• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5
  • 1
  • Tagged with
  • 7
  • 7
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

VOCÊ Quer Me Ouvir? Narrativas (auto) Biográficas de Professoras da Rede Municipal de Vitória/es Aposentadas Por Invalidez (décadas de 1980 a 2000)

AZEVEDO, K. V. 27 April 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T11:04:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_8865_tese KARLA VERUSKA AZEVEDO.pdf: 1407880 bytes, checksum: 5844f7e611c6a939be8a9385b2ccbd76 (MD5) Previous issue date: 2015-04-27 O objetivo desta pesquisa foi produzir e investigar as narrativas das professoras das séries iniciais do ensino fundamental da rede municipal do ensino de Vitória/ES, aposentadas por invalidez no período que compreende as décadas de 1980, 1990 e 2000. A partir desse objetivo, procurei identificar como se deu a relação com o espaço escolar e a produção do trabalho por parte dessas professoras. Partiu da hipótese de que as narrativas das professoras oferecessem elementos que indicassem condições de analisar se e como os processos de saúdedoença, sujeiçãoprestígio, prazersofrimento, surgem nas narrativas, a partir das representações das práticas vividas e de suas experiências e como essas questões as afetam enquanto sujeitos e protagonistas dessa história. Buscou compreender como avaliam sua atividade docente diante dos diferentes momentos históricos e a relação que estabelecem com os modelos de gestão da educação desenvolvidos pelo município nos períodos propostos. Contou com as contribuições de Abrahão, Catani, Josso, Pineau para dialogar e fundamentar a opção do estudo (auto)biográfico. As narrativas das professoras apontam questões para reflexão aos profissionais da educação em todos os níveis de atuação, assim como à Administração, considerando que trazem elementos da formação inicial, da história e da política da educação do município de Vitória/ES, das suas práticas pedagógicas e dos processos de relação no ambiente escolar que impactam no processo de trabalho.
2

Mademoiselle Chanel : um discurso entre a magia do glamour e a eloquência da solidão

Assunção, Letícia Formoso 19 December 2015 (has links)
Submitted by Cristiane Chim (cristiane.chim@ucpel.edu.br) on 2016-11-10T15:59:51Z No. of bitstreams: 1 leticia assuncao.pdf: 2108924 bytes, checksum: cf67692161457718e3ea27e6773d72fb (MD5) Made available in DSpace on 2016-11-10T15:59:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 leticia assuncao.pdf: 2108924 bytes, checksum: cf67692161457718e3ea27e6773d72fb (MD5) Previous issue date: 2015-12-19 Ce mémoire a pour but principal d’analyser le texte de Maria Adelaide Amaral, la construction de la (l’auto)biographie « Mademoiselle Chanel », centrée sur les questions de corps, de mode et de genre, afin de voir de quelle façon le glamour et la solitude apparaissent dans la vie de la protagoniste. « Mademoiselle Chanel » (2004) est un texte dramatique sur une des plus grandes créatrices de mode de l’histoire: Gabrielle Chanel (1883-1971). Innovatrice et subversive, Chanel a transformé l’image que les femmes avaient sur elles-mêmes, en (re)signifiant le corps féminin à partir du concept issu de l’acception de l’élégance en tant que liberté en mouvement. La créatrice s’est servie du décor corporel afin de transgresser les frontières du genre à la recherche d’une mode fonctionnelle, pratique et confortable. À travers le vêtement, elle a combattu les règles de conduite et d’apparence pour les femmes de son époque à partir de l’élaboration d’un corps ambigu dont les contours se sont métamorphosés en un style qui s’est imposé tout au long du XXe siècle en devenant intemporel. La mode se défini en tant qu’un système de communication et, sous cet angle, en visant une analyse, j’emploie ici les fondements théoriques et méthodologiques issus de l’Analyse Critique du Discours (FAIRCLOUGH, 2001; JÄGER, 2001), des études des genres littéraires (auto)biographiques (ARFUCH, 2007), du concept de « biographème » de Roland Barthes (2005b), des études du corps (GROSZ, 2000; GOELLNER, 2003), de mode (CRANE, 2000; CASTILHO, 2006) et de genre social (PERROT, 2007; FLAX, 1991), entre autres. Face à la diversité de catégories suggérées par l’ACD, j’ai choisi celle des choix lexicaux et de l’ethos du personnage Chanel, tout comme le découpage de « fragments discursifs », selon trois grands « axes thématiques » (donnés (auto)biographiques; corps, mode et genre; glamour et solitude) sélectionnés selon l’observation et l’identification des aspects discursifs et des thèmes davantage expressifs et significatifs pour le récit de la vie de Chanel. L’analyse – une fois étant réalisée à partir de fondements théoriques et de concepts issus de différents domaines – permet de percevoir dans le texte de Maria Adelaide une histoire de vie caractérisée par des réalisations professionnelles et des drames individuels synthétisés par des expériences paradoxales de glamour et solitude. A presente dissertação tem como objetivo principal analisar no texto de Maria Adelaide Amaral, a construção da (auto)biografia “Mademoiselle Chanel”, voltando atenção às questões de corpo, moda e gênero, com o fim de estabelecer de que forma o glamour e a solidão se presentificam na vida da protagonista. “Mademoiselle Chanel” (2004) é um texto dramático acerca de uma das mais importantes estilistas da história da moda: Gabrielle Chanel (1883-1971). Inovadora e subversiva, Chanel transformou a imagem que as mulheres tinham de si mesmas, ao (re)significar os corpos femininos a partir do conceito que se fundamenta na acepção de elegância como a liberdade em movimento. A estilista se utilizou da decoração corpórea para transgredir as fronteiras de gênero em busca de uma moda funcional, prática e confortável. Por intermédio do vestuário, desafiou as normas de comportamento e aparência para as mulheres de sua época a partir da elaboração de um corpo ambíguo cujos contornos se transformaram em um estilo que atravessou o século XX e se tornou atemporal. A moda caracteriza-se como um sistema de comunicação e, neste viés, para fins de análise, utilizo pressupostos teórico-metodológicos obtidos da Análise Crítica do Discurso (FAIRCLOUGH, 2001; JÄGER, 2001), dos estudos sobre os gêneros literários (auto)biográficos (ARFUCH, 2007), do conceito de “biografema” de Roland Barthes (2005b), das noções de corpo (GROSZ, 2000; GOELLNER, 2003), moda (CRANE, 2000; CASTILHO, 2006) e gênero social (PERROT, 2007; FLAX, 1991), entre outros fundamentos. Diante da diversa gama de categorias sugeridas pela ACD, opto pela análise das escolhas lexicais e do ethos da personagem Chanel, além de fazer recortes de “fragmentos discursivos” segundo três grandes “eixos temáticos” (dados (auto)biográficos; corpo, moda e gênero; glamour e solidão) selecionados com base na observação e identificação dos aspectos discursivos e temas mais expressivos e significativos para a escrita da vida de Chanel. A análise, realizada com base em fundamentos teóricos e conceitos oriundos de áreas diversas, permite perceber no texto de Maria Adelaide uma história de vida composta por realizações profissionais e dramas particulares sintetizados em experiências paradoxais de glamour e solidão.
3

Maus d’Art Spiegelman. Una dissociació de rols a través de la genealogia semiòtica de gats i ratolins a la literatura, la novel•la gràfica i la cultura visual.

Crisóstomo, Raquel 6 July 2011 (has links)
Art Spiegelman realitzà a Maus una biografia sobre les experiències del seu pare com a víctima de l’Holocaust. El que normalment hagués estat una altra narració de supervivència va constituir un abans i un després per tractar-se d’una novel·la gràfica, un suport molt poc habitual per temes de tanta gravetat. Spiegelman dibuixa a jueus i nazis mitjançant ratolins i gats, respectivament. Aquest plantejament representatiu és assumit de forma natural pel lector, però en realitat es tracta d’una inversió de caràcters entre els dos animals, que només es pot entendre si s’analitzen els precedents gràfics de l’autor. L’animalització dels jueus per part dels nazis, la propaganda bèl·lica feta des del món de l’animació de la mà de Disney i la càrrega visual dels dibuixos animats des del anys trenta convergeixen en l’imaginari de Spiegelman i en la correcta comprensió del seu text. Art Spiegelman made in Maus a biography about his father's experiences as a victim of the Holocaust. What normally would have been another story of survival made a difference for its genre: the graphic novel, which is an unusual support for topics with such burden. Spiegelman draws the Jews and Nazis as mice and cats, respectively. This representational approach is naturally assumed by the reader, but actually it is a reversal of characters between the two animals, which can only be understood if we analyze the author's graphic background. The animalisation of Jews by Nazis, the war propaganda from Disney’s animation, and the visual influence of cartoons from the thirties, converge in Spiegelman’s imaginary and in the correct understanding of his text.
4

Identidades de educadoras sociais: trajetórias de vida e formação Identities of socials educators: trajectories of life and formation.

Isabel Cristina Buccini 13 April 2007 (has links)
O presente trabalho objetiva investigar os impactos do processo de formação sistemática em serviço, a partir do estudo de um grupo de oito educadoras sociais que trabalham na Organização Não Governamental Ação Comunitária, localizada no bairro do Campo Limpo, extremo da zona sul de São Paulo. Partindo do princípio de que a formação e o desenvolvimento pessoal e profissional destas educadoras são pautados também no seu espaço de atuação, procurou-se identificar as possíveis contribuições do processo de formação permanente realizado pela instituição na constituição das identidades pessoais e profissionais das educadoras pesquisadas. Além dos possíveis impactos decorrentes da formação contínua, serão examinadas também as influências exercidas pelas trajetórias de vida e as experiências pessoais que marcaram os ambientes familiares e escolares do grupo estudado. Por meio da produção de registros escritos significativos, depoimentos orais, entrevistas semi-estruturadas e registros de memória pessoal (fotos), as educadoras sociais, participantes desta pesquisa, puderam realizar um intenso exercício autobiográfico, propulsor de uma possível tomada de consciência dos processos que influíram em suas trajetórias de vida pessoais e profissionais. Buscando aportes nos referenciais teóricos da Psicologia Histórico-Cultural, foi possível perceber que este processo de formação pode gerar mudanças significativas nas formas de ser, pensar, agir e relacionar-se daqueles que dele participam. Os processos psíquicos de constituição identitária, podem muitas vezes passar despercebidos pelos sujeitos que vivem mergulhados nas exigências da sociedade moderna, iminentemente imediatista, capaz de compreender o \"ser\" apenas em seu \"aqui e agora\", desconsiderando o caráter permanente de busca de \"si mesmo\", de \"inconclusão\", de \"devir\" ou \"vir a ser\", inerentes à constituição da identidade humana. The present work objective to investigate the impacts of the process of systematic formation in service, from the study of a group of eight social educators that work at no government organization Ação Comunitária located at Campo Limpo area, extreme southern zone of São Paulo. To coming from of the principle of that the formation and the personal and professional development of these educators are also methodicals in its space of performance, looked for identify the possible contributions of the process formation permanent realized by institution in the constitution of the personal and professional identities of the educators. Beyond the possible decurrent impacts of the continuous formation, the influences exerted for the personal trajectories of life and experiences will also be examined that marked in familiar and school environments of the studied group. By means of the production of written registers significant, verbal account through half-structuralized interviews and registers of personal memory (photos), the participant social educators of this research, had been able to carry through an intense autobiographical, exercise of a possible taking of conscience of the processes that had influenced in its personal and professional trajectories of life. Searching support in the theoretical reference of Historical-Cultural Psychology, was possible to perceive that this process of formation can generate significant changes in the forms in the forms of being, thinking, to act and to become related of that of it they participate. The phychic processes of identity constitution, can many times pass unobserved for the citizens that live dived in the requirements of the modern society, imminently immediate, capable to understand the \"being\" only in its \"here and now\", disrespecting the permanent character of search of \"itself exactly\", \"no conclusion\" of \"devir\" or \"coming to be\" inherent to the constitution of the identity human being.
5

A formação de professores de acordeom do Rio Grande do Sul: narrativas (auto)biográficas The training of accordion teachers in Rio Grande do Sul: (auto)biographical narratives

Weiss, Douglas Rodrigo Bonfante 25 August 2015 (has links)
Fundação de Amparo a Pesquisa no Estado do Rio Grande do Sul In this study, I investigate training path ways for accordion teachers from different cities in Rio Grande do Sul, through the analysis of their life stories, told through narratives, having as main goal the unraveling of their training experiences. The participants attended higher education institutes in Music, and hold either a BA or a teaching degree, however, not in the accordion specialty, and some of them did not finish their higher education. Therefore, the teachers interviewed did not have a specific degree to teach accordion, a context from which the following questions emerges: how do the processes of learning to teach occurred for the accordion teachers participating in this research? The teacher training in question emerges from the perspective of the self-training proposedby Josso (2010). Considering that I am an accordion teacher, there is, in this research, an on going dialogue between the story of my life and those of the teachers who shared their stories with me, this being the nuclear center of this study, that meets the biographical and autobiographical studies with the oretical support from Nóvoa (1992) and Josso (2004, 2010). From a qualitative approach, the narratives were chosen though the methodology of Oral History, using semistructured interview. From the analysis of the data, it is possible to notice that there are trends in training for accordion teachers in Rio Grande do Sul. The cultural meanings, the transmission of a feeling of belonging, and the feeling of identity emerged as critical factors in the professional choice of the interviewees. This study intended to engage in dialog with the meanings that music brought throughout the professional development of the teachers in the study, beginning in childhood, and permeating a variety of prejudices and training difficulties that could finally lead to professionalization. Different learning contexts emerged in the search for the participants formation. This variety, which, in its turn, is expressed as unpleasant shocks, is positive in the training of teachers. Even though the focus of the research had been in the experiential training of accordion teachers, it was possible to analyze some of their strategies and teaching methodologies, such as the importance give to the musical code, to the teaching materials and to the use of technologies. Neste trabalho, procuro investigar caminhos formativos de professores de acordeom de diferentes cidades do Rio Grande do Sul, por meio da análise de suas histórias de vida, contadas através de narrativas, tendo como objetivo geral compreender suas experiências formadoras. Os colaboradores frequentaram instituições de ensino superior em Música, sendo eles bacharéis ou licenciados, porém, não na especificidade acordeom , e alguns não completaram o curso superior. Assim sendo, os professores entrevistados não tiveram habilitação à especificidade para lecionar o instrumento acordeom, contexto do qual emerge a questão: como se dão os processos de formação para a docência dos professores de acordeom colaboradores desta pesquisa? A formação para a docência em questão emerge da perspectiva da autoformação proposta por Josso (2010). Considerando que atuo como professor de acordeom, existe, nesta pesquisa, um diálogo permanente entre a minha história de vida e a dos professores que compartilharam comigo as suas histórias, sendo este o núcleo central do trabalho, que vai ao encontro de estudos (auto)biográficos com aporte teórico em Nóvoa (1992) e Josso (2004, 2010). Partindo de uma abordagem qualitativa, as narrativas foram colhidas pela metodologia de História Oral, fazendo uso da entrevista semiestruturada. A partir da análise de dados, é perceptível que existem tendências formativas para os professores de acordeom do Rio Grande do Sul. Os significados culturais, a transmissão do sentimento de pertença e o sentimento de identidade apareceram como fatores decisivos na escolha profissional dos entrevistados. Busco dialogar com significados que a música tomou ao longo da formação musical dos professores em questão, tendo o início na infância e perpassando diversos preconceitos e dificuldades formativas para, então, levar à profissionalização. Diferentes contextos de aprendizagem apareceram nas buscas formativas dos professores colaboradores. Esta variedade, que se expressa, por vezes, como choques desagradáveis, é positiva na formação dos professores. Ainda que o foco principal da pesquisa tenha sido a formação experiencial dos professores de acordeom, foi possível analisar algumas de suas estratégias e metodologias de ensino, como a importância dada ao código musical, os materiais didáticos e o uso das tecnologias.
6

O PLURAL E O SINGULAR: O ENSINO DE HISTÓRIA ENTRE A FORMAÇAO DE PROFESSORES E O SUJEITO QUE NARRA THE PLURAL AND THE SINGULAR: THE HISTORY EDUCATION BETWEEN THE TEACHERS TRAINING AND THE SUBJECT WHO NARRATES

Cardôzo, Lisliane dos Santos 5 April 2013 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior The present work is linked to the Research Line 2 - School Practice and Public Policy, from the Program in Education, Federal University of Santa Maria. Our goal is to search through the narrative identity of graduated teachers in the course of history from UFSM, as the initial training has involved the work of each of them in their life trajectories and how each subject interprets the social place of the History Teaching. For this, we interviewed four teachers. Based on this goal, we guide our research, in which the identity narrative (RICOEUR, 1997, 2000, 2006) had highlighted through approach (auto)biographical (DELORYMOMBERGER, 2008, 2011) (JOSSO, 2002, 2006). The narratives showed that, for teachers investigated, training is life history, is a process that is not limited to a particular time or formal practices. Thus, the primary training is in political activism, the affirmation of sexual orientation, in the struggle for social movements, the influence and example of the teachers, trainers and not just the course itself. In their view, the initial training is always present, even when it comes to needs, and cannot be separated from work, in relation to theoretical perspectives, and historiographical utopian Education and History Teaching. The narratives showed, similarly, that, at first, in the course of history from UFSM, education was a major concern because teacher training was intended solely to teaching in basic education. However, with the strengthening of post-graduation and payment of the curriculum for the training and licensed, this scenario, in a second moment, shifted and began to prioritize research over teaching, encouraging the research career. According to the study subjects, the initial training is considered crucial, since it modifies the academic and the look that this has on society, theory, policy, which will determine how it will act in their teaching practice school. It was observed, also, through narratives, that the work is not just seen as something painful, but as the determining factor in job satisfaction. In the reports of four subjects, the production of knowledge in the classroom is a praxis rewarding, full of meanings. This relates to the roles of the social place of the Teaching of History, which is seen as having a place of questioning society essentially critical, oppositional and emancipatory for student training area of historical awareness and training policy. A presente dissertação é vinculada à Linha de Pesquisa 2 Práticas Escolares e Políticas Públicas, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria. Nosso objetivo é pesquisar, através da identidade narrativa de professores formados no curso de História da UFSM, como a formação inicial tem implicado no trabalho de cada um deles, em suas trajetórias de vida e em como cada sujeito interpreta o lugar social do Ensino de História. Para isso, entrevistamos quatro professores. Partindo desse objetivo, orientamos nossa pesquisa, na qual a identidade narrativa (RICOEUR,1997, 2000, 2006) teve destaque por meio da abordagem (auto)biográfica (DELORY-MOMBERGER, 2008, 2011)(JOSSO, 2002, 2006). As narrativas demonstraram que, para os professores investigados, formação é história de vida, é um processo que não se circunscreve a um tempo determinado ou a práticas formais. Assim, a formação principal está na militância política, na afirmação da orientação sexual, na luta em movimentos sociais, na influência e exemplo dos professores-formadores e não apenas no curso em si. Na concepção deles, a formação inicial se faz sempre presente, inclusive, no que tange às carências, e não pode ser desvinculada do trabalho, no que se refere às perspectivas teóricas, historiográficas e utópicas da Educação e do Ensino de História. As narrativas evidenciaram, do mesmo modo, que, em um primeiro momento, no curso de História da UFSM, o ensino era a maior preocupação, pois a formação de professores destinava-se, unicamente, ao ensino na educação básica. Contudo, com o fortalecimento da pós-graduação e a integralização do currículo para a formação do bacharel e do licenciado, esse cenário, em um segundo momento, mudou e se passou a priorizar a pesquisa em detrimento do ensino, incentivando a carreira de pesquisador. Segundo os sujeitos pesquisados, a formação inicial é considerada determinante, uma vez que ela modifica o acadêmico e o olhar que esse tem acerca da sociedade, da teoria, da política, os quais vão determinar a forma como atuará em suas práticas didáticas escolares. Foi possível perceber, também, por meio das narrativas, que o trabalho não é visto apenas como algo penoso e sim como elemento determinante para a realização profissional. Nos relatos dos quatro sujeitos, a produção de conhecimento, em sala de aula, é uma práxis recompensadora, cheia de sentidos. Isso se relaciona às atribuições do lugar social do Ensino de História, que é visto como tendo um lugar de questionamento da sociedade, essencialmente crítico, contestador e emancipador para o estudante, espaço de formação de consciência histórica e de formação política.
7

DE CONTADOR A PROFESSOR DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS: UMA INVESTIGAÇÃO (AUTO)BIOGRÁFICA A PARTIR DAS PROBLEMÁTICAS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA E DA PESQUISA

Benadiba, Moses 8 April 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-03T16:16:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moses capa.pdf: 673534 bytes, checksum: c1268412baf31b9f936d494dabb13a1f (MD5) Previous issue date: 2008-04-08 Due to the proliferation of the Accounting Sciences High Education Courses, the Accounting Federal Council CFC has created the Sufficiency Examination because the teaching poor quality, giving, at such examination, emphasis to the ethical questions. Nowadays, the professional accountant has a practicalmechanical accounting knowledge larger than an accounting reasoning. This investigation, through my (auto)biographical trajectory study in a professional formation perspective, aims to identify the most determining elements in the Accounting Sciences Professor formation, and verify how much the investigation exercise has been present in this formation as well as examine if investigation, as an educational principle reflects itself in the teaching practice. It is necessary to understand that in the trajectory from Accountant to Accounting Sciences Professor, often results from an invitation to successful professionals in the area, who do not necessarily have the adequate pedagogical formation to teach. It is also the scope of this study, based on a better understanding of the practical aspects of a trajectory from an Accountant to Accounting Sciences Professor, to suggest some possible ways for the continuing education programs for these professors. Thus from the Education and Educators point of view, I assume as references Freire, Demo and Schön; from the High Education viewpoint, Cunha and Buarque; from the Accounting Sciences viewpoint, Iudícibus and Marion. The methodology utilized to elaborate this study was the (auto)biographical investigation, with reference, mainly, in Nóvoa and Josso. The results suggest that the tendency to reproduce the banking education, received at school from Elementary School to College, can only be reverted if the subject, without leaving the teaching practice job, has the opportunity to study the theoretical basis of the formal educative processes and to bring them to reflection upon his practice. The study demonstrates that the (auto)biographical investigation with the formative finality can be of great help in this reflexive process. Thus it is suggested that these strategies be utilized in the continuing education process of the Account Sciences Professors.(AU) Devido à proliferação dos Cursos do Ensino Superior de Ciências Contábeis, o Conselho Federal de Contabilidade CFC criou o Exame de Suficiência, por ter constatado que a qualidade do ensino deixava a desejar, procurando, nas provas, dar ênfase às questões éticas. Atualmente, o profissional contador possui um conhecimento prático-mecânico da contabilidade muito maior do que um raciocínio contábil. Este trabalho, mediante o estudo de minha trajetória (auto)biográfica na perspectiva da formação profissional, busca identificar os elementos mais determinantes na formação de um professor de Ciências Contábeis e verificar em que medida o exercício da pesquisa esteve presente nesta formação, bem como examinar se a pesquisa, enquanto princípio educativo, se reflete na prática docente. É necessário entender que na trajetória de Contador a professor de Ciências Contábeis, este movimento se dá, na maioria das vezes, pelo convite a profissionais que deram certo no mercado de trabalho e que, portanto, nem sempre possuem formação pedagógica adequada para o exercício docente. É também finalidade deste estudo, ao compreender melhor a experiência de um percurso de Contador a professor de Ciências Contábeis, sugerir alguns possíveis caminhos para a formação continuada dos professores deste campo do conhecimento. Para tanto, do ponto de vista da Educação e Formação de Educadores, assumi como referências Freire, Demo e Schön; do ponto de vista do Ensino Superior, Cunha e Buarque; do ponto de vista das Ciências Contábeis, Iudícibus e Marion. A metodologia utilizada na elaboração deste trabalho foi a pesquisa (auto)biográfica com referência, principalmente, em Nóvoa e Josso. Os resultados sugerem que a tendência a reproduzir a abordagem bancária, recebida nos bancos escolares, do primário ao ensino superior, só pode ser revertida na medida em que o sujeito, sem abandonar o trabalho prático de docência, tem a oportunidade de estudar os fundamentos teóricos dos processos educativos formais e traz os mesmos para a sua reflexão sobre a prática. É perceptível, também, o quanto a investigação (auto)biográfica, com finalidade formativa, pode ser de grande ajuda neste processo reflexivo. Por isto mesmo, sugere-se, ao concluir, que no processo de formação continuada dos professores de Ciências Contábeis sejam utilizadas estas estratégias.(AU)

Page generated in 0.1107 seconds