). The soil samples for chemical analysis, physical and biological properties were collected into the depths: 00 – 05, 05 -10, 10-20 and 20 – 30 cm in seasonal Transition periods, Rainy and Less rainy. It was also determined the temperature of the soil under the same depths. The methods used were described by Embrapa (1997), Clark (1965), Gerhardt (1994), Yang et al. (1998) and Keeney (1982). The treatment of data and the statistical tests (ANOVA: two criterion, Tukey test and simple Linear Correlation) were performed by means of statistical programme Bioestat 5.0. The highest levels of macro and micro nutrients were found in natural primary forest area (PPBio). The greatest values of colony-forming units of Colonies (196 x 10<sup>4</sup> UFC/g the soil and 124 x 10<sup>2</sup> UFC/g the soil) for the population of bacteria and fungi, respectively, were also identified in the area of PPBio and rainy and the intermediary periods, respectively. Was identified significant differences between the data obtained for both areas and also significant difference of each area in relation to seasonal periods and the depths studied. The area that changed human (ESECAFLOR) presented the lowest levels for macro and micronutrients, demonstrating the influence of the deletion process of rainwater in the availability of these elements in the soil.
7

Inventário dos Drosofilídeos (Diptera) associados a frutos, na Floresta Nacional de Caxiuanã, Melgaço, Pará, Brasil

PRAXEDES, Catarina de Lurdes Bezerra 25 February 2005 (has links)
Submitted by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2013-09-05T14:34:53Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_InventarioDrosofilideosDiptera.pdf: 31619763 bytes, checksum: 482277530cdc72b0136ba1cb8d15a875 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva(arosa@ufpa.br) on 2013-09-10T11:58:27Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_InventarioDrosofilideosDiptera.pdf: 31619763 bytes, checksum: 482277530cdc72b0136ba1cb8d15a875 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-10T11:58:27Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_InventarioDrosofilideosDiptera.pdf: 31619763 bytes, checksum: 482277530cdc72b0136ba1cb8d15a875 (MD5) Previous issue date: 2005 / O objetivo deste estudo foi descrever a diversidade de Drosophilidae (Diptera) frugívoros, da Floresta Nacional de Caxiuanã, Melgaço, Pará, Brasil, através da implementação de um protocolo estruturado. Entre 2003 e 2004 foram realizadas duas expedições, onde procederam-se coletas com armadilhas contendo isca de banana fermentada, distribuídas em 12 transectos de 1 km, sendo dois deles em cada um dos seis interflúvios ao norte da baía de Caxiuanã, na Estação Científica Ferreira Pena, FLONA Caxiuanã. Foi obtido um total de 4.320 indivíduos, distribuídos em 35 táxons, pertencentes aos gêneros Drosophila, em sua maioria, e Neotanygastrella. A espécie dominante foi D. willistoni com 33,96% dos indivíduos coletados, seguido por D. paulistorum (21,94%), D. sturtevanti (18,73%), D. tropicalis (11,39%) e D. equinoxiahs (37%). Cinco espécies cosmopolitas do grupo melanogaster ocorreram em Caxiuanã, porém a freqüência do grupo foi apenas de 1,75%. As curvas de acumulação de espécies, com 315 amostras, aproximaram-se da assíntota, com estimativas que variaram entre 40 e 53 espécies para Caxiuanã. O estimador Chao2 produziu curvas que chegaram a estabilização, com estimativa de 50 espécies. As análises da matriz de incidência e abundância mostraram que os sítios são similares entre si, compartilhando entre 40% e 66% em composição (Jaccard), com distribuições de abundância praticamente iguais (Morisita entre 85% e 100%). O percentual de completitude do inventário (79%) indica que seriam necessárias somente 83 amostras adicionais (21% de incremento de esforço, sem adição de singletons), para acessar a diversidade total de Drosophilidae na FLONA Caxiuanã. Estes resultados refletem bem a eficiência do método utilizado para estimar diversidade de drosofilídeos de frutos. Das 23 espécies do subgênero Sophophora, identificadas nesse estudo, foram registradas 4 novas ocorrências para o Brasil (D. dacunhai, D. mil/cri, D. saltans e D. septentriosaltans) e 8 para Amazônia brasileira (D. austrosaltans, D. dacunhai, D. magalhaesi, D. milleri, D. neocordata, D. neoelhptica, D. saltam e D. septentriosaltans). / The objective of this study was to describe the diversity of frugivorous Drosophilidae (Diptera) in Caxiuanã National Forest, Melgaço, Pará, Brazil, utilizing a structured protocol. Two collecting expeditions were carried out betvveen 2003 and 2004. Traps baited with banana were distributed along 12 one km transects in each of 6 arcas separating the parallel streams flowing from the north into Caxiuanã bay in the "Ferreira Pena" Scientific Station in Caxiuanã National Forest. A total of 4,320 individuais were collected, belonging to 36 taxons in two genera Drosophila (subgenus Sophophora and Drosophila) and Neotanygastrella. The dominant species collected was D. willistoni, comprising 33.96% of ali individuais, followed by D. paulistorunt (21.94%), D. sturtevanti (18.73%), D. tropicahs (11.39%) and D. equinoxialis (6.37%) Five cosmopolitan species of melanogaster group occur in Caxiuanã, but the frequency of the group was only 1.75%. Species accumulation curves, generated by EstimateS, approached an asymptote with 315 samples, resulting in estimates from 40 to 53 total species. The Chao2 estimator produced curves that appmached stabilization with an estimate of 50 species. Analyses of the incidence and abundance matrix demonstrated that the collecting localities were similar, sharing from 40% to 66% in composition (Jaccard), with similar distributions of abundance (Morisita values between 85% and 100%). The percentage completeness of the inventory (79%) indicates that only 83 additional samples are necessary (21% increase in sampling effort, without addition singletons) in order to assess the total diversity of frugivorous Drosophilidae. These results demonstrate the efficiency of the methodology used for estimating the diversity of frugivorous drosophilids in Caxiuanã. Of the 23 subgenus Sophophora species collected, 4 were new records for Brazil (D. dacunhai, D. milleri, D. sahans, and D. septentriosaltans) and 8 were new records for Brazilian Arnazonia (D. austrosahans, D. dacunhai, D. magalhaesi, D. milleri, D. neocordata, D. neoelhptica, D. saltans, and D. septentriosahans).
8

Padrões espaciais em comunidades de aves amazônicas

VALENTE, Renata de Melo January 2006 (has links)
Submitted by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2013-11-14T17:55:23Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_PadroesEspaciaisComunidades.pdf: 1755296 bytes, checksum: e0d64d539f12c472e3ab442b2991dc9c (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva(arosa@ufpa.br) on 2013-11-20T15:17:54Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_PadroesEspaciaisComunidades.pdf: 1755296 bytes, checksum: e0d64d539f12c472e3ab442b2991dc9c (MD5) / Made available in DSpace on 2013-11-20T15:17:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_PadroesEspaciaisComunidades.pdf: 1755296 bytes, checksum: e0d64d539f12c472e3ab442b2991dc9c (MD5) Previous issue date: 2006 / A Amazônia é a região que apresenta a maior riqueza de aves do planeta. Para que se possa entender a origem e os processos de manutenção dessa diversidade, são necessários estudos detalhados sobre os padrões de variação espacial das assembléias de aves por meio de comparações em diferentes escalas espaciais. Além disso, é essencial que se faça uma abordagem que integre os diversos fatores que podem estar interagindo e influenciando esses padrões. Esta tese é composta de três capítulos. No primeiro capítulo, a composição, as características ecológicas e os padrões de vulnerabilidade da avifauna da Estação Científica Ferreira Penna (ECFPn), Amazônia Oriental, são descritos. Uma lista de espécies atualizada para a área, com informações sobre o status de abundância, guilda trófica e tipo de hábitat, foi gerada. A vulnerabilidade das espécies foi acessada com base na avaliação dos padrões de raridade. No segundo capítulo, a avifauna da ECFPn é contextualizada regionalmente por meio da comparação da composição de espécies de diversos sítios representativos das áreas de endemismo definidas para aves na Amazônia. Foram consideradas diferentes categorias taxonômicas e ecológicas nessas análises, a fim de verificar se os padrões de distribuição diferem entre essas categorias e que fatores podem influenciar nos padrões apresentados. Por fim, o terceiro capítulo analisa a variação espacial da riqueza, abundância e similaridade em seis sítios de 100 ha ao longo de uma paisagem homogênea dominada por florestas de terra firme na ECFPn. As variações encontradas foram correlacionadas com a distância geográfica e com a estrutura da vegetação. A combinação desses estudos representa a ampliação do conhecimento sobre a avifauna na área de endemismo Xingu, além de utilizar pela primeira vez abordagens originais para investigar os padrões de distribuição da avifauna na Amazônia em várias escalas espaciais. / Amazonia houses the world´s richest avifauna. To understand the processes that originated and have maintained this diversity, are required detailed studies concerning spatial variation of major patterns of bird assemblages as well as comparisons among them across different spatial scales. In addition, it is essential to use an approach that takes in to consideration different factors that can be acting on and influencing these patterns. This thesis is composed of three chapters. In the first chapter, the composition, ecological characteristics and vulnerability patterns of the avifauna at the Ferreira Penna Scientific Station (ECFPn), Eastern Amazonia, are described. An updated species list to that area, with information on the abundance, trophic guilds and habitat type is presented. Vulnerability for each species was determined by using rarity patterns. In the second chapter, the avifauna of ECFPn is compared with other sites representing the different areas of Amazonian bird endemism. Different taxonomic and ecological categories were considered in several comparisons to evaluate if patterns of distribution are different among these categories and determine which factors can influence the patterns observed. Finally, the third chapter presents an analysis of the spatial variation of richness, abundance and similarity across six 100-ha sites located within a homogeneous landscape dominated by upland forests. Variation in species composition was then correlated with geographical distance and vegetation structure of these sites. The combination of theses studies increases our knowledge about the area of endemism Xingu and uses for the first time several different approaches to investigate distribution patterns bird assemblage in Amazonia at different spatial scales.
9

História natural e ecologia das serpentes da Floresta Nacional de Caxiuanã e áreas adjacentes, Pará, Brasil

MASCHIO, Gleomar Fabiano January 2008 (has links)
Submitted by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2013-11-14T18:01:37Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_HistoriaNaturalEcologia.pdf: 5861671 bytes, checksum: d6435051b9ca7c919aed3e2555e81734 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva(arosa@ufpa.br) on 2013-11-21T17:32:49Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_HistoriaNaturalEcologia.pdf: 5861671 bytes, checksum: d6435051b9ca7c919aed3e2555e81734 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-11-21T17:32:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_HistoriaNaturalEcologia.pdf: 5861671 bytes, checksum: d6435051b9ca7c919aed3e2555e81734 (MD5) Previous issue date: 2008 / A busca por padrões de estrutura e composição das comunidades é essencial para prover informações que permitam o manejo sustentado de populações e monitoramento de atividades antrópicas. Na região neotropical, onde ocorre grande riqueza de espécies e complexas relações ecológicas entre elas, estudos envolvendo ofidiofauna ainda são escassos, o que faz com que o entendimento dos processos responsáveis pela estruturação de suas comunidades ainda seja incipiente. No Brasil, vários trabalhos foram desenvolvidos na tentativa de explicitar os fenômenos responsáveis pelos padrões de ocorrência e interações das espécies de serpentes. Objetivando esclarecer quais os fatores que determinam os padrões observados e que afinidades (ecológicas e/ou históricas) as espécies compartilham, foi realizado estudo da taxocenose de serpentes da FLONA de Caxiuanã e áreas adjacentes, durante os anos de 2005 e 2006. Utilizou-se conjuntamente quatro métodos de amostragem (Procura Limitada por Tempo-PLT, Encontros Ocasionais-EO, Armadilhas de Interceptação e Queda-AIQ e Coletas por Terceiros-CT), em cinco áreas (IBAMA e Caquajó, no interior da FLONA de Caxiuanã; Enseada e dois pontos com influência antrópica: Marinaú e Mojuá, estando esses três últimos localizados em áreas adjacentes à FLONA. Foram registrados 378 espécimes distribuídos em cinco famílias, 35 gêneros e 50 espécies. Com os novos registros obtidos nesse estudo, o número de espécies de serpentes para a FLONA de Caxiuanã e áreas adjacentes passa de 63 para 69. Os métodos que apresentaram melhor desempenho em número de indivíduos foram PLT (199/378) e CT (159/378). EO (11/378) e AIQ (9/378) foram os métodos menos eficazes. A riqueza estimada (Jackknife 1), a partir de dados obtidos através de PLT, foi de 56 (+ ou – 4) espécies. O número de espécies estimado para as áreas preservadas foi maior que para áreas antropizadas. A composição das espécies de serpentes da área estudada apresentou maior similaridade com outras taxocenoses de áreas amazônicas. As espécies mais abundantes, acessadas através de PLT, foram Imantodes cenchoa, Corallus hortulanus e Leptodeira annulata. Quando todos os métodos foram considerados, Bothrops atrox, Imantodes cenchoa e Corallus hortulanus foram as espécies mais representadas. As áreas mais antropizadas, localizadas fora da FLONA (Marinaú e Mojuá), apresentaram menores abundância e riqueza de espécies em comparação com áreas protegidas, localizadas no interior da FLONA. Nove espécies foram consideradas potencialmente especialistas: Lachesis muta (pequenos mamíferos), Atractus schach (minhocas), Dipsas catesbyi (moluscos - lesmas), Helicops trivitatus e Hydrops triangularis (peixes), Siphlophis compressus (lagartos), Xenopholis scalaris, Taeniophallus brevirostris (anfíbios anuros) e Tantilla melanocephala (centopéias). Os itens mais acessados foram “lagartos”, “anfíbios anuros” e “pequenos mamíferos”. Serpentes com hábitos primária ou exclusivamente diurnas prevaleceram na comunidade analisada. A ausência de sazonalidade reprodutiva foi característica da maioria das espécies e isso se deve, muito provavelmente, à pouca diferença na temperatura ao longo do ano. A taxocenose de serpentes da FLONA de Caxiuanã e áreas adjacentes está, basicamente, formada por grupos contendo espécies onde, em geral, hábitos diários e de dieta estão sobrepostos. Além dos diversos fatores ecológicos, também fatores históricos, como adaptações morfológicas das espécies, têm grande influência na composição da taxocenose analisada. A grande dificuldade na realização de estudos de comunidades de serpentes está na escassez de dados das espécies, portanto torna-se imperioso que estudos de Ecologia e História Natural continuem sendo exaustivamente conduzidos em uma mesma localidade, objetivando a elucidação dos padrões de respostas aos diversos fatores relacionados à existência das espécies nos diferentes biomas. / The search for patterns of community structure and composition is essential to provide information which allows the sustained management of species populations and monitoring of antropic activities. Despite the fact that Neotropical region harbors an enormous diversity of species and complex ecological interactions, very little information is available on snake assemblages. Therefore, the processes responsible for community organization are not well understood. In Brazil, several studies were conducted to analyze the factors responsible for the patterns of distribution and interactions among snake species. In order to identify the factors that determine those patterns and which affinities (ecological and or historical) those species share, a study of the local taxocenose of snakes was performed in the Floresta Nacional de Caxiuanã and adjacent areas, from 2005 to 2006. Four sampling methods were used employed: time constrained search, local collectors, incidental encounters, and pitfall traps with drift fences, in five areas (IBAMA and Caquajó in the Floresta Nacional de Caxiuanã; Marinaú, Enseada and Mojuá located in adjacent areas to the Floresta Nacional de Caxiuanã). A total of 378 specimens of snakes within five families, 35 genera and 50 species were registered. Considering the records of species obtained in this study and those from previous studies, the local number of snake species increases from 63 to 69 species. The methods that best revealed the number of individuals were time constrained search (199/378) and local collectors (159/378). Incidental encounters (11/378) and pitfall traps with drift fences (9/378) were less representative. The estimated richness (Jackknife 1) from PLT data was 56 (+or– 4) species. The composition of snake species in the studied area shows higher similarity with taxocenoses of other Amazon areas. Most abundant species, as revealed by time constrained searches, were Imantodes cenchoa, Corallus hortulanus and Leptodeira annulata. All methods showed Bothrops atrox, Imantodes cenchoa and Corallus hortulanus as most representative. The areas under high antropic pressures located out of the National Forest showed lower abundance and richness when compared to protected areas in there. Nine potentially specialist species were recorded: Lachesis muta (small mammals), Atractus schach (earthworms), Dipsas catesbyi (mollusks), Helicops trivitatus and Hydrops triangularis (fish), Siphlophis compressus (lizards), Xenopholis scalaris, Taeniophallus brevirostris (anuran) and Tantilla melanocephala (centipedes). The items most frequently consumed were lizards, anurans and small mammals. The snake species primary or exclusively diurnal represent the larger percentage. Most species analyzed present non seasonal reproductive period, possibly as a result of no significant differences in the mean temperature throughout the year. The taxocenose of snake species in the Floresta Nacional de Caxiuanã and neighboring areas is formed by groups of species that share similar patterns of feeding and daily activities. Besides several ecological factors such as temperature and pluviometric averages and biome structure, historical factors (such as morphological adaptations of snake species) influence on sbake taxocenose composition in the Floresta Nacional de Caxiuanã and adjacent areas. Thus, more studies on the ecology and natural history of snakes must be continuously conducted in order to characterize novel patterns of distribution of snake species in different biomes.
10

Cientistas, visitantes e guias nativos na construção das representações de ciência e paisagem na Floresta Nacional de Caxiuanã

BEZERRA, Maria das Graças Ferraz January 2007 (has links)
Submitted by Cleide Dantas (cleidedantas@ufpa.br) on 2014-02-27T12:58:31Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_CientistasVisitantesGuias.pdf: 6376153 bytes, checksum: e61ae360bbb233e7d2dde20097aaa2ac (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva (arosa@ufpa.br) on 2014-05-06T14:42:42Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_CientistasVisitantesGuias.pdf: 6376153 bytes, checksum: e61ae360bbb233e7d2dde20097aaa2ac (MD5) / Made available in DSpace on 2014-05-06T14:42:42Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Tese_CientistasVisitantesGuias.pdf: 6376153 bytes, checksum: e61ae360bbb233e7d2dde20097aaa2ac (MD5) Previous issue date: 2007 / FIDESA - Fundação Instituto para o Desenvolvimento da Amazônia / MCT/Brasil - Ministério da Ciência e Tecnologia / MPEG - Museu Paraense Emílio Goeldi / Estudo analisa o processo de produção do conhecimento científico tendo como contraponto o conhecimento tradicional e as inter-relações entre cientistas e guias de campo nativos, na Floresta Nacional (Flona) de Caxiuanã, no Município de Melgaço, Pará, Amazônia, Brasil, onde o Museu Paraense Emílio Goeldi mantém base de pesquisas científicas aberta a pesquisadores brasileiros e estrangeiros. A análise leva em consideração tanto o ambiente onde os guias de campo trabalham como a estrutura acadêmica em que se inserem os pesquisadores. / Study analysis scientific knowledge production process in a traditional knowledge setting at Caxiuanã National Forest, in Melgaço, Pará, Amazon, Brazil, where the Goeldi Museum maintains a scientific basis open for Brazilian and International researchers. The focus is on the relationship between scientists and native field guides considering both the environment where they work and the given academic system.

Page generated in 0.0536 seconds