• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 30
  • Tagged with
  • 30
  • 30
  • 28
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

[en] RACISM AND ITS FRONTIERS: LOOKING AT THE CONTEXT OF REFUGE / [pt] RACISMO E SUAS FRONTEIRAS: OLHARES PARA O CONTEXTO DO REFÚGIO

11 January 2021 (has links)
[pt] As práticas do racismo se inserem nas estruturas sociais, perpassando e orientando as políticas migratórias, a gestão de fronteiras e os aparatos de controle estatais e internacionais. Populações em refúgio cada vez mais são enquadradas pelo aparato fronteiriço de segurança que barra sua travessia e deslocamento, ou que faz com que o direito destas seja colocado à mercê, a partir de um jogo estratégico e retórico dos Estados e atores internacionais. O estudo problematiza esses processos presentes no refúgio pela chave de inteligibilidade do racismo, a fim de compreender os nexos e suas fronteiras, externas e internas, de experiências que se atualizam na diferença do que veio de fora, no seio dos Estados-Nação, em diálogo transversal com o ordenamento internacional e suas consequências para a reintegração do refugiado. / [en] Racism practices are inserted in social structures, permeating and guiding migratory policies, border management, and state and international control apparatus. Refugee populations are increasingly framed by the border security apparatus that bars their crossing and displacement or that causes their right to be placed at the mercy of a strategic and rhetorical game of States and international actors. The study problematizes these processes present in the refuge by the key to the intelligibility of racism, to understand the nexus and its borders, external and internal, of experiences that are updated in the difference of who came from outside, inside the Nation-States, in cross-sectional dialogue with international system and its consequences for the reintegration of refugees.
2

[en] BLACK LESBIAN WOMAN: THE SPEECH BROOKS THE DEAL AND SILENCE IS NO LONGER POSSIBLE / [pt] MULHER NEGRA LÉSBICA: A FALA ROMPEU O SEU CONTRATO E NÃO CABE MAIS ESPAÇO PARA O SILÊNCIO

SANDRA REGINA DE SOUZA MARCELINO 05 October 2011 (has links)
[pt] O objeto central deste trabalho é a mulher negra lésbica: um sujeito político em construção no Brasil. O estudo busca dar visibilidade aos processos de opressão e discriminação interseccional, cotidianamente vivenciados pela mulher negra lésbica. A pesquisa deseja contribuir com a construção e afirmação desta identidade, bem como fornecer elementos para intervenções profissionais do serviço social e para a formação de novos assistentes sociais, em face às expressões contemporâneas das desigualdades sociais. Quatro mulheres colaboraram na construção deste estudo, sendo adotado como critério central nesta seleção suas autodeclarações enquanto negras e lésbicas. Adicionalmente, a pesquisadora buscou colaboradoras que fossem ativistas políticas, com representatividade no movimento de mulheres negras lésbicas, entre 35 e 65 anos, com o objetivo de garantir a percepção de diferenças geracionais. A pesquisa de campo, de natureza qualitativa, baseou-se em entrevistas semiestruturadas configuradas a partir de quatro aspectos: a) trajetória política e pessoal; b) questões raciais, de gênero e orientação sexual; c) preconceito e discriminação, e d) políticas públicas e serviço social. Cada um destes aspectos foi discutido em termos de identidade e preconceito, todos relacionados ao Serviço Social. O trabalho de pesquisa revelou que em algumas situações o peso do racismo é mais relevante e perverso do que a discriminação e o preconceito decorrentes da lesbofobia. / [en] The core object of this work is the black lesbian woman: a political subject under construction in Brazil. This study aims to give visibility to the processes of intersectional discrimination and oppression daily experienced by the black lesbian woman. The research wants to contribute with the construction and affirmation of this identity, as well as to provide elements for Social Work professional interventions and for the education of new Social Workers, in the face of contemporary expressions of social inequalities. Four women contributed to the construction of this work, and the main criteria for their selection were their self-determination as black and lesbians. Furthermore, the researcher looked for recognized political activists of the black lesbians movement, between the ages of 35 and 65, in order to enable the expression of generational differences. The field work, qualitative in nature, was based on semi-structured interviews, dealing with the following aspects: a) Personal and political history; b) Questions related to race, gender and sexuality; c) Prejudice and discrimination, and d) Public policies and Social Work. Each one of those aspects was discussed in terms of identity, race and prejudice, all of them related to Social Work. The fieldwork revealed that in some situations of racism are far more perverse and relevant than discrimination and prejudice based on lesbian phobia.
3

[en] THE GENESIS OF THE AFRO-BRAZILIAN PASTORAL (PAB) AND ITS ARTICULATION AGAINST / [pt] A GÊNESE DA PASTORAL AFRO-BRASILEIRA (PAB) E SUA ARTICULAÇÃO CONTRA O RACISMO

CAMILA MORAES DE OLIVEIRA 09 August 2018 (has links)
[pt] A referida dissertação tem por objetivo exibir os resultados da pesquisa de mestrado em que procurou ressaltar a gênese da Pastoral Afro-brasileira (PAB) e sua importância na articulação contra o racismo. O projeto está inserido na linha de pesquisa Trabalho, Políticas Sociais e Sujeitos Coletivos do programa de Pós-graduação do Departamento de Serviço Social da PUC Rio e o propósito central do presente estudo é analisar o surgimento e a criação da PAB, para que assim possa compreender seu papel em prol da igualdade racial. Tendo como objetivo geral, compreender a gênese da Pastoral Afro-brasileira e sua ação na questão racial, assim como, identificar como se constituem as ações norteadoras da PAB no campo racial, qual a representação que a identidade afro-brasileira tem para seus membros e principais protagonistas da PAB. A pesquisa foi de cunho qualitativo, com a perspectiva de responder questões que não poderiam ser quantificadas, sendo utilizada para a mesma, uma entrevista semiestruturada. O primeiro capítulo da pesquisa consiste em relatar a história da constituição da Pastoral Afro-brasileira, ressaltando toda a trajetória de formação da Pastoral, enfatizando a Campanha da Fraternidade de 1988, que é o marco histórico para o surgimento da PAB. E no capítulo seguinte, a pesquisa sintetiza a gênese da Pastoral Afro-brasileira no olhar dos protagonistas leigos e religiosos envolvidos com as articulações da Pastoral. Concluo a pesquisa com as considerações da importância que a articulação e reflexão social que a PAB dispõe, enriquecem a luta em prol da igualdade racial. / [en] The purpose of this dissertation is to show the results of the master s research in which it sought to highlight the genesis of the Afro-Brazilian Pastoral (PAB) and its importance in articulating against racism. The project is part of the research line of Work, Social Policies and Collective Subjects of the Postgraduate Program of the Department of Social Work of PUC Rio and the main purpose of this study is to analyze the emergence and creation of the PAB, so that it can understand their role in favor of racial equality. Having as a general objective, to understand the genesis of the Afro-Brazilian Pastoral and its action on the racial issue, as well as to identify how the guiding actions of the PAB in the racial field are constituted, what is the representation that the Afro-Brazilian identity has for its members and main protagonists of the PAB. The research was qualitative, with the perspective of answering questions that could not be quantified, being used for the same, a semistructured interview. The first chapter of the research is to describe the history of the formation of the Afro-Brazilian Pastoral, emphasizing the whole formation process of the Pastoral, emphasizing the Brotherhood Campaign of 1988, which is the historical landmark for the emergence of PAB. And in the next chapter, the research synthesizes the genesis of the Afro-Brazilian Pastoral in the perspective of the lay and religious protagonists involved with the articulations of the Pastoral. I conclude the research with the considerations of the importance that the articulation and social reflection that the PAB has, enrich the fight for racial equality.
4

[en] ACADEMIC RESEARCH AND AFRICAN-DESCENDENTS: A STUDY OF THE CONTRIBUTION GIVEN BY THREE ACADEMIC RESEARCH CENTERS OF RIO DE JANEIRO TO THE STRUGGLE AGAINST RACISM IN BRAZIL / [pt] REFLEXÃO ACADÊMICA E AFRODESCENDÊNCIA: UM ESTUDO DA CONTRIBUIÇÃO DE TRÊS NÚCLEOS DE PESQUISA DE UNIVERSIDADES DO RIO DE JANEIRO PARA O ENFRENTAMENTO DO RACISMO NO BRASIL

ANA HELENA ITHAMAR PASSOS 16 July 2007 (has links)
[pt] Este trabalho tem como objetivo examinar as histórias de três núcleos acadêmicos de estudos sobre a população negra no Brasil, conhecidos como NEAB s, com o intuito de discutir em que aspectos eles contribuem para o enfrentamento do Racismo no Brasil: CEAA, CEAB e NIREMA. Os NEAB s têm atuado, desde o surgimento do primeiro deles- o CEAA - na cena universitária do Rio de Janeiro como um espaço de reflexão e ação em que engaja pesquisadores e militantes em alguma atividade dirigida a combater o Racismo no país. Esses núcleos representam uma instância acadêmica de construção de conhecimento coletivo e interdisciplinar sobre a população negra e articulam os múltiplos discursos sobre as relações raciais que existem na academia, promovendo através das suas atividades e publicações a concretização desses discursos. Com diálogo sempre aberto com as militâncias sociais negras, acreditamos que os núcleos de estudos acadêmicos se diferenciam dessas por serem um sub-campo de conhecimento científico que os tornam espaços de construção de produção no que diz respeito às questões raciais. Optamos por uma metodologia qualitativa e analisamos essa história à luz de seis entrevistas concedidas no decorrer deste trabalho bem como a análise de alguns documentos sobre esses núcleos. Do ponto de vista conceitual, adotaremos os conceitos Racismo, raça, identidade e campo científico para sustentar nossas reflexões. / [en] The aim of this work is to learn the histories of three academic centers for Africandescendents studies in Brazil, known as the NEAB s - CEAA, CEAB and NIREMA - with the purpose of understanding the nature of their contribution to the struggle against Racism in Brazil. Since the birth of the first NEAB in Rio de Janeiro - the CEAA -, these centers have served as spaces for academic studies and social action, where researchers and militants combine efforts to fight against Racism in the country. These centers provide academic knowledge and an interdisciplinary point of view about the black population. Furthermore, the NEAB s articulates multiple social voices, by the promotion of academic activities and publications. We believe that the NEAB s are different from the militancy itself due to its character of scientific knowledge branch, which is consistently opened to the social black movement representatives. Therefore, the main contribution of the NEAB s is to produce academic knowledge about the racial relations in Brazil. In terms of methodology, we used a qualitative approach to analyze six interviews granted by scholars related to the three centers under examination and a small set of documents about the history of those centers. The concepts that highlight this work are: Racism, race, identity and scientific knowledge branch.
5

[en] BORN AND GROWING BLACK IN THE COUNTRY OF WHITENING: THE EFFECTS OF RACISM ON CHILD SUBJECTIVITY / [pt] NASCER E CRESCER NEGRO NO PAÍS DO BRANQUEAMENTO: OS EFEITOS DO RACISMO NA SUBJETIVIDADE INFANTIL

KENIA SOARES MAIA 24 January 2020 (has links)
[pt] Esta tese apresenta um estudo sobre os efeitos do racismo na subjetividade infantil. O foco nos estudos do racismo na relação com a infância advém do desejo de contribuir na construção de ferramentas para a psicologia aprofundar seu conhecimento e comprometimento com esta temática. Foi realizada uma cartografia que serviu de diretriz ética/política na construção de modos de pesquisar o racismo, buscando com isso, a não reprodução do racismo epistemológico na escrita sobre o negro no Brasil. A cartografia é um método baseado no pensamento de Gilles Deleuze e Félix Guattari, que compromete o pesquisador na horizontalização da relação sujeito/objeto, buscando desfazer a hierarquia estrutural da epistemologia tradicional acadêmica, historicamente produzida. Este posicionamento cartográfico se torna um dispositivo na democratização das relações entre pesquisador e mundo a ser conhecido, iniciando as mudanças que pretendemos sugerir na direção da desconstrução de desigualdades e opressões, a partir da postura do pesquisador e da forma de construir narrativas. Parte dessa pesquisa foi realizada em campo, com crianças atendidas no Serviço de Psicologia Aplicada da Universidade Estácio de Sá e outra foi uma pesquisa bibliográfica que inclui estudos de escritores da sociologia brasileira como Nina Rodrigues e Oliveira Viana; trabalhos acadêmicos contemporâneos sobre o racismo e a infância; autores da psicanálise como D. W. Winnicott e autores da psicologia que abordam o racismo como Frantz Fanon e Neuza Santos Souza. Jean-Paul Sartre também foi um dos autores que nos referenciou nesta tese a partir de seus escritos sobre o racismo e o antissemitismo. / [en] This thesis presents a study on the effects of racism on child subjectivity. The focus on studies of racism in relation to childhood comes from the desire to contribute in the construction of tools for psychology to deepen its knowledge and commitment to this theme. A cartography was done that served as an ethical political guideline in the construction of ways of researching racism, seeking with this, the non-reproduction of epistemological racism in writing about black in Brazil. Cartography is a method based on the thinking of Gilles Deleuze and Félix Guattari, which compromises the researcher in the horizontalization of the subject object relationship, seeking to undo the structural hierarchy of the historically produced academic epistemology. This cartographic positioning becomes a device in the democratization of the relations between researcher and the world to be known, initiating the changes that we intend to suggest in the direction of the deconstruction of inequalities and oppressions, starting from the researcher s position and the way of constructing narratives. Part of this research was carried out in the field, with children attending the Service of Applied Psychology of Estácio de Sá University and another was a bibliographical research that includes studies of Brazilian sociology writers such as Nina Rodrigues and Oliveira Viana; contemporary academic works on racism and childhood; authors of psychoanalysis like D. W. Winnicott and authors of psychology who approach racism like Frantz Fanon and Neuza Santos Souza. Jean-Paul Sartre was also one of the authors who referred us in this thesis from his writings on racism and anti-Semitism.
6

[pt] VENCEDORAS, ESTRATEGISTAS E/OU INVISIBILIZADAS? UM ESTUDO DAS POSSIBILIDADES E DOS LIMITES DO PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO PARA AS MULHERES NEGRAS NAS EMPRESAS / [en] WINNERS, STRATEGISTS AND/OR KEPT INVISIBLE? A STUDY OF THE POSSIBILITIES AND THE LIMITS OF THE GENDER PRO-EQUITY PROGRAM FOR THE BLACK WOMEN IN THE COMPANIES

22 November 2010 (has links)
[pt] O presente trabalho teve como objetivo principal estudar o Programa Pró- Equidade de Gênero - PPEG com a pretensão de conhecer em que medida tal programa vem possibilitando a melhoria das condições de trabalho para as mulheres negras que fazem parte do quadro efetivo de três grandes empresas brasileiras da área de energia situadas na região sudeste do Brasil. A partir deste estudo, procuramos contribuir para a discussão das especificidades das mulheres negras no que diz respeito ao direito a ter uma ocupação que lhes possibilitem condições equânimes de trabalho e vida para si e seus familiares. Para tanto, tomamos por metodologia a realização de pesquisa qualitativa onde foram realizadas entrevistas semiestruturadas com três grupos inseridos na dinâmica laboral das empresas analisadas, a saber: três coordenadoras dos grupos de gênero, responsáveis pela operacionalização do PPEG, além da coordenadora nacional do programa; seis assistentes sociais e seis mulheres negras, totalizando dezesseis entrevistas. Os resultados desta pesquisa demonstram que o PPEG não tem contribuído para a melhoria das condições de inclusão, ascensão e permanência de mulheres negras nestas empresas. Tão pouco há a possibilidade de tal programa vir a ser uma política de ação afirmativa plena que combata as desigualdades sociais que permeiam as mulheres negras. No que se refere à atuação do Serviço Social em torno das desigualdades de gênero e raça não foi verificada ações específicas para tal fim. Entretanto, as profissionais inseridas nestas empresas reconhecem que têm condições de contribuir para a diminuição as desigualdades que incidem sobre as mulheres negras. / [en] This work aimed to study the main Pro-Gender Equity - PPEG by claiming to know to what extent such a program has fostered improved working conditions for black women who are part of the permanent staff of three large Brazilian companies the energy area located in southeastern Brazil. From this study, we contribute to the discussion of the specificities of black women as regards the right to have an occupation that will allow them to equitable conditions of work and life for themselves and their families. So, we methodology for conducting research where qualitative semistructured interviews were conducted with three groups into the dynamic work of the companies examined, namely: three coordinators gender groups, responsible for the operation of PPEG, besides the national coordinator; six social workers and six black women, totaling sixteen interviews. These results demonstrate that PPEG has not contributed to the improvement of conditions for inclusion, the rise and persistence of black women in these firms. With regard to the performance of Social inequalities around race and gender has not been verified specific actions to that end. However, the professionals included in these companies report that they are able to contribute to reducing the inequalities that affect black women.
7

[en] AFFIRMATIVE ACTIONS IN HIGH SCHOOL AT IFRJ: A STUDY CASE ABOUT THE IMPLEMENTATION AND NARRATIVES OF BLACK STUDENTS / [pt] AÇÕES AFIRMATIVAS NO ENSINO MÉDIO DO IFRJ: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO E AS NARRATIVAS DOS ESTUDANTES NEGROS

22 December 2020 (has links)
[pt] A presente Tese de Doutorado é resultado da pesquisa sobre as narrativas dos estudantes negros do ensino médio, acerca das vivencias e trajetórias no campus Rio de Janeiro do IFRJ e sobre a implementação das normas e legislações que regem as políticas de ações afirmativas. A pesquisa tem como objetivo analisar as percepções e narrativas dos estudantes negros sobre a trajetória escolar e sobre a implementação dos três eixos das ações afirmativas: reserva de vagas de corte racial e social para o acesso, educação para as relações étnico-raciais e assistência estudantil e estratégias de permanência. Na presente tese as políticas de ações afirmativas são compreendidas como medidas que pressupõem uma reparação histórica de desigualdades e desvantagens acumuladas e vivenciadas por um determinado grupo, de modo que essas medidas aumentem e possibilitem o acesso a direitos, garantindo uma maior igualdade de oportunidade. A metodologia utilizada na pesquisa foi estudo de caso, com abordagens qualitativa e quantitativa, com a realização de dezenove entrevistas com estudantes negros que ingressaram através de políticas de cotas de corte racial no período de 2013 a 2018. Foi feita uma análise dos documentos institucionais que tratam das políticas de ações afirmativas. Como resultado da pesquisa, achados e pistas nos permitem aferir que, quanto ao perfil socioeconômico, os estudantes e suas famílias configuram segmentos da população de baixa renda e vivenciam desigualdades raciais e sociais. Os estudantes de cotas de corte racial e social trazem em suas narrativas a percepção acerca da importância da política de ação afirmativa como direito, estratégia para democratização do ensino e instrumento de reparação histórica. Narrativas também destacaram um cotidiano institucional atravessado por situações de racismo e discriminação. Contudo os estudantes negros construíram um protagonismo político e resignificaram o espaço de formação contrapondo ideias, elaborando outras narrativas, apresentando demandas e reivindicações. A tese poderá contribuir para visibilizar a emergência das narrativas dos estudantes negros, as percepções acerca dos três eixos das ações afirmativas, e na promoção de ações que potencializem suas vozes e estratégias de fortalecimento como sujeitos coletivos, reconhecendo suas pautas e agendas entorno das questões étnico-raciais, de gênero e da juventude. / [en] This Doctoral Thesis is the result of research on the narratives of black high school students, about the experiences and trajectories on the Rio de Janeiro campus of IFRJ and on the implementation of the rules and legislation that govern affirmative action policies. The research aims to analyze the perceptions and narratives of black students about the school trajectory and about the implementation of the three axes of affirmative actions: access through racial quotas, education for ethnic-racial relations and student assistance and permanence strategies. In the present thesis, affirmative action policies are understood as measures that presuppose a historical repair of inequalities and disadvantages accumulated and experienced by a certain group, so that these measures increase and allow access to rights, guaranteeing greater equality of opportunity. The methodology used in the research was a case study, with qualitative and quantitative approaches, with the performance of nineteen interviews with black students who entered through racial quotas policies in the period from 2013 to 2018. An analysis was made of the institutional documents dealing with affirmative action policies. As a result of the research, findings and clues allow us to assess that, regarding the socioeconomic profile, students and their families constitute segments of the low-income population and experience racial and social inequalities. The students of racial and social quotas bring in their narratives the perception about the importance of the affirmative action policy as a right, a strategy for the democratization of teaching and an instrument of historical reparation. Narratives also highlighted an institutional daily life crossed by situations of racism and discrimination. However, black students built a political role and reframed the training space by opposing ideas, elaborating other narratives, presenting demands and demands. The thesis may contribute to make visible the emergence of the narratives of black students, the perceptions about the three axes of affirmative actions, and in the promotion of actions that enhance their voices and strengthening strategies as collective subjects, recognizing their agendas and agendas around ethnic issues racial, gender and youth.
8

[en] INSTITUTIONAL RACISM AND MILITARY DICTATORSHIP: TURNING BACK AROUND THE OBLIVION TREE / [pt] RACISMO INSTITUCIONAL E DITADURA MILITAR GIRANDO EM SENTIDO ANTIHORÁRIO NA ÁRVORE DO ESQUECIMENTO

CAROLINE LYRIO SILVA 15 March 2017 (has links)
[pt] O presente trabalho pretende pôr em evidência um repertório epistemológico e metodológico que considera a existência de mais de um lugar histórico e político de onde parte o conhecimento e se comprometa com a reorientação das investigações sobre relações raciais através do uso de testemunhos subalternizados. A utilização nessas narrativas como elemento central de análise permite a sua apropriação como dado essencial para a dissolução de relações de poder na sociedade e qualifica-os como estratégias de sobrevivência e meios de resistências, assim como a revisão de fatos históricos, contribuindo para a construção da memória. / [en] This work aims to highlight an epistemological and methodological repertoire that considers the existence of more than one historical and political place to produce knowledge. It also commits to the reorientation of the race relations research through counter-storytelling. Apply these narratives as the central element of analysis allows its use as essential data for the dissolution of power relations in society and qualifies them as survival strategies and means of resistance, as well as the revision of historical facts, contributing to building memory.
9

[en] I HAD A LOT OF PREJUDICE, RIGHT, EXU NO!: NARRATIVES OF RESISTANCE TO THE STIGMATIZATION OF RELIGIOUS PRACTICES OF AFRICAN MATRIX / [pt] EU TINHA MÓ PRECONCEITO, NÉ, EXU NÃO!: NARRATIVAS DE RESISTÊNCIA À ESTIGMATIZAÇÃO DAS PRÁTICAS RELIGIOSAS DE MATRIZ AFRICANA

CLARISSA FRANCA H DE C E SOUZA 16 August 2018 (has links)
[pt] A presente pesquisa tem por objetivo aprofundar os conhecimentos e as reflexões sociais a respeito da resistência à estigmatização das práticas religiosas de matriz africana, a partir da microanálise narrativa-interacional de uma entrevista entre duas pessoas engajadas nessas práticas. A Perspectiva Sociointeracional do Discurso e a Análise de Narrativa fundamentam o trabalho, que é qualitativo-interpretativista, com inspiração etnográfica. Durante a entrevista, os participantes coconstróem uma narrativa central, cujo conteúdo é a história de vida do entrevistado, a partir de pequenos episódios narrativos encaixados, relacionados ao contexto religioso em que se inserem. Os interlocutores precisam manejar a tensão do estigma das práticas religiosas de matriz africana, que perpassa toda a conversa, e resistir a ela. A análise do encontro social sugere a existência de um vínculo entre a referida estigmatização e os macrodiscursos racistas, que desvalorizam as negritudes e oprimem a pessoa negra. Além disso, o estudo do contexto interacional aponta que outros estigmas, como o de religião e o de classe social, contribuem para rotular as práticas religiosas de matriz africana como desviantes. Os interlocutores recorrem à reflexividade no ato de narrar, que cumpre a função de resistir aos estereótipos depreciativos (selvageria, maldade, primitivismo, ignorância) aos quais as práticas religiosas de matriz africana foram relacionadas no senso comum. Desta forma, distribuem discursos alternativos, com valores e crenças adequados às identidades sociais que pretendem performar. / [en] The present research aims to deepen the knowledge and social reflections regarding the resistance to stigmatization of religious practices of african matrix, from the narrative-interactive microanalysis of an interview between two people engaged in these practices. Sociointeractional Perspective of Discourse and Narrative Analysis ground the work, which is qualitative-interpretativist, with ethnographic inspiration. During the interview, the participants co-create a central narrative, whose content is the life story of the interviewee, based on small narrative episodes embedded, related to the religious context in which they are inserted. The interlocutors need to handle the tension of the stigma of religious practices of african matrix, that permeate all conversation, and they also have to resist it. The analysis of the social encounter suggests a link between this stigmatization and the racist macrodiscourses, which devalue blacknesses and oppress black people. In addition, the study of the interactional context points out that other stigmas, such as religion and social class, contribute to labeling religious practices of african matrix as deviant. The interlocutors resort to reflexivity in the act of narrating, which fulfills the function of resisting the derogatory stereotypes (savagery, wickedness, primitivism, ignorance) to which religious practices of african matrix have been related in common sense. as well as counteracting it to the values and beliefs that practitioners consider appropriate to their social identities. In this way, they distribute alternative discourses, with values and beliefs appropriate to the social identities they intend to perform.
10

[en] LOOKING FOR NEW PATHS: BLACK WOMEN AND THEIR EXPERIENCES FROM THE PRISON SYSTEM OF RIO DE JANEIRO / [pt] À PROCURA DE NOVOS CAMINHOS: MULHERES NEGRAS E SUAS EXPERIÊNCIAS A PARTIR DO SISTEMA PRISIONAL DO RIO DE JANEIRO

ADRIANA SEVERO RODRIGUES 25 November 2010 (has links)
[pt] O presente trabalho tem como objetivo conhecer as experiências vividas pelas mulheres negras, tentando descobrir se as mesmas receberam tratamento diferenciado dentro da prisão em função da questão racial dos negros. No Brasil nos últimos quatro anos observamos expressivo crescimento dos crimes cometidos por mulheres, o que vem chamando atenção dos estudiosos do assunto. Além disso, o sistema penitenciário brasileiro apresenta deficiências estruturais, que reforçam a cultura da violência institucional, fomentando práticas e abordagens discriminatórias e violentas, ferindo a dignidade e violando direitos. Estas práticas também ocorrem no encarceramento feminino e nossa hipótese é que essas são ainda mais perceptíveis quando realizado o recorte étnico racial. Esta realidade revela outra face das desigualdades sociais e do racismo, o que pode se acentuar transformando-se em vulnerabilidades penais quanto ao cometimento de um delito. Neste contexto o presente estudo questiona as expressões do racismo dentro do sistema prisional. O estudo contou com a contribuição de 10 mulheres internas e egressas do sistema prisional do Rio de Janeiro. O resultado do estudo apresentou que a população negra do estado do Rio de Janeiro está mais representada nas prisões do que na população do Estado. Ainda assim, as mulheres negras que foram entrevistadas não reconhecem as expressões do racismo no interior das prisões. / [en] This purpose of this work is to know if Brazilian black women experienced a different treatment within prison as a consequence of their race. During the last four years is possible to observe an expressive growth of crimes committed by women in Brazil, which calls for the attention of the experts on the subject. Futhermore, the Brazilian prisional system keeps structural deficiencies which reinforce the institutional culture of violence by promoting discriminatory practices and approaches that hurt the dignity and violate the rights. These practices also occur within female prisions, and our hypothesis is that they can be better observed from a ethnical and racial point of view. This reality reveals another face of social inequality and racism that can accentuate becoming criminal and vulnerabilities to the commission of a crime. In this context, the present work discuss the expressions of racism within the prisional system. The study relied on the contribution of ten women who are, or were, under the prisional system of Rio de Janeiro. The work shows that the black population of the state of Rio de Janeiro is more represented in prisons than in the general population of the state. Eventhough, the interviewed women did not recognize racism expressions within the prisons.

Page generated in 0.0478 seconds