• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 6
  • 1
  • Tagged with
  • 7
  • 7
  • 7
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

[en] FAMILY OF WOMEN: ROLES AND IDENTITIES IN THE CONTEXT OF FAMILY WHORE / [pt] MULHERES DE FAMÍLIA: PAPÉIS E IDENTIDADES DA PROSTITUTA NO CONTEXTO FAMILIAR

RENATA CASEMIRO CAVOUR 19 March 2019 (has links)
[pt] Esta pesquisa teve como objetivo compreender e analisar a convivência da prostituta com sua família e seu meio social. A família é tratada por essas mulheres como um meio que deve ser vivido a parte da prostituição, um mundo de valores morais, no qual a mulher de família nada tem a ver com prostituta. Com a finalidade de investigar esse fenômeno, foram entrevistadas dez mulheres com filhos que trabalham na Vila Mimosa, zona de baixo meretrício da zona norte do Rio de Janeiro. As entrevistas foram analisadas através da metodologia qualitativa e foram elaboradas categorias com a finalidade de sistematizar e melhorar a compreensão dos objetivos colocados pela pesquisa. Revelaram-se nos resultados as relações sociais que estabeleceram na família, no trabalho e na comunidade; o cotidiano no meio prostitucional; as questões relacionadas à sua família de origem; e a dedicação com os filhos. A base teórica utilizada neste trabalho envolveu pesquisas e literaturas interdisciplinares que abordassem o tema, bem como autobiografia de mulheres que não exercem mais a profissão. Como base teórica foi feito um estudo sob o histórico da prostituição, a Vila Mimosa como exemplo de luta e perseverança do meio prostitucional, as identidades e os estereótipos vividos pela profissional do sexo, vivência com clientes e a ambiguidade entre a mulher da rua e a mulher de família. / [en] This research aimed to understand and analyze the prostitute s relationship with her family and social setting. These women treat their families as a setting to be lived apart from prostitution, as a world of moral values in which the family woman bears no likeness to the prostitute. To investigate this phenomenon, interviews were conducted with ten women with children who work in Vila Mimosa, a lower-class meretricious zone. To analyze the interviews, the qualitative methodology was adopted and categories were elaborated to systematize and improve the understanding of the objectives set forth in the research. The results revealed the social relations established in the family, at the work environment and inside the community; the daily life of prostitution; the questions related to their families of origin; and the dedication extended to the children. The theoretical basis adopted in this study comprised interdisciplinary research and literature on the subject, as well as the autobiographies of women who are no longer engaged in prostitution. This research addressed prostitution from its beginnings to current times, Vila Mimosa as an example of its struggle and perseverance, the identities and stereotypes lived by the sex professional, their interaction with clients, and the ambiguity between the street woman and the family woman.
2

[en] THE IMAGINARIUM OF LAPA: APOGEE, DECAY AND RECONSTRUCTION / [pt] O IMAGINÁRIO DA LAPA: APOGEU, DECADÊNCIA E RECONSTRUÇÃO

ALESSA PATRICIA DIAS DA SILVA 15 June 2015 (has links)
[pt] Nos últimos anos, o bairro da Lapa tem se configurado como uma área de forte atratividade para o lazer noturno na cidade do Rio de Janeiro. O objetivo dessa dissertação de caráter interdisciplinar é analisar como tem sido feita a retomada do bairro da Lapa, relacionando-a ao imaginário que se construiu sobre o local. Tal recuperação tem sido fortemente apoiada no imaginário construído pela boemia lapiana das décadas de 20 e 30. O imaginário será abordado de duas formas distintas: aquele que se constrói no seio do grupo do boêmio, responsável pela transformação da Lapa em mito, e o imaginário construído social e politicamente, instaurado pelos donos do poder que objetivavam a destruição e moralização da Lapa – tendo como foco de ataque a prostituição no bairro – mas que em um influxo contrário contribuiu para a legitimação do espaço. Serão utilizados como objetos de análise textos produzidos por quem viveu a boemia pelas ruas do bairro, a exemplo: o livro de crônicas, Roteiro da Lapa... e outros roteiros, de Alberto Deodato; Adeus Lapa, de Hernani do Irajá; Noturno da Lapa e Lapa, de Luís Martins e Lábios que beijei, de Aguinaldo Silva. / [en] During the last years, the neighborhood of Lapa has been changing and becoming a very attractive area as an option for the nightlife in Rio de Janeiro. This cross-curricular essay intends to analyze how the resumption found in Lapa has been taking place, connecting it to the imaginarium built over the area. Such recovery has been strongly supported on the imaginarium set by the bohemian spirit of Lapa in the 20s and 30s. The imaginary will be approached in two different ways: the one built in the bohemian circle s crib, responsible for transforming Lapa into a myth, and the imaginarium built socially and politically, introduced by the owners of the power, who wanted its destruction and moralization – with the prostitution found in the neighborhood as the main striking spot – but responsible for legitimizing the area through an opposite influx movement. There will be used as analysis references texts wrote by people who witnessed the bohemian process through the streets of Lapa, such as the book of Chronicles Roteiro da Lapa… e outros roteiros, wrote by Alberto Deodato; Adeus Lapa, wrote by Hernani do Irajá; Noturno da Lapa and Lapa, wrote by Luís Martins and Lábios que Beijei, wrote Aguinaldo Silva.
3

[en] THE EVICTION OF THE PROSTITUTES FROM THE PRÉDIO DA CAIXA IN THE CITY OF NITERÓI: A STUDY ON THE PRODUCTION OF URBAN SPACE AND GENDER AND SEXUALITY RELATIONS / [pt] A EXPULSÃO DAS PROSTITUTAS DO PRÉDIO DA CAIXA NA CIDADE DE NITERÓI: UM ESTUDO SOBRE A PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO E DAS RELAÇÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE

ANA CAROLINA BRITO BRANDÃO 05 February 2016 (has links)
[pt] Essa pesquisa aborda a produção do espaço urbano e a constituição do gênero. O objetivo é perceber como o regime regulatório sobre as mulheres na formação das cidades modernas se reatualiza, contemporaneamente, através de políticas urbanas voltadas para o planejamento estratégico, numa lógica de governamentalidade empresarial. No primeiro capítulo, apresenta-se um caso emblemático ocorrido em um histórico edifício de prostituição, na cidade de Niterói, em que dezenas de trabalhadoras sexuais foram expulsas, violentamente, depois de anunciada uma grande intervenção urbanística na área. Das inúmeras fontes utilizadas na reconstrução dessa história, destaca-se o depoimento de uma das mulheres expulsas do prédio. O segundo capítulo fará uma retomada dos discursos sobre o planejamento moderno, mostrando como os estudos médico científicos sobre o perigo da prostituição desembocaram em políticas de controle sobre a sexualidade das mulheres, ao passo que a própria concepção do espaço urbano como abstrato e neutro busca esvaziá-lo de desejo e afeto, atributos historicamente associados ao corpo feminino. Posteriormente, observa-se como isso é cotejado, atualmente, no contexto em que as cidades se tornam fontes de grande lucratividade e competem entre si por meio da introjeção de técnicas de gestão empresarial no planejamento urbano. O terceiro capítulo apresenta um panorama da luta do movimento organizado de prostitutas, sua agenda política e como o Estado tem respondido a isso, mostrando o impasse da concretização de reivindicações históricas em razão dessa lógica de gestão do espaço urbano. / [en] This research approaches the production of urban space and the constitution of gender. The goal is to understand how the regulatory regime on women in the formation of modern cities renews, contemporary, through urban policies for strategic planning, in a logic of governmentality business. The first chapter presents an emblematic case in a historic building of prostitution in the city of Niterói, where dozens of sex workers were expelled violently after announced a major urban intervention in the area. Of the many sources used in the reconstruction of this story, there is the testimony of one of the women expelled from the building. The second chapter will make a recapture of discourses on modern planning, showing how the medical-scientific studies about the danger of prostitution culminated in control policies on women s sexuality, while the conception of urban space as an abstract and neutral search emptying it of desire and affection, attributes historically associated with the female body. Later, we see how it is compared, currently, in the context in which cities become great sources of profitability and compete through the internalization of business management techniques in urban planning. The third chapter provides an overview of the struggle of organized movement of prostitutes, their political agenda and how the state has responded to this, showing the impasses of achieving historical claims due to the management logic of urban space.
4

[en] CONTROL IN THE NAME OF PROTECTION: CRITICAL ANALYSES OF DISCOURSES ABOUT INTERNATIONAL TRAFFICKING OF PERSONS / [pt] CONTROLE EM NOME DA PROTEÇÃO: ANÁLISE CRÍTICA DOS DISCURSOS SOBRE O TRÁFICO INTERNACIONAL DE PESSOAS

CAROLINE AUSSERER 25 July 2007 (has links)
[pt] Este trabalho analisa o funcionamento, as ambigüidades e as implicações políticas dos discursos mais correntes contemporâneos sobre o tráfico internacional de pessoas. Neste sentido, são escolhidos três exemplos de interpretação da questão: o tráfico como problema de crime organizado; o tráfico como problema moral; e o tráfico como problema de migração. Baseando-se em conceitos de Michel Foucault, o enfoque do trabalho está na inter-relação entre o estabelecimento de regimes de verdade por meio de discursos, e a produtividade destes, ou seja, dependendo da definição da questão, distintas formas de solucionar o assunto são reivindicadas. O trabalho adverte que os discursos analisados, embora se apresentem em nome da proteção das vítimas do tráfico, na verdade, são utilizados para justificar a instalação de mecanismos de controle no sentido foucaultiano. Assim, a pesquisa visa a desconstruir estes discursos para, deste modo, problematizar as práticas políticas atuais que se baseiam prevalentemente neles, e para possibilitar uma compreensão mais diferenciada do assunto complexo de tráfico humano. / [en] The present thesis analyses the working, the ambiguity and the political implications of contemporary discourses about trafficking in persons. Three examples were chosen to illustrate the most common interpretation of the issue: trafficking as a problem of organized crime, as a moral concern and as a question of migration. Based on concepts of Michel Foucault, the main focus of the investigation is the interplay between the establishment of regimes of truth by the discourses and their productivity. Depending on the definition of the issue there are different ways that claim to resolve the question. The work challenges the common understanding of strategies against trafficking developed in the name of protection of the victim and furthermore elaborates that these discourses are used to install mechanisms of control in Foucault´s sense. Thus, the investigation aims at deconstructing these discourses in order to highlight the problems of current anti-trafficking policies and therefore enables a more differentiated understanding of the complex topic of human trafficking.
5

[en] ENEGRECENDO O MERETRÍCIO: EXPERIENCE OF FEMALE PROSTITUTION IN RIO DE JANEIRO (1871-1909) / [pt] ENEGRECENDO O MERETRÍCIO: EXPERIÊNCIAS DA PROSTITUIÇÃO FEMININA NO RIO DE JANEIRO (1871-1909)

05 January 2021 (has links)
[pt] Esta dissertação pretende analisar a prostituição feminina na cidade do Rio de Janeiro na virada do século XIX para o XX, tendo como foco a atuação de mulheres negras e pardas nesta prática. O objetivo principal é marcar a presença deste grupo de mulheres na história da prostituição, observando como o racismo, embasado pelas teorias raciais que se afirmaram na sociedade brasileira ao longo deste período, influenciou decisivamente a maneira pela qual elas foram encaradas por seus contemporâneos. Através dos testemunhos presentes nos principais jornais do período, assim como de registros policiais e judiciais, busca-se analisar as formas específicas de repressão e controle de que foram alvo por parte das instituições jurídicas e policiais desde 1871, assim como as experiências por elas compartilhadas entre as décadas finais do Império e os anos iniciais da República. Evidencia-se, com isso, o processo de construção de redes de solidariedade entre estas mulheres, bem como suas estratégias de sobrevivência frente às perseguições cotidianas que incidiam sobre elas. / [en] This dissertation aims to analyze female prostitution in Rio de Janeiro, from the turn of the nineteenth to the twentieth century, focusing on the role of black and brown women in this practice. The main goal is to mark a presence of these groups of women in the history of prostitution, observing how racism, based on racial theories, that were affirmed in Brazilian society throughout this period, decisively influenced the way in which they were faced by their contemporaries. Through the testimonies present in the main newspapers of the period, as well as of police and judicial records, the aim is to analyse the specific forms of repression and control that have been targeted by legal and police institutions since 1871, as well as the experiences shared by them between the final decades of the Empire and the early years of the Republic. This demonstrates the process of building networks of solidarity between these women, as well as their strategies for survival in the face of the daily persecutions that affected them.
6

[en] TRAVESTI PROSTITUTION IN BRAZIL: READING AGENCY AND SOVEREIGNTY THROUGH DISSIDENT SEXUALITIES / [pt] PROSTITUIÇÃO TRAVESTI NO BRASIL: LENDO AGÊNCIA E SOBERANIA POR MEIO DE SEXUALIDADES DISSIDENTES

AMANDA ALVARES FERREIRA 29 May 2018 (has links)
[pt] Prostituição Travesti no Brasil: lendo agência e soberania por meio de sexualidades dissidentes investiga as subjetividades marginalizadas de travestis no contexto brasileiro para analisar discursos no âmbito local e internacional. Conduzo uma crítica de discursos sobre tráfico sexual e prostituição, apontando para a naturalização de normas de gênero que impedem o entendimento sobre experiências que excedem o binário prostituta versus vítima do tráfico. Para fazê-lo, analiso, por meio de uma perspectiva foucaultiana e queer butleriana, as subjetividades travestis que se constituem justamente no bojo das práticas de prostituição. Proponho, nesta lógica, que essas experiências permitem tanto sua resistência quanto sujeição às regulações de gênero que são legíveis. Por fim, apresento uma crítica à formação de uma sociedade biopolítica no Brasil: apontando que um poder soberano predomina em fazer morrer estes corpos ininteligíveis, para que se permita o fazer viver de subjetividades consideradas normais em termos de gênero, raça e classe. Isso abre a possibilidade de refletir o Estado brasileiro que nega sua queerness ao procurar se adequar aos discursos de homonormatividade e de defesa da comunidade LGBTTQI que surgem no âmbito internacional, mas ainda permite que se exerça um poder soberano sobre corpos transexuais não-ideiais. / [en] Travesti Prostitution in Brazil: reading agency and sovereignty through dissident sexualities investigates the marginalised subjectivities of travestis within the Brazilian context, to analyse discourses both in the local and international realm. I conduct a critique of discourses on sex-trafficking and prostitution, pointing to the naturalisation of gender norms that hinders an understanding of experiences that exceed the binary prostitute versus trafficking victim. To do so, I analyse, through a foucauldian and butlerian queer perspective, travestis subjectivities that constitute themselves precisely in the field of prostitution practices. I propose, therefore, that these experiences allow both resistance and subjection to gender regulations that are legible in the preset society. Finally, I present a critique to the formation of a biopolitical society in Brazil: pointing that a sovereign power predominates in making die these unintelligible bodies, so that subjectivities considered normal in gender, race, and class terms can be made live. This opens the possibility of reflecting on how the Brazilian state denies its queerness as it tries to adequate itself to homonormative speeches, as well as to discourses of defense of LGBTTQI community, that emerge in the international realm, but still allows that a sovereign power is exercised over non-ideal transsexual bodies.
7

[pt] ARTICULANDO MIGRAÇÃO E PROSTITUIÇÃO: AS ECONOMIAS MORAIS NOS DISCURSOS PÚBLICOS, NAS PRÁTICAS POLITICAS E NAS EXPERIÊNCIAS SUBJETIVAS DAS BRASILEIRAS TRABALHADORAS DO SEXO NA FRANÇA / [en] ARTICULATING MIGRATION AND PROSTITUTION: MORAL ECONOMIES IN PUBLIC DISCOURSES, POLITICAL PRACTICES AND SUBJECTIVE EXPERIENCES OF BRAZILIAN SEX WORKERS IN FRANCE

17 December 2020 (has links)
[pt] A figura da migrante trabalhadora do sexo pode ser interpretada de múltiplas formas de acordo com interesses, visões morais e objetivos políticos dos atores em jogo. Este trabalho analisa as perspectivas de segurança, gênero e resistência promovidas, respectivamente, por atores governamentais, associações e pelas próprias migrantes brasileiras na França. Investiga como as interações sociopolíticas das brasileiras trabalhadoras do sexo cisgêneros e transgêneros configuram, em conjunto, uma economia moral da mobilidade de trabalhadores sexuais. Mais especificamente, esta tese tem como intuito elucidar de que forma o rótulo de vítima vulnerável, por um lado, e os de criminosa, cafetina, clandestina e transgressora, por outro, são produzidos e mobilizados pelos diferentes atores envolvidos na regulação da migração laboral sexual. A análise realizada neste trabalho baseia-se em pesquisa de inspiração etnográfica, descrevendo o campo da prostituição brasileira nas cidades francesas de Paris, Lyon e Toulouse. A partir dessa imersão, a tese demonstra como as articulações existentes entre a categoria de vitima - de tráfico, de exploração laboral sexual, do patriarcado, do capitalismo desigual - e a categoria de criminosa - por cafetinar as amigas, por ser clandestina, por alimentar o mercado negro, por exercer uma atividade imoral - são mobilizadas nesse contexto. Revela uma realidade altamente nuançada e ambivalente, uma vez que as brasileiras prostitutas são muitas vezes, ao mesmo tempo vítimas e autônomas, manipuladas e oportunistas, cafetinas e exploradas. / [en] The migrant sex worker character can be interpreted in multiple ways according to the interests, moral views and political goals of relevant stakeholders within this context. This work analyzes how the perspectives of security, gender and resistance, respectively promoted by government actors, associative agents and the subjects themselves reverberate in the empirical practice, that is, through the interactions of Brazilian cisgender and transgender sex workers with the other actors surrounding them and with whom they together configure the moral economy of the mobility of sex workers. More specifically, this thesis aims to investigate how the label of vulnerable and naive victim on the one hand, and the labels of criminal, pimp, illegal and transgressive on the other are produced and mobilized by the different actors involved in the regulation of sexual labor migration. The analysis carried out in this work is based on ethnographic-inspired research, describing the field of Brazilian prostitution in the French cities of Paris, Lyon and Toulouse. From this immersion, the thesis demonstrates how the articulations between the category of victim - of trafficking, of sexual labor exploitation, of patriarchy, of unequal capitalism - and the category of criminal - for pimping friends, for being clandestine, for feeding the black market, for exercising an immoral activity - are mobilized in this context. It reveals a highly nuanced and ambivalent reality, since Brazilian prostitutes are often simultaneously victims and autonomous, manipulated and opportunists, pimps and exploited.

Page generated in 0.1249 seconds