• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 12
  • Tagged with
  • 12
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Da sombra à luz = a patologização de crianças sem patologia / From shadow to light : the excessive labeling of normal children

Antonio, Giovana Dragone Rosseto, 1985- 18 August 2018 (has links)
Orientador: Maria Irma Hadler Coudry / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-08-18T14:48:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Antonio_GiovanaDragoneRosseto_M.pdf: 25623579 bytes, checksum: 9f9d0525db03c5082327dc36d7287434 (MD5) Previous issue date: 2011 / Resumo: Diante de um contexto de patologização excessiva, em que há um grande número de patologias e diagnósticos relacionados a questões escolares, sobretudo referentes ao processo de aquisição e uso da leitura e escrita, este trabalho busca discutir, com base na Neurolinguística Discursiva, a forma como tais diagnósticos têm sido feitos e as consequências que trazem para a vida das crianças. Apesar de serem muitas as "doenças" que surgem para justificar o fracasso escolar ou o comportamento inadequado de algumas crianças, este trabalho se aterá à discussão sobre a dislexia. Nosso objetivo, portanto, é discutir o estatuto de doença que é atribuído à dislexia, analisando, para isso, o discurso autorizado proferido sobre ela (sobretudo o da Associação Brasileira de Dislexia - ABD) e a concepção de linguagem na qual este discurso se baseia, que funciona como um dispositivo capaz de controlar os sujeitos, de acordo com Agamben (2004). Além disso, comparamos as propostas de material e atividades da Associação Brasileira de Dislexia com o trabalho realizado no Centro de Convivência de Linguagens (CCazinho/IEL/Unicamp) / Abstract: In the face of a background of excessive labelling in which there are a great number of diseases and diagnostics related to school problems, mostly concerning the processes of reading and writing acquisition, this masters dissertation discusses, based on the Discoursive Neurolinguistics, how these diagnostics are being given and the consequences that they bring to children's lives. In spite of the many "diseases" that are emerging to justify school problems and failures or to justify an inappropriate behavior from some children, this text will focus on the debates on dyslexia. Therefore, our goal is to discuss how dyslexia came up as a disease, analyzing for that matter the authorized discourse on it (mostly from the Associação Brasileira de Dislexia - ABD) and the conception of language in which this discourse is based on that work as an apparatus capable of controlling the subject, according to Agamben (2004). Besides, we compare the activities and material from the Associação Brasileira de Dislexia with the work done at the Centro de Convivência de Linguagens (CCazinho/IEL/Unicamp) / Mestrado / Linguistica / Mestre em Linguística
2

Sujeito, linguagem e escrita : um estudo neurolinguistico / Individual, Language and writing : a neurolinguistics study

Navarro, Paloma Rocha, 1982- 11 March 2009 (has links)
Orientador: Maria Irma Hadler Coundry / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-08-15T01:08:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Navarro_PalomaRocha_M.pdf: 3895697 bytes, checksum: e2ea67cbccff7ab6f4d6dd44bc0c6d69 (MD5) Previous issue date: 2009 / Resumo: A pesquisa "Sujeito, linguagem e escrito: um estudo Neurolinguístico" trata sobre o acompanhamento longitudinal de dois garotos, MO e DC de 17 e 16 anos, respectivamente, encaminhados pela escola para o Laboratório de Neurolinguística (LABONE/IEL/UNICAMP) com a queixa de dificuldades de aprendizagem. Para tanto, tivemos como objetivos: (i) o estudo de questões que envolvem o processo de aquisição e uso da leitura/escrita junto aos sujeitos; (ii) compreender a relação de MO e DC com a fala, com o exercício da linguagem e com o escrito/lido baseando-se nas suas histórias de vida, e escolar, para conduzir o acompanhamento longitudinal fonoaudiológico - material de análise desta pesquisa. Para tal, foram realizadas comparações entre seus escritos na escola (material escaneado de cadernos escolares) e seus escritos em sessões fonoaudiológicas individuais (material transcrito e escaneado) com a finalidade de mostrar o estado e o andamento do processo de aquisição e uso da leitura/escrita, com suas especificidades e com a que pode vir a (re)estabelecer, dado o cuidado terapêutico a eles dedicado. Este trabalho baseia-se em pressupostos teórico-metodológicos de uma neurolinguística discursiva (COUDRY, 1986/1988), fundamentada em uma concepção histórica de linguagem (FRANCHI, 1977), em que esta se apresenta como lugar da interação humana e de interlocução, como trabalho e atividade constitutiva da subjetividade, da alteridade e de si própria como objeto de reflexão. Diferentemente do que acontece na escola e na área da saúde, em que se ignoram aspectos fundamentais, sobretudo no início do processo como a variedade de fala na qual a criança adquiriu a linguagem oral e o trânsito (normal) do oral para o escrito e marcas do letramento construídas na vida em sociedade, essa pesquisa analisa e considera o processo de aquisição e usos sociais da escrita, em sua dinâmica própria de funcionamento. No percurso contrário ao do discurso homogêneo e patologizante presente na área da Fonoaudiologia, este trabalho pretende mostrar que quando olhamos para os sujeitos de maneira singular, com histórias de vidas singulares, é possível traçar uma nova história para eles através da escrita, pois é através da linguagem que o sujeito se constitui e elabora sua relação com o grupo (ORLANDI, 2006) Os dados presentes na pesquisa revelam tais processos e ainda denunciam o lugar de marginalidade que jovens como MO e DC ficaram ao longo dos anos que passaram no banco da escola. À margem do sistema escolar, de crianças com dificuldades na leitura e na escrita, MO e DC, hoje, praticamente adultos, assumiram (tanto eles quanto suas famílias) uma posição de fracasso e desânimo diante da vida, pois a marca de não saber ler e escrever é tão forte que acabam correspondendo a ela, acreditando nisso. / Abstract:The research "Individual, Language and writing: a neurolinguistics study" deals with the accompaniment of two boys, MO and DC 17 and 16 years respectively, the school sent to the Laboratory of Neurolinguistics (LABONE / IEL /UNICAMP) with complaints of learning difficulties. To this end, we had the following objectives: (i) the study of issues surrounding the acquisition and use of read / write with the individuals, (ii) understand the relationship between MO and DC with speech, with the exercise of language and with the writing / reading based on their life stories, and school, to drive the longitudinal speech - for analysis of this research. To this end, comparisons were made between his writing at school (used books scanned from school) and his writings on individual speech therapy sessions (the transcribed and scanned) in order to show the status and progress of the acquisition and use of reading / writing with their specific and that can come to (re) establish, given the therapeutic care devoted to them. This work is based on theoretical and methodological assumptions of a discursive neurolinguistics (COUDRY, 1986/1988), based on a historical conception of language (FRANCHI, 1977), as it presents itself as a place of human interaction and dialogue, as work activity and constitutive of subjectivity, of otherness and of itself as object of reflection. Unlike what happens in school and in health, which ignore key issues, especially at the beginning of the process as a variety of speech in which the child has acquired language and oral transit (normal) of the oral and the written marks constructed literacy in society, this research analyzes and considers the process of acquisition and social uses of writing in their own dynamic operation. On the way contrary to the speech pathologic homogeneous and present in the area of speech therapy, this study aims to show that when we look at the subject in a unique way, with stories of individual lives, it is possible to draw a new story for them through writing, because it is through the language that the subject is constituted and develops its relationship with the group (ORLANDI, 2006) The data in the study reveal such procedures, and also complain about the place of marginalized young people like MO and DC were over the years they spent in the school. Outside the school system, children with difficulties in reading and writing, MO and DC, today, almost adults, taken (both they and their families) a position of failure and discouragement about life, because the mark of not read and writing is so strong that end corresponding to it, believing it. / Mestrado / Linguistica / Mestre em Linguística
3

Quando amar é sofrer: um estudo etnográfico do grupo de ajuda mulheres que amam demais anônimas / Cuando amar es sufrir: un estudio etnográfico del grupo de ayuda mujeres que aman demasiado anónima

Astrid Johana Pardo Gonzalez 18 September 2012 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta pesquisa traçou como objetivo a análise das gramáticas emocionais elaboradas nas experiências das participantes do grupo Mulheres que Amam Demais Anônimas (MADA). A metodologia usada foi a etnografia. MADA é um grupo de ajuda mútua para mulheres viciadas em relacionamentos destrutivos, sendo sua droga o amor excessivo. Observaremos as condições que possibilitaram considerar este sentimento como doentio, tais como a quebra no ideal estético do amor, aspecto relacionado com a ruptura da dádiva, em outras palavras, elas amam demais e não são correspondidas na mesma medida. Como forma de solução deste impasse o grupo propõe então uma série de práticas que interpretamos como uma economia dos vínculos sociais, em que há uma racionalização do sentimento amoroso. / Esta investigación se trazó como objetivo analizar las gramáticas emocionales elaboradas en las experiencias de las participantes del grupo Mujeres que Aman Demasiado Anónimas (MADA). La metodología usada fue la etnografía. MADA es un grupo de ayuda mutua para mujeres viciadas en relaciones destructivas e su droga es el amor. Observaremos las condiciones que posibilitaron considerar este sentimiento como enfermizo, tales como la ruptura no ideal estético do amor, aspecto relacionado con la ruptura da dádiva, en otras palabras, ellas aman demasiado y no son correspondidas en la misma medida. Como forma de solución de este problema o grupo propone entonces una serie de prácticas que interpretamos como una economía dos vínculos sociales, en que hay una racionalizacion del sentimiento amoroso.
4

Quando amar é sofrer: um estudo etnográfico do grupo de ajuda mulheres que amam demais anônimas / Cuando amar es sufrir: un estudio etnográfico del grupo de ayuda mujeres que aman demasiado anónima

Astrid Johana Pardo Gonzalez 18 September 2012 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta pesquisa traçou como objetivo a análise das gramáticas emocionais elaboradas nas experiências das participantes do grupo Mulheres que Amam Demais Anônimas (MADA). A metodologia usada foi a etnografia. MADA é um grupo de ajuda mútua para mulheres viciadas em relacionamentos destrutivos, sendo sua droga o amor excessivo. Observaremos as condições que possibilitaram considerar este sentimento como doentio, tais como a quebra no ideal estético do amor, aspecto relacionado com a ruptura da dádiva, em outras palavras, elas amam demais e não são correspondidas na mesma medida. Como forma de solução deste impasse o grupo propõe então uma série de práticas que interpretamos como uma economia dos vínculos sociais, em que há uma racionalização do sentimento amoroso. / Esta investigación se trazó como objetivo analizar las gramáticas emocionales elaboradas en las experiencias de las participantes del grupo Mujeres que Aman Demasiado Anónimas (MADA). La metodología usada fue la etnografía. MADA es un grupo de ayuda mutua para mujeres viciadas en relaciones destructivas e su droga es el amor. Observaremos las condiciones que posibilitaron considerar este sentimiento como enfermizo, tales como la ruptura no ideal estético do amor, aspecto relacionado con la ruptura da dádiva, en otras palabras, ellas aman demasiado y no son correspondidas en la misma medida. Como forma de solución de este problema o grupo propone entonces una serie de prácticas que interpretamos como una economía dos vínculos sociales, en que hay una racionalizacion del sentimiento amoroso.
5

O gênero e a ciência da saúde: produção em torno da transexualidade no Portal de pesquisa da Biblioteca Virtual de Saúde / Gender and \"science\" in health: scientific production over transsexuality on Virtual Health Library Search Portal (VHL)

Diego Sousa de Carvalho 03 November 2014 (has links)
Este trabalho se compõea partir de levantamento bibliográfico na base de dados do Portal da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), utilizando marcadores específicos sobre a pesquisa em transexualidade. A produção científica será discutida de forma críticano objetivo de explorar de que formas a instituição saúde no corpo teórico reflete suas práticas, sob quais perspectivas tem pensado e descrito o fenômeno da transexualidade, se no campo da doença e das técnicas de intervenção sobre esta, ou se vendo possibilidades de cuidado no campo humano, articulando argumentos do ponto de vista social. Tendo em vista que a genealogia da transexualidade está diretamente ligada à uma instituição clínica, sua instituição como categoria nosológica reflete diretamente na implantação de novos aspectos subjetivos no campo do gênero, e requer constantemente pensar como se dão as estratégias de análise do tema, e se, enquanto categoria clínica, têm se pensado mecanismos de compreensão sensíveis para além do viés patológico. / This work has been written over bibliographic revision over Virtual Health Library Search Portal (VHL) database, trough specifical book markings on transsexuality research. Scientific production will be critically discussed in order to explore which ways health institution in a theorical corpus reflects its practices, under which perspectives it has been thinking e describing the transsexuality phenomenon, if in the field of illness and the interventions over it, or seeing possibilities in human care field, articulating arguments of a social standpoint. Considering that the genealogy of transsexuality is directly linked to a clinical institution, its institution as a nosological category reflects directly on the implementation of new subjective aspects in the field of gender, and constantly it requires thinking about how are the strategies of analysis on this theme, and if, as a clinical category, sensitive mechanisms of comprehension have been thought for beyond the pathological bias.
6

Da infância inventada à infância medicalizada: considerações psicanalíticas / From invented childhood to the medicalized childhood: psychoanalytical considerations

Tácito Carderelli da Silveira 23 November 2015 (has links)
Nesta pesquisa pretendemos demonstrar que o processo de patologização e medicalização da infância não é um fenômeno isolado nem tampouco recente, mas está profundamente enredado a diversos fatores históricos e contemporâneos. Neste sentido, o esforço para compreender os fatores que o antecederam nos permitiu identificar sua filiação ao processo de medicalização do espaço social, iniciado ainda no século XIX, que estabeleceu a saúde da criança escolarizada como um de seus principais objetivos. Sua vinculação às (re)formulações conceituais produzidas pelos postulados psiquiátricos e psicopatológicos no campo da chamada saúde mental, principalmente a partir da publicação, em 1980, da terceira edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-III). E sua forte expansão a partir da parceira estabelecida entre setores da psiquiatria e as indústrias farmacêuticas transnacionais, empenhada em massificar a produção e o consumo dos psicofármacos. Com relação à conjuntura propriamente contemporânea, concluímos que este processo também se conecta a questões que são muito características desta cultura tecnocientífica e consumista na qual estamos todos inseridos. Onde, considera-se que ao invés de investigarmos as questões familiares, escolares etc. para podermos entender o que de fato está se passando com as crianças que apresentam dificuldades em suas aprendizagens e/ou comportamentos, deveríamos admitir que estes sintomas seriam decorrentes de um transtorno (neuro)psiquiátrico, cuja resposta mais efetiva para tratá-lo seria através do consumo de psicofármacos. / In this research we intend to demonstrate that the process of pathologization and medicalization of childhood is not an isolated nor recent phenomenon, but is deeply entangled to the various historical and contemporary factors. In this sense, the effort to understand the factors that preceded it allowed us to identify their affiliation to the medicalization process of social space, already started in the nineteenth century, which established the health of school-age children as one of its main objectives. Their relation to conceptual (re)formulations produced by the psychiatric and psychopathological postulates in the field of so-called mental health, especially since the publication in 1980 of the third edition of the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM-III). And its strong expansion from the partnership established between sectors of psychiatry and the transnational pharmaceutical companies, committed to popularize the production and consumption of psychotropic drugs. With respect to proper contemporary context, we conclude that this process also connects to issues that are very characteristic of this techno-scientific and consumer culture in which we are all inserted. Where, it is considered that rather than investigating about the family, school etc. issues to understand what is going on with children in their learning and/or behavior difficulties, we should admit that these symptoms would be due to a (neuro)psychiatric disorder, whose most effective response to treat it would be through the use of psychotropic drugs.
7

Discurso e medicalização: O significado do TDAH para pais e mães de alunos do Ensino Fundamental

Araujo, Wilma Fernandes de 28 June 2017 (has links)
Submitted by Jean Medeiros (jeanletras@uepb.edu.br) on 2017-08-04T13:50:04Z No. of bitstreams: 1 PDF - Wilma Fernandes de Araújo.pdf: 20725740 bytes, checksum: 5a9f9d8d981589b35c74192f3b461413 (MD5) / Approved for entry into archive by Secta BC (secta.csu.bc@uepb.edu.br) on 2017-08-29T15:44:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 PDF - Wilma Fernandes de Araújo.pdf: 20725740 bytes, checksum: 5a9f9d8d981589b35c74192f3b461413 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-29T15:44:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PDF - Wilma Fernandes de Araújo.pdf: 20725740 bytes, checksum: 5a9f9d8d981589b35c74192f3b461413 (MD5) Previous issue date: 2017-06-28 / The objective of this research is to identify and analyze the meaning of Attention-Deficit/Hyperactivity Disorder (ADHD) on reports from parents of children who received this diagnosis. Since the late twentieth century, more precisely the last thirty years, the number of ADHD diagnoses has been increasing as part of a growing process of pathologization and medicalization of behaviors. In this process, the school appears as the primary targeting agent of children for health professionals, confirming reports that link the educational space as a player of the scientific-medical discourse, without a proper consideration, contributing to maintain the separation and discrimination between those considered normal and "abnormal", those who distance themselves from their standards. To carry out this research, we conducted twelve semi-structured interviews with parents of primary I school students, from public schools and a private clinic for specialized treatment. It is a qualitative research oriented theoretically and methodologically by Social Discursive Psychology, which emphasizes the importance of language and discourse in understanding the psychosocial processes, developed by English authors such as Jonathan Potter and Margareth Wetherell. The majority of respondents passively accepted, without question, medical diagnosis attributed to their children and the use of psychotropic medications as a means of eliminating the learning and behavioral problems of their children, a fact that highlights the value and power of the medical discourse in our social context. / O objetivo desta pesquisa é identificar e analisar o significado do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDA/H) em relatos de pais e mães de filhos que receberam este diagnóstico. Desde o final do século XX, mais precisamente nos últimos trinta anos, tem sido crescente o número de diagnósticos de TDA/H como parte de um crescente processo de patologização e medicalização dos comportamentos. Nesse processo, a escola aparece como principal agente encaminhador de crianças para profissionais da área da saúde, confirmando os relatos que apontam o espaço educacional como reprodutor do discurso médico-científico, sem uma reflexão própria, contribuindo para manter a exclusão e a discriminação entre os considerados normais e os “anormais”, aqueles se distanciam de seus padrões. Para efetivar esta pesquisa, realizamos doze entrevistas semiestruturadas com pais e mães de alunos do ensino fundamental I, de escolas públicas e de uma clínica particular para tratamento especializado. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, orientada teórica e metodologicamente pela Psicologia Social Discursiva, que enfatiza a importância da linguagem e do discurso na compreensão dos processos psicossociais, desenvolvida por autores ingleses como Jonathan Potter e Margareth Wetherell. Os entrevistados, em sua maioria, aceitam passivamente, sem questionar, o diagnóstico médico atribuído a seus filhos e o uso de medicamentos psicotrópicos como meio de eliminar os problemas de aprendizagem e comportamentais de seus filhos, fato que evidencia o valor e poder do discurso médico em nosso contexto social.
8

O gênero e a ciência da saúde: produção em torno da transexualidade no Portal de pesquisa da Biblioteca Virtual de Saúde / Gender and \"science\" in health: scientific production over transsexuality on Virtual Health Library Search Portal (VHL)

Carvalho, Diego Sousa de 03 November 2014 (has links)
Este trabalho se compõea partir de levantamento bibliográfico na base de dados do Portal da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), utilizando marcadores específicos sobre a pesquisa em transexualidade. A produção científica será discutida de forma críticano objetivo de explorar de que formas a instituição saúde no corpo teórico reflete suas práticas, sob quais perspectivas tem pensado e descrito o fenômeno da transexualidade, se no campo da doença e das técnicas de intervenção sobre esta, ou se vendo possibilidades de cuidado no campo humano, articulando argumentos do ponto de vista social. Tendo em vista que a genealogia da transexualidade está diretamente ligada à uma instituição clínica, sua instituição como categoria nosológica reflete diretamente na implantação de novos aspectos subjetivos no campo do gênero, e requer constantemente pensar como se dão as estratégias de análise do tema, e se, enquanto categoria clínica, têm se pensado mecanismos de compreensão sensíveis para além do viés patológico. / This work has been written over bibliographic revision over Virtual Health Library Search Portal (VHL) database, trough specifical book markings on transsexuality research. Scientific production will be critically discussed in order to explore which ways health institution in a theorical corpus reflects its practices, under which perspectives it has been thinking e describing the transsexuality phenomenon, if in the field of illness and the interventions over it, or seeing possibilities in human care field, articulating arguments of a social standpoint. Considering that the genealogy of transsexuality is directly linked to a clinical institution, its institution as a nosological category reflects directly on the implementation of new subjective aspects in the field of gender, and constantly it requires thinking about how are the strategies of analysis on this theme, and if, as a clinical category, sensitive mechanisms of comprehension have been thought for beyond the pathological bias.
9

Saúde Mental e Infância: reflexões sobre a demanda de um CAPSi / Mental Health and Childhood: Reflections on the demand of a CAPSi

Santos, Hítalla Fernandes dos, 92-98241-5151 25 October 2018 (has links)
Submitted by Hítalla Fernandes dos Santos (hitallapsy@gmail.com) on 2018-12-10T12:45:31Z No. of bitstreams: 4 Dissertacao_Hitalla_2018.pdf: 1819023 bytes, checksum: e98921c5fa9e8b8db5f5c2992db87c1e (MD5) Carta de Encaminhamento.pdf: 196318 bytes, checksum: f84ea0b4fbc528ffeaf7cf7505a8c5df (MD5) Ata.pdf: 305252 bytes, checksum: fcc0a0ab742f549dff815fc1d66ffa3b (MD5) Parecer Final (1).pdf: 130990 bytes, checksum: 9ad65176bf77fec9a90129e5940d085b (MD5) / Approved for entry into archive by PPGPSI Psicologia (ppgpsiufam@ufam.edu.br) on 2018-12-11T00:33:49Z (GMT) No. of bitstreams: 4 Dissertacao_Hitalla_2018.pdf: 1819023 bytes, checksum: e98921c5fa9e8b8db5f5c2992db87c1e (MD5) Carta de Encaminhamento.pdf: 196318 bytes, checksum: f84ea0b4fbc528ffeaf7cf7505a8c5df (MD5) Ata.pdf: 305252 bytes, checksum: fcc0a0ab742f549dff815fc1d66ffa3b (MD5) Parecer Final (1).pdf: 130990 bytes, checksum: 9ad65176bf77fec9a90129e5940d085b (MD5) / Approved for entry into archive by Divisão de Documentação/BC Biblioteca Central (ddbc@ufam.edu.br) on 2018-12-11T14:06:43Z (GMT) No. of bitstreams: 4 Dissertacao_Hitalla_2018.pdf: 1819023 bytes, checksum: e98921c5fa9e8b8db5f5c2992db87c1e (MD5) Carta de Encaminhamento.pdf: 196318 bytes, checksum: f84ea0b4fbc528ffeaf7cf7505a8c5df (MD5) Ata.pdf: 305252 bytes, checksum: fcc0a0ab742f549dff815fc1d66ffa3b (MD5) Parecer Final (1).pdf: 130990 bytes, checksum: 9ad65176bf77fec9a90129e5940d085b (MD5) / Made available in DSpace on 2018-12-11T14:06:43Z (GMT). No. of bitstreams: 4 Dissertacao_Hitalla_2018.pdf: 1819023 bytes, checksum: e98921c5fa9e8b8db5f5c2992db87c1e (MD5) Carta de Encaminhamento.pdf: 196318 bytes, checksum: f84ea0b4fbc528ffeaf7cf7505a8c5df (MD5) Ata.pdf: 305252 bytes, checksum: fcc0a0ab742f549dff815fc1d66ffa3b (MD5) Parecer Final (1).pdf: 130990 bytes, checksum: 9ad65176bf77fec9a90129e5940d085b (MD5) Previous issue date: 2018-10-25 / FAPEAM - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas / This dissertation analyzes the psychiatric demand that is present at the Psychosocial Attention Center – CAPSi (in Portuguese) – in east side of Manaus, so it is based on public policies on children and teenaged’s mental health. It was studied and researched the mental disorders prevalent in children between 6 to 10 years old, the reasons and the complaints that are presented by the child's parents or their responsible at the time of the hosted, and the dynamics established in the team in treatment or in some new referrals. The theoretical references used address complementary themes and they interact with themselves about mental health and childhood from the perception and concepts of Critical Social Psychology. First, it is described the historical trajectory of childhood in the World, in Brazil and also in the State of Amazonas, indicating the existence of children's plurality, as well as the urgent need to recognize unique features of each child. In a second time, it is important to relate the historical evolution of the mental health field in Brazil and in the State of Amazonas; it reflects a significant delay in the implementation of public policy established by the Health Ministry. The theoretical referential is closed when the pathologization and the children medicalization are addressed as a device of biopower, that make the child in docile body with medicine in the search to that it responds exactly what they want. As a methodological resource this study goes deeper in the field-theme from the entrance into East CAPSi, using the documentary analysis of medical records and the participant observation, and open interview with the Direction of the place, from where fictional narratives were extracted and interlinked with the narratives that were collected in the experience of years with young children and their parents in the school level as a means of. It was analyzed 146 medical records, 115 were from boys and 31 were from girls; a statistical survey was made on all the medical records of these children hosted by the East CAPSi in the period from July 2016 to June 2017, the data were entered into the Statistical Package for Social Sciences – SPSS. It is believe that the figures presented go beyond the quantitative. Intrinsically, they indicate information associated to the service offered by East CAPSi. Through the fictional narratives constructed and qualitative analysis of the data, it is concluded that in the face of a different social historical reality hygienist period, occurred until the middle of the 19th century, where the real conception of childhood is not the same, it is possible to find similar actions that lead the practice of professionals in the mental health service. This reality finds support in the dynamics of work established by East CAPSi. The research has shown that the vast majority of the mental disorders received are related to the child's behavior. The most attended are conduct disorders and Attention Deficit Hyperactivity Disorder - AD/HD or TDAH (in Portuguese). It also showed the young children expressiveness medicated with Risperidon, presented as the magic formula that is capable of changing the child's restless behavior. The research also revealed how distant the State of Amazonas is from that is recommended in GM Ordinance No. 336, it has a CAPSi for a city with more than 2 million people. Directly, it implies in the daily professionals practices and results in a large number of new referrals to services that could be attend internally, it was not the waiting list. / A presente dissertação tem como objetivo analisar a demanda psiquiátrica acolhida no Centro de Atenção Psicossocial – CAPSi Leste de Manaus, logo, embasamo-nos nas políticas públicas em saúde mental infantojuvenil. Investigamos quais os transtornos mentais prevalentes em crianças de 6-10 anos, quais motivos/queixas são apresentados pelos responsáveis da criança no momento do acolhimento, bem como a dinâmica estabelecida entre a equipe no tratamento ou em eventuais novos encaminhamentos. O referencial teórico utilizado aborda temas complementares e que dialogam entre si sobre a saúde mental e infância a partir da percepção e conceitos da Psicologia Social Crítica. Para tanto, inicialmente traça-se a trajetória histórica da infância no Mundo, no Brasil e também no Amazonas, apontando para a existência da pluralidade infantil, bem como a urgência em reconhecer as singularidades que constituem cada criança. Em um segundo momento, faz-se importante traçar o percurso histórico trilhado no campo da saúde mental no Brasil e no Amazonas; o qual reflete um atraso significativo na implantação da política pública instituída pelo Ministério da Saúde. Fecha-se o referencial teórico ao abordar a patologização e medicalização infantil como dispositivo do biopoder, que torna a criança em corpo dócil com medicamento na busca que ela responda exatamente o que desejam. Como recurso metodológico aprofundamo-nos no campo-tema a partir da entrada no CAPSi Leste, utilizando a análise documental dos prontuários, observação participante e entrevista aberta com a Direção, onde foram extraídas narrativas ficcionais que se entrelaçaram com as narrativas colhidas na vivência de anos com crianças pequenas e seus pais no âmbito escolar, como instrumentos. Analisamos 146 prontuários, sendo 115 de meninos e de 31 meninas; foi realizado um levantamento estatístico acerca de todos os prontuários destas crianças/usuárias acolhidas pelo CAPSi Leste no período de julho de 2016 a junho de 2017, os dados foram dispostos no SPSS – Statistical Package for Social Sciences. Acreditamos que os números apresentados vão além do quantitativo: eles revelam informações intrinsecamente ligadas ao serviço ofertado pelo CAPSi. Mediante as narrativas ficcionais construídas e análise qualitativa dos dados, concluímos que mesmo diante de uma realidade histórica social diferente do período higienista ocorrido até a metade do século XIX, onde a própria concepção de infância não é a mesma; é possível encontrar ações semelhantes que continuam regendo a prática dos profissionais no serviço de saúde mental. Tal realidade encontra respaldo na dinâmica de trabalho estabelecida pelo CAPSi Leste, cuja investigação revelou que a grande maioria dos transtornos mentais acolhidos estão relacionados ao comportamento da criança, são os transtornos de conduta e TDAH os mais atendidos; bem como revelou a expressividade de crianças pequenas medicadas com Risperidona apresentada como a fórmula mágica capaz de modificar o comportamento agitado da criança. A investigação revelou ainda o quão distante estamos enquanto Estado do Amazonas do que é preconizada na Portaria GM nº 336, tendo um CAPSi para uma cidade de mais de 2 milhões de pessoas, implicando diretamente nas práticas diárias dos profissionais, resultando em um grande número de novos encaminhamentos para serviços que poderiam ser tratados internamente, não fosse a lista de espera.
10

Sujeitos, histórias e rótulos : a leitura e a escrita de crianças e jovens diagnosticados com dislexia / Subject, stories and labels : reading and writing of children and young people diagnosed with dyslexia

Muller, Laura, 1984- 23 August 2018 (has links)
Orientadores: Maria Irma Hadler Coudry, Sonia Maria Sellin Bordin / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-08-23T03:03:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Muller_Laura_M.pdf: 19171583 bytes, checksum: faf35b96640a402df5f8ba101ee1d4ff (MD5) Previous issue date: 2013 / Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar o processo de aquisição e uso da leitura e da escrita de cinco crianças e jovens que receberam o diagnóstico de Dislexia acompanhadas longitudinalmente no Centro de Convivência de Linguagens (CCazinho) no Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Unicamp. A partir do encontro entre pesquisadora e sujeitos da pesquisa traça-se a crítica ao diagnóstico, orientada pela perspectiva teórica e metodológica da Neurolinguística Discursiva (ND). Primeiramente, argumenta-se sobre o equívoco da concepção de leitura e escrita enquanto código, presente na definição, avaliação e tratamento de Dislexia. Ao mesmo tempo, por meio da análise de dados de leitura e escrita dos sujeitos acompanhados, procura-se desconstruir o que foi visto como sintoma de Dislexia ao investigar as hipóteses que essas crianças e jovens constroem em seu processo de aquisição e uso da leitura e escrita. Em seguida, a crítica se concentra na função e alcance que o diagnóstico exerce socialmente. Para isso, utiliza-se a interpretação dos diagnósticos como dispositivos (AGAMBEN, 2010) que capturam os sujeitos, orientam e determinam os discursos e o modo de agir da escola, da família e do próprio sujeito. Estrategicamente, o diagnóstico de Dislexia desloca para os corpos dos sujeitos questões sociais e desresponsabiliza a sociedade pelo crescente fracasso no ensino de leitura e escrita que vivemos hoje. O modo de funcionamento desse dispositivo é discutido pela análise dos dizeres dos sujeitos e de seus familiares sobre o diagnóstico e pela análise dos laudos de diagnóstico, dos dados escolares e de tratamentos a que alguns foram submetidos. Por fim, busca-se dar visibilidade aos problemas encobertos pelos diagnósticos, investigando as dificuldades não patológicas que esses sujeitos apresentam. Para isso, discute-se o modo como esses sujeitos estão fracassando na escola, ora porque enfrentam dificuldades em entender o jogo pouco explícito dessa instituição, ora porque a família não tem conseguido, por diversas razões, ajudar os sujeitos, ora porque a escola, a leitura e a escrita não fazem sentido para eles. Em contraste, analisa-se o acompanhamento longitudinal de um dos sujeitos da pesquisa, discutindo o modo como as práticas com/sobre a linguagem no CCazinho - que levam em conta o sujeito, sua história, seus interesses e constrói um interlocutor ativo para sua leitura e escrita - abre uma possibilidade de alteração no processo de aquisição e uso da leitura e da escrita da criança. Nesse processo, a aprendizagem da leitura e da escrita desconstrói e desqualifica o diagnóstico que vai perdendo força e sentido na história do sujeito / Abstract: This research aims to analyze the acquisition and the use of reading and writing in five children and young people who received the diagnosis of Dyslexia and who were longitudinally followed in the Centro de Convência de Linguagens (CCazinho) at the Institute of Language Studies (IEL), at Unicamp. From the encounter between the researcher and the research subjects, the critical diagnosis is traced and guided by the theoretical and methodological perspective of Discursive Neurolinguistics (ND). Firstly, one argues about the erroneous conception of reading and writing as code, which appears in the definition, evaluation and treatment of dyslexia. At the same time, through the analysis of data regarding the reading and writing of the subjects followed, one seeks to deconstruct what was seen as a symptom of dyslexia to investigate the hypothesis that these children and young people build in the process of acquisition and use of reading and writing. Then, the review focuses on the function and the reach that the diagnosis has socially. For this, one uses the interpretation of diagnostic such as devices (Agamben, 2010) which capture the subject, guide and determine the speeches and way of acting of the school, the family and the subject themselves. Strategically, the diagnosis of Dyslexia displaces the social issues to the bodies of the subjects and disclaims society by the increasing failure in teaching reading and writing which we live today. The mode of operation of this device is discussed by the analysis of the subjects and their families' speeches about the diagnosis and by the analysis of the diagnostic reports, the school data and the treatments that some of the subjects were submitted to. Finally, one seeks to give visibility to the diagnoses hidden problems, investigating the non-pathological difficulties that these subjects have. For this, one discusses how these subjects are failing in school, sometimes because they face difficulties in understanding the little explicit game of that institution, either because the family has been unable, for various reasons, to help the subjects, or because the school, the reading and the writing do not make sense to them. In contrast, one analyzes the longitudinal follow of one of the research subjects, discussing how the practices with/about language in CCazinho - that take into account the individual, his history, his interests and build an active speaker for his reading and writing - opens a possibility of changes in the process of acquisition and use of reading and writing of the child. In this process, the learning of reading and writing deconstructs and disqualifies the diagnosis that ends losing strength and direction in the history of the subject / Mestrado / Linguistica / Mestra em Linguística

Page generated in 0.0181 seconds