• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 101
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 109
  • 34
  • 29
  • 23
  • 23
  • 23
  • 22
  • 21
  • 20
  • 19
  • 18
  • 14
  • 14
  • 13
  • 11
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Arrasando horrores

Siqueira, Mônica Soares 24 October 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2009 / Made available in DSpace on 2012-10-24T15:28:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 276405.pdf: 14047961 bytes, checksum: 226bef7a4ca732bb808235a90226d3c3 (MD5) / Esta tese de doutorado propôs-se a realizar um estudo etnográfico das narrativas biográficas e formas de sociabilidade de sujeitos que se identificam como "travestis das antigas". Ao procurar empreender, em termos de Eckert & Rocha (2005), uma etnografia das lacunas da duração pretendeu-se compreender os processos pelos quais estes sujeitos foram construindo, ao longo de suas trajetórias sociais, e por intermédio de seus itinerários urbanos, suas formas de sociabilidade relacionadas às suas vivências na cidade do Rio de Janeiro. Pensar as formas de sociabilidade específicas das interlocutoras desta pesquisa me conduziu à análise de suas interações sociais e, conseqüentemente, das formas de apropriação do espaço urbano, bem como de suas relações, percepções e concepções da cidade entendida, principalmente, como cenário de atuação desses atores sociais. Acredito que ao compartilhar de suas caminhadas ao longo de suas vidas através de suas memórias e seus cotidianos somos levados aos dramas, às intrigas e aos dilemas que compõem a interface entre o que estou chamando aqui, inspirada em De Certeau (2008), cidade conceito e cidade ordinária. Se em suas narrativas sobre as experiências na e da cidade são enunciados preconceitos e discriminações constrangedoras de seus processos de construção de subjetividade, de formulações de projetos e de apropriações e usos da cidade em que nasceram e/ou escolheram para viver, também são relatadas suas astúcias e táticas no intuito de impor seus estilos de uso nos diferentes espaços urbanos e de serem, assim, senhoras de seus passos na cidade do Rio de Janeiro. / This thesis sets out to conduct an ethnographic study of biographic narratives and sociability forms of subjects identified as "transvestites of the ancient kind". While trying to undertake, in terms of Eckert and Rocha (2005), an ethnography of the gaps of duration, it intends to understand the processes by which these subjects were building, all along their social trajectories and through their urban itineraries, their forms of sociability related to their existences in the city of Rio de Janeiro. Thinking the specific forms of sociability of the interviewed led me to analyze their social interactions and consequently the forms of appropriation of the urban space, as well as their relations, perceptions and conceptions of the gay city, principally, like stage of performance of these social actors. I believe that sharing their walking along his lives through his memories and his daily activities we're taken to the dramas, intrigues and dilemmas that compose the interface between what, inspired in De Certeau (2008), I refer to as concept city and ordinary city. If, in their narratives of the experiences in and of the city, prejudices and embarrassing discriminations of his processes of subjectivity-building, of projects-formulation and of appropriations and uses of the city in which they were born and/or chose to live are expressed, their cunnings and tactics as they try to impose their styles of use in different urban spaces and of becoming ladies of their steps in the city of the Rio de Janeiro are also told.
32

Experiências de atenção à saúde e percepções das pessoas transgênero, transexuais e travestis sobre os serviços públicos de saúde em Florianópolis/SC

Rodriguez, Ana María Mújica January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, Florianópolis, 2014 / Made available in DSpace on 2015-02-05T21:10:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 329251.pdf: 3743265 bytes, checksum: 2cf8fbd99f43d1016f7d214112221bca (MD5) Previous issue date: 2014 / A sexualidade e o gênero são fatores que influenciam e determinam a saúde integral de um ser humano. Na sociedade existe uma ideia prevalente de uma identidade sexual e expressões de gênero imaleáveis, desconsiderando, invisibilizando e excluindo aquelas pessoas que transgredem estes parâmetros socialmente construídos como normais, como no caso da população Trans. Entende-se que a diversidade sexual e de gênero fazem parte das expressões da dimensão sexual humana e, portanto, devem ser respeitadas e consideradas em suas diferenças. No entanto, persistem formas de discriminação contra a população Trans no Brasil nos âmbitos, tanto interpessoais como institucionais e estruturais, alcançando o próprio sistema de saúde. Esta pesquisa se trata de um recorte de um estudo exploratório-descritivo de caráter qualitativo que teve como objetivo discutir e analisar as experiências de atenção à saúde das pessoas transgêneras, transexuais e travestis (Trans) nos diferentes serviços de saúde públicos. Selecionados por conveniência, foram entrevistadas sete (7) pessoas Trans, entre os 22 e 42 anos de idade, onde quatro se auto identificaram como homens, duas como travestis e uma como mulher. Poucas/os delas/es fazem uso do SUS e preferem o uso de serviços particulares e/ou privados. O acesso à saúde se viu limitado por barreiras estruturais, no que se refere ao nome social e ao paradigma hetero-cissexual que permeia as interações desta população com o SUS. É necessário quebrar esses paradigmas e reconstruir a saúde através da diversidade e as suas diversas expressões como parte da complexidade do ser humano.<br> / Abstract: Sexuality and gender are factors that influence and determine the overall health of a human being. There is in the society a prevalent idea that sexual identity and gender expressions are inflexible, disregarding, making invisible and excluding those who transgress these sociallyconstructed parameters as normality, as in the case of the Trans population. It understands that sexual and gender diversity are part of the expressions of human sexual dimension and therefore should be respected and considered in their differences. However, forms of discrimination against Trans people in Brazil persist in the interpersonal, institutional and structural areas, reaching the health system itself. This exploratory-descriptive qualitative research, aimed to discuss and analyze the experiences of transgender, transsexuals and transvestites(Trans) community with health care in different public health services and their perceptions of these services. Selected for convenience, were interviewed seven (7) Trans people, between 22 and 42 years old, where four identified themselves as men, two as transvestites and one as awoman. Few of theirs make use of SUS and prefer the use of private services. Respect to hormone therapy, all of them ever self-medicated and currently the vast majority continue doing this practice. In the reports was perceived prejudice and discrimination by the professionals and/or employees of both SUS and private services. Access to health care was seen limited by structural barriers in regard to the use of the social name and the hetero-cissexual paradigm that permeates the interactions of this population with SUS. It is necessary to break these paradigms and rebuild health through diversity and its various expressions as part of the complexity of human beings.
33

A representação simbólica de travestis na mídia : uma análise do período entre 2000 e 2014 no Jornal Folha de S. Paulo /

Augusto, Annelize Pires. January 2017 (has links)
Orientador: Claudio Bertolli Filho / Banca: Laan Mendes de Barros / Banca: Rozinaldo Antonio Miani / Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar como o jornal diário Folha de S. Paulo, a partir da publicação de matérias produz uma construção e uma reprodução da imagem dos indivíduos travestis enquanto representantes simbólicos que fazem parte da sociedade e estão inseridos na cultura em que vivemos. O córpus da pesquisa compreende matérias publicadas no jornal Folha de S. Paulo durante o período de janeiro de 2000 a dezembro de 2014. A fundamentação teórica utilizada se baseará na antropologia interpretativa de C. Geertz, nos conceitos de identidade de D. Cuche e em outros teóricos que possam contribuir para a realização desta pesquisa. Busca-se examinar como os elementos presentes nas matérias buscam representar a imagem e a realidade dos indivíduos travestis enquanto participantes da construção cultural da sociedade. E como o diário se apropria de tais construções sociais para que possa formular seus textos. / Abstract: This research aims to analyze how the daily newspaper Folha de S. Paulo, from the publication of stories produces a construction and reproduction of the image of travestis individuals as symbolic representatives that are part of society and are embedded in the culture in which we live. The research corpus includes articles published in the newspaper Folha de S. Paulo during the period January 2000 to December 2014. The theoretical basis used will be based on the interpretive anthropology of C. Geertz, on the concepts of D. Cuche's identity and on other theorists who can contribute to this research. It seeks to examine how the elements present in the articles seek to represent the image and reality of transvestite individuals as participants in the cultural construction of society. And how the diary appropriates such social constructions so that he can formulate his texts. / Mestre
34

A lucidez e o absurdo : conflitos entre o teológico-político e os direitos humanos das minorias sexuais no Brasil contemporâneo

Carneiro, Fredson Oliveira 12 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania, 2015. / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2016-02-12T13:13:38Z No. of bitstreams: 1 2015_FredsonOliveiraCarneiro.pdf: 2389877 bytes, checksum: d175828842dd3947ae3be8f8bc9805c3 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-02-25T12:53:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_FredsonOliveiraCarneiro.pdf: 2389877 bytes, checksum: d175828842dd3947ae3be8f8bc9805c3 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-02-25T12:53:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_FredsonOliveiraCarneiro.pdf: 2389877 bytes, checksum: d175828842dd3947ae3be8f8bc9805c3 (MD5) / Este trabalho aponta para a especificidade da luta por direitos humanos dos movimentos LGBTs no Brasil e a forte tensão com os setores mais conservadores da sociedade, sobretudo o religioso, junto ao Poder Legislativo. Sob o respaldo de um discurso retórico de “inconstitucionalidade” instrumentaliza-se o Direito para o estudo da letra, retirando-o do campo ético para ocultar a centralidade da influência religiosa. Assim, buscamos explicitar por um lado, a tensão entre o discurso da legitimidade dos direitos das minorias sexuais e os fundamentos contrários ao seu reconhecimento; e por outro, indicar como os movimentos LGBT constituem-se enquanto sujeitos coletivos de direito na luta por reconhecimento. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This work points to the specificity of the LGBT groups’ struggle for human rights in Brazil and the strong tension with the more conservators sectors of society, especially the religious one, in the Legislative Power. Under the support of a rhetoric rant of "unconstitutionality" it instrumentalizes the Right to the study of the letter, removing it from the ethical field to hide the centrality of religious influence. Thus, we tried to explain on the one hand, the tension between the discourse of the legitimacy of the sexual minorities’ rights and the fundamentals contrary to its recognition; and on the other, indicate how the LGBT movements constitute themselves as rightful collective subjects in the fight for recognition.
35

O espaço degenerado : ensaio sobre o lugar travesti na cidade modernista

Macdowell, Pedro de Lemos 08 April 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Antropologia, 2011. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-09-06T20:30:09Z No. of bitstreams: 1 2011_PedrodeLemosMacDowell.pdf: 630048 bytes, checksum: 4b92a6e847fb908df94a495b27a8da51 (MD5) / Approved for entry into archive by Mariana Guedes(mari_biblio@hotmail.com) on 2011-10-20T14:57:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_PedrodeLemosMacDowell.pdf: 630048 bytes, checksum: 4b92a6e847fb908df94a495b27a8da51 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-10-20T14:57:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_PedrodeLemosMacDowell.pdf: 630048 bytes, checksum: 4b92a6e847fb908df94a495b27a8da51 (MD5) / O Setor Comercial Sul, em Brasília, é o espaço a partir de onde se desenvolve a discussão apresentada neste trabalho. Principal ponto de prostituição de travestis do Plano Piloto da cidade, este espaço é apresentado como “degenerado”, do ponto de vista dos bairros que o circundam, em um sentido que é simultaneamente urbanístico e social. Dialogando o trabalho etnográfico com uma leitura histórica da projeção de Brasília, o que aqui se propõe é uma análise de como o regime patriarcal e colonial que estrutura as relações de poder no Ocidente moderno – e no Brasil em particular – estrutura também as relações e disposições espaciais da cidade. Brasília, nesse sentido, pode ser pensada como um campo muito especial para a análise, por se tratar de uma cidade planejada, inaugurada há apenas 50 anos, em que a relação entre os princípios ideológicos e arquitetônico-urbanísticos que a orientaram sempre esteve evidenciada por seus idealizadores. Travestis, transexuais e outros(as) personagens da cidade que são omitidos(as), excluídos(as) e segregados(as) dos espaços públicos de circulação e das formas mais legítimas e institucionalizadas de localização – nos postos de trabalho, nas escolas, nos veículos de transporte público, nos principais meios de comunicação, nos espaços institucionais de exercício da cidadania – encontram formas próprias de inventar e ocupar seus lugares. Esse é o duplo caminho que este trabalho acompanha: o das estruturas e mecanismos expulsores que restringem o uso dos espaços; e o das formas alternativas de apropriação e uso dos espaços restritos, com as associações, conflitos e espacialidades próprias que lhes advêm. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Setor Comercial Sul, Brasília, is the space from which develops the discussion presented in this paper. Main area of prostitution of travestis in the center of the city, Setor Comercial Sul is seen, from the standpoint of the neighborhoods that surround it, as a ‘degenerate’ space, in a sense that is both urban and social. Combining ethnography with a historical reading of the projection of Brasília, what is proposed here is an analysis of how the patriarchal and colonial regime of power which structure relations in the modern west – Brazil in particular – also structure the relationships and space arrangements of the city. As a planned city, founded only 50 years ago, where the relationship between the ideological and urbanistic principles which guided it’s creators is evident, Brasília can be thought of as a very special field of analysis. Travestis, transsexuals and other characters of the city who are omitted, excluded and segregated from public spaces and from the more legitimate and institutionalized forms of location – jobs, schools, public transportation, the media, and institutional spaces of citizenship – find ways of their own to invent and occupy their places. This is the dual path this work accompanies: that of exclusive structures and mechanisms that restrict the use of space, and the alternative forms of appropriation and use of restricted space, with the associations, conflicts and particular spatialities that come with that.
36

Carne, tinta e papel

Veras, Elias Ferreira January 2015 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-05-24T17:37:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339030.pdf: 2710534 bytes, checksum: 3afbb950c358aabf6732cafcb3fed3d0 (MD5) Previous issue date: 2015 / Neste trabalho, analiso a emergência do sujeito travesti em Fortaleza (CE), seu surgimento como nova personagem público-midiatizada e estigmatizada, na passagem do tempo das perucas para o tempo dos hormônios, este último, chamado de tempo farmacopornográfico (virada da década de 1970 para 1980). Problematizo esse processo de subjetivação farmacopornográfico a partir de uma análise foucaultiana e de gênero-queer das fontes históricas (jornais, revistas, obras literárias, antropológicas e narrativas orais de travestis). Se, no tempo das perucas, o termo travesti designava uma prática eventual, restrita aos espaços privado e/ou público-temporário, no tempo farmacopornográfico, a palavra também passou a nominar um novo sujeito sexual, que ganhou inteligibilidade heteronormativa, em grande parte, graças aos meios de comunicação, como um "tipo" de homossexual marcado pela ambiguidade. Tal emergência foi acompanhada por discursos e práticas de excitação-fascínio e de controle-estigma. Nessa trama-tempo marcada por embates, as travestis produziram contra-discursos que contribuíram para rearranjar as normas de gênero, sexualidade, corpo e do público-privado em Fortaleza.<br> / Abstract : In this paper I analyze the emergence of the subject transvestite in Fortaleza (Ceará State), its appearance as a new public-mediatized and stigmatized character in the passage of the wigs times to the hormones-pharmacopornographic times (in the turn of the 1970s to 1980s). I problematize this process of pharmacopornographic subjectivity from a Foucault's analysis of gender-queer of historical sources (newspapers, magazines, literary, anthropological and oral narratives of transvestites). If, at the wigs times, the term transvestite designated an eventual practice, confined to private spaces and/or public-temporary ones, at the pharmacopornographic times the word also came to nominate a new sexual individual who got heteronormative intelligibility, largely by the media, as a "type" of homosexual marked by ambiguity. Such emergence was accompanied by speeches and practices of excitation-fascination and control-stigma. At this plot-time marked by clashes, transvestites produced counter-speeches that contributed to rearrange gender norms, sexuality, body, and public-private in Fortaleza.
37

O lugar do travesti em Desterro

Oliveira, Marcelo Jose January 1997 (has links)
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciencias Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social / Made available in DSpace on 2012-10-17T02:15:27Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T21:59:08Z : No. of bitstreams: 1 110000.pdf: 40564293 bytes, checksum: fabffd127c6c5cba1867a4e1c9d6c531 (MD5) / Enfoque da construção de identidade do travesti e os percursos sociais necessários a essa construção. Vislumbra-se na dissertação o dinamismo e as particularidades da inserção social do travesti em Florianópolis. Interessam-nos algumas instâncias de socialização do travesti - estratégias e táticas utilizadas nas relações sociais que intervêm na produção de sua identidade - e como isto nos permite perceber nuances da cultura urbano local, e de gênero, dentro de um contexto mais abrangente. Perceber a trajetória e projeto social desse personagem como algo incluso de forma fragmentada e atomizada no universo de relações entre indivíduos. Nessa ótica, resgatar a humanidade palpável do travesti. Retirá-lo da representação exagerada, popularmente feita sobre ele, mítica, para inseri-lo na esfera do cotidiano dos sujeitos normais.
38

O jeitinho das capixabas : movimento social LGBT e militantes trans do Espírito Santo

Tosta, André Luiz Zanão 25 July 2015 (has links)
Submitted by Elizabete Silva (elizabete.silva@ufes.br) on 2015-11-30T22:46:18Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) O JEITINHO DAS CAPIXABAS.pdf: 956155 bytes, checksum: 46b83915eff5ed94673d12d1dc80ad91 (MD5) / Approved for entry into archive by Morgana Andrade (morgana.andrade@ufes.br) on 2015-12-30T10:22:26Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) O JEITINHO DAS CAPIXABAS.pdf: 956155 bytes, checksum: 46b83915eff5ed94673d12d1dc80ad91 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-30T10:22:26Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) O JEITINHO DAS CAPIXABAS.pdf: 956155 bytes, checksum: 46b83915eff5ed94673d12d1dc80ad91 (MD5) Previous issue date: 2015 / Esta dissertação é o resultado da investigação realizada entre 2013 e 2014 no estado do Espírito Santo que analisou a atuação política de pessoas trans, indivíduos que se reconhecem como travestis e transexuais, conforme delimitação identitária do próprio movimento político. Apoiada numa proposta de investigação descritiva e interpretativa a pesquisa se apoia em três componentes teóricos: (a) a mobilização política decorre muitas vezes da existência de um sentimento de 'solidariedade' gerado por uma experiência compartilhada.; (b) o 'sujeito' é o resultado da articulação das vivências experienciadas, sendo elas individuais e coletivas; (c) os movimentos sociais podem ser compreendidos como 'campos' que geram mudanças subjetiva nos sujeitos mediante a incorporação por estes das lógicas estruturantes e estruturadas daquele. Por conclusão defende-se o argumento que, se o movimento LGBT (e as ativistas trans) pautam suas reivindicações em torno de ideais como 'visibilidade' e 'cidadania', é preciso questionar o sentido que essas lutas políticas encontram nas vivências concretas dessas pessoas. Antes de recorrer a especulação simplista de que a 'identidade' e a 'injustiça' sejam os elementos responsáveis pelo engajamento nos movimentos sociais, devemos compreender como tais elementos se acomodam e negociam com os 'quadros' coletivos dos apoiadores e opositores e, sobretudo, como eles se tornam 'oportunidades' de atuação e de mobilização. / This thesis results from an investigation conducted from 2013 to 2014, in Espírito Santo state. It analyzed the political performance of transgenders (individuals who are self-identified as transsexual and travestis1) according to the identity delimitation of the political movement itself. Based on a descriptive and interpretative investigation proposal, the research has three theoretical elements: (a) the political mobilization usually stems from a “solidarity” feeling existence which comes from a shared experience; (b) the “subject” is the result of the lived experiences, both individual and collective ones; (c) the social movements can be understood as “fields” that generate subjective changes on the subjects as they embody both its structuring and structured logics. In conclusion, it is argued that if the LGBT (and the trans activists) movement’s claims abide by “visibility” and “citizenship” ideals it is necessary to question the meaning of these political struggles on these people’s concrete experiences. Instead of using the simplistic speculation that “identity” and “justice” are the responsible elements of social movements engagement, one should understand how these elements settle down and negotiate among the collective “boards” of supporters and opponents, especially how they become “opportunities” of action and mobilization.
39

Corpos em trânsitos, transes e tranças: Produções de corporalidades por/com mulheres trans

VASCONCELOS, Thaíssa Machado 23 February 2015 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2016-07-14T13:03:29Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Thaissa Machado Vasconcelos_Dissertação.pdf: 2097655 bytes, checksum: 2fb32f1f65c5f51e5e648e520c9f782c (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-14T13:03:29Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Thaissa Machado Vasconcelos_Dissertação.pdf: 2097655 bytes, checksum: 2fb32f1f65c5f51e5e648e520c9f782c (MD5) Previous issue date: 2015-02-23 / CAPEs / Os investimentos científicos e políticos que lançam olhares sobre as mulheres trans apareceram no Brasil, de forma mais expressiva, a partir da década de 1990. Este interesse foi impulsionado por transformações culturais e políticas (nos movimentos sociais, na academia e no campo da gestão pública), que possibilitaram o reconhecimento de travestis e transexuais como sujeitos políticos, propondo novos desafios e a visibilidade/produção de demandas. Questões relacionadas ao corpo aparecem como relevantes nos estudos e pesquisas produzidas, apontando interfaces entre as transformações corporais e o bem estar, saúde, felicidade, direitos civis. Problematizamos nesta dissertação como mulheres trans produzem corporalidades femininas, compreendendo o corpo, por um lado, como construção histórica, que inclui (mas não se limita a) sua dimensão biológica e material e, por outro, como dispositivo que se (con)figura em/por jogos de poder. Tais jogos produzem corpos valorizados socialmente e, em contraponto, outros que, ao não se enquadrarem em padrões de sexo-corpo-gênero são relegados à zonas de abjeção. Utilizamos a ideia de “campo-tema” para pensar a metodologia deste trabalho. A pesquisa incluiu para a sua construção trânsitos entre eventos, encontros e a realização de entrevistas narrativas individuais com sete mulheres trans residentes da Região Metropolitana de Recife. As análises focalizam três eixos principais: 1) "corpos em trânsitos", no qual são exploradas questões sobre os percursos e transformações empreendidas por essas pessoas com (e em seus) corpos 2) "corpos em transes", no qual organizamos narrativas de afirmação e resistência frente aos binarismos e 3) "corpos em tranças", no qual exploramos questões que articulam (ou não) inteligibilidades aos corpos, lançando olhares sobre o binômio “corpo-nome” e a "estética de classe". Finalizamos (sem concluir) abordando as potencialidades, dificuldades e alcances deste trabalho, especialmente no que concerne à crítica à objetividade científica, apontando questões sobre interlocuções entre corporalidades com educação e religião. / The scientific and political investments that cast looks on the trans women appeared in Brazil, more significantly, from the nineties. This interest was driven by cultural and political transformations (in social movements, in academy and in the field of public administration) that enabled knowledge of transvestites and transsexuals as political subjects, proposing new challenges and visibility/production on demands. Questions regarding the body appear as relevant in studies and research produced, pointing interfaces between the body changes and the welfare, health, happiness, civil rights. We question in this dissertation how trans women produce female corporealities, the body comprising on the one side, as historical construction, including (but not limited to) its dimension biological and material, and other, like device that sets in/by power games. These games produce socially valued bodies and, in contrast, others who do not meet the standards of sex-body-gender are relegated to abjection zones. We use the idea of "theme-field" to think the methodology of this study. The research included for its construction transits between events, meetings and realization of interviews-narratives individual with seven residents trans women in the Metropolitan Region of Recife. The analyzes performed from interviews focuses on three main axis: 1) transit bodies: to thinking questions about the pathways and transformations undertaken in bodies; 2) bodies in trances: organizing narratives about the binary body against mind; and 3) bodies in braids, to reflect issues that add up to assign (or not) intelligibility to the bodies, launched here looks to the "body-name" to refer to issues of social and name "esthetic of class". The way of conclusions, we reflect about the difficulties and reaches of this work, thinking about scientific objectivity, and point questions about the potential dialogues between corporeality with education and religion.
40

Da nomeação às práticas de prostituição: um olhar sobre travestis e transexuais a partir de artigos científicos encontrados na Scielo

Brum, Indira Saad January 2014 (has links)
Submitted by Josiane ribeiro (josiane.caic@gmail.com) on 2015-04-10T03:48:55Z No. of bitstreams: 1 PPGEC - INDIRA - 2014.pdf: 780391 bytes, checksum: 087126427c5c57aa8f149cf0e71c9b61 (MD5) / Rejected by Vitor de Carvalho (vitor_carvalho_im@hotmail.com), reason: - Citação incorreta; - Palavras-chave em caixa baixa on 2015-04-10T17:45:54Z (GMT) / Submitted by Josiane ribeiro (josiane.caic@gmail.com) on 2015-04-10T17:50:25Z No. of bitstreams: 1 PPGEC - INDIRA - 2014.pdf: 780391 bytes, checksum: 087126427c5c57aa8f149cf0e71c9b61 (MD5) / Rejected by Vitor de Carvalho (vitor_carvalho_im@hotmail.com), reason: Palavras-chave em letra minúscula. on 2015-04-29T17:59:41Z (GMT) / Submitted by Josiane ribeiro (josiane.caic@gmail.com) on 2015-04-29T23:32:06Z No. of bitstreams: 1 PPGEC - INDIRA - 2014.pdf: 780391 bytes, checksum: 087126427c5c57aa8f149cf0e71c9b61 (MD5) / Approved for entry into archive by Vitor de Carvalho (vitor_carvalho_im@hotmail.com) on 2015-05-05T17:13:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 PPGEC - INDIRA - 2014.pdf: 780391 bytes, checksum: 087126427c5c57aa8f149cf0e71c9b61 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-05T17:13:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PPGEC - INDIRA - 2014.pdf: 780391 bytes, checksum: 087126427c5c57aa8f149cf0e71c9b61 (MD5) Previous issue date: 2014 / A escrita que apresentamos teve início a partir de um movimento de pesquisa que pretendia acessar travestis que se prostituiam. Nessa busca por elas, um novo elemento se colocou como potente para esse estudo. Referimo-nos a nomeação, visto que, ao procurar travestis, encontramos transexuais que exerciam a prostituição. Muitas foram as dificuldades em acessá-las, por isso, optamos em realizar uma pesquisa bibliográfica, que teve por objetivo localizar como travestis e transexuais vêm sendo nomeadas e ainda, analisar a constituição da prostituição entre esses sujeitos, ambos discutidos a partir de artigos científicos disponibilizados na biblioteca eletrônica Scielo. Entendemos que um processo de investigação, a partir da ciência, enquanto legitimadora de saberes, ainda que não seja a única, iria ao encontro da proposta do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências, na linha de pesquisa “Educação Científica: Implicações das práticas científicas na Construção dos Sujeitos”. Consideramos que mais do que descrever, a ciência constrói os objetos e as práticas de que fala, interpela os sujeitos que orientam suas ações a partir desses saberes ou, os renunciam. Para a produção e análise dos dados, além da pesquisa bibliográfica, buscamos inspiração na análise de conteúdo, de onde, após as leituras de 70 artigos, emergiram duas linhas de análise baseadas nas recorrências, a partir de elementos que neles encontramos: uma que trata dos elementos que operam a distinção entre os termos; e a outra que observa os efeitos da prostituição entre travestis e transexuais. O movimento de pesquisa demonstrou o quão estão implicados os processos de nomeação e prostituição de travestis e transexuais. Ainda que os tenhamos organizado em linhas de análise, ousamos dizer, que eles não acontecem dessa forma, separadamente. / The writing that we present was started from a research movement which intended to reach the transvestites who were prostituting themselves. In this search for them, a new element placed itself such as potent for this study. We refer to the nomination, whereas, at the looking for transvestites, we found transsexuals which were exercising the prostitution. Many were the difficulties in accessing them, so we choose realizing a bibliographic research, which aimed locate how prostitutes and transsexuals are being named and further analyze the prostitution constitution between subjects, both discussed from the scientific articles available in the electronic library Scielo. We understand that a process of investigation based in science as knowledge legitimating, though not the unique, would confirm the proposal of the Post-graduation Program in Science Education, in the research line “Education in Science : implications of the scientific practices in Formation of Subjects ”. We considered that more than describe, the science builds the objects and the speeches practices, affects the subjects who orientate their own actions based on these knowledges, or renounce them. For this production and analysis of data, besides de bibliographic research, we looked for inspiration in the content analysis, from where, after the reading of the 70 articles, has emerged two analysis lines based in the recurrence from the elements we’ve found in them: one treats about the elements that operate the distinction between terms; and the other that observes the effects of prostitution in transvestites and transsexuals. The research movement demonstrated how are implicated the processes of nomination and prostitution of transvestite and transsexuals. Even if we have organized in analysis lines, we dare say they don’t happen this way, separately.

Page generated in 0.1496 seconds