• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 11
  • 1
  • Tagged with
  • 12
  • 12
  • 10
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

[en] ABOUT GROUND AND GATES: THE CULTURAL OCCUPATION OF A PSYCHIATRIC INSTITUTE AND THE RELATIONS BETWEEN ART, POLITICS AND SPACE IN THE CONTEMPORARY / [pt] DE CHÃO E PORTÕES: A OCUPAÇÃO CULTURAL DE UM INSTITUTO PSIQUIÁTRICO E AS RELAÇÕES ENTRE ARTE, POLÍTICA E ESPAÇO NO CONTEMPORÂNEO

GUILHERME NEVES GONCALVES 15 January 2018 (has links)
[pt] A tese discute a questão das ocupações culturais a partir de uma reflexão sobre a experiência do Hotel Spa da Loucura, que consistiu na ocupação de um hospital psiquiátrico localizado no Instituto Municipal Nise da Silveira, entre os anos de 2012 e 2016. Considero ocupações culturais as estratégias de produção e ressignificação de espaços através da presença coletiva e de práticas significativas, ou seja, práticas que incidem sobre os usos e a relação simbólica dos espaços com as formas de vida. A ocupação do Hotel Spa da Loucura, da qual participaram coletivos culturais, artistas, pesquisadores, profissionais e usuários da rede de saúde mental, figura como um caso interessante no âmbito das práticas espaciais, na medida em que transformou dois andares de um hospital psiquiátrico em funcionamento em um espaço de produção artística e cultural, frequentado por uma ampla rede de atores sociais. Por mobilizar questões ligadas ao campo dos movimentos sociais, em especial o Movimento da Luta Antimanicomial, e processos relacionados ao campo das artes e da produção cultural, a ocupação constitui um terreno de análise revelador das interseções entre cultura e política nas formas contemporâneas de ação coletiva. A hipótese aqui abordada é a de que está em curso uma intensa aproximação entre as esferas política e da produção simbólica, marcada tanto pela politização da arte quanto pelo entrelaçamento entre ação política e performance cultural. Este processo está relacionado aos modos pelos quais, no contexto do biopoder, a disputa política tornou-se indissociável do que Arjun Appadurai chama de obra da imaginação. A questão das ocupações culturais, aqui discutida à luz do conceito de heterotopia desenvolvido por autores como Foucault e Hetherington, sinaliza para uma nova consideração da dimensão do espaço como eixo de agenciamentos e de construção de outras formas de vida. / [en] The present thesis discusses the subject of cultural occupations based on a reflection regarding the experience of the Spa Hotel of Madness, which consisted in the occupation of a psychiatric hospital located in the Municipal Institute Nise da Silveira between the years of 2012 and 2016. The research considers occupations as the strategies of production and re-signification of spaces through collective presence and meaningful practices, that is, practices that focus on the uses and the symbolic relationship of spaces with life forms. The occupation of the Spa Hotel of Madness, attended by cultural collectives, artists, researchers, professionals and users of the mental health network, figures as an interesting case of spatial practices as it transformed two floors of a functioning psychiatric hospital in a space of artistic and cultural production that embraces a wide network of social actors. By mobilizing issues related to the field of social movements, especially the Anti Mental Health Institution s Movement, and processes related to the field of arts and cultural production, occupation is a field of analysis that reveals the intersections between culture and politics in contemporary forms of collective action. The hypothesis discussed here is that an intense approximation is taking place between the political and symbolic production spheres, marked by both the politicization of art and the interplay between political action and cultural performance. In the context of biopower, this process is related to the ways in which the political dispute became inseparable from what Arjun Appadurai calls the work of the imagination. The question of cultural occupations, discussed here in the light of the concept of heterotopia developed by authors such as Foucault and Hetherington, points to a new consideration of the dimension of space as the axis of agency and the construction of other life forms.
2

[en] THE DISENCHANTMENT OF THE EXPRESSIONS IN THE SERIES THE KINGDOM OF GONÇALO M. TAVARES. / [pt] AS EXPRESSÕES DO DESENCANTO NA SÉRIE O REINO DE GONÇALO M. TAVARES

SUELEN MARIA MARIANO DE SOUSA 23 March 2016 (has links)
[pt] A tese As expressões do desencanto na série O Reino de Gonçalo M. Tavares articula reflexões e argumentos em torno da experiência do desencanto presente na série O Reino do escritor Gonçalo M. Tavares. A partir da análise da escrita fragmentária que incide sobre a própria compreensão dos personagens como sujeitos fraturados, e da leitura das teias narrativas que encenam o desencanto sob a forma de simulacros, a tese procura examinar as figurações e os desdobramentos de um sistema de poder baseado no conceito de biopolítica, tal como este aparece no pensamento teórico de Michel Foucault, Giorgio Agamben, entre outros autores. Nessa perspectiva, ao longo do desenvolvimento deste estudo, este conceito se associa às noções de excesso de História, a uma concepção de desmedida, e, em particular à experiência trágica da condição humana entregue aos excessos de suas paixões. / [en] The thesis The disenchantment of the expressions in the series The Kingdom of Gonçalo M. Tavares articulates thoughts and arguments around the disenchantment of this experience in the series The Kingdom Writer Gonçalo M. Tavares. From the fragmentary written analysis that focuses on the very understanding of the characters as fractured subject, and reading of narrative webs staging disenchantment in the form of simulacrum, the thesis examines the figurations and the consequences of a power system based on the concept of biopolitics, as it appears on the theoretical thinking of Michel Foucault, Giorgio Agamben, among other authors. From this perspective, throughout the development of this study, this concept is associated to excess History notions, to a conception of excessive, and in particular the tragic experience of the human condition delivered to the excesses of his passions.
3

[en] BIOPOLITICS FORCED EVICTIONS: HABITING AND RESISTENCE AT VILA AUTÓDROMO / [pt] REMOÇÕES BIOPOLÍTICAS: O HABITAR E A RESISTÊNCIA DA VILA AUTÓDROMO

CLARISSA PIRES DE ALMEIDA NABACK 30 May 2016 (has links)
[pt] Após pressões e táticas de convencimento do poder público, parte da população da Vila Autódromo aceitou a oferta de reassentamento no conjunto habitacional Parque Carioca ou de indenização. A Vila Autódromo consiste em um assentamento regularizado, considerado favela para o Estado, que se localiza ao lado da área destinada ao complexo esportivo do Parque Olímpico. Mesmo com algumas garantias legais, sua remoção vem ocorrendo, mais sobre um campo biopolítico do que jurídico - na investida na vida dos moradores. Torna-se importante refletir a reatualização das remoções e as normalizações do espaço urbano carioca. A favela muitas vezes significou uma heterotopia, um espaço outro, o diferente ou o anormal para o urbanismo. Ao percorrer produções teóricas no campo da sociologia e história urbana se verifica a criação de diferentes respostas ao problema favela , principalmente mediante políticas habitacionais. Não se trata, porém, de entendê-la apenas como habitat, produto da exclusão e segregação do poder. A favela consiste também em uma produção de espaço: um habitar como poeta que compreende a constituição de rede de relações e afetos, da história, da memória, do trabalho e da luta pela liberdade de produzir diferenças. Com o aporte teórico de Michel Foucault e de Henri Lefebvre, se investigará a resistência dos moradores da Vila Autódromo e os procedimentos que a Prefeitura adota para realizar a remoção através da interferência da própria produção urbana dessa comunidade. Pretende-se nesse trabalho elevar à reflexão não apenas os aspectos macroeconômicos ou macropolíticos, mas o campo subterrâneo dos próprios desejos e necessidades que envolvem a política sobre a vida e a resistência na cidade. / [en] After pressures and tactics of persuasion by the government, part of the Vila Autódromo population accepted the resettlement offer in an Housing Project called Parque Carioca , or compensations. Vila Autódromo consists in a regularized settlement, considered favela by the state, which is next to the area for sports complex of the Olympic Park. Even with some legal guarantees, it removal has been taking place, not only in a judicial arena, but, mainly, over a bio-political terrain - which invests in the lives of residents. It is important to develop a reflection about the updating of the favela s removals and the normalization of Rio s urban space. The favela often meant a heterotopia, the other space , different or abnormal for urban planning. Academic research in urban sociology and history have created different responses to slum problem . The favela won t be considered as an habitat, a product only of exclusion and segregation of power. The favela also consists in a production of space: a sort of living as a poet , that involves the formation of network relations and affections, history, memory, work and the struggle for freedom and the production of diference. With the theoretical contribution of Michel Foucault and Henri Lefebvre, it will be investigated the resistance of the residents of Vila Autódromo and the procedure that the City adopts to perform the eviction through the interference of the urban production of this community. This study guides the reflection not only to macroeconomic or macro-political aspects , but to the underground field of personal desires and needs that involve a politics of life and resistance in the city.
4

[en] FROM THE TRIP TO THE BOOK: ERRATIC NARRATIVES AND POETIC ERRANTRIES (OR: A SENTENCE OF LIFE OR DEATH) / [pt] DA VIAGEM AO LIVRO: NARRATIVAS ERRÁTICAS E ERRÂNCIAS POÉTICAS (OU: UMA SENTENÇA DE VIDA OU DE MORTE)

MARIA HELENA MALTA REZENDE 16 May 2017 (has links)
[pt] Esta dissertação investiga representações de identidade cultural e de condições coloniais e pós-coloniais, encontradas em parte da produção literária portuguesa e africana, sobretudo na primeira década do século XXI. Centrada em autores para os quais a viagem é o livro (PIGLIA, 2010) e a errância, um procedimento de escrita, o trabalho analisa narrativas de Ruy Duarte de Carvalho (Desmedida: Luanda - São Paulo - São Francisco e volta, 2006), José Eduardo Agualusa (Teoria geral do esquecimento, 2012, e Fronteiras perdidas, 1998), Dulce Maria Cardoso (O retorno, 2012) e António Lobo Antunes (Os cus de Judas, 1979). Quando confrontados, tais livros mostram que, de um modo ou de outro, brotaram da passagem de uma voz narrativa por um conjunto de paisagens significativas, levando à constatação de que o escritor contemporâneo do universo lusófono utiliza suas ferramentas, entre outros objetivos, para espreitar, revelar e questionar realidades e poderes que, inevitavelmente, conduzem a importantes reflexões culturais, sociais e políticas. / [en] This dissertation examines representations of cultural identities and of colonial and postcolonial conditions, found in part of the Portuguese and African literary works, especially in the first decade of the 21st century. Focused in authors for whom the trip is the book (PIGLIA, 2010) and the errantry is the writing procedure, the work analyzes narratives by Ruy Duarte de Carvalho (Desmedida: Luanda - São Paulo - São Francisco e volta, 2006), José Eduardo Agualusa (Teoria geral do esquecimento, 2012, and Fronteiras perdidas, 1998), Dulce Maria Cardoso (O retorno, 2012) e António Lobo Antunes (Os cus de Judas, 1979). When confronted, these books pointed to the fact that they have risen, no matter how, from the passage of a narrative voice through a collective of significant landscapes, which lead us to the conclusion that the contemporary writer originating in the universe of portuguese language uses his tools, among other targets, to observe, reveal and challenge realities and powers that, inevitably, leads to important cultural, social and political reflections.
5

[en] SOVEREIGNTY AND BIOPOLITICS: THE DISCURSIVE CONSTRUCTION OF THE PACIFYING POLICE PROGRAM IN RIO DE JANEIRO / [pt] SOBERANIA E BIOPOLÍTICA: A CONSTRUÇÃO DISCURSIVA DO PROGRAMA DE POLÍCIA PACIFICADORA NO RIO DE JANEIRO

VICTORIA MONTEIRO DA SILVA SANTOS 04 October 2017 (has links)
[pt] Nesta dissertação, são analisadas práticas discursivas de atores estatais que constroem, de diversas formas, a Política de Pacificação e, mais especificamente, o Programa de Polícia Pacificadora no Rio de Janeiro, desde seu surgimento em 2008. Em uma análise de discurso pós-estruturalista, são identificadas duas articulações discursivas principais: por um lado, o Programa é construído como um conjunto de práticas voltadas para a retomada de territórios que representam uma fonte de risco para a população como um todo, o que torna possível o emprego de práticas violentas e militarizadas; por outro lado, o Programa é construído como um conjunto de práticas voltadas para a gestão da vida e fomento do desenvolvimento socioeconômico das comunidades em processo de pacificação. A partir da análise das práticas discursivas associadas às duas articulações, argumento que a disputa pela estabilização dos significados associados à pacificação no Rio de Janeiro reflete uma ambiguidade mais ampla associada ao emprego de práticas biopolíticas pelo Estado: ao mesmo tempo em que se defende que toda a população deve ter seus direitos assegurados e seu desenvolvimento fomentado, o Estado mantém para si a prerrogativa de delimitar, de forma soberana, certos espaços e sujeitos como fontes de risco para a população, submetendo-os a formas distintas e iliberais de governo. No caso da pacificação, argumenta-se que tal ambiguidade gera impactos que incluem a persistência de práticas policiais violentas lado a lado a esforços de policiamento de proximidade – o que, no limite, pode impactar a sustentabilidade do Programa e seus resultados. / [en] This dissertation offers an analysis of state actors discursive practices which construct, in various ways, the Pacification Policy and, more specifically, the Pacifying Police Program in Rio de Janeiro, created in 2008. In a post-structural discourse analysis, two main discursive articulations are identified: on one hand, the Program is constructed as a set of practices aimed at the recovery of those territories which pose a risk to the whole population, which enables the deployment of violent and militarized practices; on the other hand, the Program is constructed as a set of practices aimed at the management of life and the promotion of socioeconomic development in the communities undergoing a pacification process. By analyzing the discursive practices associated with both articulations, I argue that the dispute over the stabilization of meanings associated with pacification in Rio de Janeiro reflects a broader ambiguity, which is associated to the deployment of biopolitical practices by the state: while it is defended that the entire population must have their rights assured and they development promoted, the state maintains the prerogative to delimitate, in a sovereign manner, certain spaces and subjects as sources of risk to the population, submitting them to distinct and illiberal forms of government. In the case of pacification, it is argued that such ambiguity leads to impacts such as the coexistence between a persistence of violent police practices and efforts of proximity policing – which may arguably impact the sustainability of the Program and its results.
6

[en] DANCE AND RITUAL: FROM THE SACRED TO THE STAGE / [pt] DANÇA E RITUAL: DO SAGRADO AO CÊNICO

FELIPE WIRCKER MACHADO 17 August 2018 (has links)
[pt] A presente tese se debruça sobre a passagem das danças de orixá do terreiro para as artes cênicas, no intuito de pensar a relação entre arte e sagrado através de trabalhos em dança de coreógrafos brasileiros. Para isto, no entanto, parte de uma revisão crítica da perspectiva simbólico-representativa que guia as análises de textos canônicos sobre o candomblé, oriundos das disciplinas de antropologia e etnologia, sobretudo. Com este movimento inicial, se propõe a questionar esta perspectiva como um pressuposto ou um paradigma das análises que não leva em consideração uma crítica à tradição do pensamento por representação, ao passo que o candomblé teria seus próprios pressupostos filosóficos e cosmológicos, como uma visão de mundo que não necessariamente opera pela função simbólicorepresentativa. Em seguida, dedica-se a uma releitura da questão da biopolítica a partir do paradigma imunitário, que relaciona o saber científico sobre o corpo a uma concepção de política e democracia, interessante para se pensar a relação de uma sociedade fundada sob o regime colonial e escravista com os modos de vida e as visões de mundo não europeias no Brasil, uma vez que o candomblé foi se constituindo como uma religião à qual estas questões confluíam, tendo em vista o dinamismo inerente à tradição em que se fundamenta o culto. Por fim, a dança surge como campo de pensamento e de saber no qual as contradições se encontram e se resolvem a partir de um trabalho com o corpo, ressaltando positivamente sua multiplicidade - e não, como no projeto biopolítico, no intuito de confiná-lo mediante concepções dicotômicas. Isto se dá, primeiramente, a partir de uma reflexão acerca da importância do som e da música como modos de pensar as organizações políticas, econômicas e sociais, numa desierarquização dos sentidos a partir da qual emergem racionalidades e visões de mundo. Finalmente, o trabalho de coreógrafos e bailarinos brasileiros que tomam como técnica não só as danças de matriz europeia, como o balé clássico, as danças moderna e contemporânea, mas também as danças de matriz africana, mais especificamente, os pés de dança de orixá. Essa passagem dos terreiros para o palco vem a levantar uma discussão sobre a relação entre o sagrado, o ritual e a arte, como campos que, segundo uma visão de mundo do candomblé, se pudermos chamar assim, não estão separados. / [en] This thesis aims to think about the passage of the dances of the orishas from the religious context of Brazilian candomblé to the stage, taking as an issue the relation between art and the sacred trough the works on dance of Brazilian choreographers. For this purpose, however, the thesis begins with a critical review of the symbolic and representative perspective that guides most of the canonic texts about Brazilian candomblé, mainly in the fields of anthropology and ethnology. This initial movement aims to put in question this perspective as a presupposition of the analyses that doesn t consider a critique to the representative paradigm that guide the western thought, once candomblé has its own philosophical and cosmological presuppositions, as a world view that not necessarily operates through this same symbolic and representative logic. Following this first movement, it dedicates to a rereading of the biopolitics issue from the immune paradigm that relates the scientific knowledge about the body to a political and democratic conception, which is interesting to think about the colonial and slavery system relations to the non-European ways of living and world views in Brazil that shaped the construction of candomblé as a religious body to which these issues flows, considering the inherent dynamism of the tradition in which it is based upon. The dance arises as a field of thought and knowledge in which the contradictions get together and are solved through the work with and from the body, emphasizing its multiplicity in a positive way - and not as in the biopolitical project that aims to confine it in opposite conceptions. This comes, first, through a consideration about the sound and the music as ways to think political, economic and social organizations, in order to undo the hierarchy of senses from which emerge different rationalities and world views. Finally, the works of Brazilian choreographers that take as a dance technique not only the European dances, but also the African dances and, more specifically, from the orishas that belongs to the religious tradition of candomblé. This passage from the terreiros (the temples) to the stage brings forward the relation between the sacred, the ritual and art as fields that, according to a world view founded in candomblé, if we can refer like that, are not aparted.
7

[en] TRAVESTI PROSTITUTION IN BRAZIL: READING AGENCY AND SOVEREIGNTY THROUGH DISSIDENT SEXUALITIES / [pt] PROSTITUIÇÃO TRAVESTI NO BRASIL: LENDO AGÊNCIA E SOBERANIA POR MEIO DE SEXUALIDADES DISSIDENTES

AMANDA ALVARES FERREIRA 29 May 2018 (has links)
[pt] Prostituição Travesti no Brasil: lendo agência e soberania por meio de sexualidades dissidentes investiga as subjetividades marginalizadas de travestis no contexto brasileiro para analisar discursos no âmbito local e internacional. Conduzo uma crítica de discursos sobre tráfico sexual e prostituição, apontando para a naturalização de normas de gênero que impedem o entendimento sobre experiências que excedem o binário prostituta versus vítima do tráfico. Para fazê-lo, analiso, por meio de uma perspectiva foucaultiana e queer butleriana, as subjetividades travestis que se constituem justamente no bojo das práticas de prostituição. Proponho, nesta lógica, que essas experiências permitem tanto sua resistência quanto sujeição às regulações de gênero que são legíveis. Por fim, apresento uma crítica à formação de uma sociedade biopolítica no Brasil: apontando que um poder soberano predomina em fazer morrer estes corpos ininteligíveis, para que se permita o fazer viver de subjetividades consideradas normais em termos de gênero, raça e classe. Isso abre a possibilidade de refletir o Estado brasileiro que nega sua queerness ao procurar se adequar aos discursos de homonormatividade e de defesa da comunidade LGBTTQI que surgem no âmbito internacional, mas ainda permite que se exerça um poder soberano sobre corpos transexuais não-ideiais. / [en] Travesti Prostitution in Brazil: reading agency and sovereignty through dissident sexualities investigates the marginalised subjectivities of travestis within the Brazilian context, to analyse discourses both in the local and international realm. I conduct a critique of discourses on sex-trafficking and prostitution, pointing to the naturalisation of gender norms that hinders an understanding of experiences that exceed the binary prostitute versus trafficking victim. To do so, I analyse, through a foucauldian and butlerian queer perspective, travestis subjectivities that constitute themselves precisely in the field of prostitution practices. I propose, therefore, that these experiences allow both resistance and subjection to gender regulations that are legible in the preset society. Finally, I present a critique to the formation of a biopolitical society in Brazil: pointing that a sovereign power predominates in making die these unintelligible bodies, so that subjectivities considered normal in gender, race, and class terms can be made live. This opens the possibility of reflecting on how the Brazilian state denies its queerness as it tries to adequate itself to homonormative speeches, as well as to discourses of defense of LGBTTQI community, that emerge in the international realm, but still allows that a sovereign power is exercised over non-ideal transsexual bodies.
8

[pt] ASSALTO AO CÉU: OPERAÍSMO E GÊNESE DO CONCEITO DE TRABALHO IMATERIAL / [en] STORMING HEAVEN: WORKERISM AND GENESIS OF THE CONCEPT OF IMMATERIAL LABOR

10 August 2020 (has links)
[pt] A dissertação tem como objeto de investigação a gênese do conceito de trabalho imaterial amplamente desenvolvido e difundido por Antonio Negri. Na perspectiva da esquerda italiana, analisaremos, inicialmente, o impacto da Depressão de 1929 e os dois principais dispositivos, Fordismo e Keynesianismo, desenvolvidos e intensamente expandidos para superar este primeiro grande ciclo de crise do século XX. Na sequencia, trataremos do Operaísmo - movimento surgido na Itália em meio às lutas operárias das décadas de 1960 e 1970 - em seu contexto histórico e temas centrais. O Operaísmo, enquanto movimento que reuniu inúmeros jovens pensadores em torno da proposta de uma releitura da obra marxiana, não se limitou a uma construção teórica, e procurou, sobretudo, criar instrumentos de crítica e de ação para as lutas operárias que se desenrolaram no segundo grande ciclo de crise do capitalismo nos anos 1970. Por fim, passaremos a tratar do conceito de trabalho imaterial - um conceito em construção, razão pela qual são diversas as disputas em tornos dos seus elementos fundamentais. A dimensão biopolítica, os aspectos subjetivo e econômico-político desse conceito serão abordados com base nas formulações elaboradas por Antonio Negri. / [en] The paper has as object of research the genesis of the concept of immaterial labor developed and widely disseminated by Antonio Negri. From the perspective of the Italian left, we analyze, initially, the impact of the Depression of 1929 and the two main devices, Fordism and Keynesianism, developed and expanded intensively to overcome this first major cycle of crisis of the twentieth century. In the sequel, we tackle the Workerism - movement emerged in Italy amid labor struggles of the 1960s and 1970s - in its historical context and central themes. The Workerism while movement that brought together many young thinkers around the proposal of reading Marx s work, sought not merely a theoretical construct, but, above all, create instruments of criticism and action for workers struggles that unfolded in the second great cycle of crisis of capitalism in the 1970s. Finally, we will discuss the concept of immaterial labor - a concept under construction, which has several disputes on lathes of its fundamental elements. We will discuss the biopolitical dimension, and subjective, economic and political aspects of this concept based on formulations developed by Antonio Negri.
9

[en] COLONIAL OBJECTIFICATION OF BLACK BODIES: A POST-COLONIAL AND FOUCAULDIAN APPROACH TO THE BLACK EXTERMINATION IN BRAZIL / [pt] OBJETIFICAÇÃO COLONIAL DOS CORPOS NEGROS: UMA LEITURA DESCOLONIAL E FOUCAULTIANA DO EXTERMÍNIO NEGRO NO BRASIL

JULIANA MOREIRA STREVA 30 August 2016 (has links)
[pt] A pesquisa busca questionar a naturalização da violência de Estado direcionada contra os corpos negros no Brasil. Para esta urgente tarefa, o trabalho desenvolve um diálogo central entre a filosofia descolonial e a foucaultiana, dividindo-se em quatro capítulos. O primeiro demonstra o enraizamento desta naturalização desde o período colonial, mostrando a objetificação do corpo negro e a sua invibilização tanto na escravização como no movimento abolicionista. O segundo capítulo aborda o período pós-abolição por meio do projeto de embranqueamento e do racismo científico. O terceiro enfrenta o auto de resistência como prática contemporânea do racismo de Estado da sociedade biopolítica brasileira. Por fim, o quarto pretende refletir sobre resistências e possibilidades de transformações descoloniais desta realidade objetificante e violenta. / [en] The investigation aims to question the naturalization of State s violence against black bodies in Brazil. For this urgent task, the work develops a dialogue between decolonial and foucauldian philosophy, and is divided in four chapters. The first one points out that this naturalization has its roots in brazilian history since colonial time, with the objectification of black bodies during slavery and also at the abolitionist movement. The second one approaches the post-abolition period, its whitening project and the scientific racism. The third part faces the auto de resistência as a contemporary practice of State s racism in the brazilian biopolitic society. Finally, the fourth chapter intends to analyze resistances and possibilities of decolonial transformations of this violent and objectifying reality.
10

[en] DISCONTENT AT SCHOOL: TENSIONS BETWEEN THE SINGLE AND THE COMMON / [pt] MAL-ESTAR NA ESCOLA: TENSÕES ENTRE O SINGULAR E O COLETIVO

MARIO ORLANDO FAVORITO 21 March 2019 (has links)
[pt] A articulação entre psicanálise e educação para pensar o mal-estar na escola remonta aos primórdios da constituição da primeira. Se podemos encontrar em S. Freud uma oscilação entre o papel inibidor que caberia à educação e, por outro lado, um veio libertário, na medida em que esta acolhesse em seus objetivos a realidade pulsional na criança, há uma outra linha de pensamento na psicanálise que vai de S. Ferenczi a D. W. Winnicott, que permite outros encaminhamentos para a abordagem deste tema, especialmente na sua expressão atual. Esta tese objetiva investigar o que pode a psicanálise frente ao mal-estar na escola atual usando como ferramentas a genealogia do poder disciplinar e do biopoder em M. Foucault para compreender a emergência da categoria criança-aluno, os conceitos de norma e normalização para discutir os processos de medicalização e de patologização de crianças e de jovens no ambiente escolar na sociedade de controle e, finalmente, o pensamento de D. W. Winnicott e sua teoria do amadurecimento psíquico e seus desdobramentos. Aponta-se, ainda, para a propriedade desta teoria da constituição subjetiva precoce e de seus desdobramentos, que permitem pensar as formas de inserção na cultura, para os encaminhamentos diferentes do mal-estar na escola atual, compreendido como despotencialização do viver criativo. / [en] The articulation between psychoanalysis and education to think about the discontent in school dates back to the beginnings of the constitution of the former. If we can find in S. Freud an oscillation between the inhibiting role which had to be done by education and, on the other hand, a libertarian trace, in that this hosts into its objectives the instinctual reality in the child, there is another line of thought in psychoanalysis that goes from S. Ferenczi to D. W. Winnicott which allows other referrals to this theme approach, especially in its current expression. This thesis aims to investigate what psychoanalysis can do against the discontent in the current school using as tools the genealogy of the disciplinary power and the biopower in M. Foucault to understand the child-student category emergency, the standard and standardization concepts to discuss the medicalization and pathologizing processes of children and youth in the school surroundings in the control society and, finally, D. W. Winnicott s thought and his psychic maturing theory and its developments. It is still aimed to the property of this theory of the early subjective constitution and its developments, which allow to think the forms of insertion into the culture, to the different referrals of the discontent in the current school, understood as creative living disempowerment.

Page generated in 0.0477 seconds