• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 64
  • 3
  • 2
  • Tagged with
  • 70
  • 36
  • 28
  • 16
  • 15
  • 15
  • 15
  • 15
  • 14
  • 14
  • 12
  • 12
  • 12
  • 11
  • 11
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

MILITÂNCIAS: ANDARILHANDO POR TERRITÓRIOS DE VIDA

VITOR JUNIOR, A. M. 31 August 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T14:09:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_9411_Antônio Martins.pdf: 1419126 bytes, checksum: e4fe7cfcc6c9f667b87b92d26ed96674 (MD5) Previous issue date: 2015-08-31 / Propomos nesta pesquisa problematizar a militância. Para tanto, lançaremos mão das discussões dos modos de produção de subjetividade e de vida. Este trabalho está organizado como uma bússola-dissertação, sendo sustentado por viagens pela América Latina. A atuação junto à população em situação de rua, através do Projeto Andarilhos, no Brasil, disparou o interesse em uma pesquisa assentada nos encontros com movimentos pela legalizações da maconha, do aborto e do casamento igualitário no Uruguai; pelas lutas por educação pública e gratuita no Chile e com os movimentos zapatistas no México. A escolha por viajar dá-se em função da ação estratégica na produção de conexões e alianças com movimentos que contribuam com as desnaturalizações de certas práticas de militância. Neste trabalho a imagem do andarilho em contraponto à do turista, à luz dos nortes geográficos e magnéticos, é subsídio importante para a discussão dos modos de viajar e exercer militância. Objetiva-se produzir encontros e narrar estórias surgidas no percurso do andarilhar por territórios de vida. A militância, assim, emerge da afirmação da vida produzida nos encontros pelo andarilhar. Palavras-chaves:Produção de subjetividade, Militância, América Latina, Território.
2

A MILITÂNCIA LGBT NA UNIVERSIDADE: Um estudo de caso do Coletivo KIU

Souza, Marcelo Henrique de 14 April 2015 (has links)
Submitted by Marcelo Souza (marcelosouzape@gmail.com) on 2015-10-26T17:26:19Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO FINAL EISU - MARCELO HENRIQUE DE SOUZA.pdf: 1016204 bytes, checksum: 2d62cd891c078e727a49335a5d2867f0 (MD5) / Approved for entry into archive by Alda Lima da Silva (sivalda@ufba.br) on 2015-10-27T17:43:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO FINAL EISU - MARCELO HENRIQUE DE SOUZA.pdf: 1016204 bytes, checksum: 2d62cd891c078e727a49335a5d2867f0 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-27T17:43:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO FINAL EISU - MARCELO HENRIQUE DE SOUZA.pdf: 1016204 bytes, checksum: 2d62cd891c078e727a49335a5d2867f0 (MD5) / Pensar na discussão sobre a importância dos movimentos homossexuais é uma questão emergente na sociedade contemporânea. A partir das experiências individuais na convivência social, os indivíduos são categorizados como identidades marginalizadas e, a partir dessa constatação, vão se agregando enquanto comunidades interessadas em discutir questões de interesses comuns. Assim, a intenção do presente trabalho é contribuir no sentido de ampliar essa discussão dentro da própria academia, pois é nesse espaço que há toda uma ebulição de ideias, que, nos séculos XX e XXI, proporcionaram a fomentação e formação de grupos acadêmicos LGBT. Para tanto, apresentam-se, nesta dissertação, aspectos históricos que explicitam a luta efetivada pela comunidade LGBT, tentando dar visibilidade ao grupo KIU - Coletivo Universitário pela Diversidade Sexual de Salvador. A metodologia utilizada é o estudo de caso, que pretende buscar um conhecimento mais aprofundado sobre o surgimento e a militância LGBT dentro da Universidade, a partir de relatos de militantes do KIU, na perspectiva de historicizar o surgimento da militância na UFBA, a partir desse grupo. Para a realização da pesquisa, foram feitas entrevistas semiestruturadas, a partir das quais buscou-se conhecer o engajamento político no movimento estudantil e acadêmico LGBT na Universidade Federal da Bahia (UFBA). O Coletivo KIU, atualmente, está voltado à formação de novos atores que possam dar continuidade a ações que, hoje, tornam-se mais amplas, incluindo, além de ações em torno da diversidade sexual, ações que contemplam arte, cultura e cidadania, temas cruciais para qualquer movimento que pretenda provocar alguma transformação social na busca por tornar o mundo um lugar mais favorável à convivência entre os diferentes e ao respeito às diversidades. / Thinking about the discussion of the importance of homosexual movements is an emerging question in the contemporary society. From individual experiences in the social living-together, the individuals are categorized as marginalized identities and, from this observation, are joint together as interested communities in discussing questions of common interest. Therefore, the intention of this dissertation is to contribute in the sense of extending this discussion within the academy, because especially in this space, there is an effervescence of ideas which in the 20th and 21st century favored the stimulation and the formation of the academic group LGBT (Lesbian, Gay, Bisexual and Transgender). Therefore, in this dissertation historical aspects are represented which explain the struggle of the LGBT community. By doing so, the group KIU – the university collective for sexual diversity of Salvador – is shown. The used methodology is “case study”, which intends to search for a deeper understanding of the upcoming and the militancy LGBT within the university from reports of activists of the KIU, in the perspective of historicizing the upcoming of the militancy in the UFBA – Federal University of Bahia – from this group. For the realization of the research, half – structured interviews were carried out, from which it was intended to get to know the political engagement in the student and academic movement LGBT in the Federal University of Bahia (UFBA). The KIU is currently concentrating on the formation of new people who can give continuity to actions which today become vaster, including, beyond actions as to sexual diversity, actions which consider art, culture and citizenship, which are crucial topics for any movement which intends to cause a bit of social transformation that makes the world a more favorable place for the living together between the different people and as to respecting diversities.
3

Militância, dádiva e conversão religiosa: o caso dos presidiários evangélicos em busca da dupla salvação

COSTA, Joilson Barreto January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:15:51Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9305_1.pdf: 2178093 bytes, checksum: 06c0d96cc7d28b6c52657494b1df8847 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / Este trabalho analisa o processo de reabilitação social de detentos que se convertem ao protestantismo no interior das prisões. A abordagem é construída na intersecção de três momentos básicos: o trabalho da militância evangélica em favor dos apenados, a circulação da Dádiva entre os grupos em interação e a Conversão Religiosa como propiciadores de transformação nos padrões de conduta dos detentos convertidos. Ainda é dispensada especial atenção aos diversos macro-espaços sociais que se colocam no percurso da conversão à reabilitação de detentos, tentando verificar como a família, a rede solidária dos evangélicos, bem como a rede de reinserção do crime podem influenciar neste processo. Trata-se de um estudo de caso realizado nas dependências do Presídio Professor Aníbal Bruno, Recife- PE, é um trabalho sociológico que busca retratar a saga de homens de corpo e alma em busca da dupla salvação
4

O valor político do inútil

Alvim, Mayara Helena 11 April 2016 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2016-07-27T19:13:25Z No. of bitstreams: 1 mayarahelenaalvim.pdf: 1146999 bytes, checksum: 2c4fbd4518e9077719ff3717df7557eb (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2016-07-28T12:13:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 mayarahelenaalvim.pdf: 1146999 bytes, checksum: 2c4fbd4518e9077719ff3717df7557eb (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2016-07-28T12:13:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 mayarahelenaalvim.pdf: 1146999 bytes, checksum: 2c4fbd4518e9077719ff3717df7557eb (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-28T12:13:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 mayarahelenaalvim.pdf: 1146999 bytes, checksum: 2c4fbd4518e9077719ff3717df7557eb (MD5) Previous issue date: 2016-04-11 / Diante de experiências no Movimento Estudantil e em programas e projetos de extensão universitária junto a movimentos de cunho político e social, me pus a questionar sobre a vitalidade de fazeres artísticos e poéticos em espaços de militância. A partir disso, posso dizer que sinto que estes fazeres são incorporados de diferentes maneiras em diferentes organizações políticas e é sobre o lugar que estes fazeres ocupam que me pergunto aqui, por perceber muitas vezes uma relação utilitária com a arte e poucas vezes com o entendimento de seu fazer como um fim em si ou um meio sem fim. Acreditando que nestas coletividades vive-se uma constante urgência de demandas estratégicas, táticas, enfrentamentos e de solução de necessidades básicas de sobrevivência, suponho que fazeres artísticos acabam por se posicionar em um segundo plano de prioridade e me proponho a estranhar essa realidade. Estranhar que nota-se no mundo capitalista, a apreensão do tempo aiônico por desejos cronotípicos e que em movimentos sociais de base de esquerda como os que convivi, surpreendentemente, a mesma lógica de apreensão se aplica. Os momentos de suspensão do tempo produtivo também são tomados pela razão e pela objetividade de construir um projeto contra hegemônico de futuro. Cantar, dançar, encenar etc. aparecem como ferramentas de um propósito. Estranhando esta realidade é que proponho esta reflexão sobre a (in)utilidade dos fazeres artísticos, que despontam nestes espaços, valorizando tal condição. Entendendo este estudo como uma escrita como experiência, desde a experiência e, algumas vezes, sobre a experiência de lidar com os temas que abordo, cabe compartilhar que, como modo de organizar esta experiência, tenho alguns pontos que se configuram em capítulos. O primeiro esforço é a apresentação do milagre de Caná como introdução ao problema da temporalidade e da produtividade. O segundo é um estudo sobre o tempo e suas configurações. O terceiro, sobre o que quero chamar de “inútil” a partir de suas características de gratuidade e utopia. Por fim, o quarto capítulo diz do valor político da inutilidade, apontando que o inútil precisa ser sagrado, para que a suspensão do trabalho sirva a si mesma e não ao trabalho; que o inútil precisa ser gratuito, para que o presente não seja colonizado em dívida com o futuro e precisa ser utópico e poético, para que resguarde um espaço de indeterminação inalcançável pelo sistema capitalista, incalculável e aberto à felicidade. / Mediante las experiencias con el movimiento estudiantil, programas y proyectos de extensión universitaria, con objetivos políticos y sociales, empecé a cuestionarme sobre la vitalidad de espacios artísticos y poéticos en organizaciones políticas. A partir de esto, puedo decir que siento que estos espacios se incorporan de manera diferente en diferentes organizaciones políticas y es sobre el lugar que estas obras ocupan que me pregunto aquí, por observar muchas veces una relación utilitaria con el arte y pocas veces con la comprensión de su causa en sí. Creyendo que en estos espacios de carácter político se vive una constante urgencia de demandas estratégicas, tácticas, enfrentamientos y soluciones de necesidades básicas de supervivencia, supongo que estos espacios artísticos terminan colocados en segundo plano prioritario y me propongo a cuestionar esta realidad. Cuestionar que se nota en este mundo capitalista, la aprensión del tiempo aiónico por deseos cronotípicos y que en movimientos sociales con base izquierdista como los que interactué, sorprendentemente, la misma lógica de aprensión se aplica. Los momentos de suspensión del tiempo productivo también son tomados por la razón y la objetividad para construir un proyecto contra-hegemónico para el futuro. Cantar, bailar, actuar, no aparece con un fin en sí mismo sino como herramientas de un propósito. Cuestionando esta realidad propongo esta reflexión sobre la (in)utilidad de estas obras artísticas, que se destacan en estos espacios, valorando su condición de inutilidad. Entiendo este estudio como un escrito de una experiencia, desde la experiencia y a veces, sobre la experiencia de enfrentar los temas que se abordan y cabe compartir que, como una forma de organizar esta experiencia, tengo un par de puntos que están configurados en capítulos. El primer esfuerzo es la presentación del milagro de Caná como una introducción al problema de la temporalidad y la productividad. El segundo es un estudio sobre el tiempo y su configuración. El tercer dice de lo que quiero llamar de "inútil" a partir de sus características de gratuidad y utopia y, por último, el cuarto dice su valor político. Estos esfuerzos conducen a la defensa de los valores políticos de la inutilidad, señalando que él inútil necesita ser sagrado, para que la suspensión del trabajo sirva a sí y no al trabajo; él inútil necesita ser gratuito, para que el presente no sea colonizado en deuda con el futuro; él inútil tiene que ser utópico y poético, para que proteja un espacio de indeterminación imposible de obtener por el sistema capitalista, incalculable y abierto a la felicidad.
5

Getúlio Cabral: trajetória e morte de um militante comunista em Duque de Caxias, na Guanabara e em Salvador / Getúlio Cabral: trajectory and death of a communist militant in Duque de Caxias, in Guanabara and Salvador

Giselle dos Santos Siqueira 14 March 2014 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A Ditadura Militar brasileira desperta o interesse dos pesquisadores porque ainda é alvo de disputas das memórias sobre o período. As fontes usadas nesta pesquisa foram principalmente documentos encontrados no APERJ (Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro) e no site do Grupo Tortura Nunca Mais / Rio e entrevistas. O principal conceito norteador dessa pesquisa é o conceito de memória, usado na ótica de Pollak, Jacques Le Goff e Paul Ricouer. A mesma trabalha em conjunto com a História Política e com a História Oral. Diferentes memórias foram confrontadas para analisar o período da ditadura. / The Brazilian military dictatorship arouses the interest of researchers because it is still under dispute memories of the period. The sources used in this research were mainly documents found APERJ (Public Archives of the State of Rio de Janeiro) and the Tortura Nunca Mais / Rio Group and interviews site. The main concept guiding this research is the concept of memory, used in optical Pollak, Jacques Le Goff and Paul Ricoeur. The same works in conjunction with the Political History and Oral History. Different memories were compared to analyze the period of the dictatorship.
6

Entreatos de uma vida não fascista : as múltiplas faces de Patrícia Galvão

Menezes, Ludimila Moreira 08 July 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literaturas, 2011. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-11-11T11:46:47Z No. of bitstreams: 1 2011_LudimilaMoreiraMenezes.pdf: 965983 bytes, checksum: b39f5dc0117f4cd6c509cbb2b056a57e (MD5) / Approved for entry into archive by LUCIANA SETUBAL MARQUES DA SILVA(lucianasetubal@bce.unb.br) on 2011-11-21T16:01:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_LudimilaMoreiraMenezes.pdf: 965983 bytes, checksum: b39f5dc0117f4cd6c509cbb2b056a57e (MD5) / Made available in DSpace on 2011-11-21T16:01:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_LudimilaMoreiraMenezes.pdf: 965983 bytes, checksum: b39f5dc0117f4cd6c509cbb2b056a57e (MD5) / Proponho nessa dissertação uma leitura que permita que, entre a miríade de produções e performances de Patrícia Galvão — jornalista, artista plástica, escritora, teatróloga — o romance proletário Parque Industrial (1933) e sua carta autobiográfica (1940) se desdobrem a partir de suas matrizes de sentido. A pesquisa também indaga em algumas séries discursivas — jornalísticas, policial, fílmicas, televisiva, historiográficas — o investimento feito na construção/propagação de sentidos pejorativos e seus efeitos de verdade que constroem o mito Pagu. Busco deslindar uma rede de comprometimentos discursivos com o dispositivo da sexualidade e focalizo como esses discursos normativos, ao instituírem hierarquias de gênero, disponibilizam pressupostos que impedem interpretações coerentes à artista. Entre suas produções ficcionais, artigos jornalísticos, arranjos-militâncias políticas, narrativa autobiográfica, Patrícia Galvão apresentou discussões, personagens, performances que confrontaram violências instituídas pelo Estado e seus projetos normatizadores de identidade nacional, multiplicando efetivamente as possibilidades de atuação da literatura, do jornalismo e da política. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / I propose in this dissertation a reading that allows, among the myriad of productions and performances by Patrícia Galvao — journalist, plastic artist, writer, playwright — the proletarian novel Park industrial (1933) and her autobiographical letter (1940) unfold from their matrices of meaning. The survey also asks for some discursive series — news, police, filmic, television, historiography — the investment in the construction/ propagation of pejorative meanings and effects that build real myth Pagu. I seek to unravel a network of discursive commitments with the device of sexuality and focus on how these normative discourses, to establish hierarchies of gender, offer assumptions that prevent interpretations consistents the artist. Among her productions fiction, journalistic articles, arrangements, militant politics, autobiographical narrative, Patrícia Galvão presented arguments, characters, performances that confront violence imposed by the state and its standard-setting projects of national identity, effectively multiplying the performance possibilities of literature, journalism and policy.
7

Práticas de militância nômades : experimentações rebeldes e novas estéticas de luta no contemporâneo

Schubert, Fernando Pinheiro 30 October 2014 (has links)
Submitted by Maykon Nascimento (maykon.albani@hotmail.com) on 2015-08-13T20:45:53Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Praticas de militancia nomades - experimentacoes rebeldes e novas esteticas de luta no contemporaneo.pdf: 3560192 bytes, checksum: 58b8102c69f2cb8a339c1367e382f8b6 (MD5) / Approved for entry into archive by Elizabete Silva (elizabete.silva@ufes.br) on 2015-08-13T22:13:05Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Praticas de militancia nomades - experimentacoes rebeldes e novas esteticas de luta no contemporaneo.pdf: 3560192 bytes, checksum: 58b8102c69f2cb8a339c1367e382f8b6 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-08-13T22:13:05Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Praticas de militancia nomades - experimentacoes rebeldes e novas esteticas de luta no contemporaneo.pdf: 3560192 bytes, checksum: 58b8102c69f2cb8a339c1367e382f8b6 (MD5) Previous issue date: 2015 / CNPq/CAPES / A presente dissertação, realizada no âmbito da experiência de militância deste pesquisador em três coletivos distintos, Brigada Indígena (2005-2008), Assembléia Popular (2009) e Fórum Municipal dos Psicólogos da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Vitória (2009-2011), se propõem a discutir os modos de funcionamento e as formas de organização dos movimentos sociais na invenção de estéticas de luta problematizadoras das redes de poder e resistência instituídas no contemporâneo. Por meio da narrativa dessas experiências, procura-se evidenciar, no interior dessas movimentações, a gestação de práticas de militância (pré) ocupadas não apenas com a concretização de projetos, mas principalmente, com a experimentação de novos modos de existência avessos à lógica de funcionamento do aparelho estatal. Vamos, ao longo do texto, mostrar como esses coletivos caracterizam-se pela insubmissão às condutas regradas de espaços institucionalizados, exercitando levantes provisórios, anônimos, situados e descentralizados, instituídos por e instituinte de ecossistemas afetivos-políticossociais autônomos. As análises aqui empreendidas se fizeram no entrecruzamento dos aportes teóricos advindos dos trabalhos de Foucault, Lourau, Lapassade, Deleuze e Guattari, Hakim Bey, Michel Hardt e Toni Negri. Ao final, a pesquisa sinaliza a possibilidade de pensarmos uma antropologia rebelde, no qual grupos de afinidade com padrão horizontalizado de funcionamento interpelam relações hierárquicas e centralizadoras que marcam o modo de funcionamento da máquina administrativa do Estado e dos próprios movimentos sociais, potencializando agenciamentos nômades implicados na construção de espaços auto-gestionados. / The present dissertation, carried out in the militancy experience of this researcher in three distinct collectives, Municipal Indigenous Brigade (2005-2008), People's Assembly (2009) and the Psychologists Department of Social Services of Victoria Forum (2009-2011) , proposes to discuss modes and organization forms of social movements throught resistance in contemporary instituted power network´s. Through narrative of these experiences, we seek to demonstrate, within these movements, the gestation of militancy practices, not only with projects completion, but mainly experimentation of new averse functioning existence logic modes of state apparatus. Throughout the text we demontrate how these collectives, characterized by refusal to institutionalized conformed spaces and ruled behaviors, exercising temporary anonymous uprisings, located and decentralized, instituted by instituting autonomous affective-political-social ecosystems. The analyzes undertaken here became the intersection of theoretical issues arising from the work of Foucault, Lourau, Lapassade, Deleuze and Guattari, Hakim Bey, Michel Hardt and Toni Negri. At the end, the research points to the possibility of a rebellious anthropology think, in which affinity groups with horizontalized standard operations interpellate centralizing and hierarchical relationships that characterize the mode of functioning of state administrative machinery and social movements themselves, enhancing implicated nomadic assemblages the construction of self-gestionados spaces.
8

Getúlio Cabral: trajetória e morte de um militante comunista em Duque de Caxias, na Guanabara e em Salvador / Getúlio Cabral: trajectory and death of a communist militant in Duque de Caxias, in Guanabara and Salvador

Giselle dos Santos Siqueira 14 March 2014 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A Ditadura Militar brasileira desperta o interesse dos pesquisadores porque ainda é alvo de disputas das memórias sobre o período. As fontes usadas nesta pesquisa foram principalmente documentos encontrados no APERJ (Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro) e no site do Grupo Tortura Nunca Mais / Rio e entrevistas. O principal conceito norteador dessa pesquisa é o conceito de memória, usado na ótica de Pollak, Jacques Le Goff e Paul Ricouer. A mesma trabalha em conjunto com a História Política e com a História Oral. Diferentes memórias foram confrontadas para analisar o período da ditadura. / The Brazilian military dictatorship arouses the interest of researchers because it is still under dispute memories of the period. The sources used in this research were mainly documents found APERJ (Public Archives of the State of Rio de Janeiro) and the Tortura Nunca Mais / Rio Group and interviews site. The main concept guiding this research is the concept of memory, used in optical Pollak, Jacques Le Goff and Paul Ricoeur. The same works in conjunction with the Political History and Oral History. Different memories were compared to analyze the period of the dictatorship.
9

Estudantes em movimento: caminho e perspectivas de dois militantes estudantis do Instituto de Psicologia da USP em busca de transformação individual e social / Students in movement: paths and perspectives of two student activists from the Institute of Psychology at USP in search of individual and social transformation

Alan Rizério da Silva Oliveira 12 May 2017 (has links)
Esta pesquisa pretende ser um estudo em psicologia social sobre os caminhos e perspectivas de militância de estudantes do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. A entrevista aberta com um roteiro norteador foi utilizada como método de pesquisa. Dois estudantes de graduação do Instituto de Psicologia da USP envolvidos de maneira profunda com algum tipo de militância estudantil foram entrevistados. O tema central destas entrevistas foi a militância e engajamento estudantil. A partir deste grande tema e de algumas perguntas norteadoras referentes à militância estudantil os entrevistados foram convidados a contar o percurso de envolvimento na militância estudantil. Os assuntos abordados pelos entrevistados foram divididos em três grandes eixos: Os caminhos: Onde relatam os fatos, memórias e lembranças pertinentes ao engajamento político que desembocaram na militância estudantil. A atuação: Contam aqui os caminhos percorridos na própria militância. Futuro e reflexões: Onde discorrem sobre a perspectiva de futuro para eles mesmos no movimento estudantil e na política em geral e trazem pensamentos e reflexões sobre a militância. A análise teórica dos relatos centra-se em acompanhar o percurso contado pelos militantes dentro de duas grandes perspectivas. A da memória e o do devir. A partir delas tentaremos mostrar as transformações de identidade dos entrevistados ao longo do caminho e as transformações conquistadas no espaço coletivo. Este estudo pretende contribuir para a reflexão da militância estudantil / This research intends to be a study in social psychology on the paths and perspectives of student militancy of the Institute of Psychology of the University of São Paulo. The open interview with a guiding script was used as a research method. Two undergraduate students from the Institute of Psychology at USP deeply involved in some kind of student activism were interviewed. The central theme of these interviews was militancy and student engagement. From this great theme and some guiding questions regarding student militancy, the interviewees were invited to tell the story of involvement in student militancy. The subjects addressed by the interviewees were divided into three main axes: The paths: Where they report the facts, memories and memories pertinent to the political engagement that led to student militancy. The performance: They count here the paths covered in the own militancy. Future and reflections: Where they discuss the perspective of the future for themselves in the student movement and politics in general and bring thoughts and reflections on militancy. The theoretical analysis of the reports focuses on following the path counted by the militants within two great perspectives. The perspectives of memory and of becoming. From these we will try to show the identity transformations of the interviewees along the way and the transformations conquered in the collective space. This study aims to contribute to the reflection of student militancy
10

A dimensão educativa da luta de mulheres por moradia no Movimento dos Trabalhadores Sem Teto de São Paulo / The educational dimension of the struggle of women in the Homeless Workers Movement of São Paulo

Carvalho-Silva, Hamilton Harley de 30 October 2018 (has links)
Essa pesquisa, de caráter eminentemente qualitativo, trata dos processos de socialização política de mulheres militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) em São Paulo e tem por objetivos: (i) apreender de que modo tais mulheres adquiriram, ao longo de suas trajetórias de vida, disposições para o engajamento político e, no mesmo sentido, (ii) compreender como são interiorizadas e transmitidas, na experiência do próprio movimento, novas disposições para a defesa e ação em causas coletivas; (iii) analisar as especificidades das práticas educativas propiciadas pela dinâmica e organização do MTST e, finalmente, (iv) investigar a posição das mulheres militantes na organização desse movimento. A pesquisa volta-se, portanto, para as (pré)disposições resultantes de processos de socialização anteriores à entrada no movimento e que contribuíram para tal engajamento (tais como família, escola, bairro, igreja) de um lado e, de outro, para as novas disposições que se desenvolvem por meio de diferentes processos formativos e de socialização política dessas mulheres no interior do próprio movimento. O MTST embora seja identificado como movimento de luta por moradia, é um movimento social que defende transformações sociais mais profundas, que vão além da reforma urbana e da luta contra a especulação imobiliária. Atualmente, o MTST é constituído por cerca de 40 mil famílias que vivem em algum tipo de ocupação, além das famílias que, mesmo não vivendo em terrenos ou imóveis ocupados, participam das atividades do movimento, tais como manifestações públicas, assembleias e curso de formação política, tendo em vista conquistar também sua casa própria. Praticamente a totalidade dessas famílias apresentam propriedades sociais que, num primeiro momento, poderiam ser consideradas desfavoráveis à participação e ação política dado as precárias condições de vida a que estão submetidas. Porém, tais características não parecem ser definidoras do engajamento haja visto que muitos dos movimentos sociais têm sua origem em parcelas empobrecidas da população. Os procedimentos metodológicos foram constituídos nas seguintes etapas: (i) observação das ocupações, das assembleias, cursos e reuniões, em especial, as atividades desenvolvidas no Casarão (sede do MTST em São Paulo); (ii) escolha dos depoentes para realização de entrevistas em profundidade e (iii) análise dos dados tendo em vista desvendar as especificidades das dimensões educativas envolvidas nos processos de socialização e engajamento político. / This research, eminently qualitative, deals with political socialization processes Movement militants women of landless Workers (MTST) in São Paulo and aims to: (i) apprehending that such women so acquired, along its life trajectories, habitus for political engagement and, in the same direction, (ii) understand how they are internalized and passed on the experience of the movement itself, new habitus for the defence and action in collective causes; (iii) analysis the specifics of educational practices afforded by the dynamics and organization of MTST and finally (iv) to investigate the position of women activists in the organization of this movement. The research turns therefore to the (pre) habitus from previous socialization processes to entry and movement that contributed to such engagement (such as family, school, neighbourhood, church) on one side and on the other, to the new habitus that develop through different training processes and political socialization of these women within the movement itself. The MTST although it is identified as housing for fight of movement is a social movement that advocates deeper social transformations that go beyond urban reform and the fight against property speculation. Currently, the MTST consists of about 40 thousand families living in some kind of occupation, beyond the families that even not living in land or buildings occupied, participate in the activities of the movement, such as public manifestation, meetings and training course policy, with a view also to conquer your own home. Substantially all of these families have social properties that, at first, could be considered unfavourable to political participation and action given the precarious living conditions to which they are subjected. However, these characteristics do not seem to be defining engagement given the fact that many of the social movements have their origin in impoverished parts of the population. The methodological procedures will be made in the following steps: (i) observation of occupations, assemblies, courses and meetings, in particular the activities in the \"Casarão\" (MTST headquarters in São Paulo); (ii) selection of the deponents to conduct in-depth interviews and (iii) analysis the data in order to uncover the specifics of educational dimensions involved in the processes of socialization and political engagement.

Page generated in 0.05 seconds