• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 198
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 219
  • 100
  • 38
  • 34
  • 29
  • 27
  • 26
  • 21
  • 18
  • 16
  • 16
  • 16
  • 15
  • 14
  • 14
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação da desconexão encosta-canal da bacia do riacho grande/PB

BARROS, Ana Clara Magalhães de 10 March 2014 (has links)
Submitted by Felipe Lapenda (felipe.lapenda@ufpe.br) on 2015-03-05T14:46:05Z No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO Ana Clara de Barros.pdf: 6163429 bytes, checksum: 77eba59fc528cce569e9ba0d13c6cda1 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T14:46:05Z (GMT). No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO Ana Clara de Barros.pdf: 6163429 bytes, checksum: 77eba59fc528cce569e9ba0d13c6cda1 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2014-03-10 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Este trabalho trata da investigação geomorfológica no âmbito da estocagem e transferência de sedimentos, tanto ligada a processos operantes atualmente, como a processos pretéritos. Neste contexto, a proposta teórica da (des)conectividade da paisagem surgiu como guia, admitindo que a transferência de água e sedimentos longitudinal, lateral e verticalmente nem sempre é livre de impedimentos. Elementos de desconexão podem ser expressos na paisagem como áreas de estocagem intermediária de sedimentos. Visando conhecer os depósitos que compõem estas áreas de estocagem e propor uma tipologia para as mesmas, foram confeccionados mapeamentos que serviram como base para a criação desta tipologia. Juntamente com a geração dos dados de gabinete, foram realizados trabalhos de campo no intuito de conhecer com mais afinco os caracteres físicos da bacia e realizar coletas de sedimentos das áreas de estocagem. As análises laboratoriais das amostras de sedimentos se detiveram em seus aspectos granulométricos e morfoscópicos, para obter dados que permitam fazer inferências sobre os processos formadores de tais depósitos, mas também estabelecer relações entre eles. As análises de granulometria foram realizadas com base no método de Gale & Hoare (1991), utilizando-se o peneiramento seco para as frações de areia e cascalho, enquanto que a separação das frações silte e argila foi feita em granulômetro à laser, com base na metodologia do Laboratório de Geografia Física da UCL. Os dados numéricos obtidos foram processados no Software Sysgran 3.0, onde foram gerados dados estatísticos através dos parâmetros de Folk & Ward (1957) e diagramas de Shepard (1954) e Pejrup (1988). A análise da morfoscopia, com base na esfericidade e arredondamento dos grãos foi feita com base na metodologia de Tucker (1995). A análise dos dados obtidos neste trabalho identificou certo padrão longitudinal para as áreas de estocagem, que se refletiu na proposição da tipologia para estas áreas. A avaliação destes elementos de desconexão permitiu identificar a atuação de uma dinâmica de transferência de sedimentos em cascata, gerada pela atuação de fluxos operantes em pulsos, de maneira tal que os vales permaneceram entulhados de sedimentos.
2

Blogs segundo a tipologia textual baseada em contexto

Gysel, Edelweiss Vitol January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2013 / Made available in DSpace on 2013-12-06T00:04:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 317917.pdf: 2562803 bytes, checksum: 74c5a0ac025d4e4750433463f75569ea (MD5) Previous issue date: 2013 / Este trabalho, filiado à pesquisa de minha co-orientadora Dra. Elaine Espíndola, realizado na Hong Kong Polytechnic University, tem como objetivo apresentar resultados de uma pesquisa desenvolvida na interface entre Linguística Sistêmico-Funcional (LSF) e Estudos da Tradução com foco em Tipologia Textual baseada em contexto. A base teórica do trabalho está assentada na proposta de 'Atividades Sócio Semióticas', representada graficamente na chamada Esfera de Atividades Sócio-Semióticas, de Matthiessen, Wu e Teruya (2007). Apresenta-se inicialmente uma coleta de dados (blogs) compilados em formato eletrônico e relativos às tipologias textuais nos contextos do português brasileiro (PB) e inglês americano (IA). A seguir, apresenta-se a classificação dos textos coletados nesses blogs com base nas 'Atividades Socio-Semióticas'. Após a classificação sócio semiótica, uma análise de transitividade é realizada com vistas a explorar a relação entre a Tipologia Textual baseada em contexto e os padrões gramaticais do sistema de transitividade que realizam os diferentes tipos textuais. Por fim os resultados dessa análise são comparados para fins de identificar diferenças e semelhanças nas configurações texto-contextuais dos dois conjuntos de textos produzidos em ambos os idiomas. Os desdobramentos dessa comparação buscarão traçar um perfil 'socio-semiótico'dos textos analisados, com vistas a fornecer um modelo de parâmetros textuais para formação de tradutores na dimensão bilíngue/ textual do desenvolvimento de suas competências <br> / This work is affiliated to the research undertaken at the Hong Kong Polytechnic University by my co advisor Dr. Elaine Espíndola. It aims at presenting the results of a research developed at the interface between Systemic Functional Linguistics (SFL) and Translation Studies about Context based Text Typology. The theoretical framework rests on the notion of "Socio Semiotic Activities" graphically represented by the Sphere of Socio Semiotic Activities proposed by Matthiessen, Wu and Teruya in 2007. First, a collection of data (texts from two blogs) from the context of Brazilian Portuguese and American English Text Typology compiled in electronic format is presented. Afterwords, the classification of the selected texts in terms of their Socio Semiotic Activities is exposed, and after this classification, an analysis of transitivity is carried out in order to explore the relation between Context based Text Typology and the grammatical different patterns of transitivity realized in differente types of texts. Lastly, the results obtained from the analysis of the texts in Brazilian Portuguese (PB) and in American English (IA) are compared aiming at identifying differences and/or similarities in the text and contextual configurations in both sets of texts produced in both languages. The unfoldings of this comparison will attempt to draw a Socio-semiotic profile of texts under study with a view to providing a framework for translators' education in what regards the development of their bilingual/textual subcompetence.
3

Estudo sobre as transformações nas tipologias arquitetônicas em conjuntos habitacionais de interesse social em Fortaleza-CE: 2003-2012. / Study about the transformations at architectural typology in sets social housing interest in Fortaleza-CE: 2003-2012

Vieira, Geovana Alves Rocha 12 August 2013 (has links)
VIEIRA, G. A. R. Estudo sobre as transformações nas tipologias arquitetônicas em conjuntos habitacionais de interesse social em Fortaleza-CE: 2003-2012. 2013. 229 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Estruturas e Construção Civil) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2015-04-09T12:25:55Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_garvieira.pdf: 15565788 bytes, checksum: 58bfff979a470b9c837540315c28f49d (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2015-04-16T13:28:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_garvieira.pdf: 15565788 bytes, checksum: 58bfff979a470b9c837540315c28f49d (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-16T13:28:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_garvieira.pdf: 15565788 bytes, checksum: 58bfff979a470b9c837540315c28f49d (MD5) Previous issue date: 2013-08-12 / The housing deficit reaches Brazil since the late nineteenth century when starting an accelerated process of city growth associated with rapid population growth and insufficient implementation of urban infrastructure. Faced with this problem several policies have been formulated in order to meet the growing demand for housing and promote the orderly growth of our cities. However the need to cover a huge number of people makes the preparation of projects is based in the resolution quantitative this deficit even if it interferes with their quality. In this context this research aims to analyze the architectural projects intended for social housing (SH) in capital of Ceará produced by Municipal Prefecture through the Foundation Housing Development in Fortaleza (HABITAFOR) from 2003 the year of creation of the institution cited to 2012. This research adopts as a research strategy the document analysis by performing four steps: collection of architectural projects in the institution responsible and the organization of the material collected appreciation of documents through the analysis parameters developed and soon thereafter treatment of same. The analysis shows that the designs produced by Habitafor mostly are intended to resettle families living in areas at risk. It was found also that the architectural projects have three sectors: social intimate and service a common characteristic in the Brazilian housing but not in all architectural projects have this zoning and that increasing the number of rooms does not imply an extension the other spaces. The projects analyzed are inflexible because the plants analyzed do not favor the expansion of the units according to the needs of families / O déficit habitacional atinge o Brasil desde o final do século XIX quando se inicia de modo acelerado o processo de crescimento da cidade associado a um vertiginoso aumento demográfico desacompanhado da implantação de redes de infraestrutura urbana. Diante deste problema diversas políticas públicas vêm sendo formuladas com o intuito de atender à crescente demanda por moradia e promover o crescimento ordenado de nossas cidades. Todavia a necessidade de abranger um enorme contingente de pessoas faz com que a elaboração dos projetos seja pautada na resolução quantitativa deste déficit mesmo que isso interfira na qualidade desses. Neste contexto esta pesquisa tem como objetivo analisar os projetos arquitetônicos destinados à habitação de interesse social (HIS) na capital cearense produzidos pela Prefeitura do Município por meio da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (HABITAFOR) no período de 2003 ano de criação do órgão citado até 2012. Esta investigação adota como estratégia de pesquisa a análise documental realizada em quatro etapas: a coleta de projetos arquitetônicos junto a órgãos competentes bem como a organização do material coletado a apreciação dos documentos por meio dos parâmetros de análise elaborados e logo em seguida, o tratamento desses. A análise demonstrou que os projetos produzidos pela Habitafor em sua maioria, são destinados ao reassentamento de famílias residentes em áreas de risco. Verificou-se ainda, que as plantas baixas possuem três setores: o social íntimo e o de serviço característica comum na habitação brasileira porém em nem todos os projetos arquitetônicos há este zoneamento e que o aumento do número de quartos não implica na extensão dos demais ambientes. Os projetos são pouco flexíveis dado que as plantas propostas pouco favorecem a expansão das unidades conforme as necessidades das famílias
4

As clausulas de finalidade

Dias, Nilza Barrozo 16 January 2002 (has links)
Orientador: Maria Luiza Braga / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-31T14:55:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dias_NilzaBarrozo_D.pdf: 5293881 bytes, checksum: 6ef3491e6d202cf32763cbd3ff0927bb (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: O presente trabalho compreende a investigação das cláusulas de finalidade em dados de língua falada e textos de língua escrita, numa abordagem funcional- discursiva. A cláusula de finalidade codifica um objetivo, cuja execução demanda um movimento de X a Y no mundo das intenções, que pode ser simultâneo ao deslocamento no mundo fisico. Os.tipos de cláusulas de finalidade propostos - hipotática canônica (com o subtipo delimitadora de resultado) e hipotática discursiva; cláusulas de fmalidade parentética e de adendo - surgiram a partir de análise de amostras dos corpora. A forma não-marcada é PARA+INF, que ocorre preferencialmente na posição posposta à cláusula núcleo. As posições anteposta, medial e intercalada correspondem às formas marcadas,sendo a primeiramais recorrentena língua escrita e a segunda,na fala. A alteração dessas posições acarreta alteração do valor discursivo. As cláusulas hipotáticas codificam um sujeito preferencialmente correferencial ao sujeito da núcleo, sendo este sujeito normalmente agentivo. A cláusula núcleo é codificada com a estrutura nãomarcada SVO, cujo sujeito é representado por SN pleno na escrita e por SN pronome e morfologia verbal, na fala. As cláusulas de adendo e parentéticas têm como escopo o próprio ato de fala que ajudama constituir.As de adendoocorremapós uma resposta polar, ou como informação adicional em longos turnos de fala. As parentéticas representam a introjeção do locutor no próprio texto, o que acarreta a manifestação de dados do processo discursivo nos enunciados de finalidade / Abstract: This investigation deals with the analyses of purpose clauses in spoken and written data, in functional linguistics. The purpose clauses codify a goal, whose execution manifests the movement :from X to Y in the intention world that can realize in the physical word simultaneously. The purpose clauses which come up from the data are the canonical and discursive hypothetical clauses; the afterthought and parenthetic purpose clauses. The non-marked form is TO + INF, that realize in the final position em relation to main clauses. The initial, medial and intercalated positions correspond to the non-marked forms; the first is more common in written language and the second, in spoken language. The alteration in the positions let us to change the discursive value. The hypothetical clauses codify a subject, which is coreferential to the subject of main clauses. This subject plays an agentive role. The main clause is structured with SVO, whose subject is expressed by SP noun in the writlen language and by SP pronoun or verbal affix in the spoken language. The afterthought and parenthetic clauses have as scope the speech act that they help to realize.The afterthought occurs after a polar answer or as additional information in long talk turns. The parenthetic represents the introduction of the speaker in his own text and this attitude represents the manifestation of discursive processes on the purpose enunciation / Doutorado / Doutor em Linguística
5

El títol i el text. Una tipologia dels efectes del títol en el text en poesia

Besa Camprubí, Josep 21 February 2002 (has links)
Aquesta tesi té per objectiu presentar una tipologia dels efectes del títol en el text en poesia i il.lustrar aquesta tipologia en un corpus de poemes catalans contemporanis. Per aconseguir aquest objectiu, a l'autor li ha calgut abans manifestar de manera raonada les seves pròpies assumpcions sobre el títol (capítol 2), revisar críticament algunes aproximacions bibliogràfiques al títol sense el text (capítol 3) i, sobretot, fonamentar la problematicitat de les principals tipologies de relacions entre el títol i el text existents a la bibliografia (capítol 4). El capítol 1 és un capítol introductori on es mostra la necessitat de l'estudi que s'emprèn en els capítols següents. El capítol 2 comença amb unes "aproximacions liminars" a l'objecte d'estudi en les quals es passa revista a unes quantes definicions del títol, es mostra el paral.lelisme entre l'efecte que el títol produeix en el lector i el concepte d'efecte de distanciament formulat per Bertolt Brecht, i es descriu el paper del títol en la lectura; el capítol continua examinant les conseqüències que es deriven de la consideració del títol com a paratext, d'una banda, i com a element estratègic, d'una altra; i acaba explorant les funcions tradicionalment atorgades al títol: designativa, metalingüística i seductora.El capítol 3 revisa alguns estudis de corpus de títols, és a dir, estudis que no tenen en consideració el text i, per tant, el vincle semàntic entre el títol i el text.El capítol 4 analitza set tipologies de relacions entre el títol i el text tenint en compte els principis i requisits d'una tipologia establerts per H. Isenberg i demostra que cap d'aquestes tipologies és plenament satisfactòria. El capítol 5 presenta una nova tipologia de relacions entre el títol i el text en poesia. Aquesta tipologia categoritza els efectes terminals i globals del títol en el text, criteri que permet distingir entre títols neutrals i títols no neutrals, i, a l'interior dels títols no neutrals, títols focalitzadors, temàtics, contrastius, contextualitzadors i mistificadors. Aquests diferents tipus de títol són il.lustrats en un conjunt de 48 poemes catalans contemporanis.El capítol 6, finalment, fa una recapitulació dels continguts tractats i presenta algunes possibles línies de recerca en relació amb el títol que la tesi ha deixat per cobrir. / This thesis presents a typology of the effects of the title on the text in poetry which is illustrated trough a corpus of contemporary Catalan poems. The typology proposed is based, first, on the author's assumptions about the title (chapter 2), and, second, on a critical review of various proposals about the title without the text (chapter 3), and, particularly, about the main typologies of relations between the title and the text (chapter 4).Chapter 1 shows the relevance of the work in the frame of the studies about poetry reading.Chapter 2 approaches the object showing (1) the various definitions of the title, (2) the parallelism between on the one hand the effect of the title on the reader and on the other hand the concept of Verfremdungseffekt, as proposed by Bertolt Brecht, and (3) the paper of the title in the process of reading. On the other hand, the author analyses the consequences of describing the title either as a paratext or as an strategic element. Finally, he explores the functions traditionally associated to the title: designative, metalinguistic, and seductive.Chapter 3 revises several studies of corpus of titles, that is, studies that do not take the text, or the semantic link between the title and text, into account.Chapter 4 evaluates seven typologies of relations between the title and the text taking into account the Isenberg conditions for developing a typology. It demonstrates that none of these typologies is completely satisfactory.Chapter 5 presents a typology of the terminal and global effects of the title on the text in poetry. A first distinction is given between neutral and non neutral titles. Secondly, non neutral titles are classified in several types: focussing, thematic, contrasting, contextualizing, and mystifying. 48 contemporary Catalan poems illustrate this typology.Finally, chapter 6 summarizes the contents of the previous chapters and presents some perspectives for the study about the title which have not being considered in this thesis.
6

Sobre el tipo como procedimiento proyectual

Meninato, Pablo January 2015 (has links)
Ao iniciar um projeto, o arquiteto enfrenta duas condições aparentemente irreconciliáveis: em primeiro lugar, aspira criar formas novas e originais para distingui-las do realizado por seus antecessores, e, simultaneamente, deve assumir que a gestação dessas formas será afetada ou influenciada pelas imagens, memórias e idéias anteriormente assimiladas. Desde as origens, esses interesses supostamente antagónicos têm definido a evolução da arquitetura e das outras artes, marcadas pela tensão entre a herança das formas do passado e a busca das novas resoluções. A intenção desta pesquisa é identificar e analisar os processos projetuais iniciados a partir da seleção das formas, imagens ou idéias pré-existentes, e que, apelando à diversos procedimentos miméticos, incentivem a geração de instâncias originais. Para tal fim, este estudo pressupõe que as atividades listadas são plausíveis de ser consideradas sob o domínio do tipo, entendido como uma estratégia para a realização de novas iterações geradas a partir do conhecimento das formas passadas. Na primeira instância, o objetivo deste trabalho é desenvolver uma reavaliação do que constitui o conceito de tipo, as origens do vocábulo, a sua historiografia, a sua aplicação em outras disciplinas, e sua consideração na teoria e prática da arquitetura dos últimos dois séculos. De acordo com as definições inauguráis do Quatremère de Quincy no início do século XIX, a característica distintiva que define qualquer discussão sobre o tipo é sua condição polissêmica. O tipo, portanto, pode ser assumido em resposta à questão das origens da arquitetura, como uma estratégia para a construção de classificação do inventário edilício, e também como uma tática projetual sustentada pela doutrina aristotélica da mimesis. A segunda área de pesquisa é dedicada a examinar a condição do tipo como agente mimético, ou seja, como um propulsor do processo de desenho. Para este fim, se establece uma definição expansiva do conceito, mas não entendido apenas como uma tipologia edilicia, mas também, como uma categoria que pode incluir qualquer classe de elementos, objetos, maquinarias ou mesmo formações biológicas. A partir desta definição renovada do território do tipo, este trabalho procede a discutir e examinar diversas táticas miméticas, como são a distorção, a magnificação, a fragmentação ou a justaposição tipológica. Um tema que se dedicou especial atenção é a tática do deslocamento do tipo, questão que sugere possíveis correspondências com o procedimento do readymade inaugurado por Marcel Duchamp. Embora, deve-se notar que tanto o deslocamento tipológico e o readymade atuam desde as particularidades das respectivas disciplinas, ambos preceitos concordam na reavaliação de questões como originalidade, semelhança, figurativismo e mudança do significado. / Upon starting a new project the architect faces two seemingly incompatible conditions: on the one hand he or she aspires to create new and original forms; on the other and simultaneously, has to assume that the conception of those forms will be affected or influenced by previously assimilated images, forms or ideas. Since its origins, these ostensibly conflicting interests have defined the evolution of architecture and the other arts, a moment marked by the tension produced by the coexistence of the tradition of past forms and the search for original resolutions. The goal of this work is to identify and analyze those design processes initiated upon the selection of preexisting forms, images or ideas, and that, appealing to diverse mimetic procedures, encourages the generation of original iterations. To this end, this study assumes that the listed activities can be considered under the domain of the type, which is to say, a strategy for creating new iterations engendered from the understanding of past forms. This study has been structured into two distinctive, though supplementary parts. The first part develops a reassessment of what constitutes the concept of type, the origins of the term, its historiography, its application in other disciplines, and its consideration in the realm of architectural theory and practice for the last two centuries. According to the initial precisions by Quatremère of Quincy at the beginning of the Nineteenth Century, „type‟ should be presupposed as a polysemic notion, since it could be simultaneously assumed as a response to the question of the origins of architecture, as a strategy for the classification of building inventory, and as a design tactic associated to the Aristotelian doctrine of mimesis. The second area focuses on the third meaning of the concept of type introduced by Quatremère, which is as a mimetic agent, where the type becomes a propellant of the design process. Following an expanded definition of typological territory - where type is no longer understood exclusively as building typology, but also as a category that may include elements such as objects, machineries or even biological formations -, this work proceeds to list and examine various mimetic tactics such as distortion, magnification, fragmentation, juxtaposition and typological displacement. Particular attention was placed in the notion of typological displacement, an issue that establishes suggestive correspondences with the tactic of the readymade inaugurated by Marcel Duchamp. Although typological displacement and readymade perform under the particularities of their respective disciplines, both tactics presuppose a reassessment of issues such as originality, resemblance, repetition, figurativism and variations of meaning. / Al iniciar un proyecto, el arquitecto se enfrenta a dos condiciones aparentemente irreconciliables: por un lado aspira a crear formas nuevas y originales que se distingan de lo realizado por sus predecesores, y, simultáneamente, debe asumir que la gestación de esas formas se verá afectada o influenciada por las imágenes, recuerdos o ideas que ha asimilado previamente. Desde sus orígenes, estos intereses supuestamente contrapuestos han definido la evolución de la arquitectura y las demás artes, signadas por la tensión entre la herencia de las formas del pasado y la búsqueda de nuevas resoluciones. La intención de este trabajo es identificar y analizar aquellos procesos proyectuales iniciados a partir de la selección de formas, imágenes o ideas preexistentes, y que, apelando a diversos procedimientos miméticos alienten la generación de instancias originales. A tal efecto, este estudio presupone que las actividades listadas son plausibles de ser consideradas bajo el dominio del tipo, entendido éste como una estrategia para la realización de nuevas iteraciones generadas a partir del conocimiento de formas pasadas. En primera instancia, el objetivo de este trabajo es desarrollar una reevaluación de lo que constituye el concepto de tipo, los orígenes del vocablo, su historiografía, su aplicación en otras disciplinas, y su consideración en la teoría y práctica arquitectónica de los dos últimos siglos. De acuerdo a las definiciones inaugurales de Quatremère de Quincy a comienzos del siglo XIX, la característica distintiva que define cualquier discusión sobre el tipo es su condición polisémica. El tipo, por lo tanto, puede ser asumido como respuesta a la cuestión de los orígenes de la arquitectura, como estrategia para la clasificación del inventario edilicio, y asimismo, como táctica proyectual sustentada en la doctrina aristotélica de mímesis. La segunda área de investigación se dedica a examinar la condición del tipo como agente mimético, es decir, como propulsor del procedimiento proyectual. A tal efecto, se estipula una definición expansiva del concepto, ya no entendido exclusivamente como tipología edilicia, sino asimismo, como una categoría que puede incluir cualquier clase de elementos, objetos, maquinarias o hasta formaciones biológicas. A partir de esta renovada delimitación del territorio de tipo, este trabajo procede a listar y examinar diversas tácticas miméticas, como ser la distorsión, la magnificación, la fragmentación o la yuxtaposición tipológica. Un tema al que se le dedica particular atención es la táctica del desplazamiento del tipo, asunto que sugiere posibles correspondencias con el procedimiento del readymade inaugurado por Marcel Duchamp. Si bien cabe consignar que tanto el desplazamiento tipológico como el readymade actúan desde las particularidades de sus respectivas disciplinas, ambos preceptos presuponen una reevaluación de cuestiones como originalidad, semblanza, figurativismo y alteración del significado.
7

Sobre el tipo como procedimiento proyectual

Meninato, Pablo January 2015 (has links)
Ao iniciar um projeto, o arquiteto enfrenta duas condições aparentemente irreconciliáveis: em primeiro lugar, aspira criar formas novas e originais para distingui-las do realizado por seus antecessores, e, simultaneamente, deve assumir que a gestação dessas formas será afetada ou influenciada pelas imagens, memórias e idéias anteriormente assimiladas. Desde as origens, esses interesses supostamente antagónicos têm definido a evolução da arquitetura e das outras artes, marcadas pela tensão entre a herança das formas do passado e a busca das novas resoluções. A intenção desta pesquisa é identificar e analisar os processos projetuais iniciados a partir da seleção das formas, imagens ou idéias pré-existentes, e que, apelando à diversos procedimentos miméticos, incentivem a geração de instâncias originais. Para tal fim, este estudo pressupõe que as atividades listadas são plausíveis de ser consideradas sob o domínio do tipo, entendido como uma estratégia para a realização de novas iterações geradas a partir do conhecimento das formas passadas. Na primeira instância, o objetivo deste trabalho é desenvolver uma reavaliação do que constitui o conceito de tipo, as origens do vocábulo, a sua historiografia, a sua aplicação em outras disciplinas, e sua consideração na teoria e prática da arquitetura dos últimos dois séculos. De acordo com as definições inauguráis do Quatremère de Quincy no início do século XIX, a característica distintiva que define qualquer discussão sobre o tipo é sua condição polissêmica. O tipo, portanto, pode ser assumido em resposta à questão das origens da arquitetura, como uma estratégia para a construção de classificação do inventário edilício, e também como uma tática projetual sustentada pela doutrina aristotélica da mimesis. A segunda área de pesquisa é dedicada a examinar a condição do tipo como agente mimético, ou seja, como um propulsor do processo de desenho. Para este fim, se establece uma definição expansiva do conceito, mas não entendido apenas como uma tipologia edilicia, mas também, como uma categoria que pode incluir qualquer classe de elementos, objetos, maquinarias ou mesmo formações biológicas. A partir desta definição renovada do território do tipo, este trabalho procede a discutir e examinar diversas táticas miméticas, como são a distorção, a magnificação, a fragmentação ou a justaposição tipológica. Um tema que se dedicou especial atenção é a tática do deslocamento do tipo, questão que sugere possíveis correspondências com o procedimento do readymade inaugurado por Marcel Duchamp. Embora, deve-se notar que tanto o deslocamento tipológico e o readymade atuam desde as particularidades das respectivas disciplinas, ambos preceitos concordam na reavaliação de questões como originalidade, semelhança, figurativismo e mudança do significado. / Upon starting a new project the architect faces two seemingly incompatible conditions: on the one hand he or she aspires to create new and original forms; on the other and simultaneously, has to assume that the conception of those forms will be affected or influenced by previously assimilated images, forms or ideas. Since its origins, these ostensibly conflicting interests have defined the evolution of architecture and the other arts, a moment marked by the tension produced by the coexistence of the tradition of past forms and the search for original resolutions. The goal of this work is to identify and analyze those design processes initiated upon the selection of preexisting forms, images or ideas, and that, appealing to diverse mimetic procedures, encourages the generation of original iterations. To this end, this study assumes that the listed activities can be considered under the domain of the type, which is to say, a strategy for creating new iterations engendered from the understanding of past forms. This study has been structured into two distinctive, though supplementary parts. The first part develops a reassessment of what constitutes the concept of type, the origins of the term, its historiography, its application in other disciplines, and its consideration in the realm of architectural theory and practice for the last two centuries. According to the initial precisions by Quatremère of Quincy at the beginning of the Nineteenth Century, „type‟ should be presupposed as a polysemic notion, since it could be simultaneously assumed as a response to the question of the origins of architecture, as a strategy for the classification of building inventory, and as a design tactic associated to the Aristotelian doctrine of mimesis. The second area focuses on the third meaning of the concept of type introduced by Quatremère, which is as a mimetic agent, where the type becomes a propellant of the design process. Following an expanded definition of typological territory - where type is no longer understood exclusively as building typology, but also as a category that may include elements such as objects, machineries or even biological formations -, this work proceeds to list and examine various mimetic tactics such as distortion, magnification, fragmentation, juxtaposition and typological displacement. Particular attention was placed in the notion of typological displacement, an issue that establishes suggestive correspondences with the tactic of the readymade inaugurated by Marcel Duchamp. Although typological displacement and readymade perform under the particularities of their respective disciplines, both tactics presuppose a reassessment of issues such as originality, resemblance, repetition, figurativism and variations of meaning. / Al iniciar un proyecto, el arquitecto se enfrenta a dos condiciones aparentemente irreconciliables: por un lado aspira a crear formas nuevas y originales que se distingan de lo realizado por sus predecesores, y, simultáneamente, debe asumir que la gestación de esas formas se verá afectada o influenciada por las imágenes, recuerdos o ideas que ha asimilado previamente. Desde sus orígenes, estos intereses supuestamente contrapuestos han definido la evolución de la arquitectura y las demás artes, signadas por la tensión entre la herencia de las formas del pasado y la búsqueda de nuevas resoluciones. La intención de este trabajo es identificar y analizar aquellos procesos proyectuales iniciados a partir de la selección de formas, imágenes o ideas preexistentes, y que, apelando a diversos procedimientos miméticos alienten la generación de instancias originales. A tal efecto, este estudio presupone que las actividades listadas son plausibles de ser consideradas bajo el dominio del tipo, entendido éste como una estrategia para la realización de nuevas iteraciones generadas a partir del conocimiento de formas pasadas. En primera instancia, el objetivo de este trabajo es desarrollar una reevaluación de lo que constituye el concepto de tipo, los orígenes del vocablo, su historiografía, su aplicación en otras disciplinas, y su consideración en la teoría y práctica arquitectónica de los dos últimos siglos. De acuerdo a las definiciones inaugurales de Quatremère de Quincy a comienzos del siglo XIX, la característica distintiva que define cualquier discusión sobre el tipo es su condición polisémica. El tipo, por lo tanto, puede ser asumido como respuesta a la cuestión de los orígenes de la arquitectura, como estrategia para la clasificación del inventario edilicio, y asimismo, como táctica proyectual sustentada en la doctrina aristotélica de mímesis. La segunda área de investigación se dedica a examinar la condición del tipo como agente mimético, es decir, como propulsor del procedimiento proyectual. A tal efecto, se estipula una definición expansiva del concepto, ya no entendido exclusivamente como tipología edilicia, sino asimismo, como una categoría que puede incluir cualquier clase de elementos, objetos, maquinarias o hasta formaciones biológicas. A partir de esta renovada delimitación del territorio de tipo, este trabajo procede a listar y examinar diversas tácticas miméticas, como ser la distorsión, la magnificación, la fragmentación o la yuxtaposición tipológica. Un tema al que se le dedica particular atención es la táctica del desplazamiento del tipo, asunto que sugiere posibles correspondencias con el procedimiento del readymade inaugurado por Marcel Duchamp. Si bien cabe consignar que tanto el desplazamiento tipológico como el readymade actúan desde las particularidades de sus respectivas disciplinas, ambos preceptos presuponen una reevaluación de cuestiones como originalidad, semblanza, figurativismo y alteración del significado.
8

Tipologia morfodinâmica de sistemas praiais condicionados por diferentes níveis de energia de onda e características granulométricas: Costa das Baleias e Costa do Cacau – Bahia

Corrêa, Carolina da Silva January 2010 (has links)
Submitted by Everaldo Pereira (pereira.evera@gmail.com) on 2017-02-18T14:15:07Z No. of bitstreams: 1 Dissertação carolina_Correa_2010.pdf: 4247730 bytes, checksum: 480b354259a494efe38d2dea4609d1dc (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-18T14:15:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação carolina_Correa_2010.pdf: 4247730 bytes, checksum: 480b354259a494efe38d2dea4609d1dc (MD5) / Os ambientes costeiros abrigam grande parte da população humana e são altamente instáveis, por isso se faz necessário estudos aprofundados da dinâmica destes ambientes para que haja um melhor planejamento de seu uso e ocupação. Este trabalho avaliou a tipologia de praias em dois ambientes costeiros distintos quanto a energia de onda, fonte e granulometria dos sedimentos, nas denominadas Costa das Baleias e Costa do Cacau, ambas no Estado da Bahia – Brasil. Para tanto, utilizou-se o parâmetro adimensional ômega (Dean, 1973) para a classificação morfodinâmica das praias desses trechos costeiros. Isto foi feito a partir de dados da granulometria e da altura de onda, espaçados de um em um quilômetro, para 128 e 141 pontos de amostragem na Costa das Baleias e Costa Cacau, respectivamente. As amostras de areia foram coletadas na parte mediana da face da praia, e as alturas da onda estimadas a partir de diagramas de refração de onda. Considerou-se também dados de largura e declividade da face da praia, medidos em cada ponto de amostragem. Os resultados do presente estudo mostram que: Os estados praiais calculados através do parâmetro ômega coincidiram, na sua quase totalidade, com os estimados visualmente por outros autores (Santos, 2006; Nascimento, 2006) para a área de estudo, apenas no que se refere às praias classificadas como refletivas e dissipativas. Já as praias por eles classificadas como intermediárias, apresentaram pouquíssima concordância com o estado morfodinâmico obtido a partir de ômega. Tal fato pode estar relacionado à subjetividade das observações visuais. De uma maneira geral, o parâmetro ômega permitiu diferenciar morfodinâmicamente as praias da Costa das Baleias das da Costa do Cacau. Assim, a Costa das Baleias, onde predominam praias refletivas (68%) e intermediárias (31%), apresentam as seguintes características médias: a) altura de onda de 0,57 metros; b) granulometria de 0,43 milímetros (areia média); c) largura da face da praia de 41,09 metros; d) declividade da face da praia de 6º 52’. Já a Costa do Cacau, onde predominam praias dissipativas (51%) e intermediárias (45%), apresentam as seguintes características médias: a) altura v de onda de 1,02 metros; b) granulometria de 0,23 milímetros (areia fina); c) largura da face da praia de 56,35 metros; d) declividade da face da praia de 2º 23’. Estas características gerais das duas áreas de estudo são aqui consideradas como de longo prazo (acima de 103 anos), de acordo com o modelo conceitual de Dominguez et al. (2000), para a região leste/nordeste brasileira, estando condicionadas pela herança geológica. No caso da Costa do Cacau, por ser alimentada por sedimentos trazidos pelo rio Jequitinhonha e por estar exposta diretamente à ação das ondas. No caso da Costa das Baleias, por ser alimentada por sedimentos da Formação Barreiras e por ser protegida da ação direta das ondas pelas barreiras dos arcos recifais de Abrolhos. Nas duas regiões costeiras existem, ao longo das praias, tendências de variações espaciais contemporâneas de pequena escala na tipologia praial que, de uma maneira geral, acompanham o modelo de Wright e Short (1984). Estas mudanças, de curto prazo, são condicionadas pela dinâmica costeira atual, estando relacionadas à interação entre o clima de ondas, a deriva litorânea e os sedimentos disponíveis para o transporte ao longo da linha de costa. Ocorre uma ligeira variação sazonal na tipologia de algumas praias da metade sul da Costa das Baleias, relacionada fundamentalmente a chegada de eventos esporádicos de frentes-frias. / Most of the world population live on coastal environments, which are highly unstable, so detailed studies of the dynamics of these environments are necessary to better planning its use and occupancy. This study evaluated the typology of beaches in two distinct coastal environments with respect to wave energy, source and size of sediments, Costa das Baleias and Costa do Cacau, both in Bahia State - Brazil. We used the dimensionless omega parameter (Dean, 1973) for the morphodynamic classification of beaches of these coastal stretches. This was done using data of granulometry and wave height, sampled each one kilometer, along the coastline totalizing 141 and 128 sampling points in the Costa das Baleias and Costa do Cacau, respectively. The sand samples were collected at the middle part of the beachface, and wave heights estimated from wave refraction diagrams. It was also considered the width and slope of the beachface, measured at each sampling point. The results of this study show that: Beaches states calculated using the omega parameter coincided well with visually estimation made by other authors (Santos, 2006; Nascimento, 2006) with regard to beaches classified as reflective and dissipative. On the other hand, the beaches classified as intermediate, showed very little correlation with the morphodynamic state obtained using the omega parameter. This may be related to the subjectivity of visual observations. In general, the omega parameter allowed differentiate morphodynamically according to the Wright and Short (1984) model the beaches of Costa das Baleias and the beachs of the Costa do Cacau. Thus, the Costa das Baleias, predominantly with reflective (68%) and intermediate (31%) beaches, have the following average characteristics: a) wave height of 0.57 meters, b) particle size of 0.43 mm (medium sand), c) width of the beachface of 41.09 meters, d) slope of the beachface of 6 ° 52 '. The Costa do Cacau, predominantly with dissipative (51%) and intermediate (45%) beaches, have the following average characteristics: a) wave height of 1.02 meters, b) particle size of 0.23 mm (fine sand) c) width of the beachface of 56.35 meters, d) slope of the beachface of 2 ° vii 23 '. These general characteristics of the two areas of study are considered here as of long-term (up to 103 years), according to the conceptual model of Dominguez et al. (2000), to the east/northeast Brazil, and is conditioned by geological heritage. In the Costa do Cacau, the sediments are carried by the Jequitinhonha river and the coast is exposed to direct wave action. In the Costa das Baleias, the sediments come from the Barreiras Formation and the coast is protected from direct wave attack by the Abrolhos reef arcs. In the two coastal regions occurs a small-scale spatial variations in the beach typology that, in general, follow the model of Wright and Short (1984). These short-term changes, are conditioned by the recent coastal dynamic, and is related to the interaction between wave climate, littoral drift and sediment available for transport along the coastline. There is a slight seasonal variation in the typology of some beaches of the southern half of the Costa das Baleias, primarily related to the sporadic arrival of cold-fronts events.
9

Mina do bonito: tipologia e geoquímica dos minérios de ferro - jucurutu/rn - brasil / Mine do bonito: typology and geochemistry of iron ore - jucurutu / rn - brasil.

Barbosa, Irla Gonçalves January 2013 (has links)
BARBOSA, Irla Gonçalves. Mina do bonito: tipologia e geoquímica dos minérios de ferro - jucurutu/rn - brasil. 2013. 194 f. Dissertação (Mestrado em Geologia)-Universidade Federal do Ceará, 2013. / Submitted by Anderson Silva Pereira (anderson.pereiraaa@gmail.com) on 2017-01-24T18:07:09Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_igbarbosa.pdf: 23581081 bytes, checksum: c8d7a6daa8de7f796fd9294146f45857 (MD5) / Approved for entry into archive by Jairo Viana (jairo@ufc.br) on 2017-01-26T18:15:06Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_igbarbosa.pdf: 23581081 bytes, checksum: c8d7a6daa8de7f796fd9294146f45857 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-26T18:15:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_igbarbosa.pdf: 23581081 bytes, checksum: c8d7a6daa8de7f796fd9294146f45857 (MD5) Previous issue date: 2013 / The present work deals with the data concerning the geological, geochemical and typological context of the iron ores present in Bonito Mine, located 20 km from the municipality of Jucurutu / RN. In the studied area, there are primary ferriferous bodies of vulcan-sedimentary origin formed by the ferriferous formations (bif's), represented by the itabirites: 1. (Ia) - Itabirito amphibolítico; 2. (Iag) - Itabirito amphibolítico goethítico; 3. (Im) - Itabirito martítico; And 4. (Ime) Itabirito Martítico Especularítico, as well as iron bodies of hydrothermal origin (high iron content) represented by: 1. (Mag) - Magnetitito; 2. (Smg) - Magnesium Skarn; 3. (Stm) - Skarn Tremolite with actinolite. Field observations and petrographic studies show variations in the proportions of magnetite (primary and secondary), hematite (martite, specularite), goethite and iron amphiboles. The surface mapping of the Bonito Mine was carried out according to eight sections transversal to the regional structuring, spaced of 200 meters with description and collection of structural data every 100 meters. Some probe holes were reviewed and described, aiming the characterization of a mineral typology based on mineralogical, chemical and magnetic parameters. In the currently accepted regional geological context, the bif's are attributed to the Serra dos Quintos Formation, stratigraphically inferior to the Jucurutu Formation, while the marbles are positioned in the Jucurutu Formation. However, in the Bonito Mine, marbles and itabirite are intercalated composing, together with quartzites and schists, a kilometer antiformal structure with a dipping axis to the south. The rocks have a penetrative planar structure developed in ductile conditions represented by a compositional bandage in the bif's and schistzite and schistosomiasis. The itabirites correspond to the iron formations facies oxide and oxide-silicate metamorphosed in conditions of the amphibolite facies, whereas the bodies of secondary ores have hydrothermal origin associated to the final phases of folding. When comparing the contents of the traces of the itabirite of the Bonito Mine to those of other iron formations, it shows a pattern different from that of the Algomas type, and similar to the Upper Lake type. Although the absolute levels of the rare earth elements of the Mine do Bonito itabirite are generally very low, the pattern of distribution of these elements when normalized by the NASC is similar to that of the vast majority of archaean and paleoproterozoic bif's from different parts of the world, In which the positive anomaly of europium represents a characteristic feature. / O presente trabalho aborda os dados referentes ao contexto geológico, geoquímico e tipológico dos minérios de ferro presentes na Mina de Bonito, situada a 20 km do município de Jucurutu/RN. Na área estudada ocorrem corpos ferríferos primários de origem vulcano-sedimentar formados pelas formações ferríferas bandadas (bif\'s), representados pelos itabiritos: 1. (Ia) - Itabirito anfibolítico; 2. (Iag) - Itabirito anfibolítico goethítico; 3. (Im) - Itabirito martítico; e 4. (Ime) Itabirito Martítico Especularítico, bem como, corpos ferríferos de origem hidrotermal (alto teor de ferro) representados por: 1. (Mag) - Magnetitito; 2. (Smg) - Skarn magnesiano; 3. (Stm) - Skarn Tremolitito com actinolita . As observações de campo e estudos petrográficos mostram variações nas proporções de magnetita (primária e secundária), hematita (martita, especularita), goethita e anfibólios ferríferos. O mapeamento superficial da Mina do Bonito foi realizado segundo oito seções transversais à estruturação regional espaçadas de 200 metros com descrição e coleta de dados estruturais a cada 100 metros. Alguns furos de sonda foram revisados e descritos, objetivando a caracterização de uma tipologia de minérios baseada em parâmetros mineralógicos, químicos e magnético. No contexto geológico regional atualmente aceito, as bif\'s são atribuídas à Formação Serra dos Quintos, estratigraficamente inferior a Formação Jucurutu, enquanto os mármores são posicionados na Formação Jucurutu. Entretanto, na Mina do Bonito, mármores e itabiritos ocorrem intercalados compondo, junto com quartzitos e xistos, uma estrutura antiformal quilométrica com eixo mergulhando para sul. As rochas possuem uma estrutura planar penetrativa desenvolvida em condições dúcteis representada por um bandamento composicional nos bif\'s e xistosidade em quartzitos e xistos. Os itabiritos correspondem as formações ferríferas fácies óxido e óxido-silicato metamorfizadas em condições do fácies anfibolito, enquanto os corpos de minérios secundários tem origem hidrotermal associada às fases finais de dobramento. Quando comparados os conteúdos dos elementos traços dos itabiritos da Mina do Bonito aos de outras formações ferríferas, evidencia um padrão diferente do das tipo Algomas, e semelhantes ao das tipo Lago Superiores. Embora os teores absolutos dos elementos de terras raras dos itabiritos da Mina do Bonito sejam, em geral muito baixos, o padrão de distribuição desses elementos quando normalizados pelo NASC, é semelhante ao da grande maioria das bif\'s arqueanas e paleoproterozóicas de diversas parte do mundo, nos quais a anomalia de positiva de európio representa uma feição característica.
10

Os tipos de personalidade de Holland e sua relação com os fatores de personalidade de Cattell

Paramo Hernandez, Maria Ligia 04 1900 (has links)
Submitted by Estagiário SPT BMHS (spt@fgv.br) on 2012-05-09T13:23:48Z No. of bitstreams: 1 000018273.pdf: 21597839 bytes, checksum: 6fd1d2efcbae06669aebcc5158561487 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-09T13:24:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000018273.pdf: 21597839 bytes, checksum: 6fd1d2efcbae06669aebcc5158561487 (MD5) Previous issue date: 1976 / The occupational psychology contributes to the scientific development of the society through its conception of man as a integral being. This investigation tries to find the relation between Holland's theory and Cattell's elements of the personality. Holland suggest six kinds of personality, realistic, intelectual, social, enterprising, conventional and artistic and their interaction with the environment. In consequence, we find significant result between the types of personality described by Holland and Cattell's traits or factors. / A psicologia das ocupações contribui para o desenvolvimento científico da sociedade através de seis conceitos sobre o homem corno um ser integral. Esta investigação tenta verificar a relação entre a teoria de Holland e os elementos da personalidade apontados por Cattell. Holland sugere seus tipos de personalidade: o realista, o intelectual, o social, o empregador, o convencional e o artístico e a interrelação desses tipos de personalidade com o ambiente. Consequentemente, encontramos resultados significantes entre os tipos de personalidade descritos por Holland e os traços e fatores de Cattell.

Page generated in 0.0329 seconds