• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 530
  • 14
  • 10
  • 10
  • 4
  • 4
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 113
  • 106
  • 104
  • 101
  • 68
  • 59
  • 58
  • 56
  • 48
  • 48
  • 47
  • 43
  • 41
  • 40
  • 40
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Caracterização de grafos de genealogia acadêmica por meio de métricas topológicas

Rossi, Luciano 2015 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Jesús Pascual Mena-Chalco Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do ABC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, 2015. A busca pela origem de indivíduos apresenta-se como uma tentativa recorrente em obter respostas que expliquem o presente, com base no passado e permitam traçar os caminhos do futuro. A origem de um indivíduo esta ligada à algum tipo de relacionamento que possibilite identicar outro que o precedeu. Este modelo de estruturação de grupos sociais é objeto de estudo da genealogia. A genealogia acadêmica utiliza os relacionamentos de orientação entre professores (orientadores) e alunos (orientados) para criar a estrutura social que, comumente, é representada por um grafo de genealogia. O grafo descreve seus vértices como orientadores e orientados e suas arestas direcionadas descrevem as orientações acadêmicas existentes entre eles. Nesta dissertação de mestrado busca-se caracterizar os vértices de um grafo de genealogia considerando somente seus relacionamentos de orientação acadêmica. A caracterização dos vértices é realizada por meio do desenvolvimento e/ou adaptação de um conjunto de métricas topológicas. O conjunto é composto por 22 métricas, sendo 13 de composição descendente ((i) largura, (ii) número de folhas, (iii) profundidade, (iv) fecundidade, (v) fecundidade ponderada, (vi) maior largura, (vii) índice h genealógico, (viii) impacto, (ix) distância média, (x) média dos menores caminhos, (xi) pagerank inverso, (xii) pagerank inverso ponderado e (xiii) balanceamento pela fecundidade), 8 de composição ascendente ((xiv) fecundidade inversa, (xv) fecundidade média do território inverso, (xvi) fecundidade ponderada média do território inverso, (xvii) número de origens, (xviii) largura inversa, (xix) profundidade inversa, (xx) pagerank e (xxi) pagerank ponderado) e 1 de composição mista ((xxii) balanceamento global ). Acreditamos que todas as métricas propostas possam servir de insumo para analisar computacionalmente qualquer grafo de genealogia. Em particular, as métricas propostas foram calculadas para o conjunto de doutores em matemática cadastrados na plataforma do Mathematics Genealogy Project (MGP), que em Abril de 2014 contava com mais de 178 mil registros de 185 países, e permitiu realizar análises para: (i) observar características especícas dos vértices do grafo, (ii) estudar o efeito da abrangência das métricas (janela) na caracterização dos vértices e (iii) classicar os vértices em função dos conjuntos de valores de suas métricas. The search for the origin of individuals is presented as a recurrent attempt to get answers to explain the present, based on the past and to retrace the paths of the future. The origin of a subject is linked to some kind of relationship that allows identify others that preceded it. The academic genealogy uses the orientation relationships between professors (advisors) and students (advisees) to create a social structure that, commonly, is represented by a genealogy graph. The graph describes its vertices as advisors/advisees and the directed edges describe their existing academic guidelines between them. In this master thesis we present a characterization of a genealogy graph considering only their academic guindance relationships. The characterization of the vertices is performed through the development and / or adaptation of a set of topological metrics. The set consists of 22 metrics. The first 13 descending composition metrics are related with: (i) width, (ii) leaf number, (iii) depth, (iv) fecundity, (v) weighted fecundity, (vi) max width, (vii) genealogical h-index, (viii) impact, (ix) average distance (x) average of the shortest paths, (xi) reverse pagerank, (xii) reverse pagerank weighted and (xiii) balanced fecundity. Eight ascending composition metrics related with: (xiv) reverse fecundity, (xv) fecundity of the reverse territory, (xvi) weighted average fecundity of the reverse territory, (xvii) number of origins, (xviii) reverse width, (xix) reverse depth, (xx) pagerank and (xxi) weighted pagerank. Finally, one mixed composition metrics called (xxii) overall balance. We believe that all proposed metrics can serve as input to analyze genealogy graphs. The proposed metrics were calculated for all PhDs in mathematics registered on Mathematics Genealogy Project (MGP), which in April 2014 had more than 178,000 records from 185 countries, and allowed to perform analysis in order: (i) to observe specic characteristics of the graph vertices, (ii) to study the eect of coverage metrics (i.e, window size) in the characterization of vertices and, (iii) to classify the vertices according to the sets of values of their metrics.
12

Element for a genealogy of contemporary child subjectivity based on critical-scientific discourses about childhood Elementos para uma genealogia da subjetividade infantil contemporÃnea, a partir da anÃlise dos discursos crÃtico-cientÃficos sobre a infÃncia.

Erica Atem GonÃalves de AraÃjo Costa 26 April 2006 (has links)
This research discusses the naturalization of the idea of a âchild with a sayâ in contemporary critical-scientific discourses. This conception was constituted in these discourses so as to criticize the idea of modern childhood, related, among other things, to notions of immaturity and dependence on adults. The figure of subjectivity âchild with a sayâ is used to justify an ensemble of varied practices â juridical (âchild-witnessâ), political (âcitizen child"), mediatic (âprotagonist childâ), educational (âcompetent childâ) â which aims at investing on the child figure for which the constitution of a child as a subject of opinion and representation is determinant. The analysis of this discursive field â which comprises Sociology of Childhood, Anthropology of Childhood, Pedagogy of Childhood and Social Psychology â based on M. Foucaultâs archaeo-genealogy, identified the kinds of statements present in this network, as well as the kind of discourse used. It was noticed that the functioning of these discourses depends on some presuppositions, which, in this research, are denominated mechanisms of critical discursivity. They are: the development of the concept representations of childhood and child, the constitution of the adult as an interdictor, the rediscovery of childhood, speech as a natural possibility and the idealization of the âchildhood with a speechâ. It was concluded that such presuppositions cooperate to produce the âchildhood with a speechâ as evidence, to which knowledge must devote itself and experience. Finally, an assemblage of investigation lines were elaborated and served as a base for the constitution of a genealogy of this subjectivity figure, typical of present times. Esta pesquisa discute a naturalizaÃÃo da idÃia da âcrianÃa com vozâ pelos discursos crÃtico-cientÃficos contemporÃneos. Essa concepÃÃo foi constituÃda nesses discursos com o objetivo de estabelecer uma crÃtica à idÃia de infÃncia moderna, ligada, dentre outras coisas, Ãs noÃÃes de imaturidade e dependÃncia em relaÃÃo ao adulto. A figura de subjetividade âcrianÃa com vozâ à utilizada para justificar um conjunto de prÃticas variadas - jurÃdicas (âcrianÃa-testemunhaâ), polÃticas (âcrianÃa cidadÃâ), midiÃticas (âcrianÃa protagonistaâ), educativas (âcrianÃa competenteâ) - que tÃm como alvo um tipo de investimento sobre o corpo infantil para o qual à determinante a constituiÃÃo da crianÃa como sujeito de opiniÃo e representaÃÃo. A anÃlise deste campo discursivo - do qual fazem parte a Sociologia da infÃncia, a Antropologia da infÃncia, a Pedagogia da infÃncia, a Psicologia social - a partir da arqueogenealogia de M. Foucault, levou à identificaÃÃo dos tipos de enunciado presentes nesta rede, assim como do tipo de discursividade em jogo. Viu-se que o funcionamento desses discursos depende de alguns pressupostos, os quais se denominam, nesta pesquisa, dispositivos da discursividade crÃtica. SÃo eles: a evoluÃÃo das concepÃÃes de infÃncia e crianÃa, a constituiÃÃo do adulto como um interditor, a redescoberta da infÃncia, a fala como uma possibilidade natural e a idealizaÃÃo da âinfÃncia que falaâ. Concluiu-se que tais pressupostos concorrem para a produÃÃo da âinfÃncia que falaâ como uma evidÃncia, à qual os saberes devem se dedicar a conhecer. Por Ãltimo, elaborou-se um conjunto de linhas de investigaÃÃo que poderiam servir de base à constituiÃÃo de uma genealogia dessa figura de subjetividade caracterÃstica do presente.
13

Drogas e biopolítica: uma genealogia da redução de danos

Rosa, Pablo Ornelas 28 September 2012 (has links)
No final da década de 1980 surgem, no Brasil, as políticas de Redução de Danos que propõem um novo olhar sobre os indivíduos que fazem uso de substâncias psicoativas, tanto lícitas quanto ilícitas. Aqueles, que antes eram estigmatizados como criminosos e/ou doentes, passaram a ser reconhecidos como sujeitos de direito através do acesso aos programas de saúde disponibilizados pelo Estado. Não obstante, naquele momento também emergiram certas tecnologias de poder iniciadas séculos atrás por meio das verdades médicas, que passaram a capturar os indivíduos através de dispositivos de normalização e de segurança que governamentalizaram a população em tudo aquilo que se refere às substâncias psicoativas. Este trabalho procura analisar as formas com que as políticas de redução de danos capturam os indivíduos pelos discursos da saúde e da segurança pública, resultando em uma biopolítica situada em transformações decorrentes da racionalidade neoliberal In the end of the decade of 1980 appear, in Brazil, the politics of Harm Reduction that consider a new to look at on the individuals that make psychoactive substance use, allowed how much in such a way illicit. Those, that before were stigmas as criminal and/or sick, had started to be recognized as citizens of right through the access to the programs of health to show by the State. So, at that moment certain technologies of being able had also emerged initiated centuries behind by means of the medical truths, that had started to capture the individuals through security and normalization devices that, situated for the governmental reason and the reason of State, governamentalized to the population in everything what it is mentioned to psychoactive substances. This work looks for to analyze the forms with that the politics of reduction of damages in such a way capture the practical individuals by means of and speeches used for the health when for the public security, resulting in a biopolitic located in the transformations of neoliberal racionality
14

Straight edge: uma genealogia das condutas na encruzilhada do punk

Fernandes, Walisson Pereira 9 March 2015 (has links)
Straight edge é a palavra utilizada para descrever os sujeitos que, em suas vidas cotidianas, aliam-se ao punk de modo a não utilizarem substâncias consideradas viciantes, como álcool, tabaco e psicoativos. Seus começos derivam do final da década de 1970 e começo da década de 1980 nos Estados Unidos. No entanto, a análise genealógica de suas práticas atravessa os séculos, remontando aos movimentos abstêmios dos Estados Unidos e da Inglaterra entre os séculos XIX e XX e seu lastro na formação da moral, infundindo na elaboração de políticas que determinariam condutas. Com o surgimento do punk na década de 1970 como crítica aos moralismos, à sociedade e ao Estado, o straight edge emerge neste contexto trazendo uma higienização do punk e, com o passar dos anos, se tornou mais violento e reducionista, desvinculando-se de sua protoforma e vertendo novos meios para se construir e se solidificar. O straight edge aproximou-se dos movimentos ambientalistas, procurando elencar aspectos anarquistas em sua prática, mas reiterou apenas outras formas políticas que vinculam-se mais a progressismos que, de fato, aos anarquismos. Neste intento, vários straight edgers que procuraram os anarquismos como forma de vida, romperam com o straight edge para dar prosseguimento a sua trajetória libertária, e mantiveram, ao mesmo tempo, as práticas abstêmias sem o uso da nomenclatura que os identificava anteriormente. No Brasil, semelhantemente ao ocorrido nos Estados Unidos e na Europa, a intensificação da cena straight edge trouxe, ainda, o irrompimento de células anarquistas para a construção de um grupo de orientação vegana apropriando-se de uma nomenclatura anarquista para sua consolidação entre jovens libertários, causando não apenas a balbúrdia entre seus pares, mas capturas dos anarquismos e do punk Straight edge is the word used to describe persons who, in their everyday lives, are allied to the punk to not use substances considered addictive as alcohol, tobacco and psychoactive. Its beginnings derive from the late 1970s and early 1980s in the United States. However, the genealogical analysis of their practices through the centuries, going back to abstainers movements of the United States and England between the nineteenth and twentieth centuries and its ballast in the formation of moral, instilling in policy that determine behavior. With the emergence of punk in the 1970s as criticism of moralism, society and the state, the straight edge emerges in this context bringing a punk hygiene and, over the years, has become more violent and reductionist, emancipating itself from protoform and pouring a new ways to build and to solidify. The straight edge approached the environmental movements, looking to list anarchist aspects in their practice, but only reiterated other political forms that are linked more to progressivism that, in fact, to anarchism. In this purpose, several straight edgers who sought anarchism as a way of life, broke with the straight edge to proceed their libertarian path, and kept at the same time, the practical abstainers without the use of the nomenclature that identified previously. In Brazil, similar to what happened in the United States and Europe, the intensification of the straight edge scene brought also the anarchist cells of eruption for the construction of a group of vegan orientation appropriating an anarchist nomenclature for its consolidation among young libertarians causing not only the bedlam among their peers, but catches of anarchism and punk
15

Genealogia da governamentalidade em Michel Foucault

Rone Eleandro dos Santos 4 May 2010 (has links)
A presente dissertação tem como objetivo entender o processo de formação da governamentalidade a partir dos cursos Segurança, Território, População (1977-1978) e Nascimento da Biopolítica (1978-1979), oferecidos por Michel Foucault no Collège de France. Partindo da análise das diferentes configurações de poder soberano, disciplinar e biopoder - objetiva-se chegar ao desdobramento das pesquisas foucaultianas para outros temas como a condução, a direção, o cuidado e, principalmente, o governo dos outros. Desse modo, analisamos os diferentes modelos de governamentalidade estudados por Foucault: desde a forma arcaica de governamentalidade presente no antigo poder pastoral, passando pela moderna racionalidade governamental posta em funcionamento do século XVI ao século XVIII pela razão de Estado, até chegar ao tipo liberal concebido em meados do século XVIII e sua inflexão neoliberal atuante até nossos dias. The present dissertation aims to understand the processes through which the concept of governmentality was elaborated in the seminars Security, Territory, Population (1977-1978) and The Birth of the Biopolitics (1978-1979), offered by Michel Foucault in the Collège de France. Starting with the analysis of the different configurations of power - sovereign, disciplinary and biopower - we intended to elucidate the foucauldian research on other subjects as the conduction, the direction, the care and, mainly, the government of the others. In this manner, we analyze the different models of governmentality studied by Foucault: the archaic form of governmentality present in the old pastoral power; the modern governmental rationality that operated from the XVI to XVIII centuries; the liberal type conceived in middle of the XVIII century and its neoliberal inflection operating until our days.
16

A genealogia da mais-valia: filosofia, economia e crítica da economia política

Adriano Lopes Almeida Teixeira 29 April 2014 (has links)
Esta tese pretende demonstrar a singularidade da crítica da economia política realizada por Marx como superação da crítica filosófica na qual foi formado, pela afirmação da centralidade das determinações materiais da vida social. Nesse processo, foi central a reconfiguração da dialética hegeliana empreendida por Marx, sintetizada na descoberta da categoria mais-valia. Busca-se reconstruir a genealogia da mais-valia, mediante o exame do itinerário teórico de Marx, desde os anos como jornalista na Gazeta Renana até o momento da descoberta da mais-valia nos Grundrisse e sua posterior exposição em O Capital. O fio condutor das investigações de Marx, desde a Crítica à Filosofia do Direito de Hegel, de 1843, foi a busca pelo desvelamento das leis internas de funcionamento da sociedade capitalista sua gênese, desenvolvimento, crise e colapso simultaneamente à busca por um método capaz de submeter o objeto da economia política a uma operação crítica específica, nos termos de Hegel. A mais-valia é entendida, pois, como ponto fulcral de um longo processo de investigações movido tanto por uma insatisfação com a filosofia de seu tempo, quanto pela motivação político-ideológica de transformação socialista do mundo, representando a categoria-síntese, o núcleo fundamental da crítica da economia política, a partir do qual a essência da sociedade capitalista pôde ser revelada. This thesis intends to demonstrate the singularity of Marx's critique of political economy as the transcendence of the philosophical critique in which he was educated, through the affirmation of the centrality of material determination of social life. Marx's reconfiguration of the Hegelian dialectic was central in this process; it is synthesized in the discovery of the surplus value category. The thesis seeks to reconstruct the genealogy of surplus value by examining Marx's theoretical itinerary, from his time as a journalist in the Rhenish Gazette to the moment of the discovery of surplus value in Grundrisse and its subsequent exposition in Capital. The keynote of Marx's investigations, since the Critique of Hegel's Philosophy of Right, in 1843, was the quest to unveil the internal laws of motion of the capitalist society - its genesis, development, crisis and collapse - while searching for a suitable method to submit the object of political economy to a specific critique, according to Hegel. Therefore, surplus value is understood as the cornerstone of a long process of investigation driven both by a dissatisfaction with the philosophy of his time, and by the political and ideological motivation for the socialist transformation of the world. It represents the categorical synthesis, the fundamental core of the critique of political economy, from which the essence of the capitalist society can be revealed.
17

A educação como irradiação do progresso: genealogias e sua expressão na Primeira República em Uberabinha, MG

Martins, Cristiane Nascimento 24 August 2006 (has links)
A presente dissertação trata sobre a educação escolar no período da Primeira República no município de Uberabinha, MG. Esta é fruto da pesquisa que teve início no ano de 2002, ainda sobre a designação de Iniciação Científica. De julho de 2002 a agosto de 2003 ocorreu a pesquisa de campo, em que foi possível estabelecer um contato direto com as fontes pesquisadas, ou seja, nesse primeiro momento pautou-se na transcrição e catalogação dos jornais A Tribuna (1907-1914) e O Progresso (1919-1925) e das atas da Câmara Municipal de Uberabinha, MG. Mais tarde, o tema estudado veio a tornar-se projeto de pesquisa para o ingresso no Programa de Mestrado em Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Desse modo, partiu-se da problematização de evidenciar a idéia de progresso vinculada à concepção de ilustração na municipalidade em apreço no período da Primeira República considerando, para isso, a educação escolar. Assim, objetivou-se recuperar, analisar e interpretar o percurso da História da Educação em Uberabinha, do final do século XIX até 1930, utilizando-se do estudo da documentação oficial (atas da Câmara Municipal), das reportagens da imprensa local e da bibliografia especializada, compondo um quadro que estivesse inter-relacionado com o processo educacional em Minas Gerais e no Brasil. Além do mais, a presente pesquisa visa contribuir para a discussão da História da Educação local e regional entre educadores e pesquisadores, na tentativa de promover a necessária interligação entre o estudo regional e nacional. Observando-se a promoção, a comparação e a análise das questões e discussões educacionais encontradas na documentação pesquisada, foi possível identificar e descrever as principais idéias e representações relativas à educação, externadas pela sociedade uberabinhense da época estudada. Ao final do biênio 2004 a 2006, depois de bastante estudo para o aprofundamento e crítica quanto ao assunto em questão, eis que emerge mais uma ponta para o desenrolar da história da educação em Uberlândia-MG (até o ano de 1929, denominada de Uberabinha). Este breve conjunto de informações pretende apenas justificar, parcialmente, a construção da dissertação, demonstrando a importância da documentação sobre o período, bem como as principais expressões presentes nas atividades políticas de Uberabinha-MG The following text is about the school education, in the period of the First Replubic, at the city of Uberabinha, MG. It is the result of the research that has began in the year of 2002, still over the name of Cientific Start. From July of 2002 to August of 2003 occurred the field research, where it was possible to establish a direct contact with the searched sources, that is, at this first moment it was made in the transcription and to select of periodicals the Tribune (1907-1914) and the Progress (1919-1925) and of acts of the City council of Uberabinha, MG. Later, the studied subject became project of research for the ingression in the Program of After Graduation in Education of the Federal University of Uberlândia. In this manner, it was broken of the proposal to evidence the entailed idea of progress to the illustration conception in the municipality in I appraise in the period of the First Republic considering, for this, the pertaining to school education. Thus, it was objectified to recoup, to analyze and to interpret the passage of the History of the Education in Uberabinha, of the end of century XIX up to 1930, using itself of the study of the official documentation (acts of the City council), of the news articles of the local press and the specialized bibliography, composing a picture that was interrelated with the educational process in Minas Gerais and Brazil. In addition, the present research aims at to contribute for the quarrel of the History of the local and regional Education between educators and researchers, in the attempt to promote the necessary interconnection between the regional and national study. Observing it promotion, the comparison and the analysis of the questions and found educational quarrels in the searched documentation was possible to identify and to describe the main ideas and relative representations to the education, manifest for the uberabinhense society of the studied time. To the end of biennium 2004 the 2006, after sufficient study for the critical deepening and how much to the subject in question, here it is that it emerges plus a tip to uncurl it of the history of the education in Uberlândia-MG (until the year of 1929, called of Uberabinha). This joint briefing of information it only intends to justify, partially, the construction of the following text, demonstrating the importance of the documentation on the period, as well as the main expressions gifts in the activities politics of Uberabinha-MG.
18

Drogas e biopolítica: uma genealogia da redução de danos

Rosa, Pablo Ornelas 28 September 2012 (has links)
No final da década de 1980 surgem, no Brasil, as políticas de Redução de Danos que propõem um novo olhar sobre os indivíduos que fazem uso de substâncias psicoativas, tanto lícitas quanto ilícitas. Aqueles, que antes eram estigmatizados como criminosos e/ou doentes, passaram a ser reconhecidos como sujeitos de direito através do acesso aos programas de saúde disponibilizados pelo Estado. Não obstante, naquele momento também emergiram certas tecnologias de poder iniciadas séculos atrás por meio das verdades médicas, que passaram a capturar os indivíduos através de dispositivos de normalização e de segurança que governamentalizaram a população em tudo aquilo que se refere às substâncias psicoativas. Este trabalho procura analisar as formas com que as políticas de redução de danos capturam os indivíduos pelos discursos da saúde e da segurança pública, resultando em uma biopolítica situada em transformações decorrentes da racionalidade neoliberal In the end of the decade of 1980 appear, in Brazil, the politics of Harm Reduction that consider a new to look at on the individuals that make psychoactive substance use, allowed how much in such a way illicit. Those, that before were stigmas as criminal and/or sick, had started to be recognized as citizens of right through the access to the programs of health to show by the State. So, at that moment certain technologies of being able had also emerged initiated centuries behind by means of the medical truths, that had started to capture the individuals through security and normalization devices that, situated for the governmental reason and the reason of State, governamentalized to the population in everything what it is mentioned to psychoactive substances. This work looks for to analyze the forms with that the politics of reduction of damages in such a way capture the practical individuals by means of and speeches used for the health when for the public security, resulting in a biopolitic located in the transformations of neoliberal racionality
19

NIETZSCHENULLS GENEALOGY: REASON AND VIOLENCE A GENEALOGIA DE NIETZSCHE: RAZÃO E VIOLÊNCIA

ANITA TANDETA MATTOS 11 July 2006 (has links)
Partindo do lugar reservado à interpretação no método genealógico de Nietzsche, o presente mostra que a genealogia, por ouvir o silêncio inerente às produções culturais, por se ater àquilo que as construções silenciam enquanto são produzidas e preservadas, necessariamente aborda a violência velada por tais empreendimentos. Há um excesso de violência no desenvolvimento da cultura metafísica, proporcional à quantidade existente de mecanismos de encobrimento dessa violência. O esclarecimento genealógico das violências recusadas indica a aposta de Nietzsche no alargamento da razão, cuja direção implica na redução da violência e em novos destinos para o mal-estar sentido pela consciência moral. Starting with the examination of the place reserved for the interpretation in the Nietzsche´s genealogical method, this work shows that genealogy, by listening the silence inherent to cultural productions, necessarely broaches the violence covered by such undertakings.There is an excess of violence in the development of the metaphysical culture, proportional to the quantity of existing mechanisms for concealing this violence. The revelation of these hidden violences through genealogical method indicated Nietzsche´s bet on the expantion of reason, whose consequences are the reduction of the same violence and the cration of new destinies for the discomfort felt by the moral conciousness.
20

Estratégias terapêuticas no tratamento da dor crônica: uma genealogia da Clínica da Dor Therapeutic strategies in the treatment of chronic pain: A genealogical study of the Pain Clinic

Raquel Alcides dos Santos 8 May 2009 (has links)
O objetivo desse trabalho é analisar a singularidade das estratégias terapêuticas introduzidas pelo modelo das Clínicas da Dor, através de um estudo genealógico desse projeto terapêutico e sua contextualização no âmbito da racionalidade científica moderna. Mais especificamente, pretende-se analisar as transformações na racionalidade médica que permitiram, sucessivamente, a apreensão da dor pelo discurso médico, a concepção da dor como uma doença e a construção e a consolidação do modelo terapêutico das Clínicas da Dor. Para tal, inicialmente, analisamos o modelo terapêutico desenvolvido pelo médico anestesista John Bonica, idealizador do modelo das Clínicas da Dor, destacando as ferramentas conceituais que possibilitaram a compreensão da dor crônica como doença e como fenômeno biopsicossocial. Num segundo momento, realizamos uma descrição e análise dos principais eventos que permitiram a consolidação da medicina da dor como uma prática específica e multidisciplinar, dando destaque à inserção deste modelo no contexto do Sistema Único de Saúde Brasileiro. Finalmente, a partir de uma experiência clínico-institucional buscamos refletir sobre os limites e possibilidades da aplicação prática deste modelo, lançando luz sobre os impasses da clínica e tensões oriundas da problematização, do dualismo mente e corpo e das práticas terapêuticas interdisciplinares. The aim of this work is to analyze therapeutic strategies singularities that have begun by the Pain Clinics, through a genealogical study of this therapeutic project and its place on the modern scientific rationality. More specifically, we intend to analyze changes in medical rationality that allow the comprehension of pain by the medical thinking, the understanding of Pain as a disease and the building and consolidation of Pain Clinics therapeutic models. In this way, it was analyzed the therapeutic thinking developed by Bonica, anesthesiologist, that idealized the new model of pain Clinics, detaching the new conceptual instruments that enabled the understanding of pain as a disease and a biopsychosocial phenomenon. Forth with we described and analyzed the main events that allowed the pain medicine as specifical practice, emphasizing the insertion of Pain Clinics in SUS (Brazilian Unified Health System). At last, based on an institutional experience, we tried to think about the bounds and possibilities in the feasibility of this model, enlighten the tensions and stalemates about the mindbody dualism problems and the diversity of different therapeutic practices.

Page generated in 0.0948 seconds